Você está na página 1de 75

A ARTE MANEIRISTA OU MANEIRISMO

Ao período de transição entre o


Renascimento Pleno e o Barroco deu-se
a designação de Maneirismo; este
termo do italiano maniera, que significa
elegância mas também pode estar
relacionado com o conceito de arte “
amaneirada” e artificial. Este período,
entre 1525 e 1600 correspondem ao
aparecimento de tendências
antagónicas que traduziram a
necessidade de libertação das regras
rígidas fixadas no Renascimento e de
individualismo de alguns grandes
artistas.
ARTE MANEIRISTA OU MANEIRISMO
• O Maneirismo é entendido como a designação
do estilo seguido por alguns pintores, em meados
do século XVI, que reflectiu sobre o
Renascimento como solução ideal para o Homem
e coincidiu temporalmente com a decadência do
Renascimento. A afirmação do valor individual e
da personalidade de cada artista aproximou esta
arte do estilo que lhe seguiria: o Barroco.
• Na sua génese o Maneirismo deriva
directamente das concepções artísticas de Rafael
Sanzio e de Miguel Ângelo.
A PINTURA MANEIRISTA
• A pintura maneirista durou os últimos setenta anos do século XVI.

• Plásticamente reflecte as influências de Rafael e de Miguel Ângelo,


levadas ao extremo, caracterizando-se por:

• Composição complexa e inventiva, desenvolvida em linhas
complexas, fluentes e bastante movimentadas;

• Desafios técnicos que mostram a ilusão óptica ( trompe-l’oeil ) da
pintura mural e os escorços ou esboços;

• Forte carga emocional definida por : contrastes cromáticos ou
fortes combinações de cor; expressões fisionómicas ou corporais
alteradas; sensualidade e erotismo dados pelo nú e pelo uso
exagerado de alegorias ; elegância sofisticada; corpos
extremamente alongados ; espiritualidade acentuada; arrogância
ou frieza expressas, sobretudo no retrato
PINTURA MANEIRISTA
• Todas estas características resultaram numa
arte heterogénea e pessoal que se expressou
através de temáticas que abordaram temas
religiosos, alegorias clássicas e retratos.

• Destacam-se os seguintes pintores maneiristas

• Pontormo, Agnolo Bronzino, Parmigianino,
Correggio, Rosso Florentino e Andrea del
Sarto.
PINTURA MANEIRISTA

RAFAEL SANZIO-TRANSFIGURAÇÃO- 1518-1520, PINACOTECA VATICANA, ROMA


PINTURA MANEIRISTA

MIGUEL ÂNGELO- A CRUCIFICAÇÃO DE S.PEDRO-1545-1550


PINTURA MANEIRISTA

MIGUEL ÂNGELO-O JUÍZO FINAL-1535


A PINTURA MANEIRISTA

DETALHES DO JUÍZO FINAL DE MIGUEL ÂNGELO E TONDO DONI


PINTURA MANEIRISTA
Rosso Fiorentino -1494-1540- nesta obra de
1521 - O Descimento da Cruz utiliza uma
inesperada violência no modo como coloca
uma amálgama de corpos contra um céu
escuro, numa espécie de movimento
congelado, reforçado por uma luz brilhante e
fria, criando um cenário irreal e perturbante
que traduz a “ revolta “ contra o equilíbrio e a
serenidade renascentistas- uma perturbação
visionária que reflecte uma ansiedade interior
que, talvez , tenha levado o artista ao suicídio.
PINTURA MANEIRISTA

Rosso Fiorentino-
Deposição

Rosso Fiorentino- A Morte de


Cristo
Rosso Fiorentino-Moisés e as
filhas de Jetro-1525
PINTURA MANEIRISTA

ROSSO FIORENTINO-ANJO MÚSICO

ROSSO FIORENTINO-BACO, VÉNUS E


AMOR.
PINTURA MANEIRISTA

ROSSO FIORENTINO-A VIRGEM ENTRONIZADA COM SANTOS


PINTURA MANEIRISTA
• Pontormo -1494-1556, de personalidade
estranha e introvertida, inacessível, foi um
extraórdinário desenhador. A sua arte é
peculiar, movida por uma espécie de agitação,
como no caso da Deposição.
PINTURA MANEIRISTA

PONTORMO-VISITAÇÃO, DEPOSIÇÃO E ÚLTIMA CEIA


PINTURA MANEIRISTA
PINTURA MANEIRISTA
PINTURA MANEIRISTA
PINTURA MANEIRISTA
• A esta primeira fase do Maneirismo seguiu-se
outra menos emotiva mas distante do mundo
racional e estático do Renascimento. Os
principais pintores italianos desta época foram
Parmigianino -1503-1540- e Agnolo Bronzino-
1503-1572.
• Profundamente influenciado por Rafael,
Parmigianino afastou-se do conceito de beleza
da realidade observável e natural.Criou obras
de uma beleza artificial como A Senhora do
Pescoço Longo de 1534-1540.
PINTURA MANEIRISTA

PARMIGIANINO-AUTORETRATO
PINTURA MANEIRISTA
PINTURA MANEIRISTA
PINTURA MANEIRISTA
PINTURA MANEIRISTA
PINTURA MANEIRISTA
PINTURA MANEIRISTA
PINTURA MANEIRISTA

Agnolo Bronzino-Alegoria com Vénus e


Cupido- 1545
PINTURA MANEIRISTA
• Agnolo Bronzino-1503-1572- foi um dos
artistas que melhor conseguiu transmitir o
gosto subtil e sofisticado, executando obras
com o apoio de mecenas aristocráticos como
o Grão-Duque da Toscana e o rei de
França.Exemplo disso é a obra Alegoria com
Vénus e Cupido, onde os corpos nus são
simultâneamente de uma frieza e
sensualidade marmóreas.
TINTORETTO-ÚLTIMA CEIA-1592-94
VERONESE-BODAS DE CANÃ
PINTURA MANEIRISTA
CORREGIO-JÚPITER E IO
CORREGIO-NOLI ME TANGERE
FRANCESCO SALVIATI-PERSEU E
ANDROMEDA

FRANCESCO SALVIATI-A CARIDADE-1554-58


SALVIATI-RETRATO DE UM NOBRE FLORENTINO
JACOPINO DEL CONTE-SAGRADA FAMÍLIA
GIOVANNI STRADANO-LABORATÓRIO DE ALQUIMISTA
FEDERICO BAROCCI
SANTI DI TITO