Você está na página 1de 8

CONTRATO DE CONSTRUÇÃO POR EMPREITADA

CONSTRUDESIGNER, LDA
CONTRATO DE CONSTRUÇÃO

Entre

SR. _________________________

CONSTRUDESIGNER, LDA
Arquitectura | Engenharia | Construção | Fiscalização.

Relactivo a construção de uma residência unifamiliar de 2 pisos,


Localizada no Bairro do Miramar – Benguela.

Benguela aos, 31 de Agosto de 2019


Índice

IDENTIFICAÇÃO ........................................................................................................... 1

DO OBJECTO DO CONTRATO .................................................................................... 1

FORNECIMENTO DE MATERIAIS .............................................................................. 2

DAS VISTORIAS ............................................................................................................ 2

DA RESCISÃO ................................................................................................................ 3

PRAZO PARA EXECUÇÃO........................................................................................... 3

CONDIÇÕES GERAIS .................................................................................................... 4

RECEPÇÃO E GARANTIA ............................................................................................ 4

DO FORO ......................................................................................................................... 5
IDENTIFICAÇÃO

Entre:

1. Sr. De Nacionalidade Angolana, Profissão ------------, Estado Civil, casado, BI nº------


------, residente na Rua -----------,casa nº --, bairro ---------, cidade -----------; (doravante
designado por “entidade ou dono da obra”).

2. Construdesigner Lda, - Arquitectura, Engenharia, construção e Fiscalização, com sede


em Ganda-Benguela, na rua Dr. António Agostinho Neto, com o capital inicial de akz
100.000.00 (cem mil kwanzas), matriculada na conservatória do Registo comercial do
SIAC-Benguela com o número único de matrícula e de pessoa 5117001249, (doravante
designada por “Construdesigner”).

É reciprocamente estabelecido e aceite o presente contrato de empreitada de obra particular,


que será regulado pelas seguintes cláusulas:

DO OBJECTO DO CONTRATO

.Cláusula 1ª.
a) Pelo presente contrato a PRIMEIRA CONTRATANTE, na qualidade de dona da obra,
contrata a SEGUNDA CONTRATANTE, na qualidade de empreiteira, para a construção
de um edifício residencial de 2 pisos, sito na rua s/n, lote s/nº, em Benguela, no Bairro
do Miramar, nos termos dos anexos que fazem parte integrante deste contrato.
b) A especificação técnica do material a fornecer pela SEGUNDA CONTRATANTE e o
local onde será construída a obra identificado no nº 1, constam do Anexo I ao presente
contrato, que se encontra assinado por ambas as partes contratantes e dele faz parte
integrante.
c) A construção referida no nº 1 estará limitada nas seguintes especialidades:
I. Estruturas;
II. Alvenarias e
III. Cobertura.
1º A construção será executada conforme consta na planta elaborada por Paulo José
Maria- Arquitecto de Nacionalidade Angolana, Estado civil-solteiro, residente em
Benguela na Rua ---------,bairro do Casseque e nas especialidades acordadas entre as
partes.

1
DA EXECUÇÃO
Cláusula 2ª.
A execução da obra será feita pessoalmente pelo EMPREITEIRO, facultando-lhe a contratação
de ajudantes, os quais terão vínculo único e direto com o mesmo, que ficará exclusivamente
responsável pelo pagamento e todos os encargos existentes.

Cláusula 3ª.
O EMPREITEIRO fornecerá simples e puramente a mão de obra e encarregará também de
realizar todas as medidas de preparação do terreno.

Cláusula 4ª.
Quaisquer danos causados a terceiros e provenientes da execução dos trabalhos, agindo dolosa
ou culposamente, serão de inteira responsabilidade do EMPREITEIRO, mesmo que praticados
pelos seus ajudantes.

Cláusula 5ª.
O EMPREITEIRO terá completa e irrestrita liberdade para executar seus trabalhos, não
necessitando de predeterminar horários ou funções, ficando assim caracterizado, que o mesmo
exerce de maneira autônoma seus serviços, não mantendo nenhum vínculo trabalhista com o
CONTRATANTE.

FORNECIMENTO DE MATERIAIS

Cláusula6ª.
O DONO DA OBRA fornecerá todos os materiais necessários para a execução da obra, na
quantidade que se estabeleça entre as partes. Este fornecimento será efectuado de forma
sucessiva, segundo o desenvolvimento da obra e do plano global de execução da mesma.

Cláusula 7ª.
O DONO DA OBRA deverá fornecer os materiais sempre que se fizer necessário, após
solicitação do empreiteiro com prazo de anuncio de 15 dias antes da sua aplicação em obra.

DAS VISTORIAS

Cláusula 8ª.
Resta facultado ao CONTRATANTE, bem como ao arquitecto responsável pelo projecto, realizar
vistorias a qualquer dia ou horário, concernente à execução das obras, cabendo ao
EMPREITEIRO se comprometer a aceitar ou não pareceres de ambos.

2
DO PREÇO E DA FORMA DE PAGAMENTO

Cláusula 9ª.
A título de mão-de-obra, fica ajustado que o CONTRATANTE pagará ao EMPREITEIRO o valor
total de akz 4.350.000.00 (Quatro Milhões e Trezentos e Cinquenta Mil Kwanzas). Este valor
será dividido em 4 parcelas, a serem efetuadas conforme andamento da obra:

Percentagem do andamento da obra Percentagem do pagamento


0% 25% (sinal)
25% 25%
50% 25%
75% 0%
100% 25%

a) Caso a percentagem dos trabalhos não seja concluída, o pagamento ficará retido, salvo
se ocorrerem motivos alheios à vontade de ambas as partes.

Cláusula 10ª.
O valor a ser pago aos ajudantes será feito individualmente pelo EMPREITEIRO e às suas
expensas, visto que os mesmos possuem vínculo única e exclusivamente com este,
comprometendo-se a pagá-los mensalmente ou conforme acordo entre as partes.

DA RESCISÃO

Cláusula 11ª.
A rescisão ocorrerá de forma plena e por iniciativa do CONTRATANTE, nos casos previstos no
artigo 319º da lei dos contratos públicos de Angolana.

Cláusula 12ª.
Por iniciativa do EMPREITEIRO, será rescindido o presente instrumento, na ocorrência dos
factos elencados no artigo 323º da lei dos contratos públicos de Angolana.

PRAZO PARA EXECUÇÃO

Cláusula 13ª.
O EMPREITEIRO se compromete a executar a obra em 322 dias úteis, a iniciar-se no primeiro
dia útil após a assinatura do presente e terminar no dia 03 de Novembro do ano de 2020.

3
Cláusula 14ª.
Quaisquer interrupções ocorridas na execução das actividades da empreitada, não serão
incluídas no prazo contido na Cláusula 13ª.

CONDIÇÕES GERAIS

Cláusula 15ª.
O EMPREITEIRO limitar-se-á a executar o que consta na planta e no especificado no objecto do
contrato (Estrutura, Alvenarias e Cobertura), sob pena do CONTRATANTE enjeitá-la ou recebê-
la com abatimento no preço.

Cláusula 16ª.
O presente contrato passa a vigorar entre as partes a partir da assinatura do mesmo.

RECEPÇÃO E GARANTIA
Cláusula 17ª.
1. Logo que a obra esteja concluída, efectuar-se-á uma vistoria para o efeito de recepção
provisória, que será lavrada em auto assinado por ambas as contratantes.
2. Se da vistoria resultarem defeitos e deficiências e a obra não estiver, por isso, em condições
de ser recebida, esses mesmos defeitos e deficiências deverão ser especificados no auto, donde
constará igualmente a declaração de não recepção.
3. Verificando-se o facto previsto no nº 2, a PRIMEIRA CONTRATANTE deverá notificar a
SEGUNDA CONTRATANTE, fixando um prazo para que esta proceda às modificações ou
reparações necessárias.
4. A SEGUNDA CONTRATANTE obriga-se a reparar aqueles defeitos e deficiências dentro do
prazo definido pela PRIMEIRA CONTRATANTE a contar da data da notificação.
5. Uma vez cumprida a obrigação referida no nº 4, a PRIMEIRA CONTRATANTE procederá a
nova vistoria, para o efeito de recepção provisória.
6. Se, após a vistoria mencionada no nº 1 e no nº 5, se verificar que a obra se encontra em
condições de ser recebida, lavrar-se-á auto de recepção provisória que será assinado por ambas
as contratantes.
7. A reparação das obras executadas fica garantida durante um período de dois anos, a contar
da recepção provisória, sem qualquer encargo para a PRIMEIRA CONTRATANTE.
8. Na data da recepção provisória referida no nº 6, a SEGUNDA CONTRATANTE apresentará
ao PRIMEIRA CONTRATANTE um contrato de manutenção das obras executadas ao abrigo da
empreitada adjudicada.
9. Findo o prazo de garantia referido no nº 7, a PRIMEIRA CONTRATANTE efectuará nova
vistoria de todos os trabalhos realizados pela SEGUNDA CONTRATANTE e:

4
a) se da vistoria resultar que as obras se encontram em condições normais, sem
qualquer falha ou deficiência, será lavrado auto de recepção definitiva, assinado por ambas as
contratantes;
b) se da vistoria resultar a existência de qualquer deficiência, defeito ou falha imputável à
SEGUNDA CONTRATANTE proceder-se-á de acordo com os nºs. 2 a 6.

Cláusula 18ª.
O presente contrato passa a vigorar entre as partes a partir da assinatura do mesmo.

DO FORO

Cláusula 19ª.
Para dirimir quaisquer controvérsias oriundas do CONTRATO, as partes elegem o foro da
comarca de Benguela;

Por estarem assim justos e contratados, firmam o presente instrumento, em duas vias de igual
teor.

Benguela, aos 31 de Julho de 2019.

Entidade Contratante

______________________
Nome:
Qualidade:

Entidade Contratada-Empreiteiro

_______________________
Nome:
Qualidade: