Você está na página 1de 8

AVALIAÇÃO BIMESTRAL

Questão 1
Nível de dificuldade: Difícil – Alternativa Correta: Dissertativa – Habilidade do Enem: H 21
Observe a figura a seguir:

Diga o nome da imagem, seu autor e apresente características dela, relacionando-as


com o período em que foi criada.

Essa obra é de Leonardo Da Vinci

(aproximadamente 1940) e se chama O homem

vitruviano ou O homem Vitrúvio. A obra é

apresentada em perfeita simetria e proporção

de Vitrúvio. Há uma sobreposição, com os

dedos das tocando os quadrados e os círculos,

os pés tocam círculos e quadrados, há uma

ideia de movimento na obra de arte.

Questão 2
Nível de dificuldade: Médio – Alternativa Correta: Dissertativa – Habilidade do Enem: H 21
Qual a visão expressada pelo O homem vitruviano e a qual movimento pertence tal
característica?

Representa a visão antropocêntrica e o período/movimento é o Classicismo.

Português | Português Contemporâneo | Volume 1| 2º bimestre | Editora Ática


Questão 3
Nível de dificuldade: Médio
Alternativa Correta: Dissertativa
Habilidade do Enem: H12

Leia o texto a seguir. (p. 103)

a) Faça a escansão do primeiro verso.

Decassílabo

b) O soneto apresentado possui rimas? Se houver, represente-as.

ABBA/ ABBA / CDE /CDE

Questão 4
Nível de dificuldade: Médio – Alternativa Correta: Dissertativa – Habilidade do Enem: H12
Leia o Canto 5, de Os Lusíadas e responda ao que se pede.

Português | Português Contemporâneo | Volume 1| 2º bimestre | Editora Ática


[...]

Mais ia por diante o monstro horrendo, “Contudo, por livrarmos o Oceano


Dizendo nossos Fados, quando, alçado, De tanta guerra, eu buscarei maneira
Lhe disse eu: “Quem és tu? Que esse estupendo Com que, com minha honra, escuse o dano.”
Corpo, certo, me tem maravilhado!” Tal resposta me torna a mensageira.
A boca e os olhos negros retorcendo Eu, que cair não pude neste engano
E, dando um espantoso e grande brado, (Que é grande dos amantes a cegueira),
Me respondeu, com voz pesada e amara, Encheram-me, com grandes abondanças,
Como quem da pergunta lhe pesara: O peito de desejos e esperanças.

“Eu sou aquele oculto e grande Cabo Já néscio, já da guerra desistindo,


A quem chamais vós outros Tormentório, Hũa noite, de Dóris prometida,
Que nunca a Ptolomeu, Pompónio, Estrabo, Me aparece de longe o gesto lindo
Plínio, e quantos passaram, fui notório. Da branca Thetis, única, despida.
Aqui toda a Africana costa acabo Como doudo corri, de longe, abrindo
Neste meu nunca visto Promontório, Os braços pera aquela que era vida
Que pera o Polo Antárctico se estende, Deste corpo, e começo os olhos belos
A quem vossa ousadia tanto ofende! A lhe beijar, as faces e os cabelos.

Fui dos filhos aspérrimos da Terra, Oh! Que não sei de nojo como o conte!
Qual Encélado, Egeu e o Centimano; Que, crendo ter nos braços quem amava,
Chamei-me Adamastor, e fui na guerra Abraçado me achei cum duro monte
Contra o que vibra os raios de Vulcano; De áspero mato e de espessura brava.
Não que pusesse serra sobre serra, Estando cum penedo fronte a fronte,
Mas, conquistando as ondas do Oceano, Que eu polo rosto angélico apertava,
Fui capitão do mar, por onde andava Não fiquei homem, não, mas mudo e quedo
A armada de Neptuno, que eu buscava. E, junto dum penedo, outro penedo!

Amores da alta esposa de Peleu [...]


Me fizeram tomar tamanha empresa.
Todas as Deusas desprezei do Céu, Converte-se-me a carne em terra dura;
Só por amar das Águas a Princesa. Em penedos os ossos se fizeram;
Um dia a vi, co as filhas de Nereu, Estes membros, que vês, e esta figura
Sair nua na praia: e logo presa Por estas longas águas se estenderam.
A vontade senti de tal maneira, Enfim, minha grandíssima estatura
Que inda não sinto cousa que mais queira. Neste remoto Cabo converteram
Os Deuses; e, por mais dobradas mágoas,
Como fosse impossíbil alcançá-la, Me anda Thetis cercando destas águas.”
Pola grandeza feia de meu gesto,
Determinei por armas de tomá-la Assi contava; e, cum medonho choro,
E a Dóris este caso manifesto. Súbito de ante os olhos se apartou.
De medo a Deusa então por mi lhe fala; Desfez-se a nuvem negra, e cum sonoro
Mas ela, cum fermoso riso honesto, Bramido muito longe o mar soou.
Respondeu: “Qual será o amor bastante Eu, levantando as mãos ao santo coro
De Ninfa, que sustente o dum Gigante? Dos Anjos, que tão longe nos guiou,
A Deus pedi que removesse os duros
Casos, que Adamastor contou futuros.

(São Paulo: Saraiva, 2010. p. 140-3.)

Português | Português Contemporâneo | Volume 1| 2º bimestre | Editora Ática


Cite três características presentes no Canto e no Classicismo.

Conservação do soneto e da epopeia.

Predominância da razão e equilíbrio das ideias.

O ser humano era medida de todas as coisas.

Questão 5
Nível de dificuldade: Difícil – Alternativa Correta: D – Habilidade do Enem: H 15
Sobre o Renascimento, esse movimento cultural importante, é correto afirmar:

a) A tradição medieval foi reforçada pela autoridade da ciência teológica.


b) As identidades nacional e cultural foram enfraquecidas com o Renascimento, em
razão do fim das monarquias absolutas
c) Ao divino coube o poder de agir sobre o mundo, deixando o homem sem poder.
d) Os estudiosos do período buscaram apoio na observação, no método experimental
e na reflexão racional, valorizando a natureza e o ser humano.

Questão 6
Nível de dificuldade: Fácil – Alternativa Correta: Soma: 32 – Habilidade do Enem: H1
Faça a somatória das alternativas corretas:

(08) O rosto dele era uma labareda. (metáfora)


(16) Hoje li Leda de Guimarães. (metonímia)
(32) O que de coberto foi de neve fria. (oxímero)
(64) Andar pela rua. (pleonasmo)

Português | Português Contemporâneo | Volume 1| 2º bimestre | Editora Ática


Questão 7
Nível de dificuldade: Média – Alternativa Correta: A – Habilidade do Enem: H1
Analise o anúncio a seguir.

a) A metáfora é representada pela forca, pois esta é uma situação de aperto.


Hipérbole, por considerar o exagero. Metonímia: o juro leva para a forca.
b) A imagem com mais visibilidade é a palavra Destak.
c) No anúncio não há texto não verbal.
e) Não há figuras de linguagem em tal anúncio.

Questão 8
Nível de dificuldade: Fácil – Alternativa Correta: A – Habilidade do Enem: H18
Leia os textos a seguir e assinale o que representa um resumo.
a)

Português | Português Contemporâneo | Volume 1| 2º bimestre | Editora Ática


b)

c)

d)

Português | Português Contemporâneo | Volume 1| 2º bimestre | Editora Ática


Questão 9
Nível de dificuldade: Difícil – Alternativa Correta: B – Habilidade do Enem: 15
“Quantas mães choraram”. “Quantos filhos em vão rezaram”. Esses versos fazem
parte do poema:
a) Os Lusíadas, de Camões.
b) Mar Portuguez, Fernando Pessoa.
c) Cantiga alheia, de Camões.
d) A marcha das utopias, de José Paulo Paes.

Questão 10
Nível de dificuldade: Médio – Alternativa Correta: Soma: 124 – Habilidade do Enem: H
26Some as alternativas que estejam corretas.
(08) O componente do sentido das palavras e da interpretação das sentenças e dos
enunciados. (Semântica)
(16) (Ambiguidade).

(32) Reprodução de uma ideia por meio de outras palavras (paráfrase).


(64) Textos que auxiliam as pessoas a montarem vídeos, tirarem fotos, jogarem, etc.
(textos instrucionais).

Questão 11
Nível de dificuldade: Médio – Alternativa Correta: A – Habilidade do Enem: H 16
Leia o texto a seguir:

Pelas informações, a qual período literário pertenceram Pero Vaz e Pero de


Magalhães.
a) Literatura Informativa. b) Renascimento.
c) Trovadorismo. d) Barroco.

Português | Português Contemporâneo | Volume 1| 2º bimestre | Editora Ática


Questão 12
Nível de dificuldade: Difícil – Alternativa Correta: III – Habilidade do Enem: H 15
Leia a carta de Guimarães Rosa escrita para Portinari, em seguida identifique qual
obra é falada na carta.

I) II)

III) IV)

Português | Português Contemporâneo | Volume 1| 2º bimestre | Editora Ática