Você está na página 1de 16

13) Qual é a área total de uma pirâmide quadrangular regular, sabendo-

se que sua altura mede 24cm e que o apótema da pirâmide mede


26cm?
1) A área lateral de uma pirâmide quadrangular regular de altura 4m e de
área da base 64m² vale:

2) Uma pirâmide quadrada tem todas as arestas medindo 2. A altura mede:


3) As arestas laterais de uma pirâmide reta medem 15cm, e a sua base é um
quadrado cujos lados medem 18cm. A altura dessa pirâmide, em cm, é
igual a:

4) As projeções ortogonais de um cilindro sobre dois planos perpendiculares


são, respectivamente, um circulo e um quadrado. Se o lado do quadrado é
10, qual o volume do cilindro?
5) Uma fábrica de tintas está estudando novas embalagens para o seu
produto, comercializado em latas cilíndricas cuja circunferência mede
10π cm. As latas serão distribuídas em caixas de papelão ondulado,
dispostas verticalmente sobre a base da caixa, numa única camada. Numa
caixa de base retangular medindo 25cm por 45cm, quantas latas
caberiam?

6) Sabe-se que um cilindro de revolução de raio igual a 10cm, quando


cortado por um plano paralelo ao eixo, a uma distância de 6cm desse
eixo, apresenta secção retangular equivalente à base. O volume desse
cilindro, em centímetros cúbicos, é:
7) ) Um retângulo girando em torno de cada um dos seus lados gera dois
sólidos, cujos volumes medem 360π m³ e 600π m³. Calcular a medida dos
lados do retângulo.
Exemplo: Exercício Resolvido

Calcule o volume de um cone circular reto cujo raio da base mede 3 m e geratriz 5 m.

Resolução:

Primeiramente, devemos calcular a altura do cone. Nesse caso, podemos utilizar o


teorema de Pitágoras:

h2 + r2 = g2
h2 + 9 = 25
h2 = 25 – 9
h2 = 16
h=4

Fórmula: Como Calcular?

A fórmula para calcular o volume do cone é:


V = 1/3 π.r2. h
Donde:
V: volume
π: constante que equivale a 3,14 aproximadamente
r: raio
h: altura
Atenção!
O volume de uma figura geométrica é sempre calculado em m3, cm3, etc.
Exemplo: Exercício Resolvido
Calcule o volume de um cone circular reto cujo raio da base mede 3 m e geratriz 5 m.
Resolução:
Primeiramente, devemos calcular a altura do cone. Nesse caso, podemos utilizar o
teorema de Pitágoras:
h2 + r2 = g2
h2 + 9 = 25
h2 = 25 – 9
h2 = 16
h=4m
Após encontrar a medida da altura, basta inserir na fórmula do volume:
V = 1/3 π.r2. h
V = 1/3 π . 9 . 4
V = 12 π m3

Volume do Tronco do Cone

Se cortamos o cone em duas partes, teremos a parte que contém o vértice e a parte
que contém a base.
O tronco do cone é a parte mais larga do cone, ou seja, o sólido geométrico que
contém a base da figura. Ele não inclui a parte que contém o vértice.
Assim, para calcular o volume do tronco do cone, utiliza-se a expressão:
V = π.h/3 . (R2 + R . r +r2)
Donde:
V: volume do tronco do cone
π: constante que equivale a 3,14 aproximadamente
h: altura
R: raio da base maior
r: raio da base menor
Exemplo: Exercício Resolvido
Calcule o tronco do cone cujo raio da base maior mede 20 cm, o raio da base menor
mede 10 cm e a altura é de 12 cm.
Resolução:
Para encontrar o volume do tronco do cone basta colocar os valores na fórmula:
R: 20 cm
r: 10 cm
h: 12 cm
V = π.h/3 . (R2 + R . r +r2)
V = π.12/3 . (400 + 200 + 100)
V = 4п . 700
V = 2800 π cm3
1) Calcular o volume de um cone que tem 12 cm de altura, e o comprimento da
circunferência de sua base é 8π cm.

2) Um cone circular reto tem 12 cm de raio e 16 cm de altura. Determinar a área lateral e a


área total desse cone.

3) Um cone possui diâmetro da base medindo 24 cm, geratriz 20 cm e altura igual a 16


cm. Determine sua área total e seu volume.

4) (Fuvest – SP) Um cone circular reto está inscrito em um paralelepípedo reto retângulo,
de base quadrada, como mostra a figura.

A razão b a entre as dimensões do paralelepípedo é 3/2 e o volume do cone é π.


Determine o comprimento g da geratriz do cone.

5) As áreas das bases de um cone circular reto e de um prisma quadrangular reto são
iguais. O prisma tem altura 12 cm e volume igual ao dobro do volume do cone.
Determinar a altura do cone.

6) No cone reto a seguir, a geratriz (g) mede 20 cm e a altura mede 16 cm. Determine seu
volume.

7) A geratriz de um cone circular reto mede 20 cm e forma um ângulo de 60 graus com o


plano da base. Determinar a área lateral, área total e o volume do cone.

8) Os catetos de um triângulo retângulo medem b e c e a sua área mede 2 m². O cone


obtido pela rotação do triângulo em torno do cateto b tem volume 16 Pi m³. Determine o
comprimento do cateto c.

9) Um copo será fabricado no formato de um cone com as seguintes medidas: 4 cm de


raio e 12 cm de altura. Qual será a capacidade do copo?

10) Um reservatório possui volume de aproximadamente 3000 m³ e diâmetro da base


medindo 24 metros. Determine a altura deste reservatório.

11) (Fuvest – SP) As bases de um tronco de cone circular reto são círculos de raio 6cm e
3cm. Sabendo-se que a área lateral do tronco é igual à soma das áreas das bases,
calcule:
a) a altura do tronco de cone.
b) o volume do tronco de cone.

Resoluções:

1) O comprimento de uma circunferência de raio r é dado por C = 2 π r.


Então: 2*π*r = 8π ► r = 4
V = 1/3 * π * 4² * 12 ► V = 64π
O volume é 64π cm³.

2) Cálculo da geratriz:
g² = h² + r² ► g² = 16² + 12² ► g² = 400 ► g = 20

Cálculo da área lateral:

Al = πrg ► Al = π * 12 * 20 ► Al = 240π
A área lateral é 240π cm²

Cálculo da área total:

At = π*r (g + r) ► At = π * 12 * (20 + 12) ► At = 384π


A área total é 384π cm².

3) Área total
A = π * r * (g + r)
A = 3,14 * 12 * (20 + 12)
A = 3,14 * 12 * 32
A = 1 205,76 cm²
Volume

4)
5) hprisma = 12
Abase do prisma = Abase do cone = A
Vprisma = 2 Vcone
A hprisma = 2(A h)/3
12 = 2.h/3
h=18 cm

6) Precisamos calcular a medida do raio da base, e para isso utilizaremos o teorema de


Pitágoras. Observe:
7)

o
sen(60 ) = h/20
(1/2) = h/20
h = 10 R[3] cm
V = (1/3) Abase h
2
V = (1/3) Pi r h
(1/3) Pi 102 10 = (1/3) 1000 Pi cm3

r = 10 cm; g = 20 cm
Alat = Pi r g = Pi 10 20 = 200 Pi cm 2
Atotal = Alat + Abase Atotal = Pi r g + Pi r2 = Pi r (r+g)
Atotal = Pi 10 (10+20) = 300 Pi cm 2
2. A hipotenusa de um triângulo retângulo mede 2cm e um dos ângulos
mede 60 graus. Girando-se o triângulo em torno do cateto menor,
obtem-se um cone. Qual é o seu volume?
sen(60o) = R/2
(1/2) = R/2 R=
cm
g2 = h2 + R2 22 = h2 +
3 4 = h2 +
3 h = 1 cm
V = (1/3) Abase h = (1/3) Pi R2 h = (1/3) Pi 3 = Pi
cm3

8)

Como a área do triangulo mede 2 m 2, segue


que
(1/2) b c = 2
implicando que
b.c=4
V =(1/3) Abase h
2
16 Pi = (1/3) Pi R b
16 Pi = (1/3) Pi c c b
16 = c(4/3)
c = 12 m

9)
10)

A altura do reservatório é de aproximadamente 20 metros.


11) a)
Encontramos a área das bases que somadas são a área lateral e através da área lateral temos
a geratriz e na relação fundamental do tronco de cone achamos a altura:
AB=πR²
AB=π6²
AB=36π
Ab=πr²
Ab=π3²
Ab=9π
Alateral=36π+9π = 45π
Al = πg(R+r)
45π = πg(6+3)
45 = 9g
g = 45
9
g=5
g² = h² + (R-r)²
5² = h² + (6-3)²
25 = h²+9
h² = 16
h = 4cm
b)
O volume é dado por:
V = h (πR²+ πr² + √ πR².πr²)
3
V = 4 (π6²+ π3² + √ π6².π3²)
3
V = 4 (36π+9π + 18π)
3
V = 4 (63π)
3
V = 4.21π
V = 84πcm³

12) Al = π . r . g
15 = π . 3 . g
3g = 15/π
g = 15/π . 1/3 = 5/π

g² = h² + r²
(5/π)² = h² + 3²
h² + 9 = 25/π²
h² = 25/π - 9
h² = 16
h = 4 cm

V = π . r² . h / 3
V = π . 3² . 4 / 3
V = 36π/3
V = 12π cm³

13) Girando em torno do eixo, formou-se a imagem de um foguete. Observe:

Percebemos que a decomposição do foguete da ponta para a cauda, é formada pela sequência
de sólidos:

cone reto, cilindro reto, tronco de cone e cilindro equilátero.

Portanto, gabarito letra C.

14) Sabe-se que área circular da base a ser iluminada é de 28,26m2, ou seja,
Portanto, gabarito letra B.

12) Em nossa questão temos um tronco de cone e não um cone, existem livros que fornecem
uma fórmula para o calculo do volume de qualquer tronco de cone, mas em nossa resolução
usaremos um método para não decorarmos tal fórmula.

Analise a imagem abaixo...

Nesta imagem temos um cone maior que chamei de A e um cone menor B que foi originado
da secção ( corte ) de A temos também um tronco de cone D. Observe ainda na imagem que
se fizermos...

Volume de D + Volume de B = Volume de A


Volume de D = Volume de A - Volume de B

Ou seja para resolvermos nossa questão iremos imaginar o tronco de cone como um cone,
mas como saberemos sua altura? Faremo agora está demonstração.
Abaixo temos a versão planificada do nosso paneiro.

Perceba que para que tenhamos um cone será necessário termos um acréscimo na altura
esse acréscimo x será calculado através de semelhança entre triângulos.
x/14 = (x + 27)/17
17x = 14.(x + 27)
17x = 14x + 378
17x - 14x = 378
3x = 378
x = 378/3
x = 126 cm

Agora que encontramos o valor de x temos...

Encontrado os dois cones iremos calcular o volume de cada um e subtrair o volume do maior
menos o volume do menor.

VOLUME DO CONE MAIOR (Vma)

Vma = área da base x altura /3


Vma = pi. R² x 153 /3
Vma = 3,14 x 289 x 153/3
Vma = 46303,93 cm³

VOLUME DO CONE MENOR (Vme)

Vme = pi.R² x altura/3


Vme = 3,14 x 196 x 126/3
Vme = 25861,59 cm³

VOLUME DO TRONCO DE CONE (Vc)

Vc = Vma - Vme
Vc = 46303,93 - 25861,59
Vc = 20442,34 cm³

Mas, a unidade está em cm³ devemos transformar para litros.


1cm³ = 1ml
20442,34 cm³ = 20442,34 ml

Sabemos também que...


1L -----------------1000ml
x---------------20442,34ml

x = 20442,34 / 1000
x = 20,44 L
RESPOSTA LETRA B