Você está na página 1de 7

70 Frases de Eça de Queiroz

by Cedra Ragn
All Rights Reserved. No part of this publication may be reproduced in any form or by any
means, including scanning, photocopying, or otherwise without prior written permission of
the copyright holder. Copyright © 2012

Caio Junqueira Netto Júnior (sob pseudônimo)

75 Frases de Benjamin Franklin


75 Frases de Abraham Lincoln
65 Frases de Pitágoras
75 Pensamentos de Santo Agostinho

Índice
Intro
Frases
Conclusão
Intro
Meu avô sempre dizia: "Ainda não leu Eça de Queiroz? Sorte sua. Ainda terá o prazer de descobrí-lo!"

Eça de Queiroz é um dos maiores escritores da língua portuguesa. Provavelmente é o maior contista português.

Seguem 70 frases de seu espírito irônico e crítico de costumes.


Frases
“Não se descuide de ser alegre - só a alegria dá alma e luz à Ironia, à Santa Ironia - que
sem ela não é mais que uma amargura vazia.”
“Em Portugal quem emigra são os mais enérgicos e os mais rijamente decididos; e um país
de fracos e de indolentes padece um prejuízo incalculável, perdendo as raras vontades
firmes e os poucos braços viris.”
“A arte idealista esquece que há no homem - nervos, fatalidades hereditárias, sujeições às
influências determinantes de hora, alimento, atmosfera, etc.; irresistíveis «teimas» físicas,
tendências de carnalidade fatais; resultantes lógicas de educação; acções determinantes ao
meio, etc., etc.”
“No fundo, nós somos todos fadistas: do que gostamos é de vinhaça e viola e bordoada, e
viva lá sô compadre (acerca os portugueses)”
“A ciência realmente só tem alcançado tornar mais intensa e forte uma certeza: - a velha
certeza socrática da nossa irreparável ignorância. De cada vez sabemos mais - que não
sabemos nada.”
“Eu sou um artista, não um crítico: não tenho análise tenho emoção.”
“Para chorar é necessário ver. A mais pequenina dor que diante de nós se produza e diante
de nós gema, põe na nossa alma uma comiseração e na nossa carne um arrepio, que lhe não
dariam as mais pavorosas catástrofes passadas longe, noutro tempo ou sob outros céus.”
“A arte é um resumo da natureza feito pela imaginação.”
“Na arte, a indisciplina dos novos, a sua rebelde força de resistência às correntes da
tradição, é indispensável para a revivescência da invenção e do poder criativo, e para a
originalidade artística.”
“Os que sabem dar a verdade à sua pátria não a adulam, não a iludem, não lhe dizem que é
grande, porque tomou Calicute; dizem-lhe que é pequena porque não tem escolas. Gritam-
lhe sem cessar a verdade rude e brutal. Gritam-lhe: tu és pobre, trabalha! tu és ignorante,
estuda!, tu és fraca, arma-te!”
“Com o fisco, paga-se sempre e nunca se questiona, porque naturalmente depois é-se
obrigado a pagar mais.”
“A agricultura aqui (em Portugal) é a arte de assistir impassível ao trabalho da natureza.”
“Aqui importa-se tudo. Leis, ideias, filosofias, teorias, assuntos, estéticas, ciências, estilo,
indústrias, modas, maneiras, pilhérias, tudo vem em caixotes pelo paquete. A civilização
custa-nos caríssimo, com os direitos de Alfândega: e é em segunda mão, não foi feita para
nós, fica-nos curta nas mangas...”
“O amor, (...), como tu sabes é feito de muitos sentimentos diferentes. Alguém escreveu,
creio que até fui eu - que era uma bela flor com raízes diversas. Ora quando uma dessas
raízes é a estima absoluta pode ele ao fim de longos anos secar pelas outras raízes mas
permanecer vivo por essa.”
“O jornal exerce todas as funções do defunto Satanás, de quem herdou a ubiquidade; e é
não só o pai da mentira, mas o pai da discórdia.”
“Ser bacharel - uma qualidade que se exige para tudo, e que se não respeita para coisa
nenhuma.”
“Que mérito há em amar os que nos amam?”
“Na arte, quando forte fina e superior, a simplicidade resulta sempre de um violento
esforço. Não se coordena com clara inteligência uma concepção, não se atinge uma
expressão fácil, concisa e harmoniosa, sem longas e tumultuárias lutas em que arquejam
juntos, espírito o vontade.”
“O Brasileiro é o Português - dilatado pelo calor.”
“Nunca houve numa «vida única» uma «afeição única»: e se nos parece que há casos em
que houve é que essa vida não durou o bastante para que a desilusão e a mudança se
produzisse, ou quando se produziu ficou orgulhosamente guardada no segredo do coração
que a sentiu.”
“É necessário acutilar o mundo oficial, o mundo sentimental, o mundo literário, o mundo
agrícola, o mundo supersticioso - e com todo o respeito pelas instituições que são de
origem eterna, destruir «as falsas interpretações e falsas realizações» que lhes dá uma
sociedade podre. Não lhe parece Você que um tal trabalho é justo?”
“O amor é essencialmente perecível, e na hora em que nasce começa a morrer. Só os
começos são bons.”
“Para ensinar há uma formalidade a cumprir - saber.”
“A todo viver corresponde um sofrer.”
“Os políticos têm todos a mesma política.”
“Nada dá tanta ideia da constância de carácter, como a firmeza de caminhar. Uma alemã,
uma inglesa, anda como pensa - direita e certa. As nossas raparigas, constantemente
sentadas e aninhadas, quando têm de se pôr a pé e de marchar, gingam e rolam.”
“Chorai!, chorai! Enquanto a mim, a dor sufoca-me.”
“É o comer que faz a fome.”
“A canção, expressão da melancolia, do amor, do entusiasmo, só morrerá se estes
sentimentos morrerem; ela é, como o suspiro, como o grito, um dos movimentos naturais
da alma.”
“Esse mal incurável que é a sua Alma.”
“Com a mania francesa e burguesa de reduzir todas as regiões e todas as raças ao mesmo
tipo de civilização, o mundo ia tornar-se numa monotonia abominável. Dentro em breve
um touriste faria enormes sacrifícios, despesas sem fim, para ir a Tumbuctu - para quê?
Para encontrar lá pretos de chapéu alto, a ler o Jornal dos Debates.”
“Não há ideia mais consoladora do que esta - que eu, e tu, e aquele monte, e o Sol que,
agora, se esconde são moléculas do mesmo Todo, governadas pela mesma Lei, rolando
para o mesmo Fim.”
“O riso é uma filosofia. Muitas vezes o riso é uma salvação. E em política constitucional,
pelo menos, o riso é uma opinião.”
“Quando se quer mostrar a beleza de um cristal, movendo-o muito com os dedos - quase
sempre se finda por lhe empanar a transparência e o brilho casto.”
“Houve um filósofo que deixou aos infelizes esta máxima: Se a tua dor te aflige, faz dela
um poema.”
“A separação (temporária) tem isto de bom - que põe em relevo e torna interessantes mil
pequenas coisas da vida daqueles que amamos - que até aí, todos os dias vistas, quase se
não percebiam.”
“Com o longo volver dos tempos, os nobres gênios que fizeram vibrar mais fortemente a
alma do seu tempo, passam pouco a pouco a ser apenas - o estudo dos comentadores.”
“O campo, na verdade, só é agradável com família, e toda a árvore é triste se na sua
sombra não brinca uma criança.”
“Quem sem descanso apregoa a sua virtude, a si próprio se sugestiona virtuosamente e
acaba por ser às vezes virtuoso.”
“Nas nossas democracias a ânsia da maioria dos mortais é alcançar em sete linhas o louvor
do jornal. Para se conquistarem essas sete linhas benditas, os homens praticam todas as
ações - mesmo as boas.”
“O homem põe tanto do seu carácter e da sua individualidade nas invenções da cozinha,
como nas da arte.”
“O maior espetáculo para o homem será sempre o próprio homem.”
“Não haveria o direito de vencer, se não houvesse o direito de perdoar.”
“O amor eterno é o amor impossível. Os amores possíveis começam a morrer no dia em
que se concretizam.”
“Nestas Democracias industriais e materialistas, furiosamente empenhadas na luta pelo pão
egoísta, as almas cada dia se tornam mais secas e menos capazes de piedade.”
“Homem, que fizeste tu da alma?”
“O riso é a mais útil forma da crítica, porque é a mais acessível à multidão. O riso dirige-se
não ao letrado e ao filósofo, mas à massa, ao imenso público anónimo.”
“A arte oferece-nos a única possibilidade de realizar o mais legítimo desejo da vida - que é
não ser apagada de todo pela morte.”
“Os políticos e a as fraldas são semelhantes, possuem o mesmo conteúdo”
“Os tristes, os deserdados, os pobres, os oprimidos, quando tudo lhes falta, o pão, o lume, o
vestido, têm sempre, no fundo da alma, uma cantiga pequena que os consola, que os
aquece, que os alegra. É a última coisa que fica no pobre. E então a cantiga vale mais do
que todos os poemas.”
“É o coração que faz o caráter.”
“Nos amores deste mundo, desde Eva, ha sempre um que ama e outro que se deixa amar”
“Hoje que tanto se fala em crise, quem não vê que, por toda a Europa, uma crise financeira
está minando as nacionalidades? É disso que há-de vir a dissolução. Quando os meios
faltarem e um dia se perderem as fortunas nacionais, o regime estabelecido cairá para
deixar o campo livre ao novo mundo económico.”
“A cordialidade é a quarta virtude teologal, apesar de não vir mencionada na cartilha.”
“A criança portuguesa é excessivamente viva, inteligente e imaginativa. Em geral, nós
outros, os Portugueses, só começamos a ser idiotas - quando chegamos à idade da razão.
Em pequenos temos todos uma pontinha de génio.”
“Quando não se tem aquilo que se gosta é necessário gostar-se daquilo que se tem.”
“A caricatura é o espelho que engrossa as feições e torna os objectos mais salientes.”
“O coração tem os seus «elans», mas a vida tem também os seus cerimoniais.”
“Eu não sou um moralista: sou um artista; o artista é um ser nefasto - que não é
responsável pelas suas fantasias, nem pelas suas vinganças.”
“Políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos pelo mesmo motivo.”
“Os diletantes são-no geralmente de ideias ou de emoções - porque para compreender
todas as ideias ou sentir todas as emoções basta exercer o pensamento ou exercer o
sentimento, e todos nós, mortais, podemos, sem que nenhum obstáculo nos coarcte, mover-
nos liberrimamente nos ilimitados campos do raciocínio ou da sensibilidade.”
“Logo que na ordem económica não haja um balanço exacto de forças, de produção, de
salários, de trabalhos, de benefícios, de impostos, haverá uma aristocracia financeira, que
cresce, reluz, engorda, incha, e ao mesmo tempo uma democracia de produtores que
emagrece, definha e dissipa-se nos proletariados.”
“A caricatura é mais forte que as restrições e que as proibições. É imortal porque é uma das
facetas daquele diamante que se chama verdade.”
“Em Portugal a emigração não é, como em toda a parte, a transbordação de uma população
que sobra; mas a fuga de uma população que sofre.”
“Os sentimentos mais genuinamente humanos logo se desumanizam na cidade.”
“Quem não conhece o poder da oração, é porque não viveu as amarguras da vida!”
“Curiosidade: instinto que leva alguns a olhar pelo buraco da fechadura, e outros a
descobrir a América.”
“A arte é tudo porque só ela tem a duração - e tudo o resto é nada! As sociedades, os
impérios são varridos da Terra, com os seus costumes, as suas glórias, as suas riquezas.”
“As crianças são os únicos seres divinos que a nossa pobre humanidade conhece. Os outros
anjos, os das asas, nunca aparecem. Os santos, depois de santos ficam na Bem-
Aventurança a preguiçar, ninguém mais os enxerga. E, para concebermos uma ideia das
coisas do Céu, só temos realmente as criancinhas...”
“Em política a caricatura é de boa guerra. É uma arma terrível, mas não desleal, porque, se
exagera o falso, é para impedir que haja alguém que caia nele; a caricatura diz de mais para
que nós digamos apenas o suficiente.”
“Não pode haver ligação de almas onde não exista identidade de ideias, de crenças e de
costumes.”

Conclusão

Obrigado por comprar nosso livro. Qualquer sugestão, por favor, enviar e-mail para:

caitoj@hotmail.com

Abraços,

Caito

Veja também:
55 Mensagens de Cristo
65 Pensamentos de Buda
70 Frases de Victor Hugo
Desembaralhando a História através de Filmes - parte 1
De Niro e Scorcese: Lista de Filmes
27 Molhos Fáceis de Receitas Chiques
25 Receitas Tradicionais de Saladas
Os 150 Verbos Mais Procurados do Italiano
25 Receitas Fáceis com Milho
Bolos 25 Receitas Fáceis
10 Receitas Triviais Brasileiras com Frango
outros: