Você está na página 1de 2
Sociologia Volume Único | Unidade 3 | Capítulo 11 A religião no mundo contemporâneo
Sociologia Volume Único | Unidade 3 | Capítulo 11
A religião no mundo contemporâneo

Sugestão 1

É possível definir crença?

Antes da atividade, destaque os seguintes pontos:

Este capítulo merece atenção especial por lidar com tema de grande potencial polêmico, a re- ligião. Tome cuidado com juízos de valor que possam ser exacerbados. Oriente os alunos, pois

o

objetivo do capítulo é discutir as instituições e as manifestações religiosas, e não os dogmas

e

crenças pessoais.

Optamos por abordar a religião por meio da Sociologia e da Ciência Política. Contudo, conside- ramos que a Antropologia seja um caminho favorável para a discussão do tema.

Pergunte à turma o que entende por religião e compare as definições iniciais com aquelas presen- tes no Glossário (p. 315). Em seguida, converse com os alunos sobre como se posicionar em relação às diferenças de concepção, enfatizando a importância da tolerância religiosa.

Sugestão 2

O sagrado e o profano

Antes da atividade, destaque os seguintes pontos:

Diferenciações entre elementos e atitudes considerados sagrados e aqueles considerados comuns ou profanos. Este último termo pode ser interpretado em sentido pejorativo, sendo preciso desmistificar tal compreensão junto com a classe.

Proponha visitas a diferentes igrejas que se localizem nas proximidades da escola para captação de imagens fotográficas e de audiovisuais. Os alunos deverão observar: 1) o interior das igrejas, atentan- do para a presença ou não de símbolos (como estátuas, quadros etc.; 2) o vestuário dos participan- tes dessas comunidades religiosas; 3) o entorno, a fim de identificar a relação estabelecida com os vizinhos. No caso da captação audiovisual, vale a pena incentivar os alunos a fazer captação sonora, privilegiando cânticos, orações e depoimentos. É importante lembrar a necessidade de pedir autori- zação às pessoas que serão fotografadas ou filmadas (no final deste Manual há dois modelos de soli- citação de autorização). Essa atividade é favorável para o desenvolvimento de um trabalho de campo com enfoque na Antropologia Visual. Os jovens estão acostumados com a linguagem visual, manipu- lam com facilidade os equipamentos eletrônicos e têm grande interesse no registro audiovisual do cotidiano. Uma vez que a saída a campo requer o uso de equipamentos eletrônicos, sugerimos que o professor faça um levantamento prévio com a coordenação pedagógica da escola a fim de garantir apoio técnico para a realização da atividade. Proponha como contrapartida uma exposição fotográ- fica ou um documentário sobre as religiões do bairro. Sugira uma exibição desse material à comuni- dade em um evento cultural.

Também é importante consultar os familiares dos alunos, pois a atividade envolve a saída do grupo do âmbito escolar, além da apresentação de uma realidade que pode ser conflitante com a do núcleo familiar.

Se o professor tiver habilidade com a captação de imagens fotográficas e audiovisuais, ou sentir inte- resse em desenvolvê-la, sugerimos que registre a saída do grupo a campo e construa a sua visão do trabalho desenvolvido pelos alunos. É um outro olhar sobre a mesma experiência.

Sociologia Volume Único | Unidade 3 | Capítulo 11 A religião no mundo contemporâneo
Sociologia Volume Único | Unidade 3 | Capítulo 11
A religião no mundo contemporâneo
Sugestão de leitura SM Amigos de fé Monique Gilbert [França] Tradução Claudio Figueiredo ISBN 85-7675-128-3
Sugestão de leitura SM
Amigos de fé
Monique Gilbert [França]
Tradução Claudio Figueiredo
ISBN 85-7675-128-3
Temas Religiões • Tolerância
Por que as religiões têm tamanho impacto na história da humanidade? Por que as
pessoas não podem manter suas crenças e conviver em paz? Seguindo a máxima
de “conhecer para respeitar”, esse livro apresenta uma narrativa ficcional, porém
genuína, sobre diversidade religiosa mediante a descrição do cotidiano de inúmeras
personagens: os judeus Benjamim e Sara, os católicos Mateus e Clara, os muçulma-
nos Karim e Leila, e os protestantes Téo e Ana.
Monique Gilbert é uma jornalista francesa que se dedicou, ao longo de sua carreira,
a fazer reportagens sobre a cultura, os costumes e as paisagens de comunidades
distantes e desconhecidas. Sua preocupação, como mulher e mãe, sempre foi a de
agir diante da realidade combatendo a ignorância das crianças diante das diferenças
religiosas existentes.
Edições SM