Você está na página 1de 46

SIMPLES NACIONAL PARA

EMPRESÁRIOS
TEMAS DA PALESTRA

 O QUE É O SIMPLES NACIONAL ?


 DESVENDANDO O CÁLCULO DO DOCUMENTO DE ARRECADAÇÃO DO
SIMPLES – DAS POR ATIVIDADE.
 TRIBUTAÇÕES ESPECIAIS PARA PRODUTOS/SERVIÇOS.
 ORIENTAÇÃO SOBRE CADASTRO DE PRODUTOS.
 ESCLARECIMENTO DO IMPOSTO PAGO – “DAS”.
 DEMONSTRAÇÃO NA PRÁTICA, SE O VALOR PAGO ESTÁ CORRETO.
 LANÇAMENTOS DE NOTAS FISCAIS DE COMPRA E VENDA.
 IMPOSTOS INCIDENTES NAS COMPRAS EFETUADAS EM OUTRA UNIDADE
FEDERATIVA – UF.
O QUE É O SIMPLES NACIONAL ?

O Simples Nacional é um regime compartilhado de arrecadação, cobrança


e fiscalização de tributos aplicável às Microempresas e Empresas de Pequeno
Porte, previsto na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.
Abrange a participação de todos os entes federados:

DISTRITO
UNIÃO ESTADOS MUNICÍPIOS
FEDERAL
SIMPLES NACIONAL – UNIFICAÇÃO DE TRIBUTOS

IRPJ

ISS CSLL

ICMS DAS PIS/PASEP

INSS DA
EMPRESA COFINS

IPI
SIMPLES NACIONAL

 CONSIDERA-SE MICRO EMPRESA A PESSOA JURÍDICA QUE TENHA


AUFERIDO,NO ANO CALENDÁRIO, RECEITA BRUTA IGUAL OU INFERIOR A
R$360.000,00.

 CONSIDERA-SE EMPRESA DE PEQUENO PORTE A PESSOA JURÍDICA QUE


TENHA AUFERIDO,NO ANO CALENDÁRIO, RECEITA BRUTA SUPERIOR A
R$360.000,00 E IGUAL OU INFERIOR A R$4.800.000,00.
SIMPLES NACIONAL – PRINCIPAIS
CARACTERÍSTICAS
 SER FACULTATIVO.

 SER IRRETRATÁVEL PATA TODO O ANO CALENDÁRIO.

 APURAÇÃO E RECOLHIMENTO DOS TRIBUTOS ABRANGIDOS MEDIANTE


DOCUMENTO ÚNICO DE ARRECADAÇÃO.

 APRESENTAÇÃO DE DECLARAÇÃO ÚNICA E SIMPLIFICADA DE


INFORMAÇÕES SÓCIO ECONÔMICAS E FISCAIS.
SIMPLES NACIONAL – PRINCIPAIS
IMPEDIMENTOS AO INGRESSO
 CUJO CAPITAL PARTICIPE OUTRAPESSOA JURÍDICA,OU QUE PARTICIPE DO
CAPITAL DE OUTRA PESSOA JURÍDICA.
 CUJO CAPITAL PARTICIPE PESSOAL FÍSICA QUE SEJA SÓCIA DE OUTRA
EMPRESA DO SIMPLES NACIONAL,DESDE QUE A RECEITA BRUTA GLOBAL
ULTRAPASSE O LIMITEDE R$4.800.000,00
 CUJO TITULAR OU SÓCIO PARTICIPE COM MAIS DE 10% DO CAPITAL DE
OUTRA EMPRESA NÃO BENEFICIADA PELO SIMPLES NACIONAL,DESDE QUE A
RECEITA BRUTAGLOBAL ULTRAPASSE O LIMITE DE R$4.800.000,00.
 CUJO SÓCIO OU TITULARSEJA ADMINISTRADOR OU EQUIPARADO DE OUTRA
PESSOA JURÍDICA COM FINS LUCRATIOS,DESDE QUE A RECEITA BRUTA
GLOBAL ULTRAPASSE O LIMITE DE R$4.800.000,00.
DESVENDANDO O CÁLCULO DO “DAS” POR
ATIVIDADE
SIMPLES NACIONAL - ANEXOS

ANEXO I
- COMÉRCIO.

ANEXO II
- INDÚSTRIA

ANEXO III, IV E V
- SERVIÇOS E LOCAÇÕES
REGRA DE CÁLCULO SIMPLES NACIONAL

 O VALOR DEVIDO MENSALMENTE PELA MICROEMPRESA OU EMPRESA DE


PEQUENO PORTE OPTANTE PELO SIMPLES NACIONAL SERÁ DETERMINADO
MEDIANTE APLICAÇÃO DAS ALÍQUOTAS EFETIVAS,CALCULADAS A PARTIR DAS
ALÍQUOTAS NOMINAIS CONSTANTES DAS TABELAS DOS ANEXOS I A V DA LEI
COMPLEMENTAR 123/2006.
 PARA EFEITO DE DETERMINAÇÃO DA ALÍQUOTA NOMINAL,O SUJEITO PASSIVO
UTILIZARÁ A RECEITA BRUTA ACUMULADA NOS DOZE MESES ANTERIORES AO DO
PERÍODO DE APURAÇÃO.
CÁLCULO DO DOCUMENTO DE
ARRECADAÇÃO DO SIMPLES - DAS

RBT12 X ALIQ – PD = ALÍQ. EFET.


RBT12

 RBT 12 = RECEITA BRUTA DOS ÚLTIMOS 12 MESES


 ALIQ. = ALÍQUOTA NOMINAL
 PD = PARCELA A DEDUZIR
 ALÍQ. EFET. = ALÍQUOTA EFETIVA
ANEXO I - COMÉRCIO
Receita Bruta em 12 Meses (em R$) Alíquota Valor a Deduzir (em R$)
1a Faixa Até 180.000,00 4,00% -
2a Faixa De 180.000,01 a 360.000,00 7,30% 5.940,00
3a Faixa De 360.000,01 a 720.000,00 9,50% 13.860,00
4a Faixa De 720.000,01 a 1.800.000,00 10,70% 22.500,00

5a Faixa De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 14,30% 87.300,00

6a Faixa De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 19,00% 378.000,00

Faixas Percentual de Repartição dos Tributos


IRPJ CSLL Cofins PIS/Pasep CPP ICMS
1a Faixa 5,50% 3,50% 12,74% 2,76% 41,50% 34,00%
2a Faixa 5,50% 3,50% 12,74% 2,76% 41,50% 34,00%
3a Faixa 5,50% 3,50% 12,74% 2,76% 42,00% 33,50%
4a Faixa 5,50% 3,50% 12,74% 2,76% 42,00% 33,50%
5a Faixa 5,50% 3,50% 12,74% 2,76% 42,00% 33,50%
6a Faixa 13,50% 10,00% 28,27% 6,13% 42,10% -
ANEXO I - COMÉRCIO

EXEMPLO
RBT12 X ALIQ – PD = ALÍQ. EFET.
 EMPRESA XY COMÉRCIO LTDA RBT12
 RBT12 = R$300.000,00
 RECEITA DO PERÍODO = R$20.000,00

21.900,00
300.000,00 X 7,30% - 5.940,00 = 15.960,00 =
5,32%
300.000,00 300.000,00

20.000,00 X 5,32% = R$1.064,00


ANEXO II - INDÚSTRIA
Receita Bruta em 12 Meses (em R$) Alíquota Valor a Deduzir (em R$)
1a Faixa Até 180.000,00 4,50% -
2a Faixa De 180.000,01 a 360.000,00 7,80% 5.940,00
3a Faixa De 360.000,01 a 720.000,00 10,00% 13.860,00
4a Faixa De 720.000,01 a 1.800.000,00 11,20% 22.500,00
5a Faixa De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 14,70% 85.500,00
6a Faixa De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 30,00% 720.000,00

Faixas Percentual de Repartição dos Tributos


IRPJ CSLL Cofins PIS/Pasep CPP IPI ICMS
1a Faixa 5,50% 3,50% 11,51% 2,49% 37,50% 7,50% 32,00%
2a Faixa 5,50% 3,50% 11,51% 2,49% 37,50% 7,50% 32,00%
3a Faixa 5,50% 3,50% 11,51% 2,49% 37,50% 7,50% 32,00%
4a Faixa 5,50% 3,50% 11,51% 2,49% 37,50% 7,50% 32,00%
5a Faixa 5,50% 3,50% 11,51% 2,49% 37,50% 7,50% 32,00%
6a Faixa 8,50% 7,50% 20,96% 4,54% 23,50% 35,00% -
ANEXO II - INDÚSTRIA

EXEMPLO
RBT12 X ALIQ – PD = ALÍQ. EFET.
RBT12
 EMPRESA XY INDÚSTRIA LTDA
 RBT12 = R$1.000.000,00
 RECEITA DO PERÍODO = R$70.000,00

112.000,00
1.000.000,00 X 11,20% - 22.540,00 = 89.460,00 = 8,946%
1.000.000,00
1.000.000,00

70.000,00 X 8,946% = R$6.262,20


ANEXO III – SERVIÇOS E LOCAÇÕES
 a) creche, pré-escola e estabelecimento de ensino fundamental, escolas técnicas,
profissionais e de ensino médio, de línguas estrangeiras, de artes, cursos técnicos de
pilotagem, preparatórios para concursos, gerenciais e escolas livres;
 b) agência terceirizada de correios;
 c) agência de viagem e turismo;
 d) centro de formação de condutores de veículos automotores de transporte
terrestre de passageiros e de carga;
 e) agência lotérica;
 f) serviços de instalação, de reparos e de manutenção em geral, bem como de
usinagem, solda, tratamento e revestimento em metais;
 g) transporte municipal de passageiros e de cargas em qualquer modalidade;
 h) escritórios de serviços contábeis;
 i) produções cinematográficas, audiovisuais, artísticas e culturais, sua exibição ou
apresentação, inclusive no caso de música, literatura, artes cênicas, artes visuais,
cinematográficas e audiovisuais;
 j) corretagem de seguros;
ANEXO III – SERVIÇOS E LOCAÇÕES
 k) fisioterapia;
 l) arquitetura e urbanismo;
 m) medicina, inclusive laboratorial, e enfermagem
 n) odontologia e prótese dentária;
 o) psicologia, psicanálise, terapia ocupacional, acupuntura, podologia,
fonoaudiologia, clínicas de nutrição e de vacinação e bancos de leite;
 p) serviços vinculados à locação de bens imóveis e corretagem de imóveis; locação
de imóveis próprios que se referir a prestação de serviços tributados pelo ISS;
 q) serviços de comunicação e de transportes interestadual e intermunicipal de
cargas, e de transportes autorizados no inciso VI do artigo 17 da LC n° 123/2006,
inclusive na modalidade fluvial (desconsiderando-se o percentual relativo ao ISS e
adicionando-se o percentual relativo ao ICMS previsto na tabela do Anexo I);
 r) locação de bens móveis (deduzida a parcela correspondente ao ISS);
 s) comercialização de medicamentos e produtos magistrais produzidos por
manipulação de fórmulas: SOB ENCOMENDA para entrega posterior ao adquirente,
em caráter pessoal, mediante prescrições de profissionais habilitados ou indicação
pelo farmacêutico, produzidos no próprio estabelecimento após o atendimento
inicial;
ANEXO III – SERVIÇOS E LOCAÇÕES
 t) outros serviços que, cumulativamente: não tenham por finalidade a prestação de
serviços decorrentes do exercício de atividade intelectual, de natureza técnica,
científica, desportiva, artística ou cultural, que constitua profissão regulamentada ou
não; e, não estejam relacionados nos incisos IV e V; 7
 u) administração e locação de imóveis de terceiros;
 v) academias de dança, de capoeira, de ioga e de artes marciais;
 w) academias de atividades físicas, desportivas, de natação e escolas de esportes;
 x) elaboração de programas de computadores, inclusive jogos eletrônicos, desde
que desenvolvidos em estabelecimento do optante;
 y) licenciamento ou cessão de direito de uso de programas de computação;
 z) planejamento, confecção, manutenção e atualização de páginas eletrônicas,
desde que realizados em estabelecimento do optante;
 aa) empresas montadoras de estandes para feiras;
 ab) laboratórios de análises clínicas ou de patologia clínica;
 ac) serviços de tomografia, diagnósticos médicos por imagem, registros gráficos e
métodos óticos, bem como ressonância magnética;
 ad) serviços de prótese em geral.
ANEXO III - SERVIÇOS E LOCAÇÕES
Receita Bruta em 12 Meses (em R$) Alíquota Valor a Deduzir (em R$)
1a Faixa Até 180.000,00 6,00% –
2a Faixa De 180.000,01 a 360.000,00 11,20% 9.360,00
3a Faixa De 360.000,01 a 720.000,00 13,50% 17.640,00
4a Faixa De 720.000,01 a 1.800.000,00
16,00% 35.640,00
5a Faixa De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 21,00% 125.640,00
6a Faixa De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 33,00% 648.000,00

Faixas Percentual de Repartição dos Tributos

IRPJ CSLL Cofins PIS/Pasep CPP ISS (*)

1a Faixa 4,00% 3,50% 12,82% 2,78% 43,40% 33,50%


2a Faixa 4,00% 3,50% 14,05% 3,05% 43,40% 32,00%
3a Faixa 4,00% 3,50% 13,64% 2,96% 43,40% 32,50%
4a Faixa 4,00% 3,50% 13,64% 2,96% 43,40% 32,50%
5a Faixa 4,00% 3,50% 12,82% 2,78% 43,40% 33,50% (*)

6a Faixa 35,00% 15,00% 16,03% 3,47% 30,50% –


ANEXO III - SERVIÇOS/LOCAÇÕES

EXEMPLO
RBT12 X ALIQ – PD = ALÍQ. EFET.
RBT12
 EMPRESA XY SERVIÇOS LTDA
 RBT12 = R$1.000.000,00
 RECEITA DO PERÍODO = R$70.000,00

112.000,00
1.000.000,00 X 11,20% - 22.540,00 = 89.460,00 = 8,946%
1.000.000,00
1.000.000,00

70.000,00 X 8,946% = R$6.262,20


ANEXO IV

 a) construção de imóveis e obras de engenharia em geral, inclusive sob a


forma de sub empreitada;
 b) execução de projetos e serviços de paisagismo;
 c) decoração de interiores;
 e) serviço de vigilância, limpeza ou conservação;
 f) serviços advocatícios. Lei Complementar n° 123/2006, art. 18, § 5°-C
ANEXO IV
Receita Bruta em 12 Meses (em R$) Alíquota Valor a Deduzir (em R$)
1a Faixa Até 180.000,00 4,50% -
2a Faixa De 180.000,01 a 360.000,00 9,00% 8.100,00
3a Faixa De 360.000,01 a 720.000,00 10,20% 12.420,00
4a Faixa De 720.000,01 a 1.800.000,00 14,00% 39.780,00
5a Faixa De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 22,00% 183.780,00
6a Faixa De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 33,00% 828.000,00

Faixas Percentual de Repartição dos Tributos


IRPJ CSLL Cofins PIS/Pasep ISS (*)

1a Faixa 18,80% 15,20% 17,67% 3,83% 44,50%


2a Faixa 19,80% 15,20% 20,55% 4,45% 40,00%
3a Faixa 20,80% 15,20% 19,73% 4,27% 40,00%

4a Faixa 17,80% 19,20% 18,90% 4,10% 40,00%

5a Faixa 18,80% 19,20% 18,08% 3,92% 40,00% (*)

6a Faixa 53,50% 21,50% 20,55% 4,45% -


ANEXO IV

RBT12 X ALIQ – PD = ALÍQ. EFET.


RBT12
 EMPRESA XY CONSTRUÇÕES LTDA
 RBT12 = R$1.500.000,00
 RECEITA DO PERÍODO = R$100.000,00

210.000,00
1.500.000,00 X 14% - 39.780,00 = 170.220,00 =
11,348%
1.500.000,00
1.500.000,00

100.000,00 X 11,348% = R$11.348,00


ANEXO V - SERVIÇOS
 a) medicina veterinária;
 b) serviços de comissaria, de despachantes, de tradução e de interpretação;
 c) engenharia, medição, cartografia, topografia, geologia, geodésia, testes,
suporte e análises técnicas e tecnológicas, pesquisa, design, desenho e agronomia;
 d) representação comercial e demais atividades de intermediação de negócios e
serviços de terceiros;
 e) perícia, leilão e avaliação;
 f) auditoria, economia, consultoria, gestão, organização, controle e administração;
 g) jornalismo e publicidade;
 h) agenciamento, exceto de mão de obra;
 i) outras atividades do setor de serviços que tenham por finalidade a prestação de
serviços decorrentes do exercício de atividade intelectual, de natureza técnica,
científica, desportiva, artística ou cultural, que constitua profissão regulamentada ou
não, desde que não sujeitas à tributação na forma dos anexos III ou IV.
ANEXO V - SERVIÇOS
Receita Bruta em 12 Meses (em R$) Alíquota Valor a Deduzir (em R$)
1a Faixa Até 180.000,00 15,50% -
2a Faixa De 180.000,01 a 360.000,00 18,00% 4.500,00
3a Faixa De 360.000,01 a 720.000,00 19,50% 9.900,00
4a Faixa De 720.000,01 a 1.800.000,00 20,50% 17.100,00

5a Faixa De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 23,00% 62.100,00

6a Faixa De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 30,50% 540.000,00

Faixas Percentual de Repartição dos Tributos

IRPJ CSLL Cofins PIS/Pasep CPP ISS

1a Faixa 25,00% 15,00% 14,10% 3,05% 28,85% 14,00%

2a Faixa 23,00% 15,00% 14,10% 3,05% 27,85% 17,00%

3a Faixa 24,00% 15,00% 14,92% 3,23% 23,85% 19,00%

4a Faixa 21,00% 15,00% 15,74% 3,41% 23,85% 21,00%

5a Faixa 23,00% 12,50% 14,10% 3,05% 23,85% 23,50%

6a Faixa 35,00% 15,50% 16,44% 3,56% 29,50% -


ANEXO V - SERVIÇOS

RBT12 X ALIQ – PD = ALÍQ. EFET.


RBT12
 EMPRESA XY CONSULTAS LTDA
 RBT12 = R$750.000,00
 RECEITA DO PERÍODO = R$60.000,00

153.750,00
750.000,00 X 20,5% - 17.100,00 = 136.650,00 = 18,22%
750.000,00
750.000,00

60.000,00 X 18,22% = R$10.932,00


SIMPLES NACIONAL - ANEXOS

ANEXO I
- COMÉRCIO.

ANEXO II
- INDÚSTRIA

ANEXO III, IV E V
- SERVIÇOS E LOCAÇÕES
ANEXO I - COMÉRCIO

VENDA DE PRODUTOS COM AS SEGUINTES


TRIBUTAÇÕES:

ICMS-ST (ICMS SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA)


PIS/COFINS MONOFÁSICO
ICMS - ST

 Substituição tributária (ST) é o regime no qual a responsabilidade pelo ICMS (imposto


sobre circulação de mercadorias e serviços) é atribuída a um contribuinte diferente
do que realizou a ação de venda. Como o próprio nome já diz, é uma forma de
substituir o responsável pelo pagamento dos tributos.
 De forma simplificada, poderíamos dizer que a substituição tributária é a cobrança
do imposto de venda do produto no momento em que ele sai da indústria, ou seja,
ao invés da cobrança ser feita quando ocorre a venda (fato gerador do imposto),
ela é cobrada antecipadamente.
ICMS ST – APLICAÇÃO NO CÁLCULO DO
DAS
ECONOMIA DE
 EXEMPLO (SLIDE 15)
R$361,76
ALÍQ. EFET. = 5,32% 1,8088% = 3,5112%
RECEITA = R$20.000,00
RBT12 = R$300.000,00
IMPOSTO (DAS) = R$1.064,00 R$702,24
2a Faixa De 180.000,01 a 360.000,00 7,30% 5.940,00

Faixas Percentual de Repartição dos Tributos


IRPJ CSLL Cofins PIS/Pasep CPP ICMS
2a Faixa 5,50% 3,50% 12,74% 2,76% 41,50% 34,00%

0,2926 0,1862 0,677768 0,146832 2,2078 1,8088


Informações Contidas no DANFE (Documento
Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica)

CFOP NF - CST - TRIBUTAÇÃO


5401 010 ST
5403 060 ST
5405 070 ST
6401
6403
6405
5101 000 TRIBUTADO
5102 040 “ISENTO”
6101 020
6102
PIS E COFINS MONOFÁSICO

 O regime monofásico do PIS e da COFINS consiste em mecanismo semelhante à


substituição tributária, pois atribui a um determinado contribuinte a
responsabilidade pelo tributo devido em toda cadeia produtiva ou de
distribuição subsequente.
PIS E COFINS MONOFÁSICO – APLICAÇÃO
NO CÁLCULO DO DAS
ECONOMIA DE
 EXEMPLO (SLIDE 15)
R$164,92
ALÍQ. EFET. = 5,32% 0,677768 – 0,146832 = 4,4954%
RECEITA = R$20.000,00
RBT12 = R$300.000,00
IMPOSTO (DAS) = R$1.064,00 R$899,08
2a Faixa De 180.000,01 a 360.000,00 7,30% 5.940,00

Faixas Percentual de Repartição dos Tributos


IRPJ CSLL Cofins PIS/Pasep CPP ICMS
2a Faixa 5,50% 3,50% 12,74% 2,76% 41,50% 34,00%

0,2926 0,1862 0,677768 0,146832 2,2078 1,8088


ICMS-ST E PIS/COFINS MONOFÁSICOAPLICAÇÃO
NO CÁLCULO DO DAS
ECONOMIA DE
 EXEMPLO (SLIDE 15)
R$526,68
ALÍQ. EFET. = 5,32% 0,677768 – 0,146832 – 1,8088 = 2,6866%
RECEITA = R$20.000,00
RBT12 = R$300.000,00
IMPOSTO (DAS) = R$1.064,00 R$537,32
2a Faixa De 180.000,01 a 360.000,00 7,30% 5.940,00

Faixas Percentual de Repartição dos Tributos


IRPJ CSLL Cofins PIS/Pasep CPP ICMS
2a Faixa 5,50% 3,50% 12,74% 2,76% 41,50% 34,00%

0,2926 0,1862 0,677768 0,146832 2,2078 1,8088


ANEXO III E V – SERVIÇOS E LOCAÇÃO
ANEXO III

 k) fisioterapia;
 l) arquitetura e urbanismo;
 m) medicina, inclusive laboratorial, e enfermagem
 n) odontologia e prótese dentária;
 o) psicologia, psicanálise, terapia ocupacional, acupuntura, podologia,
fonoaudiologia, clínicas de nutrição e de vacinação e bancos de leite;
 t) outros serviços que, cumulativamente: não tenham por finalidade a
prestação de serviços decorrentes do exercício de atividade intelectual,
de natureza técnica, científica, desportiva, artística ou cultural, que
constitua profissão regulamentada ou não; e, não estejam relacionados
nos incisos IV e V; 7
 u) administração e locação de imóveis de terceiros;
 v) academias de dança, de capoeira, de ioga e de artes marciais;
 w) academias de atividades físicas, desportivas, de natação e escolas de
esportes;
ANEXO III

 x) elaboração de programas de computadores, inclusive jogos eletrônicos, desde que


desenvolvidos em estabelecimento do optante;
 y) licenciamento ou cessão de direito de uso de programas de computação;
 z) planejamento, confecção, manutenção e atualização de páginas eletrônicas, desde
que realizados em estabelecimento do optante;
 aa) empresas montadoras de estandes para feiras;
 ab) laboratórios de análises clínicas ou de patologia clínica;
 ac) serviços de tomografia, diagnósticos médicos por imagem, registros gráficos e
métodos óticos, bem como ressonância magnética;
 ad) serviços de prótese em geral.
ANEXO V

 a) medicina veterinária;
 b) serviços de comissaria, de despachantes, de tradução e de interpretação;
 c) engenharia, medição, cartografia, topografia, geologia, geodésia, testes, suporte e
análises técnicas e tecnológicas, pesquisa, design, desenho e agronomia;
 d) representação comercial e demais atividades de intermediação de negócios e
serviços de terceiros;
 e) perícia, leilão e avaliação;
 f) auditoria, economia, consultoria, gestão, organização, controle e administração;
 g) jornalismo e publicidade;
 h) agenciamento, exceto de mão de obra;
 i) outras atividades do setor de serviços que tenham por finalidade a prestação de
serviços decorrentes do exercício de atividade intelectual, de natureza técnica,
científica, desportiva, artística ou cultural, que constitua profissão regulamentada ou
não, desde que não sujeitas à tributação na forma dos anexos III ou IV.
ANEXO III
As atividades de prestação de serviços de comunicação e de transportes
interestadual e intermunicipal de cargas e de passageiros, e de transporte
intermunicipal e interestadual de passageiros na modalidade fluvial, ou quando
possuir características de transporte urbano ou metropolitano ou realizar-se sob
fretamento contínuo em área metropolitana para o transporte de estudantes ou
trabalhadores, serão tributadas na forma do Anexo III, deduzida a parcela
correspondente ao ISS e acrescida a parcela correspondente ao ICMS prevista no
Anexo I conforme prevê a Resolução CGSN nº 140/2018, Artigo 25, inciso IX. Para a
apuração da alíquota efetiva do ICMS será calculada a alíquota efetiva do
anexo I para ser multiplicada pela alíquota de repartição do ICMS. Em
decorrência desta variável, a alíquota total será diferente da alíquota efetiva
ANEXO IV
Tributação pelo Anexo III
 No caso de prestação dos serviços de construção de imóveis e obras de
engenharia em geral, a tributação poderá ocorrer através do Anexo III da Lei
Complementar n° 123/2006, ou seja, quando não se enquadrar nas prestações de
serviços relacionadas no item 2 e não estando obrigada ao anexo V.
 Um exemplo prático, são os serviços de pintura predial, instalação, manutenção e
reparação hidráulica, elétrica, sanitária, de gás, de sistemas contra incêndio, de
elevadores, de escadas e esteiras rolantes, serão tributados através do Anexo
III da Lei Complementar n° 123/2006.
 Ressalta-se que quando se tratar de reforma cuja a finalidade é como reparo ou
conserto destinado a restaurar suas funções ou melhorarem a aparência, a
tributação também ocorrerá através do Anexo III da Lei Complementar n°
123/2006.
EXEMPLO ANEXO III E IV
51.000
 FELIPE CONSTRUTORA LTDA 500.000 X 10,2% - 12.420 = 38.580 = 7,716%
SERVIÇO= CONSTRUÇÃO DE CASA 500.000 500.000
VALOR DO SERVIÇO= R$50.000,00
50.000 X 7,716 = 3.858,00

RBT12 = 500.000,00 10.000 X 8 % (INSS)


FOLHA DE PAGT. DO PERIODO= R$10.000,00 20% (INSS EMPRESA) R$3.100,00
3% (RAT)
TOTAL: 3.858,00 + 3.100,00 = R$6.958,00

 RIBEIRO CONSTRUTORA LTDA 67.500


SERVIÇO= REFORMA DE CASA 500.000 X 13,5% - 17.640 = 49.860 = 9,972%
VALOR DO SERVIÇO= R$50.000,00 500.000 500.000
50.000 X 9,972% = R$4.986,00
RBT12 = 500.000,00
FOLHA DE PAGT. DO PERIODO= R$10.000,00 10.000 X 8 % (INSS) = R$800,00
TOTAL: 4.986,00 + 800,00 = R$5.786,00

DIFERENÇA DE R$1.172,00
CÁLCULO DA RAZÃO ENTRE A FOLHA DE
SALÁRIOS E A RECEITA BRUTA
 AS ATIVIDADES DO ANEXO V SERÃO TRIBUTADAS NA FORMA DO ANEXO III
DA LEI COMPLEMENTAR 123/2006 CASO A RAZÃO ENTRE A FOLHA DE
SALÁRIOS E A RECEITA BRUTA DA PESSOA JURÍDICA SEJA IGUAL OU
SUPERIOR A 28%.

 PARA O CÁLCULO DA RAZÃO ENTRE A FOLHA DE SALÁRIOS E A RECEITA


BRUTA, EM RELAÇÃO ÀS ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SERÃO
CONSIDERADOS, RESPECTIVAMENTE,OS MONTANTES PAGOS E AUFERIDOS
NOS DOZE MESES ANTERIORES AO PERÍODO DE APURAÇÃO PARA FINS DE
ENQUADRAMENTO NO REGIME TRIBUTÁRIO DO SIMPLES NACIONAL.
EXEMPLO

 FELIPE ODONTOLOGIA LTDA


RBT12 = R$200.000,00
ANEXO V
FP12 = R$40.000,00 20%
2ª FAIXA
RECEITA DO PERIODO = R$16.000,00 ALÍQ. EFET. = 15,75%
DAS = R$2.520,00

 RIBEIRO ODONTOLOGIA LTDA


ANEXO III
RBT12 = R$200.000,00
2ª FAIXA
28%
FP12 = R$56.000,00 ALÍQ. EFET. = 6,52%
RECEITA DO PERIODO = R$16.000,00 DAS = R$1.000,00

DIFERENÇA DE R$1.520,00
IMPOSTOS INCIDENTES SOBRE
COMPRAS FORA DA UF

 ANTECIPAÇÃO DE ICMS
 DIFERENÇA DE ALÍQUOTA
 ICMS-ST ANTECIPADO
ANTECIPAÇÃO DE ICMS E DIFERENÇA
DE ALÍQUOTA
 A ANTECIPAÇÃO DE ICMS SERÁ DEVIDA QUANDO HOUVER COMPRAS DE
PRUDUTOS TRIBUTADOS EM OUTRA UF, DESTINADOS A COMERCIALIZAÇÃO.
 A DIFERENÇA DE ALÍQUOTA SERÁ DEVIDA QUANDO HOUVER COMPRAS DE
PRODUTOS DESTINADOS A USO E CONSUMO DA EMPRESA OU ATIVO
IMOBILIZADO.

VLR PROD = 900,00 12% 4%


FRETE = 100,00

VLR. PRODUTO + FRETE – ICMS INTEREST. / (1 – ALIQ. 880,00/ (1 – 0,18) 960,00 / (1 – 0,18)
INTER.) 1.073,17 x 18% 1.170,73 x 18%
BASE DE CALCULO x ALÍQ. INTER. 193,17 – 120,00 210,73 – 40,00
VALOR DO ICMS – ICMS INTEREST.
VALOR DO IMPOSTO R$73,17 R$ 170,73
ICMS-ST ANTECIPADO

 O ICMS-ST ANTECIPADO É DEVIDO NAS COMPRAS FORA DA UF COM


MERCADORIAS SENDO SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA EM MG E DESTINADAS A
COMERCIALIZAÇÃO/REVENDA.

VLR. PROD. = 800,00


FRETE = 100,00
1.000,00 + 55%
IPI = 100,00
1.550,00 X 18%
279,00 – 108,00

(VLR.PROD + FRETE + IPI) + MVA


BASE DE CALCULO X ALIQ.INTER.
VALOR ENCONTRADO - ICMS INTEREST.
R$171,00
VALOR DO ICMS ST
PERGUNTAS

E-mail: feliperribeiro93@gmail.com Contatos: (38) 9 9216-7372 Wzp


contribeiro@yahoo.com.br (38) 3231-1109
(38) 9 9899-0295