Você está na página 1de 4

Centro Universitário Central Paulista - UNICEP

MBA em Finanças e Controladoria

Introdução à Negociação e aos Fundamentos do


Relacionamento Humano nas Organizações

Profa. Ms. Symara Helena P. Campos

Aluno: Ricardo Raimundo Reyes


Mai/2010

A Estranha Doença do Envelhecimento

Resumo biográfico do candidato “Guilherme” a receber a vacina:

Guilherme, negro, sexo masculino, brasileiro, 27 anos. Casado há 5 anos. Tem


uma filha de 3 anos de idade e sua esposa está grávida de seis meses. Atualmente
trabalha numa oficina mecânica de automóveis. Está estudando a noite, fazendo um
curso especializado de transmissão automática. Não consta que tenha prestado qualquer
serviço relevante a comunidade. Planeja montar sua própria oficina, especializada em
transmissão automática, logo que terminar seu curso.

Perfil psicológico do candidato “Guilherme” a receber a vacina:

Guilherme é um homem bem ajustado, que não parece apresentar recalques ou


sentimentos de rejeição ou auto-defesa excessiva por causa de sua cor. È dedicado a
família e com todo certeza é excelente marido e pai extremoso. Todavia, sua capacidade
de desenvolver-se no campo que escolheu parece ser limitado. Seu desempenho escolar
no segundo grau foi fraco e seus professores sempre o viram como um aluno que tinha
que fazer grandes esforços para passar de ano. Não acreditamos que ele consiga sucesso
em seus planos de estabelecer-se por conta própria, o que equivale a dizer que o
paciente provavelmente permanecerá, por vários anos pelo menos, como empregado de
alguma firma. Sua esposa já trabalhou como secretária. Caso voltasse a trabalhar; ela
talvez se saísse bem, embora o marido tenha desestimulado a fazê-lo. Eles concordaram,
ao se casar que ela ficaria exclusivamente em casa. Guilherme não parece ter uma noção
muito clara da gravidade do seu caso.

A Escolha do Candidato “Guilherme”

Um dos motivos da escolha deste candidato foi devido à resistência física em


relação aos demais participantes a receber a vacina, conforme artigo publicado em 1993.
“Na África do Sul, os corredores negros de longa distância sobressaem normalmente
sobre seus competidores brancos. Embora eles representem apenas um quinto dos
corredores de competição a distância no país, os negros sul-africanos conseguem mais
de 90 por cento dos lugares no topo do pódio. Os negros sul-africanos também têm se
saído muito bem em todo o mundo. No final de 1991, por exemplo, eles tinham
executado a primeira, segunda, quinta e nona voltas mais rápidas do mundo para a
meia-maratona.” Parte extraída do artigo publicado: 'Superior Fatigue Resistance of
Elite Black South African Distance Runners', Journal of Applied Physiology, vol. 75(4),

2
pp.1822-1827, 19931. Além desta resistência física, o candidato negro possui um perfil
psicológico melhor, pois é bem ajustado e não parece ter noção sobre a gravidade do
problema, o que evita interferências emocionais sobre o seu tratamento. Na questão
social, é um dos candidatos que apresentam as maiores desvantagens, pois têm uma
família extremamente dependente dele, já que sua esposa esta grávida e esta fora do
mercado de trabalho há algum tempo. Vejo que ficaria difícil ela voltar a trabalhar na
situação atual.

Desta forma, levando em conta as condições físicas, emocionais e sociais do


candidato escolhido em relação aos outros participantes e tendo como objetivo o
sucesso do teste da vacina contra a doença do envelhecimento, fechamos a nossa
escolha no Candidato Guilherme.

1
http://www.pponline.co.uk/encyc/0416.htm&anno=2

3
O Legendário “Motoserra” AL Dunlap

Perguntas e Respostas sobre o Caso:

1- De que maneira AL Dunlap tinha sido negligente com relação ao elemento


humano como líder?

Al Dunlap foi tudo que um executivo na atualidade não deve ser. Autoritário, usa do
abuso de poder, assedia moralmente seus funcionários e além do mais foi
profissionalmente negligente, imperito e imprudente com seu trabalho, valendo de
uma fórmula que deu certo “temporariamente” em uma companhia, mas que não
estava dando certo no seu atual trabalho e mesmo assim persistiu no erro.

2- Que tipo de habilidades de comportamento organizacional teriam ajudado AL


Dunlap em sua carreira de executivo?

Primeiramente a humildade, tendo a certeza que ninguém sabe tudo e que


precisamos das pessoas que estão ao nosso lado. Depois é a arte de ouvir as pessoas,
negociar com vantagem para ambas as partes, ter empatia com os outros e nunca
desprezar as pessoas, sempre tratando elas com respeito.

3- Por quais motivos Dunlap foi contratado para uma série de altas posições na
companhia?

AL Dunlap caiu no erro mais comum das pessoas nas empresas, achar que os
resultados do passado sirvam em novas situações no futuro. No caso exposto, ele
achou que com seu modus operandi, na Scott Paper, onde conseguiu resultados
sacrificando outras pessoas viraria uma receita de bolo e poderia ser aplicada
facilmente na Sunbeam.

4- Como trabalhar para Dunlap ajudaria você a desenvolver suas habilidades de


comportamento organizacional?

AL Dunlap seria uma referência às avessas para mim. Tudo o que ele foi ou a forma
como trabalhou eu estaria fazendo ao contrário.