Você está na página 1de 6

www.qconcursos.

com

1 Q986559 Direito Processual Penal > Das Provas , Con ssão


Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: DPE-SP Prova: FCC - 2019 - DPE-SP - Defensor Público

Tício foi preso em agrante delito, pela prática do crime de trá co de entorpecentes. Na fase policial, ele usou do seu direito
constitucional de permanecer em silêncio. Após ser denunciado, em seu interrogatório judicial, alegou ser apenas usuário,
relatando que estava no local para adquirir entorpecentes. Já os Policiais Militares responsáveis pela prisão disseram que
abordaram Tício porque ele estava em atitude suspeita, mas esclareceram não terem visto qualquer ato de mercancia nem
qualquer pessoa próxima a ele. A rmaram, ainda, que caram com dúvidas sobre a prática do crime de trá co, pela
pequena quantidade de droga apreendida, porém, tendo em vista que Tício teria lhes confessado informalmente que
estava tra cando no local, tiveram certeza sobre a sua responsabilidade penal, o que não foi relatado nos autos. Diante
disso, o Magistrado que julgou a causa condenou Tício, pela prática do crime de Trá co de Entorpecentes, à pena de 1 (um)
ano e 8 (oito) meses de reclusão, a ser cumprida inicialmente em regime fechado, em razão da gravidade da conduta. A
condenação proferida está

incorreta, pois para a condenação seria necessária a existência de testemunhas que tivessem presenciado a
A
comercialização dos entorpecentes.
incorreta, somente em relação ao regime prisional aplicado, já que a gravidade da conduta, por si só, não autoriza a
B
xação do regime fechado.
incorreta, uma vez que a con ssão informal somente tem valor diante de sua formal introdução nos autos, o que não
C
ocorreu no caso citado.

correta, visto que o artigo 155 do Código de Processo Penal autoriza condenações com base nos elementos
D informativos colhidos no Inquérito Policial, desde que em cotejo com as provas produzidas em juízo, o que ocorreu no
caso citado, já que os policiais con rmaram a con ssão informal.
correta, já que cabia à defesa demonstrar que os policiais queriam incriminar falsamente o réu, pois o depoimento
E
dos milicianos goza de presunção de veracidade.

2 Q958719 Direito Processual Penal > Da Prisão e da Liberdade Provisória , Da Prisão Preventiva , Prisão domiciliar
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: Prefeitura de Caruaru - PE Prova: FCC - 2018 - Prefeitura de Caruaru - PE - Procurador do Município

Poderá o juiz substituir a prisão preventiva pela domiciliar quando o agente for

A gestante somente a partir do 7° mês de gravidez.


B maior de 75 anos.

C mulher com lho de 11 (onze) anos de idade.


D debilitado por motivo de doença.
E imprescindível aos cuidados especiais de criança com de ciência mental ou visual.

3 Q958718 Não de nido >


Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: Prefeitura de Caruaru - PE Prova: FCC - 2018 - Prefeitura de Caruaru - PE - Procurador do Município

Segundo o Código de Processo Penal, nos crimes de ação penal pública, o inquérito policial será iniciado de ofício, mediante
requisição ou a requerimento do ofendido. O requerimento do ofendido conterá sempre que possível:

I. a narração do fato, com todas as circunstâncias;

II. a individualização do indiciado ou seus sinais característicos e as razões de convicção ou de presunção de ser ele o autor
da infração, ou os motivos de impossibilidade de o fazer;

III. a nomeação das testemunhas, com indicação de sua pro ssão e residência;

IV. o exame de corpo de delito, nas infrações que deixam vestígio.

Sobre o tema, está correto o que se a rma APENAS em

A I, II e IV.
B I, II e III.

C II, III e IV.


D I, III e IV.
E I e III.

4 Q958717 Não de nido >


Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: Prefeitura de Caruaru - PE Prova: FCC - 2018 - Prefeitura de Caruaru - PE - Procurador do Município

A norma inserida no art. 366 do Código de Processo Penal possui natureza dúplice, não podendo ser cindida. Sobre o tema,
é correto a rmar que

A enquanto suspenso o processo, a conduta criminosa é imprescritível.

B ao ser suspenso o processo, o mesmo deve ocorrer com o prazo decadencial.


C o período de suspensão do prazo prescricional é regulado pelo máximo da pena cominada.
D a suspensão do processo interrompe os prazos prescricional e decadencial.
E a suspensão condicional do processo não pode ser cindida enquanto não citado o acusado.

5 Q954318 Direito Processual Penal > Das Provas , Sistemas de apreciação e valoração , Meios probatórios excepcionais
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: DPE-MA Prova: FCC - 2018 - DPE-MA - Defensor Público

Sobre as provas é correto a rmar que

vige como regra em nosso ordenamento processual penal o sistema de valoração de provas denominado “prova legal
A
ou tarifada”.

a con ssão quali cada, ainda que utilizada como elemento de convicção do magistrado, não servirá para atenuar a
B
pena.
C é válida a prova obtida quando ocorrer a serendipidade de primeiro grau.

de acordo com o art. 206 do Código de Processo Penal, o ascendente, o descendente ou cônjuge da vítima podem se
D
recusar a depor como testemunha em processo penal.

E a proibição das provas ilícitas é absoluta em nosso ordenamento processual penal.

6 Q954315 Direito Processual Penal > Da Prisão e da Liberdade Provisória , Prisão domiciliar
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: DPE-MA Prova: FCC - 2018 - DPE-MA - Defensor Público

Sobre a prisão domiciliar para mulheres gestantes e com lhos com até 12 anos de idade, o Supremo Tribunal Federal, no
julgamento do Habeas Corpus coletivo nº 143641, decidiu expressamente que

A diante da ausência de previsão legal, é incabível o habeas corpus coletivo.


os juízes competentes devem proceder a análise da substituição da prisão preventiva pela domiciliar de ofício, sendo
B
dispensável pedido realizado por advogado ou defensor público.

caso haja dúvida acerca da situação de guardiã da mulher presa, deve o juiz mantê-la encarcerada até que laudo social
C
seja realizado, no prazo de até 60 dias.
é vedada a substituição da prisão preventiva pela prisão domiciliar apenas quando o crime cometido pela mulher
D presa tiver sido praticado mediante violência ou grave ameaça, contra seus descendentes ou parentes até o terceiro
grau, ou em situações excepcionalíssimas devidamente fundamentadas pelo juiz.

E é vedada a substituição da prisão preventiva pela domiciliar quando a mulher presa for reincidente.

7 Q954314 Direito Processual Penal > Da Prisão e da Liberdade Provisória , Da liberdade provisória, com ou sem ança
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: DPE-MA Prova: FCC - 2018 - DPE-MA - Defensor Público

A ança

A pode ser arbitrada, pelo juiz, nos crimes de roubo com utilização de faca.
B pode ser arbitrada, pelo juiz, nos crimes de posse de arma de fogo de uso restrito.
C tem como limite temporal de cabimento a prolação da sentença de primeira instância.

quando do seu quebramento injusti cado, importará na perda de todo o seu valor, cabendo ao juiz decidir sobre a
D
imposição de outras medidas cautelares ou, se for o caso, a decretação da prisão preventiva.
poderá ser concedida pela autoridade policial, mas limitada aos casos de infração cuja pena privativa de liberdade
E
máxima não seja superior a dois anos.

Direito Processual Penal > Inquérito Policial , Ação Penal , Denúncia e Queixa
8 Q954312 Procedimento comum sumaríssimo - Lei nº 9.099 de 1995 - Lei dos Juizados Especiais Criminais - JECRIM ,
Procedimento Penal , Encerramento do Inquérito Policial
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: DPE-MA Prova: FCC - 2018 - DPE-MA - Defensor Público

Roberto foi preso em agrante pela suposta participação no delito de furto de uma bicicleta. Na lavratura do respectivo
auto foram ouvidos os policiais responsáveis pela prisão e o indiciado. A prisão em agrante foi convertida em prisão
preventiva em sede de audiência de custódia. Concluídas as investigações e relatado o inquérito policial, os autos foram
encaminhados ao Ministério Público. Ao analisar o caso, no entanto, o Promotor de Justiça entendeu haver diligência
imprescindível para o oferecimento da denúncia, consistente na oitiva da vítima proprietária da bicicleta, eis que Roberto
disse ter com ela negociado a compra do referido objeto. Nesse caso, deverá o Promotor de Justiça

A determinar o arquivamento do inquérito policial.


B denunciar Roberto e solicitar o prazo de 30 dias para eventual aditamento da denúncia.

intimar a vítima para que compareça ao Ministério Público no prazo de 60 dias, sob pena de crime de desobediência,
C
requerendo a manutenção da custódia cautelar de Roberto.
D oferecer transação penal, nos termos do art. 89 da Lei n° 9.099/95.

requerer o retorno dos autos à Delegacia de origem para que seja realizada a oitiva da vítima e a imediata soltura do
E
indiciado.

9 Q954311 Direito Processual Penal > Direito processual penal: fundamentos e aspectos essenciais , Sistemas processuais
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: DPE-MA Prova: FCC - 2018 - DPE-MA - Defensor Público

“Não bastará ao estudo de nir em que consiste um sistema acusatório e depois sublinhar que a nossa Constituição o
adotou se, confrontada com a estrutura processual ordinária, que resulta das novas e velhas leis, concluímos que na prática
muitas vezes não se observam os elementos essenciais do sistema acusatório”. (PRADO, Geraldo. Sistema acusatório: a
conformidade constitucional das leis processuais penais. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2006, p. 78).

Na linha da citação acima, é possível a rmar que o Código de Processo Penal apresenta dispositivos legais que remontam
ao sistema processual inquisitivo, dentre eles:

I. Art. 28. Se o órgão do Ministério Público, ao invés de apresentar a denúncia, requerer o arquivamento do inquérito policial
ou de quaisquer peças de informação, o juiz, no caso de considerar improcedentes as razões invocadas, fará remessa do
inquérito ou peças de informação ao Procurador-Geral, e este oferecerá a denúncia, designará outro órgão do Ministério
Público para oferecê-la, ou insistirá no pedido de arquivamento, ao qual só então estará o juiz obrigado a atender.

II. Art. 311. Em qualquer fase da investigação policial ou do processo penal, caberá a prisão preventiva decretada pelo juiz,
de ofício, se no curso da ação penal, ou a requerimento do Ministério Público, do querelante ou do assistente, ou por
representação da autoridade policial.

III. Art. 156. A prova da alegação incumbirá a quem a zer, sendo, porém, facultado ao juiz de ofício: II - determinar, no curso
da instrução, ou antes de proferir sentença, a realização de diligências para dirimir dúvida sobre ponto relevante.

IV. Art. 212. As perguntas serão formuladas pelas partes diretamente à testemunha, não admitindo o juiz aquelas que
puderem induzir a resposta, não tiverem relação com a causa ou importarem na repetição de outra já respondida.

Está correto o que se a rma APENAS em:

A I e IV.
B I, II, III e IV.

C I e II.
D II e IV.

E I, II e III.

Direito Processual Penal > Princípios fundamentais do direito processual penal , Contraditório , Ampla defesa
10 Q954310
Juiz natural
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: DPE-MA Prova: FCC - 2018 - DPE-MA - Defensor Público

“Um homem acusado de assalto foi morto por linchamento pela população em São Luís do Maranhão. Segundo a Polícia
Militar (PM), J.F.B agiu com um comparsa na abordagem de um eletricista em uma parada de ônibus, na Avenida Marechal
Castelo Branco" (Portal G1 MA, 10/04/2018). A notícia acima demonstra a NÃO observância do seguinte princípio do
processo penal democrático:

A contraditório.

B jurisdicionalidade ou necessidade.
C imparcialidade.
D juiz natural.
E paridade de armas.

11 Q950418 Direito Processual Penal > Das Citações e Intimações , Citação , Intimação e noti cação
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: MPE-PE Prova: FCC - 2018 - MPE-PE - Técnico Ministerial - Administrativa

Acerca do que dispõe o Código de Processo Penal sobre as diversas modalidades de comunicação processual,

A se o réu estiver preso, será citado na pessoa de seu defensor.


se o acusado, citado por edital, não comparecer, nem constituir advogado, carão suspensos o processo e o curso do
B
prazo prescricional.

C estando o acusado no estrangeiro, em lugar sabido, será citado mediante carta precatória.
D a intimação do defensor constituído, do advogado do querelante e do assistente far-se-á por o cial de justiça.

E veri cando que o réu se oculta para não ser citado, será citado por edital, com o prazo de 15 dias.

12 Q950417 Direito Processual Penal > Princípios fundamentais do direito processual penal , Juiz natural
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: MPE-PE Prova: FCC - 2018 - MPE-PE - Técnico Ministerial - Administrativa

O princípio do Direito Processual Penal que impede a criação de tribunais de exceção refere-se ao princípio

A do contraditório.
B da verdade real.

C da o ciosidade.

D do juiz natural.
E da indisponibilidade.

Direito Processual Penal >


13 Q950416 Do juiz, do ministério público, do acusado e defensor, dos assistentes e auxiliares da justiça ,
Ofendido e assistente de acusação
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: MPE-PE Prova: FCC - 2018 - MPE-PE - Técnico Ministerial - Administrativa

À luz do que dispõe o Código de Processo Penal sobre os sujeitos da relação processual,

em todos os termos da ação pública, poderá intervir, como assistente do Ministério Público, o ofendido ou seu
A
representante legal.

nos juízos coletivos, não poderão servir no mesmo processo os juízes que forem entre si parentes, consanguíneos ou
B
a ns, em linha reta ou colateral até o quarto grau, inclusive.
C as disposições sobre suspeição dos juízes não se estendem aos serventuários e funcionários da justiça.

D o corréu no mesmo processo poderá intervir como assistente do Ministério Público.


E nenhum acusado, exceto se estiver foragido, será processado ou julgado sem defensor.

Direito Processual Penal >


14 Q950365
Do juiz, do ministério público, do acusado e defensor, dos assistentes e auxiliares da justiça , Juiz
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: MPE-PE Prova: FCC - 2018 - MPE-PE - Analista Ministerial - Área Jurídica

Diante do que dispõe o Código de Processo Penal sobre os juízes,

seu impedimento ou suspeição decorrente de parentesco por a nidade cessará pela dissolução do casamento que Ihe
A
tiver dado causa, mesmo havendo descendentes.
B a suspeição do juiz poderá ser declarada e reconhecida, ainda que a parte der motivo para criá-la.

nos juízos coletivos, não poderão servir no mesmo processo os juízes que forem entre si parentes, consanguíneos ou
C
a ns, em linha reta ou colateral até o quarto grau, inclusive.
D nos processos em que seu cônjuge tiver funcionado como defensor ou advogado, o juiz se dará por suspeito.

eles se darão por suspeitos, e, se não o zerem, poderão ser recusados por qualquer das partes, se tiverem
E
aconselhado qualquer delas.

15 Q933505 Direito Processual Penal > Direito processual penal: fundamentos e aspectos essenciais , Sistemas processuais
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: Câmara Legislativa do Distrito Federal Prova: FCC - 2018 - Câmara Legislativa do Distrito Federal -

Consultor Legislativo - Direitos Humanos, Minorias, Cidadania e Sociedade

Uma reforma que pretenda incorporar traços do sistema acusatório na legislação processual penal vigente deve orientar-se
no sentido de

A concentrar a gestão da prova na pessoa do juiz.


B ampliar os espaços de oralidade nos atos processuais.

C reduzir a imediação judicial na produção da prova.


D limitar a publicidade dos atos processuais.

E ampliar a tarifação e a taxatividade das provas.

16 Q932665 Direito Processual Penal > Da Prisão e da Liberdade Provisória , Da liberdade provisória, com ou sem ança
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: Câmara Legislativa do Distrito Federal Prova: FCC - 2018 - Câmara Legislativa do Distrito Federal -

Técnico Legislativo - Agente de Polícia Legislativa

Considere:
I. A autoridade policial somente poderá conceder ança nos casos de infração cuja pena privativa de liberdade máxima não
seja superior a quatro anos. II. Não será concedida ança nos crimes de injúria racial. III. A ança tomada por termo
obrigará o a ançado a comparecer perante a autoridade, todas as vezes que for intimado para atos do inquérito e da
instrução criminal e para o julgamento. IV. A ança poderá ser prestada enquanto não transitar em julgado a sentença
condenatória. V. No caso de perda da ança, o seu valor, deduzidas as custas e mais encargos a que o acusado estiver
obrigado, será destinado à reparação do dano sofrido pela vítima ou seus herdeiros. Está correto o que se a rma APENAS
em

A I, II e III.

B I, IV e V.
C II, III e V.

D II, IV e V.
E I, III e IV.

Direito Processual Penal > Da Prisão e da Liberdade Provisória , Da Prisão em Flagrante ,


17 Q932664
Prisões cautelares: de nição e espécies
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: Câmara Legislativa do Distrito Federal Prova: FCC - 2018 - Câmara Legislativa do Distrito Federal -

Técnico Legislativo - Agente de Polícia Legislativa

Sobre a prisão, o Código de Processo Penal dispõe:

Ninguém poderá ser preso senão em agrante delito ou por ordem escrita e fundamentada da autoridade policial
A
competente.
Quando o acusado estiver no território nacional, fora da jurisdição do juiz processante, será deprecada a sua prisão,
B
sendo dispensável constar da precatória o inteiro teor do mandado.
Ainda que haja urgência, o juiz somente poderá requisitar a prisão por meio de mandado escrito encaminhado ao
C
o cial de justiça, do qual deverá constar o motivo da prisão, bem como o valor da ança se arbitrada.
Qualquer agente policial poderá efetuar a prisão determinada no mandado de prisão registrado no Conselho Nacional
D
de Justiça, ainda que fora da competência territorial do juiz que o expediu.

Se o réu, sendo perseguido, passar ao território de outro município ou comarca, o executor não poderá efetuar a sua
E
prisão, devendo ser o fato comunicado à autoridade local para que prossiga na diligência.

Direito Processual Penal > Inquérito Policial , Inquérito Policial - Noções Gerais , Inquérito Policial - Características
18 Q932663
Vícios e suas consequências
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: Câmara Legislativa do Distrito Federal Prova: FCC - 2018 - Câmara Legislativa do Distrito Federal -

Técnico Legislativo - Agente de Polícia Legislativa

O inquérito policial

é um procedimento que pode ser presidido tanto pelo delegado de polícia quanto pelo membro do Ministério Público,
A
desde que, neste último caso, tenha sido este o órgão responsável pela investigação.

B acompanhará a denúncia ou queixa, sempre que servir de base a uma ou outra.


que apresentar vício contaminará eventual ação penal subsequente proposta com base nos elementos por ele
C
colhidos.
gera, quando arquivado, preclusão absoluta, não sendo possível o início de ação penal, ainda que tenha por
D
fundamento a existência de novas provas.

é um procedimento escrito, obrigatório e preparatório da ação penal, imprescindível para embasar o oferecimento da
E
denúncia.

19 Q932156 Direito Processual Penal > Das Provas , Prova pericial e exame de corpo de delito , Interrogatório
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: Câmara Legislativa do Distrito Federal Prova: FCC - 2018 - Câmara Legislativa do Distrito Federal -

Procurador Legislativo

No tocante à prova no processo penal, é correto a rmar que

o Código de Processo Penal adotou como regra o sistema de valoração das provas denominado “prova legal ou
A
tarifada”.

B o ascendente e o descendente do acusado e da vítima podem recusar-se a depor como testemunhas judiciais.
a prova pericial, quando realizada por dois peritos o ciais, vincula a decisão judicial, ainda que em confronto com os
C
elementos probatórios produzidos em contraditório

no procedimento comum ordinário vige, desde a Reforma operada pela Lei no 11.690/2008, o sistema presidencialista
D
para inquirição judicial de testemunhas
o ofendido, por não prestar compromisso de dizer a verdade, caso minta em seu depoimento judicial, não responde
E
pelo crime de falso testemunho.

Direito Processual Penal > Inquérito Policial , Inquérito Policial - Noções Gerais , Inquérito Policial - Características
20 Q932154
Encerramento do Inquérito Policial
Ano: 2018 Banca: FCC Órgão: Câmara Legislativa do Distrito Federal Prova: FCC - 2018 - Câmara Legislativa do Distrito Federal -

Procurador Legislativo

Sobre o inquérito policial, está de acordo com a legislação processual penal vigente e a jurisprudência dos Tribunais
Superiores o que se a rma em:

É peça indispensável para que o Ministério Público ofereça denúncia em crimes praticados por particular contra a
A
administração pública.

É direito do defensor, no interesse do representado, ter acesso amplo aos elementos de prova que, já documentados
B
nos autos, digam respeito ao exercício do direito de defesa.

Será concluído, em caso de investigação acerca de trá co de drogas, no prazo de 45 (quarenta e cinco) dias, se o
C
indiciado estiver preso, e de noventa dias, quando solto.
A autoridade policial, convencida da ausência de indícios su cientes de autoria, poderá mandar arquivar os autos de
D
inquérito policial.

Em razão do princípio da divisibilidade da ação penal pública incondicionada, admite-se o arquivamento implícito de
E
inquérito policial.

Respostas

1: C 2: C 3: B 4: C 5: C 6: B 7: A 8: E 9: E 10: B 11: B 12: D 13: A 14: E

15: B 16: E 17: D 18: B 19: E 20: B

www.qconcursos.com