Você está na página 1de 13

11/03/2019

Aula 1: Descoberta da Estrutura Atômica

Prof. Marcos A. Bizeto

Evolução da Teoria Atômica

Evidências experimentais da Eletricidade


existência de partículas subatômicas Radioatividade

- Benjamim Franklin (1706-1790) – existência de cargas elétricas positivas e


negativas

-Henri Becherel (1852-1908) e Marie Currie (1898) – descoberta da radioatividade:


emissão de partículas eletricamente carregadas em algumas substâncias

Evidências que se contrapunham as ideias de Dalton (1804) do


átomo indivisível
Estrutura da Matéria

1
11/03/2019

Descoberta da Estrutura Atômica – O elétron

A Descoberta do Elétron: Tubos de Raios Catódicos (Thomson - 1897)

Raios catódicos são emitidos quando uma grande diferença de potencial é


aplicada entre dois eletrodos em um tubo de vidro sob vácuo.

Estrutura da Matéria

Descoberta da Estrutura Atômica – O elétron

• Partículas negativas se deslocam do eletrodo negativo para o eletrodo positivo.

• A trajetória dos elétrons pode ser alterada pela presença de um campo


magnético externo.

– Ao interagir com o um campo magnético perpendicular a um campo elétrico


aplicado, os raios catódicos podem sofrer diferentes desvios.

– a quantidade do desvio depende da proporção carga-massa do elétron.

Em 1897, Thomson determinou que a proporção carga-massa de


um elétron é 1,76 x 108 C/g.

Estrutura da Matéria

2
11/03/2019

Descoberta da Estrutura Atômica – O elétron

• A Determinação da Carga do Elétron: Experimento de Millikan

• Gotas de óleo são borrifadas sobre uma


chapa carregada positivamente contendo um
pequeno orifício.
• À medida que as gotas de óleo passam
através do orifício, elas são carregadas
negativamente.
• A gravidade força as gotas para baixo. O
campo elétrico aplicado força as gotas para
cima.
Utilizando este experimento, Millikan determinou que a carga no
• Quando uma gota está perfeitamente
elétron é 1,60 x 10-19 C e conhecendo a proporção carga-massa,
equilibrada, seu peso é igual à força de
1,76 x 108 C/g, calculou a massa do elétron: 9,10 x 10-28 g.
atração eletrostática entre a gota e a chapa
positiva.
massa do elétron atualmente é 9,10939 x 10-28 g

Estrutura da Matéria

Descoberta da Estrutura Atômica – O núcleo

• Radioatividade: Experimentos de H. Becherel e M. Curie

• Um alto desvio no sentido da chapa positiva ocorre quando a radiação é negativamente


carregada e tem massa pequena- radiação β (elétrons).

• Nenhum desvio ocorre quando a radiação é neutra - radiação γ

• Um pequeno desvio no sentido da chapa carregada negativamente ocorre quando a


radiação é carregada positivamente e apresenta massa grande - radiação α.

Estrutura da Matéria

3
11/03/2019

Descoberta da Estrutura Atômica – O núcleo


• A descoberta do núcleo atômico: Experimento de Rutherford

A maioria das partículas α passa pela chapa sem sofrer desvio: o átomo deve
apresentar carga negativa difusa com pequena massa (elétrons).
Os grandes desvios das partículas α indicam que o átomo possui um núcleo com
carga positiva e mais densa.

Estrutura da Matéria

Modelo Atômico de Rutherford


Sistema Planetário Tamanho do Átomo
em
Relação ao Núcleo

100.000 x maior

Elétron: Massa = 9,109382 x 10-28 g


Carga = - 1,602176 x 10-19 C (-1)
Próton: Massa = 1,672622 x 10-24 g
Carga = 1,602176 x 10-19 C (+1)
Nêutron: Massa = 1,674927 x 10-24 g
Carga = 0

• Os átomos não têm carga elétrica, portanto quantidade de elétrons deve ser igual a de
prótons.
• A maioria dos átomos apresentam massa maior do que o previsto pelo conjunto de
prótons e elétrons!!
• Propôs a existência dos nêutrons (partículas pesadas e sem carga)
Estrutura da Matéria

4
11/03/2019

Número de Massa e Massa Atômica

As massas de partículas fundamentais são expressas em unidades de massa atômica (uma)


ou (u).

A massa atômica é a massa de um átomo em unidades de massa atômica determinada


experimentalmente.

O elemento padrão para definir a escala de massa atômica foi o Carbono com seis prótons e
seis nêutrons (12,000 uma).

Assim 1 uma = 1/12 da massa de um átomo de C

1 uma = 1,66054 x 10-24 g


1 g = 6,02214 x 1023 uma

Estrutura da Matéria

Número de Massa e Massa Atômica

As massas atômicas dos outros elementos são massas relativas à massa do Carbono-
12 e são determinadas experimentalmente.

Exemplo:
Em média, 1 átomo de H contém 8,400% da massa do carbono-12.
Como a massa de 1 átomo de carbono-12 = 12,000 uma
A massa atômica do hidrogênio é: 0,084 × 12,000 uma = 1,008 uma

A massa atômica real não é por definição


um número inteiro , exceto para: carbono-12 = 12,000 u

Estrutura da Matéria

5
11/03/2019

Abundância Isotópica

Por causa da existência natural de isótopos, a massa de uma coleção de átomos


apresenta um valor médio e é este o valor que é representado na tabela periódica,
por exemplo:

11B

10B

Exemplo:

O Boro na Natureza é encontrado 19,91 % na forma do isótopo 10B e 80,09 % na forma do isótopo 11B.
A massa atômica média do B é:

(0,1991)(10,0129 uma) + (0,8009)(11,0093 uma) = 10,81 uma


10,81 uma x 1,66054 x 10-24 g/uma = 1,7950 x 10-23 g

Estrutura da Matéria

Determinação da Abundância Isotópica e Massa Atômica

Espectro de massa

Neônio – 3 isótopos naturais

Estrutura da Matéria

6
11/03/2019

Massa Atômica x Soma das Partículas Constituintes

É verdade que a massa atômica equivale a soma das partículas


que constituem o átomo ??

Vamos analisar o caso do deutério (2H)

1 próton + 1 nêutron = (1,007276 uma) + (1,008665 uma)


Deutério = 2,015941 uma

Segundo dados de espectrometria de massas 2H = 2,01355 uma

Equivale a uma variação de massa de - 0,00239

Parte da massa é convertida em energia: ΔE=(Δm).c2


(Equação de Einstein)

A energia liberada na formação de um núcleo atômico é a principal fonte de energia para


a vida em nosso planeta.
No Sol ocorre a fusão de núcleos de H para formação de He
Estrutura da Matéria

Exercício

Com base no espectro de


massas do Ne mostrado ao lado:

(a) calcule a massa atômica do Ne


em unidades de massa atômica e
em gramas. Compare o resultado
encontrado com os dados
apresentados na Tabela Periódica.

(b) Mostre a quantidade de elétrons,


prótons e nêutrons de cada isótopo. Dados: 1 uma = 1,66054 x 10-24 g
1 g = 6,02214 x 1023 uma

Estrutura da Matéria

7
11/03/2019

Parâmetros Atômicos

Número Atômico (Z): quantidade de prótons no átomo.

Z=p=e
Número de Massa (A): a soma das partículas (prótons e nêutrons)
que constituem o núcleo do átomo.
A=Z+n Lembrar que:
massa p ≈ massa n = 1840 x massa e-

Simbologia para representação de um átomo

Estrutura da Matéria

Propriedades Atômicas

ISÓTOPOS: mesmo número de prótons.

ISÓBAROS: mesmo número de massa.

ISÓTONOS: mesmo número de nêutrons.

Estrutura da Matéria

8
11/03/2019

Propriedades Atômicas

ÍONS: são átomos que ganharam ou perderam elétrons

ISOELETRÔNICOS: mesmo número de elétrons.

Estrutura da Matéria

Modelo Atômico Atual

Será que o modelo atômico de Rutherford é completo?

Como explicar porque os elétrons não caem no núcleo?

Todos elétrons no átomo têm a mesma energia?

Qual é a orbita dos elétrons. Onde estão localizados no


espaço?

Mecânica Quântica
Estrutura da Matéria

9
11/03/2019

Surgimento da Mecânica Quântica - Histórico


Radiação do Corpo Negro: À medida que um objeto é aquecido, ele passa a brilhar com
maior intensidade. A cor da luz emitida muda do vermelho para o branco conforme a
temperatura é aumentada.

As teorias da época previam que a intensidade da

radiação aumentaria continuamente com a diminuição

do comprimento de onda, fato que não condiz com a

realidade.

Max Planck resolveu o problema da catástrofe do


ultravioleta

Criou a ideia de PACOTES DE ENERGIA –


QUANTA Lei de Wien: T·λmax=1/5(C2)
onde C2 = 1,44·10-2K.m

Estrutura da Matéria

A Hipótese de Planck

A hipótese de Planck implica que a troca de energia entre a matéria


e a radiação ocorre com apenas em determinadas quantidades de
energia definidas (pacotes) dada por:

E = h·ν
h = constante de Planck = 6,6262 x 10-34 J.s

Em temperaturas baixas não haveria energia suficiente para uma frequência de


oscilação alta capaz de produzir radiação no ultravioleta

Estrutura da Matéria

10
11/03/2019

O Efeito Fotoelétrico
Outra evidência dos “Pacotes de energia”

O efeito fotoelétrico só é observado


quando uma luz de frequência
adequada na região do UV atinge uma
amostra metálica, arrancando elétrons
superficiais e fazendo com que o metal
adquira carga positiva

Einstein propôs que a luz é formada por fótons, que são


apresentam comportamento equivalente ao de partículas.
Cada fóton representa um pacote de energia dado por E = h·ν

Estrutura da Matéria

Como explicar e estudar o modelo quântico ?

Necessidade de uso de uma ferramenta que possa interagir com os elétrons e gerar
informações que possam ser utilizadas na mecânica quântica.

Que ferramenta é essa ?

A radiação eletromagnética

Os átomos são estudados pela observação das propriedades das


radiações eletromagnéticas que eles absorvem e/ou emitem
resultante das interações entre a luz e a matéria.

Estrutura da Matéria

11
11/03/2019

A radiação eletromagnética

Maxwell
Desenvolveu um modelo matemático para descrever todas as formas de
radiação em termos de campos elétricos e magnéticos oscilantes (que variam com o
tempo) e que atravessam o vácuo a 3x108m/s (c-velocidade da luz).

λ·ν = c

Estrutura da Matéria

Modelo de Bohr - 1913

Bohr relacionou as idéias quânticas de Planck e Einstein e criou um


modelo atômico quântico acrescentando 3 postulados ao modelo
atômico de Rutherford.

O átomo é formado por um núcleo e


níveis de energia quantizada, nos
quais os elétrons estão distribuídos.

Estrutura da Matéria

12
11/03/2019

Modelo Atômico – Linha do Tempo

a.C 1803 1897 1908 1932

Dalton:
experimentos
Demócrito: bola de bilhar Thomson: Rutherford: Comprovou-se
(grego) 1º. Exp. Experimentos a existência
partícula Estrutura Interna comprovou do nêutron
indivisível pudim de passas exist. do núcleo;
previu exist.
de nêutrons
modelo nuclear

Estrutura da Matéria

Na próxima aula

O Átomo de Bohr e o Mundo Quântico

Estrutura da Matéria

13