Você está na página 1de 3

Hi, everyone!

Veja a seguir alguns passos, conhecidos como estratégias de leitura, que podem
guiá-lo rumo a uma interpretação coerente e segura:
⇒ Dê atenção especial ao título do texto. Sempre haverá uma relação direta
entre este e o assunto a ser abordado no corpo do documento em questão. Após
desvendar o título, você pode fazer uma “tempestade de ideias” (brainstorm), ou
seja, elencar em poucos segundos quais os possíveis assuntos a serem
abordados no texto. Esta é uma forma de você estar situado no processo de
leitura, de procurar uma relação mais próxima com o texto. Por exemplo, é pouco
provável que um texto que tem como título “Why do we sleep?” (Por que nós
dormimos?) venha a discutir outro assunto que não seja razões pelas quais
dormimos.
⇒ Outro dado importante: o nível de conhecimento prévio que você possui a
respeito do tema abordado. Por que os leitores brasileiros leigos muitas vezes
não entendem um texto de economia em português? Porque desconhecem o
assunto e não o idioma. Por isso, é imprescindível sempre estar por dentro dos
assuntos que estiverem em voga nos diversos tipos de mídia – internet,
televisão, rádio, veículos impressos, etc. Busque a informação, não espere que
ela venha até você!
⇒ Depois da análise do título, é hora de lermos o texto. É importante que você
faça primeiro uma leitura superficial para verificar os assuntos abordados. Esta
leitura prévia deverá ser realizada através do reconhecimento das palavras já
conhecidas e das chamadas palavras cognatas (termos escritos da mesma
forma, ou forma semelhante, mas oriundos de idiomas diferentes). Podem ser
considerados true cognates (verdadeiros, quando o significado do termo em
português é o mesmo que indica a palavra idêntica ou parecida em inglês) ou
false cognates (falsos, quando aparência e significado destoam). Aqui vai um
dado relevante: a incidência de cognatos verdadeiros em textos de vestibular é
bem superior àquela dos cognatos falsos. Por isso fica aqui a sugestão: arrisque,
vale a pena tentar supor o sentido dos termos!

DICA: Ainda neste primeiro momento da leitura, é importante destacar o tópico


frasal de cada parágrafo. Isto gera economia de tempo e o poupa do cansativo
trabalho de ler e reler o texto diversas vezes para compreender o que está sendo
abordado.
⇒ Depois de ter verificado quais os temas trazidos pelo texto e identificado a
ideia central de cada parágrafo, você pode, então, partir para uma leitura mais
detalhada. Nesta etapa, é aconselhável identificar as palavras desconhecidas
(vocábulos novos) e tentar entender o significado de cada uma delas através do
contexto. Com o tempo você perceberá que suas suposições redundarão cada
vez mais em êxitos! Lembre-se: ainda não há necessidade do uso do dicionário
nessa etapa de sua leitura. Na verdade, é fundamental que exercite as
estratégias de leitura (simule suas condições) durante seus estudos para que se
torne mais preparado para ler o texto sem esta ferramenta.
⇒ Outro ponto que o auxilia a entender melhor o texto é a leitura dos recursos
gráficos: imagens, mapas. É necessário também estar atento às marcas
tipográficas do texto (negrito, itálico, sublinhado), pois estes destaques sempre
chamam atenção para alguma informação relevante.
⇒ O uso do dicionário é muito importante no processo de aquisição de
vocabulário que você não conseguiu inferir através do contexto. Porém, como já
dito anteriormente, é necessário cautela para fazer do dicionário um aliado
durante o processo de leitura. Só depois de lido todo o texto, desvendado suas
informações com o auxílio das palavras conhecidas, cognatos e inferência dos
vocábulos novos é que você vai usar o dicionário para conferir o significado das
palavras desconhecidas do texto e ampliar o seu vocabulário. Só conhecendo o
contexto no qual a palavra está inserida, é que você pode escolher a tradução
que melhor se adapta àquele texto.
⇒ O domínio de conjunções e preposições também é muito importante, pois
aparecem com frequência nos textos. Elas podem dar dicas valiosas sobre
posicionamentos do autor em relação a determinado tema, indicar contradição,
adversidade, etc.

Bem, agora é só fazer uso constante destas técnicas de leitura e tirar o máximo
de proveito do texto, ok?
A partir de agora você deverá fazer uso da apostila de exercícios disponível para
download para acompanhar tanto a leitura como a escrita. Assim você estará se
aprofundando ainda mais nos conhecimentos deste idioma. Como este curso é de
nível intermediário, recomendamos você fazer primeiro o nível básico, pois ítens básicos
(como números, verbos, horas, etc) não serão apresentados neste curso intermediário. O
aluno deverá ter este conhecimento básico, para conseguir progredir com o nível
intermediário.
A apostila de exercícios possue em torno de 100 páginas para você, aluno, poder
se exercitar e aprender ainda mais.
Os exercícios de gramática e de leitura de texto você poderá ouvir pelo site e
acompanhar a leitura pela apostila respondendo as questões. Tome como uma
disciplina para você usar o gabarito somente quando terminar cada capítulo e
não quando responder cada questão.
Exercícios:

01. Definidas pelos países membros da Organização das Nações Unidas e por
organizações internacionais, as metas de desenvolvimento do milênio envolvem
oito objetivos a serem alcançados até 2015. Apesar da diversidade cultural,
esses objetivos, mostrados na imagem, são comuns ao mundo todo, sendo dois
deles:

a) O combate à AIDS e a melhoria do ensino universitário.

b) A redução da mortalidade adulta e a criação de parcerias


globais.

c) A promoção da igualdade de gêneros e a erradicação da


pobreza.

d) A parceria global para o desenvolvimento e a valorização das


crianças.

e) A garantia da sustentabilidade ambiental e combate ao


trabalho infantil.

New Words:
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________

Você também pode gostar