Você está na página 1de 13

XXVIII SBIE

SIMPÓSIO BRASILEIRO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO

Apresentação
O Simpósio Brasileiro de Informática na Educação (SBIE) é um evento anual
promovido pela Comissão Especial de Informática na Educação (CEIE) da Sociedade
Brasileira de Computação (SBC). Tem como objetivos divulgar a produção científica
nacional nesta área e proporcionar um ambiente para a troca de experiências e ideias
entre pesquisadores, estudantes, professores e demais cidadãos interessados,
nacionais e estrangeiros. O SBIE teve a sua primeira edição realizada em 1990 no Rio
de Janeiro e desde então tem sido realizado anualmente. A partir de 2012 passou a
integrar o Congresso Brasileiro de Informática na Educação (CBIE), sendo um de seus
principais eventos.

O SBIE prioriza trabalhos que apresentem a concepção, o desenvolvimento e a


avaliação de soluções das Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação,
para promoção da aprendizagem.

Coordenadores:

Coordenador de Programa:
Crediné Silva de Menezes, UFRGS, credine@gmail.com
Coordenadora Local:
Jeane Melo, UFRPE, ufrpe@gmail.com
Chamada de Trabalhos
Nesta edição do SBIE teremos duas categorias de trabalhos, Artigos Completos,
para apresentação de trabalhos consolidados e Artigos Resumidos para
apresentação de trabalhos em andamento. As orientações para submissão em cada
uma das categorias será apresentada em detalhes nas seções Orientação para
autores de Artigos Completos e Orientação para autores de Artigos Resumidos.

 idioma: serão aceitos trabalhos em Português, Inglês ou Espanhol;

Datas Importantes

Artigos Completos

A submissão e seleção de trabalhos para a categoria Artigos Completos do


SBIE será realizada em duas etapas. Na Etapa 1 serão submetidos e avaliados
apenas os Abstracts dos trabalhos. Na Etapa 2, os trabalhos aceitos na Etapa
1, terão seus textos completos submetidos e avaliados.

Etapa 1
 Data limite para submissão de Abstracts: 15 de abril de 2017
 Notificação de aceitação dos Abstracts: 30 de abril de 2017

Etapa 2

 Data limite para submissão de texto completo para os trabalhos


selecionados na Etapa 1: 2 de junho de 2017 até às 23h59min
 Notificação de aceitação de artigos: 31 de julho de 2017
 Data limite para envio das versões finais dos trabalhos aceitos: 15 de
agosto de 2017
 Data limite para inscrição de pelo menos um autor por trabalho: 15 de
setembro de 2017

Artigos Resumidos

A submissão e seleção de trabalhos para a categoria Artigos Resumidos do


SBIE será realizada em uma única etapa.

 Data limite para submissão do texto do artigo resumido: 2 de junho de 2017


até às 23h59min
 Notificação de aceitação de artigos resumidos: 31 de julho de 2017
 Data limite para envio das versões finais dos trabalhos aceitos: 15 de
agosto de 2017
 Data limite para inscrição de pelo menos um autor por trabalho: 15 de
setembro de 2017
Tópicos de Interesse

Os artigos submetidos ao SBIE devem posicionar o trabalho apresentado (pesquisa ou


estado da arte) em relação aos trabalhos relacionados veiculados na literatura
especializada, mostrando a necessidade para uma abordagem nova ou o
aprimoramento de uma existente.
Um artigo de alto impacto no SBIE deve apresentar uma abordagem teórica e empírica
com respeito à identificação do problema, o design da solução/investigação, os
métodos usados durante a coleta de dados, e uma análise de resultados com base
empírica.
Os critérios para seleção de artigos neste evento se baseiam nas seguintes questões:
 Até que ponto as práticas descritas no documento são traduções extensivas,
inovadoras ou impactantes da pesquisa pedagógica ou tecnológica para as
práticas educacionais?
 O trabalho apresenta conhecimento sobre trabalhos relacionados e discute a
relevância da contribuição da submissão no contexto da literatura
especializada na área de Informática Aplicada à Educação?
 Qual é a amplitude da comunidade que vai se interessar pelo assunto do
artigo?
 Em que medida o artigo está apresentado com rigor profissional?
 Qual ou quais os Métodos científicos foram utilizados na elaboração do
trabalho (pesquisa ou estado da arte) ?

As submissões de Artigos completos e dos Artigos Resumidos para o SBIE


2017 devem ser realizadas em uma das trilhas a seguir:

Trilha 1: Levantamento do estado da arte em Informática Aplicada à Educação (Esta trilha


relaciona artigos que tratam sobre: revisão sistemática, survey, mapeamento sistemático e
meta-análise)

Chair:

Crediné Silva de Menezes, credine@gmail.com

Esta trilha inclui as temáticas consideradas em todas as demais trilhas do


SBIE, sem se limitar a eles.

Trilha 2: Aspectos Teóricos, Metodológicos e Tecnológicos na construção de Ambientes


e Sistemas Computacionais para Ensino/Aprendizagem (plataformas, arquiteturas,
dispositivos móveis etc.)

Chair:

Davidson Cury (UFES), dedecury@gmail.com

Esta trilha inclui os seguintes tópicos, sem estar limitada a eles.


 Tecnologia wireless, móvel e ubíqua em sistemas para
ensino/aprendizagem
 TV Digital Interativa para apoiar processos de ensino-aprendizagem
 Plataformas abertas, código aberto, software livre e seus impactos, usos
e metodologias em processos de ensino-aprendizagem
 Métodos, padrões e repositórios digitais abertos de materiais
educacionais
 Hardware e plataformas para apoiar processos de ensino-aprendizagem
 Redes federadas de educação à distância
 Arquiteturas Pedagógicas para Educação a Distância
 Ambientes, metodologias e sistemas de autoria para apoiar processos
de ensino-aprendizagem
 A escola do futuro e tecnologias da sala de aula do futuro
 A ecologia cognitiva da cultura digital
 A ecologia cognitiva da Internet
 Plataformas para educação a distância
 Objetos Digitais de Aprendizagem
 Ambientes de autoria para objetos de aprendizagem
 Ambientes para autoria e avaliação de mapas conceituais
 Internet das Coisas aplicada ao ensino/aprendizagem
 Padrões de desenvolvimento de ambientes e sistemas computacionais
para ensino/aprendizagem
 Métodos e processos de desenvolvimento de software educacional
 Gerência de projetos de software educacional
 Avaliação de software educacional
 Engenharia de software aplicada à Educação

Trilha 3: Jogos, simulação, gamificação, robótica, realidade virtual e mundos virtuais


para promoção da aprendizagem

Chair:

André Raabe (UNIVALI), raabe@univali.br

Esta trilha inclui os seguintes tópicos, sem estar limitada a eles.

 Ambientes para desenvolvimento de Jogos digitais aplicados ao


processo ensino/aprendizagem
 Jogos digitais para apoiar o ensino/aprendizagem
 Jogos sérios aplicados ao ensino/aprendizagem
 Jogos digitais locativos aplicados ao ensino/aprendizagem
 Jogos digitais epistêmicos
 Análise, projeto, desenvolvimento e avaliação de jogos educativos
 Avaliação da aprendizagem a partir de jogos
 Simuladores para apoiar o ensino/aprendizagem
 Realidade virtual e aumentada na Educação
 Mundos Virtuais para apoiar o ensino/aprendizagem
 Ambientes tridimensionais para o ensino/aprendizagem
 Gamificação aplicada a educação
 Robótica educacional
Trilha 4: Interação humano-computador, Inclusão e Acessibilidade, Meta cognição,
Neurociência e Aspectos sociais, afetivos e motivacionais em Ambientes
Computacionais para promoção da Aprendizagem

Chairs:

Alberto Nogueira de Castro Junior (UFAM), alberto@icomp.ufam.edu.br


Thais Helena Chaves de Castro (UFAM), thais@icomp.ufam.edu.br

Esta trilha inclui os seguintes tópicos, sem estar limitada a eles:

 Design e desenvolvimento de interfaces com foco no


ensino/aprendizagem
 Adaptação e personalização de conteúdo para aprendizagem
 Avaliação da interação em sistemas computacionais
 Visualização de informação em sistemas para ensino/aprendizagem
 Uso de dispositivos de hardware e software na educação especial e
seus impactos
 Ferramentas e fatores de acessibilidade em software educacional
 Ferramentas inclusivas, multimodais e design universal em educação
 Avaliação de acessibilidade em sistemas de ensino/aprendizagem
 Diretrizes e recomendações de design para a acessibilidade de
ambientes educacionais
 Tecnologia assistiva com recursos computacionais para
ensino/aprendizagem
 Aspectos sociais e afetivos em Ambientes Computacionais para
Ensino/Aprendizagem
 Desenvolvimento do cérebro e a aprendizagem
 Estratégias para ensino e aprendizagem baseadas na Neurociência
 Modelagem cognitiva e Educação
 Meta-cognição em Ambientes Computacionais para
Ensino/Aprendizagem
 Neurociência em Ambientes Computacionais para Ensino/Aprendizagem

Trilha 5: Inteligência em Ambientes e Sistemas Computacionais para promoção da


aprendizagem (Inteligência Artificial, Sistemas Tutores Inteligentes, Web Semântica,
Mineração de Dados)

Chair:

Márcia Aparecida Fernandes, UFU, marcia@ufu.br

Esta trilha inclui os seguintes tópicos, sem estar limitada a eles:

 Tutoria inteligente e scaffolding


 Sistemas educacionais baseados em ontologias, serviços web e agentes
inteligentes
 Sistemas adaptativos e personalização de ambientes para
ensino/aprendizagem
 Sistemas de gerência de conteúdo de aprendizagem
 Mineração de dados, texto e web para ensino/aprendizagem
 Learning Analytics
 Representação e análise de discurso durante aprendizagem
 Manipulando incerteza e múltiplas perspectivas em ambiente
educacional
 Recuperação da informação para apoio ao ensino/aprendizagem
 Modelos de aprendizes, facilitadores, tarefas e processos de resolução
de problemas
 Modelagem de contextos de aprendizagem
 Padrões tecnológicos para conteúdos, portfólios, informação de
aprendiz, competências
 Aplicações educacionais e dados ligados
 Uso de ontologias no ensino/aprendizagem
 Smart learning environments (Ambientes Inteligentes para
Aprendizagem)

Trilha 6: Ambientes Computacionais para Apoio à Cooperação/Colaboração em


processos de ensino/aprendizagem

Chair: Sean W. M. Siqueira (UNIRIO), sean@uniriotec.br

Esta trilha inclui os seguintes tópicos, sem estar limitada a eles:

 Blogs, wikis, vídeo/audio-casts no contexto de ensino/aprendizagem


 Sistemas para coordenação de atividades de ensino/aprendizagem
 Comunidades virtuais em processos de ensino/aprendizagem
 Sistemas de suporte à avaliação colaborativa do ensino/aprendizagem
 Colaboração através de mídias e redes sociais em ensino/aprendizagem
 Modelos de grupos e comunidades de aprendizagem
 Sistemas de comunicação no contexto de ensino/aprendizagem
 Classificação (tagging) colaborativa e aprendizagem
 Interação e compartilhamento em redes sociais para apoiar processos
de ensino/aprendizagem
 Sistemas de recomendação para apoiar processos de
ensino/aprendizagem
Orientação para autores de Artigos Completos

A submissão e seleção de trabalhos para a Categoria Artigos Completos do SBIE será


realizada em duas etapas. Na Etapa 1 serão submetidos e avaliados apenas os
Abstracts dos trabalhos. Na Etapa 2, os trabalhos aceitos na Etapa 1, terão seus
textos completos submetidos e avaliados.

Etapa 1 – Abstracts

A descrição do trabalho (pesquisa ou estado da arte) deve ter entre 400 e 800
palavras e devem apresentar claramente a contribuição do trabalho e sua relevância
para área de Informática Aplicada à Educação.

Cada texto deve indicar a contribuição específica da proposta(pesquisa ou estado da


arte) . As contribuições podem ser feitas de várias formas e devem incluir as questões
de investigação abordadas, os métodos utilizados e os resultados encontrados,
relacionando-os a trabalhos anteriores. Os Abstracts devem fornecer uma síntese da
contribuição da do trabalho (pesquisa ou estado da arte) / resultados esperados e uma
breve descrição sobre as implicações para a melhoria da prática educacional ou do
suporte tecnológico para essa prática.

As submissões dos Abstracts devem ser realizadas em arquivos digitais, no


formato PDF, através do sistema JEMS.

A revisão será realizada na modalidade blind-review e, portanto devem ser evitados


quaisquer elementos que permitam a identificação dos autores. As submissões que
não atenderem este requisito serão automaticamente rejeitadas.

Aspectos a serem Avaliados nos Abstracts


5 3 1
Aderência ao Boa aderência Aderência regular Sem aderência
evento/trilha:
O artigo se adequa ao
SBIE?
O artigo se adequa aos
temas da trilha?
Fundamentação Teoria pedagógica e/ou Teoria pedagógica e/ou Não apresenta uma
Pedagógica e/ou tecnologia tecnologia razoavelmente teoria pedagógica ou
completamente relevante para o trabalho tecnologia para o
Tecnológica:
relevante para o trabalho trabalho, ou a teoria
Como o trabalho
/tecnologia apresentada
(pesquisa ou estado da
não parece dar
arte) se apoia em teorias
sustentação ao trabalho
pedagógicas ou em novo
uso de tecnologia para
apoiar o ensino e a
aprendizagem
Contribuição do Contribuição inovadora Contribuição modesta ou Não explicitada.
Proposta: bem sustentada pelos não sustentada
dados propostos. totalmente pelos dados
Como a proposta
sugeridos.
(pesquisa ou estado da
arte) submetida contribui
para os avanços na área
de Informática na
Educação.
Relevância: Altamente relevante. Razoavelmente relevante. Sem relevância.
Como a proposta
(pesquisa ou estado da
arte) é relevante para
área de Informática
Aplicada à Educação.
Método Científico: Informado e adequado Parcialmente informado Não
e/ou adequado explicitado/inadequado

Etapa 2 – Textos completos

As submissões dos textos completos, dos artigos selecionados na Etapa 1,


devem ser realizadas no formato exclusivamente digital, em arquivos no
formato PDF, através do sistema JEMS.

Todas as submissões devem, obrigatoriamente, seguir o modelo


https://goo.gl/pVYyJx para publicação de artigos da (SBC). Algumas normas
adicionais devem ser observadas:

 os artigos completos deverão ter entre 08 (oito) e 10 (dez) páginas


incluindo tabelas, figuras e referências bibliográficas;
 os trabalhos submetidos não devem ter sido publicados anteriormente e
nem estar em processo de avaliação ou edição para publicação em
outro evento ou periódico;
 cada artigo deverá ser submetido para apenas uma trilha. Os artigos que
forem submetidos para mais de uma trilha serão imediatamente
rejeitados;
 na página de rosto do artigo não deverá constar nenhum tipo de
identificação dos autores (os artigos que possuírem identificação serão
imediatamente rejeitados). Entretanto deve ser reservado espaço para
estes dados a serem introduzidos na versão final;
 as submissões que não estiverem finalizadas (com os dados solicitados
pelo JEMS e o arquivo correspondente devidamente submetido segundo
as regras estabelecidas) serão imediatamente rejeitadas;

Processo Avaliativo e Seleção de Artigos Completos

A seleção de trabalhos será realizada a partir da revisão por membros do


comitê de programa do CBIE/SBIE. O processo de revisão será conduzido de
forma anônima (double blind review) e cada artigo será analisado por pelo
menos dois revisores, com a arbitragem de um terceiro revisor em caso de
necessidade.

Critérios para revisão


Os trabalhos submetidos devem contemplar alguns aspectos relevantes da
teoria da aprendizagem e mostrar como estes são aplicados na prática
educacional.

Os trabalhos devem demonstrar a qualidade acadêmica avaliada pela solidez


da metodologia utilizada, pela qualidade/profundidade da fundamentação
teórica e pela qualidade/profundidade da análise e da discussão dos
resultados. Além disso, estes trabalhos devem manter um alto nível de
qualidade acadêmica, refletindo sobre como este trabalho estende ou se
distingue de outros trabalhos semelhantes.

Aspectos a serem avaliados


5 4 3 2 1
Aderência ao Perfeitamente Boa aderência Aderência Aderência fraca Nenhuma
evento/trilha: aderente regular aderência
O artigo se adequa ao SBIE?
O artigo adequa aos temas
da trilha?
Fundamentação Descrição Descrição Descrição sem Descrição vaga ou Descrição
Pedagógica e/ou completa e precisa da muito rigor da incompleta da extremamente
precisa da teoria teoria teoria teoria pedagógica limitada da
Tecnológica:
pedagógica e/ou pedagógica pedagógica e/ou tecnologia teoria
Como o trabalho (pesquisa
tecnologia e/ou tecnologia e/ou relevante para o pedagógica
ou estado da arte) se apoia
relevante para o relevante para tecnologia trabalho e/ou tecnologia
em teorias pedagógicas ou
trabalho o trabalho relevante para relevante para o
em novo uso de tecnologia
o trabalho trabalho
para apoiar o ensino e a
aprendizagem
Originalidade: Proposta Aprimora Aprimora Apoia se em Não apresenta
Como a pesquisa (ou completamente proposta proposta proposta novidades
estado da arte) contribui inovadora existente de existente de existente sem relevantes
para inovação no uso de forma forma melhorias
tecnologias digitais na significativa mediana relevantes
educação.
Contribuição do Trabalho Bom trabalho, Trabalho Trabalho fraco, Trabalho sem
Trabalho: excelente, com com boa regular, com com baixa contribuição
Como a proposta contribuição clara contribuição contribuição contribuição relevante
submetida (pesquisa ou e aplicável moderada
estado da arte) contribui
para os avanços na área de
Informática na Educação.
Qualidade Científica: Solidez Teoria e Teorias e Fundamentação O trabalho
O trabalho (pesquisa ou metodológica, métodos métodos de teórica fraca e parece ser mal
estado da arte) foi bem boa relevantes, análise usadas com falhas na estruturado e a
planejado, executado e fundamentação aplicados, com de forma não argumentação análise /
descrito cientificamente? teórica, algum tipo de muito clara e/ou na análise argumento é
Os autores discutem análise/discussão limitação em difícil de
claramente o método dos resultados de determinados compreender.
científico e sua escolha em alta qualidade aspectos.
relação às alternativas?
A metodologia científica foi
adequada e eficaz na
avaliação do trabalho?
Contexto: Excelente Conhecimento Conhecimento Referências Pouca ou
Com que eficácia relaciona conhecimento bom e incompleto, incompletas a nenhuma
o trabalho proposto dos trabalhos que razoavelmente com trabalhos referência a
(pesquisa ou estado da efetivamente se completo dos referências relacionado e/ou trabalhos
arte) aos trabalhos relacionam com a trabalhos que úteis a trabalhos com relacionados
relacionados, contribuição. efetivamente trabalhos baixa relação com com a
demonstrando um forte se relacionam razoavelmente a contribuição contribuição
conhecimento do contexto com a relacionados e/ou trabalhos
da trabalho? contribuição. com a com baixa
contribuição.
relação com a
contribuição.
Qualidade técnica do Excelente Redação boa e Redação Redação pobre, Redação
texto?: qualidade de apropriada. razoável, com pouco provável apresenta
redação possibilidade que possa ser dificuldades
Clareza, organização e rigor
valorizando a de melhorar melhorado para a
de linguagem em que o
qualidade da com alguma suficientemente compreensão
texto está escrito.
apresentação revisão
Avaliação Global: Aceitação Aceitação com Rejeição
Reflete a combinação os revisões
itens anteriores

Apresentação e Publicação dos Trabalhos Selecionados

 Caso o artigo seja aceito, os autores deverão incluir na versão final seus dados
(nomes, filiações e e-mails, bem como demais informações necessárias ao
artigo – ex., citações a outros trabalhos dos autores);
 O artigo que for aprovado será publicado nos anais do SBIE 2017, desde que,
pelo menos um dos autores efetive sua inscrição no evento no prazo indicado;
 Os trabalhos aceitos serão apresentados oralmente em sessões técnicas do
evento.

Premiação de Melhores artigos


Serão selecionados os seis (6) melhores artigos do evento, no conjunto de todas as
trilhas, segundo os pareceres dos avaliadores, para participar de uma sessão especial
de apresentação. Nesta sessão, uma comissão avaliadora, formada por membros do
comitê de programa do evento, indicará os três primeiros lugares, ficando os três
trabalhos seguintes com menção honrosa. Será fornecido um certificado aos 6
trabalhos que participarão desta sessão. Os três primeiros, com a indicação da
classificação e os outros três seguintes com a indicação de menção honrosa.

Os autores dos artigos classificados nos três primeiros lugares serão convidados para
submeter uma versão estendida dos seus trabalhos para a publicação em uma edição
especial da RBIE – Revista Brasileira de Informática na educação.
Orientação para autores de Artigos Resumidos

A submissão e seleção de trabalhos para a Categoria Artigos Resumidos do SBIE


serão realizadas em uma única etapa.

As submissões devem ser realizadas em arquivos digitais, no formato PDF,


através do sistema JEMS.

Todas as submissões devem, obrigatoriamente, seguir o modelo


https://goo.gl/pVYyJx para publicação de artigos da (SBC). Algumas normas
adicionais devem ser observadas:

 os artigos completos deverão ter 3 (três) páginas incluindo tabelas,


figuras e referências bibliográficas;
 os trabalhos submetidos não devem ter sido publicados anteriormente e
nem estar em processo de avaliação ou edição para publicação em
outro evento ou periódico;
 cada artigo deverá ser submetido para apenas uma trilha. Os artigos que
forem submetidos para mais de uma trilha serão imediatamente
rejeitados;
 na página de rosto do artigo não deverá constar nenhum tipo de
identificação dos autores (os artigos que possuírem identificação serão
imediatamente rejeitados). Entretanto deve ser reservado espaço para
estes dados a serem introduzidos na versão final;
 as submissões que não estiverem finalizadas (com os dados solicitados
pelo JEMS e o arquivo correspondente devidamente submetido segundo
as regras estabelecidas) serão imediatamente rejeitadas;

Processo Avaliativo e Seleção de Artigos Resumido

A seleção de trabalhos será realizada a partir da revisão por membros do


comitê de programa do CBIE/SBIE. O processo de revisão será conduzido de
forma anônima (double blind review) e cada artigo será analisado por pelo
menos dois revisores, com a arbitragem de um terceiro revisor em caso de
necessidade.

Critérios para revisão

Os trabalhos submetidos devem contemplar alguns aspectos relevantes da


teoria da aprendizagem e mostrar como estes são aplicados na prática
educacional.

Os trabalhos devem demonstrar a qualidade acadêmica avaliada pela solidez


da metodologia utilizada, pela qualidade/profundidade da fundamentação
teórica e pela apresentação do andamento do trabalho.

Além disso, estes trabalhos devem manter um alto nível de qualidade


acadêmica, refletindo sobre como este trabalho estende ou se distingue de
outros trabalhos semelhantes.
Aspectos a serem avaliados
5 4 3 2 1
Aderência ao Perfeitamente Boa aderência Aderência Aderência fraca Nenhuma
evento/trilha: aderente regular aderência
O artigo se adequa ao SBIE?
O artigo adequa aos temas
da trilha?

Fundamentação Descrição Descrição Descrição sem Descrição vaga ou Descrição


Pedagógica e/ou completa e precisa da muito rigor da incompleta da extremamente
precisa da teoria teoria teoria teoria pedagógica limitada da
Tecnológica:
pedagógica e/ou pedagógica pedagógica e/ou tecnologia teoria
Como o trabalho (pesquisa
tecnologia e/ou tecnologia e/ou relevante para o pedagógica
ou estado da arte) se apoia
relevante para o relevante para tecnologia trabalho e/ou tecnologia
em teorias pedagógicas ou
trabalho o trabalho relevante para relevante para o
em novo uso de tecnologia
o trabalho trabalho
para apoiar o ensino e a
aprendizagem
Originalidade: Proposta Aprimora Aprimora Apoia se em Não apresenta
Como a proposta contribui completamente proposta proposta proposta novidades
para inovação no uso de inovadora existente de existente de existente sem relevantes
tecnologias digitais na forma forma melhorias
educação. significativa mediana relevantes
Contribuição do Trabalho Bom trabalho, Trabalho Trabalho fraco, Trabalho sem
Trabalho: excelente, com com boa regular, com com baixa contribuição
Como a proposta (pesquisa contribuição clara contribuição contribuição contribuição relevante
ou estado da arte) e aplicável moderada
submetida contribui para
os avanços na área de
Informática na Educação.
Qualidade Científica: Solidez Teoria e Teorias e Fundamentação O trabalho
O trabalho (pesquisa ou metodológica, métodos métodos de teórica fraca e parece ser mal
estado da arte) foi bem boa relevantes, análise usados com falhas na estruturado e a
planejado e descrito fundamentação aplicados, com de forma não argumentação. argumentação é
cientificamente? Os teórica. algum tipo de muito clara difícil de
autores discutem limitação. em compreender.
claramente o método determinados
científico e sua escolha em aspectos.
relação às alternativas?
Contexto: Excelente Conhecimento Conhecimento Referências Pouca ou
Com que eficácia relaciona conhecimento bom e incompleto, incompletas a nenhuma
o trabalho proposto aos dos trabalhos que razoavelmente com trabalhos referência a
efetivamente se completo dos referências relacionado e/ou trabalhos
trabalhos relacionados,
relacionam com a trabalhos que úteis a trabalhos com relacionados
demonstrando um forte
contribuição. efetivamente trabalhos baixa relação com com a
conhecimento do contexto razoavelmente
do trabalho (pesquisa ou se relacionam a contribuição contribuição
relacionados
estado da arte)? com a e/ou trabalhos
com a
contribuição. contribuição. com baixa
relação com a
contribuição.
Qualidade técnica do Excelente Redação boa e Redação Redação pobre, Redação
texto: qualidade de apropriada. razoável, com pouco provável apresenta
redação possibilidade que possa ser dificuldades
Clareza, organização e rigor
valorizando a de melhorar melhorado para a
de linguagem em que o
qualidade da com alguma suficientemente compreensão
texto está escrito.
apresentação revisão
Avaliação Global: Aceitação Aceitação com Rejeição
Reflete a combinação os revisões
itens anteriores

Apresentação, Publicação dos Trabalhos Selecionados

 Caso o artigo seja aceito, os autores deverão incluir na versão final seus dados
(nomes, filiações e e-mails, bem como demais informações necessárias ao
artigo – ex., citações a outros trabalhos dos autores);
 O artigo que for aprovado será publicado nos anais do CBIE 2017, desde que,
pelo menos um dos autores efetive sua inscrição no evento no prazo indicado.
 Os trabalhos selecionados serão apresentados através de um pôster em uma
sessão específica do evento.