Você está na página 1de 7

01263

Reanatomização de dentes através de

Relato de caso | Case report


gengivoplastia e lentes de contato dental
Reshaping of teeth through gingivoplasty and dental
contact lenses

Weider de Oliveira Silva1


Miquelle Vieira de Carvalho2
Ismael Lucas Pinto3
Monica Regina de Almeida Reis4
Gil Montenegro5
Tarcisio Pinto6

Resumo
Há anos a estética se consolidou como um dos tratamentos mais solicitados nos con-
sultórios odontológicos. Um sorriso harmônico e equilibrado sempre é objeto de desejo da
maioria dos pacientes, logo a presença de diastemas em dentes anteriores, dentes escuros,
manchados, com tamanho e formato diferentes, têm impacto negativo na estética do sor-
riso. Antigamente muitos casos só eram resolvidos com tratamentos protéticos invasivos,
hoje estes podem ser solucionados perfeitamente com materiais restauradores adesivos de
última geração e com preparos dentários super conservadores. Assim, a interdisciplinaridade
é importante, uma vez que permite aliar as diversas especialidades da Odontologia, como é
demonstrado na resolução deste caso clínico, trazendo assim resultados funcionais, estéti-
cos e satisfação do paciente.
Descritores: Clareamento Dental, estética dentária, gengivoplastia, lentes de contato.

Abstract
For years the aesthetics has consolidated as one of the treatments most requested in the
dental offices. A harmonious and balanced smile is always the object of most patients' wish-
es, so the presence of diastemas in anterior teeth, dark stained teeth of different size and
shape, have a negative impact on the aesthetics of the smile. In the past, many cases were
only solved with invasive prosthetic treatments, today these can be perfectly solved with last
generation adhesive restorative materials and with super conservative dental preparations.
Thus, interdisciplinarity is important, since it aligns the various specialties of dentistry, as
demonstrated in the resolution of this clinical case, thus bringing functional, aesthetic results
and patient satisfaction.
Descriptors: Esthetics, diastema, gingivoplasty.

1
Me. em Implantodontia – SL Mandic – DF, Especialista em Implantodontia e Prótese - ABO-DF, Prof. de Especialização em
Prótese e Dentística – ABO-Taguatinga/DF.
2
Odontologia – UCB, Especialista em Dentistica – ABO-DF, Cursando Odontologia Hospitalar – Cemoi – DF.
3
Me. em laser na odontologia –FOUSP, Prof. de cursos em laser.
4
Esp. em Dentística e Prótese - ABO - Taguatinga/DF.
5
Me. em Dentística – UNITAU – SP, Esp. em Prótese e doutorando em Ciências Médicas – UNB, Universidade de Taubaté –
SP, Prof. de Especialização em Dentística e Prótese – ABO – DF.
6
Me. em Dentística – UNITAU – SP, Esp. em Prótese – UNITAU – SP, Diretor de Educação Continuada da ABO Nacional,
Presidente da ABO – DF, Prof. de Especialização em Dentística e Prótese – ABO – DF.

E-mail do autor: weidersilva@hotmail.com


Enviado para publicação: 14/11/2018
Aprovado para publicação: 07/02/2019

Como citar este artigo:


Silva WO, Carvalho MV, Pinto IL, Reis MRA, Montenegro G, Pinto T. Reanatomização de dentes através de gengivoplastia e
lentes de contato dental. Prosthes. Esthet. Sci. 2019; 8(31):43-49.
DOI: 10.24077/2019;831-4349

Prosthes. Esthet. Sci. 2019; 8(31):43-49. 43


Introdução
A percepção da beleza do sorriso e a busca pelo nhamento, rotações, extrusões, anomalias den-
belo são características que fazem parte do indiví- tárias), colapso oclusal e periodontal por dentição
duo desde o seu nascimento e fazem com que a pro- mutilada (perda da guia anterior) ou qualquer com-
cura nos consultórios odontológicos por esse ideal binação destes2.
seja cada vez maior. Diastema é um espaço extra que se forma entre
A estética é de fundamental importância na os dentes e, embora não seja um problema de saúde
integração do indivíduo com a sociedade, o que a bucal, traz incômodos estéticos. Já o sorriso gengi-
faz, pelos recursos disponíveis, ocupar uma posição val é uma exposição exagerada da gengiva acima de
de destaque dentro do contexto da Odontologia. três milímetros, causando uma desordem estética
Mesmo sendo considerada subjetiva por muitos, ela por não trazer equilíbrio entre os dentes, gengiva
pode estar diretamente associada aos padrões de e boca. Sendo assim, o conhecimento da anatomia
uma determinada sociedade. Um sorriso estético é dental e posição dentária são de extrema importân-
aquele que apresenta uma determinada correlação cia para aqueles que se propõem a realizar o trata-
harmônica entre a forma, o tamanho, a cor dos den- mento desses casos, pois se trata de um tratamento
tes e o individuo como um todo, o que muitas vezes multidisciplinar e integrado2.
faz com que alterações nas proporções e posiciona- No presente trabalho é apresentado um caso
mento possam gerar uma desarmonia que pode ser clínico de correção através da reanatomização dos
julgada como algo que não se encaixa nos padrões dentes com preparos mínimos de canino a canino,
estéticos5. clareamento a laser, cirurgia plástica gengival e len-
O cirurgião-dentista é com frequência solicita- tes de contato dental, gerando proporção e harmo-
do não apenas para restaurar dentes com lesões nia ao sorriso do paciente.
unitárias simples, mas também reabilitar dentições
que sofreram alterações funcionais e estéticas6. Es- Relato de caso
sas alterações se apresentam em consequência de Paciente do gênero masculino, 20 anos, com-
alinhamento irregular nos dentes (diastemas, api- pareceu à clínica relatando insatisfação com o seu
sorriso em virtude do tamanho reduzido dos dentes,
espaço entre os mesmos, coloração e quantidade
excessiva de gengiva. No exame clínico, observou-
-se diastemas entre os dentes, coloração amarelada,
manchas nas incisais e sorriso gengival (Figura 1).

Inicialmente foi realizada a moldagem para con-


fecção do modelo de estudo e enceramento diag-
nóstico. Após a análise do caso o plano de tratamen-
to foi multidisciplinar, sendo eleitos o clareamento a
laser, peeling gengival, gengivoplastia e confecção
de lentes dental em cerâmica, visando melhor con-
torno e estética dos dentes em harmonia com o te-
cido gengival.
Na primeira parte do tratamento foi realizada
uma sessão de clareamento no consultório (Figuras
2 e 3) utilizando peróxido de hidrogênio a 35% por
uma hora (Whitness HP- FGM).

Figura 1 – Sorriso inicial do paciente.

44 Prosthes. Esthet. Sci. 2019; 8(31):43-49.


Silva WO, Carvalho MV, Pinto IL, Reis MRA, Montenegro G, Pinto T.
Figura 2 – Clareamento Figura 3 – Aparelho de laser

Na segunda etapa foi executado peeling gengival retirada do excesso da gengiva ao redor dos dentes,
– despigmentação da gengiva, por dermoabrasão dos utilizando laser e envolvendo os elementos 13, 12, 11,
tecidos pigmentados, juntamente com gengivoplas- 21, 22, e 23 (Figuras 4-6).
tia – cirurgia plástica que corrige o sorriso, através da

Figura 4 – Peeling gengival. Figura 5 – Gengivoplastia.

Figura 6 – Após 30 dias de clareamento, peeling gengival e gengivoplastia.

Prosthes. Esthet. Sci. 2019; 8(31):43-49. 45


Após 30 dias da realização dos procedimentos no viamente feita com base no enceramento diagnóstico e
tecido gengival, foram realizados mínimos desgastes devidamente recortada (mock-up), confeccionou-se os
dentais, os quais foram feitos apenas para remoção de provisórios com uma resina bisacrilica. Esses provisórios
manchas mais profundas nos elementos dentais. Em permanecem unidos e justapostos, o que lhes confere
seguida fios retratores foram inseridos na gengiva para uma maior estabilidade de retenção até o momento da
realização da moldagem dos elementos dentais envolvi- prova e cimentação dos laminados definitivos.
dos, a qual foi realizada com (Futura - DFL) silicone de O material para confecção das lentes de contato
adição através da técnica de moldagem de passo único. dental foi o de silicato de lítio E.max – Ceram (Ivoclar)
Após a moldagem, com o auxílio de uma matriz pre- e a cor escolhida foi BL 1 (Figuras 7-9).

Figura 7 – Desgaste mínimo dos dentes.

Figura 8 – Dentes após desgaste e com fio retrator. Figura 9 – Resina bisacrilica em posição.

Com as peças prontas confeccionadas em labora- dos foram condicionados com ácido fluorídrico a 10%
tório, as mesmas foram provadas com o auxílio do ci- por 60 segundos, depois foram lavados com água por
mento de prova try-in (All Cem Venner - FGM). Após a um minuto. Após serem secos os mesmos foram condi-
aceitação do paciente pela estética das mesmas foi ini- cionados com silano por 60 segundos e em seguida foi
ciada a etapa da cimentação. Primeiramente os lamina- feita a aplicação do adesivo (Figuras 10-12).

46 Prosthes. Esthet. Sci. 2019; 8(31):43-49.


Silva WO, Carvalho MV, Pinto IL, Reis MRA, Montenegro G, Pinto T.
Figura 10 – Aplicação de ácido fluorídrico nas peças.

Figura 11 – Aplicação de silano. Figura 12 – Peças após aplicação do adesivo.

Já os elementos dentários foram condicionados FGM (Figuras 13-16).


com ácido fosfórico a 37%, por 30 segundos, lava- As imagens abaixo ilustram o caso finalizado, evi-
dos com água por 1 minuto e secados, aplicação do denciando o sucesso do tratamento, o qual devolveu a
adesivo e em seguida as peças foram cimentadas com harmonia com naturalidade e equilíbrio ao sorriso do
cimento resinoso fotopolimerizável All Cem Venner - paciente (Figuras 17-19).

Figura 13 – Dentes com ácido fosfórico. Figura 14 – Aplicação do adesivo.

Prosthes. Esthet. Sci. 2019; 8(31):43-49. 47


Figura 15 – Cimentação 13. Figura 16 – Cimentação 21, 22 e 23;.

18 19
Figura 17 – Foto final. Figuras 18 e 19 – Satisfação do paciente.

Discussão
Na Odontologia, assim como nas diversas áreas posição gengival ocorre acima ou igual a 4 mm, esse
da saúde, o primeiro passo para iniciar qualquer trata- sorriso é classificado como sorriso gengival, e a etiolo-
mento é a realização de um bom diagnóstico, aliado a gia está relacionada a vários fatores, entre eles: ósseos,
sua etiologia para só então definir o caminho do trata- dentoalveolares, lábio superior, tecido periodontal e a
mento a ser seguido. Além disso, a opinião do paciente associação destes7.
quanto a sua queixa, sua disposição em ser submetido Para alguns pacientes a exposição gengival exces-
a determinado procedimento e suas expectativas são siva pode ser um grande incômodo em sua vida social,
pilares para o planejamento do tratamento3. assim, vários tratamentos podem ser realizados, como
A harmonia do sorriso é determinada pela for- tratamentos cirúrgicos (cirurgia ortognática e gengivo-
ma, tamanho, posição, cor dos dentes, qualidade e plastia) e não cirúrgicos (utilização de aparelhos orto-
quantidade de tecido gengival aparente (determinada dônticos e a aplicação de toxina botulínica)1.
pela espessura labial e pela força de ação de diversos Alguns autores priorizam a análise de 6 elementos
músculos), sendo esses denominados como músculos para a determinação da etiologia do sorriso gengival:
elevadores do lábio superior. Quando ao sorrir a ex- 1- História médica com ênfase na idade para deter-

48 Prosthes. Esthet. Sci. 2019; 8(31):43-49.


minar a fase de erupção dentária e sua saúde geral; 5. Mondelli J. Estética e cosmética: em clínica integrada res-

Silva WO, Carvalho MV, Pinto IL, Reis MRA, Montenegro G, Pinto T.
2- Análise facial - relação entre os terços faciais frontal tauradora. São Paulo: Quintessence, 2003.
6. Morais A, Esteves CM, Dias RO, Rodrigues JA, Reis AF, Du-
e perfil; 3- Análise labial e musculatura perioral em po- arte PM. Cirurgia plástica periodontal para otimização de
sição estática (distância entre subnasal e estômio de 20 resultados estéticos na região anterior. Rev Assoc Paul Cir
a 26 mm) e dinâmica; 4- Análise do sorriso gengival em Dent. 2010 Mar-Abr;
7. Santos FPC, Silva WO, Carvalho M. Transformando sorrisos
si (anterior e/ou posterior); 5- Análise dental (exposição
com o auxílio da proporção áurea. Rev Dental Press Estét.
incisal com lábios em repouso e proporções dentárias); 2009; 6(3):116-23.
6- Análise periodontal (profundidade de sulco e reces- 8. Verde FAV, Pupo YM, Kose C, Gomes GM, Gomes JC. Pre-
sões gengivais)4. visibilidade com cerâmicas em dentes anteriores: IPS e.max
Press e e.max Ceram. Rev Dental Press Estét. 201; 8(1):76-
O melhor tratamento sempre é o multidisciplinar 88.
integrado, o que confere uma maior chance de suces-
so. A gengivoplastia garante um melhor contorno gen-
gival e é uma alternativa de elevado sucesso associada
á reabilitação. Por sua vez, o mock-up auxilia na previ-
sibilidade do tratamento, o que facilita o paciente ter
uma ideia do resultado. Já as lentes de contato suprem
as necessidades estéticas e funcionais exigidas para os
tratamentos de maior dificuldade e exigência estética8.

Conclusão
É de fundamental importância que todo cirurgião-
dentista saiba observar os dentes em conjunto com as
demais estruturas bucais, para que no momento em
que se deparar com aspectos clínicos e radiográficos
que fogem às condições anatômicas normais, possa
obter o diagnóstico correto e estabelecer um plano de
tratamento adequado ao paciente. Com uma otimiza-
ção e previsibilidade para o sucesso de longo prazo,
assim, nota-se a grande importância de um tratamento
multidisciplinar integrado.
Por meio do caso clínico apresentado foi possível
concluir que o tratamento de gengivoplastia garante
um melhor contorno gengival e é uma alternativa de
elevado sucesso clínico associado à reabilitação. Por
sua vez, o mock-up auxilia na previsibilidade do trata-
mento, que é essencial para que o cirurgião-dentista
e o paciente possam antever o resultado final do tra-
tamento proposto. Por fim, a reabilitação através de
sistemas cerâmicos supre as necessidades estéticas e
funcionais exigidas para os tratamentos de maior di-
ficuldade e exigência estética, como no caso descrito.

Referências
1. Azevedo CGS, Goes MF. Planejamento como instrumento
de sucesso no restabelecimento do sorriso. Clínica – Int J
Braz Dent. 2011; 7(3):302- 10.
2. Clavijo VGR, Pelegrini AA, Costa CES, Henriques PSG, Oli-
veira Jr OB, Andrade MF. Correção da estética gengival e
dentária – interação entre periodontia e prótese. Rev Dental
Press Estét. 2008 Jul-Set;
3. Freitas CMC, Freitas WMC, Freitas RMC. Restaurações esté-
ticas em cerâmica – em busca do natural. Rev Dental Press
Estét. 2011; 8(3):56-65.
4. Kina S. Protocolo clínico para utilização de uma nova ce-
râmica vítrea reforçada por leucita. Rev Dental Press Estét.
2005; 2(4)23-67.

Prosthes. Esthet. Sci. 2019; 8(31):43-49. 49