Você está na página 1de 382

DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRÔNICO

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

N°: 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro Publicação: quinta-feira, 28 de setembro

IMPTE.(S) : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO


SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL ADV.(A/S) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR
Praça dos Três Poderes
Brasília - DF DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO
CEP: 70175-900
Telefone: (61) 3217-3000 HABEAS CORPUS 148.112 (5)
www.stf.jus.br ORIGEM : 937720177000000 - SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR
PROCED. : RIO DE JANEIRO
Ministra Cármen Lúcia RELATORA :MIN. ROSA WEBER
Presidente PACTE.(S) : ALEXANDRE SILVA COSTA
IMPTE.(S) : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO
Ministro Dias Toffoli ADV.(A/S) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL
Vice-Presidente COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR

Eduardo Silva Toledo HABEAS CORPUS 148.113 (6)


Diretor-Geral ORIGEM : 1587220177000000 - SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR
PROCED. : SÃO PAULO
©2017 RELATOR :MIN. LUIZ FUX
PACTE.(S) : ADAILDO ROSENO LEMOS
IMPTE.(S) : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO
ADV.(A/S) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR
PRESIDÊNCIA
HABEAS CORPUS 148.186 (7)
ORIGEM : 340213 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PROCED. : SÃO PAULO
DISTRIBUIÇÃO
RELATORA :MIN. ROSA WEBER
PACTE.(S) : ALEXANDRE DE SOUZA RIBEIRO
Ata da Centésima Nonagésima Oitava Distribuição realizada em 22
IMPTE.(S) : ALEXANDRE DE SOUZA RIBEIRO
de setembro de 2017.
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
Foram distribuídos os seguintes feitos, pelo sistema de
processamento de dados:
HABEAS CORPUS 148.191 (8)
ORIGEM : 385457 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
AÇÃO CÍVEL ORIGINÁRIA 3.042 (1)
PROCED. : SÃO PAULO
ORIGEM : 10005888420174013700 - JUIZ FEDERAL
RELATOR :MIN. LUIZ FUX
PROCED. : MARANHÃO
PACTE.(S) : GILMAR SILVA DOS SANTOS
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
IMPTE.(S) : PAULO ROBERTO DE JESUS
AUTOR(A/S)(ES) : ESTADO DO MARANHÃO
COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 385.457 DO SUPERIOR
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO MARANHÃO
TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RÉU(É)(S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
HABEAS CORPUS 148.202 (9)
RÉU(É)(S) : FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE - FUNASA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ORIGEM : 147012 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
PROCED. : MINAS GERAIS
RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
AGRAVO DE INSTRUMENTO 867.837 (2)
PACTE.(S) : JOAHNNES HEINRICH MATHIAS
ORIGEM : 10024057765968001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
IMPTE.(S) : JOAHNNES HEINRICH MATHIAS
ESTADUAL
COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 147.012 DO SUPREMO TRIBUNAL
PROCED. : MINAS GERAIS
FEDERAL
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO
AGTE.(S) : BRUNO LEONARDO DE MELO
HABEAS CORPUS 148.203 (10)
ADV.(A/S) : CARLOS ROBERTO ALVES DE ALMEIDA (72153/MG)
AGDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS ORIGEM : 148203 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
PROCED. : SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
MINAS GERAIS RELATORA :MIN. ROSA WEBER
PACTE.(S) : ELISSANDRO ARAÚJO SUDRE
IMPTE.(S) : ANDERSON CASSIO PERUELA
AGRAVO DE INSTRUMENTO 867.844 (3)
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ORIGEM : 10372040079520001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ESTADUAL
PROCED. : MINAS GERAIS HABEAS CORPUS 148.228 (11)
ORIGEM : 398760 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO
AGTE.(S) : LM COMERCIAL E DISTRIBUIDORA LTDA PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
ADV.(A/S) : JOSE RIBEIRO DA SILVA ARANTES (21995/MG)
AGDO.(A/S) : ESTADO DE MINAS GERAIS IMPTE.(S) : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO
PACTE.(S) : VILMAR PAES GOMES DA SILVA
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS
ADV.(A/S) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE SÃO
PAULO
HABEAS CORPUS 148.111 (4)
COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 398.760 DO SUPERIOR
ORIGEM : 352220147010301 - SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR
TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PROCED. : RIO DE JANEIRO
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI
PACTE.(S) : MARCOS DE ARAUJO FERREIRA HABEAS CORPUS 148.229 (12)

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 2

ORIGEM : 401388 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA


PROCED. : SÃO PAULO HABEAS CORPUS 148.240 (21)
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES ORIGEM : 416785 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PACTE.(S) : JOÃO PEDRO SOARES NETO PROCED. : SÃO PAULO
IMPTE.(S) : ANTONIO ROBERTO SOARES (206292/SP) RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA PACTE.(S) : WESLEY MENDONCA BATISTA
IMPTE.(S) : IGOR SANT ANNA TAMASAUSKAS (25399/DF, 173163/
HABEAS CORPUS 148.230 (13) SP)
ORIGEM : 416470 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA IMPTE.(S) : PIERPAOLO CRUZ BOTTINI (25350/DF, 163657/SP)
PROCED. : SÃO PAULO COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES
PACTE.(S) : ETERVALDO DE JESUS VAZ DE AGUILAR DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO
IMPTE.(S) : EVANDRO OLIVETTI (365427/SP)
COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 416.470 DO SUPERIOR HABEAS CORPUS 148.241 (22)
TRIBUNAL DE JUSTIÇA ORIGEM : 399531 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PROCED. : SÃO PAULO
HABEAS CORPUS 148.231 (14) RELATOR :MIN. CELSO DE MELLO
ORIGEM : 413804 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA PACTE.(S) : MIGUEL APARECIDO DOS SANTOS
PROCED. : SÃO PAULO IMPTE.(S) : GISELE APARECIDA DE GODOY (204296/SP)
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 399.531 DO SUPERIOR
PACTE.(S) : JEAN HENRIQUE RODRIGUES DOS SANTOS TRIBUNAL DE JUSTIÇA
IMPTE.(S) : PAULO ROGERIO COMPIAN CARVALHO (217672/SP)
COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 413.804 DO SUPERIOR HABEAS CORPUS 148.242 (23)
TRIBUNAL DE JUSTIÇA ORIGEM : 401948 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PROCED. : SÃO PAULO
HABEAS CORPUS 148.234 (15) RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
ORIGEM : 399938 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA PACTE.(S) : JÚLIO PIRES DE MORAES
PROCED. : MARANHÃO IMPTE.(S) : PAULO SERGIO DE ALMEIDA GODOY (75225/SP)
RELATORA : MIN. ROSA WEBER COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PACTE.(S) : SEGUNDO LUÍS SILVA MORENO
IMPTE.(S) : ADAILTON FREIRE CAMPELO (11515/CE) HABEAS CORPUS 148.243 (24)
COATOR(A/S)(ES) : RELATORA DO HC Nº 399.938 DO SUPERIOR ORIGEM : 416304 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
HABEAS CORPUS 148.235 (16) PACTE.(S) : MARCOS AUGUSTO FRUTUOSO SOARES
ORIGEM : 410945 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA IMPTE.(S) : HELIO DA SILVA SANCHES (224750/SP)
PROCED. : SÃO PAULO COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 416.304 DO SUPERIOR
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PACTE.(S) : SAMUEL RIBEIRO DE CAMARGO
IMPTE.(S) : CICERO SALUM DO AMARAL LINCOLN (319219/SP) E HABEAS CORPUS 148.244 (25)
OUTRO(A/S) ORIGEM : 396311 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
COATOR(A/S)(ES) : RELATORA DO HC Nº 410.945 DO SUPERIOR PROCED. : PIAUÍ
TRIBUNAL DE JUSTIÇA RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
PACTE.(S) : FRANCISCO ASSIS DE SOUSA FILHO
HABEAS CORPUS 148.236 (17) IMPTE.(S) : FLORENTINO MANUEL LIMA CAMPELO JUNIOR
ORIGEM : 416827 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (14620/PI)
PROCED. : SÃO PAULO COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 396.311 DO SUPERIOR TRIBUNAL
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI DE JUSTIÇA
PACTE.(S) : DAMIÃO TERÉZIO STALLMACH FERREIRA
IMPTE.(S) : CICERO SALUM DO AMARAL LINCOLN (319219/SP) E HABEAS CORPUS 148.245 (26)
OUTRO(A/S) ORIGEM : 394953 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 416.827 DO SUPERIOR PROCED. : MARANHÃO
TRIBUNAL DE JUSTIÇA RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
PACTE.(S) : JOAO BATISTA DE ARAUJO
HABEAS CORPUS 148.237 (18) IMPTE.(S) : WENDEL ARAUJO DE OLIVEIRA (27669/DF, 8879-A/MA,
ORIGEM : 828022 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA 01479/PE, 5844/PI, 210267/RJ, 106527A/RS, 389438/SP,
PROCED. : SÃO PAULO 5233/TO) E OUTRO(A/S)
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PACTE.(S) : OBIDIKE JONATHAN UCHECHUKWU
PACTE.(S) : NDUKA KELVIN OKOYE DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO
IMPTE.(S) : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO
ADV.(A/S) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL HABEAS CORPUS 148.246 (27)
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA ORIGEM : 394953 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PROCED. : MARANHÃO
HABEAS CORPUS 148.238 (19) RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
ORIGEM : 50266 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA PACTE.(S) : JOAO BATISTA DE ARAUJO
PROCED. : PERNAMBUCO IMPTE.(S) : WENDEL ARAUJO DE OLIVEIRA (27669/DF, 8879-A/MA,
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO 01479/PE, 5844/PI, 210267/RJ, 106527A/RS, 389438/SP,
PACTE.(S) : JOSE LINO DA SILVA IRMAO 5233/TO) E OUTRO(A/S)
IMPTE.(S) : JOSE AUGUSTO BRANCO (16464/PE) COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
IMPTE.(S) : HELCIO FERREIRA DE OLIVEIRA FRANCA (21728/PE)
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA HABEAS CORPUS 148.264 (28)
ORIGEM : 00148993320118260223 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO ESTADUAL
PROCED. : SÃO PAULO
HABEAS CORPUS 148.239 (20) RELATOR :MIN. LUIZ FUX
ORIGEM : 416795 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA PACTE.(S) : MARIZILDA JORGE DE OLIVEIRA
PROCED. : SÃO PAULO IMPTE.(S) : DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES ADV.(A/S) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE SÃO
PACTE.(S) : JOESLEY MENDONCA BATISTA PAULO
IMPTE.(S) : TICIANO FIGUEIREDO DE OLIVEIRA (23870/DF) COATOR(A/S)(ES) : RELATORA DO HC Nº 415.970 DO SUPERIOR
IMPTE.(S) : ANTONIO CARLOS DE ALMEIDA CASTRO (04107/DF) TRIBUNAL DE JUSTIÇA
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 3

HABEAS CORPUS 148.265 (29) IMPDO.(A/S) : TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO


ORIGEM : 781997 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
PROCED. : PERNAMBUCO
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO MANDADO DE SEGURANÇA 35.207 (38)
PACTE.(S) : ANTÔNIA FRUTUOSO COELHO ORIGEM : 27802016 - TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO
IMPTE.(S) : PLINIO LEITE NUNES (9383A/AL, 23668/PE) E PROCED. : DISTRITO FEDERAL
OUTRO(A/S) RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA IMPTE.(S) : MARIA CECILIA ESTANISLAU DE ATAIDE
ADV.(A/S) : STEPHANIE CALANDRINI TUMA SERRUYA (48645/DF)
HABEAS CORPUS 148.266 (30) IMPDO.(A/S) : TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO
ORIGEM : 414388 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
PROCED. : PARANÁ
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO
PACTE.(S) : ANDRESSA DE FATIMA VINHAIS
IMPTE.(S) : GUSTAVO TULIO PAGANI (27199/PR) MANDADO DE SEGURANÇA 35.209 (39)
COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 414.388 DO SUPERIOR ORIGEM : 00109508620171000000 - SUPREMO TRIBUNAL
TRIBUNAL DE JUSTIÇA FEDERAL
PROCED. : DISTRITO FEDERAL
DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
IMPTE.(S) : MAURA DE CASSIA NASCIMENTO DOS SANTOS
HABEAS CORPUS 148.267 (31) ADV.(A/S) : ASSIS LOPES BHERING (75310/SP) E OUTRO(A/S)
ORIGEM : 410023 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA IMPDO.(A/S) : TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO
PROCED. : SÃO PAULO PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
PACTE.(S) : ERIK CAMPOS DOS SANTOS DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO
IMPTE.(S) : CARLOS ALBERTO TELLES (242749/SP) E
OUTRO(A/S) PETIÇÃO 6.020 (40)
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA ORIGEM : PET - 5952 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
PROCED. : DISTRITO FEDERAL
HABEAS CORPUS 148.268 (32) RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
ORIGEM : 00109542620171000000 - SUPREMO TRIBUNAL REQTE.(S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
FEDERAL PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
PROCED. : DISTRITO FEDERAL
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO REDISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO
PACTE.(S) : ARMANDO WILLIAM BRUNETTO
IMPTE.(S) : MAURO LEMOS LEITE (145399/RJ) PETIÇÃO 7.283 (41)
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR ORIGEM : 7283 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
PROCED. : DISTRITO FEDERAL
HABEAS CORPUS 148.269 (33) RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
ORIGEM : 184964 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA REQTE.(S) : M.L.
PROCED. : RIO DE JANEIRO ADV.(A/S) : ARISTIDES JUNQUEIRA ALVARENGA (12500/DF,
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES 1352A/MG) E OUTRO(A/S)
PACTE.(S) : LUIZ EDUARDO GALINDO FILGUEIRA REQDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
IMPTE.(S) : FERNANDO AUGUSTO HENRIQUES FERNANDES PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
(33007/DF, 108329/RJ, 271947/SP) E OUTRO(A/S)
COATOR(A/S)(ES) : SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO

HABEAS CORPUS 148.270 (34) PRISÃO PREVENTIVA PARA EXTRADIÇÃO 842 (42)
ORIGEM : 416513 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA ORIGEM : 842 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
PROCED. : SÃO PAULO PROCED. : DISTRITO FEDERAL
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
PACTE.(S) : EMERSON GLICERIO DE CAMPOS REQTE.(S) : SOB SIGILO
IMPTE.(S) : ALEX SANDER GUTIERRES (320391/SP) ADV.(A/S) : SOB SIGILO
COATOR(A/S)(ES) : RELATOR DO HC Nº 416.513 DO SUPERIOR EXTDO.(A/S) : SOB SIGILO
TRIBUNAL DE JUSTIÇA ADV.(A/S) : SOB SIGILO

MANDADO DE INJUNÇÃO 6.799 (35) RECLAMAÇÃO 28.409 (43)


ORIGEM : 6799 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL ORIGEM : 00076893420128260048 - JUIZ DE DIREITO
PROCED. : DISTRITO FEDERAL PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI RELATOR :MIN. LUIZ FUX
IMPTE.(S) : EDISON LUIZ BONOTTO RECLTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO
ADV.(A/S) : WILLIAM LEANDRO BOSCOLO (116399/MG) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
IMPDO.(A/S) : PRESIDENTE DA REPÚBLICA RECLDO.(A/S) : PRIMEIRA TURMA CÍVEL E CRIMINAL DO COLÉGIO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO RECURSAL DE BRAGANÇA PAULISTA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO INTDO.(A/S) : MIGUEL ARCANJO BRAGION SANTOS
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
MANDADO DE INJUNÇÃO 6.800 (36)
ORIGEM : 6800 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL RECLAMAÇÃO 28.412 (44)
PROCED. : DISTRITO FEDERAL ORIGEM : 3521020125110000 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI TRABALHO
IMPTE.(S) : EDISON LUIZ BONOTTO PROCED. : AMAZONAS
ADV.(A/S) : WILLIAM LEANDRO BOSCOLO (116399/MG) RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
IMPDO.(A/S) : PRESIDENTE DA REPÚBLICA RECLTE.(S) : TEREZINHA MORAIS PAULA E OUTRO(A/S)
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO ADV.(A/S) : JEAN CARLOS PAULA RODRIGUES (4748/AM)
RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO
MANDADO DE SEGURANÇA 35.206 (37) ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ORIGEM : 00108304320171000000 - SUPREMO TRIBUNAL INTDO.(A/S) : NAURA CRISTINA SANTOS DO NASCIMENTO
FEDERAL ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
PROCED. : DISTRITO FEDERAL INTDO.(A/S) : ESPÓLIO DE JORDÃO JERÔNIMO ENCARNAÇÃO
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN RODRIGUES (J.J.E RODRIGUES-ME)
IMPTE.(S) : JOAO DILMAR DA SILVA ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ADV.(A/S) : JOAO BATISTA FREITAS DE ALENCAR (4972/CE)

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 4

RECLAMAÇÃO 28.413 (45) ORIGEM : 05050071620164058200 - TURMA RECURSAL DOS


ORIGEM : 4428 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : DISTRITO FEDERAL PROCED. : PARAÍBA
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
RECLTE.(S) : PAULO VIEIRA DE SOUZA RECLTE.(S) : UNIÃO
ADV.(A/S) : DANIEL LEON BIALSKI (125000/SP) PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECLDO.(A/S) : JUIZ FEDERAL DA 2º VARA FEDERAL CRIMINAL DE RECLDO.(A/S) : JUIZ DE DIREITO DA 13ª VARA DO JUIZADO
SÃO PAULO ESPECIAL FEDERAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ESTADO DA PARAÍBA
INTDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA INTDO.(A/S) : CLOVIS RODRIGUES BARBOSA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO
RECLAMAÇÃO 28.420 (52)
RECLAMAÇÃO 28.414 (46) ORIGEM : 05109234020164058100 - TURMA RECURSAL DOS
ORIGEM : 102904020135190010 - TRIBUNAL SUPERIOR DO JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
TRABALHO PROCED. : CEARÁ
PROCED. : ALAGOAS RELATOR :MIN. LUIZ FUX
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI RECLTE.(S) : UNIÃO
RECLTE.(S) : MUNICÍPIO DE MACEIÓ PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE MACEIÓ RECLDO.(A/S) : TERCEIRA TURMA RECURSAL DOS JUIZADOS
RECLDO.(A/S) : VICE-PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR DO ESPECIAIS FEDERAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO
TRABALHO ESTADO DO CEARÁ
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
INTDO.(A/S) : NÃO INDICADO INTDO.(A/S) : ANA PAULA BARROSO SOBREIRA PINHEIRO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLAMAÇÃO 28.415 (47)
ORIGEM : 00103026220145180102 - TRIBUNAL REGIONAL DO RECLAMAÇÃO 28.421 (53)
TRABALHO ORIGEM : 4882120135190009 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
PROCED. : GOIÁS TRABALHO
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO PROCED. : ALAGOAS
RECLTE.(S) : VALEC ENGENHARIA CONSTRUÇÕES E FERROVIAS RELATOR :MIN. CELSO DE MELLO
S/A RECLTE.(S) : MUNICÍPIO DE MACEIÓ
ADV.(A/S) : MATHEUS BERNARDINA SILVA DA SILVEIRA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE MACEIÓ
(11382/ES) E OUTRO(A/S) RECLDO.(A/S) : VICE-PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR DO
RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 18ª REGIÃO TRABALHO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
INTDO.(A/S) : GUILHERME DREINER MENIN INTDO.(A/S) : NÃO INDICADO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLAMAÇÃO 28.422 (54)
RECLAMAÇÃO 28.416 (48) ORIGEM : 00116517420155010026 - TRIBUNAL REGIONAL DO
ORIGEM : 967903 - JUIZ DE DIREITO TRABALHO
PROCED. : SÃO PAULO PROCED. : RIO DE JANEIRO
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
RECLTE.(S) : JORGE MARCOS ALFREDO SOARES JUNIOR RECLTE.(S) : NUCLEBRAS EQUIPAMENTOS PESADOS S A NUCLEP
PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE SÃO ADV.(A/S) : DIEGO CUNHA BRUM (145550/RJ)
PAULO RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO
RECLDO.(A/S) : JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA DAS EXECUÇÕES ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
CRIMINAIS DA COMARCA DE TAUBATÉ INTDO.(A/S) : WAGNER MARIANO CHAVES
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
INTDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RECLAMAÇÃO 28.423 (55)
SÃO PAULO ORIGEM : 394791 - JUIZ DE DIREITO
PROCED. : SÃO PAULO
RECLAMAÇÃO 28.417 (49) RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
ORIGEM : 0204762920164013300 - TURMA RECURSAL DOS RECLTE.(S) : EDENIRSON RIBEIRO
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE SÃO
PROCED. : BAHIA PAULO
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI RECLDO.(A/S) : JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA DAS EXECUÇÕES
RECLTE.(S) : UNIÃO CRIMINAIS DA COMARCA DE TAUBATÉ
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLDO.(A/S) : JUIZ FEDERAL DA 9ª VARA DO JUIZADO ESPECIAL INTDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO
FEDERAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO ESTADO DA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
BAHIA SÃO PAULO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
INTDO.(A/S) : MICHELLE PIRES BANDEIRA POMBO RECLAMAÇÃO 28.424 (56)
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ORIGEM : 660214 - JUIZ DE DIREITO
PROCED. : SÃO PAULO
RECLAMAÇÃO 28.418 (50) RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
ORIGEM : 00203775920164013300 - TURMA RECURSAL DOS RECLTE.(S) : CASSIANO DE BRITTO PINTOR
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RECLTE.(S) : GEOVANI MINERVINO PIO
PROCED. : BAHIA RECLTE.(S) : MARCOS ROBERTO ADRIANO DA SILVA
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO RECLTE.(S) : ROBSON DOS SANTOS
RECLTE.(S) : UNIÃO PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE SÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO PAULO
RECLDO.(A/S) : TERCEIRA TURMA RECURSAL DO JUIZADO RECLDO.(A/S) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DAS EXECUÇÕES
ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO CRIMINAIS DO FORO DA COMARCA DE
ESTADO DA BAHIA ARARAQUARA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
INTDO.(A/S) : VIVIANNE TANURE MATEUS INTDO.(A/S) : NÃO INDICADO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLAMAÇÃO 28.425 (57)
RECLAMAÇÃO 28.419 (51) ORIGEM : 932343 - JUIZ DE DIREITO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 5

PROCED. : SÃO PAULO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO


RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLTE.(S) : JOÃO PAULO DOS REIS RECLDO.(A/S) : SECRETÁRIO DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO
PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE SÃO SANTO
PAULO ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLDO.(A/S) : JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA DAS EXECUÇÕES RECLDO.(A/S) : DIRETOR DA DIRETORIA DE MOVIMENTAÇÃO
CRIMINAIS DA COMARCA DE TAUBATÉ CARCERÁRIA E DE MONITORAÇÃO ELETRÔNICA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS (DIMCME)
INTDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RECLDO.(A/S) : DIRETOR DO CENTRO DE TRIAGEM DE VIANA
SÃO PAULO ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
INTDO.(A/S) : NÃO INDICADO
RECLAMAÇÃO 28.426 (58)
ORIGEM : 00009661420145150071 - JUIZ DO TRABALHO DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO
PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES RECLAMAÇÃO 28.431 (63)
RECLTE.(S) : MUNICÍPIO DE MOGI GUAÇU ORIGEM : 00108088220171000000 - SUPREMO TRIBUNAL
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE MOGI FEDERAL
GUAÇU PROCED. : PARANÁ
RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS RECLTE.(S) : GALAL FARO E OUTRO(A/S)
INTDO.(A/S) : ACACIO GONCALVES ADV.(A/S) : ANA MARIA ANNIBELLI FERNANDES (48774/PR,
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS 88617/SP)
RECLDO.(A/S) : JUIZ DE DIREITO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA
RECLAMAÇÃO 28.427 (59) COMARCA DE MATINHOS
ORIGEM : 65489820048080035 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ESTADUAL INTDO.(A/S) : BANCO BRADESCO CARTOES S.A.
PROCED. : ESPÍRITO SANTO ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO INTDO.(A/S) : DELL COMPUTADORES S.A
RECLTE.(S) : WELLINGTON CHARLES NASCIMENTO PEREIRA ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ADV.(A/S) : ANTONIO FERNANDO DE LIMA MOREIRA DA SILVA
(13403/ES) RECLAMAÇÃO 28.432 (64)
RECLDO.(A/S) : PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO ORIGEM : 00014433720145150071 - TRIBUNAL REGIONAL DO
DO ESPÍRITO SANTO TRABALHO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS PROCED. : SÃO PAULO
RECLDO.(A/S) : DESEMBARGADOR SUPERVISOR DAS VARAS RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
CRIMINAIS E DE EXECUÇÃO PENAL DO TRIBUNAL RECLTE.(S) : MUNICÍPIO DE MOGI GUAÇU
DE JUSTIÇA DO ESPÍRITO SANTO ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE MOGI
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS GUAÇU
RECLDO.(A/S) : SECRETÁRIO DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ESPÍRITO RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO
SANTO ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS INTDO.(A/S) : ADRIANE CANAVESI SILVA
RECLDO.(A/S) : DIRETOR DA DIRETORIA DE MOVIMENTAÇÃO ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
CARCERÁRIA E DE MONITORAÇÃO ELETRÔNICA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS RECLAMAÇÃO 28.433 (65)
RECLDO.(A/S) : DIRETOR DO CENTRO DE TRIAGEM DE VIANA ORIGEM : 00006396920145150071 - TRIBUNAL REGIONAL DO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS TRABALHO
INTDO.(A/S) : NÃO INDICADO PROCED. : SÃO PAULO
RELATORA :MIN. ROSA WEBER
RECLAMAÇÃO 28.428 (60) RECLTE.(S) : MUNICÍPIO DE MOGI GUAÇU
ORIGEM : 00007972720145150071 - JUIZ DO TRABALHO ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE MOGI
PROCED. : SÃO PAULO GUAÇU
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO
RECLTE.(S) : MUNICÍPIO DE MOGI GUAÇU ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE MOGI INTDO.(A/S) : ALCIDES TACA PEDRO
GUAÇU ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS RECLAMAÇÃO 28.434 (66)
INTDO.(A/S) : MARIA JOSE DE LIMA FEITOSA ORIGEM : 21457760720178260000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ESTADUAL
PROCED. : SÃO PAULO
RECLAMAÇÃO 28.429 (61) RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
ORIGEM : 00023331420178260297 - JUIZ DE DIREITO RECLTE.(S) : FABIO AURELIO BAPTISTA PEREIRA
PROCED. : SÃO PAULO ADV.(A/S) : JOAO SILVESTRE SOBRINHO (303347/SP)
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECLTE.(S) : ADRIELY LIMA DE SOUSA ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ADV.(A/S) : MURILO MARTINS JACOB FILHO (280347/SP) RECLDO.(A/S) : JUÍZA DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES
RECLDO.(A/S) : JUIZ DE DIREITO DA 1º VARA CRIMINAL DA COMARCA CRIMINAIS DA COMARCA DE AVARÉ
DE FERNANDÓPOLIS ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS INTDO.(A/S) : NÃO INDICADO
INTDO.(A/S) : NÃO INDICADO
RECLAMAÇÃO 28.435 (67)
RECLAMAÇÃO 28.430 (62) ORIGEM : 00060572920178190068 - JUIZ DE DIREITO
ORIGEM : 141287720078080035 - JUIZ DE DIREITO PROCED. : RIO DE JANEIRO
PROCED. : ESPÍRITO SANTO RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN RECLTE.(S) : MARCIA DE SOUZA ALMEIDA
RECLTE.(S) : WAGNER NASCIMENTO PEREIRA ADV.(A/S) : MOYSES DA SILVA BRITO REIS (203160/RJ)
ADV.(A/S) : ANTONIO FERNANDO DE LIMA MOREIRA DA SILVA RECLDO.(A/S) : JUIZ DE DIREITO DA 2º VARA DA COMARCA DE RIO
(13403/ES) DAS OSTRAS
RECLDO.(A/S) : PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
DO ESPÍRITO SANTO INTDO.(A/S) : NÃO INDICADO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLDO.(A/S) : SUPERVISOR DAS VARAS CRIMINAIS E DE DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO
EXECUÇÃO PENAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 6

RECLTE.(S) : UNIÃO
RECLAMAÇÃO 28.437 (68) PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
ORIGEM : 28437 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL RECLDO.(A/S) : JUIZ FEDERAL DA 21º VARA FEDERAL DA SEÇÃO
PROCED. : PARANÁ JUDICIÁRIA DO CEARÁ
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLTE.(S) : SUELI DE FATIMA RIBEIRO GONCALVES INTDO.(A/S) : JOAO BATISTA MARTINS PRATA BRAGA
ADV.(A/S) : RENATA NASCIMENTO VIEIRA SANCHES (35982/PR) E ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
OUTRO(A/S)
RECLDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL RECLAMAÇÃO 28.446 (75)
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CRUZEIRO ORIGEM : 05117184620164058100 - TURMA RECURSAL DOS
DO SUL JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : CEARÁ
RECLAMAÇÃO 28.439 (69) RELATORA :MIN. ROSA WEBER
ORIGEM : 00170393020135160019 - JUIZ DO TRABALHO RECLTE.(S) : UNIÃO
PROCED. : MARANHÃO PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RELATORA : MIN. ROSA WEBER RECLDO.(A/S) : TERCEIRA TURMA RECURSAL DA SEÇÃO JUDICIÁRIA
RECLTE.(S) : MUNICIPIO DE TIMON DO CEARÁ
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE TIMON ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 16ª REGIÃO INTDO.(A/S) : FABRICIO AUGUSTO BEZERRA E SILVA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS RECLAMAÇÃO 28.447 (76)
RECLDO.(A/S) : JUIZ DO TRABALHO DA 19º VARA DO TRABALHO DE ORIGEM : 00003994720155020026 - TRIBUNAL REGIONAL DO
TIMON TRABALHO
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS PROCED. : SÃO PAULO
INTDO.(A/S) : LUCAS ARTUR DA SILVA RELATOR :MIN. LUIZ FUX
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS RECLTE.(S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECLAMAÇÃO 28.441 (70) RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO
ORIGEM : 04547325420148090160 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ESTADUAL INTDO.(A/S) : MILTON TEIXEIRA DE OLIVEIRA
PROCED. : GOIÁS ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RELATORA : MIN. ROSA WEBER
RECLTE.(S) : MUNICIPIO DE NOVO GAMA RECLAMAÇÃO 28.448 (77)
ADV.(A/S) : WASHINGTON SANTOS SOUZA (37782/GO) E ORIGEM : 00292805520084013400 - TRIBUNAL REGIONAL
OUTRO(A/S) FEDERAL DA 1ª REGIAO
RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS PROCED. : DISTRITO FEDERAL
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
INTDO.(A/S) : NÃO INDICADO RECLTE.(S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECLAMAÇÃO 28.442 (71) RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIÃO
ORIGEM : 05113772020164058100 - TRIBUNAL REGIONAL ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
FEDERAL DA 5ª REGIAO INTDO.(A/S) : ISALENE FERREIRA MOTTA
PROCED. : CEARÁ ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI
RECLTE.(S) : UNIÃO RECLAMAÇÃO 28.449 (78)
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO ORIGEM : 144392017 - ÓRGÃO/ENTE DA ADMINISTRAÇÃO
RECLDO.(A/S) : TERCEIRA TURMA RECURSAL DOS JUIZADOS PROCED. : SÃO PAULO
ESPECIAIS FEDERAIS DA SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
ESTADO DO CEARÁ RECLTE.(S) : WILSON ROGERIO RONDINA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ADV.(A/S) : ALVARO BERNARDINO FILHO (275095/SP)
INTDO.(A/S) : MAURO ELVAS FALCAO CARNEIRO RECLDO.(A/S) : PREFEITO DO MUNICÍPIO DE MAIRIPORÃ
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
INTDO.(A/S) : ELISABETE MARIA DOS SANTOS AIACYDA
RECLAMAÇÃO 28.443 (72) ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ORIGEM : 696420125040005 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
TRABALHO RECLAMAÇÃO 28.450 (79)
PROCED. : RIO GRANDE DO SUL ORIGEM : 0145170167244 - JUIZ DE DIREITO
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO PROCED. : MINAS GERAIS
RECLTE.(S) : STEMAC SA GRUPOS GERADORES RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
ADV.(A/S) : DANIELA FARNEDA HUMMES (76538/PR, 36556/RS) RECLTE.(S) : LEANDRO DONIZETE NEVES
RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ADV.(A/S) : MARCOS SAMPAIO GOMES COELHO (113291/MG)
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS RECLDO.(A/S) : JUÍZA DE DIREITO DA 1ª VARA CRIMINAL DA
INTDO.(A/S) : JERRI LUIS PEREIRA COMARCA DE JUIZ DE FORA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
INTDO.(A/S) : NÃO INDICADO
RECLAMAÇÃO 28.444 (73)
ORIGEM : 10000869320165020039 - TRIBUNAL REGIONAL DO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.071.373 (80)
TRABALHO ORIGEM : 200900010041121 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
PROCED. : SÃO PAULO PROCED. : PIAUÍ
RELATORA : MIN. ROSA WEBER RELATOR :MIN. DIAS TOFFOLI
RECLTE.(S) : MARBI ADMINISTRACAO LTDA E OUTRO(A/S) RECTE.(S) : INSTITUTO DE ASSISTENCIA TECNICA E EXTENSAO
ADV.(A/S) : ANA CECILIA SERVULO DA CUNHA SCHUTZER RURAL DO ESTADO DO PIAUI
(319175/SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO PIAUÍ
RECLDO.(A/S) : TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 15ª REGIÃO RECDO.(A/S) : AIRTON DA COSTA ALENCAR E OUTRO(A/S)
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS ADV.(A/S) : DANIEL MOURA MARINHO (5825/PI)
INTDO.(A/S) : FRANCISCO BONFIM MAIA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.072.080 (81)
ORIGEM : 00075851920118260358 - TURMA RECURSAL DE
RECLAMAÇÃO 28.445 (74) JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS
ORIGEM : 05216488820164058100 - JUIZ FEDERAL PROCED. : SÃO PAULO
PROCED. : CEARÁ RELATOR :MIN. LUIZ FUX
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 7

PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS


RECDO.(A/S) : JOAO SILVESTRE COVER E OUTRO(A/S) PROCED. : AMAPÁ
ADV.(A/S) : WALMIR FAUSTINO DE MORAIS (226311/SP) E RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
OUTRO(A/S) RECTE.(S) : JEOVAN DE JESUS DOS SANTOS MONTEIRO
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.232 (82) ADV.(A/S) : EUSTAQUIO NUNES SILVEIRA (4404/AM, 25310/DF)
ORIGEM : 50288311420164047000 - TURMA RECURSAL DOS RECDO.(A/S) : UNIÃO
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
PROCED. : PARANÁ
RELATOR : MIN. LUIZ FUX RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.569 (90)
RECTE.(S) : UNIÃO ORIGEM : 00092602620154013100 - TURMA RECURSAL DOS
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
RECDO.(A/S) : NAIR MARIA LUNARDELLI RAMOS PROCED. : AMAPÁ
ADV.(A/S) : MAYSA VICTORIA TALAVERA VIEIRA GUBERT (74955/ RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
PR) RECTE.(S) : ANTONIO ASSUNCAO DOS SANTOS MONTEIRO
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF)
REDISTRIBUÍDO RECDO.(A/S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.346 (83)
ORIGEM : 00089849220154013100 - TURMA RECURSAL DOS RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.571 (91)
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS ORIGEM : 00101332620154013100 - TURMA RECURSAL DOS
PROCED. : AMAPÁ JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO PROCED. : AMAPÁ
RECTE.(S) : RAIMUNDO NONATO CASTRO DOS SANTOS RELATOR :MIN. DIAS TOFFOLI
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF) RECTE.(S) : JOSE COSTA DE OLIVEIRA
RECDO.(A/S) : UNIÃO ADV.(A/S) : ELIZABETE SANTOS DE OLIVEIRA (444/AP)
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF)
RECDO.(A/S) : UNIÃO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.354 (84) PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
ORIGEM : 00099141320154013100 - TRIBUNAL REGIONAL
FEDERAL DA 1ª REGIAO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.574 (92)
PROCED. : AMAPÁ ORIGEM : 00099185020154013100 - TURMA RECURSAL DOS
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
RECTE.(S) : SARA MARIA RAMOS GOMES PROCED. : AMAPÁ
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF) RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
ADV.(A/S) : EUSTAQUIO NUNES SILVEIRA (4404/AM, 25310/DF) RECTE.(S) : VALDECI ALVES CHAGAS
RECDO.(A/S) : UNIÃO ADV.(A/S) : ELIZABETE SANTOS DE OLIVEIRA (444/AP)
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF)
RECDO.(A/S) : UNIÃO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.355 (85) PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
ORIGEM : 00101246420154013100 - TRIBUNAL REGIONAL
FEDERAL DA 1ª REGIAO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.899 (93)
PROCED. : AMAPÁ ORIGEM : 00014464920124025101 - TRIBUNAL REGIONAL
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO FEDERAL DA 2ª REGIÃO
RECTE.(S) : FREDSON HAILAN SOARES RODRIGUES PROCED. : RIO DE JANEIRO
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF) RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
ADV.(A/S) : EUSTAQUIO NUNES SILVEIRA (4404/AM, 25310/DF) RECTE.(S) : RAIZEN COMBUSTIVEIS S.A.
RECDO.(A/S) : UNIÃO ADV.(A/S) : MARCOS ANDRE VINHAS CATAO (067086/RJ, 244865/
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO SP)
ADV.(A/S) : RONALDO REDENSCHI (094238/RJ, 283985/SP)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.360 (86) ADV.(A/S) : GUILHERME BARBOSA VINHAS (112693/RJ,
ORIGEM : 00093997520154013100 - TURMA RECURSAL DOS 119023/SP)
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS ADV.(A/S) : JOAO PAULO RIBEIRO NAEGELE (167447/RJ)
PROCED. : AMAPÁ RECDO.(A/S) : AGENCIA NACIONAL DO PETROLEO, GAS NATURAL E
RELATOR : MIN. LUIZ FUX BIOCOMBUSTIVEIS
RECTE.(S) : GISLEANGELA SANTOS SILVA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF)
RECDO.(A/S) : UNIÃO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.932 (94)
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO ORIGEM : REsp - 200903990032244 - TRIBUNAL REGIONAL
FEDERAL DA 3ª REGIAO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.368 (87) PROCED. : SÃO PAULO
ORIGEM : 00091217420154013100 - TURMA RECURSAL DOS RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RECTE.(S) : ALFAMA INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA
PROCED. : AMAPÁ ADV.(A/S) : TONNY JIN MYUNG (250303/SP)
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI ADV.(A/S) : DONG HYUN SUNG (136609/SP)
RECTE.(S) : JOSE MARIA PICANCO DE SOUZA RECDO.(A/S) : UNIÃO
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL
ADV.(A/S) : ELIZABETE SANTOS DE OLIVEIRA (444/AP)
RECDO.(A/S) : UNIÃO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.230 (95)
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO ORIGEM : 00093157420154013100 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.374 (88) PROCED. : AMAPÁ
ORIGEM : 00097911520154013100 - TURMA RECURSAL DOS RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RECTE.(S) : MARYMILTON GEMAQUE DAS CHAGAS
PROCED. : AMAPÁ ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF)
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO RECDO.(A/S) : UNIÃO
RECTE.(S) : IRANILDO LOBATO VAVALE PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF)
RECDO.(A/S) : UNIÃO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.237 (96)
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO ORIGEM : 00089814020154013100 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.074.378 (89) PROCED. : AMAPÁ
ORIGEM : 00092342820154013100 - TURMA RECURSAL DOS RELATOR :MIN. DIAS TOFFOLI

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 8

RECTE.(S) : PAULO CANELA DE MELO RECTE.(S) : MARLI SOARES PASSOS


ADV.(A/S) : ELIZABETE SANTOS DE OLIVEIRA (444/AP) ADV.(A/S) : ELIZABETE SANTOS DE OLIVEIRA (444/AP)
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF) ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF)
RECDO.(A/S) : UNIÃO RECDO.(A/S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO

RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.242 (97) RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.403 (105)


ORIGEM : 00093503420154013100 - TURMA RECURSAL DOS ORIGEM : 00091408020154013100 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : AMAPÁ PROCED. : AMAPÁ
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
RECTE.(S) : SABINO DE OLIVEIRA CARVALHO NETO RECTE.(S) : MANOEL CARLOS DA SILVA SIQUEIRA
ADV.(A/S) : FERNANDO JORGE ARAUJO DOS SANTOS (420-B/AP) ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF)
RECDO.(A/S) : UNIÃO RECDO.(A/S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO

RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.248 (98) RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.409 (106)


ORIGEM : 00091372820154013100 - TURMA RECURSAL DOS ORIGEM : 00093867620154013100 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : AMAPÁ PROCED. : AMAPÁ
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
RECTE.(S) : LUIZ ANTONIO BRANDAO DE OLIVEIRA RECTE.(S) : TOME CANDIDO DA SILVA
ADV.(A/S) : ELIZABETE SANTOS DE OLIVEIRA (444/AP) ADV.(A/S) : FERNANDO JORGE ARAUJO DOS SANTOS (420-B/AP)
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF) RECDO.(A/S) : UNIÃO
RECDO.(A/S) : UNIÃO PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.076.877 (107)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.261 (99) ORIGEM : 20160110562763 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
ORIGEM : 00059758820164013100 - TURMA RECURSAL DOS DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS PROCED. : DISTRITO FEDERAL
PROCED. : AMAPÁ RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO RECTE.(S) : DISTRITO FEDERAL
RECTE.(S) : UNIÃO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO DISTRITO FEDERAL
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO RECDO.(A/S) : LAZARO PAULO NOGUEIRA DA SILVA
RECDO.(A/S) : JOSE MARIA DO ESPIRITO SANTO BARRETO ADV.(A/S) : UBIRAJARA ARRAIS DE AZEVEDO (11116/DF)
ADV.(A/S) : FERNANDO JORGE ARAUJO DOS SANTOS (420-B/AP)
E OUTRO(A/S) RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.076.964 (108)
ORIGEM : REsp - 08003216920164058308 - TRIBUNAL REGIONAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.263 (100) FEDERAL DA 5ª REGIAO
ORIGEM : 00055280320164013100 - TURMA RECURSAL DOS PROCED. : PERNAMBUCO
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RELATOR :MIN. DIAS TOFFOLI
PROCED. : AMAPÁ RECTE.(S) : INSTITUTO FEDERAL DE EDUCACAO, CIENCIA E
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO TECNOLOGIA DO SERTAO PERNAMBUCANO
RECTE.(S) : UNIÃO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO RECDO.(A/S) : ADRIANE LUCIANA DA SILVA
RECDO.(A/S) : IZAMAEL TRINDADE DE SOUZA ADV.(A/S) : MARCOS GUSTAVO DE SA E DRUMOND (36869/DF,
ADV.(A/S) : ELIZABETE SANTOS DE OLIVEIRA (444/AP) 1010B/PE)

RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.269 (101) RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.076.970 (109)


ORIGEM : 00092828420154013100 - TURMA RECURSAL DOS ORIGEM : 00000222120169260000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS MILITAR ESTADUAL
PROCED. : AMAPÁ PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
RECTE.(S) : GEORGE SORMANI DOS SANTOS DAMASCENO RECTE.(S) : EVERTON LUIS ALENCAR DA ROCHA
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF) ADV.(A/S) : KAREM DE OLIVEIRA ORNELLAS (227174/SP)
RECDO.(A/S) : UNIÃO RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
SÃO PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.289 (102)
ORIGEM : 0098786820154013100 - TURMA RECURSAL DOS RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.067 (110)
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS ORIGEM : AC - 10024120408521004 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
PROCED. : AMAPÁ ESTADO DE MINAS GERAIS
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI PROCED. : MINAS GERAIS
RECTE.(S) : JOSE CARLOS DA SILVA SOARES RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF) RECTE.(S) : INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES DO
RECDO.(A/S) : UNIÃO ESTADO DE MINAS GERAIS - IPSEMG
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO ADV.(A/S) : FABIOLA PELUCI MONTEIRO (65427/MG)
RECDO.(A/S) : MARIA DAS DORES SOUZA MENDES DE OLIVEIRA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.292 (103) ADV.(A/S) : RAFAEL BUZELIN GODINHO (72971/MG)
ORIGEM : 00090082320154013100 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.107 (111)
PROCED. : AMAPÁ ORIGEM : REsp - 50628923220154047000 - TRIBUNAL REGIONAL
RELATORA : MIN. ROSA WEBER FEDERAL DA 4ª REGIÃO
RECTE.(S) : AGRIPINO DE OLIVEIRA MELO PROCED. : PARANÁ
ADV.(A/S) : VERA CARLA NELSON CRUZ SILVEIRA (19640/DF) RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
RECDO.(A/S) : UNIÃO RECTE.(S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL
RECDO.(A/S) : ALUBAUEN LTDA. - EPP
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.311 (104) ADV.(A/S) : GUSTAVO DE PAULI ATHAYDE (42164/PR)
ORIGEM : 00093806920154013100 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.120 (112)
PROCED. : AMAPÁ ORIGEM : RE - 00085445620104025101 - TRIBUNAL REGIONAL
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI FEDERAL DA 2ª REGIÃO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 9

PROCED. : RIO DE JANEIRO 282926/SP)


RELATORA : MIN. ROSA WEBER
RECTE.(S) : UNIÃO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.423 (120)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL ORIGEM : RE - 00122606820104020000 - TRIBUNAL REGIONAL
RECDO.(A/S) : BRASIL STONE LTDA FEDERAL DA 2ª REGIÃO
ADV.(A/S) : LAIR DA SILVA NEVES (53827/MG) PROCED. : RIO DE JANEIRO
RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.162 (113) RECTE.(S) : AGÊNCIA NACIONAL DE SAÚDE SUPLEMENTAR - ANS
ORIGEM : REsp - 00031316120134058500 - TRIBUNAL REGIONAL PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
FEDERAL DA 5ª REGIAO RECDO.(A/S) : UNIMED DE BARRA MANSA SOCIEDADE
PROCED. : SERGIPE COOPERATIVA DE SERVIÇOS MÉDICOS E
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO HOSPITALARES
RECTE.(S) : UNIÃO ADV.(A/S) : MARCUS VINICIUS CARDOSO DE SA E FARIA (110020/
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO RJ)
RECTE.(S) : MUNICÍPIO DE ARACAJU
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE ARACAJU RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.534 (121)
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL ORIGEM : AREsp - 200534000033138 - TRIBUNAL REGIONAL
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA FEDERAL DA 1ª REGIAO
PROCED. : DISTRITO FEDERAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.252 (114) RELATOR :MIN. LUIZ FUX
ORIGEM : REsp - 200471070005343 - TRIBUNAL REGIONAL RECTE.(S) : UNIÃO
FEDERAL DA 4ª REGIÃO PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
PROCED. : RIO GRANDE DO SUL RECDO.(A/S) : GERRIANE FRANCO DE SOUSA
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI RECDO.(A/S) : CRISTIANO CARDOSO MARCOLINO
RECTE.(S) : W.N.S.B. RECDO.(A/S) : DANIELA SIQUEIRA DA SILVA
ADV.(A/S) : ANDREI ZENKNER SCHMIDT (51319/RS, 298844/SP) PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL
ADV.(A/S) : TAPIR TABAJARA CANTO DA ROCHA NETO
(84515/RS) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.070.560 (122)
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL ORIGEM : 00000266420144900000 - TURMA RECURSAL DOS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
INTDO.(A/S) : D.N.S. PROCED. : RIO GRANDE DO NORTE
INTDO.(A/S) : J.S. RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
ADV.(A/S) : ANDREI ZENKNER SCHMIDT (51319/RS, 298844/SP) RECTE.(S) : ABDO FARRET NETO E OUTRO(A/S)
ADV.(A/S) : JOAO PAULO DOS SANTOS MELO (29542-A/CE,
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.276 (115) 51965/DF, 41578/GO, 16468-A/MA, 5291-A/PB, 7852/PI,
ORIGEM : REsp - 1615208 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA 5291/RN)
PROCED. : PARANÁ RECDO.(A/S) : UNIÃO
RELATOR : MIN. LUIZ FUX PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECTE.(S) : ESTADO DO PARANÁ
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO PARANÁ RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.897 (123)
RECDO.(A/S) : ELIZABETH MARIA PAQUET DE LACERDA ORIGEM : 00204223720104036301 - TURMA RECURSAL DOS
ADV.(A/S) : LETICIA LACERDA DE OLIVEIRA (42032/PR) JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : SÃO PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.312 (116) RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
ORIGEM : REsp - 50000539520114047004 - TRIBUNAL REGIONAL RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
FEDERAL DA 4ª REGIÃO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
PROCED. : PARANÁ RECDO.(A/S) : JOAO BATISTA CHIANEZZI
RELATORA : MIN. ROSA WEBER ADV.(A/S) : REGIS CERQUEIRA DE PAULA (235133/SP)
RECTE.(S) : ALIMENTOS ZAELI LTDA
ADV.(A/S) : GILMAR DOS SANTOS DIAS (54819/PR, 60103/RS, RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.912 (124)
40695-A/SC) ORIGEM : 00008835820104036310 - TURMA RECURSAL DOS
RECDO.(A/S) : UNIÃO JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR :MIN. LUIZ FUX
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.330 (117) RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
ORIGEM : AC - 10024077439677004 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
ESTADO DE MINAS GERAIS RECDO.(A/S) : CARLOS ROBERTO SANCHES
PROCED. : MINAS GERAIS ADV.(A/S) : JOAO ANTONIO FARIAS DE SOUZA RODRIGUES
RELATORA : MIN. ROSA WEBER BATISTA (86814/SP)
RECTE.(S) : DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM DO
ESTADO DE MINAS GERAIS - DER/MG RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.247 (125)
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS ORIGEM : 00008367320134036312 - TURMA RECURSAL DOS
RECDO.(A/S) : KLEBER LUIZ SANTOS E OUTRO(A/S) JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
ADV.(A/S) : ALEXANDRE DESOTTI COSTA (67189/MG) PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.370 (118) RECTE.(S) : PAULINO ALVES DE ALMEIDA
ORIGEM : 50295448620164047000 - TURMA RECURSAL DOS ADV.(A/S) : FERNANDA SILVEIRA DOS SANTOS (21656/ES,
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS 144689/MG, 45015/PR, 173475/RJ, 303448/SP)
PROCED. : PARANÁ RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
RECTE.(S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.213 (126)
RECDO.(A/S) : SAMANTA ALVES RODER ORIGEM : 00000864120118140000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ADV.(A/S) : ADRIANO MORO BITTENCOURT (25600/PR, 45851/SC) ESTADUAL
PROCED. : PARÁ
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.077.419 (119) RELATOR :MIN. LUIZ FUX
ORIGEM : REsp - 1447891 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECTE.(S) : RONALDO ALEX RAIOL DE CARVALHO E OUTRO(A/S)
PROCED. : RIO GRANDE DO SUL ADV.(A/S) : MARIO DAVID PRADO SA (6286/PA)
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI RECDO.(A/S) : ESTADO DO PARÁ
RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO PARÁ
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
RECDO.(A/S) : DORACI MARIA TAFFAREL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.222 (127)
ADV.(A/S) : SUEINE GOULART PIMENTEL (190061/RJ, 52736/RS, ORIGEM : AREsp - 00532739220128260576 - TRIBUNAL DE

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 10

JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RECDO.(A/S) : EDSON LUIZ FRANCO E OUTRO(A/S)


PROCED. : SÃO PAULO ADV.(A/S) : DANILO GIBRAN CAMILO (292726/SP)
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO ADV.(A/S) : PAULA MENDES GUISELINI (262734/SP)
RECTE.(S) : MUNICIPIO DE SAO JOSE DO RIO PRETO
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.948 (135)
DO RIO PRETO ORIGEM : 00179195920128190007 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RECDO.(A/S) : REGIANE MARA FREITAS DE FARIAS ESTADUAL
ADV.(A/S) : GUSTAVO ANDRIOTI PINTO (268062/SP) PROCED. : RIO DE JANEIRO
RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.302 (128) RECTE.(S) : SOPHIA HELENA DO LAGO LEAL
ORIGEM : AREsp - 00004982020128260053 - TRIBUNAL DE ADV.(A/S) : RAPHAEL GONCALVES MOREIRA (143390/RJ)
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ADV.(A/S) : RUBEM CANDIDO PIRES DA SILVA (101347/RJ)
PROCED. : SÃO PAULO RECDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE BARRA MANSA
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE BARRA
RECTE.(S) : MUNICÍPIO DE SÃO PAULO MANSA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO
PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.024 (136)
RECDO.(A/S) : VILLA BARCO TRANSPORTES EIRELI - EPP ORIGEM : 00055958420024036112 - TRIBUNAL REGIONAL
ADV.(A/S) : FELIPE PASQUALI LORENZATO (257361/SP) FEDERAL DA 3ª REGIAO
PROCED. : SÃO PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.483 (129) RELATOR :MIN. LUIZ FUX
ORIGEM : 064110104629 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL RECTE.(S) : CEREALISTA UBIRATA LTDA
PROCED. : SANTA CATARINA ADV.(A/S) : JOSE ROBERTO FERNANDES (252337/SP)
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES RECDO.(A/S) : UNIÃO
RECTE.(S) : GOOGLE BRASIL INTERNET LTDA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL
ADV.(A/S) : EDUARDO LUIZ BROCK (3459/AC, 38671/DF,
120334/MG, 15638-A/MS, 19389-A/PA, 91311-A/PB, RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.081 (137)
01715/PE, 165167/RJ, 47522/SC, 91311/SP) ORIGEM : AREsp - 00034399120148260369 - TRIBUNAL DE
RECDO.(A/S) : MARILEIA ROSA HEIDERSCHEIDT JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
ADV.(A/S) : ANNE ELIZE PUPPI STANISLAWCZUK (34611/PR) PROCED. : SÃO PAULO
RELATORA :MIN. ROSA WEBER
REDISTRIBUÍDO RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A
ADV.(A/S) : RAFAEL SGANZERLA DURAND (3594/AC, 10132A/AL,
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.583 (130) A737/AM, 1873-A/AP, 26552/BA, 24217-A/CE, 27474/DF,
ORIGEM : 00578479320134013700 - TURMA RECURSAL DOS 15112/ES, 28610/GO, 10348-A/MA, 131512/MG, 14924-
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS A/MS, 12208/A/MT, 16637-A/PA, 211648-A/PB,
PROCED. : MARANHÃO 01301/PE, 8204-A/PI, 42761/PR, 144852/RJ, 856-A/RN,
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO 4872/RO, 387-A/RR, 80026A/RS, 30932/SC, 642A/SE,
RECTE.(S) : OSVALDO MUNIZ DOS SANTOS 211648/SP, 4925/TO)
ADV.(A/S) : JOSE DO EGITO FIGUEIREDO BARBOSA (1984/PI) RECDO.(A/S) : NILTON ALVES FERREIRA
RECDO.(A/S) : UNIÃO ADV.(A/S) : PEDRO HENRIQUE TAUBER ARAUJO (330527/SP)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL
REDISTRIBUÍDO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.603 (131)
ORIGEM : 49020520134014000 - TURMA RECURSAL DOS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.695 (138)
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS ORIGEM : 10000140815663000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PROCED. : MARANHÃO ESTADUAL
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI PROCED. : MINAS GERAIS
RECTE.(S) : ROBERTO LIMA NERES DA SILVA RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
ADV.(A/S) : JOSE DO EGITO FIGUEIREDO BARBOSA (1984/PI) RECTE.(S) : VINICIUS CARLOS TAVARES ROCHA
RECDO.(A/S) : UNIÃO ADV.(A/S) : MOISES ELIAS PEREIRA (67363/MG)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL ADV.(A/S) : RENATA FERNANDES NEVES (114876/MG)
RECDO.(A/S) : ESTADO DE MINAS GERAIS
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.701 (132) PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS
ORIGEM : REsp - 08000933120154058308 - TRIBUNAL REGIONAL
FEDERAL DA 5ª REGIAO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.698 (139)
PROCED. : PERNAMBUCO ORIGEM : 201250010066972 - TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES DA 2ª REGIÃO
RECTE.(S) : DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA PROCED. : ESPÍRITO SANTO
DE TRANSPORTES - DNIT RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL RECTE.(S) : JOSE MOZART ROSA
RECDO.(A/S) : ADALBERTO GOMES DA CRUZ ADV.(A/S) : ANTÔNIO AUGUSTO DALLAPICCOLA SAMPAIO (9588/
ADV.(A/S) : MARCOS ANTONIO INACIO DA SILVA (5732A/AL, ES)
29933/BA, 20417-A/CE, 51948/DF, 9503-A/MA, 4007/PB, ADV.(A/S) : SEDNO ALEXANDRE PELISSARI (8573/ES)
00573/PE, 199239/RJ, 560-A/RN) RECDO.(A/S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.900 (133)
ORIGEM : 990101454955 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.815 (140)
PROCED. : SÃO PAULO ORIGEM : AREsp - 01029203720098260002 - TRIBUNAL DE
RELATOR : MIN. LUIZ FUX JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECTE.(S) : MUNICIPIO DE SAO JOAO DA BOA VISTA PROCED. : SÃO PAULO
ADV.(A/S) : ELIANE NASCIMENTO GONCALVES (191537/SP) RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
RECDO.(A/S) : NEGE JACOB RECTE.(S) : LUZINETE MARIA DA SILVA FERREIRA
ADV.(A/S) : WANDERLEY FLEMING (48403/SP) ADV.(A/S) : MARCO ANTONIO ROCCATO FERRERONI (130827/SP)
RECDO.(A/S) : ETU EXPANDIR TRANSPORTES URBANO LTDA.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.937 (134) ADV.(A/S) : MARCOS ANDRE PEREIRA DA SILVA (161014/SP)
ORIGEM : ARE - 00008592520138260660 - TRIBUNAL DE
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.914 (141)
PROCED. : SÃO PAULO ORIGEM : 00020633220128260566150000 - TRIBUNAL DE
RELATORA : MIN. ROSA WEBER JUSTIÇA ESTADUAL
RECTE.(S) : ERNEY ANTÔNIO DE PAULA PROCED. : SÃO PAULO
RECTE.(S) : MANOEL APARECIDO BRANDÃO RELATORA :MIN. ROSA WEBER
ADV.(A/S) : WAGNER LOPES FERNANDES (327169/SP) RECTE.(S) : THEREZA DOS SANTOS PEREIRA

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 11

ADV.(A/S) : ELIEZER PEREIRA MARTINS (168735/SP) ORIGEM : 01836413220138190001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA


RECDO.(A/S) : SÃO PAULO PREVIDÊNCIA - SPPREV ESTADUAL
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO PROCED. : RIO DE JANEIRO
RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.924 (142) RECTE.(S) : PETROLEO BRASILEIRO S A PETROBRAS
ORIGEM : 20120473248 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ADV.(A/S) : RAFAEL LUCAS DE ARAUJO (130270/RJ)
SANTA CATARINA RECDO.(A/S) : MARIANA RODRIGUES MAIA
PROCED. : SANTA CATARINA RECDO.(A/S) : VINICIUS BORTOLI
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO RECDO.(A/S) : BEATRIZ DOS SANTOS BENEDITO
RECTE.(S) : FUNDACAO DOS ECONOMIARIOS FEDERAIS RECDO.(A/S) : MARLON LUIZ NERY
FUNCEF RECDO.(A/S) : ISMAEL MORAES CARVALHO DE ARAUJO
ADV.(A/S) : FABRICIO ZIR BOTHOME (39892/BA, 35174/DF, 33697/ RECDO.(A/S) : DIEGO ALVES SILVA
GO, 12674-A/MA, 132856/MG, 13849-A/MS, 15543- ADV.(A/S) : FLAVIO DE ARAUJO WILLEMAN (102246/RJ)
A/MT, 19031-A/PB, 01786/PE, 10846/PI, 50020/PR,
170756/RJ, 1012-A/RN, 44277/RS, 21419/SC, 800A/SE, RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.437 (149)
337368/SP) ORIGEM : PROC - 10251828420158260053 - TRIBUNAL DE
ADV.(A/S) : GIOVANA MICHELIN LETTI (13570-A/MS, 50113/PR, JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
174977/RJ, 44303/RS, 21422/SC) PROCED. : SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : BERNADETE FELICIO ARGENTE RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
ADV.(A/S) : MAYKON FELIPE DE MELO (20373/SC) RECTE.(S) : LUIZ CARLOS TORRES BLANCO
ADV.(A/S) : THIAGO CARNEIRO ALVES (176385/SP)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.946 (143) RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
ORIGEM : 00023930620168160004 - TURMA RECURSAL DE PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS
PROCED. : PARANÁ RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.680 (150)
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN ORIGEM : REsp - 200981000069229 - TRIBUNAL REGIONAL
RECTE.(S) : ESTADO DO PARANÁ FEDERAL DA 5ª REGIAO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO PARANÁ PROCED. : CEARÁ
RECTE.(S) : PARANAPREVIDENCIA RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
ADV.(A/S) : VENINA SABINO DA SILVA E DAMASCENO (34278/PR) RECTE.(S) : UNIÃO
RECDO.(A/S) : VENANCIO DOMINGOS VICENTE PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECDO.(A/S) : NEREU MILANESE RECDO.(A/S) : MARIA DORISMAR FARIAS BRASIL
RECDO.(A/S) : IUQUICO TANAKA FERREIRA GONCALVES ADV.(A/S) : MARIA ZAIDE FARIAS DE FREITAS (3126/CE)
RECDO.(A/S) : THEREZINHA DO ROSARIO GUEBUR
RECDO.(A/S) : KEIKO HIRAFUJI REIS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.737 (151)
RECDO.(A/S) : FLORIANO BORDIGNON ORIGEM : RECURSOS - 05045166320174058300 - TRF5 - PE - 2ª
RECDO.(A/S) : MIRIAN MATTAR TURMA RECURSAL
RECDO.(A/S) : LAIR DE LOURDES NICARETTA PEREIRA PROCED. : PERNAMBUCO
RECDO.(A/S) : ROSALINA DA COSTA PETRELLI RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
RECDO.(A/S) : NEREU PINTO DE SOUZA RECTE.(S) : UNIÃO
ADV.(A/S) : JEFERSON ALMAR BORGES (53846/PR) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL
RECDO.(A/S) : ANTONIO JOSE DA ROCHA NOGUEIRA DA SILVA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.981 (144) ADV.(A/S) : VALDA HELENA ALVES DOS SANTOS (14472/PE)
ORIGEM : AREsp - 00101598920119130003 - TRIBUNAL DE
JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.743 (152)
PROCED. : MINAS GERAIS ORIGEM : ARE - 00337078220098260053 - TRIBUNAL DE
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECTE.(S) : MARCELO ALVES DAMASCENO PROCED. : SÃO PAULO
ADV.(A/S) : MOISES ELIAS PEREIRA (67363/MG) RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
RECDO.(A/S) : ESTADO DE MINAS GERAIS RECTE.(S) : ADRIANO CERQUEIRA DE OLIVEIRA
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE SÃO
PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.982 (145) RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
ORIGEM : PROC - 50135997120124047009 - TRF4 - PR - 1ª PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
TURMA RECURSAL
PROCED. : PARANÁ RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.835 (153)
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN ORIGEM : 71006670954 - TURMA RECURSAL DE JUIZADOS
RECTE.(S) : ESPÓLIO DE JOSÉ CARLOS DE ALMEIDA ESPECIAIS ESTADUAIS
ADV.(A/S) : WILLYAN ROWER SOARES (19887/PR, 20906/SC) PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RELATOR :MIN. LUIZ FUX
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL RECTE.(S) : ARI PEREIRA MELO
PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DO RIO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.161 (146) GRANDE DO SUL
ORIGEM : PROC - 10018814520148260053 - TRIBUNAL DE RECDO.(A/S) : ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO GRANDE
PROCED. : SÃO PAULO DO SUL
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
RECTE.(S) : IVELYSE DOS SANTOS MAIA E OUTRO(A/S) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.954 (154)
ADV.(A/S) : RODRIGO RAMOS FIGUEIREDO (274197/SP) ORIGEM : AREsp - 382624800 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
RECDO.(A/S) : SÃO PAULO PREVIDÊNCIA - SPPREV E OUTRO(A/S) ESTADO DE PERNAMBUCO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO PROCED. : PERNAMBUCO
RELATOR :MIN. DIAS TOFFOLI
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.180 (147) RECTE.(S) : DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM DE
ORIGEM : 03992588720098190001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA PERNAMBUCO - DER/PE
ESTADUAL PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE
PROCED. : RIO DE JANEIRO PERNAMBUCO
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN RECDO.(A/S) : PAULO ROBERTO DE ARAÚJO
RECTE.(S) : ISMAR BEZERRA DE SOUZA ADV.(A/S) : ELIZABETH DE CARVALHO SIMPLICIO (17009/PE)
ADV.(A/S) : RONALDO TEIXEIRA GONCALVES (081143/RJ)
RECDO.(A/S) : ASSOCIACAO DOS TAXISTAS DE VILA ISABEL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.968 (155)
ADV.(A/S) : GIOVANA CAVALCANTI ROCHA (99296/RJ) ORIGEM : REsp - 08059325220154058400 - TRIBUNAL REGIONAL
FEDERAL DA 5ª REGIAO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.196 (148) PROCED. : PERNAMBUCO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 12

RELATOR : MIN. GILMAR MENDES ADV.(A/S) : CYNTHIA RODRIGUES PEREIRA LUCIO (49713/PR)
RECTE.(S) : AGENCIA NACIONAL DE TRANSPORTES RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
TERRESTRES - ANTT PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
RECDO.(A/S) : VIAÇÃO NORDESTE LTDA RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.156 (163)
ADV.(A/S) : RICARDO ALEXANDRE HIDALGO PACE (41508/DF, ORIGEM : AREsp - 200900010034839 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
181766/RJ, 182632/SP) DO ESTADO DO PIAUÍ
PROCED. : PIAUÍ
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.977 (156) RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
ORIGEM : AREsp - 10000150961134006 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECTE.(S) : SINDICATO DO COMERCIO DE VEICULOS, PECAS,
DO ESTADO DE MINAS GERAIS ACESSORIOS E SERVICOS PARA VEICULOS DO
PROCED. : MINAS GERAIS PIAUI - SINCOPECAS - PI
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO ADV.(A/S) : JOAO ULISSES DE BRITTO AZEDO (29278-A/CE,
RECTE.(S) : MARIA CERES TERRA MENDES 55413/DF, 7631-A/MA, 3446/PI)
ADV.(A/S) : MARCELE FERNANDES DIAS (80540/MG) RECDO.(A/S) : ESTADO DO PIAUÍ
RECDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO PIAUÍ
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE BELO
HORIZONTE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.158 (164)
ORIGEM : 00004025920138260638 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.983 (157) ESTADUAL
ORIGEM : AREsp - 00056947920128260114 - TRIBUNAL DE PROCED. : SÃO PAULO
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
PROCED. : SÃO PAULO RECTE.(S) : LUIZ CARLOS PRUDENTE DE OLIVEIRA
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES ADV.(A/S) : FABIO GIULIANO BALESTRE LOPES (145691/SP)
RECTE.(S) : FACTI - FUNDACAO DE APOIO A CAPACITACAO EM ADV.(A/S) : LAERCIO LEANDRO DA SILVA (143034/SP)
TECNOLOGIA DA INFORMACAO ADV.(A/S) : CARLOS OTAVIO SIMOES ARAUJO (162220/SP)
ADV.(A/S) : MATHEUS GUILHERMINO TAZINAZZIO (245655/SP) RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO SÃO PAULO

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.012 (158) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.159 (165)
ORIGEM : AREsp - 50187734920164047000 - TRIBUNAL ORIGEM : AREsp - 01971278120128060001 - TRIBUNAL DE
REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ
PROCED. : PARANÁ PROCED. : CEARÁ
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
RECTE.(S) : C.S.T. RECTE.(S) : WILLA MARIA SILVA AMARAL
ADV.(A/S) : MARCIA DINIS (056466/RJ) ADV.(A/S) : FRANCISCO VALDEMIZIO ACIOLY GUEDES
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL (12068/CE)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA ADV.(A/S) : PAULO SERGIO PASSOS URANO DE CARVALHO
(12842/CE)
DISTRIBUÍDO POR PREVENÇÃO ADV.(A/S) : PAULO ANDRE ACIOLY PEIXOTO VIEIRA (21281/CE)
ADV.(A/S) : ALESSANDRA ALBUQUERQUE GUEDES (23348/CE)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.025 (159) RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ
ORIGEM : AREsp - 10505018820148260053 - TRIBUNAL DE PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO CEARÁ
PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.165 (166)
RECTE.(S) : ULISSES AUGUSTO PASCOLATI ORIGEM : AREsp - 10170333620148260053 - TRIBUNAL DE
ADV.(A/S) : MARCOS NAKAMURA (86589A/RS, 34467/SC, JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
211632/SP) PROCED. : SÃO PAULO
ADV.(A/S) : ANA CAROLINA SAMPAIO PASCOLATI (281974/SP) RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : RESTAURANTE LA CASSEROLE LTDA - EPP
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.054 (160) ADV.(A/S) : LUIZ COELHO PAMPLONA (147549/SP)
ORIGEM : AREsp - 00000528420149130001 - TRIBUNAL DE
JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.173 (167)
PROCED. : MINAS GERAIS ORIGEM : 07158953820148020001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO ESTADO DE ALAGOAS
RECTE.(S) : BRUNO EDUARDO RIBEIRO PROCED. : ALAGOAS
ADV.(A/S) : ANTONIO CARLOS DE MELO (137124/MG) RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS RECTE.(S) : ESTADO DE ALAGOAS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE ALAGOAS
MINAS GERAIS RECDO.(A/S) : AGENILDO GALVAO
ADV.(A/S) : JOAO SAPUCAIA DE ARAUJO NETO (4658/AL)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.058 (161)
ORIGEM : AREsp - 00011574420158060000 - TRIBUNAL DE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.174 (168)
JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ ORIGEM : ARE - 15676620105150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
PROCED. : CEARÁ TRABALHO
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO PROCED. : SÃO PAULO
RECTE.(S) : ELDO FERREIRA RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
ADV.(A/S) : AMILRIA CARDOSO MENEZES (20718/CE) RECTE.(S) : FUNDACAO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO CEARÁ MARILIA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
CEARÁ RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.134 (162) RECDO.(A/S) : JOSIANNE THOMAZINI FUKASAWA
ORIGEM : PROC - 50044382220164047001 - TRF4 - PR - 1ª ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES
TURMA RECURSAL (134031/SP)
PROCED. : PARANÁ
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.175 (169)
RECTE.(S) : PAULO HOLAND ORIGEM : PROC - 90029736420178130024 - 1ª TURMA ESPECIAL
ADV.(A/S) : CLAUDIO ITO (47606/PR) CÍVEL DA COMARCA DE BELO HORIZONTE

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 13

PROCED. : MINAS GERAIS RECDO.(A/S) : JUSCINEIDE SANTOS BASTOS


RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO ADV.(A/S) : HELIO CATHARINO DA SILVA NETO (38597/BA)
RECTE.(S) : VANETE MIRIAN DE ALMEIDA
ADV.(A/S) : SUELI LUCAS PEREIRA (61851/MG) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.224 (176)
RECDO.(A/S) : COSTA CRUZEIROS AGENCIA MARITIMA E TURISMO ORIGEM : 00154812020158050080 - TURMA RECURSAL DE
LTDA JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS
RECDO.(A/S) : BIANCHI AGENCIA DE VIAGENS MARITIMAS LTDA - PROCED. : BAHIA
ME RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
ADV.(A/S) : ADRIANA DE LUCCA FRUGIUELE PASCOWITCH RECTE.(S) : COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA
(206130/SP) BAHIA COELBA
ADV.(A/S) : PAULO ABBEHUSEN JUNIOR (28568/BA)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.176 (170) RECDO.(A/S) : ADILCE DA SILVA BASTOS PEREIRA
ORIGEM : 10518081488026001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ADV.(A/S) : HELIO CATHARINO DA SILVA NETO (38597/BA)
ESTADUAL
PROCED. : MINAS GERAIS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.241 (177)
RELATOR : MIN. LUIZ FUX ORIGEM : 10024120400247001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RECTE.(S) : MARCO ALEXANDRE PACHECO DA FONSECA ESTADUAL
ADV.(A/S) : JOSE LUIZ GONCALVES (28850/MG, 77432/SP) PROCED. : MINAS GERAIS
RECTE.(S) : JOSE LUIZ BONFITTO RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
ADV.(A/S) : TEREZINHA DE JESUS CARVALHO (60954/MG) RECTE.(S) : TEOFILO MARINHO DE OLIVEIRA JUNIOR
RECTE.(S) : ALVARO IANHEZ ADV.(A/S) : THIAGO AUGUSTO DE CARVALHO CRUZ (124841/MG)
ADV.(A/S) : LEONARDO COSTA BANDEIRA (70056/MG) RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
MINAS GERAIS
INTDO.(A/S) : JOSÉ LUIZ GOMES DA SILVA RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.242 (178)
ADV.(A/S) : MARCOS AFONSO DE SOUZA (6304/MG) ORIGEM : AREsp - 30050492520138260451 - TRIBUNAL DE
ADV.(A/S) : PATRICIA HENRIQUES RIBEIRO (65610/MG) JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
ADV.(A/S) : DORIO HENRIQUE FERREIRA GROSSI (76895/MG) PROCED. : SÃO PAULO
RELATORA :MIN. ROSA WEBER
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.177 (171) RECTE.(S) : J.F.G.O.
ORIGEM : 01517127220118090051 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE SÃO
ESTADO DE GOIÁS PAULO
PROCED. : GOIÁS RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
RECTE.(S) : ALLAN DA COSTA ANDRADE E OUTRO(A/S) SÃO PAULO
ADV.(A/S) : RAYSSA REIS DE CASTRO (29374/GO)
RECDO.(A/S) : ESTADO DE GOIÁS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.244 (179)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE GOIÁS ORIGEM : 00055649620168190000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
ESTADO DO RIO DE JANEIRO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.179 (172) PROCED. : RIO DE JANEIRO
ORIGEM : 07256802420148020001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
ESTADO DE ALAGOAS RECTE.(S) : MUNICIPIO DE SAO GONCALO
PROCED. : ALAGOAS ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI GONÇALO
RECTE.(S) : ESTADO DE ALAGOAS RECDO.(A/S) : RONEY MIRANDA TEIXEIRA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE ALAGOAS ADV.(A/S) : ALEXANDRE REINOL DA SILVA (103952/RJ,
RECDO.(A/S) : ANDREA PATRICIA DA SILVA 78113A/RS)
ADV.(A/S) : MARIA APARECIDA PIMENTEL SANDES (9281/AL)
ADV.(A/S) : PEDRO PACCA LOUREIRO LUNA (10112/AL) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.245 (180)
ORIGEM : AREsp - 201103000328530 - TRIBUNAL REGIONAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.200 (173) FEDERAL DA 3ª REGIAO
ORIGEM : 00024950720168050110 - TURMA RECURSAL DE PROCED. : SÃO PAULO
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS RELATOR :MIN. LUIZ FUX
PROCED. : BAHIA RECTE.(S) : HOSPITAL DIADEMA LTDA
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES ADV.(A/S) : EDISON FREITAS DE SIQUEIRA (23016/BA, 2074-A/DF,
RECTE.(S) : COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA 28659/GO, 92047/MG, 10305/A/MT, 47098/PR, 2541-
BAHIA COELBA A/RJ, 22136/RS, 22281/SC, 172838/SP)
ADV.(A/S) : MARCELO SALLES DE MENDONCA (17476/BA) RECDO.(A/S) : UNIÃO
ADV.(A/S) : DAVI MENDONCA PLACIDO (43870/BA) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL
RECDO.(A/S) : PAULO EDSON ARAUJO TEIXEIRA
ADV.(A/S) : GENILDO ALVES BRITO (21191/BA) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.246 (181)
ORIGEM : AREsp - 310231400 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.209 (174) ESTADO DE PERNAMBUCO
ORIGEM : 00185269520168050080 - TURMA RECURSAL DE PROCED. : PERNAMBUCO
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS RELATOR :MIN. CELSO DE MELLO
PROCED. : BAHIA RECTE.(S) : BMW DO BRASIL LTDA
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES ADV.(A/S) : ROBERTO DE SIQUEIRA CAMPOS (26461/SP)
RECTE.(S) : COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA ADV.(A/S) : MARCOS ENGEL VIEIRA BARBOSA (258533/SP)
BAHIA COELBA RECTE.(S) : ESTADO DE PERNAMBUCO
ADV.(A/S) : PAULO ABBEHUSEN JUNIOR (28568/BA) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE
RECDO.(A/S) : LENE JESUS BARBOSA OLIVEIRA PERNAMBUCO
ADV.(A/S) : FELLIPE RODRIGUES MARQUES (39234/BA) RECDO.(A/S) : OS MESMOS
ADV.(A/S) : HELIO CATHARINO DA SILVA NETO (38597/BA)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.247 (182)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.220 (175) ORIGEM : AREsp - 199735000112130 - TRIBUNAL REGIONAL
ORIGEM : 00156674320158050080 - TURMA RECURSAL DE FEDERAL DA 1ª REGIAO
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS PROCED. : GOIÁS
PROCED. : BAHIA RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES RECTE.(S) : JOSÉ RUBENS DOS SANTOS
RECTE.(S) : COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA ADV.(A/S) : VARTEVAL VIEIRA DE CARVALHO (16260/GO)
BAHIA COELBA RECTE.(S) : LUCIO JOSE PATROCINIO
ADV.(A/S) : PAULO ABBEHUSEN JUNIOR (28568/BA) RECTE.(S) : GERALDO ALVES RIBEIRO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 14

RECTE.(S) : CELSO VELASCO REMIGIO ORIGEM : REsp - 201302010062727 - TRIBUNAL REGIONAL


RECTE.(S) : CLEUSA MARIA LEITAO MONTANI FEDERAL DA 2ª REGIÃO
RECTE.(S) : CLEIDES LOPES DE FARIA PROCED. : RIO DE JANEIRO
ADV.(A/S) : JOSE FREDERICO FLEURY CURADO BROM (3671- RELATOR :MIN. CELSO DE MELLO
A/AP, 15245/GO, 23011/A/MT, 24869-A/PA, 8593/RO, RECTE.(S) : ALI TASTAN
2943/TO) PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL
ADV.(A/S) : ELCIO CURADO BROM (39224/DF, 1516/GO) RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
INTDO.(A/S) : JOSE DIVINO GONDIM RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.291 (189)
ADV.(A/S) : JOSE CEZAR NEVES (4445/GO) ORIGEM : 10000095073219000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
INTDO.(A/S) : RENATO DE BARROS ESTADUAL
ADV.(A/S) : ALCIDES DOS SANTOS FILHO (12259/GO) PROCED. : MINAS GERAIS
INTDO.(A/S) : LEONIDAS DE LIMA NETO RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
ADV.(A/S) : SANDRA MIRIAM DE AZEVEDO MELLO ECK RECTE.(S) : GUSTAVO FANTINI DE CASTRO
(07807/DF) ADV.(A/S) : LUIS CARLOS PARREIRAS ABRITTA (58400/MG)
RECTE.(S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.253 (183) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
ORIGEM : 20150110876694 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO MINAS GERAIS
DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS RECDO.(A/S) : REYNALDO XIMENES CARNEIRO
PROCED. : DISTRITO FEDERAL ADV.(A/S) : BRUNO CESAR GONCALVES DA SILVA (83123/MG)
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI ADV.(A/S) : JESSICA MARIA GONCALVES DA SILVA (109962/MG)
RECTE.(S) : CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISA EM AVALIACAO ADV.(A/S) : ALEXANDRE PONTIERI (51577/DF, 191828/SP)
E SELECAO E DE PROMOCAO DE EVENTOS -
CEBRASPE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.293 (190)
ADV.(A/S) : MARIA LUIZA SALLES BORGES GOMES (13255/DF) ORIGEM : 20130377774 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
ADV.(A/S) : ROGERIO DA SILVA ANDRE (26433/DF) PROCED. : SANTA CATARINA
ADV.(A/S) : DANIEL BARBOSA SANTOS (13147/DF) RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
RECDO.(A/S) : DISTRITO FEDERAL RECTE.(S) : ARIOVALDO DA SILVA PACHECO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO DISTRITO FEDERAL ADV.(A/S) : ELCIONE ALVARO RODRIGUES DUARTE (11090/SC)
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.255 (184) CATARINA
ORIGEM : AREsp - 01877489820118260000 - TRIBUNAL DE PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO SANTA CATARINA
PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.294 (191)
RECTE.(S) : JOSE ENEAS CONTI ORIGEM : PROC - 10045039720148260053 - TRIBUNAL DE
ADV.(A/S) : ADIB KASSOUF SAD (127818/SP) JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO PROCED. : SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
SÃO PAULO RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.268 (185) RECDO.(A/S) : ROBERTO FAKHOURY
ORIGEM : 00058162620158240023 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ADV.(A/S) : EMERSON GIACHETO LUCHESI (121861/SP) E
ESTADUAL OUTRO(A/S)
PROCED. : SANTA CATARINA
RELATOR : MIN. LUIZ FUX RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.297 (192)
RECTE.(S) : NATAN JUNIOR LABRES AMARAL ORIGEM : AREsp - 200935000009732 - TRIBUNAL REGIONAL
PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE SANTA FEDERAL DA 1ª REGIAO
CATARINA PROCED. : GOIÁS
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
CATARINA RECTE.(S) : DORLEY SOARES DA SILVA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ADV.(A/S) : ROGERIO PEREIRA LEAL (15285/GO)
SANTA CATARINA ADV.(A/S) : EDIMEIRE SOUSA RIBEIRO PEREIRA LEAL
(34871/GO)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.282 (186) RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
ORIGEM : 201093721960 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
PROCED. : GOIÁS
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.299 (193)
RECTE.(S) : L.B.G.F. ORIGEM : 70057594483 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
ADV.(A/S) : MARCUS APRIGIO CHAVES (24623/GO) PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS RELATOR :MIN. CELSO DE MELLO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RECTE.(S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE
GOIÁS DO SUL
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.287 (187) RIO GRANDE DO SUL
ORIGEM : 00015672820108260160 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECDO.(A/S) : MARINO LINCK
ESTADUAL ADV.(A/S) : CLAUDIO ORAINDI RODRIGUES NETO (58311/RS)
PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.300 (194)
RECTE.(S) : CARLOS EDUARDO SILVA CEBIM ORIGEM : 10231050377556002 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ADV.(A/S) : MARCOS ROBERTO COSTA (239708/SP) ESTADUAL
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO PROCED. : MINAS GERAIS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
SÃO PAULO RECTE.(S) : LUIZ VENANCIO DA SILVA
INTDO.(A/S) : RAFAEL PAPA NETO ADV.(A/S) : ROGERIO ALVES DE JESUS (149243/MG)
ADV.(A/S) : DATIVO - SILVIO ROGERIO DE MORAES (OAB 145171/ RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
INTDO.(A/S) : MARCOS RAI DE LIMA APARECIDO TEIXEIRA DA MINAS GERAIS
SILVA
ADV.(A/S) : REINALDO ALVES (118059/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.301 (195)
ORIGEM : 70052205127 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.289 (188) PROCED. : RIO GRANDE DO SUL

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 15

RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI PI, 66452/PR, 180116/RJ, 976-A/RN, 5783/RO, 445-
RECTE.(S) : JOSE ANTONIO DE MOURA DORNELLES A/RR, 89811A/RS, 36524/SC, 764A/SE, 178962/SP,
ADV.(A/S) : ALCINDO BARCELOS DA SILVA (13262/RS) 5694-A/TO)
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE RECDO.(A/S) : NARFIC PAPELARIA E INFORMATICA EIRELI - EPP
DO SUL ADV.(A/S) : ADONIAS LUIZ DE FRANCA (153434/SP)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO
RIO GRANDE DO SUL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.339 (203)
ORIGEM : ARE - 4431420115150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.315 (196) TRABALHO
ORIGEM : AREsp - 50024091720124047008 - TRIBUNAL PROCED. : SÃO PAULO
REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
PROCED. : PARANÁ RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECTE.(S) : USINA DE ACUCAR SANTA TEREZINHA LTDA RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
ADV.(A/S) : DIRCEU GALDINO CARDIN (06875/PR) MARÍLIA - FUMES
RECDO.(A/S) : INSTITUTO BRAS DO MEIO AMBIEN E DOS REC NAT ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
RENOVAVEIS RECDO.(A/S) : FABIANA DA SILVA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES
(134031/SP)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.320 (197)
ORIGEM : ARE - 00070359020128260066 - TRIBUNAL DE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.340 (204)
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ORIGEM : 20100063199 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
PROCED. : SÃO PAULO PROCED. : AMAZONAS
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
RECTE.(S) : JOSE DE OLIVEIRA FILHO RECTE.(S) : AMBROZIO SAMUEL DA SILVA
ADV.(A/S) : HILARIO BOCCHI JUNIOR (90916/SP) ADV.(A/S) : FREDERICO GUSTAVO TAVORA (6462/AM)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO DE PREVIDENCIA DO MUNICIPIO DE RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAZONAS
BARRETOS PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO
ADV.(A/S) : RONALDO ANDRIOLI CAMPOS (194873/SP) AMAZONAS

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.324 (198) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.341 (205)
ORIGEM : ARE - 30381612620138260405 - TRIBUNAL DE ORIGEM : 20100756074 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO PROCED. : SANTA CATARINA
PROCED. : SÃO PAULO RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI RECTE.(S) : DOUGLAS PEREIRA GONCALVES
RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO E OUTRO(A/S) ADV.(A/S) : WALTER SANTIN (7609/SC)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA
RECDO.(A/S) : JORGE MEDALLA SOBRINHO CATARINA
ADV.(A/S) : JOSE ELISEU (112752/SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
SANTA CATARINA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.326 (199)
ORIGEM : AREsp - 00076330520128260564 - TRIBUNAL DE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.342 (206)
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ORIGEM : 00252864920128160030 - TURMA RECURSAL DE
PROCED. : SÃO PAULO JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS
RELATORA : MIN. ROSA WEBER PROCED. : PARANÁ
RECTE.(S) : MUNICIPIO DE SAO BERNARDO DO CAMPO RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO RECTE.(S) : ROBERTO RENATO KOCH
BERNARDO DO CAMPO ADV.(A/S) : BENO FRAGA BRANDAO (20920/PR, 34666/SC)
RECDO.(A/S) : GERALDO J. COAN & CIA. LTDA RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARANÁ
ADV.(A/S) : FABIO LUIS AMBROSIO (16556-A/PA, 154209/SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO
PARANÁ
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.329 (200)
ORIGEM : ARE - 00615285620108260053 - TRIBUNAL DE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.345 (207)
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ORIGEM : AREsp - 03082851720068260577 - TRIBUNAL DE
PROCED. : SÃO PAULO JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO PROCED. : SÃO PAULO
RECTE.(S) : SÃO PAULO PREVIDÊNCIA - SPPREV RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO RECTE.(S) : E.L.B.P.F.
RECDO.(A/S) : REGIA SUELY QUERINO DE MORAIS ADV.(A/S) : CARLOS RAFAEL STRACHEUSKI (306727/SP)
ADV.(A/S) : ANGELO ANDRADE DEPIZOL (185163/SP) ADV.(A/S) : NATHALIA NOGUEIRA BARBOSA (361832/SP)
RECDO.(A/S) : P.R.S.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.332 (201) ADV.(A/S) : PAULO ROBERTO DANIEL DE SOUSA JUNIOR
ORIGEM : AREsp - 20064957520138260000 - TRIBUNAL DE (243053/SP)
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROCED. : SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.348 (208)
RELATOR : MIN. LUIZ FUX ORIGEM : AREsp - 10355801720138260100 - TRIBUNAL DE
RECTE.(S) : COMBRAS ARMAZENS GERAIS S/A JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
ADV.(A/S) : SILVIA HELENA GOMES PIVA (141771/MG, 185380/RJ, PROCED. : SÃO PAULO
199695/SP) RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
RECDO.(A/S) : MUNICIPIO DE CAMPINAS RECTE.(S) : AUTO MOTO ESCOLA VILA TEREZINHA LTDA
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CAMPINAS ADV.(A/S) : EDUARDO CORREIA DE ALMEIDA (306764/SP)
RECDO.(A/S) : PANAMERICANO ADMINISTRADORA DE CONSORCIO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.333 (202) LTDA
ORIGEM : AREsp - 01699412220128260100 - TRIBUNAL DE ADV.(A/S) : ROSANGELA DA ROSA CORREA (3778/AC, 11632A/AL,
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO A921/AM, 2185-A/AP, 36800/BA, 27988-A/CE, 38136/DF,
PROCED. : SÃO PAULO 19624/ES, 35394/GO, 143509/MG, 16655-A/MS,
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI 16308/A/MT, 18629-A/PA, 30820-A/PB, 01476/PE, 9500/
RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A PI, 34524/PR, 177626/RJ, 922-A/RN, 5398/RO, 416-
ADV.(A/S) : FLAVIO OLIMPIO DE AZEVEDO (118748/RJ, 34248/SP) A/RR, 30820/RS, 17298/SC, 205961/SP, 5394-A/TO)
ADV.(A/S) : MILENA PIRAGINE (3939/AC, 11639A/AL, A912/AM, ADV.(A/S) : LUCIANA BONASIO DAL MAS (323640/SP)
2399-A/AP, 38857/BA, 28128-A/CE, 40427/DF, 21455/ES, RECDO.(A/S) : ROGERIO PALMEIRA
37223/GO, 12240-A/MA, 144673/MG, 17018-A/MS, ADV.(A/S) : RENATO VICENTE DA SILVA (161163/SP)
17210-A/MT, 19386-A/PA, 18514-A/PB, 01570/PE, 10202/

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 16

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.349 (209) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.358 (216)
ORIGEM : 02251021820128190001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ORIGEM : ARE - 17781520105150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
ESTADUAL TRABALHO
PROCED. : RIO DE JANEIRO PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO RELATOR :MIN. CELSO DE MELLO
RECTE.(S) : LIGHT SERVICOS DE ELETRICIDADE S A RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA
ADV.(A/S) : HUMBERTO SOARES DE SOUZA SANTOS (122055/RJ) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : JOAO PEREIRA BRANDAO RECTE.(S) : FUNDACAO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
ADV.(A/S) : MARCO ANTONIO AZEVEDO FERREIRA (87445/RJ) MARILIA
INTDO.(A/S) : MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO RIO DE ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
JANEIRO RECDO.(A/S) : ANDRÉIA ROMANETTO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO ADV.(A/S) : KELLY REGINA ABOLIS (251311/SP)
RIO DE JANEIRO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.359 (217)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.351 (210) ORIGEM : ARE - 10235420115150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
ORIGEM : 00013682620088260079 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA TRABALHO
ESTADUAL PROCED. : SÃO PAULO
PROCED. : SÃO PAULO RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA
RECTE.(S) : MAIKEL FERNANDES PERECIN PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
ADV.(A/S) : WILLEY LOPES SUCASAS (148022/SP) RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO MARÍLIA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
SÃO PAULO RECDO.(A/S) : TERESA CRISTINA FRANÇA SARTORI BERNARDO
ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.352 (211) (134031/SP)
ORIGEM : AREsp - 200132000030026 - TRIBUNAL REGIONAL
FEDERAL DA 1ª REGIAO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.360 (218)
PROCED. : AMAZONAS ORIGEM : ARE - 7949420115150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES TRABALHO
RECTE.(S) : CENTRAIS ELETRICAS DO NORTE DO BRASIL S/A PROCED. : SÃO PAULO
ELETRONORTE RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
ADV.(A/S) : ANDRE HENRIQUE LEHENBAUER THOME (21638/DF) RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA
RECDO.(A/S) : ANTÔNIO FLEURY DE CAMARGO FILHO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
ADV.(A/S) : YARA DE MINGO FERREIRA (23025/SP) RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
INTDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL MARÍLIA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
RECDO.(A/S) : BRUNA FEDEL LITTERIO E OUTRO(A/S)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.354 (212) ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES
ORIGEM : REsp - 00043631320158260161 - TRIBUNAL DE (134031/SP)
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROCED. : SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.364 (219)
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES ORIGEM : AC - 10319150043085003 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
RECTE.(S) : CLAUDIO DE SOUZA VERCOSA ESTADO DE MINAS GERAIS
PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE SÃO PROCED. : MINAS GERAIS
PAULO RELATORA :MIN. ROSA WEBER
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO RECTE.(S) : FLAVIO OTAVIO PEREIRA DE AGUIAR
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ADV.(A/S) : ELANE CRISTINA LANGKAMMER METZKER
SÃO PAULO CARVALHO (135155/MG)
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.355 (213) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
ORIGEM : ARE - 00169126720128260482 - TRIBUNAL DE MINAS GERAIS
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROCED. : SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.369 (220)
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI ORIGEM : 10024096689237001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RECTE.(S) : MUNICÍPIO DE PRESIDENTE PRUDENTE ESTADUAL
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE PROCED. : MINAS GERAIS
PRESIDENTE PRUDENTE RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
RECDO.(A/S) : ELIANI ZAMBERLAN ZAMBRINI RECTE.(S) : RHUAN CARLOS FLEMING DE FREITAS ALMEIDA
ADV.(A/S) : ROBERTO XAVIER DA SILVA (77557/SP) ADV.(A/S) : TARCISIO MACIEL CHAVES DE MENDONCA
(83893/MG)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.356 (214) RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
ORIGEM : 10596140007763001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
ESTADUAL MINAS GERAIS
PROCED. : MINAS GERAIS
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.371 (221)
RECTE.(S) : ANDERSON DE SOUZA RESENDE ORIGEM : 00020577420134025001 - TRIBUNAL REGIONAL
RECTE.(S) : ALEX GONCALVES BARROSO FEDERAL DA 2ª REGIÃO
ADV.(A/S) : PAULO CESAR GONCALVES ZANATA (60912/MG) PROCED. : ESPÍRITO SANTO
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS RELATORA :MIN. ROSA WEBER
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE RECTE.(S) : SAMUEL VARGAS RONCETTI
MINAS GERAIS ADV.(A/S) : FILIPE KNAAK SODRE (17607/ES)
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.357 (215) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
ORIGEM : ARE - 1382003320115170121 - TRIBUNAL SUPERIOR
DO TRABALHO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.375 (222)
PROCED. : ESPÍRITO SANTO ORIGEM : ARE - 2573007720065020087 - TRIBUNAL SUPERIOR
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN DO TRABALHO
RECTE.(S) : VIX LOGISTICA S/A PROCED. : SÃO PAULO
ADV.(A/S) : SANDRO VIEIRA DE MORAES (27310/BA, 6725/ES) RELATOR :MIN. DIAS TOFFOLI
RECDO.(A/S) : VALTER MAGESKY RECTE.(S) : CTEEP - COMPANHIA DE TRANSMISSAO DE ENERGIA
ADV.(A/S) : ANA PAULA DE ALMEIDA FERREIRA (12120/ES) ELETRICA PAULISTA
ADV.(A/S) : MARCELO COSTA MASCARO NASCIMENTO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 17

(44325/BA, 22919/ES, 155422/MG, 20603-A/PA, JANEIRO


01776/PE, 112436/RJ, 116776/SP)
RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.391 (230)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO ORIGEM : 00100401420128260554150000 - TRIBUNAL DE
RECDO.(A/S) : ANA JOSEPHA DE SOUZA TORRES JUSTIÇA ESTADUAL
ADV.(A/S) : ANDRE RICARDO BARCIA CARDOSO (189461/SP) PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.376 (223) RECTE.(S) : SOLVAY INDUPA DO BRASIL LTDA
ORIGEM : 00112100320074036105 - TRIBUNAL REGIONAL ADV.(A/S) : JULIANO DI PIETRO (184320/RJ, 183410/SP)
FEDERAL DA 3ª REGIAO RECDO.(A/S) : MUNICIPIO DE SANTO ANDRE
PROCED. : SÃO PAULO ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICIPIO DE SANTO
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI ANDRE
RECTE.(S) : PASTIFICIO SELMI SA
ADV.(A/S) : SILVIO LUIZ DE TOLEDO CESAR (114703/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.393 (231)
RECDO.(A/S) : UNIÃO ORIGEM : ARE - 5802620115090242 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL TRABALHO
PROCED. : DISTRITO FEDERAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.378 (224) RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
ORIGEM : ARE - 1729009620075020087 - TRIBUNAL SUPERIOR RECTE.(S) : NOVA AMERICA AGRICOLA LTDA
DO TRABALHO ADV.(A/S) : ELIMARA APARECIDA ASSAD SALLUM (74970/SP)
PROCED. : SÃO PAULO RECDO.(A/S) : AGNALDO CARDOSO DOS SANTOS
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN ADV.(A/S) : THAIS TAKAHASHI (34202/PR, 307045/SP)
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO CASA/SP - FUNDAÇÃO CENTRO DE
ATENDIMENTO SOCIOEDUCATIVO AO ADOLESCENTE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.395 (232)
ADV.(A/S) : ALINE CRISTOFOLETTI MAGOSSI (276879/SP) ORIGEM : ARE - 8130320115150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
RECDO.(A/S) : LUZIA DE JESUS FRANCO TRABALHO
ADV.(A/S) : SUZI WERSON MAZZUCCO (113755/SP) PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.379 (225) RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO
ORIGEM : 1983001420095040661 - TRIBUNAL REGIONAL DO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
TRABALHO RECDO.(A/S) : ODILON MARQUES DE ALMEIDA FILHO
PROCED. : RIO GRANDE DO SUL ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES (134031/SP)
RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A
ADV.(A/S) : MARCELO LIMA CORREA (12064/DF, 18280/GO, RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.396 (233)
208566/SP) ORIGEM : ARE - 17191720105150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
RECDO.(A/S) : PEDRO OSMAR SILVEIRA DOS SANTOS TRABALHO
ADV.(A/S) : ELIAS ANTONIO GARBIN (25418/RS) PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.380 (226) RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
ORIGEM : ARE - 1059009220085170001 - TRIBUNAL SUPERIOR MARÍLIA
DO TRABALHO ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
PROCED. : DISTRITO FEDERAL RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECTE.(S) : SHERLIS RODRIGUES DE FARIAS RECDO.(A/S) : ALESSANDRO ALMEIDA DE FREITAS
ADV.(A/S) : JALINE IGLEZIAS VIANA (11088/ES) ADV.(A/S) : KELLY REGINA ABOLIS (251311/SP)
RECDO.(A/S) : FUNDAÇÃO VALE DO RIO DOCE DE SEGURIDADE
SOCIAL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.400 (234)
ADV.(A/S) : MARIA INES CALDEIRA PEREIRA DA SILVA MURGEL ORIGEM : ARE - 00395401320118260053 - TRIBUNAL DE
(32298/BA, 17695/DF, 64029/MG, 114798/RJ, JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
51879A/RS, 32619-A/SC, 182304/SP) PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.383 (227) RECTE.(S) : MUNICÍPIO DE SÃO PAULO
ORIGEM : AREsp - 1120667 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO
PROCED. : SÃO PAULO PAULO
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI RECDO.(A/S) : CELSO LUIZ LEITE E OUTRO(A/S)
RECTE.(S) : SUZETTE APPARECIDA DENYS FAVA E OUTRO(A/S) ADV.(A/S) : MARIA APARECIDA DIAS PEREIRA NARBUTIS (77001/
ADV.(A/S) : CAETANO ANTONIO FAVA (226498/SP) E OUTRO(A/S) SP)
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.402 (235)
ORIGEM : ARE - 1479006820075150011 - TRIBUNAL SUPERIOR
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.384 (228) DO TRABALHO
ORIGEM : ARE - 16457020105150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO PROCED. : SÃO PAULO
TRABALHO RELATORA :MIN. ROSA WEBER
PROCED. : SÃO PAULO RECTE.(S) : BORRACHA OLHO DAGUA AGRO-INDUSTRIAL LTDA.
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES ADV.(A/S) : ZAIDEN GERAIGE NETO (131827/SP)
RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA ADV.(A/S) : RICARDO GOMES CALIL (198566/SP)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO ADV.(A/S) : BRUNO LOURENCO DE LIMA (321008/SP)
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE RECDO.(A/S) : JOSÉ LUIZ RODRIGUES DOS SANTOS
MARÍLIA ADV.(A/S) : SERGIO HENRIQUE PACHECO (196117/SP)
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
RECDO.(A/S) : SIMONE CRISTINA DO CARMO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.404 (236)
ADV.(A/S) : KELLY REGINA ABOLIS (251311/SP) ORIGEM : 00819982920138217000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ESTADUAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.386 (229) PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
ORIGEM : 00638729620148190000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA RELATOR :MIN. CELSO DE MELLO
ESTADUAL RECTE.(S) : ROGERIO DA SILVA MARTINI
PROCED. : RIO DE JANEIRO ADV.(A/S) : ALEXANDRE AYUB DARGEL (48757/RS, 21737/SC)
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE
RECTE.(S) : EMPRESA DE TRANSPORTES ASA BRANCA S A DO SUL
ADV.(A/S) : SERGIO MURILO DINIZ BRAGA (47969/MG) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO
RECDO.(A/S) : ESTADO DO RIO DE JANEIRO RIO GRANDE DO SUL
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO DE

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 18

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.408 (237) RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
ORIGEM : 00010255320148260068 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA MARÍLIA
ESTADUAL ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
PROCED. : SÃO PAULO RECDO.(A/S) : APARECIDA DE FÁTIMA RODRIGUES DE QUEIROZ
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN ADV.(A/S) : KELLY REGINA ABOLIS (251311/SP)
RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.418 (244)
RECDO.(A/S) : MARCIO RIBEIRO DA COSTA ORIGEM : ARE - 9992620115150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
ADV.(A/S) : FERNANDA PAULA DUARTE (177712/SP) TRABALHO
PROCED. : SÃO PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.409 (238) RELATORA :MIN. ROSA WEBER
ORIGEM : 10069090263729001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO
ESTADUAL PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROCED. : MINAS GERAIS RECDO.(A/S) : PEDRO MARCO KARAN BARBOSA
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES
RECTE.(S) : FELIPE NOGUEIRA DA SILVA (134031/SP)
ADV.(A/S) : ULISSES SANCHES DA GAMA (114135/MG)
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.420 (245)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ORIGEM : 00010987920098170220 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
MINAS GERAIS ESTADUAL
INTDO.(A/S) : GREGÓRIO PEREIRA DE ARRUDA PROCED. : PERNAMBUCO
ADV.(A/S) : PAULO FERNANDO DE SOUZA CARVALHO RELATOR :MIN. LUIZ FUX
(99010/MG) RECTE.(S) : DIMAS VIEIRA LARANJEIRA
ADV.(A/S) : DEFENSOR DATIVO - FERNANDO ANTÔNIO LIMA DE
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.411 (239) MEDEIROS - 15915 OAB PE
ORIGEM : ARE - 8776620125150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
TRABALHO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
PROCED. : SÃO PAULO PERNAMBUCO
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO
RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.421 (246)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO ORIGEM : 00459391020148190001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RECDO.(A/S) : NEUSA AUGUSTA DO REGO ESTADUAL
ADV.(A/S) : JOSEVAL PEIXOTO GUIMARAES (17863/SP) PROCED. : RIO DE JANEIRO
RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.412 (240) RECTE.(S) : MARCOS VINICIOS SOUZA FERREIRA
ORIGEM : ARE - 7567220115150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO RECTE.(S) : BRUNO DA SILVA OLIVEIRA
TRABALHO ADV.(A/S) : JORGE ALBERTO DE CARVALHO (173694/RJ)
PROCED. : SÃO PAULO RECDO.(A/S) : MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO RIO DE
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN JANEIRO
RECTE.(S) : FUNDACAO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO
MARILIA RIO DE JANEIRO
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA - FAMEMA RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.422 (247)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO ORIGEM : 00073501220138240011 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RECDO.(A/S) : ADILSON DOS SANTOS MARCOLINO ESTADUAL
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS PROCED. : SANTA CATARINA
(186394/SP) RELATOR :MIN. CELSO DE MELLO
RECTE.(S) : ORIDES KORMANN
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.413 (241) ADV.(A/S) : RICARDO LUCIANO SCHMITT NEVES (18327/SC)
ORIGEM : ARE - 8044120115150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SANTA
TRABALHO CATARINA
PROCED. : SÃO PAULO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI SANTA CATARINA
RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.425 (248)
RECTE.(S) : FUNDACAO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE ORIGEM : ARE - 90004024220068260090 - TRIBUNAL DE
MARILIA - FUMES JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) PROCED. : SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : IVONETE DE SOUZA RELATOR :MIN. LUIZ FUX
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS RECTE.(S) : MUNICÍPIO DE SÃO PAULO
(186394/SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO
PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.414 (242) RECDO.(A/S) : DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM DO
ORIGEM : ARE - 15824520105150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO
TRABALHO ADV.(A/S) : SONIA MARIA JOSE MARSIGLIO MATRICARDI (43231/
PROCED. : SÃO PAULO SP)
RELATOR : MIN. ROBERTO BARROSO
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.426 (249)
MARÍLIA - FUMES ORIGEM : ARE - 4440920115150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) TRABALHO
RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA PROCED. : SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO RELATOR :MIN. MARCO AURÉLIO
RECDO.(A/S) : ELIANE ELENA GIROTO DE LIMA RECTE.(S) : FUNDACAO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS MARILIA
(186394/SP) ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA
(134031/SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : JOSÉ LUIZ DE ALMEIDA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.415 (243) ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS
ORIGEM : ARE - 16248420105150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO (186394/SP)
TRABALHO
PROCED. : DISTRITO FEDERAL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.429 (250)
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO ORIGEM : ARE - 13130620105150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 19

TRABALHO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO


PROCED. : SÃO PAULO RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO MARÍLIA
RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO RECDO.(A/S) : EMERSON EGYDIO MULATO
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS
MARÍLIA (186394/SP)
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES
RECDO.(A/S) : RITA DE CASSIA DORETO DA ROCHA AUDI (134031/SP)
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS
(186394/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.447 (257)
ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES ORIGEM : ARE - 10613220125150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
(134031/SP) TRABALHO
PROCED. : SÃO PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.430 (251) RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
ORIGEM : ARE - 13174320105150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
TRABALHO MARÍLIA
PROCED. : SÃO PAULO ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN RECDO.(A/S) : VALQUÍRIA GONÇALVES MONTOVANELLI
RECTE.(S) : FUNDACAO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE ADV.(A/S) : SHIRLEI PASTREZ DE CARVALHO (223564/SP)
MARILIA INTDO.(A/S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARÍLIA
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : GEILZA DE BARROS CABRAL
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.448 (258)
(186394/SP) ORIGEM : ARE - 15936420105150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
TRABALHO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.435 (252) PROCED. : SÃO PAULO
ORIGEM : PROC - 90739424120168130024 - 1ª TURMA ESPECIAL RELATOR :MIN. LUIZ FUX
CÍVEL DA COMARCA DE BELO HORIZONTE RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
PROCED. : MINAS GERAIS MARÍLIA
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
RECTE.(S) : ESTADO DE MINAS GERAIS RECDO.(A/S) : MERCIA SANTANA REZENDE MATTOS
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS
RECDO.(A/S) : JOSE ARTHUR VELOSO BRANDAO (186394/SP)
ADV.(A/S) : RICARDO MAURICIO CHUCRE DIAS JUNIOR (141336/ ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES
MG) (134031/SP)

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.440 (253) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.449 (259)
ORIGEM : ARE - 30066444120138260554 - TRIBUNAL DE ORIGEM : ARE - 13417120105150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO TRABALHO
PROCED. : SÃO PAULO PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. GILMAR MENDES RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
RECTE.(S) : INSTITUTO DE PESOS E MEDIDAS DO ESTADO DE MARÍLIA
SÃO PAULO - IPEM ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO RECDO.(A/S) : WASHINGTON FRANCISCO SORIANO
RECDO.(A/S) : JOEL FRANCISCO MUNHOZ ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS
ADV.(A/S) : JOEL FRANCISCO MUNHOZ (41928/SP) (186394/SP)

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.444 (254) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.450 (260)
ORIGEM : ARE - 10878820105150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO ORIGEM : ARE - 9836220115150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
TRABALHO TRABALHO
PROCED. : SÃO PAULO PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. ALEXANDRE DE MORAES RELATOR :MIN. EDSON FACHIN
RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
MARÍLIA MARÍLIA
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
RECDO.(A/S) : ELISABETE DA SILVA RECDO.(A/S) : CARLA SOUZA DA SILVA DE FREITAS
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS
(186394/SP) (186394/SP)

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.445 (255) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.451 (261)
ORIGEM : ARE - 7888720115150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO ORIGEM : ARE - 7766320115150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
TRABALHO TRABALHO
PROCED. : SÃO PAULO PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. LUIZ FUX RELATOR :MIN. CELSO DE MELLO
RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
MARÍLIA MARÍLIA
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
RECDO.(A/S) : CESAR EMILE BAAKLIN RECDO.(A/S) : FERNANDA PAULA CERANTOLA SIQUEIRA
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS
(186394/SP) (186394/SP)

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.446 (256) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.457 (262)
ORIGEM : ARE - 12766620105150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO ORIGEM : ARE - 00398960820118260053 - TRIBUNAL DE
TRABALHO JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROCED. : SÃO PAULO PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. CELSO DE MELLO RELATOR :MIN. RICARDO LEWANDOWSKI
RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA RECTE.(S) : CELIA MARIA CASSOLA

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 20

ADV.(A/S) : RICARDO LUIZ MARCAL FERREIRA (111366/SP)


RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.468 (269)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO ORIGEM : ARE - 16128020105150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
TRABALHO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.460 (263) PROCED. : SÃO PAULO
ORIGEM : ARE - 00129657620118260114 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
DO ESTADO DE SÃO PAULO RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
PROCED. : SÃO PAULO MARÍLIA
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
RECTE.(S) : MUNICIPIO DE CAMPINAS RECDO.(A/S) : GILMAR BARROS CABRAL
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CAMPINAS ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS
RECDO.(A/S) : APARECIDA MAGALI DELACQUA E OUTRO(A/S) (186394/SP)
ADV.(A/S) : LUIZ HENRIQUE BOSELLI DE SOUZA (163542/SP)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.469 (270)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.463 (264) ORIGEM : ARE - 11173620105150033 - TRIBUNAL SUPERIOR DO
ORIGEM : ARE - 13139320105150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO
TRABALHO PROCED. : SÃO PAULO
PROCED. : SÃO PAULO RELATOR :MIN. DIAS TOFFOLI
RELATOR : MIN. LUIZ FUX RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
MARÍLIA RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) MARÍLIA
RECDO.(A/S) : HELOISA DINIZ EPIPHANIO ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP)
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS RECDO.(A/S) : MARIA LUIZA DA SILVA
(186394/SP) ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS
INTDO.(A/S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA (186394/SP)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.474 (271)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.464 (265) ORIGEM : AREsp - 00116726820158050000 - TRIBUNAL DE
ORIGEM : ARE - 13294720105150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA
TRABALHO PROCED. : BAHIA
PROCED. : SÃO PAULO RELATOR :MIN. GILMAR MENDES
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO RECTE.(S) : GILBERTO DOS SANTOS FREITAS
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE ADV.(A/S) : ELIEL CERQUEIRA MARINS (44683/BA)
MARÍLIA RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA
RECDO.(A/S) : KATIA PARDO RUBIRA BAHIA
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS
(186394/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.475 (272)
ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES ORIGEM : REsp - 1113702319958090036 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
(134031/SP) DO ESTADO DE GOIÁS
PROCED. : GOIÁS
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.465 (266) RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
ORIGEM : ARE - 11042720105150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO RECTE.(S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS
TRABALHO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
PROCED. : SÃO PAULO GOIÁS
RELATOR : MIN. LUIZ FUX RECDO.(A/S) : CICERO NUNES FERREIRA
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE ADV.(A/S) : GERALDO FERREIRA DA SILVA CORTES (03040/DF)
MARÍLIA
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.573 (273)
RECDO.(A/S) : ELIZABETH ROSA HENRIQUE ORIGEM : 2681020166050046 - TRIBUNAL SUPERIOR
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS ELEITORAL
(186394/SP) PROCED. : BAHIA
RELATOR :MIN. DIAS TOFFOLI
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.466 (267) RECTE.(S) : COMISSÃO PROVISÓRIA DO PARTIDO SOCIAL
ORIGEM : ARE - 14074120105150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO DEMOCRÁTICO DO MUNICÍPIO DE JACOBINA
TRABALHO ADV.(A/S) : SALUA FAISAL HUSEIN (26066/DF)
PROCED. : SÃO PAULO RECDO.(A/S) : AILTON MENDES DE JESUS
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN ADV.(A/S) : MAICA CRISTINA LUZ CARDOSO (45673/BA)
RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA INTDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE
MARÍLIA RECURSO ORDINÁRIO EM HABEAS CORPUS 148.232 (274)
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) ORIGEM : HC - 389200 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RECDO.(A/S) : MARIA DO CARMO DOS SANTOS ROMA PROCED. : PERNAMBUCO
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
(186394/SP) RECTE.(S) : MARIA DE FÁTIMA LEITE FERREIRA
ADV.(A/S) : GUILHERME ALMEIDA DE MOURA (11813/PB)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.077.467 (268) ADV.(A/S) : THIAGO LEITE FERREIRA (11703/PB)
ORIGEM : ARE - 3999220115150101 - TRIBUNAL SUPERIOR DO RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
TRABALHO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN RECURSO ORDINÁRIO EM HABEAS CORPUS 148.233 (275)
RECTE.(S) : FACULDADE DE MEDICINA DE MARILIA ORIGEM : HC - 386843 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO PROCED. : MATO GROSSO DO SUL
RECTE.(S) : FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO SUPERIOR DE RELATOR :MIN. DIAS TOFFOLI
MARÍLIA RECTE.(S) : LINDOMAR DOS REIS GOMES
ADV.(A/S) : ALBERTO ROSELLI SOBRINHO (64885/SP) PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL DO ESTADO DE MATO
RECDO.(A/S) : PEDRO LUIZ DOS SANTOS > GROSSO DO SUL
ADV.(A/S) : ALESSANDRA MARA GUTSCHOV CAMPOS RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
(186394/SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA
ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO PEIXOTO GUIMARAES
(134031/SP)
MINISTRO DISTR REDIST TOT

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 21

MIN. CELSO DE MELLO 22 0 22 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
por Edivaldo Xavier da Silva Junior, em benefício próprio.
MIN. MARCO AURÉLIO 27 0 27 O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada.
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
MIN. GILMAR MENDES 38 1 39 2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação
MIN. RICARDO LEWANDOWSKI 29 0 29 da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código
de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de
MIN. DIAS TOFFOLI 27 0 27 quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
MIN. LUIZ FUX 25 1 26
deverá conter (...) o nome (...) do coator”).
MIN. ROSA WEBER 21 1 22 3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser
inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora.
MIN. ROBERTO BARROSO 29 0 29 Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria,
decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão
MIN. EDSON FACHIN 30 1 31
monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski,
MIN. ALEXANDRE DE MORAES 23 0 23 decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo
Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015.
TOTAL 271 4 275 Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem
de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como
Nada mais havendo, foi encerrada a presente Ata de Distribuição. ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código
ANTONIO JULIANO DE SOUZA, Coordenador de Processamento Inicial, de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora
PATRÍCIA PEREIRA DE MOURA MARTINS, Secretária Judiciária. Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239).
Brasília, 22 de setembro de 2017. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento
DECISÕES E DESPACHOS Interno do Supremo Tribunal Federal).
Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão
HABEAS CORPUS 147.366 (276) para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e
ORIGEM : 1597416 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder
PROCED. : CEARÁ pagar pelos serviços de advogado de sua escolha.
RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
PACTE.(S) : ACEDEMIRO SILVA RODRIGUES inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
IMPTE.(S) : PEDRO IVO CAMPOS RODRIGUES (18422/PA) Publique-se.
COATOR(A/S)(ES) : PRESIDENTE DA 6ª TURMA DO SUPERIOR TRIBUNAL Brasília, 25 de setembro de 2017.
DE JUSTIÇA Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
1. Em 6.9.2017, o Ministro Dias Toffoli submeteu à Presidência a HABEAS CORPUS 148.182 (278)
análise de eventual redistribuição da presente impetração ao Ministro Ricardo ORIGEM : 00070783220068260197 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
Lewandowski por ser o Relator do Habeas Corpus n. 137.884: ESTADUAL
“Habeas corpus, como pedido de liminar, impetrado em favor de PROCED. : SÃO PAULO
Acedemiro Silva Rodrigues, apontando como autoridade coatora o Superior REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Tribunal de Justiça. PACTE.(S) : A.L.
Por intermédio de petição protocolada na Corte nesta data, o IMPTE.(S) : A.L.
impetrante pleiteia a redistribuição do feito ao eminente Ministro Ricardo COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA 1° VARA CRIMINAL DA COMARCA
Lewandowski que, segundo alega, foi o Relator do HC nº 137.884. DE FRANCISCO MORATO
Decido.
Assim, submeto a questão à apreciação da i. Presidência da Corte”. DECISÃO
2. Em 30.8.2017, a presente impetração foi distribuída livremente ao HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
Ministro Dias Toffoli. AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
3. Em 24.10.2016, sem apreciar a liminar, o Ministro Ricardo DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
Lewandowski decidiu negar seguimento ao Habeas Corpus n. 137.884, sem CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
exame do mérito, pois impetrado contra decisão monocrática proferida no REMESSA DOS AUTOS.
Superior Tribunal de Justiça. Relatório
Essa decisão transitou em julgado em 4.11.2016, antes, portanto, da 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
distribuição do presente habeas corpus ao Ministro Dias Toffoli. por A.L., em benefício próprio, indicando-se como autoridade coatora o Juízo
4. No art. 69, § 2º, do Regimento Interno deste Supremo Tribunal, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Francisco Morato/SP.
dispõe-se: Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
“Não se caracterizará prevenção, se o Relator, sem ter apreciado 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
liminar, nem o mérito da causa, não conhecer do pedido, declinar da momento pelo Supremo Tribunal Federal.
competência, ou homologar pedido de desistência por decisão transitada em 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
julgado”. corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
5. Transitada em julgado a decisão proferida no Habeas Corpus n. autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
137.884, no qual não se teve o exame do mérito da causa nem a apreciação República).
de medida liminar, não se há cogitar de prevenção do Ministro Ricardo No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
Lewandowski. Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
6. Pelo exposto, afastada a prevenção, determino a devolução qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
destes autos ao Ministro Dias Toffoli. A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
Publique-se. competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
Brasília, 19 de setembro de 2017. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Ministra CÁRMEN LÚCIA neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento
Presidente Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas
HABEAS CORPUS 148.181 (277) cabíveis.
ORIGEM : 491943404 - JUIZ DE DIREITO Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
PROCED. : SÃO PAULO querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
PACTE.(S) : EDIVALDO XAVIER DA SILVA JUNIOR pelos serviços de advogado de sua escolha.
IMPTE.(S) : EDIVALDO XAVIER DA SILVA JUNIOR Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
DECISÃO Intime-se.
HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE Brasília, 25 de setembro de 2017.
INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS Ministra CÁRMEN LÚCIA
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. Presidente
Relatório

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 22

HABEAS CORPUS 148.188 (279) Interno do Supremo Tribunal Federal).


ORIGEM : 00041324820178260635 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão
ESTADUAL para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e
PROCED. : SÃO PAULO seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE pagar pelos serviços de advogado de sua escolha.
PACTE.(S) : VALDEMAR ALVARES Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
IMPTE.(S) : VALDEMAR ALVARES inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de Santa Catarina.
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA 28° VARA CRIMINAL DA Publique-se.
COMARCA DE SÃO PAULO Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
DECISÃO Presidente
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM HABEAS CORPUS 148.199 (281)
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS ORIGEM : 00050802720168260052 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. ESTADUAL
REMESSA DOS AUTOS. PROCED. : SÃO PAULO
Relatório REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado PACTE.(S) : EDUARDO DE FREITAS
por Valdemar Alvares, em benefício próprio, indicando-se como autoridade IMPTE.(S) : EDUARDO DE FREITAS
coatora o Juízo da 28ª Vara Criminal da Comarca de São Paulo/SP.
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. DECISÃO
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE
momento pelo Supremo Tribunal Federal. INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO.
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da Relatório
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
República). por Eduardo Freitas, em benefício próprio.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada.
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. 2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao deverá conter (...) o nome (...) do coator”).
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas 3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser
cabíveis. inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora.
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria,
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski,
pelos serviços de advogado de sua escolha. decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem
Intime-se. de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como
Brasília, 25 de setembro de 2017. ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código
Ministra CÁRMEN LÚCIA de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora
Presidente Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239).
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
HABEAS CORPUS 148.195 (280) neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento
ORIGEM : 148195 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : SANTA CATARINA Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e
PACTE.(S) : EDENILSON SEBASTIÃO CAMARGO DOS SANTOS seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder
IMPTE.(S) : EDENILSON SEBASTIÃO CAMARGO DOS SANTOS pagar pelos serviços de advogado de sua escolha.
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
DECISÃO inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE Publique-se.
INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS Brasília, 25 de setembro de 2017.
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. Ministra CÁRMEN LÚCIA
Relatório Presidente
1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
por Edenilson Sebastião Camargo dos Santos, em benefício próprio. HABEAS CORPUS 148.200 (282)
O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada. ORIGEM : 148200 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. PROCED. : MINAS GERAIS
2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código PACTE.(S) : LEANDRO PEDRO DOMICIANO
de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de IMPTE.(S) : LEANDRO PEDRO DOMICIANO
quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus DECISÃO
deverá conter (...) o nome (...) do coator”). HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE
3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS
inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora. CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO.
Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria, Relatório
decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski, por Leandro Pedro Domiciano, em benefício próprio.
decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada.
Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015. Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem 2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação
de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código
ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de
de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239). Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus deverá conter (...) o nome (...) do coator”).
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento 3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 23

inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora. CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO.
Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria, Relatório
decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão 1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado
monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski, por Jerry Valeriano da Silva, em benefício próprio.
decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada.
Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015. Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem 2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação
de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código
ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de
de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239). Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus deverá conter (...) o nome (...) do coator”).
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento 3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser
Interno do Supremo Tribunal Federal). inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora.
Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria,
para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão
seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski,
pagar pelos serviços de advogado de sua escolha. decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de Minas Gerais. Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem
Publique-se. de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como
Brasília, 25 de setembro de 2017. ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código
Ministra CÁRMEN LÚCIA de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora
Presidente Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239).
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
HABEAS CORPUS 148.209 (283) neste Supremo Tribunal, prejudicada, por óbvio, a análise do
ORIGEM : 00316819420118130056 - JUIZ DE DIREITO requerimento de medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do
PROCED. : MINAS GERAIS Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão
PACTE.(S) : FERNANDO ROBERTO DO CARMO para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e
IMPTE.(S) : FERNANDO ROBERTO DO CARMO seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder
pagar pelos serviços de advogado de sua escolha.
DECISÃO Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de Minas Gerais.
INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS Publique-se.
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. Brasília, 25 de setembro de 2017.
Relatório Ministra CÁRMEN LÚCIA
1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado Presidente
por Fernando Roberto do Carmo, em benefício próprio.
O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada. HABEAS CORPUS 148.247 (285)
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. ORIGEM : 148247 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação PROCED. : SÃO PAULO
da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de PACTE.(S) : WELINGTON ESTEVES DOS SANTOS
quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do IMPTE.(S) : WELINGTON ESTEVES DOS SANTOS
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA CRIMINAL DA COMARCA
deverá conter (...) o nome (...) do coator”). DE TUPÃ
3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser
inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora. DECISÃO
Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria, HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski, DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015. REMESSA DOS AUTOS.
Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem Relatório
de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como 1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado
ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código por Welington Esteves dos Santos, em benefício próprio, indicando-se como
de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora autoridade coatora o Juízo da Vara Criminal da Comarca de Tupã/SP.
Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239). Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
neste Supremo Tribunal, prejudicada, por óbvio, a análise do momento pelo Supremo Tribunal Federal.
requerimento de medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e República).
seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
pagar pelos serviços de advogado de sua escolha. Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de Minas Gerais. A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
Publique-se. competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
Brasília, 25 de setembro de 2017. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Ministra CÁRMEN LÚCIA neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de
Presidente medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do
Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal
HABEAS CORPUS 148.210 (284) de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas cabíveis.
ORIGEM : 0056081827257 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
PROCED. : MINAS GERAIS querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
PACTE.(S) : JERRY VALERIANO DA SILVA pelos serviços de advogado de sua escolha.
IMPTE.(S) : JERRY VALERIANO DA SILVA Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
DECISÃO Intime-se.
HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE Brasília, 25 de setembro de 2017.
INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS Ministra CÁRMEN LÚCIA

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 24

Presidente requerimento de medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
HABEAS CORPUS 148.251 (286) Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão
ORIGEM : 0005800220178260142 - JUIZ DE DIREITO para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e
PROCED. : SÃO PAULO seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE pagar pelos serviços de advogado de sua escolha.
PACTE.(S) : PAULO CESAR FONTES VITORINO Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
IMPTE.(S) : PAULO CESAR FONTES VITORINO inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
COATOR(A/S)(ES) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO Publique-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017.
DECISÃO Ministra CÁRMEN LÚCIA
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. Presidente
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS HABEAS CORPUS 148.257 (288)
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. ORIGEM : 00036977620158260075 - JUIZ DE DIREITO
REMESSA DOS AUTOS. PROCED. : SÃO PAULO
Relatório REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado PACTE.(S) : ERENILDO DA SILVA PEREIRA
por Paulo César Fontes Vitorino, em benefício próprio, indicando-se como IMPTE.(S) : ERENILDO DA SILVA PEREIRA
autoridade coatora o Ministério Público do Estado de São Paulo. COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA CRIMINAL DA COMARCA
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. DE BERTIOGA
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
momento pelo Supremo Tribunal Federal. DECISÃO
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
República). CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste REMESSA DOS AUTOS.
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no Relatório
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de por Erenildo da Silva Pereira, em benefício próprio, indicando-se como
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. autoridade coatora o Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Bertioga/SP.
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao momento pelo Supremo Tribunal Federal.
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
cabíveis. corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe República).
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
pelos serviços de advogado de sua escolha. Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
Intime-se. competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
Brasília, 25 de setembro de 2017. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Ministra CÁRMEN LÚCIA neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento
Presidente Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas
HABEAS CORPUS 148.256 (287) cabíveis.
ORIGEM : 148256 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
PROCED. : SÃO PAULO querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
PACTE.(S) : DIVALCIR JOSÉ CARDOSO pelos serviços de advogado de sua escolha.
IMPTE.(S) : DIVALCIR JOSÉ CARDOSO Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
DECISÃO Intime-se.
HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE Brasília, 25 de setembro de 2017.
INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS Ministra CÁRMEN LÚCIA
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. Presidente
Relatório
1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado HABEAS CORPUS 148.259 (289)
por Divalcir José Cardoso, em benefício próprio. ORIGEM : 13203560820068130056 - JUIZ DE DIREITO
O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada. PROCED. : MINAS GERAIS
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação PACTE.(S) : FABIO DA SILVA RODRIGUES
da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código IMPTE.(S) : FABIO DA SILVA RODRIGUES
de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES
quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do CRIMINAIS DA COMARCA DE BARBACENA
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
deverá conter (...) o nome (...) do coator”). DECISÃO
3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora. AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria, DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski, REMESSA DOS AUTOS.
decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo Relatório
Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015. 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem por Fábio da Silva Rodrigues, em benefício próprio, indicando-se como
de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como autoridade coatora o Juízo da Vara de Execuções Criminais da Comarca de
ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código Barbacena/MG.
de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239). 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus momento pelo Supremo Tribunal Federal.
neste Supremo Tribunal, prejudicada, por óbvio, a análise do 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 25

corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da 1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da por Sidvaldivane Soares dos Santos, em benefício próprio.
República). O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no 2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento deverá conter (...) o nome (...) do coator”).
Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao 3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser
Tribunal de Justiça de Minas Gerais, para as providências jurídicas inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora.
cabíveis. Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria,
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski,
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo
pelos serviços de advogado de sua escolha. Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015.
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de Minas Gerais. de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como
Intime-se. ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código
Brasília, 25 de setembro de 2017. de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora
Ministra CÁRMEN LÚCIA Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239).
Presidente 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
neste Supremo Tribunal, prejudicada, por óbvio, a análise do
HABEAS CORPUS 148.260 (290) requerimento de medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do
ORIGEM : 01410776420158130056 - JUIZ DE DIREITO Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : MINAS GERAIS Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e
PACTE.(S) : ORIVELTON JOSÉ DOS SANTOS seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder
IMPTE.(S) : ORIVELTON JOSÉ DOS SANTOS pagar pelos serviços de advogado de sua escolha.
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
CRIMINAIS DA COMARCA DE BARBACENA inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
Publique-se.
DECISÃO Brasília, 25 de setembro de 2017.
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. Ministra CÁRMEN LÚCIA
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM Presidente
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. HABEAS CORPUS 148.306 (292)
REMESSA DOS AUTOS. ORIGEM : 148306 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
Relatório PROCED. : SÃO PAULO
1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
por Orivelton José dos Santos, em benefício próprio, indicando-se como PACTE.(S) : AGUINO BARBOSA SILVESTRE
autoridade coatora o Juízo da Vara de Execuções Criminais da Comarca de IMPTE.(S) : AGUINO BARBOSA SILVESTRE
Barbacena/MG.
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. DECISÃO
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE
momento pelo Supremo Tribunal Federal. INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO.
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da Relatório
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
República). por Aguino Barbosa Silvestre, em benefício próprio.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada.
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. 2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao deverá conter (...) o nome (...) do coator”).
Tribunal de Justiça de Minas Gerais, para as providências jurídicas 3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser
cabíveis. inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora.
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria,
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski,
pelos serviços de advogado de sua escolha. decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de Minas Gerais. Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem
Intime-se. de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como
Brasília, 25 de setembro de 2017. ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código
Ministra CÁRMEN LÚCIA de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora
Presidente Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239).
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
HABEAS CORPUS 148.262 (291) neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento
ORIGEM : 148262 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : SÃO PAULO Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e
PACTE.(S) : SIDIVALDIVANE SOARES SANTOS seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder
IMPTE.(S) : SIDIVALDIVANE SOARES SANTOS pagar pelos serviços de advogado de sua escolha.
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
DECISÃO inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE Publique-se.
INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS Brasília, 25 de setembro de 2017.
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. Ministra CÁRMEN LÚCIA
Relatório Presidente

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 26

Presidente
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.062.593 (293)
ORIGEM : 200903990109307 - TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.487 (297)
DA 3ª REGIAO ORIGEM : PROC - 10087055020148260625 - TRIBUNAL DE
PROCED. : SÃO PAULO JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE PROCED. : SÃO PAULO
RECTE.(S) : SINFRONIO MOTA DE BRITO REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
ADV.(A/S) : JOSE ABILIO LOPES (93357/SP) RECTE.(S) : JANETE FILOMENA DA SILVA
ADV.(A/S) : ENZO SCIANNELLI (98327/SP) ADV.(A/S) : CRISTIANE APARECIDA LEANDRO (262599/SP)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

DECISÃO DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
repercussão geral na origem. fundamentada de repercussão geral.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017. Brasília, 21 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente Presidente

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.064.023 (294) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.753 (298)
ORIGEM : RECURSOS - 05085657320144058100 - TRF5 - CE - 2ª ORIGEM : AREsp - 200538000065571 - TRIBUNAL REGIONAL
TURMA RECURSAL - CEARÁ FEDERAL DA 1ª REGIAO
PROCED. : CEARÁ PROCED. : MINAS GERAIS
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : FRANCISCO CHAGAS FERREIRA SILVA RECTE.(S) : MARIA GOMES ALVES
ADV.(A/S) : MARCELLO MENDES BATISTA GUERRA (18285/CE) ADV.(A/S) : RONALDO ERMELINDO FERREIRA (70727/MG)
RECDO.(A/S) : FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE - FUNASA RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL

DECISÃO DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). . fundamentada de repercussão geral.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017. Brasília, 21 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente Presidente

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.413 (295) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.813 (299)
ORIGEM : 00260963920138260053 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ORIGEM : 50053147720164047000 - TURMA RECURSAL DOS
ESTADUAL JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : SÃO PAULO PROCED. : PARANÁ
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : JAIR DA SILVA SIMOES RECTE.(S) : MEXBRAS INDUSTRIA PLASTICA LTDA - ME
ADV.(A/S) : MAURO BERGAMINI LEVI (249744/SP) ADV.(A/S) : PAULO HENRIQUE PIMENTA (44207/PR)
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO ADV.(A/S) : OSMAR CARTA NETO (71931/PR)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO RECDO.(A/S) : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF
ADV.(A/S) : ALBERTO RODRIGUES ALVES (25317/PR)
DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao DECISÃO
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
fundamentada de repercussão geral. processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do fundamentada de repercussão geral.
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Publique-se. inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Brasília, 21 de setembro de 2017. Publique-se.
Ministra CÁRMEN LÚCIA Brasília, 21 de setembro de 2017.
Presidente Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.453 (296)
ORIGEM : AREsp - 201102010050625 - TRIBUNAL REGIONAL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.857 (300)
FEDERAL DA 2ª REGIÃO ORIGEM : 5142525000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
PROCED. : RIO DE JANEIRO PROCED. : SÃO PAULO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : IRENIO MANOEL FERREIRA RECTE.(S) : MARIA GILDA DOS SANTOS DEPIERI E OUTRO(A/S)
ADV.(A/S) : IRENIO MANOEL FERREIRA (40739/DF, 141916/RJ) ADV.(A/S) : ROBERTO XAVIER DA SILVA (77557/SP)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

DECISÃO DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). fundamentada de repercussão geral.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017. Brasília, 21 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA Ministra CÁRMEN LÚCIA

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 27

Presidente Supremo Tribunal Federal, pois, contra inadmissão do recurso extraordinário


com base na sistemática da repercussão geral, o Agravante interpôs agravo
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.070.077 (301) interno na origem.
ORIGEM : ARE - 00119915720138260053 - TRIBUNAL DE À Secretaria Judiciária para proceder à baixa imediata destes
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO autos.
PROCED. : SÃO PAULO Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : CINIRA LOPES AFONSO E OUTRO(A/S) Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : MAURO BERGAMINI LEVI (249744/SP) Presidente
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.659 (305)
ORIGEM : 71006374730 - TURMA RECURSAL DE JUIZADOS
DECISÃO ESPECIAIS ESTADUAIS
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
fundamentada de repercussão geral. RECTE.(S) : POSTO CANALETE - COMERCIAL DE COMBUSTIVEIS
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do LTDA
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : ALVARO DA COSTA GANDRA (7738/RS)
Publique-se. RECDO.(A/S) : HUGO ALFREDO HEINZ
Brasília, 21 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : RAFAEL FONSECA FERREIRA (50202/RS)
Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.327 (302) processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
ORIGEM : 14039498120168120000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA repercussão geral na origem.
ESTADUAL 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
PROCED. : MATO GROSSO DO SUL V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Publique-se.
RECTE.(S) : CONTI CIA LTDA Brasília, 22 de setembro de 2017.
ADV.(A/S) : SERGIO MAURO GROSSI (175083/SP) Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECDO.(A/S) : JULIO ANTONIO RODRIGUES DALBEN Presidente
ADV.(A/S) : JOSE CARLOS ARAUJO LEMOS (9511/MS)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.687 (306)
DECISÃO ORIGEM : 00739050420134013400 - TURMA RECURSAL DOS
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e PROCED. : DISTRITO FEDERAL
fundamentada de repercussão geral e de ofensa constitucional indireta. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. RECTE.(S) : ADALUCIA PEREIRA TELES E OUTRO(A/S)
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : LINO DE CARVALHO CAVALCANTE (46658/BA, 18841/
Publique-se. DF, 24459/GO, 1924-A/PE, 139804/RJ)
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : UNIÃO
Ministra CÁRMEN LÚCIA PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
Presidente
DECISÃO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.349 (303) 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
ORIGEM : AREsp - 00000445420048050134 - TRIBUNAL DE processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA repercussão geral na origem.
PROCED. : BAHIA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECTE.(S) : MUNICÍPIO DE CONTENDAS DO SINCORÁ Publique-se.
ADV.(A/S) : UBIRAJARA GONDIM DE BRITO AVILA (19362/BA) Brasília, 22 de setembro de 2017.
ADV.(A/S) : ADEMIR DE OLIVEIRA PASSOS (10226/BA) Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : JOEL DE SOUZA NEIVA JUNIOR (21118/BA) Presidente
RECDO.(A/S) : ADRIANE QUELI MACEDO BRITO E OUTRO(A/S)
ADV.(A/S) : EUGENIO ESTRELA CORDEIRO (16807/BA) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.693 (307)
ORIGEM : 00791733920134013400 - TURMA RECURSAL DOS
DECISÃO JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao PROCED. : DISTRITO FEDERAL
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
fundamentada de repercussão geral. RECTE.(S) : SULAMITA DE FIGUEIREDO HEUSI
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. RECTE.(S) : CREMILDA LOPES RIBEIRO
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECTE.(S) : LUIZ RODRIGUES DE LIMA
Publique-se. RECTE.(S) : VIVIANE DE SOUZA GOMES
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECTE.(S) : ANA MARIA SILVA
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) : MERCES APARECIDA SILVA
Presidente RECTE.(S) : MARIA MERCEDES
RECTE.(S) : IVANIR JOSE DA SILVA CARVALHO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.557 (304) RECTE.(S) : MARIA LUCIA DE FREITAS
ORIGEM : 05139538820134058100 - TURMA RECURSAL DOS RECTE.(S) : ANTONIA ROSELI DO NASCIMENTO SILVA
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS ADV.(A/S) : LINO DE CARVALHO CAVALCANTE (46658/BA, 18841/
PROCED. : CEARÁ DF, 24459/GO, 1924-A/PE, 139804/RJ)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECDO.(A/S) : UNIÃO
RECTE.(S) : UNIÃO PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECDO.(A/S) : IRANI MOREIRA DO NASCIMENTO DECISÃO
PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
INTDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE FORTALEZA processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE repercussão geral na origem.
FORTALEZA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
INTDO.(A/S) : ESTADO DO CEARÁ V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO CEARÁ Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017.
DESPACHO Ministra CÁRMEN LÚCIA
1. Examinados os autos, não há recurso a ser apreciado pelo Presidente

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 28

Supremo Tribunal Federal, pois, contra inadmissão do recurso extraordinário


RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.777 (308) com base na sistemática da repercussão geral, a agravante interpôs agravo
ORIGEM : 00000812920164036317 - TURMA RECURSAL DOS interno na origem, pendente de apreciação.
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS À Secretaria Judiciária para proceder à baixa imediata destes
PROCED. : SÃO PAULO autos.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Publique-se.
RECTE.(S) : JOSE ERIVALDO BRASIL Brasília, 22 de setembro de 2017.
ADV.(A/S) : MURILO GURJAO SILVEIRA AITH (57649/PR, Ministra CÁRMEN LÚCIA
251190/SP) Presidente
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.243 (312)
ORIGEM : 10201802920148260196 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
DECISÃO ESTADUAL
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao PROCED. : SÃO PAULO
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
repercussão geral na origem. RECTE.(S) : ILDA APARECIDA NOGUEIRA SANTOS
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do ADV.(A/S) : SEBASTIAO DANIEL GARCIA (47334/SP)
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : IARA DOS SANTOS CASSANTA - EPP
Publique-se. ADV.(A/S) : NEVITON APARECIDO RAMOS (266974/SP)
Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA DECISÃO
Presidente 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.787 (309) fundamentada de repercussão geral.
ORIGEM : PROC - 00002414220164036321 - TRF3 - TURMA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECURSAL DOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS DE inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
SÃO PAULO Publique-se.
PROCED. : SÃO PAULO Brasília, 22 de setembro de 2017.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECTE.(S) : ALMIR COSTAMILLAN Presidente
ADV.(A/S) : CARLA APARECIDA ALVES DE OLIVEIRA (105190/MG,
367105/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.363 (313)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS ORIGEM : 11657671 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL PROCED. : PARANÁ
REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
DECISÃO RECTE.(S) : JOSE EDUARDO FONTOURA BINI
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao ADV.(A/S) : JOSE EDUARDO FONTOURA BINI (06204/PR)
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECDO.(A/S) : ANTONIO BATISTA RINALDI DA SILVA
repercussão geral na origem. ADV.(A/S) : ARIOVALDO LOPES (07241/PR)
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). DECISÃO
Publique-se. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Brasília, 22 de setembro de 2017. processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
Ministra CÁRMEN LÚCIA repercussão geral na origem.
Presidente 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.807 (310) Publique-se.
ORIGEM : 05015393520164058106 - TURMA RECURSAL DOS Brasília, 22 de setembro de 2017.
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROCED. : CEARÁ Presidente
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.373 (314)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ORIGEM : 10024142082874001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RECDO.(A/S) : QUELITA TORQUATO FERREIRA DE OLIVEIRA ESTADUAL
ADV.(A/S) : MARCOS PEREIRA TORQUATO (18288/CE, 11582/PI) PROCED. : MINAS GERAIS
REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
DECISÃO RECTE.(S) : KLABIN S.A.
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao ADV.(A/S) : ANDRE MAGALHAES CASTRO OLIVEIRA (70236/MG)
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECDO.(A/S) : VIACAO PASSARO VERDE LTDA
repercussão geral na origem. ADV.(A/S) : MARCOS CAMPOS DE PINHO RESENDE (75387/MG)
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do ADV.(A/S) : RENATO MENI ABOOD (124857/MG)
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). INTDO.(A/S) : TRANSEMBA TRANSPORTES RODOVIARIOS LTDA
Publique-se. ADV.(A/S) : ALCEU RODRIGUES CHAVES (29073/PR, 47139/SC)
Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA DECISÃO
Presidente 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.903 (311) repercussão geral na origem.
ORIGEM : 00090865420154036303 - TURMA RECURSAL DOS 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : SÃO PAULO Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : UNIÃO Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO Presidente
RECDO.(A/S) : LEONARDO MINOZZI GUERINO REPRESENTADO
POR BRUNA SEREIA MINOZZI GUERINO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.053 (315)
PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL ORIGEM : 00049103220154036303 - TURMA RECURSAL DOS
INTDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO PROCED. : SÃO PAULO
INTDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE CAMPINAS REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CAMPINAS RECTE.(S) : SUELI APARECIDA MONTEIRO DA SILVA
ADV.(A/S) : VALDETE APARECIDA CAMPOS CHICONATO (103105/
DESPACHO SP)
1. Examinados os autos, não há recurso a ser apreciado pelo RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 29

PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL Presidente

DECISÃO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.147 (319)


1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao ORIGEM : 22295630220158260000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e ESTADUAL
fundamentada de repercussão geral. PROCED. : SÃO PAULO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A
Publique-se. ADV.(A/S) : FLAVIO OLIMPIO DE AZEVEDO (118748/RJ, 34248/SP)
Brasília, 21 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : MILENA PIRAGINE (3939/AC, 11639A/AL, A912/AM,
Ministra CÁRMEN LÚCIA 2399-A/AP, 38857/BA, 28128-A/CE, 40427/DF, 21455/ES,
Presidente 37223/GO, 12240-A/MA, 144673/MG, 17018-A/MS,
17210-A/MT, 19386-A/PA, 18514-A/PB, 01570/PE, 10202/
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.717 (316) PI, 66452/PR, 180116/RJ, 976-A/RN, 5783/RO, 445-
ORIGEM : 00002848620144036114 - TRIBUNAL REGIONAL A/RR, 89811A/RS, 36524/SC, 764A/SE, 178962/SP,
FEDERAL DA 3ª REGIAO 5694-A/TO)
PROCED. : SÃO PAULO RECDO.(A/S) : JOAO ANTONIO DOS SANTOS
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE ADV.(A/S) : JOSE ALBERTO MONTECLARO CESAR (36949/SP)
RECTE.(S) : HILDA JERONIMO DA SILVA ADV.(A/S) : JULIANA DE FATIMA RAMOS MOREIRA MONTEIRO
ADV.(A/S) : MICHELE CRISTINA FELIPE SIQUEIRA (34729/BA, (180518/SP)
102468/MG, 312716/SP)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS DECISÃO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
DECISÃO repercussão geral na origem.
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
repercussão geral na origem. Publique-se.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do Brasília, 22 de setembro de 2017.
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). Ministra CÁRMEN LÚCIA
Publique-se. Presidente
Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.197 (320)
Presidente ORIGEM : AREsp - 201061000138880 - TRIBUNAL REGIONAL
FEDERAL DA 3ª REGIAO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.733 (317) PROCED. : SÃO PAULO
ORIGEM : 03286549120158190001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
ESTADUAL RECTE.(S) : SIMONE ANGELICA PERBONE GOMES
PROCED. : RIO DE JANEIRO ADV.(A/S) : JENIFER KILLINGER CARA (261040/SP)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECDO.(A/S) : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF
RECTE.(S) : ESTADO DO RIO DE JANEIRO ADV.(A/S) : MARIA LUCIA BUGNI CARRERO SOARES E SILVA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO DE (72208/SP)
JANEIRO ADV.(A/S) : ROGERIO ALTOBELLI ANTUNES (172265/SP)
RECDO.(A/S) : VICENTE DA COSTA GOMES E OUTRO(A/S)
ADV.(A/S) : IGOR LEAO DE SOUZA LIMA (A992/AM, 28962-A/CE, DECISÃO
43126/DF, 99109/MG, 01651/PE, 68440/PR, 169514/RJ, 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
332051/SP) processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
ADV.(A/S) : ANDRE CORREA CARVALHO PINELLI (A991/AM, repercussão geral na origem.
33975/BA, 28963/CE, 42640/DF, 19264/ES, 40570/GO, 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
75853/MG, 01643/PE, 68441/PR, 168804/RJ, inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
324522/SP) Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017.
DESPACHO Ministra CÁRMEN LÚCIA
1. Examinados os autos, não há recurso a ser apreciado pelo Presidente
Supremo Tribunal Federal, pois, contra inadmissão do recurso extraordinário
com base na sistemática da repercussão geral, o Agravante interpôs agravo RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.323 (321)
interno na origem. ORIGEM : REsp - 50087974720144047207 - TRIBUNAL REGIONAL
À Secretaria Judiciária para proceder à baixa imediata destes FEDERAL DA 4ª REGIÃO
autos. PROCED. : SANTA CATARINA
Publique-se. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Brasília, 21 de setembro de 2017. RECTE.(S) : UNIÃO
Ministra CÁRMEN LÚCIA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL
Presidente RECDO.(A/S) : RIVE GAUCHE CONSTRUCOES LTDA
ADV.(A/S) : GLEISON MACHADO SCHUTZ (62206/RS)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.983 (318)
ORIGEM : 00047437520178040000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DECISÃO
ESTADO DO AMAZONAS 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
PROCED. : AMAZONAS processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE repercussão geral na origem.
RECTE.(S) : UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS - UEA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO AMAZONAS V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : SANDRO NAHMIAS MELO Publique-se.
ADV.(A/S) : RENATA SARAIVA AFFONSO LOBO DE ALMEIDA (8419/ Brasília, 22 de setembro de 2017.
AM) Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.393 (322)
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da ORIGEM : AREsp - 201624501390 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
repercussão geral na origem. ESTADO DO RIO DE JANEIRO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do PROCED. : RIO DE JANEIRO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RELATOR :MIN. DIAS TOFFOLI
Publique-se. RECTE.(S) : ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Brasília, 22 de setembro de 2017. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO DE
Ministra CÁRMEN LÚCIA JANEIRO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 30

RECDO.(A/S) : MARIA CANDIDA LOBATO ALEXANDRINO RECDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE SÃO PAULO


ADV.(A/S) : MARCELO QUEIROZ (21652/ES, 128559/RJ, RECDO.(A/S) : INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE SÃO
363316/SP) PAULO - IPREM
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO
DESPACHO PAULO
1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a ADV.(A/S) : PAULO EDUARDO RODRIGUES NETO (289892/SP)
atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13
do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal): DESPACHO
“Art. 13. São atribuições do Presidente: (…) até eventual distribuição, 1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a
os agravos de instrumento, recursos extraordinários e petições ineptos ou de atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13
outro modo manifestamente inadmissíveis, inclusive por incompetência, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal):
intempestividade, deserção, prejuízo ou ausência de preliminar formal e “Art. 13. São atribuições do Presidente:
fundamentada de repercussão geral, bem como aqueles cuja matéria seja V – despachar: (...)
destituída de repercussão geral, conforme jurisprudência do Tribunal”. c) até eventual distribuição, os agravos de instrumento, recursos
2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma extraordinários e petições ineptos ou de outro modo manifestamente
regimental. inadmissíveis, inclusive por incompetência, intempestividade, deserção,
Publique-se. prejuízo ou ausência de preliminar formal e fundamentada de repercussão
Brasília, 22 de setembro de 2017. geral, bem como aqueles cuja matéria seja destituída de repercussão geral,
Ministra CÁRMEN LÚCIA conforme jurisprudência do Tribunal”.
Presidente 2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma
regimental.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.607 (323) Publique-se.
ORIGEM : AREsp - 10064704220148260292 - TRIBUNAL DE Brasília, 22 de setembro de 2017.
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROCED. : SÃO PAULO Presidente
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : ARTHUR CLAVIJO SERRÃO REPRESENTADO POR RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.833 (326)
LARA CLAVIJO MOREIRA E JOÃO PAULO DE ORIGEM : ARE - 00003375320128260071 - TRIBUNAL DE
OLIVEIRA SERRÃO JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
ADV.(A/S) : JOSE FRANCISCO VENTURA BATISTA (291552/SP) PROCED. : SÃO PAULO
ADV.(A/S) : MONIQUE FERNANDA DE SIQUEIRA SILVEIRA RELATOR :MIN. ROBERTO BARROSO
(331519/SP) RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : LUIZ ANTÔNIO SAMPAIO RECTE.(S) : SÃO PAULO PREVIDÊNCIA - SPPREV
RECDO.(A/S) : MIRALDA OLIVEIRA SAMPAIO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : ANA CAROLINA DE OLIVEIRA SAMPAIO RECDO.(A/S) : MAURO BRAGA MELLO
RECDO.(A/S) : GABRIELA DE OLIVEIRA SAMPAIO ADV.(A/S) : NATALIA MARQUES ABRAMIDES (281408/SP)
RECDO.(A/S) : JULIANA DE OLIVEIRA SAMPAIO
ADV.(A/S) : RICARDO SOMERA (181332/SP) DESPACHO
ADV.(A/S) : EMERSON JOSE DE SOUZA (243445/SP) 1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a
ADV.(A/S) : FABIO ANTUNES FRANCA DE FREITAS (333006/SP) atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13
do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal):
DECISÃO “Art. 13. São atribuições do Presidente: (…) até eventual distribuição,
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao os agravos de instrumento, recursos extraordinários e petições ineptos ou de
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da outro modo manifestamente inadmissíveis, inclusive por incompetência,
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). intempestividade, deserção, prejuízo ou ausência de preliminar formal e
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do fundamentada de repercussão geral, bem como aqueles cuja matéria seja
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). destituída de repercussão geral, conforme jurisprudência do Tribunal”.
Publique-se. 2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma
Brasília, 21 de setembro de 2017. regimental.
Ministra CÁRMEN LÚCIA Publique-se.
Presidente Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.639 (324) Presidente
ORIGEM : RECURSOS - 05013655120154058109 - TRF5 - CE - 1ª
TURMA RECURSAL - CEARÁ RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.839 (327)
PROCED. : CEARÁ ORIGEM : AREsp - 00321912720098260053 - TRIBUNAL DE
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS PROCED. : SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : JAUMA SANTOS MARTINS RECTE.(S) : LLM RESTAURANTE LTDA - ME
ADV.(A/S) : ROBERTA KAREN DE ANDRADE BEZERRA (27544/CE) ADV.(A/S) : PERISSON LOPES DE ANDRADE (192291/SP)
ADV.(A/S) : THAYANNE NUNES RODRIGUES (27543/CE) RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
DECISÃO
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis DESPACHO
ao processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da 1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a
repercussão geral na origem, de ausência de ofensa direta à Constituição da atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13
República e de incidência da Súmula 279 do Supremo Tribunal Federal. do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal):
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do “Art. 13. São atribuições do Presidente:
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). V – despachar: (...)
Publique-se. c) até eventual distribuição, os agravos de instrumento, recursos
Brasília, 22 de setembro de 2017. extraordinários e petições ineptos ou de outro modo manifestamente
Ministra CÁRMEN LÚCIA inadmissíveis, inclusive por incompetência, intempestividade, deserção,
Presidente prejuízo ou ausência de preliminar formal e fundamentada de repercussão
geral, bem como aqueles cuja matéria seja destituída de repercussão geral,
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.643 (325) conforme jurisprudência do Tribunal”.
ORIGEM : ARE - 00305361520128260053 - TRIBUNAL DE 2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO regimental.
PROCED. : SÃO PAULO Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : JOSE DA SILVA E OUTRO(A/S) Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : MAGADAR ROSALIA COSTA BRIGUET (23925/SP) Presidente
ADV.(A/S) : ALEXANDRE DIAS DE ANDRADE FURTADO
(203853/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.843 (328)

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 31

ORIGEM : AREsp - 00490709320074039999 - TRIBUNAL 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIAO processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 279 do
PROCED. : SÃO PAULO Supremo Tribunal Federal.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECTE.(S) : MAURO LUIZ DE OLIVEIRA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : LUIZ CARLOS GOMES DE SA (108585/SP) Publique-se.
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS Brasília, 22 de setembro de 2017.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DESPACHO
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.939 (332)
presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário ORIGEM : 70069796878 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO
com Agravo n. 821.296, Tema 766): ausência de repercussão geral. DO RIO GRANDE DO SUL
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do RECTE.(S) : ILVO TAGLIARI
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : GELSON LUIZ BELKE (30521/RS)
Publique-se. RECDO.(A/S) : RAFAEL SAUD TAGLIARI REPRESENTADO POR ANA
Brasília, 22 de setembro de 2017. CLARA SAUD
Ministra CÁRMEN LÚCIA ADV.(A/S) : ANA CARLA SAUD (42463/RS)
Presidente
DECISÃO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.849 (329) 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
ORIGEM : ARE - 01228271020078260053 - TRIBUNAL DE processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO repercussão geral na origem.
PROCED. : SÃO PAULO 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RELATOR : MIN. EDSON FACHIN inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO Publique-se.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECDO.(A/S) : JOSE CARLOS PERETI Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : CIBELE CARVALHO BRAGA (98511/MG, 153969/RJ, Presidente
158044/SP)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.963 (333)
DESPACHO ORIGEM : 1569420148100146 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a ESTADUAL
atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13 PROCED. : MARANHÃO
do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal): REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
“Art. 13. São atribuições do Presidente: RECTE.(S) : LAURA DA SILVA FIGUEREDO
V – despachar: (...) RECTE.(S) : JOLCE CRUZ SILVA
c) até eventual distribuição, os agravos de instrumento, recursos RECTE.(S) : LUCIANE DA SILVA BRANDAO
extraordinários e petições ineptos ou de outro modo manifestamente RECTE.(S) : KARLA ADRIANA SOUSA MENDES
inadmissíveis, inclusive por incompetência, intempestividade, deserção, RECTE.(S) : FRANCISCO OSMAR FERNANDES DE MELO
prejuízo ou ausência de preliminar formal e fundamentada de repercussão ADV.(A/S) : DANILO GIUBERTI FILHO (12144/MA)
geral, bem como aqueles cuja matéria seja destituída de repercussão geral, RECDO.(A/S) : MUNICIPIO DE SAO JOSE DOS BASILIOS
conforme jurisprudência do Tribunal”. ADV.(A/S) : RICARDO AUGUSTO DUARTE DOVERA (6656-A/MA,
2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma 54095/RS)
regimental.
Publique-se. DECISÃO
Brasília, 22 de setembro de 2017. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Ministra CÁRMEN LÚCIA processamento deste recurso: o caso é de ausência de esgotamento da via
Presidente recursal ordinária (Súmula 281 do Supremo Tribunal Federal).
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.859 (330) inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ORIGEM : ARE - 00384206620108260053 - TRIBUNAL DE Publique-se.
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Brasília, 21 de setembro de 2017.
PROCED. : SÃO PAULO Ministra CÁRMEN LÚCIA
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Presidente
RECTE.(S) : MARIA GENI DOS SANTOS TOLEDO E OUTRO(A/S)
ADV.(A/S) : CRISTIANE APARECIDA LEANDRO (262599/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.003 (334)
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO ORIGEM : RECURSOS - 05156013520154058100 - TRF5 - CE - 1ª
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO TURMA RECURSAL - CEARÁ
PROCED. : CEARÁ
DECISÃO REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECTE.(S) : UNIÃO
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
fundamentada de repercussão geral. RECDO.(A/S) : JOSE GONZAGA DA ROCHA
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). INTDO.(A/S) : ESTADO DO CEARÁ
Publique-se. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO CEARÁ
Brasília, 22 de setembro de 2017. INTDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE FORTALEZA
Ministra CÁRMEN LÚCIA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE
Presidente FORTALEZA

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.897 (331) DECISÃO


ORIGEM : ARE - 00022551520138260053 - TRIBUNAL DE 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
PROCED. : SÃO PAULO repercussão geral na origem.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
RECTE.(S) : PRISCILA MARIA CAVALIERI V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : FERNANDA LINGE (156870/SP) Publique-se.
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO Brasília, 22 de setembro de 2017.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 32

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.073 (335) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.213 (338)
ORIGEM : 02386209720178217000 - TJRS - 1ª TURMA RECURSAL ORIGEM : AREsp - 00042291820134036114 - TRIBUNAL
DA FAZENDA PÚBLICA REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIAO
PROCED. : RIO GRANDE DO SUL PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MIN. RICARDO LEWANDOWSKI REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : HERVANDIL SEVERO DIAS RECTE.(S) : TERESINHA FERREIRA CAPATINA
ADV.(A/S) : CARLOS AUGUSTO GIOVANELI PEREIRA JUNIOR ADV.(A/S) : MICHELE CRISTINA FELIPE SIQUEIRA (34729/BA,
(60532/RS, 45408/SC) 102468/MG, 312716/SP)
RECDO.(A/S) : ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO GRANDE PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
DO SUL
DECISÃO
DESPACHO 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13 repercussão geral na origem.
do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal): 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
“Art. 13. São atribuições do Presidente: V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
V – despachar: (...) Publique-se.
c) até eventual distribuição, os agravos de instrumento, recursos Brasília, 22 de setembro de 2017.
extraordinários e petições ineptos ou de outro modo manifestamente Ministra CÁRMEN LÚCIA
inadmissíveis, inclusive por incompetência, intempestividade, deserção, Presidente
prejuízo ou ausência de preliminar formal e fundamentada de repercussão
geral, bem como aqueles cuja matéria seja destituída de repercussão geral, RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.417 (339)
conforme jurisprudência do Tribunal”. ORIGEM : AREsp - 00035347520098260053 - TRIBUNAL DE
2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
regimental. PROCED. : SÃO PAULO
Publique-se. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO
Ministra CÁRMEN LÚCIA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
Presidente RECDO.(A/S) : MARIA APARECIDA FEITOSA DA SILVA
ADV.(A/S) : LINDOMAR FRANCISCO DOS SANTOS (250071/SP)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.143 (336)
ORIGEM : 00009432220158160179 - TURMA RECURSAL DE DECISÃO
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
PROCED. : PARANÁ processamento deste recurso: o caso é de incidência das Súmulas 280 e
RELATOR : MIN. MARCO AURÉLIO 282 do Supremo Tribunal Federal.
RECTE.(S) : ELISA ELENA GREBER 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ADV.(A/S) : CHRYSTINA LANGNER (55174/PR) inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : ESTADO DO PARANÁ Publique-se.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO PARANÁ Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECDO.(A/S) : PARANAPREVIDENCIA Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : ANTONIO ROBERTO MONTEIRO DE OLIVEIRA (33341/ Presidente
PR)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.447 (340)
DESPACHO ORIGEM : 00396829720128060001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a ESTADO DO CEARÁ
atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13 PROCED. : CEARÁ
do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal): REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
“Art. 13. São atribuições do Presidente: RECTE.(S) : MUNICÍPIO DE FORTALEZA
V – despachar: (...) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE
c) até eventual distribuição, os agravos de instrumento, recursos FORTALEZA
extraordinários e petições ineptos ou de outro modo manifestamente RECDO.(A/S) : VANUSIA RODRIGUES DA SILVA E OUTRO(A/S)
inadmissíveis, inclusive por incompetência, intempestividade, deserção, ADV.(A/S) : RONI FURTADO BORGO (7828/ES)
prejuízo ou ausência de preliminar formal e fundamentada de repercussão
geral, bem como aqueles cuja matéria seja destituída de repercussão geral, DECISÃO
conforme jurisprudência do Tribunal”. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 280 do
regimental. Supremo Tribunal Federal.
Publique-se. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Brasília, 22 de setembro de 2017. inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Ministra CÁRMEN LÚCIA Publique-se.
Presidente Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.207 (337) Presidente
ORIGEM : PROC - 50002595220164047031 - TRF4 - PR - 1ª
TURMA RECURSAL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.507 (341)
PROCED. : PARANÁ ORIGEM : 01344036320158050001 - TURMA RECURSAL DE
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS
RECTE.(S) : TIAGO FERREIRA DE PAULA PROCED. : BAHIA
ADV.(A/S) : FABIO VIANA BARROS (37164/PR) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECTE.(S) : NILZA DA CRUZ ANDRADE
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ADV.(A/S) : JERFESON ANDRADE NASCIMENTO (44849/BA)
RECDO.(A/S) : BANCO CREDICARD S.A.
DECISÃO ADV.(A/S) : LARISSA SENTO SE ROSSI (16330/BA)
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECDO.(A/S) : MASTERCARD BRASIL SOLUCOES DE PAGAMENTO
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da LTDA.
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). ADV.(A/S) : FLAVIA SANTOS SOUSA (16662/BA)
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). DESPACHO
Publique-se. 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente
Brasília, 21 de setembro de 2017. processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com
Ministra CÁRMEN LÚCIA Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral:
Presidente “PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS
JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 33

NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO, Presidente


REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA
SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.549 (343)
REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA ORIGEM : ARE - 00360418820118260451 - TRIBUNAL DE
EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua PROCED. : SÃO PAULO
competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução RECTE.(S) : MUNICIPIO DE PIRACICABA
na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE
mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo PIRACICABA
quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a RECDO.(A/S) : ELENI OLIVEIRA DE MORAES
questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de RECDO.(A/S) : LUIZA HELENA DOMINGUES FERREIRA
que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código RECDO.(A/S) : MARCELA ERIANA RASERA AMBROSANO
de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por RECDO.(A/S) : MARIA ELISA BOTENE USBERTI
isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas RECDO.(A/S) : MARCIA GONDIM CARNEIRO DA CUNHA E DIAS
perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser PACHECO
admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria ADV.(A/S) : MONICA EMILIA MONTEZANO (113006/SP)
constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da
repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das DECISÃO
circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal) e de incidência da
nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos Súmula 280 do Supremo Tribunal Federal.
da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015). V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal Publique-se.
de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030, Brasília, 22 de setembro de 2017.
inc. I, al. a, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do Ministra CÁRMEN LÚCIA
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). Presidente
Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.623 (344)
Ministra CÁRMEN LÚCIA ORIGEM : 8354029 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
Presidente PROCED. : PARANÁ
REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.517 (342) RECTE.(S) : R B SOLDAS INSPECOES E SERVICOS LTDA - ME
ORIGEM : 00003353720168050230 - TURMA RECURSAL DE ADV.(A/S) : MIRIAN REGINA KNAPIK (29304/PR)
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS RECDO.(A/S) : LUIZ DE CARVALHO
PROCED. : BAHIA ADV.(A/S) : JOSE DA COSTA VALIM NETO (39621/PR)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE INTDO.(A/S) : LUIZA LOPES DOS PASSOS
RECTE.(S) : COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA ADV.(A/S) : MIRIAN REGINA KNAPIK (29304/PR)
BAHIA COELBA
ADV.(A/S) : PAULO ABBEHUSEN JUNIOR (28568/BA) DECISÃO
RECDO.(A/S) : ROBERTO GOMES MACHADO 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
ADV.(A/S) : LUIZ ARMANDO CEDRO VILAS BOAS JUNIOR processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
(9952/BA) repercussão geral na origem.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
DESPACHO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente Publique-se.
processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com Brasília, 22 de setembro de 2017.
Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral: Ministra CÁRMEN LÚCIA
“PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS Presidente
JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA
NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO, RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.729 (345)
REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA ORIGEM : 05022491520174058302 - TURMA RECURSAL DOS
SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA PROCED. : PERNAMBUCO
EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua RECTE.(S) : UNIÃO
competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL
privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução RECDO.(A/S) : HAROLDO BARBOSA DA SILVA
na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas ADV.(A/S) : NEMEZIO DE VASCONCELOS JUNIOR (18185/PE)
mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo
quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a DESPACHO
questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no
que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário
de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por n. 814.204, Tema n. 773): ausência de repercussão geral.
isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030,
admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria inc. I, al. a, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das Publique-se.
circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso Brasília, 22 de setembro de 2017.
examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta Ministra CÁRMEN LÚCIA
dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto Presidente
nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos
da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.843 (346)
o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015). ORIGEM : 00657930920168050001 - TURMA RECURSAL DE
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS
de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030, PROCED. : BAHIA
inc. I, al. a, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECTE.(S) : PROMEDICA - PROTECAO MEDICA A EMPRESAS S.A.
Publique-se. ADV.(A/S) : GUSTAVO DA CRUZ RODRIGUES (28911/BA)
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : MARIA DO CARMO LEITE DE AVILA
Ministra CÁRMEN LÚCIA ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO NERI MALTEZ DE SANT ANNA

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 34

(17654/BA) da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator
o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015).
DESPACHO 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030,
processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com inc. I, al. a, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral: Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
“PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS Publique-se.
JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA Brasília, 22 de setembro de 2017.
NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO, Ministra CÁRMEN LÚCIA
REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA Presidente
SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE
REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.849 (348)
EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados ORIGEM : 00008469720168050080 - TURMA RECURSAL DE
Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS
competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito PROCED. : BAHIA
privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas RECTE.(S) : COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA
mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo BAHIA COELBA
quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a ADV.(A/S) : PAULO ABBEHUSEN JUNIOR (28568/BA)
questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de RECDO.(A/S) : JUDITE DA SILVA SANTANA
que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código ADV.(A/S) : LUIS RENAN BLAYA ZUCOLOTO (31163/BA,
de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por 288334/SP)
isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas
perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser DESPACHO
admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente
constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com
repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral:
circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso “PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS
examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA
dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO,
nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA
da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE
o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015). REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados
de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030, Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua
inc. I, al. a, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução
Publique-se. na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas
Brasília, 22 de setembro de 2017. mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo
Ministra CÁRMEN LÚCIA quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a
Presidente questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de
que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.847 (347) de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por
ORIGEM : 00683307520168050001 - TURMA RECURSAL DE isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser
PROCED. : BAHIA admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da
RECTE.(S) : CLAUDINEI COSTA FRANCA repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das
ADV.(A/S) : ARIALDO ANDRADE OLIVEIRA (25093/BA) circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso
RECDO.(A/S) : BV FINANCEIRA SA CREDITO FINANCIAMENTO E examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta
INVESTIMENTO dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto
ADV.(A/S) : MANUELA SAMPAIO SARMENTO E SILVA (14572A/AL, nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos
18454/BA, 24247-A/CE, 12883-A/MA, 44027/PE, 9499/PI, da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator
732-A/RN, 542A/SE) o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015).
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
DESPACHO de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030,
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente inc. I, al. a, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral: Publique-se.
“PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS Brasília, 22 de setembro de 2017.
JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA Ministra CÁRMEN LÚCIA
NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO, Presidente
REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA
SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.853 (349)
REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA ORIGEM : 00082648620168050080 - TURMA RECURSAL DE
EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS
Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua PROCED. : BAHIA
competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução RECTE.(S) : COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA
na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas BAHIA COELBA
mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo ADV.(A/S) : PAULO ABBEHUSEN JUNIOR (28568/BA)
quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a RECDO.(A/S) : PAULO CESAR AZEVEDO LIMA
questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de ADV.(A/S) : LUIS RENAN BLAYA ZUCOLOTO (31163/BA,
que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código 288334/SP)
de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por
isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas DESPACHO
perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente
admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com
constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral:
repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das “PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS
circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA
examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO,
dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA
nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 35

REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA AG.REG. NA RECLAMAÇÃO 23.506 (351)


EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados ORIGEM : ACP - 20067013002434 - JUIZ FEDERAL DA 4ª REGIÃO
Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua PROCED. : PARANÁ
competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito RELATOR :MINISTRO PRESIDENTE
privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução AGTE.(S) : CONCESSIONÁRIA DE RODOVIAS DO NORTE S/A
na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas ADV.(A/S) : MARCUS VINICIUS VITA FERREIRA (0019214/DF)
mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo
quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a DESPACHO
questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de 1. Reclamação, com requerimento de medida liminar, ajuizada pela
que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código Empresa Concessionária de Rodovias do Norte S/A - Econorte, em 28.3.2016,
de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por contra decisões liminares proferidas pelo Juízo da Primeira Vara Federal de
isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas Jacarezinho/PR e pelo Juízo da 25ª Vara do Juizado Especial Federal Cível
perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser de Ourinhos/SP as quais teriam descumprido a decisão proferida por este
admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria Supremo Tribunal na Suspensão de Liminar n. 274/PR.
constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da 2. Em 16.8.2017, neguei seguimento à presente reclamação (DJe
repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das 23.8.2017).
circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso 3. Em 11.9.2017, a Empresa Concessionária de Rodovias do Norte S/
examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta A - Econorte interpôs agravo regimental.
dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto 4. Manifeste-se o Procurador-Geral da República sobre o agravo
nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos regimental interposto (art. 52, inc. XV, do Regimento Interno do Supremo
da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator Tribunal Federal).
o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015). Publique-se.
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal Brasília, 20 de setembro de 2017.
de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030, Ministra CÁRMEN LÚCIA
inc. I, al. a, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do Presidente
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. AG.REG. NA SUSPENSÃO DE LIMINAR 157 (352)
Brasília, 22 de setembro de 2017. ORIGEM : SL - 378 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA
Ministra CÁRMEN LÚCIA PROCED. : PERNAMBUCO
Presidente RELATOR :MINISTRO PRESIDENTE
AGTE.(S) : USINA ESTRELIANA LTDA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.873 (350) ADV.(A/S) : THIAGO MOURA DE ALBUQUERQUE ALVES (0006119/
ORIGEM : 00016211120148050201 - TURMA RECURSAL DE AL)
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS ADV.(A/S) : MARIA FERNANDA QUINTELLA BRANDAO VILELA
PROCED. : BAHIA (2679B/AL)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE ADV.(A/S) : DANIELLE TENÓRIO TOLEDO CAVALCANTE
RECTE.(S) : JON BERANOAGUIRRE IMAZ (AL006033/)
ADV.(A/S) : JOSE EDUARDO SOUSA DA SILVA (9012/BA, 1905- ADV.(A/S) : TATIANA ARAUJO ALVIM (5741/AL)
A/RJ) ADV.(A/S) : ANA LUISA BÉRARD DE PAIVA (005794/AL)
RECDO.(A/S) : VANDA SANTANA CARVAJAL ADV.(A/S) : JULIANA ENDRISS CARNEIRO CAMPELLO
ADV.(A/S) : GEORGIA DA SILVA DIAS (18777/BA) (12176A/AL, 21749/PE)
ADV.(A/S) : JULIANA ARRUDA DANTAS TENÓRIO (6515/AL)
DESPACHO AGDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente REFORMA AGRÁRIA - INCRA
processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral:
“PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS DECISÃO
JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA AGRAVO REGIMENTAL NA SUSPENSÃO DE LIMINAR. AUSÊNCIA
NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO, DE MANIFESTAÇÃO DA REQUERENTE QUANTO AO INTERESSE
REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA PROCESSUAL. MANIFESTAÇÃO DA AGRAVANTE NO SENTIDO DO
SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE TRÂNSITO EM JULGADO DA DECISÃO PROFERIDA EM SEU FAVOR NA
REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA AÇÃO PRINCIPAL. EXTINÇÃO DA SUSPENSÃO DE LIMINAR E PREJUÍZO
EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados DO AGRAVO REGIMENTAL.
Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua Relatório
competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito 1. Consta nos autos: “O Instituto Nacional de Colonização e Reforma
privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução Agrária -INCRA, com fundamento nos arts. 40 da Lei 8.437/92 e 10 da Lei
na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas 9.494/97, requereu, perante a Presidência do Superior Tribunal de Justiça, a
mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo presente suspensão de execução do acórdão proferido pelo Plenário do
quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a Tribunal Regional Federal da 5ª Região (fls. 82-87), nos autos dos Embargos
questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de Infringentes em Apelação Cível 340220-PE (2004.05.00.014255-0/01), o qual
que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código manteve acórdão da 3ª Turma daquela Corte (fls. 56-72), que declarou
de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por irregulares a posse e os procedimentos do INCRA no imóvel denominado
isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas ‘Engenho São Gregório/Alegre I/Alegre II’, matriculados e registrados em
perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser nome da ora interessada, Usina Estreliana Ltda. (…).
admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria 5. O Presidente do Superior Tribunal de Justiça negou seguimento ao
constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da presente pedido e determinou a remessa dos autos ao Supremo Tribunal
repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das Federal, ao reconhecer que, no caso, a causa de pedir, na ação originária,
circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso ostenta índole constitucional porque envolve a aplicação dos arts. 5°, LIV e
examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta 184 da Constituição da República (fls. 146-147).
dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto 6. A Procuradoria-Geral da República opina pelo deferimento do
nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos pedido (fls. 158-161)”.
da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator 2. Em 14.5.2007, a Ministra Ellen Gracie, então Presidente deste
o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015). Supremo Tribunal, deferiu o “pedido para suspender a execução do acórdão
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal (fls. 82-87), proferido pelo Plenário do Tribunal Regional Federal da 5ª Região,
de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030, nos autos dos Embargos Infringentes em Apelação Cível 340220-PE
inc. I, al. a, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do (2004.05.00.014255-0/01)”, com base nos seguintes fundamentos:
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). “(...) verifico que o Juiz da 7ª Vara Federal/PE, ao sentenciar a ação
Publique-se. de desapropriação, considerou a existência de acórdão proferido pelo
Brasília, 22 de setembro de 2017. Supremo Tribunal Federal, nestes termos:
Ministra CÁRMEN LÚCIA ‘A imissão do INCRA na posse do imóvel ocorreu em 18.02.1997 (fls.
Presidente 240), data a partir da qual adotou a autarquia agrária as providências para o
assentamento dos trabalhadores sem-terra. A ação mandamental interposta
PROCESSOS DE COMPETÊNCIA DA PRESIDÊNCIA perante o STF foi ajuizada em 01.10.1996, tendo o acórdão, que decidiu pela
invalidação do Decreto Presidencial expropriatório, transitado em julgado em

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 36

19.05.1999 (fls. 1163/1165). Verifica-se, portanto, que a decisão da Corte Tribunal Federal), ficando exauridos os efeitos da decisão pela qual a
Suprema tornou-se definitiva dois anos após o início do projeto de então Presidente deste Supremo Tribunal, em 14.5.2007, havia deferido o
assentamento do INCRA’.(…) “pedido para suspender a execução do acórdão (fls. 82-87), proferido
Com efeito, o pedido expropriatório, nos termos da Lei Complementar pelo Plenário do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, nos autos dos
76/93 e especialmente no art. 35 do Decreto-lei 3.365/41, foi resolvido Embargos Infringentes em Apelação Cível 340220-PE
mediante a declaração de desapropriação indireta e consequente pagamento (2004.05.00.014255-0/01)”,
de indenização a título de perdas e danos à proprietária, ora interessada Publique-se.
(dispositivo sentencial, fl. 35), porquanto não seria possível homologar Arquive-se.
judicialmente o decreto expropriatório, tendo em vista o trânsito em julgado do Brasília, 21 de setembro de 2017.
acórdão proferido pelo Supremo Tribunal Federal no MS 22.613/PE. Ministra CÁRMEN LÚCIA
Asseverou, ainda, que o art. 35 do Decreto-lei 3.365/41, dispõe que ‘os bens Presidente
expropriados, uma vez incorporados à Fazenda Pública, não podem ser
objeto de reivindicação, ainda que fundada em nulidade do processo de AG.REG. NA SUSPENSÃO DE LIMINAR 1.002 (353)
desapropriação. Qualquer ação, julgada procedente, resolver-se-á em perdas ORIGEM : PROC - 00133810820158170000 - TRIBUNAL DE
e danos’. Assim, diante do tempo transcorrido e da consolidação do JUSTIÇA ESTADUAL
assentamento rural, havia fato consumado a justificar uma desapropriação PROCED. : PERNAMBUCO
indireta que definiu os valores indenizatórios. RELATOR :MINISTRO PRESIDENTE
Inconformada, a interessada interpôs recurso de apelação (fls. AGTE.(S) : BRUNO COUTINHO MARTINIANO LINS
37-53). Todavia, a 3" Turma do TRF da 5ª Região ao dar provimento ao citado ADV.(A/S) : LUIS GUSTAVO MOTTA SEVERO DA SILVA (00034248/
recurso, foi além do pedido recursal, uma vez que reconhecera a existência DF)
de esbulho por parte do INCRA, o que não foi objeto da apelação. Frise-se, AGDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO
ainda, que o acórdão em tela não determinou expressamente a reintegração PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
da posse para a expropriada (fls. 56-71). PERNAMBUCO
O INCRA, então, opôs embargos infringentes (fls. 73-81), cujos AGDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE GRAVATÁ
limites objetivos devem ser aqueles dos votos proferidos (art. 530 do CPC). O PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE GRAVATÁ
TRF da 5ª Região negou provimento aos referidos embargos (fls. 82-87).
Contudo, o relator desses embargos, após encerrado o julgamento, mas DECISÃO
antes do trânsito em julgado, determinou que o INCRA fizesse cessar em 15 AGRAVO REGIMENTAL NA SUSPENSÃO DE LIMINAR. AUSÊNCIA
(quinze) dias a posse irregular do imóvel (fl. 98), no qual, há mais de dez DE MANIFESTAÇÃO QUANTO AO INTERESSE PROCESSUAL. EXTINÇÃO
anos, efetivou-se o assentamento rural, mediante o dispêndio de verbas DA SUSPENSÃO E DO AGRAVO REGIMENTAL.
públicas,visando ao atendimento do interesse publico da pacificação social. Relatório
Portanto, essas considerações me parecem relevantes, até porque, 1. Tem-se nos autos:
no caso, a apreciação do pedido dê suspensão da execução do acórdão, “Trata-se de pedido de suspensão ajuizado por Bruno Coutinho
conquanto tenha de levar em conta o respeito pela deliberação do Supremo Martiniano Lins com o objetivo de sustar os efeitos de decisão proferida pelo
Tribunal Federal que anulou o decreto expropriatório (MS 22.613/PE), não Tribunal de Justiça do Estado de Pernambuco (Processo
está a desprezar a autoridade desse julgado, uma vez que aqui se pleiteia a 0013381-08.2015.8.17.0000), em que, via medida liminar, foi deferido o
preservação da segurança e da paz públicas, bem como a indenidade da pedido de intervenção do Estado de Pernambuco no Município de Gravatá,
Administração e os interesses dos administrados, sobretudo porque os bem como o afastamento do requerente do cargo de Prefeito.
direitos da proprietária poderão ser salvaguardados mediante indenização, O pedido de intervenção decorreu de representação feita pelo
aliás já arbitrada pela sentença que fora reformada. Também considero Tribunal de Contas do Estado junto ao Ministério Público estadual, na qual
importante o fato de que o acórdão do Supremo Tribunal Federal não foram imputadas as seguintes práticas: (a) fraude em processo de dispensa
determinou a reintegração da posse pela interessada, nem afirmou que a de licitação dos serviços de limpeza pública e irregularidade nas contratações
imissão na posse pelo INCRA, ocorrida antes da anulação do decreto, do Município; (b) superfaturamento dos serviços de coleta de lixo nos anos de
devesse ser desfeita. Entendo, pois, que a mencionada determinação do 2013 e 2014; (c) descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal quanto
relator (fl. 98), além de exorbitante dos limites processuais, não está ao limite de despesa com pessoal; (d) débitos junto aos Regimes Geral e
acobertada pelo aresto do Supremo Tribunal Federal”. Próprio de Previdência Social.
3. Contra essa decisão a interessada Usina Estreliana Ltda. interpôs O requerente afirma que a decisão concessiva da medida
o presente agravo regimental. A Procuradoria-Geral da República opinou pelo acauteladora proferida pelo Tribunal pernambucano implica cassação indireta
não provimento desse recurso. de seu mandato eletivo, além de não se amoldar às hipóteses excepcionais
4. Em 22.8.2017, determinei a intimação do requerente e da do art. 35 da Constituição Federal, haja vista que os fundamentos que
agravante Usina Estreliana Ltda. para manifestarem-se, no prazo de cinco embasaram a decisão não autorizariam a determinação de intervenção no
dias, sobre interesse no prosseguimento do feito, justificando-o e juntando Município.
andamento atualizado da ação principal (Apelação Cível n. Dessa maneira, o ato impugnado viola a ordem pública, na medida
2004.05.00.014255-0/01) e da certidão de trânsito em julgado, se houvesse, em que interfere na ordem administrativa e na autonomia do Município,
sob pena de extinção desta suspensão. estando, por isso, em descompasso com o princípio democrático e com o
5. Em 20.9.2017, a Seção de Processos Diversos deste Supremo princípio da proporcionalidade.
Tribunal certificou que “decorreu o prazo em 12 de setembro de 2017, sem Assevera, também, que, após sete meses de intervenção e gestão do
que o requerente Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - interventor, não houve mudanças no cenário que ensejou o pedido de
INCRA apresentasse manifestação” (Evento 12). intervenção.
6. A agravante Usina Estreliana Ltda. apresentou manifestação pela O Ministério Público estadual e o Estado de Pernambuco prestaram
Petição/STF n. 49.869/2017 e afirmou: informações, pugnando pelo não conhecimento do pedido ou, se conhecido,
“No sobredito despacho, V. Exa. requereu as partes o ‘andamento pelo indeferimento do pleito de contracautela.
atualizado da ação principal (Apelação Cível n. 2004.05.00.014255-0/01) e da A Procuradoria-Geral da República manifestou-se no sentido do não
certidão de trânsito em julgado, se houver, sob pena de extinção desta conhecimento do pedido de suspensão de liminar, em parecer assim
suspensão’, proposta pelo INCRA, e do agravo regimental interposto pela ementado:
empresa. ‘EMENTA: SUSPENSÃO DE LIMINAR. INTERVENÇÃO DE ESTADO
Atendendo ao solicitado, a empresa informa a V. Exa. que a ação de EM MUNICÍPIO. AFASTAMENTO DO PREFEITO. ILEGITIMIDADE ATIVA DO
desapropriação ajuizada pelo INCRA findou por ser julgada improcedente, REQUERENTE. RECURSO EXTRAORDINÁRIO. NÃO CABIMENTO.
pelo c. TRF da 5ª Região (AC nº 340.220/PE, EINFAC nº 340.220/PE e EDcl SÚMULA 637/STF. UTILIZAÇÃO DO INCIDENTE COMO SUCEDÂNEO
nos EINFAC nº 340.220/PE), acórdão este mantido pelo e. Superior Tribunal RECURSAL. NÃO CONHECIMENTO DA CONTRACAUTELA.
de Justiça (Agravo em Recurso Especial nº 522.229/PE e AgRg em AREsp nº 1 – Pedido de contracautela ajuizado em face de decisão que
522.229/PE) e pelo e. Supremo Tribunal Federal, tendo o Recurso autorizou a intervenção do Estado de Pernambuco no Município de Gravatá,
Extraordinário com Agravo – ARE nº 920.583/PE (Rel. Min. CARMEN LÚCIA) determinando, ainda, o afastamento do Chefe da Municipalidade.
do INCRA transitado em julgado, conforme certidão do STF anexa. 2 - Não possui legitimidade ativa para pleitear suspensão de liminar,
Nesse contexto, percebe-se que a empresa se sagrou vencedora na com fundamento na Lei 8.437/1992, agente político que age em nome próprio,
ação principal, com trânsito em julgado, merecendo, portanto, ser extinta a pleiteando a suspensão da decisão que determinou o seu afastamento do
suspensão de liminar, julgando-se consequentemente prejudicado o agravo cargo de Prefeito.
regimental por superveniente perda de seu objeto. Requer, ainda, que as 3 - Conforme disposto na Súmula/STF 637, não cabe recurso
intimações sejam realizadas em nome dos advogados, indicados na extraordinário contra acórdão de Tribunal de Justiça que defere pedido de
procuração anexa”. intervenção estadual em Município. Assim, não havendo como se conhecer
7. Pelo exposto, sem manifestação da requerente e da afirmação da de possível apelo extremo apresentado em face do provimento questionado, a
agravante de trânsito em julgado da decisão proferida na ação principal, consequência é a incognoscibilidade do pedido de suspensão dirigido a essa
determino a extinção desta suspensão de liminar e julgo prejudicado o Suprema Corte.
agravo regimental (inc. XX do art. 21 do Regimento Interno do Supremo 4 - Parecer pelo não conhecimento do pedido de suspensão’.

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 37

É o relatório”. CONTAS DO ESTADO DE PERNAMBUCO - AFTC


Este o teor dos pedidos formulados na inicial da suspensão de ADV.(A/S) : BERNARDO WEINSTEIN NETO (18845/PE)
liminar: AGTE.(S) : BREYZE DE MIRANDA BARZA
“requer seja liminarmente suspenso o Acórdão proferido pela Corte ADV.(A/S) : BERNARDO WEINSTEIN NETO (18845/PE)
Especial do Egrégio Tribunal de Justiça de Pernambuco, nos autos do AGTE.(S) : ANTONIO JULIO BARRETO DA SILVA
Processo de Intervenção do Estado em Município nº ADV.(A/S) : BERNARDO WEINSTEIN NETO (18845/PE)
0013381-08.2015.8.17.0000 (0408355-0), Relator o Desembargador Eurico AGTE.(S) : ESTADO DE PERNAMBUCO
de Barros Correia Filho, sustando a intervenção no Município de Gravatá e PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE
assegurando ao requerente o retorno à administração do ente público e o pelo PERNAMBUCO
desempenho de suas funções constitucionais, e que a medida seja AGTE.(S) : ANTÔNIO CARLOS DE OLIVEIRA CAVALCANTI
confirmada quanto da análise do mérito do pedido de suspensão de liminar” ADV.(A/S) : IVANA CALADO BORBA (12534/PE)
(sic). AGTE.(S) : ASSOCIAÇÃO PERNAMBUCANA DE MEDICINA E
2. Em 15.8.2016, o Ministro Ricardo Lewandowski, então Presidente ODONTOLOGIA LEGAL - APEMOL
deste Supremo Tribunal, não conheceu da presente suspensão de liminar, ADV.(A/S) : SÉRGIO HIGINO DIAS DOS SANTOS FILHO (3234/PE)
com os seguintes fundamentos: AGTE.(S) : ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DO DETRAN
“O pedido de suspensão de liminar não preenche os pressupostos de ADV.(A/S) : SÉRGIO GINO DIAS DOS SANTOS FILHO
conhecimento, tendo em vista o que disposto no § 4º do art. 4º da Lei AGTE.(S) : SINDICATO DOS POLICIAIS CIVIS DO ESTADO DE
8.437/1992, in verbis: PERNAMBUCO - SINPOL
‘Art. 4. Compete ao presidente do tribunal ao qual couber o ADV.(A/S) : SÉRGIO GINO DIAS DOS SANTOS NETO
conhecimento do respectivo recurso, suspender, em despacho fundamentado, AGTE.(S) : ENY UCHÔA CALADO
a execução de liminar nas ações movidas contra o Poder Público ou seus ADV.(A/S) : ONILDO OLAVO FERREIRA (009762/PE, 531 A/RN)
agentes, a requerimento do Ministério Público ou da pessoa jurídica de direito AGDO.(A/S) : RELATOR DO MS Nº 74.095-6 DO TRIBUNAL DE
público interessada, em caso de manifesto interesse público ou de flagrante JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO
ilegitimidade, e para evitar grave lesão à ordem, à saúde, à segurança e à AGDO.(A/S) : RELATOR DO MS Nº 76.294-7 DO TRIBUNAL DE
economia públicas. JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO
(…) § 4º. Se o julgamento do agravo de que trata o § 3º resultar a AGDO.(A/S) : RELATOR DO MS Nº 77.512-4 DO TRIBUNAL DE
manutenção ou o restabelecimento da decisão que se pretende suspender, JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO
caberá novo pedido de suspensão ao Presidente do Tribunal competente para AGDO.(A/S) : RELATOR DO MS Nº 77.536-4 DO TRIBUNAL DE
conhecer de eventual recurso especial ou extraordinário’. JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO
Ora, consoante preceitua a Súmula 637/STF, não cabe recurso AGDO.(A/S) : RELATOR DO MS Nº 77.990-8 DO TRIBUNAL DE
extraordinário contra acórdão de Tribunal de Justiça que defere pedido de JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO
intervenção estadual em Município. AGDO.(A/S) : RELATOR DO MS Nº 81.002-2 DO TRIBUNAL DE
Assim, a consequência é a incognoscibilidade do pedido de JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO
suspensão dirigido a esta Corte (Precedentes: SL 783/RS, Ministro Presidente
Joaquim Barbosa; e SL 1.023/DF, Ministro Presidente Ricardo Lewandowski)”. DECISÃO
3. Publicada essa decisão no DJe de 18.8.2016, o requerente AGRAVOS REGIMENTAIS NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA.
interpôs, em 24.8.2016, tempestivamente, o presente agravo regimental, no AUSÊNCIA DE MANIFESTAÇÃO TEMPESTIVA DA AGRAVANTE QUANTO
qual pede AO INTERESSE PROCESSUAL. AGRAVOS REGIMENTAIS
“a) seja exercido o juízo de retratação previsto no art. 317, § 1º, do PREJUDICADOS.
Regimento Interno do STF, reconhecendo-se a legitimidade ativa e o Relatório
cabimento da medida, bem como deferindo-se o pedido de suspensão de 1. Suspensão de segurança ajuizada por Pernambuco objetivando a
liminar formulado na petição inicial; suspensão dos efeitos das decisões proferidas pelos Relatores dos Mandados
b) sejam os interessados notificados para, querendo, de Segurança ns. 64.137, 68.088, 74.095, 70.078, 77.536, 77.512, 77.990,
contrarrazoarem o presente recurso; 76.294, 81.002, 82.977, 86.419, 88.839, 84.996 e 93.112 do Tribunal de
c) caso não exercido o juízo de retratação, seja o presente recurso Justiça pernambucano.
conhecido e provido para o fim de se reformar a r. decisão agravada, 2. Em 4.8.2004, o Ministro Nelson Jobim “def[eriu] o pedido para
assentando-se a legitimidade ativa do agravante e o cabimento da presente suspender as liminares concedidas nos mandados de segurança
medida, e também para o fim de se deferir o pedido de suspensão de liminar relacionados. Quanto ao MS 70.078, nada a prover”(DJ 10.8.2004).
formulado na petição inicial”. 3. Em 16.8.2004, a Associação dos Servidores do Poder Judiciário do
4. Consta do sítio eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral que o Estado de Pernambuco (doc. 12, fls. 15-22), o Sindicato dos Servidores da
agravante/requerente não se elegeu para o cargo de prefeito de Gravatá/PE Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (doc. 12, fls. 32-37),
nas eleições municipais de 2016, tendo o mandato se exaurido em Sindicato dos Servidores do Tribunal de Conta do Estado de Pernambuco
31.12.2016. (doc. 12, fls. 81-97) e Breize de Miranda Barza e outros (doc. 12, fls. 112-
5. Em 15.8.2017, determinei a intimação do Município de Gravatá/PE 128/130-146) interpuseram agravos regimentais.
para manifestar-se, no prazo máximo de cinco dias, sobre o interesse no 4. A Procuradoria-Geral da República manifestou-se “pelo não-
prosseguimento do feito, justificando-o e juntando andamento atualizado do conhecimento de quatro recursos (por deficiência de representação
Processo n. 0013381-08.2015.8.17.0000 e da certidão de trânsito em julgado, processual e intempestividade), e pelo não provimento da medida restante”
se houver, sob pena de extinção desta suspensão. (doc. 12, fls. 159-162).
6. Em 8.9.2017, a Seção de Processos Diversos deste Supremo 5. A Ministra Ellen Gracie (DJ 6.6.2006) e o Ministro Cezar Peluso
Tribunal certificou que, “até o dia 06/09/2017, não houve qualquer (DJ 7.3.2012) intimaram os agravantes para se manifestarem quanto ao
manifestação em relação ao despacho de 15/08/2017” (Evento 217). interesse nos agravos regimentais interpostos.
7. Pelo exposto, determino a extinção desta suspensão de liminar 6. Em suas contrarrazões, Pernambuco requereu “sejam declarados
(, inc. XX do art. 21 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal) e, por prejudicados os agravos regimentais daqueles agravantes que não se
consequência, julgo prejudicado o presente agravo regimental interposto manifestaram diante do despacho da DD. Presidência, por falta de interesse
pelo requerente. de agir (art. 297, § 30, c/c o art. 21, IX, do RISTF); caso (…) não entenda pela
Publique-se. prejudicialidade, que seja negado provimento aos respectivos agravos,
Arquive-se. mantendo-se incólume a decisão que deferiu a contra-cautela” (doc. 13, fl. 9).
Brasília, 21 de agosto de 2017. 7. Em 25.8.2017, intimei “os agravantes para manifestarem-se, no
Ministra CÁRMEN LÚCIA prazo máximo de cinco dias, sobre interesse no prosseguimento do recurso,
Presidente justificando-o e juntando andamento atualizado da ação principal e da
certidão de trânsito em julgado, se houver, sob pena de prejuízo dos agravos
AG.REG. NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA 2.241 (354) regimentais (fls. 527-539; 544-549; 640-656; 670-685; e 687-702)” (doc. 14).
ORIGEM : SS - 84540 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL 8. Em 19.9.2017, a Secretaria Judiciária deste Supremo Tribunal
PROCED. : PERNAMBUCO certificou que, “em 15/09/2017, decorreu o prazo para os demais agravantes
RELATOR : MINISTRO PRESIDENTE sendo que somente a ASSOCIAÇÃO DOS SEVIDORES DO PODER
AGTE.(S) : ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE PERNAMBUCO - ASPJ se manifestou” (doc.
JUDICIÁRIO DO ESTADO DE PERNAMBUCO - ASPJ 18).
ADV.(A/S) : ELIZABETH DE CARVALHO SIMPLICIO (17009/PE) 9. A Associação dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de
AGTE.(S) : SISALEPE - SINDICATO DOS SERVIDORES DA Pernambuco limitou-se a afirmar que “se manifesta nos autos pedindo a
ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE juntada do andamento do mandado de segurança 93.112.4, bem como o
PERNAMBUCO prosseguimento do feito” (doc. 15). Ao juntar apenas o andamento processual
ADV.(A/S) : FREDERICO BEZERRA VALENÇA (18290/PE) desatualizado de uma das ações (Mandado de Segurança n. 93.112-4), a
ADV.(A/S) : ISA MARIA CORRÊA DE ARAÚJO (13650/PE) agravante não justificou o seu interesse no julgamento do agravo.
AGTE.(S) : ASSOCIAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DO TRIBUNAL DE 10. Pelo exposto, julgo prejudicados os agravos regimentais (inc.

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 38

XX do art. 21 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal c/c o § 3º do 7. Pelo exposto, julgo prejudicado o agravo regimental (inc. XX do
art. 485 do Código de Processo Civil). art. 21 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal c/c o § 3º do art.
Publique-se. 485 do Código de Processo Civil).
Arquive-se. Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017. Arquive-se.
Ministra CÁRMEN LÚCIA Brasília, 25 de setembro de 2017.
Presidente Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
AG.REG. NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA 4.233 (355)
ORIGEM : SS - 4233 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL AG.REG. NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA 4.901 (357)
PROCED. : PERNAMBUCO ORIGEM : MS - 00145163520148190000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RELATOR : MINISTRO PRESIDENTE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
AGTE.(S) : SINDIFISCO-SINDICATO DOS FUNCIONÁRIOS DO PROCED. : RIO DE JANEIRO
GRUPO OCUPACIONAL AUDITORIA DO TESOURO RELATOR :MINISTRO PRESIDENTE
ESTADUAL DE PERNAMBUCO AGTE.(S) : ANGELINA REIS ALESSIO
ADV.(A/S) : ANDRÉ DE SOUZA MELO TEIXEIRA (14755/PE) ADV.(A/S) : CLÁUDIO IMBROINISE BITTENCOURT (105915/RJ)
AGDO.(A/S) : ESTADO DE PERNAMBUCO AGDO.(A/S) : MINISTERIO PUBLICO DO ESTADO DO RIO DE
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE JANEIRO
PERNAMBUCO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO
RIO DE JANEIRO
DECISÃO
AGRAVO REGIMENTAL NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA. DECISÃO
AUSÊNCIA DE MANIFESTAÇÃO TEMPESTIVA DA AGRAVANTE QUANTO AGRAVO REGIMENTAL NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA.
AO INTERESSE PROCESSUAL. AGRAVO PREJUDICADO. AUSÊNCIA DE MANIFESTAÇÃO TEMPESTIVA DA AGRAVANTE QUANTO
Relatório AO INTERESSE PROCESSUAL. AGRAVO PREJUDICADO.
1. Suspensão de segurança ajuizada por Pernambuco objetivando a Relatório
suspensão dos efeitos do acórdão proferido no julgamento da Apelação n. 1. Suspensão de segurança ajuizada pelo Ministério Público do Rio
124.543-3 pelo Tribunal de Justiça pernambucano. Janeiro objetivando a suspensão da “decisão liminar proferida por
2. Em 4.5.2011, o Ministro Cezar Peluso “julgo[u] procedente o desembargador integrante do Tribunal de Justiça daquela unidade da
pedido, para suspender os efeitos do acórdão proferido pelo TJPE nos autos Federação no mandado de segurança 0014516-35.2014.8.19.0000”.
da Apelação Cível nº 124.453-3, até o trânsito em julgado ou ulterior 2. Em 28.4.2014, o Ministro Joaquim Barbosa deferiu “o pedido para
deliberação desta Corte” (DJ 11.5.2011). suspender a decisão impugnada até o trânsito em julgado da decisão de
3. Em 18.5.2011, o interessado interpôs agravo regimental. mérito a ser proferida no mandado de segurança” (doc. 12).
4. Em 4.9.2017, intimei “o agravante para manifestar-se, no prazo 3. Em 6.5.2014, Angelina Reis Alessio interpôs agravo regimental
máximo de cinco dias, sobre interesse no prosseguimento do recurso, (doc. 17).
justificando-o e juntando andamento atualizado da ação principal e da 4. A Procuradoria-Geral da República manifestou-se pelo prejuízo do
certidão de trânsito em julgado, se houver, sob pena de prejuízo do agravo agravo regimental (doc. 29).
regimental.” (doc. 17). 5. Em 4.9.2017, intimei “a agravante para manifestar-se, no prazo
5. Em 22.9.2017, a Secretaria Judiciária deste Supremo Tribunal máximo de cinco dias, sobre interesse no prosseguimento do recurso,
certificou que, “até a presente data, não houve qualquer manifestação em justificando-o e juntando andamento atualizado da ação principal e da
relação ao despacho de [DJ] 12/09/2017” (doc. 18). certidão de trânsito em julgado, se houver, sob pena de prejuízo do agravo
6. Pelo exposto, julgo prejudicado o agravo regimental (inc. XX do regimental” (doc. 30).
art. 21 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal c/c o § 3º do art. 6. Em 21.9.2017, a Secretaria Judiciária deste Supremo Tribunal
485 do Código de Processo Civil). certificou que, “até o dia 19/9/2017, não houve qualquer manifestação em
Publique-se. relação ao despacho de 4.9.2017” (doc. 34).
Arquive-se. 7. Pelo exposto, julgo prejudicado o agravo regimental (inc. XX do
Brasília, 22 de setembro de 2017. art. 21 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal c/c o § 3º do art.
Ministra CÁRMEN LÚCIA 485 do Código de Processo Civil).
Presidente Publique-se.
Arquive-se.
AG.REG. NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA 4.668 (356) Brasília, 25 de setembro de 2017.
ORIGEM : MS - 00124462120128260000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA Ministra CÁRMEN LÚCIA
DO ESTADO DE SÃO PAULO Presidente
PROCED. : SÃO PAULO
RELATOR : MINISTRO PRESIDENTE AG.REG. NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA 4.918 (358)
AGTE.(S) : FLÁVIO CAPOBIANCO E OUTRO(A/S) ORIGEM : SS - 4918 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
ADV.(A/S) : ANTONIO NIRCILIO DE RAMOS (17624/SP) PROCED. : PIAUÍ
AGDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE CANANÉIA RELATOR :MINISTRO PRESIDENTE
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CANANÉIA AGTE.(S) : FRANCISCO PEREIRA NETO
ADV.(A/S) : ANAMARIA SALES DE CASTRO (6247/PI)
DECISÃO AGDO.(A/S) : ESTADO DO PIAUÍ
AGRAVO REGIMENTAL NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO PIAUÍ
AUSÊNCIA DE MANIFESTAÇÃO TEMPESTIVA DA AGRAVANTE QUANTO INTDO.(A/S) : TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PIAUÍ
AO INTERESSE PROCESSUAL. AGRAVO PREJUDICADO. ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
Relatório
1. Suspensão de segurança ajuizada pelo Município de Cananeia/SP DECISÃO
objetivando a suspensão dos efeitos “da segurança concedida nos autos do AGRAVO REGIMENTAL NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA.
Mandado de Segurança nº 0012446-21.2012.8.26.0000”. AUSÊNCIA DE MANIFESTAÇÃO TEMPESTIVA DO AGRAVANTE QUANTO
2. Em 24.9.2012, o Ministro Ayres Britto deferiu “o pedido para AO INTERESSE PROCESSUAL. AGRAVO PREJUDICADO.
suspender os efeitos da segurança concedida nos autos do Mandado de Relatório
Segurança nº 0012446-21.2012.8.26.000, até o trânsito em julgado do 1. Suspensão de segurança ajuizada pelo Piauí objetivando a
processo” (doc. 14). suspensão dos efeitos da decisão proferida “pelo Tribunal de Justiça do
3. Em 11.10.2012, Flávio Capobianco e outros interpuseram agravo Estado do Piauí nos autos do MS 2010.0001.006752-5”.
regimental (doc. 17). 2. Em 9.7.2014, o Ministro Joaquim Barbosa “determino[u] a
4. A Procuradoria-Geral da República manifestou-se pelo suspensão da segurança concedida pelo acórdão prolatado pelo Tribunal de
desprovimento do agravo regimental (doc. 19). Justiça do Estado do Piauí, nos autos do MS 2010.0001.006752-5, até seu
5. Em 31.8.2017, intimei “os agravantes para manifestarem-se, no trânsito em julgado” (doc. 19).
prazo máximo de cinco dias, sobre interesse no prosseguimento do recurso, 3. Em 11.8.2014, Francisco Pereira Neto interpôs agravo regimental
justificando-o e juntando andamento atualizado do Mandado de Segurança n. (doc. 28).
0012446-21.2012.8.26.000 e da certidão de trânsito em julgado, se houver, 4. Em 4.9.2017, intimei “o agravante para manifestar-se, no prazo
sob pena de prejuízo do agravo regimental” (doc. 20). máximo de cinco dias, sobre interesse no prosseguimento do recurso,
6. Em 21.9.2017, a Secretaria Judiciária deste Supremo Tribunal justificando-o e juntando andamento atualizado da ação principal e da
certificou que, “até o dia 19/9/2017, não houve qualquer manifestação em certidão de trânsito em julgado, se houver, sob pena de prejuízo do agravo
relação ao despacho de 31/8/2017” (doc. 21). regimental.” (doc. 35).

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 39

5. Em 21.9.2017, a Secretaria Judiciária deste Supremo Tribunal 12.6.2009).


certificou que, “até o dia 19/9/2017, não houve qualquer manifestação em 3. Em 6.8.2009, o União interpôs agravo regimental.
relação ao despacho de 4/09/2017” (doc. 41). 4. Em 15.9.2009, o Ministro Gilmar Mendes, “com fundamento nas
6. Pelo exposto, julgo prejudicado o agravo regimental (inc. XX do razões lançadas às fls. 422-430, determino a suspensão dos efeitos do
art. 21 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal c/c o § 3º do art. acórdão prolatado, em 3 de dezembro de 2008, pela 5ª Turma do Tribunal
485 do Código de Processo Civil). Regional Federal da 1ª Região, nos autos da Ação Cautelar nº
Publique-se. 2005.31.00.000418-9, no tocante à imediata assunção, pela União, da
Arquive-se. Estrada de Ferro do Amapá – EFA” (DJ 25.9.2009).
Brasília, 25 de setembro de 2017. 5. Em 25.8.2017, intimei “a agravante para manifestar-se, no prazo
Ministra CÁRMEN LÚCIA máximo de cinco dias, sobre interesse no prosseguimento do recurso,
Presidente justificando-o e juntando andamento atualizado da ação principal e da
certidão de trânsito em julgado, se houver, sob pena de prejuízo do agravo
AG.REG. NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA 5.114 (359) regimental” (doc. 19).
ORIGEM : SS - 2802 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA 6. Em 18.9.2017, a agravante informa que, “diante do trânsito em
PROCED. : BAHIA julgado das decisões que reconheceram o direito do ente central à pretensão
RELATOR : MINISTRO PRESIDENTE jurídica perseguida no processo de origem, requer a União a extinção do feito
AGTE.(S) : ESTADO DA BAHIA sem exame de mérito” (doc. 9).
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DA BAHIA 7. Pelo exposto, nada há a prover pela perda superveniente de
AGDO.(A/S) : CARLOS FREITAS ABADE objeto da presente suspensão de segurança e, por óbvio, do agravo
ADV.(A/S) : GILDÁSIO RODRIGUES ALVES (19797/BA) E regimental interposto pela União.
OUTRO(A/S) 8. Determino à Secretaria Judiciária certificar o trânsito em
julgado e proceder à baixa imediata dos autos.
DECISÃO Publique-se.
AGRAVO REGIMENTAL NA SUSPENSÃO DE SEGURANÇA. Brasília, 22 de setembro de 2017.
AUSÊNCIA DE MANIFESTAÇÃO TEMPESTIVA DO AGRAVANTE QUANTO Ministra CÁRMEN LÚCIA
AO INTERESSE PROCESSUAL. AGRAVO PREJUDICADO. Presidente
Relatório
1. Suspensão de segurança ajuizada pela Bahia objetivando a EMB.DECL. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.026.407 (361)
suspensão dos efeitos da decisão proferida “pelo Tribunal de Justiça local, ORIGEM : REsp - 50016548220154047203 - TRIBUNAL REGIONAL
nos autos do MS 0307127-81.2012.8.05.0000, que concedeu a segurança e FEDERAL DA 4ª REGIÃO
garantiu ao impetrante a aposentadoria especial com proventos integrais”. PROCED. : SANTA CATARINA
2. Em 15.3.2016, o Ministro Ricardo Lewandowski negou seguimento RELATOR :MINISTRO PRESIDENTE
à suspensão (doc. 6). EMBTE.(S) : AGROPEL AGROINDUSTRIAL PERAZZOLI LTDA E
3. Em 31.3.2016, Bahia interpôs agravo regimental (doc. 7). OUTRO(A/S)
4. A Procuradoria-Geral da República manifestou-se pelo ADV.(A/S) : SILVIO LUIZ DE COSTA (25221/DF, 1658A/MG,
desprovimento do agravo regimental (doc. 12). 19758/PR, 54189A/RS, 5218/SC, 245959/SP)
5. Em 4.9.2017, intimei “o agravante para manifestar-se, no prazo EMBDO.(A/S) : UNIÃO
máximo de cinco dias, sobre interesse no prosseguimento do recurso, PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL
justificando-o e juntando andamento atualizado do Mandado de Segurança n.
0307127-81.2012.8.05.0000 e da certidão de trânsito em julgado, se houver, DECISÃO
sob pena de prejuízo do agravo regimental” (doc. 14). EMBARGOS DE DECLARAÇÃO NO RECURSO
6. Em 21.9.2017, a Secretaria Judiciária deste Supremo Tribunal EXTRAORDINÁRIO. ERRO MATERIAL: RECONSIDERAÇÃO PARA
certificou que, “até o dia 19/9/2017, não houve qualquer manifestação em REGULAR DISTRIBUIÇÃO.
relação ao despacho de 31/8/2017” (doc. 15). Relatório
7. Pelo exposto, julgo prejudicado o agravo regimental (inc. XX do 1. Em 21.1.2017, julguei prejudicado o recurso extraordinário
art. 21 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal c/c o § 3º do art. interposto por Agropel Agroindustrial Perazzoli Ltda. e outras contra julgado do
485 do Código de Processo Civil). Tribunal Regional Federal da Quarta Região, pois provido o recurso especial
Publique-se. pelo Superior Tribunal de Justiça (doc. 6).
Arquive-se. 2. Publicada essa decisão no DJe de 3.3.2017, Agropel Agroindustrial
Brasília, 25 de setembro de 2017. Perazzoli Ltda. e outras opõem, tempestivamente, em 13.3.2017, embargos
Ministra CÁRMEN LÚCIA de declaração (doc. 7).
Presidente As embargantes sustentam que “a matéria versada no presente
Recurso Extraordinário não guarda nenhuma similitude com a que foi
AG.REG. NA SUSPENSÃO DE TUTELA ANTECIPADA 329 (360) abordada no Recurso Especial. O objeto dos recursos não é o mesmo. Com o
ORIGEM : STA - 64520 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL que, a procedência de um deles não prejudica o outro” (fl. 1, doc. 7).
PROCED. : AMAPÁ Requerem que “se pronunciem sobre essa questão que na ótica das
RELATOR : MINISTRO PRESIDENTE Embargantes configura omissão ou mesmo equívoco de ordem material,
AGTE.(S) : UNIÃO integrando-se a decisão embargada com o provimento dos presentes
ADV.(A/S) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO embargos” (fl. 3, doc. 7).
AGDO.(A/S) : ESTADO DO AMAPÁ 3. Em 13.3.2017, determinou-se a manifestação da embargada sobre
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO AMAPÁ este recurso, nos termos do art. 1.023, § 2º, do Código de Processo Civil (doc.
INTDO.(A/S) : TOCANTINS MINERAÇÃO S/A 9), a qual apresentou contrarrazões (doc. 12).
ADV.(A/S) : ANTONIO JOAQUIM DA COSTA DOURADO (20291/RJ) Examinados os elementos havidos no processo, DECIDO.
INTDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE SERRA DO NAVIO 4. Razão jurídica assiste às embargantes.
ADV.(A/S) : ANTÔNIO ATANAZIO PICANÇO GONZAGA (00267/AP) 5. O recurso especial versou sobre a legitimidade do Fundo Nacional
do Desenvolvimento da Educação – FNDE para figurar como litisconsorte
DECISÃO passivo necessário no mandado de segurança impetrado pelas embargantes
AGRAVO REGIMENTAL NA SUSPENSÃO DE TUTELA (fl. 221, vol. 4). No recurso extraordinário, discute-se se “a contribuição do
ANTECIPADA. PERDA SUPERVENIENTE DO OBJETO. EXTINÇÃO. Salário-Educação criada pela Lei nº 9.424/1996 e incidente sobre a folha de
Relatório salários foi derrogada pela Emenda Constitucional n. 33/2001” (fl. 259, vol. 4).
1. Suspensão de segurança ajuizada pelo Amapá objetivando a Distintas, portanto, as matérias veiculadas no recurso especial e no
suspensão dos efeitos “da decisão proferida pela Desembargadora Federal recurso extraordinário.
Selene Maria de Almeida, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que, 6. Comprovada a existência de erro material de prejudicialidade deste
nos autos da Apelação Cível nº 2005.31.00.000418-9, determinou a imediata recurso, reconsidero a decisão embargada e determino a imediata
execução do acórdão prolatado pela Quinta Turma daquela Corte Regional, distribuição deste recurso extraordinário na forma regimental (art. 317, §
com a consequente expedição, em favor da União, de mandado de imissão 2º, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
na posse de trecho ferroviário situado entre os municípios de Serra do Navio e Publique-se.
Santana, denominado “Estrada de Ferro Amapá – EFA”. Brasília, 19 de setembro de 2017.
2. Em 4.6.2009, o Ministro Gilmar Mendes “defer[iu] o pedido para Ministra CÁRMEN LÚCIA
suspender os efeitos da decisão proferida, em 31 de março de 2009, pela Presidente
Desembargadora Selene Maria de Almeida, nos autos da Apelação Cível nº
2005.31.00.000418-9, em curso perante o Tribunal Regional Federal da 1ª SEGUNDA EXTENSÃO NA SUSPENSÃO DE LIMINAR 1.037 (362)
Região, na parte em determinou "a expedição, em favor da União, de ORIGEM : SL - 1037 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
mandado de imissão na posse da Estrada de Ferro do Amapá - EFA.” (DJ PROCED. : DISTRITO FEDERAL

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 40

RELATOR : MINISTRO PRESIDENTE Argumenta que “a decisão liminar impugnada, além de não ter
REQTE.(S) : FUNDAÇÃO NACIONAL DO INDÍO - FUNAI considerado, em juízo de cognição sumária, a legitimidade do ato ministerial,
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL que possui a seu favor a presunção de legitimidade e legalidade, merece ser
REQDO.(A/S) : JUIZ DA 2ª VARA FEDERAL DE DOURADOS/MS suspensa também porque desconsiderou a situação de vulnerabilidade e de
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS extrema insegurança em que se encontram os indígenas daquela região,
INTDO.(A/S) : UNIÃO vulnerabilidade que será ampliada caso a reintegração seja cumprida” (doc.
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO 147, fl. 14).
INTDO.(A/S) : CARLOS BATISTA FERREIRA Ao final, formula os seguintes pedidos:
INTDO.(A/S) : MARIA SAVEDRA FERREIRA “ liminarmente, a extensão da liminar deferida nestes autos, a fim de
ADV.(A/S) : LUANA RUIZ SILVA (12509/MS) suspender a ordem de reintegração de posse deferida na ação
INTDO.(A/S) : COMUNIDADE INDÍGENA TEY KUÊ 0002974.65.2016.403.6002/MS (2ª Vara Federal de Dourados/MS), até o
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL trânsito em julgado da ação;
b) que ao final seja deferida, em caráter definitivo a suspensão da
DECISÃO ordem de reintegração de posse deferida na ação
PEDIDO DE EXTENSÃO NA SUSPENSÃO DE LIMINAR. 0002974.65.2016.403.6002/MS (2ª Vara Federal de Dourados/MS), até o
REINTEGRAÇÃO DE POSSE. TERRA INDÍGENA DOURADOS trânsito em julgado da ação” (doc. 147, fl. 15).
AMAMBAIPEGUÁ I. ETNIA GUARANI-KAIOWÁ. CARÊNCIA DA AÇÃO. Examinados os elementos havidos no processo, DECIDO.
AUSÊNCIA DE INTERESSE JURÍDICO. PEDIDO DE EXTENSÃO NÃO 5. O presente pedido de extensão da decisão proferida nos autos
CONHECIDO. desta suspensão de liminar não pode ter processamento válido neste
Relatório Supremo Tribunal.
1. Suspensão de liminar ajuizada pela Fundação Nacional do Índio – Este pedido de extensão consubstancia mera reprodução dos fatos e
Funai, em 30.8.2016, objetivando suspender os efeitos de liminar proferida fundamentos expostos pela Fundação Nacional do Índio – Funai em pedido de
pelo juízo da Segunda Vara Federal da Quinta Subseção Judiciária de Mato extensão antes formulado, descuidando a Requerente de relatar todos os
Grosso do Sul – Dourados/MS nos autos da Ação de Reintegração de Posse fatos processuais que repercutiram na causa, limitando-se a promover a
n. 0002396.05.2016.403.6002, ajuizada por Silvana Raquel Cerqueira Amado juntada de vasta documentação.
Buainam e mantido pelo Tribunal Regional Federal da Terceira Região na 6. Compulsando-se os autos eletrônicos, tem-se que o segundo
Suspensão de Liminar n. 5000069-29.2017.4.03.0000. pedido de extensão da decisão proferida nesta medida de contracautela foi
2. Em 16.12.2016, deferi medida liminar para suspender os efeitos da formulado pela requerente, em 6.9.2017, com o objetivo de obter a suspensão
decisão proferida pelo juízo da Segunda Vara Federal de Dourados/MS na da execução de medida liminar deferida pelo juízo da Segunda Vara Federal
Ação de Reintegração de Posse n. 0002396.05.2016.403.6002, mantida pelo de Dourados/MS, em 16.12.2016, na Ação de Reintegração de Posse n.
Tribunal Regional Federal da Terceira Região no Agravo n. 0002974-65.4.03.6002 (doc. 150, fl. 47). Consta ainda que essa decisão foi
0013992-47.2016.4.03.0000/TRF3 e na Suspensão de Liminar n. mantida, em 26.5.2017, pela Desembargadora Presidente do Tribunal
0015216-20.2016.4.03.0000, até a prolação de sentença de mérito a ser Regional Federal da Terceira Região na Suspensão de Liminar ou Tutela
proferida no processo de origem. Antecipada n. 5007319-16.2017.4.03.0000 (doc. 152, fls. 52-59) e também
3. Em 14.2.2017, com fundamento no § 8º do art. 4º da Lei n. pelo Desembargador Relator do Agravo de Instrumento n.
8.437/1992, a Fundação Nacional do Índio – Funai pediu a extensão desta 5000198-34.2017.4.03.0000, simultaneamente interposto pela requerente.
decisão para suspender os efeitos de decisão liminar proferida pelo Juízo da A requerente sequer mencionou em sua inicial a interposição
Segunda Vara Federal de Dourados/MS na Ação de Reintegração de Posse n. simultânea do agravo de instrumento, tampouco dos agravos regimentais
0003036-08.2016.403.6002/MS, ajuizada por Rene Escobar Ferreira, o que foi interpostos contra as decisões pelas quais recusada a suspensão da
por mim deferido (DJe 21.2.2017). execução da reintegração de posse em questão. Isso, aliado ao lapso
4. Em 6.9.2017, Fundação Nacional do Índio – Funai formulou novo temporal entre a ordem de reintegração, sua manutenção em segunda
pedido de extensão, desta vez para suspender decisão liminar proferida pelo instância e o presente pedido de extensão, recomenda apuração sobre o
mesmo juízo nos autos da Ação de Reintegração de Posse n. andamento atualizado da demanda.
0002974.65.2016.403.6002/MS (doc. 147), mantida pelo Desembargador No sítio eletrônico do Tribunal Regional Federal da Terceira Região
Presidente do Tribunal Regional Federal da Terceira Região na Suspensão de consta ter a Desembargadora Presidente determinado a intimação da
Liminar ou Tutela Antecipada n. 5007319-16.2017.4.03.0000. Fundação Nacional do Índio – Funai para pronunciar-se sobre manifestação
Argumenta a Requerente ser o caso idêntico ao dos presentes autos do Ministério Público Federal pela qual se apontava ter o juízo da Segunda
por se referir à Terra Indígena Dourados-Amambaipeguá I, delimitada pela Vara Federal de Dourados/MS suspendido a ordem de reintegração. Em
Funai como de ocupação tradicional Guarani-Kaiowá em 13.5.2016. 3.8.2017, diante da ausência de manifestação da Funai e constatada a
Relata que Carlos Batista Ferreira e Maria Savedra Ferreira ajuizaram suspensão da decisão objeto da medida de contracautela, a suspensão de
a Ação de Reintegração de Posse n. 0002974.65.2016.403.6002/MS liminar foi julgada prejudicada nos termos seguintes:
objetivando sua reintegração no imóvel rural “Sítio Santa Rosa", o qual teria “Cuida-se de agravo regimental interposto pela Fundação Nacional
sido ocupado pelos indígenas da comunidade Tey Kuê. A medida liminar do Índio - FUNAI contra a decisão da Presidência deste Tribunal Regional
requerida naquela ação foi deferida pelo juízo da Segunda Vara Federal de Federal (id 653807) que indeferiu o pedido de suspensão da liminar deferida
Dourados/MS, que fixou prazo de vinte dias e determinou a intimação do pelo juízo da 2ª Vara Federal de Dourados, Mato Grosso do Sul, nos autos da
Delegado Chefe da Polícia Federal em Dourados para promover as medidas reintegração de posse nº 0002974-65.2016.4.03.6002. (...)
necessárias ao cumprimento da ordem. Em parecer de id 802026 o representante do Ministério Público
Noticia que, pelo Ofício n. 146, de 10.1.2017, a autoridade policial Federal opinou pela extinção do feito devido à perda superveniente de objeto,
teria informado haver alto risco de confronto em razão do cumprimento da uma vez que o juiz, por cautela, suspendeu os efeitos da decisão liminar.
ordem de reintegração, o que teria levado o magistrado prolator da decisão a Diante dessa decisão, a parte agravante foi intimada a dizer se
prorrogar, por mais sessenta dias, a execução da reintegração. remanescia interesse jurídico no prosseguimento do feito, deixando
Informa que, ao apreciar o pedido de suspensão formulado no transcorrer in albis o prazo sem se manifestar (Evento nº 291747).
Tribunal Regional Federal da Terceira Região, o Desembargador Presidente É o relatório.
daquele Tribunal, “embora consciente das ‘decisões emanadas pela Eminente Decido.
Presidente do Supremo Tribunal Federal nas Suspensões de Liminares (SL) Em consulta ao sistema de andamento processual de 1ª Instância de
nºs 1078. 1037 e 1097, que tramitam ou tramitaram junto a esta C. Corte Mato Grosso do Sul constatei que o juízo a quo suspendeu o cumprimento da
envolvendo situações similares à sub judice’, afastou-se dessa orientação sob medida liminar anteriormente deferida até a prolação da sentença de mérito
o fundamento de que era a expressão de decisão monocrática e não (consulta de movimentação – sequência nº 78).
vinculante, razão pela qual deveria prevalecer o entendimento colegiado da Considerando que o interesse de agir deve ser apurado a partir do
Corte Regional” (doc. 147, fl. 6). binômio necessidade e utilidade do provimento jurisdicional visado, não há
Enfatiza que, “no dia 14 de junho de 2016, um grupo de não índios como não se reconhecer na espécie que o pedido de suspensão da liminar,
ligados aos produtores rurais locais [teria] inici[ado] uma série de ataques embora fosse de início justificável, tornou-se no momento desnecessário e
violentos à comunidade Toro Paso, utilizando meios de força que inútil.
ultrapassaram todos os limites do desforço imediato permitido pelo direito Assim, em face da reconsideração do juízo e do silêncio da agravante
para proteção da posse” (doc. 147, fl. 10). em relação a eventual interesse no julgamento do agravo, entendo ter havido
Ressalta o emprego de violência desproporcional contra os índios e perda de objeto, não mais remanescendo interesse jurídico no julgamento do
o clima de tensão e hostilidade na região daí decorrentes, o que acabaria por recurso.
desencadear o confronto e a resistência por parte dos indígenas. Ante o exposto, julgo PREJUDICADA a presente suspensão de
Afirma que a posse indígena estaria comprovada pelo Relatório liminar, bem como o agravo regimental, nos termos dos artigos 485, inciso VI
Circunstanciado de Identificação e Delimitação – RCID da Terra Indígena e 932, inciso III, ambos do Código de Processo Civil” (DJe 2.8.2017,
Dourados-Amambaipeguá I, publicado pela Presidência do órgão em www.trf3.jus.br).
13.5.2016, e que “o avanço do processo administrativo de demarcação (por A suspensão da execução da ordem de reintegração pelo juízo da
meio da publicação do RCID e a delimitação da área) [teria] ger[ado] direito Segunda Vara Federal de Dourados/MS foi assim fundamentada:
líquido e certo à ocupação indígena” (doc. 147, fl. 11). “Vistos etc.Vieram os autos conclusos para apreciação do pedido de

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 41

provas formulado pelos requerentes às fls. 181/192 e pelo Ministério Público Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
Federal às fls. 217/218.Decido. De saída, em face das recentes decisões do inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
Supremo Tribunal Federal no sentido de obstar o cumprimento de mandado Intime-se.
de reintegração de posse em feitos de natureza idêntica a dos presentes Brasília, 25 de setembro de 2017.
autos , que também envolvem os limites identificados e delimitados como Ministra CÁRMEN LÚCIA
território de ocupação tradicional da Comunidade Indígena Guarani e Kaiowá Presidente
- Terra Indígena Dourados-Amambaipeguá I, ad cautelam, SUSPENDO o
cumprimento da medida liminar deferida às fls. 100/102, até a prolação de HABEAS CORPUS 148.185 (364)
sentença de mérito nestes autos. Oficie-se aos interessados, inclusive ao ORIGEM : 1116405 - JUIZ DE DIREITO
Egrégio Tribunal Regional Federal da 3ª Região, em vista do agravo de PROCED. : SÃO PAULO
instrumento 5000198-34.2017.403.0000/MS (fls. 215/216).(...) Em face da REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
suspensão ora determinada, reputo prejudicado o pedido de força policial PACTE.(S) : LEANDRO MARTINS DOS SANTOS ALENCAR
para cumprimento da reintegração de posse veiculado pelos requerentes na IMPTE.(S) : LEANDRO MARTINS DOS SANTOS ALENCAR
peça de fls. 181/192” (DJe 13.6.2017, www.trf3.jus.br). COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES
7. A cronologia dos fatos processuais revela que, em 6.9.2017, data CRIMINAIS DA COMARCA DE GUARULHOS
em que formulado o presente pedido de extensão dos efeitos da decisão
proferida nesta medida de contracautela, a decisão pela qual determinada a DECISÃO
reintegração na posse do imóvel rural “Sítio Santa Rosa" já havia sido HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
suspensa há quase noventa dias, em 31.5.2017. AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
Curiosamente, na última página da vasta documentação que DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
acompanha o presente pedido de extensão formulado pela Funai verifica-se CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
cópia da decisão pela qual suspensa a ordem de reintegração que se afirma REMESSA DOS AUTOS.
lesiva à ordem e à segurança públicas (doc. 155, fl. 89). Relatório
Tanto sugere que a requerente, mesmo tendo conhecimento de que a 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
decisão contra a qual se insurgira no Tribunal Regional Federal da Terceira por leandro Martins dos santos Alencar, em benefício próprio, indicando-se
Região já não produzia efeitos há meses, parece ter omitido esse fato com o como autoridade coatora o Juízo da Vara de Execuções Criminais da
propósito de obter deste Supremo Tribunal provimento suspensivo que se Comarca de Guarulhos/SP.
projetasse até o trânsito em julgado da ação subjacente. Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
8. Esse comportamento processual, se adotado de modo voluntário e 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
deliberado, o que se espera não ser o caso dos autos, representaria momento pelo Supremo Tribunal Federal.
indesculpável contrariedade ao princípio da lealdade processual que deve 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
reger a atuação de todos os sujeitos processuais, além de subtrair deste corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
Supremo Tribunal tempo precioso para dedicar-se ao deslinde de autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
controvérsias jurídicas atuais e urgentes, como aquelas a envolver o conflito República).
fundiário entre índios e não-índios. No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
9. Pelo exposto, não conheço do pedido de extensão dos efeitos Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
da decisão proferida na presente suspensão de liminar, por carência de qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
interesse jurídico a embasar a pretensão nele deduzida. A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
Publique-se. competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
Brasília, 14 de setembro de 2017. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Ministra CÁRMEN LÚCIA neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento
Presidente Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas
HABEAS CORPUS 148.184 (363) cabíveis.
ORIGEM : 00070783220068260197 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
ESTADUAL querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
PROCED. : SÃO PAULO informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE pelos serviços de advogado de sua escolha.
PACTE.(S) : A.L. Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
IMPTE.(S) : A.L. inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES Intime-se.
CRIMINAIS DA COMARCA DE SOROCABA Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
DECISÃO Presidente
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM HABEAS CORPUS 148.187 (365)
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS ORIGEM : 148187 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. PROCED. : SÃO PAULO
REMESSA DOS AUTOS. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Relatório PACTE.(S) : REGINALDO DA SILVA
1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado IMPTE.(S) : REGINALDO DA SILVA
por A.L., em benefício próprio, indicando-se como autoridade coatora o Juízo COATOR(A/S)(ES) : PRIMEIRA VARA DAS EXECUÇÕES CRIMINAIS DA
da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Sorocaba/SP. COMARCA DE ARAÇATUBA
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste DECISÃO
momento pelo Supremo Tribunal Federal. HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
República). REMESSA DOS AUTOS.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste Relatório
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no 1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. por Reginaldo da Silva, em benefício próprio, indicando-se como autoridade
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de coatora o Juízo da Vara de Execuções Criminais da Comarca de
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. Araçatuba/SP.
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao momento pelo Supremo Tribunal Federal.
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
cabíveis. corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe República).
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
pelos serviços de advogado de sua escolha. Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 42

qual figure como autoridade coatora juiz de direito. 1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de por Alexandre Pinheiro de Souza, em benefício próprio, indicando-se como
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. autoridade coatora o Juízo da Vara de Execuções Criminais da Comarca de
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus São Paulo/SP.
neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal momento pelo Supremo Tribunal Federal.
de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas cabíveis. 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar República).
pelos serviços de advogado de sua escolha. No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
Intime-se. A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
Brasília, 25 de setembro de 2017. competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
Ministra CÁRMEN LÚCIA 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Presidente neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de
medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do
HABEAS CORPUS 148.189 (366) Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal
ORIGEM : 00004038220158260635 - JUIZ DE DIREITO de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas cabíveis.
PROCED. : SÃO PAULO Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
PACTE.(S) : JOSÉ DANILLO DE OLIVEIRA SILVA informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
IMPTE.(S) : JOSÉ DANILLO DE OLIVEIRA SILVA pelos serviços de advogado de sua escolha.
COATOR(A/S)(ES) : JUÍZA DE DIREITO DA 12ª VARA CRIMINAL DA Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
COMARCA DE SÃO PAULO inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
Intime-se.
DECISÃO Brasília, 25 de setembro de 2017.
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. Ministra CÁRMEN LÚCIA
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM Presidente
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. HABEAS CORPUS 148.192 (368)
REMESSA DOS AUTOS. ORIGEM : 00980722320108260050 - JUIZ DE DIREITO
Relatório PROCED. : SÃO PAULO
1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
por José Danilo de Oliveira Silva, em benefício próprio, indicando-se como PACTE.(S) : ANDERSON RODRIGUES BUENO
autoridade coatora o Juízo da 12ª Vara Criminal da Comarca de São IMPTE.(S) : ANDERSON RODRIGUES BUENO
Paulo/SP. COATOR(A/S)(ES) : TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste DECISÃO
momento pelo Supremo Tribunal Federal. HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
República). REMESSA DOS AUTOS.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste Relatório
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no 1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. por Anderson Rodrigues Bueno, em benefício próprio, indicando-se como
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de autoridade coatora o Tribunal de Justiça de São Paulo/SP.
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de momento pelo Supremo Tribunal Federal.
medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas cabíveis. autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, República).
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
pelos serviços de advogado de sua escolha. qual figure como autoridade coatora Tribunal de Justiça Estadual.
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
Intime-se. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Brasília, 25 de setembro de 2017. neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de
Ministra CÁRMEN LÚCIA medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do
Presidente Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Superior
Tribunal de Justiça, para as providências jurídicas cabíveis.
HABEAS CORPUS 148.190 (367) Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
ORIGEM : 946006 - JUIZ DE DIREITO querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
PROCED. : SÃO PAULO informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE pelos serviços de advogado de sua escolha.
PACTE.(S) : ALEXANDRE PINHEIRO DE SOUZA Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
IMPTE.(S) : ALEXANDRE PINHEIRO DE SOUZA inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral da União.
COATOR(A/S)(ES) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO Intime-se.
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES Brasília, 25 de setembro de 2017.
CRIMINAIS DA COMARCA DE SÃO PAULO Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. HABEAS CORPUS 148.194 (369)
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM ORIGEM : 914857 - JUIZ DE DIREITO
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS PROCED. : SÃO PAULO
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
REMESSA DOS AUTOS. PACTE.(S) : JOSÉ AUGUSTO CORREIA PEREIRA
Relatório IMPTE.(S) : JOSÉ AUGUSTO CORREIA PEREIRA

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 43

COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
CRIMINAIS DA COMARCA DE SOROCABA Intime-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017.
DECISÃO Ministra CÁRMEN LÚCIA
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. Presidente
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS HABEAS CORPUS 148.197 (371)
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. ORIGEM : 148197 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
REMESSA DOS AUTOS. PROCED. : MINAS GERAIS
Relatório REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado PACTE.(S) : WEVERTON MARTINS LEÃO
por José Augusto Correia pereira, em benefício próprio, indicando-se como IMPTE.(S) : WEVERTON MARTINS LEÃO
autoridade coatora o Juízo da Vara de Execuções Criminais da Comarca de COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA CRIMINAL DA COMARCA
Sorocaba/SP. DE UNAI
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste DECISÃO
momento pelo Supremo Tribunal Federal. HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
República). REMESSA DOS AUTOS.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste Relatório
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. por Weverton martins Leão, em benefício próprio, indicando-se como
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de autoridade coatora o Juízo da Vara Criminal da Comarca de Unaí/MG.
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento momento pelo Supremo Tribunal Federal.
Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
cabíveis. autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, República).
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
pelos serviços de advogado de sua escolha. qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
Intime-se. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Brasília, 25 de setembro de 2017. neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de
Ministra CÁRMEN LÚCIA medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do
Presidente Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal
de Justiça de Minas Gerais, para as providências jurídicas cabíveis.
HABEAS CORPUS 148.196 (370) Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
ORIGEM : 401078 - JUIZ DE DIREITO querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
PROCED. : SÃO PAULO informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE pelos serviços de advogado de sua escolha.
PACTE.(S) : EMERSON LUIZ FERNANDES ÂNGELO Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
IMPTE.(S) : EMERSON LUIZ FERNANDES ÂNGELO inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de Minas Gerais.
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES Intime-se.
CRIMINAIS DA COMARCA DE ARAÇATUBA Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
DECISÃO Presidente
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM HABEAS CORPUS 148.198 (372)
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS ORIGEM : 01435335820138190001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. ESTADUAL
REMESSA DOS AUTOS. PROCED. : RIO DE JANEIRO
Relatório REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado PACTE.(S) : FÁBIO DE MORAES DOS SANTOS
por Emerson Luiz Fernandes Ângelo, em benefício próprio, indicando-se como IMPTE.(S) : FÁBIO DE MORAES DOS SANTOS
autoridade coatora o Juízo da Vara de Execuções Criminais da Comarca de
Araçatuba/SP. DECISÃO
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS
momento pelo Supremo Tribunal Federal. CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO.
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas Relatório
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da por Fábio de Moraes dos Santos, em benefício próprio.
República). O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no 2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de deverá conter (...) o nome (...) do coator”).
medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do 3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser
Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora.
de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas cabíveis. Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria,
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski,
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo
pelos serviços de advogado de sua escolha. Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015.
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 44

de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora momento pelo Supremo Tribunal Federal.
Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239). 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
Interno do Supremo Tribunal Federal). República).
Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
pagar pelos serviços de advogado de sua escolha. A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral do Rio de Janeiro. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Publique-se. neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de
Brasília, 25 de setembro de 2017. medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do
Ministra CÁRMEN LÚCIA Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal
Presidente de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas cabíveis.
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
HABEAS CORPUS 148.201 (373) querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
ORIGEM : 148201 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
PROCED. : MINAS GERAIS pelos serviços de advogado de sua escolha.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
PACTE.(S) : GILDO FIGUEIREDO SIMÕES inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
IMPTE.(S) : GILDO FIGUEIREDO SIMÕES Intime-se.
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA CRIMINAL DA COMARCA Brasília, 25 de setembro de 2017.
DE ARCOS Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. HABEAS CORPUS 148.206 (375)
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM ORIGEM : 00096154320178200026 - JUIZ DE DIREITO
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS PROCED. : SÃO PAULO
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
REMESSA DOS AUTOS. PACTE.(S) : THIAGO ANDRÉ FELIX
Relatório IMPTE.(S) : THIAGO ANDRÉ FELIX
1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado
por Gildo Figueiredo Simões, em benefício próprio, indicando-se como DECISÃO
autoridade coatora o Juízo da Vara Criminal da Comarca de Arcos/MG. HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO.
momento pelo Supremo Tribunal Federal. Relatório
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas 1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da por Thiago André Felix, em benefício próprio.
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada.
República). Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste 2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus deverá conter (...) o nome (...) do coator”).
neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de 3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser
medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora.
Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria,
de Justiça de Minas Gerais, para as providências jurídicas cabíveis. decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski,
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015.
pelos serviços de advogado de sua escolha. Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de Minas Gerais. ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código
Intime-se. de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora
Brasília, 25 de setembro de 2017. Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239).
Ministra CÁRMEN LÚCIA 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Presidente neste Supremo Tribunal, prejudicada, por óbvio, a análise do
requerimento de medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do
HABEAS CORPUS 148.205 (374) Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ORIGEM : 148205 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão
PROCED. : SÃO PAULO para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder
PACTE.(S) : SIDNEI PEREIRA JOSIAS pagar pelos serviços de advogado de sua escolha.
IMPTE.(S) : SIDNEI PEREIRA JOSIAS Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA CRIMINAL DA COMARCA inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
DE EMBU DAS ARTES Publique-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017.
DECISÃO Ministra CÁRMEN LÚCIA
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. Presidente
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS HABEAS CORPUS 148.207 (376)
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. ORIGEM : 30359991920138260224 - JUIZ DE DIREITO
REMESSA DOS AUTOS. PROCED. : SÃO PAULO
Relatório REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado PACTE.(S) : IVONETE APARECIDA GALDINO
por Sidnei Preira Josias, em benefício próprio, indicando-se como autoridade IMPTE.(S) : IVONETE APARECIDA GALDINO
coatora o Juízo da Vara Criminal da Comarca de Embu das Artes/SP.

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 45

DECISÃO Intime-se.
HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE Brasília, 25 de setembro de 2017.
INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS Ministra CÁRMEN LÚCIA
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. Presidente
Relatório
1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado HABEAS CORPUS 148.248 (378)
por Washington Ferreira Maciel, em benefício próprio. ORIGEM : 148248 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada. PROCED. : SÃO PAULO
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação PACTE.(S) : LUCIVAN OLIVEIRA DA SILVA
da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código IMPTE.(S) : LUCIVAN OLIVEIRA DA SILVA
de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA DE EXECUÇÕES
quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do CRIMINAIS DA COMARCA DE ARAÇATUBA
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
deverá conter (...) o nome (...) do coator”). DECISÃO
3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora. AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria, DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski, REMESSA DOS AUTOS.
decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo Relatório
Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015. 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem por Lucivan Oliveira da Silva, em benefício próprio, indicando-se como
de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como autoridade coatora o Juízo da 1 ª Vara de Execuções Criminais da Comarca
ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código de Araçatuba/SP.
de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239). 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus momento pelo Supremo Tribunal Federal.
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
Interno do Supremo Tribunal Federal). corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e República).
seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
pagar pelos serviços de advogado de sua escolha. Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
Publique-se. competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
Brasília, 25 de setembro de 2017. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Ministra CÁRMEN LÚCIA neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento
Presidente Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas
HABEAS CORPUS 148.208 (377) cabíveis.
ORIGEM : 872426 - JUIZ DE DIREITO Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
PROCED. : SÃO PAULO querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
PACTE.(S) : ANDERSON DA SILVA pelos serviços de advogado de sua escolha.
IMPTE.(S) : ANDERSON DA SILVA Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
CRIMINAIS DA COMARCA DE CAMPINAS Intime-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017.
DECISÃO Ministra CÁRMEN LÚCIA
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. Presidente
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS HABEAS CORPUS 148.250 (379)
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. ORIGEM : 984792 - JUIZ DE DIREITO
REMESSA DOS AUTOS. PROCED. : SÃO PAULO
Relatório REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado PACTE.(S) : MARCELO BOTELHO DE MELO PEREIRA
por Anderson da Silva, em benefício próprio, indicando-se como autoridade IMPTE.(S) : MARCELO BOTELHO DE MELO PEREIRA
coatora o Juízo da Vara de Execuções Criminais da Comarca de COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA 1ª VARA DE EXECUÇÕES
Campinas/SP. CRIMINAIS DA COMARCA DE ARAÇATUBA
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste DECISÃO
momento pelo Supremo Tribunal Federal. HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
República). REMESSA DOS AUTOS.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste Relatório
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no 1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. por Marcelo Botelho de Melo Pereira, em benefício próprio, indicando-se como
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de autoridade coatora o Juízo da 1ª Vara de 1ª Vara de Execuções Criminais da
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. Comarca de Araçatuba/SP.
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao momento pelo Supremo Tribunal Federal.
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
cabíveis. corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe República).
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
pelos serviços de advogado de sua escolha. Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 46

competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus momento pelo Supremo Tribunal Federal.
neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas cabíveis. República).
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
pelos serviços de advogado de sua escolha. A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Intime-se. neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de
Brasília, 25 de setembro de 2017. medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do
Ministra CÁRMEN LÚCIA Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal
Presidente de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas cabíveis.
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
HABEAS CORPUS 148.252 (380) querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
ORIGEM : 148252 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
PROCED. : SÃO PAULO pelos serviços de advogado de sua escolha.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
PACTE.(S) : CLAUDINEI DA SILVA inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
IMPTE.(S) : CLAUDINEI DA SILVA Intime-se.
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÕES Brasília, 25 de setembro de 2017.
CRIMINAIS DA COMARCA DE MOGI DAS CRUZES Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. HABEAS CORPUS 148.258 (382)
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM ORIGEM : 16215901920058130433 - JUIZ DE DIREITO
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS PROCED. : MINAS GERAIS
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
REMESSA DOS AUTOS. PACTE.(S) : ELÍCIO CORRÊA DE MOURA
Relatório IMPTE.(S) : ELÍCIO CORRÊA DE MOURA
1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
por Claudinei Silva, em benefício próprio, indicando-se como autoridade DECISÃO
coatora o Juízo da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Mogi das HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE
Cruzes/SP. INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO.
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste Relatório
momento pelo Supremo Tribunal Federal. 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas por Elício Corrêa de Moura, em benefício próprio.
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada.
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
República). 2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. deverá conter (...) o nome (...) do coator”).
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus 3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora.
Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria,
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão
cabíveis. monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski,
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015.
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem
pelos serviços de advogado de sua escolha. de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora
Intime-se. Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239).
Brasília, 25 de setembro de 2017. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Ministra CÁRMEN LÚCIA neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento
Presidente Interno do Supremo Tribunal Federal).
Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão
HABEAS CORPUS 148.255 (381) para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e
ORIGEM : 1133503 - JUIZ DE DIREITO seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder
PROCED. : SÃO PAULO pagar pelos serviços de advogado de sua escolha.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
PACTE.(S) : DIEGO PEREIRA SOARES inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de Minas Gerais.
IMPTE.(S) : DIEGO PEREIRA SOARES Publique-se.
COATOR(A/S)(ES) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
DECISÃO Presidente
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM HABEAS CORPUS 148.261 (383)
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS ORIGEM : 458521 - JUIZ DE DIREITO
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. PROCED. : SÃO PAULO
REMESSA DOS AUTOS. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Relatório PACTE.(S) : DAVID ESCALADA
1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado IMPTE.(S) : DAVID ESCALADA
por Diego Soares Pereira, em benefício próprio, indicando-se como autoridade
coatora o Ministério Público do Estado de São Paulo. DECISÃO
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. HABEAS CORPUS. PROCESSUAL PENAL. AUSÊNCIA DE

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 47

INDICAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA. INADMISSIBILIDADE. HABEAS Presidente


CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO.
Relatório HABEAS CORPUS 148.304 (385)
1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado ORIGEM : 862771 - JUIZ DE DIREITO
por David Escalada, em benefício próprio. PROCED. : SÃO PAULO
O Paciente/Impetrante pede a revogação da prisão decretada. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. PACTE.(S) : A.L.
2. Tem-se, na espécie, a inépcia da inicial por ausência de indicação IMPTE.(S) : A.L.
da autoridade coatora, como se prescreve no art. 654, § 1º, al. a, do Código COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA VARA DE EXECUÇÃO CRIMINAL
de Processo Penal (“A petição de habeas corpus conterá (...) o nome (…) de DA COMARCA DE SOROCABA
quem exercer a violência, coação ou ameaça”) e no art. 190, inc. I, do
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal (“A petição de habeas corpus DECISÃO
deverá conter (...) o nome (...) do coator”). HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
3. Assente a jurisprudência deste Supremo Tribunal no sentido de ser AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
inviável o habeas corpus quando ausente a indicação da autoridade coatora. DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
Confiram-se, por exemplo, os Habeas Corpus ns. 143.370, de minha relatoria, CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
decisão monocrática, DJ 17.5.2017; 142.801, de minha relatoria, decisão REMESSA DOS AUTOS.
monocrática, DJ 10.5.2017; 126.306, Relator o Ministro Ricardo Lewandowski, Relatório
decisão monocrática, DJ 3.2.2015; e 126.130, Relator o Ministro Ricardo 1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado
Lewandowski, decisão monocrática, DJ 2.2.2015. por A.L., em benefício próprio, indicando-se como autoridade coatora o Juízo
Segundo lição de Espínola Filho, a “petição de habeas corpus tem da Vara de Execução Criminal da Comarca de Sorocaba/SP.
de, inafastavelmente, declarar a pessoa, de quem emana a coação, tida como Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
ilegal, e que o paciente está sob ameaça séria e iminente de sofrer” (Código 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
de Processo Penal Brasileiro Anotado, Sexta Edição, Volume VII, Editora momento pelo Supremo Tribunal Federal.
Borsoi, Rio de Janeiro, 1965, pág. 239). 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
Interno do Supremo Tribunal Federal). República).
Comuniquem-se ao Paciente/Impetrante os termos desta decisão No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
para, querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
seja-lhe informado o direito de dispor de defensor público, se não puder qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
pagar pelos serviços de advogado de sua escolha. A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Publique-se. neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento
Brasília, 25 de setembro de 2017. Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao
Ministra CÁRMEN LÚCIA Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas
Presidente cabíveis.
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para,
HABEAS CORPUS 148.263 (384) querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe
ORIGEM : 00527077920108190004 - JUIZ DE DIREITO informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar
PROCED. : RIO DE JANEIRO pelos serviços de advogado de sua escolha.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição
PACTE.(S) : ALDIR LOPES PORTELA inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo.
IMPTE.(S) : ALDIR LOPES PORTELA Intime-se.
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA 3ª VARA CRIMINAL DA COMARCA Brasília, 25 de setembro de 2017.
DE SÃO GONÇALO Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. HABEAS CORPUS 148.305 (386)
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM ORIGEM : 00040495320174036181 - JUIZ DE DIREITO
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS PROCED. : SÃO PAULO
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
REMESSA DOS AUTOS. PACTE.(S) : WELINGTON RIBEIRO DA SILVA
Relatório IMPTE.(S) : WELINGTON RIBEIRO DA SILVA
1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado COATOR(A/S)(ES) : JUIZ FEDERAL DA 5° VARA CRIMINAL DA 1°
por Aldir Lopes Portela, em benefício próprio, indicando-se como autoridade SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO
coatora o Juízo da 3ª Vara Criminal da Comarca de São Gonçalo/RJ.
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. DECISÃO
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL.
momento pelo Supremo Tribunal Federal. AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA.
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da REMESSA DOS AUTOS.
República). Relatório
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste 1. Habeas corpus, com requerimento de medida liminar, impetrado
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no por Welington Ribeiro da Silva, em benefício próprio, indicando-se como
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. autoridade coatora o Juízo da 5ª Vara Criminal da 1ª Subseção Judiciária de
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de São Paulo/SP.
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO.
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus 2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste
neste Supremo Tribunal, prejudicado, por óbvio, o requerimento de momento pelo Supremo Tribunal Federal.
medida liminar (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento Interno do 3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas
Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao Tribunal corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da
de Justiça do Rio de Janeiro, para as providências jurídicas cabíveis. autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, República).
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no
pelos serviços de advogado de sua escolha. qual figure como autoridade coatora juiz de direito.
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral do Rio de Janeiro. competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva.
Intime-se. 4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus
Brasília, 25 de setembro de 2017. neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento
Ministra CÁRMEN LÚCIA Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 48

Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas necessárias a implementação da efetiva garantia dos direitos humanos,
cabíveis. presentemente desrespeitados, afastada, assim, toda a direção do
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, CAJE/DF”.
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe 2. Em 22.5.2013, o então Governador do Distrito Federal prestou
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar informações noticiando “as ações já realizadas e em andamento relacionadas
pelos serviços de advogado de sua escolha. a efetivação do Plano de Desocupação do CAJE, hoje denominado de
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição Unidade de internação do Plano Piloto – UPP”.
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. Informou também:
Intime-se. “2. Foi inaugurado no dia 28 de fevereiro de 2013, o Núcleo de
Brasília, 25 de setembro de 2017. Atendimento Integrado-NAI, com a participação do Tribunal de Justiça do DF -
Ministra CÁRMEN LÚCIA TJDFT, do Ministério Público do Distrito Federal e Território e da Defensoria
Presidente Pública do DF, com instalações adequadas para o alojamento de ate 30
(trinta) adolescentes, possibilitando a retirada dos adolescentes em situação
HABEAS CORPUS 148.307 (387) de pernoite da Unidade de interação do Piano Piloto – UIPP. O fluxo de
ORIGEM : 01077144420158260050 - JUIZ DE DIREITO atendimento do NAI foi definido em Protocolo de Cooperação
PROCED. : SÃO PAULO Interinstitucional, assinado por todos os órgãos parceiros, em 18 de fevereiro
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE de 2013;
PACTE.(S) : APARECIDO GREGÓRIO DE BARROS 3. Em setembro de 2012, foi realizada a transferência das
IMPTE.(S) : APARECIDO GREGÓRIO DE BARROS adolescentes do sexo feminino da UIPP para a Unidade de Internação do
COATOR(A/S)(ES) : JUIZ DE DIREITO DA 13° CRIMINAL DO FORO DE Recanto das Emas - UNIRE, possibilitando a redução do efetivo da UIPP em
BARRA FUNDA DA COMARCA DE SÃO PAULO cerca de 20 (vinte) adolescentes;
4. Está em andamento a reforma da Unidade de Internação de São
DECISÃO Sebastião (CESAMI) que permitirá a ampliação de suas vagas em mais 60
HABEAS CORPUS. CONSTITUCIONAL. PROCESSUAL PENAL. (sessenta) adolescentes, com previsão de ser concluída em junho de 2013. A
AUTORIDADE COATORA CUJOS ATOS NÃO SE SUBMETEM partir de junho de 2013, quando será possível efetivar o reajuste do contrato
DIRETAMENTE À COMPETÊNCIA DESTE SUPREMO TRIBUNAL. HABEAS com as Amigonianos, os adolescentes em internação provisória alojados na
CORPUS AO QUAL SE NEGA SEGUIMENTO. COMPETÊNCIA DECLINADA. U1PP serão transferidos para o CESAMI;
REMESSA DOS AUTOS. 5. Está prevista para junho de 2013 a conclusão da reforma das
Relatório edificações em área contígua a Unidade de Internação do Recanto das Emas
1. Habeas corpus, sem requerimento de medida liminar, impetrado - UNIRE, permitindo abrigar 80 (oitenta) adolescentes corn benefícios,
por Aparecido Gregório de Barros, em benefício próprio, indicando-se como diminuindo o efetivo da UIPP;
autoridade coatora o Juízo da 13ª Vara Criminal do Foro da Barra Funda, 6. Ate dezembro de 2015, duas novas unidades, em Ceilândia e
Comarca de São Paulo/SP. Samambaia, destinadas a adolescentes em situação de internação provisória
Examinada a matéria posta à apreciação, DECIDO. serão construídas, atendendo aos parâmetros estabelecidos pelo SINASE,
2. A espécie não comporta ato processual válido a ser adotado neste criando 180 (cento e oitenta) vagas e possibilitando extinguir a unidade
momento pelo Supremo Tribunal Federal. CESAMI localizada em complexo penitenciário;
3. A competência do Supremo Tribunal Federal para julgar habeas 7. Está em andamento o processo de aluguel de 04 casas para
corpus é determinada constitucionalmente em razão do paciente ou da execução da medida socioeducativa de semiliberdade, permitindo a
autoridade indigitada coatora (art. 102, inc. I, al. i, da Constituição da regionalização da medida e a ampliação de vagas. Há ainda a previsão de
República). construção de 02 casas ate novembro de 2014.
No rol constitucionalmente definido não se inclui a atribuição deste 8. As unidades de atendimento em meio aberto estão em processo
Supremo Tribunal para processar e julgar originariamente habeas corpus no de reestruturação física e técnica. As unidades que ja passaram por reformas
qual figure como autoridade coatora juiz de direito. foram: Brazlândia, Gama, Núcleo Bandeirante, Recanto das Emas,
A matéria não admite discussão mínima por se cuidar de norma de Samambaia, São Sebastião. Destaca-se que já foi alugado um novo espaço
competência constitucional expressa, a impossibilitar interpretação extensiva. para a UAMA Sobradinho, a qual está passando por reformas. A UAMA Piano
4. Pelo exposto, nego seguimento ao presente habeas corpus Piloto está mudando de prédio, a qual ocupará um espaço mais amplo e na
neste Supremo Tribunal (art. 13, inc. XIX, c/c art. 21, § 1º, do Regimento área central de Brasília (Touring). As UAMAs Santa Maria e Guará serão as
Interno do Supremo Tribunal Federal), e determino a remessa dos autos ao próximas UAMAs a serem reformadas. Está sendo articulado com a SEDEST
Tribunal de Justiça de São Paulo, para as providências jurídicas a possibilidade de ampliação do espaço físico para a UAMA Planaltina. Em
cabíveis. relação especifica as UAMAs de Ceilândia e de Taguatinga, há um processo
Comuniquem-se ao Paciente os termos desta decisão, para, de aluguel para a UAMA Ceilândia Norte e para a UAMA Ceilândia Sul.
querendo, buscar seus direitos na forma legalmente prevista e seja-lhe Enquanto a situação de aluguel dos prédios está em andamento, a SECriança
informado o direito de dispor de defensor público, se não puder pagar está articulando com a SEDEST a ampliação e melhoria do espaço físico da
pelos serviços de advogado de sua escolha. Ceilândia. Em relação a UAMA Taguatinga, foi realizado acordo com a
Dê-se ciência desta decisão, acompanhada de cópia da petição Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal em que a UAMA
inicial do habeas corpus, ao Defensor Público-Geral de São Paulo. ocupará um espaço cedido por esta Secretaria, ate o Em de maio. As vagas
Intime-se. disponibilizadas para os adolescentes em cumprimento de medida de
Brasília, 25 de setembro de 2017. Prestação de Serviço a Comunidade foram ampliadas, tendo disponíveis mais
Ministra CÁRMEN LÚCIA de 1.700 vagas para o ano de 2013. Em relação a reestruturação técnica, foi
Presidente elaborado, em 2012, de forma participativa, o Projeto Politico Pedagógico do
Meio aberto e está em andamento uma série de grupos do trabalhos e
INTERVENÇÃO FEDERAL 4.822 (388) comissões para construção de fluxos, padronização de instrumentais e
ORIGEM : IF - 36869 - SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL metodologias de atendimento;
PROCED. : DISTRITO FEDERAL 9. Com a abertura das 03 primeiras unidades do internação a terem
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE suas obras concluídas será possível, ate setembro de 2014, garantirmos a
REQTE.(S) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA separação dos adolescentes por sexo, faixa etária, compleição física e
REQDO.(A/S) : DISTRITO FEDERAL gravidade da infração cometida;
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO DISTRITO FEDERAL 10.A Subsecretaria do Sistema Socioeducativo elaborou o Programa
de Atendimento Socioeducativo do DF e está aguardando a aprovação pelo
DESPACHO CDCA-DF, prevista para a Plenária do Conselho de maio de 2013;
INTERVENÇÃO FEDERAL. ALEGADO DESRESPEITO A DIREITOS 11. Para garantir o adequado funcionamento das unidades do
HUMANOS DE MENORES INFRATORES NO CENTRO DE ATENDIMENTO sistema socioeducativo, será realizado, ate dezembro de 2013, concurso
JUVENIL ESPECIALIZADO – CAJE/DF. PEDIDO DE AFASTAMENTO DA público para contratação de servidores de todas as categorias responsáveis
DIREÇÃO DO ÓRGÃO. DECURSO DO TEMPO. INFORMAÇÕES. pelo trabalho socioeducativo;
1. Representação para intervenção federal no Centro de Atendimento 12.Para garantir a apuração de eventuais práticas de homicídio,
Juvenil Especializado do Distrito Federal – Caje, ajuizada pelo Procurador- torturas e maus tratos nas unidades de internação foi criada a Corregedoria
Geral da República em 8.4.2005, com fundamento no art. 34, inc. VII, al. b, da da Secretarial da Criança, publicada no DODF em 02 de julho de 2012, sendo
Constituição da República, ao argumento de ser “incontroverso o desrespeito essa responsável pela abertura de processos de sindicância;
sistemático ao princípio constitucional de defesa dos direitos humanos, 13.Foi realizada capacitação, de outubro de 2013 a janeiro de 2014,
especificamente dos direitos humanos dos adolescente, ainda que infratores”. de 500 servidores por meio do curso de EaD de Formação de Operadores do
Requer “seja julgada procedente esta representação interventiva, SINASE, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência
para que o Exmo. Sr. Presidente da República, através da Secretaria Especial da República. Em abril, teve inicio curso de formação em parceria com o
dos Direitos Humanos, órgão vinculado à Presidência da República indique CEDECA/DF que capacitará 140 servidores. Ainda, foi formalizado convênio
interventor (...) a que faça cessar o quadro presente, adotando medidas com a SDH para contratação de instituição de ensino para realização de

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 49

capacitação de servidores, ate maio de 2014; RECDO.(A/S) : UNIÃO


14. Com base na visita técnica realizada pelo Corregedor e pelo PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
Diretor de Tecnologia e Informática da Secretaria da Criança ao Rio de
Janeiro para conhecer o sistema de monitoramento eletrônico da região, foi DESPACHO
instalado, em fevereiro de 2013, o sistema de monitoramento eletrônico 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no
interno na Unidade de Internação do Piano Piloto - UIPP e está em fase do presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário
implantação na Unidade de Internação de Planaltina e do Recanto das Emas. n. 662.406, Tema n. 664): repercussão geral reconhecida e mérito julgado.
Ate novembro de 2014, está prevista a instalação de sistema de 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
monitoramento eletrônico em todas as unidades de internação e internação de origem para observância dos procedimentos previstos nos incs. I e II
provisória do DF; art. 1.030 do Código de Processo Civil (art. 13, inc. V, al. c, do Regimento
15. De novembro de 2012 a marco do 2013 foram criadas, Interno do Supremo Tribunal Federal).
aproximadamente, mais 600 (seiscentas) vagas em oficinas Publique-se.
profissionalizantes, em parcerias com SENAC, Secretaria de Estado de Brasília, 25 de setembro de 2017.
Trabalho do DF, IFB, CIEE, Casa de Ismael e Defensoria Pública do DF. Até o Ministra CÁRMEN LÚCIA
final de 2013, estão previstas mais 1.800 (mile oitocentas) vagas;” Presidente
3. Pelo decurso do tempo, considerando os termos em que
apresentado o pedido de intervenção federal, as informações acima RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.071.334 (392)
transcritas, as medidas já implementadas, e a notícia, de domínio público, ORIGEM : 08000632020174050000 - TRIBUNAL REGIONAL
sobre a desativação e demolição do antigo Centro de Atendimento Juvenil FEDERAL DA 5ª REGIAO
Especializado do Distrito Federal – CAJE, manifeste-se o requerente sobre PROCED. : PERNAMBUCO
a subsistência de interesse no prosseguimento do presente pedido de REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
intervenção. RECTE.(S) : MARIANA GOMES FANTINI
Publique-se. ADV.(A/S) : RODRIGO DE OLIVEIRA ALMENDRA (21483/PE)
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : UNIÃO
Ministra CÁRMEN LÚCIA PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
Presidente
DESPACHO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.070.393 (389) 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no
ORIGEM : EREsp - 1415390 - SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário
PROCED. : CEARÁ n. 837.311, Tema n. 784): repercussão geral reconhecida e mérito julgado.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
RECTE.(S) : ASSOCIACAO DOS SERVIDORES DO de origem para observância dos procedimentos previstos nos incs. I e II
DEPARTAMENTO NACIONAL DE OBRAS CONTRA AS do art. 1.030 do Código de Processo Civil (art. 13, inc. V, al. c, do
SECAS - ASSECAS Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO LACERDA PINHO (36741/BA, Publique-se.
17501/CE) Brasília, 25 de setembro de 2017.
RECDO.(A/S) : UNIÃO Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO Presidente

DESPACHO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.071.578 (393)


1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no ORIGEM : 10024142057669001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário ESTADUAL
com Agravo n. 796.473, Tema n. 715): ausência de repercussão geral. PROCED. : MINAS GERAIS
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc. RECTE.(S) : GILSON ALVES DE LIMA JUNIOR
I art. 1.030 do Código de Processo Civil (art. 13, inc. V, al. c, do Regimento ADV.(A/S) : LEONARDO JOSE SANTANA (26687/ES, 40189/GO,
Interno do Supremo Tribunal Federal). 104617/MG)
Publique-se. ADV.(A/S) : ANDRE CORREA CARVALHO PINELLI (A991/AM,
Brasília, 25 de setembro de 2017. 33975/BA, 28963/CE, 42640/DF, 19264/ES, 40570/GO,
Ministra CÁRMEN LÚCIA 75853/MG, 01643/PE, 68441/PR, 168804/RJ,
Presidente 324522/SP)
RECDO.(A/S) : ESTADO DE MINAS GERAIS
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.070.750 (390) PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS
ORIGEM : 201700475486 - TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª
REGIAO DECISÃO
PROCED. : CEARÁ RECURSO EXTRAORDINÁRIO. RECURSO ESPECIAL PROVIDO.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE SUBSTITUIÇÃO DO ACÓRDÃO RECORRIDO. RECURSO
RECTE.(S) : LUCY MARIANO ROCHA EXTRAORDINÁRIO PREJUDICADO.
ADV.(A/S) : ALINE DE CARVALHO CAVALCANTE (15142/CE, 26621/ Relatório
DF) 1. Examinados os autos, tem-se óbice jurídico intransponível ao
RECDO.(A/S) : UNIÃO processamento deste recurso: o caso é de provimento do recurso especial
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO pelo Superior Tribunal de Justiça, que atendeu a pretensão do recorrente.
2. Gilson Alves de Lima Junior interpôs, concomitantemente ao
DESPACHO recurso extraordinário, recurso especial com o mesmo objeto e ao qual o
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no Superior Tribunal de Justiça deu provimento nos seguintes termos:
presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário “Constitui objeto do recurso a contratação temporária de excepcional
n. 662.406, Tema n. 664): repercussão geral reconhecida e mérito julgado. interesse público, cujo vínculo possui natureza jurídico-administrativa com a
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal Administração Pública, não ocorrendo a transmutação para relação de
de origem para observância dos procedimentos previstos nos incs. I e II natureza trabalhista quando reconhecida a nulidade do contrato. Essa a
art. 1.030 do Código de Processo Civil (art. 13, inc. V, al. c, do Regimento orientação que vem sendo seguida por esta Corte, com amparo em julgados
Interno do Supremo Tribunal Federal). do Supremo Tribunal Federal, consoante acórdãos assim ementados: (…)
Publique-se. Ainda, na mesma linha: AgRg no REsp 1.485.297/MG, Rel. Min.
Brasília, 25 de setembro de 2017. Humberto Martins, DJe de 09.03.2015; AgRg no REsp 1.356.972/MG, Rel.
Ministra CÁRMEN LÚCIA Min. Arnaldo Esteves Lima, DJe de 02.05.2013; AgRg no AREsp 66.285/MG,
Presidente Rel. Min. Napoleão Nunes Maia Filho, DJe de 05.02.2013.
Ocorre que, após o julgamento do RE 596.478/RR, sob o regime da
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.070.947 (391) repercussão geral, no qual o Supremo Tribunal Federal reconheceu a
ORIGEM : REsp - 08058646620144058100 - TRIBUNAL REGIONAL constitucionalidade do art. 19-A da Lei n. 8.036/90, firmou-se tese segundo a
FEDERAL DA 5ª REGIAO qual: (…)
PROCED. : CEARÁ Aplica-se, pois, a orientação dos mencionados paradigmas,
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE garantindo à Recorrente o direito previsto no art. 19-A da Lei n. 8.036/90.
RECTE.(S) : GIRLEUDA APOLINARIO Isto posto, com fundamento no art. 932, V, do Código de Processo
ADV.(A/S) : ALINE DE CARVALHO CAVALCANTE (15142/CE, 26621/ Civil e art. 34, XVIII, c, do Regimento Interno desta Corte, DOU
DF) PROVIMENTO ao Recurso Especial, para condenar o ESTADO DE MINAS

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 50

GERAIS ao pagamento dos depósitos de FGTS referente ao período Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral:
trabalhado pela Recorrente. “PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS
Custas ex legis. À luz do art. 85, § 11, do Código de Processo Civil, JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA
arbitro os honorários sucumbenciais em 10% do valor da condenação”. NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO,
Examinados os elementos havidos no processo, DECIDO. REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA
3. O presente recurso está prejudicado por perda superveniente do SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE
objeto. REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA
4. O Superior Tribunal de Justiça certificou o trânsito em julgado da EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados
decisão em 28.8.2017 (fl. 445). Operou-se, portanto, a substituição do julgado Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua
nos termos do art. 1.008 do Código de Processo Civil. Assim, por exemplo: competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito
“AGRAVO REGIMENTAL EM AGRAVO DE INSTRUMENTO. privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução
RECURSO EXTRAORDINÁRIO PREJUDICADO EM VIRTUDE DE na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas
PROVIMENTO DO RECURSO ESPECIAL. PERDA DE OBJETO. O Superior mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo
Tribunal de Justiça, em decisão transitada em julgado, deu provimento ao quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a
recurso especial, determinando o retorno dos autos à origem, para que o questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de
tribunal a quo aprecie eventual ocorrência de prescrição da ação, considerado que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código
o prazo de cinco anos do recebimento das restituições. Recurso extraordinário de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por
prejudicado, por perda de seu objeto. Agravo regimental a que se nega isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas
provimento” (AI n. 651.966-AgR, Relator o Ministro Joaquim Barbosa, perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser
Segunda Turma, DJe 17.9.2012). admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria
“AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO. constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da
PROCESSUAL CIVIL. AÇÃO CAUTELAR DE EXIBIÇÃO DE DOCUMENTOS. repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das
PEDIDO DE INTIMAÇÃO ESPECÍFICA. RECURSO ESPECIAL PROVIDO. circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso
RECURSO EXTRAORDINÁRIO PREJUDICADO: PERDA SUPERVENIENTE examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta
DE OBJETO. ART. 512 DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL. dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto
PRECEDENTES. AGRAVO REGIMENTAL AO QUAL SE NEGA nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos
PROVIMENTO. Atendida a pretensão recursal no julgamento do recurso da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator
especial, é de ser reconhecido o prejuízo do recurso com o mesmo objeto” o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015).
(RE n. 662.773-AgR, de minha relatoria, Primeira Turma, DJe 25.4.2012). 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
“AGRAVO REGIMENTAL. RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc.
AGRAVO. PERDA SUPERVENIENTE DE OBJETO. AGRAVO I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
PREJUDICADO. I - A pretensão deduzida no recurso extraordinário perdeu Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
seu objeto, prejudicando, pois, o recurso de agravo nele interposto. II – Publique-se.
Agravo regimental improvido” (ARE n. 639.404-AgR, Relator o Ministro Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ricardo Lewandowski, Segunda Turma, DJe 10.2.2012). Ministra CÁRMEN LÚCIA
Atendida a pretensão do recorrente pelo Superior Tribunal de Justiça, Presidente
prejudicado o recurso extraordinário.
5. Pelo exposto, julgo prejudicado o presente recurso RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.076.519 (396)
extraordinário por perda do objeto (al. c do inc. V do art. 13 do Regimento ORIGEM : 07241156820168070016 - TJDFT - 2ª TURMA
Interno do Supremo Tribunal Federal). RECURSAL
Publique-se. PROCED. : DISTRITO FEDERAL
Brasília, 25 de setembro de 2017. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) : ELIETE DE SOUSA
Presidente ADV.(A/S) : MAX ROBERT MELO (30598/DF)
RECDO.(A/S) : DISTRITO FEDERAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.444 (394) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO DISTRITO FEDERAL
ORIGEM : 00481284020148070018 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS DESPACHO
PROCED. : DISTRITO FEDERAL 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário
RECTE.(S) : LUIS HENRIQUE GUIMARÃES GOMES E JOÃO PAULO n. 592.317, Tema n. 315): repercussão geral reconhecida e mérito julgado.
GUIMARÃES GOMES REPRESENTADOS POR 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
ELISÂNGELA GUIMARÃES DA SILVA de origem para observância dos procedimentos previstos nos incs. I e II
PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
RECDO.(A/S) : DISTRITO FEDERAL Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO DISTRITO FEDERAL Publique-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017.
DESPACHO Ministra CÁRMEN LÚCIA
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no Presidente
presente processo à sistemática da repercussão geral (Agravo de Instrumento
n. 761.908, Tema n. 548): repercussão geral reconhecida. RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.025.802 (397)
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal ORIGEM : PROC - 50178211120144047204 - TRF4 - SC - 1ª
de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030, TURMA RECURSAL
inc. III, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do Regimento PROCED. : SANTA CATARINA
Interno do Supremo Tribunal Federal). REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Publique-se. RECTE.(S) : GRASIELI FIGUEREDO PASSARELA
Brasília, 21 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : ANTONIO MARCIO ZUPPO PEREIRA (22558/SC)
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF
Presidente ADV.(A/S) : SALOME MENEGALI (8064/SC)

RECURSO EXTRAORDINÁRIO 1.075.743 (395) DECISÃO


ORIGEM : 503173185 - TURMA RECURSAL DE JUIZADOS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO. PROCESSUAL
ESPECIAIS ESTADUAIS CIVIL. APLICAÇÃO DA SISTEMÁTICA DA REPERCUSSÃO GERAL NA
PROCED. : GOIÁS ORIGEM. AUSÊNCIA DE PREVISÃO LEGAL DE RECURSO PARA O
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. PRECEDENTES. RECURSO NÃO
RECTE.(S) : ATILA ENGENHARIA LTDA CONHECIDO.
ADV.(A/S) : ARTHUR AUGUSTO COSTA TAVARES (38490/DF, Relatório
18842/GO) 1. Em 20.2.2017, determinei a devolução dos autos ao Tribunal de
RECDO.(A/S) : GILBERTO JOVINO DA SILVA origem por ter este Supremo Tribunal assentado a ausência de repercussão
ADV.(A/S) : ROGERIO LEMOS DA SILVA (21489/GO) geral das questões trazidas no presente recurso (Recurso Extraordinário com
Agravo n. 748.371, Tema 660; e-doc. 47).
DESPACHO 2. Em 28.4.2016, a Juíza federal Daniela Tocchetto Cavalheiro,
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente atendendo ao despacho pelo qual determinada a adequação do caso ao que
processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com decidido em precedente da repercussão geral, negou seguimento ao recurso

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 51

extraordinário (e-doc. 78). REPERCUSSÃO GERAL. DESCABIMENTO DE AGRAVO. 1. Não cabe o


3. Contra essa decisão Grasieli Figueiredo Passarela interpôs agravo agravo previsto no art. 544 do Código de Processo Civil de 1973, nem o
nos autos do recurso extraordinário (e-doc. 80). definido no art. 1.042 do CPC/2015, contra decisão da Justiça de origem que
4. O recurso foi novamente encaminhado para este Supremo Tribunal obsta a subida do recurso extraordinário com base em precedente do
pelo seguinte despacho: Supremo Tribunal Federal formado sob a sistemática da repercussão geral. 2.
“Negado seguimento ao recurso extraordinário, a parte recorrente Agravo interno a que se nega provimento. Não se aplica o art. 85, § 11, do
interpôs agravo com base no art. 1.042 do Código de Processo Civil (Lei nº CPC/2015, tendo em vista que não houve fixação de honorários advocatícios
13.105/2015, alterada pela Lei nº 13.256/2016). Mantenho a decisão nas instâncias de origem” (ARE n. 917.815-AgR, Relator o Ministro Alexandre
agravada. Intime-se a parte contrária para contrarrazões, se ainda não tiver de Moraes, Primeira Turma, DJe 29.6.2017).
sido intimada. Após, remetam-se os autos ao Supremo Tribunal Federal” (e- 7. Pelo exposto, não conheço do presente recurso (art. 13, inc. V,
doc. 86). al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal e art. 932, inc. III, do
Analisada a questão trazida na espécie, DECIDO. Código de Processo Civil).
5. Não há razão jurídica para a devolução dos autos a este Supremo Publique-se.
Tribunal. Brasília, 18 de setembro de 2017.
6. O agravo do art. 1.042 do Código de Processo Civil não é cabível Ministra CÁRMEN LÚCIA
contra decisão pela qual se aplica “entendimento firmado em regime de Presidente
repercussão geral”. Ademais, a jurisprudência pacífica do Supremo Tribunal
Federal firmou-se, há muito, no sentido de que não cabe recurso ou outro RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.067.419 (398)
instrumento processual para esta instância objetivando impugnar a decisão ORIGEM : 01295789020128260100 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
pela qual, na origem, aplica-se a sistemática da repercussão geral. Assim por ESTADUAL
exemplo: PROCED. : SÃO PAULO
“Questão de Ordem. Repercussão Geral. Inadmissibilidade de agravo REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
de instrumento ou reclamação da decisão que aplica entendimento desta RECTE.(S) : RONALDO BENTO
Corte aos processos múltiplos. Competência do Tribunal de origem. ADV.(A/S) : ARLINDO MAIA DE OLIVEIRA (232492/SP)
Conversão do agravo de instrumento em agravo regimental. 1. Não é cabível RECDO.(A/S) : AYMORE CREDITO, FINANCIAMENTO E
agravo de instrumento da decisão do tribunal de origem que, em cumprimento INVESTIMENTO S.A.
do disposto no § 3º do art. 543-B, do CPC, aplica decisão de mérito do STF ADV.(A/S) : ANA CLAUDIA SANCHEZ (212507/RJ, 124493/SP)
em questão de repercussão geral. 2. Ao decretar o prejuízo de recurso ou
exercer o juízo de retratação no processo em que interposto o recurso DECISÃO
extraordinário, o tribunal de origem não está exercendo competência do STF, 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
mas atribuição própria, de forma que a remessa dos autos individualmente ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
STF apenas se justificará, nos termos da lei, na hipótese em que houver fundamentada de repercussão geral.
expressa negativa de retratação. 3. A maior ou menor aplicabilidade aos 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
processos múltiplos do quanto assentado pela Suprema Corte ao julgar o inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
mérito das matérias com repercussão geral dependerá da abrangência da Publique-se.
questão constitucional decidida. 4. Agravo de instrumento que se converte em Brasília, 21 de setembro de 2017.
agravo regimental, a ser decidido pelo tribunal de origem” (AI n. 760.358-QO, Ministra CÁRMEN LÚCIA
Relator o Ministro Gilmar Mendes, Plenário, DJe 12.2.2010). Presidente
“AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM
AGRAVO. PROCESSUAL CIVIL E DIREITO DO CONSUMIDOR. APLICAÇÃO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.067.838 (399)
DA SISTEMÁTICA DA REPERCUSSÃO GERAL NA ORIGEM: AUSÊNCIA DE ORIGEM : AREsp - 00008399220138260576 - TRIBUNAL DE
PREVISÃO LEGAL DE RECURSO PARA O SUPREMO TRIBUNAL JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
FEDERAL. REPARAÇÃO DE DANOS POR COBRANÇA INDEVIDA: PROCED. : SÃO PAULO
SÚMULA 279 DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. MULTA APLICADA NO REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
PERCENTUAL DE 1%, CONFORME ART. 1.021, § 4º, DO CÓDIGO DE RECTE.(S) : SÃO PAULO PREVIDÊNCIA - SPPREV
PROCESSO CIVIL. AGRAVO REGIMENTAL AO QUAL SE NEGA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROVIMENTO” (ARE n. 1.038.308-AgR, de minha relatoria, Plenário, DJe RECDO.(A/S) : MARCELA COSTA AGUIAR
25.8.2017). ADV.(A/S) : MANOEL DA SILVA NEVES FILHO (86686/SP)
“AGRAVO REGIMENTAL NA PETIÇÃO. JUÍZO DE
ADMISSIBILIDADE PELO ÓRGÃO A QUO. DESCABIMENTO DE AGRAVO DECISÃO
NOS PRÓPRIOS AUTOS CONTRA DECISÃO DO TRIBUNAL DE ORIGEM 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
QUE APLICA A SISTEMÁTICA DA REPERCUSSÃO GERAL. ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
PRECEDENTES. AGRAVO REGIMENTAL A QUE SE NEGA PROVIMENTO. decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal) e de incidência da
1. O Agravo nos próprios autos, a Reclamação, a Petição ou qualquer ação Súmula 280 do Supremo Tribunal Federal.
autônoma, contra decisão do Tribunal a quo que aplica a sistemática da 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
repercussão geral, nos termos do art. 543-A e art. 543-B, ambos do V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
CPC/1973, são inadmissíveis, consoante jurisprudência do Supremo Tribunal Publique-se.
Federal (Rcl 13.492-AgR, Rel. Min. Ricardo Lewandowski, DJe 21/10/2013; Brasília, 22 de setembro de 2017.
Rcl 12.652-AgR, Rel. Min. Gilmar Mendes, DJe 20/8/2013; Rcl 9.633-AgR, Ministra CÁRMEN LÚCIA
Rel. Min. Celso de Mello, DJe 7/8/2013; e, ainda, Rcl 14.614-AgR, Rel. Min. Presidente
Dias Toffoli, DJe 6/11/2013; Rcl 12.356-AgR, Rel. Min. Cármen Lúcia, DJe
12/11/2013; AI 760358-QO, Rel. Min. Gilmar Mendes (Presidente), Tribunal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.068.191 (400)
Pleno, DJe 12/02/2010). 2. Da decisão do Superior Tribunal de Justiça que, ORIGEM : AREsp - 0022992442010826005350000 - TRIBUNAL DE
em juízo de admissibilidade, nega seguimento a agravo em recurso JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
extraordinário (CPC, art. 544), remanesce a possibilidade de interposição de PROCED. : SÃO PAULO
agravo regimental, perante a Corte de origem. 3. (a) In casu, o Requerente REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
sustenta que o Agravo nos autos seria cabível, porquanto o STJ teria aplicado RECTE.(S) : FRANCINEIDE VIEIRA RIBEIRO LIMA E OUTRO(A/S)
indevidamente a sistemática da repercussão geral ao caso concreto, ao negar ADV.(A/S) : ELAINE FAGUNDES DE MELO (283348/SP)
processamento ao Recurso Extraordinário. (b) O Agravo nos autos foi RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
interposto em face de decisão do STJ que inadmitiu o RE, firme na PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, segundo a qual “Não havendo,
em rigor, questão constitucional a ser apreciada por esta nossa Corte, falta ao DECISÃO
caso ‘elemento de configuração da própria repercussão geral’”. No julgamento 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
do ARE, consignou, ainda, que “tendo em vista a orientação firmada pela processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar de
Suprema Corte, contra decisão que aplica a sistemática da repercussão geral repercussão geral no recurso extraordinário.
é possível apenas a interposição de agravo regimental. Eventual agravo de 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
instrumento ou reclamação, propostos nesses casos, somente seriam V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
convertidos em agravo regimental se anteriores a 19/11/2009)”. (c) Ex positis, Publique-se.
resulta manifesto o descabimento da presente Petição Autônoma, por veicular Brasília, 22 der setembro de 2017.
pretensão manifestamente contrária à jurisprudência desta Corte. 4. Agravo Ministra CÁRMEN LÚCIA
Regimental a que se nega provimento” (Pet n. 5.602-AgR, Relator o Ministro Presidente
Luiz Fux, Primeira Turma, DJe 14.8.2017).
“AGRAVO INTERNO. DECISÃO DO JUÍZO DE ORIGEM QUE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.068.478 (401)
INADMITE RECURSO EXTRAORDINÁRIO APLICANDO PRECEDENTE DE ORIGEM : AREsp - 22020990320158260000 - TRIBUNAL DE

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 52

JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE BAURU


PROCED. : SÃO PAULO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE DECISÃO
RECTE.(S) : ESPÓLIO DE AURORA DE OLIVEIRA TOLEDO LEME 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
RECTE.(S) : REBECA DE OLIVEIRA TOLEDO LEME ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
RECTE.(S) : RAQUEL DE OLIVEIRA TOLEDO LEME decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal), e incidência das
ADV.(A/S) : JOSELI SILVA GIRON BARBOSA (102409/SP) Súmulas 279, 282 e 356 do Supremo Tribunal Federal.
RECDO.(A/S) : FRANCISCO LUCIVALDO DA SILVA FERREIRA E 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
OUTRO(A/S) V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : PEDRO JOSE TRINDADE (193704/SP) Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017.
DECISÃO Ministra CÁRMEN LÚCIA
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao Presidente
processamento deste recurso: o caso é de recurso extraordinário contra
acórdão proferido em tutela antecipada (Súmula 735 do Supremo Tribunal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.346 (405)
Federal). ORIGEM : ARE - 00417053720078260000 - TRIBUNAL DE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). PROCED. : SÃO PAULO
Publique-se. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECTE.(S) : CELINDA TOMAZ COUTINHO
Ministra CÁRMEN LÚCIA ADV.(A/S) : LUIZ HENRIQUE ALEXANDRE TREBESQUIM
Presidente (121019/SP)
RECDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE DIVINOLÂNDIA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.218 (402) ADV.(A/S) : ROBERTO THOMPSON VAZ GUIMARAES (145747/SP)
ORIGEM : 20460920154013803 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS DECISÃO
PROCED. : MINAS GERAIS 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
RECTE.(S) : UNIÃO fundamentada de repercussão geral.
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECDO.(A/S) : MARIA DE LOURDES CORDEIRO SILVA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS Publique-se.
INTDO.(A/S) : ESTADO DE MINAS GERAIS Brasília, 21 de setembro de 2017.
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS Ministra CÁRMEN LÚCIA
INTDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA Presidente
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE
UBERLÂNDIA RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.451 (406)
ORIGEM : 990102892565 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
DECISÃO PROCED. : SÃO PAULO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECTE.(S) : UNIMED DE TAUBATE COOPERATIVA DE TRABALHO
repercussão geral na origem. MEDICO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. ADV.(A/S) : MARCIO ANTONIO EBRAM VILELA (112922/SP)
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : ROSA MARIA DE SOUZA
Publique-se. ADV.(A/S) : SILVIA MARTINS FERREIRA (263523/SP)
Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA DESPACHO
Presidente 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas neste
processo à sistemática da repercussão geral:
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.220 (403) a) Tema 123, Recurso Extraordinário n. 948.634: repercussão geral
ORIGEM : 86291020154013803 - TURMA RECURSAL DOS reconhecida, e
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS b) Tema 424, Recurso Extraordinário com Agravo n. 639.228:
PROCED. : MINAS GERAIS ausência de repercussão geral.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE 2. Pelo exposto, nos termos do art. 13, inc. V, al. c, do Regimento
RECTE.(S) : UNIÃO Interno do Supremo Tribunal Federal, determino a devolução destes autos
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO ao Tribunal de origem, para:
RECDO.(A/S) : OCTACILIO MENDES DE ANDRADE a) quanto ao Tema 123, observar o procedimento previsto no art.
PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL 1.030, inc. III, do Código de Processo Civil, e
INTDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE UBERLÂNDIA b) quanto ao Tema 424, observar o procedimento previsto no art.
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE 1.030, inc. I, al. a, do Código de Processo Civil.
UBERLÂNDIA Publique-se.
INTDO.(A/S) : ESTADO DE MINAS GERAIS Brasília, 22 de setembro de 2017.
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.475 (407)
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da ORIGEM : ARE - 01798671220078260000 - TRIBUNAL DE
repercussão geral na origem. JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. PROCED. : SÃO PAULO
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Publique-se. RECTE.(S) : VANDA BENEDITA DE PAULA E OUTRO(A/S)
Brasília, 22 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : EDUARDO MANGA JACOB (182167/SP)
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL DE SÃO
Presidente PAULO
RECDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE SÃO PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.288 (404) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO
ORIGEM : ARE - 00181359020138260071 - TRIBUNAL DE PAULO
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROCED. : SÃO PAULO DECISÃO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
RECTE.(S) : JOSE LUIS DA SILVA processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
ADV.(A/S) : JULIO CESAR TEIXEIRA DE CARVALHO (218282/SP) fundamentada de repercussão geral.
ADV.(A/S) : JOSE FRANCISCO MARTINS (147489/SP) 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE BAURU inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 53

Publique-se. 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal


Brasília, 21 de setembro de 2017. de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc.
Ministra CÁRMEN LÚCIA I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (art. 13, inc. V, al. c, do
Presidente Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.485 (408) Brasília, 25 de setembro de 2017.
ORIGEM : PROC - 10023286320148260625 - TRIBUNAL DE Ministra CÁRMEN LÚCIA
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Presidente
PROCED. : SÃO PAULO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.070.542 (412)
RECTE.(S) : ALEX SANDER DE CARVALHO ORIGEM : 00068358820144036306 - TURMA RECURSAL DOS
ADV.(A/S) : CRISTIANE APARECIDA LEANDRO (262599/SP) JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO PROCED. : SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : IZABEL LEONOR DE ALMEIDA
DECISÃO ADV.(A/S) : RICARDO AURELIO DE MORAES SALGADO JUNIOR
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao (138058/SP)
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
fundamentada de repercussão geral. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c, inc.
V, art. 13, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). DECISÃO
Publique-se. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Brasília, 21 de setembro de 2017. processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 279 do
Ministra CÁRMEN LÚCIA Supremo Tribunal Federal.
Presidente 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.592 (409) Publique-se.
ORIGEM : 10026005120158260066 - TURMA RECURSAL DE Brasília, 22 de setembro de 2017.
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROCED. : SÃO PAULO Presidente
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : ESTADO DE SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.070.552 (413)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO ORIGEM : 00065400320134036301 - TURMA RECURSAL DOS
RECDO.(A/S) : RAPHAEL OLIVEIRA SANT ANA JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
ADV.(A/S) : RAPHAEL OLIVEIRA SANT ANA (351297/SP) PROCED. : SÃO PAULO
REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
DECISÃO RECTE.(S) : DINAIR PIVA
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao ADV.(A/S) : GUILHERME DE CARVALHO (52668/DF, 97333/MG,
processamento deste recurso: o caso é de incidência das Súmulas 282 e 356 229461/SP)
do Supremo Tribunal Federal. RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. DESPACHO
Brasília, 22 de setembro de 2017. 1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a
Ministra CÁRMEN LÚCIA atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13
Presidente do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal):
“Art. 13. São atribuições do Presidente: (…) até eventual distribuição,
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.841 (410) os agravos de instrumento, recursos extraordinários e petições ineptos ou de
ORIGEM : AREsp - 00085225220138260457 - TRIBUNAL DE outro modo manifestamente inadmissíveis, inclusive por incompetência,
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO intempestividade, deserção, prejuízo ou ausência de preliminar formal e
PROCED. : SÃO PAULO fundamentada de repercussão geral, bem como aqueles cuja matéria seja
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE destituída de repercussão geral, conforme jurisprudência do Tribunal”.
RECTE.(S) : PION & PION LTDA - EPP 2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma
RECTE.(S) : ADRIANO CESAR PION regimental.
ADV.(A/S) : ROBERTO PINTO DE CAMPOS (90252/SP) Publique-se.
RECDO.(A/S) : MONICA SILVANA DE CARVALHO PION E OUTRO(A/S) Brasília, 22 de setembro de 2017.
ADV.(A/S) : GERALDO SOARES DE OLIVEIRA JUNIOR (197086/SP) Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.070.852 (414)
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e ORIGEM : 02550322620118260000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
fundamentada de repercussão geral. ESTADUAL
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do PROCED. : SÃO PAULO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Publique-se. RECTE.(S) : MONACE ENGENHARIA E ELETRICIDADE LTDA
Brasília, 21 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : GILBERTO SAAD (11285/A/MT, 24956/SP)
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE SÃO PAULO
Presidente PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO
PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.069.940 (411)
ORIGEM : ARE - 00186836820118260562 - TRIBUNAL DE DECISÃO
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
PROCED. : SÃO PAULO processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal).
RECTE.(S) : MUNICIPIO DE SANTOS 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SANTOS inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : HUGO OLIVEIRA DE SOUZA Publique-se.
ADV.(A/S) : JOSEPH ROBERT TERRELL ALVES DA SILVA (212269/ Brasília, 21 de setembro de 2017.
SP) Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DESPACHO
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.096 (415)
presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário ORIGEM : 200538000236551 - TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL
n. 728.428, Tema n. 654): ausência de repercussão geral. DA 1ª REGIAO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 54

PROCED. : MINAS GERAIS 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao


REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
RECTE.(S) : NELSON ANTONIO DE CARVALHO decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal).
ADV.(A/S) : RONALDO ERMELINDO FERREIRA (70727/MG) 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL Publique-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017.
DECISÃO Ministra CÁRMEN LÚCIA
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis Presidente
ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
fundamentada de repercussão geral e de ausência de impugnação da decisão RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.240 (419)
agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). ORIGEM : 00486326420114036301 - TURMA RECURSAL DOS
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). PROCED. : SÃO PAULO
Publique-se. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECTE.(S) : JOSE ALEXANDRE FILHO
Ministra CÁRMEN LÚCIA ADV.(A/S) : FABIULA CHERICONI (189561/SP)
Presidente RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.206 (416)
ORIGEM : 00042180220128260568 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DECISÃO
ESTADUAL 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
PROCED. : SÃO PAULO processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal).
RECTE.(S) : MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
DA BOA VISTA Publique-se.
RECDO.(A/S) : MARIA DE LOURDES SOARES Brasília, 25 de setembro de 2017.
ADV.(A/S) : OTACILIO DE ASSIS PEREIRA ADAO (198558/SP) Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DESPACHO
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas neste RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.292 (420)
processo à sistemática da repercussão geral: ORIGEM : 00036962120114036311 - TURMA RECURSAL DOS
a) Tema 6, Recurso Extraordinário n. 566.471: repercussão geral JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
reconhecida, e PROCED. : SÃO PAULO
b) Tema 793, Recurso Extraordinário n. 855.178: repercussão geral REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
reconhecida e mérito julgado. RECTE.(S) : FRANCISCO ALVES CORREIA
2. Pelo exposto, nos termos da al. c do inc. V do art. 13 do Regimento ADV.(A/S) : CARLOS RENATO GONCALVES DOMINGOS
Interno do Supremo Tribunal Federal, determino a devolução destes autos (156166/SP)
ao Tribunal de origem, para: RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
a) quanto ao Tema 6, observar o procedimento previsto no art. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
1.030, inc. III, do Código de Processo Civil, e
b) quanto ao Tema 793, observar o procedimento previsto no art. DECISÃO
1.030, incs. I e II, do Código de Processo Civil. 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
Publique-se. ao processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula n. 279 do
Brasília, 21 de setembro de 2017. Supremo Tribunal Federal e de aplicação da sistemática da repercussão geral
Ministra CÁRMEN LÚCIA na origem.
Presidente 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.221 (417) Publique-se.
ORIGEM : 00113822820104036302 - TURMA RECURSAL DOS Brasília, 22 de setembro de 2017.
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROCED. : SÃO PAULO Presidente
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : JOAO CARVALHO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.296 (421)
ADV.(A/S) : DANIELA VILELA PELOSO VASCONCELOS ORIGEM : 00115844620104025101 - TRIBUNAL REGIONAL
(103623/MG, 161110/SP) FEDERAL DA 2ª REGIÃO
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS PROCED. : RIO DE JANEIRO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : RONALDO SMITH LISBOA
DECISÃO ADV.(A/S) : JOSE PERICLES COUTO ALVES (26200/RJ)
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis RECDO.(A/S) : UNIÃO
ao processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 279 do PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
Supremo Tribunal Federal e de ausência de repercussão geral da matéria
veiculada no recurso extraordinário (Tema 852). DECISÃO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de ofensa direta à
Publique-se. Constituição da República e de incidência da Súmula 279 do Supremo
Brasília, 25 de setembro de 2017. Tribunal Federal.
Ministra CÁRMEN LÚCIA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Presidente inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.231 (418) Brasília, 22 de setembro de 2017.
ORIGEM : 00536251920124036301 - TURMA RECURSAL DOS Ministra CÁRMEN LÚCIA
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS Presidente
PROCED. : SÃO PAULO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.305 (422)
RECTE.(S) : LOURDES ANA DA SILVA CHAGAS ORIGEM : 71006058382 - TURMA RECURSAL DE JUIZADOS
ADV.(A/S) : GUILHERME DE CARVALHO (52668/DF, 97333/MG, ESPECIAIS ESTADUAIS
229461/SP) PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL RECTE.(S) : MAURIVAN JOSE FACHIN
ADV.(A/S) : CICERO PAIVA (31916/RS)
DECISÃO RECDO.(A/S) : BETA REPRESENTACOES LTDA - ME

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 55

ADV.(A/S) : ANDRE RAFAEL WEYERMULLER (50426/RS) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE


ADV.(A/S) : PRISCILA CRISTIANE TADLER KONIG (82410/RS) RECTE.(S) : ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL - SECCAO DE
SAO PAULO
DECISÃO ADV.(A/S) : ALEXANDRA BERTON SCHIAVINATO (231355/SP)
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECDO.(A/S) : WILSON RODOLPHO DE OLIVEIRA
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECDO.(A/S) : MARIA LÚCIA PEREIRA
repercussão geral na origem. ADV.(A/S) : MARIA LUCIA PEREIRA (134268/SP)
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. ADV.(A/S) : WILSON RODOLPHO DE OLIVEIRA (134286/SP)
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. DECISÃO
Brasília, 22 de setembro de 2017. 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
Ministra CÁRMEN LÚCIA ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
Presidente fundamentada de repercussão geral, ausência de impugnação da decisão
agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal) e incidência da Súmula 279 do
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.312 (423) Supremo Tribunal Federal.
ORIGEM : 00007284920158160178 - TURMA RECURSAL DE 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : PARANÁ Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : AM 5 CONSTRUCOES LTDA Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : JOAO ALCI OLIVEIRA PADILHA (19148/PR) Presidente
RECDO.(A/S) : PAULO SÉRGIO DA SILVA DA LUZ
RECDO.(A/S) : ELIZABETH DE SOUZA RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.561 (427)
ADV.(A/S) : ADIMAR GARCIA MACHADO (71334/PR) ORIGEM : 00008628320168160035 - TURMA RECURSAL DE
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS
DECISÃO PROCED. : PARANÁ
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECTE.(S) : SASCAR - TECNOLOGIA E SEGURANCA AUTOMOTIVA
repercussão geral na origem. S/A
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. ADV.(A/S) : FABRICIO FAGGIANI DIB (43578/PE, 256917/SP)
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : RICARDO AZEVEDO SETTE (02190/A/DF, 15431/ES,
Publique-se. 28137/GO, 45317/MG, 21437-A/MS, 01687/PE, 16153/PI,
Brasília, 22 de setembro de 2017. 120874/RJ, 67282A/RS, 47721-A/SC, 138486/SP)
Ministra CÁRMEN LÚCIA ADV.(A/S) : PAULO AFFONSO CIARI DE ALMEIDA FILHO
Presidente (35884/DF, 21432-A/MS, 184266/RJ, 130053/SP)
RECDO.(A/S) : JOAO MARIA DEVOLATKA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.330 (424) ADV.(A/S) : DIEGO MANTOVANI (41445/PR)
ORIGEM : 3818578720108090011 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ESTADUAL DECISÃO
PROCED. : GOIÁS 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE processamento deste recurso: o caso é de deficiência na fundamentação do
RECTE.(S) : HUGO CEZAR DA FONSECA agravo (Súmula 287 do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : WALKYRIA WICTOWICZ DA SILVA MARTINS 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
(15218/GO) V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : ADALTON COSTA DA SILVA Publique-se.
ADV.(A/S) : EDINAMARA BORGES RAMOS (30706/GO) Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
DECISÃO Presidente
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.588 (428)
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). ORIGEM : AREsp - 05464855920008060001 - TRIBUNAL DE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. JUSTIÇA DO ESTADO DO CEARÁ
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). PROCED. : CEARÁ
Publique-se. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECTE.(S) : AITLA MARIA MIRANDA DE SOUZA E OUTRO(A/S)
Ministra CÁRMEN LÚCIA ADV.(A/S) : ROXANE BENEVIDES ROCHA (6610/CE)
Presidente RECDO.(A/S) : INSTITUTO DR JOSÉ FROTA
ADV.(A/S) : SILVIA MARIA PIRES DE SOUZA (5127/CE)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.338 (425)
ORIGEM : AREsp - 200238000173577 - TRIBUNAL REGIONAL DECISÃO
FEDERAL DA 1ª REGIAO 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
PROCED. : MINAS GERAIS processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE repercussão geral na origem.
RECTE.(S) : ROBERTO ALCICI FIGUEIREDO 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
ADV.(A/S) : RONALDO ERMELINDO FERREIRA (70727/MG) V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS Publique-se.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
DECISÃO Presidente
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.595 (429)
fundamentada de repercussão geral e de incidência da Súmula 287 do ORIGEM : 201700706705 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
Supremo Tribunal Federal. PROCED. : SERGIPE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECTE.(S) : COMPANHIA DE SANEAMENTO DE SERGIPE - DESO
Publique-se. ADV.(A/S) : MARCELLA SANTOS SILVA (7198/SE)
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : MARIA DOS SANTOS FONTES
Ministra CÁRMEN LÚCIA ADV.(A/S) : MARIA DE FATIMA LIMA VASCONCELOS
Presidente BOAVENTURA (3813/SE)

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.341 (426) DECISÃO


ORIGEM : 201061050165751 - TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
DA 3ª REGIAO processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
PROCED. : SÃO PAULO repercussão geral na origem.

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 56

2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. JUDICIAL
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : PAULO EDUARDO PRADO (11819A/AL, A917/AM,
Publique-se. 33407/BA, 24314-A/CE, 34599/DF, 32791/GO,
Brasília, 22 de setembro de 2017. 131369/MG, 15026-A/MS, 16940/A/MT, 19175-A/PA,
Ministra CÁRMEN LÚCIA 18600-A/PB, 01335/PE, 10204/PI, 58335/PR, 168325/RJ,
Presidente 982-A/RN, 4881/RO, 434-A/RR, 82065A/RS, 182951/SP,
4873/TO)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.599 (430) RECDO.(A/S) : JOAO DECIO ULLMANN
ORIGEM : 10081784820148260577 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ADV.(A/S) : KAREN GISELLE MORALES GERALDO (70658/RS)
ESTADUAL
PROCED. : SÃO PAULO DECISÃO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
RECTE.(S) : EUNICE CONCEICAO MOREIRA processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
ADV.(A/S) : JOSE CESAR DE SOUSA NETO (81757/SP) repercussão geral na origem.
RECDO.(A/S) : INSTITUTO DE PREVIDENCIA DO SERVIDOR 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
MUNICIPAL inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ Publique-se.
DOS CAMPOS Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
DECISÃO Presidente
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
ao processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula n. 280 do RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.691 (434)
Supremo Tribunal Federal e de aplicação da sistemática da repercussão geral ORIGEM : 00791361220134013400 - TURMA RECURSAL DOS
na origem. JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. PROCED. : DISTRITO FEDERAL
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Publique-se. RECTE.(S) : MARIA OLIVEIRA DE SOUZA
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECTE.(S) : FELISBERTO RODRIGUES
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) : VERA REGINA DA SILVA
Presidente RECTE.(S) : EDIVALDO DA SILVA RIBEIRO
RECTE.(S) : MAURINA OLIVEIRA DE SOUZA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.609 (431) RECTE.(S) : SEBASTIAO MARTINS DOS REIS
ORIGEM : 05220925820154058100 - TURMA RECURSAL DOS RECTE.(S) : EMILIA DA CONCEICAO SOARES
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RECTE.(S) : ACY TEREZA SOUZA PEIXOTO
PROCED. : CEARÁ RECTE.(S) : IVETE DE MORAES E SOUZA
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECTE.(S) : LUCIANE DAURA MONTEZUMA DE SOUZA
RECTE.(S) : UNIÃO ADV.(A/S) : LINO DE CARVALHO CAVALCANTE (46658/BA, 18841/
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO DF, 24459/GO, 1924-A/PE, 139804/RJ)
RECDO.(A/S) : MANOEL NELSON SILVEIRA RECDO.(A/S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
INTDO.(A/S) : ESTADO DO CEARÁ
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO CEARÁ DECISÃO
INTDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE FORTALEZA 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
FORTALEZA repercussão geral na origem.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
DECISÃO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao Publique-se.
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da Brasília, 22 de setembro de 2017.
repercussão geral na origem. Ministra CÁRMEN LÚCIA
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. Presidente
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.694 (435)
Brasília, 22 de setembro de 2017. ORIGEM : 00809150220134013400 - TURMA RECURSAL DOS
Ministra CÁRMEN LÚCIA JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
Presidente PROCED. : DISTRITO FEDERAL
REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.611 (432) RECTE.(S) : SILMA MARIA ALVARENGA BAPTISTA
ORIGEM : 00224426820108260564 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA RECTE.(S) : FRANCISCO ANTONIO FLORENTINO DE OLIVEIRA
ESTADUAL RECTE.(S) : CREUSA GOMES FREIRE
PROCED. : SÃO PAULO RECTE.(S) : REGINA DE FIGUEIREDO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECTE.(S) : MARIA APARECIDA RESENDE
RECTE.(S) : JOSE OTACIO MELO DOS SANTOS RECTE.(S) : TEREZINHA SEVERINO DOS SANTOS
ADV.(A/S) : CLAUDIO ROBERTO VIEIRA (186323/SP) RECTE.(S) : LAURO KISSULA
RECDO.(A/S) : ROSCH ASSESSORIA IMOBILIARIA S/S LTDA - ME RECTE.(S) : HOZITA AYRAO DUARTE
ADV.(A/S) : NEIDE RODRIGUES SCHWARZ (63290/SP) RECTE.(S) : IVONE ARAUJO SILVA
RECTE.(S) : IVOLINA DIAS DE OLIVEIRA
DECISÃO ADV.(A/S) : LINO DE CARVALHO CAVALCANTE (46658/BA, 18841/
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao DF, 24459/GO, 1924-A/PE, 139804/RJ)
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e RECDO.(A/S) : UNIÃO
fundamentada de repercussão geral. ADV.(A/S) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). DECISÃO
Publique-se. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Brasília, 22 de setembro de 2017. processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
Ministra CÁRMEN LÚCIA repercussão geral na origem.
Presidente 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.660 (433) Publique-se.
ORIGEM : 298999120168219000 - TURMA RECURSAL DE Brasília, 22 de setembro de 2017.
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROCED. : RIO GRANDE DO SUL Presidente
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : LATICINIOS BOM GOSTO S.A. EM RECUPERACAO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.695 (436)

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 57

ORIGEM : 00301543020144013400 - TURMA RECURSAL DOS RECTE.(S) : MARIA RAIMUNDA LIMA DA SILVA
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RECTE.(S) : RUY GOMES DE MAGALHAES
PROCED. : DISTRITO FEDERAL RECTE.(S) : NUBIA LOPES
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECTE.(S) : ANTONIA DE FATIMA LOPES
RECTE.(S) : ARMINDA PONTES MANERA RECTE.(S) : EUNICE GUIMARAES DUQUE
ADV.(A/S) : LINO DE CARVALHO CAVALCANTE (46658/BA, 18841/ RECTE.(S) : ALMERINDA MUNIZ PILAR
DF, 24459/GO, 1924-A/PE, 139804/RJ) RECTE.(S) : JOANA ARCANJO DA SILVA
RECDO.(A/S) : UNIÃO RECTE.(S) : VITALINA CAVALCANTE DOS SANTOS
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO RECTE.(S) : TEODORA TOMAZIA MARTINS
ADV.(A/S) : LINO DE CARVALHO CAVALCANTE (46658/BA, 18841/
DECISÃO DF, 24459/GO, 1924-A/PE, 139804/RJ)
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECDO.(A/S) : UNIÃO
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
repercussão geral na origem.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do DECISÃO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Publique-se. processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
Brasília, 22 de setembro de 2017. repercussão geral na origem.
Ministra CÁRMEN LÚCIA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Presidente inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.698 (437) Brasília, 22 de setembro de 2017.
ORIGEM : 00434814220144013400 - TURMA RECURSAL DOS Ministra CÁRMEN LÚCIA
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS Presidente
PROCED. : DISTRITO FEDERAL
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.708 (440)
RECTE.(S) : ANA MARIA SANTOS DA VITORIA ORIGEM : 03032476120148240007 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
RECTE.(S) : CARLOS FERNANDES DIANA ESTADO DE SANTA CATARINA
RECTE.(S) : FRANCISCO DOS SANTOS PROCED. : SANTA CATARINA
RECTE.(S) : GERALDO GONCALVES PEREIRA REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : WALDIR VIEIRA RECTE.(S) : MIRIAN DALILA HONKE
ADV.(A/S) : LINO DE CARVALHO CAVALCANTE (46658/BA, 18841/ ADV.(A/S) : ROGERIO BATISTA (57452/RS, 35054/SC)
DF, 24459/GO, 1924-A/PE, 139804/RJ) RECDO.(A/S) : ESTADO DE SANTA CATARINA
RECDO.(A/S) : UNIÃO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SANTA
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO CATARINA

DECISÃO DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da ao processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 283 do
repercussão geral na origem. Supremo Tribunal Federal e de ausência de repercussão geral da matéria
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do veiculada no recurso extraordinário (Tema 660).
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Publique-se. inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Brasília, 22 de setembro de 2017. Publique-se.
Ministra CÁRMEN LÚCIA Brasília, 21 de setembro de 2017.
Presidente Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.699 (438)
ORIGEM : 00493589420134013400 - TURMA RECURSAL DOS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.714 (441)
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS ORIGEM : 03210163420148240023 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
PROCED. : DISTRITO FEDERAL ESTADUAL
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE PROCED. : SANTA CATARINA
RECTE.(S) : ALFIO DA FONSECA REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : EFIGENIA RAIMUNDA DE OLIVEIRA RECTE.(S) : ANDREA GUTIERREZ KIELING VILLEGAS
RECTE.(S) : JOSE DOMINGOS DE FRANCA ADV.(A/S) : DENISE BALLARDIN (47784/RS, 37445/SC)
RECTE.(S) : EDEGAR WILSON HUBNER RECDO.(A/S) : ESTADO DE SANTA CATARINA
RECTE.(S) : APARECIDA BATISTA DE ALMEIDA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SANTA
RECTE.(S) : MARIA DE JESUS LUVISOTTO CATARINA
RECTE.(S) : REGINA CELIA CARDOSO
RECTE.(S) : LEOBINO RODRIGUES DECISÃO
RECTE.(S) : ALFREDO ASSUMPCAO SANTIAGO 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
RECTE.(S) : MARIA NAZARE BARBOSA KOPPEN processamento deste recurso: o caso é de incidência das Súmulas 283 e 287
ADV.(A/S) : LINO DE CARVALHO CAVALCANTE (46658/BA, 18841/ do Supremo Tribunal Federal.
DF, 24459/GO, 1924-A/PE, 139804/RJ) 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECDO.(A/S) : UNIÃO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO Publique-se.
Brasília, 21 de setembro de 2017.
DECISÃO Ministra CÁRMEN LÚCIA
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao Presidente
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
repercussão geral na origem. RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.738 (442)
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do ORIGEM : 05112934720154058102 - TURMA RECURSAL DOS
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
Publique-se. PROCED. : CEARÁ
Brasília, 22 de setembro de 2017. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
Presidente PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
RECDO.(A/S) : MARIA JOSE DE BRITO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.701 (439) ADV.(A/S) : GENARIO JOSE PEREIRA FILHO (21030/CE)
ORIGEM : 00688056820134013400 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS DECISÃO
PROCED. : DISTRITO FEDERAL 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
RECTE.(S) : MARIA DE ASSIS VENANCIO repercussão geral na origem.

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 58

2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do DECISÃO


inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Publique-se. processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
Brasília, 22 de setembro de 2017. repercussão geral na origem.
Ministra CÁRMEN LÚCIA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Presidente inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.776 (443) Brasília, 22 de setembro de 2017.
ORIGEM : 00000856620164036317 - TURMA RECURSAL DOS Ministra CÁRMEN LÚCIA
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS Presidente
PROCED. : SÃO PAULO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.786 (447)
RECTE.(S) : SILVIO FERRARESI ORIGEM : 00002909320154036329 - TURMA RECURSAL DOS
ADV.(A/S) : MURILO GURJAO SILVEIRA AITH (57649/PR, JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
251190/SP) PROCED. : SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL RECTE.(S) : MARCELO APARECIDO SILVA
ADV.(A/S) : VANDA DE FATIMA BUOSO (94434/SP)
DECISÃO RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
repercussão geral na origem. DECISÃO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). processamento deste recurso: o caso é de ausência de esgotamento da via
Publique-se. recursal ordinária (Súmula 281 do Supremo Tribunal Federal).
Brasília, 22 de setembro de 2017. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Ministra CÁRMEN LÚCIA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Presidente Publique-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.778 (444) Ministra CÁRMEN LÚCIA
ORIGEM : 00000752220164036317 - TURMA RECURSAL DOS Presidente
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.791 (448)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE ORIGEM : 50437160920114047000 - TURMA RECURSAL DOS
RECTE.(S) : CAETANO FERTRIN NETO JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
ADV.(A/S) : MURILO GURJAO SILVEIRA AITH (57649/PR, PROCED. : PARANÁ
251190/SP) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECTE.(S) : SIVANIR ORTIZ GONCALVES
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ADV.(A/S) : PAULO ROBERTO BELILA (53010/PR)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
DECISÃO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da DECISÃO
repercussão geral na origem. 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do ao processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 279 do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). Supremo Tribunal Federal e de aplicação da sistemática da repercussão geral
Publique-se. na origem.
Brasília, 22 de setembro de 2017. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Ministra CÁRMEN LÚCIA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Presidente Publique-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.780 (445) Ministra CÁRMEN LÚCIA
ORIGEM : 00000709720164036317 - TURMA RECURSAL DOS Presidente
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.811 (449)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE ORIGEM : 10781459320138260100 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RECTE.(S) : PEDRO CERVERA ESTADUAL
ADV.(A/S) : MURILO GURJAO SILVEIRA AITH (57649/PR, PROCED. : SÃO PAULO
251190/SP) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECTE.(S) : F.M.P.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ADV.(A/S) : NELSON APARECIDO FORTUNATO (141576/SP)
ADV.(A/S) : ADRIANA ALVES PEREIRA (154847/SP)
DECISÃO RECDO.(A/S) : C.A.C.
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao ADV.(A/S) : FLAVIA MINNITI BERGAMINI MELFI (184095/SP)
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
repercussão geral na origem. DECISÃO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
Publique-se. repercussão geral na origem.
Brasília, 22 de setembro de 2017. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Ministra CÁRMEN LÚCIA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Presidente Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.782 (446) Ministra CÁRMEN LÚCIA
ORIGEM : 00000590520164036338 - TURMA RECURSAL DOS Presidente
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.841 (450)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE ORIGEM : 00052026720084036301 - TURMA RECURSAL DOS
RECTE.(S) : DECIO JOSE DOS PASSOS JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
ADV.(A/S) : MURILO GURJAO SILVEIRA AITH (57649/PR, PROCED. : SÃO PAULO
251190/SP) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECTE.(S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECDO.(A/S) : DECIO JOSE VIEIRA DA COSTA

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 59

ADV.(A/S) : MARTINHO ALVES DOS SANTOS (73969/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.905 (454)
ORIGEM : 10024141447359002 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
DECISÃO ESTADUAL
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao PROCED. : MINAS GERAIS
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
repercussão geral na origem. RECTE.(S) : MARCELO JOSE DUARTE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do ADV.(A/S) : LUCIANA DE SOUZA MAIA (162613/MG)
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : ESTADO DE MINAS GERAIS
Publique-se. PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS
Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA DECISÃO
Presidente 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.856 (451) repercussão geral na origem.
ORIGEM : 00000269720164036343 - TURMA RECURSAL DOS 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : SÃO PAULO Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : CARLOS ALBERTO MADEIRA Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : MURILO GURJAO SILVEIRA AITH (57649/PR, Presidente
251190/SP)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.906 (455)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ORIGEM : 00067086520144036302 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
DECISÃO PROCED. : SÃO PAULO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
repercussão geral na origem. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do RECDO.(A/S) : MARIA LUCIA FERREIRA DE LIMA
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : JAQUELINE RIBEIRO LAMONATO CLARO (179156/SP)
Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017. DECISÃO
Ministra CÁRMEN LÚCIA 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
Presidente ao processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 279 do
Supremo Tribunal Federal e de aplicação da sistemática da repercussão geral
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.891 (452) na origem.
ORIGEM : 00496508120154036301 - TURMA RECURSAL DOS 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : SÃO PAULO Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL Presidente
RECDO.(A/S) : MARIA DO SOCORRO SILVA CARVALHO
ADV.(A/S) : ANA PAULA BARTOLOZI GRAGNANO (330646/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.000 (456)
ORIGEM : AREsp - 50329958620114047100 - TRIBUNAL
DECISÃO REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
ao processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 279 do REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Supremo Tribunal Federal e de aplicação da sistemática da repercussão geral RECTE.(S) : SONIA TEREZINHA POSSATTI
na origem. ADV.(A/S) : JURACY VILELA DE SOUSA (4.901/RS)
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do ADV.(A/S) : PAULO HENRIQUE MORAES TOSCA (74774/RS)
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : FERNANDO DE SOUZA BANDEIRA
Publique-se. ADV.(A/S) : CHRISTINE GRAEBIN ROLL (57097/RS)
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : CARMEN SANT ANNA BEZERRA BANDEIRA
Ministra CÁRMEN LÚCIA ADV.(A/S) : CARLA MACIEL (61891/RS)
Presidente RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.071.900 (453)
ORIGEM : 00126276920134036302 - TURMA RECURSAL DOS DESPACHO
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no
PROCED. : SÃO PAULO presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE com Agravo n. 821.296, Tema n. 766): ausência de repercussão geral.
RECTE.(S) : UNIÃO 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc.
RECDO.(A/S) : CELSO COSTA I art. 1.030 do Código de Processo Civil (art. 13, inc. V, al. c, do Regimento
ADV.(A/S) : MARIA JUSTINA PEREIRA GONCALVES (213556/SP) Interno do Supremo Tribunal Federal).
INTDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO Publique-se.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO Brasília, 25 de setembro de 2017.
INTDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO PRETO Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO Presidente
PRETO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.138 (457)
DESPACHO ORIGEM : AREsp - 5763219 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
1. Examinados os autos, não há recurso a ser apreciado pelo ESTADO DE GOIÁS
Supremo Tribunal Federal, pois, contra inadmissão do recurso extraordinário PROCED. : GOIÁS
com base na sistemática da repercussão geral, a agravante interpôs agravo REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
interno na origem, pendente de apreciação. RECTE.(S) : MARIA LUIZA DA SILVA
À Secretaria Judiciária para proceder à baixa imediata destes RECTE.(S) : JOAO TOMAZ SOBRINHO FILHO
autos. ADV.(A/S) : ECIVALDO MOREYRA (11313/GO)
Publique-se. RECDO.(A/S) : ADAO TOMAS SOBRINHO
Brasília, 22 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : JALES PERILO (1390/GO)
Ministra CÁRMEN LÚCIA ADV.(A/S) : GARY ELDER DA COSTA CHAVES (13983/GO)
Presidente
DECISÃO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 60

1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao ORIGEM : 00309524620138260053 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e ESTADUAL
fundamentada de repercussão geral e de intempestividade do recurso PROCED. : SÃO PAULO
extraordinário. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do RECTE.(S) : GISLAINE ALFONSO SANTORO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : NATALIA TRINDADE VARELA DUTRA (222185/SP)
Publique-se. RECDO.(A/S) : SÃO PAULO PREVIDÊNCIA - SPPREV
Brasília, 21 de setembro de 2017. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.175 (458) processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
ORIGEM : AREsp - 20110111955218 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO fundamentada de repercussão geral.
DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
PROCED. : DISTRITO FEDERAL inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Publique-se.
RECTE.(S) : VALDELICE DE JESUS LIMA CRUZ Brasília, 22 de setembro de 2017.
ADV.(A/S) : TATIANA DE QUEIROZ PEREIRA (21344/DF) Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECDO.(A/S) : DISTRITO FEDERAL Presidente
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO DISTRITO FEDERAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.246 (462)
DECISÃO ORIGEM : 00009053420154036313 - TURMA RECURSAL DOS
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e PROCED. : SÃO PAULO
fundamentada de repercussão geral. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do RECTE.(S) : SEBASTIAO GUEDES DOS SANTOS
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : LIGIA APARECIDA SIGIANI PASCOTE (115661/SP)
Publique-se. RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
Brasília, 21 de setembro de 2017. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.230 (459) processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
ORIGEM : 00014210820164036317 - TURMA RECURSAL DOS repercussão geral na origem.
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
PROCED. : SÃO PAULO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Publique-se.
RECTE.(S) : ANTONIO DORIVAL RODRIGUES Brasília, 22 de setembro de 2017.
ADV.(A/S) : CARLA APARECIDA ALVES DE OLIVEIRA (105190/MG, Ministra CÁRMEN LÚCIA
367105/SP) Presidente
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.261 (463)
ORIGEM : 3334242420138090051 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
DECISÃO ESTADUAL
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao PROCED. : GOIÁS
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
repercussão geral na origem. RECTE.(S) : ENERGOATO ELETRICIDADE LTDA
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do ADV.(A/S) : WASHINGTON ALVARENGA NETO (27018/GO)
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : SALIMAR MARTINS DAMACENO E OUTRO(A/S)
Publique-se. ADV.(A/S) : MARCELO DE ALMEIDA GARCIA (11854/GO)
Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA DECISÃO
Presidente 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.235 (460) repercussão geral na origem.
ORIGEM : 22523104320158260000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ESTADUAL inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : SÃO PAULO Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : FLAVIO OLIMPIO DE AZEVEDO (118748/RJ, 34248/SP) Presidente
ADV.(A/S) : MILENA PIRAGINE (3939/AC, 11639A/AL, A912/AM,
2399-A/AP, 38857/BA, 28128-A/CE, 40427/DF, 21455/ES, RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.271 (464)
37223/GO, 12240-A/MA, 144673/MG, 17018-A/MS, ORIGEM : 00044994020124036126 - TRIBUNAL REGIONAL
17210-A/MT, 19386-A/PA, 18514-A/PB, 01570/PE, 10202/ FEDERAL DA 3ª REGIAO
PI, 66452/PR, 180116/RJ, 976-A/RN, 5783/RO, 445- PROCED. : SÃO PAULO
A/RR, 89811A/RS, 36524/SC, 764A/SE, 178962/SP, REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
5694-A/TO) RECTE.(S) : SERGIO ANTONIO DE OLIVEIRA
RECDO.(A/S) : DIRCE HITOMI TOKAWA KAIMOTI ADV.(A/S) : WILSON MIGUEL (99858/SP)
ADV.(A/S) : DANILO TOCHIKAZU MENOSSI SAKAMOTO (13567-A/ RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
MS, 262033/SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL

DECISÃO DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
repercussão geral na origem. repercussão geral na origem.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017. Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente Presidente

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.236 (461) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.275 (465)

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 61

ORIGEM : AREsp - 50092182720144040000 - TRIBUNAL Publique-se.


REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO Brasília, 22 de setembro de 2017.
PROCED. : RIO GRANDE DO SUL Ministra CÁRMEN LÚCIA
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Presidente
RECTE.(S) : ADAIR ANSELMO STEIN
ADV.(A/S) : ANDIARA PORTANTIOLO CONCEICAO (47459/RS) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.318 (469)
ADV.(A/S) : KENIA DO AMARAL MORAES (52586/RS) ORIGEM : 00011945220164036338 - TURMA RECURSAL DOS
RECDO.(A/S) : INSTITUTO FEDERAL DE EDUCACAO, CIENCIA E JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE - RS PROCED. : SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL RECTE.(S) : JOSE HORACIO LIMA
ADV.(A/S) : CARLA APARECIDA ALVES DE OLIVEIRA (105190/MG,
DECISÃO 367105/SP)
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
fundamentada de repercussão geral.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do DECISÃO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Publique-se. processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
Brasília, 22 de setembro de 2017. repercussão geral na origem.
Ministra CÁRMEN LÚCIA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Presidente inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.280 (466) Brasília, 22 de setembro de 2017.
ORIGEM : 40018201020138260073 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA Ministra CÁRMEN LÚCIA
ESTADUAL Presidente
PROCED. : SÃO PAULO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.319 (470)
RECTE.(S) : I.F.M. ORIGEM : 00011880420134036321 - TURMA RECURSAL DOS
ADV.(A/S) : VALDOMIRO PANEBIANCO GOIA (154986/SP) JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
RECDO.(A/S) : G.M.B. REPRESENTADA POR R.M. PROCED. : SÃO PAULO
ADV.(A/S) : ROSANGELA PAULUCCI PAIXAO PEREIRA (60315/SP) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : ARMANDO SPADA
DECISÃO ADV.(A/S) : ANIS SLEIMAN (18454/SP)
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
fundamentada de repercussão geral.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do DECISÃO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Publique-se. processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
Brasília, 22 de setembro de 2017. repercussão geral na origem.
Ministra CÁRMEN LÚCIA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Presidente inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.281 (467) Brasília, 25 de setembro de 2017.
ORIGEM : 10025542920158260562 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA Ministra CÁRMEN LÚCIA
ESTADUAL Presidente
PROCED. : SÃO PAULO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.332 (471)
RECTE.(S) : SEA WALKING IMPORTACAO E EXPORTACAO LTDA - ORIGEM : 05208636320154058100 - TURMA RECURSAL DOS
ME JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
ADV.(A/S) : JOSE CARDOSO DE NEGREIROS SZABO (86542/SP) PROCED. : CEARÁ
RECDO.(A/S) : HAND LINE TRANSPORTES INTERNACIONAIS LTDA REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
ADV.(A/S) : BRUNO EDUARDO VENTRIGLIA CICHELLO RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
(224689/SP) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
RECDO.(A/S) : MARCOS ANTONIO MAGALHAES ALMEIDA
DECISÃO ADV.(A/S) : ILNAH CLAUDIA DE FREITAS (9021/CE)
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da DECISÃO
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). repercussão geral na origem.
Publique-se. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Brasília, 22 de setembro de 2017. inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Ministra CÁRMEN LÚCIA Publique-se.
Presidente Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.306 (468) Presidente
ORIGEM : AREsp - 200961260062307 - TRIBUNAL REGIONAL
FEDERAL DA 3ª REGIAO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.340 (472)
PROCED. : SÃO PAULO ORIGEM : 7285105400 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE PROCED. : SÃO PAULO
RECTE.(S) : MARIA ELIODORIO DOS SANTOS REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
ADV.(A/S) : ALINE BRITTO DE ALBUQUERQUE (328688/SP) RECTE.(S) : ALEXANDRE DANIOTTI SOBRINHO E OUTRO(A/S)
ADV.(A/S) : ROSANGELA MIRIS MORA BERCHIELLI (166258/SP) ADV.(A/S) : WANDERLEA APARECIDA CASTORINO (170227/SP)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

DECISÃO DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
repercussão geral na origem. fundamentada de repercussão geral.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 62

Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017. DECISÃO
Ministra CÁRMEN LÚCIA 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Presidente processamento deste recurso: o caso é de ausência de esgotamento da via
recursal ordinária (Súmula 281 do Supremo Tribunal Federal).
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.342 (473) 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ORIGEM : 20625669220168260000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ESTADUAL Publique-se.
PROCED. : SÃO PAULO Brasília, 25 de setembro de 2017.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A Presidente
ADV.(A/S) : RAFAEL SGANZERLA DURAND (3594/AC, 10132A/AL,
A737/AM, 1873-A/AP, 26552/BA, 24217-A/CE, 27474/DF, RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.360 (477)
15112/ES, 28610/GO, 10348-A/MA, 131512/MG, 14924- ORIGEM : 22095083020158260000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
A/MS, 12208/A/MT, 16637-A/PA, 211648-A/PB, ESTADUAL
01301/PE, 8204-A/PI, 42761/PR, 144852/RJ, 856-A/RN, PROCED. : SÃO PAULO
4872/RO, 387-A/RR, 80026A/RS, 30932/SC, 642A/SE, REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
211648/SP, 4925/TO) RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A
RECDO.(A/S) : MARCOS SANCHEZ GARCIA ADV.(A/S) : RAFAEL SGANZERLA DURAND (3594/AC, 10132A/AL,
ADV.(A/S) : VERONICA DA SILVA FERRO (250201/SP) A737/AM, 1873-A/AP, 26552/BA, 24217-A/CE, 27474/DF,
15112/ES, 28610/GO, 10348-A/MA, 131512/MG, 14924-
DECISÃO A/MS, 12208/A/MT, 16637-A/PA, 211648-A/PB,
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao 01301/PE, 8204-A/PI, 42761/PR, 144852/RJ, 856-A/RN,
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e 4872/RO, 387-A/RR, 80026A/RS, 30932/SC, 642A/SE,
fundamentada de repercussão geral. 211648/SP, 4925/TO)
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do RECDO.(A/S) : LUIZ SOTO GARCIA
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : ALVINO GABRIEL DE NOVAES MENDES (57521/PR,
Publique-se. 330185/SP)
Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA DECISÃO
Presidente 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.345 (474) repercussão geral na origem.
ORIGEM : 00483197520034013800 - TRIBUNAL REGIONAL 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
FEDERAL DA 1ª REGIAO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : MINAS GERAIS Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 22 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : ODIR CUNHA Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : RONALDO ERMELINDO FERREIRA (70727/MG) Presidente
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.361 (478)
ORIGEM : 20509770620168260000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
DECISÃO ESTADUAL
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao PROCED. : SÃO PAULO
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). RECTE.(S) : NILNELLA TRAINING IDIOMAS LTDA - ME
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do ADV.(A/S) : ALEXANDRE TURRI ZEITUNE (193765/SP)
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : ITAÚ UNIBANCO S/A
Publique-se. ADV.(A/S) : HENRIQUE JOSE PARADA SIMAO (47532/BA,
Brasília, 22 de setembro de 2017. 39748/DF, 27337/ES, 44839/GO, 107399/MG, 21924-
Ministra CÁRMEN LÚCIA A/MS, 21697/A/MT, 14559-A/PA, 221386-A/PB,
Presidente 01189/PE, 12391/PI, 164385/RJ, 710-A/RN, 221386/SP)

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.346 (475) DECISÃO


ORIGEM : AREsp - 200638000128367 - TRIBUNAL REGIONAL 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
FEDERAL DA 1ª REGIAO processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
PROCED. : MINAS GERAIS repercussão geral na origem.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECTE.(S) : MANOEL RODRIGUES ROSA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : RONALDO ERMELINDO FERREIRA (70727/MG) Publique-se.
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS Brasília, 22 de setembro de 2017.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.381 (479)
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e ORIGEM : 10183140061304003 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
fundamentada de repercussão geral. ESTADUAL
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do PROCED. : MINAS GERAIS
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Publique-se. RECTE.(S) : FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDA.
Brasília, 22 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : CELSO DE FARIA MONTEIRO (5061/AC, 12449A/AL,
Ministra CÁRMEN LÚCIA A1080/AM, 36272/BA, 30086-A/CE, 31550/DF, 24750/ES,
Presidente 39896/GO, 145559/MG, 18246-A/MS, 17298/A/MT,
24358-A/PA, 21221-A/PB, 01923/PE, 13650/PI,
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.351 (476) 66785/PR, 165048/RJ, 906-A/RN, 7312/RO, 78546A/RS,
ORIGEM : 50161804320134047003 - TURMA RECURSAL DOS 41534/SC, 955A/SE, 138436/SP, 8454-A/TO)
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RECDO.(A/S) : CARLOS MAGNO FONSECA
PROCED. : PARANÁ ADV.(A/S) : TATIANE ROCHA (155233/MG)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE INTDO.(A/S) : HILTON RODRIGUES
RECTE.(S) : GUIOMAR RIBEIRO CARNELOZ ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
ADV.(A/S) : SHEYLA GRACAS DE SOUSA (31616/PR) INTDO.(A/S) : GOOGLE BRASIL INTERNET LTDA.
ADV.(A/S) : CAMILA MILESKI DE BRITTO (63905/PR) ADV.(A/S) : EDUARDO LUIZ BROCK (3459/AC, 38671/DF,
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS 120334/MG, 15638-A/MS, 19389-A/PA, 91311-A/PB,
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL 01715/PE, 165167/RJ, 47522/SC, 91311/SP)

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 63

ADV.(A/S) : FABIO RIVELLI (4158/AC, 12640A/AL, A1119/AM, 2736- 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
A/AP, 34908/BA, 30773-A/CE, 45788/DF, 23167/ES, processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
39552/GO, 13871-A/MA, 155725/MG, 18605-A/MS, repercussão geral na origem.
19023/A/MT, 21074-A/PA, 20357-A/PB, 01821/PE, 12220/ 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
PI, 68861/PR, 168434/RJ, 1083-A/RN, 6640/RO, 483- inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
A/RR, 100623A/RS, 35357/SC, 877A/SE, 297608/SP, Publique-se.
6421-A/TO) Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
DECISÃO Presidente
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de recurso extraordinário contra RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.450 (483)
acórdão proferido em medida liminar (Súmula n. 735 do Supremo Tribunal ORIGEM : 40132641420138260405 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
Federal). ESTADUAL
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do PROCED. : SÃO PAULO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Publique-se. RECTE.(S) : MESSIAS AMERICO DA SILVA
Brasília, 25 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : MARCIO CARDOSO DA SILVA (227418/SP)
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : RAPHAEL JÚLIO DE FREITAS
Presidente ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.390 (480) DECISÃO


ORIGEM : AREsp - 22729896420158260000 - TRIBUNAL DE 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
PROCED. : SÃO PAULO repercussão geral na origem.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECTE.(S) : COMPANHIA DE SEGUROS DO ESTADO DE SAO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PAULO Publique-se.
ADV.(A/S) : BRUNO HENRIQUE GONCALVES (154372/MG, 20732- Brasília, 25 de setembro de 2017.
A/MS, 214965/RJ, 131351/SP) Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECDO.(A/S) : ZILDA BUENO DE OLIVEIRA NETTO E OUTRO(A/S) Presidente
ADV.(A/S) : LOURIVAL ARTUR MORI (106527/SP)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.490 (484)
DECISÃO ORIGEM : 00282362520134013400 - TRF1 - DF - 2ª TURMA
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECURSAL
processamento deste recurso: o caso é de ausência de esgotamento da via PROCED. : DISTRITO FEDERAL
recursal ordinária (Súmula 281 do Supremo Tribunal Federal). REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do RECTE.(S) : ALCIDES FRANCISCO DE PAULA
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECTE.(S) : ZENAIDE ALVES DA SILVA
Publique-se. RECTE.(S) : HELIO SOARES MENEZES
Brasília, 25 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : LINO DE CARVALHO CAVALCANTE (46658/BA, 18841/
Ministra CÁRMEN LÚCIA DF, 24459/GO, 1924-A/PE, 139804/RJ)
Presidente RECDO.(A/S) : UNIÃO
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.408 (481)
ORIGEM : 035090153814 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DECISÃO
DO ESPÍRITO SANTO 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
PROCED. : ESPÍRITO SANTO processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE repercussão geral na origem.
RECTE.(S) : SOLANGE ALVES DA CRUZ ANDRADE CAPELANES 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ADV.(A/S) : MARQUIVALDO DIAS CUNHA (235-B/ES) inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : MUNICIPIO DE VILA VELHA Publique-se.
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE VILA Brasília, 25 de setembro de 2017.
VELHA Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.809 (485)
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e ORIGEM : 00025481520164036338 - TURMA RECURSAL DOS
fundamentada de repercussão geral. JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do PROCED. : SÃO PAULO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Publique-se. RECTE.(S) : ANIZETE TEIXEIRA BORGES
Brasília, 21 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : CARLA APARECIDA ALVES DE OLIVEIRA (105190/MG,
Ministra CÁRMEN LÚCIA 367105/SP)
Presidente RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.410 (482)
ORIGEM : 00985919220138170001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DECISÃO
ESTADUAL 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
PROCED. : PERNAMBUCO processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE repercussão geral na origem.
RECTE.(S) : JUSCELINO FRANCISCO DE SOUZA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ADV.(A/S) : ELIZABETH DE CARVALHO SIMPLICIO (17009/PE) inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : ESTADO DE PERNAMBUCO Publique-se.
RECDO.(A/S) : FUNAPE - FUNDAÇÃO DE APOSENTADORIAS E Brasília, 25 de setembro de 2017.
PENSÕES DOS SERVIDORES DO ESTADO DE Ministra CÁRMEN LÚCIA
PERNAMBUCO Presidente
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE
PERNAMBUCO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.860 (486)
RECDO.(A/S) : FUNAFIN - FUNDO FINANCEIRO DE ORIGEM : 00057953520084013300 - TRIBUNAL REGIONAL
APOSENTADORIAS E PENSÕES DOS SERVIDORES FEDERAL DA 1ª REGIAO
DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCED. : BAHIA
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : DORALICE PIRES DOS SANTOS
DECISÃO ADV.(A/S) : MARIZA DIAS MARUM JORGE (44242/DF)

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 64

RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.060 (490)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ORIGEM : 00030886320164036338 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
DECISÃO PROCED. : SÃO PAULO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECTE.(S) : JOSE MAURO GONCALVES LIMA
repercussão geral na origem. ADV.(A/S) : CARLA APARECIDA ALVES DE OLIVEIRA (105190/MG,
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do 367105/SP)
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
Publique-se. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA DECISÃO
Presidente 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.072.895 (487) repercussão geral na origem.
ORIGEM : 00035000520148260319 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ESTADUAL inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : SÃO PAULO Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 25 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : RAFAEL SGANZERLA DURAND (3594/AC, 10132A/AL, Presidente
A737/AM, 1873-A/AP, 26552/BA, 24217-A/CE, 27474/DF,
15112/ES, 28610/GO, 10348-A/MA, 131512/MG, 14924- RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.070 (491)
A/MS, 12208/A/MT, 16637-A/PA, 211648-A/PB, ORIGEM : 00032101220164036327 - TURMA RECURSAL DOS
01301/PE, 8204-A/PI, 42761/PR, 144852/RJ, 856-A/RN, JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
4872/RO, 387-A/RR, 80026A/RS, 30932/SC, 642A/SE, PROCED. : SÃO PAULO
211648/SP, 4925/TO) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : ROSEMEIRE MATHIAS THOME RECTE.(S) : VALTER DE CAMARGO JUNIOR
ADV.(A/S) : NERCI LUCON BELLISSI (262432/SP) ADV.(A/S) : LIGIA APARECIDA SIGIANI PASCOTE (115661/SP)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
DECISÃO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da DECISÃO
repercussão geral na origem. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). repercussão geral na origem.
Publique-se. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Brasília, 22 de setembro de 2017. inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Ministra CÁRMEN LÚCIA Publique-se.
Presidente Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.021 (488) Presidente
ORIGEM : 00076061720164036332 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.071 (492)
PROCED. : SÃO PAULO ORIGEM : 00032011720164036338 - TURMA RECURSAL DOS
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
RECTE.(S) : LUZIA APARECIDA PEREZ PROCED. : SÃO PAULO
ADV.(A/S) : LIGIA APARECIDA SIGIANI PASCOTE (115661/SP) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECTE.(S) : NELSON MELCHIADES DE OLIVEIRA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ADV.(A/S) : CARLA APARECIDA ALVES DE OLIVEIRA (105190/MG,
367105/SP)
DECISÃO RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
repercussão geral na origem. DECISÃO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
Publique-se. repercussão geral na origem.
Brasília, 25 de setembro de 2017. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Ministra CÁRMEN LÚCIA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Presidente Publique-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.040 (489) Ministra CÁRMEN LÚCIA
ORIGEM : 00047437020154036317 - TURMA RECURSAL DOS Presidente
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.089 (493)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE ORIGEM : ARE - 00369128020138260053 - TRIBUNAL DE
RECTE.(S) : ANTONINO BRANCATELLI JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
ADV.(A/S) : MURILO GURJAO SILVEIRA AITH (57649/PR, PROCED. : SÃO PAULO
251190/SP) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECTE.(S) : ROBERTO DE FREITAS
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ADV.(A/S) : MAURO BERGAMINI LEVI (249744/SP)
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
DECISÃO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECDO.(A/S) : COMPANHIA PAULISTA DE TRENS METROPOLITANOS
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da - CPTM
repercussão geral na origem. ADV.(A/S) : MARCOS CALDAS MARTINS CHAGAS (47104/BA,
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do 35879/DF, 18353/ES, 47958/GO, 56526/MG, 14620-
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). A/MS, 01930/PE, 77458/PR, 164734/RJ, 83640A/RS,
Publique-se. 42978/SC, 303021/SP)
Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA DECISÃO
Presidente 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 65

fundamentada de repercussão geral. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao


2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). repercussão geral na origem.
Publique-se. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Brasília, 21 de setembro de 2017. inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Ministra CÁRMEN LÚCIA Publique-se.
Presidente Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.350 (494) Presidente
ORIGEM : 00029176020164036321 - TURMA RECURSAL DOS
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.560 (498)
PROCED. : SÃO PAULO ORIGEM : AREsp - 00103658220098260072 - TRIBUNAL DE
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECTE.(S) : TEREZA MARIA OLIVEIRA PROCED. : SÃO PAULO
ADV.(A/S) : CARLA APARECIDA ALVES DE OLIVEIRA (105190/MG, REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
367105/SP) RECTE.(S) : BENEDITO QUITÉRIO FILHO
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS ADV.(A/S) : JULIANO ANDRE FERRAZ (260394/SP)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL RECDO.(A/S) : MUNICIPIO DE BEBEDOURO
ADV.(A/S) : RODRIGO DOMINGOS (236954/SP)
DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao DECISÃO
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
repercussão geral na origem. processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal).
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
Publique-se. V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Brasília, 25 de setembro de 2017. Publique-se.
Ministra CÁRMEN LÚCIA Brasília, 22 de setembro de 2017.
Presidente Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.510 (495)
ORIGEM : 00297273520164036301 - TURMA RECURSAL DOS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.794 (499)
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS ORIGEM : AREsp - 00342992920098260053 - TRIBUNAL DE
PROCED. : SÃO PAULO JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE PROCED. : SÃO PAULO
RECTE.(S) : EDUARDO ALBERTO ESCOBAR GALLEGOS REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
ADV.(A/S) : LIGIA APARECIDA SIGIANI PASCOTE (115661/SP) RECTE.(S) : MUNICÍPIO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL PAULO
RECDO.(A/S) : JANETE RICCETTO E OUTRO(A/S)
DECISÃO ADV.(A/S) : RICARDO ARENA JUNIOR (100141/SP)
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da DESPACHO
repercussão geral na origem. 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). com Agravo n. 675.153, Tema n. 563, e Recurso Extraordinário n. 764.332,
Publique-se. Tema n. 702): ausência de repercussão geral.
Brasília, 25 de setembro de 2017. 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
Ministra CÁRMEN LÚCIA de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030,
Presidente inc. I, al. a, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.511 (496) Publique-se.
ORIGEM : 00296580320164036301 - TURMA RECURSAL DOS Brasília, 21 de setembro de 2017.
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROCED. : SÃO PAULO Presidente
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : AFONSO CANDIDO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.831 (500)
ADV.(A/S) : LIGIA APARECIDA SIGIANI PASCOTE (115661/SP) ORIGEM : AREsp - 00059367420128260587 - TRIBUNAL DE
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL PROCED. : SÃO PAULO
REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
DECISÃO RECTE.(S) : PETROBRAS TRANSPORTE S.A - TRANSPETRO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao ADV.(A/S) : MARIA DE FATIMA CHAVES GAY (127335/SP)
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da ADV.(A/S) : ANDRE LUIZ TEIXEIRA PERDIZ PINHEIRO (183805/SP)
repercussão geral na origem. RECDO.(A/S) : CETESB COMPANHIA AMBIENTAL DO ESTADO DE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do SAO PAULO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : AGENOR FELIX DE ALMEIDA JUNIOR (120567/SP)
Publique-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017. DECISÃO
Ministra CÁRMEN LÚCIA 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Presidente processamento deste recurso: o caso é de incidência das Súmulas 282 e 356
do Supremo Tribunal Federal.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.520 (497) 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ORIGEM : 00374657420164036301 - TURMA RECURSAL DOS inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS Publique-se.
PROCED. : SÃO PAULO Brasília, 22 de setembro de 2017.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECTE.(S) : VALDEMAR FRANCISCO ALVES Presidente
ADV.(A/S) : CARLA APARECIDA ALVES DE OLIVEIRA (105190/MG,
367105/SP) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.960 (501)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS ORIGEM : 00076522220158270000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ESTADO DO TOCANTINS
PROCED. : TOCANTINS
DECISÃO RELATOR :MIN. CELSO DE MELLO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 66

RECTE.(S) : ESTADO DO TOCANTINS 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ADV.(A/S) : SERGIO RODRIGO DO VALE (547/TO) inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : PRESLEY CRUZ NUNES Publique-se.
ADV.(A/S) : TIAGO COSTA RODRIGUES (1214/TO) Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
DESPACHO Presidente
1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a
atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13 RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.742 (505)
do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal): ORIGEM : REsp - 200651010245984 - TRIBUNAL REGIONAL
“Art. 13. São atribuições do Presidente: FEDERAL DA 2ª REGIÃO
V – despachar: (...) PROCED. : RIO DE JANEIRO
c) até eventual distribuição, os agravos de instrumento, recursos REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
extraordinários e petições ineptos ou de outro modo manifestamente RECTE.(S) : UNIÃO
inadmissíveis, inclusive por incompetência, intempestividade, deserção, PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL
prejuízo ou ausência de preliminar formal e fundamentada de repercussão RECDO.(A/S) : MAURICIO LEWIN
geral, bem como aqueles cuja matéria seja destituída de repercussão geral, RECDO.(A/S) : HELOISA FONSECA RIBEIRO
conforme jurisprudência do Tribunal”. RECDO.(A/S) : EVANIR CALZAVARA
2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma RECDO.(A/S) : SONIA REGINA QUADROS E SILVA
regimental. RECDO.(A/S) : ELISEU DE ARAUJO
Publique-se. RECDO.(A/S) : LUPERCIO DOS REIS BEZERRA
Brasília, 25 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : HELY DE FARIA LOPES
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : PAULO EMYGDIO DE OLIVEIRA
Presidente ADV.(A/S) : PAULO HENRIQUE TELES FAGUNDES (072474/RJ)

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.073.979 (502) DECISÃO


ORIGEM : 00064670520158150251 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
ESTADUAL processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
PROCED. : PARAÍBA repercussão geral na origem.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECTE.(S) : MUNICÍPIO DE CACIMBA DE AREIA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : PAULO ITALO DE OLIVEIRA VILAR (14233/PB) Publique-se.
RECDO.(A/S) : ANA LUCIA DA SILVA Brasília, 22 de setembro de 2017.
ADV.(A/S) : JOSE GOMES NETO (15589/PB) Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.819 (506)
processamento deste recurso: o caso é de ausência de esgotamento da via ORIGEM : 200851010187270 - TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL
recursal ordinária (Súmula 281 do Supremo Tribunal Federal). DA 2ª REGIÃO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do PROCED. : RIO DE JANEIRO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Publique-se. RECTE.(S) : UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE
Brasília, 21 de setembro de 2017. JANEIRO
Ministra CÁRMEN LÚCIA PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
Presidente RECDO.(A/S) : IRLETE BRAGA DA TRINDADE
ADV.(A/S) : MARCELO FEIJO CHALREO (52460/RJ)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.058 (503)
ORIGEM : 05213420920134058300 - TURMA RECURSAL DOS DECISÃO
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
PROCED. : PERNAMBUCO ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de ofensa direta à
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Constituição da República e de incidência da Súmula 279 do Supremo
RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS Tribunal Federal.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECDO.(A/S) : MARINALVA DE VASCONCELOS GOMES inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : LEANDRO VICENTE SILVA (38858/BA, 31312-A/CE, Publique-se.
38750/GO, 144615/MG, 01532/PE, 150943/RJ, Brasília, 25 de setembro de 2017.
326620/SP) Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente
DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.891 (507)
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da ORIGEM : EAREsp - 00737106120078260114 - TRIBUNAL DE
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. PROCED. : SÃO PAULO
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RELATOR :MIN. ALEXANDRE DE MORAES
Publique-se. RECTE.(S) : CELIO CHEZINI MORI E OUTRO(A/S)
Brasília, 22 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : JOSE HORACIO (164394/SP)
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : COMPANHIA DE SEGUROS DO ESTADO DE SAO
Presidente PAULO
ADV.(A/S) : FERNANDA GOMES (125848/RJ, 294455/SP)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.074.501 (504) ADV.(A/S) : LUIZ ANTONIO BARBOSA FRANCO (39827/SP)
ORIGEM : 10024132506809001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ADV.(A/S) : DENYS GRASSO POTGMAN (261308/SP)
ESTADUAL ADV.(A/S) : MARCEL BRASIL DE SOUZA MOURA (254103/SP)
PROCED. : MINAS GERAIS ADV.(A/S) : ANTONIO MARCIO DA CUNHA GUIMARAES
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE (82984/SP)
RECTE.(S) : LUEMARA CRISTINA MACHADO DE PIAZZA
RECTE.(S) : RAQUEL ANTONUCCI DUARTE DESPACHO
ADV.(A/S) : ALEXANDRE MARTINS GERVASIO (130521/MG) 1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a
RECDO.(A/S) : ESTADO DE MINAS GERAIS atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal):
“Art. 13. São atribuições do Presidente: (…) até eventual distribuição,
DECISÃO os agravos de instrumento, recursos extraordinários e petições ineptos ou de
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis outro modo manifestamente inadmissíveis, inclusive por incompetência,
ao processamento deste recurso: o caso é de incidência das Súmulas 280 e intempestividade, deserção, prejuízo ou ausência de preliminar formal e
283 do Supremo Tribunal Federal e de aplicação da sistemática da fundamentada de repercussão geral, bem como aqueles cuja matéria seja
repercussão geral na origem. destituída de repercussão geral, conforme jurisprudência do Tribunal”.

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 67

2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma 6454/PA)


regimental. RECDO.(A/S) : ESTADO DO AMAPÁ
Publique-se. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO AMAPÁ
Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA DECISÃO
Presidente 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.056 (508) decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal).
ORIGEM : AREsp - 00001491920148260547 - TRIBUNAL DE 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : SÃO PAULO Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 21 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : EDINEY JANUARIO GARCIA Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : ELY MARCIO DENZIN (296148/SP) Presidente
RECDO.(A/S) : BV FINANCEIRA SA CREDITO FINANCIAMENTO E
INVESTIMENTO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.126 (512)
ADV.(A/S) : LUCIANA DE ASSIS MOURA (303358/SP) ORIGEM : AREsp - 199934000062250 - TRIBUNAL REGIONAL
FEDERAL DA 1ª REGIAO
DECISÃO PROCED. : DISTRITO FEDERAL
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e RECTE.(S) : HAMILTON LEDA
fundamentada de repercussão geral e de impugnação da decisão agravada RECTE.(S) : FRANCISCO HAMILTON DE ALENCAR MOTA
(Súmula 287 do Supremo Tribunal). ADV.(A/S) : MARCELLO LAVENERE MACHADO (543/AL,
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. 01120/A/DF)
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E
Publique-se. TECNOLOGICO
Brasília, 22 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : ALVARO AUGUSTO BERNARDES NORMANDO (08589/
Ministra CÁRMEN LÚCIA DF)
Presidente
DECISÃO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.082 (509) 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
ORIGEM : 00286725020108190038 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
ESTADO DO RIO DE JANEIRO repercussão geral na origem.
PROCED. : RIO DE JANEIRO 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECTE.(S) : MUNICIPIO DE NOVA IGUACU Publique-se.
ADV.(A/S) : RODRIGO GARCIA VERALDO (127939/RJ) Brasília, 22 de setembro de 2017.
ADV.(A/S) : RENATA LIMA FERREIRA NUNES (115813/RJ) Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICIPIO DE NOVA Presidente
IGUACU
RECDO.(A/S) : JOSE MIGUEL DA FRANCA RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.138 (513)
ADV.(A/S) : ALISSON DO NASCIMENTO CUNHA (143833/RJ) ORIGEM : AREsp - 70073909681 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
DECISÃO PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de ofensa direta à RECTE.(S) : MARIO GATTINI
Constituição da República e de incidência das Súmulas 279 e 283 do ADV.(A/S) : RUBESVAL FELIX TREVISAN (163582/RJ, 32027/RS)
Supremo Tribunal Federal. RECDO.(A/S) : FUNDACAO DOS ECONOMIARIOS FEDERAIS
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do FUNCEF
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : ESTEFANIA FERREIRA DE SOUZA DE VIVEIROS
Publique-se. (11694/DF, 785-A/RN)
Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA DECISÃO
Presidente 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.102 (510) decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal).
ORIGEM : AREsp - 1625242015 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ESTADO DO MATO GROSSO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : MATO GROSSO Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 21 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : ESTADO DE MATO GROSSO Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE MATO Presidente
GROSSO
RECDO.(A/S) : EUNICE GEA PEREZ LOURENCO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.180 (514)
ADV.(A/S) : BRUNO JOSE RICCI BOAVENTURA (9271/O/MT) ORIGEM : RECURSOS - 05001851420124058300 - TRF5 - PE - 2ª
TURMA RECURSAL
DECISÃO PROCED. : PERNAMBUCO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
repercussão geral na origem. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do RECDO.(A/S) : MOACIR PEREIRA DE MORAIS
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). PROC.(A/S)(ES) : DEFENSOR PÚBLICO-GERAL FEDERAL
Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017. DECISÃO
Ministra CÁRMEN LÚCIA 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
Presidente ao processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 279 do
Supremo Tribunal Federal e de ausência de repercussão geral da matéria
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.118 (511) veiculada no recurso extraordinário (Tema 852).
ORIGEM : AREsp - 00319423820138030001 - TRIBUNAL DE 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAPÁ inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : AMAPÁ Publique-se.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Brasília, 25 de setembro de 2017.
RECTE.(S) : REGINA CELIA SEGATO BIANQUINI Ministra CÁRMEN LÚCIA
ADV.(A/S) : SERGIO AFONSO BARRETO GUERREIRO (995-A/AP, Presidente

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 68

Publique-se.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.181 (515) Brasília, 22 de setembro de 2017.
ORIGEM : RECURSOS - 05110801320164058100 - TRF5 - CE - 2ª Ministra CÁRMEN LÚCIA
TURMA RECURSAL - CEARÁ Presidente
PROCED. : CEARÁ
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.225 (519)
RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS ORIGEM : AREsp - 22625846620158260000 - TRIBUNAL DE
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : JOSE GOMES DE ALENCAR PROCED. : SÃO PAULO
ADV.(A/S) : JOACI INACIO DE BRITO (8942/CE) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : BEREL ZATZ
DECISÃO ADV.(A/S) : JOAO FERNANDO DE SOUZA HAJAR (253313/SP)
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECDO.(A/S) : RICARDO TEIXEIRA POSSES
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da ADV.(A/S) : MARILICE DUARTE BARROS (29894/GO, 184246/RJ,
repercussão geral na origem. 133310/SP)
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). DECISÃO
Publique-se. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Brasília, 22 de setembro de 2017. processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
Ministra CÁRMEN LÚCIA repercussão geral na origem.
Presidente 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.194 (516) Publique-se.
ORIGEM : 00670687420148190000 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO Brasília, 22 de setembro de 2017.
ESTADO DO RIO DE JANEIRO Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROCED. : RIO DE JANEIRO Presidente
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : R.R. RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.231 (520)
ADV.(A/S) : LEONARDO ESCODINO ALBERONI (94176/RJ) ORIGEM : AREsp - 00332725220074036100 - TRIBUNAL
RECDO.(A/S) : R.T.F.R. REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIAO
RECDO.(A/S) : S.T.F.C. PROCED. : SÃO PAULO
ADV.(A/S) : IVAN VERNON JALKH TORRES (177933/RJ) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS TRIBUTARIOS
DECISÃO DA RFB - SINDIRECEITA
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao ADV.(A/S) : MARIA CAROLINA LEONOR MASINI DOS SANTOS
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da (228903/SP)
repercussão geral na origem. RECDO.(A/S) : UNIÃO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. DECISÃO
Brasília, 22 de setembro de 2017. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Ministra CÁRMEN LÚCIA processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
Presidente repercussão geral na origem.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.200 (517) inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ORIGEM : 70041721192 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO Publique-se.
RIO GRANDE DO SUL Brasília, 22 de setembro de 2017.
PROCED. : RIO GRANDE DO SUL Ministra CÁRMEN LÚCIA
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Presidente
RECTE.(S) : MUNICIPIO DE VENANCIO AIRES
ADV.(A/S) : CLAUDIO ROBERTO NUNES GOLGO (143208/MG, RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.255 (521)
48667/PR, 25345/RS, 16743/SC, 215204/SP) ORIGEM : RECURSOS - 05003823320124058311 - TRF5 - PE - 2ª
RECDO.(A/S) : SANTANDER BRASIL ARRENDAMENTO MERCANTIL TURMA RECURSAL
S/A. PROCED. : PERNAMBUCO
ADV.(A/S) : RACHEL BERGESCH (69384/PR, 64447/RS) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
DECISÃO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis RECDO.(A/S) : SEVERINO GOMES DA SILVA
ao processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS
repercussão geral na origem, de ausência de ofensa direta à Constituição da
República e de incidência da Súmula 279 do Supremo Tribunal Federal. DECISÃO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
Publique-se. decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal).
Brasília, 22 de setembro de 2017. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Ministra CÁRMEN LÚCIA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Presidente Publique-se.
Brasília, 21 de setembro de 2017.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.201 (518) Ministra CÁRMEN LÚCIA
ORIGEM : AREsp - 30048210820138260562 - TRIBUNAL DE Presidente
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
PROCED. : SÃO PAULO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.278 (522)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE ORIGEM : RECURSOS - 05006401620164058307 - TRF5 - PE - 2ª
RECTE.(S) : MUNICIPIO DE SANTOS TURMA RECURSAL
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SANTOS PROCED. : PERNAMBUCO
RECDO.(A/S) : MANOEL MESSIAS DE BARROS REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
ADV.(A/S) : ADELSON FERREIRA FIGUEIREDO (95150/SP) RECTE.(S) : JANDIRA RODRIGUES GOMES
ADV.(A/S) : EVANDRO JOSE LAGO (32307/BA, 23560-A/CE, 39930/
DECISÃO DF, 20468/ES, 127418/MG, 01253/PE, 66926/PR,
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao 136516/RJ, 529A/RN, 12679/SC, 700A/SE, 214055/SP)
processamento deste recurso: o caso é de incidência das Súmulas 279, 280 e RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
282 do Supremo Tribunal Federal. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). DESPACHO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 69

1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA
processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário n. NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO,
1.029.608, Tema n. 960): ausência de repercussão geral. REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE
de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030, REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA
inc. I, al. a, do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua
Publique-se. competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito
Brasília, 21 de setembro de 2017. privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução
Ministra CÁRMEN LÚCIA na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas
Presidente mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo
quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.541 (523) questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de
ORIGEM : 00014673020138170480 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código
ESTADUAL de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por
PROCED. : PERNAMBUCO isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser
RECTE.(S) : FUNDACAO DE APOSENTADORIAS E PENSOES DOS admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria
SERVIDORES DO ESTADO DE PERNAMBUCO constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das
PERNAMBUCO circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso
RECDO.(A/S) : SEVERINO TIBURCIO DA SILVA examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta
ADV.(A/S) : ALLAN KARDEC OLIVEIRA DE LIMA (29693/PE) dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto
ADV.(A/S) : RODRIGO NASCIMENTO LINS (36436/PE) nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos
da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator
DESPACHO o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015).
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc.
com Agravo n. 948.645, Tema 882): ausência de repercussão geral. I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc. Publique-se.
I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do Brasília, 22 de setembro de 2017.
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). Ministra CÁRMEN LÚCIA
Publique-se. Presidente
Brasília, 25 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.620 (526)
Presidente ORIGEM : AREsp - 00155311720098260292 - TRIBUNAL DE
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.582 (524) PROCED. : SÃO PAULO
ORIGEM : ARE - 00352257320108260053 - TRIBUNAL DE REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RECTE.(S) : ROGERIO AZEREDO RENO
PROCED. : SÃO PAULO ADV.(A/S) : JOSE FRANCISCO VENTURA BATISTA (291552/SP)
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECDO.(A/S) : MUNICIPIO DE JACAREI
RECTE.(S) : MARIA TEORO CAVALARI E OUTRO(A/S) ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE JACAREÍ
ADV.(A/S) : MARIA APARECIDA DIAS PEREIRA NARBUTIS (77001/
SP) DESPACHO
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário
n. 724.347, Tema 671): repercussão geral reconhecida e mérito julgado.
DESPACHO 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a de origem para observância dos procedimentos previstos nos incs. I e II
atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13 do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal): Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
“Art. 13. São atribuições do Presidente: (…) até eventual distribuição, Publique-se.
os agravos de instrumento, recursos extraordinários e petições ineptos ou de Brasília, 25 de setembro de 2017.
outro modo manifestamente inadmissíveis, inclusive por incompetência, Ministra CÁRMEN LÚCIA
intempestividade, deserção, prejuízo ou ausência de preliminar formal e Presidente
fundamentada de repercussão geral, bem como aqueles cuja matéria seja
destituída de repercussão geral, conforme jurisprudência do Tribunal”. RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.631 (527)
2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma ORIGEM : PROC - 50036494020174040000 - TRIBUNAL
regimental. REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO
Publique-se. PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
Brasília, 22 de setembro de 2017. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) : VITAL BATTISTI
Presidente ADV.(A/S) : GABRIEL DORNELLES MARCOLIN (87350/PR,
76643/RS, 29966/SC)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.612 (525) RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
ORIGEM : AREsp - 201600708368 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
ESTADO DE SERGIPE
PROCED. : SERGIPE DESPACHO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no
RECTE.(S) : NORCON SOCIEDADE NORDESTINA DE presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário
CONSTRUCOES S/A n. 870.947, Tema 810): repercussão geral reconhecida e mérito julgado.
RECTE.(S) : SPE CONDOMINIO VILAS DO BOSQUE LTDA 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
ADV.(A/S) : ARTUR RIBEIRO BARACHISIO LISBOA (23127/BA, de origem para observância dos procedimentos previstos nos incs. I e II
554A/SE) do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
RECDO.(A/S) : CARINE CARVALHO SANTOS Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : AILIO CLAUBER FONTES LINS (6249/SE) Publique-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017.
DESPACHO Ministra CÁRMEN LÚCIA
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente Presidente
processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com
Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral: RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.641 (528)
“PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS ORIGEM : 03260486120138190001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 70

ESTADO DO RIO DE JANEIRO recursal ordinária (Súmula 281 do Supremo Tribunal Federal).
PROCED. : RIO DE JANEIRO 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECTE.(S) : TEREZA CRISTINA CRUZ DE OLIVEIRA Publique-se.
ADV.(A/S) : FRANCINNY DELFINO DE MENDONCA (177586/RJ) Brasília, 25 de setembro de 2017.
RECDO.(A/S) : MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DO RIO DE Presidente
JANEIRO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.800 (532)
DESPACHO ORIGEM : AREsp - 883712016 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no ESTADO DO MATO GROSSO
presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário PROCED. : MATO GROSSO
n. 598.365, Tema 181): ausência de repercussão geral. REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal RECTE.(S) : ESTADO DE MATO GROSSO
de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE MATO
I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do GROSSO
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : GERALDA VIANA RIBEIRO
Publique-se. RECDO.(A/S) : LAURA PEREIRA DE SOUZA
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : ALDERZI PARREIRA DE MENDONCA
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : SANDRA TEREZA DOS SANTOS
Presidente RECDO.(A/S) : IZAILDA RIBEIRO LIMA
RECDO.(A/S) : IVAIRDE FERREIRA DE BRITO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.646 (529) RECDO.(A/S) : MARIA MIRIAM MENDES DA SILVA
ORIGEM : AREsp - 201351180017425 - TRIBUNAL REGIONAL RECDO.(A/S) : MARIA CARLOTA FERRARI LUZ
FEDERAL DA 2ª REGIÃO RECDO.(A/S) : ALINE MARCIA DE ABREU CARVALHO
PROCED. : RIO DE JANEIRO RECDO.(A/S) : IVONE MIDORI FUCUDA MIOKI
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECDO.(A/S) : SERGIO MIOKI
RECTE.(S) : CORREA E ALVES COMERCIO DE SUCATA DE RECDO.(A/S) : EDISLEY JOSE PEREIRA DE SOUSA
ALUMINIO LTDA E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) : TARCIO PEREIRA RESENDE
ADV.(A/S) : HENRIQUE DO NASCIMENTO ROCHA (072529/RJ) RECDO.(A/S) : MARIA ROSITA ALVES
RECDO.(A/S) : CAIXA ECONOMICA FEDERAL RECDO.(A/S) : MARIA BENEDITA FAUSTINO DA SILVA
ADV.(A/S) : CRISTIANO SEABRA DAN (131175/RJ) RECDO.(A/S) : MARIA DALVA LIMA SOBRINHO CASTANON
RECDO.(A/S) : MARIA EFIGENES VIEIRA ARRAIS
DECISÃO RECDO.(A/S) : TEREZINHA DA SILVA LIMA
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis RECDO.(A/S) : EVA ARRAIS DE CARVALHO
ao processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e RECDO.(A/S) : CELIA REZENDE DA CUNHA SILVA
fundamentada de repercussão geral e de ausência de prequestionamento da RECDO.(A/S) : EVA MARIA OLIVEIRA ARRAIS SILVA
matéria constitucional. RECDO.(A/S) : WILSON GARCIA DE ALENCAR
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. RECDO.(A/S) : ARMANDO GEHM
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : KLEYDIANE COELHO BARBOSA
Publique-se. RECDO.(A/S) : ILDETE NEVES DA SILVA
Brasília, 21 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : MARIA ARRAIS VIEIRA
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : NEIDE GOMES LIMA
Presidente RECDO.(A/S) : ELENIR RIBEIRO DA SILVA PEREIRA
RECDO.(A/S) : IVONE DOS SANTOS PINHEIRO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.705 (530) RECDO.(A/S) : IRANY SANTOS DO NASCIMENTO
ORIGEM : 71006538813 - TURMA RECURSAL DE JUIZADOS RECDO.(A/S) : MARIA NIVA PEREIRA DA SILVA
ESPECIAIS ESTADUAIS RECDO.(A/S) : MARIA CONCEICAO COSTA DA SILVA
PROCED. : RIO GRANDE DO SUL RECDO.(A/S) : ANTONIA APARECIDA OLIVEIRA AGUIAR
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECDO.(A/S) : OMILTON ROSA DA SILVA
RECTE.(S) : JAMES MACHADO DOS SANTOS RECDO.(A/S) : ANTONIO PEREIRA DA SILVA
ADV.(A/S) : EVA ROSILENE DA SILVEIRA (76996/RS) RECDO.(A/S) : LUCINEYDE FRANCISCA MORENO
RECDO.(A/S) : BANCO SANTANDER BRASIL S/A RECDO.(A/S) : CARLIA LEITE CARVALHO VIGATO
ADV.(A/S) : CARLOS EDUARDO CAVALCANTE RAMOS RECDO.(A/S) : ELVIRA LELIS DE SOUSA
(14913A/AL, A1198/AM, 37489/BA, 29023-A/CE, RECDO.(A/S) : ADRIANA MARTA OLIVEIRA AGUIAR
53182/DF, 19267/ES, 47949A/GO, 149635/MG, 24507-A/ RECDO.(A/S) : CARCIA LEITE CARVALHO
PA, 23483A/PB, 01676/PE, 14947/PI, 76331/PR, 111030/ RECDO.(A/S) : CLAUDETE MARTINS CAMARA
RJ, 1216-A/RN, 98285A/RS, 42176/SC, 340927/SP) RECDO.(A/S) : KIUSSANIA VIEIRA ARRAIS MARQUE
RECDO.(A/S) : LUCIA MARIA SOBRINHO FERREIRA
DECISÃO RECDO.(A/S) : CLARICE APARECIDA DE SOUZA ORTIZ
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECDO.(A/S) : SANDRA FRANCISCA DE LIMA
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECDO.(A/S) : AZENILDA DIAS LIMA
repercussão geral na origem. RECDO.(A/S) : MARIA LUIZA VIEIRA DE CARVALHO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do RECDO.(A/S) : VIDELINA LELIS DE MORAES
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : MARGARETH SANTOS LEITE
Publique-se. RECDO.(A/S) : MARIA INEZ POMPEU ZORZETTO
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : MARIA AUXILIADORA DA SILVA GARCAO
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : MARLY VIEIRA NUNES
Presidente RECDO.(A/S) : DARCY GONZAGA CORGOZINHO
RECDO.(A/S) : NILCE MADALENA TOZO
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.781 (531) RECDO.(A/S) : TANIA MARA BONOTTO HORVATICH
ORIGEM : AREsp - 50277057420164040000 - TRIBUNAL RECDO.(A/S) : MARISTELLA ALVES MIRANDA
REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO RECDO.(A/S) : MARIA AUXILIADORA DA SILVA LIMA
PROCED. : PARANÁ RECDO.(A/S) : ANICEZAR LOPES PAIXAO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECDO.(A/S) : NIVALDO BRITO DE OLIVEIRA
RECTE.(S) : CESA - CENTRO DE ESTUDO SUPERIOR DE RECDO.(A/S) : DIVINA GOMES BARBOSA
APUCARANA RECDO.(A/S) : SILVANI SALETE GOULART
ADV.(A/S) : DANILO LEMOS FREIRE (40738/PR) RECDO.(A/S) : NEIDE JANES RODRIGUES DE MATOS
RECDO.(A/S) : UNIÃO RECDO.(A/S) : ANTONIO DELFINO DE SOUZA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA FAZENDA NACIONAL RECDO.(A/S) : MARIA GONCALINA DE PINHO
RECDO.(A/S) : MARICELDA MARIA POYER
DECISÃO RECDO.(A/S) : FELICIDADE ALMEIDA QUEIROZ
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECDO.(A/S) : DIVINO SOARES DA COSTA
processamento deste recurso: o caso é de ausência de esgotamento da via RECDO.(A/S) : ZULEIDE DA CONCEICAO LIMA

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 71

RECDO.(A/S) : EMENANDES QUEIROZ CARNEIRO RECDO.(A/S) : NILZA MARIA DA SILVA


RECDO.(A/S) : EUNICE CIRQUEIRA SENA RECDO.(A/S) : CLAUDINA BARBOSA QUEIROZ
RECDO.(A/S) : JANDIRA NERY DE OLIVEIRA RECDO.(A/S) : OZENY LEONEL MARQUES
RECDO.(A/S) : JAIR SANCHEZ POLEGATTO RECDO.(A/S) : NEZIA DIAS DE SOUSA
RECDO.(A/S) : RUBELIA PEREIRA SOUSA PENZE RECDO.(A/S) : MOACYR EVANGELISTA DE SOUZA
RECDO.(A/S) : NEUZA POYER FRIGO RECDO.(A/S) : ODORICO FERREIRA CARDOSO NETO
RECDO.(A/S) : MARIA BONFIM DE SOUSA RECDO.(A/S) : ELISANGELA DA COSTA CHAVES ABRANTKOSKI
RECDO.(A/S) : CLEONICE ALVES DA SILVA RECDO.(A/S) : PETRONILIA MOREIRA DOS SANTOS
RECDO.(A/S) : GLEIDE MOREIRA DOS SANTOS RECDO.(A/S) : LUZIA RODRIGUES DOS SANTOS
RECDO.(A/S) : ALAIDES MARIA DA SILVA PERES RECDO.(A/S) : NAIZA PEREIRA AZEVEDO
RECDO.(A/S) : JOSE OLIVEIRA GOMES RECDO.(A/S) : MARIA JOSE LOPES
RECDO.(A/S) : GERALDA GALDINA DE MELO RECDO.(A/S) : SHIRLEY RODRIGUES FREITAS
RECDO.(A/S) : INES DE JESUS ROCHA RECDO.(A/S) : DENISE RAVANINI TOGNON
RECDO.(A/S) : JANETH ROSA DA SILVA RECDO.(A/S) : LEONILDO TOGNON FILHO
RECDO.(A/S) : IZABEL VIANA DE BARROS RECDO.(A/S) : DANIZETH SELUZIA RODRIGUES DUTRA
RECDO.(A/S) : EUZANY DA SILVA MATTOS RECDO.(A/S) : CELIA FERREIRA CAMARA
RECDO.(A/S) : TERESA VIANA PESSOA RECDO.(A/S) : HELOIZA CANDIDA DE OLIVEIRA
RECDO.(A/S) : VALQUIRIA DE ABREU RECDO.(A/S) : CELCIOMAR CAMARA MONSAO
RECDO.(A/S) : WILLKENS AURELIO FRANCO RECDO.(A/S) : ALDECYR NERY MONCAO
RECDO.(A/S) : ROSILEIA DIAS DOS SANTOS RECDO.(A/S) : MARIA GORETH RODRIGUES DE MATOS
RECDO.(A/S) : MARIA TEREZA PEREIRA FELIX RECDO.(A/S) : MARIA DE LOURDES DANTAS DE OLIVEIRA
RECDO.(A/S) : TANEA REGINA LIRA CARVALHO MOURA RECDO.(A/S) : MARIA ELVIRA BASTOS PINTO
RECDO.(A/S) : RAIMUNDA FORTALEZA BEZERRA RECDO.(A/S) : ELIETE RODRIGUES LOPES COUTO
RECDO.(A/S) : JOAQUIM PICOLO RECDO.(A/S) : INES MARIA HAAS
RECDO.(A/S) : OTACILA MIRANDA NOLETO YAMAMOTO RECDO.(A/S) : SARA NEY DOS SANTOS LOPES
RECDO.(A/S) : NARRERU BARREIRA DE SOUSA RECDO.(A/S) : GILDO FURTADO DE QUEIROZ
RECDO.(A/S) : TEREZINHA DE FATIMA REZENDE ALMEIDA RECDO.(A/S) : IASMIN DE ALMEIDA MORIS SOUZA
RECDO.(A/S) : ODIVANIRA JUCA DO AMORIM SILVA RECDO.(A/S) : CORACY MARIA DE DEUS SOUZA
RECDO.(A/S) : EDINA MARIA QUEIROZ SANTOS RECDO.(A/S) : NILDAMAR CAETANO DE MOURA E SILVA
RECDO.(A/S) : MARIA LUIZA RESENDE DO NASCIMENTO RECDO.(A/S) : GUIOMAR ALVES MARQUES
RECDO.(A/S) : ROSA ALVES BORGES RECDO.(A/S) : WILSON LIMA DA SILVA
RECDO.(A/S) : NEUSILIA PEREIRA DE SOUSA RECDO.(A/S) : VERA LUCIA COSTA CARVALHO
RECDO.(A/S) : MAGNOLIA FORTALEZA BEZERRA RECDO.(A/S) : DOMINGOS BOSCO DA SILVA
RECDO.(A/S) : ELIANA KNABBEN MELO ADV.(A/S) : JAIRO GEHM (40087/GO, 16063/O/MT)
RECDO.(A/S) : SALETE MARIA MARCOLAN
RECDO.(A/S) : LUCILENE BUENO DE FARIA DECISÃO
RECDO.(A/S) : SANDRA LUCIA ESQUINA 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
RECDO.(A/S) : SERGIO DA ROCHA BARRIENTOS processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
RECDO.(A/S) : ABIGAHIL SOUSA SANTOS repercussão geral na origem.
RECDO.(A/S) : CEZARIO DA MATA SOUSA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
RECDO.(A/S) : OSMAR LOPES PAIXAO V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : NOILMA FERREIRA DE ASSUNCAO OLIVEIRA Publique-se.
RECDO.(A/S) : ARVELINA CONCEICAO DE SOUSA Brasília, 25 de setembro de 2017.
RECDO.(A/S) : MARIA ANGELA BARBOSA DE SOUZA Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECDO.(A/S) : LUISA BARBOSA QUEIROZ Presidente
RECDO.(A/S) : SILDA FIGUEIREDO DE SOUSA
RECDO.(A/S) : ELZA REGINA QUEIROZ LINO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.810 (533)
RECDO.(A/S) : SEBASTIANA CAVALCANTE DE SOUSA ORIGEM : AREsp - 00044646220128260288 - TRIBUNAL DE
RECDO.(A/S) : MARIA LUCILENE ABREU GEHM JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : PEDRO LIZZI PROCED. : SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : MARIA LUZIA DA SILVA REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : JOVILINA MARTINS DA SILVA RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A
RECDO.(A/S) : ROSANGELA BECKER DUNCKE ADV.(A/S) : FLAVIO OLIMPIO DE AZEVEDO (118748/RJ, 34248/SP)
RECDO.(A/S) : MARIO SOUZA SPINOLA FILHO ADV.(A/S) : MILENA PIRAGINE (3939/AC, 11639A/AL, A912/AM,
RECDO.(A/S) : MARIA CONCEICAO GOMES SIMOES 2399-A/AP, 38857/BA, 28128-A/CE, 40427/DF, 21455/ES,
RECDO.(A/S) : ADIR VOLTOLINE 37223/GO, 12240-A/MA, 144673/MG, 17018-A/MS,
RECDO.(A/S) : DOMINGAS MELO 17210-A/MT, 19386-A/PA, 18514-A/PB, 01570/PE, 10202/
RECDO.(A/S) : NIUSA MARQUES DIAS PI, 66452/PR, 180116/RJ, 976-A/RN, 5783/RO, 445-
RECDO.(A/S) : CARMEN BARONHA GOMES DE LIMA A/RR, 89811A/RS, 36524/SC, 764A/SE, 178962/SP,
RECDO.(A/S) : VALCI DIAS CAMPOS 5694-A/TO)
RECDO.(A/S) : LORENA INES FELIPE RECDO.(A/S) : VANDERLEI LUIZ DA SILVA
RECDO.(A/S) : UBALDINA CLARO DA SILVA ADV.(A/S) : DANIEL FERNANDO PAZETO (226527/SP)
RECDO.(A/S) : ELYANE MARIA NOGUEIRA
RECDO.(A/S) : MARA IEDA BECKMANN BOSAIPO DECISÃO
RECDO.(A/S) : SONIA MARIA COROADINHO 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
RECDO.(A/S) : EVA DE SOUSA NASCIMENTO processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
RECDO.(A/S) : JOSEFA MARIA FONSECA repercussão geral na origem.
RECDO.(A/S) : MARIA GUIOMAR CARDOSO MARQUES 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
RECDO.(A/S) : IRENE MARIA DAS GRACAS V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : TEREZA SOARES DE OLIVEIRA Publique-se.
RECDO.(A/S) : JEANETE APRIGIO BISPO DA SILVA Brasília, 25 de setembro de 2017.
RECDO.(A/S) : MARGARIDA BENTO DE MATOS Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECDO.(A/S) : MARIA ELY SILVA BATISTA Presidente
RECDO.(A/S) : LIA MARIZA PAVAN DE SOUZA
RECDO.(A/S) : ROSE MEIRE DIAS SANTOS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.836 (534)
RECDO.(A/S) : RAIMUNDA ASSIS DE ABREU ORIGEM : AREsp - 00445321720118260053 - TRIBUNAL DE
RECDO.(A/S) : ELIZET PEREIRA FEITOSA JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : MARIA DE FATIMA ROCHA PROCED. : SÃO PAULO
RECDO.(A/S) : ANALIZ PEREIRA E SILVA REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : MARIA MOREIRA DA ROCHA FIGUEIREDO RECTE.(S) : SUPERMERCADO X LTDA
RECDO.(A/S) : ALDIRA GARCIA DE OLIVEIRA ADV.(A/S) : ALONSO SANTOS ALVARES (246387/SP)
RECDO.(A/S) : JORGE LUIS BARBOSA SILVA RECDO.(A/S) : FUNDACAO DE PROTECAO E DEFESA DO
RECDO.(A/S) : ESMELINDA OLIVEIRA DE CARVALHO CONSUMIDOR PROCON
RECDO.(A/S) : MARLY AUGUSTA LOPES DE MAGALHAES PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 72

RECDO.(A/S) : LUCIMEIRE RIBEIRO DA SILVA


DECISÃO RECDO.(A/S) : ANTONIO SANTOS CASTRO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECDO.(A/S) : JOSE GERALDO CONCEICAO COSTA
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da ADV.(A/S) : MARIA TEREZA COSTA DA ROCHA (25329/BA)
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal).
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do DECISÃO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
Publique-se. ao processamento deste recurso: o caso é de incidência das Súmulas 279 e
Brasília, 21 de setembro de 2017. 280 do Supremo Tribunal Federal e de aplicação da sistemática da
Ministra CÁRMEN LÚCIA repercussão geral na origem.
Presidente 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.851 (535) Publique-se.
ORIGEM : ARE - 00296282120138260053 - TRIBUNAL DE Brasília, 22 de setembro de 2017.
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROCED. : SÃO PAULO Presidente
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : JOSE PEREIRA NOGUEIRA E OUTRO(A/S) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.866 (539)
ADV.(A/S) : MAURO BERGAMINI LEVI (249744/SP) ORIGEM : 00122983020148110041 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO ESTADUAL
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO PROCED. : MATO GROSSO
REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
DECISÃO RECTE.(S) : ESTADO DE MATO GROSSO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE MATO
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da GROSSO
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). RECDO.(A/S) : ADNAIR MADALENA CURVO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do RECDO.(A/S) : HILDA FERREIRA DE OLIVEIRA
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). ADV.(A/S) : DEJANGO RIBER OLIVEIRA CAMPOS (8874/B/MT)
Publique-se.
Brasília, 25 de setembro de 2017. DECISÃO
Ministra CÁRMEN LÚCIA 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Presidente processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
repercussão geral na origem.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.854 (536) 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
ORIGEM : AREsp - 00070671820118050001 - TRIBUNAL DE inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA Publique-se.
PROCED. : BAHIA Brasília, 22 de setembro de 2017.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECTE.(S) : ESTADO DA BAHIA Presidente
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DA BAHIA
RECDO.(A/S) : DURVAL PORCIUNCULA CESAR RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.872 (540)
ADV.(A/S) : ROBERTO DE OLIVEIRA ARANHA (14903/BA) ORIGEM : ARE - 00105125720098260477 - TRIBUNAL DE
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO
DECISÃO PROCED. : SÃO PAULO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECTE.(S) : MUNICIPIO DE PRAIA GRANDE
repercussão geral na origem. ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE PRAIA
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do GRANDE
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : PRISCILA VANESSA DA SILVA MORAES
Publique-se. ADV.(A/S) : JULIANE MENDES FARINHA MARCONDES DE MELLO
Brasília, 22 de setembro de 2017. (220409/SP)
Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.861 (537) processamento deste recurso: o caso é de incidência das Súmulas 279 e 280
ORIGEM : 00055077220134036302 - TURMA RECURSAL DOS do Supremo Tribunal Federal.
JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
PROCED. : SÃO PAULO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Publique-se.
RECTE.(S) : ROGERIO SIMONETTI BEVILAQUA Brasília, 22 de setembro de 2017.
ADV.(A/S) : DIEGO GONCALVES DE ABREU (228568/SP) Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS Presidente
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.888 (541)
DECISÃO ORIGEM : AREsp - 438472016 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis ESTADO DO MATO GROSSO
ao processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 279 do PROCED. : MATO GROSSO
Supremo Tribunal Federal e de aplicação da sistemática da repercussão geral REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
na origem. RECTE.(S) : ESTADO DE MATO GROSSO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE MATO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). GROSSO
Publique-se. RECDO.(A/S) : SUELY APARECIDA DOS SANTOS
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : MARIA FRANCISCA OLIVEIRA SILVA
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : LEIDMAR DE OLIVEIRA RIBEIRO
Presidente ADV.(A/S) : ALVARO LUIZ PEDROSO MARQUES DE OLIVEIRA
(7666/O/MT)
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.862 (538)
ORIGEM : AREsp - 03306372320128050001 - TRIBUNAL DE DECISÃO
JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
PROCED. : BAHIA processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE repercussão geral na origem.
RECTE.(S) : ESTADO DA BAHIA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DA BAHIA inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECDO.(A/S) : FLORECI NINOS DOS SANTOS SOUZA Publique-se.

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 73

Brasília, 22 de setembro de 2017. ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICIPIO DE OSASCO


Ministra CÁRMEN LÚCIA
Presidente DECISÃO
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.889 (542) processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
ORIGEM : AREsp - 1674212015 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO repercussão geral na origem.
ESTADO DO MATO GROSSO 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
PROCED. : MATO GROSSO inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Publique-se.
RECTE.(S) : ESTADO DE MATO GROSSO Brasília, 22 de setembro de 2017.
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE MATO Ministra CÁRMEN LÚCIA
GROSSO Presidente
RECDO.(A/S) : IVANETE DO NASCIMENTO ORLANDO
RECDO.(A/S) : JOAO CIRIO PROCOPIO RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.950 (546)
RECDO.(A/S) : ELIZABETH PEREIRA DAS NEVES ORIGEM : 10393140007146001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ADV.(A/S) : PEDRO OVELAR (6270/O/MT, 247938/SP) ESTADUAL
ADV.(A/S) : LIVIA COMAR DA SILVA (7650/B/MT) PROCED. : MINAS GERAIS
REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
DECISÃO RECTE.(S) : ESTADO DE MINAS GERAIS
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
repercussão geral na origem. PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do MINAS GERAIS
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. DECISÃO
Brasília, 22 de setembro de 2017. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
Ministra CÁRMEN LÚCIA processamento deste recurso: o caso é de recurso extraordinário contra
Presidente acórdão proferido em tutela antecipada (Súmula 735 do Supremo Tribunal
Federal).
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.895 (543) 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
ORIGEM : 00062740820074036114 - TRIBUNAL REGIONAL V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
FEDERAL DA 3ª REGIAO Publique-se.
PROCED. : SÃO PAULO Brasília, 25 de setembro de 2017.
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECTE.(S) : CELIA APARECIDA LEONE Presidente
ADV.(A/S) : GILBERTO ORSOLAN JAQUES (216898/SP)
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.951 (547)
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ORIGEM : 00229293320148110041 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ESTADUAL
DECISÃO PROCED. : MATO GROSSO
1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
ao processamento deste recurso: o caso é de incidência da Súmula 279 do RECTE.(S) : ESTADO DE MATO GROSSO
Supremo Tribunal Federal e de aplicação da sistemática da repercussão geral PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE MATO
na origem. GROSSO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do RECDO.(A/S) : IVANIL MAMORE DE SOUZA
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECDO.(A/S) : MARIA AUXILIADORA MACIESKI
Publique-se. RECDO.(A/S) : PEDRO BARACAT
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECDO.(A/S) : JOILCE DE PINHO GRUNWALD
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : MARCIA ROSSANA KOECHE DA SILVA
Presidente RECDO.(A/S) : ANTONIA RIBEIRO ZAMPIERI
RECDO.(A/S) : BEATRIZ ALVES DE CASTRO SOARES
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.928 (544) RECDO.(A/S) : ELZA LONDON GOMES DA SILVA
ORIGEM : AREsp - 00142919420108260053 - TRIBUNAL DE RECDO.(A/S) : DEJAIR JOSE PEREIRA
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RECDO.(A/S) : ENAUZERA BENEDITA EVANGELISTA
PROCED. : SÃO PAULO RECDO.(A/S) : MARTA VANTINI MACOM
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECDO.(A/S) : AIDIL NUNES DE MOURA
RECTE.(S) : COMÉRCIO DE CALÇADOS PROSPERIDADE LTDA ADV.(A/S) : ANA LUCIA RICARTE (4411/O/MT)
ADV.(A/S) : RUBENS SIMOES (08161/PR, 149687/SP)
RECDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE SÃO PAULO DECISÃO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE SÃO 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
PAULO processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
repercussão geral na origem.
DECISÃO 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e Publique-se.
fundamentada de repercussão geral. Brasília, 22 de setembro de 2017.
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do Ministra CÁRMEN LÚCIA
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). Presidente
Publique-se.
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.952 (548)
Ministra CÁRMEN LÚCIA ORIGEM : 20150110806776 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADUAL
Presidente PROCED. : DISTRITO FEDERAL
REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.942 (545) RECTE.(S) : DISTRITO FEDERAL
ORIGEM : AREsp - 00304433420108260405 - TRIBUNAL DE PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO DISTRITO FEDERAL
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RECDO.(A/S) : CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISA EM AVALIACAO
PROCED. : SÃO PAULO E SELECAO E DE PROMOCAO DE EVENTOS -
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE CEBRASPE
RECTE.(S) : CELIA DANTAS DE SANTANA GONCALVES ADV.(A/S) : ROGERIO DA SILVA ANDRE (26433/DF)
RECTE.(S) : MARIA APARECIDA BARROS BRUM TABANEZ
RECTE.(S) : LUCIANA PEREIRA DOMINGUES BARCELOS DESPACHO
RECTE.(S) : ERIKA DA SILVA RAMOS 1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a
ADV.(A/S) : KLEBER BISPO DOS SANTOS (207847/SP) atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13
RECDO.(A/S) : MUNICIPIO DE OSASCO do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal):

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 74

“Art. 13. São atribuições do Presidente: PROCED. : SÃO PAULO


V – despachar: (...) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
c) até eventual distribuição, os agravos de instrumento, recursos RECTE.(S) : MARIA DE LOURDES DO NASCIMENTO
extraordinários e petições ineptos ou de outro modo manifestamente ADV.(A/S) : ALEXANDRE MIRANDA MORAES (263318/SP)
inadmissíveis, inclusive por incompetência, intempestividade, deserção, RECDO.(A/S) : ESTADO DE SÃO PAULO
prejuízo ou ausência de preliminar formal e fundamentada de repercussão PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SÃO PAULO
geral, bem como aqueles cuja matéria seja destituída de repercussão geral,
conforme jurisprudência do Tribunal”. DESPACHO
2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no
regimental. presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário
Publique-se. n. 561.836, Tema 5): repercussão geral reconhecida e mérito julgado.
Brasília, 22 de setembro de 2017. 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
Ministra CÁRMEN LÚCIA de origem para observância dos procedimentos previstos nos incs. I e II
Presidente do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.955 (549) Publique-se.
ORIGEM : AREsp - 00170884420144013800 - TRIBUNAL Brasília, 22 de setembro de 2017.
REGIONAL FEDERAL DA 1ª REGIAO Ministra CÁRMEN LÚCIA
PROCED. : MINAS GERAIS Presidente
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : ALVARO MOTTA FERREIRA SERROCHA RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.966 (553)
ADV.(A/S) : MICHELE CRISTINA FELIPE SIQUEIRA (34729/BA, ORIGEM : AREsp - 10024132556556006 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
102468/MG, 312716/SP) DO ESTADO DE MINAS GERAIS
ADV.(A/S) : CARLA APARECIDA ALVES DE OLIVEIRA (105190/MG, PROCED. : MINAS GERAIS
367105/SP) REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECTE.(S) : CHRISTIANE FREITAS ABREU MENDES
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL ADV.(A/S) : MARCOS LUIZ EGG NUNES (115283/MG)
RECDO.(A/S) : ESTADO DE MINAS GERAIS
DECISÃO PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da DECISÃO
repercussão geral na origem. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). repercussão geral na origem.
Publique-se. 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
Brasília, 22 de setembro de 2017. inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Ministra CÁRMEN LÚCIA Publique-se.
Presidente Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.958 (550) Presidente
ORIGEM : 00279167820158110041 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA
ESTADUAL RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.970 (554)
PROCED. : MATO GROSSO ORIGEM : AREsp - 1282565304 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE ESTADO DO PARANÁ
RECTE.(S) : ESTADO DE MATO GROSSO PROCED. : PARANÁ
ADV.(A/S) : JENZ PROCHNOW JUNIOR REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECDO.(A/S) : OSNEIDE COSTA SALES RECTE.(S) : ANTONIO SERGIO BONORA
ADV.(A/S) : THIAGO LOUZICH DA SILVA (17532/O/MT) RECTE.(S) : MARIA ROSANE BAIL
RECTE.(S) : DELACI TEREZINHA WENGRZYNOVSKI
DECISÃO RECTE.(S) : MARIA JANETE MOCELIM DE FRANCA
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao RECTE.(S) : SERGIO VINICIUS DE OLIVEIRA
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da RECTE.(S) : VILMAR WEGRZINOSKI
repercussão geral na origem. RECTE.(S) : LUIZ CARLOS WERLE
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do RECTE.(S) : ALTEMAR ROBERTO DOMINGUES
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECTE.(S) : ALVIMAR PERES
Publique-se. RECTE.(S) : NIVALDO WENGRZYNOVSKI
Brasília, 22 de setembro de 2017. RECTE.(S) : JOSE ROBERETO WERLE
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) : MARCOS PLONCOSKI
Presidente RECTE.(S) : MARILYN TERESINHA SCHAPPO
RECTE.(S) : PAULO ROBERTO CREMA
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.961 (551) RECTE.(S) : ADRIANO IURCK ZONATO
ORIGEM : AREsp - 10059933820148260609 - TRIBUNAL DE RECTE.(S) : LUIZ ROBERTO ABDALA JOSE
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RECTE.(S) : JOAO CARLOS WERLE
PROCED. : SÃO PAULO RECTE.(S) : FABIANO RONSANI SILVA
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECTE.(S) : PAULO ROBERTO DE AZEVEDO
RECTE.(S) : COOPERATIVA HABITACIONAL VIDA NOVA RECTE.(S) : PATRICK PAULO MARCELO ENKE FRANCO
ADV.(A/S) : DOUGLAS BOCHETE (162007/SP) ADV.(A/S) : LUIZ CARLOS CHECOZZI (10355/PR)
RECDO.(A/S) : MARIA DE FATIMA ALVES ADV.(A/S) : LILIANA ORTH DIEHL (34797/PR)
ADV.(A/S) : ROBSON LANCASTER DE TORRES (153727/SP) RECDO.(A/S) : DEPARTAMENTO DE TRANSITO DO ESTADO DO
PARANA
DECISÃO ADV.(A/S) : RONY MARCOS DE LIMA (10948/PR)
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao ADV.(A/S) : ELENI MORAES BARROS (10060/PR)
processamento deste recurso: o caso é de ausência de preliminar formal e
fundamentada de repercussão geral. DECISÃO
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc. 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). processamento deste recurso: o caso é de recurso extraordinário contra
Publique-se. acórdão proferido em medida liminar (Súmula 735 do Supremo Tribunal
Brasília, 25 de setembro de 2017. Federal).
Ministra CÁRMEN LÚCIA 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
Presidente V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se.
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.964 (552) Brasília, 25 de setembro de 2017.
ORIGEM : AREsp - 40030818620138260565 - TRIBUNAL DE Ministra CÁRMEN LÚCIA
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Presidente

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 75

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.075.999 (555) RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.034 (558)
ORIGEM : 03847185820148190001 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA ORIGEM : 05094432720164058100 - TURMA RECURSAL DOS
ESTADUAL JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS
PROCED. : RIO DE JANEIRO PROCED. : CEARÁ
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : GUARDA MUNICIPAL DA CIDADE DO RIO DE RECTE.(S) : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS
JANEIRO-GM-RIO E OUTRO(A/S) PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL FEDERAL
RECTE.(S) : MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO RECDO.(A/S) : FRANCISCO IVANEDINO SALES DA SILVA
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DO RIO DE ADV.(A/S) : JOSE LEITE DE CARVALHO NETO (26083/CE)
JANEIRO
RECDO.(A/S) : WENDEL JOSE DA CONCEICAO DECISÃO
ADV.(A/S) : LEA DA SILVA MONTEIRO (126509/RJ) 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da
DESPACHO repercussão geral na origem.
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (art. 13, inc.
presente processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário V, al. c, do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
n. 611.162, Tema 290): ausência de repercussão geral. Publique-se.
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal Brasília, 22 de setembro de 2017.
de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc. Ministra CÁRMEN LÚCIA
I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do Presidente
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
Publique-se. RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.099 (559)
Brasília, 22 de setembro de 2017. ORIGEM : 00046720620158050230 - TURMA RECURSAL DE
Ministra CÁRMEN LÚCIA JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS
Presidente PROCED. : BAHIA
REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.015 (556) RECTE.(S) : COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA
ORIGEM : PROC - 50082657920144047205 - TRIBUNAL BAHIA COELBA
REGIONAL FEDERAL DA 4ª REGIÃO ADV.(A/S) : PAULO ABBEHUSEN JUNIOR (28568/BA)
PROCED. : SANTA CATARINA RECDO.(A/S) : TIMAIA BRITO DA LUZ
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE ADV.(A/S) : LUIZ ARMANDO CEDRO VILAS BOAS JUNIOR
RECTE.(S) : UNIÃO (9952/BA)
PROC.(A/S)(ES) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO
RECDO.(A/S) : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL DESPACHO
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente
INTDO.(A/S) : ESTADO DE SANTA CATARINA processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE SANTA Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral:
CATARINA “PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS
INTDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE BLUMENAU JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA
ADV.(A/S) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE BLUMENAU NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO,
REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA
DECISÃO SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA
processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados
decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal). Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução
Publique-se. na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas
Brasília, 21 de setembro de 2017. mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo
Ministra CÁRMEN LÚCIA quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a
Presidente questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de
que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.026 (557) de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por
ORIGEM : AREsp - 21412243320168260000 - TRIBUNAL DE isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas
JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser
PROCED. : SÃO PAULO admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da
RECTE.(S) : BANCO DO BRASIL S/A repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das
ADV.(A/S) : RAFAEL SGANZERLA DURAND (3594/AC, 10132A/AL, circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso
A737/AM, 1873-A/AP, 26552/BA, 24217-A/CE, 27474/DF, examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta
15112/ES, 28610/GO, 10348-A/MA, 131512/MG, 14924- dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto
A/MS, 12208/A/MT, 16637-A/PA, 211648-A/PB, nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos
01301/PE, 8204-A/PI, 42761/PR, 144852/RJ, 856-A/RN, da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator
4872/RO, 387-A/RR, 80026A/RS, 30932/SC, 642A/SE, o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015).
211648/SP, 4925/TO) 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
RECDO.(A/S) : MANOEL MODESTO DA SILVA REPRESENTADO POR de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc.
PAULO MODESTO DA SILVA I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
ADV.(A/S) : HANAI SIMONE THOME SCAMARDI (190663/SP) Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
ADV.(A/S) : ANDRE LUIS BONITO (309739/SP) Publique-se.
ADV.(A/S) : LUIS PAULO INVERNIZE CARDOZO (334619/SP) Brasília, 22 de setembro de 2017.
Ministra CÁRMEN LÚCIA
DESPACHO Presidente
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no
presente processo à sistemática da repercussão geral (Agravo de Instrumento RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.108 (560)
n. 759.421, Tema 188): ausência de repercussão geral. ORIGEM : 71006329734 - TJRS - 2ª TURMA RECURSAL DA
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal FAZENDA PÚBLICA
de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc. PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECTE.(S) : WAGNER ARAUJO DUQUIA
Publique-se. ADV.(A/S) : CARLOS AUGUSTO GIOVANELI PEREIRA JUNIOR
Brasília, 22 de setembro de 2017. (60532/RS, 45408/SC)
Ministra CÁRMEN LÚCIA RECDO.(A/S) : ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
Presidente PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DO RIO GRANDE

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 76

DO SUL ADV.(A/S) : DAYSE PACHECO QUEIROZ (49361/BA)

DESPACHO DESPACHO
1. Examinados os autos, ausentes óbices jurídicos a justificarem a 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente
atuação desta Presidência na relatoria deste recurso (al. c do inc. V do art. 13 processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com
do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal): Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral:
“Art. 13. São atribuições do Presidente: “PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS
V – despachar: (...) JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA
c) até eventual distribuição, os agravos de instrumento, recursos NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO,
extraordinários e petições ineptos ou de outro modo manifestamente REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA
inadmissíveis, inclusive por incompetência, intempestividade, deserção, SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE
prejuízo ou ausência de preliminar formal e fundamentada de repercussão REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA
geral, bem como aqueles cuja matéria seja destituída de repercussão geral, EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados
conforme jurisprudência do Tribunal”. Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua
2. Pelo exposto, determino a distribuição deste recurso na forma competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito
regimental. privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução
Publique-se. na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas
Brasília, 22 de setembro de 2017. mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo
Ministra CÁRMEN LÚCIA quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a
Presidente questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de
que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.111 (561) de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por
ORIGEM : 00097440220168050080 - TURMA RECURSAL DE isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser
PROCED. : BAHIA admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da
RECTE.(S) : COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das
BAHIA COELBA circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso
ADV.(A/S) : PAULO ABBEHUSEN JUNIOR (28568/BA) examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta
RECDO.(A/S) : JOANA NEVES SALES dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto
ADV.(A/S) : PEDRO MASCARENHAS LIMA JUNIOR (10415/BA) nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos
da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator
DESPACHO o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015).
1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc.
Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral: I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
“PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA Publique-se.
NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO, Brasília, 22 de setembro de 2017.
REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA Ministra CÁRMEN LÚCIA
SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE Presidente
REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA
EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.140 (563)
Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua ORIGEM : 70060888278 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO
competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito DO RIO GRANDE DO SUL
privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução PROCED. : RIO GRANDE DO SUL
na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo RECTE.(S) : JORGE GELSO CASSINA
quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a ADV.(A/S) : ADIR UBALDO RECH (28726/RS)
questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de ADV.(A/S) : KELI MELISSA RECH PANITZ (71824/RS)
que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código ADV.(A/S) : EDER CARDOSO DE CANDIDO (88639/RS)
de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por RECDO.(A/S) : MUNICÍPIO DE CAXIAS DO SUL
isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO MUNICÍPIO DE CAXIAS DO
perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser SUL
admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria
constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da DECISÃO
repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das 1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao
circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso processamento deste recurso: o caso é de ausência de impugnação da
examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta decisão agravada (Súmula 287 do Supremo Tribunal).
dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto 2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do
nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal).
da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator Publique-se.
o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015). Brasília, 25 de setembro de 2017.
2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal Ministra CÁRMEN LÚCIA
de origem para observância dos procedimentos previstos na al. a do inc. Presidente
I do art. 1.030 do Código de Processo Civil (al. c do inc. V do art. 13 do
Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.148 (564)
Publique-se. ORIGEM : AREsp - 198520802 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO
Brasília, 25 de setembro de 2017. ESTADO DE PERNAMBUCO
Ministra CÁRMEN LÚCIA PROCED. : PERNAMBUCO
Presidente REGISTRADO :MINISTRO PRESIDENTE
RECTE.(S) : FUNDACAO DE APOSENTADORIAS E PENSOES DOS
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.122 (562) SERVIDORES DO ESTADO DE PERNAMBUCO E
ORIGEM : 00073900420168050080 - TURMA RECURSAL DE OUTRO(A/S)
JUIZADOS ESPECIAIS ESTADUAIS PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DO ESTADO DE
PROCED. : BAHIA PERNAMBUCO
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE RECDO.(A/S) : CINTHIA FERNANDA VIANA BARBOSA
RECTE.(S) : COMPANHIA DE ELETRICIDADE DO ESTADO DA ADV.(A/S) : DANILO GALVAO MARTINIANO LINS FILHO (24860/PE)
BAHIA COELBA ADV.(A/S) : LEONARDO GONCALVES MAIA (19980/PE)
ADV.(A/S) : PAULO ABBEHUSEN JUNIOR (28568/BA) ADV.(A/S) : NEY CASTELO BRANCO NETO (17972/PE)
ADV.(A/S) : MILENA GILA FONTES (25510/BA)
RECDO.(A/S) : ROSENI DAS MERCES COUTINHO DECISÃO
ADV.(A/S) : LUANA GUADALUPE MASCARENHAS DA SILVA 1. Examinados os autos, verificam-se óbices jurídicos intransponíveis
(49188/BA) ao processamento deste recurso: o caso é de incidência das Súmulas 279 e

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil. O
documento pode ser acessado no endereço eletrônico http://www.stf.jus.br/portal/autenticacao/autenticarDocumento.asp sob o número 13698491
STF - DJe nº 221/2017 Divulgação: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 Publicação: quinta-feira, 28 de setembro de 2017 77

280 do Supremo Tribunal Federal e de ausência de repercussão geral da ADV.(A/S) : IGOR CLEM SOUZA SOARES (2854/AC)
matéria veiculada no recurso extraordinário (Tema 660).
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do DESPACHO
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). 1. Este Supremo Tribunal submeteu as questões trazidas no presente
Publique-se. processo à sistemática da repercussão geral (Recurso Extraordinário com
Brasília, 22 de setembro de 2017. Agravo n. 835.833, Tema n. 800): ausência de repercussão geral:
Ministra CÁRMEN LÚCIA “PROCESSUAL CIVIL. DEMANDA PROPOSTA PERANTE OS
Presidente JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS DA LEI 9.099/95. CONTROVÉRSIA
NATURALMENTE DECORRENTE DE RELAÇÃO DE DIREITO PRIVADO,
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.200 (565) REVESTIDA DE SIMPLICIDADE FÁTICA E JURÍDICA, COM PRONTA
ORIGEM : 0428812015 - TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO SOLUÇÃO NA INSTÂNCIA ORDINÁRIA. EXCEPCIONALIDADE DE
MARANHÃO REPERCUSSÃO GERAL ENSEJADORA DE ACESSO À INSTÂNCIA
PROCED. : MARANHÃO EXTRAORDINÁRIA. 1. Como é da própria essência e natureza dos Juizados
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE Especiais Cíveis Estaduais previstos na Lei 9.099/95, as causas de sua
RECTE.(S) : MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO MARANHÃO competência decorrem de controvérsias fundadas em relações de direito
PROC.(A/S)(ES) : PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO privado, revestidas de simplicidade fática e jurídica, ensejando pronta solução
MARANHÃO na instância ordinária. Apenas excepcionalmente essas causas são resolvidas
RECDO.(A/S) : FRANCISCA ROSA PEREIRA FREITAS mediante aplicação direta de preceitos normativos constitucionais. E mesmo
ADV.(A/S) : SEM REPRESENTAÇÃO NOS AUTOS quando isso ocorre, são incomuns e improváveis as situações em que a
questão constitucional debatida contenha o requisito da repercussão geral de
DECISÃO que tratam o art. 102, § 3º, da Constituição, os arts. 543-A e 543-B do Código
1. Examinados os autos, verifica-se óbice jurídico intransponível ao de Processo Civil e o art. 322 e seguinte do Regimento Interno do STF. 2. Por
processamento deste recurso: o caso é de aplicação da sistemática da isso mesmo, os recursos extraordinários interpostos em causas processadas
repercussão geral na origem. perante os Juizados Especiais Cíveis da Lei 9.099/95 somente podem ser
2. Pelo exposto, nego seguimento ao presente recurso (al. c do admitidos quando (a) for demonstrado o prequestionamento de matéria
inc. V do art. 13 do Regimento Interno do Supremo Tribunal Federal). constitucional envolvida diretamente na demanda e (b) o requisito da
Publique-se. repercussão geral estiver justificado com indicação detalhada das
Brasília, 22 de setembro de 2017. circunstâncias concretas e dos dados objetivos que evidenciem, no caso
Ministra CÁRMEN LÚCIA examinado, a relevância econômica, política, social ou jurídica. 3. À falta
Presidente dessa adequada justificação, aplicam-se ao recurso extraordinário interposto
nas causas de Juizados Especiais Estaduais Cíveis da Lei 9.099/95 os efeitos
RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 1.076.248 (566) da ausência de repercussão geral, nos termos do art. 543-A do CPC” (Relator
ORIGEM : AREsp - 08007119720154058300 - TRIBUNAL o Ministro Teori Zavascki, DJe 26.3.2015).
REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIAO 2. Pelo exposto, determino a devolução destes autos ao Tribunal
PROCED. : PERNAMBUCO de origem para observância dos procedimentos previstos no art. 1.030,
REGISTRADO : MINISTRO PRESIDENTE