Você está na página 1de 3

REVISÃO SOLIDÁRIA OUTUBRO/2018

QUESTÕES DE ARTE – PROFESSOR BETO CAVALCANTE

01- Candido Portinari e Sebastião


Salgado, recorrendo a distintas
manifestações artísticas,
respectivamente pintura e fotografia,
podem ser considerados “intérpretes
do Brasil”. Com base na leitura das
imagens, é correto afirmar:

A)Pintor e fotógrafo, independentemente de uma posição temporal e de um lugar


social, oferecem uma interpretação da sociedade brasileira que acentua as
mudanças no mundo do trabalho no campo.
B) Os dois artistas representam com imparcialidade o trabalhador rural brasileiro
de suas épocas, sem intenção de problematizar a relação capital-trabalho.
C) As duas obras oferecem uma compreensão plena sobre o mundo do
trabalhador rural, sendo excludentes em suas narrativas, uma vez que a pintura
representa uma situação fictícia que rompe com o passado.
D) A fotografia supera a interpretação anterior do pintor, eliminando o valor e a
necessidade dela para se compreender o mundo do trabalho no campo.
E) O mundo do trabalhador rural brasileiro é (re) conhecível pelo diálogo e
confronto entre as diferentes interpretações feitas em épocas distintas, que
oferecem um sentido à realidade.

02-TEXTO I

Andaram na praia, quando saímos, oito ou dez deles; e daí a pouco começaram
a vir mais. E parece-me que viriam, este dia, à praia, quatrocentos ou
quatrocentos e cinquenta. Alguns deles traziam arcos e flechas, que todos
trocaram por carapuças ou por qualquer coisa que lhes davam. […] Andavam
todos tão bem-dispostos, tão bem feitos e galantes com suas tinturas que muito
agradavam.

CASTRO, S. A carta de Pero Vaz de Caminha. Porto Alegre: L&PM, 1996


(fragmento).

TEXTO II
Pertencentes ao patrimônio cultural brasileiro, a carta de Pero Vaz de
Caminha e a obra de Portinari retratam a chegada dos portugueses ao
Brasil. Da leitura dos textos, constata-se que:

A- a carta de Pero Vaz de Caminha representa uma das primeiras


manifestações artísticas dos portugueses em terras brasileiras e
preocupa-se apenas com a estética literária.
B- a tela de Portinari retrata indígenas nus com corpos pintados, cuja grande
significação é a afirmação da arte acadêmica brasileira e a contestação
de uma linguagem moderna.
C- a carta, como testemunho histórico-político, mostra o olhar do colonizador
sobre a gente da terra, e a pintura destaca, em primeiro plano, a
inquietação dos nativos.
D- as duas produções, embora usem linguagens diferentes – verbal e não
verbal –, cumprem a mesma função social e artística.
E- a pintura e a carta de Caminha são manifestações de grupos étnicos
diferentes, produzidas em um mesmo momentos histórico, retratando a
colonização.

03-Pode-se afirmar que o quadro


Retirantes (1944), de Cândido Portinari,

a)revela padrões estéticos do


modernismo, defendendo a valorização
da arte pela arte e rejeitando qualquer
traço realista.

b)rejeita toda influência estrangeira,


definindo sua temática e forma de
representação a partir da tradição
pictórica nacional.

c)explora a plena integração do homem


ao meio natural e a serenidade do
brasileiro frente aos problemas que
enfrenta.

d)privilegia o abstracionismo e afirma a


decadência da preocupação figurativa, que marcava a pintura surrealista.

e)manifesta preocupação social, expressa na representação de figuras


populares e da desesperança dos trabalhadores.

04-O movimento tropicalista trouxe várias inovações para o cenário cultural


brasileiro do final da década de 60. As letras das canções eram inovadoras,
criando jogos de linguagem, se aproximando da poesia dos concretistas.
Musicalmente, o tropicalismo unia uma mistura da cultura brega, do rock
psicodélico, da música erudita, da cultura popular, entre outros, dando conta de
várias manifestações da cultura nacional. O som da guitarra elétrica convivia com
violinos e com o berimbau. Esse movimento constituirá o resgate:

a) do Teatro Musical que combina música, canções, dança e diálogos falados.


b) do estilo de samba menos rústico e mais sofisticado, exaltando as qualidades
e a grandiosidade do país.
c) do Movimento Antropofágico de Oswald de Andrade aliado a um retorno às
raízes das tradições nacionais.
d) das versões de hits do rock britânico e norteamericanos com letras
românticas, adolescentes e açucaradas.
e) de um folclore específico, constituindo o primeiro momento de exportação da
música popular.