Você está na página 1de 4

Como os pais japoneses educam seus filhos?

O Japão é um dos países mais pacíficos e educados do


mundo. O resultado disso está principalmente na maneira que
os pais educam seus filhos no Japão. Neste artigo vamos
entender como os pais japoneses conseguem educar seus
filhos e fazer com que eles sejam obedientes e não causem
desgraça na sociedade como grande parte dos jovens no
mundo.

Primeiro de tudo, quero deixar claro que cada pai tem maneiras
diferentes de educar seus filhos. Sem mencionar que nem
todas as crianças do Japão são tranquilas e bem-comportadas.
Ao contrário, elas apenas são quietas, mas ao longo dos anos
também sofrem influências ruins e fazem escolhas erradas.

OS FILHOS NO JAPÃO SÃO O REFLEXO DOS


PAIS
A sociedade japonesa coloca ênfase em boas maneiras e
comportamento. Desde cedo os japoneses são enraizados a
pensar no respeito, polidez e educação como algo obrigatório e
não apenas como algo bom. Isso pode ser visto nas inúmeras
maneiras de se desculpar ou agradecer no idioma japonês.

Como as crianças tendem a imitar os pais e outros adultos,


naturalmente as crianças acabam recebendo essa influência
positiva e tem uma boa educação e respeito. Além dos pais, as
escolas e o ambiente em que são criados também colabora
nos resultados para ter um bom comportamento.

Na sociedade japonesa, se uma criança se comporta mal,


literalmente todos ao seu redor vão encara-lo com olhares
sombrios e definitivamente vão culpar seus pais por tal
comportamento. Os pais vão sentir muita vergonha e vão punir
seus filhos em partícular.
O MÉTODO JAPONÊS DO APEGO

Como já mencionado, dificilmente os pais chamarão atenção


do seu filho em público. Muitos pais ocidentais costumam gritar
e brigar com o filho ao fazer uma coisa errada. Apesar de
parecer efetivo, não é a melhor coisa a se fazer.

Técnicas disciplinares violentas apenas agravam a situação,


prejudicando a relação entre os pais e os filhos, gerando
apenas mais violência. A não tolerância ao fracasso e
desobediência do Japão empenha um papel importante ao
sucesso da disciplina.

A chave para o sucesso é criar os filhos com apego. Basta ser


presente, amoroso, carinhoso, principalmente nos primeiros
anos de vida. Infelizmente nem todos os japoneses são
assim… Existem muitos pais japoneses ausentes na vida dos
filhos.

Alguns pais japoneses trabalham tanto que muitos japoneses


adolescentes crescem sozinhos em casa, desviando-se de sua
disciplina. Alguns são até responsáveis graças a rigidez da
sociedade, mas muitos enfrentam problemas.
Apesar do amor e da atitude positiva evitar que os filhos
pirracem e façam coisas erradas, isso pode acabar mimando
eles. Pra isso, os pais japoneses costumam ensinar aos filhos
o valor das coisas. Mostrar apego não é da total liberdade aos
filhos.

Algumas pessoas afirmam que raramente conseguem ver um


bebê chorando no Japão. Isso acontece porque o Japão é
repleto de áreas de amamentação e locais exclusivos pros pais
cuidarem dos filhos.
Alguns pais japoneses não ficam bravos ou gritam quando uma
criança começa a berrar. Eles simplesmente ficam calmos e
mantendo as aparências. Uma criança geralmente se acalma
muito rápido, talvez inconscientemente a criança aprende que
não adianta chorar para receber algo.

ENSINE SEUS FILHOS OS BONS EXEMPLOS E


LIMITES
Na realidade, a liberdade é outra coisa que estraga as
crianças. Muitos pais no Brasil dão total liberdade aos filhos,
veja a desgraça que virou. Os filhos precisam conhecer seus
limites e aprender a ter paciência e saber que o mundo não
gira em torno deles.
O egoísmo é o principal motivo da desobediência e da
desgraça nos jovens hoje. Podemos ensinar os filhos a base do
amor e a humildade se formos humildes. Não tem porque
tentar que nossos filhos sejam bonzinhos se formos o capeta.

Os pais devem dar bons exemplos para os filhos. Por isso no


Japão todos tem um futuro brilhante, graças aos esforços e
exemplos que os pais dão ao seus filhos. Infelizmente isso tem
diminuído cada vez mais, em todas as partes do mundo.

Criar os filhos não é uma tarefa fácil. Assim como na cultura


japonesa, os pais tentam fazer isso em grupo e com muita
persistência. Tentar agir da própria maneira sem nunca da
certo.

COMO OS PAIS JAPONESES EDUCAM SEUS


FILHOS?

Para resumir bem como os pais educam seus filhos no Japão,


podemos dizer que envolve indulgência inicial que consiste em
disposição para perdoar culpas ou erros. Isso tudo
acompanhado de uma modelagem suave.

Os pais não fazem todo trabalho sozinho, já que eles também


recebem o amplo apoio da sociedade que respeita e valoriza
as autoridades, auto-controle e disciplina. Os japoneses não
utilizam técnicas milagrosas, são apenas esses aspectos.

Assim como os pais japoneses e a maioria da população não


expõem suas emoções de raiva ou falam o que pensam, os
filhos acabam adquirindo essa habilidade, criando a impressão
de que são pessoas santas e comportadas.

Apesar da maioria dos pais japoneses demostrarem afeto nos


primeiros anos de vida. O trabalho e a distância entre pais e
alguns jovens se torna evidente, criando filhos que são um
problema para sociedade, principalmente próximo do ensino
médio.

Essa forma de educar os filhos não é perfeita, mas é bastante


efetiva.

Fonte: skdesu.com