Você está na página 1de 6

OBSERVAÇÕES

TRATAMENTO
DOENÇA AGENTE VETOR/ HOSPEDEIROS CICLO BIOLÓGICO FORMA INFECTANTE PATOLOGIA DIAGNÓSTICO PROFILAXIA
ETIOLÓGICO TRANSMISSÃO

O ciclo do Plasmodium inicia-se quando o mosquito


Anopheles inocula os esporozoítos diretamente na
circulação. Eles vão para o fígado e se transformam
em criptozoítos. No fim do crescimento, o núcleo
do criptozoíto começa a se dividir várias vezes, de
forma assexuada. Esse processo resulta em uma
forma multinucleada, o esquizonte. Rompe-se o
esquizonte e são liberados os merozoítos. Essa
etapa completada é denominada esquizogonia pré-
eritrocítica e dura entre seis e 16 dias após a
inoculação.

Cada merozoíto, liberado na fase anterior, infecta


uma hemácia. No interior da hemácia o merozoíto
realiza esquizogonia e evolui para trofozoíto. O
núcleo do trofozoíto começa a se dividir várias
Complexo: vezes, de forma assexuada, o que resulta em uma
Plasmodium Vertebrado(interme forma multinucleada, o esquizonte. O esquizonte Repelentes ,
Vivax, P. Mosquito gênero: diário) rompe-se, liberando merozoítos que podem repetir ESPOROZOÍTOS (através das Acesso Malárico Anemia M. Exame: •sangue •Gota espessa mosquiteiros,
Malária o processo assexuado ou iniciar o ciclo sexuado. A cerebral e renal, acomte hemácias, •Cultura •PCR •Pesquisa de Tipo de
falciparum, P. Anopheles Invertebrado(defini
repetição do ciclo assexuado nas hemácias é
glândulas salivares do vetor)
figado e baço, resposta imune Th1 antígenos Habitação,
Malariae, tivo)
denominado ciclo eritrocítico. Nesse caso as Detetização
P.Ovale esquizogonias se repetem com uma periodicidade
que é específica de cada espécie e se relaciona com
o ritmo das crises febris.
Já no ciclo sexuado, dá-se a formação de
gametócitos masculinos ou femininos, a partir dos
merozoítos. Os gametócitos, formados no homem,
são ingeridos por um mosquito anofelino, durante a
hematofagia. A fecundação ocorre no tubo
digestivo do mosquito. A fusão dos gametócitos
leva a formação do oocisto, em célula do epitélio
intestinal do mosquito. Com a esporulação, ocorre
a ruptura do oocisto para dentro da hemocele do
mosquito, liberando os esporozoítos. Estes migram
para a glândula salivar do mosquito, sendo
inoculados no hospedeiro vertebrado,
posteriormente.
O ciclo do vetor - Quando o flebótomo pica um
indivíduo infectado ou um hospedeiro reservatório
aspira macrófagos parasitados ou amastigotas livres
no sangue ou mesmo em tecidos. As amastigotas,
ao atingirem o intestino médio do inseto, se
transformam em promastigotas. Estas formas
flagelas, após rápida multiplicação, se convertem Clínico , parasitológico,
nos promastigotas infectantes e migratórios. Do histopatológico, cultura , PCR. 1.
intestino anterior são regurgitadas ou introduzidas Teste de Montenegro ou
na pele do próximo hospedeiro quando o inseto Intradermorreação de
toma uma nova refeição de sangue. Montenegro: É um teste cutâneo,
Leões cutâneas localizadas ou aplicado no antebraço com uma
disseminadas. Os sintomas mais injeção intradérmica, que serve
comuns são o entupimento do para saber se a pessoa foi picada
nariz, a saída de crostas com ou por um ebótomo infectado.
Leishmania sem sangramento, inchaço do Costuma ser reator em 98% das Repelentes ,
Leishmaniose Brazilienses, Inseto Fêmea Vertebrado e nariz e ferida por dentro da pessoas com Leishmaniose. 2. mosquiteiros, Medicamento
Tegumentar L. Mexicana, gênero: Lutzmyia Invertebrado Promastigota narina. Como a doença evolui Raspado: É um exame onde se faz Tipo de sa
Americana LTA L. Amazonensis Mosquito palha depende da espécie muito lentamente, estes sintomas uma raspagem da borda da ferida Habitação,
(Protozoário) podem perdurar por anos e para procurar o parasita. O Detetização
culminar com perfuração do septo material colhido é colocado em
nasal (uma comunicação uma lâmina de microscópio para
interna de uma narina para outra ser examinado pelo técnico. 3.
dentro do nariz). Biópsia: É uma cirurgia simples
para examinar um pedacinho da
ferida da pele ou do nariz, para
procurar
o parasita e saber que tipo de in
amação está provocando a lesão.

Heteroxênico: Formas amastigotas: vertebrado,


(intracelular)promastigotas:
invertebrado(extracelular) Ao fazer repasto
sanguíneo em hospedeiro infectado, as fêmeas dos O tratamento
flebotomíneos ingerem sangue inclui
com macrófagos e monócitos parasitados. No cuidados
intestino médio do inseto, as formas amastigotas gerais, como
Complexo são Repelentes , uso de
Mosquito fêmea: Vertebrado: Reação inflamatória local e
Leishmaniose Visceral Donovani: Lutzmyia definitivo
liberadas e após divisão se transformam nas formas
migração dos
Clínico , parasitológico, mosquiteiros, analgésicos e
-CALAZAR L. Donovani, Longipalpes Invertebrado:
promastigotas, infectantes para o homem. A Promastigota
macrófagos,baço,medula óssea,
histopatológico,Punção figado Tipo de antitérmicos,
L. Chagasi transmissão ocorre quando as fêmeas infectadas se ELISA Habitação, hemotransfus
Mosquito Palha Intermnediário alimentam em invertebrados susceptíveis. A etc... Detetização ões e
(Protozoário)
saliva do Lutzomyia é inoculada com as formas antibioticotera
promastigotas do parasito, que caem na circulação pia.
e Medicamento
migram para os órgãos do sistema retículo sa
endotelial, como fígado, baço, medula óssea e
linfonodos,
sendo fagocitados pelos macrófagos.
Ciclo no homem: o barbeiro pica o homem e
deposita as fezes ou urina contaminada perto da
picada. O homem coça e leva o tripomastigota pra
picada se infectando. Na corrente sanguínea o
macrófago fagocita o tripomastigota e ele se
transforma em amastigota e começa a
multiplicação binária. Quando o macrófago está
preste a se romper, eles se transformar em
Gênero: tripomastigota e rompe o macrófago caindo na Melhora da
Doença de Chagas Trypanossoma Triatomíneo= Invertebrado e corrente sanguínea novamente. Depois disso eles Tripomastigota Metacíclica Fases: agudas e crônicas , Clinico=febre; laboratorial=gota moradia, evitar
Cruzi Barbeiro Vertebrado podem chegar em alguns órgãos para se instalar ou fenômenos troboembólicos espessa pesquisa de anticorpos desmatamento
ser fagocitado novamente.
Ciclo no barbeiro: O barbeiro pica uma pessoa
infectada e se infecta com a forma tripomastigota e
ele vai para o intestino do barbeiro. Lá ele se
transforma em epimastigota e se multiplica. Depois
eles se movem para o reto e se transformam em
tripomastigota novamente e sendo excluídos nas
fezes e começando o ciclo no homem.

Ciclo biológico: Monoxênico, o ciclo se inicia pela


ingestão de cistos maduros,
junto com alimentos ou água contaminados.
Passam pelo estomago e chegam
no inicio do intestino grosso, onde ocorre o
desencistamento, com a saída do
metacisto. Esse metacisto sofre várias divisões
nucleares e citoplasmáticas,
gerando no final oito trofozoítos, chamados de
trofozoítos metacisticos, eles
Cistos ou trofozoítos migram ao longo do intestino grosso colonizando-o. Melhoria do
Entamoeba Exame direto(análise fezes no comportamneto
presentes na De forma geral eles ficam Cistos = TROFOZOÌTEOS, por via Invasão da mucosa microscópio) sedimentação do indivíduo, Medicamento
Amebíase histolytica água contaminada. Vertebrados aderidos a mucosa vivendo como comensais, por fecal/oral intestinal,acesso hepático(figado) espontânea HPJ, Técnica de esgotamento sa
(Protozoário) Moscas , acúmulo algum motivo desconhecido faust(densidade) sanitário, Bons
de lixo. podem se desprender da parede e sofrer a ação da hábitos de higiene
desidratação formando précistos
que serão eliminados nas fezes formadas.
Ciclo patogênico: Por algumas situações que ainda
não são conhecidas, o
equilíbrio parasito-hospedeiro é rompido e esses
trofozoítos invadem a
submucosa intestinal multiplicando-se ativamente
no interior das úlceras e
podem através da circulação porta atingir outros
órgãos.

Melhoria do
Àgua e alimnetos MONOXÊNICO: 2 formas= Trofozoíto(ciliado,2 comportamneto
Balantidiose ou Balantidium Coli contaminados com Vertebrados núcleos e cisto(redondo , parede lisa e apresenta Cistos = TROFOZOÌTEOS, por via Infecções intestinais graves Exame de fezes: fresco ou após do indivíduo, Ùnico protozoário ciliado que parasita o
Balantidíase fezes de suíno macronúcleo) fecal/oral coloração , técnicas de coloração. esgotamento homen
sanitário, Bons
hábitos de higiene
A doença é
transmitida
pela ingestão
de alimentos Não se
contaminados, Heteroxênico: alimentar de
consumo de Oocistos:fezes de felinos;
Homen Traquizoítos: Sangue Congênita = mais grave; Ocular; Clínico= DIFÍCIL; Laboratorial= crane crua ou Sim.
Toxoplasmose Toxoplasmose hospedeiro em imunodeficientes atinge mal cozida e Medicament
Gondii leite não (congênito); Cistos Elisa, teste sorológico;
pasteurizado, intermediario; (bradizoítos) nos músculos SNC = Encefalite controlar a osa
Definitivo= gato população de
transfusão gatos.
sanguínea ou
pela
transmissão
mãe-filho

Monoxénico - Ao ingerir alimentos e/ou água


contaminada com ovos, estes percorrem o
trato digestório até chegar no estômago, onde fígado - focos hemorrágicos; saneamento
haverá eclosão dos ovos com liberação de L3, básico;
que depois vão para o fígado, coração, pulmão pulmão - edema pulmonar, educação em
onde haverá a transformação de de L3 para L4 pneumonia; Sindrome de saúde;
Ascaridíase Ascaris Homem r nos alvéolos, em L5, indo para traquéia, Ingestão de ovos Loeffler (tosse produtiva, exames parasitológico de fezes tratamento dos
Lumbricoides faringe, sendo expectorada indo para o catarro sanguinolento com doentes; lavar
ambiente ou sendo deglutida e indo parar no larvas); larvas ação exploiativa, bem os
tóxica e mecânica - vermes
intestino delgado. Lá se transformam em adultos. alimentos; filtrar
vermes adultos, se reproduzindo e liberando água.
ovos que sairão com as fezes, recomençando o
ciclo.

tem início quando os ovos desse parasita são


liberados nas fezes para o ambiente. No solo,
os ovos passam por um processo de
sintomas intestinais, como
maturação, até que se tornam infectantes. diarreia, dor abdominal,
Tricuríase Trichuris vetores mecânicos Homem Esses ovos maduros podem ser ingeridos pelas Ingestão de água/alimentos náuseas e perda de peso, exames parasitológico de fezes higiene pessoal Medicament
Trichuria pessoas através do consumo de água e com vos flatulência, úlceras intestinais, e dos alimentos osa
alimentos contaminados e eclodem no prolapso renal.
intestino, onde sofrem processo de maturação
e diferenciação entre macho e fêmea, que
reproduzem-se e dão origem a novos ovos.
transmitidos pelo Ingestão de ovos -
contato com as heteroinfecção: ovos
fezes de outras presentes na poeira ou
pessoas Os ovos liberados se tornam infectantes em alimentosatinge um novo coleta de material do ânus, pois
infectadas ou poucas horas e são ingeridas pelo hospedeiro. hospedeiro. Indireta: ovos o exame de fezes comum não é higiene pessoal,
alimentos No intestino delgado as larvas eclodem e presente na poeira atingue o O principal sintoma é a coceira útil para detectar o verme.É troca de roupa d
Enterobiase Enterobius contaminados Homem faze.m duas mudas no trajeto intestinal até o mesmo hospedeiro que o no ânus, mas também podem feita com a colagem de fita cama todos os medicament
Vemicularis pelos ovos destes ceco. Aí chegando se tornam adultos, e um ou eliminou. - Auto infecção surgir outros como enjôos e celofane adesiva, método dias das pessoas osa
vermes, que dois meses depois as fêmeas já são externa: ovos da região cólicas abdominais. conhecido como fita gomada. infectadas e luz
solar no quarto.
eclodem dentro encontradas na região perianal. perianal a boca. - Tem método de Hall
do intestino onde Retroinfecção: as larvas
vivem e se eclodem na região perianal e
reproduzem. migram para o ceco.

Presença de fezes com ovos perto de


lagos/lagoas, ocorrendo na água o
desenvolvimento do miracídio, que
encontrando o caramujo irá se transformar em
cercária (2 caudas) (forma infectante), irá saneamento
coceira, demartite cercariana; básico;
Sxhistossoma Penetração da Caramujo penetrar atvamente pela pele do homem. Logo esplenomegalia; exames parasitológico de fezes educação em medicament
Esquitossomose Biomphalania (HI) depois da penetração se transforma em Cercária (2caudas)
Mansoni cercária na pele hepatomegalia; diarreias e ultrasonografia (para megas) saúde e osa
e homem (HD) esquissómulos que entram na circulação, sanguenolentas. tratamento de
chegando ao sistema porta-hepático onde doentes.
permanecem. Depois vão para o intestino
delgado onde se transformam em vermes
adultos, se reproduzindo e liberando ovos que
sairão com as fezes e recomençando o ciclo.

a teníase é adquirida pelo consumo de carnes Não ingerir


contaminadas com as larvas da tênia, que se carne crua ou
alojam no intestino delgado, evoluem para a mal cozida;
Taenia Solium Ingestão de carne boi e porco forma adulta. Após cerca de 3 meses, a tênia provocar sintomas como Beber água
Teníase (porco) e Taenia crua ou mal (intermediário) começa a liberar nas fezes os chamados larvas enjoos, diarreia, perda de peso exames parasitológicos de fezes mineral, filtrada
Saginata (boi) passada contendo Humano proglotes, que são segmentos do seu corpo ou dor abdominal, anemia e ou fervida;
larva (definitivo) que contêm órgãos reprodutores e seus ovos. fome excessiva. higiene pessoal
Os ovos da tênia podem contaminar o solo, a e de alimentos
água e alimentos, recomençando o ciclo.
A cisticercose é adquirida pelo homem através
da ingestão de água ou alimentos Os sintomas da cisticercose
contaminados por fezes de porco que contém variam de acordo com o local
ovos da Tênia. Os ovos, cerca de 3 dias após afetado, sendo: Cérebro: dor de
serem ingeridos, rompem e liberam as larvas cabeça, convulsões, confusão
que conseguem passar do intestino para a mental ou coma; Coração:
corrente sanguínea, onde circulam pelo corpo palpitações, dificuldade em exames de imagem como
e se alojam em tecidos como cérebro, fígado, respirar ou respiração ruidosa; radiografias, tomografias,
Taenia Solium músculos ou coração, causando cisticercose Músculos: dor local, inchaço, ultrassom ou ressonância higiene de medicament
Cisticercose Ingestão de ovos Porco e Homem ovos magnética, assim como com o osa ou
(porco) humana. ocorre quando se ingere os ovos da inflamação, cãibras ou alimentos
tênia, que liberam suas larvas capazes de dificuldade nos movimentos; exame do líquido cirúrgica
cefalorraquidiano no cérebro
atravessar a parede do estômago e atingir a Pele: inchaço na pele, que ou exames de sangue.
corrente sanguínea da pessoa infectada. Desta geralmente não causa dor e
forma, as larvas podem se distribuir pelo corpo que pode ser confundido com
e alcançar diversos órgãos como músculos, um cisto; Olhos: dificuldade
coração e olhos, por exemplo. Ao atingir o para enxergar ou perda de
cérebro, podem causar a forma mais grave da visão.
doença, chamada de neurocisticercose.

A transmissão da giardíase acontece pela


ingestão de cistos maduros da Giardia, que
pode acontecer das seguintes formas: Ingestão
higiene pessoal
ingestão dos de água contaminada; Consumo de alimentos e dos alimentos;
cistos desse contaminados, como vegetais crus ou mal tratamento de
parasita presentes lavados; De pessoa para pessoa, através do diarreia, náuseas, fezes doentes e medicament
Giardíase Giardia Lamblia em água, Homem contato com mãos contaminadas, mais comum Cistos maduros amareladas, dor e distensão exame parasitológico de fezes
animais osa
alimentos ou em locais com aglomeração de pessoas, como abdominal e desidratação domésticos;
objetos creches; Contato íntimo anal.
contaminados. Além disso, os animais domésticos também ingestão de
podem ser infectados e transmitir os cistos de aguá potável.
Giardia, por isso, devem ser tratados caso haja
suspeita.