Você está na página 1de 8

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO – II ETAPA LETIVA

HISTÓRIA – 5.º ANO/EF – 2018

Caro(a) aluno(a),

É tempo de conferir os conteúdos estudados na II Etapa Letiva e esclarecer suas


dúvidas. Com o estudo diário e a realização de exercícios, você poderá avançar nos seus
conhecimentos.
Preparamos para você atividades que o(a) ajudarão nos estudos para a Avaliação de
Recuperação.

Bons estudos!

I– CONTEÚDOS

POVOS E CULTURAS: MEU LUGAR NO MUNDO E MEU GRUPO SOCIAL

 Cidadania, diversidade cultural e respeito às diferenças sociais, culturais e históricas

 Conjurações

 Monarquia e Constituição

1
ATIVIDADES
Observe as imagens nas páginas 36 e 37 do livro didático.

01. Escolha duas leis da época e ESCREVA um pequeno texto sobre esse assunto. (Em
folha avulsa.)

Leia o texto abaixo.

Revolta do Sal
Entre os séculos XVII e XVIII, o sal foi um importante produto de comércio no Brasil
devido à expansão pecuária e a produção em massa de carnes salgadas para exportação.
Em 1631, a Coroa Portuguesa criou um monopólio do sal no Porto de Santos para
garantir que elevadas quantidades desse produto fossem destinadas a Portugal e aos
países importadores.
A lucratividade que o sal propiciava à Coroa fez com que o preço fosse aumentado
inúmeras vezes. Em algumas ocasiões, os mercadores chegavam a esconder o sal para
simular que esse produto estava em falta e, consequentemente, deixá-lo cada vez mais caro.
Entretanto, os compradores da colônia também eram prejudicados com os reajustes
no preço do sal. De fato, a coroa não se importava em distribuir menos mercadoria para os
habitantes do Brasil e não tomou nenhuma medida para reverter a situação, apesar dos
protestos da Câmara Municipal do Rio de Janeiro e dos consumidores de São Paulo.
Em 1710, diante do descaso das autoridades, Bartolomeu Fernandes de Faria,
paulista proprietário de terras, influenciou um grupo de 200 índios e escravos fortemente
armados para invadir o porto de Santos e distribuir o sal para os consumidores que
careciam do produto.
Disponível em: <http://www.historiabrasileira.net/resumos/revolta-do-sal.htm>. Acesso em: 29 maio 2018.. (Adaptado)

MARQUE com um (X) as alternativas que completam corretamente as frases, nas atividades
02 e 03.

02. A Revolta do Sal refere-se a uma lei criada pelos governantes portugueses com o
objetivo de
( ) controlar o consumo do sal porque esse produto era difícil de ser produzido no
Brasil.
( ) exportar esse produto com preços elevados.
( ) obrigar os colonos a comprar esse produto somente de comerciantes escolhidos
pelo governo português.
( ) forçar Bartolomeu Fernandes de Faria a comprar sal apenas de Portugal.

03. De acordo com a lei, outorgada pela rainha de Portugal, que proibia as atividades das
fábricas, era permitido
( ) fabricação de tecidos de veludo.

( ) fabricação de produtos bordados em ouro e prata.

( ) fabricação de roupas de cetim.

( ) fabricação de tecidos grossos feitos de algodão.

2
04. Leia as informações e faça as atividades.

Disponível em: <http://slideplayer.com.br/slide/5596541>. Acesso em: 29 maio 2018.

Responda.
a) Qual era a função das casas mencionadas acima?

b) O tipo de controle exercido pelas Casas de Fundição funcionava perfeitamente?


JUSTIFIQUE sua resposta.

05. Observe a imagem abaixo.

a) Quem paga e a quem é pago o imposto que aparece na imagem?

3
b) CITE duas maneiras pelas quais os governantes podem utilizar o dinheiro
arrecadado com o pagamento do IPTU.

c) CITE dois outros tipos de imposto que os colonos eram obrigados a pagar além do
imposto cobrado pela extração de ouro.

06 ESCREVA um texto sobre a Conjuração Mineira, de acordo com o esquema abaixo.

 Objetivos:

 Pessoas envolvidas:

 O que aconteceu com os revoltosos:

07. Leia a charge, que representa a derrama.

a) ANALISE a charge, explicando como a


derrama acontecia.

4
08. Sobre a Conjuração Baiana, responda:
a) Em que local do Brasil aconteceu essa revolta?

b) A que classe social pertencia a maioria dos participantes dessa revolta?

c) CITE dois dos principais objetivos dos participantes dessa revolta.

09. Leia a charge abaixo.

ESCREVA um pequeno texto, relacionando essa charge à situação atual dos brasileiros
em relação ao pagamento dos impostos ao governo.

5
10. Analise a tela na pág. 51 do livro didático e faça as atividades.
a) ESCREVA um texto, explicando essa tela.

b) ESCREVA duas mudanças ocorridas após a chegada da Família Real.

c) A chegada da Família Real ao Brasil foi positiva ou negativa? JUSTIFIQUE sua


resposta.

A Família Real chegou ao Rio de Janeiro, onde foi instalada a sede do governo de
Portugal. Com isso, a capital cresceu muito e obteve novas estruturas.

11.

Dom João VI e sua esposa Carlota Joaquina


Disponível em: <https://escolakids.uol.com.br/a-familia-real-portuguesa-no-brasil.htm>. Acesso em: 29 maio 2018.

MARQUE com um (X) uma mudança ocorrida no Rio de Janeiro com a vida da Família
Real para o Brasil.

( ) Diminuição da população.
( ) Fim da escravidão.
( ) Criação do Banco do Brasil.
( ) A proibição da imprensa.
6
12. Releia os textos nas páginas 56, 57 e 58 do livro didático.
a) MARQUE com um (X) as afirmativas corretas e, em seguida, CORRIJA as
incorretas em cada item.
 Sobre os fatos que resultaram na Independência do Brasil.
( ) Os grandes proprietários e comerciantes das capitanias do Nordeste
criticavam D. João VI, afirmando que ele aumentou a cobrança dos
impostos.
( ) D. João VI apoiou o desenvolvimento dos pequenos proprietários nas suas
capitanias.
( ) Os comerciantes apoiavam D. João VI.
( ) D. João VI sempre apoiou os grandes proprietários e os comerciantes.

 Sobre a Insurreição Pernambucana.


( ) Essa revolta atingiu apenas a capitania de Pernambuco.
( ) Participaram desse movimento alguns militares, grandes fazendeiros,
juízos, artesão, comerciantes e padres.
( ) Os líderes dessa Insurreição declararam a independência em relação a
Portugal.
( ) O objetivo da revolta era continuar dependendo da cobrança de Portugal.

 Em 1820, D. João retorna a Portugal e deixa seu filho, Dom Pedro, comandando
o Brasil.
( ) Os grandes fazendeiros e comerciantes apoiaram o governo de Dom
Pedro.
( ) Os grandes fazendeiros e comerciantes procuravam influenciar as
decisões de Dom Pedro.
( ) Dom Pedro declarou a Independência do Brasil em 1500.
( ) Dom Pedro continuou dependendo de Portugal.

A Independência do Brasil significou, para muitos historiadores, um fato


polêmico, pois alguns pensam que houve grandes mudanças para os brasileiros e
outros acham que fez pouca diferença para os brasileiros.

b) ESCREVA sua opinião sobre esse fato, considerando os seus estudos.

7
c) COMPLETE o quadro abaixo, escrevendo com dois fatos que mudaram e dois que
permaneceram na organização do poder do Brasil, após a Independência.

MUDANÇAS PERMANÊNCIAS

 


d) NUMERE os fatos históricos na ordem dos acontecimentos.

( ) Dom João governa o Brasil.

( ) Dom Pedro governa o Brasil.

( ) O Brasil torna-se independente de Portugal.

( ) Dom João vai embora do Brasil.

/gmf