Você está na página 1de 17

FIGURAS DE LINGUAGEM autoafirmação.

E, diante do imenso impacto


que provocamos nos ecossistemas que
1. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA) A tocamos, também de autocrítica.” (5º§) possui
passagem do texto em que há emprego da um exemplo de figura de linguagem
figura de linguagem denominada de denominada
prosopopeia é (A) anáfora.
(A) “As reclamações da multidão nas ruas são (B) zeugma.
tão variadas...” (C) perífrase.
(B) “...a voz das ruas quer lisura, ética, ações...” (D) hipérbato.
(C) “...mulheres parindo e velhos morrendo (E) silepse de gênero.
em colchonetes no corredor...”
(D) “Professores desesperados tentando ensinar 6. (IDECAN/2013/Pref. de Lagoa da Confusão-
sem material básico...” TO) Um recurso relevante na construção textual
(E) “Sou totalmente contrária a qualquer é o uso de personificações. Uma dessas
violência...” personificações verifica-se em
(A) “Quando estava com dois palmos, veio um
2. (AOCP/2013/MEC/Instituto Benjamim outro amigo e afirmou que era cana.”
Constante) A expressão “devorar uma travessa (B) “Quando estava do tamanho de um palmo,
de comida” (1.§) é um exemplo de figura de veio um amigo e declarou desdenhosamente
(A) palavra denominada metonímia. que aquilo era capim.”
(B) pensamento denominada metáfora. (C) “Anteontem aconteceu o que era inevitável,
(C) sintaxe denominada hipálage. mas que nos encantou como se fosse
(D) palavra denominada antonomásia. inesperado: meu pé de milho pendoou.”
(E) sintaxe denominada anacoluto. (D) “Aconteceu que, no meu quintal, em um
monte de terra trazida pelo jardineiro, nasceu
3. (AOCP/2013/MEC/Instituto Benjamim alguma coisa que podia ser um pé de milho…”
Constante) “...Harvard não seria a melhor (E) “Mas aquele pendão firme, vertical, beijado
universidade do mundo e Berkeley, a melhor pelo vento do mar, veio enriquecer nosso
pública.” (2.§) canteirinho vulgar com uma força e uma alegria
No fragmento acima, temos um exemplo de que me fazem bem.”
figura de
(A) sintaxe denominada zeugma.
(B) pensamento denominada apóstrofe. ORTOGRAFIA
(C) sintaxe denominada anacoluto.
(D) palavra denominada catacrese. 7. (AOCP/2011/Prefeitura de Nossa Senhora do
(E) sintaxe denominada anáfora. Socorro/SE) A palavra xampú não está grafada
corretamente no segundo quadrinho. Assinale a
4. (IDECAN/2011/Câmara de Xinguara-PA) alternativa que apresenta a grafia correta para
Associe corretamente as colunas a seguir essa palavra no Brasil.
relacionando a figura de linguagem ao trecho (A) Shampo
em destaque. (Alguns números poderão ser (B) Champú
utilizados mais de uma vez e outros poderão (C) Xampu
não ser utilizados) (D) Shampú
1. Metonímia. (E) Shampu
2. Perífrase.
3. Hipérbole. 8. (AOCP/2011/Prefeitura de Nossa Senhora do
4. Metáfora. Socorro/SE) Assinale a alternativa que
5. Eufemismo. apresenta erro de grafia.
( ) “Rubem Braga deve ser fácil ou impossível (A) Arbitrário
de ler...” (B) Analisar
( ) “O escritor capixaba ajudou a enxugar a (C) Inspiração
língua portuguesa...” (D) Correção
( ) “O léxico de Braga é uma mochila de (E) Ciêntífico
escoteiros...”
9. (AOCP/2013/SETAS-MT) Assinale a alternativa
A sequência está correta em correta quanto à grafia dos pares.
(A) 5, 3, 2 (A) Sinal – sinalizassão.
(B) 1, 4, 4 (B) Adorar –adorassão.
(C) 5, 5, 2 (C) Sedutora – sedussão.
(D) 3, 2, 4 (D) Atualizar – atualizassão.
(E) 1, 2, 5 (E) Pressionar – pressão.

5. (IDECAN/2013/CREFITO-PR) O excerto 10. (AOCP/2012/SECAD-TO) Assinale a palavra


“Conforme nos tornamos predadores, passamos que NÃO apresenta erro de ortografia.
a incorporar os monstros como forma de (A) Conflituoso
(B) Celebrassão 16. (AOCP/2011/Prefeitura de Ibiporã-PR)
(C) Relevânsia Assinale a alternativa que apresenta erro de
(D) Proporçional grafia.
(E) Egípsio (A) Inspiração
(B) Privação
(C) Defesa
11. (AOCP/2013/MEC/IBC) De acordo com o (D) Reportajem
Novo Acordo Ortográfico, a palavra que sofreu (E) Restringir
alteração foi
(A) Coreia, pois paroxítonas com 17. (AOCP/2014/HUCAM-UFES) A palavra que
tonicidade em ditongos ei e oi não se acentuam está acentuada corretamente é
mais. (A) Históriar.
(B) três, pois pertence às palavras (B) Memórial.
monossilábicas terminadas com a consoante s. (C) Métodico.
(C) aluno-professor, pois compostos de (D) Própriedade.
substantivos passaram a ser grafados (E) Artifício.
com hífen.
(D) aguado, pois as palavras que possuíam 18. (AOCP/2010/Colégio Pedro II) Assinale a
trema perderam-no, exceto os nomes próprios. alternativa que NÃO apresenta um dígrafo.
(E) anfiteatros, pois compostos cuja (A) Tendo
formação se perdeu pelo uso não tem mais (B) Pesquisa
hífen. (C) Pessoa
(D) Risco
12. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR) (E) Trabalho
Assinale a alternativa que apresenta o par
correto quanto à grafia e acentuação. 19. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA)
(A) Válido – válidade. Assinale a única alternativa que apresenta dois
(B) Público – públicidade. dígrafos.
(C) Psiquiátria – psiquiátrico. (A) Planilha
(D) Heróico – herói. (B) Ganham
(E) Família – famíliar. (C) Exemplo
(D) Excesso
13. (AOCP/2014/Ebserh/UFSM) Assinale a (E) Ensino
alternativa correta quanto à acentuação dos
pares. 20. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA)
(A) Princípio – principiânte. Assinale a única alternativa que apresenta dois
(B) Urgência – urgênte. encontros consonantais.
(C) Democrático – democrácia. (A) Professores
(D) Egoísmo – egoísta. (B) Problema
(E) Responsável – responsábilidade (C) Trabalho
(D) Qualquer
14. (AOCP/2011/CISMEPAR) Assinale a (E) Processos
alternativa que apresenta as duas palavras
grafadas corretamente. 21. (AOCP/2008/CRECI-PR) Assinale a
(A) Estúpido – estúpidez alternativa que apresenta apenas vocábulos
(B) Anúncio - anunciável com dígrafos.
(C) Questionável – questionámento (A) Turbulência; exemplo; queda.
(D) Âncora – âncorar (B) Perfeito; imóveis; europeus.
(E) Empresário – empresárial (C) Despencou; credores; preços.
(D) Disseminação; nesses; taxas.
15. (AOCP/2014/Ebserh/UFSM) “Crianças que (E) Inflação; redução; queda.
possuem demais sofrem do mesmo mal do
adulto obrigado a fazer escolhas em demasia 22. (AOCP/2008/CRECI-PR) Assinale a
todos os dias, não valorizam o que têm, perdem alternativa em que o número de fonemas e de
tempo e sentem-se perdidas”. letras das palavras está INCORRETAMENTE
No excerto acima, o termo destacado recebeu indicado.
acento (A) acontece = 8 letras e 7 fonemas; China = 5
circunflexo para letras e 4 fonemas.
(A) atender à regência do verbo valorizar. (B) Japão = 5 letras e 5 fonemas; investimentos
(B) concordar com o nome “escolhas”. = 13 letras e 10 fonemas.
(C) concordar com o nome “adulto”. (C) Financiam = 9 letras e 7 fonemas;
(D) atender à regência do nome “demasia”. desemprego = 10 letras e 9 fonemas.
(E) concordar com o nome “Crianças”. (D) Economia = 8 letras e 8 fonemas;
turbulência = 11 letras e 10 fonemas.
(E) Sofrida = 7 letras e 7 fonemas; torna = 5
letras e 5 fonemas.
(D) “Infelizmente todo movimento de massas
23. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA) provoca e abriga em querer grupos violentos e
Todas as palavras abaixo apresentam 7 letras e anárquicos...”
7 fonemas, EXCETO. (E) “...se apliquem decentemente somas que
(A) Amostra poderão salvar vidas, educar jovens, abrir
(B) Salário horizontes.”
(C) Pedidos
(D) Sistema 29. (AOCP/2012/Companhia de Saneamento de
(E) Exemplo Sergipe) Assinale a expressão em destaque que
NÃO funciona no contexto como adjunto
adverbial.
(A) “Se é verdade que em alguns eventos
24. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA) juvenis o percentual de meias-entradas chega a
Assinale a alternativa em que todas as palavras 80%”.
são proparoxítonas. (B) “conceder o benefício a todos os jovens
(A) Documentos, dirigentes, pesquisadora independentemente do vínculo estudantil”.
(B) Públicas, pedagógico, física (C) “subsidiam o consumo dos
(C) Adicionais, levantamento, atividades jovens e dos idosos – setores com renda
(D) Contador, eliminados, escolas significativamente inferior.”.
(E) Gestores, concentrassem, sistema (D) “os custos só determinam o patamar
mínimo dos preços, e o valor efetivamente
25. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA) praticado”.
Assinale a alternativa INCORRETA quanto à (E) “Além de provavelmente não baratear os
divisão silábica. ingressos a limitação das meias-entradas
(A) Ex – ces – so substituiria”.
(B) Pes – qui – sa – dor
(C) Sobre – po – si – ção 30. (AOCP/2012/CRM-MT) Assinale a alternativa
(D) Cons – ta – ta – ção correta quanto ao significado das expressões
(E) Con – tra – tar destacadas.
(A) “É bom reservar um tempo desde já para
26. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA) planejar como você pretende que seja sua
Assinale a única alternativa que apresenta velhice.” (lugar)
apenas um encontro vocálico. (B) “Inclusive porque é bem possível que essa
(A) Relatórios fase da sua vida dure bastante tempo.” (tempo)
(B) Violência (C) “...é preciso tomar atitudes ainda jovem...”
(C) Regionais (exclusão)
(D) Reuniões (D) “O poder da crença pode ir além do conforto
(E) Funcionários espiritual...” (realce)
(E) Os desgastes são cumulativos, por isso, para
27. (AOCP/Ebserh/HU-UFS) A palavra que se envelhecer de forma saudável...(modo)
acentua de acordo com a mesma regra de
científica é 31. (AOCP/2010/Caixa-RS) Assinale a alternativa
(A) hérnias. cuja expressão em destaque NÃO está
(B) inglês. analisada de forma correta quanto ao sentido
(C) está. que apresenta no texto.
(D) cômico. (A) “Antes da fala da americana, o ministro
(E) também. brasileiro das Relações Internacionais, Celso
Amorim...” (tempo)
(B) “...evitou nesta quarta-feira discordar da
ADVÉRBIOS postura brasileira diante do enriquecimento de
urânio no Irã.” (tempo)
28. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA) A (C) “...disse a secretária, salientando que
expressão destacada que é empregada para ambos concordam que a via diplomática é
modificar todo o conteúdo expresso no preferível.”
fragmento se encontra na alternativa (quantidade)
(A) “Sou totalmente contrária a qualquer (D) “As questões internacionais não são
violência, mas este povo chegou ao extremo de discutidas dessa maneira...” (modo)
sua tolerância...” (E) "O Brasil acredita que ainda tem espaço
(B) “Um jornalista comentou recentemente num para negociação.” (acréscimo)
programa de televisão que pediu a um
médico...” 32. (AOCP/2013/SETAS-MT) Assinale a
(C) “Falo em relações humanas e seus dramas, alternativa INCORRETA quanto ao sentido
porém mais frequentemente nas coisas apresentado pelas expressões em destaque.
inaceitáveis...” (A) “... e agora se deleita com essa nova
descoberta...” (tempo)
(B) “Há quem nunca tenha se interessado...” (D) “Para ele, o ideal seria que as secretarias se
(intensidade) concentrassem em avaliar...”
(C) “... um lanche desse tipo conta muito para (E) “Ao mesmo tempo em que passaram a ser
as mães.” (intensidade) cobrados por resultados...”
(D) “... ele respondeu que é sempre uma
“comida muito estranha”.” (tempo) 37. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR) Em
(E) “Talvez isso seja necessário porque faltem “É a partir dela que vamos fazer as adequações
atos...” (dúvida) na Legislação.”, a sequência verbal vamos fazer
pode ser substituída, mantendo-se o mesmo
33. (AOCP/2014/Eberh/HU-UFS) Assinale a tempo e pessoa verbal, por
alternativa INCORRETA quanto ao que se afirma (A) fez-se.
a respeito das expressões destacadas. (B) fizeram.
(A) Em “Se tivéssemos sempre sucesso...”, (C) farão.
indica tempo. (D) faremos.
(B) Em “Se tivéssemos sempre (E) faríamos.
sucesso...”, indica condição.
(C) Em “...muitas vezes obscurece...”, indica 38. (AOCP/2012/Prefeitura de Paranavaí-PR) Em
modo. “Fique em casa no ano-novo se é o que o deixa
(D) Em “Semana passada, li um ensaio...”, feliz.”, o termo destacado está no
indica tempo. (A) futuro do pretérito do modo indicativo.
(E) Em “Talvez não devesse ser assim.”, indica (B) pretérito imperfeito do modo indicativo.
modo. (C) afirmativo do modo imperativo.
(D) presente do subjuntivo.
(E) futuro do subjuntivo.

PREPPOSIÇÕES 39. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR)


“Quem é mais sensível ou não está acostumado
34. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA) com bebida pode ter alterações importantes
Assinale a alternativa em que o sentido da com apenas um copo de cerveja, teria afirmado
preposição NÃO está analisado corretamente. o médico.” A expressão verbal destacada está
(A) “...da rede municipal de São Paulo...” (lugar) no
(B) “Para ele, o ideal seria que as secretarias...” (A) pretérito perfeito do indicativo.
(referência) (B) futuro do presente composto do indicativo.
(C) “...reuniões com os professores...” (C) pretérito mais-que-perfeito do indicativo.
(companhia) (D) futuro do pretérito composto do indicativo.
(D) “...o envio dos documentos a um contador.” (E) pretérito perfeito do subjuntivo.
(destino)
(E) “...mudanças aplicadas em Nova York...” PRONOMES
(lugar)
40. (AOCP/2012/Prefeitura de Paranavaí-PR) Em
“Faça um acordo consigo de que irá a um certo
VERBO número de eventos sociais...” o termo
destacado trata-se de um
35. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA) Em (A) pronome reflexivo e equivale a “você
“...que isso não nos prejudique”, a forma verbal mesmo”.
destacada está conjugada no (B) pronome pessoal do caso reto
(A) presente do subjuntivo. correspondente a primeira pessoa do singular.
(B) presente do indicativo. (C) pronome pessoal do caso reto
(C) futuro do subjuntivo. correspondente a segunda pessoa do plural.
(D) futuro do indicativo. (D) pronome pessoal do caso oblíquo
(E) imperfeito do subjuntivo. correspondente a primeira pessoa do singular.
(E) pronome pessoal do caso oblíquo
36. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA) correspondente a primeira pessoa do plural.
Assinale a alternativa cuja forma verbal NÃO se
encontra no modo indicativo. 41. (AOCP/2014/Ebserh/UFSM) Em “...costumam
(A) “Ela sugere que as escolas tenham um dar ênfase demais a si mesmas...”, o termo
diretor pedagógico e outro administrativo.” destacado
(B) “Sistemas de ensino em outros países (A) trata-se de um pronome oblíquo átono
decidiram deixar os diretores focados...” recíproco.
(C) “Ela sugere que as escolas tenham um (B) trata-se de um pronome oblíquo tônico
diretor pedagógico e outro administrativo.” recíproco.
(C) trata-se de um pronome oblíquo tônico (C) explicação.
reflexivo. (D) proporção.
(D) trata-se de um pronome oblíquo átono (E) consecução.
reflexivo.
(E) trata-se de um pronome oblíquo átono não 47. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA) Em
reflexivo. “...que i sso não nos prejudique nem invalide
nossas reivindicações”, as expressões
42. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFS) A expressão destacadas estabelecem relação semântica de
destacada que NÃO se classifica como pronome (A) contraste.
indefinido é (B) negação.
(A) “...isso é típico daqueles mais arrogantes...” (C) adição.
(B) “Desse fracasso ninguém escapa...” (D) alternância.
(C) “...o fracasso é visto como algo (E) explicação
embaraçoso...”
(D) “Todo gênio passa pelas dores do 48. (AOCP/2012/CRM-MT) Em “Mas é na
processo...” religiosidade que a maior parte da população
(E) “...para quem tudo dá certo...” vai buscar essa razão de viver. E encontra.”
(8ºparágrafo), o termo destacado estabelece
43. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFES) Assinale a relação de
alternativa que apresenta a substituição (A) alternância.
correta da expressão em destaque. (B) adversidade.
(A) “..é apoiar algum tipo de censura...” (C) explicação.
(apoiar-lhe) (D) conclusão.
(B) “Não é a ciência que cria o bem...” (cria-o) (E) adição
(C) “...pedindo uma companheira a Deus.”
(pedindo-o) 49. (AOCP/2013/COREN-SC) Assinale a
(D) “...definir quais assuntos...” (definir-lhes) expressão destacada que NÃO apresenta seu
(E) “...cientistas podem ter liberdade total...” sentido correto entre parênteses.
(tê-la) (A) “...as relações interpessoais, assim como
as relações entre o Poder Público
44. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFS) Todas as e o cidadão cada vez...” (1.§) (conclusão)
expressões destacadas a seguir funcionam (B) “...o ser humano é visto apenas como
como artigo definido, EXCETO um número ou, em linguagem mais
(A) “...sendo os humanos do jeito que são...” moderna, como um byte”. (5.§)
(B) “...confrontarmos os desafios da vida...” (alternância)
(C) “...são os que tiveram que trabalhar...” (C) “Muitos problemas poderiam ser facilmente
(D) “...ensinar os menos habilidosos...” resolvidos se o Estado fosse capaz de ouvir...”
(E) “...são os ídolos de todos...” (8.§) (condição)
(D) “No entanto, em que pese a verificada
evolução, Estado e indivíduo ainda se
CONECTIVOS relacionam...” (2.§) (contraste)
(E) “As instituições estatais evoluíram, a
45. (AOCP/2013/SETAS-MT) Em “O primeiro sociedade evoluiu, mas as relações mantidas
contato da criança com esse mundo dá-se por entre si continuam...” (1.§) (contraste)
meio da alimentação [...] Entretanto, num
mundo em que a oferta de alimentos 50. (AOCP/2013/COREN-SC) “Não obstante o
industrializados é intensa e sedutora, logo as Estado disponha de recursos tecnológicos e os
crianças são apresentadas às guloseimas..”., o administradores conheçam os problemas – nas
termo destacado, a fim de manter a mesma eleições todos os candidatos sabem como
relação sintática e semântica, pode ser resolver estes problemas, diga-se de passagem
substituído por todas as expressões abaixo, –, o ser humano é visto apenas como um
EXCETO por número ou, em linguagem mais moderna, como
(A) mas. um byte.” (5.§)
(B) porém. Sem prejuízo para o conteúdo veiculado, a
(C) contudo. expressão “não obstante” pode ser substituída
(D) portanto. por
(E) no entanto (A) Porque.
(B) Visto que.
46. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA) (C) Embora.
‘apanhados desprevenidos, por mais que (D) Como.
estivessem alienados em torres de marfim.”, a (E) Para que.
expressão em destaque estabelece relação
semântica de 51. (AOCP/2012/SECAD-TO) “Do outro lado do
(A) contraste. Oceano, a despeito da vitória sobre a ditadura
(B) conclusão. de Hosni Mubarak, um Egito machucado deverá
ter um ano ruim para o turismo.”
Sem alterar o sentido do texto, a expressão a 56. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR) “Da
despeito pode ser substituída por mesma forma que é crime portar arma, deve
(A) a respeito. ser crime dirigir alcoolizado, pelo risco que isso
(B) apesar. representa”. O termo destacado na oração
(C) por causa. apresenta relação lógico-semântica de
(D) quando. (A) causa.
(E) onde. (B) tempo.
(C) finalidade.
52. (AOCP/2010/Caixa-RS) “Depois de o (D) condição.
presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter dito pela (E) proporção.
manhã que ‘não é prudente colocar o Irã contra
a parede’, a secretária insistiu que Brasil e 57. (AOCP/2012/BRDE) “Por um desses
Estados Unidos têm objetivos comuns no tema quiproquós da vida cultural, a tradicionalização,
– apesar de descartar mais tentativas de ou a referência à tradição, tornou-se um tema
negociações e apostar na sanção dos mais presentes na poesia contemporânea
internacional.” brasileira, quer dizer, a que vem sendo escrita
desde meados dos anos 80.”
As expressões destacadas introduzem,
respectivamente, relações lógico-semânticas de O fragmento em que o elemento por (ou
(A) tempo e causa. pelo/pela) estabelece a mesma relação
(B) causa e condição. semântica do elemento por do fragmento acima
(C) tempo e concessão. é
(D) conformidade e finalidade. (A) “Nessa visada, o passado é continuamente
(E) consecução e proporção. refeito pelo novo”
(B) “sustentavam o tradicionalismo, tradição é o
53. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFS) A oração que se cultua por todos os lados”
“...mesmo que existam muitos que acreditem (C) “Eles recombinam formas, amparados por
numa espécie de permanência incorpórea após a modelos anteriores”
morte.”, pode ser reescrita, sem prejuízo (D) “ recriado pela contribuição do poeta
sintático-semântico para o fragmento, por moderno consciente de seus processos
(A) ...apesar de existirem muitos que acreditem artísticos”
numa espécie de permanência incorpórea (E) “por prazer de inventar, queria mudar o
após a morte. passado a partir da atualidade viva”.
(B) ...ainda que existem muitos que
acreditem numa espécie 58. (AOCP/2013/SETAS-MT) “Conversei com um
de permanência incorpórea após a morte. garoto de seis anos e ele me contou que,
(C)...embora existem muitos que acreditem numa quando o pai cozinha, ele vai jantar e dormir na
espécie de permanência incorpórea após a morte. casa da avó...” A oração destacada expressa
(D) ...conquanto que existem muitos que
relação semântica de
acreditem numa espécie de permanência
(A) causa.
incorpórea após a morte.
(E) ...porquanto que existem muitos que acreditem (B) consequência.
numa espécie de permanência incorpórea após a (C) tempo.
morte. (D) concessão.
(E) conclusão
54. (AOCP/2012/SECAD-TO) Em “...o Brasil
encantaria qualquer visitante, graças,
principalmente, à sua diversidade...”, a 59. (AOCP/2012/Pref. Cabo de Santo Agostinho-
expressão destacada indica relação semântica PE) “O uso excessivo de umidificadores de ar
de pode ser tão prejudicial à saúde quanto o ar
(A) condição. seco...”
(B) conclusão. As expressões destacadas estabelecem, no
(C) contraste. texto, uma relação lógico-semântica de
(D) adição. (A) conformidade.
(E) causa. (B) condição.
(C) concessão.
55. (AOCP/2012/SECAD-TO) Em “...o Brasil (D) causa.
fascina por sua beleza natural.”, a preposição (E) comparação.
por indica relação de
(A) adição. 60. (AOCP/2012/Prefeitura de Paranavaí-PR) Em
(B) condição. “...pense mais na qualidade do que na
(C) causa. quantidade.”, as expressões destacadas
(D) contraste. estabelecem relação de
(E) conclusão. (A) tempo.
(B) consequência.
(C) conformidade.
(D) comparação.
(E) finalidade. acidentes porque está embriagado”. A
expressão destacada no período estabelece
61. (AOCP/2012/Pref. Cabo de Santo Agostinho- relação lógico- semântica de
PE) “O motivo, segundo o instituto, é que, como (A) causalidade.
essas áreas são afastadas do litoral, o clima é (B) concessão.
seco e isso favorece a baixa umidade.” (C) finalidade.
A oração destacada é subordinada adverbial (D) consequência
(A) comparativa. (E) condição.
(B) causal.
(C) concessiva. 66. (AOCP/2012/Companhia de Saneamento de
(D) consecutiva. Sergipe) “Para lidar com esses problemas, os
(E) conformativa. projetos propõem uma cota de 40% dos
ingressos para meias-entradas.” (1.§). A relação
62. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR) estabelecida pela primeira oração é a de
“....Responsável pelo controle dos dados, o (A) proporção.
promotor de Justiça Mário Coimbra afirma que (B) finalidade.
um número muito maior de pessoas passa ou já (C) conclusão.
passou por internações contra vontade na (D) causa.
capital e em outras cidades do Estado.” (E) tempo.
A expressão destacada, no fragmento acima,
expressa 67. (AOCP/2012/Companhia de Saneamento de
(A) contraste. Sergipe) “Ao estabelecer sua política de preços,
(B) explicação. o empresário nada mais faz do que transferir os
(C) alternância. custos da meia-entrada para os não
(D) conclusão. beneficiados.” (2.§). A oração destacada pode
(E) adição. ser substituída, sem prejuízo ao contexto, pela
oração
63. (AOCP/2012/Companhia de Saneamento de (A) porque estabelece sua política de preços.
Sergipe) “Como os consumidores estão (B) embora estabeleça sua política de preços.
acostumados ao patamar de preços atual, o (C) quando estabelece sua política de preços.
valor economizado com a limitação das meias- (D) visto que estabelece sua política de
entradas tende a ser convertido em lucro preços.
empresarial...” (5.§). O fragmento acima está (E) se estabelece sua política de preços.
pautado em uma relação de
(A) concessão e adição.
(B) contraste e conclusão. ANÁLISE SINTÁTICA
(C) causa e consequência.
(D) concessão e tempo. 68. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA)
(E) comparação e finalidade. Assinale a alternativa que NÃO apresenta a
análise correta dos verbos.
(A) "Há desconfiança em cima dos diretores e
professores.” (verbo transitivo direto)
(B) “’ Reconheço que a carga burocrática para
os diretores é muito pesada.’” (verbo de
ligação)
(C) “...qualquer compra exige três
orçamentos...” (verbo transitivo direto)
64. (AOCP/2011/Câmara de Salvador) “Mesmo (D) "Diminuiu muito a papelada." (verbo
que possuam uma parcela da responsabilidade transitivo direto)
pelo clima bélico nos estádios, as torcidas (E) “...mandar a planilha de bens patrimoniais
organizadas apresentam características ao setor de bens...” (verbo transitivo direto e
positivas.” indireto)
A relação lógico-semântica estabelecida pela
expressão mesmo que é a de 69. (AOCP/2011/Câmara de Salvador – BA)
(A) consecução. Assinale a alternativa que NÃO apresenta a
(B) condição. transitividade verbal correta da forma verbal
(C) causa. destacada.
(D) comparação. (A) “Jogadores e dirigentes incitam a violência
(E) concessão. com declarações impensadas.” (verbo transitivo
direto)
65. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR) “A (B) “Ele trabalha (a média de desemprego nas
maioria das propostas tem como objetivo torcidas é de 2,8%...)” (verbo intransitivo)
endurecer ainda mais as punições tanto para (C) “No Senado, tramita um projeto de lei que
quem bebe e assume a direção, mesmo que talvez mude esse panorama...” (verbo
não provoque nenhuma ocorrência, quanto intransitivo)
para o motorista que efetivamente causa
(D) “É uma clara tentativa de relacioná-las ao 75. (AOCP/2011/Prefeitura de Lagarto-SE)
mundo do crime...” (verbo transitivo indireto) Assinale a alternativa em que a palavra grifada
(E) “Há o Estado, que muitas vezes não oferece NÃO é um sujeito.
um policiamento de qualidade...” (verbo (A) “...o abraço faz com que o cérebro libere
transitivo direto) dopamina...”
(B) “O ato ativa a região frontal e a região
70. (AOCP/2011/Câmara de Salvador) Em “Há, temporal do cérebro,”
portanto, uma inegável importância de cunho (C) ...”Segundo a psicóloga, a raridade do
social.”, o sujeito é abraço no âmbito familiar causa até o
(A) simples. estranhamento...”
(B) inexistente. (D) “Quanto mais oxitocina o cérebro libera...
(C) composto. (E) “...esse apoio e amparo são necessários
(D) indeterminado. para que o depressivo....”
(E) paciente.
76. (AOCP/2013/SETAS-MT) Em “...assistir a
71. (AOCP/2010/Caixa-RS) Em “’... com a função programas de televisão...”, o termo destacado
de mostrar para o Irã que haverá funciona como
consequências...’”, o sujeito da forma verbal (A) complemento nominal.
destacada é (B) agente da passiva.
(A) inexistente. (C) objeto direto.
(B) indeterminado. (D) objeto indireto.
(C) simples. (E) predicativo do sujeito.
(D) desinencial.
(E) composto. 77. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira) Em “O
nosso sistema preventivo é ineficaz”, o termo
72. (AOCP/2012/Pref. Cabo de Santo Agostinho- destacado exerce função de
PE) “Há 110 dias não chove no Distrito Federal (A) predicativo do sujeito.
e a umidade relativa do ar chegou a 12% no dia (B) objeto direto.
4 de setembro.” (C) objeto indireto.
O sujeito da forma verbal há é (D) complemento nominal.
(A) desinencial. (E) adjunto adverbial.
(B) composto.
(C) simples. 78. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFS) Em “O sucesso
(D) inexistente. é filho do fracasso.”, a expressão destacada
(E) indeterminado. funciona como
(A) objeto indireto.
73. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFS) Assinale a (B) complemento nominal.
alternativa INCORRETA quanto à função (C) objeto direto.
sintática das expressões em destaque. (D) predicativo.
(A) “O fracasso garante nossa humildade...” (E) adjunto adnominal.
(sujeito)
(B) “..própria homenagem ao fracasso.” 79. (AOCP/2011/CISMEPAR) Em “‘vocês, que
(complemento nominal) acreditam que Osama Bin Laden está morto,
(C) “Sem o fracasso, teríamos apenas...” são estúpidos.’”, a expressão destacada
(adjunto adnominal) funciona, no fragmento, como
(D) “Desse fracasso ninguém escapa...” (objeto (A) adjunto adnominal.
indireto) (B) objeto direto.
(E) “...escondem seus fracassos e (C) predicativo do sujeito.
dificuldades.” (objeto direto) (D) adjunto adverbial.
(E) agente da passiva.

80. (AOCP/2010/Caixa-RS) Em "’Nossos


74. (AOCP/2014/HUCAM/UFES) Em “Não queria objetivos são idênticos.’”, a função sintática da
iniciar uma raça de monstros, mais poderosos expressão destacada é a de
do que os humanos, que pudesse nos (A) objeto direto.
extinguir.”, o pronome destacado funciona (B) objeto indireto.
como (C) complemento nominal.
(A) complemento nominal. (D) predicativo do sujeito.
(B) objeto direto. (E) agente da passiva.
(C) objeto indireto.
(D) adjunto adnominal. 81. (AOCP/2011/Câmara de Salvador) “Assim,
(E) sujeito. alguns membros se destacam, pleiteiam cargos
e acabam tornando-se dirigentes, enquanto os
demais exercem alguns dos seus direitos de 87. (AOCP/2010/FESF-BA) Assinale a alternativa
cidadania.” que NÃO apresenta a função sintática correta
A expressão dirigentes desempenha função de da expressão destacada.
(A) predicativo da expressão alguns membros. (A) “...curar com substâncias que normalmente
(B) objeto direto da forma verbal tornando-se. provocam efeitos semelhantes aos das
(C) objeto indireto da forma verbal acabam. doenças.” (objeto indireto)
(D) predicativo da expressão cargos. (B) “...a associação de homeopatia vai
(E) predicativo da expressão os demais. continuar incentivando esse tipo de
tratamento.” (sujeito)
82. (AOCP/2012/Pref. Cabo de Santo Agostinho- (C) “Mesmo sem o apoio do governo, a
PE) “O uso excessivo de umidificadores de ar associação de homeopatia vai continuar
pode ser tão prejudicial à saúde quanto o ar incentivando...” (adjunto adverbial)
seco...” (D) “Segundo ele, a homeopatia nem deve mais
As expressões destacadas desempenham, ser licenciada pelo departamento do governo...”
respectivamente, as funções de (adjunto adverbial)
(A) complemento nominal e objeto indireto. (E) “O deputado Phil Willis, presidente da
(B) objeto indireto e objeto indireto. comissão de ciência e tecnologia, afirma que...”
(C) complemento nominal e complemento (aposto)
nominal.
(D) objeto indireto e agente da passiva. 88. (AOCP/2012/Pref. Cabo de Santo Agostinho-
(E) adjunto adnominal e complemento nominal. PE) Assinale a expressão que NÃO apresenta
um adjunto adverbial destacado.
83. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA) (A) “Aparelho ligado durante toda a noite pode
"’...qualquer compra exige três orçamentos e, provocar excesso...”
posteriormente, o envio dos documentos a (B) “...o clima é seco e isso favorece a baixa
um contador.’" umidade.”
As expressões dos documentos e a um contador (C) “...pode levar a um excesso de umidade nas
desempenham, respectivamente, as funções de paredes...”
(A) complemento nominal e complemento (D) “...podem ficar no quarto durante toda a
nominal. noite.”
(B) objeto direto e objeto direto. (E) “O bloqueio de massa de ar quente e seco
(C) complemento nominal e objeto indireto. nessas regiões.”
(D) objeto indireto e objeto indireto.
(E) objeto indireto e complemento nominal. 89. (AOCP/2014/HUCAM/UFES) Em “Todos
sabem como termina a história, tragicamente.”,
84. (AOCP/2014/HUCAM/UFES) O sinal indicativo a expressão destacada indica
de crase em “...trazer mortos de volta à vida.” (A) meio
ocorre porque se trata de expressão de base (B) tempo.
nominal feminina cuja função sintática é a de (C) fim.
(A) complemento nominal. (D) modo.
(B) adjunto adverbial. (E) condição.
(C) objeto direto.
(D) objeto indireto. 90. (AOCP/2010/Caixa-RS) Em “A secretária de
(E) adjunto adnominal. estado americana, Hillary Clinton, evitou nesta
quarta-feira discordar da postura brasileira ...”,
85. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA) Em temos, respectivamente,
“Além disso, foram eliminados órgãos (A) adjunto adnominal, objeto direto,
equivalentes às diretorias regionais de ensino.”, complemento nominal.
a expressão destacada (B) aposto, adjunto adverbial, objeto indireto.
(A) introduz um aposto explicativo. (C) sujeito, adjunto adnominal, complemento
(B) introduz uma circunstância de lugar. nominal.
(C) completa de forma indireta o verbo (D) aposto, objeto direto, objeto indireto.
eliminar. (E) adjunto adnominal, adjunto adverbial, objeto
(D) completa de forma direta o verbo eliminar. indireto.
(E) completa o sentido do nome equivalentes.
91. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA)
86. (AOCP/2014/HUCAM/UFES) Em “Se a ‘cura’ Assinale a alternativa que apresenta a análise
fosse cara, apenas uma pequena fração da sintática INCORRETA da expressão destacada.
sociedade teria acesso a ela.”, a expressão em (A) “Mas são necessários ajustes em cada
destaque funciona como uma...” (sujeito)
(A) objeto direto. (B) “O pesquisador Rudá Ricci, consultor do
(B) adjunto adnominal. levantamento, calcula...” (aposto)
(C) complemento nominal. (C) “...o problema é agravado pela falta de
(D) sujeito paciente. funcionários nas escolas. (complemento
(E) objeto indireto. nominal)
(D) “...a principal queixa [...] é o excesso de (A) conjunção, pronome, conjunção.
burocracia.” (predicativo do sujeito) (B) conjunção, conjunção, conjunção.
(E) “’Quase não dá para conversar com os (C) pronome, pronome, conjunção.
professores.’"...” (objeto indireto) (D) conjunção, conjunção pronome.
(E) pronome, pronome, pronome.
92. (AOCP/2013/COREN-SC) A expressão que,
no contexto, NÃO funciona sintaticamente como 97. (AOCP/2012/CRM-MT) Em “...se você
adjunto adverbial de tempo é começar a guardar dinheiro aos 30 anos, deve
(A) A Constituição de 1988 colocou... pensar em se aposentar 40 anos depois, ou
(B) Estado e indivíduo ainda se relacionam... seja, aos 70.”(6º parágrafo), o termo destacado
(C) Se o homem já é capaz de pilotar... trata-se de
(D) O que se observa no dia a dia... (A) partícula apassivadora.
(E) ...a tecnologia antes referida não é (B) conjunção subordinativa causal.
utilizada... (C) conjunção subordinativa integrante.
(D) pronome reflexivo.
93. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigiueira-PR) “A (E) conjunção subordinativa condicionante.
regra vale para qualquer diagnóstico, que tem
relação, ou não, com o uso de álcool e drogas.” 98. (AOCP/2014/Ebserh/UFSM) “[...] O excesso
A expressão destacada, no fragmento acima, que pauta a ideia...”. “E abro um parêntese
funciona como importante aqui para dizer que mania de
(A) objeto direto. acumulação...”
(B) complemento nominal. Os termos destacados nos excertos acima
(C) predicativo. (A) são, ambos, pronomes relativos, pois
(D) objeto indireto. retomam o termo antecedente.
(E) sujeito. (B) são, no primeiro caso, uma conjunção
integrante que liga duas orações e, no segundo,
um pronome relativo que retoma o termo
VALORES DO “SE” E DO “QUE” antecedente.
(C) são, ambos, preposições utilizadas para ligar
94. (AOCP/2013/SETA-MT) Em “Perguntei se ele locuções verbais.
não gosta da comida”, o termo destacado (D) são, no primeiro caso, um pronome relativo
exerce função de que retoma o termo antecedente e, no segundo,
(A) conjunção subordinativa integrante. uma conjunção integrante que liga duas
(B) pronome apassivador. orações.
(C) índice de indeterminação do sujeito. (E) são, ambos, conjunções integrantes que
(D) pronome reflexivo. estabelecem a ligação entre duas orações.
(E) conjunção subordinativa condicional.
99. (AOCP/2010/Caixa-RS) Em todas as
95. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR) alternativas abaixo, o elemento QUE é
“Enquanto se discute, na esfera judicial, se a conjunção integrante, EXCETO em
internação compulsória de viciados em crack é (A) “Depois de o presidente Luiz Inácio Lula da
válida ou não...” Silva ter dito pela manhã que ‘não é prudente
O termo destacado no fragmento acima é colocar o Irã...’”
empregado como (B) “...a secretária insistiu que Brasil e Estados
(A) conjunção coordenativa. Unidos têm objetivos comuns no tema...”
(B) pronome apassivador. (C) “’Nós acreditamos que a boa fé do Irã em
(C) palavra expletiva. relação às negociações seria muito bem-
(D) índice de indeterminação do sujeito. vinda...’"
(E) conjunção integrante. (D) “’Cada país tem que pensar com sua própria
cabeça", afirmou Amorim.’”
(E) “‘...com a função de mostrar para o Irã que
haverá consequências...”

100. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR)


Assinale a alternativa em que o termo
96. (AOCP/2010/Caixa-RS) "Não se trata de o destacado é
Brasil se curvar a um consenso. As questões um pronome relativo.
internacionais não são discutidas dessa (A) “Ele ressalta a importância da norma e
maneira, com esse tipo de pressão. Cada país lembra que, nos primeiros 30 dias de sua
tem que pensar com sua própria cabeça", aplicação, houve redução de 50% das mortes
afirmou Amorim. "Nossos objetivos são no trânsito.”
idênticos. A questão é saber qual é o melhor (B) “A associação entende que seria mais eficaz
caminho para se chegar lá". trabalhar com campanhas educativas.”
Os três elementos destacados acima são, (C) “A perigosa combinação entre álcool e
respectivamente, volante é tema de pelo menos 50 projetos de lei
que estão em tramitação no Congresso Nacional 105. (AOCP/2010/Colégio Pedro II) “Escoltas
atualmente.” externas são as que usam armas longas, que
(D) “... ainda que o motorista não tenha se interessam ao crime organizado.”
envolvido em acidentes. O elemento destacado é
(E) “... diz que o projeto pode ser analisado na (A) pronome relativo, que introduz uma oração
Câmara no primeiro trimestre deste ano. subordinada adjetiva explicativa, e sua função
sintática é a de sujeito.
101. (AOCP/2013/SETA-MT) Assinale, a seguir, o (B) conjunção integrante e sua função é
termo destacado que NÃO exerce função de introduzir uma oração subordinada substantiva
conjunção. completiva nominal.
(A) “... sites e blogs que exploram o universo da (C) conjunção integrante e sua função é
gastronomia...” introduzir uma oração subordinada substantiva
(B) “... ele me contou que, quando o pai predicativa.
cozinha, ele vai jantar e dormir na casa da avó.” (D) pronome relativo, que introduz uma oração
(C) “... parece que esse espaço lúdico ficou subordinada adjetiva restritiva, e sua função
reservado aos adultos.” sintática é a de objeto direto.
(D) ”E vale dizer que, além de as crianças (E) conjunção integrante e sua função é
gostarem, a praticidade de montar um introduzir uma oração subordinada substantiva
lanche...” subjetiva.
(E) “... ele respondeu que é sempre uma
“comida muito estranha”.”

102. (AOCP/2010/Colégio Pedro II) “O avanço ORAÇÕES


resulta do trabalho de pesquisadores da USP,
que descobriram novo uso para um 106. (AOCP/2014/Ebserh/UFSM) Em “Estão mais
equipamento importado que faz diagnóstico da propensas a terem o foco desviado.”, a oração
nova gripe.” destacada exerce função de
Os dois elementos destacados, são, (A) complemento nominal.
respectivamente, (B) sujeito.
(A) pronome relativo e pronome relativo. (C) objeto direto.
(B) pronome relativo e conjunção integrante. (D) objeto indireto
(C) pronome relativo e conjunção coordenativa (E) predicativo
explicativa.
(D) conjunção integrante e pronome relativo. 107. (AOCP/2011/Prefeitura de Ibiporã-PR) “Ela
(E) pronome relativo e conjunção integrante. defende a ideia de que [...] não deve ter direito
a ela.” A oração destacada funciona como
103. (AOCP/2010/FESF-BA) Em todas as (A) complemento nominal.
alternativas abaixo o elemento destacado é (B) objeto indireto.
conjunção integrante, EXCETO (C) agente da passiva.
(A) “O que eles querem é evitar que os doentes
(D) adjunto adnominal.
busquem a cura com medicamentos sem eficácia
(E) predicativo do sujeito
comprovada.”
(B) “A comissão concluiu que as explicações
científicas para a homeopatia não são 108. (AOCP/2012/BRDE-RS) “Não implica,
convincentes...” tampouco, autoconsciência crítica ou
(C) “Comissão do Parlamento britânico diz que consciência histórica, nem a necessidade de
remédio homeopático não funciona.” identificar se existe uma tendência” (5.°
(D) “A homeopatia se propõe a curar com parágrafo)
substâncias que normalmente provocam efeitos...”
(E) “A associação afirma que a homeopatia No fragmento acima, as orações de identificar e
representa economia para o Ministério da se existe uma tendência são, respectivamente,
Saúde...” (A) oração subordinada substantiva objetiva
direta e oração subordinada substantiva
104. (AOCP/2011/Câmara de Salvador) Em todas objetiva direta.
as alternativas abaixo o elemento QUE é pronome (B) oração subordinada substantiva completiva
relativo, EXCETO em nominal e oração subordinada substantiva
(A) “No Senado, tramita um projeto de lei que
objetiva direta.
talvez mude esse panorama...”
(C) oração subordinada substantiva objetiva
(B) “Costuma-se generalizar, mostrando que as
mortes que ocorrem no futebol...”
indireta e oração subordinada adverbial
(C) “...representantes de diversas origens e condicional.
classes sociais, que promovem ações...” (D) oração subordinada substantiva completiva
(D) “Esses números fazem parte do resultado de nominal e oração subordinada adverbial
uma pesquisa que realizei...” condicional.
(E) “O resultado é uma visão deturpada e (E) oração subordinada substantiva objetiva
preconceituosa, que não contribui...” indireta e oração subordinada substantiva
objetiva direta.
chapliniano.”, a oração destacada funciona
como
(A) subordinada substantiva objetiva direta
(B) subordinada substantiva subjetiva.
109. (AOCP/2011/Câmara de Salvador) “São (C) subordinada substantiva predicativa.
dados que desmentem a visão de que seus (D) subordinada adverbial condicional.
filiados são vagabundos...” (E) subordinada adverbial comparativa.
A oração destacada é
(A) coordenada assindética. 115. (AOCP/2010/Secretaria de Planejamento-
(B) subordinada adverbial consecutiva. SC) Assinale a alternativa que NÃO apresenta a
(C) subordinada substantiva objetiva indireta. análise correta da oração destacada.
(D) subordinada adverbial final. (A) “...não existe um país mais feliz em toda
(E) subordinada substantiva completiva América do Sul do que o Brasil.” (oração
nominal. subordinada adverbial comparativa).
(B) “O fundador do movimento, Mauro Motoryn,
110. (AOCP/2012/SECAD-TO) Em “O problema é que se declara um homem feliz, explicou à
que às vezes, na pressa pela autonomia, Efe...” (oração subordinada adjetiva explicativa)
acabamos presos a um sistema...” (7.° (C) “...o texto proposto tem o objetivo de
parágrafo.), a oração destacada funciona, no "humanizar a Constituição,” (oração
fragmento, como subordinada substantiva completiva nominal)
(A) sujeito. (D) “...diz o parágrafo que o "Movimento Mais
(B) complemento nominal. Feliz" deseja que seja incluído na Constituição.”
(C) objeto direto. (oração subordinada substantiva objetiva
(D) objeto indireto. direta)
(E) predicativo. (E) “Brasil debate se felicidade é um estado
passageiro ou direito constitucional” (oração
111. (AOCP/2011/CISMEPAR) “Seria uma subordinada adverbial condicional)
‘punição’ a Trump, que considera concorrer à
presidência pelo Partido Republicano, em 116. (AOCP/2010/Prefeitura de Camaçari-BA)
2012, e tem dado declarações questionando a Assinale a alternativa que NÃO apresenta a
cidadania de Obama e sua legitimidade no análise correta da oração destacada.
posto.” (A) “Sistemas de ensino em outros países
decidiram deixar os diretores focados nas
A oração destacada funciona como atividades pedagógicas...” (oração subordinada
(A) objeto direto. substantiva objetiva direta)
(B) objeto indireto. (B) “A dirigente de uma escola de ensino
(C) complemento nominal. fundamental na zona sul, que prefere não ser
(D) agente da passiva. identificada...” (oração subordinada adjetiva
(E) aposto. restritiva)
(C) “...aliado à contratação de funcionários para
112. (AOCP/2012/Pref. Cabo de Santo cuidar especificamente da parte administrativo-
Agostinho-PE) “O motivo, segundo o instituto, é financeira.”
que [...] o clima é seco...” (oração subordinada adverbial final)
A oração destacada é (D) “’Reconheço que a carga burocrática para
(A) subordinada substantiva predicativa. os diretores é muito pesada", disse o
(B) subordinada substantiva completiva secretário...’” (oração subordinada substantiva
nominal. objetiva direta)
(C) subordinada substantiva subjetiva. (E) “Ela sugere que as escolas tenham um
(D) subordinada substantiva objetiva indireta. diretor pedagógico e outro administrativo.”
(E) subordinada substantiva objetiva direta. (oração subordinada substantiva objetiva
direta)
113. (AOCP/2010/Caixa-RS) Em “Depois de o
presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter dito pela 117. (AOCP/2012/CRM-MT) Em “...é preciso
manhã que ‘não é prudente colocar o Irã contra tomar atitudes ainda jovem”... (4º parágrafo), a
a parede...’", a oração destacada é oração destacada exerce, no período, função de
(A) subordinada substantiva predicativa. (A) sujeito.
(B) subordinada adverbial concessiva. (B) objeto direto.
(C) subordinada substantiva subjetiva. (C) complemento nominal.
(D) subordinada substantiva completiva (D) predicado.
nominal. (E) aposto.
(E) subordinada adverbial conformativa.
118. (AOCP/2014/Ebserh/UFSM) Em “Desde que
114. (AOCP/2012/TCE-PA) Em “...é possível os sacos de pipoca quadruplicaram de tamanho
comprovar a perenidade do humor passamos a acumular em casa e no corpo os
excessos da vida insustentável”, podemos (D) “Há evidências de que pessoas com atitude
afirmar que positiva e fé têm saúde melhor.”
(A) a oração destacada tem valor temporal e (E) “Houve evidências de que pessoas com
deveria atitude positiva e fé tem saúde melhor”
apresentar uma vírgula após o termo
“tamanho”, por 122. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA) O
apresentar-se em posição antecipada. fragmento em que é possível haver uma
(B) a oração destacada tem valor condicional e concordância verbal diferente da apresentada é
deveria (A) “...mas se abram horizontes reais...”
apresentar uma vírgula após o termo (B) “...acabem as gigantescas negociatas...”
“tamanho”, por (C) “Que sobrevenham ordem e paz.”
apresentar-se em posição antecipada. (D) “...não aos corruptos às vezes condenados..
(C) a oração destacada tem valor adversativo e (E) “...não se absolvam os mensaleiros...”
contrasta com a ideia proposta na oração
subsequente.
(D) a oração destacada tem valor final,
pois apresenta um propósito em relação à
oração subsequente. REGÊNCIA
(E) a oração destacada tem valor concessivo e
indica uma contrariedade em relação à oração 123. (AOCP/2012/SECAD-TO) Assinale a
subsequente, devendo apresentar vírgula após alternativa correta quanto à regência nominal e
o termo “tamanho” por estar em posição verbal.
antecipada. (A) O filme que assisti ontem é muito violento
para a faixa etária indicada.
119. (AOCP/2014/Ebserh/UFSM) “Segundo esse (B) A uva, que é uma fruta que eu gosto muito,
estudo, que foi publicado em 2012, a tendência está em falta no mercado.
da pessoa materialista...” (C) O homem de quem comprei o automóvel é
No período acima, a oração destacada colecionador de carros.
(A) estabelece uma relação de concessão. (D) Chego à conclusão que é melhor não entrar
(B) estabelece uma relação de em debates sobre futebol.
proporcionalidade. (E) A pessoa que eu fui a casa dela ontem é
(C) estabelece uma relação de consecução. funcionária da prefeitura.
(D) restringe e limita a significação de seu
antecedente. CRASE
(E) acrescenta uma informação acessória em
relação ao seu antecedente.
124. (AOCP/2010/Colégio Pedro II) “Conforme
dados da Polícia Civil do Rio, das 10 mil armas
CONCORDÂNCIA apreendidas com criminosos entre 1998 e 2003
no Estado, 17% pertenciam a empresas de
120. (AOCP/2011/Câmara de Salvador-BA) segurança privada.”
Assinale a alternativa que NÃO apresenta erro É correto afirmar que NÃO ocorre acento
de concordância. indicativo de crase antes de empresas porque
(A) A maioria têm compreensão dos fatores que (A) a forma verbal pertenciam se encontra na
causa a violência. terceira pessoa do plural.
(B) 85% dos entrevistados vai ao estádio pelo (B) a expressão empresas não está precedida
menos uma vez por semana. de artigo definido feminino.
(C) Grande parte da imprensa cometem (C) a forma verbal pertenciam não é sucedida
equívocos básicos. por uma preposição.
(D) 61,8% remetem o problema a situações (D) a forma verbal pertenciam está relacionada
vividas pelas próprios torcedores. à expressão 17%.
(E) A visão deturpada e preconceituosa não (E) a expressão criminosos se encontra no
contribuem para a superação do problema. masculino plural.

121. (AOCP/2012/CRM-MT) Assinale a 125. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR)


alternativa que apresenta uma correta reescrita, “O PL 2788/11, que foi aprovado em dezembro
sem prejuízo formal ou semântico, para o no Senado e chegou à Câmara, prevê tolerância
seguinte fragmento: “Existem evidências de zero ao álcool no volante.”
que pessoas com atitude positiva e fé possuem O fragmento extraído do texto apresenta um
saúde melhor” emprego correto da crase, assinale abaixo a
(A) “Houveram evidências de que pessoas que alternativa que também apresenta a crase
com atitude positiva e fé têm saúde melhor.” empregada corretamente.
(B) “Há evidências de que pessoas com atitude (A) O deputado chegou à criticar as atitudes dos
positiva e fé tem saúde melhor.” companheiros sobre as mudanças da Lei Seca.
(C) “Haverão evidências de que pessoas com (B) Os motoristas alcoolizados muitas vezes se
atitude positiva e fé têm saúde melhor.” recusam à fazer o teste do bafômetro.
(C) Atitudes foram tomadas em relação à coibir 130. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA)
o abuso de bebidas alcoólicas. Em “ As vozes dizem NÃO...não às escolas
(D) Foi revelado à ele que não haveria fechadas...”, o sinal indicativo de crase foi
tolerância quanto aos erros cometidos. empregado para
(E) A união entre os políticos levou à (A) evitar a ambiguidade presente no
unanimidade de aprovação no momento da fragmento, decorrente da semelhança entre o
votação. som do verbo ‘haver’ e o artigo ‘a’.
(B) atender à regência nominal do adjunto
126. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR) adverbial, que requer um objeto indireto para
Assinale a alternativa que apresenta o uso completar o seu sentido.
correto da crase. (C) marcar o emprego de um adjunto adverbial
(A) As lideranças políticas mantiveram-se cuja base é composta de um substantivo
aliadas às coligações de esquerda. do gênero feminino.
(B) Tiveram atitudes tardias em relação à (D) marcar o emprego de uma locução
fiscalizar as ocorrências policiais. prepositiva formada de um substantivo
(C) Foram obrigados à despedir-se de seus feminino seguido de um adjetivo.
eleitores. (E) marcar a fusão entre a preposição ‘a’,
(D) Chegaram à exigir seus direitos, mas não requerida pelo verbo ‘dizer’, e o artigo ‘a’,
foram atendidos. empregado diante de ‘escolas’.
(E) Foram obrigados a aliar-se à inúmeras
coligações para manter o poder. COLOCAÇÃO PRONOMINAL

127. (AOCP/2013/SETAS-MT) Assinale a 131. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFS) “Não poderia


alternativa em que se usou a crase pela mesma terminar sem mencionar o fracasso final a que
razão em que ela foi utilizada em: “... logo as todos nos submetemos...”
crianças são apresentadas às guloseimas...”
(A) Saiu de casa às nove horas da manhã e não A próclise do pronome destacado ocorre pela
mais voltou. atração
(B) As mulheres são constantemente levadas à (A) da forma verbal submetemos.
marginalização. (B) do pronome indefinido todos.
(C) Usava roupas à moda francesa, mas nem (C) da locução verbal poderia terminar.
por isso era elegante. (D) do substantivo fracasso.
(D) Retornou à Itália depois de uma longa (E) do advérbio de negação não.
ausência.
(E) A medicação foi benéfica à criança, porém 132. (AOCP/2012/BRDE) Nos fragmentos abaixo,
não nas proporções desejadas. extraídos do texto, a colocação pronominal foi
alterada. Assinale a única alternativa correta.
128. (AOCP/2011/Prefeitura de Ibiporã-PR) “O
argumento contrário ao direito à privacidade é o (A) Ou que voltaram-se todos para o passado
direito à informação.” (6.º parágrafo)
Assinale a alternativa em que o sinal indicativo (B) Maior do que esperaria-se (último parágrafo)
de crase segue a mesma regra do fragmento (C) Tradição é o que cultua-se por todos os
acima. lados. (7.º parágrafo)
(A) Pedro gosta de dormir à tarde. (D) E seguiu-se a manifestações antiformalistas
(B) Sérgio se referiu à empresa em que (2.º parágrafo)
trabalhou. (E) Não trata-se de um tradicionalismo
(C) Maria vai à biblioteca aos sábados. conservador (3.º parágrafo)
(D) João foi fiel à namorada durante o namoro
(E) O menino ofereceu ajuda à velhinha. 133. (AOCP/2012/Prefeitura de Ortigueira-PR)
Assinale a alternativa correta quanto à
129. (AOCP/2012/CRM-MT) Assinale a colocação pronominal.
alternativa que apresenta o mesmo emprego de
crase ocorrido em “Graças aos avanços no (A) Há dependentes químicos que se recuperam
saneamento básico, à descoberta de novas por meio de tratamentos terapêuticos.
drogas e a fatores ambientais e de prevenção” (B) Se vive melhor quando são respeitados os
(A) Devido às dificuldades da velhice, é melhor limites do próprio corpo.
preparar-se com antecedência para essa fase. (C) Ninguém preocupa-se com os efeitos das
(B) Quem alcança a velhice com saúde deve drogas, quando eles não são conhecidos.
agradecer à oportunidade e ser feliz. (D) É preferível que encontrem-se nos estudos
(C) Possuía móveis à Luiz XV, condizentes com do que percam-se nas drogas.
sua idade avançada. (E) Mal calou-se, e já ouviu a resposta imediata
(D) Aos idosos é dada a oportunidade de assistir ao comentário realizado
à chegada de uma nova era.
(E) A sociedade ainda apresenta muito 134. (AOCP/2011/Câmara de Salvador) Os
preconceito quando se refere à velhice. fragmentos abaixo foram extraídos do texto e
alterados quanto à colocação pronominal.
Assinale a única alternativa que apresenta uma 137. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFS) A alternativa
colocação pronominal que está de acordo com a em que há um pronome indefinido destacado é
norma padrão da língua portuguesa. (A) “O contraste dessas abordagens me fez
lembrar...”
(A) “...alguns membros se destacam, pleiteiam (B) “um lado no mínimo inusitado da questão –
cargos e acabam se tornando dirigentes...” os seus malefícios!”
(B) “...os torcedores organizados, especialmente (C) “...ele é visto pelos conterrâneos como uma
os jovens, se reúnem...” espécie...”
(C) “...a visão de que seus filiados são (D) “...um líder e mentor dos seus
vagabundos que associam-se para o crime.” subordinados.”
(D) “É uma clara tentativa de as relacionar ao (E) “Outros estudos sugerem que o riso ativa
mundo do crime...” conexões...”
(E) “Mais do que isso, se trata de um ambiente
de aprendizado político...” 138. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFS) Assinale a
alternativa em que há um pronome indefinido
destacado.
(A) “...uma filial estúpida de uma rede de lojas
qualquer...”
(B) “...Os ingleses se divertem mais com o
cara...”
(C) “...com o cara que veste seu melhor
135. (AOCP/2012/BRDE-RS) Com base no texto, blazer...”
julgue os itens a seguir. (D) “o que favorece a diminuição do risco...”
(E) “O contraste dessas abordagens me fez
I. O fragmento “minhas duas filhas estão se lembrar...”
preparando” pode ser substituído por “estão PONTUAÇÃO
preparando-se”.
II. O fragmento “que se tratava de 139. (AOCP/2011/CISMEPAR) “Alguns acham que
transposições” pode ser substituído por “se ele ainda está vivo. Outros, que o terrorista
tratavam”. havia morrido há muito tempo.”
III. O fragmento “Não vou me deter” pode ser
substituído por “Não deter-me-ei”. No fragmento acima, a vírgula empregada após
IV. A próclise, em “Aí tudo se torna” e “Já me a expressão “outros” ocorre para marcar
deparei”, ocorre devido à presença de (A) a introdução de uma oração subordinada
expressões indefinidas. substantiva objetiva direta.
(B) a mudança de sujeito, que não é o mesmo
Está(ão) correta(s) nas duas orações.
(A) apenas I. (C) a ausência de sujeito na segunda oração,
(B) apenas III. com o emprego do verbo haver.
(C) apenas I e II. (D) a presença do tempo composto verbal na
(D) apenas II e IV. segunda oração.
(E) apenas II, III e IV. (E) a zeugma, ou seja, a omissão de um termo
já mencionado anteriormente.
136. (AOCP/2013/COREN-SC) Os fragmentos a
seguir foram extraídos do texto e alterados 140. (AOCP/2012/INES-RJ) A vírgula empregada
quanto à colocação dos pronomes em destaque. em “Ehrlich defendia a redução do crescimento
Analise-os quanto à colocação pronominal e populacional; o Clube de Roma, a paralisia do
assinale a alternativa correta. crescimento econômico. Nenhum dos dois
I. “No entanto, em que pese a verificada estava certo.”, justifica-se pelo mesmo motivo
evolução, Estado e indivíduo ainda relacionam- daquela empregada em
se como no medievo...” (2.§) (A) “Seu consumo caiu 98%; o preço, 90%.”
II. “Não pode-se admitir que a evolução (5.§)
tecnológica experimentada pela sociedade não (B) “Mil anos atrás, bem antes da
seja capaz de aplacar...” (6.§) industrialização...” (3.§)
III. “O que observa-se no dia a dia é que os (C) “Para ele, como a população crescia em
recursos de informática são utilizados para progressão...” (1.§)
cultivar...” (7.§) (D) “...então sob forte demanda, durariam
IV. “Se propõe, pois, menos bytes e mais apenas treze...” (5.§)
humanidade.” (8.§) (E) “Apesar de tais lições, volta-se a falar em
(A) Apenas I eII estão corretas. limites...”
(B) Apenas II e III estão corretas. (7.§)
(C) Apenas III e IV estão incorretas.
(D) Apenas I, II e IV estão corretas. 141. (AOCP/2012/BRDE-RS) Assinale a
(E) I, II, III e IV estão incorretas. alternativa cuja frase, extraída do texto,
mantém-se correta após a alteração em sua
pontuação. 146. (IDECAN/2012/BANESTES) “De acordo com
(A) A melhor lei não é a do menor esforço e a Fecomércio, os gastos das famílias brasileiras
esses livros servem como incentivo. (4.º – que possuem rendimento médio de R$ 2,9 mil
parágrafo) entre todas as classes – com aparelhos
(B) Elas recorriam às histórias em quadrinhos, celulares demonstra as transformações na
aliás, recomendadas pelo colégio. (4.º sociedade do País.” O uso do duplo travessão no
parágrafo) trecho destacado tem como justificativa
(C) Os estudantes já não têm paciência, para (A) indicar citação textual.
lidar com Iracema, de José de Alencar. (1.º (B) separar frase explicativa.
parágrafo) (C) indicar mudança de interlocutor.
(D) As HQs nasceram na imprensa, e jamais (D) indicar interrupção do pensamento.
negaram sua vocação popular. (5.º parágrafo) (E) substituir a vírgula depois de um vocativo.
(E) A culpa não é da HQ mas da qualidade das
adaptações. (6.º parágrafo) DIVISÃO SILÁBICA, DÍGRAFO, ACENTUAÇÃO

142. (AOCP/2014/Ebserh/UFSM) Em “Lá em 147. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA)


casa, chegada a hora de se desfazer de Assinale a alternativa cuja palavra NÃO está
brinquedos e roupas...”, a vírgula foi utilizada separada corretamente.
(A) para separar adjunto adverbial de tempo (A) En-ve-lhe-cer.
deslocado. (B) In-tei-ra-men-te.
(B) para separar aposto explicativo. (C) Pres-sões.
(C) para separar adjunto adverbial de modo (D) Fei-ti-cei-ra.
deslocado. (E) Al-fo-rri-a.
(D) para separar adjunto adverbial de lugar
deslocado. 148. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA)
(E) para separar adjunto adnominal deslocado Assinale a alternativa cujas palavras
apresentam a mesma regra de acentuação.
143. (IDECAN/2010/Funtelpa) “É uma maneira (A) Ninguém – possível.
fácil e rápida de disseminar uma mensagem, (B) Até– é.
socializar uma agenda, divulgar um espaço (C) Alguém – dúvidas.
(blog, site, endereço em redes sociais)...” Nessa (D) Pó – lá.
frase, as vírgulas foram utilizadas para: (E) Só – sólidos.
(A) Separar vocativos.
(B) Isolar expressão repetida. 149. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA)
(C) Separar adjuntos adverbiais. Assinale a alternativa em que há dígrafo.
(D) Fazer enumerações. (A) Apenas.
(E) Separar os apostos. (B) Problemas.
(C) Adolescente.
144. (IDECAN/2013/COREN-MA) O uso das (D) Papelão.
vírgulas no período “E levou consigo a imagem (E) Descobrir
da menina Camila, ex-moradora de rua, sem
deixar na adulta a certeza de como era quando 150. (AOCP/2014/Prefeitura de Camaçari-BA)
criança” se justifica por Assinale a alternativa em que NÃO há erro de
(A) evidenciar o vocativo. acentuação.
(B) isolar aposto explicativo. (A) Possíbilidade.
(C) indicar a elipse do verbo. (B) Númeral.
(D) separar constituintes sintáticos idênticos. (C) Áspereza.
(E) separar termos coordenados ligados por (D) Dúvidoso.
conjunção. (E) Pronúncia

145. (IDECAN/2011/Câmara de Xinguara-PA) O 151. (AOCP/2012/Prefeitura de Paranavaí-PR)


emprego do ponto-e-vírgula em “Alguns Quanto à acentuação dos pares, assinale a
meninos correram; outros ficaram a certa alternativa correta.
distância da janela, olhando, trêmulos, mas (A) Essencial – essencia.
apesar de tudo dispostos a enfrentar a (B) Saúde – saudável.
catástrofe.”, justifica-se por (C) Autenticidade – autentico (adjetivo).
(A) separar orações coordenadas sindéticas. (D) Aleatório – aleatóriedade.
(B) indicar que a frase foi interrompida, (E) Aparênte – aparência.
truncada.
(C) isolar oração subordinada adjetiva LOCUÇÕES VERBAIS
explicativa.
(D) separar oração subordinada adverbial 152. (AOCP/2013/COREN-SC) A sequência
desenvolvida. verbal tenha construído (3.§) está conjugada
(E) separar orações coordenadas opostas no
quanto ao sentido.
(A) futuro do subjuntivo composto. 156. (AOCP/2009/IFPA) Em “O nome cordel está
(B) presente do indicativo composto. ligado à forma de comercialização desses
(C) futuro do indicativo composto. folhetos em Portugal, onde eram pendurados
(D) pretérito perfeito do subjuntivo composto. em cordões, lá chamados de cordéis.”, o
(E) pretérito perfeito do indicativo elemento sublinhado é
composto (A) um advérbio e retoma comercialização.
(B) um advérbio e retoma Portugal.
153. (AOCP/2011/Prefeitura de NS Socorro-SE) (C) um pronome e retoma folhetos.
Todas as sequências verbais destacadas abaixo (D) um pronome e retoma cordões.
constituem locuções verbais, EXCETO (E) um advérbio e retoma folhetos.
(A) “...mas quem ficar no vermelho terá de
pagar com 157. (AOCP/2009/IFPA) Em “Não há limite para a
acidentes e desgraças.” criação de temas dos folhetos.”, o verbo
(B) “...cada pessoa pode tentar agir com virtude sublinhado é
e ir (A) intransitivo e requer objeto direto.
"descontando" a carga...” (B) intransitivo e requer sujeito.
(C) “......tentar agir com virtude e ir (C) impessoal e requer objeto direto.
"descontando" a carga das vidas passadas. (D) transitivo direto e requer objeto direto.
(D) “...Deus já sabe de antemão o que cada um (E) transitivo direto e indireto e requer objeto
de nós vai fazer ou deixar de fazer.” direto e objeto indireto.
(E) “...seria evidência indiscutível de que [...]
Deus já havia decidido que você não presta.” 158. (AOCP/2009/IFPA) Em “Praticamente todo e
qualquer assunto pode virar cordel...”, o
QUESTÕES DE REVISÃO elemento sublinhado desempenha função de
(A) objeto direto.
154. (AOCP/2009/IFPA) Em “O nome cordel está (B) objeto indireto.
ligado à forma de comercialização desses (C) predicativo do objeto.
folhetos em Portugal.”, o sinal indicativo de (D) predicativo do sujeito.
crase se deve (E) adjunto adverbial
(A) à regência do nome cordel.
(B) à regência do verbo estar. 159. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFES) Em
(C) à regência do substantivo comercialização. “...expressões como por favor”, “obrigada” e
(D) à regência do adjetivo ligado. “com licença” são repetidas à exaustão...”, a
(E) à regência do substantivo forma expressão destacada funciona como
(A) objeto indireto.
(B) adjunto adnominal.
(C) adjunto adverbial.
(D) objeto direto.
(E) complemento nominal.
155. (AOCP/2009/IFPA)Em “O nome cordel está
ligado à forma de comercialização desses 160. (AOCP/2014/Ebserh/HU-UFES) “Na casa da
folhetos em Portugal, onde eram pendurados jornalista Rita Lisauska, expressões como ‘por
em cordões...”, o elemento sublinhado é um favor’, ‘obrigada’ e ‘com licença’ são repetidas
(A) pronome relativo e retoma Portugal. à exaustão por ela e pelo filho Samuel...”.
(B) pronome relativo e retoma folhetos. As expressões destacadas funcionam como
(C) adjetivo e modifica o sentido de Portugal. (A) objeto indireto.
(D) adjetivo e modifica o sentido de folhetos. (B) complemento nominal.
(E) pronome e modifica o sentido de cordões. (C) adjunto adverbial.
(D) sujeito paciente.
(E) agente da passiva