Você está na página 1de 5
DESENVOLVIMENTO HUMANO O desenvolvimento humano tem como estudo o organismo humano que cresce e se
DESENVOLVIMENTO HUMANO
O
desenvolvimento humano tem como estudo o organismo humano que cresce e se modifica no decorrer da vida.
DEFINIÇÃO
As mudanças que ocorrem ao longo do tempo de maneira ordenada e relativamente duradoura afetam as estruturas físicas e neurológicas,
os processos de pensamento, as emoções, as formas de interação social e muitos outros comportamentos.
CARACTERÍSTICAS
FASE I
FASE II
FASE III
FAFE IV
FASE V
FASE VI
GERAIS
Mudanças que
ocorrem durante toda
a vida, pois o
desenvolvimento é
Formação da
Migração
Formação de
Diferenciação
Sinaptogênese
Poda neural;
placa neural;
neuronal;
conexões
celular;
Eliminação de
interneuronais;
Proliferação
Mielinização;
conexões
neural;
Sinapses e
formadas;
Próximo ao
um processo
contínuo.
Crescimento
dos axônios e
dendritos
síntese de
Organogênese
embrionária do
Sistema Nervoso
Central desde a
concepção
nascimento
Manutenção
neurônios
de conexões
Especialmente
formadas
voltado para as
modificações eu
ocorrem nos estágios
NEURO
pré-natais, na infância
DESENVOLVIME
e
na adolescência, por
NTO
haver, nessas épocas,
um cérebro em
desenvolvimento. O
neurodesenvol -
vimento ocorre a
partir da interação
entre os neurônios e
o
meio ambiente.
(http://www2.dbd.puc-
rio.br/pergamum/tesesab
ertas/0912442_2011_cap_
2.pdf)
AUTORES DO DESENVOLVIMENTO
TEORIA
Hipnose
FREUD
Consciente e
inconsciente;
Fase oral –
energia
libidinal está
Fase anal –
energia libidinal
está focada no
Fase fálica –
energia libidinal
está focada nos
Fase latente –
energias libidinais
ficam menos
Estágio genital
– sendo as
fases
 

ID, EGO e SUPEREGO; Repressão psicológica

focada na

ânus.

órgãos genitais.

ativas.

anteriores

boca.

bem-

sucedidas, as

energias

 

libidinais devem manter o foco sobre os órgãos genitais.

 

Teoria do Desenvolvimento Cognitivo - desenvolvimento dos mecanismos mentais que o sujeito utiliza nas diferentes fases da vida para poder entender o mundo.

Sensório-

Pré-operatório (2 a 6 anos) uso de símbolos, palavras, números para representar aspectos do mundo.

Operatório-

Operatório-

 

motor (0 a 2 anos) conhecimento do mundo baseado nos sentidos e habilidades motoras.

concreto ( 7 a 11 anos)

formal

(adolescência em

aplicação de

diante)

operações

pensamento

PIAGET

lógicas e

abstrato,

experiências

especulação

centradas no aqui e agora.

sobre situações

 

hipotéticas,

   

raciocínio

 

dedutivo.

 

Teoria Sociocultural

         

-

VIGOTSKY

Vigotsky trata a dimensão social do desenvolvimento humano tendo como pressuposto básico a ideia de que o ser humano constitui-se como tal na relação com o outro social.

 

Teoria Walloniana - compreensão sobre o campo afetivo sua relevância no desenvolvimento do

Impulsivo Emocional (de 0 a 1 ano), quando a criança

Sensório-Motor e Projetivo (1 a 3 anos), quando a criança já possui coordenação

Estágio do

   

Personalismo (3

WALLON

a

6 anos), o

desenvolviment

o

da construção

 

processo ensino-

expressa sua

motora que a impulsiona a manipular objetos. Período em que

da consciência de si é voltado para o enriquecimento do eu e também da construção da personalidade.

         

aprendizagem.

afetividade

através de

movimentos

desordenados

e

vem

desenvolve atividades simbólicas e a linguagem

acompanhada

de mudanças

físicas. Utiliza

 

emoções para se comunicar com o outro.

.

 

A Teoria do desenvolvimento psicossocial prevê que o crescimento psicológico ocorre através de estágios e fases, não ocorre ao acaso e depende da interação da pessoa com o meio que a rodeia.

Estágio Psicossocial 1 Confiança vs. Desconfiança Ocorre entre o nascimento e um ano de idade e é a fase mais fundamental na vida.

Estágio Psicossocial 2 Autonomia vs. Vergonha e Dúvida Tem lugar durante a primeira infância e é focada em crianças que desenvolvem uma maior sensação de controle pessoal.

Estágio Psicossocial 3 Iniciativa vs. Culpa Tem lugar durante os anos pré-escolares.

Estágio Psicossocial 4 Produtividade vs. Inferioridade Tem lugar durante os primeiros anos escolares, cerca de 5 anos de idade a 11.

Estágio

Estágio

Estágio Psicossocial 7 Generativida de vs. Estagnação Durante a idade adulta, continuamos a construir nossas vidas, com foco em nossa carreira e família.

Estágio

Psicossocial 5

Psicossocial

Psicosso cial 8

Identidade

6

vs. Confusão

Intimidade

Integrid

de identidade

vs.

ade vs.

Ocorre

Isolamento

Desespe

durante a

Esta fase

ro

 

adolescência.

abrange o

Ocorre

período de

durante

ERICK

EICKSON

início da

a

 

idade adulta,

velhice

   

quando as

e está

pessoas

focado

estão

em

 

explorando

refletir

as relações

 

sobre a

pessoais.

vida.

 

Teoria do desenvolvimento infantil. Ele propôs uma abordagem ecológica da

Microssistema

Mesossistema

Exossistema composto por um ou mais ambientes, onde o

Macrossistema engloba os sistemas de valores e crenças de uma cultura

Cronossistema

     

URIE

-

ambiente

compreende as inter-relações entre dois ou mais ambientes

está

BRONFREM

mais imediato

relacionado

BRENER

constituído

não somente

por relações

às

 

evolução do indivíduo, dando aos sistemas do ambiente um papel decisivo na construção da pessoa.

interpessoais

em que a pessoa em

indivíduo em desenvolviment o não participa ativamente de interações.

ou subcultura.

características das pessoas, mas também à passagem de tempo no ambiente e na sociedade.

   

vivenciados

pelos

 

indivíduos.

desenvolvimento está inserida.

 

MARCOS IMPORTANTES

 
 

Nascimento aos 2 anos

 

Grandes avanços em relação ao desenvolvimento físico. Período sensório-motor. Desenvolvimento da ligação afetiva com a mãe, pai e depois outras pessoas; Fase oral/anal. Regras puramente motoras; Anomia (ausência de leis ou regras).

 

2

aos 6 anos

INFÂNCIA

Aprimoramento das capacidades motoras. Período pré-operatório. Egocentrismo. Possibilidade de distanciar-se dos pais. Primeiras amizades; Identificação com o pai ou a mãe. Definição da sexualidade. Fase anal/fálica. Fase de heteronomia. Regras que vem dos outros.

6

aos 12 anos

O crescimento físico continua num ritmo lento até a puberdade. Período operatório-concreto. Queda do egocentrismo. Energia (libido) fica voltada para a aprendizagem. Sexualidade fica latente.

 

Heteronomia.

 

ADOLESCÊNCIA

Estirão de crescimento. Puberdade. Surgimento das características sexuais Período operatório-formal. Pensamento hipotético-dedutivo. Grupos de companheiros mistos; Fase genital (estágio genital). Possibilidade de construção da autonomia.

 

ADULTA

É na idade adulta que se define a base para o funcionamento físico de todo o restante da vida. Diferenças entre o pensamento do adolescente e do adulto. Intimidade x isolamento. Busca de plenitude sexual (fase genital). Possibilidade de construção de um raciocínio moral pós-convencional.

 

VELHICE

Diminuição muscula; Perdas sensoriais (auditivas e visuais).

 
Ganhos e perdas na área cognitiva. Integridade do EGO X DESESPERO. Fase genital. Aposentadoria.

Ganhos e perdas na área cognitiva. Integridade do EGO X DESESPERO. Fase genital. Aposentadoria.