Você está na página 1de 79

UNIVERSIDADE ZAMBEZE

FACULDADE DE ENGENHARIA AMBIENTAL E DOS RECURSOS NATURAIS


DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO

DISCIPLINA: Aula 2
Metodologia da Investigação Científica
CURSO
Gestão Ambiental e Recursos Hídricos
Planeamento Territorial e Conservação da Biodiversidade

DOCENTES
Regente: Prof. Doutor. Luís Cristóvão
Assistente: Eng° Goncalves Dauala (Msc)

Chimoio, 29 de Julho de 2017


Tópicos da aula
 Como escrever uma introdução no projecto de pesquisa;

 Definição de problema de estudo, justificativa e relevância no projecto de


pesquisa;

 Definição de objectivos (geral e específicos) no projecto de pesquisa;

 Resultados esperados no projecto de pesquisa


DEBATE
Titulo1

Analise comparativa dos parâmetros químicos, físicos e microbiológico da


estação de tratamento de aguas residuais do Hospital provincial de chimoio
antes e depois da manutenção-Cidade de Chimoio
Titulo 2

Análise da qualidade de água de poço para consumo humano sua vulnerabilidade a


saúde publica: Estudo de caso: Bairro 25 de junho-Cidade de Chimoio
Tema
Assunto que se deseja estudar e pesquisar
Responde à pergunta: O que será explorado?
Escolher tema significa

 Selecionar um assunto de acordo com inclinações, possibilidades, aptidões e


tendências de quem se propõe a elaborar um trabalho científico;

 Encontrar um objecto que mereça ser investigado cientificamente e tenha


condições de ser formulado e delimitado em função da pesquisa
Fontes para a escolha do assunto ou tema:

Professores, Docentes, artigos científicos, Dissertações, Teses, Livros, Plano


Quinquenal, Simpósios, Relatórios, Noticiários, Censos, experiência pessoal,
profissional, observação nas áreas científicas
Após escolha do tema é preciso delimitar/seleccionar uma parte num todo/colocar
limites

• Área específica do conhecimento;

• Espaço geográfico de abrangência da pesquisa;

• Período focalizado na pesquisa


Escolha de um assunto sobre qual, recentemente, foram publicados estudos deve ser
evitada, pois uma nova abordagem toma-se mais difícil
Importante
Não confundir tema com problema do estudo pois, tema é assunto geral que é
abordado na pesquisa e tem carácter amplo. O problema do estudo focaliza o que vai
ser investigado dentro do tema da pesquisa
Qual relação entre tema e titulo do projecto de pesquisa
Como escrever uma introdução no projecto de pesquisa
Depende
• Tema ou assunto a tratar;
• Problema que pretende estudar;
• Nível cientifico (Mestrado, doutoramento etc).
• Grupo alvo/leitor;

 Descreve contexto e os antecedentes do tema que ajudem a compreender


magnitude do problema, seus objetivos e resultados esperados;
 Comece com uma perspectiva global e afunele a medida que vai entrando para o
problema que quer atacar
Normalmente é a última parte a ser escrita e deve ser atractiva
Definição de problema de estudo, justificativa e relevância no projecto de
pesquisa
 O que é problema?

 É diferença entre a situação actual (não desejável) e a situação futura (desejável)

 O que é problema de estudo?

 É diferença entre o conhecimento existente e os conhecimentos requeridos. Que


conhecimentos faltam?

 Falta de informação?
 Um problema é testável cientificamente quando envolve variáveis que são

observáveis/testáveis

 Um problema será relevante em termos científicos à medida que conduzir à

obtenção de novos conhecimentos

 O investigador precisa verificar

 quais os problemas que não foram pesquisados,

 quais os que não o foram adequadamente e

 quais os que vêm recebendo respostas contraditórias


Importante

Problema de estudo é diferente de problema da sociedade/prático. O problema da


sociedade pode ser lixo, fome, corrupção, etc. Enquanto problema de estudo incidará
nos conhecimentos requeridos para resolver estes problemas.
Ao caractirizar problema de estudo deve-se:
• Apresentar a natureza e magnitude do problema;

• Indicar nível de conhecimento actual e lacunas;

• Importância desse problema;

• Escrever as implicações socio-economicas do problema;

• Implicações tecno/científicas de ignorar o problema;

• Apresentar evidências das implicações do problema ou da sua severidade; pode


fazer citação à estudos recentes;

• A área afectada pelo problema e a urgência (se possivel) de atacar o problema;

• Indicar claramente o porque do estudo


Clareza e precisão na definição do problema do estudo determina a maneira como ele
será equacionado para ser resolvido, sendo um factor decisivo nas etapas
subsequentes de desenvolvimento do projecto
Donde obtenho o problema de estudo?

 Pode ser extraído de literatura: Muita leitura

 Experiência quotidiana;

 Professores, docentes, artigos científicos, Dissertações, Teses, Livros, Plano


quinquenal, Simpósios, Relatórios, Noticiários, Censos, experiência pessoal,
profissional, observação nas áreas científicas etc
Justificativa do problema do estudo : Pergunte se a si proprio: Porque este estudo é
importante? O que ja foi realizado? O que se encontrou?

• Contribuição do projecto na área de estudo

• Linhas de pesquisa do curso de pós-graduação;

• Importância da pesquisa, do ponto de vista teórico e metodológico

• Referência sua possível contribuição para conhecimento de alguma questão


teórica ou prática ainda não solucionada
Cont.
Justificativa do problema do estudo

• Oferecer argumentos que demonstrem a importância e actualidade do problema a


resolver, objectivos e os possíveis impactos dos resultados esperados
• Tudo isto deve ser mostrado com clareza e síntese.
• Demonstrar a relevância da pesquisa a necessidade de se efectuar o estudo
• Justificativa pode social, cientifica e económica

NB: Justificativas longas e complexas não garantem que a importância do projecto


seja bem compreendida.
Relevância
Contribuição do projecto para conhecimento e sociedade, ou seja, em que sentido a
execução de tal projecto irá subsidiar conhecimento científico já existente e a
sociedade de maneira geral ou específica.

Viabilidade
Demonstrar a viabilidade financeira, material (equipamentos) e temporal, ou seja, o
pesquisador mostra possibilidade do projecto ser executado com os recursos
disponíveis
Definição de objectivos (geral e específicos) no projecto de pesquisa
Importante
• O objectivo do projecto de pesquisa resume o que se pretende obter pelo estudo;
• E deve ser relacionado com o problema de estudo;
• Verbo no infinitivo
É importante definir objectivos de estudo porque:

• Delimita-se ao essencial/evita espalhar-se;

• Concentrar-se e entender melhor o que fazer;

• Facilita a procura/recolha de dados;

• Fazer comparações com outros estudos;

• Definir de forma adequada os métodos


Objectivos são definidos com base no problema de estudo e deve ser:

• simples e fácil de perceber


• claro e lógico (não vago);
• realístico/ possa ser alcançado com base nos recurso e o tempo disponíveis;
• mensurável
• Formulado usando verbos no infinitivo e que indicam acção
Precisão na escolha do verbo, escolhendo aquele que rigorosamente exprime a
acção que pesquisador pretende executar;

Outro critério fundamental na delimitação dos objetivos da pesquisa é


disponibilidade de recursos financeiros e humanos e tempo para execução da
pesquisa, de tal modo que não se corra o risco de torná-la inviável.
1. Objectivo geral
• Indica o que é esperado de conseguir pelo estudo duma forma geral (em geral)
• Verbo no infinitivo como: avaliar, analisar etc
• Único objectivo
• Deve ser indicado com precisão;
• Deve ser expressado sucintamente e não em forma de relato
2. Objectivos específicos:
 Indicação das metas das etapas que levarão à realização dos objectivos gerais
• Deve focar sistematicamente os vários aspectos do problema de estudo definido;
• E factores chaves que podem influenciar a causa do problema;
• Eles devem especificar
 O que vai fazer no seu estudo;
 Onde;
 a que propósito.
Muito importante durante elaboração de objectivos específicos

 Deve ser apresentado de forma sequencial;

 Usar verbos de acção e que permite se medir no final : identificar, verificar,


descrever e analisar, comparar, determinar, analisar, enumerar, mostrar, elaborar,
mapear, inferir, relacionar, etc

 Cada objetivo deve ser mensurável e verificável. Ao escrevê-lo, deve-se


considerar o(s) indicador(es) (quantitativo ou qualitativo) possível (is) de medir
seu cumprimento.

 Redação deve ser precisa. Evite uso de expressões não mensuráveis, como
“Incrementar substancialmente“

 Cada objetivo específico deve ter uma clara correspondência com resultados
esperados
2. Objectivos específicos CONT.

Muito importante

Exploratório: verbos descobrir, identificar, levantar, etc;

Descritivo: verbos descrever, indicar características, apontar, elaborar, etc.

Explicativo: verbos explicar, analisar, demonstrar, propor, diferenciar, aplicar, etc


Alguns problemas comuns na formulação de objectivos específicos

1. Falta de ligação problema de estudo com o objectivo formulado

2. Falta de sequencia na apresentação dos objectivos;

3. Verbo usado: recomenda-se uso de verbos de accção e que permite se medir no


final

4. Expressar actividades ou como resultados esperados (erro muito frequente)

5. Repetição de objetivo geral

6. Objectivos vagos demais;

7. Objectivos ambiciosos demais


 Acabar com a corrupção no país
 Enumerar todos os problemas que afectam a oferta de agua no chimoio;
 Aumentar a oferta de agua no país
 Acabar com problemas ambientais
Resultados esperados no projecto de pesquisa

• Forma concreta em que se espera alcançar os objetivos específicos.

• Indicar brevemente os principais resultados que espera alcançar

 Associa-se aos objectivos especifico do estudo;

 Cada objectivo deve correnponder a um determindo resultado esperado;

 Escrito de forma clara;


Cont. Resultados esperados no projecto de pesquisa

Sugestão para diferenciar OE e RE, mesmo tempo, demonstrar essa correspondência é


usar tempos verbais diferenciados para apresentação dos objectivos (Desenvolver um
equipamento ‘x’...) e resultados esperados (Equipamento ‘x’ desenvolvido...).
Cont. Resultados esperados no projecto de pesquisa

 Resultados esperados devem ser mensuráveis, passíveis de demonstração e


reproduzíveis;

 Devem ser identificados indicadores (quantitativos ou qualitativo) que se


utilizarão para esta medição
DEBATE
Titulo: Analise comparativa dos parâmetros químicos, físicos e microbiológico da
estação de tratamento de aguas residuais do Hospital provincial de chimoio antes e
depois da manutenção-Cidade de Chimoio

Objectivos
Geral
 Avaliar a eficiência da estação de tratamento de agua residuais do hospital
província de chimoio
Específicos
 Descrever as fases de tratamento de aguas residuais na estação de tratamento de
aguas residuais do hospital provincial de chimoio;
 Avaliar os parâmetros físicos, químicos e microbiológicos das aguas residuais em
diferentes pontos da estação;
 Comparar os parâmetros obtidos com os da legislação moçambicana,
 Propor medidas de melhoria do sistema de tratamento de aguas residuais.
Resultado Esperados
Após a pesquisa espera-se os seguintes resultados

1. Situação real da eficiência de tratamento de efluente após a manutenção;

2. Os parâmetros físicos, químicos e microbiológicos aproximem com os


estabelecidos pela legislação Moçambicana;

3. Um incremento da eficiência de tratamento de agua residual no ponto;

O. Específicos
1. Descrever as fases de tratamento de aguas residuais na estação de tratamento de
aguas residuais do hospital provincial de chimoio;
2. Avaliar os parâmetros físicos, químicos e microbiológicos das aguas residuais em
diferentes pontos da estação;
3. Comparar os parâmetros obtidos com os da legislação moçambicana,
4. Propor medidas de melhoria do sistema de tratamento de aguas residuais
Titulo: Analise da qualidade de agua de poço para consumo humano sua
vulnerabilidade a saúde publica: estudo de caso: Bairro 25 de junho-Cidade de
Chimoio

Objectivo geral
 Esta pesquisa visa determinar a influencia da qualidade de agua de fonte
tradicional (poço) no consumo humano sua vulnerabilidade a saúde publica no
bairro 25 de junho-cidade de chimoio
Objectivos Especifico
 Realizar um diagnostico físico e sócio ambientais da localização da área de
estudo;
 Analisar parâmetros da qualidade da agua da fonte ( biológicos físico e químicos)
 Avaliar os indicadores de risco de contaminação da fonte da agua, seu
armazenamento na qualidade
 Propor medidas para mitigar os impactos negativos que influem na qualidade da
agua
Resultado Esperados
1. Obtenção de base de dados sobre qualidade de agua de fontes tradicional para o
consumo humano

2. Apoiada as entidades responsáveis na gestão de serviços de água no controlo e


vigilância de qualidade de agua a nível local com base no estudo realizado

3. Criada bases para definição de estratégias de alternativas de tratamento de agua


de forma a reduzir os riscos de consumo de agua contaminada

O. Específicos
 Realizar um diagnostico físico e sócio ambientais da localização da área de
estudo;
 Analisar parâmetros da qualidade da agua da fonte ( biológicos físico e químicos)
 Avaliar os indicadores de risco de contaminação da fonte da agua, seu
armazenamento na qualidade
 Propor medidas para mitigar os impactos negativos que influem na qualidade da
agua
Formulação de Questões de estudo e Hipóteses no projecto de pesquisa
Questão de estudo: frase que identifica fenomeno a ser estudado. Está muito
associado aos objectivos especificos do estudo

• Final da pesquisa deve-se ter respostas para as questões formuladas e, explicação


para as não respondidas (limitações!);

• Facilitam ainda mais a procura de informação;


Normalmente para formular questões de estudo:

• Usar palavras interrogativas

• Deve definir bem conceitos que aplica, os modelos e as teorias que suportam as
questões

• Ser realista: questões que podem ser respondidas dentro do tempo e com os
recursos alocados

• Procure definir onde e quando?


Erros comuns na formulação de Questões de estudo

• Falta de ligação entre objectivos e questões de estudo;

• A questão é apenas uma repetição do (s) objectivo(s);

• A questão é mais abstrata que o próprio objectivo;

• Falta duma sequência lógica na apresentação das questões.


Definição de Hipótese:

1) Uma proposição que pode ser colocada a prova para determinar sua validade”. É
uma suposta resposta dada ao problema de investigação ou pesquisa

2) Uma tentativa de explicação para certos comportamentos, fenómenos ou eventos


que ocorreram ou que poderão correr;

3) Uma frase conjuntiva que procura mostrar a relação entre duas ou mais
variáveis. É uma tentativa antecipada de responder ao problema de estudo
Cont. Hipótese

 Formula-se apartir dos objectivos;

 Cada hipótese deve enquadrar-se dentro dum objectivo;

 Cada objectivo pode ter mais que uma hipótese mas, nem todos objectivos terão
hipóteses;

 Formulação deve mostrar claramente existência de relações entre variáveis


(dependente e independente) e deve ser possível testar;

 Deve mostrar como as variáveis se relacionam e ambas variávies devem ser


mensuráveis
Cont. Hipóteses
Normalmente são apresentada na forma :

 Hipótese nula (Ho)

Normalmente mostra que não há relação entre variáveis ou, que as variáveis são
independentes;

 Hipótese alternativa (Ha)

Que mostra que há uma relação entre variáveis ou, que há dependência entre
variáveis
Funções de hipóteses e questão de estudo na pesquisa científica: propor explicações
para certos factos e ao mesmo tempo orientar ou servir de guia na busca de
informações
Praticamente não há regras para a formulação de hipóteses de trabalho de
pesquisa científica, mas é necessário que haja embasamento teórico e que ela seja
formulada de tal maneira que possa servir de guia na tarefa da investigação ( Lakatos
e Marconi, 2014)
Algumas hipóteses estabelecem

Associação entre variáveis

Exemplo1: índice de suicídios é maior entre os solteiros que os casados.

• Variáveis: estado civil e índice de suicídios.

Exemplo 2: Países economicamente desenvolvidos apresentam baixos índices de


analfabetismo.

• Variáveis: desenvolvimento económico e índice de analfabetismo.

Fonte: Gil (2002)


Algumas hipóteses estabelecem:

Dependência entre duas ou mais variáveis

Exemplo1 : Classe social da mãe influencia no tempo de amamentação dos filhos.

Existe uma relação de dependência entre as variáveis.

1. Classe social: variável independente (x) e tempo de amamentação: variável


dependente (y).

Exemplo 2: Reforço do professor tem como efeito melhoria na leitura do aluno. 1.


1. Reforço do professor: variável independente (x) melhoria na leitura do aluno:
variável dependente (y).

Fonte: Gil (2002)


HIPÓTESES SÃO NECESSÁRIAS EM TODAS AS PESQUISAS?
 Geralmente, estudos que visam descrever determinado fenómeno ou as
características de um grupo, as hipóteses não são enunciadas formalmente.
As hipóteses envolvem uma única variável mais frequente é indicá-la na parte
dos objetivos da pesquisa.

 Para pesquisas que têm como objetivo verificar relações de associação ou


dependência entre variáveis formulação clara e preciso das hipóteses constitui
requisito fundamental
Objectivo geral
 Esta pesquisa visa determinar a influencia da qualidade de agua de fonte tradicional (poço)
no consumo humano sua vulnerabilidade a saúde publica no bairro 25 de junho-cidade de
chimoio
Objectivos Especifico
 Realizar um diagnostico físico e sócio ambientais da localização da área de estudo;
 Analisar parâmetros da qualidade da agua da fonte ( biológicos físico e químicos)
 Avaliar os indicadores de risco de contaminação da fonte da agua, seu armazenamento na
qualidade
 Propor medidas para mitigar os impactos negativos que influem na qualidade da agua

Hipótese
H1: Se fizer uma analise qualitativa da agua do poço comparado com a legislação
Moçambicana , se poderá saber se cumpre com os parâmetros estabelecidos;

H2: Se consumo de agua poço se poderá colocar vulnerável a saúde publica;

H3: Se as condições de localização de fonte de agua tradicional (poço), poderá colocar


susceptível a risco de contaminação da agua;
REVISÃO BIBLIOGRAFICA OU REVISÃO DE LITERATURA
• Fornece fundamentação do tema ou assunto de pesquisa
• Deve dar uma visão geral do nivel de conhecimento actual do tema ou assunto de
pesquisa
• Deve indicar as lacunas no tema;
• Pode revisar também principais metodologias usadas
• Contem basicamente informação da literatura
• Esclarecer o que foi pesquisado e publicado sobre o tema e problema de pesquisa
escolhido de estudo
• Tem citar as fonte das informações utlilizadas
• Por isso todas afirmações devem possuir suas fontes de onde elas foram extraidas
 Quem já escreveu e o que já foi publicado sobre o assunto? Que aspectos já foram
abordados? Quais as lacunas existentes na literatura?

 Que se diz sobre tema na actualidade, qual o enfoque que está recebendo hoje;

 Favorecerá definição de contornos mais precisos da problemática a ser estudada;

 Balanço crítico da bibliografia directamente relacionada com a pesquisa,.

 Uma boa revisão ajuda a estabelecer a credibilidade do projeto.

 Deve-se ter muita objetividade, apresentando revisão essencial para demonstração


e justificativa da abordagem do tema e problema de escolhida
 Revisão não pode ser constituída apenas por referências ou sínteses dos estudos
feitos, mas por discussão crítica do estado actual da questão

 Analisam-se as mais recentes obras científicas disponíveis que tratem do assunto


ou que tragam base teórica e metodológica para desenvolvimento do projecto de
pesquisa

 Aqui são indicados principais conceitos e termos técnicos a serem utilizados na


pesquisa

 Demonstra que pesquisador está actualizado nas últimas discussões no campo de


conhecimento em investigação
Fontes para Revisão Bibliográfica
• Artigos nacionais e internacionais;

• Livros

• Organizações nacionais e Internacionais;

• Programa do Governo;

• Instituições do Estado;

• Planos estratégicos;

• Anais de congressos;

• Folhetos;

• Dissertações e Teses

• Etc
CITAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS
Citação adequada do material bibliográfico utilizado é um dos pressupostos
éticos da pesquisa científica.
Assim, referências devem ser escolhidas e citadas para:

• Indicar a fonte das afirmações do autor;

• Salientar o trabalho de outrem;

• Dar uma fonte de informação adicional.


As citações e referências bibliográficas devem ser: exactas, precisas e averiguáveis
para permitir identificar e localizar a fonte
Muito importante
Relevância de qualquer referência deve ser cuidadosamente considerada e número de
citações deve ser usada nos mínimos necessários
TIPO DE CITAÇÃO

1. Formais ou directas ou transcrição: curta e longa

2. Conceituais ou indirectas ou paráfrase: citação livre do texto

3. Citação de citação

FONTE: NATC-UZ-2012
Citações Formais ou directas ou transcrição: curta e longa

"A ciência é baseada no que podemos ver, ouvir, tocar etc. Opiniões ou preferências
pessoais e suposições especulativas não têm lugar na ciência. A ciência é objetiva. O
conhecimento científico é conhecimento confiável porque é conhecimento provado
objetivamente" (CHALMERS, 1993 p. 23). Citação directa longa

"A ciência é objetiva. O conhecimento científico é conhecimento confiável porque é


conhecimento provado objetivamente" (CHALMERS, 1993 p. 23). Citação directa
curta
Citações conceituais ou indirectas ou paráfrase
a) Um autor: Exemplo: De acordo com Weber (1978) ou....... (WEBER, 1978)

b) Dois autores: Exemplo: Tripodi e Meyer (1975) classificam... Ou ....... (TRIPODI e


MEYER, 1975);

c) Mais de dois autores: Almeida et al. (2000) acentuam... ou.......... (ALMEIDA et al.,
2000);

d) Dois ou mais trabalhos do mesmo autor com mesmo ano de publicação, diferenciar cada
um utilizando letras minúsculas junto à data.: Exemplo: De acordo com Ferrão
(1927a)...... Ou ........( FERRÃO,1927b);

c) Diversos documentos da mesma autoria publicados em anos diferentes mencionados


simultamnete: Exemplo: ( CORREIA, 1998, 1999, 2000)

d) Citações indirectas de diversos documentos de vários autores mencionando


simultaneamente Exemplo: ........ (FONSECA, 1997; PAIVA,1997; SILVA;2003).
Citação de citação: apud = citado por, conforme, segundo
Ex.: Silva (1978) apud Souza (1985). ..... (CARMAGNANI 1994 apud CARVALHO,
1998)

 Evite no máximo fazer citação de citação no seu trabalho


 Cuidado ao colocar a fonte na referência bibliográfica
Ilustrações
Ilustrações constituídas por gráficos, fotografias, mapas, esquemas, desenhos,
quadros, fórmulas, tabelas e outros devem estar citados
Reflexão
Qual melhor formato

1. A agressão depende de níveis hormonais ( SILVA, 2009).

2. Silva (2009) mostrou que a agressão depende de níveis hormonais.

3. Segundo Silva ( 2009), a agressão depende de níveis hormonais


Qual melhor formato
1. A agressão depende de níveis hormonais ( SILVA 2009). Esse efeito depende da
época do ano ( SILVA, 2009). No verão, a acção hormonal na agressão e muito
mais intensa (Silva, 2009)

2. Silva (2009) mostrou que a agressão depende de níveis hormonais. Esse efeito
depende da época do ano. No verão, a acção hormonal na agressão e muito mais
intensa.

3. A agressão depende de níveis hormonais. Esse efeito depende da época do ano.


No verão , a acção hormonal na agressão e muito mais intensa (SILVA, 2009)

4. A agressão depende de níveis hormonais (SILVA 2009). Esse autor relata que
esse efeito depende da época do ano. Ele inclui que a acção hormonal na
agressão é muito mais intensa no verão.
REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS

1. Deve incluir a lista de todas fontes citadas no texto;


2. E todas fontes listadas aqui devem aparecer no texto
3. Em ordem alfabéticas dos autores
COMO FAZER REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS

Consultar Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos da Universidade


Zambeze, 2012 páginas 54-66
OBRIGADO

Você também pode gostar