Você está na página 1de 1

CAPÍTULO I

INTRODUCAO
1.1.ANTECENDENTES
Timor-Leste têm alguma coerênçia com á cultura de outras culturas que desenvolveram ao
longo dos séculos. O problema essencial é como respeitar a identidade cultural e tradição nas novas
construções.

Em Timor-Leste sobretudo o étnico Tetum, Uma Lulik é vista não só como o lugar para
guardar objectos sagrados, mas tem como um sítio para as reuniões e a actividades dos ritos
tradicionais com o funu um acto de matar os animais para ao kakun,os ancestrais invisiveis.

No contexto da arquitectural cultural,Timor-Leste tem muito patrimonio arquitectular


tradicional é embora alguns desta restos patrimoniais ainda permaneçam, alguns já
desapareceram.Cada uma das várias étnicas tem as suas características tradicionais de arquitectura,
sendo elas que destiguem uma etnia da outra como um produto de cultural arquitectura que se
manifesta nos símblos de cultura, ou seja cada uma destas arquitecturas tradicionais apresenta as
suas semiótica. Este patrimonio do povo de Timor-Leste está espalhado por todo o território e tem
uma qualidade cultural de alto nivel pelo que é preciso desenvolver estrategias para protégé-lo com
identidade cultural do povo Timorensse.Hóje pode ser vista com um campo de investigação aberta
ao estudo nomeadamente ao esstudo.

O Municipiode Lospalos também tem casa sagradas que não são iguais como outrus
municipio, a casa tipica de lospalos