Você está na página 1de 16

ESTUDOS CLÍNICOS APLICADOS – ECA – MHC/DHC

O ABSENTEÍSMO E A NEUROPSICOPEDAGOGIA NOS PROCESSOS


FUNDAMENTAIS DE CONSTITUIÇÃO DO BINÔMIO ENSINANTE-
APRENDENTE: O CASO P.H.B.C.

SOUSA, Cleuber Cristiano de.1

1 - Doutor e PHD em Psiquiatria da Infância e Adolescência pela Middletown Community


College. Diretor NEEP, e Presidente Estadual da Associação Brasileira de Medicina
Psicossomática e Neurologia e Psiquiatria Infantil – ABMP/ABENEPI. E-mail:
dr.cristianosousa@gmail.com

LINHA DE PESQUISA: Neuroeducação. Neuropsicologia. Ensino. Aprendizagem.

RESUMO: Este artigo se fundamenta na análise da forma de aprender/ler e escrever do aluno


da Educação básica no Estado de Mato Grosso, delimitando essa análise no aspecto profissional
do ensino e aprendizagem, propondo o estudo dos modelos estratégicos dos pensadores
caudatários de Piaget, Vygotski e Wallon, como tradicional modelo teórico da pedagogia da
educação pública no Brasil. O tema desta pesquisa é prioritariamente as abordagens dos estudos
da neurologia, neuropsicologia e neuroeducação sob a égide das Teorias Psicopedagógicas de
ensino e aprendizagem, orientando-se na compreensão/apreensão do sentido, segundo o
contexto socioeconômico-cultural-histórico-político da região.
Palavras-chave: Educação, Neuroeducação, Procedimentos Metodológicos e Ensino.

no Estado de Mato Grosso operacionaliza a


APRESENTAÇÃO sua aprendizagem, delimitando essa análise
no aspecto profissional do ensino e
Este trabalho procura analisar as aprendizagem da leitura e da escrita, ao
bases teórico-metodológicas da propor o estudo dos modelos estratégicos
neuropsicologia, neuropedagogia e dos pensadores caudatários da
neurologia adotadas para a aprendizagem Neuroeducação, Neuropsicologia e
de leitura e escrita nos cursos de educação Neurologia.
básica no Estado de Mato Grosso. Pretende-
se, com essa pesquisa, analisar os impactos A partir desses objetivos, definiram-se as
de tais abordagens na significação e metas específicas da pesquisa:
ressignificação dos alunos sobre o processo
de constituição de sentidos por meio da 1. Realizar um levantamento das
aquisição da leitura/ação-reflexão-ação e se orientações teórico-metodológicas
realmente possibilitam a seleção e sobre o processo de ensino e
criatividade, no protagonismo, conforme aprendizagem da Leitura e da Escrita
suas histórias de leituras, seus próprios adotadas pelos docentes das
procedimentos pedagógicos e suas instituições em estudo, bem como de
vivências subjetivas e experienciais. pesquisas e publicações por elas
produzidas sobre esse assunto;
Os objetivos gerais deste trabalho 2. Observar os alunos durante os vários
se consubstanciam na investigação da momentos da pesquisa, para verificar
forma em que o aluno da Educação Básica como as orientações teórico-
Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.
DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
metodológicas da leitura e escrita que apreendidas adequadamente pelos
norteiam e orientam o trabalho em alunos, ou não estão ainda
sala de aula; suficientemente desenvolvidas para
3. Analisar as relações entre as influenciarem com eficácia a prática
concepções e metodologias de leitura pedagógica, principalmente no que se
e escrita adotadas pelos cursos de refere aos componentes cognitivos.
Educação Básica no Estado de Mato
Grosso e as práticas implementadas De acordo com o processo de
pelos educandos, verificando a investigação, pretendeu-se organizar este
influência da base teórico- trabalho em cinco etapas.
metodológica sobre os procedimentos
pedagógicos dos egressos em sala de Na primeira etapa, foram
aula; apresentadas e discutidas as diretrizes do
4. Estudar os modelos estratégicos dos MEC para as licenciaturas, com o objetivo
autores e suas concepções no ensino de possibilitar a análise da atuação da
da leitura e da escrita, como mais educação pública em relação ao
uma possibilidade de interlocução desenvolvimento das habilidades e
entre os cursos. competências consideradas necessárias ao
profissional dessa área.
Parte-se da hipótese geral de que
existem deficiências nessa formação dos Na segunda etapa, foram
educandos para o ensino de leitura e escrita, analisados os conteúdos programáticos do
deficiências estas que, se realmente curso de Letras e Pedagogia, suas
comprovadas, precisam se identificadas, respectivas bibliografias, além do projeto
analisadas e compreendidas, para viabilizar pedagógico da instituição, para verificar o
a implementação e intervenção com perfil profissiográfico idealizado para os
estratégias eficazes para solucionar o alunos, sua conformidade com os padrões
problema, com a eliminação das causas. estabelecidos pelo Ministério da Educação,
Como hipóteses prováveis: bem como o papel dado, na formação dos
alunos, ao ensino e aprendizagem de
1. Supõe-se que a prática do ensino de leitura/produção de texto.
leitura e escrita esteja ainda vinculada
aos modelos clássicos escolares, que A terceira etapa teve por objetivo
percebem a leitura/produção de discutir os resultados do acompanhamento
texto/ação-reflexão-ação como mera da prática do magistério dos profissionais
codificação. de Língua Portuguesa e Pedagogia
2. Supõe-se, por sua vez, que as novas mantidos pelas instituições pesquisadas,
bases teórico-metodológicas possam para ser verificada a ocorrência ou não de
oferecer aos alunos oportunidade de uma ruptura com o modelo da escola
sentirem maior segurança e liberdade tradicional, que fazia do ensino uma
intelectual para criação de repetição de equívocos ao tratar a leitura
procedimentos pedagógicos mais como simples decodificação de sinais
eficazes no ensino de leitura e escrita gráficos para reconhecimento de palavras e
e sua respectiva operacionalização. frases. Neste momento, pretendeu-se
3. Acredita-se que as dificuldades no identificar influências teórico-
ensino de leitura possam ser devidas metodológicas sobre as práticas dos
ao fato de que ou as novas bases docentes e educandos.
teórico-metodológicas não estão
sendo oferecidas, ou não estão sendo
Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.
DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
Na quarta etapa, foram analisadas, Além disso, o tema tem grande
comparadas e discutidas as teorias importância para o País, para o Estado e
linguísticas, pedagógicas e as metodologias para a comunidade local, uma vez que os
adotadas nas diferentes instituições em relatórios do MEC, distribuídos
relação ao processo de ensino e nacionalmente, sobre a atuação das
aprendizagem de leitura e produção de faculdades, centros superiores de ensino e
texto, com a finalidade de produzir uma universidades, baseados em informações
interlocução produtiva entre as distintas levantadas pelos Exames Nacionais e
correntes teórico-metodológicas e ranking, têm apontado para graves
incentivar o intercâmbio de experiências problemas na área educacional, um dos
entre as instituições de ensino superior no quais se relaciona à formação de
Estado de Mato Grosso. professores no Brasil e a orientação teórico-
metodológico para o ensino de leitura e
Na quinta etapa, foi abordada a escrita.
produção científica das unidades de ensino
e instituições, por meio da apresentação e São as comunidades que efetivamente
análise de suas pesquisas e publicações, sofrem com os maus resultados e tal fato
para se verificar como tem sido orientada a ressalta a importância social desta pesquisa.
constituição de suas próprias histórias no
campo da ciência relacionado ao ensino e No caso da formação de docentes, o
aprendizagem de leitura e escrita. Ao final problema acaba por encerrar um círculo
do trabalho, pretendeu-se apresentar as vicioso. Os profissionais que estão atuando
considerações finais, com nossa nas redes públicas e particular, formados
contribuição a estudo. por essas instituições superiores com
problemas de qualidade, transformam-se
Os estudos sobre o ensino e nos responsáveis pela formação dos alunos
aprendizagem da leitura e da escrita e, com prejuízos em conteúdos, valores e
consequentemente, de sua abordagem pelas ética, na educação pública.
instituições, são de relevância
inquestionável, pois podem produzir Os exames e avaliações (ranking) se
reflexões que orientem procedimentos para apresentam como mais uma possibilidade
melhoria do ensino e aprendizagem da de o aluno concluinte da escola média
língua materna nas instituições de ensino, entrar na universidade pública,
de todos os níveis. É justamente por essa demonstrando, assim, o pouco rendimento
razão que a bibliografia sobre o tema é desses alunos com as demais realidades que
significativa. limitam seu percurso futuro. Esses jovens
apresentam bagagem restrita de
Porém, apesar de toda essa conhecimentos, deficiência no
produção, não conseguimos descobrir desenvolvimento de habilidades e
nenhuma pesquisa ou publicação cujo tema competências, problemas que os
abordasse o ensino e aprendizagem de professores e as instituições não foram
leitura escrita sob a égide das teorias capazes de solucionar durante o período em
linguísticas e pedagógicas na Educação que os alunos frequentaram a escola antes
Básica do Estado de Mato Grosso. Esse de chegarem ao ensino superior.
tema, inédito, apresenta-se, portanto, como
assunto que merece e precisa ser Devido a essa concepção de
pesquisado. importância ímpar que o ensino e
aprendizagem de leitura e escrita possuem
em relação aos alunos e à formação de
Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.
DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
professores, este trabalho decidiu por situar- CEFAPROS. Conforme relatório 2017
se na linha de pesquisa de Linguísticas e (anexo I), encaminhado pela SEPLAG/MT,
Discursos, com orientação em teorias e em relação ao motivo de afastamento,
metodologias pedagógicas. O desejo de verificou-se que as doenças com maior
pesquisar a abordagem do ensino de leitura frequência são as do grupo M – Doenças do
e produção de texto nos cursos da Educação sistema osteomuscular e do tecido
Básica do Estado de Mato Grosso surgiu à conjuntivo que representa (29,9%),
medida que analisando os ementários, seguidas das doenças do grupo F –
planos de ensino, didática, metodologia, transtorno mentais e comportamentais
resultados de provas, concursos observou- (27,7%).
se a existência de uma desvinculação entre Já no ano de 2018, conforme dados
produção de texto (oral e escrito) e encaminhados, (anexo V), as doenças do
produção de leitura. Desvinculação essa que grupo F com maior frequência, é o F.41,
não poderia nem deveria ocorrer, pois, correspondente aos transtornos ansiosos de
segundo MARCUSCHI (2001), pânico, misto de ansiedade e depressão,
ansiedade generalizada não especificada,
a produção de texto é um contínuo da seguido do F.32 de episódios depressivos,
produção de leitura, um substancia o outro. leves, moderados ou grave, totalizando
27,6% do total de afastamentos do ano de
O ESTADO DE MATO GROSSO 2018. Em se tratando do CID M54,
identificou-se grande frequência de
A população de Mato Grosso foi dorsalgia, representando 27,5% dos
estimada em 3,4 milhões de habitantes, afastamentos dos servidores.
segundo dados divulgados pelo Instituto (NSS/SEDUC/MT/2019)
Brasileiro e Geografia e Estatística (IBGE),
divulgados nesta quarta-feira (29), no O ABSENTEÍSMO
Diário Oficial da União. A última
estimativa divulgada pelo IBGE tinha sido O espaço educacional é organizado
em 2016. À época, a população estimada do por uma estrutura linear e sistemática que
estado era de 3.305.531. Ou seja, nos possibilita uma dinamização dos trabalhos
últimos dois anos, houve crescimento ao mesmo tempo em que institui
populacional de 136.467, o que corresponde conexidade aos processos internos de
a 4,1%. execução das atividades docentes e, mesmo,
Mato Grosso é o segundo maior da aquelas que sugerem além de expor seus
região Centro Oeste em número de servidores a riscos de ordem biológica,
habitantes. Aparece atrás de Goiás, que tem física, ergonômica, mecânica, psicológica e
população estimada em 6,9 milhões, e à social são exigidas do profissional ao longo
frente de Mato Grosso do Sul, 2,7 milhões de seu exercício.
de habitantes, e do Distrito Federal, 2,9 Inseridos neste ambiente estão
milhões. todos os profissionais da educação que no
A Secretaria de Estado de Educação desenvolver de suas atividades se veem,
de Mato Grosso, SEDUC, MT, é a maior muitas vezes, forçados a conter suas
estrutura organizacional na administração emoções frente aos gestores, educandos,
pública estadual. Atualmente, conta com pais e/ou responsáveis e colegas de
aproximadamente 41.000 servidores, 767 trabalho. Esta situação acrescida de outros
escolas urbanas, rurais, indígenas e fatores laborais e psicossociais conduz a um
quilombolas, 98 assessorias pedagógicas, sentimento de impotência, insatisfação
15 Centros de Formação e Atualização dos pessoal, esgotamento profissional que
Profissionais da Educação Básica - possibilita o absenteísmo que incide
Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.
DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
diretamente na qualidade da assistência suas necessidades culturais, sociais e
prestada. (FARIA, et. al. 2005) econômicas.
Nas escolas públicas do Estado de Sobre o termo absenteísmo, pode-se
Mato Grosso, o absenteísmo do docente é conceituá-lo como absenteísmo-doença
motivo de preocupação para todos os (ausências justificadas por licença-saúde);
gestores, nos diversos espaços de práxis absenteísmo por patologia profissional
educativa, pois pode desencadear (acidente de trabalho e/ou doença
problemas tanto nos aspectos do ensino e profissional); absenteísmo legal (amparado
aprendizagem, sendo estes expoentes da por lei, como: gestação, nojo, gala, doação
unidade dialética que governa a dicotomia de sangue e serviço militar), absenteísmo-
biológica e cultural, como na instância compulsório (suspensão imposta pelo
gerencial das instituições de ensino público patrão, por prisão ou por outro
deste Estado. impedimento de comparecer ao trabalho); e
absenteísmo voluntário (razões particulares
A ausência do profissional da
não justificadas).
educação acarreta prejuízos consideráveis,
na medida em que permite o esfacelamento Os educadores se expõem as outras
das diretrizes planejadas e instituídas para o condições de trabalho, tais como translado
desenvolvimento das atividades no interior para execução de projetos extracurriculares,
da instituição de ensino, aumentando o atividades burocráticas de elaboração de
desgaste dos outros setores, envolvendo Planos de Desenvolvimento Escolares,
investimentos e recursos, que certamente Presidência em Unidades Executoras e
refletirão no resultado final e no erário Conselhos Escolares, sendo vulneráveis e
disponibilizado para o desenvolvimento das expostos ao aparecimento de enfermidades
ações, da mesma forma que maximiza o referentes ao esgotamento profissional,
custo para a Previdência Social no tocante a resultando na ausência de trabalho que
desvios funcionais. eleva o índice de absenteísmo, incidindo
diretamente na carga horária a ser efetivada
No que se refere às atividades
que é de 200 dias letivos, de acordo à Lei
desenvolvidas na escola, existem
de Diretrizes e Bases da Educação, LDB,
características que concentram as condições
9.394/96, e no cumprimento da matriz
de trabalho, com carga horária semanal
curricular estatuída pelo Ministério da
superior a 40 horas, por trabalho, que pode
Educação e Cultura, MEC.
ser caracterizada pelo excesso de material a
ser finalizado em contextos sociais distintos Nos espaços da instituição
do profissional, permitindo a supressão de educacional é necessário rever toda práxis,
atitudes e procedimentos que seriam tendo em vista a necessidade de analisar o
indispensáveis para a manutenção da uso adequado dos equipamentos e
autoestima do educador. instrumentos sendo que a escola não prevê
mecanismos de prevenção ou cuidado aos
No que diz respeito à relação
profissionais que estejam submetidos a
trabalho e saúde, os educadores que estão
intempéries da função exercida pelos
em contato direto com o universo da sala de
educadores. Quando se ressalta o uso de
aula, ou seja, profissionais que realizam seu
equipamentos adequados se relaciona tal
ofício diretamente com os alunos, além do
fato intimamente ao desgaste das cordas
desgaste físico e psicológico, em sua
vocais, pelo exercício recorrente e
maioria estão mais sujeitos a ambientes e
excessivo da oralidade, hipertensão,
condições instáveis pela execução de suas
circulação e demais sintomas relacionados
funções em várias instituições para suprir
ao exercício da docência. Deve-se explicitar

Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.


DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
a possível associação da síndrome de por se tratar de um estado sazonal, podendo
burnout ao absenteísmo. transmutar de educador para educador, de
situação para situação. Quando se pensa na
O médico psicanalista
satisfação do profissional, imaginam-se
Freudenberger foi quem primeiro descreveu
aspectos socioculturais que funcionam
o termo burnout como exaustão e
como forças internas e externas ao ambiente
sentimento de fracasso conseqüentes da
de trabalho imediato, como mesmo citou
maximização do desgaste de energia, tanto
FRASER, em 1983.
no aspecto físico, quanto no psicológico.
Esta exaustão e esgotamento profissionais
imantados à baixa-estima e um contexto Estes fatores externos podem afetar
excessivamente sazonal de praxis a saúde física e mental do trabalhador,
pedagógica permite o acometimento das interferindo em seu comportamento
mais diversas formas de enfermidades, profissional e/ou social (LOCKE, 1976).
porém com porta de entrada facilitada pela Estes aspectos que são fatores externos
síndrome de burnout. Freudenberger contribuem para o desenvolvimento ou para
complementou seus estudos em 1975 e o prejuízo no desempenho das atividades
1977, incluindo em sua definição educacionais.
comportamentos de fadiga, depressão,
irritabilidade, aborrecemento, sobrecarga de O excesso de trabalho, bem como o
trabalho, rigidez e inflexibilidade desgaste psíquico também ocasionam
(Freudenberger, 1974; França, 1987; aspectos negativos, pois o prazer, a
Perlman & Hartman, 1982). satisfação, a frustração e a agressividade
são fatores predisponentes ao absenteísmo
Estudos utilizando os dados oficiais nas instituições de ensino no Estado de
demonstram um quadro extremamente Mato Grosso. Essas situações de pressões
grave de morbi-mortalidade dos sociais comprometem o profissional da
profissionais da educação nas Escolas educação, acarretando estresse psíquico e
Públicas do Estado de Mato Grosso. Os consequentes afastamentos das atividades
problemas são graves em diversas áreas: laborais por doença.
assistência médica; fiscalização; notificação
e tratamento dos dados coletados; Os acidentes de trabalho são
reconhecimento do nexo entre trabalho e evitáveis e causam um grande impacto
doença; prevenção e cumprimento da sobre a produtividade e a economia, além
legislação; frustrações e medos; de grande sofrimento para a sociedade.
insegurança do trabalhador de perder o Segundo a Organização Internacional do
emprego; insatisfação salarial, instabilidade Trabalho (OIT), ocorrem cerca de 270
do mercado de trabalho, entre outros. milhões de acidentes de trabalho e cerca de
dois milhões de mortes por ano em todo o
O termo morbidade, segundo mundo, que, por serem potencialmente
VAUGHAN, pode ser definido como evitáveis, expressam negligência e injustiça
qualquer desvio de um estado de bem-estar, social. (SANTANA, 2006)
podendo ser expressa em termos de pessoas
enfermas e/ou episódio de enfermidades. Segundo LAURELL, (1989), a
(VAUGHAN, 1992). fadiga crônica é principalmente causada
pelas más condições ambientais, os ritmos
O sentimento do profissional, a impostos, as pausas mal distribuídas, as
satisfação na execução dos trabalhos longas jornadas de trabalho e as posições
desenvolvidos nos espaços educacionais é incômodas, resultam em um alto índice de
uma tarefa difícil de mensurar e conceituar, absenteísmo.
Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.
DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
O absenteísmo tornou-se um Social, a doença relacionada ao trabalho é
problema sério para os gestores da escola, entendida como doença adquirida ou
suas causas estão interligadas a múltiplos desencadeada em função de condições
fatores, tornando-se complexo e de difícil especiais em que o trabalho é realizado e
gerenciamento. É um problema gradual que com ele se relacione diretamente.
interfere na sistematização do arcabouço (BRASIL/1991).
administrativo na instituição de ensino. Várias definições e abordagens
Torna-se de difícil solução devido a sua aparecem na literatura para a expressão
complexidade e à complexidade das ações absenteísmo. Este termo originou-se da
administrativas, que podem, ou não, estar palavra “absentismo” aplicada aos
voltadas para que o problema seja evitado. proprietários rurais que abandonavam o
campo para viver na cidade. No período
No Brasil, há poucos estudos sobre industrial este termo foi utilizado para os
custos de acidentes de trabalho ou do seu trabalhadores que faltavam ao serviço.
impacto sobre a produtividade, uma parte (QUICK & LAPERTOSA 1982).
substancial dos custos diretos com LIPP (2002). estatui que o estresse,
acidentes de trabalho recai sobre o característica que macula os educadores, é
Ministério da Previdência Social que, por um estado geral de tensão fisiológica e
meio do Instituto Nacional de Seguridade mantém relação direta com as demandas do
Social (INSS), tem a missão de garantir o ambiente. O estresse ocupacional constitui
direito à previdência social que se limitam experiência extremamente desagradável,
aos custos econômicos e não incluem associada a sentimentos de hostilidade,
aqueles decorrentes dos impactos tensão, ansiedade, frustração e depressão,
emocionais e familiares, dificilmente desencadeados por estressores localizados
mensuráveis. (SANTANA, et. al , 2006) no ambiente de trabalho.
Todo o percurso matizado pela É notória a referência do estresse no
ausência do educador ou execução de suas que se refere ao absenteísmo. Segundo
funções em consonância com o planejado CAPEL (1987), O estresse ocupacional
tem sua relação dicotômica de causa-efeito pode ser constatado entre docentes pelos
norteada pelos processos culturais, sociais, seus problemas de saúde e pela redução na
ideológicos, econômicos e psicológicos frequência ao trabalho. Fatores psicológicos
justificados pela enfermidade. ligados ao estresse docente incluem
ansiedade, depressão, irritabilidade,
Este absenteísmo ocasiona não só hostilidade e exaustão emocional.
custos diretos, mas também indiretos
representados pela diminuição da As causas do absenteísmo
produtividade, aumento do custo da enumeradas por CHIAVENATO (1985)
produção, redução da qualidade do são: doenças efetivamente comprovadas;
produto/serviço, diminuição da eficiência doenças não comprovadas; razões diversas
no trabalho em sala de aula e problemas de caráter familiar; atrasos involuntários; e
administrativos. faltas voluntárias por motivos diversos.
Afirma o autor, não se deve incluir o
Respeitando a Lei 8.213/91, que acidente de trabalho entre as causas do
protege e define a doença profissional como absenteísmo, quando se pretende comparar
aquela produzida ou desencadeada pelo os índices de absenteísmo.
exercício do trabalho peculiar a
determinada atividade e constante da Em conformidade com OTERO
respectiva relação elaborada pelo Ministério (1993), percebe-se que a etiologia do
do Trabalho e Emprego e da Previdência absenteísmo é multifatorial, dependendo da
Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.
DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
sua origem. Sua classificação se Um aspecto importante a ser
consubstancia em fatores dependentes da considerado é que as causas do absenteísmo
atividade laboral, perilaborais, do meio nem sempre estão nos profissionais da
extralaboral, patologias sofridas pelo educação, mas sim na instituição de ensino,
trabalhador, fatores individuais e fatores enquanto organização e supervisão
dependentes do sistema administrativo. deficientes, através da repetitividade de
O absenteísmo, absentismo ou tarefas, da desmotivação e desestímulo, das
ausentismo é uma expressão utilizada para condições desfavoráveis de ambiente e de
designar a falta do empregado ao trabalho. trabalho, da precária integração entre os
Isto é, a soma dos períodos em que os empregados e a organização e dos impactos
empregados de determinada organização se psicológicos de uma direção deficiente, que
encontram ausentes do trabalho, não sendo não visa uma política prevencionista e
a ausência motivada por desemprego, humanista. (ALEXANDRE, 1987;
doença prolongada ou licença legal COUTO, 1987; CHIAVENATO, 1994).
(CHIAVENATO, 1994). Nesse conceito, abrangente
QUICK & LAPERTOSA (1982) SOBRINHO (2002), diz que o absenteísmo
aponta que o absenteísmo é dividido em é a ausência do trabalho por qualquer razão:
absenteísmo voluntário (ausência no doenças, direitos legais, fatores sociais,
trabalho por razões particulares não fatores culturais e doenças de trabalho.
justificadas por doença); absenteísmo por Neste contexto, durante a revisão da
doença (inclui todas as ausências por literatura encontramos diferentes termos
doença ou por procedimento médico, para conceituar a palavra absenteísmo, as
excetuam-se os infortúnios profissionais); definições e abordagens são condicionadas
absenteísmo por patologia profissional a situações e fenômenos de acordo com
(ausências por acidentes de trabalho ou aspecto estudado.
doença profissional); absenteísmo legal
(faltas no serviço amparadas por leis, tais É imprescindível ressaltar a relação
como: gestação, nojo, gala, dação de sangue da síndrome de burnout com o processo de
e serviço militar) e absenteísmo estresse, desgaste, exaustão, fadiga e
compulsório (impedimento ao trabalho esgotamento profissional. O arquétipo
devido a suspensão imposta pelo patrão, por sugerido pela historicidade possibilita a
prisão ou outro impedimento que não conexidade com fatores de exaustão
permita o trabalhador chegar ao local de emocional, despersonalização e falta de
trabalho). realização pessoal no trabalho.
Para COUTO (1987), o absenteísmo Com os estudos de Chistina
é decorrente de um ou mais fatores causas, Maslach, Ayala Pines e Cary Cherniss o
tais como, fatores de trabalho, sociais, definição linear de burnout se expandiu
fatores culturais, de personalidade e de para as mais distintas áreas de abrangência,
doenças. O referido autor alerta que não possibilitando assim análise precisa desta
parece existir uma relação precisa de causa questão de natureza social.
e efeito, mas sim, um conjunto de variáveis
pode levar ao absenteísmo. MÉTODO E METODOLOGIA
Segundo BULHÕES (1998), o
O estudo foi aprovado pelo Núcleo de
absenteísmo pode refletir tanto as condições
Estudos Especializados em Psicopatologia,
de saúde do trabalhador, quanto às
com Termo de Consentimento Livre e
condições de vida e trabalho, os quais
Esclarecido, TCLE, firmado por membro da
devem ser analisados e prevenidos.
família. A pesquisa foi apresentada à
Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.
DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
Associação Brasileira de Neurologia e terapias como aromaterapia inicial e
Psiquiatria Infantil/MT e a Regional de cromoterapia inicial, juntamente com o
Medicina Psicossomática/MT. início da correspondência lecto-escrita. É
necessária mais análise sobre a
Esta pesquisa se deu pelo interesse identificação de sintomas de TDAH, sendo
clínico acerca da impossibilidade de leitura a próxima etapa, atividades de constituição
e compreensão lecto-escrita do analisando do leitor e, posteriormente, a aplicação do
P.H.B.C., filho de K.R.C e E.B.L., com 10 SNAP IV, para identificação de sinais e
anos de idade completos e cursando o 3º possíveis sintomas do TDAH, ainda não
ano, do Ensino Fundamental. O quadro confirmado.
desta criança do sexo masculino é
reincidente em dificuldades de CONSIDERAÇÕES FINAIS
aprendizagem, com orientação para
transtornos de aprendizagem de A relação entre absenteísmo e os problemas
neurodesenvolvimento. Havia suspeita de advindos de sinais de desatenção,
TDAH, Transtorno de Déficit de Atenção, impulsividade e hiperatividade é um fato
com Hiperatividade, Impulsividade e educacional. É necessário compreender
Desatenção. como desenvolver práticas pedagógicas que
possibilitem atividades de desenvolvimento
A indicação pelo relatório da dos componentes cognitivos: atenção,
Unidade de Ensino é que o analisando não memória, aprendizagem, pensamento,
se desenvolvia, que já havia “reprovado” percepção, resolução de problemas e
duas vezes, reincidentemente, e que não linguagem. É urgente que as pesquisas
aprendia a ler, ficando “nervoso e alcancem o público da escola, porque lá há
angustiado” e, às vezes, estressado e uma multiplicidade de dificuldades,
desatento, quando se dirigiam a ele. transtornos e comorbidades. Este estudo
Continuaram suas considerações afirmando inicial se relacionou às psicoterapias e às
que “não escutava” e quando escutava, terapias integrativas para corresponder ao
esquecia (não havia retenção de conteúdo pressuposto holístico do sujeito em sua
informacional), o que era dito. Não fazia constituição integral: o sujeito como um
uso de medicamento. Não praticava dieta todo.
ou restrição alimentar. Estava acima do
peso corporal, com base nas REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
correspondências altura/massa, sendo que
Organização Mundial da Saúde – OMS.
esta situação o deixava desconfortável, por
Classificação Estatística Internacional de
sempre seus colegas e familiares se
Doenças e Problemas Relacionados à
reportarem a ele com apelidos pejorativos.
Saúde. CID-10. 8. São Paulo: EDUSP,
Sua primeira análise fora feita em 2018,
2000. 119p.
contudo sem evolução e acompanhamento.
American Psychiatry Association.
Em, 2019, foram realizadas outras Diagnostic and Statistical Manual of Mental
análises e, por meio de psicoterapias entre disorders - DSM-5. 5th.ed. Washington:
família e analisando, os resultados foram American Psychiatric Association, 2013.
exitosos. O analisando já apresenta
evolução na leitura, iniciando seu processo DSM-IV-TRTM - Manual diagnóstico e
de aquisição de correspondência lecto- estatístico de transtornos mentais. trad.
escrita inicial. A pesquisa ainda se encontra Cláudia Dornelles; - 4.ed. rev. - Porto
em desenvolvimento. Foram utilizadas Alegre: Artmed,2002.

Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.


DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
ANEXOS

Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.


DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
ANEXO I
REGISTROS DE ESCRITA E
PICTÓRICOS

Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.


DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
Figura 1 – P.H.B.C. apresentando texto pictográfico de representação de seus sentimentos.

Figura 2 – Os pictogramas de inter-relação entre os pólos: família, escolar e vida social.

Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.


DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
ANEXO II
REGISTROS FOTOGRÁFICOS

Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.


DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
Figura 3 – Apresentação da Aromaterapia e da metodologia de aplicação dos óleos terapêuticos.

Figura 4 – Aplicação da Aromaterapia – óleos terapêuticos correspondentes às demandas da


análise.

Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.


DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
Figura 5 – Apresentação da Cromoterapia – A linguagem das cores. O analisando P.H.B.C.
respondeu de forma significativa a esta terapia.

Figura 6 – Ativador, energizador e regenerador – atua nos


sistemas esquelético, muscular e circulatório.

Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.


DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.
Documento de Aceite – Edição de Artigo Científico: 16/07/2019. Rev. Acadêmica/ISSBN2359-5787.
DOI da Edição (Digital Object Identifier): 10.21452/artgcient.23595787.Reg.07162019/São Paulo/SP.