Você está na página 1de 19

Esú Bara-

-1 Alguidar nº 4.
-28 búzios
-7 tentos de esú
-7 garras de esú
-7 moedas correntes
-2 kg de tabatinga branca
-Terra de comercio
-Terra de banco
-Terra de 7 encruzilhada
-Terra de mata
-20 gr. de azougue
-! de andara
-! de danda da costa
-2 "a#a de ari$o
-2 "a#a de abere
-2 litros de dend%
-2 garra"as de cacha&a
-1 't. (e mel
-'elekun em )!
-*e+erekun em )!
-eda&o de ouro ou )rata
-,olha de cansa&o
-Aroeira
-,olha de comigo ningum )ode
-/ornal ue tenha noticias boas dinheiro
-1 )edra de car#o de koke
-1 )edra de en3o"re
-1 "rango de cor 
-1 angola
-1 igbin
-1 $a+i
-1 osn tinta #ermelha
-! de 5erosun
-1 im
-2 ob6 4 )artes
-2 orogbo
-'imalhas alum6nio "erro bronze.
Esú Onà-
9aterial
17 búzios
1 "aca
1 tesoura
1 na#alha
1 bigorna
1 ima
1 "erradura
17 9oedas
1 :ber! "undo;
1 edra grande arredondada
2 <alos com es)oro
1 =uartinha sem al&a
1 >orrente

Azogue

:bs : okut? deste @sú de#er? ser encontrado )ela )essoa ue ir? assent?-lo. @ste @sú
reside numa )euena casinhola dentro do barraco ao lado direito de uem entra. @ste
caminho de @sú no se "az no ori de iniciados a)enas se assenta com)ondo a lista dos
inúmeros oris?s necess?rios a "undamenta&o do il%.

1. A necessidade do ober! ser "undo  ue os a)etrechos "icaro escondidos )or 


debai3o da )edra.

Esú Alakétú-
9aterial

1 :"? 1cm de "erro


21 *uzios
Azougue bastante
>asa de /oo de *arro
>ume casa de >u)im
Tabatinga >inza ou )reta
9uita "olha de >ansan&o
Baiz de >ansan&o
7 ,a#as de atar inteiras
1 Tra#essa barro o#al na+ 0cm
21 9oedas Antigas
@n3o"re
! de >ar#o
! de "erro
! de cobre
Terra de 7 "eiras
Terra de 7 encruzilhadas
asta de dend%
>acha&a en#elhecida
,umo de rolo
>ominho em gro
1 =uartinha sem al&a
1 o#o
1 into
2 <alos grandes de briga de cor 

:bs @sse @sú  muito im)ortante )ara a Ca&o Dtu embora se+a muito uenteele
"unciona como /uiz num El% )unindo se#eramente os membros do El% em situa&Fes de
disc!rdias em sua massa  misturada muita "olha de cansan&o e na sua base muita raiz
desta mesma "olha.
G "eito em #ulto grande e na )arte da cabe&a o :"? ser#e como estrutura "icando
a)enas a )onta deste no to)o da cabe&a.
G o @sú )ilar da Ca&o de Dtu.
@ste caminho de @sú no se "az no ori de iniciados a)enas se assenta com)ondo a lista
dos inúmeros oris?s necess?rios a "undamenta&o do il%.

Esú Alê-
9aterial

01 laca de "erro redonda com 0H "uros nas bordas e um "uro no meio somando 7 "uros.
07 'an&as de "erro sendo uma com um tridente #oltado )ara bai3o )reso no meio da
lan&a.
01 >uscuzeiro
Azougue muito
Tabatinga )reta muito
>asa de /oo de *arro
*e+erekun muito
'elekun muito
07 ,a#as de arid
07 >anela de #elho
07 ,olhas de A"oman @r#a assarinho
01 9oringa grande
07 >olobIs de barro otinhos )euenos
01 <arra"a de cacha&a en#elhecida
02 retos
01 (Jangola
01 ombo )reto
9ilho de i)oca
9ilho de <alinha
,arinha torrada
(end%
@"un
:ssun
Ka+6
7 "a#as de garra de @sú
7 >arra)ichos
>ar#o
07 *úzios brancos grandes
01 :bi ro3o
07 Atar imenta da >osta
01 Tesoura

:bs AlL  o @sú ue acom)anha :balu$a5e e :molú  ele uem e detm o )oder 
sobre as #ar6olas )estes )ragas e demais doen&as ue assolam uma )o)ula&o e ou um
El%.
@sse :ris?  assentado do lado de "ora do uarto de :balu$a5e e :molú ao lado da
 )orta direto no cho.
ara assenta-lo a )essoa )recisa ter assentamento de :balu$a5e e ou :molú no ElL.
Me "or mulher no )oder? estar menstruada casa ue tem AlL assentado as mulheres
de#em e#itar "icarem de cal&as com)ridas de#em sem)re usar cal&olo e saia )ois AlL
mutila essas mulheres ue no "azem uso dos as!s de#idos.

Esú Laalú-
9aterial

01 "erro em "orma de boneco "or+ado sem solda


07 ids de "erro
07 lan&as de "erro
01 corrente de "erro
01 "a#a de atar
01 :kut?
07 búzios
07 moedas antigas
01 )ena @kodid
01 )ena Aluk!
01 )ena AgbL
02 a+%s búzios de orelha grande
01 :kot! grande escuro >aracol es)iral
@$e osibat?
@$e o+uoro
@$e )eregun broto
@$e inN
01 couro de boi cortado do tamanho da base do igb?
01 )ote de barro grande Egb?
01 uartinha sem al&a
01 o"? de "erro
01 adaga de "erro
01 )eda&o )eueno de 5ang6 laterita
07 )edras de gigatar +u6zo da cor#ina
01 "a#a de aridan
07 garras de esú
01 "a#a de i5emon+?
01 :g! @sú
01 kani "ieira de búzios grandes

:bs @sú 'aalú e @sú *ara 'o+ik6 so os únicos ue )odem ser ras)ados. =uando o Egb?
 de cabe&a no le#a tabatinga )ois o Oang6 re)resenta )er"eitamente o barro utilizado
nos assentamentos. @ste @sú  assentado solto.
Esú Odara-
0H búzios
1 "aca
1 ima
0H "erradura
H0 9oedas
1 :ber! "undo;
1 edra grande
tabatinga cinza ou )reta
1 >orrente
Azogue
"olha de >ansan&o
Baiz de >ansana&o
0H ,a#as de atar inteiras
@n3o"re
! de >ar#o
! de "erro
! de cobre
Terra de 7 "eiras
Terra de 7 mercados
Terra de 7 bancos
asta de dend%
>acha&a en#elhecida
,umo de rolo
>ominho em gro
Ka+6:sun e @"un
21 )enas de galinha da angola
01 )ena de ecodid
1 =uartinha sem al&a

9odo de )re)aro 

@m um alguida grande colocar a tabatingacom tem)eros das matan&a$a+ie"unosunos


 )!s de de car#ao e outros )!sas terras"olha de cansa&aoa raiz de cansan&aoa )asta de
dendeazogue..9isturar tudo na tabatinga corta um "rango )ara a massa e )or os A3s
de dentro no alguida 5ue #ai "ica o @sú.(e)ois de misturado "azer um "ormato de uma
carrancarostode)ois de "ormado dei3ar descan&ar )or uma noite no tem)o no dia
seguinte colocar os outros materiais no assentamento..As )enas colocar antes da massa
seca sobre a cabe&a do @sú.......(e)ois de seco "azer a matan&a..@sse @sú  bom )or na
cozinha do barracao )ois ele ue traz a "artura e )ros)eridade..
E)Nd
Culto aos ancestrais
: )rimeiro a ser in#ocado no culto  Ps in? solicitando de sua )resen&a )ara ue
zele )elo barraco e #enha assumir suas "un&Fes. or Q #ezes a R5?dagan a+oelha
em atitude de humilde res)eito mistura no igb? do )Nd uns ingredientes a$!
de)ois de misturado a R5am!rS dan&a em #olta do igb? )or Q #ezes e le#a oigb? aos
 )s de Ls enuanto a R5alase ou i5akekere canta a cantiga. se canta uma cantiga
: segundo a seer in#ocado  Ps +is e sob seu as)ecto de :d?rN  con#idado a
le#ar a o"erenda a *Nb? rRsN s6mbolo coleti#o de ancestralidade masculino  em
seguida se "az uma mistura no igb? onde se mistura umas bebidas e uns a$!
de)ois de tudo misturado a i5amoro )or Q #ezes sair? )ara le#ar o igb? com as
o"erendas adeuadas aos ancestrais da direita.se canta uma cantiga
: terceiro a ser in#ocado todos os Pgún e os Ps? ancestrais "undadores do
 barraco )edindo lhes )ara aceitar da mo de Ps todas as o"erendas )ara
com)artilhar na cerimInia e "icar satis"eito.se canta uma cantiga durante a
cantiga a i5adagan entrega a i5amoro uma )euena #azilha com :tin e uns A$o
ue  le#ado )ara o e3terior e dei3ado onde "oi derramada as o"erendas e cantiga
 )rosegue at a #olta da i5amoro ue marca o inico da )rocima in#oca&o.
=uarto durante esta "ase do Nd chamam se os H )rinci)ais SrRsN do barraco
 )ara ue #enham "ortalecer e a+udar o rito. A seguir a )resen&a de U5?-mi
sSrSngN ser? solicitada com o"erendas a)ro)riadas ue Ls a entregar? o
momento culminante do ritual. A o"erenda  le#ada a)ressadamente uase
correndo. As cantigas traduzem as )reces )ara ue U5a-mi no se a)resente
agressi#a )ara ue ela aceite seus "ilhos e os "a#ore&a.se canta uma cantiga
=uinto  in#ocado Ls agb! o Ls )rotetor e guardio todos os orisas ue so
chamados substituindo na cantiga o nome de Ls )elos seus. Mo in#ocados )elos
seus as)ectos de entidades altamente ben"icaV assim gún Akoro :de Wrol
Oemo+? WS5S.
>ont...
sun P$+6 e *N?b? W+Nl isto  rUsNlN guardio da casa..
@ a cantiga  res)eitada Q #ezes )elo coro e )elo solo e toda #ez ue se )ronunciar 
o nome de i5a mi se "az um signo no cho em sinal de res)eito
 Cesse instante uma R5aloris? de gun le#anta se correndo e sem sair do recinto 
derrama ?gua na terra do lado de "ora no centro N esuerda e a direita
XumedecendoXXes"riandoYuotV e tornando )ro)icio o lugar nun gesto de
o"erenda destinado ao mesmo tem)o a )ro)iciar a i5a mi e a )re)arar a )assagem
da R5?moro. @sta sai imediatamente )isando sobre a terra umedecida X e le#ando
um akasa enrolado em sua "olha #erde um cor)o descendente ue entregar?
restituindo assim o asL de R5? ancestre genitor "emininoX. A #olta da i5?moro 
saldada com muita alegria. Todo o egb  em ) canta e3altando seus dignit?rios
regozi+ando se com a "eliz concluso do ritual con#encido de ue os
inimigosmorte doen&a )erda maldi&o )erturba&o etcsero #encidos e ue
 )rodigalidade e a )az sero mantidos.
Termina se saldando sacerdotes na ordem de hieraruia come&ando )ela U5?moro
e o WsogbN e acabando )elas E$!ro as U5a$o sim)les o"iciantes.
X*em eu abre#iei muita coisa e )osso ter me "altado a mem!ria de algoX
B@MZ9EC(:
ois #emos assim atra#s do Nd ue Ps  o encarregado de trans)ortar
comunicar e restituir o AMP dos genitores m6ticos estabelecendo a harmoniosa ue
 )ermite a din[mica social e a continua&o do ciclo #ital. (urante o ritual os Lgún e
i5am-mi reúnem se )ara aceitar as o"erendas ue Ls trans)orta )ara eles. Co
 )odia encontrar nome mas a)ro)riado )ara esta cerimInia. : Nd a re-unio  se
estabelece em #?rios n6#eis  sendo Ps a mola ue mo#e todos os mecanismo
inerentes.
Tudo isso e a )ro#a da im)ort[ncia de Ps em nossas #idas sem ele nada se
mo#imenta nada se concretiza nada chega aonde de#e de chegar Ls  o
mo#imento e o mensageiro de tudo e3istente ou ine3istente aos olhos do homem \

Os 16 múltiplos de Esú
 Exú Yangui:a laterita vermelha, é a sua múltipla forma mais
importante e que lhe confere a qualidade de Imolê ou divindade nos
ritos da criação Exú ligado a antigas e grandes sacerdoti!as de
"xun
 Exú #g$%: o ancestral, ep&teto referente % sua antiguidade
 Exú Ig$' (et': o exú da terceira ca$aça
 Exú "()t): o exú do carocol, o infinito
 Exú "$a *a$' Exú: o rei pai de todos os Exús
 Exú "d%r%: o senhor da felicidade ligado a "rinxa+'
 Exú -s&./: o mensageiro divino
 Exú Elér0: o 1enhor do carrego ritual
 Exú Enú 2$'r&.o: a $oca coletiva dos "rix's
 Exú Eleg$'r%: o senhor do poder m'gico
 Exú *'r%: o senhor do corpo
 Exú +"nan: o 1enhor dos caminhos
 Exú "l+"$é: o senhor da 3aca
 Exú El+4$o: o 1enhor das oferendas
 Exú #l%f5': o 1enhor sa satisfação 6essoal 
 Exú "duso: o 1enhor que vigia os "dús
@3ús ue acom)anham #?rios :ri3?s.
 Exú #(esan: acompanha "xumaré, etc
 Exú 7elu ou I.elu: acompanha "solufun
 Exú 8na: respons'vel pela cerim9nia do Ipade regulamentando o
ritual
 Exú-nan: acompanha "xun, "' , "gun, respons'vel pela porteira
do ;etu
 Exú #.onan: tinha o seu culto forte na antiga região I.esa
 Exú 'lú: acompanha "dé, "gun, "xal', etc
 Exú Ig$'r'$): acompanha Yeman.', <ang=, etc
 Exú >5r&r&: acompanha "gun
 Exú 3o(& ou *%ra >)(&: acompanha "' e v'rios orix's
 Exú:a.5(& ou *'ra a.5(&: acompanha "gun, "' e as posteiras
 Exú 15.&d5: acompanha "molú, ?anã, etc
 Exú ang5r&: a companha "sogian
 Exú @l/: acompanha "molú
 Exú Al'(/tú: acompanha "x9ssi
 Exú -r): acompanha "dé, ogun
 Exú >)p'BEru/: acompanha "ssain
 Exú #r&.&d5: acompanha "xun
 Exú #san%: acompanha "xun
 Exú +"(/: acompanha "$'
 Exú I.edé: acompanha ogun
 Exú 7in%: acompanha "xumar/
AJÊ AL!"A
Ori#$ da ri%ue&a'
(J) AL!"A
>onchas grandes caramu+os do mar +oias naturais corais so os simbolos desta di#indade ue em E" 
conhecida como W+L Malga e no (ahom como :3umar. Co e3istem cerimInias abertas )ara ela nem
"estas. <osta de arroz cru com mel e "arinha )er"umada o local onde A+e encontra-se assentada no )ode
ser #isitado )or muitas )essoas mostra-se muito t6mida e cismada. Meus rituais de#em acom)anhar os de
:saala. ossui muito liga&o com @su :runmila :sani5n e :risa :ri.

Lista de material para A*+ alu,a

01 *acia antiga de lou&a grande =ue se+a antiguidade


01 >ache)I grande de 'ou&a Antiguidade
0Q A+%s grandes
H00 *úzios )euenos comuns
H00 9oedas correntes
Areia de )raia
0H A+%s mdios
0H 9oedas antigas )rata
0H 9oedas correntes )rateada
0H A+%s )euenos
0H Eds de :uro 18k
0H :$o e5o *úzios da terra "rutos de esca#a&Fes arueol!gicas
0H edras )reciosas >ristal austr6aco*rilhante(iamanteTo)?zioim)erialTo)?zio
azul>itrino amarelo.
0H )rolas legitimas
01 #idro de azougue
01 )ena de leke-leke
01 )ena de agb
01 )ena de ekodid
01 )eda&o de cera de abelha
0H conchas shell
0H conchas comuns
0H corais #ariados
01 coral crebro
01 "io de segis
07 obis de 4 gomos
01 estrela do mar 
0H ca#alos marinhos
0H conchas madre )rolas
01 )eda&o de ori #egetal
01 #idro de mel de abelhas
01 e"un )ara"uso
01 cai3a de $a+i
01 )unhado de 5erosun
01 )incel
02 colobos )otinhos de barro
0H gros de atare
01 )acote de incenso de igre+a aduirido em uma igre+a cat!lica
<im
Agua benta
]gua do mar 
]gua ue a )essoa la#ou o rosto.

-Bicos de corte

-01 a+a)? +abiti


-01 elei5 amarelo )ombo
-0H igbin
-01 etu galinha da angola

.olas ritual/sticas
0para laa,em das concas e materiais utili&ados no assentamento'2
,olhas de akoko
,olhas de iroko
,olhas da "ortuna
,olhas da costa saio
,olhas de dinheiro em )enca
,olhas de guin
,olhas de )eregun
,olhas de maria-sem-#ergonha
,olhas de serralha.

@r#as de A+% sero usadas )ara la#ar as conchas e búzios e de#e-se tambem tomar
 banho delas antes de mecher e e#ocar A+%. 9acer?-las rezando a sassanha de sua
 )re"er%ncia mais aconselh?#el rezar a sassanha de :3umar  )or ser ligado a riueza
ou sobre sassanha de Oeman+? )or ter estreitas liga&Fes com A+%.

W/P MA'^<A

:ri3? da riueza no d? transe )ortanto no e3iste @legun de A+% Malug.@3istem sim
iniciados em a+% ue so os ue sim)lesmente a cultuam e ue a assentam. Meu
elemento  a riueza e )or ser "ilha de :locum  re)resentada )or toda a riueza dos
mares. G ligada a :3umar )or ser tambm um :ri3? da riueza nas terras.Assim
como :3umar alguns acreditam ue A+% se+a um deus masculino outros cre%m ue
A+% se+a meio macho meio "%mea mas o ue se sabe  ue A+%  um :ri3? "eminino de
doce tem)eramento dona de as)ectos indis)ens?#eis )ara o ser humano como )ai3Fes
riueza e amor. :utro moti#o de uestionar a se3ualidade de A+%  )orue +? ue ela 
re)resentada )or conchas e grandes búzios estes )odem ser masculinos ou "emininos
no#amente "alaremos sobre o caractere andr!geno de A+%.>omo masculino A+% tem
grandes liga&Fes com _angI :ssain e @3ú.-

- A34A5O 4E (J) AL!"A  - :cum E5? ` a me rainha ue est? nos mares.

- 7E8A 4E E9OCA5O 4E (J)

XA+% :gugulusIA+% MalugA+% onisI bu+X


:radu;<o= XA dona da morada da riueza do )ara6so do homem uando chega nela
encontra o m?3imo da riuezaX.

- CO>?4A E O.E7E@4A A7A AJÊ=  Todos os )ratos )ara A+% no le#am
tem)%ros s!mente a)!s a sua con"ec&o sero regados
! arroz
Aca&?
@kurú
Abar?
@bI.

- :"erece-se em "orma de #enera&o uma #ez ao m%s )ara A+% os ingredientes abai3o
dentro de um ober! o"erecer obi orobI ekurú e e"un  Aber%.

Assentamento de ?$ >i Osoron,$


1 )ote de coru+a
1 ot?
10 búzios
10 moedas
1 )enca de o3um
1 uartinha de barro "%mea
1 moringa de barro
1 muda de )itanga
1 ob6
1 orIbo
 metro de "ita #ermelha
 metro de "ita amarela
1 ikodid
Atar
(end%
<Rm
eman*$
eman*$ soD$
-1 igb? de lou&a com)leto
-1 )er"ume do bom
- ids )rateados
- búzios
- con&has shell
-1 abeb )rateado
-1 abeb )rateado miniatura
-1 cristal de rocha )edras semi)reciosas
-1 )e&a de )rata
-banha de or6
- moedas antigas )rateadas
-1 laguidb? branco
-1 segui azul de o3agui
-lelecum
-)atchul6
-cumarú
-be+erecum
-imburana
-)i3urim
-)! de s[ndalo
-n!z noscada
-dand? da costa
-)unhado de er#a doce
-$?+ie"un
-5erosun
-osun
-1 coral do mar
-1 ob6 branco
-dend%fmelf
-#inho moscatel
-azeite
-unhas do "ilho de santo
-1 6ma
-1 correntinha de metal )rateado
-1 anel ou alian&a de )rata
-1 )edra de alabasto
-1 "io de contas bem bonito
-1 tablete de sabo de cIco
-1 tablete de sabo da costa

obs. la#ar todos os itens da lista sem e3ce&o )rimeiro com sabo de coco de)ois com
sabo da costa e )or último com as er#as...
?,Da de iemon*a saDa
01 so)eira de lou&a com bacia
01 uartinha
01 okut?
08 búzios
08 ids de metal )rata
08 moedas )rata
01 )enca de i5emon+a
01 dedal )rata
01 igb! de metal )rata
01 rede de )escar 
01 abebe )rata
08 conchas shell
08 ca#alos marinhos
08 conchas di#ersas
01 )ar de a+es )euenos
"a#a de i5emon+a
Oro ia saDa
@m seu lab coloca se uma bacia com areia e ?gua
do mar. dentro desta ?gua se )Fe
 gemas 
 obis 
 orobos
 "olhas de betis cheiroso
 "irmas de osal?. "az

Me a ras)agem. )ega se o )ano branco onde esta o cabelo e amarra se bem amarrado
colocando dentro de uma caba&a.la#a o ori da i5a$o nauela bacia es"regando tudo
em seu ori. retira se os obis e os orobos e rala se tudo e durante os 7 dias de e"un d? se
 banho na i5a$o com ?gua e o )! dos obis e orobos ralados. o ue "icou na bacia 
 +ogado nos atins do il%.

>ome
-cabra
-konken
-marreca
-galinha
-)ombo.
tudo branco menos a konken.

Oemon+? asogba saba  a mais #elha manca de uma )erna de#ido a uma luta com e3u
rabugenta e "eiticeira "ala de costas gosta de "iar seu cristal e "ios de algodo )ara "azer 
as rou)as de o3ala. comanda as ca&adas mais )ro"undas do oceano tem a"inidade com
nan a5ra o3alu"an e orunmil? . #este branco e )rata. Cesta ualidade 5eman+? 
 )erigos6ssima s?bia e muito #oluntariosa. usa no tornozelo uma corrente de
 )rata. numa briga com e3ú ela te#e sua )erna "erida )or isso seus 5aIs uase se
arrastam em sala numa )rimeira mani"esta&o de)ois mostram toda sua dan&a. seu
olhar  irresist6#el e seu ar  altaneiro.
,oi mulher de orunmil? e i"? sem)re acata sua )ala#ra e em honra a tal hier?ruica
entidade num 3ir% de sob? sem)re entra um o3al?. )ara ou#ir seus "iis costuma "icar
de costas carrega em uma das mos um abeb es)elhado e na outra uma estrela do mar.
consagrada com azeite doce e )itadas de mel. Mua energia  a es)uma branca do mar.
suas amarra&Fes +amais )odem ser desatadas.  a senhora do algodotodos os seus
assentamentos so "eitos no algodo.seus "ilhos costumam ser #identes ou tem o dom da
intui&o.
emon*$ a sessu
i5a sessu tem ue obrigatoriamente arrumar i5a sab? de#ido aos )roblemas de ori ue
essa i5emon+a temassenta ainda erinl #e+a bem erinl no  o3osse  um orisa a )arte
conta os antigos ue i5a sessu se a)ai3onou )or erinl e o seestrou )ara as
 )ro"undezas do maruando ela en+oou dele cortou a l6ngua de erinl )ara ue
ele no re#elasse os segredos de olokun e dela a )artir desse momento erinl )assar a
"alar somente atra#s de i5a sessu. esta i5eman+a "icou )erturbada )or "icar contando as
 )enas do )ato o ual utilizamos )ara uebrar o a+ desta santa )ois se utiliza a )ata
a)enas )ara eb! essa i5a come Xo"6X gansa.

ED de ia sessu tirar a*é


antes de seguirmos )ara a cachoeira #amos a um recanto onde ha+a muitos rochedos
mar6timos onde as ondas uebrem ali chegando a i5a$o ou obrigacionada esta #estida
a)enas de cal&olo e uma saia na altura dos seios )osiciona-se essa i5a$o em ) em
cima desses rochedos e em "rente a ela uma circulo "eito com ekuru es"arelado
misturado com obi ralado dentro do circulo um o"? )rata e os 2 okut?s de sessú.
tem)ere antes com a"otin a&úcar ueimado misturado em ?gua acenda duas #elas uma
na "rente e outra atr?s da i5a$o e )roceda com o sacri"6cio da etú em cima das coisas
ue esto no circulo cantando

aDi aDi etú konkén


aDi aDi etú konkén

A)!s ter des"alecido a etú diz-se o seguinte

etú olori sessú


etú olori sessú

*anha o ori e o cor)o da i5a$o com este e+ e sacri"ica-se em seguida uma )ata sobre
tudo ue ali esta

cantando

pepee *an pepe


eru dan dan

(e)ois ue a )ata des"alecer  ue ser? entoada a segunda )arte da cantiga

pepee pade lode


eru ade o
pepee pade lode
eru ade o

 Cesse momento retira-se as )enas e cobre auele sacri"6cio todo ali em cima do
rochedo as )enas da etú nos! da )ata o e+ da )ata no #ai na i5a$o somente o da
etú. Betire o o"? e os okut?s do meio do circulo e comece a es"regar na i5a$o 7 ekurus
e desmanche-os no cor)o da i5a$o dei3ando cair ali tudo isso em seguida )asse 7 ek!s
e uebre-os sobre as coisas ali tambm.
Arruma-se um o+? "un"un no ori da i5a$o e "inue nesse o+? 7 )enas da )ata e segue
agora )ara a cachoeira )ara "azer tudo re"erente a i5a$o normalmente chegando
l? retira o o+? en"eitado com as )enas da )ata ento retornar? mais )ara o ori dela
seguira )ara debai3o da esteira dela e s! sair? )ara o eru)in dela.embai3o da esteira
dessa i5a$o no )oder? "altar a "olha de obor!i5ab? salsa de )raia. o o"? )ermanecer?
o tem)o todo amarrado na cintura de sessú no dia da sa6da sai escondido e )reso
embai3o do )ano da costa de)ois )assa a morar no igb? da santa.

ODs= na cachoeira a)!s tudo da i5a$o ter sido "eito


cante )ara o )ei3e cur#ina grande

e*$ moD$
moD$ Dori eni
e*$ moD$
moD$ Dori e*é

Betire as nadadeiras e arrume no ori da i5a$o retire as guelras e as )edras da cabe&a da


cur#ina e arrume no centro do ori os olhos )onha cada um numa mo da santa com um
 )ouco de dende arrume a "olha de ca)eba sobre tudo ue esta no ori e enrole o o+?.
chegando no ile os olhos do e+? ir? )ara cima de uma "aro"a de ?gua e "icara atr?s da
 )orta do honk! um com a"otin em cima e outro com e)I )u)a. o cor)o do e+? "icara nas
?guas mesmo.tudo ue "oi )ro ori ser? torrado de)ois ue tirar e ser#ir? de re"or&o )ara
a massa do ado3u. no ato de ko)ar o o"6 )ara sessú canta-se o Fe*é soro soroF normal e
de)ois continua com Fi$ sessu olokun GF'

ia saDa
Megundo alguns itans ela "oi casada com orumil? ue a dei3ou )elo seu car?ter di"6cil.
seu culto tambm esta ligado a osal?. i5emon+? )rincesa cu+o olhar alcan&a o horizonte.
manca da )erna esuerda de#ido uma briga com esú rabugenta "ala sozinha e 
trai&oeira. #i#e a "iar as rou)as brancas de osal?.#este #erde-?gua ou )rata usa
 braceletes corrente de )rata no tornozelo ade com choro com mi&anga cor de ?gua.
assenta se o#al$

Você também pode gostar