Você está na página 1de 58

LEGENDAGEM PARA SURDOS E

ENSURDECIDOS (LSE)

Profa. Dra. Élida Gama Chaves (UECE/FECLESC)


elidagama@hotmail.com
elida.chaves@uece.br

SEDIS/UFRN
Out/Nov de 2017
Panorama histórico da legendagem
• O uso de legendas começou ainda na época
do cinema mudo com os “intertítulos”
(intertitles) ou “alegorias”. Essas legendas
eram inseridas em alguns pontos da narrativa
para ajudar na compreensão do enredo.
Surdos e ouvintes faziam uso das imagens e
das legendas para apreciar o filme (DE LINDE
& KAY, 1998, p. 8)
• O processo tradutório era bem simples: as
legendas na língua de partida eram
traduzidas, desenhadas ou impressas em
papel ou papelão, filmadas e colocadas
novamente no filme (IVARSSON, 1998, p. 9).
sample City Lights chaplin 1931.avi
Cinema falado
• No cinema falado, com a necessidade do uso
de legendas para a tradução de filmes
estrangeiros, a partir de 1950, as legendas
passaram a ser como as conhecemos hoje,
sobrepostas à imagem do filme (DE LINDE &
KAY, 1998, p. 8).
Legendagem para surdos e
ensurdecidos (LSE)
• É a tradução das falas de uma produção
audiovisual em forma de texto escrito,
podendo ocorrer entre duas línguas orais,
entre uma língua oral e outra de sinais ou
dentro da mesma língua. Por ser voltada,
prioritariamente, ao público Surdo e
Ensurdecido, a identificação de personagens e
efeitos sonoros deve ser feita sempre que
necessário.
Surdo e Ensurdecido
Surdo é a pessoa que tem perda auditiva total,
congênita, ou não.

Ensurdecido é a pessoa que tem de leve a


moderada perda auditiva (redução de 15 a 60db).
(Neves, 2005 p. 83)

A audição é considerada normal quando há uma


diminuição de até 15db.
Dados Censo Demográfico 2010
• O número de pessoas que declarou ter alguma
deficiência foi de 45.623.910 milhões, o que
corresponde a 23,9% da população total de
190.755.799 milhões de brasileiros.

Deficiência Visual 35.774.392


Deficiência Auditiva 9.722.163
Deficiência Motora 4.442.182
Deficiência Intelectual 2.611.536
Índices de deficiência no Brasil
Censo Demográfico 2010

Intelectual
1%
Motora
2%
Auditiva
5% Visual
18%

Pessoas sem
deficiência
74%
A LSE no Brasil
• A legendagem para surdos e ensurdecidos no
Brasil começou a ser utilizada em 1997, pela
Rede Globo, e em 2001, pelo SBT. As outras
emissoras adotaram o sistema de legendagem
fechada (closed caption) após a edição do
decreto federal 5.296 (dezembro de 2004),
que regulamentou a Lei de Acessibilidade
(10.098/2000).
Marcos legais da LSE no Brasil
• Lei da Acessibilidade (10.098/2000)
• Decreto federal 5.296 (dezembro de 2004)
• Portaria 310 (27/06/2006)
• Instrução Normativa 116 ANCINE (18/12/2014)
• Consulta pública sobre acessibilidade audiovisual
em salas de cinema.
• Guia orientador para acessibilidade de produções
audiovisuais MinC (novembro de 2015).
Confecção de legendas
• Editores de legendas
– cinema
– DVD
– internet

• Estenotipia
– TV

• Reconhecimento de voz
– TV
Editor de legendas
Subtitle Workshop 6.0b
Estenotipia
Modos de exibição de legendas
• Televisão
– Closed caption via satélite
• Pop on
• Roll up
Legendas Pop on
Legendas Roll up
Modos de exibição de legendas
• Cinema
– Projeção em tempo real
– Gravação a laser na película de acetato (analógico)
– Sincronização com o vídeo (digital)

• DVD
– Autoração de DVD

• Internet
– Gravação definitiva no vídeo
– Closed caption
Parâmetros da LSE
• Técnicos
• Linguísticos
• Tradutórios
Parâmetros técnicos
• Número de linhas
– 1 ou 2 com no máximo 37cpl

• Velocidade
– 145ppm (14 a 15cps)
– 160ppm (16cps)
– 180ppm (17 a 18cps)
Característica das legendas
• caracteristica das legendas.pdf
• Formato
– Retangular
– Pirâmide
– Pirâmide invertida
• Marcação
– Determinação dos tempos de entrada e saída de uma
legenda.
– Deve seguir os fluxos de fala e a performance dos
atores tentando manter sincronismo entre falas e
legendas.

• Duração
– Mínimo 1s
– Máximo 4s
• Convenções
– Lexicais sintáticas
– Tipográficas

• Posição
– parte inferior da tela
– Centralizada

• Informações adicionais (LSE)


– Entre colchetes
Parâmetros Linguísticos
• Segmentação
(distribuição do texto audiovisual em legendas)
– Linguística
– Retórica
– Visual
Problema de segmentação
<SAdj_especif+SAdj>
Problema de segmentação
<SV_verbo+SAdv>
Problema de segmentação
<SN_especif+SN>
Problema de segmentação
<SV_verbo+SAdv>
Problema de segmentação
<SV_(verbo)+oblíquo+SV>
Problema de segmentação
<SP_prep+SN>
Problema de segmentação
<SUBORD_conj/pron_rel+oração>
Problema de segmentação
<SV_composto>
Problema de segmentação
<SUBORD_conj/pron_rel+oração>
Problema de segmentação
<SV_composto>
Problema de segmentação
<SUBORD_conj/pron_rel+oração>
Problema de segmentação
<SAdv_adv+adv>
Problema de segmentação
<SUBORD_conj/pron_rel+oração>
Problema de segmentação
<SV_verbo+SAdv>
• Redução
– Condensação (redução parcial)
– Omissão (redução total)
(180ppm) - 47c/2,7s
• 180ppm
Preciso receber informações
sobre a minha saúde.

• 160ppm
Preciso ter informações
sobre a minha saúde.

• 145ppm
Preciso de informações
sobre minha saúde.
• Explicitação
– Identificação de falantes
– Indicações de efeitos sonoros
Parâmetros tradutórios
• Operacionalização dos parâmetros técnicos e
linguísticos de uma legendagem.

• Distribuição do texto audiovisual em legendas.


Sugestão de ordem de realização das
legendas
• Marcação de tempos iniciais e finais levando
em consideração o fluxo da fala e o corte da
cena.

• Edição linguística (redução e explicitação) a


depender da velocidade pretendida e da
estrutura sintático-semântica da LSE.

• Segmentação linguística.
Referências
• ARAÚJO, V. L. S.; CHAVES, É. G. Guia de Legendagem para Surdos e
Ensurdecidos. In: ARAÚJO, V. L. S.; ALVES, S. F.; MAUCH, C.; NEVES,
S. B. Guia para Produções Audiovisuais Acessíveis. Brasília:
Ministério da Cultura/Secretaria do Audiovisual, 2016, 42-81.
Disponível em: <https://grupoleaduece.blogspot.com.br/p/guia-
para-producoes-audiovisuais.html>

• DÍAZ CINTAS, J.; REMAEL, A. Audiovisual Translation: Subtitling.


Manchester, UK, Kinderhook, NY, UK: St. Jerome Publishing, 2007.

• NASCIMENTO, A. K. P. Linguística de corpus e Legendagem para


surdos e ensurdecidos (LSE): uma análise baseada em corpus da
tradução de efeitos sonoros na legenda de filmes brasileiros em
DVD. 109f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada).
Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza-CE, 2013.
OBRIGADA!