Você está na página 1de 21

Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Um pouco mais sobre nosso trabalho


Vamos nos conhecer melhor?

A IEVC – Invista em você foi criada com o intuito de ajudar pessoas a


crescerem profissionalmente. Nosso trabalho é fazer cada um
enxergar o potencial em conseguir fazer o que quiser e ganhando pra
isso.

Segue abaixo os nossos principais contatos.

Blog: www.ie-vc.com
Instagram: @ievc.invistaemvoce -
www.instagram.com/ievc.invistaemvoce/
Facebook: www.facebook.com/IEVC.invistaemvoce
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Sumário
Um pouco mais sobre nosso trabalho .....................................................................................2
Guia do investidor iniciante .........................................................................................................5
Introdução ............................................................................................................................5
Por que devemos investir a longo prazo? ................................................................................5
Organize suas finanças .............................................................................................................6
Gaste menos do que ganha ..................................................................................................7
Aprenda a poupar seu dinheiro ............................................................................................8
Evite Gastos Supérfluos ........................................................................................................8
Economize de 10% a 20% de sua renda mensal ...................................................................9
Anote seus gastos .................................................................................................................9
Defina seus objetivos .............................................................................................................10
Descobrindo o seu perfil de investidor ...................................................................................11
Saiba quais os tipos de investimentos ....................................................................................14
Renda Fixa ..........................................................................................................................14
Renda Variável ...................................................................................................................15
Investimento direto ou indireto .........................................................................................16
Elabore seu plano de investimento ........................................................................................16
Pergunta 1: Quanto eu devo investir por mês? ..................................................................17
Pergunta 2: Por quanto tempo devo investir o meu dinheiro? ..........................................17
Pergunta 3: Que tipo de investimento vou colocar o meu dinheiro? .................................17
Pergunta 4: Qual será a distribuição de sua carteira de investimentos? ............................18
Comece a investir ...................................................................................................................19
Monitore seus investimentos .............................................................................................19
Dica 1: Sempre reavalie os seus investimentos ..................................................................20
Dica 2: Tente diminuir a quantidade de transações ...........................................................20
Dica 3: Faça investimentos mensais ...................................................................................20
Dica 4: Seja disciplinado e paciente ....................................................................................21
Conclusão ...............................................................................................................................21
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Guia do investidor iniciante

Introdução
Você já parou pra pensar porque algumas pessoas vivem em abundância
financeira e outras vivem passando dificuldades?

A principal diferença destas pessoas é na maneira como elas cuidam do


dinheiro.

O que muita gente não entende, é que ninguém vai cuidar do seu dinheiro
melhor do que você mesmo!

Você precisa aprender a cuidar de suas finanças, caso contrário a chance de


você passar por dificuldades financeiras é grande.

Infelizmente no Brasil não tem o costume de ensinar educação financeira para


as pessoas e isso é péssimo! Acredito que seria uma boa matéria para vermos
durante toda nossa vida escolar. Com certeza, o número de endividados seria
muito menor!

Este e-book tem como objetivo te ensinar os primeiros passos para que você
comece a investir saindo do absolutamente do zero. Ou até mesmo se você
estiver endividado.

Não importa a sua situação... Este e-book vai te auxiliar a conseguir a tão
sonhada independência financeira.

Por que devemos investir a longo prazo?

Todos sabemos que a previdência pública do Brasil é complicada.


Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

O esquema de aposentadoria atual é defasado e nada sustentável. Por esse


motivo, confiarmos no governo para que possamos aposentar é um erro que
não podemos cometer, pois ele pode custar caro.

O teto da aposentadoria pelo INSS no Brasil em 2019 é de R$5.839,45. Ou seja,


se você estiver ganhando R$ 15.000,00/mês e se aposentar, você vai passar a
ganhar 5.839,45!

Você consegue imaginar o impacto negativo no seu padrão de vida que isso
pode ocasionar?

Sem falar que é muito difícil aposentar pelo teto.

Isso porque ainda desconsideramos o fato de que a idade para aposentadoria


está subindo cada vez mais e quem hoje tem entre 20 e 40 anos, não tem nem
ideia se vai conseguir se aposentar.

Considerando tudo isso, é muito importante que você tenha os seus


investimentos para cuidar do seu dinheiro e não dependa de ninguém.

Organize suas finanças


Esta primeira parte foca em te ensinar o básico para que você consiga começar
a fazer seus investimentos. Antes de começar a investir e ter saúde financeira,
você precisa estar com as contas em dia.

Temos o costume de financiar todo tipo de compra... Seja aquela compra no


shopping, o carro.... Enfim, queremos tudo na hora e estamos dispostos a pagar
caro para conseguirmos tudo.

Falo em pagar caro, porque muitas pessoas nem tomam conhecimento dos
juros do empréstimo que pegam ou do rotativo do cartão de crédito...

Simplesmente acreditam que comprar aquilo que ela deseja, é a coisa mais
valiosa e por isso não tem preço alto.
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Você precisa saber quanto ganha e quanto gasta todo mês. Apenas com esses
dados você vai ser capaz de organizar sua vida financeira!

Para organizar sua vida financeira, você primeiro precisa entender os tipos de
dívidas. Podemos falar que existem dois tipos de dívidas: a dívida boa e a dívida
ruim.

Alguns exemplos de dívidas boas são os financiamentos estudantis, imobiliários


e o empréstimo para expansão de empresa. Elas são consideradas dívidas boas
porque podem te gerar mais renda.

Dívida ruim está relacionada ao consumo de bens e objetos que perdem valor
com o tempo. É o tipo de dívida que reduz o seu patrimônio e ainda desfalca
sua carteira.

Celulares, financiamento para compra de automóveis, roupas desnecessárias,


aquelas compras pra levantar o astral, cartão de crédito etc... são ótimos
exemplos de dívidas ruins.

O que você precisa perceber é: Se você tem dívidas sem necessidade,


compromete o seu orçamento pessoal ou familiar e isso pode te custar caro
para alcançar a independência financeira.

O segredo pra você mudar esse cenário e começar a investir, é acabar com as
dívidas. Para isso vou te passar algumas dicas fundamentais.

Gaste menos do que ganha

Não importa se você ganha 900 reais ou 20 mil reais., Você não pode gastar
tudo o que ganha!

Imagine que você ganha 2 mil reais e todo mês consegue guardar 500 reais.
Agora imagine que um amigo seu ganha 20 mil reais e não consegue guardar
nada. Depois de 10 anos, qual deles vai ter mais dinheiro?
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Pois é, quem ganha menos vai ter mais dinheiro depois destes 10 anos.

Você conseguiu entender que o problema não é o quanto você ganha e sim a
forma que você administra o seu dinheiro?

Aprenda a poupar seu dinheiro

Poupar é você não comprar alguma coisa agora para colher no futuro. É a
quantidade da renda que você não gasta e por consequência pode ser usada
em um momento futuro.

Seria como você deixasse de comprar um carro popular agora pra comprar um
carro de luxo no futuro. Basicamente, as pessoas poupam o dinheiro por dois
motivos.

➢ Poder consumir mais no futuro, seja a curto, médio ou longo prazo

➢ Poder enfrentar a saída do período produtivo (época em que


trabalhamos). É a ideia da aposentadoria.

Evite Gastos Supérfluos

Você já parou pra pensar no tanto de coisas que comprou pra usar uma ou
duas vezes e depois nem lembra que existe?

Pois é... a grande maioria das pessoas gastam dinheiro com coisas
desnecessárias.

As pessoas deixam isso acontecer porque confundem desejo com necessidade.


Sempre que isso acontecer é bom você refletir se realmente precisa daquilo que
está comprando.

Quando pensar em comprar alguma coisa, não consuma no calor do momento.


Reflita bastante sua real necessidade de consumir e tome a decisão no dia
seguinte.
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Eu costumo pensar por semanas antes de comprar alguma coisa e quando vejo
que realmente preciso comprar, eu sempre busco o melhor preço.

Economize de 10% a 20% de sua renda mensal

Depois que você organizou a forma com que enxerga e utiliza o seu dinheiro,
chegou a hora de economizar. Separe de 10% a 20% de sua renda mensal para
fazer investimentos.

Se isso parece difícil pra você, comece economizando 5%, depois de algum
tempo economize 10%, depois 15% até chegar a 20%.

Se fizer isso você vai ver o seu patrimônio aumentar.

Uma boa dica é você “se pagar” primeiro. Dessa forma, você evita gastar o
dinheiro com coisas desnecessárias.

Anote seus gastos

Você já deve ter percebido que vai precisar se esforçar muito pra conseguir
atingir a liberdade financeira.

Anotar os seus gastos é fundamental pra conseguir alcançar seu objetivo. Dessa
forma você vai poder analisar seus gastos mensais e analisar quais gastos
desnecessários você está tendo e fica mais fácil de evita-los.

Hoje temos aplicativos como o GuiaBolso , Minhas Economias e Organizze para


podermos anotar todos os gastos no celular.

Se você preferir, pode também optar pelas tradicionais planilhas do Excel ou


anotar tudo em um caderno.
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Defina seus objetivos

Você já parou pra pensar que pode estar tendo dificuldades para economizar
porque não definiu seus objetivos?

Economizar dinheiro só vale a pena quando temos um propósito. Você precisa


ter objetivos para o curto, médio e longo prazo.

Primeiramente vou te falar que por muito tempo eu só queria guardar dinheiro
por guardar, sem objetivo nenhum e eu sempre falhava.

Definir onde você quer chegar pode ser um caminho complicado. Isso porque
envolve pensar em metas e prioridades. Mas acredite... Você precisa saber onde
está indo!

Vamos começar a entender onde você quer chegar com 2 passos simples.

1 – Definir exemplos financeiros. Por exemplo: Comprar uma casa ou um carro

2 – Você precisa ter esse objetivo financeiro bem definido para que você possa
ter ideia de em quanto tempo você vai conseguir alcança-lo. Por exemplo:
Comprar uma casa daqui a 7 anos, comprar um carro daqui a 2 anos.

Para que você consiga definir isso mais fácil, você precisa saber em qual
momento financeiro você está.

Se estiver devendo, está na hora de quitar as dívidas.

Se estiver no zero a zero está na hora de fazer sobrar um pouco

Se está sobrando um pouco, está na hora de investir.


Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Para começar a investir você precisa definir o que gostaria de fazer com esse
dinheiro.

Vou te dar alguns exemplos de objetivos financeiros:

• Comprar uma casa

• Comprar um carro ou moto

• Construir sua reserva de emergência

• Fazer a sua aposentadoria

• Viajar todos os anos

Escreva esses objetivos em um caderno ou agenda. Você conseguir visualizar


todas as suas metas, vai te ajudar a entender o porque de estar guardando
dinheiro.

É importante falar que objetivos financeiros são pessoais. Cada um tem o seu
propósito.

Não se preocupe em qual meta é certo ou errada. O importante é você definir o


seu objetivo.

Pra começar você pode definir uma meta pra curto prazo (até 1 ano), uma meta
pra médio prazo (de 1 a 5 anos) e uma meta pra longo prazo (a partir de 5
anos).

O próximo passo é você descobrir qual o seu perfil de investidor. Vamos nessa?

Descobrindo o seu perfil de investidor

Você sabe o que faz um investidor?


Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Investidor faz o dinheiro trabalhar pra ele. Pra ficar mais fácil de entender, vou
deixar uma imagem famosa que facilita bem a compreensão do que faz um
investidor.

Com base nessa imagem, você consegue definir a maior parte de sua renda?

Eu não quero que você mude de profissão. Você pode facilmente ocupar mais
de um quadrante dessa imagem. Você pode ser um Empregado, dono de
negócio ou autônomo e ser um investidor.

Para definirmos o seu perfil de investidor é necessário colocarmos algumas


considerações.
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Há muitas maneiras de definir o perfil de uma pessoa como investidor. Porém a


maioria das corretoras falam em 3 tipos: o conservador, o moderado e o
agressivo.

Vou deixar algumas características de cada um deles para que você tente
enxergar qual deles se assemelha mais com você.

CONSERVADOR
➢ Quer segurança para investir
➢ Geralmente está próximo da aposentadoria
➢ Pretende usar o dinheiro guardado a curto e médio prazo
➢ Prefere ganhar pouco do que perder dinheiro
➢ Quer ter dinheiro sempre na mão
➢ Não tem muito conhecimento com finanças e tributos

MODERADO
➢ Procura o equilíbrio entre segurança e rentabilidade
➢ Geralmente está longe da aposentadoria
➢ Pretende usar o dinheiro guardado de médio pra longo prazo
➢ Aceita correr determinados riscos para ter mais ganho
➢ Consegue separar quantias para emergências, consumo e planejar a
aposentadoria
➢ Tem familiaridade com finanças e tributos

ARROJADO
➢ Privilegia os ganhos
➢ Está no início da carreira, porém tem certa estabilidade profissional
➢ Não precisa do dinheiro guardado ou prefere usar a longo prazo
➢ Prefere correr mais riscos para ter mais rendimento
➢ Tem recursos suficientes para diversificar investimentos para objetivos
distintos
➢ Atua no setor financeiro, conhece as regras e tem familiaridade com
custos e tributos.

Para poder classificar um investidor nesses 4 tipos, é preciso considerar


principalmente a tolerância de uma pessoa a risco. Por exemplo:
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Imagine que investiu mil reais em uma ação e no final do mês você tinha 600
reais. Você tem estômago pra isso?

É importante falar que essa classificação não leva em consideração a experiência


e o conhecimento do investidor. Saber qual o seu perfil facilita tomar decisões
mais coerentes com os eu estilo. Isso te leva a ter segurança para ganhar mais
conhecimento e lidar melhor com seu dinheiro e com seus investimentos.

Saiba quais os tipos de investimentos


O conceito básico de educação financeira é basicamente fazer o seu dinheiro
render mais mês a mês.

Existem diversos tipos de investimento para que você faça o seu dinheiro
sempre crescer, seja qual for o seu perfil de investidor.

Podemos classificar de maneira simples os investimentos no mercado financeiro


como renda fixa e renda variável.

Renda Fixa

No investimento com renda fixa, você já sabe quanto o seu dinheiro vai render
a partir do momento que fizer a aplicação.

Quando você investe o seu dinheiro, o que está fazendo na prática é empresar o
valor investido para quem emitiu o título. Seja o governo ou empresa privada.

Depois de ter emprestado esse valor para quem emitiu o título por um certo
período. Você receberá o valor que aplicou mais os juros pagos como forma de
remuneração.

São justamente esses juros que vão fazer o seu patrimônio financeiro aumentar.

Os tipos mais comuns de renda fixa são: caderneta e poupança, títulos públicos
federais (chamados de tesouro direto), fundos DI, debêntures e renda fixa.
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Como é um investimento de baixo riso, os ganhos são bem menores em relação


a renda variável.

Normalmente, para quem está iniciando o mais indicado é o tesouro direto. Isso
acontece porque é um investimento simples que da pra começar com pouco
dinheiro e tem um bom rendimento.

Renda Variável

Na renda varável, o investidor não sabe o quanto o dinheiro vai render no


momento da aplicação.

Se o investidor fizer a escolha de sua carteira de investimentos de maneira


criteriosa e avaliando bem, ele consegue rendimentos maiores do que o da
renda fixa.

O mercado de renda variável é caracterizado pelas ações. Por elas terem muitas
variações no curto prazo, o risco de perda de dinheiro é maior do que na renda
fixa.

Para quem não sabe, ação representa uma pequena parcela de uma empresa.
Ou seja, quando você compra a ação de alguma empresa, você se torna sócio
dela.

Mas isso não significa que você vai poder interferir ou ter que trabalhar nessa
empresa. Você apenas comprou uma pequena cota dela e pode lucrar de
acordo com o desempenho da mesma.

Como as ações tendem a acompanhar o desempenho da empresa, se ela estiver


indo bem, o valor da ação tende a subir. Se ela estiver indo mal, o valor da ação
cai.

Quem consegue obter os maiores retornos nesse tipo de investimento são


aqueles que escolhem as melhores ações e investem individualmente. Sendo
assim, estudar é a melhor maneira de ter ganhos nesse tipo de investimento.
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Investimento direto ou indireto

Tanto na renda fixa quanto na renda variável, você pode investir de maneira
direta ou indireta.

Se escolher por investir da maneira direta, você vai comprar o título ou ação
que desejar. A vantagem disso é que não é necessário pagar nenhuma taxa de
administração pra uma corretora.

Se optar pelo investimento indireto, você vai comprar cotas de um fundo que
investe em títulos ou em clube de investimento.

Nesse caso, o investidor precisa de uma corretora que administre os seus


investimentos. Devido a isso, é necessário pagar uma taxa de administração
para as corretoras de valores.

Elas costumam variar na renda fixa em algo de 0,25% a 2% ao ano e em renda


variável de 2% a 4% ao ano.

Se você tiver um pouco de comprometimento, dedicação e vontade de


aprender, você será completamente capaz de escolher as melhores opções de
investimento pra você.

Elabore seu plano de investimento


Quem tem um plano realista de investimento está bem adiantado para pensar
nas aplicações que mais vão se adequar as suas metas financeiras.

Você precisa ter bem claro quais os seus objetivos financeiros e os prazos para
que você consiga atingi-los. É preciso também saber o seu perfil de investido e
como vai variar a sua carteira de investimento.
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Prazos maiores para resgate, te permite deixar uma parte de seus investimentos
em renda variável, pois poderá optar pela compra de ações de empresas que
registram um bom crescimento.

Para começar a investir, você deve responder 4 perguntas importantes

Pergunta 1: Quanto eu devo investir por mês?

Depois de ter organizado suas finanças pessoais, você deve definir o valor que
irá investir.

É importante que defina um valor mínimo para você investir seja ele mês a mês
ou para um investimento inicial maior.

Se você optar por renda fixa, é possível começar com R$30,00 por mês, porém
saiba que é um investimento muito baixo.

Na renda variável não existe valor mínimo. Isso porque é definido pelo preço da
ação no mercado. Mas existem ações que tem cotação abaixo de R$5,00. Mas o
ideal é começar com pelo menos R$1000,00.

Pergunta 2: Por quanto tempo devo investir o meu


dinheiro?

O tempo é importante para você definir o investimento mais apropriado. Isso


porque a quantidade de tempo que o dinheiro ficará aplicado vai funcionar na
rentabilidade e na tributação.

Você será o responsável por definir o tempo de investimento. Isso vai ser feito
de acordo com a sua meta financeira, seja ela de curto, médio ou longo prazo.

Pergunta 3: Que tipo de investimento vou colocar o


meu dinheiro?
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Você vai investir em renda fixa e renda variável.

A medida que for estudando mais o assunto, você vai ver que existem
investimentos que parecem melhores do que outros. Procure sempre respeitar o
seu perfil de investidor de escolher uma aplicação financeira.

Você sempre deve se fazer essa pergunta, pois como já falamos, o seu perfil de
investidor pode variar com o tempo e conhecimento.

Pergunta 4: Qual será a distribuição de sua carteira


de investimentos?

Carteira de investimentos é como você vai distribuir os seus investimentos. Qual


valor vai pra renda fixa, qual valor vai pra renda variável e ainda quais títulos e
ações comprar.

Você pode ter uma carteira de investimentos com 100% do capital em renda
varável ou 100% em renda fixa. Pode até mesmo variar essa porcentagem,
definindo um valor para renda fixa e outro para renda variável.

Vou deixar alguns exemplos para carteiras de cada perfil de investidor

➢ Conservador: 75% em renda fixa e 25% em renda variável.

➢ Moderado: 50% em renda fixa e 50% em renda variável.

➢ Agressivo: 25% em renda fixa e 75% em renda variável.

Para você ter uma carteira mais agressiva, é preciso ter mais conhecimento.

Portanto, analise e estude bastante como vai começar.


Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Comece a investir
O primeiro passo para começar a investir é escolher uma corretora de valores
que esteja cadastrada na BM&F Bovespa para que possa realizar suas aplicações
financeiras.

Hoje temos opções de corretoras como ModalMais e Easynvest, que você pode
fazer o seu cadastro pelo celular. Mas existem diversas outras.

O que diferencia as corretoras são 3 pontos:

➢ Taxas e comissões cobradas pela corretora

➢ Estabilidade do sistema de compra e venda

➢ Bom atendimento

Depois de levar em consideração esses fatores, chegou a hora de investir. O


processo é simples.

Basicamente você fará uma TED ou DOC para a conta da corretora e assim que
o dinheiro estiver disponível na conta, você poderá fazer seus investimentos
através da plataforma da corretora.

Você fará a escolha de onde irá investir, por isso pense bem onde irá colocar
seu dinheiro e analise os ganhos e riscos.

Monitore seus investimentos

Depois de todos esses passos, você já será um investidor e uma parte


importante para que você sempre tenha ganhos, é o monitoramento de sua
carteira de investimentos.

Ter o hábito de acompanhar como estão indo os seus investimentos ajuda você
a entender as variações do mercado.
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Vale a pena você começar pequeno e ir analisando seus ganhos e perdas para ir
sempre melhorando.

Existem 4 dicas práticas e funcionais para te auxiliar a gerenciar seus


investimentos.

Dica 1: Sempre reavalie os seus investimentos

Faça uma reavaliação geral de sua carteira de investimento mensalmente. Só


assim vai ser possível saber se está indo tudo conforme o planejado.

O mercado financeiro está em constate mudança e você precisa saber como


está andando a sua carteira de investimento.

Dica 2: Tente diminuir a quantidade de transações

Além dos custos com TED e DOC que algumas contas bancárias têm, você
também terá despesas com as transações da corretora, portanto vale a pena
considerar isso.

Pense bem, suponhamos que você irá comprar um título do tesouro direto de
R$30,00 e seu banco cobra uma tarifa de R$9,00 pra TED ou DOC. Não vale a
pena fazer uma transação dessa, pois o rendimento nem irá cobrir o custo da
transação.

Se esse for seu caso, vale a pena juntar mais dinheiro na poupança, para depois
transferir para o tesouro direto.

Dica 3: Faça investimentos mensais

Se você tiver o hábito de investir regularmente, pequenas quantias podem se


transformar em grandes fortunas a longo prazo.

Procure investir no começo do mês para que não gaste o dinheiro do


investimento com outras coisas.
Garanta sua aposentadoria sem depender do governo

Dica 4: Seja disciplinado e paciente

Ninguém constrói grandes fortunas da noite pro dia.

Siga o seu plano de investimentos e espere atingir seus objetivos. Se tiver


disciplina o resultado é inevitável!

Conclusão
Com o aprendizado deste e-book, você será capaz de investir. Leia ele quantas
vezes achar necessário.

Lembre-se de sempre estudar esse ramo, pois assim você vai conseguir atingir
os seus objetivos mais rapidamente e não perder tempo e dinheiro.

Caso você tenha interesse em aprender sozinho, no nosso blog sempre


postamos dicas gratuitas de investimentos. Vale a pena você acompanhar.

Se você preferir pegar um atalho e não cometer alguns erros inevitáveis para os
iniciantes, eu recomendo que você de uma olhada no treinamento que vou
deixar aqui.

Abraços