Você está na página 1de 1

HISTÓRIA DE ARÃO

Ele compareceu com Moisés a Faraó, realizando sinais na presença desse rei,
e sendo também instrumento de Deus em outros maravilhosos casos: jogando a vara
no chão a qual veio a ser transformada em serpente (Êxodo 7:10). Na batalha contra
Amaleque, Arão e Hur, sustentaram a Mão de Moisés para que Israel fosse vitorioso
(Êxodo 17:12).

2.2 A FRAQUEZA DE ARÃO

Quando Moisés subiu ao monte Sinai, Arão foi persuadido pelo povo a fundir
um bezerro de ouro para adoração, e por esse procedimento foi severamente
censurado. Moisés orou, e obteve o perdão de Deus para o povo e Arão
(Deuteronômio 9:20).
O murmúrio de Arão e Miriam contra Moisés teve, talvez, sua origem na má
vontade de Miriam, mas não persistiu por muito tempo (Números 12). Em Meribá
pecou ele e Moisés (Números 20:10), e parece que a sua morte se deu pouco depois
no monte Hor, morreu aos 123 anos. A casa de Israel chorou sua morte durante 30
dias, (Números 20:29).