Você está na página 1de 69

1

Bateria nível básico

Introdução.

Hoje em dia os recursos para o estudo da bateria são muitos,


a música esta aí para todos os que se interessam por ela.
Não deve existir o pensamento “eu não consigo”, “não tenho
coordenação” e outros do mesmo tipo.
Eu tive, e tenho até hoje, dificuldades para assimilar certas
coisas, mas o amor ao instrumento é maior do que qualquer de-
ficiência ou obstáculo. É por isso que estou aqui, escrevendo es-
tas palavras de motivação. Só a motivação é capaz de separar
um baterista de uma pessoa que quer tocar bateria. Motivação,
perseverança e empenho são a chave do seu sucesso neste e em
todos os outros instrumentos.
Somos brasileiros. Já nascemos com o ritmo em tudo e em to-
dos os lugares. Sempre estamos batendo na mesa ou marcando
o tempo de alguma música.
É perda de tempo apenas se matricular no Workshop, com-
prar uma bateria com pedal duplo de última geração, com pra-
tos de todos os tamanhos e não estudar!
Só aprende a tocar bateria quem se dedica a ela. Não é fácil,
mas o prazer de poder entrar no mundo do ritmo e da música
é maior que qualquer coisa!
Esse material é dedicado a Clarice Alexandre, Maurício
Barbosa Filho e Áquila Barbosa
Amo vocês !

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
2
Bateria nível básico

Sabendo o básico.

A música é composta por melodia, harmonia, ritmo e contraponto.


Melodia são notas se movimentando na vertical:

Harmonia são notas juntas na horizontal:

G7 Cmaj 7 D 79 Cmaj 7 G7 Cmaj 7


4
4

O ritmo estabelece a duração de sons e silêncios, que são a


“matéria” de quê é feita a música.

4
4

Contraponto são notas em movimento vertical e horizontal


ao mesmo tempo.
tr

{ f p

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
3
Bateria nível básico

O pentagrama.

Pentagrama é o lugar onde se escreve música. É composto de cinco


linhas e quatro espaços. Essas linhas e espaços indicam onde as notas
estão.

5ª linha
4º espaço
4ª linha
3º espaço
3ª linha
2º espaço
2ª linha
1ª linha 1º espaço

As claves.

O pentagrama pode mostrar notas em alturas diversas; da mais grave


à mais aguda. O que define a região específica onde as notas estão são
as claves:

Clave de Sol: para instrumentos e vozes agudas.

Clave de Dó: instrumentos e vozes médias.

Clave de Fá: instrumentos e vozes graves.

Clave de Percussão: para instrumentos percussivos.

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
4
Bateria nível básico

Os valores.
Os valores indicam a duração de cada som . No quadro abaixo
você vai encontrar seus nomes e as relações entre a duração de
todos entre si.

1-Semibreve

2-Mínima

4-Semínima

8-Colcheia

16-Semicolcheia

32-Fusa

64-Semifusa

Para cada valor existe uma pausa. As pausas são silêncio com
a mesma duração do valor.
Valores Pausas

1-Semibreve

2-Mínima

4-Semínima

8-Colcheia

16-Semicolcheia

32-Fusa
64-Semifusa

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
5
Bateria nível básico

As quiálteras.
Relembrando os valores, notaremos que eles são numerados da seguin-
te forma:
1
2
4

8
16
32
64

As quiálteras são as divisões que não constam acima; entre a unidade


2 e a unidade 4 (mínima e semínima),por exemplo, teremos a quiáltera
de 3 mínimas:
3
Estas três mínimas se encaixam no espaço de duas.
3
Estas três colcheias se encaixam no espaço de duas.
6
Estas seis semicolcheias se encaixam no lugar de quatro.

Os símbolos utilizados na partitura.


Sinal de repetição: indica que o último compasso deve ser repetido
integralmente. Se houver um número sobre ele 4 , este número indi-
cará quantas vezes ele deve ser repetido.
Ponto de aumento: ao lado direito da nota indica o aumento de me-
tade do seu valor à sua duração.

= + =

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
6
Bateria nível básico

Os símbolos utilizados na partitura (continuação)

Duplo ponto: o segundo ponto aumenta metade do valor do ponto


de aumento.

= + + =

Ligadura: colocada sobre duas notas indica que as duas devem ter
as durações somadas.
[ Acento: indica que a nota em questão deve ser acentuada.

Dinâmica.
Para as variações de intensidade das notas, fazemos uso da Dinâmica.
Essas são as abreviaturas para este fim:
p - suave, piano.
pp - suavíssimo, pianíssimo.
f - forte.
ff - fortíssimo.

[[
DIM - diminuindo continuamente a dinâmica.
Cresc - aumentando continuamente a dinâmica.

Abreviaturas em notação.
=

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
7
Bateria nível básico

Contra tempo.

Contra tempo são notas e acentos fora do tempo forte do


compasso.

4
[ [
4

Contra tempos.

Síncopes.

A síncope acontece quando a nota é tocada no tempo fraco e


prolongada até o tempo forte.

2
4

Síncopes.

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
8
Bateria nível básico

A bateria na partitura.
Chimbau Chimbau aberto
Pratos Condução Cowbel
Tom 1 Tom 2 Tom 3
Caixa Aro Surdo 1
Surdo 2
Bumbo Chimbau com o pé

Obs: usa-se uma bola acima do chimbau para indicar que ele está aberto;

A postura das mãos.


Modo básico de segurar as baquetas. Para quem é destro, com
a mão direita fazemos a pegada moderna:

Há duas pegadas com a mão esquerda:

A moderna
A tradicional

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
9
Bateria nível básico

A postura do corpo.
Coluna sempre reta, com ombros e braços relaxados:

A planta do pé esquerdo apoiada para fazer a abertura lenta do chimbau


e com a ponta apoiada para a abertura rápida:

A planta do pé direito apoiada para tocar suave e a ponta para tocar forte:

Obs: para tocar com dois bumbos ou pedal duplo, usa-se a mesma técnica.
Quanto à altura do banco, recomenda-se que as pernas fiquem dobradas em
um ângulo de 90 graus, mas cabe ao aluno experimentar até encontrar a al-
tura mais adequada para o seu conforto.

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
10
Bateria nível básico

Os compassos.
A música é organizada em partes uniformes chamada de compassos. Os com-
passos são divididos em unidades de tempo; unidades com a mesma
duração. Essas unidades podem ser subdivididas em partes ainda
menores.
Para entendermos melhor como funcionam os compassos, há uma dica:
4
O numerador indica quantas unidades são necessárias para formar o
compasso, o denominador indica qual unidade; se o compasso é 4, isso
quer dizer que teremos quatro unidades número 4 (semínima) para
4
completar um compasso.
Se um compasso 4 é formado por 4 semínimas, podemos completá-lo
de várias formas, baseando-nos na relação e equivalência entre os valores:

Tempos: 1 2 3 4 1 2 3 4 1 2 3 4
4
4
Note que fechamos os compassos com barras e que há formas variadas
de fazê-lo: a barra simples indica que o trecho tem continuação. Barra
dupla indica o final do trecho ou da música (se a barra de fora for mais
grossa) e barra dupla com dois pontos indica que o trecho deve ser re-
petido (o trecho a ser repetido estará contido entre duas barras duplas
com pontos, como no exemplo).
Trecho com continuação. Fim do trecho.

4
4
Fim da música.

Trecho a ser repetido.

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
11
Bateria nível básico

Exercício nº 1:
4
4
R L R L L L R L

R R R R L

R L R L L L

R R R L R

Exercício nº 2:
4
4
R R L L R L R L R L L R L

L R R L R L L R R L R L R L

L L L L R R L L L R L L L R L

R L R L R L L R L R L R R L R L L L

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
12
Bateria nível básico

Exercício nº 3.
4
4
R R R L RLRL R RL RL RLRL R L RLRL R L

R RLRL RLRL LR L R LR L RLRL LRL LRL

RLRL LRL RLRL R L R L R LR L LRL LRL LRL LRL LRL

R LR L R LR L RLR L RLRL LR L R R LRL L R L RLRL LR L R

Exercício nº 4.
4
4
R RL R R RL R L R RL R RL R RL R RL R RL

R RL R RL R RL RLRL R RL RLRL L RL RL L

L RL R RL R RL R L RL R RL RL RL

RLRL LRL RL L R RL RL LR L RLRL RL RL

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
13
Bateria nível básico

Exercício nº 5.
4
4
RLR R RLR R RLR R L LR R LR

RLR RLR RLR RL R RL R R L RLR RLRL RLR LR

R R L R LRL R RL R L LR L RL RL R LR R RL LR

LR LR LR LR LR RL R LR RLRL R LR LR

Exercício nº 6.
4
4
RL L R RL L RLRL RL L R R L RL L RLRL R L

L R L L RLRL R L RL L R L L RL L R L L RL L L

R L L RL L L L LRL L L R RL R L L L LRL L

LRL LR RL L L L R RL L RL L L L L L RL LRL

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
14
Bateria nível básico

Exercício nº 7.
4
4
R LR R L RLRL R L R L R L R L R L RLRL R L

R LR L R LR L R L R L R L R L R L R L

L L R LR L L L R L L L L R L

L L L L R L R L L LRL LR R L

Exercício nº 8.
4
4
RL R RL RL RL RL RL RL RL RL L

R R L RL L RL L L L L L L

RL R L R L LR L RL RLRL RL RLRL RL RL L L

L RLRL RL L L L LRL L L L L L RLRL L

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
15
Bateria nível básico

Exercício nº 9.
4
3 3 3 3 3

4
R LR L R L R LR L L RLR LRL RL R L R L RL R
3 3 3 3 3 3 3

LR L R L RLRL R L R L RLR LRL RLR LR L R L RLRL R L R


3 3 3 3 3 3 3

L R L R L RLRL R L R L R L RLRL R L R L R L RLRL R L R RL


3 3 3 3 3 3 3 3

RL R LR L RL R LR L R L R LR LRLR L R L RLRL R L R L R L RL

Exercício nº 10.
4
6 6 6 6 6 3

4
RLRLRLR R L RLRLRL R L RLRLRL RLR LRLRLRL R L RL RLRLR LRLR L R
3 6 6 3

L L RL R L RL RL RL RL RLRLRL RL RL RLRLRL R L R L R L
3 6 3 3 3 6 3 3 3 3

R RLR LRLRLRLRL R R RLR LRLRLRLRL LRL R R RLR LRL LRL


3 3 6 3 6

R RLR LRL RLRLRLR L RLRL RLR LRL RLRLRL

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
16
Bateria nível básico

Exercício nº 11.
4
4

Exercício nº 12..
4
4
1ª casa 2ª casa 3ª casa
3 3 6 6

3 3 6 3 6

3 3

3 3 3

3 3 3 3

pp cresc ff [
ff DIM pp

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
17
Bateria nível básico

Técnica de mão. (Baqueteamento).


2
1
4
R L R L R L R L R L R L R L R L
2

L R L RL R L R L R L RL R L R
3

R R L L R R L L R R L L R R L L

L L R R L L R R L L R R L L R R

R L R R L R L L R L R R L R L L

R L L R L R R L R L L R L R R L

R R L R L L R L R R L R L L R L

R R R L R R R L R R R L R R R L

Executar sem pausas. 20 vezes cada exemplo.

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
18
Bateria nível básico

Técnica de mão (Continuação).


2
9
4
R L L L R L L L R L L L R L L L
10

R R R RL L L L R R R RL L L L
11

R L R L R R L L R L R L R R L L
12

R L R L R L L R L R L R L R R L
13

L R L R L L L R L R L R L L L R
14

R L R L R R R R L R L R L L L L

15

R R L L R L R R L L R R L R L L

Executar sem pausas. 20 vezes cada exemplo.

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
19
Bateria nível básico

Marcar com os pés para independência.

2
Ex. 1: 4

2
Ex. 2: 4

2
Ex. 3: 4

* Usar os exemplos de técnica de mão a estes de bumbo e chimbau,


não se limite so a estas variações
crie as suas tambem!

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
20
Bateria nível básico

Técnica de mão. (Rudimentos)


Toque simples.
4
4
R L R L R L R L
Toque duplo.
4
4
R R L L R R L L
Toque triplo.
6
8
R R R L L L
Toque quádruplo.
4
4
R R R R L L L L
Paradidle.
4
4
R L R R L R L L
Double paradidle.
3
4
R L R L R R L R L R L R

Triplo paradidle.
4
4
R L R L R L R R L R L R L R L L

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
21
Bateria nível básico

Técnica para mão esquerda.


[
[ [
[
2
1
4
L L LL
[
[[ [
[[
2
2
4
[[ [[[
2
3
4
[ [[ [
2
4
4
[
[[[[[
2
5
4
[[
[[
[[[[
[[
2
6
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
22
Bateria nível básico

Estudo de acentos.
[[ [[ [ [
2
4
R L R L R L R L
[ [ [[ [[
[
[ [[ [[
[[[ [[
[ [[[
[[[[
[[ [
[[[

[
[[[ [[
[[[
[[
[[
[
[
[[[ [
[
[[[ [
[[[

[[
[[ [
[[[
[ [
[[[
[

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
23
Bateria nível básico

Up - Down.
[[ [[
2
1
4
2
[[ [[
3 3 3 3

3
[[ [[
4
[[ [[ 6 6 6 6

5
[[ [[

Paradidle com variação de acento.


[[ [[
2
1
4
2
[ [ [[
R L R R L R L L R L R R L R LL

3
[
[[[[
[[[

4
[[
[[[[
[[

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
24
Bateria nível básico

Paradidle solo.
[[[ [[[
4
4
R L RR L R LL R L RR L R LL R L RR L R LL R L RR L R LL

[[[[ [[[
R L RR L R LL R L RR L R LL R L RR L R LL R L RR L R LL

[
[ [
[ [
[[[[
[[[
R L RR L R LL R L RR L R LL R L RR L R LL R L RR L R LL

[ [ [ [ [[
R L R L R R LR L RLL R LRL R R LR L RLL R L R R L R L L

[ [ [ [ [[
R L R L R R LR L RLL R LRL R R LR L RLL R LRR L RLL

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
25
Bateria nível básico

Paradidle solo (continuação).


[
[[[[
[[[[[
4
4
R L RL RR LR L R L L RL RL R R LR L R LL R L RR L R LL

[ [[ [[[[[
R L RL RR L R L RL RR L R L RR L R LL R L RR L R LL

[[ [
[ [[[[
R L RR L R LR L L R L R LR L L R L R LL R L RL L R LL

[[[
[[[[
[[[
[
R LRR L R L L R L RL R RL R L R LL R L RL R L R R L R L R

[[ [
[ [
[ [[
[[
[[
L R L L R L RL RRL R L RL RRL R L LR L RR L R L R

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
26
Bateria nível básico

Rudimentos
Exercício baseado em toque simples(ruff) e toque duplo(roll)

[[[[
[
(Cinco toques)
4
4
R R R R R R R R
L

[[
[[[[
[[
(Seis toques)
4
4
RL L RL L RL L RL L
L

[[[[
(Sete toques)
4
4
R LR LR LR L
L

(Oito toques)
4
4
R R R R
L

(Nove toques)
4
4
R R R R
L

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
27
Bateria nível básico

Rudimentos(Continuação).

[ [
(Dez toques)
4
4
R R L R R L
L

[ [
(Onze toques)
4
4
R R L R RL
L

[
[ [
[
(Doze toques)
4
4
R R L R R R L R
L
[ [
(Treze toques)
4
4
R R R R R R
L

* Todos os exercícios devem ser execultados com o tempo na mão


direita e depois na esquerda, com toque simples e toque duplo.

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
28
Bateria nível básico

Solo nº 1.

[[
[[ [[ [[
4
4
R R L L R L R R L R L L R R L R R L R L R R L R
[[ [[[[[[
[[

R L R L R R L R R L L R L R L R L R R L R L R L R L L
[ [ [

R R L L R R R
[ [
[[[[[
[[
[[
[[

R L R L R L R L R L R R LR LL R L R L R L R L R L R L R L R L
[
[
[[[
[[

R L R L R L R L R

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
29
Bateria nível básico

Solo nº 2.
[
[[ [[
4
4
R L R R L R L R L R R L R R L
[ [[ [[[[

R R L R L R L R L R L R R L R R L L R L L R
[[ [ [[ [

R R L R R R R R L L L L
[
[ [
[ [
[[
[[[
[[

R L R L R L R L R L R L R L R L
Cresc [ [
[

R L R L R L R L R L R L R L R L R R R L
[
[ [
[[[[ [
[

L L R R R L R L R L R L R R L R

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
30
Bateria nível básico

Solo nº 3.

[[[
[ [[[[
4
4
R R L L R R L R R R R L R L R L R R L R L L

[
[[[ [ [ [ 6

R R L R R L R R R L L L RL RL RL R R

[
[
[[[[
[[[[[
[ [

R R L R L L R L L RL L R L L R L R L RL L R L

3 3
[[
[[ 3
[
[

RL R L L RL R R L R R L R R LRLR R L R

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
31
Bateria nível básico

Solo nº 4.
[ [
[[ [ [[ [
2
4
R L R L R R L R R R L R L R R R
[[ [[[[[[[
R L R L R R R L R L R L R L R L R L R L R L
[[[[[ [[ [
R L R L R L R L R L R L R L R L R R R
6 3 6 3 [
R L RLR L R L RL R L RLR L R L RL R R R
3 [ 3 [
[ [
R L RL R L R L R L RL R R L L R L
[
[ [ [
[[[ 3

R L R R R L R R R L R L R R L RL

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
32
Bateria nível básico

Solo nº 5.
[ [[ [[ [
2
4
R L L R L L R L R L R R
[
[ [[
[ [
R R R R L R R R R
[[
[[ [
[[ [[ [
R L L R L L R R L R R R R R
[ [ [
R R R L R R R L
[[
[[[[[
[[ 3 [
R R L R L R R L R L L R L R R L R L

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
33
Bateria nível básico

Independência dos membros.

4
A
4

3 3 3 3 6
B
4
4

4
C
4

3 3 3 3 6 6 6 6
D
4
4

Baqueteamento para o padrão A , C .


R R R R R R RR R RRR
L L L L L L L L L L L L
R L R L R L RL R L RL
L R L R L R L R L RL R

Baqueteamento para o padrão B , D .


R R R R R R RR RRR R RR RRR R RR RRR R RR RRR R
L L L L L L LLLLLL LLLLLL LLLLLL LLLLLL
R L R R L R RL RRL R RL RRL R RL RRL R RL RRL R
L R L L R L LRLLRL LRLLRL LRLLRL LRLLRL

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
34
Bateria nível básico

Ritmos básicos.

4
1
4

4
2
4

4
3
4

4
4
4

4
5
4

4
6
4

4
7
4

4
8
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
35
Bateria nível básico

Viradas 1.

4
1
4
R L R L

2
4
4
(

LR L R L R L R L

4
3
4
(

LR LR R L

4
4
4
R L R L R L R L R L R L R L R L

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
36
Bateria nível básico

Viradas 1 (continuação).

4
5
4
R L R L R L R L

4
6
4
R L R L R L R L R L R L

4
7
4
R L R LR R R R R L R L

4
8
4
(

LR L R L R L R L R L R L R L

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
37
Bateria nível básico

Condução simples.
R R R R

4
1
4

4
2
4

4
3
4

4
4
4

5
4
4

4
6
4

4
7
4

4
8
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
38
Bateria nível básico

Condução alternada.
R L R L

4
1
4

4
2
4

3
4
4

4
4
4

4
5
4

4
6
4

7
4
4

4
8
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
39
Bateria nível básico

Abertura de chimbau.

4
1
4

4
2
4

4
3
4

4
4
4

4
5
4

4
6
4

4
7
4

4
8
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
40
Bateria nível básico

Abertura de chimbau (Continuação)

4
1
4

4
2
4

4
3
4

4
4
4

4
5
4

4
6
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
41
Bateria nível básico

Independência de chimbau.

4
1
4

4
2
4

3
4
4

4
4
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
42
Bateria nível básico

Independência de chimbau (continuação)

4
5
4

4
6
4

4
7
4

4
8
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
43
Bateria nível básico

Independência de chimbau 2.

4
1
4

4
2
4

4
3
4

4
4
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
44
Bateria nível básico

Independência de chimbau 2 (continuação)

4
5
4

4
6
4

4
7
4

4
8
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
45
Bateria nível básico

Aplicando paradidle em ritmo.


[[[[ [[[[
4
1
4

[[[[ [[[[
4
2
4

[[[[ [[[[
4
3
4

[[[[ [[[[
4
4
4

[[[[ [[[[
4
5
4

[[[[ [[[[
4
6
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
46
Bateria nível básico

Ritmos brasileiros.
(Bossa nova)

Ex A . Ex B .
2
4

2
2
1
4

4
2
3
4

6
5
2
4

2
7 8
4

2
9 10

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
47
Bateria nível básico

Ritmos brasileiros.
(Afoxé)

2
4

(Xaxado)

2
4

(Xote)

2
4

(Frevo)

4
4

(Marcha rancho)

4
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
48
Bateria nível básico

Ritmos brasileiros.
(Samba rápido)
[ [ [ [
2
4

(Partido alto)

2
4

(Samba tradicional)
[[ [ [[
2
4

(Samba funk)

2
4

(Escola de samba)
[[ [[
2
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
49
Bateria nível básico

Ritmos brasileiros.

(Baião)
[ [ [ [
2
1
4

2
2
4

2
3
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
50
Bateria nível básico

Ritmos cubanos.

(Salsa)
R L R L [
2
1
4 ()

[
2
2
4 ()

[
2
3
4

[
2
4
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
51
Bateria nível básico

Dance music.

4
1
4

[ [
4
2
4

4
3
4

4
4
4

4
5
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
52
Bateria nível básico

Blues.

6
1
8

6
2
8

6
3
8

6
4
8

6
5
8

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
53
Bateria nível básico

Técnicas para pedal duplo.


4
4

4
1
4
R L R L R L R L R L R L R L R L

4
2
4
R R L R R L R R L R R L

3
4
4
R R L R L R L R R L R L R L

4
4
4
R L R R L R R L R R L R

4
5
4
R L R R L R L R L R R L R L

4
6
4
R L L R L L R L L R L L

4
7
4
R L L R L R L R L L R L R L

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
54
Bateria nível básico

CD faixa nº 1.
Intro clima. Intro.

4
8 Comp 7
4

Tema cond. Solo rhodes. Solo sax.


8 16 8

Tema cond.
8

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
55
Bateria nível básico

CD faixa nº 2.

4
7
4


(

1ª 2ª


7

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
56
Bateria nível básico

CD faixa nº 3.

2
7
4

Tema.

3 7

Solo de sax.
3 7

Solo de teclado.
3 7

7 Tema.

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
57
Bateria nível básico

CD faixa nº 4.
Intro. Groove baixo.
4
4

(
7

Tema.
8 1ª

Tema.

pp p mf f
7

[
[
[[
[[
[
[[ 8

Tema.

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
58
Bateria nível básico

CD faixa nº 5.
Intro. Sax 8 comp.

4
4
Ride.
7 8

1ª 2ª

Groove sax solo. Solo Guitar.


16 16

7 8

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
59
Bateria nível básico

CD faixa nº 6. Cresc

4
Intro Guitar 3
4
A
3 4

Metais
4 3

Guitar Groove
4 4 4
A
6 6
Rock Groove 6 6

4 4 3

Guitar Groove [ [
4 4 4
A
3 4 7

Metais
A

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
60
Bateria nível básico

CD faixa nº 7. Intro.

4
4
3

Tema Groove. 7

Solo Teclado Solo Guitar


8 4

mf f
4

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
61
Bateria nível básico

CD faixa nº 7 (continuação)

Tema Groove.
7
(
(

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
62
Bateria nível básico

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
63
Bateria nível básico

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
64
Bateria nível básico

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
65
Bateria nível básico

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
66
Bateria nível básico

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa
67
Bateria nível básico

Afinação
Falar sobre afinação de tambores é referir-se a obtenção de um som
agradável, eliminando harmônicos estranhos. Sendo assim,
é muito pessoal desde que o músico goste do som de seu
instrumento, e isso que importa, não tendo regras nem parâmetros
para se ter um som agradável.
Como afinar

Colocamos a pele e levemente ajustamos os parafusos de


afinação de forma cruzada.*é nessa etapa que decidiremos a altura do
Som do tambor (grave ou agudo).

Uma vez que encontrada a altura desejada, percurtimos a pele com a


própria chave de afinação junto aos pontos de tenção, de forma cruzada,
sempre procurando sons semelhantes.

Para ter um “bom som de bateria”devemos usar a altura natural do


tambor. Se o tambor tem 12” polegadas não teremos um bom som
tentando afina-lo com som de 8” polegadas, pois cada tambor tem seu
campo sonoro.
A maioria das peles, quando nova, sede se acomodando ao tambor,
sendo necessario repetir todo o processo de afinação novamente.

Maurício Barbosa
IMB Instituto
Mauricio
Barbosa