Você está na página 1de 56

LEITURA INTELIGENTE

TÉCNICAS DE LEITURA E APRENDIZADO


ACELERADO
A LENO OLIVEIRA

Copyright © 2017. aleno@alenooliveira.com.br

Visite o website do autor para mais dicas de leitura:

http://www.alenooliveira.com.br

Ou o canal no Youtube: Aleno Oliveira


SUMÁRIO
Contate-me e inscreva-se no canal no YouTube! ......................... 5
Material de apoio gratuito ................................................................... 7
Introdução .................................................................................................... 7
Leitura ............................................................................................................ 9
Por que você deve ler loucamente................................................. 9
Esticadas de mente ........................................................................... 13
O que é a leitura inteligente? ........................................................ 15
Quais tipos de livros que você deve ler .................................... 26
E-books e Audiolivros são livros ................................................. 28
E-books ............................................................................................. 29
Audiolivros ...................................................................................... 30
Como desenvolver o hábito da leitura ........................................... 33
Aprendizagem.......................................................................................... 35
O maior inimigo da memória: ilusão da fluência .................. 36
Revisão ativa........................................................................................ 39
Distribuição Espaçada ..................................................................... 41
Leitura ativa ......................................................................................... 42
Ensine-se ou a alguém ..................................................................... 44
Bons hábitos de aprendizagem......................................................... 45
Cochile e durma e você aprenderá ........................................ 45
O ambiente apropriado para aprender................................ 46
Multitarefas ..................................................................................... 47
Música apropriada........................................................................ 48
Rotina de leitura ..................................................................................... 49
Como criar o hábito da leitura?Erro! Indicador não
definido.
Conclusão................................................................................................... 51
Outras obras ............................................................................................. 52
O que você deve ler em seguida? ................................................... 55
Sobre o autor ............................................................................................ 56
CONTATE-ME E INSCREVA-SE NO CANAL
NO YOUTUBE!
Olá! Primeiramente, muito obrigado por ler este pequeno
livro! Espero, de coração, poder te apresentar algumas
informações úteis que você possa levar para sua vida!

Será uma leitura bem rápida, sem muita divagação!


Concentre-se em realmente aplicar algumas das técnicas e
dicas que você verá aqui que você sentirá a diferença na hora
de ler, estudar e aprender.

“Ah, essa dica aqui vou passar a utilizar a partir de agora. Vou
ter cuidado com isso aqui também.”

Algumas você já conhecerá; algumas outras, não.

Se você ainda não tem o hábito da leitura diária, eu vou te


mostrar de forma muito simples como você pode adquiri-lo! É
o último tópico desse ebook!

Caso saia com essa percepção ao final do livro, deixaria uma


avaliação na Amazon ao final de leitura? ☺

Críticas, sugestões, elogios – tudo será levado em


consideração para melhorar este pequeno livro.

Se você quiser entrar em contato comigo, só me acessar


através das mídias sociais Facebook, Twitter ou através do e-
mail aleno@alenooliveira.com.br.

Em meu canal no Youtube (/AlenoOliveira), temos três séries


de vídeos:
Resenha prática: vemos as melhores ideias de grandes livros
de educação financeira, habilidades sociais, oratória, negócios,
filosofia, entre outros, focando que você as leve para a vida
real, como exemplo:

• Pai Rico, Pai Pobre – Robert Kiyosaki


• Como fazer amigos e influenciar pessoas – Dale
Carnegie
• O poder do hábito – Charles Duhigg

Superideias: nesta série, vemos grandes ideias dos mais


diversos temas, como aprendizagem, produtividade, foco, etc:

• Como APRENDER A APRENDER mais rápido;


• MINICURSO DE LEITURA DINÂMICA: Como ler 4x
mais rápido;
• Como ler de forma INTELIGENTE: o vídeo desse
ebook!

Fora da rota: entrevista com pessoas que fugiram da rota da


sociedade e fizeram diferente:

• Levi Castelo Branco: Como abandonou o Direito e


seguiu carreira musical
• José Albano, O Viajante Solitário - O Brasil de Moto;
• Marília Aranha: Largando os Concursos para a
Organização Profissional

No Instagram (@alenooliveira), compartilho um pouco da


minha vida, além de outras grandes ideias à medida que vou
lendo e vivendo. Inscreva-se e me siga lá!

Se quiser recomendações de leitura e os melhores livros para


ler separados por categorias, acesse meu blog aqui -
http://alenooliveira.com.br.
Ficarei muito feliz com seu feedback de como poderia
melhorar mais esse livro e os próximos, bem como qualquer
comentário ou simplesmente para mandar um “oi”! Eu
gostaria de te conhecer!

Material de apoio gratuito


Como parte do meu outro livro “Hábitos Super-humanos:
Um Guia Prático e Rápido Para Mudar Seus Hábitos”
(Avaliação 4.9/5 na Amazon), foi criado o Caderno para
Instalação de Hábitos, como um material de apoio ao livro
para que os leitores possam acompanhar a progressão de
instalação de novos hábitos.

Como o objetivo deste livro é que você desenvolva e


aperfeiçoe o hábito da leitura, vou te disponibilizar o
caderno também.

No Caderno, há um miniresumo de alguns pontos dos livros


e algumas dicas de como você pode implementar novos
hábitos em sua vida. Sem fórmulas mágicas!

Basta fazer o download aqui:

http://www.alenooliveira.com.br/habitos_caderno

INTRODUÇÃO
Você sabe ler? Não ler no sentido básico da palavra, mas
alcançando o espírito que o autor impôs ao texto, elevando seu
estado de compreensão. Você tem a sensação de que não
aprendeu nada após uma sessão de leitura? Consegue se
lembrar das informações que leu e, principalmente, aplicá-las
em sua vida?
Primeiramente, parabéns por estar lendo este livro! Vou te
apresentar uma nova forma de encarar a leitura, o porquê
você deve criar esse hábito, estratégias para você ganhar mais
conhecimento, além de técnicas de como ler de forma mais
eficiente e aprender de fato o que você está lendo.

Quero torná-lo um apaixonado pela leitura e pelo


conhecimento, e que, sobretudo, você eleve seu estado de
consciência sobre o mundo em que vivemos.

O livro está dividido em duas partes. A primeira tratará da


leitura, explicando o que é a leitura inteligente, como ler um
livro, como adquirir o hábito da leitura, desmistificar alguns
mitos sobre a leitura e te apresentar os ebooks e audiolivros.

Na segunda, discutiremos algumas estratégias para você reter


mais informações e aprender de forma mais eficiente.

São algumas informações que gostaria de ter sabido quando


ainda jovem e, por isso, estou agora as dando para você.

Esse e-book foi fruto da minha experiência em já ter lido


centenas de livros durante minha vida; em técnicas de leitura
propostas pelo americano Tai Lopez e do livro do Como Ler um
Livro de Mortimer J. Adler e Charles Van Doren; bem como do
livro Como aprender de Benedict Carey.

O objetivo do livro é te apresentar estratégias de leitura e te


dar uma nova perspectiva. Lembre-se de levar essas
estratégias para o seu dia a dia e note as diferenças.

Espero que goste e faça uso dessas informações para você se


tornar uma pessoa mais consciente e com a mente mais
aberta.
LEITURA
POR QUE VOCÊ DEVE LER LOUCAMENTE
“A leitura de todos os bons livros é
uma conversação com as mais
honestas pessoas dos séculos
passados.” – René Descartes

A leitura desponta como um dos principais fatores para o


sucesso de grandes personalidades, como Bill Gates, Elon
Musk e Warren Buffet. Hoje vivemos na Era da Informação, e
terão sucesso aquelas pessoas que melhor souberem reter e
aplicar o conhecimento humano em suas vidas. Para você ter
ideia, em média, CEOs de grandes empresas leem entre 4-5
livros por mês.

Enquanto para alguns ler um livro é um ato prazeroso, para


muitos ainda é algo extremamente doloroso. Isto decorre
principalmente por conta do nosso falho sistema educacional,
que nos treina para sermos marionetes de um sistema de
provas e títulos, em que somos adestrados para fazer provas.
A média de leitura no Brasil ainda é ridiculamente baixa. Em
média, o brasileiro lê 3-4 livros por ano, 44% da população
brasileira não lê e 30% nunca comprou um livro, aponta
pesquisa Retratos da Leitura 2016.

Ler vai te trazer uma série infinita de benefícios. À medida que


você for lendo mais e mais livros dos mais diversos gêneros,
seu nível de conhecimento vai aumentar, te dando uma
melhor compreensão da nossa realidade e sociedade,
elevando sua criatividade, cultura e conhecimento, e deixando
seu cérebro afiado.

Da mesma forma que nosso corpo precisa de exercícios físicos


para se manter saudável, seu cérebro precisa se exercitar sob
pena de atrofiar.

Diferentemente do nosso corpo, o qual terá seu ápice de


condicionamento físico por volta dos 30 anos de idade –
embora muitos já estejam com seu corpo se deteriorando há
mais tempo - a mente poderá crescer infinitamente enquanto
você viver e a desenvolver.

Imagine que eu te diga o seguinte: “Você não sabe o que eu


descobri! Passei os últimos dez anos da minha vida pesquisando,
fazendo cálculos matemáticos, viajando e comprovando minha
teoria: a Terra é redonda!”.
Sua resposta não será outra que não: “Que desperdício de
tempo! Quem não sabe que a Terra é redonda?! Isso já está nos
livros!”.

Pois bem! Sobre QUALQUER assunto que você quiser


saber, já foram escritos inúmeros livros a respeito, seja ele
sobre filosofia, educação financeira, habilidades sociais,
felicidade, negócios, saúde, relacionamentos, etc. O que
imaginar saber para sua vida, alguém já passou a vida
estudando e se dedicando ao assunto e escreveu um livro a
respeito.

A despeito da importância fundamental desses assuntos para


nossas vidas, nosso sistema de assunto praticamente não
aborda esses temas. Ou você ainda usa Química Orgânica na
sua vida?
Veja que um livro é um investimento incrivelmente baixo
com um tremendo retorno. Você paga R$ 30-50, o preço de um
almoço, para ter acesso a toda uma vida de estudos de uma
pessoa que se especializou em algum assunto. É o maior
retorno sobre investimento (ROI – Return on Investment) que
você vai ter na vida!

Por que não aproveitar o que outras pessoas já descobriram e


passaram para que você já implemente em sua vida? Lógico
que a experiência vai te ensinar muito, e você não vai querer
viver na teoria. Mas veja bem: o que estou te propondo é que
modele as histórias e os ensinamentos de grandes
personalidades e se arme dos conhecimentos necessários
para evitar erros.

Esse acúmulo de experiências passado pelas gerações desde


os primórdios da sociedade humana é a razão pela qual as
civilizações se desenvolveram e hoje, mais do que nunca, essa
informação está disponível a todos.
ESTICADAS DE MENTE

Um dos maiores prazeres da leitura é quando você tem uma


esticada de mente, que é aquele momento em que o texto vai
te transportar para um novo nível de compreensão do mundo,
elevando seu estado de consciência.

É um momento que poderia chamar de mágico, em que você


tem um choque de perplexidade com a realidade, uma vez que
seu nível de entendimento aumenta, e você sente isso através
de um sentimento de pura honestidade consigo mesmo, como
se você tivesse de alguma forma evoluído.

De repente, seu mundo será mais complexo, e você terá


um novo nível de entendimento da realidade.

Mortimer Adler e Charles Van Doren, em Como Ler Um Livro,


fazem uma ótima analogia sobre esse momento de
crescimento do aluno-leitor ao compará-los às plantas e
animais de um fazendeiro (professores e autores). Embora
tenham todos os cuidados sobre si, com a melhor alimentação
e espaço apropriado, são estes próprios organismos que
devem crescer e se desenvolver. O fazendeiro não pode fazer
isso por eles.

Da mesma forma, é o crescimento do conhecimento na mente


do estudante, que deverá amadurecê-lo e solidificá-lo.

Quando você tiver esses momentos, me manda, por favor, uma


mensagem pelas mídias sociais ou pelo e-mail
aleno@alenooliveira.com.br com o assunto “Esticada de
mente”. Quero saber do seu “eu” evoluído e o que você
aprendeu!
O QUE É A LEITURA INTELIGENTE?

Você lê para aumentar seu conhecimento e melhorar sua vida.


A leitura inteligente pressupõe que cada livro demandará um
certo tipo de leitura.

Há livros em que você vai fazer apenas uma leitura dinâmica


do conteúdo, como livros de “como fazer algo”, uma vez que o
conteúdo não te demandará muito. Outros, como os de
filosofia e biografias, você deverá lê-los bem devagar,
refletindo a cada parágrafo para tentar alcançar o que o autor
quis de fato dizer e tentar incorporar alguns traços à sua
personalidade e forma de pensar.

As principais premissas para a leitura inteligente é que i) os


livros são seus amigos; ii) são ferramentas para melhorar sua
vida; iii) você está caçando tesouros; iv) você tem o mindset
da leitura ativa; v) esqueça a ordem cronológica; e vi) crie um
sistema de marcações para facilitar seu estudo.

Ademais, teremos de nos livrar de alguns dogmas que estão


impregnados nos seus hábitos de leitura.
a) Faça longas e sinceras amizades com seus livros

Digamos que você foi apresentado(a) a uma pessoa muito


especial, e vocês vão se conhecer melhor. Essa pessoa teve
uma vida muito interessante, viajou o mundo inteiro,
conquistou muitas coisas em sua vida e tem muito a te ensinar.

Você não vai conseguir saber tudo sobre a vida dela num único
encontro, uma vez que não terá tempo suficiente para
aprender tudo sobre ela. Você vai querer conhecê-la aos
poucos, compartilhando experiências, escutando suas
histórias com o tempo que vocês vão passando juntas.

Pense num livro da mesma forma, com o qual você vai fazer
uma longa e sincera amizade. Você não vai conseguir extrair
tudo de um bom livro numa só lida. Vão ser necessários
vários encontros para que você aprenda e internalize
seus conceitos.

Além do mais, haverá muitos trechos dos livros que você vai
reinterpretar à medida que você for amadurecendo e
mudando sua perspectiva sobre determinados assuntos, por
isso a releitura de grandes livros é tão importante.

Você não fará isso com todos os livros, entretanto. Assim como
pessoas, há também aquelas com que você vai conhecer
apenas uma vez e se dar por suficiente. Outras você vai se
encontrar poucas vezes durante a vida. Outras você manterá
por perto para sempre.

Quando você estiver lendo um grande livro, imagine que o


autor está ao seu lado lhe recitando o texto e te ensinando o
que aprendeu ao longo da vida. Você poderá ter conversas
particulares com as maiores mentes da humanidade e
absorver seu conhecimento em questão de minutos.

b) Livros são ferramentas para melhorar sua vida

Veja livros como ferramentas que vão te ajudar a desenvolver


suas habilidades para viver a vida que você quer, sejam elas
na área profissional e pessoal.

Eles vão te mostrar o mundo sob novas perspectivas, mudar a


forma como você pensa e encara a vida e te ensinar
habilidades necessárias para você ser uma melhor pessoa.
c) Cace diamantes

Ao ler um livro, você estará numa caça ao tesouro. Você deve


buscar os diamantes de cada um para sua coleção. Em meio a
sua busca, você se deparará com muito “carvão barato”, que
alguns autores colocam para encher um livro de 400 páginas.

Há partes de muitos livros que são simplesmente


dispensáveis. Pule estas partes! Se você estiver num tópico em
que o autor está enrolando demais, pule. Não se sinta culpado
por isso. Você não estará perdendo nada.

O que te interessam são os diamantes, ou seja, as pedras


preciosas de conhecimento que vão realmente te ajudar e te
fazer evoluir. Busque as esticadas de mente que falamos no
tópico anterior.
d) Mindset da leitura ativa

Quando você estiver lendo um livro, não o leia por ler. Assuma
uma postura ativa de ler aquele conteúdo tentando trazer o
conteúdo para a realidade.

Pergunte-se reiteradamente como você pode aplicar aquele


conteúdo na sua vida e em quais situações poderia aplicá-lo.
Não se satisfaça com a simples absorção de informações.
Torne-as parte de você. Converse com o autor. Tente alcançar
a compreensão do autor e o que ele de fato quis dizer com
aquilo.
e) Esqueça a ordem cronológica

Para muitos livros, não há uma ordem cronológica de fatos e


capítulos, principalmente aqueles sobre “como fazer algo” ou
sobre “comportamento humano”.

Nós estamos habituados e condicionados desde a escola a ler


livros do começo ao fim, da primeira página até a última, como
se só pudéssemos ir para o capítulo seguinte quando
acabássemos o anterior.

Isso é uma ficção que você inventou para você mesmo. Uma
regra irracional. Ao pegar um livro, eu leio a descrição na capa
de trás, o sumário, a introdução e vou direto para o capítulo
que mais me interessa.

Você pagou sua dívida com o autor ao comprar o livro. Pronto,


o livro agora é seu. Use-o da melhor maneira possível.

Depois vou lendo o que mais me interessar. Às vezes, leio de


capa a capa, às vezes, não. Essa ideia pode te assustar um
pouco no começo, mas se lembre: você quer os diamantes; não
o carvão.
Acrescentaria mais um detalhe: se for um livro que você
realmente quer fazer como amigo, haverá várias outras
oportunidades durante sua vida para falar com ele de novo e
de novo e de novo.

f) Marque, risque, desenhe, tome notas

Muita gente vê um livro como um objeto de decoração que


precisa ficar intacto, não usando marca texto, caneta ou
tomando notas.

Um livro é uma ferramenta para te passar conhecimento,


portanto, use-o apropriadamente. Exerça seu direito de
propriedade sobre o livro e o torne seu, tal qual você o faz com
uma roupa ou um celular. Esse será seu maior presente ao
autor.

Ao ver uma informação relevante, marque-a. Destaque-a de


forma que você possa facilmente achá-la depois quando
precisar.

Existem muitas formas de se marcar um livro e você pode


criar o seu próprio sistema. Abaixo algumas sugestões para
você:

a) Sublinhar: os principais pontos de cada parágrafo;


b) Linhas verticais nas margens: para enfatizar alguma
afirmação ou destacar alguma informação já
sublinhada;
c) Estrelas, asteriscos ou qualquer outro símbolo:
para usar quando quiser enfatizar alguma ideia que se
destaque;
d) Número nas margens: para indicar uma sequência de
pontos feitas pelo autor
e) Número de outras páginas nas margens: para fazer
referência a outras páginas do próprio livro com
temas relacionados
f) Circular palavras-chave e frases: para destacar
termos e ideias

Com a experiência, você vai desenvolvendo seu próprio


sistema de marcação de acordo com suas preferências.

Você também pode usar marca texto, se preferir.


Particularmente, hoje, parei de usar e hoje prefiro uma
simples caneta.

Se na página tiver uma boa ideia, faço uma pequena dobra na


orelha da página no canto superior ou inferior. Se houver uma
grande ideia, algo muito impactante, faço essa dobra duas
vezes. Assim, é possível revisar um livro rapidamente apenas
revendo as páginas dobradas e suas marcações.

Você também pode escrever pequenas anotações nas


margens, expondo suas ideias sobre o texto, conectando com
outros casos e exemplos que eventualmente venham à sua
mente.

Falando de anotações, você também pode usar o Evernote,


aplicativo de organização que recomendo bastante. É como se
fosse meu segundo cérebro. Tudo que passa na minha mente
passo para o aplicativo.

Ao terminar um capítulo, você pode fazer um pequeno


resumo do que leu (sem olhar o livro para você praticar a
revisão ativa, como veremos adiante) e/ou bater fotos de
trechos importantes. É uma excelente forma de organizar seu
conhecimento para revisá-lo depois – embora demande um
pouco te tempo da sua parte.

Se você estiver lendo e-books, você pode usar o sistema de


cores de realce (amarelo, azul, vermelho, verde, etc) para
destacar conceitos e definições, inclusive criando categorias
específicas para cada tipo de marcação que você quiser fazer.

Aqui vão algumas fotos de como marco e anoto meus livros:

Linhas laterais e sublinhas


Numerações ao lado das páginas para destacar uma enumeração

Se a ideia for boa, dobro uma vez; se for um diamante, duas vezes

Círculos e sublinhas para destacar conceitos


São apenas ideias de como você pode marcar e anotar seu
livro. Você pode tomar como base o meu. Com o tempo, você
vai desenvolvendo o seu próprio, e ele vai evoluindo com a sua
experiência.
QUAIS TIPOS DE LIVROS QUE VOCÊ DEVE LER

Em termos de leitura, eu recomendaria você ler livros de uma


grande variedade de tópicos, tais como:

• Negócios e educação financeira


• Habilidades sociais e psicologia humana
• Saúde
• Clássicos e Filosofia
• Biografias
• História
• Livros ligados a sua profissão

Você pode encontrar sugestões de leitura no meu site:


http://www.alenooliveira.com.br/recomendacoes.

a) Negócios e educação financeira

Dinheiro não é tudo, mas faz uma diferença gigantesca em


nossas vidas. É impressionante, entretanto, o quão mal-
educados somos no assunto. Se você quiser deixar sua vida
financeira nas mãos do governo e da previdência social...bem,
não recomendaria isso. Livros sobre estes temas incluem
aqueles sobre educação financeira, empreendedorismo,
negócios e investimentos.

b) Habilidades sociais e psicologia humana

Como seres sociais, nós devemos entender aprimorar nossas


habilidades de nos comunicarmos com outros seres humanos,
bem como funcionam nossas mentes. Você sempre poderá
melhorar alguns aspectos na forma como você lida com outras
pessoas. Nesta categoria estão livros sobre comunicação,
oratória, relacionamentos, autoexpressão e psicologia.

c) Saúde

Sem saúde você não tem nada. Do que adianta ter um bilhão
de reais na conta se você não tiver um corpo saudável para
usufruir a vida? Mesmo assim, muita gente não tem a menor
noção de como seu corpo funciona, como se alimentar bem ou
mesmo praticar exercícios físicos. Esqueça ser “fitness”; seja
saudável.

À medida que você ler e entender mais sobre o assunto, sua


consciência sobre seu corpo aumentará, de forma que você
cuidará melhor dele e terá uma vida mais saudável. Seu “eu”
de 100 anos agradecerá demais. Neste tópico, estão livros
sobre dietas, nutrição, corpo humano, esportes e tudo mais
relacionado ao corpo humano.

d) Clássicos e Filosofia

Ler os clássicos e filosofia vai ter um novo entendimento sobre


a vida. Você conversará com as maiores mentes da
humanidade e entenderá como eram suas visões de mundo,
abrindo sua mente para novas perspectivas de vida e como
devemos viver nossas vidas a fim de alcançar nosso fim maior:
a felicidade. Você encontrará este assunto em livros
relacionados a espiritualidade, emoções, gratidão e filosofia.

e) Biografias

As histórias de vida de grandes personalidades vão te mostrar


como essas pessoas conseguiram se destacar na multidão, por
que dificuldades passaram, como pensavam, o que fizeram
para chegar onde chegaram. Essas histórias vão te dar
inspiração e coragem para que você também faça a sua.

História

Ler história vai te fazer entender o mundo que você vive hoje
e a comunidade onde você está inserido. Será possível
perceber como padrões que se repetem na história humana e
te dar uma visão crítica da humanidade.

f) Livros ligados à sua profissão

Livros ligados à sua profissão serão essenciais para você se


manter atualizado com o que há de novo no trabalho que você
desempenha. Em um mundo que se renova com uma
velocidade sem precedentes e em que muitas profissões estão
prestes a desaparecer, você vai querer se destacar como
profissional e/ou quem sabe mudar de profissão.

E-BOOKS E AUDIOLIVROS SÃO LIVROS


Hoje ainda podemos consumir livros de outras formas que não
a física por meio de e-books e audiolivros.
E-BOOKS
Os livros eletrônicos vieram para ficar e hoje já representam
um percentual significativo do percentual de vendas de livros.
A comodidade dos e-books é que você pode carregar
literalmente milhares no smartphone/tablet/Kindle e lê-los
na hora em que bem entender e onde quiser e comprá-los
instantaneamente.

Particularmente, embora ainda seja fã dos livros físicos,


principalmente pelas inúmeras anotações que faço, estou cada
vez mais lendo livros eletrônicos.

A razão é simples: comodidade de transporte e custo. Quando


viajo, é normal levar 4 – 5 livros físicos comigo e mais outras
dezenas no smartphone e Kindle.

Você pode instalar o aplicativo Kindle no seu smartphone,


bastando ir na Google ou Apple Store, ou no seu computador,
instalando-o através desse link.

Uma outra opção é adquirir um aparelho Kindle, o qual tem


alguns modelos com diferentes tamanhos de tela e
funcionalidades. Na prática, o que os diferencia dos
smartphones é o tamanho da tela, que é maior, e a qualidade
da resolução da imagem.

Uma das vantagens do Kindle é que ela sincroniza seus


pontos de leitura entre as plataformas, ou seja, se você
começar a ler no computador e quiser continuar no
smartphone mais tarde, o sistema detectará onde você parou.

Ademais, o sistema de marcações e realces permite que você


revise um livro em pouco tempo. Você pode criar categorias
de informações e classificá-las de acordo com o tipo de
informação que você está marcando. Por exemplo, amarelo
para passagens que merecem destaque; vermelho para
conceitos chaves; azul para diamantes.

Uma outra grande vantagem do aparelho Kindle é que ele


permite que você faça flashcards (ou cartões de memória)
com suas passagens, de forma que você poderá treiná-los
depois. Você poderá revisar qualquer livro que leu em questão
de segundos em qualquer lugar.

AUDIOLIVROS
Uma outra opção para o consumo de livros e conhecimento
são os audiolivros (ou audiobooks). Em vez de ficar
escutando música no caminho para o trabalho ou
faculdade ou enquanto faz exercícios, escute um livro.

Se você passar a escutar um livro por semana, em um ano você


terá escutado cinquenta e dois livros. Caso você não queira
ficar ouvindo um livro direto, você pode dividir o tempo.
Metade ficará escutando música; metade, livros.

Tenha sempre em mente o princípio da acumulação:


pequenas ações somadas ao longo do tempo geram grandes
resultados. Isso vale para todas as áreas de nossas vidas.

Na prática, dependendo da forma que você aprende, o


resultado é análogo. “Ah, mas ler um livro é diferente de escutar
um livro! Não vale”. Por que?

Imagine que você terá a oportunidade de assistir a uma


palestra de uma pessoa de grande renome sobre um assunto
que se interessa. Pergunto: você deixaria de ir à palestra
porque você vai ler o livro dela? Você não vai conseguir
aprender nenhuma das valiosas lições que aquela pessoa pode
falar?

Áudio e escrita são apenas diferentes formas de comunicação.


O que interessa é que você transfira conhecimento de um meio
para sua mente não importa como.

Lógico que, mais uma vez, teremos também a limitação de não


poder fazer todas as anotações que um livro físico nos
permite, mas, por outro lado, temos outras vantagens.

Os audiolivros nos permitem ler enquanto não podemos, ou


seja, quando estivermos fazendo algo que nos impede de estar
parado lendo, como quando nos exercitamos ou dirigimos.

Ademais, podemos fazer anotações breves enquanto os


escutamos – não faça isso dirigindo, por favor - e ainda
podemos acelerar a velocidade da fala em até 3x, a depender
de qual plataforma utilize. Particularmente, só gosto de
escutar até 1,5x a velocidade, às vezes, 2x para não perder a
capacidade de compreensão. 3x somente quando estou
revisando um livro e já tenho familiaridade com o conteúdo.

Para audiolivros, uso a Audible programa da Amazon que tem


centenas de milhares de títulos. Infelizmente, poucos títulos
em Português. Se você fala inglês ou qualquer outra língua, as
opções de livros são na casa das centenas de milhares.
Fazendo uma ressalva rápida, caso você já tenha um inglês
intermediário, já está na hora de começar a escutar e ler
livros em inglês. Perca esse medo. Nós não entendíamos os
livros do Machado de Assis na 4ª série. Foi com o tempo que
fomos aprendendo.

Você pode testar a plataforma de graça por 30 dias e adquirir


2 audiolivros gratuitamente através desse link. A mensalidade
é de U$ 14,95, e você terá direito a um audiolivro por mês e
terá 30% de desconto nos demais livros. Apenas lembro para
cancelar a assinatura antes de expirar o período de teste, caso
não queira prosseguir.

No Brasil, temos ainda a Ubook “netflix” dos audiolivros.


Através de uma mensalidade de R$ 19,90, você terá acesso
ilimitado a uma coleção de audiolivros e inúmeros podcasts
em diversos idiomas (inglês, espanhol, alemão, italiano, etc).

Como escuto livros em especial de não-ficção, a Ubook não


oferece as melhores opções em Português. Em nosso idioma,
temos livros clássicos da literatura brasileira e alguns
podcasts e cursos interessantes.

Uso a plataforma para escutar títulos em inglês e escutar


podcasts em outros idiomas (alemão, italianos, espanhol,
francês) para treiná-los e mantê-los em dia. Se você quiser
experimentar a plataforma por 30 dias gratuitamente, você
pode fazê-lo aqui. Mais uma vez, lembro para cancelá-la
dentro do período de teste, caso não queira continuar.
COMO DESENVOLVER O HÁBITO DA
LEITURA

Phillipa Lally é uma psicóloga pesquisadora da Universidade


College London que publicou um estudo no European Journal
of Social Psychology, demonstrando que um novo hábito
demora cerca de 66 dias para se formar, equivalente a
aproximadamente 10 semanas ou dois meses e meio.

Digamos que você queira iniciar o hábito da leitura diária.


Você pode começar com o hábito de ler DUAS PÁGINAS por
dia. Todo dia, assim que acordar ou depois do almoço ou antes
de dormir, ou em outro horário que melhor lhe convier, você
terá como objetivo ler duas míseras páginas.

Sua meta diária é essa. Lidas, pode bater palmas, você cumpriu
o dever do dia. Eu já tenho vários amigos que adquiriram o
hábito da leitura com essa simples dica: duas páginas por 66
dias.

Se você quiser ler mais, ok. Você poderá ler quanto mais
quiser, dependendo única e exclusivamente da sua vontade.
Entretanto, seu objetivo já foi alcançado. Você leu aquelas
duas páginas naquele dia.

Veja que a intenção aqui é única e exclusivamente de criar o


hábito da leitura. À medida que seu cérebro se acostumar a ler
duas páginas de algum livro todo dia, você estará criando o
hábito da leitura.

Topa o desafio?! Se quiser que eu seja o supervisor, me manda


um e-mail: aleno@alenooliveira.com.br.
Você também pode fazer o download do Caderno de
Instalação de Hábitos, que faz parte do meu outro livro, para
te ajudar a instalar novos hábitos.

Assista a um vídeo sobre o desafio aqui.


APRENDIZAGEM
“O processo de aprendizagem deve
começar ao nascimento e só
terminar com a morte” – Albert
Einstein

Muita gente lê e não consegue relembrar o que leu. Isso vai


refletir não só nas leituras que você faz, mas também no seu
desempenho nos estudos e no trabalho.

Bem, existe uma ciência de como aprender a aprender que,


infelizmente, não nos é ensinada na escola. Um absurdo, não?
Ninguém nos ensinou a aprender. Apenas nos jogam milhares
de dados para que os decoremos e que façamos nosso melhor
para passar em provas que avaliam alunos de forma precária.

À medida em que você for lendo mais e mais livros, você vai
querer reter essa informação para que você vá se tornando um
ser humano com a mente cada vez mais complexa.

Neste capítulo, vou te apresentar seu maior inimigo na hora


da aprendizagem e algumas técnicas de memorização para
você lembrar mais o que você lê para começar a usar
imediatamente.

O MAIOR INIMIGO DA MEMÓRIA: ILUSÃO DA


FLUÊNCIA

Vou narrar uma pequena história para você agora que talvez
você se identifique:

- Assistir a uma aula interessante de um assunto novo


dada de forma lógica e bem explicada pelo seu
professor;
- Lê as anotações ou slides da aula, reafirmando-se: “É
isso mesmo. Entendi!”;
- Ter seu conhecimento testado através de uma prova
ou alguém te pergunta: “E aí, o que achou do livro?”

BRANCO!

Ou você vai fazer uma apresentação e reler inúmeras vezes


suas anotações, confiante que está claro em sua mente e vai
dar tudo certo.

BRANCO!
Parece que você nunca viu aquele conteúdo e se martiriza até
que vê o conteúdo e exclama: “Aaaaaaaah, lógico que era isso”.

Vamos analisar o que de fato ocorreu:

A forma mais usual de pessoas revisarem conteúdo é através


da revisão de marcações e leitura dos livros. É assim que a
maioria das pessoas estuda e isso é uma das principais razões
pelas quais não conseguem reter as informações que leram.

Se você já passou por isso de passar horas e horas revisando


um material e não conseguir lembrar depois, você caiu na
ilusão da fluência.

A ilusão da fluência é justamente aquela sensação de que


aprendemos tudo quando estamos lendo um material que
estudamos através das anotações e partes grifadas. Você vai
dizendo para si: “Sim, sim, entendi. Disso eu sei. Disso também”.
Em nossa mente, achamos que aprendemos, mas na hora de
testar o conhecimento, vem o famoso “branco”.

Ao ver o material novamente, nós pensamos que sabemos o


conteúdo, porque nos familiarizamos com o assunto, todavia
estamos sendo vítimas da ilusão da fluência.

Benedict Carrey, autor de How We Learn: The Surprising Truth


About When, Where, and Why it Happens (tradução livre: Como
aprendemos: a surpreendente verdade de quando, onde e por
que aprendemos), nos explica o fenômeno através de sua
própria experiência:

O problema não era que eu não tinha trabalhado duro o


suficiente, ou que eu não tinha o "gene" para fazer provas.
Não, meu erro foi avaliar mal a profundidade do que eu
sabia. Fui enganado pelo que os psicólogos chamam de
ilusão da fluência, a crença de que, porque fatos ou
fórmulas ou argumentos são fáceis de lembrar agora, eles
permanecerão assim amanhã ou no dia seguinte.

A ilusão da fluência é tão forte que, uma vez que sentimos


que entendemos algum tópico ou atribuição, assumimos
que um estudo mais aprofundado não ajudará. Nós
esquecemos que nós esquecemos.

Esses auxílios que utilizamos, o que inclui um guia de estudo,


releitura, anotações, criarão a percepção de familiaridade com
a matéria e que compreendemos e lembramos o que foi dito.

As falsas percepções de fluência são automáticas. Eles formam


subconscientemente e tornam-nos pobres julgadores do que
precisamos reestudar ou praticar novamente.

A ilusão de fluência é a principal culpada em desempenhos de


teste abaixo da média. Não ansiedade. Não estupidez. Não
injustiça nem má sorte.

Com isso em mente, quando você estiver revendo um material,


você se lembrará: “tenho que ter cuidado com a ilusão da
fluência. É só uma ilusão”.

Não se iluda!

Reler conteúdos grifados é uma das maneiras mais populares


de estudar e memorizar. Essa, entretanto, é uma das técnicas
de mais baixa retenção justamente pela ilusão da fluência.

Quando comparada a outros métodos de estudo, reler deixa a


desejar – embora seja o principal método utilizado por 99%
dos estudantes.

O velho dito de “menino, vai estudar” sem que a criança seja


preparada e ensinada a aprender tem implicações drásticas...
Vejamos algumas das técnicas para memorizar e aprender
melhor os conteúdos que você lê.

REVISÃO ATIVA

Uma das principais estratégias para superar a ilusão da


fluência é a prática da revisão ativa – a prática de você forçar
o seu cérebro a recuperar as informações que você leu em vez
de simplesmente se expor a elas passivamente, revendo
anotações.

A revisão ativa pressupõe que você se autoteste


continuamente para verificar a fluência das informações em
sua mente. Se não conseguir recuperar, é porque o conteúdo
ainda não está fluente e você precisa revê-lo.

Ao terminar de ler um tópico de um livro, feche-o e tente


relembrar o que você acabou de ler. Isso o ajudará a
aprender de forma muito mais eficiente e afastará sua ilusão
da fluência.

Um certo desconforto será normal e bastante comum nessa


fase, quando você se forçará a recuperar as informações sem
a ajuda das anotações. Esse esforço cognitivo será essencial
para que você solidifique as ligações cerebrais para relembrar
este conhecimento depois.
Pense na revisão ativa como encontrar o caminho para um
novo local sem a ajuda do GPS. Você vai se forçar a aprender e
relembrar os atalhos sem ajuda. Com o tempo, ir para ali será
natural, tal qual aquele conhecimento que você de fato já levou
para a memória de longo prazo e não tem problemas em
lembrar.

Uma outra maneira de você praticar a revisão ativa é ir


criando perguntas ao conteúdo que você está estudando, de
forma que você poderá fazer seu autoquiz quando revisitar o
material.

Para aumentar a retenção de conhecimento ao terminar um


livro, responda-se as seguintes três perguntas:

1) Quais são as melhores cinco ideias deste livro?


2) Se eu pudesse que resumir este livro num flashcard de
10 x 15 cm, o que eu escreveria?
3) Quais são os 20% desse livro que dariam 80% dos seus
benefícios?

Você pode respondê-las em uma mini-resenha feita em uma


folha de papel A4 que você poderá revisitar quando quiser
para relembrar as melhores ideias do livro – hábito do
bilionário Warren Buffet.

Se preferir utilizar um meio eletrônico, recomendaria o app


Evernote, como forma de manter suas miniresenhas e demais
anotações de ideias que você tiver. Como já mencionei, este
aplicativo é meu segundo cérebro. Tudo que passa de
importante pela minha mente vai para lá. Como disse David
Allen, autor de Getting things done, “nossa mente foi feita para
ter ideias; não para mantê-las”.
DISTRIBUIÇÃO ESPAÇADA
Você já pensou porque nós esquecemos de tudo que
aprendemos nas sessões de estudo de véspera de provas?
Você acha que é melhor estudar ou aprender um conteúdo /
treinar um esporte / aprender uma nova habilidade em
sessões de 3h seguidas uma vez por semana ou 1h por três
dias distintos?

Acertou se você foi pela lógica de Bruce Lee “Eu temo o homem
que treina um chute por mil dias; não por aquele que treina mil
chutes em um único dia”.

A distribuição espaçada é uma das técnicas de aprendizado


mais efetivas e eficientes. Consiste basicamente em dividir
suas sessões de estudo e aprendizado em pequenas sessões no
decorrer do tempo em vez de comprimir tudo em uma única
sessão.

Isso serve para TUDO que você fizer!

Foi o psicólogo alemão Herman Ebbinghaus que primeiro


observou os efeitos do aprendizado espaçado, tendo
publicado suas descobertas no livro Memory: A Contribution to
Experimental Psychology.

Ele se usou como cobaia em uma série de experimentos de


aprendizado, tendo descoberto o “efeito do espaçamento”.

O estudo demonstrou que a melhor distribuição das sessões


de aprendizado é de 10-20% do período pelo qual se pretende
lembrar algo. Por exemplo, se você quiser lembrar algo por um
ano, você deve fazer sessões a cada mês. Se você quiser
lembrar por 5 anos, então as sessões devem ser entre seis e
doze meses.

Por isso, a dica de você fazer seus livros seus amigos e vez por
outra ir conversar com eles. Você não vai esgotar e aprender
todos os assuntos de um livro em uma só lida. Você deverá ver
aquele conteúdo por diversas vezes até que ele entre para a
sua memória de longo prazo.

Agora leve esse conhecimento para nosso sistema de ensino


que nos faz fazer 2-3 exames por semestre para um conjunto
determinado de matérias que nunca mais serão vistas (a não
quando você for ensinar para seus filhos).

Pergunte-se: qual o percentual das coisas que você aprendeu


na escola e na faculdade que você lembra hoje? O mérito da
qualidade do conteúdo deixemos para uma outra discussão.

Se você quiser resultados bem concretos, junte a repetição


espaçada com os autotestes.

LEITURA ATIVA
Muitas vezes, senão como regra (não mais agora que você está
lendo este livro), lemos em estado totalmente passivo, apenas
passando os olhos sobre as letras em um estado de letargia
quanto ao texto.

Para aproveitar ao máximo nossas sessões de leitura, você


deve ler ativamente.

Vamos relembrar mais uma cena do seu passado. Lembre


daquela vez que você passou o dia inteiro lendo e relendo
umas poucas páginas sem entender muita coisa do que estava
no texto com um olhar um tanto perdido em meios às letras e
as horas que se passavam sem que tivesse avançado ou
entendido muito.

Essa cena é típica da leitura passiva, e você estará


desperdiçando muito, muito tempo se continuar a ler desta
fora.

Para ler ativamente, você deve se engajar com o texto,


concentrar-se no material que está à sua mão, tirar suas
próprias conclusões, conectar com conhecimentos prévios e
seguir a linha de raciocínio do autor.

(Você está acompanhando minha linha de raciocínio? Acene a


cabeça em sinal afirmativo).

Algumas dicas para leitura ativa:

- Faça uma pré-leitura do texto que lerá: faça uma leitura


dinâmica do texto, buscando compreender seus elementos
principais através dos títulos, subtítulos, tópicos destacados,
termos negritados; preste atenção aos gráficos, planilhas e
diagramas;

- Defina um objetivo para sua leitura;

- Defina o tempo da sessão da sua leitura; você pode utilizar a


técnica do pomodoro para suas sessões, ou seja, dividir suas
sessões de leitura em períodos de 25min de leitura com 5 min
de descanso.

- Faça anotações, grife, numere, escreva com suas palavras,


risque o livro – torne o livro seu, como destacado mais acima
como um dos elementos da leitura inteligente;

- Faça pequenas pausas de 5 min cronometrados caso esteja


entediado, com fome ou precise de uma pausa.
Essas seriam algumas dicas para você ler ativamente que
seguramente aumentarão seus níveis de aprendizado.

ENSINE-SE OU A ALGUÉM
Sumarizar o que você acabou de ler é uma outra estratégia de
implementação da revisão ativa. Você deverá fazer isso
tentando ao máximo não olhar o livro que acabou de ler, de
forma que você estará como “se ensinando” o que aprendeu.

Você poderá fazer essa sumarização tanto ao final de um


tópico, no Evernote ou oralmente para um amigo imaginário
seu. Ok, pode ser estranho falar sozinho, mas, com certeza, é
uma excelente técnica de estudo.

Benedict Carey nos relata mais uma vez sua experiência como
especialista em aprendizado:

Faça um resumo, um comentário – finja e pratique o que


aprendeu. Essa é a alma do autoexame: fingir que você é
um especialista, apenas para ver o que você consegue
extrair. Isso vai muito além de dar uma rápida olhada nas
"perguntas sumárias" no final do capítulo antes de ler. [...]

Ao ler através de um artigo científico difícil, eu o coloco


de cabeça para baixo algumas vezes e tento explicar a
alguém o que ele diz. Se não há ninguém para ouvir (ou
fingir ouvir), eu digo isso em voz alta para mim mesmo,
tentando o máximo que posso citar do papel seus pontos
principais. [...]

Uma maneira muito eficaz de pensar no autoexame é dizer:


"Ok, eu estudei este material; Agora é hora de ensinar para o
meu irmão, ou cônjuge, ou filha adolescente o que tudo significa.
Essas tentativas aparentemente simples de comunicar o que
você aprendeu, para você ou para os outros, não são
meramente uma forma de autoteste, no sentido convencional,
mas de estudo.

Esses exercícios irão dissipar a ilusão de fluência, expondo o


que você não sabe, onde você está confuso, o que você
esqueceu - e rápido.

Ensinando o que você aprendeu para si ou para outra pessoa


será uma excelente forma de testar se você aprendeu o que
leu. Terminado um tópico, faça esse exercício mental para
fixar melhor o conteúdo.

BONS HÁBITOS DE APRENDIZAGEM


COCHILE E DURMA E VOCÊ APRENDERÁ
De acordo com estudos da divisão de sono da faculdade de
Medicina de Harvard1, o sono, a aprendizagem e a memória
são fenômenos ainda não totalmente esclarecidos pela
Ciência. Estudos em animais e seres humanos apontam,
entretanto, que a quantidade e a qualidade do sono tem
profundos impactos no aprendizado e na memória.

Foi apurado que dormir ajuda nestas áreas de dois modos


diversos. Pessoas com falta de sono não conseguem focar bem,
de forma não conseguem aprender com eficiência. Em

http://healthysleep.med.harvard.edu/healthy/matters/consequen
ces/sleep-performance-and-public-safety. Acessado em 11 de
Agosto de 2017 às 21:06
segundo lugar, o sono tem papel fundamental na consolidação
da memória e no aprendizado de novos conteúdos.

De certa forma também, a sociedade vê com “bons olhos”


aquela pessoa que dorme pouco, não cochila e trabalha muito.
Não confunda quantidade de horas acordado com a
quantidade de trabalho feito.

Não podemos, entretanto, lutar contra a Biologia e dormir


menos do que o necessário, sob pena de sofrer as
consequências. Você pode muito bem fazer a mesma carga
laboral, procurando maior eficiência em suas atividades.

Por isso, durma! É de suma importância que você tenha boas


horas de sono para que mantenha seu nível de aprendizado
durante suas sessões de estudo, sob pena de ter afetado seu
humor, motivação, julgamento, percepção de eventos e seu
aprendizado.

O AMBIENTE APROPRIADO PARA APRENDER


O ambiente em que você lê, estuda, trabalha e aprende será
outro fator crítico para que você retenha conhecimento tanto
para suas sessões de estudo e de leitura.

Sua eficiência dependerá da sua habilidade de concentrar a


atenção a determinado assunto. Hoje ter foco é uma
habilidade raríssima e os que tem se destacam.

Escolher um ambiente tranquilo, livre ao máximo de


interrupções e distrações – o que inclui inevitavelmente
deixar seu celular desligado; bem como reduzir/eliminar
distrações internas e externas.
As distrações externas envolveriam barulhos externos, TV,
pessoas, coisas passando por seu campo visual e qualquer
outra coisa que disperse sua atenção. As internas envolveriam
enfermidades, fome, fadiga, ansiedade, preocupações – tudo
que tire sua paz de espírito.

Quando quiser se concentrar e aprender, isole-se do mundo


– literalmente. Enfrente o tédio e se force a cumprir com suas
sessões de estudo.

MULTITAREFAS
Muita gente se orgulha em dizer que consegue fazer várias
coisas ao mesmo tempo. Bem, a Ciência contesta a eficácia
desse fato.

Pare com isso.

Uma - coisa – de – cada - vez.

Toda vez que você muda sua atenção de um assunto para


outro, você sofre uma penalidade por substituição
cognitiva (tradução livre: cognitive switching penalty). O teu
cérebro vai gastar tempo e energia “resetando o sistema” e
recarregando as informações do novo contexto de
informações que você deseja acessar.

Neurologicamente, fazer duas tarefas ao mesmo tempo é


impossível. Duvida?

Pense no que você comeu ontem no almoço.

Agora pense em uma recordação da infância.

Agora pense nas duas coisas ao mesmo tempo sem mesclar as


imagens, ou seja, independentemente.
Acredita agora?

Ser produtivo fazendo multitarefas é um mito.

Por isso, estude uma coisa de cada vez e não fique mudando
de assunto em curtos períodos de tempo.

MÚSICA APROPRIADA
Ler com música ou sem? Bem, pergunta difícil com respostas
divergentes.

Alguns gostam, outros não.

Escutar música pode te deixar em um estado mais tranquilo e


te levando para um estado de maior concentração.

Escutar os últimos hits do Spotify, entretanto, não te trarão a


atenção desejada e será contraproducente.

Então, qual seria uma boa música para ler e estudar?

Estudos demonstram que músicas com batidas inferiores a 60


beats por minuto acalmam nossa mente, colocando nosso
cérebro em um estado mais produtivo e criativo.

São os chamados sons bineurais, que foram descobertos em


1839 pelo cientista alemão Heinrich Wilhelm Dove, que
constatou que, quando os sinais de duas frequências
diferentes são apresentados separadamente, o cérebro
detecta a variação de fase e tenta conciliar essa diferença
sincronizando o funcionamento dos hemisférios esquerdo e
direito.

Você pode testar estudar/ler com este tipo de música através


deste link.
E, claro, você também pode estudar escutando música
clássica, sons ambientes instrumentais e sons da natureza.

Particularmente, gosto bastante de sons da natureza.

Você pode buscar no Youtube ou através dos sites:


http://calmsound.com e http://rainymood.com.

ROTINA DE LEITURA

Finalmente, algumas últimas dicas para você adquirir o hábito


da leitura. Faça isso por 66 dias, que é o tempo médio para
criação de um hábito e, voilá, um novo hábito que vai
revolucionar sua vida:

• Tenha seu ritual de leitura diário: sugiro começar seu


dia com 15 min de leitura, ler mais 15 min após o
almoço e mais 15 min antes de dormir;
• Pegue um livro – para recomendações, acesse
http://www.alenooliveira.com.br/recomendacoes;
• Isole-se num local calmo e tranquilo – é o ideal, mas
lógico que você lerá não importará onde;
• Tenha sua caneta a postos quando começar a ler;
• Leia mais de um livro ao mesmo tempo – você não está
atrelado a um só livro por vez. Leia dois, três, quatro–
logo começará a ver o conhecimento se cruzar entre as
páginas;
• Leia e-books com um Kindle;
• Escute audiolivros: Audible da Amazon e Ubook;
• Fale para alguém do seu compromisso de leitura –
conte para seus amigos, família ou me manda uma
mensagem dizendo que você vai ler todo dia a partir
de hoje.
• Use a revisão ativa, distribuição espaçada, leitura ativa
e ensino para fixar o conhecimento que aprendeu.
CONCLUSÃO
Espero, de coração, que este pequeno livro tenha te inspirado
a se tornar um leitor mais ávido e alimentar sua mente com
melhores ideias.

Pegue essas técnicas e dicas e aplique-as em sua vida, nas suas


leituras e nos seus estudos.

Não caia na ilusão da fluência de pensar que você


aprendeu tudo que leu. Reveja as técnicas, use e a reuse-as
até que se tornem hábitos e você as faça sem pensar.

Tenho certeza de que quando você começar a ler diariamente


sua qualidade de vida e compreensão de mundo aumentará
significativamente. Você será percebido como uma pessoa
mais interessante e inteligente, além de ter impactos
significativos na sua forma de pensar, de como trata seu corpo,
em como lida com dinheiro, em termos profissionais – os
benefícios são infinitos.

Deixe que as melhores mentes da humanidade sejam seus


guias nesta vida.

Um forte abraço, boas leituras e aguardo uma mensagem


sua por qualquer meio que você quiser!

Aleno Oliveira

/alenooliveira
Youtube, Facebook, Instagram, Twitter
E-mail: aleno@alenooliveira.com.br
http://www.alenooliveira.com.br
OUTRAS OBRAS

Hábitos Super-Humanos: um guia prático


e rápido para mudar seus hábitos

Avaliações de leitores na Amazon Brasil:


Se você quiser um guia rápido e prático para mudar seus
hábitos, compilando as ideias de mais de 15 grandes obras,
sugeriria que você lesse meu outro livro: “Hábitos Super-
Humanos: um guia prático e rápido para mudar seus hábitos”.

Eu levei por você cerca de 800h para fazer esse livro entre
pesquisa, escrita e revisão, e você terá em mãos esse
conhecimento em 2-3h. Quer um investimento melhor do que
esse?

ADQUIRA O LIVRO AQUI: http://amzn.to/2tomiPe

Caso queira em PDF aqui.

O ser humano médio come muito mal; geralmente não pratica


exercícios físicos; não tem foco e concentração; é ansioso e
pessimista; lê 1 livro ou nenhum por ano; fala somente um
idioma; e acredita geralmente que aprendeu tudo que tinha
para aprender na escola e na faculdade.

Imagina reverter TODOS esses hábitos, tornando-se uma


pessoa que se alimenta bem, pratica exercícios físicos,
consegue se concentrar, lê muitos livros, fale mais de um
idioma, tenha saúde mental, e tenha a capacidade de aprender
a aprender? Que tipo de pessoa você se tornará?
O livro tem três objetivos específicos:

1) Identificar e estabelecer hábitos que podem mudar seu


estilo de vida.

2) Fazer você entender como funcionam os hábitos de forma


simples e prática;

3) Te ensinar como criar o hábito de criar hábitos;

Como material de apoio, foi feito o Caderno de Instalação de


Hábitos para que você possa acompanhar a progressão da
instalação de novos hábitos.

Você aprenderá em poucas páginas:

- Por que você falha ao tentar mudar seus comportamentos;

- Como os pequenos hábitos podem mudar radicalmente seu


estilo vida;

- Além de alguns Super-hábitos relacionados a


desenvolvimento pessoal, produtividade, carreira, saúde e
felicidade;

Vamos, então, aprender como implementar alguns novos e


bons hábitos?

Aguardo teu feedback!!

ADQUIRA O LIVRO AQUI: http://amzn.to/2tomiPe


Uma última coisa

Se você tiver gostado do livro, poderia te pedir para fazer um


AVALIAÇÃO SINCERA com duas ou mais frases na
Amazon com a ideia de que você mais gostou no
livro para que outras pessoas saibam sua opinião a
respeito e também possam usufruir dessas informações?

Clique aqui para fazer uma AVALIAÇÃO.

Eu AGRADECERIA demais!

Só leva dois minutinhos.

Clique aqui para fazer uma AVALIAÇÃO.

Muito obrigado!

O que você deve ler em seguida?


Muitos sequer chegam a ler bibliografias, mas para nós
amantes da leitura é uma das melhores partes de um livro.
Eu preparei para você, meu querido amigo leitor, uma
coletânea dos melhores livros com todos que usei como base
para este que está em seu poder, bem como outros que leio
diariamente.
Você pode acessar a lista no meu blog, no qual há ainda um
pequeno comentário sobre cada um:
http://www.alenooliveira.com.br/recomendacoes.

SOBRE O AUTOR

ALENO OLIVEIRA é amigo, filho, leitor, viajador, curioso,


esportista, educador, paraquedista, aventureiro, apaixonado
por livros e educação, cozinheiro, apreciador da natureza e da
vida.

Depois, também é advogado, exerceu o cargo de professor em


diversas oportunidades e compartilha sua paixão pela
educação, conhecimento e leitura através do Youtube e de seu
blog. Graduado em Direito pela Universidade Federal do
Ceará. MBA em Direito Tributário pela FGV-RJ. Master in Law
and Business pela Bucerius Law School na Alemanha.

/alenooliveira
Youtube, Facebook, Instagram, Twitter
aleno@alenooliveira.com.br
http://www.alenooliveira.com.br