Você está na página 1de 2

O princípio da transmissão analógica

A transmissão analógica de dados consiste em fazer circular informações num suporte


físico de transmissão na forma de onda. A transmissão dos dados é feita através de uma
onda portadora simples cujo único objetivo é transportar os dados por modificação de uma
das suas características (amplitude, frequência ou fase).

Por esta razão, a transmissão analógica é geralmente chamada de transmissão por


modulação de onda portadora. De acordo com o parâmetro da onda portadora que vai
variar, distinguem-se três tipos de transmissão analógica: por modulação de amplitude, por
modulação de frequência e por modulação de fase.

Como funciona a transmissão analógica de dados analógicos


Este tipo de transmissão designa um esquema no qual os dados a serem transmitidos são
feitos diretamente na forma analógica. Assim, para transmitir este sinal, o ETCD
(Equipamento Terminal do Circuito de Dados) deve efetuar uma convolução contínua do
sinal a ser transmitido e da onda portadora, ou seja, a onda que vai transmitir vai ser uma
associação da onda portadora com o sinal que deve transmitir. No caso de uma
transmissão por modulação de amplitude, por exemplo, a transmissão é feita da seguinte
maneira:

A transmissão analógica de dados digitais e o Modem


Quando os dados digitais apareceram, os sistemas de transmissão ainda eram analógicos.
Por isso, foi necessário encontrar um meio para transmitir dados digitais de maneira
analógica. A solução para este problema foi a criação do modem. A sua função na
emissão é converter dados digitais (um conjunto de 0 e 1) em sinais analógicos (a
variação contínua de um fenômeno físico). Por outro lado, sua função na recepção é
converter o sinal analógico em dados digitais.
Transmissão de dados → Passagem de sinais através de meios físicos.
Sinais analógicos
Sinais digitais

Exemplos:

Sinais analógicos
Sinais elétricos que variam constantemente entre todos os valores
possíveis permitidos por meio de transmissão.
Onda sinusoidal
→ Amplitude
→ Frequência
→ Fase
Baixa largura de banda.

Dados digitais, sinais digitais

Sinal digital
→ Pulsos discretos de voltagens.
→ Cada pulso corresponde a um elemento de sinal.
→ Dados binários codificados nesses elementos.
Dados digitais, sinais digitais

Sinal digital
→ Pulsos discretos de voltagens.
→ Cada pulso corresponde a um elemento de sinal.
→ Dados binários codificados nesses elementos.

Sinais digitais

Sequência de intervalos de tamanho fixo igual a T segundos, chamados de


sinalização, durante os quais a amplitude do sinal permanece fixa caracterizando
um dos símbolos digitais existentes.
→ Repetir regenera o sinal.
→ Baixo custo - integração - produção em escala.
→ Integração de voz, dados e imagens.
→ Facilidade de encriptação.
→ Utilização de fibra ótica
→ Facilidades de endereçamento, comutação e controle.