Você está na página 1de 224

CATÁLOGO GERAL

WWW.PROFOR.PT PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 1


Pedro Costa Martins
CEO PROFOR

Caro parceiro,

Pensámos muito sobre a maneira de lhe transmitir o prazer que temos em tê-lo ao nosso lado,
pensámos em piadas, canções, caricaturas, e até vídeos, mas não chegamos ao que queríamos e no
final das contas sentimos que queremos apenas dizer OBRIGADO! Na esperança que sinta que é do
fundo do coração.

Gostaríamos de conhecer toda a vossa equipa em pessoa, para tal convidamo-lo a assistir a qualquer
um dos eventos onde estamos presentes e que estão anunciados na nossa página web : www.profor.
pt. Se isso não for possível, ao menos que sejamos amigos no facebook. https://www.facebook.
com/profor.pt

Contacte-nos a qualquer hora, qualquer que seja o motivo, os vossos elogios e sugestões motivam-nos
e as vossas reclamações ajudam-nos a melhorar.

É por sua causa que hoje em dia temos à sua disposição mais de 12.000 artigos, divididos por cerca
de 10 famílias, 3 delegações, vendas em Angola Moçambique, Cabo Verde, vários países da europa,
onde se destacam Espanha, Alemanha, França. valorizamos os nossos clientes e tentaremos estar
sempre disponíveis para qualquer necessidade.

Neste catálogo irá encontrar 1 família nova de artigos para geração de energia, fabricados pela
Profor. É composta por postos de transformação compactos, quadros elétricos e armários.
Também encontrará alguma informação sobre as novas distribuições que a Profor conseguiu, são
elas: o maior fabricante mundial de aparelhos de medida Megger/ SEBA e a Elcom Megarad –
fabricante de acessórios termorretráteis para BT MT e AT.

Esperemos que deposite em nós a sua confiança e que juntos continuemos a crescer !

Obrigado por fazer parte da PROFOR!

2 | CATÁLOGO GERAL
ÍNDICE

Proteção Individual 5
Vestuário 37
Equipamento de Emergência 57
Trabalhos em Altura 67
Sinalização 93
Riscos Elétricos 119
Acessórios Elétricos 135
Trabalhos em Tensão 165
Redes Subterrâneas 181
Catv, Telecom e Fibra Ótica 191
Linhas Aéreas 197
Fornecimento e Distribuição de Energia 203
Detetores de Gás 207
Aparelhos de Medida 211
Armários Modulares para Viaturas 217
Normas e Regulamentos 219

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 3
Proteção da Cabeça
Proteção da Face
Proteção dos Olhos
Proteção Auditiva
Proteção Respiratória
Proteção das Mãos
Proteção Lombar
Proteção dos Joelhos
Proteção dos Pés

Devido à grande variedade de opções que dispomos, e por


não se tornar prática a sua consulta num catálogo, atendendo
à enorme quantidade de situações que os riscos inerentes a
cada actividade profissional fazem surgir nos locais de trabalho,
solicitamos que seja sempre estabelecido um contacto com os
nossos serviços técnico-comerciais que ajudarão a encontrar
uma solução adequada a cada situação.
A directiva CE-89/696 define um conjunto de exigências a
que todos os Equipamentos de Protecção Individual devem
obedecer. Todos os equipamentos que a Profor Lda comercializa
têm marcação CE e portanto respeitam as normas Europeias
aplicáveis a cada um deles.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL
PROTEÇÃO DA CABEÇA

PC1® CAPACETE EVOLITE


O CAPACETE MAIS LEVE DO MERCADO.
Respeita EN 397.
cores disponíveis:

u Grande Conforto u Banda de u Ajuste Preciso u Ventilação u Serigrafia


PesO: 298 grs. Qualidade Nunca antes conse- frontal e traseira Zona de
Arnês de 6 pontos Superior guido, um capacte de Permitindo um estampagem
de ancoragem, com Fabricada em ajusto tão avançado, ótimo fluxo de ar com uma maior
um conforto algodão especial oferecendo 3 niveis dentro do capacete, superficie
superior sem com revestimento de regulação em pro- reduzindo a melhorando assim
comprometer a de PU poroso, fa- fundidade, permitindo temperatura de 2 a visibilidade da
sua performance. cilita a absorção. PH a sua utilização em a 3 graus C. imagem corporativa.
neutro comprovado cabeças pequenas,
dermatologicamente. médias e maiores.

PC2 CAPACETE EVO2


VENTILADO E NÃO VENTILADO.
Respeita EN 397.
cores disponíveis:

A união perfeita entre força e economia

u Moderno capacete que possui um arnês de polietileno de


6 pontos com ajuste de profundidade de 3 pontos.
u Este capacete oferece alto nível de proteção e funcionali-
dade a preços muito competitivos.
Excelente conforto.

PC3 CAPACETE EVO3


VENTILADO, NÃO VENTILADO E COM RODA
AJUSTÁVEL
Respeita EN 397.
cores disponíveis:

u Arnês Confort plus Evolution combinado com um capacete


extra resistente para uma excelente adaptação.
u Polietileno de alta densidade.

6 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DA CABEÇA

PC4 CAPACETE DE ALPINISTA


u Capacete de segurança para trabalhos em altura e de resgate.
u Fabricado por injecção de ABS com estabilização ultra violeta.
u Este material permite obter excelentes resultados na absorção e
distribuição de forças produzidas pelos impactos de objetos em queda.
u Arnés têxtil de quatro pontos de ancoragem, com regulador.
u A banda de suor em espuma de polietileno forrado a poliester para
grande conforto.
u Francalete regulável. Peso: 325g.
Respeita EN 397.

PC5 HARD CAP


Projetado para padrões mais recentes, sendo elegante e discreto.
u Ventilação para maior conforto, orifícios extras no forro e dois pai-
néis de malha sobre o meio externo.
u Único ajuste angular de uma mão para rapido encaixe.
Dimensionamento varia de 53 a 64 centímetros.
u Protecção em toda à volta
O revestimento protector é removível, de modo que o boné
exterior se possa lavar.
u Disponível em alta visibilidade laranja e amarelo, ideal para
ambientes com pouca luz.
u Três medidas de pala.
Respeita EN 397.

PROTEÇÃO DA FACE

PF1 - CAPACETE COM VISEIRA PARA ELECTRICISTA


u Capacete industrial com viseira móvel e protegida pelo capacete,
contra arcos elétricos provocados por curto-circuitos. A viseira
incorporada é feita em policarbonato de 1,7 mm de espessura. Possui
um tratamento anti-embaciante no lado interior e um tratamento
contra riscos e “arranhões” no lado exterior. Certificado para 1000 v.
Respeita EN 397 e 166.

PF1 PF2 e PF3 - VISEIRAS


u Em policarbonato transparente e incolor. Aluminizados e acetato
para protecão química, para utilizações dirigidas a riscos muito
específicos, tais como radiações luminosas. A viseira pode ser
adaptada ao capacete ou de aplicação directa na cabeça. Esta
última com adaptador de cabeça, pode ter uma proteção na testa,
o que para certas situações de trabalho evita o uso de capacete.
O adaptador de cabeça é regulável e permite levantar a viseira sem
a retirar.
Respeita a EN 166.
PF2 PF3

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 7
PROTEÇÃO DA FACE

PF4 - VISEIRA TURBOSHIEL


O SISTEMA MAIS RÁPIDO DE SUBSTITUIÇÃO
DE VISEIRA.
Removível, Lavável

u Viseira com excelente ótica, aumento do campo de visão.


u Viseiras de substituição estão disponíveis em transparente e cinza.
u Filtro 3.0 e 5.0. Lentes cinza também estão disponíveis com
opção anti-risco e anti-embaciamento.
u Ergonómica e fácil de usar com botões de ajuste - mesmo com luvas.
u É compatível com acessório para capacete.
Respeita EN 397.
PF4

PF5 - VISEIRA BIONIC


PROTEÇÃO SUPERIOR.
u Integral, proteção da cabeça até ao queixo.
u Viseira panorâmica de qualidade para máxima visibilidade.
u De fácil substituição de viseiras, disponíveis numa variedade de
materiais, tons e acabamentos para todas as necessidades.
u Compatível com a maioria dos óculos e máscaras respiratórias.
u 100% dielétrico.
Respeita EN 397.
PF5

PF6 - CAPACETE FLORESTAL


u Combinação perfeita, composta por capacete MK7 com regulação
da viseira Surefit com 20 cm de rede e auriculares protectores -
SNr 28.
Respeita EN397, EN50365, EN352-3 e EN1737.
PF6

MÁSCARAS DE SOLDADURA
u Em poliester armado em fibra de vidro, resistente ao calor e não
condutor de electricidade. Tem um adaptador de cabeça regulável,
com três posições que permitem levantar a viseira sem a retirar. O
visor onde está montada a ocular em vidro mineral verde.
O grau de opacidade do visor é variável entre 7 e 14 com a acuidade
visual do utilizador e tipo de trabalho.
PF7 PF8 PF7 - MÁSCARAS DE SOLDADURA DE CABEÇA

PF8 - MÁSCARAS DE SOLDADURA DE MÃO

PF9 - MÁSCARAS ELETRÓNICAS


Leve, confortável e resistente máscara de soldadura com o máximo
de cobertura de cabeça, para os soldadores mais exigentes, equipado
com filtros passivos ou activos, com sistemas de ventilação de
ar opcional. Permite automaticamente o escurecimento da lente
PF9 conforme radiação.
Respeita a EN 175 E 166.

8 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DOS OLHOS

CONTRA IMPACTOS
u Com armação flexível, em nylon ou em resina sintética,
muito leve e com protecções laterais. Oticas neutras em poli-
carbonato tratado, obtendo-se assim grande resistência con-
PO1 tra os impactos, dificilmente se quebram ou riscam. Podem
PO2 ser incolores ou coloridos até à cor 5.
Respeita a EN 166.
PO1 - XC - Possibilidade de substituição de lentes. Ocular
para metais fundidos que oferece maior cobertura e ajuste.
Rebordo superior dispõe de canais de ventilação integrados.
Disponíveis 13 lentes diferentes, substituiveis e com trata-
mento anti-embaciante. Apoio nasal ajustável e banda de suor
PO3 em silicone que permite maior conforto.
PO2 - A700 - Óculos contra impactos, leves e ergonómicos,
PO4 anti-risco e anti-embaciamento.Disponiveis em várias cores
de lentes e armação.
PO3 - MILLENNIA - Proteção lateral, design avançado com
cordão de segurança incluído.
PO4 - INGITE - Modelo leve, sem armação e com uma lente
que possui design arrojado para oferecer visão panorâmica,
sem distorções e proteção extra. Apoio nasal confortável,
ajustável e anti-deslizante. Disponível em vermelho metálico
quente com detalhes em prata ou preto tradicional.
PO5 PO5 - FLASH - Óculos de protecção contra impactos de par-
tículas. Lentes incolor. Protege contra radiações ultra-violetas.
Especialmente recomendado para baixa luminosidade e visibili-
dade. Hastes ajustáveis.
PO6
PO6 - SP1000 - Óculos híbridos. Oferecem proteção excep-
cional contra impactos, sol, vento poeiras e detritos juntamente
com desempenho durável e minimizando a nebulização. O
seu design oferece uma gama de conforto e características
ajustáveis para utilização diária. Os óculos podem ser usa-
dos ​​com hastes ou fita (ambos incluídos).

PO7 E PO8 - PANORÂMICOS


PO8 u Com armação em PVC flexível, garantindo uma boa adap-
tação à face do utilizador. De acordo com o tipo de risco,
pode ter diferente ventilação direta e indireta. A ocular é em
policarbonato tratado contra impactos, anti-riscos e anti-em-
baciante. Alguns modelos podem ser usados sobrepostos a
PO7 óculos de correção.
Respeita a EN 160.

PO9 - DE VISITANTE
u Em policarbonato com proteçao lateral, com hastes ajustáveis,
PO9 ocular moldada numa única peça. Grande resistência contra im-
pactos e partículas incandescentes. A ocular é panorâmica, in-
color ou verde até cor 3.
Respeita a EN 166.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 9
PROTEÇÃO DOS OLHOS

ANTI-UV
u Com armação de material isolante, oculares em policarbonato
PO10 com tratamento anti-uv e rebordo lateral contra projeções.
Com hastes reguláveis no seu comprimento. (PO11; PO12)
Respeita a EN 166.

PO10 - G5
PO11 - MATER MEDOP
PO11

DE SOLDADOR, COM JANELA MÓVEL


u Com armação flexível em PVC para garantir um bom
ajustamento à face. A ventilação pode ser obtida a partir
de válvulas (ventilação indirecta). As oculares podem
ser montadas em janela móvel ou fixa. O material que as
constitui pode ser em vidro mineral de 50 mm de diâmetro,
de cor 5 a 7. As oculares transparentes de janela móvel são
também em vidro mineral, com elevada resistência aos
PO13 impactos.
Respeita a EN 166.

CORDÃO DE SEGURANÇA
Cordão de segurança apropriado para óculos de maneira
a que em ambientes adversos estes não caiam; evitando
percas ou danos.

u Cordão preto de segurança.


PO15
PO14 u Mais segurança e comodidade no ambiente de trabalho.

BOLSA PARA ÓCULOS


u Bolsas rígidas e macias para proteger os óculos a fim de
evitar arranhões, perda e danos, com mosquetão e suporte
para cinto.
u Com a possibilidade de imprimir logotipo de empresa ou
nome de funcionário.
PO16

PO17

10 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO AUDITIVA

TAMPÕES DE ESPUMA DESCARTÁVEIS


N O P
Estes Tampões são uma solução económica, ideal para
situações de trabalho que exigem um alto grau de conforto,
mudanças frequentes de ambientes ou onde as condições
de higiene proíbem reutilização.
Com as mãos Com a mão livre, Mantenha a posição
limpas, enrole todo puxar a orelha para por 30-40 seg,
o tampão , o mais cima e para trás, e até o tampão PA1 - BILSOM 303/304
estreito possível, insira o tampão estar totalmente u Tampão de espuma de poliuterano, para proteção e
sem formar rugas. bem dentro do seu expandido no exposição a ruído elevado e por longos periodos de tempo.
canal auditivo. canal auditivo.
Os tampões não
Podem ser fornecidos em dispensadores automáticos. Com
devem ser visíveis e sem cordão.
para alguém lhe SNR 33. Respeita a EN 352.
olha de frente.
PA2 - MAX LITE
u Tamanho ideal para trabalhadores com canais auditivos
pequenos. Espuma de poliuretano de baixa pressão
expande suavemente para utilização confortável a longo
prazo. Opcional com fio de algodão.
PA1
SNR 34. Respeita a EN 352.

PA3 - MAX SINGLE-USE EARPLUG


u O tampão mais usado do mundo em espuma de poliuretano.
Forma de sino proporciona o máximo de conforto no ouvido.
Design com contornos mais fáceis de inserir, resistente à
PA2 PA3 tendência para sair do canal auditivo.
SNR 37. Respeita a EN 352.

PA4 - LASER LITE


u As cores brilhantes fazem o tampão visível e atraente. A
espuma expande-se para moldar a forma de praticamente
todos os ouvidos. T-shape contornos para fácil inserção e
remoção.
SNR 35. Respeita a EN 352.

PA5 - MULTI MAX


PA4 u 2 Tamanhos 1 Tampão
O tampão que melhor se ajusta a cada utente. Em espuma
PA5
de poliuretano auto-ajustável que expande. Espuma suave
e resistente, evita o acumular de sujidade. Serve em canais
pequenos e grandes
SNR 35. Respeita a EN 352.

PA6 TAMPÕES DE SILICONE REUTILIZÁVEIS


Adequados para a proteção à exposição de ruído de nível
médio. Podem ser fornecidos com ou sem fio em embalagem
individual.

PA6 - NEUTRON
u Permite que possa ouvir e falar com os colegas sem ter que
tirar os tampões. Proteção contra os níveis de ruído
moderado existentes no local de trabalho.
SNR 20. Respeita a EN 352.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 11
PROTEÇÃO AUDITIVA
N Enquanto segura a O Insira o tampão P Apenas a ponta da haste do
haste, puxe a orelha de forma a que tampão pode ser
para cima e para todas as bandas visível quando alguém lhe
trás. fiquem bem olha de frente.
dentro do canal
auditivo.

TAMPÕES DE SILICONE REUTILIZÁVEIS


PA7 PA7 - QUIET
u Formato ergonómico. Proporciona um ajuste ótimo a
qualquer tipo de canal auditivo.
u Tronco rígido integrado torna a inserção rápida e fácil.
u Estojo HearPack, permite o encaixe no cinto ou capacete.
SNR 28. Respeita a EN 352.
PA8 - FUSION
uCentral FlexiFirm® para a montagem fácil.
u SoftFlanges ™ para maior conforto e ajuste.
PA8
u Sistema de cordão destacável.
u Estojo HearPack.
SNR 28. Respeita a EN 352.
PA9 - AIRSOFT
u Quatro bandas para uma melhor vedação no canal auditivo.
u Forma alongada para um melhor ajuste.
PA9 u Haste integrada para facilidade de inserção e remoção.
SNR 30. Respeita a EN 352.
PA10 - SMARTFIT MULTIPLE-USE EARPLUG
u Tecnologia CMT: Material maleável, que utiliza o calor do
corpo para se adaptar à forma do canal auditivo.
u Conforto superior e um ajuste individual.
PA10 u Sistema de cordão destacável.
u Estojo HearPack.
SNR 30. Respeita a EN 352.

TAMPÕES DE SILICONE DETETÁVEIS


Especialmente destinados à indústria alimentar. De cor azul
PA11 podem ser detetados com a maioria dos detetores de metais.
PA11 - LASER TRAK EM ESPONJA
u Com a maior taxa de atenuação da sua classe.
u Espuma de poliuretano auto-ajustável.
SNR 35, Respeita a EN 352
PA12 PA12 - SMARTFIT® DETECTABLE
u Tecnologia Relevante que se adapta à forma do canal
auditivo quando circundante no ouvido, e retorna para a sua
forma original quando removido
u Anel de metal na haste detectável por equipamento
automatizado
SNR 30, Respeita a EN 352
PA13 - FUSION® DETECTABLE
u Tampão reutilizável, com cordão e lavável com água e sabão.
u Cordão e anilha metálica facilmente detectáveis magne-
PA13 ticamente.
SNR 28, Respeita a EN 352

12 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO AUDITIVA

TAMPÕES COM BANDA


Para uma utilização intermitente. Permite que o utilizador
retire os tampões e os pendure ao pescoço. Permitem a
substituição dos tampões.
Níveis de proteção Num ambiente barulhento,
PA14 - QB1® HYG
melhorados, puxando a pressione levemente com u Leve e portátil, preparado especialmente para ambientes
orelhapara cima e para trás. os dedos a banda para o com exposição intermitente ao ruído.
interior do ouvido. SNR 26, Respeita a EN 352
PA14
PA15 - QB2® HYG
u suaves para descansar parcialmente na orelha para com-
binar conforto e proteção.
u Leve e portátil.
SNR 24, Respeita a EN 352

PA16 - PERCAP
u Super-macio, leve semi-aural, fica fora do canal auditvo
PA15 para um conforto incomparável.
u Várias posições: por cima da cabeça, debaixo do queixo ou
por trás do pescoço.
u Design compacto e dobrável para facilitar o armazenamento
PA16 nos bolsos.
u Ideal para usuários expostos a ruído intermitente.
u Leve, apenas 10 gramas.
SNR 23. Respeita a EN 352

PROTETOR AURICULAR
PA17 Ideal para proteger de ruídos intermitentes ou para
incapacidade de adaptação aos tampões auditivos de uma
maneira confortável e segura.

PA17 - CLARITY
u Posições múltiplas para dar aos trabalhadores a flexibilidade
de usar seus protetores de ouvido sobre a cabeça atrás da
cabeça ou debaixo do queixo.
u Pode ser usado com outros EPI’s, incluindo capacetes,
viseiras, máscaras, respiradores. SNR 30. Respeita a EN 352.

PA18 - LEIGHTNING
PA18 PA18A u Com almofadas de rápida e fácil substituição.
u Banda de espuma acolchoada para o conforto a longo prazo
com o mínimo de pressão na cabeça.
u Vários níveis de atenuação destinados a diferentes ambientes.
u Ajuste de altura telescópica garante que os abafadores
permanecem fixos durante o uso.
u Conforto superior.
PA18A
u Alta visibilidade com banda refletora.
SNR 34 e 31. Respeita a EN 352.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 13
PROTEÇÃO AUDITIVA

PROTETOR AURICULAR IMPACT


PA19
PA19 - IMPACT® EAR CUP HEADBAND - AURICULARES
ATIVOS
u Permite a audição de baixos ruídos.
uPossibilidade de posicionar para trás quando não for
necessário.
u Adaptado a uma ampla gama de capacetes.
u Inclui 2 pilhas AA para 140 horas de uso.
SNR 28, Respeita a EN 352.

PA20
PA20 - BIG RANGE
u Adequados para uso em aplicações industriais e de serviço
ao ar livre médio.
u Almofadas de espuma macia e larga para todo o dia.
u Possibilidade de posicionar para trás do pescoço.
SNR 28, Respeita a EN 352.

PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA

1 2 3
1 Colocar a máscara na mão.
Moldar a ponte nasal.
2 Pôr a máscara sobre a cara começando pelo
queixo.
3 Primeiro, colocar o elástico inferior ao redor do
pescoço por debaixo das orelhas, depois situar
o elástico superior sobre as orelhas.
4 Ajustar a tensão puxando cada elástico.
Ajustar a zona nasal à forma da cara.
Mover suavemente a máscara, da direita para a
4 5 6
esquerda e de cima para baixo, para conseguir
a posição ótima da máscara na cara.
5 Verificação de fugas (ajuste facial):
Colocar ambas as mãos sobre a máscara e
inalar com força.
6 No caso de sentir o ar entrar pelos bordos,
ajustar a peça nasal e/ou aumentar a tensão
dos elásticos.

MÁSCARAS DESCARTÁVEIS
Diversos tipos de proteção FFP1, FFP2 e FFP3. Com ou sem
Baixa toxicidade válvula.
Diversas versões: cónicas, horizontais e verticais, embaladas
Baixa a média toxicidade individualmente.0
Respeita a EN 149.
Alta toxicidade

14 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA

PR1
PR2

PR1 - SÉRIE SUPERONE


u Versão económica. Máscaras cónicas FFP1 e FFP2 com ou
sem válvula.

PR2 - SÉRIE 5000


u Máscaras cónicas FFP1, FFP2 s FFP3, com ou sem válvula.
PR3
PR3 - SÉRIE 4000
PR4 u Máscaras dobráveis horizontais em embalagem individual.

PR4 - SÉRIE 2000


u Máscaras respiratória dobráveis em bumerangue.
u Forma de perfil baixo: visão perfeita.
u Forma envolvente: grande superfície do filtro e maior
conforto, hipoalergênico, anti-transpirante
u Fácil ajuste.
PR5 u Embalagem reutilizável e individual: protege a máscara
antes de usar e durante os intervalos.

PR5 - CARVÃO ATIVO

PR6 - SEMI-MÁSCARAS
u Oito pontos de ajuste nos tirantes, sendo 2 ajustes para
cada ponto - topo da cabeça, peça semifacial, lateral e nuca.
u Válvulas de inalação superdimensionadas oferecem baixa
PR6 resistência a respiração.
uVálvula de exalação permite saída da transpiração, reduzindo
significativamente a sensação de abafamento, evitando
escorregamento do respirador e irritação da pele;
u Desenho da peça semifacial permite perfeita compatibilidade
com óculos de segurança;
u Peça semifacial de silicone é extremamente leve e durável
para maior conforto e segurança do usuário;
u Embalagem reutilizável protege o respirador de contami-
nantes enquanto não estiver a ser usado.
PR7
PR7 - FILTRO EM ALUMÍNIO
PR8
PR8 - FILTRO EM PLÁSTICO
u Os filtros são fornecidos de acordo com o agente agressor,
seja este do tipo físico ou químico. Assim, podem ser
fornecidos filtros adequados a qualquer ambiente com risco
Gases e vapores orgânicos, para os quais o ponto de ebulição
é superior a 65 ° C. Por ex.: solventes, hidrocarbonetos, etc. para as vias respiratórias.
Gases orgânicos e os vapores de que o ponto de ebulição
é inferior a 65 ° C.
Gases inorgânicos e vapor, por exemplo, cianeto formaldeído
u Dois tipos de encaixe: rosca Din e sistema clik.
ácido cloro, ácido clorídrico, etc.
Respeita a EN 140 - 141 - 143.
Gases ácidos e de vapor, por exemplo, dióxido de enxofre, etc.
Amoníaco e derivados amino orgânicos.
Partículas, pó.
Monóxido de carbono.
Vapor de mercúrio.
Monóxido de nitrogênio, óxidos de azoto, nitroso vapor.
Iodo.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 15
PROTEÇÃO RESPIRATÓRIA

MÁSCARA PANORÂMICA
PR9 PR9 - PANORAMASQUE
u Ocular em policarbonato, alta visibilidade e de grande
resistência mecânica. É estanque, pelo que pode ser usada
em ambientes tóxicos e corrosivos. O filtro deve ser adequado
ao agente agressor, como por exemplo gás, vapor ou poeiras
tóxicas.
Respeita a EN 140 - 141 - 143.

MÁSCARAS COM RESPIRADOR


PR10 Com as características da máscara panorâmica, mas com
motor de ar forçado ou ligado a um sistema de ar.
PR10 - OPTIFIT TWIN
u 5 pontos de sustentação
u Oferecem ótima distribuição do peso, aumentando o
conforto.
u Excelente campo de visão sem distorção e claridade ótica.
u Membrana fónica de silicone que oferece excepcional
durabilidade e conforto.
u Todas as tiras de sustentação são anexadas à armação da
peça facial, reduzindo assim pontos de pressão e distorção
da superfície de selagem quando ajustado os elásticos.
u Peça semifacial previne embaciamento da lente e possui
três tamanhos opcionais para melhor adaptação a qualquer
tipo de face.
u Lente de policarbonado substituível, resistente a alto
impacto e com tratamento anti-risco.
u Diafragma de voz proporciona uma perfeita propagação da
voz do usuário.
PR11 APARELHO DE RESPIRAÇÃO ASSISTIDA
PR11 - COMPACT AIR®
u Sistemas mais confiáveis ​​e confortável no mercado.
u Mínimo fluxo de ar de 150 litros.
Indústria Labotarórios
farmacêutica u Bateria recarregável NiMh.
u Tempo de funcionamento de 8 horas.
u O tempo de carregamento 10 horas.
Indústria Soldadura u Peso 1350 gr.
automóvel u Filtro Classe 2 - P3, A2P AB2P, ABEK2P.
Respeita a EN12942.

PR12 - JUNIOR A
u Ampla viseira transparente: o que permite a entrada de
luz e proporciona um grande campo de visão, sem qualquer
distorção.
u Completa proteção facial e vedação facial lavável.
u Sistema de clip: com mola para viseiras descartáveis.
u Componentes de acetato: totalmente transparente e
oferecendo visão perfeita.
u Capa opcional: para proteger o topo da cabeça e do pescoço
PR12
de poeira ou partículas líquidas.
Respeita a EN12941.

16 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DAS MÃOS

LUVAS DE USO GERAL


TIPO CHEFE
u Fabricadas em pele “flor” ou croute ou mista (croute e pele)
com cinco dedos e punho. A qualidade da pele garante
suficiente resistência mecânica ao desgaste e permite uma
razoável sensibilidade e um certo isolamento à humidade.
Respeita a EN 388 e EN 420.

PM0 PM1 PM0 - SAF701


u Em pele flor de bovino natural de cor branca ou amarela.

PM1 -SAF702.2
u Mista, pele em croute bovina nas costas da mão e pele de
PM2 vaca na palma.

PM2 -SAF717
u Em croute bovino natural de cor branca.

PM3 - POLYTRIL™ MIX


u Luva de última geração com grande resistência mêcanica.
u De uso geral em alternativa à do tipo chefe, com suporte em
algodão e revestida a nitrílo na palma e ponta dos dedos.
u Resistência ao corte (nível 2) e a abrasão (nível 4)
u Ideal para ambientes húmidos ou molhados.
u Disponível nos tamanhos 7 a 11.
Respeita a EN 388 e EN 420.
PM3

PM4 - LUVAS DE NITRILO


PM4
u De uso geral, com suporte em algodão e revestida a nitrilo
(de 1 a 3 camadas).
u Luva com grande resistência mêcanica.
u Versão com punho de lona ou de algodão.
u Disponível com costas da mão totalmente cobertas ou a 3/4.
u Ideal para construção civil e trabalhos árduos.
Respeita a EN 388 e EN 420.

PUNHO DE LONA PUNHO DE ALGODÃO

costas cobertas costas cobertas


costas a 3/4 costas a 3/4

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 17
PROTEÇÃO DAS MÃOS

LUVAS DE USO GERAL


LUVAS DE EXTREMA SENSIBILIDADE
Adequadas para trabalhos minuciosos (indústria automóvel,
electrónica e afins)
PM5 Respeita a EN 388 e EN 420.
PM5 - MATRIX P GRIP
u Luva de alta sensibilidade com suporte em nylon e
revestimento em poliuterano com palma e dedos.
u Ajuste total para uma maior destreza.
u Sem costuras para uma maior comodidade.
u Disponível em 3 cores (branco, cinza e preto).
PM6
PM6 - MATRIX F GRIP
u Boa aderência em ambientes molhados.
u Punho em malha elástica para um ajuste seguro.
u Revestimento em espuma de nitrílo, repelente de humidade
e liquidos.

PM7 - PU 1ST BLACK


PM7 u Luva em malha Poliamida. Revestimento de poliuretano
preto na palma da mão e dedos.
u A tecnologia tricô ajuda obter uma luva que se molda
PM8 perfeitamente à mão, com boa destreza. A luva oferece
o máximo de conforto e robustez. A apertada malha dá o
suporte perfeito à luva, limitando a penetração de sujeira e
oferece um bom toque.

PM8 - POLYTRIL™ TOP


u Total revestimento a nitrilo, impermeável a águas e gorduras.
u Suporte em poliamida.
u Excelente utilização em ambientes húmidos ou molhados.

PM9 - POLYTRIL™ AIR COMFORT


u Luva de extremo conforto.
u Fabricada em algodão, poliamida e lycra.
u Revestimento a espuma de nitrílo na palma da mão e dedos.
u A adição de algodão aumenta a absorção de transpiração e
PM9
conforto.

PM10 - LUVAS DE ALGODÃO

u São luvas de cinco dedos, em malha de algodão, com ou


sem costuras, permitindo a realização de trabalhos delicados.
Podem ser usadas também sob outras luvas. Podem ter
pontos em PVC para maior aderência adequados para
trabalhos de construção, jardinagem, ou transporte de cargas.
PM10 Respeita a EN 388 e EN 420.

18 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DAS MÃOS

LUVAS DE PROTEÇÃO TÉRMICA

LUVAS DE SOLDADURA E FUNDIÇÃO

Fabricadas em croute ou mistas de croute e pele, com ou sem


tratamento anti-calor. Este tipo de luvas pode ser de saco e
dedo ou de cinco dedos.
PM11
De acordo com a EN 420

PM11 - LUVA TOTAL EM COURO


u Com manguito em couro rachado, com tratamento anti-
PM12 calor, forro em tela 100% algodão.
Excelente para a indústria de soldagem, metalurgia,
siderurgia, no setor de trabalho do metal.

PM12 - WELDER HR
PM13 u Resistentes, de couro totalmente forrado tratado contra o
calor traz uma excelente resistência ao fogo e calor.
u Grande conforto e melhor isolamento térmico. A
braçadeira de couro protege uma grande parte do antebraço
contra riscos mecânicos. Costuras com fio de kevlar.
De acordo com a EN 420, EN 388, EN 407 e EN 12477

PM13 - MIG FIT


u Luva em couro de bovino com forro de algodão felpado.
Dorso da mão em kevlar aluminizado e palma em croute anti-
calor.

LUVAS PROTEÇÃO CALOR

PM14
PM14 - VULCANO
u Luva em 100% kevlar sobre uma base interior em algodão.
u Ideal para setor produção cerâmica, panificação e fornos
quentes, soldadura, fabrico de tijolos e vidro. Existem versões
para temperaturas de 100º e 350º.

PM15 - HOTMILL
PM15 u Luvas de algodão jersey resistente ao calor . (Proteção até
100 ° C).

PM16 - TERRYTOP
u Luvas de algodão, tipo turco, resistentes a temperaturas
entre 100 ° C e 250 ° C.
PM16

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 19
PROTEÇÃO DAS MÃOS

LUVAS DE PROTEÇÃO TÉRMICA


PM16
PM16 - ARATHERMA
u Luvas de proteção térmica em Kevlar® ou Nomex ®.
(Proteção térmica entre 250° C e 350° C)

PM17 - TOPFIRE KERMEL 3F


u Luva três dedos para uma melhor destreza, forrada de
algodão. Revestimento adicional em gaze de algodão. Reforço
entre o polegar e o indicador. Manguito em de couro de 15 cm.
Comprimento: 34 cm. Tamanho único.
PM17 De acordo com a EN 388

PM18 - SUPERZETEX MIT


u Luva em Zetex® com forro Lã Kermel® de dois dedos. PBI
reforço na mão e polegar. Comprimento 40 cm. (Tamanho
PM18 PM19 único). Ambidextra.

PM19 - IHR540 PROTECÇÃO A 500º


u Luva 5 dedos, forro Kevlar® e fibra de vidro revestida a
goma silicone. Manipulação de peças quentes até 500º.
Comprimento: 40 cm. (Tamanho único).

LUVAS PROTEÇÃO FRIO


PM20 - UP & DOWN I VIZ
PM20 u Luvas com suporte em acrílico de alta visibilidade revestido
a latex. Para a manipulação de produtos congelados. Ideal
para trabalhos em câmaras frigoríficas, operadores de
empilhadores e motoristas.
PM21 De acordo com a EN 511, EN 407 e EN 388

PM21 - WINTER PROOF DRIVER


u Luva de couro com forro polar e repelente à água. Para
manuseamento em ambiente frio ou húmido. Elástico no
punho para melhor ajuste. Luva aconselhada para operdores
PM22 de logística e manobradores de empilhadoras.
De acordo com a EN 511 e EN 388

PM22 - WINTER PRO


u Luva em PVC resistente à chuva, vento, sal e produtos
PM23 quimicos. De boa flexibilidade e alta durabilidade. A sua
superfície rugosa oferece uma boa aderência ao manusear
objetos molhados.
De acordo com a EN 388, EN 420, EN 374 e EN 511.

PM23 - WINTER FIT


u Luva em pele com reforço na palma e forro em “Thinsulate”.
Completamente impermeável permite que a luva seja usada
em todos os ambientes, mantendo as mãos secas.
Forro deixa a pele respirar, não absorve humidade e é ultra-
leve.
De acordo com a EN 388, EN 420 e EN 511.

20 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DAS MÃOS

PM24 LUVAS PROTEÇÃO FRIO

PM24 - COLD GRIP


u Fabricadas em poliamida azul e revestidas a 3/4 PVC.
Fornece calor e conforto em condições de frio e humidade.
Flexibilidade em baixas temperaturas para destreza do
trabalhador, muito respirável. Boa aderência ao manusear as
peças molhadas, oleosas ou gordurosas.
De acordo com a EN 511 e EN 388

PM25
LUVAS DE PROTEÇÃO QUÍMICA

PM25 - LUVA DE NITRILO


u Luva de protecção química feita de borracha nitrílica.
u A constituição em nitrilo garante elevada resistência a
muitos solventes e produtos químicos de base oleosa.
u Boa aderência ao manusear a peças gordurosas ou oleosas.
u Grande resistência à abrasão e à perfuração.
u Livre de látex natural e de substâncias alérgicas.
uIdeal em indústrias de manutenção, assemblagem,
automação, impressão e manipulação de alimentos.
u Versões em tamanhos mais compridos.
u Certificação para industria alimentar.
PM26 De acordo com a EN 374, EN 407 e EN 388.

PM26 - LUVAS EM NEOPRENE


u Fabricadas em neoprene oferecem uma proteção quimica
muito resistente. e químicos.
u Proteção a ácidos, bases e solventes.
u Utilizadas na industria quimica, agricultura (aplicação de
fertilizantes), industria automóvel, tratamento de metais
(galvanização).

PM27

PM27 - LUVAS EM PVC


u Fabricadas em PVC de alta resistência (duplo revestimento)
Proteção contra óleos, gorduras, produtos quimicos e
hidrocarbonetos.
Ideal para a industria quimica e petrolífera
Disponível em diversos tamanhos.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 21
PROTEÇÃO DAS MÃOS

PM28 LUVAS DE LÁTEX

PM28 - DERMATRIL™
u Luvas descartáveis sem pó proporcionando um alto nível
de proteção contra a contaminação química e bacteriológica.
Anti-estático. Com ligeiro relevo para melhor aderência.
Borda do punho enrolado para facilitar a colocação.
Utilizadas em laboratório e indústria farmacêutica. Punhos
de vários tamanhos.
De acordo com a EN 374 e EN 388.

PM29
PM29 - FINEDEX FISHERMAN
u Em látex rugoso com interior em poliamida. Ideal para a
indústria de peixe. Excelente resistência á abrasão e rasgo.

PM30 - FINEDEX® 944-31


u Luvas de látex natural proporciona excelente flexibilidade,
PM30 sinónimo de destreza e conforto para agarrar objetos secos
e húmidos. O algodão no interior oferece ao usuário maior
conforto. Ideal para trabalhos na indústria alimentar e
aeronaútica. Excelente desempenho em ambientes frios e
húmidos.

LUVAS ANTI-CORTE

PM31 LUVAS DE PROTEÇÃO AO CORTE ATÉ AO NÍVEL 5

PM31 - CORTE DE DIAMANTE®


u A primeira luva HPPE (Polietileno de Alta Densidade) de
proteção de alto nível corte 4 de 13 de calibre, sensibilidade
tátil, destreza, flexibilidade, elasticidade.
u Excelentes propriedades mecânicas, alta resistência ao
corte, leveza e respirabilidade excepcional, que mantém as
mãos secas para o conforto.
u Não contém fibra de vidro ou aço inoxidável, evitando assim
risco de alergias ou irritação da pele, mais frequente com este
tipo de material.
u Oito vezes mais fina do que o nylon.
u Duas vezes mais finas do que outras fibras aramida.
u Boa resistência ao abrasão, revestimento preto em PU, boa
aderência.
u Lavável a 40 ° C.
De acordo com a EN 388 e 420

22 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DAS MÃOS

LUVAS ANTI-CORTE
PM32
PM32 - PERFECT CUTTING®
u Luvas de malha Dyneema ® para maior sensação de
conforto.
u Revestimento em poliuretano o que permite trabalhos de
alta precisão.
u Revestimento em nitrilo palma e dedos e 3/4.
u A apertada malha dá às luvas suporte perfeito, evitando a
entrada de sujidades e poeiras.
u Indicado para indústrias de montagem e manuseamento
de chapas e barras de ferro.
u Várias cores.
De acordo com a EN 388 e 420.

PM33
PM33 - PICGUARD
u Luva resistente a punção com agulha de Alto Desempenho
u Agradável de usar e adaptadas a todos os movimentos que
exigem a sensibilidade tátil necessária para pequenos objetos.
u Amolece com a utilização.
u Design ergonómico para melhor, sensibilidade ao toque, e
mais conforto e destreza.
De acordo com a EN 388 e 420

PM34 - SHARPFLEX
PM34 u Luva de proteção ao corte nível 5.
u Forro leve em para-amida, poliamida e fibra de compósite.
u A tecnologia de tricô dá as luvas suporte perfeito, evita a
entrada de sujidade, boa sensibilidade ao toque.
u Possibilidade de vários revestimentos (poliuretano, latex e
nitrilo).
u Aconselhada para as indústrias do vidro e perfumaria,
automação, logística e construção.
De acordo com a EN 388, 407 e 420

PM35 - ABRAXUS
u Resistente à abrasão. Oferece excepcional resistência a
PM35 nível máximo de corte - 5 de resistência. Construção feita
em malha sem costuras garantindo conforto durante longos
períodos de desgaste.
De acordo com a EN 388.

PM36 PM36 - MANGUITO


u Resistente ao corte. Construção feita em malha sem
costuras
comprimento de 35cm, manga com folga e cinta de velcro
ajustável.
De acordo com a EN 388.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 23
PROTEÇÃO DAS MÃOS

PM37 - LUVAS CRIOGENICAS


u Proteção contra pequenas gotas de gás líquido até - 170 ° C.
u Totalmente alinhado com duas camadas de alumínio.
u Reforço intermediários polegar e indicador.
PM37 u Manguito de 200 milímetros em couro rachado.
u Alça de ajuste velcro no lado da palma.
u A pele siliconizada garante uma boa flexibilidade, mesmo a
baixa temperatura, bem como repelência de água e uma boa
proteção mecânica.
u O seu isolamento duplo polar oferece excelente proteção
contra o frio.
u O reforço entre o polegar e o dedo indicador aumenta a
resistência mecânica da luva e durabilidade através de
maior proteção das áreas de desgaste.
De acordo com a EN 420, EN 388 e EN 511.

LUVAS ANTI-ESTÁTICAS
PM38 - PURE DEX NYLON
PM38 u Luva de inspeção de nylon sem costuras.
u Reduz o risco de contaminação do produto, classe 1000
indicada para salas limpas (baixo nível de desprendimento
de partículas).
u Aplicações: inspeção de produtos, electrónica, indústria
automóvel.
u Embalagens individuais.
De acordo com a EN 388.

LUVAS ANTI-ESTÁTICAS
PM39 - PERFECT FINGER ESD CARBON
u Luva de carbono e poliuretano revestido.
u A luva oferece o máximo de conforto e robustez. O
revestimento sobre as pontas dos dedos fornece um melhor
manuseamento. Graças ao punho elástico, a luva encaixa-
se na mão perfeitamente. Fio de carbono misturado com
poliamida aumenta as propriedades anti-estáticas.
De acordo com a EN 1149 e EN 420.

PM40 - TEVUCHEM ANTISTATIK 764


PM39 PM40 u Luva em Nitrilo, composição multi-camada de espuma de
borracha nitrílica.
u Manguito de proteção, forro de algodão, 330mm.
u Proteção anti-estática para manuseamento de produtos
quimicos..
De acordo com a EN 388 e EN 374.

LUVAS REPELENTE DE ÁGUA EM COURO


PM41 - HYDRO
u Versão em grão couro e veludo.
PM41 u Couro enriquecido por um processo de curtimento
especial para fazer a luva mais repelente de água. Isso
garante excelente conforto e flexibilidade.
u Graças ao pulso elástico / lastex, a luva oferece suporte
adicional.
De acordo com a EN 388 e 420.

24 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DAS MÃOS

LUVAS DIELÉTRICAS

PM42 Luvas fabricadas em borracha natural, de cano comprido e


com formato anatómico. Usadas para manobrar aparelhos
elétricos, realizar trabalhos elétricos e nos trabalhos em
tensão.

PM42 - ELECTROSOFT LATEX


u Luvas de látex de alta rigidez dielétrica no formato
CLASSIFICAÇÃO ergonómico desde 500 até 36.000 V.
DAS LUVAS DIELÉCTRICAS Deve ser usado sobre luvas de couro para proteger contra
os riscos mecânicos.
TENSÃO DE TENSÃO DE De acordo com a EN 60 e CEI 903
CLASSE
ENSAIO UTILIZAÇÃO

00 2.500 500
0 5.000 1.000
1 10.000 7.500
2 20.000 17.000
3 30.000 26.500
4 40.000 36.000

PM43 - LUVAS SILICONIZADAS


u Para a proteçao mecânica das luvas dielétricas, em couro,
banhadas a silicone.
De acordo com a EN 420

PM43

PM44 - LUVAS DESCARTÁVEIS


PM44 u Em latex com ou sem pó, azuis ou brancas.
u Vinilo com ou sem pó, ideal para utilizadores sensíveis ao
latex.
u Em nitrilo que propocionam maior resistência, elasticidade
e flexibilidade.
u Sem proteínas de latex.
u Fornecidas em embalagens de 100 unidades.
De acordo com a EN 455.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 25
PROTEÇÃO LOMBAR
CINTAS LOMBARES
PL1 PL1 - CINTA TURBO TRACK 836
u Fabricada com tecido Air Track, termoterapêutico
multielástico.
u Com alças ajustáveis, para trabalhos que exigem mais
esforço.
u Boa adaptação anatómica.
u Bloqueio ajustável, fixação confortável na área lombo-
abdominal.
u Previne e alivia lesões .
u Tamanhos: P , M, G ou EG.

PL2 PL2 - CINTA TURBO MASTER


u Cinta polivalente para todo o tipo de atividades.
u Suporte médio.
u Fabricada com tecido termoterapêutico multielástico que
garante uma utilização confortável.
u Melhora o rendimento do movimento muscular.
u Previne e alivia lesões, indicada para dores de rins, lombares,
lesões musculares e das costas.
u Aperto regulável.
u Tamanho unico.

PL3 - CINTA TURBO PLUS


PL3 u Cinta de apoio abdominal dorsal, para trabalhos que exijam
maior esforço.
u Fabricada com tecido termoterapêutico multielástico provida
de 4 reforços verticais flexíveis que aumentam o apoio dorsal.
u Boa adaptação anatómica.
u Aperto regulável permitindo uma adaptação confortável à
zona lombo-abdominal.
u Previne e alivia lesões, indicada para dores de rins, lombares,
lesões musculares e das costas.
u Dísponivel em 4 tamanhos.

PROTEÇÃO DOS JOELHOS

PJ1 - JOALHEIRAS GEL


u Joelheiras profissionais de desenho ergonómico e de
elevada comodidade.O seu desenho combina o uso de
PJ1
materiais duros contra golpes e irregularidades do piso e
materiais brandos no interior, adaptáveis à anatomia do
utilizador.
u Além de proteger os joelhos do utilizador, graças ao uso
do gel de silicone no seu interior, a sua estudada ergonomia
dotam-nas de uma grande estabilidade, evitando a sobrecarga
de ligamentos e tendões.
u Com protetor exterior em borracha, de grande estabilidade
e resistência.
u Somente com o corpo principal, menos aparatoso e que
permite deslizar o joelho sem problemas sobre superfícies
lisas.
u Incorpora duplo fecho, inferior e superior, de fácil ajuste.

26 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DOS JOELHOS

PJ2 - JOELHEIRAS PROFISSIONAIS ARTICULADAS


PJ2
u Joelheiras articuladas em duas peças ergonómicas. Grande
protecção.
u Interior em material brando adaptável ao joelho.
u Inserção frontal em borracha de grande aderência para
maior estabilidade.

PJ3 PJ3 - JOELHEIRAS PROFISSIONAIS


u Joelheiras profissionais de grande comodidade.
u Fabricadas em material absorvente para proteção de
impactos e irregularidades do piso.
u O seu desenho interior adapta-se perfeitamente ao joelho
do utilizador.
u Grande superfície de apoio para uma ótima estabilidade.
u Fecho superior ajustável.
PJ4
PJ4 - JOELHEIRAS PROFISSIONAIS FLEX
u Proteção ergonómica flexível. Fixação por banda elástica
ajustável.
u Joelheiras profissionais de grande comodidade.
u Corpo interior em materiais brandos adaptáveis ao utilizador.
u Carcassa exterior flexível e resistente.

PJ5 PJ5 - JOELHEIRAS STANDARD


u Joelheiras funcionais e cómodas.
u Permitem a proteção dos joelhos em trabalhos de baixa e
média duração.
u Sistema de fecho mediante fita elástica na posição central.

PROTEÇÃO DOS PÉS

BOTAS DE SEGURANÇA PARA TRABALHOS ELÉTRICOS

PP1 PP1 - BOTA RHIN PU S3


u Fabricada em pele “flor” com espessura de 2,2 a 2,4 mm, é
muito flexível, permitindo assim um excelente conforto. A sola
é injectada em poliuretano de dupla densidade (0,45 na sola
interior e 1 na sola exterior. Tem uma excelente resistência
ao desgaste por abrasão, aos óleos, hidrocarbonetos
e dissolventes, assim como um excelente coeficiente
de aderência. O calcanhar da bota permite um grande
amortecimento ao “golpe de tacão”. O cano e o contraforte é
forrado com espuma para proteçao do tornozelo. A biqueira
em composito tem um formato assimétrico, permitindo deste
modo, aumentar a sua resistência ao choque e deformação,
protegendo o pé. A pele da gáspea é inteira, aumentando a
sua duração e resistência ao desgaste por flexão. Sola de
grande rigidez dieléctrica. A palmilha interior em kevlar tem
tratamento anti-fungos e anti-sudação. O ajustamento ao pé
é feito por atacador sobre um fole em pele, garantindo um
completo isolamento.
De acordo com a EN 345

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 27
PROTEÇÃO DOS PÉS

PP2 PP2 - BOTA BEJA S3 SRC


u Fabricada em Pele Flôr Natural de elevada qualidade com
excelente resistência à água, petróleo e óleos.
u Forro Mesh Space 3D
u Biqueira CarbonLight, em policarbonato.
u Palmilha Q-Flex, não metálica, flexível e anti estática,
resistente à perfuração. Termicamente isolante.
u Disponível nos números 35 a 46
De acordo com a EN 345 e NORMA S3.

PP3 - BOTA FAFE S3 SRC


PP3 u Fabricada em Pele Flôr Natural de elevada qualidade com
excelente resistência à água, petróleo e óleos.
u Forro Mesh Space 3D
u Biqueira CarbonLight, em policarbonato.
u Palmilha Q-Flex, não metálica, flexível e anti estática,
resistente à perfuração. Termicamente isolante.
u Disponível nos números 35 a 46
De acordo com a EN 345 e NORMA S3.

PP4 PP4 - SAPATO SEIA S1P SRC


u Camurça perfurada.
u Forro Mesh Space 3D.
u Palmilha Q-Flex, não metálica, flexível e anti estática,
resistente à perfuração.
u Biqueira CarbonLight em policarbonato
u Sola de Conforto com pontos anti estáticos. Garante maior
conforto e estabilidade do pé. Lavável e removível...
u Disponível nos números 35 ao 46.
De acordo com a EN 345 e NORMA S1P.

PP5 PP5 - BOTA COIMBRA - BOTA SOLDADOR


u Gáspea em pele de vaca.
u Forro têxtil Space 3D.
u Palmilha de protecção em Kevlar antistático.
u Biqueira em Carbonlight.
u Sola em borracha nitrilica, resistente a 300ºC.
u Disponível dos tamanhos 35 a 47.
De acordo com a EN 345 e

28 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DOS PÉS

PP6 - DALLAS S3
u Gáspea em nubuck hidrofugado com uma espessura entre
20 e 22 mm.
PP6
u Forro em têxtil Space 3D.
u Sola em poliuretano termoplástico 2D resistente a óleos e
ácidos, assim como a temperaturas até 120º.
u Palmilha anti-perfuração Q-Flex, em Texon antiestático de
acabamento em poliuretano expandido, garantindo um maior
conforto.
u Biqueira Carbonlight. Proteção contra impactos até 200
joules.
u Disponível dos tamanhos 35 a 48.
u Também disponível sem palmilha anti-perfuração Q-Flex .
De acordo com a EN 345 e NORMA S2 E S3

PP7 PP7 - TEXAS S3 | PP8 - NEW YORK S3


u Gáspea em nubuck hidrofugado com uma espessura entre
20 e 22 mm.
u Forro em têxtil Space 3D.
u Sola em poliuretano termoplástico 2D, resistente a óleos e
ácidos, assim como a temperaturas até 120º.
PP8
u Palmilha de protecção não metálica, anti-perfuração Q-Flex.
De limpeza amovível.
u Biqueira Carbonlight com proteção contra impactos até 200
Joules.
u Disponível dos tamanhos 35 ao 48.
u Também disponível sem palmilha anti-perfuração Q-Flex .
De acordo com a EN 345 e NORMA S2 E S3

PP9 - SAPATO MADEIRA S1P


u Gáspea em camurça perfumada com uma espessura entre
2.0 e 2.2 mm.
PP9
u Forro em têxtil Space 3D.
u Palmilha em Kevlar antiestático com resistência à perfuração
até 1100 Newtons, de acabamento em poliuretano expandido,
garantindo um maior conforto.
u Biqueira Carbonlight (50% mais leve que uma tradicional em
aço). Proteção contra impactos até 200 joules.
u Sola em poliuretano termoplástico 2D
u Disponível dos tamanhos 35 ao 48.
u Também disponível sem palmilha anti-perfuração Q-Flex.
De acordo com a EN 345 e NORMA S1 E S1P

PP10 - SANDALIA LAGOS S1P


PP10 u Gáspea Camurça Perfurada - muito flexível e com excelente
transpiração
u Forro em Mesh Space 3D, para alta respirabilidade.
u Biqueira Carbon Light, em policarbonato.
u Palmilha Q-Flex, flexível não metálica com resistência à
perfuração e isolamento térmico.
u Inserção intercambiável, antiestática e de alto conforto.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 29
PROTEÇÃO DOS PÉS

NOVO PP11 - HALF PIPE S3


PP11
u Microfibra Cinza, Material inovador composto por fibras de
poliéster.
u Forro Poromax tecnologia inovadora com uma estrutura de
câmaras especial que permite melhor respirabilidade.
u Biqueira em aço.
u Palmilha Q-Flex, flexível não metálica com resistência à
perfuração e isolamento térmico.
u Sola Ultra Plana em Borracha.

NOVO
PP12 - GHOST S3
u Microfibra Cinza, Material inovador composto por fibras de
PP12
poliéster.
u Forro Poromax tecnologia inovadora com uma estrutura de
câmaras especial que permite melhor respirabilidade.
u Biqueira em aço.
u Palmilha Q-Flex, flexível não metálica com resistência à
perfuração e isolamento térmico.
u Sola Ultra Plana em Borracha.

PP13
PP13 - SANDALIA TRAIL SANDAL S1P
u Gáspea em pele Premium Nubuck Preto com excelente
resistência à água, petróleo e óleos.
u Forro Poromax tecnologia inovadora com uma estrutura de
câmaras especial que permite melhor respirabilidade.
u Biqueira Carbon Light, em policarbonato.
u Palmilha Q-Flex, flexível não metálica com resistência à
perfuração e isolamento térmico.
u Sola de Duas Camadas em poliuretano.

PP14
PP14- SAPATO LION | PP15- BOTA TIGER
u Gáspea em nubuk com uma espessura entre 20 e 22 mm
u Palmilha antiperfuração : Kevlar antiestático com resistên-
cia à perfuração até 1100 Newtons.
u Sola de uma combinaçao de PU/Borracha resistente a
PP15 óleos assim como a temperaturas até cerca de 300º.
u Testeira : Policarbonato - Até 50% mais leve que o aço.
u Tamanhos disponíveis: 35 - 51
De acordo com a EN 345 e NORMA S2 E S3

30 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DOS PÉS

PP16
PP16- SAPATO VIGO S3 | PP17 - BOTA VALÊNCIA S3
u Gáspea em Nubuck hidrofugado com uma espessura entre
20 e 22 mm.
u Forro em pele porco.
u Sola em poliuretano resistente a óleos e ácidos.
u Palmilha em Kevlar antiestático com resistência à
perfuração até 1100 Newtons, de acabamento em poliuretano
expandido, garantindo um maior conforto.
u Biqueira em aço com proteção contra impactos até 200
PP17 joules.
u Disponível dos tamanhos 39 ao 47.
u Também disponível sem palmilha anti-perfuração Q-Flex.
De acordo com a EN 345 e NORMA S2 E S3

PP18 - SAPATO BROGUE | PP19 - SAPATO OXFORD


PP18 uGáspea em Anilina.
uForro em pele vaca.
uSola em poliuretano.
uPalmilha em Kevlar, de limpeza amovível.
uBiqueira Carbonlight e palmilha anti-perfuração Q-Flex.
u Disponível dos tamanhos 39 ao 47.
uTambém disponível sem palmilha anti-perfuração Q-Flex .
De acordo com a EN 345 e NORMA S2 E S3

PP19

PP20 - SAPATO PROSAFE


u Com biqueira e palmilha em aço.
u Forro antibacteriano.
PP20
u Sola bidensidade, resistência ao óleo, antiderrapante,
antiestática.
u Tacão com resistência ao choque.
Tamanhos: 36 ao 47.
De acordo com a EN 345 e NORMA S3

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 31
PROTEÇÃO DOS PÉS

PP21 - BOTA PROSAFE


u Com biqueira de aço e palmilha de aço
PP21 u Forro antibacteriano. Sola bidensidade, resistência ao óleo,
antiderrapante, antiestática.
u Tacão com resistência ao choque.
u Tamanhos: 36 ao 47.
De acordo com a EN 345 e NORMA S3

PP22 - BOTA UNITAN


u Todo o terrreno.
PP22 u Biqueira de fibra de vidro com proteção até 240J.
O
NOV u Sola em aço com proteção até 1390N.
u Resistente à água e ao óleo.
u Tamanhos: 39 ao 48.

PP23 - BOTA LIVE-LINE


PP23 u Botas isolantes para trabalhos elétricos.
u Biqueira não metálica de fibra de vidro com proteção até
240J.
u Sola exterior resistente a calor até 300ºC, com densidade
dupla de p
oliuretano extra leve .
u Tecido respirável, resistente à água e ao óleo.
u Têxtile de antiperfuração
u Tamanhos: 39 ao 47.

PP24 - JUMPER | PP25 - STREET


PP24
u Microfibra Preta, Material inovador composto por fibras de
poliéster, resistente à água e altamente durável. Permite a
respiração natural sendo ainda um material animal friendly.
u Forro Poromax uma tecnologia inovadora que, devido a uma
estrutura especial das câmaras internas, remove o ar quente e
húmido sobre a parte superior do sapato.
u Palmilha Q-flex, não metálica, flexível e anti estática,
resistente à perfuração. Termicamente isolante.
u Biqueira em alumínio.
PP25 u BIORELAX: Plantar especial com as seguintes características:
100% Respirável, Anti-Bacteriano, Carbono Ativo, Excelente
Shock Absorbable, Anti-Estático e Eco-Friendly.
u Sola em Borracha com nova tecnologia de conforto, bio
mecanicamente, redução de 30% nas pressões plantares,
redução em 24% a atividade do músculo lombar. As forças de
impacto são reduzidos em até 55%.

De acordo com a EN 345 e NORMA S3

32 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DOS PÉS

PP26 PP26- SAPATO PANDA |


PP27- BOTA FOX

u Gáspea em nubuk com uma espessura entre 20 e 22 mm


u Palmilha antiperfuração : Kevlar antiestático com resistên-
cia à perfuração até 1100 Newtons.
u Sola de uma combinaçao de PU/Borracha resistente a
óleos assim como a temperaturas até cerca de 300º.
u Testeira : Policarbonato - Até 50% mais leve que o aço.
u Excelente aderência ao solo.
PP27 u Tamanhos disponíveis: 35 - 51
De acordo com a EN 345 e NORMA S2 E S3

PP28 PP28- SAPATO URBAN | O


PP29- BOTA REBEL | NOV
PP30- SANDALIA RUNNER

u Microfibra Preta, Material inovador composto por fibras de


poliéster, resistente à água e altamente durável. Permite a
respiração natural sendo ainda um material animal friendly.
u Forro Poromax uma tecnologia inovadora que, devido a
uma estrutura especial das câmaras internas, remove o ar
PP29 quente e húmido sobre a parte superior do sapato e facilita a
distribuição uniforme da temperatura.
u Biqueira em Aluminio.
u Palmilha Q-Flex, não metálica, flexível e anti estática,
resistente à perfuração. Termicamente isolante.
u BIORELAX: Plantar especial com as seguintes características:
100% Respirável, Anti-Bacteriano, Carbono Ativo, Excelente
Shock Absorbable, Anti-Estático e Eco-Friendly.
u Sola em Borracha com nova tecnologia de conforto, bio
mecanicamente testada pelo INESCOP, permitindo os
seguintes benefícios: redução de 30% nas pressões plantares,
redução em 24% a atividade do músculo lombar.
PP30 u As forças de impacto são reduzidos em até 55%.
u Melhoria do isolamento térmico entre 31% e 52%.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 33
PROTEÇÃO DOS PÉS

NOVO SAPATOS SENHORA

PP31
PP31 - STREET COLLECTION
u Microfibra Azul, Material inovador composto por fibras de
poliéster,
u Forro Poromax uma tecnologia inovadora que, devido a
uma estrutura especial das câmaras internas, permite melhor
respirabilidade.
u Biqueira de Alumínio.
u Q-Flex - Palmilha não metálica, flexível e anti estática,
resistente à perfuração. Termicamente isolante.
u Plantar COMFORT com pontos anti estáticos. Garante maior
conforto e estabilidade do pé.
u Sola Ultra Plana com duas camadas TPU.

CORES DISPONÍVEIS:

PP32 - EVE S3 | PP33 - OLIVIA S3


PP32 u Gáspea em nubuck Hidrófogado.
u Forro em têxtil Space 3D.
u Sola em poliuretano.
u Palmilha em Kevlar e limpeza amovível.
u Biqueira em aço e palmilha anti-perfuração Q-Flex.
u Disponível dos tamanhos 35 ao 42.
u Também disponível sem palmilha anti-perfuração Q-Flex.
De acordo com a EN 345 e NORMA S3

PP33

34 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO DOS PÉS

PP34 - MILLENIUM FULL PROTECT


PP34 u Ideal para proteção dos pés dos visitantes às fábricas, evita
que o visitante tenha de calçar um sapato de proteção.
u Biqueira em aço resistente; a um esmagamento estático de
200 joules.
u Sola anti-derrapante e protetor de calcanhar.
u Disponível em kit ou individual.
Tamanho: 35 ao 48

PP35 - EAGLEGRIP
PP35 O u Design liso que facilita a limpeza e desinfeção.
NOV
u Excelente resistência à abrasão, químicos e temperatura.
O u Sola antiestática e antiderrapante.
NOV u Biqueira com resistência ao impacto superior a 20 J e à
compressão para cargas até 15kN.
u Palmilha com resistência à perfuração superior a 1100N
u EN ISO 20347:2012 20345:2011 (SRC+CI)

ISOLAMENTO RESISTENTE RESISTENTE ABSORÇÃO


TÉRMICO AO CALOR A ÓLEOS DE ENERGIA

ANTIESTÁTICA ANTIDERRAPANTE IMPERMEÁVEL

PP36 PP36 - ADMINISTRATOR SAFETY S4


u Bota Preta/Cinza de PVC com sola em borracha nitrílica e
polimérico.
u Forro têxtil.
u Tamanhos disponíveis: 37 a 47.
u Biqueira de aço com resistência ao impacto superior a
200J e à compressão para cargas até 1500daN.
u Bota classificada como calçado de segurança (S
4+SRA) cumprindo os requisitos da norma EN-20345:2004.
u Bota certificada pelo Centro Tecnológico do Calçado com o
número CE -1775-47/09.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 35
PROTEÇÃO DOS PÉS

PP37 PP37 - ADMINISTRATOR SAFETY CONSTRUÇÃO S5


u Uma bota de segurança confortável e prática em PVC com
biqueira e palmilha em aço concebida especialmente para
a construção. Bota certificada pela norma EN ISO 20345 de
calçado de segurança.
u Cores: Verde/Preta: Preta/Preta.
u Sola resistente a óleos, gorduras, ácidos e solventes
orgânicos.
u Protecção deflectora de objectos: frontal, tornozelo e
calcanhar.
u Absorção de energia no tacão.
u Sola Anti-estática e anti-derrapante.

PP38
PP38 - ALIMENTAR
u Uma bota confortável e resistente para a indústria agro-
alimentar em PVC e sola em nitrílio resistente aos ácidos,
óleos, gorduras.
u Bota disponível na cor branca e sola em borracha
polimérico na cor azul.
u Forro têxtil.
u Tamanhos disponíveis: 32 a 47.
u Cano e sola resistentes a óleos, gorduras, ácidos e
solventes orgânicos.
u Sola anti-derrapante.

PP39

PP39 - ADMINISTRATOR WADER PERNEIRA


u Uma bota perneira em PVC 100% impermeável com
reforços nos joelhos.
u Cores: Bota Verde/Bege PVC
De acordo com a EN 455.

36 | CATÁLOGO GERAL
Tecidos
Uniformes
Uniformes de trabalho
Uniformes personalizados
Contra a chuva
Contra a intempérie
Ignífugo
De alta visibilidade
Descartável
Isotérmico
Lenhador
Elástico

Nos últimos anos tem existido por parte das empresas um maior cuidado
na uniformização dos seus colaboradores, alterando-se as mentalidades
no que diz respeito à imagem da própria empresa, tanto no seu interior,
fomentando um espírito de união e equipa, como no seu exterior,
mostrando a sua imagem de marca. A PROFOR, seguindo a sua política de
inovação constante, apostou neste mercado, em colaboração com especialistas e
utilizadores, desenvolvendo novos produtos com o intuito de melhorar a prestação
dos uniformes usuais.
O percurso no fabrico de um novo uniforme é longo e requer a colaboração
de todas as partes envolvidas, desde o fabricante de tecidos, passando pelo
confeccionador, até ao usuário final.
A PROFOR, no seu papel de criador de um novo produto, selecciona os materiais a
usar e desenha o uniforme com a colaboração dos seus Clientes. Este nosso capítulo do
catálogo foi feito para facilitar ao cliente o conhecimento dos materiais e componentes,
para que possa fazer uma escolha consciente dos uniformes da sua Empresa.

VESTUÁRIO
OS TECIDOS | Utilizados nos nossos uniformes

Sarja de composição 100% algodão com


4
Popeline de composição 100% algodão em fio
1
SARJA
tratamento Sanfor e tintos reativos. O
tratamento Sanfor é efectuado para evitar
40x40 com tratamento Sanfor e tintos reativos,
acabado no mercado nacional. Os uniformes
que os tecidos encolham aquando da sua POPELINE efetuados com este tecido não devem ser lavados a
100% lavagem. Os uniformes 100% algodão 100% temperaturas superiores a 40º. Ideal para trabalhos
ALGODÃO nunca devem ser lavados a temperaturas ALGODÃO elétricos e para qualquer tipo de trabalhos que
“SANFOR” superiores a 60º. Os tintos reativos servem possam implicar soldas ou soldaduras. Este tecido
para evitar que os tecidos descolorem. Este existe na gramagem de 145 gr./m2, em 6 cores
tipo de tecido é ideal para trabalhos elétricos disponíveis para entrega imediata. (*)
e para qualquer tipo de trabalhos que possam
implicar soldas ou soldaduras. Este tecido
existe em duas gramagens: 200 grs./m2, em 4
Cambraia de composição 67% poliéster +
cores disponíveis para entrega imediata. 270
grs/m2, em 9 cores disponíveis para entrega
imediata. (*)
5 33% algodão em fio 40x40 com tratamento
de pré encolhimento e tintos reativos. É um
CAMBRAIA tecido que não enruga fácilmente sendo
67% portanto bastante fácil de engomar. Ótimo
POLIÉSTER para qualquer tipo de trabalho excepto os
elétricos e que possam implicar soldadura.
+ 33%
Tem uma ótima resistência ao desgaste a
ALGODÃO longo prazo. Este tecido existe na gramagem
Sarja de composição 65% poliéster + 35% de 145 grs./m2, em 40 cores disponíveis para
2
SARJA
algodão com tratamento de pré-encolhimento
e tintos reativos. O tratamento de pré-
entrega imediata. (*)

encolhimento serve para evitar que o uniforme


”TERYLENE” encolha quando é lavado, tornando assim
65%
POLIÉSTER
possível lavá-lo a temperaturas elevadas, sem
que o mesmo se danifique. Os tintos reativos
servem para evitar que os tecidos descolorem.
6
+ 35% NYLON Tecido com tratamento opcional de
Tecido que não “enruga” facilmente. Poderão PARA BLUSÃO impermeabilização com a composição 90%
ALGODÃO
usar-se uniformes com a gramagem de 190 polyamida + 10% poliuretano com tratamento
grs. para o Verão e de 230 grs. para o Inverno. TIPO BT
de pré encolhimento e tintos reativos. (*)
Ótimo para qualquer tipo de trabalho excepto 90%
os elétricos e que possam implicar soldadura. POLYAMIDA
Tem uma ótima resistência ao desgaste. Este + 10%
tecido existe em duas gramagens: 190 grs./m2, POLIURETANO
em 34 cores disponíveis para entrega imediata.
235 grs./m2, em 11 cores disponíveis para
entrega imediata. (*)
Tecido de altas resistências mecânicas, peso
7 reduzido por m2, as propriedades ignifugas
e antiestáticas permanentes não dependem
IGNÍFUGO de nenhum tratamento nos tecidos, eles
são permanentemente ignifugos devido à
E ANTI-
Sarja de composição 65% poliéster + 35% composição das suas fibras.

3
-ESTÁTICO Alta solidez à luz, lavagens, suor e lavagem
algodão, com corantes de alta visibilidade
ALGODÃO, até 75ºC segunda a norma EN ISO 6330,
podendo ser utilizado, por exemplo, por
trabalhadores ligados á construção civil e ACRÍLICO EN ISO 15797 e secagem até 155ºC, com
DE ALTA estabilidade dimensional máxima de 3%,
VISIBILIDADE construção de estradas de forma a serem vistos MODIFICADO
testado a 50 lavagens.
com maior facilidade pelos automobilistas. TIPO F,
65% POLIÉSTER Existe nas gramagens 170 grs/m2, 250 grs/
Fabricado com tratamento de pré-encolhimento VISCOSE,
+ 35% ALGODÃO e tintos reativos, tornando possível lavá-lo a m2 e 300 grs/m2. Também existe em alta
TECIDO visibilidade.
temperaturas elevadas sem que o mesmo
se danifique. Os tintos reativos servem para COMPOSTO
Normas EPI:
evitar que os tecidos descolorem. Ótimo para E ANTI- EN ISO 11612 - Roupa de proteção contra o calor e
qualquer tipo de trabalho excepto os elétricos e -ESTÁTICO chama A2
que possam implicar soldadura. Tem uma ótima EN ISO 11611 - Roupa de proteção para o uso em
soldadura e técnicas conexas Classe 2
resistência ao desgaste. Este tecido existe EN 1149/5 - Antiestático
na gramagem de 235 grs./m2, em 2 cores Arco elétrico EN 64482-1-2 - Classe 1 (4 KA) - ATPV:
disponíveis para entrega imediata. (*) 9 cal/cm2 HAF: 78.0%

(*) solicite o nosso cartaz de cores

38 | CATÁLOGO GERAL
EXEMPLOS DE UNIFORMES PERSONALIZADOS

FIG 1 FIG 2 FIG 3 FIG 4 FIG 5

FIG 6 FIG 7 FIG 8 FIG 9

FIG 10 FIG 11 FIG 12 FIG 13

FIG 14 FIG 15 FIG 16 FIG 17 FIG 18

VESTUÁRIO | 39
*POSSÍVEL PERSONALIZAR:
Fazemos qualquer tipo de impressão ou bordado,
segundo especificação do Cliente. Outros formatos, sujeitos a orçamento.

UNIFORMES DE TRABALHO

UT1 *Tecido:
UT1 - BLUSÃO
DisponíveL em todos os tecidos.
Tamanho: S - M - L - XL - XXL.
Opções: Com duas faixas refletoras e/ou tecido de alta
visibilidade.
u Blusão de trabalho.
u Com fecho de correr não metálico protegido por uma
banda.
u Quatro bolsos, dois dos quais chapados a apertar
com botão
e dois oblíquos, dupla costura em todos os bolsos para
reforço
do uniforme.

*Tecido:
UT2 - BLUSÃO MODELO EDP
DisponíveL em todos os tecidos.
UT2 Tamanho: S - M - L - XL - XXL.
Opções: Com duas faixas refletoras e/ou tecido de alta
visibilidade.
u Com fecho de correr não metálico.
u Protegido por uma banda ajustada por velcro.
u Quatro bolsos, dois dos quais interiores de chapa e
dois oblíquos.
u Dupla costura em todos os bolsos para reforço do uni-
forme.

UT3 UT4
* UT3 - CALÇAS
Tecido: 65% poliéster, 35% algodão.
Tamanho: 34 ao 60.
Opções: Com duas faixas refletoras e/ou tecido de alta
visibilidade.
u Elástico na parte lateral da cintura (para melhor ajuste
ao utilizador).
u Fecho de correr não metálico protegido por uma banda.
u Dupla costura.
u Bolsos de fole.

* UT4 - CALÇAS DE ALTA VISIBILIDADE


Tecido: 65% poliéster, 35% algodão
Tamanho: S - M - L - XL - XXL-3XL.
Opções: Com duas faixas refletoras e/ou tecido de alta
visibilidade.
u Elástico na parte lateral da cintura (para melhor ajuste
ao utilizador).
u Fecho de correr não metálico protegido por uma banda.
u Dupla costura.
u Bolsos de fole.

40 | CATÁLOGO GERAL
UNIFORMES DE TRABALHO

UT5
*Tecido:
UT5 - CAMISA MODELO EDP
100% algodão, disponível no tecido 4.
Tamanho: 36, 38, 40, 42, 44, 46, 48, 50.
Opções: Com faixas refletoras.
u Camisa modelo EDP.
u Bolso ao nível do peito.
u Para trabalhos elétricos.
u Com aperto por botões e carcela protetora.
u A apertar com botão no punho.

UT6 UT7
*Tecido:
UT6 | UT7 - CAMISA CLÁSSICA
67% poliéster + 33% algodão ou 100% algodão,
disponível no tecido 4 e 5.
Tamanho: 36, 38, 40, 42, 44, 46, 48, 50.w
Opções: Com faixas refletoras e/ou alta visibilidade.
u Bolso ao nível do peito.
u A apertar com botão no punho.

UT8 *Tecido:
UT8 - CASACO
Disponíveis nos tecidos 1, 2 e 3
Tamanho: S - M - L - XL - XXL
Opção: com duas cores de contraste, escapulário a
apertar com botões protegidos por uma banda
u Casaco a apertar com botões protegidos por uma
banda.
u Bolsos chapados, ao nível do peito e obliquos em
baixo.
u Dupla costura em todos os bolsos para reforço do
uniforme.

UT9 *Tecido:
UT9 - FATO MACACO
Disponível no tecido 1, 2, 3.
Tamanho: S - M - L - XL - XXL.
Opção: Com faixas refletoras.
u Escapulário.
u Fecho de correr não metálico protegido por uma
banda.
u Cinco bolsos exteriores, dois dos quais no peito, cha-
pados, a apertar com fecho.
u Mangas ajustáveis nos punhos.
u Dupla costura em todos os bolsos para reforço do
uniforme.

VESTUÁRIO | 41
UNIFORMES DE TRABALHO

UT10 UT11
*Tecido:
UT10 | *UT11 - BATA
DisponíveL em todos os tecidos.
Tamanho: S - M - L - XL - XXL.
Cor: de Cor ou Branco
u De aperto frontal com botões.
u Três bolsos chapados exteriores, um ao nível do peito,
dois ao nível da anca.
u Múltiplas opções na manga: Sem punho, com botões
ou elástico.
u Abertura no fundo da costura traseira para permitir
maior mobilidade.

UT12
*UT12 - FATO MACACO MACH2 - M2CDZ |
M2COM
Tecido: 65% poliéster / 35% algodão 245 g / m².
Tamanho: S, M, L, XL, XXL, XXXL.
Cores: Azul Marinho / Azul Real, Cinza / Laranja, Preto /
Cinzento, Verde / Bege
u Fecho de correr na frente.
u Mangas com botões de mola.
u Fecho elástico na cintura.
u Bolso para joelheiras. 11 Bolsos. Porta cartão.

*Tecido:
UT13 - CASACO - M2VES
65% poliéster / 35% algodão 245 grs/m².
Tamanho: S, M, L, XL, XXL, XXXL.
Cores: Azul Marinho / Azul Real, Cinza / Laranja, Preto /
UT13 Cinzento.
u Mangas com base no decote e com botões de mola.
u Fecho de correr na frente.
u 4 Bolsos. Porta cartão.

*Tecido:
UT14 - CALÇAS - M2PAN
65% poliéster / 35% algodão 245 grs/m².
Tamanho: S, M, L, XL, XXL, XXXL.
Cores: Azul Marinho / Azul Real, Cinza / Laranja, Preto /
Cinzento.
u Aperto elástico na cintura nos lados.
u Fecho de correr com pala.
UT14 u Bolso para joelheiras. Bolso para metro. 8 Bolsos.

*Tecido:
UT15 - JARDINEIRA MACH2 - M2SAL
65% poliéster / 35% algodão 245 grs/m².
Tamanho: S, M, L, XL, XXL, XXXL.
Cores: Azul Marinho / Azul Real, Cinza / Laranja, Preto /
Cinzento.
u Fecho elástico na cintura.
u Largo bolso central com fecho de correr.
UT15
u Bolso para joelheiras. 8 Bolsos.

42 | CATÁLOGO GERAL
UNIFORMES DE TRABALHO

*Tecido:
UT16 - T-SHIRT
100% algodão ou 50% poliéster + 50% Algodão
Tamanho: S - M - L - XL - XXL
Opção: 145 grs., 165 grs e 180 grs.
Cores:
UT12 u T-Shirt com ou sem bolso
u Em malha jersey

*Tecido:
UT17 - T-SHIRT APLICAÇÃO DUAS CORES
100% algodão ou 50% poliéster + 50% Algodão
Tamanho: S - M - L - XL - XXL
UT17 Opção: 145 grs., 165 grs e 180 grs.
Opção: manga Reglan.
Cores:
u T-Shirt com ou sem bolso
u Em malha jersey

*Tecido:
UT18 - T-SHIRT DE MANGA COMPRIDA
100% algodão ou 50% poliéster + 50% Algodão
Tamanho: S - M - L - XL - XXL.
Opção: 145 grs., 165 grs e 180 grs.
Cores:
UT18 u T-Shirt com ou sem bolso.
u Em malha jersey.

*Tecido:
UT19 - POLO
Algodão ou em poliester/algodão.
Cores: Fabricamos qualquer cor, mesmo PANTONE a
pedido do cliente.
Tamanho: S - M - L - XL - XXL.
u Polo com ou sem bolso, em malha Piquet.
u 100% algodão de excelente qualidade.
UT19 u Fabricado pela Profor em território nacional.
Opção: 180 a 220 grs. , de meia manga ou manga
comprida.

*Tecido:
UT20 - POLO TIPO RUGBY
Algodão ou em poliester/algodão.
Cores: Fabricamos qualquer cor, mesmo PANTONE a
pedido do cliente
Tamanho: S - M - L - XL - XXL.
Opção: Duas ou mais cores (gola de cor diferente)
u Polo em malha piquet ou jersey com abertura de três
botões .
UT20 u 100% algodão, de excelente qualidade.
u Fabricado pela Profor em território nacional.

VESTUÁRIO | 43
UNIFORMES DE TRABALHO

UT21

*Tecido:
UT21 - CAMISOLA POLAR
Poliester.
Tamanho: S - M - L - XL - XXL ao 4XL.
u Micro polar com tratamento antiborboto.
u Polar de meio fecho com 2 bolsos laterais.
u 300 gr. Várias cores.

UT22

*Tecido:
UT22 - CASACO POLAR HOMEM
Poliester.
Tamanho: S - M - L - XL - XXL ao 4XL.
u Micro polar com tratamento antiborboto.
u Polar de fecho inteiro.
u 2 bolsos laterais com fecho.
u 300 gr. Várias cores.

UT23

*Tecido:
UT23 - CASACO POLAR SENHORA
Algodão.
Tamanho: S - M - L - XL - XXL ao 4XL.
u Micro polar com tratamento antiborboto.
u Polar de fecho inteiro.
u 2 bolsos laterais com fecho.
u 300 gr. Várias cores.

UT24
*Tecido:
UT24 - SWEAT SHIRT
Algodão e/ou poliester/algodão.
Opção: Decote redondo ou polo Sweat.
Tamanho: S - M - L - XL - XXL
u Sweat Shirt em malha cardada.
u Gramagem: 260 gr.

44 | CATÁLOGO GERAL
UNIFORMES DE TRABALHO

UT25

*Cores:
UT25 - BONÉ TIPO BASEBALL
Simples Combinadas.
u Boné baseball de excelente qualidade.
u Produto de grande rotatividade pelo que deve consultar
a nossa equipa comercial para avaliar a disponibilidade no
momento.
Opções: com ajuste de velcro ou de fivela. De 5 ou 6 paineis
conforme necessidade de personalização.

UT26

*Cores:
UT26 - GORRO
Preto e azul escuro.
Tamanho: Único
u Gorro para o frio em lã acrilíca com revestimento interno
de thinsulate.
u Tambem existe em tecido polar.

MEIAS TÉRMICAS
UT27 u Unisexo.
u Calcanhares e biqueiras reforçadas para maior
durabilidade e solas almofadadas.

UT27 - SK18
Tecido:
Exterior - 40% Lã, 40% Acrílico, 20% Nylon.
Interior - 100% Viafil
Tamanho: 39 ao 43.
u Altura da meia: 40 cm.
u Camada dupla com uma camada externa composta por um
conteúdo de lã alta.
UT28 u Camada interna de Viafil, anti-odor, anti-fungos, com isola-
mento e propriedades de transferência de humidade.

UT28 - SK12
Tecido: 50% Algodão, 30% Coolmax, 20% Nylon.
Tamanho: 39 ao 46.
u Altura da meia: 25 cm.
u Cómoda como uma segunda pele, garante um ambiente
seco e confortável.
UT29
UT29 - SK11
Tecido: 55% Algodão, 15% Nylon, 15% Lã, 15% Acrílico.
Tamanho: 39 ao 46.
u Altura da meia: 25 cm.
u Para todas as estações, com amolfadado que fornece calor
extra. Resistente ao impacto.

VESTUÁRIO | 45
PROTEÇÃO CONTRA FRIO

UT30
ROUPA TÉRMICA INTERIOR

UT30 - VISBY
Tecido: 51% Bamboo, 49% poliéster, 100% Polipropileno.
Tamanho: S, M, L, XL, XXL, 3XL.
Cores: Laranja/cinzento ou preto/cinzento.
u Conjunto de T-shirt manga comprida e calças.
u Costuras lisas.

UT31 - B131 LEGGINGS TÉRMICA


Tecido: 100% poliéster absorvente, 140g
Tamanho: S, M, L, XL, XXL,
Cores: Antracite e preto.
UT31 u Leggings com braguilha, oferecem uma proteção térmica.
u Costuras de baixo relevo.
u Punhos e cintura elástica que permite a sua utilização
debaixo de outras roupas.
UT32
UT32 - B133 CAMISOA TÉRMICA
Tecido: 100% poliéster absorvente, 140g
Tamanho: S, M, L, XL, XXL,
Cores: Antracite e preto.
u Camisola com suave acabamento exterior, absorve a
humidade separando-a da pele. Garante que o utilizador fique
seco, quente e confortável.
u Gola, costuras de baixo relevo e mangas com punhos
elásticos.

PROTEÇÃO CONTRA CHUVA

PCC1 - FATO IMPERMEÁVEL


Tecido: Tela de algodão revestido a PVC
Cores: Laranja, Amarelo, Verde e Azul
Tamanho: M - L - XL - XXL
u Impermeável à água, com boa resistência à tração e
PCC1 flexibilidade adequada a uma utilização confortável.
u Composto por casaco com capuz e calça.
u Tem abertura de ventilação nas costas e nos sovacos.
u Costuras cosidas e totalmente soldadas a alta frequência.
u Aperto por molas de pressão.
u Ajustamento nos punhos e na cintura através de elástico.

PCC2 - CAPA IMPERMEÁVEL


Tecido: Tela de algodão revestido a PVC
Cores: Amarelo e Verde
Tamanho: M - L - XL - XXL
u Impermeável à água, com boa resistência à tração e
flexibilidade adequada a uma utilização confortável.
u Tem abertura de ventilação nas costas e nos sovacos.
PCC2 u Aperto por molas de pressão.
u Ajustamento nos punhos e na cintura através de elástico.

46 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO CONTRA CHUVA

PCC3 - FATO IMPERMEÁVEL EM NYLON


PCC3 Tecido: Nylon
Cores: Azul Verde Amarelo e Camuflado
PCC4 Tamanho: S - M - L - XL - XXL

u Fato de duas peças, calça e casaco com capuz.


u Muito leve e flexível.
u Fornecido com bolsa transparente.

PCC4 - FATO IMPERMEÁVEL EM PU OU PVC

u Fato de duas peças, calça e casaco com capuz.


u O poliuretano oferece-lhe maior resistência quer à chuva
quer à abrasão.
u Capuz interior e punhos corta-ventos.
u Costuras isoladas e impermeáveis.

ESPECIAL CONTRA A INTEMPÉRIE


Os materiais mais utilizados, neste equipamento, são o algodão, o poliéster e a poliamida. O algodão é uma fibra natural
de origem vegetal que permite grande conforto. Poliéster é uma fibra sintética, de secagem rápida e resistente ao desgaste
e a rasgões. A poliamida é também uma fibra sintética com grande resistência à tração, ao desgaste e à abrasão. É também
muito resistente aos ácidos diluídos e à humidade. O vestuário denominado “transpirável” é feito com materiais especiais,
os quais permitem que a humidade provocada pela transpiração passe para o exterior, mantendo a impermeabilização ao efeito
da chuva. A membrana Gore-Tex impede a passagem da água da chuva do mesmo modo que impede a passagem do vento
para o interior. O isolante Thinsulate garante o máximo de calor e uma grande suavidade. É constituido por fibras muito finas de
poliéster. É o tecido ideal para trabalhos ao ar livre, porque resiste à humidade e pode limpar-se facilmente com água, ou a seco.

ECI1 - PARKA SNORKEL 1020


Tecido: Nylon/PVC
Cor: Azul
Tamanho: S - M - L - XL - XXL
u Triplo uso - 3 tipos de utilização para um só modelo
u Interior amovível e mangas descartáveis.
u Tem um fecho de correr, escamoteável através de banda fixa
com botões de pressão.
u Forro acolchoado em flanela.
u Bolsa em plástico para identificação.
u Para usar ao vento, humidade e baixas temperaturas.

ECI1 ECI2 - PARKA URBAN


Tecido: Algodão e poliéster impermeabilizado
Cor: Azul
Tamanho: M - L - XL - XXL
u Revestimento interno acolchoado removível e reutilizável.
u Tiras em material refletor em torno do peito, na parte inferior
e punhos (na Parka); em torno do peito (na parte interna).
u Fixação com fecho e botões.
u Cintura com cordão.
u 4 bolsos externos e 1 bolsa plástica para identificação.
u Bolso interno com fecho.
u Elástico interno.
ECI2

VESTUÁRIO | 47
ESPECIAL CONTRA A INTEMPÉRIE

ECI3 ECI3 - BLUSÃO SUPER ANTARES


Tecido: 35% algodão + 65% poliéster
Cor: Azul
Tamanho: S - M - L - XL - XXL
u Económico.
u Revestimento interno acolchoado.
u Bolsos externos.
u Bolso interno.
u Mangas destacáveis.
u Fixação com fecho e botões.
u Punhos elásticos.

ECI4 - COLETE TIPO REPORTER


ECI4 Cor: Azul, Beige, Verde Camuflado e cinza.
Tamanho: M - L - XL - XXL
u Com bolsos variados e de vários tamanhos.
u Forro de rede, para maior conforto.

ECI5 - COLETE ANTARES


ECI5 Tecido: 35% Algodão + 65% Poliéster
Cor: Azul
Tamanho: S - M - L - XL - XXL
u Revestimento interno acolchoado.
u Fixação com fecho e botões.
u 4 bolsos externos, 2 com velcro e 2 com fecho.
u 2 bolsos para telemóvel.
u Bolso interno.

ECI6 ECI7 ECI6 - FATO MACACO PROTEÇÃO ARCO


ELÉTRICO
Tecido: 87%, algodão, 12% fibra de carbono, 255 g/m²
Cor: Azul
u Aperto frontal em fecho zip forte de dulpo curso.
u Bolso direito para detector de gás.
u Bolsos joelheira com fecho de velcro.
u Faixa refletora nos ombros, pernas e braços, costuras
reforçadas e triplas.

ECI7 - CALÇAS PROTEÇÃO ARCO ELÉTRICO


u Aperto frontal com fecho zip e botão.
u Dois bolsos laterais.
u Dois bolsos tridimensionais nas pernas, com abas e
velcro.

48 | CATÁLOGO GERAL
ESPECIAL CONTRA A INTEMPÉRIE

ECI8 - CASACO PROTEÇÃO ARCO ELÉTRICO


u Fecho frontal em zip.
u Botões de pressão escondidos.
u Dois bolso inferiores e dois no peito.
u Punhos eláticos.
u Inserções reectoras sobre o peito.

VESTUÁRIO IGNÍFUGO

VI1 - CASACO DIREITO


Tecido: Sarjado 100% + algodão anti-fogo 310g/m2
VI1 Cor: Azul Marinho
Tamanho: S - M - L - XL - XXL
u Gola subida.
u Mangas raglan.
u 1/2 punho elástico.
u 4 bolsos sendo 2 interiores.
EN14116 De acordo com a EN 14116 e 531
3/50L/75

EN531
A,B1,C1,X,X
VI2 - CALÇA
Tecido: Sarjado 100% + algodão anti-fogo 310g/m2
Cor: Azul marinho
Tamanho: S - M - L - XL - XXL
u Cintura com elástico nas costas.
VI2 u 5 bolsos sendo 1 para metro.
De acordo com a EN 14116 e 531

VI3 - FATO MACACO


Tecido: Sarjado 100% + algodão anti-fogo 310g/m2
Cor: Azul marinho
Tamanho: S - M - L - XL - XXL
u Gola subida, fecho por botões de pressão dissimulados.
u Mangas raglan.
EN14116
3/50L/75 u 1/2 punho elástico.
EN531
A,B1,C1,X,X
u Cintura com elástico nas costas.
u 7 bolsos sendo 1 para metro.
u 2 passa-mãos.
VI3 De acordo com a EN 14116 e 531

VI4 - POLO MANGA COMPRIDA IGNIFUGO E


ANTIESTÁTICO
Tecido: permanentemente ignifugo com propriedades
VI4
antiestáticas. Ideal para os trabalhadores expostos ao calor.
Confecionado com fibra permanentemente ignifuga, 60%
Modacrilica, 39% Algodão e 1% fibra de carbono (Bizflame)
de 200 grs. O tecido além da sua resistência ao fogo protege
também contra os perigos causados pela eletricidade estática.
Cor: Azul marinho.
Tamanho: S ao XXL.
De acordo com a EN 1149 e 531

VESTUÁRIO | 49
VESTUÁRIO IGNÍFUGO

VI5 - T-SHIRT DE MANGA COMPRIDA IGNÍFUGA E


VI5 ANTIESTÁTICA
u Tecido: permanentemente ignífugo com propriedades
antiestáticas.
u Fabricado em tecido Bizflame de 200 grs.
Ensaiado e certificado segundo as normas EN 531 e EN 1149.
u Tamanho: S ao XXL
u Cor: Azul marinho

VI6 - SWEAT-SHIRT DE MANGA COMPRIDA


IGNÍFUGA E ANTIESTÁTICA
VI6 u Tecido: permanentemente ignifugo com propriedades
antiestáticas. Ensaiada e comparada com outros artigos da
concorrência, este Jersey é muito resistente e duradouro,
manga em reglan, decote redondo e punhos elásticos.
u Fabricado em tecido Bizflame de 300 grs.
u Tamanho: S ao XXL
u Cor: Azul marinho
VI7 De acordo com as normas EN 531 e EN 1149

VI7 - BLUSÃO IGNÍFUGO E ANTIESTÁTICO


u Tecido: XISPAL permanentemente ignífugo, antiestático e
contra o arco elétrico. Poderá ser executado também em alta
visibilidade e com faixas refletoras ignifugas.
u Peso (gramagem): refª. 830 (300 grs.) e 825 (250 grs.)
u Cor: Azul marinho, azul royal, cinza, verde, vermelho e laranja
De acordo com as normas EN 340/2005, EN471/2004, EN11612 (A2, B1), EN
1161 (classe 2), EN 1149/1/3, EN 373 (E1), EN 61482/2.

VI8
VI8 - CAMISA IGNIFUGA E ANTIESTÁTICA
u Tecido: XISPAL permanentemente ignifugo, antiestático e
contra o arco elétrico. Poderá ser executado também em alta
visibilidade e com faixas refletoras ignifugas.
u Peso (gramagem): refª. 817 (170 grs.)
u Cor: Azul marinho, azul royal, cinza, verde, vermelho e
laranja.
De acordo com as normas EN 340/2005, EN471/2004, EN11612 (A2, B1), EN
1161 (classe 2), EN 1149/1/3, EN 373 (E1), EN 61482/2.

VI9 - CALÇA IGNÍFUGA E ANTIESTÁTICA


u Tecido: XISPAL permanentemente ignifugo, antiestático e
contra o arco elétrico . Poderá ser executado também em alta
visibilidade e com faixas refletoras ignifugas.
u Cumpre as normas EN 340/2005, EN471/2004, EN11612
VI9 (A2, B1), EN 1161 (classe 2), EN 1149/1/3, EN 373 (E1), EN
61482/2.
u Peso (gramagem): refª. 830 (300 grs.) e 825 (250 grs.)
u Cor: Azul marinho, azul royal, cinza, verde, vermelho e laranja

50 | CATÁLOGO GERAL
VESTUÁRIO IGNÍFUGO

VI10 - FATO DE MACACO IGNÍFUGO E


ANTIESTÁTICO
VI10 u Tecido: XISPAL permanentemente ignifugo, antiestático e
contra o arco elétrico. Poderá ser executado também em alta
visibilidade e com faixas refletoras ignifugas.
u Peso (gramagem): refª. 825 (250 grs.)
u Cor: Azul marinho, azul royal, cinza, verde, vermelho e laranja
De acordo com as normas EN 340/2005, EN471/2004, EN11612 (A2, B1), EN
1161 (classe 2), EN 1149/1/3, EN 373 (E1), EN 61482/2.

VI11 - PARKA IGNIFUGA, ANTIESTÁTICA EM ALTA


VISIBILIDADE
u Tecido: 98% poliéster, 2% carbono Oxford com revestimento
EN533
em PU (impermeável)
EN531 VI11 u Faixas refletoras resistentes à chama. 100% revestimento de
3,2
algodão resistente à chama. Com bolsa porta-cartões, bolso
EN531 para telemóvel e 2 bolsos de chapa em baixo.
EN343 u Cor: Em alta visibilidade bicolor Amarelo/azul marinho ou
3,1
Laranja/azul marinho.
EN1149-3
u Tamanho: do S ao XXXL
EN13034
VI12 - MEIA SK20 BIZFLAME™
Composta por uma costura plana na biqueira para maior
VI12 conforto e uma secção elástica na zona da perna.
u Tecido: 48% MODAFLAME™, 32% algodão, 20% poliéster.
u Cor: preto.
u Tamanho: H:25cm
De acordo com a norma EN 1149 e EN 531.

VESTUÁRIO DE ALTA VISIBILIDADE

VAV1 - PARKA SIMPLES


VAV1 u Tecido: Nylon Oxford e Poliéster ou Poliuretano
u Cor: Laranja
u Tamanho: M L XL XXL
u Parka de Alta visibilidade.
u Ventilação (transpiração) de classe1 e impermeabilidade de
classe 3.
u Capuz separável.
u Dois bolsos externos, bolso para telemóvel e bolso interno.
De acordo com as normas EN 471 e EN 343

VAV2 - FATO CHUVA


u Tecido: Nylon com faixas refletoras.
VAV2 u Cor: Laranja e Amarelo
u Tamanho: S - M - L - XL - XXL - XXXL
u Conjunto impermeável em nylon fluorescente.
De acordo com as normas EN 471 e EN 343

VESTUÁRIO | 51
VESTUÁRIO DE ALTA VISIBILIDADE

VAV3 - PARKA BICOLOR


u Tecido: Nylon Oxford e Poliéster ou Poliuretano
u Cor: Laranja/Azul e Amarelo/Azul
u Tamanho: M - L - XL - XXL
VAV3
u Ventilação (transpiração) de classe1 e impermeabilidade de
classe 3.
u Capuz separável.
u Dois bolsos externos, bolso para telemóvel e bolso interno.
De acordo com as normas EN 471 e EN 343

VAV4 VAV4 - CAMISOLA/POLAR


u Tecido: 100% poliéster.
u Cor: Laranja ou Amarelo em malha polar.
u Tamanho: M - L - XL - XXL.
u Polo em malha polar.
com bandas refletoras e aperto por cordão na parte inferior.
u Mangas com elástico no punho.
u Permite um forte aquecimento, mas não combate o vento ou
chuva.
De acordo com a norma EN 471

VAV5 - COLETE
u Tecido: 100% poliéster.
u Cor: Laranja e Amarelo.
VAV5 u Tamanho: Único.
u Com bandas refletoras de 5 cm.
De acordo com a norma EN 471

VAV6 - S172 T-SHIRT


u Tecido: 55% algodão no interior, 45% poliéster no exterior.
u Cor: Laranja e Amarelo.
u Tamanho: M - L - XL - XXL.
u Com bandas refletoras.
VAV6 u Máxima durabilidade.
u Altamente respirável.
u Aberturas laterais para um ajuste confortável.
De acordo com as normas EN 471 e EN ISO 20471

VAV7 - S177 POLO


u Tecido: 25% algodão, 75% poliéster
u Cor: Laranja e Amarelo.
u Tamanho: M - L - XL - XXL.
u Com bandas refletoras.
u Tecido com mistura de algodão para um conforto extra.
VAV7 De acordo com as normas EN 471 e EN ISO 20471

52 | CATÁLOGO GERAL
VESTUÁRIO DE ALTA VISIBILIDADE

VAV8 - E048 JARDINEIRAS


u Tecido: 20% algodão, 80% poliéster
VAV8 u Cor: Laranja e Amarelo.
u Tamanho: S - M - L - XL - XXXL (interior da perna 84cm)
u Bolsos frontais para joelheiras ergonómicas.
u Bolso traseiro, dois bolsos laterais e bolso metro.
u Abertura lateral com botões.
u Elástico na cintura.
u Alças reguláveis ​​com fivelas de plástico automática.
u Fita refletora na cintura e pernas.
De acordo com as normas EN 471 e EN ISO 20471

VAV9 - E041 CALÇAS


VAV7 u Tecido: 20% algodão, 80% poliéster
u Cor: Laranja e amarelo.
u Tamanho: S - M - L - XL - XXXL.
u Banda refletora dupla em baixo.
u Tecido com mistura de algodão para um conforto extra.
u 2 bolsos laterais.
u Bolso traseiro com fecho e botão.
u Elástico na cintura.
De acordo com as normas EN 471 e EN ISO 20471

VAV10 - S266 BLUSÃO BICOLOR


u Tecido: 100% poliéster.
u Cor: Bicolor: Amarelo e Azul marinho.
u Tamanho: S - M - L - XL - XXL - XXXL.
u Resistente a manchas, revestido a PU.
u Forro acolchoado proporciona a retenção de calor.
u 100% impermeabilidade.
VAV10
De acordo com as normas EN 343 e EN ISO 20471

VAV11 - RT40 CASACO


u Tecido: 20% algodão, 80% poliéster.
u Cor: Laranja e Amarelo.
u Tamanho: S - M - L - XL - XXL - XXXL.
u De estilo clássico e extremamente durável, é perfeito para
trabalhos ao ar livre.
De acordo com a norma EN 471

VAV11

VESTUÁRIO | 53
VESTUÁRIO ISOTÉRMICO
VI1 - CS12 FATO DE MACACO COLDSTORE
u Tecido: 100% poliéster.
u Cor: Azul marinho.
u Tamanho: S - M - L - XL - XXL.
u Para tarefas pesadas, representa a proteção mais avançada
VI1 para a armazenagem frigorífica.
u Resistente a manchas.
u Capuz amovível, gola em lã de tecido polar microfibra para
maior conforto, laço para rádio, costas elásticas, punhos de
malha com buracos para polegar.
u Com banda refletora.
De acordo com a norma EN 342

VI2 - CS10 CASACO COLDSTORE


u Tecido: 100% poliéster.
u Cor: Azul marinho.
VI2 u Tamanho: S - M - L - XL - XXL.
u Casaco 3/4, com capuz amovível, gola em lã de tecido
polar microfibra para maior conforto, laço para rádio, costas
elásticas, punhos de malha com buracos para polegar.
u Com banda refletora no peito e nas costas.
De acordo com a norma EN 342

VI3
VI3 - CS11 CALÇAS COLDSTORE
u Tecido: 100% poliéster.
u Cor: azul marinho.
u Tamanho: S - M - L - XL - XXL.
u Capuz amovível, gola em lã de tecido polar microfibra para
maior conforto, laço para rádio, costas elásticas, punhos de
malha com buracos para polegar.
u Com bandas refletoras.
De acordo com a norma EN 342

VESTUÁRIO DESCARTÁVEIS

VD1 - FATO DE MACACO TYVEK® COM CAPUZ


u Tecido: Tyvek 1431 N, 41g/m2 com tratamento antiestático.
u Cor: Branco com as costuras recobertas com fita selante de
cor Azul.
u Tamanho: S - M - L - XL - XXL - XXXL.
VD1 u Oferece protecção contra os produtos químicos inorgânicos
em baixa concentração e contra particulas até 1µm.
u Modelo com elástico de ajuste nas mangas, pernas, costas e
capuz para um melhor ajuste junta à da face. Fita selante nas
costuras.
u Protecção Química (Tipo 4) - Protecção contra aerosóis,
(Tipo 5) - Protecção contra químicos em partículas sólidas,
(Tipo 6) - Protecção contra salpicos.
u Protecção Anti-estática.
u Protecção contra a contaminação radioactiva provocada
por partículas. (Não oferece protecção contra as radiações de
substâncias radioactivas).
De acordo com as normas EN 1073-2, EN ISO 13982-1, EN 1149, EN 13034, EN
13034, EN 1149

54 | CATÁLOGO GERAL
VESTUÁRIO DESCARTÁVEIS

VD2 - SPACEL 3500 RA/EBJ


VD2 u Tecido: 100% polietileno
u Espessura: 100 μm **
u Cor: Laranja
u Tamanho: S - M - L - XL - XXL - XXXL.
u Alongamento do material até 400%
u Cor laranja é facilmente visível
u Antiestático Atex.
u Aba adesiva dupla.
u Muito boa resistência à abrasão, resistência ao rasgo e
perfuração.
u Ideal para indústria química / petroquímica, limpeza e
VD3 manutenção de tanques, manipulação de produtos químicos,
descontaminação.
De acordo com a norma EN 1149-5 e EN 14126

VD3 - DT117 FATO MACACO


u Tecido: 70% Polipropileno, 30% Polietileno.
Antiestático.
u Cor: Branco.
u Tamanho: M - L - XL - XXL.
u Fato de macaco com capuz elástico. Fecho por zip, duplo
cursor sob pala. Elástico de aperto na cintura, atrás e nos
tornozelos. Punhos ajustáveis. Embalagem individual sob
vácuo.
u Não tem pêlo, muito macio, sem silicone.
De acordo com a norma EN 13034, EN ISO 13982-1, EN 340, EN 1149-5

VD4 VD4 - TOUCA CLIP ACORDEÃO


u Touca clipe tipo acordeão de polipropileno não tecido
bordada por um elástico.
u Tecido: Polipropileno não tecido 15 g/m2
u Cor: Branco e azul.
u Tamanho: Único.

VD5 - TOUCA REDONDA


VD5 u Touca redonda de polipropileno não tecido bordada por um
elástico. 53 cm de diâmetro.
u Tecido: Polipropileno não tecido 14 g/m2
u Cor: Branco e azul.
u Tamanho: Único.

VESTUÁRIO | 55
VESTUÁRIO DESCARTÁVEIS

VD6 - TOUCA COM PALA


u Touca com viseira de polipropileno não tecido.
u Tecido: Polipropileno não tecido 16 g/m2 para a touca e 100
VD6 g/m2 para a pala.
u Cor: Branco e azul.
u Tamanho: Único.

VD7 - PROTECÇÃO DO QUEIXO / BARBA


u Protecção do queixo tipo barba de polipropileno não tecido
com elástico de manutenção.
Polipropileno não tecido 15 g/m²
u Cor: Branco.
VD7 u Tamanho: Único.

VD8
VD7 - MANGUITO
uPolietileno 21 µ.
uElástico nas duas extremidades.
uDimensão : 40 x 20 cm.
uCor: Azul
uTamanho: Único.

VD9 - COBRE-SAPATOS
VD9 u Par de cobre-sapatos de polietileno para visitantes com
elástico de aperto nos tornozelos.
Polietileno 30 micrómetros de espessura
u Cor: Azul
u Tamanho: Único.

56 | CATÁLOGO GERAL
EQUIPAMENTOS
DE EMERGÊNCIA
PRIMEIROS SOCORROS
PS1 PS2

PS1 - MALA INDIVIDUAL


u Caixa de primeiros socorros em plástico,
aconselhada para uso nas viaturas.

PS2 - MALA PARA 6 PESSOAS


u Caixa de primeiros socorros em plástico
especialmente aconselhada para escritórios
em geral e armazéns.

PS3 - ARMÁRIO PARA 6 PESSOAS


PS3 PS4 u Armário metálico de primeiros socorros
aconselhado para escritórios e pequenas
industrias.

PS4 - ARMÁRIO PARA 25 PESSOAS


u Armário metálico de primeiros socorros
aconselhado para instalações industriais.

EXTINÇÃO DE INCÊNDIOS

EI1 - EXTINTOR DE PÓ ABC


u Polivalente fornecido com suporte mural.
3, 4, 6, 9, 25 e 50 kg.

EI2 - EXTINTOR CO2


u Extintores de neve carbónica especialmente indicados
para extinção de incêndios em equipamentos eléctricos e
substancias inflamáveis.
u Fornecido com suporte.
5 kg, 10 kg, 20 kg e 25 kg.

EI 1 EI 2 TODOS OS EXTINTORES SÃO EQUIPADOS COM


MANGUEIRA, CAMPÂNULA E SUPORTE PAREDE.
ESTES DEVERÃO SER REVISTOS POR LEI UMA VEZ POR
ANO.

EI3 - ARMÁRIO PARA CARRETEL


u Fabricado conforme medidas do cliente.

EI4 - CARRETEL
u Para enrolamento e suporte da mangueira.

EI 3 EI 4

58 | CATÁLOGO GERAL
EXTINÇÃO DE INCÊNDIOS

EI5 - BALDE AREIA


u Em aço lacado, indicado para locais com líquidos inflamáveis.

EI6 - MANTA ANTI-FOGO


u Aconselhado para cozinhas com fogão a gás ou grelhas.
Respeita EN 397

EI 5 EI 6

VESTUÁRIO PARA BOMBEIRO

VB 1 VB1/ VB2 - PARKA FIREPRO PARA BOMBEIRO


u Proteção contra os riscos de contato com fogo, calor
convetivo, calor radiante e os riscos associados com a
acumulação de cargas eletrostáticas.
u O novo equipamento fogo FE-2000 oferece um conforto
inigualável e confiabilidade que ajudam os bombeiros a
VB 2 proteger suas vidas.
u Melhor proteção: Três camadas de reforço térmico e
design de proteção da água.
u Melhor eficiência: ergonómico e funcional, oferece uma
alta eficiência no vestir/despir em todos os movimentos.
u Melhor durabilidade: zona resistente nos punho e reforço
especial nos cotovelos.
u EN 469 (“Roupa de protecção para bombeiros” padrão)

VB3 - MACACÃO PARA BOMBEIRO


u Este macacão é perfeito para as exigências de clima
quente dos incêndios florestais. Confecionado com
tecido retardante de chama altamente inovador com
características especiais para proteger o usuário contra os
perigos associados a incêndios ao ar livre.

VB4/ VB5 - CALÇAS FIREPRO PARA BOMBEIRO


u Fixação Zip, coberto por aba e botão de pressão.
u Ajuste de cintura semi-elástica.
u Alças reguláveis ​​com fivelas de plástico.
u Reforço no joelho.
u Dois bolsos laterais com Velcro ® de fixação.
u Duas faixas reflectoras amarelo e cinza sob os joelhos.

VB 3 VB 4 VB 5

EQUIPAMENTO DE EMERGÊNCIA | 59
VESTUÁRIO PARA BOMBEIRO

FORTE, RESISTENTE E ALTAMENTE INOVADOR.


O TECIDO TEM A CAPACIDADE DE SUPORTAR O CALOR E A CHAMA
PROTEGENDO CONTRA O PERIGO CAUSADO PELA ELECTRICIDADE
ESTÁTICA QUE NÃO VAI DIMINUIR COM A LAVAGEM REPETIDA.
RESPEITA AS NORMAS EN 1149 e EN ISO 11612
.

VB 7
VB6 - LEGGINGS
u Para manter o utente quente, confortável e seguro. Cós elástico que
permite liberdade de movimento e bainha com nervuras.
u Ignífugo e anti-estático.

VB7 - CÓGULA IGNÍFUGA


u Ignífugo e anti-estático.
VB 6 VB 8 u Tamanho único.

VB8 - GOLA ALTA PARA PESCOÇO


u Ignífugo e anti-estático.
u Tamanho único.

VB9 - T-SHIRT DE MANGA COMPRIDA


u Ignífugo e anti-estático.
u Tamanho único.
VB 9

A NORMA EN 15090:2012 ESTABELECE OS REQUISITOS MÍNIMOS


DE DESEMPENHO E MÉTODOS DE ENSAIO CORRESPONDENTES
PARA O SERVIÇO DE CALÇADOS CONTRA FOGO PARA SER USADO
NO COMBATE A INCÊNDIOS.
CALÇADO DE SEGURANÇA: EN ISO 20345:2011.
CALÇADO DE TRABALHO: EN ISO 20347:2012.

u Bota fogo em couro preto: 2.4/2.6 mm., resistente à água.


u Forro de membrana impermeável e respirável.
u Biqueira metálica anti-perfuração.
VB10 VB11
u Sola em NEOPRENE à prova de fogo inextinguível único, resistente
ao frio e ao contato com o calor até 300 ° C.

VB10 - RESPONDER PRO F2A


u Língua Central em couro preto, microperfurado e totalmente
acolchoadas.

VB11 - PRO F2A

VB12 - FIREMAN BR F2A

VB13 - VULCAIN F2A


VB12 VB13

60 | CATÁLOGO GERAL
VESTUÁRIO PARA BOMBEIRO

VB14 - LUVAS FIREMAN

u Resistentes ao calor (normalmente utilizados por bombeiros)


u Polegar deslocado.
u Manguito em couro, cinta de velcro
u Elástica, com uma aba de fixação, a luva oferece um bom suporte
u Mão forrada com Kevlar® algodão para um maior conforto de
utilização.
u O silicone no couro, repelente de água em couro garante uma boa
flexibilidade a baixa temperatura, resistência a água e oferecendo uma
boa proteção mecânica.
u O forro de algodão Kevlar® oferece proteção contra cortes e riscos
térmicos.
u O conjunto de fios de Kevlar® assegura a resistência das costuras
VB14
em relação ao calor e ao desgaste, enquanto que oferece o melhor
isolamento térmico.

SALVAMENTO

SA 1 - MALA DE SALVAMENTO

u Concebida para e pelos bombeiros/socorristas, a sua função é


fornecer tudo o que necessita para combater acidentes ou fogos com
origem elétrica, sem estar dependente do piquete. O utilizador poderá
cortar a eletricidade e actuar no inicio de um fogo evitando prejuízos.
SA 1 u Tem à sua disposição um detector de tensão, uma vara de salvamento,
um tamborete isolante, um par de luvas isolantes, um quadro de
primeiros socorros, um par de botas isolantes, um corta cabos isolante
e uma fita delimitadora.
u Máxima tensão: 25 kV.
u Dimensões: 710 x 570 x 240
u Peso: 21 kg

EQUIPAMENTO DE EMERGÊNCIA | 61
ANTI-DERRAME
AD1
DERRAME DE ÓLEOS

Kit anti-derrame de proteção da natureza. Toda a


gama de produtos para absorverem e/ou estancarem
a progressão de produtos nocivos no solo, assim
como recipientes para o seu transporte para locais de
reciclagem.

u AD1 - Kit Anti-Derrame de óleo com 90 litros. Absorve


todo o tipo de óleos e solventes que não sejam afetados
por líquidos aquosos. Inclui almofadas, “meias”, sacos de
AD2 armazenamento, e um recipiente com capacidade de 95 litros.

u AD2 - Um saco impermeável feito de durável PVC /


Polyester com zipper, pontos de gancho e alça de transporte.
Conteúdo - 12 almofadas para absorver o óleo, 2 meias para
conter e absorver o óleo, dois sacos descartáveis, uma folha
de instruções, óculos de proteção.
Respeita a EN 166

AD3

DERRAME DE QUÍMICOS

u AD3 - Uma alternativa em forma e tamanho para o kit 30


litros, mas com o benefício adicional de base PPE. Composto
por almofadas, meias, bolsas eliminação e folha de instruções,
AD4 juntamente óculos descartáveis, galochas e luvas.

u AD4 - O kit é adequado para pequenos derrames. Composto


por almofadas, meias, bolsas eliminação e gravata e folha de
instruções, todos dentro de um saco plástico transparente.

OUTROS DERRAMES
AD5
u AD5 - Um kit para derramamentos de uso geral na oficina.
Fornecido com granulado de argila para rápida e fácil utilização
na ocorrência de derrames. Útil para absorção de petróleo,
lubrificantes e líquidos, evitando acidentes que ocorrem no
local de trabalho. Composto por almofadas, lençóis, meias,
saco ABX10, rolo de fita isolante, sacos de eliminação,
gravatas e folha de instruções.

62 | CATÁLOGO GERAL
ANTI-DERRAME

TABULEIROS

u AD6 - Grande reservatório de contenção redondo para tambores de


205 litros.
Evita derrames reduzindo o risco de deslizamento.

u AD7 - Reservatório para contentor

AD6 AD7 u AD8 - Reservatórios de paletes permite o armazenamento de óleo


para cumprir com os regulamentos de armazenamento de petróleo.
AD8 AD9 Construção resistente de polietileno durável.

u AD9 - Projetado para ser usado durante a mistura e decantação, de


derrames ou salpicos. Rampa está disponível para acesso ao camião.

LAVA-OLHOS

DUCHES LAVA-OLHOS, únicos com marca CE, são fabricados com


a combinação de material plástico associado a uma estrutura e válvula
(1) em latão com pintura epóxida anticorrosiva.
2 O jacto cónico é provido com um regulador (2) de capacidade que
4 pode absorver eventuais sobrecargas perigosas de pressão da rede de
abastecimento de água. Válvulas substituíveis.
A alavanca de acionamento (3), conforme a normativa DIN EN 15154,
activa-se só com um movimento e é provida com bloqueador para
garantir o fornecimento contínuo de água com total liberdade de
3 movimentos das mãos.
Os protetores oculares (4) são em borracha macia anti-alérgica e
providos com tampa anti-pó, que evitam traumas e ajudam o correcto
direcionamento do fluxo de água.
u Pré montagem.
1 u Manete com bloqueador para permitir o funcionamento contínuo de
água com total liberdade das mãos. (Conforme a norma EN 15154).
u Regulador de pressão (evita ferimentos oculares).
u Apoio para olhos em material anti-alérgico e com tampa anti-pó.
u Gama portátil – sem necessidade de ligar a uma tomada de água.
u Depósito em aço inoxidável e chuveiro com pintura  epóxida
anticorrosiva.
u Abrangência do chuveiro: 2 m diâmetro, (norma obrigatória: 1,5m).
u Existe em 3 cores ( vermelho, amarelo e verde).
u Mercado para estes produtos :
- químico - farmacêutico
- petrolífero - siderúrgico
- agricola - alimentar
- construção civil - metalomecânico

EQUIPAMENTO DE EMERGÊNCIA | 63
LAVA-OLHOS

LAVA-OLHOS
u Válvula passível de ser mudada sem desmontar todo o
lava-olhos e duche.
u Basta carregar uma só vez no duche para estar a largar água.
u Tem válvula de regulação de pressão, para se poder regular
a pressão da agua que vem da rede pública.
u É possível comprar as peças do duche a granel (peças soltas).
u Equipamento vem já pré-montado.
u Diâmetro de acção é de 2 metros.

LO1 - LAVA-OLHOS EXTRAÍVEL 45º


LO1 LO2
LO2 - LAVA-OLHOS DE PAREDE EXTRAÍVEL 45º

LO3
BACIAS LAVA-OLHOS
u Os protectores oculares são em borracha macia anti-
alérgica e com tampa anti-pó.

Lo4 LO3 - LAVA-OLHOS DE PAREDE COM BACIA

LO4 - LAVA-OLHOS DE PAREDE COM BACIA EM INÓX

LO5 - CHUVEIRO DE EMERGÊNCIA DE PAREDE


LO5 COM VÁLVULA E BASE 230MM DE DIÂMETRO
u Estrutura resistente com montagem fácil e rápida graças à
pré-montagem de fábrica.
u As válvulas são facilmente desmontáveis garantindo a
1000
máxima simplicidade de manutenção.
390 610
u Jacto helicoidal de 2 metros de diâmetro em conformidade
com a norma EN 15154.
230
98

u Pressão da água mínima: 2 bar.


O86 u Tubos em aço zincado.
u Válvula pintada com tinta epóxida.
105

153

Min 660 - Max 960

64 | CATÁLOGO GERAL
LAVA-OLHOS

LO6 - LAVA-OLHOS DE EMERGÊNCIA DE PAREDE


COM VÁLVULA E LAVA-OLHOS

LO7 - CHUVEIRO DE EMERGÊNCIA DE PAREDE


COM VÁLVULA E LAVA-OLHOS DE DUPLO COMANDO

773
83
98

LO6 O86

2259.5

O258 112

1756
1580
2162

269
1126

LO7
1024

905

O230

LO8 - LAVA-OLHOS DE EMERGÊNCIA DE FIXAÇÃO


AO CHÃO COM LAVA-OLHOS

LO8 LO9
LO9 - LAVA-OLHOS DE FIXAÇÃO AO CHÃO COM
RECIPIENTE EM INÓX E DUPLO COMANDO

EQUIPAMENTO DE EMERGÊNCIA | 65
LAVA-OLHOS

LO10- CHUVEIRO DE EMERGÊNCIA COM


PLATAFORMA E CABINE

LO11 - LAVA-OLHOS DE FIXAÇÃO AO CHÃO COM


RECIPIENTE INÓX E DUPLO COMANDO
LO10

LO11

LO12 - LAVA-OLHOS DE EMERGÊNCIA PORTÁTIL


u Reservatório móvel com lava-olhos de emergência e
recipiente de protecção de olhos anti-poeira. Extremidade
suave. Possui um elevado fluxo de água. É fornecido com uma
LO12 mangueira de aço flexível inoxidável de 1.5 m e carregado
com 18 litros de água potável pressurizada a 6 bar através de
compressor.
u Lava-olhos portáteis ideais para locais sem rede pública.
(Ex: agricultor), sendo necessário mudar a àgua uma só vez
por mês.

Respeita EN 15154

LO13

LO13 - GARRAFA LAVA-OLHOS


u Garrafa de água com fluxo imediato de emergência.
Proporciona um fluxo de água imediata durante os segundos
cruciais após o acidente. Muito útil em riscos de acidentes com
ácidos e outros dissolventes irritantes. 500 ml de capacidade.

66 | CATÁLOGO GERAL
PROTEÇÃO NOS
TRABALHOS EM ALTURA
TIPO DE TRABALHOS EM ALTURA

TRABALHAR TRABALHO
EM SUSPENSÃO EM CONTENÇÃO
ANTIQUEDA
Sistema de prevenção de Concebido para apoiar um tra- Equipamento utilizado para impedir
quedas composto por: balhador permitindo o trabalho o trabalhador se aproxime de uma
• dispositivos de ancoragem. com mãos livres. posição a partir da qual pode cair.
• arnês de corpo inteiro, Sistema de suspensão típico: Sistema de Restrição típico consiste
• Conexão dorsal de • dispositivos peitoral em:
dispositivos. de ancoragem, • dispositivos de ancoragem,
• arnês de corpo inteiro, • cinto de contenção de trabalho
• 2 cordas: equipado com uma ou arnês de corpo inteiro,
descendente e com uma corda. • dispositivos de ligação
(restrição corda).

RESGATE
POSICIONAMENTO
DO TRABALHO A
Para resgate e evacuação de Equipamento que segura o
um ferido em alto acesso. trabalhador no local.
Sistema de resgate típico: Sistema de posicionamento de
• dispositivo de evacuação trabalho abdominal:
em suspensão pelos • dispositivos de ancoragem,
ombros. • arnês de corpo inteiro com
um cinto de posicionamento,
• dispositivos de ligação.

C
OS PRINCIPAIS COMPONENTES DE UM SISTEMA
B
DE PREVENÇÃO DE QUEDAS É O “ABC”.
SEM UM DOS LADOS, O SISTEMA NÃO
FUNCIONA.
A B C =
DISPOSITIVOS ARNÊS CONEXÃO
DE FIXAÇÃO DE CORPO INTEIRO DOS DISPOSITIVOS
Usado para juntar ao dispositivo de Usado para proteger o Usado como acessório intermédio para
conexão (restrição de trabalho, anti- trabalhador durante e ligar o arnês ao ponto de ancoragem
queda) para a ancoragem, comumente depois de uma queda. (por exemplo amortecedor de quedas,
referido como o “tie-off point”. • arnês de corpo inteiro sistema retrátil, linha de vida, corda
O DISPOSITIVOS DE ANCORAGEM PODE deve ser usado para amarração).
SER UM DOS DOIS TIPOS: situações antiqueda. OS DISPOSITIVOS DE LIGAÇÃO PODEM
• dispositivos de ancoragem perma- • cinto lombar de SER UM DOS DOIS TIPOS:
nentes (por exemplo, linha de vida de trabalho não pode ser • restrição de queda: um sistema de
cabo horizontal, sistemas ferroviários usado para prevenção retenção queda impede os trabalhadores
horizontais). contra quedas. de alcançar um perigo.
• dispositivos de ancoragem tempo- • Detenção de queda: um sistema de
rários (por exemplo estropos em nylon prevenção de quedas que permite aos
ou de aço, ganchos, correias, cintas de trabalhadores chegar a um perigo e, em
fixação). seguida, protege-los.

68 | CATÁLOGO GERAL
ARNESES
PONTAS EM
PONTO DE BORRACHA
FIXAÇÃO
A1 DORSAL

CINTA
PEITORAL
FIVELAS
DE
AJUSTE

FIXAÇÃO
INDICADOR FRONTAL
PONTO DE
FIXAÇÃO
PARA
PREVENÇÃO DE
QUEDAS ANÉIS
LATERAIS
RÓTULO

CINTO ALMOFADADO

A1 - PN 32 modelo versátil
u Caracteristicas conforme foto.

A2 - P-51E
u Dois anéis laterais para posição de trabalho.
A2 u Duas alças de fixação torácica têxteis e um anel dorsal
para prevenção de quedas.
u Cintas nas coxa, cintura e ombros ajustáveis​​.
De acordo com a EN 361.

A3 - P-81
u Uma combinação ideal de prevenção contra quedas,
posicionamento de trabalho, resgate e aplicações de
acesso por corda.
u Acolchoado no ombro, cintura e cintas de pernas para
um conforto prolongado.
u Anel dorsal e torácico para prevenção de quedas.
A3
u Um anel ao nível da cintura para o trabalho de acesso
por corda.
u Dois anéis laterais para posição de trabalho.
u Cinta nas coxas, cintura e ombros ajustável.
De acordo com a EN 361, EN 358, EN 813.

A4 - ELASTOKUIK EXPORT
u Arnês anti-queda com correias em poliamida e um
elastómero especial que garante, ao mesmo tempo,
uma excelente resistência mecânica e devido à sua
elasticidade, um maior conforto pela total liberdade de
movimentos que permite.
A4 u Tem já aplicado o cinto de segurança. Mesmo com a
corda de amarração colocada, o operador pode rodar
o corpo 90º para qualquer dos lados. O cinto tem um
formato ergonómico, com zona de apoio lombar e
tratamento anti-sudação, sendo o fecho automático e
de dupla segurança.
De acordo com a EN 358 e EN 361.

TRABALHOS EM ALTURA | 69
ARNESES

A5 - Modelo económico PN 12
u Fácil uso, através das diferentes cores nas tiras de
A5 pernas.
NOV
O u Cinco ajustes na correia e pernas para um melhor
conforto.
u Tecido de alta resistência, resistência superior a 27KN.
u Todoso os componentes metálicos numerado para
rastreabilidade completa.

Telhados Andaimes Plataformas


elevatórias

Construção Contenção Queda livre


e manutenção de queda

A6 - PN 56
A6 u Tiras de perna em cores diferentes para fácil uso.
u Dois pontos de fixação para combinar com qualquer
condição de funcionamento antecipada previsível.
u Três posições de ajuste na correia e pernas para ajuste
superior.
u Tecido de alta resistência, resistência superior a 27KN.
u Material leve, com absorção de humidade e de cintura
respirável sempre mantendo o utilizador confortável.
u Circuito de caixa equipado com mosquetão para
resgate e anti-quedas.
u Anel em D na cintura para melhor posição de trabalho.

Construção Trabalho Trabalho Escaladas Queda livre


e manutenção em plataforma em escadas rappel

Espaços Trabalho de
confinados posicionamento

A7 A7 - ENERGY PREMIUM
u Com 3 pontos de ancoragem.
u Para intervenção e trabalho em torres e postes.
u Com faixas elásticas, que facilitam o movimento do
corpo.
u O conforto máximo do usuário.
u Cinto giratório (180º) para facilitar, intervenções laterais.
u Pernas com reforço ergonómico.
u Rápido e fácil de ajustar, com fivela tipo rápido.
u Equipado com 6 anéis em D.
De acordo com a EN 361 e EN 358.

70 | CATÁLOGO GERAL
ARNESES

A8 - R’TST - O MELHOR ARNÊS DO MUNDO


PARA TRABALHOS EM TENSÃO
A8 u Arnês lançado no ano de 2015 particularmente indicado
para trabalhos em tensão que exigem movimento de
extensão e rotação do utilizador e por permitir uma grande
liberdade de movimentos. Permite ao utilizador uma
rotação de 180º. Dispõe de uma “cadeira”, ligada ao cinto,
e tiras superiores elásticas, que conferem ao arnês um
grande conforto, nos trabalhos em suspensão. Para além
disso, este arnês possui almofada dorsal acolchoada,
ajuste das correias dos ombros fácil graças a presilhas
de lingueta ajustaveis durante a utilização e fitas com
presilhas que evitam cintas soltas. Compartimento que
aloja toda a informação do arnês. Indicadores de caída.
De acordo com a EN 358 e EN 361.

A9 - EXTREME
A9 u Tamanho L-XL com 5 pontos de ancoragem, incluíndo
um ponto de ancoragem ventral, é o arnês para trabalhos
em suspensão por excelência.
u Arnês muito versátil: Indicado para trabalhos elétricos
e trabalhos em suspensão. Preparado para resgate.
u Arnês umbilical pivotante, permite uma mobilidade
lateral acrescida.
u Perneiras ligeiramente orientadas permitem que o peso
se reparta em três pontos, pernas, nádegas e costas.
u Cinta de peito para manter a corda de ascensão perto
do utilizador.
De acordo com a EN 358, EN361 e EN 813.

Revestimento
de PVC

A10 A10 - REVOLUTIONTM R7 OFFS


u Projetado para ambientes de alto mar e costeiras
altamente corrosivos, incluindo vento, indústrias de
Suporte energia e petroquímica.
pivotante
u Proteção com revestimento de PVC nas costas e dos lados.
De acordo com a EN 358 e EN361.

Fivelas de
conexão rápida

TRABALHOS EM ALTURA | 71
ARNESES

A11 - PN 03
u Cinto fabricado em fibra de poliester, com ferragens
A11
em aço inoxidável. A zona de apoio lombar é larga e
tem tratamento anti-sudação. Equipado com argolas
que constituem pontos de fixação para a corda de
amarração. Neste cinto é facilmente aplicável uma bolsa
para ferramenta.
De acordo com a EN 358.

BOLSA PARA FERRAMENTAS

BF1 Fabricada em pele ou em tela, com as dimensões


BF2
e rigidez adequadas ao transporte da ferramenta
necessária à generalidade dos trabalhos. Na versão Pro,
dispõe de duas correias, com fivelas que permitem um
bom ajustamento a qualquer cinto ou arnês.
De acordo com a EN 358.

BF1 - BOLSA PARA FERRAMENTAS EM


RELEVO EM TELA (modelo económico)

BF2 - BOLSA PARA FERRAMENTAS EM


RELEVO GENUÍNO

SACO PARA TRANSPORTE


ST1
ST1 - SACO PARA TRANSPORTE DE EPI’s
Tecido: PVC 600D
ST2 Medidas: 70x32x30cm
Cor: preto
u Alça ajustável e amovível, bolso lateral com fecho, re-
forçado, apoios em plástico.
u Painel para identificação do colaborador

ST2 - SACO PARA TRANSPORTE DE EPI’s


Tecido: PVC
Medida: 30 L
Cor: Amarelo

MOSQUETÃO

O M1 - 991401859004
NOV u Aço forjado
u Abertura: 54mm
54mm u Resistência mínima de ruptura: 22 kN.
De acordo com a EN 362-2004.

72 | CATÁLOGO GERAL
MOSQUETÃO

M1 u Em aço.
u Acabamento prata / dourado / galvanizado.
u Abertura 17 mm.
u Resistência: 25kN
De acordo com a EN 362.

M2 - CS20ALU
M2
u Em alumínio.
u Abertura: 17mm.
u Resistência: 23kN.
12mm u Dim:. 111 x 60mm.
u Peso: 80g.
De acordo com a EN 362.

M3 M3 - ML04
u Em alumínio.
u Abertura: 63 mm.
60mm u Resistência: 22 kN.
u Dim:. 255 x 120mm.
u Peso: 470g.
De acordo com a EN 362.

M4 M4 - GO100
u Em alumínio.
100mm u Abertura 110mm.
u Resistência mínima de ruptura: 27kN.
u Dim:. 350 x 165mm.
u Peso: 900g.
De acordo com a EN 362.

M5 M5 - ML01
u Em alumínio.
u Em forma de pêra.
19mm u Abertura 19mm.
u Resistência mínima de ruptura: 30kN.
u Dim:. 110 x 65mm.
u Peso: 90g.
De acordo com a EN 362.

CORDAS DE AMARRAÇÃO

CA1 CA1 - REGLEX 3000


u Corda em poliamida de 14mm de diâmetro de 3
fios. Equipada com um regulador de comprimento em
aço inoxidável e numa das extremidades possui um
mosquetão de dupla segurança.
u Disponível em vários comprimentos: 2, 3 e 4 m.
u Pode incluir uma manga de proteção.
De acordo com a EN 361.

TRABALHOS EM ALTURA | 73
CORDAS DE AMARRAÇÃO

CA2 - PN 246
CA2 u Corda em poliamida de 14mm de diâmetro de 3
fios. Equipada com um regulador de comprimento em
aço inoxidável e numa das extremidades possui um
mosquetão de dupla segurança.
u Disponível em vários comprimentos. 2m, 3m e 4 m.
u Pode incluir uma manga de proteção.
De acordo com a EN 358.

CA3 CA3 - PN 245


u Corda entrançada e dois mosquetões de 12mm.
u Com regulador de movimentação com uma só mão.
u Disponível em 2m, 3m e 4 m.
De acordo com a EN 358.

FIADOR

FIA1 - FIADOR
FIA1 u Corda em poliamida de 12mm de diâmetro, habitual-
mente com 1,50 m de comprimento. É equipada com
dois mosquetões, podendo um deles ser de grande
abertura manual. É indesmontável. Tamanho do mos-
quetão segundo especificação do cliente.
De acordo com a EN 354.

AMORTECEDOR DE QUEDAS
AQ1 - AMORSTOP/PN 306
AQ1
u Amortecedor de quedas com corda torcida ou entran-
çada com mosquetão normal ou de grande abertura.
De acordo com a EN 355.

comprimento (m) abertura mosquetão


1.5 20
1.5 60
2.0 20
2.0 60

AQ2 AQ2 - 991401858013B


NOVO u Amortecedor de quedas com tamanho standar: 1,8m.
u Incluí mosquetão de abertura 30 mm para ligação.
u Incluí gancho de abertura 54mm.
De acordo com a EN 355:2002.

Queda livre Contenção Andaimes


de queda

74 | CATÁLOGO GERAL
AMORTECEDOR DE QUEDAS

AQ2 AQ2 - PN 388


u Amortecedor de quedas com as mesmas características
do Amorstop, mas com corda entrançada.
De acordo com a EN 355.

AQ3 AQ3 - AMORTECEDOR DE QUEDAS EM Y


u Amortecedor de quedas em “y” de 1.50 Mts com
mosquetão com abertura de 110 mm, usado na subida a
torres metálicas.
De acordo com a EN 355:2003 7 0302-89/686/CEE

comprimento (m) abertura mosquetão


1.5 20
1.5 60
2.0 20
2.0 60

AQ4
AQ4 - PN 341
u Amortecedor de quedas em y com mosquetão de
abertura 60 mm. Outras medidas sob consulta.
u Tamanho corda standard: 1.5 mt. Outro tamanho sob
consulta.
De acordo com a EN 355.

AQ5 AQ5 - PN 371


u Amortecedor de quedas em y com cintas elásticas, evita
que as cintas atrapalhem o trabalho. Vários tamanhos
sob consulta, tamanho standard: 1.5 a 2.0 mt. Outros
tamanhos de mosquetões sob consulta.
De acordo com a EN 355.

LINHA DE VIDA

LV1 - 991401859041B
u Pega de corda de alumínio.
LV1
u Diâmetro da corda: 13mm
u Disponível em 10m/20m/30m/50m/
O
NOV De acordo com a EN 353-2 &EN358.

Trabalho de
posicionamento

TRABALHOS EM ALTURA | 75
LINHA DE VIDA

LV2 - PN 2003 - LINHA DE VIDA


INDESMONTÁVEL
LV2 u Corda em poliamida entrançada, montada na vertical
e suspensa de um ponto fixo com um mosquetão
apropriado. Na extremidade inferior pode ter um peso
que garante a sua verticalidade.
u Alça e gancho Espaçamento de alça e gancho pn 121.
u Bloqueio de gravidade para evitar o uso incorreto.
u Duplo sistema de travamento de segurança.
u Funciona em 10 - 16 milímetros de diâmetro linha de
ancoragem.
De acordo com a EN 353-2.

LV3 LV3 - CORDA LINHA DE VIDA


u Para usar com antiquedas.
u Um lado da linha com loop; outro lado com nó final.
(Também disponível com ambos as laterais com loop)
u Medidas:
• 10m PN 910
• 20m PN 920
• 30m PN 930
• 40m PN 940
• 50m PN 950
Mais comprimentos estão disponíveis mediante pedido.

LV4 - TITANTM ROPE GRAB


u Antiquedas automático com Linha de Vida de 10m a
30m. Indesmontável.
u Antiquedas de uso na vertical e horizontal.
LV4 De acordo com a EN 353-2.

76 | CATÁLOGO GERAL
LINHA DE VIDA

LV5 - ANCHORANGE LINE


u Linha de Vida é adequada para uso com um antiquedas
LV5 de 10/12mm ou 14mm/16mm.
u Disponível em vários comprimentos.
De acordo com a EN 355.

LV6 - LINHA DE VIDA FIXA HORIZONTAL


u Com um pequeno número de componentes e de fácil
montagem. Admite máximo 2 utilizadores. Disponível em
vários tamanhos.

LV7 - LINHA DE VIDA FIXA VERTICAL


u Linha de vida fixa vertical de cabo de aço inoxidável/
galvanizado. Disponível em diferentes medidas. Um
utilizador de cada vez

VARAS LINHA DE VIDA

VLV1 VLV2
VLV1 - PINÇA DE GRANDE ABERTURA PARA
VARA ACIMA

VLV2 - CROCHEVIT - VARA PARA


LANÇAMENTO DE LINHA DE VIDA
u Fabricado em fibra de poliester, com ferragens em
aço inoxidável.
u Compacto para fácil transporte.
u Comprimento retraído: 2.6m.
De acordo com a EN 795b.

TRABALHOS EM ALTURA | 77
ANTIQUEDAS

ANT1 ANT1 - PN2000B


u Constituído por um dispositivo deslizante ajustável à
Linha de Vida, ao qual está aplicado um pequeno troço
de corda (tirante ou amortecedor), com um mosquetão
para ligar ao arnês. O anti-quedas desliza livremente,
no sentido ascendente ao longo da Linha de Vida, sem
qualquer esforço do utilizador, acompanhando os seus
movimentos sem intervenção manual. Em situação de
queda, o movimento descendente é imediatamente
bloqueado.
De acordo com a EN 353-2.

ANT2 - STICK RUN


u Para aplicações verticais, horizontais e inclinadas.
u Modo automático para uso vertical.
u Em aço inoxidável.
u Adequado para cordas de 10/12mm 14/16mm.
u Bloqueio automático para uso vertical.
u Peso: 0,62 kg.
u posição de travamento manual para o trabalho horizontal
e para fins de retenção, reposicionando manualmente.
De acordo com a EN 353-2.
ANT2

ANT3 - ALTOCHUT
u Idêntico ao Stick Run, mas sem travamento manual.
u Para aplicações verticais.
u Previne que os trabalhadores caiam durante a subida
oudescida.
u Desliza livremente ao longo da corda, sem intervenção
manual.
ANT3 u Em aço inoxidável.
u Adequado para cordas 10/12mm 14/16mm.
u Peso: 0,5 kg.
De acordo com a EN 353-2.

ANT4 - PN2001
ANT4 u Para cabo de aço.
u Antiquedas convenientemente apertado de modo a
acompanhar o utilizador sem a necessidade de um ajuste
manual, durante o movimento para cima ou para baixo.
u Com mecanismo de bloqueio automatico, quando
ocorre uma queda.
u Em aço inoxidável de diâmetro para cabo de 8 mm.
De acordo com a EN 353-2.

78 | CATÁLOGO GERAL
ANTIQUEDA RETRÁCTIL

ANTR1 - PCGS EM CINTA E EM CABO DE AÇO


u Invólucro em plástico.
u invólucro constituído por polímero de alta resistência
ao impacto, para evitar a rutura e é praticamente
ANTR1 indestrutível.
De acordo com a EN 360.

COMPRIMENTO
MODELO CABO DE AÇO PESO (KG)

PCGS 05 5m 4,00
PCGS 06 6m 4,10
PCGS 7,5 7,5 m 4,25
PCGS 10 10 m 6,20
PCGS 12 12 m 6,50
PCGS 15 15 m 6,80
PCGS 20 20 m 11,50
PCGS 25 25 m 12,00

COMPRIMENTO
MODELO CINTA PESO (KG)

PCWB 05 5m 3,35
PCWB 06 6m 3,39
PCWB 7,5 7,5 m 3,45
PCWB 10 10 m 5,75
PCWB 12 12 m 5,85
PCWB 15 15 m 5,90

ANTR2 ANTR2 - ALGS EM CINTA E EM CABO DE AÇO


u Invólucro em alumínio.
u Revestimento composto de peso leve e liga de alumínio
resistente.
u Com cabo de aço galvanizado de diâmetro de 4,5 mm.
u Com gancho de ação giratória. Evita torção indevida de
corda durante o trabalho ou em caso de uma queda.
De acordo com a EN 360.

COMPRIMENTO COMPRIMENTO
MODELO CABO DE AÇO PESO (KG) MODELO CINTA PESO (KG)

ALGS 05 5m 4,27 ALWB 05 5m 3,50


ALGS 06 6m 4,37 ALWB 06 6m 3,60
ALGS 7,5 7,5 m 4,52 ALWB 7,5 7,5 m 3,65
ALGS 10 10 m 7,00 ALWB 10 10 m 6,45
ALGS 12 12 m 7,20 ALWB 12 12 m 6,51
ALGS 15 15 m 7,50 ALWB 15 15 m 6,62

TRABALHOS EM ALTURA | 79
ANTIQUEDA RETRÁCTIL

ANTR3 - FALCONTM BLOCK


u Quase indestrutível , o invólucro de alta resistência a
impactos suporta os duros rigores das aplicações mais
ANTR3
severas.
u Indicado para uso horizontal.
u Disponível com cabo de aço inoxidável ou aço
galvanizado e com os componentes internos resistentes
à corrosão prolonga a vida útil.
u O mais leve e composto com bordas arredondadas
para aumentar a durabilidade.
u Linha de vida disponível em 6.2, 10, 15 ou 20 metros de
cabo de aço.
u Operação suave e silenciosa ; tensão da mola de retração
projetada para não puxar ou arrastar o trabalhador para
melhorar a produtividade e reduzir a fadiga.
u Rotativos (unidade de topo e mosquetão) incluído
em todos os modelos de cabo para minimizar a torção
durante o uso.
u Indicadores de carga identifica quando a unidade
necessita de ser retirada de serviço.
u O gancho giratório com um mosquetão de rosca é
fornecido com um indicador de carga revelando que o
bloco deverá ser inspecionado em caso de uma queda.
De acordo com a EN 360 e EN 358.

ANTR4 - AVIABLOC
u Equipamento com fita em fibra sintética, cujo
enrolamento de retorno é feito automáticamente. Tem
um dissipador de energia incorporado que bloqueia
ANTR4 imediatamente o movimento de queda. O corpo do
aparelho é protegido dos choques com uma capa em
poliamida.
u Com dois mosquetões de rosca.
De acordo com a EN 360.

KIT SALVAMENTO
KITS1 - KIT SALVAMENTO MANUAL
u Adequado apenas para uma pessoa.
u Kit de evacuação pronto a usar.
u Velocidade de descida 2m / s.
u 20 metros de corda com mosquetão. (outros tamanhos
disponíveis)
KITS2 u Saco de armazenamento impermeável.
De acordo com a EN 341 e EN 12841/C.
KITS1
KITS2 - MACA DE SALVAMENTO
u Leve, ideal para evacuação em espaços confinados.
u Pode ser usado na vertical ou na horizontal.
u Equipado com apoios de pé, pode ser levantada
verticalmente.
u Armazenado num saco compacto e de fácil transporte.
u Tala rígida e alças acolchoadas.

80 | CATÁLOGO GERAL
KIT SALVAMENTO

KITS2 - KIT SALVAMENTO AUTOMÁTICO SAFE


KITS2 ESCAPE

u Dispositivo de descida para resgate seguro e rápido


em caso de emergência. Ideal para situações de resgate
em turbinas eólicas, antenas, postes de alta tensão,
guindastes e todas as áreas normalmente inacessíveis
por meio convencional.
u Facilidade de uso: descida é rápida (1m / s), suave e
reduz as vibrações.
u Menos custos: a inspeção pela fábrica é necessário
apenas depois de sete anos.
u Máximo 500m de descida.
u Em caso de emergência,
pode ser usado por
2 pessoas que pesem
até 250 kg (o conjunto dos 2).
De acordo com a EN 360.

KITS3 - MALA PARA KIT DE SALVAMENTO


u Redução de custos - dez anos de protecção sem
inspeções.
u Verificador de humidade através de um higrômetro,
que é visível do lado de fora da mala.
u Simples e robusta.
u A espuma rígida no interior foi especialmente criada
para proteger a mala contra vibrações.
u A mala é feita de polipropileno inquebrável,
impermeável e estanque ao pó.
u Características:
KITS3 • Faixa de temperatura: -40 °C a 99 °C.
• Material: - Corpo: Polipropileno, - Travão: ABS,
-Espuma: Plastozote LD29.
• Dimensões: 80,2 x 52 x 31,6 cm.
De acordo com a EN 341 e EN60068.

TRABALHOS EM ALTURA | 81
EQUIPAMENTO DE RESGATE PARA ESPAÇOS CONFINADOS

EREC1 - TRIPOD
EREC1 u Facilmente instalado por uma pessoa.
u Auto-bloqueio e ajustável: as pernas são totalmente
ajustáveis e bloqueam no lugar, graças aos pinos
automáticas.
u Compacto e robusto, é ao mesmo tempo equipamento
de resgate e guincho.
u Alumínio tripé.
u Dois pontos de fixação.
u Fornecido com uma roldana.
u Peso: 15 kg.
u Dimensões:
Totalmente estendida: altura: 2.1m/leg
abrangem: 1.5m.
Altura: 2,1 m
Dimensão totalmente retraída: altura: 1,4 m -
Largura: 0,4 m.
Tensão de rotura: > 10 KN.
u Seguro de carga máxima de trabalho: 136 kg.
De acordo com a EN 795.

EREC2
EREC2 - TRIPOD PN800
u Oito posições de altura. Ajustável em altura telescópica
em alumínio de 1,15 m a 2,15 m do nível do solo .
u Argolas montadas como pontos de fixação em cima
para passar o cabo do guincho.
u Liga de alumínio fundido na cabeça.
u Ponto de Força Maior de 10kN .
u Peso - 13kg
Carga máxima : 200 kg
u Fornecido com dispositivo elétrico embutido para
prender o guincho.
u Equipado com um mosquetão de aço com rosca
em cima e uma pressão giratória manilha seguro com
indicador de queda na parte inferior.
u Inclui saco de transporte em nylon.
De acordo com a EN 795 classe B.

EREC3 - QUADPOD
u Em alumínio de alta qualidade com pés reguláveis, ​​com
EREC3 posições flexíveis para uso em terrenos irregulares ; Ideal
para resgate em falésia ou acesso a espaço confinado.
u Pés ajustáveis ​​que se estendem desde 1,35 mtrs para
2,3 mtrs.
u Carga de trabalho de segurança é 500 kg .
u Dois guincho velocidade. “Auto tailing guincho” para
manter ambas as mãos livres para girar a manivela.
u Projetado para uso com corda 11 milímetros.
u Bolsa de transporte
De acordo com a EN 795 classe B.

82 | CATÁLOGO GERAL
ESTRIBOS DE SUBIDA A POSTES

ESP1 - ESTRIBOS DE SUBIDA A POSTES


DE MADEIRA E ÁRVORES DE GRANDE
DIÂMETRO
u Com um ou dois espigões e apoio de segurança em
ESP1
cabedal com fivela. São usados para subir aos postes
de madeira. Também usados em trabalhos de poda e
limpeza de árvores de grande diâmetro.

ESP2 - ESTRIBOS PARA POSTES DE


MADEIRA
ESP2 u Em aço forjado e fixação aos pés com correias de
couro e fivelas.
u Em liga leve e fixação aos pés com correias de
poliester.
u Modelo de grande conforto.
u Abertura com 320 mm com 2 espigões e abertura de
240 mm com 3 espigões.

ESCADAS ISOLANTES - 5 ANOS GARANTIA


EI1 - ESCADAS MISTAS EXTENSÍVEIS DE 3
LANÇOS COM CORDA E ROLDANA
u Lanço superior em fibra de vidro e outros dois em liga
EI1
leve de alumínio.

comprimento (m) nº degraus peso (kg)


dobrada desdobrada
2,98 6,90 3x10 24
3,82 8,86 3x13 36,5
4,38 9,98 3x15 42

EI2 - ESCADAS DE 1 LANÇO


u Fabricadas conforme as normas EN 61478. Montantes
em material composto, poliester reforçado a fibra de
vidro. Os degraus são de liga leve, em tubo quadrado
de 30 x 30 mm com uma superfície antideslisante. Têm
uma montagem monobloco, indesmontável. Proteção
eléctrica 30.000 v.

comprimento (m) nº degraus peso (kg)


2,41 8 6,8
2,97 10 8,3
3,53 12 9,9
EI2 4,09 14 11,3
4,93 16 13,6

TRABALHOS EM ALTURA | 83
ESCADAS ISOLANTES - 5 ANOS GARANTIA

EI3 - ESCADAS ISOLANTES EXTENSÍVEIS


DE 2 LANÇOS MANUAIS
u Com características idênticas às simples, mas com
roletes na extremidade.
EI3
comprimento (m) nº degraus peso (kg)
dobrada desdobrada
2,41 4,09 2x8 14
2,97 5,21 2x10 17
3,53 6,05 2x12 20
4,09 6,89 2x14 23

EI4 - ESCADAS EXTENSÍVEIS DE 2 LANÇOS


COM CORDA E ROLDANA
EI4 u Com basculante de alumínio extendido.
comprimento (m) nº degraus peso (kg)
dobrada desdobrada
3,53 6,05 2x12 23
4,10 7,18 2x14 31
4,66 8,30 2x16 35
5,22 9,14 2x18 39
5,78 10,26 2x20 43

EI5 - ESCADA ELECTRA COM CORDA


(modelo econónico)
u Escada extensível com corda em alumínio e fibra de
vidro (pefil 67mm). Sistema elevatório com corda e barra
estabilizadora.
comprimento (m) nº degraus peso (kg)
dobrada desdobrada
EI5 2,06 3,20 2x7 10, 47
2,62 4,31 2x9 13,55
2,96 4,90 2x10 14,90
3,46 5,59 2x12 17,17
4,06 6,42 2x14 19,65
comprimento (m) nº degraus peso (kg)
dobrada desdobrada
2,06 4,54 3x7 15,46
2,62 6,24 3x9 18,72
2,96 7,12 3x10 20,59
3,46 8,10 3x12 23,69

EI6
EI6 - ESCADAS MISTAS EXTENSÍVEIS
DE 2 LANÇOS COM CORDA E ROLDANA
u Lanço superior em fibra de vidro e lanço inferior em
liga leve de alumínio.
comprimento (m) nº degraus peso (kg)
dobrada desdobrada
3,53 6,05 2x12 23
4,10 7,18 2x14 31
4,66 8,30 2x16 35
5,22 9,14 2x18 39
5,78 10,26 2x20 43

84 | CATÁLOGO GERAL
ESCADOTES ISOLANTES

ESIS1 - 4472
u Porta-ferramentas com resistência gancho máximo 10 kg.
u Degraus anti-derrapantes.
ESIS1 u Ideal para postos de transformação.
u Proteção elétrica contra quebra de baixa e média
tensões até 30 000 volts.
u Distância entre os degraus: 230 mm.
u Plataforma de alumínio: 250x250 mm.
De acordo com a EN 131 e EN 61478.

comprimento (m) nº degraus peso (kg)


0,68 3 6
0,91 4 7
1,14 5 8
1,37 6 9,4
1,60 7 10

ESIS2 - FIBERGLASS DUPLA BASE


ESPALMADA - 5 anos garantia
ESIS2
u Escadote para um conforto de trabalho e
segurança para trabalhos eléctricos.
u Distância entre os degraus: 250 mm.
u Degraus antiderrapantes: 80 mm.
u Equipado com gancho de série.
u Degraus anti deslizamento e de borracha para
proteção dos pés.
u Em fibra de vidro.
u Degraus em alumínio.
De acordo com a EN 131 e EN 50528.

comprimento (m) nº degraus peso (kg)


1,02 2x4 5,6
1,48 2x6 7,3
1,94 2x8 10,2

ESIS3 - ESCADOTE TRANSFORMÁVEL EM


ESCADA COM 2 LANÇOS - 5 anos garantia
ESIS3 u Escadote em fibra de vidro para um conforto de
trabalho e segurança para trabalhos eléctricos.
u Distância entre os degraus: 280 mm.
u Degraus antiderrapantes: 80 mm.
u Degraus em alumínio de 30x30 mm.
u Proteção elétrica até 10 000V.
u 3 tipos de utilizações.
De acordo com a EN 131 e EN 50528.

altura (m) nº degraus peso (kg)


escadote escada
2,42 4,10 2x8 14,9
2,70 4,66 2x9 16,9
3,26 5,50 2x11 19,8

TRABALHOS EM ALTURA | 85
ESCADOTES ISOLANTES

ESIS4 - COMPACTA - ESCADOTE ALUMÍNIO


PROFISSIONAL
u Ultra compacta: apenas com 84 mm quando fechada.
u Porta-ferramentas com resistência gancho máximo 10 kg.
ESIS4 u Degraus em aluminio e anti-derrapantes: 80 mm.
u Peso máximo até 150 Kg.
u Com suportes para ferramentas.
De acordo com a EN 131.
comprimento (m) nº degraus peso (kg)
0,56 3 3,70
0,78 4 4,40
0,99 5 5,10
1,20 6 5,90
1,42 7 6,60
1,63 8 7,40

ESIS5 - MP PRO - ESCADOTE ALUMÍNIO


INDÚSTRIA E CONSTRUÇÃO
u Porta-ferramentas com resistência gancho máximo 10 kg.
ESIS5 u Degraus antiderrapantes: 90 mm.
u Distância entre degraus: 220 mm.
u Plataforma: 280x280x250 mm
u Em alumínio anodizado.
u Peso máximo até 150 Kg.
De acordo com a EN 131.
comprimento (m) nº degraus peso (kg)
0,66 3 5,4
0,88 4 6,4
1,10 5 7,5
1,32 6 8,7
1,54 7 10,3
1,76 8 11,6
1,98 9 13,4
2,20 10 17,2
2,42 11 18,9
2,64 12 20,6

ESIS6 - PROBAT
ESIS6
u Em alumínio.
u Distância entre degraus: 236 mm.
u Degraus antiderrapantes: 100 mm.
u Plataforma: 390x382 mm
u Porta-ferramentas com resistência gancho máximo 10 kg.
u Peso máximo até 150 Kg.
De acordo com a EN 131.
comprimento (m) nº degraus peso (kg)
0,96 4 10,8
1,20 5 12,4
1,43 6 14,5
1,67 7 15,5
1,91 8 17.,0
2,14 9 19,6
2,38 10 21,5
2,85 12 27,5

86 | CATÁLOGO GERAL
ESCADAS NÃO ISOLANTES - 5 ANOS GARANTIA
ENI1 - SINGLE LADDER
u Em alumínio.
u Distância entre os degraus: 280 mm.
u Degraus: 30X30 mm.
u Opção de gancho máximo.
ENI1 u Para todos os tipos de superfícies, proteção de
borracha.
De acordo com a EN 131.

comprimento (m) nº degraus peso (kg)


1,85 6 3,1
2,13 7 3,5
2,41 8 3,9
2,97 10 4,9
3,53 12 5,7
4,09 14 7,1
4,65 16 8,9
4,93 17 9,1
5,21 18 9,6
5,77 20 11,6
6,89 24 14,4

ENI2 / ENI3 - ESCADA EXTENSÍVEL COM 2 E


3 LANÇOS COM CORDA E ROLDANA
u Em alumínio.
u Distância entre os degraus: 280 mm.
u Degraus: 30X30 mm.
De acordo com a EN 131.

comprimento (m) nº degraus peso (kg)


dobrada desdobrada
2,97 4,93 2X10 13,8
3,53 6,05 2x12 16
4,09 6,89 2x14 18,9
4,65 8,02 2x16 22,8
5,22 9,14 2x18 26,9
ENI2
5,78 9,98 2x20 29,4
6,34 11,10 2x22 36
6,62 11,94 2x23 37,7
7,19 12,79 2X25 44,5

ENI3 comprimento (m) nº degraus peso (kg)


dobrada desdobrada
2,98 6,90 3X10 24
3,82 8,86 3x15 32
4,38 10,54 3x16 37,1
4,67 11,39 3x18 40,5
5,23 13,07 3x20 47,8
5,79 14,19 3x22 56,1
6,63 16,71 3x23 73,9
7,19 17,83 3X25 79,7

TRABALHOS EM ALTURA | 87
ESCADAS NÃO ISOLANTES - 5 ANOS GARANTIA

ESNI1 - SUPER 80
u Escada transformável em alumínio - Largura perfil 80
mm.
ESNI1 Articulações Super, barra estabilizadora e cintas de
segurança.
De acordo com a EN 131.

comprimento (m) nº degraus peso (kg)


2,96 10 6,36
3,46 12 8,22
4,06 14 9,44
4,91 17 11,21
6,01 21 13,51
comprimento (m) nº degraus peso (kg)
4,90 2x10 14,39
5,99 2x12 16,68
6,87 2x14 19,19
8,48 2x17 22,97
10,18 2x21 27,69

ESNI2 comprimento (m) nº degraus peso (kg)


7,12 3x10 21,07
8,74 3x12 24,38
10,06 3x14 28,07
12,42 3x17 33,54
15,08 3x21 40,46

ESNI2 - ESCADA ARTICULADA


u Em alumínio e articulações em aço.
u Distância entre degraus: 280 mm.
u Degraus: 30x30 mm.
De acordo com a EN 131.
comprimento (m) nº degraus peso (kg)
3,36 4x3 11,9

ESNI3

ESNI3 - ESCADA ARTICULADA TELESCÓPICA


u Em alumínio e articulações em aço.
u Distância entre degraus: 280 mm.
u Degraus: 30x30 mm.
De acordo com a EN 131.

comprimento (m) nº degraus peso (kg)


7,12 3x10 21,07
8,74 3x12 24,38
10,06 3x14 28,07
12,42 3x17 33,54
15,08 3x21 40,46

88 | CATÁLOGO GERAL
ANDAIMES INDÚSTRIA / CONSTRUÇÃO

AND1 - T ONE 155


AND1
u Em alumínio: 40 mm.
u Distância entre degraus: 250 mm.
u Máximo peso: 200 Kg/m2.
u Fácil de transportar.
De acordo com a EN 1004.

altura da plataforma peso (kg)


1,88 29,9
2,88 52,4
3,88 65,5
4,88 72,8
5,88 89,6
6,88 96,9

1,75 m

AND2

AND2 - T ONE 180


u Em alumínio: 40 mm.
u Distância entre degraus: 250 mm.
u Fácil montagem e acesso seguro até 8 metros de
altura.
De acordo com a EN 1004.

altura da plataforma peso (kg)


2,88 54
3,88 67,3
4,88 74,7
5,88 92,7
6,88 100,2

2,00 m

TRABALHOS EM ALTURA | 89
ANDAIMES INDÚSTRIA / CONSTRUÇÃO

AND3 AND3 - SPEEDY


u Em alumínio: 40 mm de diâmetro.
u Degraus: 35 mm de diâmetro.
u Distância entre os degraus: 250 mm.
u Rodas com freio, diâmetro: 125 mm.
u Rotação de bloqueamento das diagonais.
De acordo com a EN 1004.

altura da plataforma peso (kg)


1,93 26
2,94 35,5
4,62 64,2
6,31 84,7

PACK PACK PACK PACK


1+2+3+4 1+2+3 1+2 1

AND4

AND4 - MULTI-ANDAIME DE ALUMÍNIO


MODULAR
u 5 utilizações num só produto.
u Fornecido com instruções de montagem.
u Fácil de montar.
u Fiável e seguro.
u Fácil de transportar.

AND5
AND5 - PROSAFE
u Inovador andaime móvel com escada integrada, novas
dimensões dos elementos. A cor amarela faz sobressair
de forma inequívoca.
u Dimensões: 85 e 145 cm de largura,
2,00 - 2,50 m de comprimento, altura variável até 12 m.
De acordo com a EN 131.

90 | CATÁLOGO GERAL
ANDAIMES INDÚSTRIA / CONSTRUÇÃO

AND6 AND6 - ARTICULADO


u Para trabalhos na proximidade de pontos com tensão. Uti-
lizados nos trabalhos de conservação em subestações
de AT. Modulares, altura conforme pretensões do cliente.
Com degraus totalmente isolados em tubos de fibra de
vidro e resina, cheios de espuma de poliuretano.
u Acessórios: Base plana, Roda com travão, Parafuso de
regulação para estabilizador (incluído no conjunto base)
Para trabalhos realizados na proximidade de tensão.
largura comprimentos altura
Conjunto base 75 cm 1.82 cm Ajustável
(rápido o normal) 1.4 m 2.44 m 1.82 m/2.13 m
Conjunto guarda 75 cm 1.10 m
1.4 m 1.20 m
1.65 m
2.05 m
Conjunto extensão 75 cm 1.10 m
1.4 m 1.20 m
1.65 m
2.05 m
Braços de protecção 1.82 m
(horizontal ou 2.44 m
diagonal) 3.05 m
Estabilizadores 1.10 m
1.65 m

PRODUTOS ESPECIAIS

PRES1
PRES1 - BANCADA ARTICULADA
TELESCÓPICA
u Em alumínio.
De acordo com a EN 131.

PRES2 - ESCADA TELESCÓPICA


u Escada telescópica em alumínio. Facilidade de
transporte e arrumação.
u Também em fibra de vidro (isolada).
PRES2 De acordo com a EN 131.

comprimento (m) nº degraus peso (kg)


2,46 9 8,42
0,73 m
3,55 13 10,60
ou
0,79 m

TRABALHOS EM ALTURA | 91
PRODUTOS ESPECIAIS

PRES3 - PLATAFORMA DE MANUTENÇÃO


uEm alumínio.
u Segurança e estabilidade as rodas de retirar quando
PRES3 a unidade está em uso.
u 2 tipos de plataforma: uma secção de escada ou 2
secções de escada.
u Distância entre os degraus: 217 mm.
u Plataforma de segurança com rodapés integrais
rodas, o diâmetro: 100 mm.
u Degraus: 100 mm.
u Máximo peso: 150 Kg.
Secção com 2 escadas: 800 mm
comprimento largura nº degraus peso (kg)
2,13 m 1,93 m 2x5 37
2,35 m 2,18 m 2x6 39
3,78 m 2,56 m 2,43 m 2x7 41
2,78 m 2,63 m 2x8 43

1,78 m Secção com 2 escadas: 1200 mm


comprimento largura nº degraus peso (kg)
2,13 m 2,33 m 2x5 42
2,35 m 2,58 m 2x6 44
2,56 m 2,83 m 2x7 46
2,78 m 3,08 m 2x8 48
Secção com 1 escadas: 800 mm
comprimento largura nº degraus peso (kg)
2,13 m 1,45 m 5 36
2,35 m 1,56 m 6 37
2,56 m 1,68 m 7 38
2,78 m 1,81 m 8 39

PRES4

PRES4 - ANDAIME ISOLADO MODELO


ECONÓMICO

u Idêntico ao descrito na foto AND6 , página 89, mas mo-


delo económico.

92 | CATÁLOGO GERAL
SINALIZAÇÃO
SINALIZAÇÃO POLIMÉRICA
PAT
O SINAL VITALÍCIO M U NE NTE
D IAL
PRO
F OR
u Altamente resistente ao impacto.
u Resistência a intempéries.
u Inquebrável.
u Indeformável.
u Não corrosível ao ambiente marinho.
u Resistente aos atos de vandalismo.
u Sem valor comercial (em caso de roubo).
u Tinta facilmente removível.

Aplicação:
u Através de braçadeira standard em postes normais.
u Não carece de manutenção.

DIMENSÕES DIÂMETRO
(cm)
Reduzido 60
Normal 70/90
SINALIZAÇÃO TEMPORÁRIA - PERIGO Grande 115

AT1 AT2 AT3 AT4 AT5 AT6 AT7 AT8


Trabalhos Lomba ou Lomba Depressão Curva à Curva à Passagem Passagem
na via depressão direita esquerda estreita estreita

AT9 AT10 AT11 AT12 AT13 AT14 AT15


Passagem Trânsito nos Pavimento Projeção Bermas Sinalização Outros
estreita dois sentidos escorregadio de gravilha baixas luminosa perigos

TC1-ST1a TC2-ST1b TC3 TC4 TC5-ST1d TC6 TC7-ST3 TC8


Supressão de Desvio de
berma via de trânsito

94 | CATÁLOGO GERAL
SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA

TC9 TC10 TC11 TD1-ST2 TD2 TD3 TD4


Supressão de via de trânsito

TD5 TD6 TD7-ST7 TD8 TD9 TD10


Supressão de via de trânsito Pré-sinalização de Desvio de via de trânsito
desvio de itinerário

TD11-ST5 TD12 TD7-ST7 TD8 TD9 TD10


Desvio de via de trânsito Desvio de via de trânsito

TV4-ST8a
Desvio de itinerário

TV1-ST14 TV2-ST11 TV3 TV4-ST8b TV5-ST13 TV6 TV9-ST9 TV8-ST10


Fim de obras Trânsito sujeito Telefone de Desvio de Acidente Acidente Fim Circulação
a demora emergência itinerário de desvio alternada

SUPORTE PARA SINALIZAÇÃO TEMPORÁRIA

TRIPÉS E QUADRIPÉS

u Quadripés para painés, tripés para sinais de 740 e 620.

SINALIZAÇÃO | 95
DIMENSÕES DIÂMETRO
(cm)
Reduzido 60
Normal 70/90
SINAIS DE CÓDIGO - PERIGO Grande 115

A1a A1b A1c A1d A2a A2b A2c


Curva à Curva à Curva à direita e Curva à Lomba Depressão Lomba ou
direita esquerda contracurva esquerda e depressão
contracurva

A3a A3b A4a A4b A4c A5 A6


Descida Subida de Passagem Passagem Passagem Pavimento Projecção de
perigosa inclinação estreita estreita estreita escorregadio gravilha
acentuada

A7a A7b A8 A9 A10 A11 A12


Bermas Bermas Saída num Queda de Ponte móvel Neve ou gelo Vento lateral
baixas baixas cais ou pedras
precipício

A13 A14 A15 A16a A16b A17 A18


Visibilidade Crianças Idosos Passagem Travessia de Saída de Cavaleiros
insuficiente de peões peões ciclistas

A19a A19b A20 A21 A22 A23 A24


Animais Animais Túnel Pista de Sinalização Trabalhos na Cruzamento ou
selvagens aviação luminosa via entroncamento

A25 A26 A27 A28 A29 A30 A31


Trânsito nos Passagem de Passagem de Intersecção com via Outros Congestionamento Obstrução
dois sentidos nível com guarda nível sem onde circulam veículos perigos da via
guarda sobre carris

96 | CATÁLOGO GERAL
DIMENSÕES DIÂMETRO
(cm)
Reduzido 60
Normal 70/90
SINAIS DE CÓDIGO - PROIBIÇÃO Grande 115

C1 C2 C3a C3b C3c C3d


Sentido Trânsito Trânsito proibido Trânsito proibido a Trânsito proibido Trânsito proibido a automóveis
proibido proibido a automóveis e veículos pesados a automóveis de de mercadorias de peso total
motociclos com carro mercadorias superior a ... toneladas

C3e C3f C3g C3h C3i C3j


Trânsito proibido Trânsito Trânsito Trânsito proibido Trânsito proibido Trânsito
a motociclos proibido a proibido a veículos a veículos de proibido a
ciclomotores velocípedes agrícolas tracção animal carros de mão

C3l C3m C3n C3o C3p C3q


Trânsito Trânsito Trânsito proibido Trânsito proibido a Trânsito proibido a Trânsito proibido a veículos
proibido a proibido a a veículos com veículos com reboque veículos transportando transportando produtos
peões cavaleiros reboque de dois ou mais eixos mercadorias perigosas facilmente inflamáveis

C3r C4a C4b C4c C4d C4e


Trânsito proibido a Trânsito Trânsito proibido Trânsito proibido Trânsito proibido Trânsito proibido a peões,
veículos transportando proibido a a automóveis de a automóveis, a automóveis, e animais e a veículos que
produtos susceptíveis de automóveis e mercadorias e a veículos motociclos e veículos veículos de tração não sejam automóveis
poluírem as águas motociclos a motor com reboque de tração animal animal ou motociclos

C4f C5 C6 C7 C8 C9
Trânsito proibido Trânsito proibido a Trânsito proibido a Trânsito proibido a Trânsito proibido a Trânsito proibido a
a veículos de veículos de peso veículos de peso veículos ou conj. de veículos de largura veículos de altura
duas rodas por eixo superior a ... total superior a... veículos de comprimento superior a... metros superior a... metros
toneladas toneladas superior a... metros

C10 C11a C11b C12 C13 C14c


Proibição de transitar a Proibição de Proibição de Proibição de Proibição de exceder a Proibição de
menos de... metros do virar à direita virar à esquerda inversão do sentido velocidade máxima de... ultrapassar para
veículo da frente de marcha quilómetros por hora motociclos e
ciclomotores

C14b C14a C15 C16 C17


Proibição de Proibição de Estacionamento Paragem e Proibição
ultrapassar para ultrapassar proibido estacionamento de sinais
automóveis pesados proibido sonoros

SINALIZAÇÃO | 97
DIMENSÕES DIÂMETRO
(cm)
Reduzido 60
Normal 70/90
SINAIS DE CÓDIGO - PROIBIÇÃO Grande 115

C18 C19 C20a C20b C20c C20d


Paragem Outras Fim de todas as proibições Fim da Fim da Fim da proibição
obrigatória nas paragens impostas anteriormente por limitação de proibição de de ultrapassar
alfândegas obrigatórias sinalização a veículos em velocidade ultrapassar para automóveis
marcha pesados

C20e C21 C22


Fim de proibição Outras Fim de todas as proibições
de ultrapassar paragens impostas anteriormente por
para motociclos e obrigatórias sinalização a veículos em LADO DIÂMETRO
ciclomotores marcha DIMENSÕES
(cm) (cm)
Reduzido 60 60
Normal 70/90 70/90
SINAIS DE CÓDIGO - CEDÊNCIA DE PASSAGEM Grande 115 115

B1 B2 B3 B4 B5 B6
Cedência de Paragem obrigatória Via com Fim de Cedência de Prioridade nos
passagem em cruzamentos ou prioridade via com passagem nos estreitamentos da
entroncamentos prioridade estreitamentos da faixa de rodagem
faixa de rodagem

B7 B8 B9a B9b B9c B9d


Aproximação Cruzamento Entroncamento Entroncamento Entroncamento Entroncamento
de rotunda com via sem com via sem com via sem com via sem com via sem
prioridade prioridade prioridade prioridade prioridade

DIMENSÕES ALTURA LARGURA SÍMBOLO


(cm) (cm) (cm)
Reduzido 82 66 40
SINAIS DE CÓDIGO - ZONA Normal 140 115 70

G1 G2a G2b G3 G4 G5
Zona de Zona de estacionamento Zona de Zona de paragem Zona de Zona de
estacionamento proibido estacionamento e estacionamento velocidade trânsito
autorizado proibido proibidos limitada proibido

98 | CATÁLOGO GERAL
DIMENSÕES ALTURA LARGURA SÍMBOLO
(cm) (cm) (cm)
Reduzido 82 66 40
SINAIS DE CÓDIGO - ZONA Normal 140 115 70

G5b G6 G7a G7b G8 G9


Zona de Fim de zona de Fim de zona Fim de zona Fim de zona Fim de todas as
trânsito estacionamento de paragem e de paragem e de velocidade proibições impostas
proibido autorizado estacionamento estacionamento limitada na zona
proibidos proibidos
DIMENSÕES DIÂMETRO
(cm)
Reduzido 60
Normal 70/90
SINAIS DE CÓDIGO - OBRIGAÇÃO Grande 115

D1a D1b D1c D1d D1e D2a


Sentido Sentido Sentido Sentido Sentido Sentidos obrigatórios
obrigatório obrigatório obrigatório obrigatório obrigatório possíveis

D2b D2c D3a D3b D4 D5a


Sentidos Sentidos Obrigação de Obrigação de Rotunda Via obrigatória para
obrigatórios obrigatórios contornar a placa ou contornar a placa automóveis de
possíveis possíveis obstáculo ou obstáculo mercadorias

D5b D6 D7a D7b D7c D7d


Via obrigatória Via reservada Pista obrigatória Pista obrigatória Pista obrigatória Pista obrigatória
para automóveis a veículos de para velocípedes para peões para cavaleiros para gado em
pesados transporte público manada

D11b D7f D8 D9 D10 D11a


Pista obrigatória Pista obrigatória Obrigação de transitar à Obrigação Obrigação de utilizar Fim da via obrigatória
para peões e para peões e velocidade mínima de ... de utilizar as luzes de cruzamento para automóveis de
velocípedes velocípedes quilómetros por hora correntes de neve (médios) acesas mercadorias

D11b D12 D13a D13b D13c D13d


Fim da via obrigatória Fim da via Fim da pista Fim da pista Fim da pista Fim da pista
para automóveis reservada a veículos obrigatória para obrigatória para obrigatória para obrigatória para
pesados de transporte público velocípedes peões cavaleiros gado em manada

SINALIZAÇÃO | 99
DIMENSÕES DIÂMETRO
(cm)
Reduzido 60
Normal 70/90
SINAIS DE CÓDIGO - OBRIGAÇÃO Grande 115

D13e D13f D14 D15 D16


Fim da pista Fim da pista Fim de obrigação de Fim de obrigação Fim de obrigação de utilizar as luzes
obrigatória para obrigatória para transitar à velocidade de utilizar de cruzamento (médios) acesas
peões e velocípedes peões e velocípedes mínima de ... km/h correntes de neves
DIMENSÕES DIÂMETRO
(cm)
Reduzido 60
Normal 70/90
SINAIS DE CÓDIGO - INFORMAÇÃO Grande 115
Observação H1 a H8 e H36
> Cada espécie de sinal pode ter mais de > O sinal de dimensões reduzidas só > Em circunstâncias especiais, dentro
um tipo de dimensão, não considerada pode ser utilizado quando as condições das localidades ou para repetir um sinal,
a orla exterior para efeitos da dimensão de localização não permitam o emprego podem utilizar-se excepcionalmente, sinais
indicada para o sinal. do sinal de dimensões normais. de dimensões inferiores às previstas.

H1a H1b H2 H3 H4 H5 H6 H7
Estacionamento Estacionamento Hospital Trânsito de Via pública Correntes de neve Velocidade Passagem
autorizado autorizado sentido único sem saída recomendadas recomendada para peões

H8a H8b H9 H10 H11 H12 H13a H13b


Passagem Passagem Hospital com Posto de Telefone Oficina Posto de Posto de
desnivelada desnivelada urgência socorros abastecimento abastecimento de
para peões para peões médica de combustível combustível com GPL

H14a H14b H14c H15 H16a H16b H16c H16d


Parque de Parque para Parque misto para Telefone de Pousada ou Albergue Pousada de Turismo
campismo reboques de campismo e emergência estalagem juventude rural
campismo reboques de campismo

H17 H18 H19 H20a H20b H21 H22 H23


Hotel Restaurante Café ou Paragem de Paragem de Aeroporto Posto de Estação de
bar veículos de veículos de informação radiodifusão
transporte transporte colectivo de
colectivo de
passageiros passageiros que transitem sobre carris

100 | CATÁLOGO GERAL


DIMENSÕES DIÂMETRO
(cm)
Reduzido 60
Normal 70/90
SINAIS DE CÓDIGO - INFORMAÇÃO Grande 115

H24 H25 H26 H27 H28 H29a H29b H30


Auto-estrada Via reservada a Escapatória Inversão de Limites de Identificação de país Praticabilidade
automóveis e marcha velocidades da via
motociclos

H31a H31b H33 H34 H35 H36 H37


Número e Supressão Via verde Centro de Túnel Fim da Fim de
sentido das vias da via de inspecções recomendação do velocidade
de trânsito trânsito uso de correntes recomendada
de neve

H38 H39 H40 H31d


Fim de Fim de via Fim de Número e
auto-estrada reservada a estacionamento sentido das vias
automóveis e autorizado de trânsito
motociclos

SINAIS DE CÓDIGO - DIREÇÃO


Observação > Relativamente ao destino dentro de cada direcção:
Os sinais J3b, J3c, J3d podem ser utilizados no mesmo 1º Destinos principais exteriores;
suporte quando se pretende dar informações sobre vários 2º Destinos internos relacionados com a rede viária principal
locais. Não devem ser colocados mais de seis sinais em do aglomerado, interfaces e actividades relevantes;
cada suporte que têm de respeitar a seguinte ordem: 3º Destinos internos secundários;
> Relativamente à direcção: 4º Parques de estacionamento;
1º- frente 5º Emergência ou apoio ao utente;
2º- esquerda DIMENSÕES VARIADAS 6º Actividades recreativas e informação cultural, geográfica
3º- direita e ecológica.

Aveiro
J1 J2 J3a J3b / J3c / J3d
Direcção de Direcção Indicação Indicação de âmbito
via de saída de via de de âmbito urbano
acesso urbano

SINALIZAÇÃO | 101
VELOCIDADE ALTURA DA ALTURA LARGURA
LETRA (cm) (cm) (cm)
40-60 km/h 14 45* 60*** Variável
SINAIS DE CÓDIGO - IDENTIFICAÇÃO DE LOCALIDADE 60-80 km/h 20 75** 102.5*** (conforme as
inscrições)

Observação
> Os sinais de identificação de localidade destinam-se a identificar e delimitar o início e
o fim das localidades para que a partir do local em que estão colocados começarem a > DIMENSÕES VARIADAS
vigorar as regras especialmente previstas para o trânsito dentro e fora das mesmas.

N1a N2a N1b N2b


Início de localidade Fim de localidade

SINAIS DE CÓDIGO - LOCALIDADE > DIMENSÕES VARIADAS

T4a T4b
Identificação de Direcção de
T3 circuito circuito
Património natural

T5a T5b T6
Identificação de Direcção de rota Localidade
rota

SINAIS DE CÓDIGO - PRÉ-SINALIZAÇÃO > DIMENSÕES VARIADAS

I1 I2a I2b I2c


Aproximação de via de saída Pré-aviso gráfico Pré-aviso gráfico Pré-aviso gráfico
(intercepção de nível) (rotunda) (intercepção de nível)

I2d I2e I2f I3a I3b


Pré-aviso gráfico Pré-aviso gráfico Pré-aviso gráfico Pré-aviso reduzido Pré-aviso reduzido
(intercepção desnivelada)

102 | CATÁLOGO GERAL


SINAIS DE CÓDIGO - PRÉ-SINALIZAÇÃO > DIMENSÕES VARIADAS

ár ea de
serviço ár ea de serviço P
P
10 km 10 km 5 km
I4a I4b I5a I5b I6
Aproximação de área Aproximação de via de Aproximação Aproximação de via Pré-sinalização de
de serviço saída para área de serviço de área de de saída para uma itinerário
repouso área de repouso

I7a I7b I8 19a 19b 19c 19d 19e 19f


Pré-sinalização Pré-sinalização Aproximação de
de via sem saída de via sem saída travessia de crianças Aproximação de passagem de nível

SINAIS DE CÓDIGO - PRÉ-SINALIZAÇÃO > DIMENSÕES VARIADAS

O1a O1b O1c O1d O2a O2b


Demarcação Demarcação Demarcação Demarcação Demarcação Demarcação
hectométrica hectométrica hectométrica da via hectométrica da via - quilométrica da miriamétrica da
da via - IP da via - IC - restantes estradas estradas municipais via - AE via - IP

O2c O2d O2e O3a O3b O3c O3d O3e


Demarcação Demarcação Demarcação Demarcação Demarcação Demarcação Demarcação Demarcação
quilométrica quilométrica quilométrica miriamétrica miriamétrica da miriamétrica miriamétrica miriamétrica
da via - IC da via - da via - da via - AE via - IP da via - IC da via - da via -
restantes estradas restantes estradas
estradas municipais estradas municipais

O5b O6a

O4a O4b O5a O6b O7a O7b


O4c
Sinal de aproximação de saída Baia direccional Baia direccional Baliza de
para balizamento de posição
pontos de divergência

SINALIZAÇÃO | 103
SINAIS DE CÓDIGO - PAINÉIS ADICIONAIS

mod.1

mod.1b mod.2 mod.3a mod.3b mod.3c mod.3d mod.4a mod.4b


Indicador de Indicador da Indicador da extensão e de repetição da extensão Indicador da extensão
distância extensão de um troço regulamentada e de
repetição da extensão

mod.5 mod.6a mod.6b mod.7a mod.7b mod.7c mod.7d mod.8 mod.9


Indicador da extensão e de Indicadores de periodicidade Indicadores Indicadores
repetição da extensão de duração de peso

mod.10a mod.10b mod.11a mod.11b mod.11c mod.11d mod.11e mod.11f mod.11g


Indicadores de aplicação Indicadores de veículos a que se aplica a regulamentação

mod.11h mod.11i mod.11j mod.12a mod.12b mod.12c mod.12d mod.12e mod.12f


Indicadores de veículos Indicadores de Indicadores da posição autorizada para estacionamento
a que se aplica a veículos ao serviço
regulamentação de certas entidades

mod.15a mod.19a

mod.13a mod.13b mod.14 mod.15b mod.16 mod.17 mod.18 mod.19b mod.20


Diagramas de via Informação Indicadores Limpa Indicador Indicação de Indicadores Indicador da
com prioridade diversa de condições neves de via de direcção de início ou estacionamento
meteorológicas saída fim de zona pago
regulamentada

SINALIZAÇÃO DE ÂMBITO URBANO

BARREIRAS PARKING
u Barreiras de condicionamento de parque.

104 | CATÁLOGO GERAL


SINAIS DE CÓDIGO > DIMENSÕES VARIADAS

SINALIZAÇÃO TURÍSTICA E CULTURAL

u Nesta gama de produtos os materiais utilizados podem


variar, pois trata-se de produtos específicos e personalizáveis
para cada cliente e cada situação. Consulte-nos e será com
grande prazer que apresentar-lhe-emos a melhor solução,
para estes exemplares e para outras gamas que não estão
neste catálogo.

PLACAS TOPONÍMICAS > DIMENSÕES VARIADAS

u Material: PVC, alumínio ou chapa galvanizado.

PLACAS TOPONÍMICAS

u Painel de identificação de obra.


u Painel de início e fim de obras com a identificação
de empresa responsável pela obra.

SINALIZAÇÃO | 105
SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA - SINAIS FOTOLUMINESCENTES
SINALIZAÇÃO PARA ESTALEIROS DE CONSTRUÇÃO CIVIL

u Sinalização de
equipamentos de
proteção individual

u Sinais compostos.
Dupla sinalização de
perigo e obrigação.
Para estaleiro.

u Tripla sinalização de
equipamentos de uso
obrigatório

106 | CATÁLOGO GERAL


SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA
SINALIZAÇÃO DE INCÊNDIO

u Sinalização de extintores e
bocas de incêndio.

u Sinalização através de
textos na forma quadrada e
retangular

u Sinalização de
equipamentos de
extinção e alarme

SINALIZAÇÃO DE PERIGO E OBRIGAÇÃO

u Dupla sinalização de
perigo e obrigação

SINALIZAÇÃO | 107
SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA

SINALIZAÇÃO DE PERIGO E OBRIGAÇÃO

u Sinalização de
advertência e perigo

SINALIZAÇÃO DE INFORMAÇÃO

u Sinalização para a identificação


das vias de evacuação e saídas de
emergência.

u Sinalização para a identificação


de percursos de evacuação para
pessoas com deficiência ou
mobilidade condicionada.

u Sinalização de equipamentos
de emergência.

u Sinalização para identificação


de pontos de encontro.

108 | CATÁLOGO GERAL


SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA

SINALIZAÇÃO DE INFORMAÇÃO

u Sinalização de informação

u Textos de informação por


ordem alfabética

u Símbolos autoadesivos
fotoluminescentes para
instalações sanitárias

u Sinalização para
separação de resíduos

u Sinalização
panorâmica diversa

SINALIZAÇÃO | 109
SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA
PLANTAS DE EMERGÊNCIA
FOTOLUMINESCENTE

u As plantas de emergência são um equipamento essencial e


complementam a sinalização de segurança.
Representam graficamente o plano de evacuação e são necessárias para
a correcta formação do comportamento a ter em caso de evacuação.
Deverão ser afixadas junto dos principais acessos e entradas, em
zonas de passagem (corredores e halls), bem como em áreas de
permanência de utilizadores (junto de elevadores, receções, vestiários,
etc...) e nas escadas.

SINAIS PARA ZONA DE FUMADORES

PERFIS E CANTOS FOTOLUMINESCENTE PARA SINALIZAÇÃO DE ZONAS PERIGOSAS

FITA ADESIVA ANTIDERRAPANTE

FITA ADESIVA FOTOLUMINESCENTE

110 | CATÁLOGO GERAL


SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA

SINALIZAÇÃO DE PERIGO OU PROÍBIÇÃO


DE TRABALHO TEMPORÁRIO

u Sinal amovível com possibilidade de personalização

ACESSÓRIOS PARA SINALIZAÇÃO

ET2 - BAIAS ET3 - BAIAS DE ET4 - BALIZAS DE ET5 - BALIZAS DE POSIÇÃO


DIRECCIONAIS POSIÇÃO ALINHAMENTO u Em metal
u Temporárias e definitivas u Em plástico
u Em plástico, com lastro em saco

SINALIZAÇÃO TEMPORÁRIA - PERIGO

COGUMELO PROTECTOR
u Para proteger objetos ponteagudos em obras.

PAINEL P1 E P2
u Medidas P1 - 0,28m x 0,56m ou 0,14m x 0,80m.
u Medidas P2 - 0,42m x 0,42m.
u Largura das listas - 0,07m x 0,10m.

PAINEL S2
u Painel para veiculos de marcha lenta.
u Os tratores agrícolas e seus reboques, e as máquinas,
automatrizes ou rebocadas, devem possuir à retaguarda do
veículo ou do conjunto um painel do modelo S2, de cor vermelho
fluorescente no fundo e vermelho reflector nas partes laterais,
destinado a assinalar que a velocidade máxima autorizada do
veículo é de 40 km/h (marcha lenta).

SINALIZAÇÃO | 111
SINALIZAÇÃO TEMPORÁRIA - PERIGO

CHEVRON
u Com ou sem luz.
u Medidas disponíveis: 60x60cm e 90x90cm.

DELINEADOR DE BARREIRA
u Delineador flexível produzido em chapa de aço galvanizado
com formato ondulado e película refletiva.
u Medidas disponíveis: 0,86m (comp) x 0,10 (alt).
u Cores disponíveis: amarelo, branco e vermelho.

FITA DE SINALIZAÇÃO
u Fita de Sinalização em polietileno.
u Efeito Zebrado.
u Rolo com 200mts e 500mts de comprimento.
u Cor: Vermelha/Branca e Amarelo/Preto.

ACESSÓRIOS PARA SINALIZAÇÃO

MARCADORES DE VIA [OLHOS DE GATO]


u Fabricado em plástico ABS
u monodirecional: inclui 43 esferas
u Bidirecional: inclui 43+43 esferas
u Cores: Branco, Amarelo, Vermelho e Verde.
u A montagem é feita com cola epoxy de 2 componentes.

u Fabricado em plástico anti-choque composto


u Monodirecional: inclui 8 esferas reflectoras
u Bidirecional: inclui 8+8
u Cores: Branco, Amarelo, Vermelho e Verde.
u A montagem é feita com cola epoxy de 2 componentes, ou
com Mastique.

112 | CATÁLOGO GERAL


ACESSÓRIOS PARA SINALIZAÇÃO

PAINEL DE LUZ INTERMITENTE A ENERGIA SOLAR

Painel autónomo destinado a sinalizar, de noite, todos os locais


perigosos, onde a ligação à electricidade constitui problema.
Funcionamento:
O painel funciona graças à energia solar armazenada de dia
na bateria, ilumina-se automaticamente ao cair da noite ou
por falta de luminosidade.
Conceção:
O painel é equipado com uma célula solar que recebe a luz,
transforma-a em energia elétrica e recarga a bateria. De noite,
a célula desencadeia automaticamente o funcionamento de
LEDS intermitentes. Estes param logo que a luminosidade
é suficiente. O painel é uma estrutura fechada não montável.
A parte eletrónica, em alumínio, é protegida no interior do
conjunto de forma estanque. O painel pode fixar-se a qualquer
suporte tradicional com ajuda de braçadeiras soldadas às
costas do painel.
Designação:
Discos intermitentes - 450
Discos intermitentes - 650
Discos intermitentes - 850
Triângulos intermitentes - 700

SINALIZAÇÃO LUMINOSA

CONJUNTO DE SEQUENCIADORES
u Com lâmpadas de halogéneo, baias refletoras bidirecionais
e bases em borracha termoplástica injetadas.

SETAS LUMINOSAS
u Usado em zonas de trabalho estável ou móvel, que pode
ser aplicado em stands, em postes ou fixado em carrinhas,
reboques e máquinas operacionais. Graças ao giro traseiro
é possível perceber uma seta para a direita ou esquerda.
Medidas: 60x60 cm ou 90x90 cm.
u Opção de seta para a direita ou esquerda e de “X” de
“perigo”. Medidas: 70x70 cm ou 105x105 cm.

SINALIZAÇÃO | 113
SINALIZAÇÃO LUMINOSA

REBOQUE DE AVISO LUMINOSO


u Sinal de celular local colocado num reboque puxado por
um veículo.
u É utilizado principalmente para sinalização em zonas de
trabalho.
u Equipado com lentes de LED e com sinal de seta ajustável
para o lado livre.

SEMÁFOROS PARA OBRAS


u Altura regulável, bateria de 12 v.
u Caixas metálicas amovíveis.
u Sinalização dos dois semáfaros e tempo de operação.
u Fácil transporte.
u 3 ópticas (vermelho, amarelo e verde) ajustáveis em altura,
para proporcionar uma visibilidade mais adequada.
u Ótica vermelha com maior diâmetro (300 mm).

ROTATIVOS
u Rotativo 12/24 v com base magnética e ligações para isqueiro.

LANTERNA INTERMITENTE - ENERGIA SOLAR E A


PILHAS
u Lanterna intermitente com célula fotoelétrica.
u Com luz de um lado ou dois lados.
u Com ou sem energia solar.
PILHAS
u Pilhas a seco de 6v 5 Ah tipo 4R25

BASTÃO LUMINOSO (TIPO GNR)


u Pode-se retirar o prolongamento e utilizar como lanterna
normal.

RAQUETE
u Raquete de sinalização em alumínio.
u Cabo com pega ergonómica.
u Numa das faces com inscrição “STOP”. Outra face de cor
verde.

114 | CATÁLOGO GERAL


SINALIZAÇÃO ESPECIAL

SEPARADOR DE VIA
u Disponível em branco e vermelho
u Comprimento: 1,20 m
u Capacidade: 150 Litros

CONES DE SINALIZAÇÃO
u Serigrafados
u Refletorizados
u Alta intensidade
u Medidas: 30, 50 e 75 cm

BALIZAS AUTOELEVÁVEIS
u Fabricado em plástico macio que se abate aquando do
choque com a viatura e retoma, à posteriori, a sua forma
normal. Destinam-se à balizagem permanente e temporária de
longa duração. Fixação ao solo por uma anilha metálica, com
a ajuda de uma resina sintética. São visíveis à noite graças a
duas faixas refletoras.
u Baliza Reversível 68cm.
u Balizador redondo.

FLAT CONE
u Colocação em via pública.
u Disponível em 50 e 75 cm de altura.

RODA MÉTRICA
u Roda digital com 21 cm de diâmetro, tamanho suficiente
para uso no exterior, podendo no entanto ser utilizada em
interior sendo fácil de armazenar e transportar.
u Contador eletrónico em LCD, permitindo obter contagens
parciais e totais.

SINALIZAÇÃO | 115
SINALIZAÇÃO ESPECIAL
LOMBA REDUTORA DE VELOCIDADE
u Para uma longa-duração, as lombas Redutoras de
Velocidade são fabricadas em borracha natural, resistindo
assim aos sucessivos impactos provocados pelas viaturas.
u Na parte inferior das lombas, existe uma zona desenhada
para possibilitar a passagem de mangueira e/ou cabos
elétricos.
u Lombas vendidas ao par, bem como os terminais em forma
de meia-lua.
Existem 3 tipos de lombas destintas, manufacturadas em 3
tipos de material e com medidas diferentes:
> Slo-Down Ramp - Manufacturadas em PVC Virgem - Cada
par = 0,5mt
> Ergoramp - Manufacturadas em PVC Reciclado - Cada par
= 0,5mt
> Rubber Ramp - Manufacturadas em Borracha Natural - Cada
par = 1mt
u Possibilidade de inclusão de olhos de gato.
u A altura da Lomba determina a velocidade máxima de
passagem. Convém reter que pela segurança da viatura, essa
velocidade não seja excedida. As lombas foram desenvolvidas
para não provocar danos nas viaturas, e a responsabilidade do
cumprimento desses limites é única e exclusivamente do(s)
condutor(es)
Disponível em:
Altura de 3cm - Velocidade Máxima: 15Km/h
Altura de 5cm - Velocidade Máxima: 10Km/h

CANCELA ESGOTO
u Dimensão: 800; 750;
u Tubo em ferro pintado.
u Personalizável.

BARREIRAS METÁLICAS
u Barreira anti-motim metálica Dispõe de chapa metálica
para colocar inscrições personalizadas Dimensões: 2500mm
x 1150mm Opções de tratamento: Lacadas em amarelo,
laranja ou outras cores; Galvanizadas; Galvanizadas e lacadas
a amarelo, laranja ou outras cores.

BARREIRA TITAN
u Facilidade de Empilhamento.
u Teste de Impacto Sub-Zero.
u Teste de Balanceamento a 45 graus.
u Durabilidade e robustez testada a 4000 kg.
u Personalizável.
u Possibilidade de incorporação de lanternas de Iluminação.
u Não enfurruja.
u Com pega para transporte.
u Dimensões: 1.50/2.00
u Pés anti-quedas.

116 | CATÁLOGO GERAL


SINALIZAÇÃO ESPECIAL
BARREIRA WORKGATE
u Fornecida em opções de 3 ou 4 painéis, nas cores vermelho,
azul ou amarelo, esta barreira sem qualquer componente
metálico liga-se facilmente graças ao sistema “clip” de fixação
dos painéis.
u Área designada para adicionar nome do empreiteiro/
entidade.
u Banda superior reflectorizada.
u Zonas de fixação de painéis de sinalização/publicitários.

BARREIRA ECONÓMICA
u Barreiras modulares em plástico de instalação fácil e rápida.
Postes rígidos em polipropileno com bases em borracha.
Réguas resistentes a impactos, fabricadas em PVC. Refletoras.
Dimensão: 1,25 m; 2,00m

PASSADEIRAS
u Passadeira para passagem de peões sobre valas.
u Fabricação própria de acordo com as necessidades do
cliente. Desmontável.

MANGA DE VENTO
u Fabricado em polyester vermelha/branca.
u Medidas: 2,25 m; 4,50 m

ESPELHOS POLICARBONATO
u Diâmetro: 600/700/800.
PS- outras dimensões também disponiveis mediante
quantidades

ESPELHOS EM AÇO INOX


uContra a corrosão e vandalismo;
uIdeal para zonas marítimas;
uDiâmetro: 600/800.
uGarantia de 10 anos.

CORRENTE DE SINALIZAÇÃO PLÁSTICA


u Corrente de plástico vermelha/branca. Elos de 6 e 8 mm.
Suportes para colocação das mesmas com 1 tubo de 1 metro
com 2 ganchos laterais para prender a corda e uma base de
sustentação em ferro de 20x20.

SINALIZAÇÃO | 117
SINALIZAÇÃO ESPECIAL

REDE PARA VALAS


u Medidas: 0,30 x 100 m
u Cores: Vermelha, Verde, Azul, Amarela e Castanha.

REDE DE DELIMITAÇÃO LARANJA


u Para delimitar áreas perigosas
u Protecção de zonas pedonais de trabalho, escavações,
caminhos, etc.
Medidas: 1x50 m.

SINALIZAÇÃO HORIZONTAL

O DEPARTAMENTO DE SINALIZAÇÃO HORIZONTAL ORGULHA-SE DE SER O MAIS AVANÇADO E


ECOLÓGICO A NÍVEL NACIONAL, DADO QUE NÃO UTILIZAMOS TINTAS A QUENTE, QUE COMO SE
SABE, LIBERTAM POLUENTES NOCIVOS PARA A CAMADA DE OZONO HÁ MUITO PROIBIDOS NA
EUROPA.

A Profor utiliza apenas tintas a frio de dois componentes, monocomponentes acrílicos, ou de base aquosa, sendo
estes últimos os mais avançados ecologicamente. Este tipo de tintas têm um índice de luminosidade e retroreflexão
muito superior às tintas tradicionais, comprovadas por medições feitas aos nossos trabalhos, por entidades
exteriores, superando em larga escala os índices requeridos pela nova norma. A durabilidade das aplicações feitas
por este processo é superior em 2, 3 ou mesmo 4 vezes, relativamente à tinta termoplástica a quente e o seu preço
muito semelhante. A capacidade de produção estende-se por diversos setores, estando a Profor apta para os
grandes trabalhos, mas com equipas para pequenas obras, como sejam os parques de estacionamento.

118 | CATÁLOGO GERAL


RISCOS ELÉTRICOS
VARAS ISOLANTES

Todas as varas descritas neste capítulo são para utilização em


trabalhos de curta duração. Quando se prevê uma utilização
de longa duração, tal campo de aplicação é reservado às varas
VI1 para “trabalhos em tensão”. As varas isolantes que existem no
mercado europeu podem apresentar-se com diversos terminais
representados em baixo. As referências FA, G, U, EF, E,K, A ou B
designam o tipo de terminal. Porém todos os acessórios podem
ser aplicados em qualquer tipo de varas, desde que se utilize o
respectivo adaptador.

VI1 - VARAS TELESCÓPICAS pe / pv


u Varas telescópicas para detectores
Utilização: sem chuva.
u Especialmente concebidas para usar com os detectores
de tensão, nos postos de transformação e subestações.
São constituídas por 2 elementos telescópicos , um
interior com espuma PU e outro exterior.
VI2 isol. nominal (kV) comprimento total (m)
36 0,63 / 1,0
75 1,15 / 2,0

VI2 - VARAS ISOLANTES FIXAS “STANDARD”


u Feitas em resina epoxy ou poliester reforçado com
VI3 fibra de vidro.
u Comprimentos variáveis segundo especificações do cliente.
u Diâmetro externo de 32 ou 40 mm.
TIPO DE TUBO
u PE - Resina epoxy
CH12 ou C K ou D T H
Respeita a norma CEI EN 61235 (IEC 1235) - ø 40 mm.
u PV - Resina poliester reforçada por fibras uni
ou bidireccionais
Respeita a norma CEI EN 61235 (IEC 1235)
Cor Laranja, ø 32 mm e 40 mm.
u PVR - Tubo resina poliester reforçado com espuma
de poliuretano - mais resistente
Respeita a norma CEI EN 60855 (IEC 855)
CI-6C CI-3C CI-4K CI-3K CI-3E CI-3T CI-3H
Cor Laranja, ø 32 mm e 40 mm.
TIPOS DE TERMINAL
VI3 - VARAS DE SEGMENTOS PARA LIGAÇÕES
D ou E - Baionete DIN
À TERRA
FA - Encaixe de alumínio para tubos diâmetro 32/40
São constituidas por elementos que se ligam entre
C - Alumínio para tubos diâmetro 32/40.
si por um terminal hexagonal. Este terminal “macho”
EF - Plástico CH12 M10.
permite uma ligação às pinças de terra providas do
K ou U - Universal.
terminal “fêmea” e a qualquer outra pinça, através de um
G - Para qualquer tipo de pinça com terminal de anel.
adaptador. Podendo suportar esforços elevados, são as
varas ideais para o manuseamento dos dispositivos de
ligação à terra mais pesados.

Exemplo de varas:
K ou U EF G
PE 1/200D - Vara com um elemento de 2 metros com terminal
baioneta DIN.
PE 3/600EF - Vara com 3 elementos de 6 metros com terminal F.
FA D

120 | CATÁLOGO GERAL


VARAS DE COMPRIMENTO FIXO

VCF1 - VARAS DE MANOBRA E DE


SALVAMENTO (A) E (B) P1 / 145 F-GSN
VCF1 u Composição: Tubo poliester reforçado a resina.
u Em fibra de vidro e resina poliester.
u Saias guarda-mão.
u Gancho em metal protegido por manga de plástico
(vara de salvamento).
isol. nominal (kV) comprimento total (m)
63 2
110 3
225* 4
* Com 2 elementos de 2m

VCF2 - VARAS STANDARD COM TERMINAIS


C OU K COM OU SEM SAIAS P1 150 EP (C)
u Utilização: interior/exterior
u Em fibra de vidro e resina poliester

VCF3 - VARAS COM “SAIAS” COM


TERMINAIS C OU K
u Utilização: sob chuva (exterior)
A B C
isol. nominal (kV) comprimento total (m)
40 1,5
90 2,0
110 2,5

ACESSÓRIOS PARA VARAS ISOLANTES


SILICONIZAÇÃO DAS VARAS
Toda a vara utilizada à chuva ou em presença de forte humidade,
AVI1 deve ser absolutamente protegida por uma aplicação de
silicone afim de não permitir a formação de uma película de
água contínua. Tal operação poderá ser realizada com um pano
siliconizado.

AVI1 - PANO SILICONIZADO DESCARTÁVEL


u É indispensável a utilização deste pano para impedir
que o pó ou a humidade reduza as características
isolantes das varas.

AVI2 AVI2 - PANO SILICONIZADO REUTILIZÁVEL


u Aproximadamente 40 x40 cm

AVI3
AVI3 - GRAMPO DE MANOBRA
u Em bronze cupro-alumínio niquelado.

AVI4 - TROCA-LÂMPADAS
AVI4

RISCOS ELÉTRICOS | 121


ACESSÓRIOS PARA VARAS ISOLANTES

AVI5 AVI5 - ESCOVA DE LIMPEZA PARA


ISOLADORES E PT
u Utilizadas em operações de limpeza.

AVI6 AVI7
AVI6/7 - ESCOVA PARA CONDUTOR BT OU MT
u Cobre ou alumínio
u Com 2 escovilhões em V.

AVI8 AVI8 - CALIBRE DE CONDUTOR


u Para medição do diâmetro dos condutores - 3 a 16.

AVI9 - VARA PARA MEDIR DISTÂNCIAS


AVI9 u Composta por dois elementos em fibra de vidro
e resina, com secções alternadamente vermelhas e
brancas de 0,10 m.

LÍQUIDOS DE LIMPEZA

LDL1
LDL1 - PRO-SOL 30 -SOLVENTE DIELÉCTRICO
E PROTECTIVO, REPELENTE DE HUMIDADE
u Produto dieléctrico à base de solventes ecológicos
(98,5% de biodegradabilidade em 21 dias) para a limpeza
de todo o equipamento, incluindo equipamento eléctrico
e electrónico.
Propriedades Físico – Químicas
u Resistência dieléctrica 37.000 V.
u Flash Point >100º C.
u DL50 >3.000 p.p.m.
u Densidade 0,8.
Campos de Aplicação:
Limpeza de PT’s, lavagem de estatores e rotores, cabinas,
quadros eléctricos, desengordurante de máquinas,
lavagem de fios e cabos condutores, platinados,
eliminação de humidades, placas electrónicas, geradores,
arrancadores, sinais de tráfego, máquinas de impressão,
ferramentas, instrumentos de precisão, etc.

LDL2
LDL2 - PULVERIZADOR PARA LÍQUIDO DE
LIMPEZA
u Especialmente concebido para resistir aos solventes.
u Capacidade: 750ml.

122 | CATÁLOGO GERAL


VERIFICADORES, DETETORES, CONTROLADORES

VDC3 - VOLTSAFE - DETECTOR DE TENSÃO


LUMINOSO E SONORO
VDC3 u EN 61010, CAT III/600 V.
u Por proximidade.

funcionalidades VP - 440 VP - 600 SB


Detector AC 100 - 600V
Indicador Luz Luz, som e vibração

Mais modelos no capítulo “Aparelhos de Medida”

VDC4

VDC4 - DETECTORES DE TENSÃO


u Detector electrónico capacitivo de sinal acústico e
visual RTM 1030 em conformidade com a norma CEI EN
61243-1 (IEC 61243 para tensões até 75 kV. RMT 3090 -
certificado em conformidade com a norma 61243-1 para
tensões até 400 kV.
u Para uso interior ou exterior.
u Dupla indicação de tensão com 2 leds encarnados.
2 leds verdes e sinal acústico intermitente.
u Auto-teste.
u Terminal segundo especificações do cliente.
u Pode ser fornecido com ou sem vara segundo pedido
do cliente.

VDC5 VDC5 - DETECTORES DE TENSÃO PARA CC


PARA LINHAS FERROVIÁRIAS E
INSTALAÇÕES.
u Sinal acústico e visual para uso interior e exterior
de 500 a 3600 V d.c.
u Sinal visual para indicar ausência de tensão de serviço.
u Auto-teste incorporado.
u Gancho de contacto.
u Cabo cobre recoberto a silicone.
u Borne de terra.
u Caixa.
u Vara de 4 m (outras medidas a pedido).

VDC6 VDC6 - DETECTORES DE TENSÃO PARA CC


PARA LINHAS DE COMBOIO ELÉCTRICO.
u Sinal acústico e visual para uso interior e exterior
de 385 a 1800 V d.c.
u Sinal visual para indicar ausência de tensão de serviço.
u Auto-teste incorporado.
u 2 gancho de contacto.
u 2 vara de 4 m (outras medidas a pedido).

RISCOS ELÉTRICOS | 123


VERIFICADORES, DETETORES, CONTROLADORES

VDC7 - INDICADOR PERMANENTE DE


TENSÃO DE 5 A 75 KV
VDC7 u Instalado em permanência nos barramentos, este
indicador luminoso assinala por meio de um visor
“néon” a presença de tensão. Utilizado em barramentos
redondos ou quadrados de diâmetro 4 a 16 mm.

VDC8 - CONTROLADOR BIPOLAR


u Ao contrário dos detectores unipolares, os bipolares
VDC8 podem constatar a diferença de potencial existente entre
dois quaisquer pontos duma instalação. Vocacionados,
em princípio, para a detecção de condutores da mesma
fase, estes aparelhos podem, igualmente, ser utilizados
em operações de detecção bipolar e de verificação de
fusíveis de alta tensão. Podem ser usados como:
- Detetor de diferença de potêncial.
- Relação entre fases.
- Verificador de fusíveis.
u Tensões de serviço: 5 - 36 kV.
u Distância máxima de utilização: 2,0 m, utilizando
prolongadores das antenas c/ 0,62 m cada.
u Completo c/ estojo.
u Antenas de substituição c/ 0,62 m.
u Prolongadores de antena.
u Elemento auxiliar c/ cabo 2,87 m.
u Verificador de funcionamento igual ao utilizado para os
detetores unipolares.

VDC9

VDC9 - DETETORES BIPOLARES DE FASES


ATÉ 80KV para instalações aéreas e
subterrâneas
u Display retroiluminado, modo Data Hold e desligar
automático.
u Permite a leitura direta dos detetores digitais,
determinando facilmente as tensões entre fases e a
relação entre: fase-fase; fase-terra.
u Cabo isolado de 6 metros enrolado.
u Adaptáveis às varas universais.
u Pode ser testado mediante o uso do comprovador.
u Tensão Standard até 15 kV, 40 kV ou 80 kV.
u Tensões opcionais (1-120) kV e (40-240) kV.

VDC10
VDC10 - DETETOR DE AUSÊNCIA DE TENSÃO
ESPECIAL PARA TET
u Normalmente utilizado pelas equipas de trabalhos em
tensão MT.
u Ao contrário dos detetores de tensão, este indica a
ausência de tensão na linha.

124 | CATÁLOGO GERAL


SISTEMAS DE LIGAÇÃO À TERRA E CURTO CIRCUITO

SLTCC1
SLTCC1 - PICA-CABOS
u Para ligar à terra cabos subterrâneos, trespassando o
isolamento e a blindagem.
u Composto por: lâmina cortante, sistema de fixação,
guia de cabo, vara isolante de comando, trança de cobre
com pinça e manta isolante.
SLTCC1-A -Opcional: Manta Isolante

SLTCC1-A
SLTCC2 - PICA-CABOS À DISTÂNCIA
u Para ligar à terra, cabos subterrâneos de forma segura
SLTCC2 e longe do cabo
u Acionado à distância por um cordel.

SLTCC3 - ARMÁRIOS E QUADROS DE


DISTRIBUIÇÃO DE BAIXA TENSÃO
Este sistema, conhecido por “ISOSTOP”, colocado nos
armários e quadros B.T., serve dois objectivos. Assegurar
a ligação à terra e o curto-circuito da instalação que se
quer proteger;
SLTCC3 Constitui ao mesmo tempo uma sinalização evidente
para evitar manobras.
O elemento fundamental do sistema são as facas em
material isolante que se colocam no lugar dos fusíveis
APC. As 3 facas são ligadas entre si por um cabo de 25
mm² e a ligação terra/neutro é executada por um borne
de terra. Um saca-fusíveis normalizado para os fusíveis
permite a substituição destes pelas facas isolantes.

Equipamentos completos normalizados:

Constituição
3 Facas 210 mm, cabo terra 0,60 m, borne terra e caixa metálica
3 Facas 144 mm, cabo terra 0,60 m, borne terra e caixa metálica
3 Facas 144 mm, 3 facas 210 cabo terra 0,60 m, borne
terra e caixa metálica

RISCOS ELÉTRICOS | 125


EQUIPAMENTO DE LIGAÇÃO À TERRA PARA LINHAS AÉREAS

ELTLA1 - LINHAS AÉREAS DE BAIXA TENSÃO,


CONDUTORES NUS
ELTLA1 u Facilidade de colocação por simples tracção e de
levantamento, por balanceio lateral.
u Colocação da 1.ª pinça com uma vara isolante amovível.
u Um conjunto completo é composto por:
u Equipamento de curto circuito com 5 pinças de
contacto e uma vara telescópica de 2 m.
u Equipamento de ligação à terra com 15 m de cabo 16
mm e um borne de terra, apresentados em maleta de
plástico.
u “Piquet” de terra sextavado, com 1 m.

ELTLA2 ELTLA2 - LINHAS AÉREAS DE BAIXA


TENSÃO, CONDUTORES ISOLADOS
u Trata-se de um equipamento composto por 6
pinças especiais com fichas macho, que se montam
definitivamente numa linha torçada, e um conjunto de
curto circuito com as fichas fêmea tipo baioneta.
u O equipamento de ligação à terra complementar é
igual ao do sistema para linhas nuas.

ELTLA3 - REDES AÉREAS DE MEDIA TENSÃO


(ATÉ 60 KV)
Art. conforme a norma CEI EN 61230 (IEC 1230)
u Trata-se de um equipamento composto por um
ELTLA3
conjunto de 3 pinças em liga cobre-alumínio, de fixação
automática, ligadas entre si por um cabo flexível de cobre
de 35 mm, suportando uma corrente de curto circuito de
8 kA/1s. Com 2,50m de afastamento entre pinças com
cabo de 25mm e cabo de terra de 16mm com 16m.
u A desmontagem faz-se por simples tracção.

Composição do equipamento standard:


Constituição
3 pinças
1 prato porta pinças
1 bobine com 25m cabo cobre 16mm
2 varas 1.5m
1 piquet de terra 1m
1 borne de terra
ELTLA4

ELTLA4 - REDES AÉREAS DE MEDIA TENSÃO


(ATÉ 60 KV) - Modelo económico
Art. conforme a norma CEI EN 61230 (IEC 1230)
u Pinça com abertura até 32 mm.

126 | CATÁLOGO GERAL


EQUIPAMENTO DE LIGAÇÃO À TERRA PARA LINHAS AÉREAS

ELTLA5 ELTLA5 - SUBESTACÕES E POSTOS DE


TRANSFORMAÇÃO MT
Art. conforme a norma CEI EN 61230 (IEC 1230)
u Este equipamento standard para instalações trifásicas
é constituido por:
- 3 tranças em cobre revestidas com manga silicone com
0,75 m; com 50, 70 ou 95 mm2 de secção (13kA/0,5 s ou
24kA/0,5s).
- 1 trifurcação ligada a um cabo de terra com um borne
na extremidade com capacidade até 33 mm.
- 1 vara isolante com 2 elementos de 1,35.
- 1 caixa metálica.

ELTLA6 - WI DLC/RFI
ELTLA6 u Composto por 3 pinças de aperto mecânico com
capacidade de 5 a 60 mm diâmetro.
u 3 cabos de cobre (comprimentos a especificar pelo
cliente);
u 3 bornes de terras com capacidade até 33 mm/40kA/s
ou 40 mm (sob pedido);
u Varas de 1,5 ou 2 m cada (conforme requerido pelo
cliente), acopláveis entre si.

ELTLA7
ELTLA7 - WI 560/RFI
u Equipamento para catenária monofásico

ELTLA8 a 12 - PINÇAS E BORNES


u Estas pinças possuem um sistema de travagem
circunferêncial que evita que elas rodem sob o peso do
cabo. ICC KA/1 condutores (mm)
21 ø 5-16
21 ø 5-16
0-16
21 40 x 16
ELTLA8 ELTLA9 ELTLA10 14.5 ø 5-28
30 ø 5-35
16-40
5-40
Barramento Condutor ou barramento circular
ELTLA13 - BORNES DE TERRA
u Fabricados em liga de bronze ou cobre-alumínio, estão
preparados para aceitar 3 tipos de ligação.
u Anilha e parafuso (fontenay).
ELTLA11 ELTLA12
u Ligador cilíndrico (TO).
u Terminal.

ICC KA/1 condutores (mm)


ELTLA13 20 ø 6-25
ø 0-30

RISCOS ELÉTRICOS | 127


EQUIPAMENTO DE LIGAÇÃO À TERRA PARA LINHAS AÉREAS

ELTLA14 - EQUIPAMENTOS PARA LINHAS AT/


MAT PC560
ELTLA14 u Composto por 3 pinças de aperto mecânico com
capacidade de 5 a 60 mm diâmetro.
u 3 cabos de cobre (comprimentos a especificar pelo
cliente);
u 3 bornes de terras com capacidade até 33 mm/40kA/s
ou 40 mm (sob pedido);
u Varas de 1,5 ou 2 m cada (conforme requerido pelo
cliente), acopláveis entre si.

Secção de cabos pinças borne terra


50mm2 (11.25 kA/1s) 3 (5-60mm ø) até 33 mm
70mm2 (15.1 kA/1s) 3 (5-60mm ø) até 33 mm
95mm2 (23.9 kA/1s) 3 (5-60mm ø) até 33 mm
120mm2 (30.7 kA/1s) 3 (5-60mm ø) até 33 mm

ELTLA15 a 18 - OUTROS TIPOS DE


PINÇAS COM OUTRAS MEDIDAS PARA
EQUIPAMENTOS L.T./MAT
u Pinças manobráveis com vara isolante
ELTLA15 ELTLA16
REF. ICC KA/1 condutores (mm)
ELTLA17 40 ø 5-60
5-140
ELTLA15 83 ø 20-120
ELTLA16 40 ø 14-70
100 x 70
30 x 100
Barramento Condutor ou barramento circular
ELTLA17 ELTLA18
ELTLA19 a 21 - LIGAÇÕES EQUIPOTENCIAIS
PROVISÓRIAS
u Pinça isolada para baixa tensão.
u Aperto por mola.
u Ligação para cabo de 8 mm.
u Capacidade de ligação até cabos de 12 mm -95 .
u Isolamento nominal até 1500 V dc (1000AC).
u Ligação equipotencial - shunt.
u Capacidade 100A.
ELTLA19 ELTLA20 ELTLA21 pinças Cabo 25 mm2/75A
2 1.50 m
2 5.00 m
ELTLA22 - TAPETES ISOLANTES
u Em borracha de alta qualidade dieléctrica, ensaiados
ELTLA22
a 40 000 V e homologados segundo as normas da
comissão Electrotécnica Internacional (CEI).
u Dimensões standard: 0,60 x 1,00 m e 1,20 x 10,00 m.
u Outros tamanhos conforme solicitação do cliente.

Dimensão Tensão de utilização


3 mm 26,500 V
4,5 mm 36,000 V
6 mm 36,000 V

128 | CATÁLOGO GERAL


EQUIPAMENTO DE LIGAÇÃO À TERRA PARA LINHAS AÉREAS

ELTLA23 - CABOS E TRANÇAS FLEXÍVEIS


ELTLA23 COM ISOLAMENTO TRANSPARENTE
isolamento tipo Secção (mm2) Icc (kA)
Vinil, Silicone Cabo 16 3.5
Vinil, Silicone Cabo 25 6
Vinil Trança 25 6
Vinil Trança 40 10
Vinil Cabo 35 8
Vinil, Silicone Cabo 50 12
Vinil, Silicone Cabo 70 16
Vinil, Silicone Cabo 95 20
Vinil, Silicone Cabo 120 30
Vinil, Silicone Cabo 150 36

ELTLA24 ELTLA24 - LUVAS ISOLANTES E


SILICONIZADAS
u Por si só, as luvas isolantes não garantem segurança
para contactar diretamente elementos em tensão
Conjuntamente deverá utilizar as luvas silico.

utilização classe tens. máx. utiliz. tens. teste


Trabalhos 00 500 V 2500 V
em baixa e 0 1000 V 5000 V
média tensão 1 7500 V 10000 V
Trabalhos 2 17000 V 20000 V
em alta 3 26500 V 30000 V
ELTLA25 tensão 4 36000 V 40000 V

ELTLA25 - MALA DE COURO PARA


FERRAMENTAS ISOLANTES
u Para transporte de ferramentas isolantes para trabalhos
de baixa tensão e equipamentos de protecção individual,
totalmente em couro de alta qualidade.

ELTLA26 - VERIFICADOR PNEUMÁTICO DE


LUVAS
u Usado para o controlo obrigatório das luvas isolantes,
antes da sua utilização.

ELTLA27 - CAIXA PARA LUVAS ISOLANTES


u Em material isolante, para proteção das luvas isolantes.
u É normalmente utilizada nos postes de transformação (PT).

ELTLA28 - SACO PARA LUVAS ISOLANTES


ELTLA26 ELTLA27 ELTLA28 u Em lona, para transporte e proteção das luvas isolantes.

ELTLA29 - TAMBORETES ISOLANTES

local de utilização tensão de utiliz. altura


interior 24 220
interior 40 260
ELTLA29 interior 63 340
exterior 45 435
exterior 63 515

RISCOS ELÉTRICOS | 129


EQUIPAMENTO DE MEDIÇÃO AÉREA DE LINHAS

ELTLA14 - TELÉMETRO
u Aparelho concebido para medir a altura das flechas
ELTLA14
nas linhas eléctricas, pela técnica dos ultrasons:
Há dois modelos disponíveis:
Para linhas de distribuição - alturas até cerca de 15
metros
Para linhas de transporte - alturas até cerca de 24 metros

ILUMINAÇÃO

I1 - LÂMPADA FRONTAL
u Multi farol de posicionamento que mantém as mãos
I1
livres para o trabalho.
u Com um design versátil pode ser usado na cabeça,
num capacete ou colocado no chão.
u Com três opções de modo de iluminação:
- a 10 metros/ 30 horas
- a 5 metros / 48 horas
- a 4 metros / 68 horas

I2 - LANTERNAS DE EMERGÊNCIA
I2 Desenvolvidas para fazer face a situações extremas
com IP e IK, capazes de responder às mais diversas
solicitações e exigências laborais.

I3 - TOP 4
u Lanternas de emergência com acumuladores
I3 herméticos recarregáveis dotado de duas luzes: uma
potente de xenon de 5,5W e uma incandescente de 1,5W.
Autonomia 2h (luz principal) e 4h (luz auxiliar)
u Tensão nominal de operação 230 V 50 Hz
u Tempo de carga 24 h
u Autonomia da lâmpada principal 3h e 15h da luz auxiliar
u Classe de isolamento eléctrico Classe II
u Peso do produto 1,9 kg
u Pode ser aplicada na horizontal e vertical.

I4 - PRO1
I4 u Modelo económico.
u Com ligação ao isqueiro da viatura ou a tomada de
220V.

130 | CATÁLOGO GERAL


CADEADOS PARA CONSIGNAÇÃO

KD - Chaves diferentes.
A chave abre uma fechadura.

KA - As mesmas chaves.
Cada fechadura tem a sua própria chave.
Todas as chaves são iguais e abrem todas as
fechaduras de um grupo.

MK - Chaves mestras.
A chave mestra pode abrir todas as
fechaduras em vários grupos (KD e / ou KA).

KD KD
KA KA

MK MK

GMK

CPC1 CPC1 - CADEADOS DE SEGURANÇA


u 2 tamanhos.
u Várias cores para identificação dos vários
departamentos.
u Autocolante com nome, telefone, etc.
u Possibilidade de colocação de fotografias.
u Tranca evita perda de chave.
u Chave numerada.

CPC2 CPC2 - GARRAS DE BLOQUEIO DE


SEGURANÇA
u Para 6 ou mais utilizadores.
u Isolantes ou em aço.

RISCOS ELÉTRICOS | 131


CADEADOS PARA CONSIGNAÇÃO

CPC3 - KITS DE BLOQUEIO PESSOAIS


u Etiquetas.
CPC3 u Cadeados.
u Bloqueadores.

S1117VES31KA
S1010ES31

1456E406KA
1458E410

CPC4

CPC4 - BLOQUEIOS DE DISJUNTORES

CPC5
CPC5 - VÁLVULA DE BLOQUEIO DE GÁS

132 | CATÁLOGO GERAL


CADEADOS PARA CONSIGNAÇÃO

CPC6 CPC6 - BLOQUEADORES DE TOMADAS


u 2 Tamanhos;
Várias cores para identificação dos vários departamentos;
Autocolante com nome, telefone, etc;
Possibilidade de colocação de fotografias;
Tranca evita perda de chave;
Chave numerada;

CPC7
CPC7 - ESTAÇÃO DE CADEADOS
Local seguro para os sistemas de bloqueio

CPC8
CPC8 - VÁLVULA DE BLOQUEIO

RISCOS ELÉTRICOS | 133


QUADROS PARA PT

QPT1 QPT1 - PRIMEIROS SOCORROS

u Com moldura.
u Sem moldura.
u PVC ignífugo.

QPT2
QPT2 - QUADROS 5 REGRAS DE OURO

u PVC ignífugo.

134 | CATÁLOGO GERAL


ACESSÓRIOS ELÉTRICOS
ACESSÓRIOS PARA CABO TORÇADA

ACT1 ACT1 - PINÇA DE AMARRAÇÃO PARA


RAMAIS OU ILUMINAÇÃO PÚBLICA
u Amarração de cabos torçada utilizados em ramais.
u Corpo em termoplástico reforçado com fibra de vidro
resistente aos u.v. e gancho em aço inox (AI).
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
PAP AI 216 2 x 6 - 2 x 16
PAP AI 416 2 x 6 a 4 x 25

ACT2 ACT2 - PINÇA DE AMARRAÇÃO PARA


REDES
u Amarração de cabos torçada utilizados em redes de
distribuição BT.
u Corpo em termoplástico reforçado com fibra de vidro
resistente aos u.v. e hastes em aço galvanizado (AG)
ou aço inox (AI).
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
PAH AG 450 4 x 25 - 4 x 50
PAH AI 450
PAH AG 495 4 x 70 - 4 x 95
PAH AI 495

ACT3
ACT3 - PINÇA DE SUSPENSÃO
u Suspensão de cabos torçada em postes.
u Aço galvanizado (AG) ou aço inox (AI) e núcleo em
borracha.
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
PS AG 325 2 x 6 - 3 x 25
PS AI 325
PS AG 50 4 x 25 - 4 x 50
PS AI 50
PS AG 95 4 x 70 - 4 x 95
PS AI 95

ACT4 ACT4 - BERÇO COM GANCHO


u Mudança de ângulo em ramais de cabos torçada.
u Gancho em aço galvanizado (AG) ou aço inox (AI) e
berço em termoplástico resistente aos u.v.
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
BG AI 16 4 x 16
BG AI 70 4 x 25 - 4 x 70

ACT5 - BERÇO COM ESPIGÃO


ACT5
u Mudança de ângulo em ramais de cabos torçada.
u Espigão em aço galvanizado (AG) ou aço inox (AI) e
berço em termoplástico resistente aos u.v.
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
BGE AI 16 4 x 16
BGE AI 70 4 x 25 - 4 x 70

136 | CATÁLOGO GERAL


ACESSÓRIOS PARA CABO TORÇADA

ACT6 ACT6 - LIGADOR DE DERIVAÇÃO DE


APERTO SIMULTÂNEO
u Derivação em redes torçada B.T.
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
PRINCIPAL DERIVADO
LDAS-1P 16 - 70 6 - 25
LDAS-2P 50 - 70 6 - 50

ACT7 - LIGADOR DE DERIVAÇÃO DE APERTO


INDEPENDENTE
ACT7 u Derivação em redes torçada B.T.
u Invólucro de proteção em PVC flexível.
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
PRINCIPAL DERIVADO
CT 25 - 25 HF 10 - 25 1,5 - 25
CT 70 - 35 HF 16 - 95 4 - 50
CT 70 - 235 HF 16 - 95 4 - 50
CT 95 - 95 HF2 35 - 95 16 - 95

ACT8/ACT9- ABRAÇADEIRA DE SUSPENSÃO


ACT8 MURAL
u Fixação de cabos torçada em fachada.
u Termoplástico resistente aos u.v.

REFERÊNCIA FIXAÇÃO AFAST. DIAM. SECÇÃO


MURAL MAX. [mm2]
[mm2] [mm2]
BRPV - 1 Parafuso 10 54 4x25
BRPV - 6 Parafuso 60 54 a 4x95
BRPF - 1 Prego 20 54 +
ACT9 BRPF - 6 Prego 50 54 2x25
SA - 10 Prego 10 25 4x6 a 4x35

ACT10 - CACHIMBO PARA BAIXADAS


ACT10 u Entrada do ramal aéreo nos edificíos.

REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]


CBA 46 2x6 a 4x6

ACT11 - UNIÃO PRÉ-ISOLADA


u União de condutores em redes de cabo torçada B.T.
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
MJPT 16 16
ACT11 MJPT 25 25
MJPT 35 35
MJPT 50 50
MJPT 70 70
MJPT 95 95

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 137


ACESSÓRIOS PARA CABO TORÇADA

ACT12 ACT12 - TERMINAL PRÉ-ISOLADO


u Conexão de condutores em redes de cabo torçada
B.T. a bornes de cobre.
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
CPTAU 16 16
CPTAU 25 25
CPTAU 35 35
CPTAU 50 50
CPTAU 70 70
CPTAU 95 95

ACT13 ACT13 - FERRO COM OLHAL RETORCIDO


(RABO PORCO)
u Suporte de pinças e berços em redes de cabo
torçada.
u Aço eletrozincado galvanizado quente ou inox.
POSTALETE REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
FRPP 12/11O 110
FRPP 16/110 110
POSTE REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
FRP 12/220 220
FRP 16/220 220
FRP 16/280 280
PT REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
FRP 16/410 410 (P/PT)
CHUMBAR REFERÊNCIA SECÇÃO [mm²]
FRP 12 190
FRP 16 190

ACT14 ACT14 - MASSA NEUTRA


u Embalagens de 200 grs.
u Latas de 500 grs.

ACESSÓRIOS PARA ILUMINAÇÃO PÚBLICA


AIP1 - BRAÇO EM AÇO TUBULAR DE IP
(NORMALIZADO PELA EDP)
AIP1
APLICAÇÃO PROJEÇÃO COMPRIMENTO DIÂMETRO OBSERVAÇÕES
HORIZONTAL DO TUBO (m) NOMINAL DO
DO BRAÇO V (m) BRAÇO (mm)
7542 0.75 1.5 42 (1 1/4”) S/ Patilhas
7542P 0.75 1.5 42 (1 1/4”) C/ Patilhas
12542 1.25 20 42 (1 1/4”) S/ Patilhas
12542P 1.25 2.0 42 (1 1/4”) C/ Patilhas
7560 0.75 1.5 60 (2”) S/ Patilhas
12560 1.25 2.0 60 (2”) S/ Patilhas

AIP2 AIP2 - ABRAÇADEIRA ROSCADA PARA BRAÇO


APLICAÇÃO DIAM. (C) Ø (A) COMP. (B) (D)
D1 1/4 - M12 1 1/4” - (42 mm) M12 26/21
D1 1/4 - M16 1 1/4” - (42 mm) M16 26/21
D2 - M12 2” - (60 mm) M16 27/21

138 | CATÁLOGO GERAL


AIP3 AIP3 - REATÂNCIAS P/ INTERIOR P/ LÂMPADAS
VAPOR MERCÚRIO
REFERÊNCIA TIPO DE LÂMPADA
RVM 50 W 50 w
RVM 80 W 80 w
RVM 125 W 125 w
RVM 250 W 250 w
RVM 400 W 400 w

AIP4 AIP4 - REATÂNCIAS P/ INTERIOR P/ LÂMPADAS


VAPOR SÓDIO
REFERÊNCIA TIPO DE LÂMPADA
RVM 70 W 70 w
RVM 100 W 100 w
RVM 150 W 155 w
RVM 250 W 250 w
RVM 400 W 400 w

AIP5 AIP5 - REATÂNCIAS P/ EXTERIOR P/ LÂMPADAS


VAPOR MERCÚRIO
REFERÊNCIA TIPO DE LÂMPADA
RVM 50 W 50 w
RVM 80 W 80 w
RVM 125 W 125 w
RVM 250 W 250 w
RVM 400 W 400 w

AIP6 - REATÂNCIAS P/ EXTERIOR P/ LÂMPADAS


VAPOR SÓDIO
AIP6 REFERÊNCIA TIPO DE LÂMPADA
RVM 70 W 70 w
RVM 100 W 100 w
RVM 150 W 150 w
RVM 250 W 250 w
RVM 400 W 400 w

AIP7 - CONDENSADORES DE ILUMINAÇÃO


REFERÊNCIA CAPACIDADE (F)
AIP7 CI - 7 7
CI - 8 8
CI - 10 10
CI - 12 12
CI - 13.5 13.5
CI - 18 18
CI - 20 20
CI - 32 32

AIP8 AIP8 - SUPORTES DE LÂMPADAS EM


PORCELANA

REFERÊNCIA TIPO DE LÂMPADA


SLP E27 E27
SPL E40 E40

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 139


ACESSÓRIOS PARA ILUMINAÇÃO PÚBLICA
AIP8 - IGNITORES P/ LÂMPADAS VAPOR SÓDIO A. P.

AIP8 REFERÊNCIA TIPO DE LÂMPADA


ILVS 70/400 70 A 400 W

CONTATORES E SECCIONADORES PORTA-FUSÍVEIS

INTERRUPTORES HORÁRIOS E CÉLULAS


FOTOELÉTRICAS

ACESSÓRIOS PARA LIGAÇÃO DE CABOS


ALC1 - TERMINAL TUBULAR EM COBRE ESTANHADO
B.T.
u Ligação de condutores a bornes ou barras de cobre.
ALC1 u Cobre eletrolítico estanhado.
MATERIALREFERÊNCIA SECÇÃO [mm2] Ø FURO [mm]
TCE 2,5 M4 2.5 4
TCE 2,5 M6 6
TCE 2,5 M8 8
TCE 4 M4 4 4
TCE 4 M6 6
TCE 4 M8 8
TCE 6 M4 6 4
TCE 6 M6 6
TCE 6 M8 8
TCE 10 M6 10 6
TCE 10 M8 8
TCE 10 M10 10
TCE 10 M12 12
TCE 16 M6 16 6
TCE 16 M8 8
TCE 16 M10 10
TCE 16 M12 12
TCE 25 M4 25 6
TCE 25 M6 8
TCE 25 M8 10
TCE 25 M8 12
TCE 35 M6 35 6
TCE 35 M8 8
TCE 35 M10 10
TCE 35 M12 12
TCE 50 M6 50 6
TCE 50 M8 8
TCE 50 M10 10
TCE 50 M12 12
TCE 50 M14 14
TCE 50 M16 16
TCE 70 M8 70 8
TCE 70 M10 10
TCE 70 M12 12
TCE 70 M14 14
TCE 70 M16 16
TCE 95 M8 95 8
TCE 95 M10 10
TCE 95 M12 12
TCE 95 M14 14
TCE 95 M16 16

140 | CATÁLOGO GERAL


TERMINAL TUBULAR EM COBRE
ESTANHADO B.T.(continuação)
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2] Ø FURO [mm]
TCE 95 M10 120 10
TCE 95 M12 12
TCE 95 M14 14
TCE 95 M16 16
TCE 150 M10 150 10
TCE 150 M12 12
TCE 150 M14 14
TCE 150 M16 16
TCE 150 M20 20
TCE 185 M10 185 10
TCE 185 M12 12
TCE 185 M14 14
TCE 185 M16 16
TCE 240 M10 240 10
TCE 240 M12 12
TCE 240 M14 14
TCE 240 M16 16
TCE 240 M20 10
TCE 300 M12 300 12
TCE 300 M14 14
TCE 300 M16 16
TCE 300 M20 20
TCE 400 M16 400 16
TCE 400 M20 20
TCE 500 M16 500 16
TCE 500 M20 20

ALC2 - TERMINAL DE COBRE MACIÇO DE


ALC2
CRAVAR M.T.
u Ligação de condutores a bornes ou barras de
cobre.
u Cobre Maciço.

REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2] Ø FURO [mm]


TCM 16 16 10
TCM 25 25
TCM 35 35
TCM 50 50
TCM 70 70
TCM 95 95 12
TCM 120 120
TCM 150 150
TCM 185 185
TCM 240 240
TCM 300 300
TCM 400 400 13.5
TCM 500 S/F 500 Sem Furo
TCM 500 13.5

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 141


ACESSÓRIOS PARA LIGAÇÃO DE CABOS

ALC3 ALC3 - TERMINAL BIMETÁLICO B.T. E M.T.


u Ligação de condutores de alumínio a bornes ou barra de
cobre.
u Corpo de alumínio e patilha de cobre soldada a fricção.
u Norma HN 68.S.90 (EDF).MA

TERIAL
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]
TB 16 16
TB 25 25
TB 35 35
TB 50 50
TB 70 70
TB 95 95
TB 120 120
TB 150 150
TB 185 185
TB 240 240
TB 300 300
TB 400 400
TB 500 500
TB 630 630

ALC4 ALC4 - TERMINAL DE COMPRESSÃO TUBULAR EM


ALUMÍNIO B.T. (REDONDO)
u Ligação de condutores de alumínio a bornes ou barra de
alumínio ou cobre.
u Alumínio estanhado.

REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]


TCA 16 16
TCA 25 25
TCA 35 35
TCA 50 50
TCA 70 70
TCA 95 95
TCA 120 120
TCA 150 150
TCA 185 185
TCA 240 240
TCA 300 300

ALC5 - TERMINAL DE COMPRESSÃO TUBULAR EM


ALC5 ALUMÍNIO B.T. (SECTORIAL 90º)
u Ligação de condutores de alumínio a bornes ou barra de
alumínio ou cobre.
u Alumínio estanhado.

REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]


TCAS 35 35
TCAS 95 95
TCAS 185 185

142 | CATÁLOGO GERAL


ACESSÓRIOS PARA LIGAÇÃO DE CABOS

ALC6 -UNIÃO DE COMPRESSÃO TUBULAR EM


ALUMÍNIO
u União por cravação de condutores de alumínio B.T.
ALC6 u Alumínio estanhado.
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]
UCA 16 16
UCA 25 25
UCA 35 35
UCA 50 50
UCA 70 70
UCA 95 95
UCA 120 120
UCA 150 150
UCA 185 185
UCA 240 240

u União por cravação de condutores de alumínio M.T.

REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]


UCAMT 120 120
UCAMT 150 150
UCAMT 185 185
UCAMT 240 240

ALC7
ALC7 - UNIÃO BIMETÁLICO AL/CU M.T.
u União por cravação de condutores de alumínio M.T.

REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]


UCAMT 120 120
UCAMT 150 150
UCAMT 185 185
UCAMT 240 240

ALC8 ALC8 - UNIÃO DE CRAVAR DE COBRE


u União por cravação de condutores de cobre M.T.

REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]


UCC 2.5 2.5
UCC 4 4
UCC 6 6
UCC 10 10
UCC 16 16
UCC 25 25
UCC 35 35
UCC 50 50
UCC 70 70
UCC 95 95
UCC 120 120
UCC 150 150
UCC 185 185
UCC 240 240
UCC 300 300

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 143


ACESSÓRIOS PARA LIGAÇÃO DE CABOS

ALC9 - TERMINAL PARA BORNES DE


ALC9 TRANSFORMADOR (PATILHÃO)
u Ligação a bornes de transformador.
u Latão fundido.

REFERÊNCIA
TTP/400 KVA 1 Paraf.
TTP 630 KVA 2 Paraf.

ALC10 - LIGADOR PARA BORNES DE


ALC10 TRANSFORMADOR (TIPO GRAMPO)
u Ligação de condutores a bornes de transformador e
barramentos.
MATERIAL
u Corpo em latão fundido, parafusos, porcas e anilhas em aço
8.8 zincado e passivado.
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2] PARAFUSO
GL 380 (Latão) 380 Aço 8.8
GL 380I ( Latão) 380 Inox
GL 380 AL 380 Aço 8.8
( Alumínio)

BORNES, CHUMBADOUROS E ACESSÓRIOS CONCÊNTRICOS

BCAC1 - BORNE REDONDO PARA PLACA


BCAC1
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]
BR 2,5 /4 2,5 /4
BR 06 6
BR 10 10
BR 16 16
BR 25 25
BR 35 35
BR 50 50
BR 70 70
BR 95 95

BCAC2 BCAC2 - BORNE SEXTAVADO PARA PLACA


REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]
BS 2,5 /4 2,5 /4
BS 06 6
BS 10 10
BS 16 16
BS 25 25
BS 35 35
BS 50 50

144 | CATÁLOGO GERAL


BORNES, CHUMBADOUROS E ACESSÓRIOS CONCÊNTRICOS

BCAC3 BCAC3 - BORNE REDONDO C/ 2, 3 E 4 DERIVAÇÕES


REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]
BRD 10x... 10
BRD 16x... 16
BRD 25x... 25
BRD 35x... 35
BRD 50x... 50
BRD 70x... 70
BRD 95x... 95
BCAC4
BCAC4 - BORNE SEXTAVADO C/ 2, 3 E 4 DERIVAÇÕES
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]
BSD 10x... 10
BSD 16x... 16
BSD 25x... 25
BSD 35x... 35
BSD 50x... 50

BCAC5 - PLACA DE BORNES B.T.


BCAC5 REFERÊNCIA
PB 10/35 S

BCAC6 - CHUMBADOURO DE TERRA (APERTA-FIOS)


REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]
LT 4/16 M4 4 - 16
LT 4/16 M6
BCAC6 LT 10/25 M4 10 - 25
LT 10/25 M6
LT 25/35 M4 25 - 35
LT 25/35 M6
LT 50 M4 50
LT 50 M6
LT 70 M4 70
LT 70 M6
LT 95 M4 95
LT 95 M6

ACESSÓRIOS CONCÊNTRICOS
Material: latão niquelado.

AC1 AC1 - CRUZETA CONCÊNTRICA


REFERÊNCIA Ø CABO [mm]
CC 06 06
CC 08 08
CC 10 10
CC 12 12
CC 14 14

AC2 - BASE CONCÊNTRICA


AC2
REFERÊNCIA Ø CABO [mm]
BC 06 06
BC 08 08
BC 10 10
BC 12 12
BC 14 14

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 145


BORNES, CHUMBADOUROS E ACESSÓRIOS CONCÊNTRICOS

AC3 AC3 - BASE CONCÊNTRICA C/ ESPIGÃO


REFERÊNCIA Ø CABO [mm]
BCE 06 06
BCE 08 08
BCE 10 10
BCE 12 12
BCE 14 14

AC4 - TERMINAL CONCÊNTRICO


AC4 ÂNGULO RECTO
REFERÊNCIA Ø CABO [mm]
LCP 06 06
LCP 08 08
LCP 10 10
LCP 12 12
LCP 14 14

AC5 - TERMINAL CONCÊNTRICO RECTO


AC5
REFERÊNCIA Ø CABO [mm]
TCR 06 06
TCR 08 08
TCR 10 10
TCR 12 12
TCR 14 14

AC6 - TÊ CONCÊNTRICO
AC6 REFERÊNCIA Ø CABO [mm]
LC 06 06
LC 08 08
LC 10 10
LC 12 12
LC 14 14

AC7 - BASE DERIVAÇÃO EM TÊ


AC7 REFERÊNCIA Ø CABO [mm]
TC 06 06
TC 08 08
TC 10 10
TC 12 12
TC 14 14

AC8 - UNIÃO CONCÊNTRICA SIMPLES


REFERÊNCIA Ø CABO [mm]
AC8 UCS 06 06
UCS 08 08
UCS 10 10
UCS 12 12
UCS 14 14

AC9 - TÊ CONCÊNTRICO C/ BASE


AC9 REFERÊNCIA Ø CABO [mm]
LCB 06 06
LCB 08 08
LCB 10 10
LCB 12 12
LCB 14 14

146 | CATÁLOGO GERAL


FUSÍVEIS E BASES

FB1 FB1 - FUSÍVEIS DE FACAS NH (500 V)


u De alto poder de corte (APC) 120 KA.
REFERÊNCIA TAMANHO CALIBRE [A] CLASSE
FFNH00-6 00 6 gl -gC
FFNH00-10 10
FFNH00-16 16
FFNH00-20 20
FFNH00-25 25
FFNH00-32 32
FFNH00-35 35
FFNH00-40 40
FFNH00-50 50
FFNH00-63 63
FFNH00-80 80
FFNH00-100 100
FFNH00-125 125
FFNH00-160 160
FFNH1-16 1 16 gl -gC
FFNH1-20 20
FFNH1-25 25
FFNH1-32 32
FFNH1-35 35
FFNH1-40 40
FFNH1-50 50
FFNH1-63 63
FFNH1-80 80
FFNH1-100 100
FFNH1-125 125
FFNH1-160 160
FFNH1-200 200
FFNH1-224 224
FFNH1-250 250
FFNH2-50 2 50 gl -gC
FFNH2-63 63
FFNH2-80 80
FFNH2-100 100
FFNH2-125 125
FFNH2-160 160
FFNH2-200 200
FFNH2-224 224
FFNH2-250 250
FFNH2-315 315
FFNH2-355 355
FFNH2-400 400
FFNH3-315 3 315 gl -gC
FFNH3-355 355
FFNH3-400 400
FFNH3-425 425
FFNH3-500 500
FB2 FFNH3-630 630

FB2 - FUSÍVEIS CILÍNDRICOS GG


REFERÊNCIA TAMANHO CALIBRE [A] CLASSE
FC 10x38 10x38 2 a 32A gl -gC
FC 14x51 14x51 2 a 21A gl -gC
FC 14x51 14x51 40 a 50A gl -gC

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 147


FUSÍVEIS E BASES

FB3 FB3 - PUNHOS SACA-FUSÍVEIS COM


MANGA
REFERÊNCIA TAMANHO
PSF00-4P com Manga 00-4 C/ Protecção

FB4 - FACAS DE NEUTRO


REFERÊNCIA CALIBRE [A] TAMANHO
FN-00 160 NH00
FB4
FN-1 225 NH1
FN-2/3 400 NH2/3

FB5 - BASE PARA FUSÍVEIS TIPO NH


Bases em policarbonato Lexan 500r, auto-
extinguível e contactos amovíveis em cobre
FB5 electrolítico, prateados.
REFERÊNCIA CALIBRE [A] TAMANHO
BF T00 160 NH00
BF T01 225 NH1
BF T02 400 NH2

FB6 - BASE PARA FUSÍVEIS DE NEUTRO


FB6 REFERÊNCIA CALIBRE [A] TAMANHO
BF T00 160 NH00
BF T01 225 NH1

ARMAÇÕES E FERRAGENS MT

AF1 - ARMAÇÕES PARA POSTES DE


AF1
BETÃO
REFERÊNCIA
GAL 65/80
GAN 60/80/100/120
HRFSC/EDP80/100/120
TAN60/80/100/120
TAL
VAN 60/80
PAN 80/100/120
HPT4
HDR 60/80/100/120
AF2
AF2 - DISPOSITIVOS ANTI-NIDIFICAÇÃO
REFERÊNCIA
Para armações GAN/GAL
Para todas as armações
Para P.T. aéreo
AF3

AF3 - SUPORTES PARA


TRANSFORMADORES
REFERÊNCIA
Suporte de suspensão P.T. para PT AI
Suporte de suspensão P.T. para PT AS

148 | CATÁLOGO GERAL


ARMAÇÕES E FERRAGENS MT

AF4 AF4 - CADEIAS DE AMARRAÇÃO DE


VIDRO E PORCELANA – ISOLADOR
VIDRO U70 BS
REFERÊNCIA DESCRIÇÃO
EM16 Estribo M16
EBO Elo Bola Oval Simples
EBOH Elo Bola Oval p/ Hastes
ROP 50/90 Rotula Olhal p/ pinça AL/Aço 50
ROP 160 e 90 mm²
PAC 50 AL Rotula Olhal p/ pinça AL/Aço
PAC 90 AL 160 mm²
PAC 160 AL Pinça Amarração p/ cabo AL/
PSC 50 AL Aço 50 mm²
PSC 90 AL Pinça Amarração p/ cabo AL/
PSC 160 AL Aço 90 mm²
PAC 50 CU Pinça Amarração p/ cabo AL/
PSC 50 CU Aço 160 mm²
MDC Pinça Suspensão p/ cabo AL/
MCC Aço 50 mm²
HDC Pinça Suspensão p/ cabo AL/
VPC Aço 90 mm²
Pinça Suspensão p/ cabo AL/
Aço 160 mm²
Pinça Amarração p/ cabo CU 25
a 50 mm²
Pinça Suspensão p/ cabo CU 25
a 50 mm²
Manilha Direita
Manilha cruzada
Haste de descarga
Varetas de proteção p/ pinça
suspenção

ACESSÓRIOS PARA REDES DE TERRAS

ART1 ART1 - ELÉTRODO DE TERRA S/ ROSCA


(50 MICRON A 250 MICRON)
REFERÊNCIA
ET 1,5
ET 2

ART2 - ELÉTRODO DE TERRA C/ 1 ROSCA


(50 MICRON A 250 MICRON)
REFERÊNCIA
ET R1 - 1,5
ET R1 - 2

ART3 - ELÉTRODO DE TERRA C/ 2


ROSCAS
(50 MICRON A 250 MICRON)
REFERÊNCIA
ET R2 - 1,5
ET R1 - 2

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 149


ACESSÓRIOS PARA REDES DE TERRAS
ART4 ART4 - ABRAÇADEIRA P/ ELÉTRODO DE
TERRA
REFERÊNCIA
ET- A (estanhada)
ET- AF (Fundida)
ART5 - BATENTE P/ ELÉTRODO DE TERRA
ART5
REFERÊNCIA
ET- B

ART6 - UNIÃO P/ ELÉTRODO DE TERRA


ART6 REFERÊNCIA
ET- U

ART7 - BARRA TERMINAL AMOVÍVEL


PARA CIRCUITOS DE TERRA (PROTEÇÃO E
SERVIÇO)
ART7 u Permite efetuar a medição de resistência de
terras
REFERÊNCIA SUPORTE
R -BTP Alumínio
R - BTS Isolador

ART8 - LIGADOR AMOVÍVEL


ART8 u Permite efetuar a medição de resistência de
terras
REFERÊNCIA SUPORTE
LA Isolador

ART9 - APERTA-BARRA QUADRANGULAR


REFERÊNCIA SUPORTE
ART9 ABQ 30 30 x 5
ABQ 40 40 x 5
ABQ 50 50 x 5
ABQ 60 60 x 10

ART10 - APERTA-BARRA HORIZONTAL


REFERÊNCIA SUPORTE
SMBH 30 30 x 5
SMBH 40 40 x 5
SMBH 50 50 x 5

ART11 - APERTA-BARRA VERTICAL


REFERÊNCIA SUPORTE
SMBV 30 30 x 5
ART12
SMBV 40 40 x 5
SMBV 50 50 x 5

ART12 - TRANÇA DE COBRE ESTANHADO


REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2] COMPRIMENTO
TCE 16 16 Rolos de 25 m

ART13 - TRANÇA DE COBRE ESTANHADO


COM BLOQUEIO E TERMINAL
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2] COMPRIMENTO
TCE 16-500 16 500 m
(B50)
TCE 16-500
(B70)

150 | CATÁLOGO GERAL


ISOLADORES BT E MT

ART14 - ISOLADOR REDONDO


ART14 REFERÊNCIA
SB 1
SB 2
SB 3
SB 4
SB 4D
SB 5
SB 8

ART15
ART15 - ISOLADOR ESCADA
REFERÊNCIA
SB 40
SB 41
SB 42
SB 42A
SB 43
SB 44
SB 46
ART16
ART16 - ISOLADOR FORQUILHA
REFERÊNCIA
SB 11
SB 14

ART17 - ISOLADORES PARA SUPORTE DE


BARRAMENTO (MT)
REFERÊNCIA TENSÃO [kv] CARGA RUPTURA [kgs]
ISB 412 12 400
ISB 424 24 400
ISB 436 36 400
ISB 812 12 800
ISB 824 24 800
ISB 836 36 800

ART18 - GRUPOS TRIPOLARES DE


ART18 ISOLADORES (MT)
REFERÊNCIA TENSÃO [kv]
GTI 12 12
GTI 24 24
GTI 36 36

ART19 - ISOLADORES DE TRAVESSIA (MT)


ART19 REFERÊNCIA TENSÃO [kv]
TD 24 24 (s/ chapa)
TD 24C 24 (s/ chapa)
DT 24CV 24 (s/ chapa e
TD 36 vareta)
TD 36 C 36 (s/ chapa)
TD 36 CV 36 (s/ chapa)
36 (s/ chapa e
vareta)

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 151


LIGADORES

L1 L1 - LIGADOR DE ANEL PARA LINHAS NUAS


MT (TET) SECÇÃO [mm2]
REFERÊNCIA PRINCIPAL DERIVADO
CD74 APP (1530 20 - 70 AL 6/50 CU 20/60 AL
AGP) 60 - 235 AL 40 a 235 AL
CD74 AG (1535 16 - 70 CU 16/50 CU 20/60 AL
AA) 25 - 120 CU 16/120 CU 20/160AL
CD74 CPP (1530
AGP)
CD74 CGP (1535
AGP)

L2 - LIGADOR PARALELO PARA CONDUTORES


EM ALUMÍNIO
L2 REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2] PARAFUSOS
PRINCIPAL PRINCIPAL E PORCAS
LPA 10-50 I 10-50 10-50 Inox
LPA 10-50 A 10-50 10-50 Aço 8.8
LPA 20-90 I 20-90 20-90 Inox
LPA 20-90 A 20-90 20-90 Aço 8.8
LPA 50-120 I 50-120 50-120 Inox
LPA 50-120 A 50-120 50-120 Aço 8.8
LPA 35-185 I 35-185 35-185 Inox [3 paraf.]
LPA 35-185 A 35-185 35-185 Aço 8.8 [3 paraf.]
LPA 125 I 125 125 Inox
LPA 125 A 125 125 Aço 8.8
LPA 160 I 160 160 Inox
LPA 175 I 175 175 Inox
LPA 175 A 175 175 Aço 8.8
LPA 235 I 235 235 Inox
LPA 235 A 235 235 Aço 8.8
LPA 325 I 325 325 Inox
LPA 325 A 325 325 Aço 8.8

L3 - LIGADOR PARALELO BIMETÁLICO (AL/CU)


L3 REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2] PARAFUSOS
PRINCIPAL PRINCIPAL E PORCAS
LPB 70-25 I 16-70 6-25 Inox
LPB 70-25 A 16-70 6-25 Aço 8.8
LPB 70-50 I 16-70 6-50 Inox
LPB 70-50 A 16-70 6-50 Aço 8.8
LPB 120-95 I 16-120 10-95 Inox
LPB 120-95 A 16-120 10-95 Aço 8.8
LPB 150-95 I 25-150 10-95 Inox
LPB 150-95 A 25-150 10-95 Aço 8.8
LPB 185-50 I 95-185 35-50 Inox

L4 L4 - LIGADOR DE GARRA EM LATÃO (CU)


REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]
LGS 4-16/1P 4 a 16
LGS 4-16/2P 4 a 16
LGS 10-50/2P 10 a 50
LGS 25-95/2P 25 a 95
LGS 35-120/2P 35 a 120
LGS 50-150/2P 50 a 150
LGS 95-240/2P 95 a 240

152 | CATÁLOGO GERAL


LIGADORES

L5 - LIGADOR DE DERIVAÇÃO EM LATÃO (AL/CU)


L5 REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]
LPL 6-50 L 6 a 50
LPL 6-50 I 6 a 50
LPL 16-95L 16 a 95
LPL 16-95I 16 a 95
L6 - LIGADOR DE DERIVAÇÃO (AL/CU) PARA
REDES SUBTERRÂNEAS
SECÇÃO [mm2]
REFERÊNCIA PRINCIPAL DERIVADO
LDL 120-35 35 a 120 4 a 35
LDL 150-150 70 a 150 70 a 150
LDL 185-70 50 a 185 50 a 185
L6 LDL 240-240 95 a 240 50 a 240
L7 - PARAFUSOS EM AÇO-INOX
TERMINAL BIMETÁLICO DE APERTO POR
ESTRIBOS
REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2] PARAFUSOS
PRINCIPAL PRINCIPAL E PORCAS
TBE 18-40 I 18-40 1 furo 1 abraçad. Inox
L7
TBE 35-110 I 35-110 1 furo 2 abraçad. Inox
TBE 35-110 A 35-110 1 furo 2 abraçad. Aço 8.8
TBE 35-110 35-110 2 furos 2 abraçad. Inox
I - 2F 75-150 1 furo 3 abraçad. Inox
TBE 75-150 I 75-150 1 furo 3 abraçad. Aço 8.8
TBE 75-150 A 75-235 2 furos 3 abraçad. Inox
TBE 75-235 I

L8 - LIGADOR LÍNGUA DE GATO


REFERÊNCIA SECÇÃO [mm2]
LGL Longitudinal 10 a 25
LGLD União 10 a 25
L8 LGMD Derivação em T 10 a 25
LGT Transversal 10 a 25
LGTD União Paral. 10 a 25
LGTT Triplo 10 a 25

L9 - LIGADOR DE COBRE TIPO “C”


REFERÊNCIA PRINCIPAL DERIVADO
MAX. MIN. MAX.
LCTC 1 4 2.5 4
L9 LCTC 2 10 6 6
LCTC 3 25 10 6
LCTC 4 25 16 10
LCTC 5 25 16 25
LCTC 6 35 35 25
LCTC 7 35 35 35
LCTC 8 70 50 35
LCTC 9 70 50 70
LCTC 10 95 70 35
LCTC 11 95 70 70
LCTC 12 95 95 95
LCTC 13 120 120 120
LCTC 14 185 150 95
LCTC 15 150 150 150
LCTC 16 185 120 185

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 153


TERMORRETRÁTEIS

T1 T1 - MANGAS TERMORRETRÁCTEIS DE PARE-DE


DUPLA C/ ADESIVO TERMOFUSIVEL NO INTERIOR
CAPACIDADE DE RETRACÇÃO 3 PARA 1
RETRACÇÃO

REFERÊNCIA ANTES APÓS


[mm] [mm]
TDW3180 3/1-00 3 1
TDW3180 6/2-00 6 2
TDW3180 9/3-00 9 3
TDW3180 12/4-00 12 4

T2 - MANGA TERMORRETRÁCTIL PAREDE FINA


FLEXÍVEL CAPACIDADE DE RETRAC-ÇÃO 2
PARA 1

X=COD. COR REFERÊNCIA RIGIDEZ DIAMETROS


Preto - 00 X=COD. COR DIELÉCTRICA APLICÁVEIS
Vermelho - 02 KV / mm mm
Amarelo - 04 CP 221 / FP 1,2 - X 20 1,2 a 0,6s
Azul - 06 CP 221 / FP 1,6 - X 20 1,6 a 0,8
T2 Transparente - 10 CP 221 / FP 2,4 - X 20 2,4 a 1,2
CP 221 / FP 3,2 - X 20 3,2 a 1,6
CP 221 / FP 4,8 - X 20 4,8 a 2,4
CP 221 / FP 6,4 - X 20 6,4 a 3,2
CP 221 / FP 9,5 - X 20 9,5 a 4,7
CP 221 / FP 12,7 - X 20 12,7 a 6,4
CP 221 / FP 19,1 - X 20 19,1 a 9,5
CP 221 / FP 25,4 - X 20 25,4 a 12,7
CP 221 / FP 38,1 - X 20 38,1 a 19,1
CP 221 / FP 50,8 - X 20 50,8 a 25,4
CP 221 / FP 76,2 - X 20 76,2 a 38,1
CP 221 / FP 101,6 - X 20 101,6 a 50,8

T3
T3 - CAPACETES TERMORRETRÁTEIS COM
ADESIVO TERMOFUSÍVEL NO INTERIOR

APLICAÇÃO
CABOS DE 0,6/1 KV
REFERÊNCIA SECÇÃO TIPO DE
[mm²] CABO
CAP 12-4 6 a 35 Torçada
CAP 20-7,5 25 a 70 Torçada
2x10 VAV
REFERÊNCIA Ø APLICÁVEIS CAP 40-15 2x16 a 4x25 LSVAV
CABOS DE 0,6/1KV 4x35 a 4x50 LSVV
CAP 10-4R 4 a 9 mm 3x95+50 VAV
CAP 20-8R 9 a 17 mm CAP 63-25 4x95-120 LSVAV
CAP 35-15R 15 a 30 mm 1x380 LSVV
CAP 55-25R 25 a 47 mm CAP 76-30 4x150 VAV
CAP 73-30R 30 a 62 mm 4x300 LSVAV
LSVV
CAP 100-45 3x185+95+16 VAV
LSVAV
LSVV

154 | CATÁLOGO GERAL


TERMORRETRÁTEIS

T2 - EXTREMIDADES TERMORRETRÁTEIS
T2
COM ADESIVO TERMOFUSÍVEL NO INTERIOR
REFERÊNCIA Nº DE SECÇÃO
CONDUTORES [mm²]
E2R 2,5 - 50 2 2,5 a 50
E3R 2,5 - 50 3 2,5 a 50
E4R 2,5 - 50 4 2,5 a 50
E4R 50 - 185 4 25 a 150
E4R 120 - 400 4 50 a 185
REFERÊNCIA Nº DE SECÇÃO
CONDUTORES [mm²]
E2W 30 - 12 2 2,5 a 50
E4W 35 - 15 4 2,5 a 35
E4W 60 - 25 4 50 a 185
T3

T3 - TUBOS TERMORRETRÁTEIS FECHADOS


(SEMI-RIGIDOS) COM ADESIVO TERMO-
FUSÍVEL RETRACÇÃO

REFERÊNCIA ANTES APÓS


[mm] [mm]
MSA 12/3-1000 12 3
MSA 19/6-1000 19 6
MSA-R 30/8-1000 30 8
MSA 40/12-1000 40 12
MSA 50/16-1000 50 16
MSA 63/19-1000 63 19
MSA 75/22-1000 75 22
MSA 95/30-1000 95 30
MSA 115/34-1000 120 36
T4
T4 - MANGAS ABERTAS TERMORRETRÁ-
TEIS COM FECHO POR CALHA METÁLICA
RETRACÇÃO

REFERÊNCIA ANTES APÓS


[mm] [mm]
WAC 43/8-1000 43 8
WAC 75/22-1000 75 22
WAC 105/3-1000 105 30
WAC 146/38-1000 146 38
WAC 164/50-1000 164 50

T5 - JUNTAS TERMORRETRÁTEIS PARA LIGA-


ÇÃO TOPO A TOPO DOS CONDUTORES DE
CABOS SECOS B.T. 0,6/1KV
T5 DESIGNAÇÃO SECÇÕES
ADMISSIVEIS
[mm²]
JTL2X1,5-4 1,5 a 4
JTL3X1,5-4 1,5 a 4
JTL4X1,5-4 1,5 a 4
JTL4X4-16 4 a 16
JTL4X10-50 10 a 50
JTL4X50-95 50 a 95
JTL4X95-240 50 a 95
JTL4X240-400 240 a 400

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 155


ACESSÓRIOS DE FIXAÇÃO

AF1 - ABRAÇADEIRA DE GARRA EXTENSÍVEL


AF1 REFERÊNCIA Ø CABO [mm]
AGE 16/20 Até 20
AGE 32/40 20 a 40
AGE 52/62 40 a 62

AF2 - FIVELAS EM AÇO INOX


MATERIAL
Aço Inox - AISI 304
AF2 REFERÊNCIA LARGURA [“] EMBALAGEM
FV-3/8 3/8 50 unidades
FV-1/2 1/2 50 unidades
FV-5/8 5/8 50 unidades
FV-3/4 3/4 50 unidades

AF3 - MÁQUINA DE CINTAR


REFERÊNCIA
FER.FAI
AF3
AF4 - FITA E FIVELAS EM AÇO INOX ISOLADA

AF5 - ABRAÇADEIRA DE SERRILHA E


SUPORTES
AF4 AF5
REFERÊNCIA TIPO
AS200X4,8 abraçadeira [brida] 200 x 4,8 mm
AS200X7,6 abraçadeira [brida] 200 x 7,6 mm
AS300X4,8 abraçadeira [brida] 300 x 4,8 mm
AS300X7,6 abraçadeira [brida] 300 x 7,6 mm
AS370X7,6 abraçadeira [brida] 370 x 7,6 mm
SRAS Suporte Roscado (Taco)

AF6 - FITA AÇO INOX TIPO BAND-IT


AF6 CARACTERISTICAS TÉCNICAS
REFERÊNCIA COMPRIM. LARGURA ESPESSURA
[mm] [mm] [mm]
LM 304.08.03L 200 0,8 200 0,3
LM 304.08.03L 350 0,8 350 0,3
LM 304.08.03L 500 0,8 500 0,3

AF7 - SUPORTE FIXAÇÃO CABO TORÇA-DA


REDE APOIADA SUPORTE FIXAÇÃO
u REFERÊNCIA: CIMEL 16-70
AF7
AF8 AF8 - SUPORTE FIXAÇÃO
u REFERÊNCIA: TC 357; TC359E
MATERIAL ESPESSURA
Aço Inox - AISI 304 0.7 mm
REFERÊNCIA LARGURA [“] COMP. [m]
FAI-3/8 3/8 30.5
FAI-1/2 1/2 30.5
FAI-5/8 5/8 30.5
FAI-3/4 3/4 30.5

156 | CATÁLOGO GERAL


ACESSÓRIOS DE FIXAÇÃO

AF9 AF9 - ABRAÇADEIRAS METALICAS ANTI-


MAGNETICAS LIGAREX

AF10 - ABRAÇADEIRAS EM NYLON 6 : 6


FIXA-ÇÃO POR DENTE METÁLICO
CARACTERISTICAS TÉCNICAS
REFERÊNCIA Ø APLICÁVEIS COMPRIM. LARGURA CARGA DE
[mm]3 [mm] [mm] RUTURA [N]
TY 23 M 2-16 92 2,4 80
#M - COR NATURAL TY 23 MX 2-16 92 2,4 80
#MX - COR PRETA TY 24 M 2-29 140 3,6 180
TY 24 MX 2-29 140 3,6 180
TY 25 M 3,5-45 186 4,8 220
TY 25 MX 3,5-45 186 4,8 220
AF10 TY 26 M 2-76 281 3,6 180
TY 26 MX 2-76 281 3,6 180
TY 27 M 6-90 338 7,6 540
TY 27 MX 6-90 338 7,6 540
TY 28 M 3,5-102 360 4,8 220
TY 28 MX 3,5-102 360 4,8 220
TY 29 M 6-229 762 7,0 540
TY 29 MX 6-229 762 7,0 540
TY 51 M 10-51 210 2,4 80
TY 53 M 2-16 102 2,4 80
TY 253 M 3,5-78 293 4,8 220
TY 272 M 6-50 290 7,6 540
TY 272 MX 6-50 290 7,6 540

AF11 - ABRAÇADEIRAS EM NYLON 6 : 6


FIXAÇÃO POR DENTE PLÁSTICO

CARACTERISTICAS TÉCNICAS

#M - COR NATURAL REFERÊNCIA Ø APLICÁVEIS COMPRIM. LARGURA CARGA DE


AF11 #MX - COR PRETA [mm]3 [mm] [mm] RUTURA [N]
TYP 23 M 2-16 92 2,4 80
TYP 23 MX 2-16 92 2,4 80
TYP 24 M 2-29 140 3,6 180
TYP 24 MX 2-29 140 3,6 180
TYP 25 M 3,5-45 186 4,8 220
TYP 25 MX 3,5-45 186 4,8 220
TYP 26 M 2-76 281 3,6 180
TYP 26 MX 2-76 281 3,6 180
TYP 27 M 6-90 338 7,6 540
TYP 27 MX 6-90 338 7,6 540
TYP 28 M 3,5-102 360 4,8 220
TYP 28 MX 3,5-102 360 4,8 220
TYP 29 M 6-229 762 7,0 540
TYP 29 MX 6-229 762 7,0 540
TYP 253 M 3,5-78 293 4,8 220
TYP 253 MX 3,5-78 293 4,8 220
TYP 272 M 6-50 290 7,6 540
TYP 272 MX 6-50 290 7,6 540

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 157


TERMORRETRÁTEIS

T13 T13 - CAIXA DE JUNÇÃO EM RESINA


POLIURE-TÂNICA BICOMPONENTE TERMO-
ENDURECEDENTE P/ REDE SUBTER-RANEA,
APLICAVÉL EM QUALQUER TIPO DE CABO BT
(O,6/1KV) APLICÁVEIS
REFERÊNCIA DIAM. EXT. SECÇÕES
CABOS [mm] [mm²]
GLU 0112 8 a 22 2x1,5 a 2x16
4x1,5 a 4x10
GLU 0113 14 a 35 2x4 a 2x95
GLU 0115E 4x16 a 4x50
GLU 0116 28 a 50 4x35 a 4x120
GLU 0117 30 a 55 4x120 a 4x185
GLU 0118 48 a 72 4x150 a 4x300

T14 T14 - CAIXA DE DERIVAÇÃO TANGENCIAL


SIMPLES TIPO Y EM RESINA
POLIURETÂNICA BICOMPONENTE
TERMOENDURECEDENTE P/ REDE
SUBTERRANEA, APLICAVÉL EM
QUALQUER TIPO DE CABO BT (O,6/1kV)
APLICÁVEIS
REFERÊNCIA DIAM. EXT. SECÇÕES
CABOS [mm] [mm²]
GDU 0111 6 a 23 4x1,5 a 4x10
2x1,5 a 2x95
GDU 0113 10 a 34 4x1,5 a 4x50
GLU 0114 12 a 46 4x10 a 4x120
GLU 0115 14 a 55 4x150 a 4x185
GLU 0116 18 a 70 4x185 a 4x300

T15
T15 - RESINA BICOMPONENTE POLIURE-
TÂNICA REFERÊNCIA EMBALAGEM3
6
FUREPUR LATA
F700N 5Kg
ELCORES BOLSA
71/420 420gr
T16
T16 - CAIXAS DE JUNÇÃO TERMORRE-
TRÁCTEISP/ CABOS MONOPOLARES
SECOS M.T.
Grau de Isolamento 6/10kV (12kV), 8,7/15kV
(17,5kV), 12/20kV (24kV) ou 18/30kV (36kV)
DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA
Umax. kV [mm²]
Cx Junção 8,7/15kV e/ou 12/20 kV 24 35 a 120 GLS 1585/PN 1x120
Cx Junção 8,7/15kV e/ou 12/20 kV 24 150 a 240 GLS 1585/PN 1x240
Cx Junção 18/30 kV 36 35 a 120 GLS 3085/PN 1x120
Cx Junção 18/30 kV 36 150 a 240 GLS 3085/PN 1x240

158 | CATÁLOGO GERAL


TERMORRETRÁTEIS
T17 - CAIXA DE JUNÇÃO TRIPOLAR
TERMORRETRÁCTIL P/ CABO MONOCHUM-
BO PAPEL/ÓLEO CAMPO RADIAL DO TIPO
T17
PHCAV. Grau de Isolamento 8,7/15kV (17,5kV)
OU 12/20kV (24kV) OU 18/30kV (36kV)
DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA
Umax. kV [mm²]
Cx Junção tripolar para 17,5 3x16-95 GLC 1563E-3x16-95
Cabo de papel PHCAV

T18 - CAIXA DE JUNÇÃO TRIPOLAR TER-


MORRETRÁCTIL P/ CABO TRICHUMBO
PAPEL/ÓLEO CAMPO RADIAL DO TIPO
PCIAV. Grau de Isolamento 8,7/15kV
(17,5kV), 12/20kV (24kV) ou 18/30kV (36kV)
T18 DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA
Umax. kV [mm²]
Cx Junção tripolar para 36 3x95 GLC 3064E-3x95
Cabo de papel PCIAV
T19 - CAIXA DE TRANSIÇÃO EM RESINA
INJETADA A ALTA PRESSÃO ENTRE CABO
TRI-POLAR MONOCHUMBO PAPEL/ÓLEO DO
TIPO PCAV, CAMPO NÃO RADIAL & 3 CABOS
MONOPOLARES SECOS 6/10kV (12kV)
DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA
Umax. kV [mm²]
T19 Cx de transição 3x75
trípolar em Resina 10 a GLM 1060K75C120A
p/ cabo papel/PCAV& 3x1x120
3 cabos secos de M.T.
Cx de transição 3x95
tripolar em Resina 10 a GLM 1060K95C240A
p/ cabo papel/PCAV& 3x1x240
3 cabos secos de M.T.
Cx de transição 3x150
tripolar em Resina 10 a GLM 1060K150C240A
p/ cabo papel/PCAV& 3x1x240
3 cabos secos de M.T.

T20 - CAIXA TRANSIÇÃO TERMORRETRÁC-


TIL ENTRE CABO TRIPOLAR MONOCHUM-
T20
BO PAPEL/ÓLEO, CAMPO RADIAL OU NÃO
RADIAL DO TIPO PHCAV / PCAV & 3 CABOS
MONOPOLARES SECOS, COM INCLUSÃO
DAS UNIÕES BIMETÁLICAS, NORMA EDF HN -
68.S.90
DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA
Umax. kV [mm²]
Cx de transição trípolar
T/R cabo papel-PHCAV 3x16-35 Cu
& 3 cabos secos c/ 17,5 & GLM 1566E 35C120A
reforço do isolamento 3x1x120 Al
de papel
Cx de transição trípolar 3x50-95 Cu
T/R cabo papel-PHCAV 17,5 & GLM 1566E 95C120-240
& 3 cabos secos 3x1x120-240 Al

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 159


TERMORRETRÁTEIS

T21 - CAIXAS TERMINAIS TERMORRETRÁC-


T21 TEIS DE INTERIOR P/ CABOS MONOPOLARES
SECOS M.T.. Grau de Isolamento 8,7/15kV
(17,5kV) OU 12/20kV (24kV); 18/30 kV (36 kV)

DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA


Umax. kV [mm²]
Cx Term. Interior 8,7/15kV 17,5 35 a 120 TIS 1582/PN 1x120 mm²
Cx Term. Interior 8,7/15kV 17,5 150 a 240 TIS 1582/PN 1x240 mm²
Cx Term. Interior 18/30kV 36 35 a 120 TIS 3082/PN 1x120mm²
Cx Term. Interior 18/30kV 36 150 a 240 TIS 3082/PN 1x240mm²

T22
T22 - CAIXAS TERMINAIS TERMORRE-
TRÁCTEIS DE EXTERIOR P/ CABOS
MONOPOLARES SECOS M.T. Grau de
Isolamento 6/10 (12kV), 8,7/15kV (17,5kV)
ou 12/20kV (24kV); 18/30kV (36kV)
DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA
Umax. kV [mm²]
Cx Term. Exterior 8,7/15kV 17,5 35 a 120 TES 1584/PN 1x120 mm²
Cx Term. Exterior 8,7/15kV 17,5 150 a 240 TES 1584/PN 1x240 mm²
Cx Term. Exterior 18/30kV 36 35 a 120 TES 3084/PN 1x120mm²
T23 Cx Term. Exterior 18/30kV 36 150 a 240 TES 3084/PN 1x240mm²

T23 - CAIXA TERMINAL TRIPOLAR TERMOR-


RETRÁCTIL P/ CABO PAPEL ÓLEO DO TIPO
PCAV (J), PHCAV (J) DE M.T. Grau de Isolamento
6/10 (12kV), 8,7/15kV (17,5kV) ou 12/20kV (24kV)

DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA


Umax. kV [mm²]
35
Cx Term. Interior 8,7/15kV 17,5 50 TIC 1557/PN 3x16-95
95
35
Cx Term. Interior 8,7/15kV 17,5 50 TEC 1559/PN 3x16-95
95

T24
T24 - CAIXA TERMINAL TRIPOLAR TERMOR-
RETRÁCTIL P/ CABO TRICHUMBO PAPEL ÓLEO
DO TIPO PCIAV (J), CAMPO RADIAL. Grau de
Isolamento 18/30 kV (36kV)
DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA
Umax. kV [mm²]
35 TIC 3091/PN
Cx Term. Interior 18/30kV 36 50 3x1x35 a
95 3x1x95
35 TEC 3092/PN
Cx Term. Interior 18/30kV 36 50 3x1x35 a
95 3x1x95

160 | CATÁLOGO GERAL


TERMORRETRÁTEIS

T25 - CAIXAS TERMINAIS AUTORRETRÁC-


TEIS “ A FRIO “ DE INTERIOR P/ CABOS
MONOPOLARES SECOS M.T. Grau de
Isolamento 8,7/15kV (17,5KV) OU 12/20kV
(24kV); 18/30kV (36kV)
T25 DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA
Umax. kV [mm²]
Cx Term. Interior 17,5 ou 35 a 120 ECOLD TIS 2473 N/E
8,7/15kV ou 12/20 kV 24 1x120 mm²
Cx Term. Interior 17,5 ou 150 a 240 ECOLD TIS 2473 N/E
8,7/15kV ou 12/20 kV 24 1x240 mm²
Cx Term. Interior 36 35 a 120 ECOLD TIS 3673 N/E
18/30 kV 1x120mm²

T26- CAIXAS TERMINAIS AUTORRETRÁC-


TEIS “ A FRIO “ DE EXTERIOR P/ CABOS
MONOPOLARES SECOS M.T. Grau de
Isolamento 8,7/15kV (17,5kV) ou 12/20kV
(24kV); 18/30kV (36kV)
DESIGNAÇÃO TENSÃO SECÇÃO REFERÊNCIA
Umax. kV [mm²]
Cx Term. Exterior 17,5 ou 35 a 120 ECOLD TES 2473 N/E
8,7/15kV ou 12/20 kV 24 1x120 mm²
Cx Term. Exterior 17,5 ou 150 a 240 ECOLD TES 2473 N/E
8,7/15kV ou 12/20 kV 24 1x240 mm²
Cx Term. Interior 36 35 a 120 ECOLD TES 3673 N/E
18/30 kV 1x120mm²
T27
T27 - TERMINAL DE COMPRESSÃO EM
COBRE MACIÇO NORMA DIN 46235
SECÇÃO REFERÊNCIA
[mm²]
50 TM Cu/Sn 50-10
70 TM Cu/Sn 70-12,8
95 TM Cu/Sn 95-12,8
120 TM Cu/Sn 120-12,8
150 TM Cu/Sn 150-12,8
185 TM Cu/Sn 185-12,8
240 TM Cu/Sn 240-12,8

T28 - TERMINAL DE COMPRESSÃO BIME-


TÁLICO (Al/Cu) NORMA E.D.F. - HN 68.S.90
T28 SECÇÃO REFERÊNCIA
[mm²]
35 T Al/Cu 35-12,8
50 T Al/Cu 50-12,8
70 T Al/Cu 70-12,8
95 T Al/Cu 95-12,8
120 T Al/Cu 120-12,8
150 T Al/Cu 150-12,8
185 T Al/Cu 185-12,8
240 T Al/Cu 240-12,8

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 161


TERMORRETRÁTEIS

T29 - UNIÃO DE COMPRESSÃO E REDUÇÃO


BIMETÁLICA AL/CU NORMA E.D.F. - HN 68.S.90
T29
SECÇÃO [mm²] REFERÊNCIA COMPRIM.
Al Cu [mm]
120 16 Y4RR120A16C 133,0
120 25 Y4RR120A25C 133,0
120 50 Y4RR120A50C 133,0
120 95 Y4RR120A95C 133,0
240 50 Y4RR120A50C 143,5
240 95 Y4RR120A95C 143,5
240 150 Y4RR120A150C 143,5

T30- TERMINAL TERMORRETRACTIL P/ ISOLA-


MENTO DAS LIGAÇÕES AOS TERMINAIS DOS
TRANSFORMADORES MONOBLOCO
CABOS MONOPOLARES
REFERÊNCIA DIAM. CABOS TENSÃO MÁX.
[mm] [kV]
T31
RAB 01 18 a 36 6 a 36 kV
RAB 02 25 a 50 6 a 36 kV

T31 - TRANÇA EM COBRE ESTANHADO DE


LIGAÇÃO À TERRA
REFERÊNCIA LARGURA SECÇÃO
mm [mm²]16
Cu 16 mm² 16 16

T32 - TERMINAL DE COMPRESSÃO BIME-


TÁLICO (Al/Cu) PRÉ ISOLADO
SECÇÃO REFERÊNCIA
[mm²]
T32
16 CPTAU 16
25 CPTAU 25
50 CPTAU 50
70 CPTAU 70
T33 - UNIÃO DE COMPRESÃO PRÉ ISOLADA
SECÇÃO REFERÊNCIA
[mm²]
16 MJPT 16
25 MJPT 25
50 MJPT 50
70 MJPT 70

T34 - UNIÃO DE COMPRESSÃO EM ALUMÍNIO


T33 ESTANHADO NORMA E.D.F. - HN 68.S.90
SECÇÃO REFERÊNCIA COMP
[mm²] [mm]
50 Y4SR 50A 106,5
70 Y4SR 750A 106,5
95 Y4SR 95A 106,5
120 Y4SR 120A 133
150 Y4SR 150A 133
185 Y4SR 185A 143,5
240 Y4SR 240A 143,5

162 | CATÁLOGO GERAL


TERMORRETRÁTEIS

T35 T35 - UNIÃO DE COMPRESSÃO EM COBRE


TUBULAR ESTANHADO
SECÇÃO REFERÊNCIA COMP
[mm²] [mm]
T36 35 UT Cu/Sn 35-107 107
50 UT Cu/Sn 50-107 107
70 UT Cu/Sn 70-107 107
95 UT Cu/Sn 95-107 107
120 UT Cu/Sn 120-133 133
150 UT Cu/Sn 150-133 133
185 UT Cu/Sn 185-144 144
240 UT Cu/Sn 240-144 144

T36- UNIÃO DE COMPRESSÃO EM COBRE


MACIÇO ESTANHADO
T37 SECÇÃO REFERÊNCIA COMP
[mm²] [mm]
50 UM Cu/Sn 50-107 107
70 UM Cu/Sn 70-107 107
95 UM Cu/Sn 95-107 107
120 UM Cu/Sn 120-133 133
150 UM Cu/Sn 150-133 133
185 UM Cu/Sn 185-144 144
240 UM Cu/Sn 240-144 144

T37 - GHIBLI 700


u CARACTERISTICAS GERAIS: Maçarico de
chama ou ar quente funcionamento a gás
liquido.
Capacidade de emanar ar quente suficiente
para retrair tubos termorretracteis c/ espessura
de parede fina, média e grossa.
T38 u O KIT CONTÉM: 3 Queimadores,1
Punho Piezoeletrico, 1 Tubo Flexível com o
comprimento de 2m, Redutor rosca de gás 3/8”
– M14x1
u CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:
Retracção através chama (alaranjada)
• Aquecimento efectivo 11.600W
• Consumo de gás 900 g/h
Retracção ar quente
Bainha Exterior Semicondutor Pelável Isolamento
• Aquecimento efectivo 700ºC
• Consumo de gás 140 g/h
Soldadura entre metais
• Aquecimento efectivo 3100 W
• Consumo de gás 240 g/h

T38 - DESCARNADORES P/ CABOS ISOLA-


DOS C/ DIELECTRICO EXTRUDIDO SECO DE
MT DESIGNAÇÃO APLICAÇÃO

Bainha exterior
MF3 Semicondutor pelável
Isolamento
ASC Semicondutor não pelável

ACESSÓRIOS ELÉTRICOS | 163


TERMORRETRÁTEIS
T39 - FERRAMENTAS
T39 DESIGNAÇÃO APLICAÇÃO
Alicate de aperto
T-50000E Conectores Telecom Uyb
Alicate de aperto
ERG-299 Abraçadeiras
Pistola de marcação
T-50000E ERG-299 ID 400 ID 400 Etiquetas Bandit
Pistola de injeção de
PS0010 Resina
Alicate de aperto
ELCOSUD Fita Ligarex

ELCOSUD PS0010
T40 - FITA ISOLADORA EM PVC (ISOLA-
MENTO DE CONDUTORES BT)
REFERÊNCIA MEDIDAS COR
T40 19x25 P 19 mm x 25 m Preta
19x25 A Amarela
19x25 A/V Amarelo/Verde
19x25 V Verde
19x25 A Azul
19x25 E Vermelha
19x25 C Castanha

REDE E FITA DE SINALIZAÇÃO DE CABOS E CONDUTAS ENTERRADOS E DELIMITAÇÃO DE OBRAS


RFSC1 - REDE DE DELIMITAÇÃO DE OBRAS
RFSC1 u Ref: RL; Cor: laranja; Comp.: 50m; Larg.: 1m

RFSC2 - REDE DE SINALIZAÇÃO


REF. UTILIZAÇÃO COR COMP. [m] LARG. [m]
RFSC2 RSVM Eletricidade Vermelha 100 0.30
RSV Telecomunicações Verde 100 0.30
RSA Água Azul 100 0.30
RSC Esgotos Castanha 100 0.30
RFSC3 RSA Gás Amarela 100 0.30

RFSC3 - FITA SINALIZAÇÃO COM MARCAÇÃO


EDP
RFSC4 u Ref: FS; Utilização: Electricidade; Cor: Vermelha
(base) e Preta (impressão); Comp.: 500m; Larg.: 0,20m.

RFSC4 - FITA SINALIZAÇÃO DE OBRAS


RFSC5
u Ref: FS-VB; Cor: Vermelha/Branca; Comp.: 500m;
Larg.: 0,08m.

RFSC5 -PLACAS DE SINALIZAÇÃO PARA


RFSC6 QUADROS ELÉTRICOS E PT’S
u Material: Aluminio opaco; Cor: Amarela;
Dimensões.:148x148.

RFSC6 - PLACAS PPC PARA COBERTURA


CABOS ELÉTRICOS
u Ref: PPC; Material: Politileno alta densidade; Cor:
Amarela; Comp.: 1000m; Larg.: 250m; Ø: 2mm.

164 | CATÁLOGO GERAL


Ferramenta Isolada
Isolamento dos Condutores
Shunts e Acessórios para BY-PASS
Equipamentos para MT
Elevador Hidraúlico e Barquinha Isolante

TRABALHOS EM TENSÃO
FERRAMENTAS ISOLADAS PARA TRABALHOS EM TENSÃO - 1000 V

Certificado conforme as normas


IEC 60900-2004 e VDE

FITT1
FITT1 - ALICATE UNIVERSAL EM AÇO CRV

FITT2

FIPTT2 - ALICATE DE CORTE LATERAL

FITT3 - ALICATE DE PONTAS CHATAS


FITT3

FITT4 - ALICATE DE PONTAS REDONDAS


FITT4

FITT5

FITT5 - ALICATE CORTA CABOS


A forma das pontas facilita o corte de cabos e cobre;
não corta almelec e fio de aço duro.

FITT6 - ALICATE CORTA CABOS


COM CREMALHEIRA
Corta cabos de cobre e de alumínio.

FITT6 FITT7

FITT7 - ALICATE DE DESNUDAR

166 | CATÁLOGO GERAL


FERRAMENTAS ISOLADAS PARA TRABALHOS EM TENSÃO - 1000 V

FITT8 FITT8 - CHAVE FRANCESA

FITT9

FITT9 - CHAVES DE FENDAS

FITT10

FITT10 - CHAVES PHILIPS

FITT11 FITT11 - SERROTE ISOLADO


Comprimento: 460mm. Peso: 650g.

FITT12 - TESOURA
FITT12

FITT13 - FACA ISOLADA DIREITA

FITT13

FITT14 - FACA ISOLADA CURVA COM


BLOQUEIO DE PROFUNDIDADE
FITT14

TRABALHOS EM TENSÃO | 167


FERRAMENTAS ISOLADAS PARA TRABALHOS EM TENSÃO - 1000 V
FITT15 - CHAVE DE BOCAS

FITT15

FITT16 - CHAVE DE LUNETA COTOVELO


FITT16

FITT17

FITT17 - CHAVE DE LUNETA COM ROQUETE

FIPTT18 - CHAVE HEXAGONAL EM T


FITT18

168 | CATÁLOGO GERAL


FERRAMENTAS ISOLADAS PARA TRABALHOS EM TENSÃO - 1000 V

FIPTT19 - CHAVES DE BOCAS EXTERIOR EM


CRUZ
FITT19

FITT20

FIPTT20 - CHAVES DE ROQUETE 1/2” 3/8”

FIPTT21 - CHAVES DE ROQUETE


FITT21 DINAMOMETRICA
Comprimento: 360mm. Peso: 740g.

FITT22 FIPTT22 - CHAVE SEXTAVADA INTERIOR

FIPTT23 - CHAVE SEXTAVADA INTERIOR


LONGA

FITT23 FIPTT24 - CHAVE DE CAIXA 1/2”

FITT24

TRABALHOS EM TENSÃO | 169


FERRAMENTAS ISOLADAS PARA TRABALHOS EM TENSÃO - 1000 V

FIPTT24 - CHAVE DE CAIXA 3/8”


FITT24

FITT25

FIPTT25 - JOGO DE CHAVES DE CAIXA 3/8”

FITT26
FIPTT26 - JOGO DE CHAVES DE CAIXA 1/2”

FIPTT27 - PROLONGADOR 1/2” e 3/8”


FITT27

170 | CATÁLOGO GERAL


FERRAMENTAS ISOLADAS PARA TRABALHOS EM TENSÃO - 1000 V

FITT28 FIPTT28 - TALHA ISOLANTE


Comprimento da corda: 25m.
250 daN: Diâmetro da corda: 10mm. Peso: 3100g
500 daN: Diâmetro da corda: 10mm. Peso: 3100g

FIPTT29 - CORDA DE SERVIÇO COM 2


FITT29 GANCHOS
Comprimento da corda variável, conforme pedido do
cliente.
Capacidade:100 daN
Diâmetro da corda: 10mm
Peso: 1600g
50 daN nos ganchos

FITT30
FIPTT30 - FIPTT45 - GANCHO PARA CORDA
DE SERVIÇO 50daN
Totalmente isolado
Capacidade: 50N
Diâmetro: 16mm. Peso: 45g

FITT31 FIPTT31 - PRENSA 12 TON HIDRAULICA


TOTALMENTE ISOLADA PARA TET
Gama de 16 a 300 mm
Peso: 5,5g

FIPTT32 - ABRAÇADEIRA DE ANEIS


FITT32 Comprimento: 900mm. Peso: 1000g
Para pendurar no poste ferramenta, corda de serviço,
varas, etc.

FIPTT33 - CUNHAS ISOLANTES


Para linhas aréras e subterrâneas.
Diâmetro da ligação: 4mm
Comp.: 1000mm
FITT33
Peso: 130g

TRABALHOS EM TENSÃO | 171


FERRAMENTAS ISOLADAS PARA TRABALHOS EM TENSÃO - 1000 V

FIPTT34 - RÃS / GAFANHOTO PARA


TRACÇÃO DE CABOS
FITT34 Especialmente concebida para TET com anel e patilha que
evita que o gafanhoto saia da linha e para ser segurado
pela vara.
Pequeno: 6-55 mm2 (2-9,45 mm)
Médio: 20-120 mm2 (5-14 mm)
Grande: 110-200 mm2 (13-18 mm)

FIPTT35 - ETMT1 - TESOURA CORTA CABOS


FITT35 u Cortar parafusos de aço de alta resistência e corrente
de até 9,5 mm.
u Alças em fibra de vidro.
u Comprimento total 610 mm.
u Pegas em vinil.

FIPTT36 - ESCOVA PARA COBRE E


FITT37 ALUMINIO
FITT36
Escova de condutores para BT
Largura: 65mm
Peso: 170g

FIPTT37 - RABO DE PORCO COM TERMINAL


FITT38 UNIVERSAL

FIPTT38 - PINCEL ISOLANTE GRANDE /


FITT39 PEQUENO
Para limpeza de armários ou quadros
Diâmetro: 18mm /10mm
Comprimento: 240mm / 210mm
Peso: 41g / 18g

FIPTT39 - PUNHO SACA FUSIVEIS


Comprimento: 350mm
Peso: 410g

ISOLAMENTO DOS CONDUTORES PARA INTERVENÇÃO

ICPI1 - CAPUZ ISOLANTE


Diâmetro: 19mm. Comprimento: 96mm. Peso: 8g
ICPI1 Diâmetro: 24mm. Comprimento: 106mm. Peso: 10g
Diâmetro: 33mm. Comprimento: 124mm. Peso: 20g
Diâmetro: 49mm. Comprimento: 158mm. Peso: 40g
Diâmetro: 62mm. Comprimento: 175mm. Peso: 80g
Diâmetro: 83mm. Comprimento: 195mm. Peso: 150g

172 | CATÁLOGO GERAL


ISOLAMENTO DOS CONDUTORES PARA INTERVENÇÃO

ICPI2 ICPI2 - CAPUZ PARA ISOLADORES BT


Diâmetro: 120mm
Espessura: 2mm
Comprimento: 335mm
Altura: 180mm
ICPI3 Peso: 415g

ICPI3 - PROTECTOR ISOLANTE PARA


CONDUTORES BT
Diâmetro: 16mm
ICPI4 Comprimento: 1375mm
Peso: 300g

ICPI4 - ENCERADO PARA TET


Várias dimensões: 3x2m
3x4m
3x6m

ICPI5 ICPI5 - TAPETE ISOLANTE


Espessura: 3mm. 30 Kv
Espessura: 4,5 mm. 36 Kv
Espessura: 6mm. 40 Kv
Medidas standart: 1x0,6m
ICPI6 Outras medidas segundo especificação do cliente.

ICPI6 - MANTA VINILICA


Espessura: 0,3mm
Largura: 1300mm
Rolos de 12,5m e 25m

ICPI7 ICPI7 - TELA VINILICA


Espessura: 0,3mm
Largura: 100mm

ICPI8 - SACO PARA PERFIL ISOLANTE


Profundidade: 1200mm
ICPI8 Diâmetro: 300mm
Peso: 750g

ICPI9 - SACO CAPUZ ISOLANTE


ICPI9 Profundidade: 600mm
Diâmetro: 400mm
Peso: 530g

ICPI10 - MOLA BT SEM PARTES METÁLICAS


ICPI10 NO EXTERIOR
Abertura: 40mm
Comprimento: 165mm
Peso: 60g
1000V

TRABALHOS EM TENSÃO | 173


“SHUNTS” E ACESSÓRIOS PARA “BY-PASS”

Material isolante, especialmente concebido


SABP1 para os TET-BT (até 250A)

SABP1 - PINÇA BEROMET PARA


HEXAGONO 6 FACES 17/19 mm2
SABP2
(3214)

SABP2 - PINÇA BEROMET Nº2 (3215) PARA


TROÇOS QUADRADOS 9 E 10 mm2
SABP3

SABP3 - TOMADA POTENCIAL


10 a 75 mm2 (2646)
SABP4 50 /300 mm2 (2649)

SABP4 - PINÇA BEROMET Nº5 PARA


CONDUTORES 16/70 mm2 (3216)

SABP5 SABP5 - PINÇA BEROMET Nº6 PARA CABO


35/240 mm2 (3217) mod.2

SABP6 - PINÇA BEROMET Nº7 PARA


SABP6 BARRAMENTOS 02 a 25mm2 (3222) mod.1

SABP7 - PINÇA BEROMET CAVALEIRO


SABP7 PARA BORNES OU BARRAS DE 20 a
30mm2 DE LARGURA (3219)

SABP8 -PINÇA DE PERFURAÇÃO ISOLANTE


200a/50 a 240mm(3275)
SABP8

SABP9 - CAIXA DE DERIVAÇÃO (3241)


SABP9 Providas de 6 terminais amovíveis, acciondas por chave
isolante, com capacidade para ligar 3 cabos “shunt” de
cada lado.

SABP10 - PINÇA BEROMET DE


SABP10 PERFURAÇÃO
Várias capacidades: 100A / 70mm (3274)
60A / 16mm (3263)

174 | CATÁLOGO GERAL


“SHUNTS” E ACESSÓRIOS PARA “BY-PASS”

SABP11 - PORTA FUSÍVEL 30A


Macho/Fêmea (3204)
SABP11 Macho/ Ficha banana (3205)
Fêmea/Fêmea (3207)

SABP12
SABP12 - JUNÇÃO SHUNT/ CABO 16mm²
(2652)

SABP13
SABP13- JUNÇÃO PARA 2 “SHUNTS”
35mm² (3243)

SABP14

SABP14 - JUNÇÃO SHUNT/ CABO COM


VISOR 16 a 75 mm² (3255)

SABP15

SABP15 - FORQUILHA DERIVAÇÃO (3325)

LIGAÇÕES PARA GERADORES

LG1
LG1 - POWER LOCKS - SISTEMA DE LIGAÇÕES
RÁPIDAS PARA GERADORES

Os conetores elétricos Powerlock são revestidos a


plástico moldado isolante. São usados ​​em aplicações
de corrente elevada, em sistemas de distribuição de
energia polifásico até 660 A.

A gama inclui conetores e acessórios associados.


Os conectores PowerLock são resistentes a impactos e
possuem pontas de contato isolados para evitar toque
acidental de partes em tensão.

Os usos típicos incluem motores trifásicos, geradores,


turbinas eólicas e painéis de distribuição de energia
numa ampla variedade de aplicações.

TRABALHOS EM TENSÃO | 175


LIGAÇÕES PARA GERADORES

Característica e vantagens:
Esquema típico de ligação
u 400 A ou 600 A de potência contínua
painel u Coloridos e em formatos de forma a garantir o encaixe
Painel de linha de fonte da linha recetor (drain) correto e seguro.
source
energia drenagem u Todos os conetores IP2X têm protecção para os dedos
fonte da linha
source
conetor recetor
u Ligação sem necessidade de cravação (até 400 A)
(drain)
u Totalmente selado com IP67, resistente a intempéries
u Bloqueio secundário para uma maior segurança

Aplicações:
u Geradores e baterias
u Motores trifásicos
terra neutro fase1 fase2 fase3
u Backup dos sistemas de energia
u Paineis de distribuição de energia
u Obras em espaços abertos
u Turbinas eólicas
LG2

até 400Amp

até 400Amp
LG2 - LINHA DE DRENO (LINE DRAIN)
até 400Amp

Linha de dreno é o conector com um contacto femêa,


no entanto estão equipados com uma tampa de plástico
mola que impede o contacto acidental com os dedos no
pólo, este conetor atende aos requisitos IP2X.

Os contatos estão disponíveis para cabos de 25mm² a


300mm².

Os conetores nominais de 400 A ou 600 A, podem ser


equipados com uma ampla gama de cabos de cobre e
cabos de alumínio, a pedido do cliente.

Os conetores de 400 A têm um contacto em rosca


padrão (set-screw) adequado para condutores de
até 400Amp 120mm².
Quando se utiliza um intervalo de condutores inferiores
usam-se mangas de redução, estão disponíveis por
acima de 400Amp
ordem separadamente, podendo ser usados cabos
abaixo de 25mm².

As ligações de 600 A são cravadas ​​usando ferramentas


padrão da indústria de cravamento. Estes contatos
estão disponíveis para cabos de 35mm² a 300mm².

176 | CATÁLOGO GERAL


LIGAÇÕES PARA GERADORES

LG3
LG3 - FONTE (PANNEL SOURCE)

Os conetores de fonte são fornecidos totalmente


montados com o contato macho, tendo um posto de
rosca M12, com porca e arruela de pressão para conexão
a um cabo lug Standart, ou M12 rosca de furo para a
fixação com parafuso.
Esses conectores são de 400 Amp (T4 / H4) ou de 600
Amp (T6 / H6).

O conector padrão é montado por meio de um painel de


quatro furos de fixação sobre o rebordo.

LG4 - PINÇAS PARA BARRAMENTO E FERRAMENTA


DE APERTO MODELO CURTO
( MODELO COMPRIDO TAMBÉM DISPONÍVEL)

G clamp - Short Extension Arm - 400 Amp


Fase/Cor
Terra / Verde
Neutro / Azul
LG4 Fase1 /Castanho
Fase 2 / Preto
Fase 3 / Cinzento
Ferramenta de aperto

G clamp - Short Extension Arm - 660 Amp


Fase/Cor
Terra / Verde
Neutro / Azul
Fase1 /Castanho
Fase 2 / Preto
Fase 3 / Cinzento
Ferramenta de aperto

TRABALHOS EM TENSÃO | 177


EQUIPAMENTO DE LIMPEZA A SECO PARA MANUTENÇÃO

ELSM1 - ASPIRADOR PARA BT TOTALMENTE


ELSM1 ISOLADO

u Com acessórios para limpeza em TET (tabalho em


tensão).
u Prático
u Fácil transporte
u Fácil arrumação
u Fornecido com vários acessórios

ACESSÓRIOS ISOLANTES

FITT1 - ASPIRADOR SEMI INDUSTRIAL COM


FITT1 ACESSÓRIOS ISOLANTES

Ideal para uso em condições de funcionamento difíceis


na indústria e no comércio.
Não precisa de instalar ou remover filtros quando se
alterna entre a aspiração húmido e seco.
Com rodas grandes traseiras e rodízios frontais para
proporcionar fácil manobra.
Capacidade de 17,2 litros.
Com acessórios para limpeza em TET (tabalho em
tensão).

178 | CATÁLOGO GERAL


EQUIPAMENTOS PARA TRABALHOS EM MÉDIA TENSÃO MT

Dada a grande variedade de equipamento


dísponivel, apresentamos apenas alguns
ETMT1 exemplos de ferramentas pata TET/MT

ETMT2

ETMT1 - SUPORTE PARA CONDUTORES

ETMT2 - SUPORTE TIPO FORQUILHA


ETMT3

ETMT4
ETMT3 - TALHA COM ALAVANCA ISOLANTE

ETMT4 - PROTETORES DIVERSOS

ETMT5

ETMT5 - TIRANTE DE GRAMPO

ETMT6 ETMT6 - VARA DE GANCHO / VARA PARA


FILAÇAS / VARA DE GRAMPO

ETMT7 - VARA CORTA-CABOS


ETMT7

ETMT8 - VARA PORTA-CHAVES “CARDAN”

ETMT9

ETMT9 - SACO PARA FERRAMENTAS


ETMT8

TRABALHOS EM TENSÃO | 179


EQUIPAMENTOS PARA TRABALHOS EM MÉDIA TENSÃO MT

ETMT10
ETMT10 - TIRANTE DE ROLETE

ETMT11 - VARA PARA FILAÇAS

ETMT11

ELEVADOR HIDRAÚLICO COM BARQUINHA ISOLANTE

EHBI1 - Barquinha totalmente isolada para


TET/ MT/ AT/ MAT

Braço não isolado com barquinha isolante para


trabalhos em altura e Iluminação pública.
Interior oco dos braços e com acesso fácil à tu-
bagem de óleo.
Na barquinha pode haver tomadas de pressão
hidráulica para uso de ferramentas.
Alturas de trabalho desde os 9 m até 26 m.

Barquinhas em PVC permitindo realizar os traba-


hos em tensão em altura com toda a segurança.
Normalmente usadas para trabalhos pelo método
“Global”.

Com mastro de carga totalmente hidráulico. As


duas barquinhas podem ter um movimento de ro-
tação, sobre o eixo vertical, de cerca de 90º.

Braço superior totalmente isolado em fibra de vidro


e resina.

EHBI1

180 | CATÁLOGO GERAL


Equipamentos para redes subterrâneas
Equipamentos manuais e mecânicos
Ferramentas para preparar cabos

REDES SUBTERRÂNEAS
EQUIPAMENTOS PARA INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES SUBTERRÂNEAS
EIMRS1 - GUINCHO HIDRÁULICO
PARA CABOS SUBTERRÂNEOS
u Equipamento montado sobre rodas ou para adaptar a
um meio de transporte.
u Acessórios para fixação da máquina.
u Guincho hidráulico para puxar uma corda em meio
subterrâneo, cabo de transmissão e cabos de fibra
óptica.
u Dispositivo de controle com um circuito hidráulico que
permite variar a velocidade continuamente em ambos as
direcções.
u Segurança: Travão negativo automático, atua sempre
EIMRS1 que o operador larga a alavanca de controlo ou em caso
de falha hidráulica.
u Instrumentação: Dinamómetro para leitura direta do
valor de tração. Pré-selecção do valor de tração. Conta-
metros.
u Enrolador: Automático com sincronizador de sentido e
velocidade, com bobina em aço, e tensionador.
u Transporte: Eixo com pneumáticos, travão de inércia,
kit de luzes e roda de suporte ajustável.
u Levantamento: Feito através de um ponto fixo.
u CARACTERÍSTICAS:
- Peso: 280kg.
- 2 x Ø 120 mm. - Diâmetro máximo corda: 6-7 mm
- Motor: gasolina, 11 CV / 8 kW. - max. tração: 9 kN.
- Velocidade na força max: 15 m/min.
- Velocidade max.: 45 m/min.
- Puxe a velocidade max: 2,5 kN.
- Capacidade de corda de aço Ø 6 mm: 500 m.
- Ø Corda de aço 7 mm: 350 m.

EIMRS2 EIMRS2 - GUINCHO SUBTERRÂNEO


u Acessórios para fixação da máquina.
u Cobertura metálica com portas laterais.
u Sistema de arrefecimento de óleo.
u CARACTERÍSTICAS:
- Peso: 1000kg.
- 2 x Ø 200 mm. - Diâmetro máximo corda: 8-10 mm
- Motor: diesel, 25,5 hp / 18,8 kW.
- Sistema eléctrico: 12V
- max. tração: 30 kN.
- Velocidade na força max: 16 m/min.
- Velocidade max.: 80 m/min.
- Puxe a velocidade max: 4 kN.
- Capacidade de corda de aço Ø 8 milímetros: 800 m.
- Ø Corda de aço 10 milímetros: 500 m.

182 | CATÁLOGO GERAL


EQUIPAMENTOS PARA INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES SUBTERRÂNEAS

EIMRS3 - CABO PILOTO


u Cabo em aço galvanizado projetado para operações
EIMRS3 de amarrar.
u Composta por 12 filamentos trançados. Alta
resistência, flexível, seguro e fácil de manusear.
u Fornecido em bobine de aço ou madeira.

EIMRS4
EIMRS4 - CABO PILOTO
u Em polipropileno e poliéster, impermeável e resistente
aos raios UV.
u Fácil de emendar sem qualquer ferramenta especial.
u Cor verde.
u Fornecido em bobine de aço ou madeira.
u Bobina de aço: Ø 1100, 1400 ou 1600 mm.

EIMRS5 - CABO PILOTO


EIMRS5 u Em malha de poliéster com um núcleo em nylon.
u Torção duplo.
u Alta resistência ao desgaste e aos raios UV.
u Cor branco.
u Fornecido em bobine de aço ou madeira.
u Bobina de aço: Ø 1100, 1400 ou 1600 mm.

EIMRS6 EIMRS6 - CORDA ISOLANTE PARA


TRABALHOS EM TENSÃO
u Aéreo
u Fibra ótica.
u Subterrâneo.
u Corda concebida para aplicações que exigem o
máximo isolamento.

REDES SUBTERRÂNEAS | 183


EQUIPAMENTOS PARA INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES SUBTERRÂNEAS

EIMRS7 EIMRS7 - CABO PILOTO


u Substitui o cabo piloto de aço na tração de cabos
u Mais leve.
u Mais exível.
u Anti corrosão.
u Menor abrasão.
u Proteção da gola da roldana.
u Interior em Dynema (R).

EIMRS8 EIMRS8 - CABO ENTRANÇADO LINHA DE


VIDA
u Corda feita de bras de alta tenacidade de poliamida.
u É uma corda semi-estática, concebidapara escalada,
trabalhos em altura e resgate.
u Trabalhos em altura. (Linhas de vida);
u Obras de Segurança;
u Salvamento.

EIMRS9 EIMRS9 - CABO PILOTO ISOLANTE


u Leve.
u Flexível.
u Antigiratório.
u Alta Tenacidade.
u Não absorve água.

EIMRS10 EIMRS10 - CABO PILOTO ANTIGIRATÓRIO


u Em Poliamida.
u Máxima elasticidade.
u Absorsão de água de 1 a 7%.
u Alta resistência.
u Boa resistência à abrasão.

EIMRS11 EIMRS11 - CABO PILOTO ANTIGIRATÓRIO

u Gravidade 1,14.
u Absorção de água 4%.
u Resistência à abrasão.

184 | CATÁLOGO GERAL


EQUIPAMENTOS PARA INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES SUBTERRÂNEAS

EIMRS12 - DESTORCEDOR
EIMRS12 u Evita que o cabo se desforme quando se aplica nele
um esforço de tração.
u Projetado para evitar acumulações de torção.
A u Em aço galvanizado.

carga de
ØA ØB ØC Ø piloto ruptura peso
60mm 18mm 18mm 7mm 12 daN 10g
B C 95mm 25mm 25mm 9mm 25daN 36g
118mm 33mm 33mm 14mm 80daN 60g
130mm 40mm 40mm 16mm 120daN 90g
165mm 45mm 45mm 18mm 190daN 150g
180mm 50mm 50mm 22mm 245daN 230g
230mm 60mm 60mm 26mm 395daN 310g
310mm 80mm 80mm 32mm 780daN 700g
345mm 850mm 850mm 38mm 850daN 1050g

EIMRS13 EIMRS13 - MANGA DE TRAÇÃO


u Para garantir as condições de segurança quando se
executa um esforço de tração num cabo.

Ø min - max comp(1) comp(2) carga de ruptura


10-15 mm 600mm 900mm 2000daN
15-20 mm 600mm 900mm 2000daN
20-25 mm 600mm 1000mm 2500daN
25-30mm 600mm 1200mm 3000daN
30-40 mm 700mm 1500mm 4500daN
25-45 mm 700mm 1500mm 5000daN
40-50 mm 800mm 1500mm 5000daN
45-60 mm 800mm 1600mm 5000daN
60-80mm 800mm 1800mm 8000daN
80-100mm 1000mm 2000mm 10.000daN
100-140mm 1200mm 2000mm 10.000daN
140-170mm 1200mm 2000mm 10.000daN
170-200mm 1200mm 2000mm 10.000daN

EIMRS14 EIMRS14 - MANGA DE TRAÇÃO


u Em aço galvanizado com dois olhais.

Ø min - max comprimento carga de ruptura


10-15 mm 800mm 2000daN
15-20 mm 800mm 2000daN
20-25 mm 800mm 2500daN
25-30mm 800mm 3000daN
30-40 mm 1000mm 4500daN
25-45 mm 1000mm 5000daN
40-50 mm 1000mm 5000daN
45-60 mm 1000mm 5000daN
60-80mm 1000mm 8000daN
80-100mm 1200mm 10.000daN
100-140mm 1400mm 10.000daN
140-170mm 1400mm 10.000daN
170-200mm 1400mm 10.000daN

REDES SUBTERRÂNEAS | 185


EQUIPAMENTOS PARA INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES SUBTERRÂNEAS

EIMRS15
EIMRS15 - ROLETE PARA LANÇAMENTO DE
CABOS SUBTERRÂNEOS
u Em aço galvanizado, usados na montagem de cabos
subterrâneos, permitindo que o cabo deslize sem ferir o
isolamento de proteção.
u De alinhamento (simples).
u De ângulo (triplo).

EIMRS16 - ROLETE PARA ENTRADA DE


EIMRS16 CONDUTAS
u Concebidos para facilitar a introdução do cabo numa
conduta, protegendo o seu isolamento.

EIMRS17 EIMRS17 - TESOURA CORTA-CABOS REC54


u Ferramenta de corte para cabos Al, Cu, ACSR.
u Acionada por pressão hidráulica através de bomba
manual ou por bomba alimentada por bateria de 12 v.
Capacidade 60 kN.
u Abertura: 50 mm. Mala de transporte (opcional).

EIMRS18
EIMRS18 - BOMBA DE PÉ

186 | CATÁLOGO GERAL


EQUIPAMENTOS PARA INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES SUBTERRÂNEAS

EIMRS19 EIMRS19 - BOMBA DE MÃO

EIMRS20 - PRENSAS MANUAIS


u 6-50 mm2 e 6-120 mm2.
u Comprimento: 390mm e 650mm.
EIMRS20 u Peso: 1,10kg e 2,90kg.
u Cravação hexagonal com matrizes móveis e giratórias.
u Rotação múltipla, fácil de selecionar o tamanho.
u Com alças mais longas para minimizar o esforço.
u Mecanismo de ciclo que somente liberta após friso
concluído.

EIMRS21 EIMRS21 - PRENSA HIDRÁULICA PARA


PRÉ-ISOLADOS
u De funcionamento manual.
u Aplicam-se em terminais e uniões de 16 a 240 mm² de
secção. Para matrizes intermutáveis. Cabeça rotativa. Retração
automática no final da compressão. Retração manual em caso
de necessidade. Ideal para terminais e uniões prensados.
Capacidade 60 kN. Massa aproximada 3,0 kg. Comprimento
375 mm.

EIMRS22 - PRENSA PARA TERMINAIS E UNIÕES


DE ALUMINIO (PUNÇONAGEM)
u Cabeça rotativa 360º. Retração automática no final da
compressão. Retração manual em caso de necessidade.
Capacidade: 130 kN. Peso: 3,0 kg.
EIMRS22
EIMRS23

EIMRS23 - PRENSA PARA COBRE


u Cabeça rotativa 360º. Retração automática no final da
compressão. Retração manual em caso de necessidade.
Capacidade: 130 kN. Peso: 5,4 kg.

EIMRS24 - PRENSA 12 Ton ISOLANTE


EIMRS24 u Massa aproximada 5,5 kg.
u Caixa de transporte.
u Medidas de cravação: de 16 a 300mm².

REDES SUBTERRÂNEAS | 187


EQUIPAMENTOS PARA INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES SUBTERRÂNEAS

EIMRS25 a 29
EIMRS25 a 29 - CORTA CABOS DE
UTILIZAÇÃO MANUAL

EIMRS30 - ALICATE CREMALHEIRA


EMS 324
Alicate para corte de cabos.

Ø diâmetro comprimentos peso


até 80mm² 320mm 0,73 Kg
até 250mm² 600mm 1,54 Kg
até 500mm² 800mm 2,93 Kg

até 350mm² 600mm 1,80 Kg


EIMRS30 até 350mm² 355mm/555mm 1,38 Kg

até 2700 pares cabos 340mm 1,20 Kg

EIMRS31
EIMRS31 - TESOURA HIDRAULICA HYSC-24
u Bomba de 2 estágios. Cabeça rotativa 180º.
u Lâmina substituível.
u Capacidade 6,7 toneladas.
u Capacidade de corte: AL/CV 400 mm; ACSR 325 mm².
u Comprimento: 430 mm.
u Peso: 4,0 kg.
u Max. Pressão: 700 bar.

EIMRS32 EIMRS32 - TESOURA HIDRAULICA HYCC-P85


u Bomba de 2 estágios. Cabeça rotativa 180º.
u Lâmina substituível.
u Capacidade 4,9 toneladas.
u Capacidade de corte: AL/CV 400 mm; ACSR 325 mm².
u Comprimento: 715 mm.
u Peso: 10,0 kg.
u Max. Pressão: 700 bar.

188 | CATÁLOGO GERAL


EQUIPAMENTOS PARA INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DE REDES SUBTERRÂNEAS

EIMRS33 EIMRS33 - GUIAS EM FIBRA DE VIDRO


u Utilizados para conduzir o enfiamento de cabos em
canalizações.

EM FIBRA INTERIOR EM COBRE


comp. Ø diâmetro comp. Ø diâmetro
30 6 100 11
50 6 120 11
60 6 100 11
40 6 150 11
60 9 200 11
80 9 250 11
80 9
100 9
120 9
100 11
120 11
125 11
150 11
200 11
250 11
300 11

EQUIPAMENTOS MANUAIS E MECÂNICOS PARA PASSAR CABOS DE REDES


AÉREA E SUBTERRÂNEAS
EMMRAS1 - MACACO
EMMRAS1 u Macacos de funcionamento manual para desenrolar
o cabo a partir da bobina. A altura é regulada por um
parafuso sem-fim comandado por chave bloqueada por
lingueta. Capacidade de 2 a 7 toneladas.

EMMRAS2

capacidade massa EMMRAS2 - PORTA BOBINAS HIDRÁULICO


(2000kg 180kg u Equipamento hidráulico, para desenrolar bobinas com
4000kg 200kg travão de disco e possibilidade de sincronização com o
5000kg 230kg guincho ou tensionadora.
7000kg 280kg
10000kg 360kg

EMMRAS3 EMMRAS3 - SINCRONIZADOR HIDRÁULICO


u Permite que o movimento da bobina fique sincronizado
com o movimento da tensionadora.

REDES SUBTERRÂNEAS | 189


EQUIPAMENTOS MANUAIS E MECÂNICOS PARA PASSAR CABOS DE REDES
AÉREA E SUBTERRÂNEAS

EMMRAS4 EMMRAS4 - ATRELADO PORTA BOBINAS


u Permite uma carga útil desde 1 a 10 ton., de acordo com
o modelo. As bobinas podem ser carregadas por uma só
pessoa graças aos chassis basculantes e a um guincho
manual. Para os modelos mais potentes, dois macacos
hidráulicos acionados em conjunto ou em separado,
permitem colocar a bobina na posição desejada. Travão
de inércia, com lança ajustável ou não. Com mono eixo
amortecido, concebido para circular até 80 km/h. Com eixo
giratório. Para os modelos de grande capacidade o sistema
funciona a partir de um motor hidráulico. Nos modelos de
menor capacidade, o funcionamento obtém-se a partir do
guincho do camião ou com um motor autónomo.

EMMRAS5

EMMRAS5 - RD8000 - DETECTOR/ISOLADOR


/IDENTIFICADOR DE CABOS
u Localiza cabos em tensão e indica a sua
profundidade;
Identifica o traçado de um cabo; Identifica um cabo
numa vala; Localiza avarias
u Para a localização de cabos e tubos diferenciando-
se de todos os outros produtos similares pelas suas
caracteristicas, comportamento, facilidade de uso e
sobretudo fiabilidade na identificação/localização. Não só
cabos de eletricidade, mas também comunicações, água,
saneamento e CATV, tudo através de uma leitura digital. O
design ergonómico, oferece-lhe robustez e resistência à
água, com o mínimo de formação por parte do utilizador.
É de fácil actualização (pode ser feita on-line), o seu
utilizador precisa de uma formação mínima e permite uma
configuração do equipamento segundo as necessidades
do cliente. Possui também vários acessórios para optimizar
o trabalho a desempenhar de acordo com a utilização
pretendida.
EMMRAS6 TAMBÉM DISTRIBUIDOR OFICIAL MEGGER

EMMRAS6 - EQUIPAMENTO DE APOIO PARA


DETEÇÃO DAS LINHAS ELÉCTRICAS À DISTÂN-
CIA.
TAMBÉM DISTRIBUIDOR OFICIAL MEGGER

190 | CATÁLOGO GERAL


CATV TELECOM e FIBRA ÓTICA
CATV, TELECOM E FIBRA ÓTICA

CTFO1
CTFO1 - FERRAMENTAS PARA PREPARAÇÃO
DE CABOS ELÉTRICOS

u Remove a bainha exterior.


u Remove o isolamento sem ferir o condutor.
u Permite predefinir o comprimento e a profundidade
da parte a remover.

PARA CABO PELAVEL E NÃO PELAVEL


1- Modelo que retira apenas o semi condutor pelável.
2- Modelo que retira apenas o semi condutor não
pelável.
3- Modelo que retira tanto o semi condutor como o
isolamento e a camada exterior.
CTFO2

CTFO2 - ACESSÓRIOS: LÂMINA DE


SUBSTITUIÇÃO - PBT 2020
Alicate em alumínio com tratamento térmico. Utilizado
para desnudar cabos subterrâneos e aero-subterrâneos
de linhas de distribuição de baixa tensão. Permite o
corte longitudinal e transversal do revestimento de uma
profundidade de 2 mm.

CTFO3 - FERRAMENTA PARA LIMPAR


CONDUTORES - CC
FERRAMENTAS PARA LIMPAR/REMOVER
PARTÍCULAS DO CONDUTOR CENTRAL
CTFO3 u Para eliminar resíduos de isolamento, sem danificar
o cabo
u CC-100 - Com superfície em “V” transparente para
limpar o condutor central.
u CC-200 - Superfície direita transparente para remover
partículas do Condutor Central.
u CC-200 EUR - Superfície invertida para remoção
de partículas do Condutor Central junto à baínha de
alumínio.

CTFO4 - LDT- FERRAMENTA LIGEIRA PARA


PREPARAR CABO COAXIAL
CTFO4 u Ferramenta para preparar cabo coaxial sem
necessidade de ajustes ou troca de lâminas;
u Expõe o centro do condutor com precisão e remove a
distância correcta;
u Leve e de cor brilhante para fácil identificação em
mala de ferramenta;
u Os cartuchos aço de alta qualidade com facas
realizam mais de 2500 utilizações;
u Cassete com lâminas de substituição;

192 | CATÁLOGO GERAL


CATV, TELECOM E FIBRA ÓTICA

CTFO5 - UDT - FERRAMENTA UNIVERSAL PARA


PREPARAR CABO COAXIAL
CTFO5
u Igual ao LDT, mas com cassete de lâminas de
substituição incorporadas, para todos os cabos. Lâminas
com marcação de várias cores e marcadas com a série
do cabo.
u O seu design compacto permite manejar a ferramenta
com apenas uma mão;
u Os cartuchos são identificados por cores e
etiquetados com o tipo de série de cabos e dimensões
de preparação da malha para uma fácil identificação;
u Construído em materiais poliméricos resistentes a
grandes impactos em cor vermelha visível.
CTFO6
CTFO6 - CT2-AS - FERRAMENTA DE MONTAGEM
E COMPRESSÃO PARA CONECTORES RCA E IEC
PARA DE CABOS DE SÉRIE 59, 6, 7, E 11.

CTFO7 - RJC - FERRAMENTA PARA CRAVAÇÃO


DE TOMADAS RJ
u Colocação modular de conetores RJ10, RJ11, RJ12,
CTFO7 RJ22 e RJ45 (4P, 6P, 8P).
u Mangas de plástico confortáveis e ergonómicas.
u Funciona também como cortador e descarnador
de cabos ou fios;
u O mecanismo com roquete de fácil libertação favorece
a operação de montagem.
u O mecanismo de roquete pode ser libertado a metade
do ciclo.

CTFO8 - SMART-STRIP - DESCARNADOR


u Versátil e compacta, para qualquer tipo de norma
CTFO8 standard;
u Faz cortes incisão para a profundidade necessária em
cabos ou fios com forro standard na faixa de 0,75 - 10,0
mm;
u Retira o forro do cabo de redes de dados UTP e STP;
u O ajuste da profundidade da incisão permite ao
operador configurar o descarnador para trabalhar com
diversos tipos de revestimentos e uma variedade de
cabos blindados, delicadas e irregulares;
u Operação assistida por mola.
u Disponível versão com profundidade de incisão fixa
(não ajustável).

CATV, TELECOM E FIBRA ÓTICA | 193


FERRAMENTAS PARA FIBRA ÓTICA

FFO1 - O 103-S - DESCARNADOR DE FIBRA ÓTICA


u Para retirar o revestimento de diâmetro standard de 250
FFO1 micron das fibras de 125 micron;
u Ranhura de diâmetro preciso e lâmina com abertura em V
permite retirar a cobertura com precisão;
u Sem ajustes, ajustado na fábrica;
u As lâminas de corte são fabricadas em aço submetido a
tratamento térmico e concebidas com grande precisão para
retirar o revestimento sem danificar a fibra;
u Fabricados nos EUA;
u Comprimento 136 mm. Massa 71g.
DIÂMETRO REVESTIMENTO
Nº MODELO MICRONS POLEGADAS
80355 FO 103-S 125 µm .005 in
80355-1 FO 103-S-100 80-100 µm .003-004 in
80355-15 FO 103-S-140 140 µm .0055 in
80355-2 FO 103-S-150 150 µm .006 in
80355-3 FO 103-S-162 162 µm .0065 in
80355-4 FO 103-S-175 175 µm .007 in
80355-5 FO 103-S-187.5 187.5 µm .0075 in
80355-10 FO 103-S-200 200 µm .008 in
80355-12 FO 103-S-225 225 µm .009 in
80355-6 FO 103-S-250 250 µm .010 in
80355-7 FO 103-S-280 275-280 µm .011 in
80355-8 FO 103-S-300 300 µm .012 in
80355-16 FO 103-S-400 400 µm .016 in
80355-9 FO 103-S-525 525 µm .021 in
80355-17 FO 103-S-880 880 µm .035 in
80355-18 FO 103-S-1140 1140 µm .045 in

FFO2 FFO2 - RCS- 114 | RCS- 158 - DESCARNADOR DE


CABOS CIRCULAR
u Esta ferramenta foi concebida para remover de forma
rápida, segura e precisa a camada exterior de cabos PE, PVC,
borracha e outros;
u Excelente para retirar cobertura de cabos de fibra ótica;
u RCS 114 para diâmetros de 4,4 - 29 polegadas;
u RCS 158 para diâmetros de 19 - 40 polegadas;
u Capacidade de “Remoção de Ação Tripla”;
u Operação de rotação transversal para posteriormente se
fazer o corte longitudinalmente ou em espiral para remoção
de revestimentos e isolamentos;
u Lâmina de substituição (CB231).
FFO3 FFO3 - FOKC - TESOURA PARA CORTE DE FIBRA
ÓTICA KEVLAR
u Concebida especialmente para cortar fibras de força em
KEVLAR nos cabos de fibra ótica;
u Leve e compacto;
u Corta fácil e rapidamente.
u Com mola para reabertura;
u Mangas ergonómicas com forro revestido anti-derrapante.
u Fabricadas em aço-carbono de longa duração;

194 | CATÁLOGO GERAL


CATV, TELECOM E FIBRA ÓTICA

FFO4 - 86 1/2SFR - TESOURA KEVLAR/


ELETRÓNICA
u A alavancagem e as lâminas de corte dos alicates
FFO4 86-1/2SF permitem cortar Kevlar e outros materiais
de grande resistência que normalmente se encontram
em cabos de fibra, bem como alguns outros materiais
industriais e eletrónicos.
u Utilizado para cortar e finalizar os materiais isolantes
de cabos, terminais de cobre, filamentos e bandas de
níquel.
u Mola para facilitar as operações repetitivas;
u Para Kevlar e outros materiais industriais e
electrónicos;
u Largura de corte: 16mm

FFO5 FFO5 - CC125 - DESFIADOR


u Para fazer talhas extremamente precisas de fibra
óptica de 6,5 mm a 20 mm;
u Permite fazer ângulos finais de menos de 2 graus;
u Ideal para conseguir a preparação precisa de cabos
simplex ou duplex especificada na nova geração de
fibras “sem polimento”
u Operações Contínuas: Basta ajustar a ferramenta
para a distância pretendida e fazer a ranhura
FFO6 repetidamente;
u Fibras compatíveis: 125 micron.

FFO6 - FIBER OPTIC CRIMP TOOL -


FERRAMENTAS PARA CONECTORES DE FIBRA
ÓTICA
u Para conectores de fibra ótica
u Matrizes intermutáveis
TIPO DE CRAVAÇÃO
Nº PARTE MATRIZ # QUADRADO HEXAGONAL OVAL Nº PARTE APENAS JOGO DE MATRIZ
1 39840-1 .43 .068, .100, .137, .213, .255 39844
2 39840-2 .042 .068, .78, .128, .151, .178 39845
3 39840-3 .042 .068 .0133, .162, .195 39842
4 39840-4 .042 .068, .151, .178, .213 39843

FFO7 - 721 | 821 |921- DESCARNADOR


MULTIFILAR
FFO7
u Para vários tipos de cabos elétricos, fibras óticas,
telecom, etc;
u Lâminas de corte de precisão, endurecido,
temperado;
u Pontas achatadas para remoção de isolamento
ou função alicate;
u Ponta em circulo para remoção de isolamento
exterior:
u Várias medidas disponíveis;
u Com buraco para de moldagem de cabo ou fio;
REFERÊNCIA MEDIDA DE FIGURA
721 CABOS J15
821 0.6 - 2.6 mm J16
921 0.4 - 1.3 mm J17
0.25 - 0.8 mm

CATV, TELECOM E FIBRA ÓTICA | 195


FERRAMENTAS PARA FIBRA ÓTICA

FFO8 FFO8 - CS8 - PINÇA MULTIFUNCIONAL


u Superfície de contato para segurar e dobrar
condutores;
u Corte tipo “Tesoura” mais precisas que as cortes
convencionais tipo “cinzel”.
u Facas submetidas a tratamentos térmicos para
prolongar a sua vida útil.
u Secções de corte desenhadas para os calibres mais
comuns: 4-40, 5-40, 6-32, 8-32, 10-24.
u Função prensa para terminais;

FFO9 - PDT-66 |110 - FERRAMENTA PUNCH DOWN


FFO9 u Esta ferramenta de impacto automático, regulável,
operada por mola, é utilizada para terminar cabos em
blocos do tipo 110/88 ou 66.
u As lâminas substituíveis e intermutáveis são tratadas
térmicamente o que facilita a introdução rápida do fio no
contato, resultando num acabamento forte resistente à
corrosão. A lâmina corta automaticamente o excesso de
fio;
u Aceita uma grande variedade de lâminas
intermutáveis;
u Não é necessário nenhuma chave de fenda para
mudar as lâminas.
u Pode-se ajustar o impacto da lâmina girando apenas
uma roda
u Compartimento prático para guardar as lâminas com
mecanismo de fecho;

FFO10
FFO10 - MK 1F/D - DESCARNADOR AUTOAJUSTÁVEL
u Descarnador de cabo especialmente concebido para
ambientes de produção de grande volume;
u Remove Forros de PVC de fios de 0,25 a 2.5 mm2;
u Construído em alumínio com mecanismo de aço, ideal
para as operações no campo ou na produção;
Ajusta-se automaticamente a qualquer tamanho de cabo
da sua gama;
u Flexibilidade adicional para ajustar-se a forros duros
ou suaves com esfera de ajuste integrada;
u Paragem na remoção integrado para comprimentos
consistentes de remoção;

196 | CATÁLOGO GERAL


LINHAS AÉREAS
EQUIPAMENTO PARA CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO DE LINHAS AÉREAS

ECMLA1 - GUINCHO PARA TRAÇÃO DE CABOS


ECMLA1
Guincho para tração de cabos de rede aérea e
subterrânea, com capacidade de 1000 daN equipado
com 2 rodas, para transporte. Alimentado a gasolina ou
eletricamente. (figura K01)

u Guincho até 1000kg;


u Elétricos e gasolina;
u Para trabalho aéreos ou subterrâneos.

Guincho para tração de cabos de rede aérea e


subterrânea, com capacidade de 2000 daN. Com rodas
de eixo deslocável hidraulicamente, equipado com
refrigerador e rebobinador comandado pelo motor.
Consultar-nos para mais especificações. (figura K02)

Guincho para tração de cabos de rede aérea e


subterrânea e subterrânea, com capacidade de 8000
daN. Com rodas de eixo deslocável hidraulicamente,
equipado com refrigerador e bobinador com grua de
cubo comandada pelo motor. Consultar-nos para mais
especificações. (figura K03)

Guinchos de 1 ou 2 circuitos hidráulicos com 8 ton de


capacidade. (figura K03)

Guincho/freio, permitindo esforço de até 30. 000 daN.


Para tração e ou tensão de cabos de rede aérea. (figura
K04)

Comandos electrónicos (figura K04)


ECMLA2

ECMLA2 - PORTA BOBINAS

Equipamento hidráulico, para desenrolar bobinas com


travão de disco e possibilidade de sincronização com
guincho ou tensionadora.
CAPACIDADE MASSA
2 000 kg 180 kg
4 000 kg 200 kg
5 000 kg 230 kg
7 000 kg 280 kg
10 000 kg 360 kg

ECMLA3
ECMLA3 - SINCRONIZADOR HIDRÁULICO

Permite que a bobina fique sincronizada com o


movimento da tensionadora/guincho.

198 | CATÁLOGO GERAL


EQUIPAMENTO PARA CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO DE LINHAS AÉREAS

ECMLA4 ECMLA4 - ROLDANAS DE DESENROLAMENTO


EM ALUMÍNIO

Roldanas em alumínio fundido, com a gola revestida


a neoprene, com possibilidade de uso com cargas
mecânicas elevadas.
UTILIZAÇÃO DIÂMETRO (mm) CARGA DE RUPTURA (daN) MASSA (kg)
Em cabo torçada 150 1251 2.5
Em cabo torçada 250 1977 3.5
Em cabo nu 250 2074 4.0

Roldanas em alumínio com gancho de suspensão para


montagem de cabos em rede aérea.

ECMLA5 - ROLDANA SIMPLES


ECMLA5 DIMENSÕES CARGA DE MASSA
A (mm) B (mm) Ø C (mm) RUPTURA (daN) (kg)
300 230 38 6 000 6.5
440 350 48 6 000 9.7
620 500 68 10 000 23
770 650 68 12 000 28.5
920 800 68 12 000 34
920 800 95 12 000 40

ECMLA6 - ROLDANA TRIPLA, [QUADRUPLA E


ECMLA6 QUÍNTUPLA]
DIMENSÕES CARGA DE MASSA
A (mm) B (mm) Ø C (mm) RUPTURA (kg)
620 500 68 (daN) 100
620 500 68 12 000 130
770 650 68 12 000 120
770 650 68 12 000 165
920 800 68 12 000 135
920 800 68 18 000 180
920 800 95 18 000 165
920 800 95 18 000 230
18 000

ECMLA7 ECMLA7 - CABO PILOTO PARA MONTAGEM DE


LINHAS AÉREAS
EM NYLON CARGA DE EM AÇO CARGA DE
(mm) RUPTURA (daN) (mm) RUPTURA (daN)
8 1200 9 5500
10 2000 11 9500
12 3000 13 12200
14 4000 16 16200
16 4500 18 21600
18 5500 20 26900
20 6000 22 32000
24 37000

LINHAS AÉREAS | 199


EQUIPAMENTO PARA CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO DE LINHAS AÉREAS

ECMLA8 ECMLA8 - GAFANHOTOS PARA CONDUTORES


NUS DE COBRE E ALUMÍNIO/AÇO

Estudados para serem usados nos TET BT e MT.


Gafanhotos para condutores de alumínio ou de
cobre, de mandíbulas paralelas. São concebidos
para serem aplicados com varas isoladas. Quando a
vara é retirada, um fecho automático impede que o
gafanhoto se solte acidentalmente.
DIÂMETRO (mm)
REFERÊNCIA MÍNIMO MÁXIMO
1613-40 H 3.05 3.05
1684-5 H 5.54 5.54
1656-20 H 5.08 5.08
1656-30 H 7.87 7.87
1656-40 H 13.46 13.46
1656-50 H 18.80 18.80
1656-60 H 21.84 21.84

ECMLA9 ECMLA9 - GAFANHOTOS PARA TORÇADA

Liga de alumínio com maxilas de alta resistência,


revestidas com placas de borracha macia
intercambiáveis.
Concebidos para não causar danos de bainhas
isolantes de cabos.
FORÇA MAX PESO
ABERTURA DE TRACÃO KG
12/25 200 2,8
25/39 300 3,5

Para melhor solução, contacte-nos e mencione o valor exacto da dimensão


da bainha ou diâmetro externo do condutor.

ECMLA10 - ESTICADOR TIRVIT

O condutor a esticar é apertado diretamente


ECMLA10 entre duas maxilas que se aproximam e afastam
alternadamente sob ação duma alavanca de
comando. Está provido duma corrente para fixação a
um ponto fixo.

CAPACIDADE DE CAPACIDADE DE COMPRIMENTO (m) MASSA


TRACÇÃO (daN) APERTO (Ø mm) TOTAL ALAVANCA (kg)
400 2-8 0.68 0.54 4.0
600 7-15 0.78 0.63 5.2
800 14-18 0.87 0.70 6.2

200 | CATÁLOGO GERAL


EQUIPAMENTO PARA CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO DE LINHAS AÉREAS

ECMLA11 - ESTICADOR PARA CABOS TORÇADA


ECMLA11 PERCORTIR

Aparelho 2 em 1, gafanhoto para cabo torçada e


TIRVIT num só aparelho e afastam alternadamente sob
ação duma alavanca de comando.Está provido duma
corrente para fixação a um ponto fixo.

ECMLA12 - ESTICADOR PULIFT

Esticador de alavanca para cargas verticais ou


ECMLA12 horizontais usando corrente de elos, com 1,5 m,
movimentada por uma alavanca, sem que sejam
exigidos grandes esforços por parte do operador.
FORÇA ELEVAÇÃO (kg) MASSA (kg)
780 7
1500 11
3000 20
6000 30

ECMLA13 - ESTICADOR TIRFOR

Aparelho de tração ou de elevação de cabos de rede


ECMLA13
aérea.
FORÇA ELEVAÇÃO FORÇA TRACÇÃO (kg)
(kg) 1250
800 2500
1600 5000
3200

ECMLA14 - DINAMÓMETRO

Utilizado para controlar cargas e medir os esforços de


tração, num cabo de rede aérea.
ECMLA14

FORÇA ELEVAÇÃO (kg) FORÇA TRACÇÃO (kg)


250 1.1
500 1.1
1250 1.1
2500 1.4
3200 1.5
5000 1.9
6400 2.3
12500 3.8
25000 6.6
5000 15.1
100000 46.0
250000 215

LINHAS AÉREAS | 201


EQUIPAMENTO PARA CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO DE LINHAS AÉREAS

ECMLA15 ECMLA15 - ESTRIBOS DE SUBIDA A POSTES


DE MADEIRA E ÁRVORES DE GRANDE
DIÂMETRO

Com um ou dois espigões e apoio de segurança em


cabedal com fivela. São usados para subir aos postes
de madeira. Também usados em trabalhos de poda e
limpeza de àrvore de grande diâmetro.

ECMLA16 - ESTRIBOS PARA POSTES DE


ECMLA16 MADEIRA

Em aço forjado e fixação aos pés com correias de couro


e fivelas.
Utilizados para subir e descer postes de madeira.
Modelo Nórdico
Em liga leve e fixação aos pés com correias de poliester.
Modelo de grande conforto.
Indicado para trabalhos muito demorados.

ECMLA17 - ESCADAS
ECMLA17
Fabricadas em alumínio Alloy, para trabalhos em linhas
aéreas de AT. Equipadas com corrente de segurança.
Suportam uma carga vertical de 300 daN.

ECMLA18 - PLATAFORMAS
ECMLA18 Indicadas para trabalhos, tanto na horizontal, como na
vertical. Ancoragem por meio de ganchos especiais para
o condutor e para a travessa. Fabricado em alumínio
Alloy.

COMPRIMENTO TIPO DE CARGA DE CARGA DE


(m) ESTRUTURA TRABALHO RUPTURA
3.5 Triangular (daN) (daN)
4.5 Triangular 200 1000
6.0 Triangular 200 1000
6 (4+2) Triangular 200 1000
3.5 Trapesoidal 200 1000
4.5 Trapesoidal 300 1500
300 1500

202 | CATÁLOGO GERAL


FORNECIMENTO DE ENERGIA
QUADROS ELÉCTRICOS DE BAIXA TENSÃO

QEBT1 - QUADROS ELÉCTRICOS DE BAIXA TENSÃO

Pode solicitar o seu orçamento através do envio de um


esquema eléctrico.

Estamos habilitados a construir todo o tipo de quadros


eléctricos de potência, controlo e comando.

As soluções/equipamentos utilizados visam obter e permitir


a sua fácil integração e utilização.

Os materiais/marcas utilizados são seleccionados tendo


em conta exigências dos locais de instalação.

Através do apoio de uma equipa especializada garantimos


um produto de qualidade e acompanhamento técnico.

204 | CATÁLOGO GERAL


POSTO DE TRANSFORMAÇÃO MONOBLOCO METÁLICO

PTMM1 - POSTO DE TRANSFORMAÇÃO


MONOBLOCO METÁLICO

O PT pode ser equipado de acordo com as necessidades


e exigências do caderno de encargos.

Composição:

Cabine metálica
uDimensão adequada a configuração do QMT e ao
Transformador a instalar;
u Estrutura em Aço carbono Electro-Zincado, Inox ou
Mista;

Quadro de Media Tensao (QMT) constituído por:


u Equipamento Compacto;
u Equipamento Extra Compacto;
u Incluindo Cela de Anel;
u Incluindo Cela de Contagem em MT;

Transformador de Potência
u Potência máxima - 1000kVA
u Tensão máxima – 36kV

Quadro Geral de Baixa Tensao (QGBT)


u Saídas com Triblocos Nh02(400A) Nh03 (630A);
u Saída única com Disjuntor;
u Incluindo Inversor para ligação a Gerador;
u Saída para Iluminação Exterior.

FORNECIMENTO DE ENERGIA I 205


206 | CATÁLOGO GERAL
DETETORES DE GÁS

PROTEÇÃO INDIVIDUAL | 207


DETEÇÃO DE GÁS

TOXIRAE II
MONITOR DE GÁS DE USO PESSOAL PARA
DETEÇÃO DE GÁS ÚNICO
u TOXI RAE II é um detetor que mostra a concentração de
gases (11 tipos) de forma continua.
u Simples utilização, apenas com um botão. Calibração fácil
e alarmes pré-definidos que poderão ser alterados de acordo
com as necessidades de cada cliente.
u Exibição de STEL, TWA e valores de pico.
u Alarmes de baixo, alto, STEL e TWA ajustáveis pelo usuário.
u Retém valores de pico.
u Fácil leitura com continua monotorização da concentração
de gases no visor.
u Sensores disponíveis: H2S, CO, O2, NH3, Cl2, ClO2, HCN,
NO, NO2, PH3, SO2.
u Altamente resistente a interferência de radiofrequência.
u Classificação de IP-65, resistente a águas e poeiras.
u Pequeno o suficiente para ser preso a capacete, bolso de
camisa, alça de ombro ou cinto.
u Para aplicações farmacêuticas, de petróleo e gás.
u Ideal para equipas de emergência em contato com materiais
perigosos.
u Para aplicação em espaços confinados e em situações de
segurança nacional.

TOXIRAE 3
MONITOR DE GÁS ÚNICO PARA CO OU H2S

u Detetor de um gás (CO ou H2S).


u De baixo custo.
u Visor de grande dimensão.
u Revestimento em aço inoxidável.
u Compatível com o AutoRAE Lite (estação de teste e
calibração).
u Micro sensor de alto rendimento sendo o monitor com a
leitura mais rápida do mercado.
u Registo até 10 eventos.
u IP-67 à prova d’água e resistente a poeira.
u Temperatura operacional entendida entre -20° a +60° C com
aprovação T4 total.
u Para aplicações farmacêuticas, de petróleo e gás.
u Ideal para equipas de emergência em contato com materiais
perigosos.
u Para aplicação em segurança industrial, ou para prevenção
na entrada em espaços confinados.

208 | CATÁLOGO GERAL


DETEÇÃO DE GÁS

MICRORAE WIRELESS 4-GAS MONITOR


DETETOR MULTI-GASES REPLETO DE
RECURSOS
O
NOV
u Detetor compacto, multigases, ideal para espaços
confinados através de bombagem ou difusão, que monitoriza
O2, combustíveis, H2S e de CO.
u Melhor EMI/RFI da sua classe, eliminando as interferências
de rádio.
u Revestimento à prova de água e poeiras - IP65.
u Simples de operar, interface intuitivo de dois botões.
u Visor gira 180 º, para facilitar a visualização quando usado
no cinto ou na mão.
u Acesso fácil à bomba, sensores, filtro e compartimento
de bateria sem expor componentes eletrônicos a danos
potenciais.
u Informação remota por tecnologia wireless em caso de
trabalhador em emergência e pânico.
u Para aplicações na industria do petróleo e gás, combate a
incêndio, Industria Petroquímica.

MULTIRAE LITE
MONITOR PORTÁTIL WIRELESS PARA MULTIGÁS

u Solução ideal para monitorizar de 1 a 6 gases, para proteção


pessoal (incluindo entrada em espaço confinado) e aplicativos
de deteção de vazamento multigáses.
u Disponível nas versões de bombeamento e de difusão.
u O recurso wireless aumenta o nível de proteção do
trabalhador proporcionando aos agentes de segurança acesso
em tempo real às leituras dos instrumentos e ao status dos
alarmes a partir de qualquer local para que se tenha uma
melhor visibilidade e uma resposta mais rápida ao incidente.
u Sensores inteligentes que armazenam dados de calibração,
de forma a serem trocados em campo.
u Grande visor gráfico com interface do usuário, fácil de usar,
através de ícones.
u Registro de dados contínuo.
u Para aplicações farmacêuticas, de petróleo e gás.
u Ideal para equipas de emergência em contato com materiais
perigosos.
u Para aplicação em espaços confinados e em situações de
segurança nacional.

DETECTORES DE GÁS | 209


DETEÇÃO DE GÁS
AUTORAE LITE
ESTAÇÃO DE TESTE DE BOMBAGEM E
CALIBRAÇÃO AUTOMATIZADA
u Estação de alta velocidade e baixo custo executando teste
de bombagem e calibração com armazenamento de dados
em formato Excel. O AutoRAE Lite oferece o mais baixo
custo de propriedade e indicação direta de teste de bomba
funcional, do mercado.
u Opera em um sistema de baixa pressão com bomba
embutida.
u Menor custo de propriedade do mercado.
u Teste de bump em 12 segundos.
u Calibração em 2 minutos.
u Armazenamento completo de todos os dados.
u Portátil, com opção de bateria.
u Configura monitores de gás.
u O sistema de fluxo de demanda elimina vazamentos
acidentais.
u Ideal para equipas de emergência em contato com materiais
perigosos.
u Modelo compatível com ToxiRAE 3 e QRAE II.

AUTORAE 2
PARA MULTIRAE
TESTE AUTOMÁTICO E SISTEMA DE CALIBRAÇÃO
u Teste de resposta automática, calibração, cobrança e
download de registro de dados.
u Cinco portas de entrada de gases.
u Controlador com grande display LCD gráfico e colorido.
u Berço de forma específica do produto. Controlador suporta
até 10 equipamentos ao mesmo tempo
u Capacidade versátil de impressão.
u Várias opções de alimentação.
u Ideal para equipas de emergência em contato com materiais
perigosos.

KIT CALIBRAÇÃO

u Incluem uma variedade de gases de calibração e


reguladores correspondentes e tubos para a calibração de
campo conveniente de vários monitores de gás.
u Cilindros de calibração estão disponíveis em tamanhos
diferentes que variam de 34 litros para 103 litros.
u Ideal para equipas de emergência em contato com materiais
perigosos.

210 | CATÁLOGO GERAL


Pinça Amperimétrica
Detetor de tensão
Multímetro e Luxímetro
Sequencímetro
Medidor

APARELHOS DE MEDIDA
APARELHOS DE MEDIDA

PINÇAS AMPÉRICAS
AP1
AP1 - M266W AP2 - VA315

DIGÍTOS 1999 5999


TENSÃO AC/DC 600 / 600V 700 / 1000V
INTENSIDADE AC 1000 A 1000 A
RESISTÊNCIA/CAPACIDADE 20KΩ 60MOHM
CONINUIDADE/DATA HOLD X/X X/X
FREQUÊNCIA 100KHz
FUNÇÃO ADP 600mV
ECRÃ ILUMINADO X
MÁXIMA/MÍNIMA X
AP2 Ø MÁX. DO CONDUTOR 55 mm 42 mm
DESLIGAMENTO AUTOM. X X
NORMATIVA CE EN6010-1 CAT III 600V EN6010-1 CAT III 60

DETETOR DE TENSÃO, CONTINUIDADE E FASE

AP4 - UT15B

12-24-50-120
TENSÃO DE TRABALHO 230-400-690V AC/DC
AP4 INDICADOR Luz de guía

CE
REGRA
EN61010-1 CAT IV 600V

OUTROS Protección IP65

MULTÍMETRO DIGITAL

AP5 - ST9928 AP6 - ST9927

DIGÍTOS 11000 6000


TRUE RMS/DMS DMMS DMMS
TENSÃO AC/DC 1000 / 1000V 750 / 1000V
AP5/6 INTENSIDADE AC/DC 10/10A 10/10A
RESISTÊNCIA 60MΩ 60MΩ
CONTINUIDADE /DATA HOLD X/X X/X
CAPACIDADE 110mF 1000μF
TEMPERATURA /DÍODOS 760ºC / X 760ºC / X
FREQUÊNCIA/TRANSISTORES 10MHz / - 10MHz / -
DESLIGAMENTO AUTOM. X X
PROTEÇÃO IP67 IP67
NORMATIVA CE EN61010-1 CAT III 600V EN61010-1 CAT III 600V

212 | CATÁLOGO GERAL


APARELHOS DE MEDIDA

AP7 - DT9201
DIGÍTOS 1999
AP7 TENSÃO AC/DC 600 / 600V
INTENSIDADE AC/DC 10/10A
RESISTÊNCIA 200MΩ
DATA HOLD X/X
COMP TENS PERIGOSA AC
COMP BATERIAS
DESLIGAMENTO AUTOM. X
TRANSISTORES 1 - 1000
PROVA DE DÍODOS X
PROTETOR DE BORRACHA X
NORMATIVA CE EN6010-1 CAT II 600V

SEQUENCÍMETRO
AP8 AP8 - ST901
DIGÍTOS 999
3-5-10-15-20-30-50-100-150
CORRENTE DE PROVA 250-300-500mA
ÂNGULO DE FASE 0 - 180º selecionável
TEMPO DE RESOLUÇÃO 1mS (max. 19,99s)
DATA HOLD X
TENSÃO DE TRABALHO L-E; L-N
NORMATIVA CE CE IEC 61010-1 CAT III 300V
PROTEÇÃO IP54

LUXÍMETROS

AP9 - ST8809A AP10 - ST1308


AP9 CONEXÃO USB

DIGÍTOS 4000 4000


ALCANCE DE LEITURA 400,000LUX 400,000LUX
RESOLUÇÃO 0,1lux 0,1lux
AP10 PRECISÃO ±5%±10dig ±5%±10dig
ECRÃ ILUMINADO X X
PEAK HOLD/DATA HOLD X/X X/X
MÁXIMA/MÍNIMA X X
AUTO OP X X
INICIAR ZERO X
NORMATIVA CE IEC STANDARD IEC STANDARD

AP11- MS6612 AP12 - MS6610


AP11
DIGÍTOS 9999.99 1999
ALCANCE DE LEITURA 200,000LUX 50,000LUX
RESOLUÇÃO 1lux 1lux
PRECISÃO ±3% ±5%
ECRÃ ILUMINADO
AP12 X
PEAK HOLD/DATA HOLD X/X
SEQUENCÍMETRO
MÁXIMA/MÍNIMA ST
X 901
AUTO OP X
INICIAR ZERO X
NORMATIVA CE
AP11 - ST901
IEC STANDARD IEC STANDARD

APARELHOS DE MEDIDA | 213


APARELHOS DE MEDIDA
AP13 - MFT1800
uSelecção de testes com código de cores simples e visor
retroiluminado de grandes dimensões, para facilidade de
utilização
u2 ou 3 eletrodos sem interrupção de loop Teste para
circuitos protegidos RCD.
uMemória Interna e comunicações Bluetooth®
uTeste de RCDs (interruptores e disjuntores diferenciais) do
tipo B e trifásicos, para aplicações industriais sem circuito
de Terra
AP13 uMedição de circuitos de Terra com 3 terminais e teste sem
eléctrodo, para medição da resistência da vareta
uClassificação de segurança EN61010 CATIV e robusta caixa

MEDIDOR DIGITAL DE SOLO


u Calibrado em IP54
u Testagem de 2 e 3 pontos
u Saída selecionável de 25 V a 50 V
u Completo, com kit de prumo e de estacas
u Simples, operação por meio de um único botão
uEntregue com certificado de calibragem

AP14 - DET3TC - MEDIDOR DE SOLO DE 2 E 3 TERMINAIS


uAcessórios incluídos:
Estojo resistente e Kit de estaca e fios
AP14 Acessórios opcionais
ICLAMP Braçadeira de medição de corrente
Conjunto adaptador terminal em ângulo reto
2 estacas de reposição para testar a terra (200mm, 8mm dia)
3 prumos de reposição para testes (15m, 10m, 3m)
‘Getting down to earth’ A Megger guide to earth testing
1 x clipe Preto com garra tipo jacaré
Conjunto de cabos

AP15 - DET3TD - MEDIDOR DE SOLO DE 2 E 3 TERMINAIS


uAcessórios incluídos:
AP15 Estojo resistente e Kit de estaca e fios
uAcessórios opcionais:
Conjunto adaptador terminal em ângulo reto
2 estacas de reposição para testar a terra (200mm, 8mm dia)
3 prumos de reposição para testes (15m, 10m, 3m)
‘Getting down to earth’ A Megger guide to earth testing
1 x clipe Preto com garra tipo jacaré
Conjunto de cabos

AP16 - DET4TD - MEDIDOR DE SOLO DE 2, 3 E 4 TERMINAIS


uAcessórios incluídos:
AP16 Estojo resistente e Kit de estaca e fios
uAcessórios opcionais:
Conjunto adaptador terminal em ângulo reto
2 estacas de reposição para testar a terra (200mm, 8mm dia)
3 prumos de reposição para testes (15m, 10m, 3m)
4 prumos de reposição para testes (15m, 10m, 10m, 3m)
1 x clipe Preto com garra tipo jacaré

214 | CATÁLOGO GERAL


APARELHOS DE MEDIDA
AP17 - MIT200 - VERIFICADOR DE ISOLAMENTO
DIGITAL /ANALÓGICO E DE CONTINUIDADE
uVerifica o isolamento até 1000 MΩ
AP17 uVerifica a continuidade a 200 mA até 0.01 Ω
uAlarme de circuito vivo (mostrador de voltagem) e impede
a verificação
u Ecrã digital / analógico
uPilhas alcalinas ou recarregáveis
u Temperatura operacional entre -10ºC e +55ºC
uCATIII 600 V
u Adaptável a EN61557-1

AP18 - MIT400 CAT IV - MEDIDORES INDUSTRIAIS


AP18 DE ISOLAMENTO
uMedição de Voltagem TRMS & DC
uTeste de isolamento até 1000 V e 200 G½
u Teste de continuidade a 200 mA ou 20 mA até um mínimo
de 0.01 ½
uAlarmes de limite de Aprovação/Desaprovação
uMostrador digital dual e analógico
u Função de IP/RAD e Timer
u Armazenamento do resultado

AP19 - MIT480 - MEDIDORES DE ISOLAMENTO DE


TELECOMUNICAÇÕES
AP19 uMedição de Voltagem TRMS & DC
u Teste de isolamento até 50 V e 1000 V
uTeste de Continuidade a 200 mA ou 20 mA
u Inibição de teste de 75 V
u Medição de capacitância a 10 μF
u Comprimento do cabo pela capacitância
u Cabos de teste de silício.

AP20 - MIT510 TESTADOR DE RESISTÊNCIA DE


ISOLAMENTO DE 5 KV
AP20
u Funciona com fiação elétrica ou bateria
u Tela digital/analógica iluminada
u Voltagem de teste selecionável de 250 até 5000 V
u Teste IR automático
u Medidas para 15 T½
u Completo com certificado de calibração.

APARELHOS DE MEDIDA | 215


APARELHOS DE MEDIDA

AP21 - MIT520 E MIT1020 -TESTADORES DE


AP21 RESISTÊNCIA DE ISOLAMENTO DE 5 KV E 10 KV

u Funciona com fiação elétrica ou bateria


u Tela digital/analógica iluminada
u Voltagem de teste variável de 50 até 5000 V ou 10000 V
u Testes IR, PI, DAR, SV e DD automáticos
u Medidas para 15 T½ (5 kV) e 35 T½ (10 kV)
u Descarga de resultados RS232 e USB a Megger Download
Manager
u Memória interna para armazenamento de resultados

AP22
AP22 - M JÖLNER 200 - MICRO OHMÍMETRO

u Controlado por microprocessador


u Banco de Dados: Integração CEBEX /IPS
u Resistente e portátil. Mala com design leve que resiste ao
impacto da água, poeira ou areia.
u DualGround e Controle Remoto.

AP23 - MOM600A - MICRO-OHMÍMETRO

AP23 u Voltagem Principal 115 / 230 V AC, 50 / 60 Hz


u Consumo de Energia (max) :b115 V, 4370 VA 230 V, 7360 VA
u Proteção: Disjuntores miniatura, corte térmico.
u Com acessórios e bolsa de transporte.

AP24 - MOM690 - MICRO-OHMÍMETRO

u Voltagem principal 115 / 230 V AC, 50 / 60 Hz 700 1.5 5 s


uConsumo de energia (max) : 115 V, 5980 VA (at 600 A
AP24 output) 230 V, 9660 VA
uProteção: Mini disjuntor, fusível térmico, software
uCom acessórios e bolsa de transporte.

216 | CATÁLOGO GERAL


ARMÁRIOS MODULARES
PARA VIATURAS
ARMÁRIOS MODULARES PARA VIATURAS

ARMÁRIOS MODULARES PARA VIATURAS

u MODULARES
Uma grande variedade de módulos de tamanhos e larguras
diversificados permitem que o espaço do veículo de trabalho
seja explorado de forma racional e eficiente. Tornando assim
possível adaptar a estrutura com a introdução de módulos
adicionais ou a alteração das suas disposições no espaço do
veículo.

u DESIGN
O nosso departamento técnico estuda as formas dos diversos
veículos e concebe soluções personalizadas para os clientes,
o que permite a exploração e a adaptação das várias
possibilidades até se chegar a uma solução adequada.

u Divisórias de vários tamanhos u Gavetas transformáveis u Revestimento em u Prateleiras e gavetas


personalizáveis em pastas de transporte alumínio moldado

Foi dada uma atenção especial ao planeamento e a concep-


ção dos suportes de fixação dos materiais de organização
das paredes do veículo.
As pequenas peças partes do equipamento são afixadas por
meio de parafusos que se introduzem automaticamente na
plataforma.

u ACESSÓRIOS
- Uma série de ganchos, cordas, cabos, etc.
- Materiais de divisão para as prateleiras.
- Recipientes transparentes.
- Suportes para extintores ou recipientes
- Pequenas Pastas de dimensões diferentes.
- Mesa de trabalho.

218 | CATÁLOGO GERAL


NORMAS E REGULAMENTOS
VIAS RESPIRATÓRIAS

CARTA DE UTILIZAÇÃO DOS FILTROS VIAS RESPIRATÓRIAS

Classe de absorção de filtros de gás e vapor Filtros de aerossóis

220 | CATÁLOGO GERAL


VIAS RESPIRATÓRIAS

PROTEÇÃO DAS MÃOS

NORMAS E REGULAMENTOS I 221


PORQUÊ PROFOR? AS 10 MELHORES RAZÕES...

1 u A PROFOR é o seu fornecedor em toda a gama (mais de 12.000


referências em stock).

2 u Estamos disponíveis 8h/dia, 7dias/semana, 365 dias/ano para


satisfazer as suas necessidades.

3 u Todas as encomendas realizadas até às 15h, são despachadas no


próprio dia, caso disponíveis em stock.

4 u Empresa PME LÍDER com mais de 30 novos produtos inovadores


neste catálogo.

5 u Mais de 12.000 artigos em stock, produzidos em fornecedores


diferentes, previlegiando as empresas nacionais.

6 u Temos preocupação ambiental, reciclamos o papel, pilhas e plástico.

7 u Mais de 40 anos de experiência e conhecimento .

8 u A PROFOR tem um ao seu dispor um departamento de qualidade


que permite a resolução de algum inconveniente que possa surgir.

9 u Cobertura nacional e internacional feita pessoalmente pelos nossos


comerciais.

10 u Empresa certificada pela ISO 9001:2008; PME LÍDER

Sede: Av. Comendador Nunes Corrêa, Nº 68 | 2790-483 Carnaxide - Portugal

Sede: geral@profor.pt | Del. Norte: profor.norte@profor.pt | Del. Centro: profor.centro@profor.pt

Tel: +351 214 168 690 Fax: +351 214 171 115 www. profor.pt /profor.pt
www.profor.pt

Sede Profor
Avenida Comendador Nunes Correia, 68
2790-483 Carnaxide - Portugal
tl: +351 21 416 86 90
Fax: +351 21 417 11 15

Delegação Norte
profor.norte@profor.pt

Delegação Centro
profor.centro@profor.pt

Delegação Exportação
export@profor.pt

Você também pode gostar