Você está na página 1de 25

Fenômenos de

Transportes

Transferência de
calor
Professora: Denise de Freitas Silva
(denise.silva@unifemm.edu.br)
calor

• Calor é a forma de energia que pode ser transferida de


um sistema para outro em consequência da diferença
de temperatura entre eles.
Transferência de calor

• Transferência de calor é a transferência de energia


térmica provocada por uma diferença de temperatura,
no sentido da temperatura mais alta para a mais baixa.

• A exigência básica para ocorrência da transferência de


calor é a presença da diferença de temperatura
Transferência de calor

Aplicação

• O corpo humano
• Fogões elétricos e a gás
• Aquecedores
• Ar-condicionado
• Geladeiras
Transferência de calor

• 1ª lei da Termodinâmica (conservação da energia):


ΔU = Q – W
ΔU = variação da energia interna
Q = quantidade de calor trocada com o meio ambiente
W = trabalho realizado durante a transformação.

• 2ª lei da Termodinâmica: É impossível existir um processo


cujo único resultado seja a transferência de calor de uma
região de baixa temperatura para outra de temperatura mais
alta. Para que o fluxo seja inverso é necessário que um
agente externo realize um trabalho sobre este sistema.
Mecanismos de transferência de calor

O calor pode se transferido de três diferentes tipos:


 Condução
 Convecção e
 radiação
Mecanismos de transferência de calor

• Condução é a transferência de energia das partículas


mais energéticas de uma substância para partículas
vizinhas adjacentes menos energéticas, como resultado
da interação entre elas. Esse processo é mais eficiente
em materiais como os metais, que são bons condutores
de calor. Isso também explica o motivo das panelas
serem feitas de metal.

A condução pode ocorrer em sólidos, líquidos ou gases.


Mecanismos de transferência de calor

• Em líquidos e gases, a condução deve-se às colisões e


difusões das moléculas em seus movimentos aleatórios.
• Nos sólidos, a energia térmica é transferida pelos
elétrons livres e acontece por causa da combinação das
vibrações das moléculas em rede.

• A condução é mais eficiente em sólidos devido às distâncias


entre as moléculas ser menor, facilitando a transferência de
calor.
Condução – Lei de Fourier
Condução – Lei de Fourier

• Condutividade Térmica
Condutivida Condutividad
Material de Térmica Material e Térmica
(W/m.K) (W/m.K)
Compensado 0,12
Aço 14,9
de madeira
Alumínio 237 Concreto 1,0
Ar 0,0263 Ferro 80,2
Cobre 401 Fibra de vidro 0,038
Exemplo 1

O telhado de uma casa com aquecimento elétrico


tem 6 m de comprimento, 8 m de largura e 0,25 m
de espessura e é feito de uma camada de concreto
cuja condutividade térmica é k = 0,8 W/m K. As
temperaturas das faces internas e externa do
telhado, medidas em uma noite são de 15oC e 4oC,
respectivamente. Determine a taxa de perda de
calor através do telhado naquela noite
Mecanismos de transferência de calor
• Convecção - Transferência de calor que ocorre entre
uma superfície (sólido ou líquido) e um fluido em
movimento (líquido ou gás). São movimentos de massas
de fluidos trocando de posição entre elas.

A convecção pode ser forçada (ventilador, cooler, bomba) ou


natural (água em ebulição, vento).
.
Convecção - Lei de resfriamento de Newton
q = h A (TS – T∞)
Onde
q = taxa de transferência de energia da superfície do objeto para o fluido
(W)
A = área da superfície (m2)
TS = temperatura da superfície (k)
T∞ = temperatura do fluido (K)
h = coeficiente convectivo de calor (W/m²K)
OBS: O coeficiente convectivo h é determinado experimentalmente e
depende das variáveis que influenciam a convecção, como: geometria da
superfície, natureza do movimento do fluido, e da velocidade de
escoamento do fluido
Exemplo 2
• Um fio elétrico de 2 m de comprimento e 0,3 cm de diâmetro se
estende por uma sala a 15 °C. Calor é gerado no fio como
resultado do aquecimento da resistência. A temperatura na
superfície do fio é 152 °C em funcionamento estável. A taxa de
transferência de energia da superfície do objeto para o fluido é de
90W. Ignorando qualquer transferência de calor por radiação,
determine o coeficiente de transferência de calor por convecção
para a transferência de calor entre a superfície externa do fio e o
ar na sala.
Radiação

• É a transferência de calor na forma de ondas


eletromagnéticas. Essas ondas não necessitam de um
meio para se propagarem.
• Todos os corpos emitem ondas eletromagnéticas e o
espectro de radiação depende da temperatura do corpo.

Um exemplo desse processo é o que acontece com a


Terra, que, mesmo sem estar em contato com o Sol, é
aquecida por ele.
Radiação – Lei de Stefan-Boltzmann
q = AεσTS4

Onde
q = taxa de transferência de energia da superfície do objeto (W)
A = área da superfície (m2)
ε = emissividade da superfície. Depende do material. (0 < ε < 1) (tabela)
σ = Constante de Stefan-Boltzmann (5,67x10-8 W/m2K4)
TS = temperatura da superfície em kelvin
Radiação – Lei de Stefan-Boltzmann
Radiação – Lei de Stefan-Boltzmann
Quando dois objetos trocam calor por radiação, podemos
escrever
q = Aεσ ( TS4 – T∞4)

q = hr A ( TS – T∞)
e
hr = ε σ (TS + T∞)(TS2 + T∞2)

Onde
q = taxa de transferência de energia da superfície do objeto (W)
A = área da superfície (m2)
ε = emissividade da superfície. Depende do material. (0 < ε < 1) (tabela)
σ = Constante de Stefan-Boltzmann (5,67x10-8 W/m2K4)
TS = temperatura da superfície em kelvin
T∞ = temperatura do fluido com o qual a superfície está trocando calor.
hr = coeficiente radiativo
Paredes compostas
o fluxo de calor q é o mesmo que atravessa todas as paredes.
Assim, para cada parede pode-se escrever as seguintes
equações:
Paredes compostas
Paredes compostas

Onde, ∆T refere-se à diferença total de temperaturas da duas


faces externas e R é a resistência térmica da parede composta,
dada por:
Paredes compostas
Paredes compostas
Exemplo 3
Uma parede de área A = 10 m² e espessura L = 0,20 m
separa dois ambientes de temperaturas T∞1 = 50 oC e
T∞2 = 25 oC. A condutividade térmica da parede é 5
W/m.K e os coeficientes convectivos são h1 = 10 W/m².K e
h2 = 5 W/m².K. Determine a taxa de transferência de calor
através da parede.
Exemplo 4

Considere uma parede composta de área transversal A = 2 m2, mantida entre


dois fluidos a temperaturas constantes T∞1 = 80 ºC e T∞2 = 10 ºC e
coeficientes convectivos h1 = 10 W/m2.K e h2 = 20 W/m2.K, como mostrado
na figura. Os materiais A, B, C e D possuem condutividades térmicas de 20
W/m.K, 30 W/m.K, 40 W/m.K e 100 W/m.K, respectivamente e espessuras LA
= LB = LC = LD = 15 cm. A transferência de calor é bidimensional. Nessa
situação, o problema será considerado unidimensional. Desenhe o circuito
térmico equivalente e determine a taxa de calor trocada entre os fluidos.
Despreze a radiação

Você também pode gostar