Você está na página 1de 6

Métodos de Produção de Gans

13/07/2019 11:05

Mayara M B

Todo leitor novo que se depara com a Tecnologia Keshe irá em algum ponto de sua pesquisa,
se deparar com a curiosidade de saber o que é Gans e como se faz essa substancia tão citada
pelos estudantes veteranos.
A primeira questão é teórica, em resumo posso explicar o que é: Gans são moléculas de gases
em tamanho nanométrico que estão no estado solido, mesmo em temperatura ambiente*.
São usados em praticamente todos os aparelhos e experimentos da Tecnologia Keshe,
servem para tratamentos de saúde, para gerar energia, campos magnéticos, são usados para
nutrir plantas e aumentar a produção, dentre outras inúmeras aplicações.
* Há outras teorias sobre a estrutura dos ganses, que serão apresentadas em um futuro artigo.

A segunda questão é pratíca, e o novo estudante poderá fazer os ganses de 3 maneiras, com
eletrodos de cobre revestido, com bastões de carbono e pelo método químico.
Com exceção do método químico, os outros dois modos são semelhantes, onde so se
diferenciam no uso de um eletrodo. O esquema abaixo demostra como o sistema de
produção de gans é feito:

Gans produzido com bastões de Carbono (grafite).


Fonte: IndiaMart

Texto transcrito do 119º Workshop da Fundação Keshe. O estudante da fundação Arvis


discorre sobre o processo de produção dos ganses, e relata os resultados que teve ao
substituir os eletrodos revestidos por bastões de grafite.
OBS: Este método já foi relatado outras vezes, e nos serve para um futuro estudo sobre as
estruturas moleculares dos eletrodos usados no processo.
Nesse método os parâmetros eletrodo (um somente) e sal podem ser combinados.

Tecnologia de Grafite.
Baseado no 119o Workshop da Fundação Keshe.
Reeditado por Mayara Bastos.

Durante o workshop 119o da Fundação Keshe nós vimos que a camada de Nano revestimento
do cobre ainda é um grande problema na produção Gans. Ela sai da placa e as pessoas não
podem produzir Gans de boa qualidade. Se você colocar seus eletrodos (placas) fora de seus
recipientes, leva muito tempo para produzir Gans (Mas produz). Precisamos de algo mais
rápido e uma maneira mais eficaz para produzir Gans.
Estamos felizes em compartilhar nossa nova tecnologia para a produção de Gans de alta
qualidade. Com ela não importa que tipo de Gans você quer produzir, seja Zn/ CO2, CuO, FeO
ou até mesmo de comida. Temos feitos uma enorme quantidade de testes com Gans, e agora
estamos prontos para compartilhar nossos resultados com todos.
Tudo começou há algum tempo, no outubro passado (2015), quando tentávamos entender o
que é o nano revestimento e o que podemos usar em qualquer produção de Gans.
Nossa pergunta era: "Será que existe carbono na eletrólise que ocorre entre o Ferro e Cobre
Nano Revestido dentro da água salgada? ".
A camada preta no Cobre pode ser feita de CuO? Ou talvez seja uma Camada de carbono que
faz todo o processo acontecer? Keshe nos ensina que o nano revestido do cobre tem estrutura
hexagonal. (Assim como do grafeno).
Confira as informações sobre como fazer o revestimento com soda cáustica. A Superfície de
Cobre revestido neste processo tem que ser tratada com óleo, cera ou laca. Após tratamento
há uma melhora na estética e na aparência (o cobre fica brilhante, reluzente), mas isso
também melhora as propriedades de resistência a corrosão e antifricção dos materiais nano
revestidos, e não terá mais problema no uso desse nano revestimento na eletrólise (sistema de
produção de gans).
As camadas do nano revestimento do cobre, de acordo com Keshe, são feitas de óxido de cobre
(CuO preto), cobre e carbono. Mas há ainda um problema no controle do processo de produção
de Gans. Podemos observar que sempre teremos diferentes resultados, que dependem da
temperatura, do tipo de sal, da pureza dos materiais (eletrodos), da energia utilizada na
eletrólise, etc. Por isso vemos diferentes Ganses que são produzidos por cada pessoa de forma
distintas, porque cada um de nós usa materiais diferentes em vários tipos de condições. Por
exemplo, o Ferro, os óxidos de ferro podem ter diversas cores por causa de diferentes condições
de pH, onde sete tipos de cores desse óxido podem ser obtidas. Eles podem mudar a sua forma
cristalina do óxido metálico.
Uma estrutura cristalina simples é formada em ácido forma, mas em meio alcalino a estrutura
é mais complexa. O óxido de obre (II) ou o óxido de cobre preto tem uma estrutura cristalina
semelhante estrutura do grafite. Quando você nano reveste as bobinas de cobre com fogo, você
vê claramente as cores do arco-íris saindo do fogo e a bobina fica preta rapidamente. Esta
propriedade (de cor?) é também comum no cobre e como nos cristais de grafite, o qual é uma
das diferentes formas de carbono. Cristais de grafite também tem arranjo de estruturas
hexagonais como uma forma de colmeia de Abelhas formando camadas hexagonais em rede.
Se puder separar essas camadas de grafite em camadas únicas, pode-se criar redes (cristais)
de óxido de Grafeno (IR) supercondutores, super-resistente e, ao mesmo tempo superelástico.
Assim podemos começar a testar um sistema de captura com um simples bastão de carbono
no lugar do cobre revestido, tão grande foi a nossa surpresa, quando percebemos que funciona
muito bem e dá resultados mais convenientes.
Perguntei Arvis: '' Como você descobriu isso? ''
Ele sorriu e disse: '' Estava na frente dos meus olhos o tempo todo, na minha mesa de trabalho,
mas eu estava cego demais para ver. Embora o Carbono é a base de toda a vida do planeta
Terra e o quarto elemento mais abundante no Universo. Pode ser macio como no lápis e duro
como no diamante, carbono tem várias formas, ou isótopos (C14) e (C12), dióxido de carbono
(CO2), o qual está presente no ar. Existem muitos compostos diferentes de carbono, a maioria
dos produtos químicos contem carbono. É exatamente como Keshe disse, não precisa do fio de
cobre (revestido). Agora eu posso entender melhor o que ele queria dizer com isso. De repente,
percebi como é enorme a gama de aplicações de tecnologia Keshe, em qualquer aspecto da
vida Humana. Entendi que é tão maravilhosamente simples, fácil de usar por todos, e até
portátil.
Gans produzido com cobre nano revestido com carbono.

Fonte: Laboratório da Fundação

Este tipo de sistema de produção de gans é o mais usado atualmente.


Ele é montado com dois eletrodos metálicos, onde um deles é obrigatoriamente um eletrodo
de cobre nano revestido. Esse revestimento é feito previamente nos fios ou placas de cobre,
que depois de revestidos ficam com uma camada preta (de carbono e CuO) na superfície.
O segundo eletrodo pode ser de qualquer outro metal ou também um outro de cobre
revestido.
Nesse método os parâmetros eletrodos e sal podem ser combinados

Gans produzido com bases (NaOH ou KOH)


Fonte: Youtube

Esse tipo de sistema é inteiramente químico, sem nenhum tipo de eletrodo. Não é muito
usado na Tecnologia Keshe, porém o método é muito antigo, com registros em várias
culturas como: egípcia, judaica, chinesa, indiana, da Europa ocidental, etc. Era denominado
de diversas formas: Ormus, ORME, Maná, Quinto Elemento, Quinta essência e por aí vai.
O sistema de produção é constituído por: Água destilada, Bases, Sais e dois frascos de
vidro.

Basicamente as etapas de produção são:


 Diluir um sal na água destilada dentro de um dos frascos e reservar.

 Diluir uma base na água destilada no outro frasco.

 Com o auxilio de um bastão de vidro e uma pipeta, as duas substancias são


misturadas. E o gans se forma instantaneamente.
Nesse método os parâmetros base e sal podem ser combinados.