Você está na página 1de 7

Tutoriais gratuitos de programação GIS: Aprenda como

codi car
QUE PROGRAMADORES GIS BEM-SUCEDIDOS E AUTOSSUFICIENTES COMEM NO CAFÉ DA MANHÃ

Programação GIS em Python

Última atualização: 6 de dezembro de 2018

Aprenda a escrever código gratuitamente em qualquer linguagem de


programação GIS
O que programadores GIS autodidatas de sucesso comem no café da manhã?

Nós comemos doses saudáveis de Python, JavaScript, SQL, VB.NET, C ++, HTML, CSS ... Nessa ordem, essas
são as linguagens de programação GIS mais populares.

Não é necessário ter habilidades de programação para conseguir um emprego na indústria GIS . Mas é uma
pena no seu boné, se você zer. E isso certamente ajudará.

Se você está apenas começando, aqui estão alguns dos melhores recursos de programação GIS disponíveis
para abrir caminho para a competência de codi cação:

Programação GIS em Aplicações - Python, C ++, .NET, C #


Python tem sido uma linguagem padrão em GIS porque Esri e open source tendem a gravitar em direção a ela.
De todas as linguagens de programação GIS, muitos consideram ser o favorito.

Além do Python, os programadores GIS usam C ++, C # e .NET. C ++ permite trabalhar em vários ambientes.
Enquanto o C # e as linguagens .NET oferecem boas ferramentas de desenvolvimento e interação com o
software baseado no Usamos
Windows.
cookies para otimizar a funcionalidade do site e oferecer a melhor experiência possível.

Aceitar
Sugerimos que você aprenda Python primeiro porque é geralmente o
primeiro idioma que uma empresa procura.

Aqui estão 3 cursos iniciais para iniciar sua jornada na programação em


Python:

O livro Python Scripting for ArcGIS Free da Esri o orienta a criar ferramentas de geoprocessamento
personalizadas e aprender a escrever código Python no ArcGIS.
Em seguida, a Fundação de Programação com Python em Udacity ajuda você a aprender ativamente a
codi car em Python gratuitamente.
Finalmente, nossa lista de cursos gratuitos de treinamento da Esri e do MOOC ensina a linguagem de
script Python e automatiza as tarefas de GIS na área de trabalho do Esri ArcGIS.

Mas você não aprenderá verdadeiramente o Python, a menos que você o aplique:

Por exemplo, construa sua própria caixa de ferramentas para gerenciar, processar ou exibir seus próprios dados
GIS.

Um bom exemplo seria analisar um arquivo grande do Excel. Importe esses dados para o ArcGIS e execute uma
análise nesse shape le com seu script Python.

Mostre suas novas habilidades na sua página de portfólio. Adicione ao seu currículo que você tem um
conhecimento prático de programação Python.

Programação GIS - Python, JavaScript, R e mais

A grande vantagem de usar o Python é esta:


Usamos cookies para otimizar a funcionalidade do site e oferecer a melhor experiência possível.

Aceitar
Você automatiza o uxo de trabalho e repete tarefas redundantes. Se você pode economizar tempo e dinheiro
de uma empresa com um exemplo prático, você é tão bom quanto ouro.

Se você car bom no Python, não é tão difícil transferir suas habilidades para o JavaScript. Este é o caminho a
percorrer para desenvolver seus próprios aplicativos de mapeamento da web .

Torne suas páginas da Web interativas com JavaScript


O desenvolvimento da Web é todo o burburinho dos dias de hoje.

… E a indústria de GIS não é exceção, já que está gravitando mais nos dias de hoje com plataformas baseadas
em nuvem, como o ArcGIS Online .

Começando com o básico, o HTML é a linguagem de marcação que dá


estrutura a páginas da web como cabeçalhos, tabelas e listas. Enquanto
o CSS estiliza páginas da Web com layouts, ele também fornece cor,
fontes e tamanho.

Mas HTML e CSS são fáceis de aprender. Seu maior obstáculo é o


JavaScript. Se você quiser realmente tornar sua página dinâmica, dê
uma olhada no JavaScript.

Como o JavaScript é executado em um navegador, ele manipula o comportamento do seu conteúdo baseado na
web. De fato, a API JavaScript da Esri é a sucessora do Flex e do Silverlight.

LEIA MAIS: 15 Exemplos de Webmaps e Webscenes de alta tecnologia usando a API JavaScript da Esri

Na verdade, HTML, CSS e JavaScript trabalham juntos para criar conteúdo da Web dinâmico. Além disso, o kit
de ferramentas do Dojo fornece utilitários de linguagem e componentes de interface do usuário.

Novamente, a suposição está começando em zero. Esses três cursos oferecem uma boa base em JavaScript e
em alguns HTML / CSS:

A Introdução ao JavaScript da Khan Academy é muito introdutória e não levará


muito tempo para ser concluída. Este começa com o básico e termina com
design orientado a objetos.
Os cursos básicos de Javascript da Udacity ajudarão a expandir as
informações aprendidas acima. Como a maioria das aulas introdutórias, ajuda
você a mergulhar mais fundo na direção que desejar.
HTML / JS: Tornar as páginas da Web interativas informa como incluir
bibliotecas JavaScript em sua página da Web para que você possa usar a
funcionalidade criada por outros desenvolvedores da Web.

A partir daqui, é hora de se desa ar. Coloque seu conhecimento em ação com um projeto próprio. Por exemplo,
crie seu próprio projeto pessoal de mapa da web começando de forma simples. Pegue as coordenadas de
latitude e longitude e coloque-as em um mapa da web com o Lea et, ESRI API ou D3.

Você passou pelos cursos


Usamosnecessários. Você
cookies para otimizar colocou seu
a funcionalidade conhecimento
do site emexperiência
e oferecer a melhor ação. É possível.
hora de estimular seu
currículo e dizer aos empregadores. Nesta fase, não seria
Aceitarirracional adicionar conhecimentos de trabalho de
HTML, CSS, JS após a conclusão.

Crie mapas da Web so sticados usando o Lea et, OpenLayers e muito mais
Os mapas da Web avançados geralmente usam bibliotecas JavaScript de código aberto, como o Lea et.js, para
realmente dar vida a elas:

Exemplo de mapa de folheto

Bibliotecas JavaScript são códigos que alguém escreveu para facilitar a vida de todos nós. Isso é o mesmo que
os módulos do Python são distribuídos. Por exemplo, JQuery, three.js e bootstrap são bibliotecas JavaScript
atualmente em uso.

Ao usar o Lea et, você pode criar seu próprio mapa da web a partir dessa biblioteca JavaScript. É por isso que o
JavaScript é tão bom com a visualização interativa no GIS.

O Lea et.js é bem documentado e fácil de aprender. Você pode fazer quase qualquer coisa com JavaScript,
desde a análise espacial até os robustos servidores de mapa base.

… À medida que a tecnologia melhora, o desenvolvimento da Web vai exigir o uso de ferramentas de
visualização 3D, como WebGL e JavaScript API 4 da Esri.

Aqui está um curso para ajustar suas habilidades de programação GIS:

Use OpenLayers 3 Exemplos fornece exemplos de código de clusters, animações, GeoJSON, heatmaps,
WebGL e mais.

Mas você não aprenderá verdadeiramente como criar mapas da web dinâmicos, a menos que você os aplique.

Exemplo de mapa da web do QGIS


Usamos cookies para otimizar a funcionalidade do site e oferecer a melhor experiência possível.

Aceitar
Teste seus conhecimentos com um projeto de mapa da web mais complexo. Por exemplo, crie um mapa da web
com pelo menos duas camadas indeléveis. A partir deste projeto, você provavelmente descobrirá porque HTML,
CSS, JavaScript, XML, JQuery e AJAX são valiosos no desenvolvimento web.

Como a tecnologia GIS muda para a nuvem, o desenvolvimento web pode ser apenas a melhor escolha de
carreira.

Bancos de dados - SQL e UML


Quase todos os sistemas de banco de dados modernos (DBMS) podem usar o SQL. Uma grande parte do GIS é
a entrada, edição e manutenção de banco de dados. Por exemplo, consultas SQL, entradas e exclusões ajustam
seus dados.

Você deve estar familiarizado com SQL e ser capaz de executar


instruções SELECT, INSERT, MODIFY e DELETE. Junta, relaciona e mais
conhecimento de SQL é muito valorizado no campo.

Aqui estão alguns cursos para aperfeiçoar seu SQL:

Introdução à SQL da Khan Academy : Consultar e gerenciar dados


ajuda a gerenciar dados em um banco de dados relacional com
SQL. Este curso gratuito ensina como usar o SQL para armazenar,
consultar e manipular dados.
O curso gratuito da Udacity sobre Introdução aos Bancos de Dados Relacionais fornece o conhecimento
necessário para escrever código usando um banco de dados como back-end.

Quando receber um banco de dados, explore os modelos de dados dentro dele. Entenda a estrutura do banco de
dados. Essa estrutura de design do banco de dados geralmente é representada em diagramas UML.

Geralmente é o caso de você poder usar ferramentas de design como o Microsoft Visio. A maioria dos trabalhos
de design para modelos de dados o utilizam.

Mas o melhor conselho é:

Pratique, pratique, pratique!

Crie um projeto e pratique usando


Usamos suas
cookies para novas
otimizar habilidades
a funcionalidade do de
site SQL. Seaum
e oferecer empregador
melhor pede uma carteira, você
experiência possível.

tem alguns bons exemplos para compartilhar. Aceitar


R espacial
Estatísticos e mineradores de dados usam R para desenvolvimento e análise de software estatístico aberto.

O que você pode não saber é que já está sendo adotado em GIS.

Isso ocorre porque R pode visualizar e analisar dados espaciais. Coloca ênfase nas
estatísticas, mas pode fazer as duas coisas.

Não é uma má idéia aprender algumas linguagens de programação / pacotes que


não estão estritamente ligados ao ArcGIS. E por esse motivo, R é frequentemente
recomendado:

Introdução de Robin Lovelace e James Chesire para visualização de dados espaciais em R lhe dá
experiência prática com o pacote de grá cos populares de R ggplot2
R Spatial Cheatsheet é para dados geoespaciais em R e além. As principais funções e manipulações de
dados vetoriais e rasteriais.

Programação Orientada a Objetos (OOP)


A programação orientada a objetos (OOP) é uma habilidade indispensável para um programador GIS. OOP é
sobre manter o código como objetos e reutilizar o código por meio de instanciação.

Você pode aplicar a OOP em conjunto com a sua linguagem de programação preferida.

A maior parte do desenvolvimento do SIG está voltada para o paradigma da OOP. E você também deveria!
Dominar os conceitos de OOP impulsionará sua carreira em programação de GIS.

O JavaScript orientado a objetos da Udacity ajuda você a construir seus próprios blocos de código como
bibliotecas e evita copiar e colar linhas de código.

Comunidade de codi cação GitHub e CodeAcademy


Finalmente, você pode estar se perguntando por que tantas pessoas usam o GitHub.

O GitHub é como um Facebook para desenvolvedores. É uma comunidade aberta que ajuda os desenvolvedores
a ver o que seus colegas estão trabalhando.

Os desenvolvedores podem inspecionar


Usamos cookies todo
para otimizar o históricodo
a funcionalidade desite
um projeto
e oferecer por versão.
a melhor Eles
experiência também podem estudar
possível.

o código de um projeto e modi cá-lo por conta própria.Aceitar


Como usar o Git e o GitHub (Udacity) - Use o controle de versão
durante a vida de um projeto e otimize a colaboração através do
GitHub. Enquanto você está fazendo isso, isso pode parecer sem
sentido. Não pule isso! ( Como usar o Git e o GitHub )

Mais de 25 milhões de pessoas usam o CodeAcademy porque é ótimo para aprender a sintaxe. Não é apenas
para sintaxe, mas você pode interativamente ter aulas de programação em Python.

Mas a CodeAcademy tem um custo para os cursos da versão PRO. Teste, e pode ser um bom investimento
começar em Python.

Aprenda a codi car em Python interativamente (CodeAcademy) - Se você quer apenas começar a
codi car em algum lugar, a CodeAcademy tem a interface para você fazer isso. ( Aprenda a codi car
interativamente, de graça )

De zero a um pouco de um herói de codi cação


Codi que o dia todo.

Depurar a noite toda

O conhecimento em programação GIS é um bom exemplo para o seu currículo. Aprenda várias linguagens de
programação GIS e você será um grand slam.

Concorda ou discorda do artigo? deixe-nos saber com um comentário abaixo.

Obrigado ao usuário do Reddit, Korlyth, por suas contribuições e inspiração para a criação deste post.

Usamos cookies para otimizar a funcionalidade do site e oferecer a melhor experiência possível.

Aceitar