Você está na página 1de 3

Exposição O que não é desenho?

Museu Murillo La Greca

CARTILHAS
As cartilhas foram criadas pelos educadores do Museu Murillo La Greca a partir
dos estudos sobre desenho do artista Murillo La Greca. O material contém 17
cartilhas que podem ser usadas por diversos públicos com a finalidade de
investigar diferentes maneiras do ato de desenhar.

Desenhar é um processo contínuo em que o sujeito exerce escolhas e também


reconhece possibilidades e limites.
O risco de desenhar é a ação de explorar
gestos e ações, preencher o espaço atribuindo relações.

O desenho com papel e lápis é apenas uma forma de se fazer desenho, quais
outras possibilidades você ainda não tentou?

Para pesquisar (artistas que exploram o desenhar):


• Tony Cruz Pabón (Porto Rico, 1977 - 2019)
• Eva Hesse (Alemanha, 1936 - 1970)
• RISCO! Grupo Experimental de Desenho (Brasil, 2013-2019)

1. Um desenho deve ser feito a partir do cheiro que se sente na hora.



2. Feche os olhos e comece a desenhar algo. Os olhos fechados são
essenciais para este exercício. Permaneça de olhos fechados até terminar.
Antes de abrir os olhos, pergunte se tem alguém perto de você e peça para
que esta pessoa descreva o que você desenhou.

3. Pegue um barbante, escolha sua cor e tamanho. Escolha 1 ou 2. Use as


linhas para desenhar em seu próprio corpo. Coloque a sensação no papel.
Compartilhe ou guarde para si.

4. Pegue um lápis ou caneta. Use o pé para desenhar em vez das mãos.


5. Escolha uma pessoa. Sente-se de frente para ela. Tente fazer um retrato
da pessoa com o pé com o material escolhido.


6. Pense em uma figura geométrica (quadrado, círculo, triângulo). Que


desenhos são possíveis de fazer com uma figura geométrica? Experimente
brincar com a figura pensada.


7. Escolha algo do museu que lhe chame atenção: pode ser um quadro,
uma fotografia, um lugar, uma planta, etc. Selecione um detalhe do que foi
escolhido. Quanto menor o detalhe, melhor. Desenhe o maior número de
vezes no mesmo papel. É possível reconhecer o lugar do detalhe? Mostre
para as pessoas ao redor e pergunte se elas conseguem reconhecer algo.

8. Posicione um papel no chão e pegue um material para desenhar. De
frente para ele, começando pela cabeça, olhe para o seu queixo e enrole a
coluna, vértebra por vértebra, até o máximo que puder. Jogue o tronco de
um lado para o outro como um pêndulo. Trace no papel o movimento
executado pelo seu tronco.


9. Existe um ponto invisível no meio da palma da sua mão que se estende


ao longo dos dedos. Observe-os. Como esses traços continuariam fora do
seu corpo? Desenhe-os.


10. Preste atenção nos sons à sua volta. Escolha um deles e se permita
desenhá-lo.
[Dupla] Emita sons em conjunto com outra pessoa. Como eles se parecem?
É possível desenhá-los? Tente passar suas impressões para o papel.

11. Prenda a respiração. Bote o lápis no papel e continue com a respiração


presa. Desenhe uma linha contínua (podendo dar voltas) até quando você
aguentar.
[Dupla]
Façam ao mesmo tempo (no mesmo papel) e vejam quem fica mais
tempo e quais desenhos saíram dessa experiência.

12. Pense em uma música. Pegue dois pincéis com um pouco de tinta.
Batuque com os pincéis no papel o ritmo da música que você pensou
(imitando uma bateria). Que desenho as batidas formaram?

13. Escolha algo simples para desenhar (ex.: flor). Some os 4 números do
seu número do ano do seu nascimento. Repita o desenho na quantidade
desse resultado.

14. Pegue uma superfície transparente (acetato). Crie - usando esse


suporte como base - em cima de algo que já existe, modificando estruturas,
paisagens, formatos. Altere o real.

15. Pegue uma única folha que será utilizada por todo o grupo e vamos criar
um esboço coletivo. Façam rodadas de desenho. Cada pessoa poderá
desenhar um elemento por rodada, que não pode se repetir. Qual desenho
se forma?
16. Pegue uma folha e lápis de sua preferência. Escreva a seguinte frase
repetidamente quantas vezes conseguir: "Eu não sei desenhar". Para essa
suposição, pergunta-se: saber desenhar segundo quem ou que regras de
desenho? Quem diz o que é um bom desenho? Segundo que
pressupostos?

17. Escolha uma pessoa. Peguem lápis, papel e prancheta (acomode esses
objetos no chão). Fiquem de frente um para o outro. Fechem os olhos e se
abracem. Se abaixem até conseguirem alcançar um papel. Comecem a
desenhar o sentimento desse abraço.

Interesses relacionados