Você está na página 1de 1

22/10/2016 Opção de Venda

Forum Monitor Cotação Gráfico Book Notícias Plataforma Portfólio Rankings Follow Feed Bolsas

22/10/2016 12:16:34
Produtos ADVFN
Fale Conosco

Cadastro Gratis   Login Mais Populares Ferramentas Simulador Análise e Pesquisa Investimentos Busca de Ativos

Experimente a tecnologia TRUE­Real­Time de Graça! Cadastro Gratuito

O que é uma opção de venda (put)?
Índice
Uma opção de venda (put) confere ao seu titular o
 HOME EDUCACIONAL
Definição de Opções direito de vender um determinado ativo (ativo­objeto)
Preço de Exercício (Strike) pelo preço estabelecido no contrato da opção, durante
Data de Vencimento determinado período de tempo ou em uma data pré­
Ativo Objeto
determinada.
Titular
Lançador O titular é o investidor que comprou a opção de venda no mercado,
Prêmio adquirindo o direito de vender o ativo­objeto a ele referente. Ao comprar o
Classificação das Opções contrato de opção de venda, o titular deve pagar ao lançador, à vista, um
Opção de Compra valor (prêmio). O lançador de uma opção de venda é o investidor que, por
Opção de Venda intermédio de uma corretora de valores mobiliários, vendeu a opção no
Opção Americana mercado mediante o recebimento do prêmio, assumindo assim, perante a
Opção Europeia bolsa de valores, a obrigação de comprar o ativo­objeto previsto no contrato,
Opção ATM
após ser comunicado de que sua posição foi exercida pelo titular da opção. O titular da opção de venda não é obrigado a exercer o
seu direito de vender o ativo­objeto durante o período de validade do contrato. Entretanto, caso o titular da opção de venda decida
Opção ITM
exercer o seu direito, o lançador é obrigado a comprar o ativo­objeto pelo preço de exercício (strike).
Opção OTM
Precificação das Opções
Valor Intrínseco Qual o objetivo de uma opção de venda?
Valor Extrínseco Prover proteção (hedge) ao investidor que possui um determinado ativo contra a Atual Exercício
Codificação das Opções desvalorização deste ativo no mercado.
Série Vencimento Dias úteis
Código Bovespa
Código BM&F Quando comprar uma opção de venda? K 21/11/2016 32
Vantagem das Opções O investidor compra uma opção de venda de determinado ativo­objeto quando
identifica um grande potencial de desvalorização deste ativo­objeto no mercado. Próximo Exercício
Proteção (Hedge)
Alavancagem Série Vencimento Dias úteis
Risco das Opções
Quando vender uma opção de venda?
Compra
O investidor vende uma opção de venda de determinado ativo­objeto quando L 19/12/2016 60
identifica um grande potencial de valorização deste ativo­objeto no mercado.
Venda
Venda Descoberta Como lucrar com uma opção de venda?
Custo das Opções
O titular (comprador) de uma opção de venda pode lucrar de 1 (uma) maneira:
Taxa de Corretagem a) vendendo a opção de venda por um prêmio de valor mais alto do que o valor pago para adquirí­la.
O lançador (vendedor) de uma opção de venda pode lucrar de 2 (duas) maneiras:
Emolumentos
a) recomprando a opção de venda por um prêmio de valor mais baixo do que o valor recebido quando a vendeu.
Taxa de Liquidação b) recebendo o valor do prêmio no ato da venda da opção de venda e não sendo exercido até a data de vencimento.
Taxa de Registro
Tributação das Opções Como ter prejuízo com uma opção de venda?
Negociação de Opções O titular (comprador) de uma opção de venda pode ter prejuízo de 3 (três) maneiras:
Exercício Opção de Compra a) vendendo a opção de venda por um prêmio de valor mais baixo do que o valor pago para adquirí­la.
b) exercendo o direito de venda do ativo­objeto.
Exercício Opção de Venda c) não vendendo a opção de venda e não exercendo o seu direito de venda do ativo­objeto. Neste caso, o valor total do prejuízo resume­se
História das Opções ao valor do prêmio pago para adquirir a opção de venda.
O lançador (vendedor) de uma opção de venda pode ter prejuízo de 2 (duas) maneiras:
O surgimento das opções
a) recomprando a opção de venda por um prêmio de valor mais alto do que o valor recebido quando a vendeu.
O primeiro especulador b) comprando o ativo­objeto do titular caso este exerça o seu direito de venda.
Entenda como funciona uma opção de venda
Tulipamania
O mercado moderno
Diversas transações de nosso dia­a­dia utilizam os princípios de um contrato de opção de venda, como, por exemplo, a compra de
uma apólice de seguros.
Um seguro é um acordo cujo pagamento da indenização depende da ocorrência do sinistro contra o qual se procurou proteção.
 HOME COTAÇÃO Para adquirir esta apólice de seguro, você tem que pagar um prêmio para a companhia de seguros. O objetivo de quem adquire
algum tipo de seguro é o de preservar ao máximo o valor do ativo­objeto da apólice de seguro. Normalmente, não se adquire um
Opções de Compra (Call)
seguro para se tentar lucrar com ele, mas sim, para minimizar o seu prejuízo na eventual ocorrência de um sinistro.
Petrobras Por outro lado, a companhia de seguros visa, basicamente, lucrar com o valor do prêmio pago pelo segurado, apostando na
Vale improbabilidade da ocorrência do sinistro. Tanto a companhia de seguros, quanto o segurado, não desejam que o sinistro ocorra.
Imagine que você fez um seguro para o seu carro. Os seguros de carro, normalmente, têm duração de um ano. Por este seguro,
Bovespa BM&F você pagou a seu corretor R$ 1.500,00. Caso o seu carro seja roubado neste período de um ano, você tem o direito a uma
OGX Petróleo indenização no valor de R$ 35.000,00.
Traduzindo esta situação utilizando a terminologia do mercado de opções: você (titular) comprou um contrato de opção de venda
Itaú Unibanco
cujo ativo objeto é o seu carro, pagando R$ 1.500,00 de prêmio ao vendedor (lançador). Este contrato tem validade de 365 dias e o
Opções de Venda (Put) preço de exercício do direito de venda do ativo­objeto é R$ 35.000,00.
Petrobras
Vale
 VOLTAR PARA A HOME
Bovespa BM&F
OGX Petróleo
Itaú Unibanco

http://br.advfn.com/educacional/opcoes/opcao­de­venda 1/2