Você está na página 1de 233

BC-2800

ANALISADOR AUTOMÁTICO DE HEMATOLOGIA

Manual de Operação de Analisador de

Hematologia Automático
© 2005 Shenzhen Mindray Bio-medical Electronics Co., Ltd. Todos os direitos Reservados.
Para este Manual de Operação, a Data de Edição é 2005-08 (Versão: 1.3).

Declaração de Propriedade Intelectual

SHENZHEN MINDRAY BIO-MEDICAL ELECTRONICS CO., LTD. (doravante


denominada Mindray) é proprietária dos direitos de propriedade intelectual deste produto
Mindray e deste manual.. Este manual pode fazer referência a informações protegidas por
direitos autorais ou patentes e não transfere nenhuma licença dos direitos de patente de
Mindray, nem dos direitos de terceiros. A Mindray não assume qualquer responsabilidade
derivada de quaisquer violações de patentes ou outros direitos de terceiros.
Mindray pretende manter o conteúdo deste manual como informação confidencial. A

revelação das informações deste manual de qualquer forma sem a permissão por escrito de

Mindray é rigorosamente proibida.

A publicação, aperfeiçoamento, reprodução, distribuição, aluguel, adaptação e tradução


deste manual de qualquer forma sem a permissão por escrito de Mindray é rigorosamente
proibida.

são as marcas registradas ou marcas comerciais de propriedade de


Mindray na China e em outros países. Todas as outras marcas comerciais que aparecem neste
manual são usadas somente para fins editoriais sem a intenção de usá-las irregularmente.
Estas são de propriedade de seus respectivos titulares.

Responsabilidade da Parte do Fabricante

O conteúdo deste manual está sujeito a alterações sem prévia notificação.

Acredita-se que todas as informações constantes neste manual estão corretas. A Mindray não
será responsabilizada por erros aqui contidos ou por danos incidentes ou conseqüentes em
conexão com o fornecimento, desempenho, ou uso deste manual.

A Mindray é responsável pela segurança, confiabilidade e desempenho deste produto somente na

I
Condição que :
l todas as operações de instalação, expansões, alterações, modificações e reparos deste
produto sejam conduzidas por equipe autorizada pela Mindray;
l a instalação elétrica do recinto apropriado esteja em conformidade com as exigências locais
e nacionais aplicáveis;

l o produto seja usado de acordo com suas instruções de uso.

NOTA
Este equipamento deve ser operado por equipe médica habilitada/treinada

ADVERTÊNCIA
É importante que o hospital ou empresa que empregar este
equipamento execute um plano de serviço/manutenção razoável.
Negligência nisto poderá causar quebra da máquina ou prejuízo à
saúde humana.

Garantia
ESTA GARANTIA É EXCLUSIVA E SUBSTITUI QUAISQUER OUTRAS
GARANTIAS, EXPRESSAS OU PRESUMIDAS, INCLUINDO GARANTIAS DE
NEGOCIABILIDADE OU APTIDÃO A QUALQUER PROPÓSITO PARTICULAR.

Isenções

A obrigação de Mindray ou responsabilidade sob esta garantia não inclui qualquer transporte ou
outras despesas ou responsabilidade por danos diretos, indiretos ou conseqüenciais, ou
atrasos decorrentes do uso ou aplicação inadequados do produto ou do uso de peças ou
acessórios não aprovados pela Mindray ou reparos executados por pessoas que não sejam
parte de equipe autorizado pela Mindray.

Esta garantia não se aplicará a:

l qualquer produto Mindray que tenha sido sujeitado a mau uso, negligência ou acidente;
l qualquer produto Mindray cuja etiqueta de número de série original ou marcas de
identificação de produto tenham sido alteradas ou removidas;
l qualquer produto de qualquer outro fabricante.

II
Política de Devolução
Procedimento para Devolução

Caso seja necessário devolver este produto ou parte dele à mindray, o seguinte procedimento
deverá ser seguido:
1. Obter autorização para devolução: Entre em contato com o Departamento de Serviço
Mindray e obtenha um número de Autorização de Serviço a Consumidor (Mindray). O número
Mindray deve aparecer na parte externa da caixa. Produtos devolvidos não serão aceitos caso o
número Mindray não esteja claramente visível. Por favor, forneça o número de modelo, número
de série, e uma breve descrição do motivo de devolução.

2. Política de frete: O cliente é responsável pelas despesas de frete quando este produto é
enviado à Mindray para conserto (isto inclui despesas alfandegárias).

3. Endereço para devolução: Por favor envie a(s) peça(s) ou equipamento ao endereço
fornecido pelo departamento de Serviço ao Cliente.

Contato da Companhia
Fabricante: Shenzhen Mindray Bio-Medical Electronics Co., Ltd.
Endereço: Mindray Building, Keji 12th Road South, Hi-tech Industrial
Park, Nanshan, Shenzhen, P.R.China,518057
Fone: +86 755 26582479 26582888
Fax: +86 755 26582500 26582501

Representante CE: Shanghai International Holding Corp. GmbH(Europa)


Endereço: Eiffestra~e 80, 20537 Hamburg Germany
Fone: 0049-40-2513175
Fax: 0049-40-255726

III
Símbolos de Segurança

Símbolo Condição de Advertência Ação

Perigo Biológico: Considere todos os Use vestimenta de laboratório


materiais padrão
(amostra, reagentes, controles, (Inclusive luvas de borracha)
calibradores, ou componentes que e siga procedimentos
contenham ou tenham estado em contato laboratoriais seguros ao
com sangue humano) como potencialmente manusear qualquer
infectantes. material.

Perigo da Sonda: A sonda é afiada e Evite qualquer contato


pode conter materiais biológicos perigosos, desnecessário com a sonda
incluindo controles e calibradores. e com a área da sonda.

Nota: Indica ao operador informações de


importância no procedimento a ser
executado. Esta legenda também é usada
para indicar técnicas específicas de
manuseio de amostra que ajudam na
operação do sistema.

Cuidado: Indica ao operador informações


de importância que podem resultar em
danos ao instrumento ou afetar o teste
devido à operação inadequada caso estas
instruções não sejam seguidas.

Advertência: Indica ao operador


informações sobre potenciais riscos que
podem causar danos pessoais ao
operador caso estas instruções não sejam
seguidas.

1
4

1 2

ADVERTÊNCIA
Para evitar choque elétrico, certifique-se de desligar a energia
elétrica antes de efetuar manutenção.

PERIGO BIOLÓGICO
Considere resíduos que contenham ou tenham estado em
contato com o sangue humano potencialmente infectantes.
Use vestimenta laboratorial padrão (incluindo luvas de
borracha) e siga procedimentos laboratoriais seguros ao
manusear qualquer material em laboratório.

Equipotencialidade.

2
(4)

A definição a seguir da etiqueta WEEE aplica-se somente aos


estados membros da UE: O uso deste símbolo indica que este
produto não deve ser tratado como lixo doméstico.
Assegurando-se de que este produto seja descartado
corretamente, você ajudará a evitar potenciais conseqüências
negativas ao ambiente e à saúde humana. Para maiores
informações com respeito à devolução e reciclagem deste
produto, consulte o distribuidor através do qual o comprou.

3
(5)

(5)

ADVERTÊNCIA
Para evitar ferimentos, não ponha a mão sob o motor quando
a máquina estiver em funcionamento.

4
(6)

(7)

(6) e ( 7 )

ADVERTÊNCIA
Para evitar choque elétrico, certifique-se de desligar a
energia elétrica antes de efetuar manutenção.

5
(8)

(8)

ADVERTÊNCIA
ALTA VOLTAGEM

6
PARA USO EM DIAGNÓSTICO IN VITRO

CÓDIGO DE LOTE

USAR ATÉ

O DISPOSITIVO ESTÁ TOTALMENTE EM


CONFORMIDADE COM A DIRETIVA DE CONSELHO
SOBRE DISPOSITIVOS DE DIAGNÓSTICO MÉDICO IN
VITRO 98/79/CE

DATA DE FABRICAÇÃO

FABRICANTE

REPRESENTANTE AUTORIZADO NA COMUNIDADE


EUROPÉIA

NÚMERO DE SÉRIE

SUBSTÂNCIA IRRITANTE

CONSULTE AS INSTRUÇÕES DE USO

LIMITAÇÃO DE TEMPERATURA

A DEFINIÇÃO A SEGUIR DA ETIQUETA WEEE APLICA-SE


SOMENTE AOS ESTADOS MEMBROS DA UNIÃO
EUROPÉIA: O USO DESTE SÍMBOLO INDICA QUE ESTE
PRODUTO NÃO DEVE SER TRATADO COMO LIXO
COMUM.
AO ASSEGURAR-SE DE QUE ESTE PRODUTO SEJA
DESCARTADO CORRETAMENTE, VOCÊ AJUDARÁ A
EVITAR POTENCIAIS CONSEQÜÊNCIAS NEGATIVAS AO
AMBIENTE E SAÚDE HUMANA.

7
PARA INFORMAÇÕES MAIS DETALHADAS SOBRE
DEVOLUÇÃO E RECICLAGEM DESTE PRODUTO, FAVOR
CONSULTAR O DISTRIBUIDOR ATRAVÉS DO QUAL
ADQUIRIU O PRODUTO.

Convenções Usadas Neste Manual

Este manual usa certas convenções tipográficas para esclarecer significados no texto.
Letra compreendida entre [ ] indica o nome de uma tecla, tal como [ENTER].
Letras em negrito e em itálico indicam textos que podem ser encontrados na tela, tais como
Prepare para enviar.
Letra em negrito indicam áreas/campos definidos na tela, tal como a área de Título, ou
títulos de capítulo, tal como Capítulo 3 Análise de Amostra.

8
Conteúdo

Conteúdo

Capítulo 1 Introdução ..................................................................................................... 1-1

1.1 Aviso.................................................................................................................................. 1-1

1.2 Geral .................................................................................................................................. 1-2

1.3 Introdução do Sistema .................................................................................................... 1-3

1.4 Princípios de Operação.................................................................................................... 1-6

1.5 Especificações.................................................................................................................. 1-11

1.6 Operação do Sistema ...................................................................................................... 1-15

1.7 Resumo de Operação ....................................................................................................... 1-22

Capítulo 2 Instalação ...................................................................................................... 2-1

2.1 Desembalagem ................................................................................................................ 2-1

2.2 Exigências de Instalação ................................................................................................. 2-2

2.3 Instalação ......................................................................................................................... 2-3

2.4 Colocação de Papel de Gravação.................................................................................... 2-7

2.5 Instalação da Impressora................................................................................................. 2-8

2.6 Instalação do Leitor (opcional) ........................................................................................ 2-8

Capítulo 3 Análise de Amostra....................................................................................... 3-1

3.1 Preparação para Iniciar ...................................................................................................... 3-2

3.2 Ligar................................................................................................................................... 3-4

3.3 Entrada na Tela de Contagem ......................................................................................... 3-5

3.4 Entrada de Informação de Amostra ................................................................................ 3-8

3.5 Preparação de Amostras.................................................................................................. 3-16

3.6 Análise de Amostra............................................................................................................. 3-18

3.7 Verificação de Antecedente ............................................................................................ 3-26

3.8 Desligar ............................................................................................................................. 3-27

Capítulo 4 Controle de Qualidade .................................................................................. 4-1

4.1 CQ com Controles ............................................................................................................ 4-2

4.2 Análise X-B ....................................................................................................................... 4-14

Capítulo 5 Calibração ..................................................................................................... 5-1

5.1 Introdução ........................................................................................................................ 5-1

5.2 Preparação para Calibração............................................................................................. 5-2

I
Conteúdo

5.3 Calibração Manual ................................................................................................................5-3

5.4 Calibração Usando Calibradores ........................................................................................5-9

5.5 Usando Sangue Fresco ........................................................................................................5-16

Capítulo 6 Revisão de Amostra............................................................................................... 6-1

6.1 Modo de Histograma ............................................................................................................6-2

6.2 Revisão em Modo de Tabela ...............................................................................................6-5

Capítulo 7 Configuração ......................................................................................................... 7-1

7.1 Senha ......................................................................................................................................7-2

7.2 Editar Configurações.............................................................................................................7-5

Capítulo 8 Manutenção ............................................................................................................ 8-1

8.1 Manutenção Regular .............................................................................................................8-2

8.2 Manutenção do Sistema........................................................................................................8-4

8.3 Condição do Sistema ............................................................................................................8-17

8.4 Auto-teste do Sistema ...........................................................................................................8-19

8.5 Log ...........................................................................................................................................8-23

8.6 Configuração do Sistema .....................................................................................................8-25

8.7 Controle de Impressão ..........................................................................................................8-26

8.8 Ajuste de Sonda de Amostra e Bloco de Limpeza de Sonda .........................................8-28

Capítulo 9 Solução de Problemas........................................................................................... 9-1

9.1 Códigos de Erro .....................................................................................................................9-2

9.2 Soluções..................................................................................................................................9-3

Apêndice A Comunicação ..........................................................................................................A-1

A.1 Conexão ................................................................................................................................. A-2

A.2 Ajuste de Parâmetros de Transmissão ............................................................................. A-2

A.3 Transmissão ......................................................................................................................... A-2

A.4 Formato de Data de Transmissão ...................................................................................... A-3

Apêndice B Índice .......................................................................................................................B-1

II
Introdução

Capítulo 1 Introdução

1.1 Aviso
Este manual cobre todas as instruções relacionadas à operação e Manutenção Geral do Auto
Analisador de Hematologia BC-2800. Para assegurar que este analisador tenha seu melhor
desempenho, por favor, leia cuidadosamente e compreenda o conteúdo deste manual e
opere/mantenha este analisador exatamente conforme instruído.

Este manual inclui uma descrição detalhada deste analisador, as especificações dadas pelo
fabricante, métodos de instalação, calibração e manutenção deste analisador, e medidas a
serem tomadas ao ocorrerem erros. Ele apresenta também o princípio de funcionamento deste
analisador e os reagentes recomendados.

Notas de Operação, limites e riscos potenciais são enfatizados quando apropriado.

Este capítulo trata principalmente do seguinte conteúdo:

Geral
Apresenta como este manual está organizado e uma breve introdução de todos os capítulos.

Introdução do Sistema
Apresenta brevemente os fatores principais deste analisador, incluindo funções, acessórios e
partes opcionais.

Princípios de Operação
Apresenta o funcionamento do analisador.

Especificações
Apresenta as especificações deste analisador.

Operações do Sistema
Descreve as funções das teclas, áreas de visor e menu de sistema e apresenta uma breve introdução
de como operar este analisador.

1-1
Introdução

1.2 Geral

Vide Tabela 1-1 para a organização deste manual e breves Introduções dos capítulos

. Tabela 1-1 Organização do Manual de Operação do BC-2800


Capítulos Conteúdo
Capítulo 1 Introdução Apresenta a organização deste manual,
introdução do Sistema, Princípios de Operação,
Especificações, operações do sistema e
Resumo de Operação.
Capítulo 2 Instalação Apresenta as Exigências de Instalação e etapas.

Apresenta como analisar amostras neste


Capítulo 3 Análise de Amostra
analisador.

Capítulo 4 Controle de Apresenta como executar o programa de CQ


Qualidade neste analisador.

Capítulo 5 Calibração Apresenta como calibrar este analisador.


Capítulo 6 Revisão de Amostra Apresenta como revisar, buscar e imprimir os
resultados salvos de Análise de Amostra.

Capítulo 7 Configuração Apresenta como ajustar data, hora e outras


configurações do sistema.

Capítulo 8 Serviço Apresenta como manter este analisador e


substituir os reagentes.
Capítulo 9 Solução de Apresenta como lidar com os erros relatados.
Problemas
Apêndice A Comunicação Protocolo de comunicação.
Apêndice B Índice Lista palavras chave e suas posições neste
manual.

1-2
Introdução

1.3 Introdução do Sistema


1.3.1 Nome e Indicação de Uso
O nome completo deste analisador é Analisador de Hematologia Automático BC-2800. É um
analisador de hematologia automático, quantitativo, e contador de leucócito diferencial para Uso
em Diagnósticos In Vitro em laboratórios clínicos.

Nota
O objetivo deste analisador é identificar o paciente normal, com todos os
parâmetros normais gerados pelo sistema, e evidenciar e ou identificar
resultados de paciente que requeiram averiguações adicionais.

Determina os seguintes 19 parâmetros hematológicos e apresenta 3 histogramas de amostras


de sangue, conforme listado na Tabela 1-2.
Tabela 1-2 Parâmetros e histogramas

Grupo Parâmetro Abreviação

Grupo WBC Glóbulo Branco ou Leucócito WBC


Linfócito Lymph#
Célula de Tamanho Médio Mid#
Granulócito Gran#
Porcentagem de Linfócito Lymph%
Porcentagem de Célula de Tamanho Mid%
Porcentagem de Granulócito Gran%
Histograma WBC

Grupo HGB Concentração de Hemoglobina HGB

Grupo RBC Glóbulo Vermelho RBC


Hematócrito HCT
Volume Corpuscular Médio (eritrócito) MCV

Hemoglobina Corposcular Média MCH


(eritrócito)
Concentração de Hemoglobina
MCHC
Corposcular Média (eritrócito)

Coeficiente de Variação de Largura de


RDW-CV
Distribuição de Glóbulos Vermelhos
(eritrócito)

1.3
Introdução

Desvio Padrão de Largura de


RDW-SD
Distribuição de Glóbulos Vermelhos
(eritrócito)
Histograma RBC
Grupo PLT Plaqueta PLT
Volume Plaquetário Médio MPV
Largura de Distribuição de Plaquetas PDW*
Plaquetócrito PCT*
Histograma PLT
*PCT e PDW são parâmetros derivados não destinados ao uso em diagnóstico e somente para
pesquisa.

1.3.2 Dados Complementares


Periodicamente emitimos e entregamos documentos complementares sobre a operação ou
manutenção deste analisador. Certifique-se de ler e observar tais documentos cuidadosamente e
precisamente assim como inseri-los neste manual para fácil consulta.

1.3.3 Assistência Técnica


Caso este analisador não funcione corretamente, tente seguir as instruções constantes no
Capítulo 9 Solução de Problemas para resolver o problema. Caso o erro não possa ser
corrigido pelos métodos recomendados, entre em contato com nosso Departamento de
Atendimento ao Cliente ou com o distribuidor.

1.3.4 Reagentes, Calibradores e Controles


Os reagentes, controles, calibradores e analisador são componentes de um sistema completo e devem
ser usados como tal. Certifique-se de qualquer produto a ser usado tenha sido testado e
certificado pelo fabricante.

Recomendamos os reagentes descritos no Capítulo 1.5.10 Reagentes. Não use os reagentes


ou controles de fornecedores diferentes, ou este analisador poderá não ter o desempenho
prometido ou mesmo ser danificado.

Cada reagente deve ser examinado antes de sua aplicação. A integridade do produto pode estar
comprometida em frascos danificados. Caso um pacote apresente-se danificado, inspecione a
parte interna quanto a sinais de vazamento ou umidade e caso os encontre, não use o reagente.
Leia as instruções de uso dos reagentes e opere conforme instruído ao usar os reagentes. A menos que
especificado diferentemente, os reagentes devem ser armazenados e usados de acordo com suas
instruções de uso.

ATENÇÃO: Reagentes, Soluções de Limpeza, Controles e Calibradores


Os reagentes, soluções de limpeza e kits de calibração utilizados nos equipamentos devem
ser adquiridos e possuir registro à parte na ANVISA/MS.

1-4
Introdução

Nota
1. Preste atenção e grave o prazo de validade com frasco fechado e aberto de
todos os reagentes.
2. Certifique-se de não usar reagentes vencidos. Leia a etiqueta ou manuais de
uso dos reagentes antes de usá-los e tenha especial atenção com as notas
acima mencionadas.

1.3.4.1 Reagentes
1. Diluente
Além de diluir a amostra de sangue o diluente oferece um ambiente similar ao plasma
para manter os tamanhos das células sanguíneas inalteradas dentro de um determinado
período de tempo e serve como meio condutor para a análise das células sanguíneas.

2. Lise
O lise quebra rapidamente as membranas dos glóbulos vermelhos e reduz as partículas
celulares a um tamanho pequeno o suficiente de forma que não interfiram com a análise
de glóbulos brancos. Os glóbulos brancos podem então ser segregados em três sub-
populações para análise diferencial. A absorbância da mistura lise-hemoglobina está
relacionada à concentração de hemoglobina.

3. Rinse
O rinse é um detergente usado para lavar a tubulação e umedecer o tubo volumétrico.

4. Limpador E-Z
O Limpador Enzimático é uma solução de limpeza isotônico baseado em enzima e
agente de umidificação usado para a lavagem de tubulação e molho. Este limpador é
especial e não danificará o sistema de circulação de fluido do analisador.

5. Limpador de Sonda
O limpador de sonda é um detergente alcalino usado para limpar o sistema de
circulação de fluido, abertura e molho.

1.3.4.2 Calibradores e Controles


Calibradores e controle são produtos de sangue fabricados para calibrar e verificar o
funcionamento de instrumentos.
Os controles são divididos em níveis baixo, normal e alto. Devem-se executar controles
dos três níveis no analisador todos os dias para atingir resultados confiáveis.
Os “calibradores” e “controles” que aparecem no resto deste manual referem-se aos
calibradores e controles a serem usados neste analisador somente. Deve-se pedi-los
somente através de nosso Departamento de Atendimento ao Cliente ou do Distribuidor.

1-5
Introdução

1.4 Princípios de Operação

1.4.1 Princípio de Medição


Este analisador adota o Princípio Coulter para contar WBCs, RBCs e PLTs e para delinear seus
histogramas correspondentes. A concentração de Hemoglobina (HGB) é obtida pelo método
colorimétrico. Os resultados dos parâmetros restantes são derivados destes (consulte Capítulo
1.4.4 Derivação de Parâmetros).

1.4.2 Diluição
Normalmente em amostras de sangue, as células estão muito próximas umas das outras para
serem identificadas ou medidas. Por esta razão, o diluente é usado para separar as células de
forma que sejam atraídas através da abertura separadamente assim como para criar um
ambiente condutivo para a análise sanguínea. Este analisador pode processar dois tipos de
amostras de sangue amostras de sangue total (consulte Capítulo 2.5.1 Preparação de
Amostras de Sangue total) e amostras de sangue pré-diluídas (consulte Capítulo 2.5.2
Preparação de Amostras Pré-Diluídas). Ao analisar amostra de sangue total, este analisador
aspira cerca de 13μL da amostra e segue o procedimento apresentado na Figura 1-1 para diluí-
la antes de prosseguir para a análise em si.

Amostra de Sangue
Total 13μL

Diluente 3ml

Diluição 1: 231

Diluente 0,5 ml
Diluente 3,5ml

Lise 0,5 ml

Para Análise WBC Para Análise RBC


(Diluição 1:308) (diluição 1:44862)

Figura 1-1 Como uma amostra de sangue total é diluída

1-6
Introdução

Ao analisar uma amostra pré-diluída, o operador deve primeiro coletar cerca de 20μL de
amostra capilar e dispensar cerca de 1.6mL de diluente deste analisador para pré-diluir a
amostra. Logo o operador deve apresentar a amostra pré-diluída ao analisador, o qual aspirará
cerca de 0.7ml da amostra para diluição adicional, conforme exibido na Figura 1-2.

Amostra de sangue
capilar 20μl

Diluente 1,6ml

Diluição 1:81

Diluente 2.1 ml

Diluição 1:324

Diluente 0,44ml
Diluente 3ml

Lise 0,36ml

Para Análise Para Análise RBC


WBC (Diluição 1:45004)
(Diluição 1:417)

Figura 1-2 Como uma amostra pré-diluída é diluída

Após reagir com o diluente e lise, os volumes celulares ficam principalmente nas faixas a seguir:
WBC: 30 ~ 350 fL
RBC: 25 ~ 250 fL
PLT: 2 ~ 30 fL

1.4.3 Controle de Volume de Amostra


Este analisador emprega um sistema óptico de medição volumétrica para determinar o
volume de amostra aspirado através da abertura. Cada ciclo de contagem, conforme exibido
na Figura 1-3, inicia-se quando a superfície do líquido passa o sensor superior do tubo
volumétrico e termina quando que o sensor inferior é alcançado. Caso sejam detectadas
bolhas ou uma taxa de fluxo anormal, o sistema dará o alarme de erro ao operador. Quando
isto ocorrer, consulte o Capítulo 9 Solução de Problemas para as soluções.

1-7
Introdução

Sensor Superior Sensor Superior

Sensor inferior Sensor inferior

1 Vazio no início 2 Superfície do líquido cai através


do tubo volumétrico

Sensor Superior Sensor Superior

Sensor inferior Sensor inferior

3 A contagem começa quando a 4 A contagem termina quando a


superfície líquida passa o sensor superior superfície líquida passa o sensor inferior

̀
̀
Figura 1-3 Como ̀
o volume de amostra é controlado

1.4.4 Derivação de Parâmetros

1.4.4.1 WBC
WBC(109/ L) é o número de leucócitos medido diretamente pela contagem dos glóbulos
brancos que passam através da abertura. Note que ao observar no microscópio NRBCs
(Glóbulos vermelhos nucleados), que não reagem com o lise e podem ser confundidas pelo
analisador com glóbulos brancos, certifique-se de corrigir o resultado gerado pelo sistema com
a seguinte fórmula,

100
WBC'' = WBC x
100 + NRBC

onde WBC representa o número de glóbulos brancos gerado pelo sistema, NRBC o número de
NRBCs contadas em 100 glóbulos brancos e WBC’ o número corrigido de glóbulos brancos.

1.4.4.2 WBC diferencial


Com a ajuda do diluente e lise, este analisador pode medir o tamanho dos glóbulos brancos
em três sub-populações linfócitos, células de tamanho médio e granulócitos.
Os linfócitos são os glóbulos brancos de menor tamanho cujos tamanhos são de 30fL~85fL.
Granulócitos são os glóbulos brancos de maior tamanho, acima de 125fL. Entre estes existem
as células de tamanho médio, cujos tamanhos estão entre 85fL~125fL.

1-8
Introdução

Com base no histograma WBC, este analisador calcula Lymph%, Mid% e Gran% como segue,

( 9/L)
onde PL = partículas na região de linfócito10

9
PM = partículas na região de tamanho médio ( 10 /L)

PG = partículas na região de granulócito (10 9/L)

Tendo alcançado os três parâmetros acima, este analisador procede ao cálculo de Lymph% ,
Mid% e Gran% como segue.

1.4.4.3 HGB
Com o uso do método colorimétrico, este analisador calcula a concentração de hemoglobina (g/L)
como segue.
HGB(g/L)=Constant× Log 10 (Blank Photocurrent/Sample Photocurrent)

1.4.4.4 RBC
RBC (1012/L) é o número de eritrócitos medido diretamente pela contagem de eritrócitos que
passam através da abertura.

1.4.4.5 MCV
Com base no histograma de RBC, este analisador calcula o volume celular médio (MCV) e
expressa o resultado em fL .

1-9
Introdução

1.4.4.6 HCT, MCH e MCHC


Este analisador calcula o HCT (%), MCH(pg) e MCHC(g/L) como segue:

1.4.4.7 RDW-CV
Com base no histograma de RBC, este analisador calcula o CV (Coeficiente de Variação) da
largura de distribuição de eritrócito.

1.4.4.8 RDW-SD
RDW-SD (Largura de Distribuição RBC Desvio Padrão, fL) é configurado no nível de
freqüência de 20% com o pico tirado como 100%, conforme exibido na Figura 1-4.

Figura 1-4 Largura de Distribuição RBC Desvio Padrão

1.4.4.9 PLT
9
PLT (10 /L) é medido diretamente pela contagem das plaquetas que passam através da abertura.

1.4.4.10 MPV
Com base no histograma de PLT, este analisador calcula o volume médio de plaquetas (MPV, fL).

1.4.4.11 PDW
Com base no histograma de PLT, este analisador calcula a largura de distribuição de plaqueta (PDW).

1.4.4.12 PCT
Este analisador calcula o PCT como segue.

PLT (10 9 / L) X MPV ( fL)


PCT(%) =
10000

1-10
Introdução

1.5 Especificações

1.5.1 Descrição de Parâmetro

Tabela 1-3 Parâmetros e Histogramas medidos diretamente


Parâmetro Abreviação Unidade Padrão
Glóbulo Branco ou Leucócito WBC 109 /L
Concentração de Hemoglobina HGB
Glóbulo Vermelho ou eritrócito RBC 1012 /L
Plaqueta PLT 10 9 /L
Histograma de WBC
Histograma de RBC
Histograma de PLT

̀
Tabela 1-4 Parâmetros derivados de histogramas
Parâmetro Abreviação Unidade Padrão

Porcentagem de Linfócito Lymph% %


Porcentagem de Células de tamanho médio Mid% %

Porcentagem de granulócito Gran% %


Volume Corpuscular médio
MCV fL
(Eritrócito)
Glóbulo Vermelho (eritrócito)
Coeficiente de Variação Largura de RDW-CV %
distribuição
Glóbulo Vermelho (eritrócito)
Desvio Padrão de Largura de RDW-SD fL
distribuição
Volume Médio de Plaqueta MPV fL
Largura de Distribuição de Plaqueta PDW

Tabela 1-5 Parâmetros Calculados


Parâmetro Abreviação Unidade Padrão

Linfócito Lymph# 10 9 /L
Célula de tamanho médio Mid# 10 9 /L
Granulócito Gran# 10 9 /L
Hematócrito HCT %

1-11
Introdução

Hemoglobina Celular Média


MCH pg
(Eritrócito)
Concentração Média de
MCHC g/L
Hemoglobina Celular(eritrócito)
Volume Médio de Plaqueta PCT %
̀

1.5.2 Recursos de Amostragem


1. Volumes de amostra requeridos para cada análise:
Modo de Sangue total (sangue venoso)
Modo Pré-diluído (sangue capilar)
2. Volumes de amostra realmente usados:
Para uma análise WBC cerca de 300µL (incluindo diluente e lise)
Para uma análise RBC/PLT cerca de 300µL (incluindo segunda diluição)
3. Lise usado para cada análise cerca de 0.5mL(sangue total), cerca de 0.36mL(sangue
capilar)
4. Taxa de diluição
Amostra de Sangue total Amostra pré-diluída
WBC/HGB 1:308 1:417
RBC/PLT 1:44862 1:45004
5. Tamanho de abertura 80µm de diâmetro, 70 µm de comprimento.
6. Rendimento Mais de 30 amostras/hora.

1.5.3 Desempenho
1. Faixa de Operação

Parâmetro Faixa de Operação

2. Faixa Linear

Parâmetro Faixa Linear

1-12
Introduction

3. Reprodutibilidade
Parâmetro Condição Reprodutibilidade(CV)
̀

4. Transporte

1.5.4 Visor
LCD colorido, resolução 640×480.

1.5.5 Entrada/Saída
Duas portas seriais RS-232 (uma para computador e outra para leitor).
Uma interface paralela (para impressora ou unidade de disquete). Uma interface para
teclado PS/2 (o teclado é opcional).
Uma interface de energia para a unidade de disquete (funciona somente com nosso cabo de
força especial).

1.5.6 Leitor (opcional)


TYSSO CCD-82 ou compatível.

1.5.7 Gravador Térmico Embutido

1.5.8 Impressora (opcional)


EPSON LX-300 ou LX-300+.
̀
̀
Nota
Não remova qualquer item opcional enquanto a energia estiver LIGADA.

1-13
Introdução

1.5.9 Alarmes
Consulte Capítulo 9 Solução de Problemas para os Códigos de Erro.

1.5.10 Reagentes
Diluente

Rinse
Lise
Limpador E-Z (Limpador Enzimático)
Limpador de sonda

1.5.11 Energia
Voltagem:
AC 220V±15% 50/60Hz±1Hz
Ou AC 110V±15% 50/60Hz±1Hz
Consumo:
180 VA
Fusível:
250 V T2A
Ou 125V T4A

1.5.12 Temperatura Ambiente e Umidade


Temperatura Ambiente: 15ºC~30ºC (Quando superaquecido, o sistema dará um
alarme sem interromper seu funcionamento)
Umidade relativa: 30%~85%
Pressão Atmosférica: 60.0kPa~106.0kPa

Nota
Os resultados não serão confiáveis ao funcionar o analisador fora da
temperatura necessária.

1-14
Introdução

1.5.13 Ambiente para Transporte e Armazenamento

Temperatura Ambiente: -10ºC~40ºC


Umidade Relativa: 10%~93%
Pressão Atmosférica: 50.0kPa~106.0 kPa

1.5.14 Dimensão

Largura Altura Espessura


32.2cm 43.7cm 39.7cm

1.5.15 Peso
Peso Líquido: 18.0 Kg
Peso Bruto: 25.2 Kg

1.5.16 Descrição de EMC

lEste produto está sujeito ao teste de EMC conforme exigência da EN61326:1997+A1


1998+A2 2001+A3 2003.
lEMS é conformidade com ambiente de teste
lEMC é conformidade com Classe A

1.5.17 Som
Som máximo: 64.8 dB.

1.5.18 Contra-indicações

Nenhuma

1-15
Introdução

1.6 Operação do Sistema

1.6.1 Analisador

̀
Figura 1-5 Vista Frontal

1 ---- LCD
2 ---- Teclado
3 ---- Gravador
4 ---- Indicador de força
5 ---- Tecla [START] 6
6 ---- Sonda de Amostra

1-16
Introdução

Figura 1-6 Vista Traseira

1 --- Botão de força


2 --- Equipotencialidade
3 --- Saída de Resíduo (vermelha)
4 --- Entrada de Lise (Laranja)
5 --- Entrada de Rinse (Azul)
6 --- Entrada de Diluente (Verde)

1-17
Introdução

Figura 1-7 Vista Esquerda

1 --- Porta RS-232 1 (para o scanner)


2 --- Porta Paralela
3 --- Porta RS-232 2(para o computador)
4 --- Interface de força para Disquete
5 --- Interface de Teclado

1-18
Introdução

1.6.2 Áreas do Visor


Título Modo de Contagem Estado do Horário
Sistema Do Sistema

Janela

Mensagens de Erro Estado do Reagente


Ajuda On-line

Figura 1-8 Áreas do Visor

Área de Título: Exibe o título da tela, tal como Contagem ou Revisão.


Área de Modo de Contagem: Exibe modo de contagem atual. Seis modos de
contagem estão disponíveis.
Sangue total - Todos os Parâmetros
Pré-diluído - Todos os Parâmetros
Sangue total - WBC/HGB
Pré-diluído - WBC/HGB
Sangue total - RBC/PLT
Pré-diluído - RBC/PLT
Área de Condição do Sistema: Exibe se o sistema está pronto para Análise de Amostra.
Três modos estão disponíveis, Pronto, Em execução e
Aguardando.
Área de Horário do Sistema: Exibe o horário do sistema.
Área de Janela: Exibe todos os tipos de informações de operação.
Área de Mensagens de Erro: Exibe as mensagens de erro.
Estado de Reagente: Exibe os reagentes restantes. Consulte os capítulos 3 e 7
para detalhes.
Ajuda On-Line: Exibe informações de ajuda.

1-19
Introdução

1.6.3 Dispositivos de Entrada


Os dispositivos de entrada incluem uma tecla [START], teclado de 18 teclas e teclado PS/2
(opcional).

Nota
Caso seu analisador não seja equipado com um teclado PS/2, você não
poderá usar as funções controladas somente pelo teclado.

A tecla [START] localiza-se atrás da sonda de amostra.


O teclado consiste de 18 teclas, conforme exibido na Figura 1-9.

Figure 1-9 Teclado

Um teclado PS/2 pode ser conectado à interface de teclado deste analisador e é útil quando
é necessário editar informações complexas.

Consulte a Tabela 1-6 para as principais funções das teclas.

Tabela 1-6 Funções das teclas


̀
[START]
Keypad Keyboard Functions
key
[MENU] [Esc] Entra/sai do menu do sistema.

[PRINT] [P] ou [p] Imprime no gravador ou impressora.


[HELP] [H] ou [h] Exibe as informações de ajuda.
[DEL] [Del] ou [Delete] Apaga dados ou tarefa.

[DILUENT] Entra na tela Adicionar diluente.


Alterna para outro modo de análise
[MODE] [Ctrl + A]
(funciona somente na tela Contagem).
[ENTER] [Enter] Confirma uma determinada operação.
Alterna a outra tela; insere números.
[PgUp] ou [PgDn] [PgUp] ou [PgDn]

1-20
Introduction

Move o cursor a uma determinada


posição.

[F1] [F2] [F3] [F4] [F1] [F2] [F3] [F4]


Teclas de função
[F5] [F5]
Outras teclas Outras funções
[START] Inicia aspiração.

1.6.4 Protetor de Tela

Este analisador entrará no protetor de tela caso nenhuma operação tenha sido realizada nos
últimos 10 minutos. Quando isto ocorre, o LCD irá ficar escuro e o indicador de força irá piscar.
Você pode pressionar qualquer tecla para retomar o visor.

1-21
Introdução

1.6.5 Menu do Sistema


Consulte a Figura 1-10 para a estrutura do menu do sistema.

Contagem

Revisão

Controle de Qualidade Controles

Análise X-B

Configuração Senha

Configurações

Serviço Manutenção

Condição

Auto-teste

Registro

Configurar

Imprimir

Calibração Manual

Auto

Auto-sangue fresco

Desligamento

Figura 1-10 Menu de Sistema

1-22
Introdução

1.7 Resumo de Operação


O BC-2800 pode analisar dois tipos de amostras de sangue amostras de sangue total e
amostras de sangue pré-diluído. Consulte a Tabela 1-7.

Tabela 1-7 Resumo de Operação


Faça verificações preliminares (recipientes de reagente e resíduo,
tubulação, conexões, conexões de força e similares)

Ligue o analisador

O sistema inicia o auto-teste e faz o procedimento de inicialização


e então entra a tela de Contagem (caso tudo esteja normal).

Selecione o modo de contagem apropriado e prepare as amostras


a serem analisadas.

Apresente a amostra à sonda de amostra e pressione a tecla


[START] para aspiração. O sistema analisará automaticamente
a amostra e exibirá os resultados.

Edite as informações do paciente (opcional)

Imprima o resultado da análise

Realize o procedimento para Desligar.

Desligue o analisador.

1-23
Instalação

Capítulo 2 Instalação

2.1 Desembalagem
Ao receber este analisador, desembale-o cuidadosamente e verifique-o. Faça uma
reclamação imediatamente ao transportador caso encontre qualquer dano físico.
Compare as mercadorias entregues e a lista de embalagem para assegurar que o embarque
esteja completo. Caso o embarque pareça incompleto, notifique nosso Departamento de
Serviço ao Cliente ou seu distribuidor imediatamente.

Como movimentar o BC-2800

1. Quando a embalagem estiver intacta, use uma placa e empilhadeira para movimentar e/ou
transportar o analisador por uma distância curta.
2. Quando o analisador tiver sido removido da embalagem, não use quaisquer ferramentas para
movimentá-lo. Movimente-o somente com as mãos. Durante o processo de movimentação,
certifique-se de proteger o LCD e a sonda de amostra de força excessiva e do contato com
outros objetos. Para um transporte curto em piso nivelado, pode ser usado um carrinho para
facilitar a movimentação.
3. Certifique-se de manter o analisador em posição vertical durante o processo de
movimentação ou transporte. Não o incline.
4. Faça todo o possível para minimizar choque mecânico durante movimentação ou
transporte. Após um longo transporte, verifique e ajuste o analisador antes de usá-lo.

2-1
Instalação

2.2 Exigências de Instalação

2.2.1 Ambiente de Instalação


O ambiente deve ser o mais livre de poeira possível, assim como de vibrações mecânicas,
ruídos altos e interferência elétrica. Evite a proximidade com geradores tipo escova (dínamo),
luzes fluorescentes piscantes e contatos elétricos que ligam e desligam regularmente. Evite
expor este analisador à luz solar direta ou uma fonte de calor ou corrente de ar.

Nota
Operar este analisador de formas diferentes das especificadas por
este manual pode danificá-lo e levar a um resultado de análise incorreto.

2.2.2 Exigência de Espaço


Certifique-se de colocar este analisador sobre uma mesa com espaço suficiente para os
recipientes de reagente.

Nota
Certifique-se de manter o reagente na mesma altura do analisador.

2.2.3 Exigências de Energia


Este analisador requer uma tomada adequadamente aterrada AC 220V±15%(ou 110V±15%). A
freqüência de energia deve ser de 50/60±1Hz, o consumo máximo de energia 180VA, fusível
250V 2A ou 125V 4A.
Note que é obrigatório que este analisador seja aterrado.

Nota
Assegure-se de que a rede de força seja adequada e que haja um fusível
apropriado instalado.

2-2
Instalação

2.3 Instalação

2.3.1 Conexão de Tubulação

Perigo Biológico
Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles,
calibradores, ou componentes que contenham ou tenham estado em
contato com o sangue humano) como sendo potencialmente infectantes.
Use vestimentas laboratoriais padrão (incluindo luvas de borracha) e siga
procedimentos laboratoriais seguros ao manusear qualquer material no
laboratório.

2.3.1.1 Conexão do recipiente de diluente


Retire a tubulação de entrada de diluente com um conector verde do kit de acessório.
Retire o recipiente de diluente, nos quais deve haver diluente suficiente.
Insira a extremidade da tubulação que não tem conector dentro do recipiente de diluente
conforme exibido na Figura 2-1 e gire a tampa do recipiente em sentido horário até que
esteja segura.
Conecte o conector de tubulação à entrada de DILUENTE (verde) na traseira do BC-2800 e
gire-o em sentido horário até estar seguro.

Conector de tubulação verde

Figura 2-1 Recipiente de Diluente

Siga as seguintes etapas quando a instalação estiver terminada.


1. Insira o volume de diluente conforme instruído no Capítulo 7.2.1.1 Ajuste de volumes
remanescentes para reagentes.
2. Insira a data de validade conforme instruído no Capítulo 7.2.1.3 Ajuste de datas de validade
de reagentes.
3. Prepare a tubulação de diluente conforme instruído no Capítulo 8.2.1 Preparação de
Diluente.

2-3
Instalação

2.3.1.2 Conexão do recipiente de rinse

Retire a tubulação de entrada de rinse com o conector azul do kit de acessórios.


Retire o recipiente de rinse, no qual deve haver rinse suficiente.
Insira a extremidade da tubulação que não tem conector no recipiente de rinse conforme
exibido na Figura 2-2 e gire a tampa do recipiente em sentido horário até que esteja segura.
Conecte o conector da tubulação à entrada de RINSE (azul) na parte traseira do BC-2800 e
gire-o em sentido horário até que esteja seguro.

Conector de tubulação azul

Figura 2-2 Recipiente de Rinse

Siga as seguintes etapas quando a instalação estiver terminada.


1. Insira o volume de rinse conforme instruído no Capítulo 7.2.1.1 Ajuste de volumes
remanescentes para reagentes.
2. Insira a data de validade conforme instruído no Capítulo 7.2.1.3 Ajuste de datas de validade
para reagentes.
3. Prepare a tubulação de rinse com rinse conforme instruído no Capítulo 8.2.2 Preparação
com Rinse.

2.3.1.3 Conexão do recipiente de lise

Retire a tubulação de entrada de lise com um conector laranja do kit de acessórios


Retire o recipiente de lise, no qual deverá haver lise suficiente.
Insira a extremidade da tubulação que não tem conector no recipiente de lise conforme
exibido na Figura 2-3 shows, e gire a tampa do recipiente em sentido horário até estar
segura.
Conecte o conector de tubulação à entrada LISE (laranja) na parte traseira do BC-2800 e gire-o
até que esteja seguro.

2-4
Instalação

Figura 2-3 Recipiente de Lise

Siga as seguintes etapas quando a instalação estiver terminada.


Insira o volume de lise conforme instruído no Capítulo 7.2.1.1 Ajuste de volumes
remanescentes para reagentes.
Insira a data de validade conforme instruído no Capítulo 7.2.1.3 Ajuste de datas de validade
para reagentes.
Prepare a tubulação de lise com o lise conforme instruído no Capítulo 8.2.3 Preparação de
Lise.

2.3.1.4 Conexão do recipiente de resíduos


Retire a tubulação de entrada de resíduos com o conector vermelho do kit de acessórios.
Conecte o conector da tubulação à entrada RESÍDUO (vermelha) na parte traseira do analisador e
gire-o em sentido horário até que esteja seguro.
Coloque o recipiente de resíduos em uma mesa da mesma altura ou mais baixa
que o analisador. Insira a outra extremidade da tubulação no recipiente de resíduos.
Insira o volume do recipiente de resíduos conforme instruído no Capítulo 7.2.1.2 Inserção do
volume disponível do recipiente de resíduos.

2.3.2 Descarte de Resíduos

Perigo Biológico
Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles, calibradores,
ou componentes que contenham ou tenham estado em contato com o
sangue humano) como sendo potencialmente infectantes. Use vestimentas
laboratoriais padrão (incluindo luvas de borracha) e siga procedimentos
laboratoriais seguros ao manusear qualquer material no laboratório.

2-5
Instalação

ADVERTÊNCIA

Manipule e descarte os resíduos de acordo com os padrões laboratoriais,


nacionais e locais aceitos.

2-6
Instalação

2.4 Colocação de Papel de Gravação


Siga as etapas fornecidas abaixo para instalar o papel de gravação.
1. Siga a seta na figura abaixo para abrir a porta do gravador, conforme exibido na Figura 2-4.

Figura 2-4 Abra a porta do gravador

2. Suspenda a barra de pressão, conforme exibido na Figura 2-5.

Figura 2-5 Suspenda a barra de pressão

3. Insira o papel de gravação na entrada de papel, conforme exibido na Figura 2-6.

Figura 2-6 Carregue o papel de gravação

2-7
Instalação

4. Empurre a barra de pressão e feche a porta do gravador, conforme exibido na Figura 2-7.

Figura 2-7 Feche a porta do gravador

2.5 Instalação da Impressora


Caso seu analisador seja equipado com uma impressora, use o cabo da impressora para conectá-la à
interface marcada PARALELA na lateral esquerda deste analisador. Consulte o manual de usuário da
impressora para detalhes de instalação.

2.6 Instalação do Leitor (opcional)


A porta COM1 do BC-2800 é reservada para o leitor de código de barras. Caso seu analisador seja
equipado com um leitor, siga o manual de operação do scanner para conectá-lo ao BC-2800.

Deve-se ajustar o scanner caso seja a primeira vez que for usá-lo. As configurações serão salvas no
sistema e só é necessário configurá-lo uma vez. Consulte as instruções de operação do scanner para
configurar sua taxa de bauds para 9600, bit de dados para BIT 8, paridade para PAR e saudação para
NENHUMA. Consulte o Capítulo 7.2.2.2 Alteração de Configurações de Comunicação para configurar o
analisador de acordo.

2-8
Análise de Amostra

Capítulo 3 Análise de Amostra


Este Capítulo cobre:
♦ Preparação para Iniciar
♦ Ligar
♦ Entrada na Tela de Contagem
♦ Entrada de Informação de Amostra
♦ Preparação de Amostras
♦ Análise de Amostra
♦ Verificação de Antecedente
♦ Desligar

3-1
Análise de Amostra

3.1 Preparação para Iniciar


Antes de ligar este analisador, deve-se executar as seguintes verificações para assegurar que
esteja pronto para funcionar.

3.1.1 Verificação de Reagentes

Consulte a Tabela 3-1 e assegure-se que haja reagentes suficientes para o funcionamento deste
analisador.
Tabela 3-1 Tabela de consumo de reagente
Diluente Rinse Lise Limpador
E-Z

Para um procedimento de 49ml (Limpeza de tubulação+1 Cerca de Cerca de


inicialização normal Verificação de Antecedente) 16.5ml 0.5ml
(limpeza da tubulação +
verificação de antecedente 87~114ml (Limpeza de tubulação+2 29.6~ Cerca de
1ml
Verificação de Antecedentes + 35ml
desobstrução)¤

Para uma análise de


Cerca de Cerca de
amostra ~WB-Modo 30ml 9.5ml 0.5ml
Todos~
30.5 ml (incluindo os 1.6 ml
Para uma análise de Cerca de Cerca de
para pré-diluição de amostra.)
amostra (PB - Modo 9.5ml 0.36ml
Todos)
Para um desligamento Cerca de
13.5ml Cerca de
normal 5.5 ml
1ml

Nota¤: Se este analisador não passar pela primeira Verificação de Antecedente, uma nova é
realizada. Nesta circunstância, o consumo de reagentes está sujeito à flutuação
significativa.

3.1.2 Verificação de Recipiente de Resíduos


Deve-se preparar um recipiente para os resíduos produzidos por este analisador. Certifique-se
de esvaziar o recipiente sempre que desligar este analisador.

Perigo Biológico
Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles, calibradores,
ou componentes que contenham ou tenham estado em contato com o
sangue humano) como sendo potencialmente infectantes. Use vestimentas
laboratoriais padrão (incluindo luvas de borracha) e siga procedimentos
laboratoriais seguros ao manusear qualquer material no laboratório.

3-2
Análise de Amostra

Advertência
Manuseie e descarte resíduos de acordo com os padrões laboratoriais locais e
nacionais aceitos.

3.1.3 Verificação de Tubulação e Fonte de Alimentação

Verifique as tubulações de diluente, rinse, lise e resíduos e certifique-se de que não apresentem
dobras e estejam bem conectadas a este analisador.
Verifique a tomada de energia do BC-2800 e certifique-se de que esteja bem conectada a uma tomada.

3.1.4 Verificação do Gravador e Impressora (opcional)

Verifique e assegure-se de que haja papel suficiente instalado no gravador embutido e/ou
impressora externa (caso conectada). Verifique e assegure-se de que a tomada de força da
impressora esteja ligada corretamente a uma tomada e corretamente conectada ao BC-2800.

3.1.5 Verificação do Teclado (opcional)

Um teclado é necessário para a inserção de informações complexas tais como nomes de


pacientes, departamentos e similares. Certifique-se de que o teclado esteja bem conectado à
interface própria (marcada como KB) na lateral esquerda do BC-2800.

Nota
Não remova a conexão de qualquer item opcional enquanto o aparelho estiver
LIGADO.

3-3
Análise de Amostra

3.2 Ligar
1. Ligue o BC-2800 colocando a chave de força localizada na traseira do analisador na posição
LIGADA (ON) (I). O indicador de força ficará aceso e a tela exibirá Inicializando….
2. O analisador iniciará sequencialmente os arquivos, máquina e tubulação. Note que a
inicialização da tubulação inclui diversas ações e procedimentos dependendo do
Desligamento anterior. Consulte a Tabela 3-2 para detalhes. O processo de inicialização
completo leva cerca de 4 ~ 7 minutos.

Tabela 3-2 Inicialização da Tubulação


Desligamento Anterior Ações e procedimentos incluídos
Desligamento Normal Execução do procedimento de inicialização

Desligamento Anormal (devido à falta Reinicialização dos motores, verificação de


de energia ou deixar de seguir o arquivo de sistema, e execução da
procedimento de Desligamento inicialização.
adequado)
Procedimento de Desligamento após Preparação da tubulação, limpeza da
o Preparar para envio foi feito ou tubulação repetidamente e execução da
após a tubulação ter sido drenada. Verificação de Antecedente

3. Quando a inicialização está terminada, o sistema automaticamente entra na tela de


Contagem. Caso ocorra qualquer erro durante a inicialização, a mensagem de erro
correspondente será exibida no canto inferior esquerdo da tela. Caso você queira acessar a tela
de Contagem a partir de outras telas, siga as etapas apresentadas no Capítulo 3.3
Entrada na Tela de Contagem para fazê-lo.

3-4
Análise de Amostra

3.3 Entrada na Tela de Contagem

Pressione [MENU] para acessar o menu de sistema. Pressione as teclas de seta apropriadas
([↑][↓] [←][→]) para movimentar o cursor para Contagem conforme exibido na Figura 3-1.

Figure 3-1 Acessar Tela de Contagem a partir do menu de sistema

Pressione [ENTER] para acessar a tela Contagem, conforme exibido na Figura 3-2.

3-5
Análise de Amostra

3.3.1 Área de Título


A área de Título exibe o título da tela atual, o qual, no caso da Figura 3-2, é Contagem.

3.3.2 Área de Modo de Contagem


A área de Modo de Contagem exibe em que modo de análise (contagem) a próxima amostra
será analisada. No caso da Figura 3-2, a próxima amostra será analisada no modo WB-All
(consulte o Capítulo 3.6.1.1 Seleção do Modo de Análise para informações detalhadas).

3.3.3 Área de Condição do Sistema


A área Condição do Sistema exibe se este analisador está pronto para a próxima análise. Quando
exibe Pronto (como na Figura 3-2), isto significa que este analisador está pronto e pode-se
proceder à análise da próxima amostra. Quando é exibido Espera, significa que um ou mais
erros ocorreram e este analisador está aguardando que o(s) erro(s) seja(m) removido(s). Quando exibe
Executando, significa que o analisador está analisando uma amostra.

3.3.4 Área de Horário do Sistema


A área de Horário do Sistema exibe o horário do sistema (no formato 24 horas).

3.3.5 Área de Informação de Amostra


A área Informação de Amostra tem duas subdivisões, a superior intitulada Amostra Atual e a
inferior Próxima amostra.

A Amostra atual refere-se à amostra, cujo resultado de análise é exibido na tela Contagem. Sua
ID de amostra, horário de análise, modo de análise e informações do paciente (nome, sexo e idade)
são respectivamente exibidos nos campos de ID, Horário, Modo, Nome, Sexo e Idade da
subdivisão de Amostra atual.

A Próxima Amostra refere-se à próxima amostra a ser analisada. Seu ID de amostra e modo de
análise são respectivamente exibidos nos campos ID e Modo da subdivisão Próxima Amostra.

3.3.6 Área de Resultado de Análise


A área de Resultado de Análise exibe o resultado de análise, incluindo histogramas, da
amostra atual.

3-6
Análise de Amostra

3.3.7 Área de Mensagem de Erro


A área de Mensagem de Erro exibe as mensagens de erro uma a uma, trocando a cada dois
segundos.

3.3.8 Área de Estado de Reagentes


A área de Estados de Reagentes exibe quantas contagens podem ser feitas com os reagentes
remanescentes. Note que quando é exibido 99 contagens, indica que os reagentes são suficientes
para mais de 99 contagens e também há espaço suficiente remanescente no recipiente de
resíduos para as contagens; quando é exibido 0 contagens, indica que pelo menos um dos
reagentes é insuficiente ou que o recipiente de resíduos está cheio.

3.3.9 Área de Menu


Ao pressionar [MENU], esta área exibe o menu de sistema.

3.3.10 Área de Ajuda


A área de Ajuda o lembra como proceder à próxima etapa.

3-7
Análise de Amostra

3.4 Entrada de Informação de Amostra


Pode-se inserir informações de amostra em qualquer dos três modos, somente ID, Todas as
informações e Edição de Lote, dependendo em qual das três configurações seu analisador tem:
• Somente ID
• Todas as Informações
• Somente ID e Edição de lote.

3.4.1 Modo Somente ID


No modo Somente ID, somente se pode inserir as IDs de amostra neste analisador. Siga qualquer das
formas dadas abaixo para fazê-lo.
1. Caso tenha um leitor de código de barras conectado ao seu analisador, poderá inserir a ID de
amostra codificada em barra na tela de Contagem ou na tela Próxima amostra
simplesmente apresentando o código de barra ao leitor (verifique o manual de usuário do leitor
para maiores detalhes). O leitor emite um sinal sonoro quando a leitura está completa.

2. Caso não tenha um leitor de código de barras, siga as etapas dadas abaixo para inserir a ID de
amostra a partir do keypad ou teclado externo.

• Na tela de Contagem, pressione [F1] para acessar a tela Próxima Amostra,


conforme exibido na Figura 3-3.

Figura 3-3 Inserindo ID da próxima amostra

• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição à direita de ID. Pressione
[PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas numéricas em um teclado) para inserir um dígito na posição
onde o cursor estiver localizado.
• Quando tiver terminando de inserir a ID de amostra, pressione [ENTER] para salvar as
alterações

3-8
Análise de Amostra

e o número inserido será exibido no campo ID da área Próxima Amostra. Caso deseje
ignorar o número inserido, por qualquer razão poderá pressionar [MENU] e uma caixa de
diálogo aparecerá, conforme exibe a Figura 3-4. Para ignorar o número inserido, mova o cursor
para Não e pressione [ENTER]; caso contrário, mova o cursor para Sim e pressione
[ENTER].

Figura 3-4 Caixa de Diálogo

Nota
Caso deseje verificar o antecedente em lugar da próxima amostra, pode-se ajustar
a ID da Próxima Amostra para 0 e pressionar a tecla [START] quando a
Condição do Sistema exibir Pronto.

3.4.2 Modo Todas as Informações


No modo Todas as Informações, pode-se inserir todas as informações sobre a amostra (nome de
paciente, número de ficha e similares) neste analisador. Para inseri-las, pressione [F1] na tela Contagem
para acessar a tela Entrada de informações de amostra, conforme exibido na Figura 3-5.
Siga as instruções fornecidas abaixo para preencher os campos listados um a um.

3-9
Análise de Amostra

Figura 3-5 Entrada de Informação de Amostra

1. Para inserir a ID de amostra, deve-se


• Pressionar [↑] ou [↓]para mover o cursor para a caixa de edição à direita de ID, como
exibido na Figura 3-5.
• Pressione [←] ou [→]para mover o cursor dentro da caixa de edição. Pressione [PgUp]
ou [PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na posição onde o
cursor está localizado. Para modificar um dígito inserido, pode-se mover o cursor até a
localização correspondente e re-inserir o dígito desejado. Caso haja um leitor de código de
barras disponível, pode-se apresentar o código de barras ao leitor (consulte o manual de
usuário do leitor para maiores detalhes) e o leitor emite um sinal sonoro ao término da
leitura.
• Ao terminar a inserção de ID de amostra, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor até o
próximo campo para ser editado.

2. Para inserir o sexo do paciente, deve-se


• Pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Sexo,
conforme exibido na Figura 3-6.
• Pressione [ENTER] para exibir a lista, conforme exibido na Figura 3-6.
• Pressione [↑] ou [↓] para selecionar Masculino para paciente do sexo masculino, ou
Feminino para paciente do sexo feminino, ou vazio para o paciente cujo sexo seja
desconhecido.
• Pressione [ENTER] para confirmar a seleção.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o próximo campo a ser editado.

3-10
Análise de Amostra

Figura 3-6 Seleção de Sexo

3. Para inserir o nome do paciente, deve-se

• Pressionar [↑] ou [↓]para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Nome.
• Use um teclado para inserir o nome de paciente. Pressione [DEL] caso deseje apagar o
caractere à direita do cursor. Pressione [Backspace] (no teclado externo), caso deseje
apagar o caractere à esquerda do cursor.
• Quando tiver terminado de inserir o nome de paciente, pressione [↑] ou [↓] para mover o
cursor para o próximo campo a ser editado.

4. Para inserir a idade do paciente


Antes de inserir a idade do paciente, deve-se saber que este analisador oferece três formas para
fazê-lo – inserir a idade em anos, meses e em dias. A primeira forma é projetada para os
pacientes adultos ou pediátricos de até um ano de idade; a segunda para pacientes infantis de um
mês até um ano de idade; a terceira para pacientes neonatos de idade inferior a um mês. Pode-se
escolher apenas uma das três formas para inserir a idade de paciente.

Para inserir a idade em anos, deve-se

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à esquerda de Anos.
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição. Pressione [PgUp] ou [PgDn]
(ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na posição onde o cursor está
localizado. Para modificar um dígito inserido, pode-se mover o cursor até a localização
correspondente e reentrar o dígito desejado. Note que somente é possível inserir um número
inteiro positivo não maior do que 255 nesta caixa de edição.
• Ao terminar a inserção da idade de paciente, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
próximo campo a ser editado.

3-11
Análise de Amostra

Para inserir a idade de paciente em meses, deve-se


• Pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à esquerda de Meses.
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição. Pressione [PgUp] ou
[PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na posição onde o cursor
está localizado. Para modificar um dígito inserido, pode-se mover o cursor até a localização
correspondente e reentrar o dígito desejado. Note que somente é possível inserir um número
inteiro positivo não maior do que 12 nesta caixa de edição.
• Ao terminar a inserção da idade do paciente, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
próximo campo a ser editado.

Para inserir a idade do paciente em dias, deve-se


• Pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à esquerda de Dias.
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição. Pressione [PgUp] ou
[PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na posição onde o cursor
está localizado. Para modificar um dígito inserido, pode-se mover o cursor até a localização
correspondente e reentrar o dígito desejado. Note que somente é possível inserir um número
inteiro positivo não maior do que 31 nesta caixa de edição.
• Ao terminar a inserção da idade de paciente, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
próximo campo a ser editado.

5. Para inserir o número de ficha do paciente, deve-se


• Pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de No. De Ficha.
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição. Pressione [PgUp] ou
[PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na posição onde o cursor
está localizado. Caso deseje modificar um dígito inserido, simplesmente mova o cursor até a
posição e reentre o dígito desejado.
• Ao terminar a inserção do número de ficha, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
próximo campo a ser editado.

6. Para inserir o número de leito do paciente, deve-se


• Pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de No. De Leito.
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição. Pressione [PgUp] ou
[PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na posição onde o cursor
está localizado. Caso deseje modificar um dígito inserido, simplesmente mova o cursor até a
posição e reentre o dígito desejado.
• Ao terminar a inserção do número de leito, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
próximo campo a ser editado.

3-12
Análise de Amostra

7. Para inserir o nome do departamento do qual a amostra veio, deve-se


• Pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Depto..
• Use um teclado para inserir o nome do departamento (similar à forma pela qual se inserem nomes de
pacientes). A caixa de edição salva automaticamente o item salvo em sua lista (Figura 3-7), que pode
ser acessada pressionando-se [ENTER]. Um total de 30 itens pode ser salvo na lista, e pode-se
pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor até o item de interesse e pressionar [ENTER] para
selecioná-lo.
• Ao terminar a inserção do nome do departamento, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor ao
próximo campo a ser editado.

Figura 3-7 Seleção do nome de departamento

8. Para inserir o nome da pessoa que submeteu a amostra para análise, pode-se

• Pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Remetente.
• Use um teclado para inserir o nome da pessoa que submeteu esta amostra. Esta caixa de
edição salva automaticamente o item inserido em sua lista, que pode ser acessada
pressionando-se [ENTER]. Um total de 30 itens pode ser salvo na lista, e pode-se pressionar [↑]
ou [↓] para mover o cursor ao item de interesse e pressionar [ENTER] para selecioná-lo.
• Ao terminar a inserção do nome, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o próximo campo
a ser editado.
9. Para inserir o nome da pessoa que executará a análise da amostra, pode-se

• Pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Responsável
pelo Teste.
• Use um teclado para inserir o nome da pessoa que executará o teste nesta amostra. Esta caixa
de edição salva automaticamente o item inserido em sua lista, que pode ser acessada
pressionando-se [ENTER]. Um total de 30 itens pode ser salvo na lista, e pode-se pressionar

3-13
Análise de Amostra

[↑] ou [↓] para mover o cursor até o item de interesse e pressionar [ENTER] para selecioná-lo.
• Ao terminar a inserção the name, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o próximo
campo a ser editado.
10. Para inserir o nome da pessoa que executará a revisão do resultado da análise, deve-se

• Pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Revisor.
• Use um teclado para inserir o nome da pessoa que irá revisar esta amostra. Esta caixa de
edição salva automaticamente o item inserido em sua lista, a qual pode ser acessada
pressionando-se [ENTER]. Um total de 30 itens pode ser salvo na lista, e pode-se pressionar
[↑] ou [↓] para mover o cursor até o item de interesse e pressionar [ENTER] para selecioná-lo.
• Ao terminar a inserção do nome, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o próximo
campo a ser editado.

11. Ao terminar a inserção das informações de paciente, pode-se

• Mover o cursor para Sim e pressionar [ENTER] para salvar as alterações e sair para a tela
de Contagem; ou
• Mover o cursor para Não e pressionar [ENTER] para sair para a tela de Contagem sem
salvar as alterações.

3-14
Análise de Amostra

3.4.3 Modo de Edição de Lote

Caso seu analisador esteja configurado como Edição de Lote, pode-se inserir informações de um
lote de amostras continuamente. Siga as etapas abaixo para fazê-lo.
1. Na tela de Contagem, pressione [F4] para acessar a tela de Edição de Lote, conforme exibido
na Figura 3-8.

Figura 3-8 Tela de Edição de Lote

2. Siga as instruções fornecidas na seção 3.4.2 Modo de Todas as Informações para inserir as
informações da primeira amostra.
3. Pressione as teclas de setas adequadas para mover o cursor para Salvar e pressione [ENTER]
para salvar as alterações.
4. Repita as duas últimas etapas até ter terminado o lote.
5. Caso deseje revisar as informações inseridas para uma amostra em particular, pressione as
teclas de seta adequadas para mover o cursor para Anterior ou Próxima e pressione [ENTER]
para revisar a amostra próxima ou anterior até que a amostra desejada seja alcançada.
6. Caso deseje apagar as informações de amostra exibidas no momento, pressione as teclas de
seta adequadas para mover o cursor para Apagar e pressione [ENTER] para completar a
operação.
7. Quando tiver terminado o lote, pressione as teclas de seta adequadas para mover o cursor para Saída
e pressione [ENTER] para sair para a tela de Contagem. Após uma amostra ter sido analisada,
suas informações de amostra correspondentes serão exibidas automaticamente na área de
Amostra atual.

3-15
Análise de Amostra

3.5 Preparação de Amostras


O BC-2800 é capaz de analisar dois tipos de amostras – amostras de sangue total e amostras
pré-diluídas.

Perigo Biológico
Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles, calibradores,
ou componentes que contenham ou tenham estado em contato com o
sangue humano) como sendo potencialmente infectantes. Use vestimentas
laboratoriais padrão (incluindo luvas de borracha) e siga procedimentos
laboratoriais seguros ao manusear qualquer material no laboratório..

Cuidados
Evite contato direto com amostras de sangue.

3.5.1 Preparação de Amostras de Sangue total

Recomendamos que o BC-2800 seja usado para analisar as amostras de sangue total que usem
K2EDTA como anticoagulante. A dose necessária de anticoagulante é de 1.5 ~ 2.2mg/ml de sangue.

3.5.2 Preparação de Amostras Pré-diluídas


1. Pressione [MODE] para selecionar o modo pré-diluído (qualquer modo onde conste Pré-
diluído).

2. Pressione [DILUENT] para acessar a tela Adicionar Diluente, como exibido na


Figura 3-9.

Figura 3-9 Tela Adicionar Diluente

3-16
Análise de Amostra

3. Apresente um copo de amostra limpo à sonda de amostra e pressione [START] para


adicionar cerca de 1.6ml de diluente (controlado pelo próprio analisador) ao copo. Certifique-se
de inclinar o copo no ângulo exibido na Figura 3-10, para forçar a entrada de diluente no copo
rente à parede do copo de forma que não sejam produzidas bolhas no processo.

Figura 3-10 Adição de diluente

4. Remova o copo de amostra quando a sonda de amostra tiver subido e pressione [ENTER]
para sair da tela Adicionar Diluente.
5. Colha cerca de 20µL de amostra de sangue capilar e imediatamente adicione-o ao copo de amostra e
agite-o para misturá-los.

Nota
O copo de amostra deve ser usado apenas uma vez.

6. Preste especial atenção às notas a seguir.

• Ao terminar de misturar a amostra pré-diluída (mistura de sangue capilar e diluente), certifique-


se de aguardar por 3 minutos antes de analisá-la.
• Ao terminar de misturar a amostra pré-diluída, certifique-se de analisá-la dentro de
40 minutos caso deseje obter resultados diferenciais WBC confiáveis.
• Caso não esteja interessado no resultado diferencial, pode-se analisar a amostra pré-diluída
dentro de duas horas após estar pronta.
• Certifique-se de evitar precipitação de poeira no diluente preparado. Caso contrário,
poderá obter um resultado equivocado.
• A precisão dos resultados da análise das amostras pré-diluídas varia dependendo dos
operadores. Recomenda-se que cada laboratório avalie a estabilidade dos resultados com
base em sua quantidade de amostra e método de coleta.
• As amostras de sangue com anticoagulante não devem ser armazenadas em ambiente de
temperatura ambiente por mais de 6 horas após a coleta. Estas devem ser refrigeradas em um
ambiente de 4~8 °C e não devem ser congeladas, e o período de armazenamento não deverá
ultrapassar 12 horas.

3-17
Análise de Amostra

• A análise das amostras diluídas deve estar terminada dentro de 20 minutos e em caso
contrário, os resultados de MCV e contagem diferencial não devem ser relatados.

3-18
Análise de Amostra

3.6 Análise de Amostra


Para manter este analisador preciso, certifique-se de executar o programa de QC todos os dias
antes de iniciar a Análise de Amostra. Consulte o Capítulo 4 Controle de Qualidade para
detalhes.

3.6.1 Análise de Amostras


3.6.1.1 Seleção do Modo de Análise
Na tela Contagem, pressione [MODE] para selecionar um dos seis modos de análise. O modo
selecionado será exibido na área de Modo de Contagem.
1. Total -Todos

Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra de sangue total e todos os 19 parâmetros devem ser
analisados.

2. Total - WBC/HGB
Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra sangue total e somente os seguintes parâmetros
são analisados: WBC, Lymph#, Mid#, Gran#, Lymph%, Mid%, Gran% e HGB, além do histograma WBC.

3. Total -RBC/PLC
Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra sangue total e somente os seguintes parâmetros
são analisados: RBC, HCT, MCV, MCH, MCHC, RDW-CV, RDW-SD, PLT, MPV, PDW e PCT, além dos
histogramas de RBC e PLT.

4. Pré-diluída -Todos
Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra de sangue pré-diluída e todos os 19 parâmetros
serão analisados, além de 3 histogramas.

5. Pré-diluída - WBC/HGB
Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra sangue total e somente os parâmetros a seguir são
analisados: WBC, Lymph#, Mid#, Gran#, Lymph%, Mid%, Gran% e HGB, além do histograma WBC.

6. Pré-diluída -RBC/PLC
Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra de sangue pré-diluída e somente os
parâmetros a seguir são analisados: RBC, HCT, MCV, MCH, MCHC, RDW-CV, RDW-SD, PLT,
MPV, PDW e PCT, além dos histogramas de RBC e PLT.

3-19
Análise de Amostra

Perigo Biológico
Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles, calibradores,
ou componentes que contenham ou tenham estado em contato com o
sangue humano) como sendo potencialmente infectantes. Use vestimentas
laboratoriais padrão (incluindo luvas de borracha) e siga procedimentos
laboratoriais seguros ao manusear qualquer material no laboratório.

Advertência
A sonda é afiada e pode conter materiais de Perigo Biológico, incluindo
controles e calibradores. Evite qualquer contato desnecessário com a sonda
e sua área..

Nota
Para ter uma aspiração precisa, certifique-se de manter certa distância entre a
sonda e o fundo do recipiente durante o processo de aspiração.

3.6.1.2 Análise de Amostras Sangue total


Siga as etapas apresentadas abaixo para analisar uma amostra sangue total.
1. Pressione [MODE] para selecionar o modo de análise adequado.

2. Apresente a amostra sangue total à sonda de amostra. Pressione [START] e a sonda aspirará
automaticamente cerca de 13μL da amostra.
3. Remova a amostra ao término da aspiração (quando o analisador emitir um sinal sonoro) e a sonda
de amostra tiver subido.
4. Espere que o analisador termine o processo de análise, durante o qual o centro da tela exibe o
progresso da análise e a área de Condição do Sistema exibe Executando. Quando a análise
estiver terminada, o resultado será exibido na área de Resultado de Análise, e a ID na área
Próxima Amostra aumentará uma posição automaticamente.

3.6.1.3 Análise de Amostras de sangue pré-diluídas


Siga as etapas apresentadas abaixo para analisar uma amostra de sangue pré-diluída. 1. Pressione [MODE]
para selecionar o modo de análise adequado.

2. Apresente a amostra de sangue pré-diluída à sonda de amostra. Pressione [START] e a sonda


aspirará automaticamente cerca de 0.7ml da amostra.
3. Remova a amostra ao término da aspiração (quando o analisador emitir um sinal sonoro) e quando
a sonda de amostra tiver subido.

3-20
Análise de Amostra

4. Aguarde até que o analisador tenha terminado o processo de análise, durante o qual o centro
da tela exibe o progresso da análise e a área de Condição do Sistema exibe Executando.
Quando a análise estiver terminada, o resultado será exibido na área de Resultado de Análise,
e a ID na área de Próxima Amostra aumentará uma posição automaticamente.

3.6.1.4 Impressão de Resultados de Análise

Pode-se imprimir o resultado de análise exibido tanto automaticamente como manualmente.


Caso deseje imprimir o resultado de análise automaticamente, consulte o Capítulo 7.2.2
Ajustes de Impressão e Comunicação, para ajustar Auto-impressão para Ligado e
selecionar o gravador embutido ou a impressora externa como dispositivo de impressão. O
resultado de análise será automaticamente impresso no dispositivo selecionado ao término da
análise. Caso deseje imprimir os resultados de análise manualmente, ajuste Auto-impressão
para Desligado e pressione [PRINT] na tela de Contagem para imprimir o resultado de análise
exibido no dispositivo de impressão selecionado. Note que ao habilitar a função Auto-
impressão, assegure-se de que haja papel de impressão suficiente no gravador ou impressora.

3.6.1.5 Recontagem

Caso o sistema detecte entupimento ou bolhas durante a análise, ou caso seja pressionado [F5],
uma caixa de diálogo aparecerá para perguntar-lhe se deseja realizar uma recontagem (analisar
esta amostra novamente), conforme exibido na Figura 3-11.

Figura 3-11 Caixa de diálogo de Recontagem

Caso deseje reanalisar esta amostra, mova o cursor para Sim e pressione [ENTER] para acessar a
tela de Recontagem, conforme exibe a Figura 3-12; caso contrário, mova o cursor para Não e
pressione [ENTER]. Esta tela de Recontagem é similar á tela de Contagem, exceto pela
subdivisão inferior da área de Informação de Amostra que é intitulada Recontagem em vez de
Próxima Amostra. A ID de amostra permanece inalterada.

3-21
Análise de Amostra

Figura 3-12 Tela de Recontagem

Siga o procedimento apresentado anteriormente para re-analisar a amostra em questão. O novo


resultado irá sobrescrever o resultado antigo enquanto as informações de amostra
permanecerão inalteradas.

3.6.1.6 Salvar Resultados de Análise


Este analisador salva automaticamente os resultados de análise em sua memória interna.
Quando a memória estiver cheia, o resultado mais antigo será automaticamente substituído pelo
mais novo.

3.6.2 Faixa de Operação de Resultados de Amostra


Consulte a Tabela 3-3 para o limite superior da faixa de operação (ou impressão) da análise.

Tabela 3-3 Limite superior da faixa de operação

Parâmetro Limite superior da faixa de Parâmetro Limite superior da faixa de


operação operação
(ou impressão) (ou impressão)

WBC 499.9 × 109/L MCV 250.0 fL

Lymph# 499.9 × 109/L MCH 999.9 pg


Mid# 499.9 × 109/L MCHC 9999 g/L
9
Gran# 499.9 × 10 /L RDW-CV 99.9%
Lymph% 99.9% RDW-SD 250.0fL

Mid% 99.9% PLT 3000 × 109/L


Gran% 99.9% PDW 99.9
RBC 12
9.99 × 10 /L MPV 30.0 fL
HGB 300 g/L PCT 0.70 %
HCT 99.9%

3-22
Análise de Amostra

3.6.3 Marcadores de Parâmetro

Caso o resultado de análise de qualquer parâmetro ultrapasse a faixa de referência (consulte o


Capítulo 7.2.6 Faixa de Referência ), poderá ver os seguintes marcadores.

Caso o resultado da análise seja seguido de um H ou L, significa que o resultado de análise


ultrapassou o limite superior ou inferior da Faixa de Referência.

Caso veja *** em vez do resultado, significa que o resultado não é confiável ou fora da faixa de
operação.

Caso o resultado WBC seja menor do que 0.5 × 109/L, este analisador não executará a análise
diferencial e todos os resultados de parâmetro relacionados serão marcados com ***.

3.6.4 Marcadores de Histograma


O sistema marcará histogramas anormais.
1. Histogramas WBC anormais serão marcados por: R1, R2, R3, R4 ou Rm.

R1: indica anormalidade no lado esquerdo do aumento do linfócito e possível presença de coágulo de
plaquetas, Plaqueta grande, glóbulo vermelho nucleado, glóbulo vermelho insolúvel, proteína,
resíduos gorduroso na amostra, ou interferência elétrica.
R2: indica anormalidade entre o aumento do linfócito e a área mononuclear e possível presença
de linfócito atípico, célula original na amostra e eosinófilo alto ou basófilo alto.
R3: indica anormalidade entre o leucócito e os granulócitos neutrofílicos e possível presença de
granulócitos imaturos, sub-população anormal na amostra, ou eosinófilo alto.
R4: indica anormalidade no lado direito do aumento dos granulócitos neutrofílicos e aumento do
número absoluto de granulócito neutrofílicos.
Rm: indica pelo menos duas marcações R.

2. Histogramas PLT anormais serão marcados por uma das marcas: Pm~PS e PL.

Pm: indica demarcação vaga entre as áreas de plaqueta e glóbulo vermelho e possível presença de
plaqueta grande, coagulação de plaqueta, pequeno glóbulo vermelho, resíduo de célula ou fibrina.

PS: indica PLTs pequenas em excesso.

PL: indica PLTs grandes em excesso.

3-23
Análise de Amostra

3.6.5 Ajuste Manual de Histogramas


Pode-se ajustar os discriminadores de histograma, caso não se esteja satisfeito com os resultados
de WBC diferencial ou RBC/PLT atuais. Note que não é possível ajustar os discriminadores
manualmente caso os resultados de WBC sejam menores do que 0.5 ou fora da faixa de operação.
Os primeiros três discriminadores do histograma WBC são ajustáveis, assim como os dois do histograma
RBC e os dois do histograma PLT.
Supondo que deseje trocar o terceiro discriminador do histograma WBC para 100fL, siga as
etapas dadas abaixo para fazê-lo.

1. Na tela Contagem, pressione [ENTER] para ativar os discriminadores, conforme exibido na Figura 3-13.

Figura 3-13 Ativar discriminadores

2. Pressione [↑] or [↓] para selecionar o histograma WBC.

3-24
Análise de Amostra

3. Pressione [F3] para selecionar o terceiro discriminador, conforme exibido na Figura 3-14.

Figura 3-14 Ajuste de histograma WBC

4. Pressione [~] para trocar o discriminador para 100fL, conforme exibido na Figura 3-15.

Figura 3-15 Ajuste de histograma WBC

3-25
Análise de Amostra

5. Pressione [ENTER] para terminar o ajuste e uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de
salvar o ajuste, conforme exibido na Figura 3-16.

Figura 3-16 Salvar alterações

6. Para salvar o ajuste, mova o cursor para Sim e pressione [ENTER]; caso contrário, mova o
cursor para Não e pressione [ENTER].

3-26
Análise de Amostra

3.7 Verificação de Antecedente


O sistema verificará o antecedente durante o procedimento de inicialização. Pode-se também
verificar o antecedente ajustando-se a ID da Próxima amostra para 0 e pressionando-se a
tecla [START] quando a Condição do Sistema exibir Pronto.
A Verificação de Antecedente refere-se à análise na qual a amostra é substituída pelo diluente.
O resultado da Verificação de Antecedente deve atender às seguintes condições e em caso contrário, o
sistema dará um alarme para o erro de Antecedente Anormal.

Tabela 3-4 Condições de Verificação de Antecedente

Parâmetro Resultados Esperados


WBC
≤ 0.3 × 109 / L
RBC
≤ 0.03 × 1012/ L
HGB ≤ 1g/L
HCT ≤ 0.5 %
PLT
≤ 10 × 109 / L

3-27
Análise de Amostra

3.8 Desligar

Nota
Para assegurar a estabilidade e precisão dos resultados de análise,
certifique-se de desligar o analisador pelo procedimento de Desligar após
seu funcionamento contínuo por 24 horas.

Siga as etapas dadas abaixo para executar o procedimento de Desligar:

1. Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema e pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor
para Desligar, conforme exibido na Figura 3-17.

Figura 3-17 Execução do procedimento de Desligar a partir do menu do sistema.

3-28
Análise de Amostra

2. Pressione [ENTER] para acessar a caixa de diálogo de Desligar, conforme exibido na Figura 3-18.

3. Para desligar este analisador, mova o cursor para Sim e pressione [ENTER] para acessar a
tela Desligar, conforme exibido na Figura 3-19; caso contrário, mova o cursor para Não e
pressione [ENTER] para sair da caixa de diálogo.

3-29
Análise de Amostra

Perigo Biológico
Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles, calibradores,
ou componentes que contenham ou tenham estado em contato com o
sangue humano) como sendo potencialmente infectantes. Use vestimentas
laboratoriais padrão (incluindo luvas de borracha) e siga procedimentos
laboratoriais seguros ao manusear qualquer material no laboratório.

Advertência
A sonda é afiada e pode conter materiais de Perigo Biológico, incluindo
controles e calibradores. Evite qualquer contato desnecessário com a sonda
e sua área.

4. Apresente o limpador E-Z à sonda de amostra e pressione a tecla [START] para aspirar cerca de 1mL
do limpador. A tela então exibe a contagem regressiva para desligamento do analisador, conforme
exibido na Figura 3-20 shows.

Figura 3-20 Contagem regressiva para desligamento do analisador

5. Ao término do procedimento de Desligar, a tela exibe Desligue o analisador. Desligue o


analisador conforme instruído.

3-30
Análise de Amostra

6. Descarte os resíduos.

Perigo Biológico
Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles, calibradores,
ou componentes que contenham ou tenham estado em contato com o
sangue humano) como sendo potencialmente infectantes. Use vestimentas
laboratoriais padrão (incluindo luvas de borracha) e siga procedimentos
laboratoriais seguros ao manusear qualquer material no laboratório.

Advertência

Manuseie e descarte os resíduos de acordo com os padrões laboratoriais locais e


nacionais aceitos.

3-31
Controle de Qualidade

Capítulo 4 Controle de Qualidade

Após ter sido usado por um determinado período, o analisador de hematologia está sujeito a
erros, os quais podem levar a resultados de análises equivocados ou não confiáveis. Para
manter a precisão e exatidão deste analisador, a Mindray recomenda que o programa de
Controle de Qualidade (CQ) seja executado diariamente com controles em níveis baixo, normal
e alto, desde que o usuário esteja familiarizado com o princípio e abordagem do Controle de
Qualidade.

Este analisador oferece dois programas de CQ-CQ com Controles e Análise X-B.

4-1
Controle de Qualidade

4.1 CQ com Controles


O BC-2800 oferece 9 arquivos de CQ e pode incluir no máximo 12 parâmetros ao seu programa de CQ.

4.1.1 Acessar a Tela de Controles


Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. Pressione as teclas de setas apropriadas
([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para o Controle de Qualidade → Controles, conforme exibido
na Figura 4-1.

Figura 4-1 Acessar a Tela de Controles a partir do menu de sistema

Pressione [ENTER] para acessar a tela Controles, conforme exibido na Figura 4-2.

Figura 4-2 Tela de Controles

4-2
Controle de Qualidade

Na tela, caso deseje acessar informações de ajuda, pressione [HELP]. Caso deseje apagar o resultado de CQ
exibido, siga as etapas apresentadas abaixo:

• Pressione [DEL] para acessar a caixa de diálogo exibida na Figura 4-3.

Figura 4-3 Caixa de Diálogo de Confirmação de Apagamento

• Pressione [←] or [→] para mover o cursor para Sim e pressione[ENTER] caso deseje
confirmar o apagamento.
• Pressione [←] or [→] para mover o cursor para Não e pressione [ENTER] caso deseje
cancelar o apagamento.

4.1.2 Seleção de um Arquivo CQ

Este analisador oferece 9 arquivos CQ para o usuário armazenar as configurações e resultados de CQ.
Pressione [F1] para selecionar o arquivo CQ desejado. Cada arquivo CQ pode salvar os resultados de no
máximo 31 análises de CQ. Quando o arquivo está cheio, o resultado da execução mais recente
automaticamente substitui o mais antigo.

Após selecionar o arquivo CQ, pressione [F2] para selecionar o modo Sangue total ou Pré-diluído.

4.1.3 Edição de Configurações CQ


Antes de editar as configurações de CQ, certifique-se de que o arquivo CQ selecionado esteja vazio.
Caso contrário, primeiro siga um dos dois modos dados abaixo para apagar os resultados
existentes.

1. Na tela de Controles, pressione [DEL] para apagar os resultados existentes um a um.

4-3
Controle de Qualidade

2. Acesse a tela Tabela CQ para apagar os resultados existentes de uma só vez (consulte o
Capítulo 4.1.5.2 Tabela CQ, para etapas detalhadas).

Quando tiver certeza de que o arquivo CQ selecionado está vazio, pressione [F3] para acessar a
tela Edição CQ, conforme exibido na Figura 4-4. Siga as instruções dadas abaixo para editar o
número de lote e data de validade para o controle a ser usado e para designar as faixas média e
esperada dos parâmetros a serem incluídos na próxima análise de CQ. Caso [DEL] seja
pressionado nesta tela, todos os dados inseridos serão apagados, e o sistema ajustará
automaticamente a data atual como a data de validade.

Figura 4-4 Tela de Edição CQ

1. Número do Arquivo

O número do arquivo do arquivo CQ selecionado será exibido à direita de No.de Arquivo.


Pode-se somente ver o número sem alterá-lo.

2. Inserir número de lote

Deve-se inserir o número de lote do controle a ser usado para a próxima análise de CQ. Siga as
etapas dadas abaixo para fazê-lo.

4-4
Controle de Qualidade

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de No. de
Lote, conforme exibido na Figura 4-5.

Figura 4-5 Inserir No. de Lote

• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para a posição desejada dentro da caixa.
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na
posição onde o cursor está localizado.
• Para modificar um dígito em uma determinada posição, simplesmente mova o cursor até a
posição e reentre o dígito desejado.
• Ao terminar a inserção do número de lote, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
próximo item a ser observado ou editado.

3. Inserir data de validade

Deve-se inserir a data de validade do controle a ser usado para a próxima análise de CQ. Siga
as etapas dadas abaixo para fazê-lo.

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Data Val.
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] para inserir os dígitos para a data de validade no formato
MM-DD-AAAA, conforme exibido na Figura 4-6.

4-5
Controle de Qualidade

Figura 4-6 Inserir Data Val.

• Ao terminar a inserção da data de validade, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
próximo item a ser observado ou editado.

4. Inserir médias e faixas

Para incluir um parâmetro na próxima análise CQ, deve-se consultar a folha de dados do controle e
encontrar a média e faixa listadas deste parâmetro e então seguir as etapas dadas abaixo para fazê-lo.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Média (ou Faixa) do parâmetro a ser
incluído na análise de CQ.
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para a posição desejada dentro da caixa.
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na
posição onde o cursor está localizado, conforme exibido na Figura 4-7. Note que este
analisador adota um ponto decimal fixo. Portanto, pode-se simplesmente inserir os
dígitos sem preocupar-se com casas decimais.

4-6
Controle de Qualidade

Figura 4-7 Inserir Média de RBC

• Para modificar um dígito em uma determinada posição, simplesmente mova o cursor até a
posição e reentre o dígito desejado.
• Ao terminar a inserção de médias (ou faixas), pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
próximo item a ser observado ou editado. Note que se a média inserida for menor ou igual à faixa
inserida, o sistema, ao sair da tela de Edição CQ, o avisará que os valores inseridos são
inválidos e limpará automaticamente a Média e Faixa correspondentes.

5. Sair da Tela de Edição CQ

Ao terminar de ditar as configurações de CQ, siga as etapas dadas abaixo para sair da tela de
Edição CQ.
Pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para lembrar o usuário de salvar as alterações,
conforme exibido na Figura 4-8.

4-7
Controle de Qualidade

Figura 4-8 Caixa de Diálogo para Confirmar as Alterações

• Para salvar as alterações, mova o cursor para Sim e pressione[ENTER]; caso contrário,
mova o cursor para Não e pressione [ENTER].

6. Outras operações

• Caso não tenha inserido novas configurações ou alterado as antigas, pode-se pressionar
[MENU] para retornar diretamente à tela Controles sem ver a caixa de diálogo exibida na
Figura 4-8
• Caso deseje imprimir as configurações de CQ, pressione [PRINT]. Note que
configurações recentemente alteradas não serão impressas até que tenham sido salvas.
• Caso deseje adquirir informações de ajuda, pressione [HELP].

4.1.4 Executar CQ

Antes de executar o programa de CQ, certifique ler as instruções do material de controle a ser usado e
manuseie-o conforme instruído. Note que o novo lote de controles deve ser analisado paralelamente ao
lote atual antes de suas datas de validade por 4 dias. Quando tiver terminado de preparar o controle,
analise-o da mesma forma que analisa amostras de pacientes. Consulte o Capítulo 3.6 Análise
de Amostra, para procedimentos de operação detalhados.

4-8
Controle de Qualidade

Cuidado
Mindray exige que somente os controles recomendados sejam usados no
BC-2800 e não se responsabilizará por resultados imprecisos caso outros
controles tenham sido nele usados.

Perigo Biológico
Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles, calibradores,
ou componentes que contenham ou tenham estado em contato com o
sangue humano) como sendo potencialmente infectantes. Use vestimentas
laboratoriais padrão (incluindo luvas de borracha) e siga procedimentos
laboratoriais seguros ao manusear qualquer material no laboratório.

Advertência
A sonda é afiada e pode conter materiais de Perigo Biológico, incluindo
controles e calibradores. Evite qualquer contato desnecessário com a sonda
e sua área.

4.1.5 Revisar os Resultados de CQ


Pode-se revisar os resultados em um dos dois modos – Gráfico L-J e Tabela de CQ

4.1.5.1 Gráfico L-J


Na tela Controles, pressione [F4] para acessar a tela Gráfico L-J, conforme exibido na Figura 4-9.

4-9
Controle de Qualidade

Figura 4-9 Tela Gráfico L-J (1)

Os 12 Parâmetros estão divididos em 3 grupos para exibição, um grupo para uma tela, conforme
exibido nas Figuras 4-9 até Figura 4-11. Pode-se pressionar [↑] ou [↓] para trocar entre as telas. A
cada tela de Gráfico L-J, pode-se pressionar [←] ou [→] para ver os resultados (exibido
abaixo da caixa de parâmetro) de cada ponto apresentado no gráfico. A posição atual do cursor é
exibida à direita do campo No. e o horário no qual esta análise de CQ foi feita foi exibido à direita do
campo Horário.

Figura 4-10 Tela Gráfico L-J (2)

4-10
Controle de Qualidade

Figura 4-11 Tela Gráfico L-J (3) O

O Gráfico L-J é interpretado como segue:

1. O eixo-x representa quantas vezes o programa de CQ foi executado. O eixo-y representa os


resultados de análise dos parâmetros exibidos.

2. Para cada parâmetro, seu Gráfico L-J apresenta no máximo 31 pontos.

3. Para cada parâmetro, a linha tracejada superior de seu Gráfico L-J representa o limite
superior da faixa esperada do resultado de análise. O valor correspondente (4.9 no caso do
WBC na Figura 4-9) é igual à Média + Faixa e é exibido à esquerda da linha.

4. Para cada parâmetro, a linha tracejada inferior de seu Gráfico L-J representa o limite inferior
da faixa esperada do resultado de análise. O valor correspondente (4.1 no caso do WBC na
Figura 4-9) é igual à Média - Faixa é exibido à esquerda da linha.

5. Para cada parâmetro, seu resultado esperado (4.5 no caso do WBC na Figura 4-9) é exibido entre os
valores da linha tracejada superior e da linha tracejada inferior.

6. Para cada parâmetro, os três números exibidos à direita de seu Gráfico L-J representa:

Média – o valor médio dos resultados salvos, como definido na equação abaixo,

onde n representa quantas vezes o programa de CQ foi executado e Xi é o resultado


adquirido a partir de cada análise de CQ.
Diff – desvio padrão dos resultados de análise salvos, como definido na equação abaixo,

4-11
Controle de Qualidade

onde n representa quantas vezes o programa de CQ foi executado e Xi é o resultado


adquirido a partir de cada análise de CQ e Média é o valor médio derivado da primeira
equação.

CV - Coeficiente de Variação, como definido na equação abaixo

onde Média é o valor médio derivado da primeira equação e Diff é o desvio padrão
derivado da segunda equação.

7. Cada ponto no gráfico é interpretado como segue:

O quadrado escurecido ■ que cai entre as linhas tracejadas superior e inferior está dentro da
faixa de controle. Caso contrário, não é. O quadrado vazio □ representa que a análise de CQ ou
encontrou erros ou está fora da faixa de exibição.

8. Outras operações:

Para imprimir o Gráfico L-J exibido atualmente, pressione [PRINT]. Para adquirir informações
de ajuda, pressione [HELP]. Para voltar à tela controles, pressione [MENU].

4.1.5.2 Tabela CQ

Na tela Controles, pressione [F5] para acessar a tela Tabela CQ, conforme exibido na Figura 4-
12, onde cada tela exibe os resultados de 6 análises de CQ. Pode-se pressionar [PgUp] ou [PgDn]
para alternar para a tela anterior ou posterior para ver outros resultados.

Figura 4-12 Tela de Tabela CQ

4-12
Controle de Qualidade

Caso deseje apagar todos os resultados salvos, pressione [DEL] e confirme o apagamento. Caso deseje
transmitir os resultados de CQ salvos a um computador externo, siga as etapas apresentadas
abaixo:
• Pressione [F1] para acessar a caixa de diálogo exibida na Figura 4-13.
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione [ENTER] para confirmar a
transmissão. Or
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Não e pressione [ENTER] para cancelar a
transmissão.

Figura 4-13 Caixa de diálogo de transmissão

4-13
Controle de Qualidade

4.2 Análise X-B


X-B representa a média móvel dos valores de hematologia calculados usando um algoritmo
desenvolvido pelo Dr. Brian Bull. A Análise X-B usa o algoritmo de Bull para monitorar o
desempenho do analisador pelo rastreamento dos índices médios de glóbulos vermelhos na
população de pacientes nele analisados. A Análise X-B requer amostras aleatórias e portanto, as
amostras categorizadas por doenças não são adequadas para seu uso.

Este programa de Análise X-B analisa os três parâmetros acima mencionados nas amostras de paciente
analisadas por este aparelho em lotes de 20.

4.2.1 Acessar a Tela de Análise X-B


Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. Pressione as teclas de setas apropriadas

([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para Controle de Qualidade ĺ Análise X-B, conforme

exibido na Figura 4-14.

Figura 4-14 Acessar a tela Tabela X-B

4-14
Controle de Qualidade

Pressione [ENTER] para acessar a tela Tabela X-B, conforme exibido na Figura 4-15.

Figura 4-15 Tela Tabela X-B

Na tela, caso deseje adquirir informações de ajuda, pressione [HELP]. Caso deseje imprimir os
resultados X-B existentes em uma impressora externa, pressione [PRINT]. Note que não é
possível imprimir os resultados X-B no gravador embutido. Caso deseje apagar os Resultados X-B
exibidos, pressione [DEL] e confirme o apagamento.

4.2.2 Editar Configurações X-B


Na tela Tabela X-B, pressione [F1] para acessar a tela Editar X-B como exibido na Figura 4-16

4-15
Controle de Qualidade

Figura 4-16 Tela Editar X-B

1. Habilitar/Desabilitar Análise X-B


• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor á caixa combo à direita de Análise X-B.
• Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 4-17.

Figura 4-17 Habilitar Análise X-B

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Ligar ou Desligar e pressione [ENTER] para
habilitar ou desabilitar a Análise X-B.

2. Inserir resultados esperados e faixas


Para incluir um parâmetro na próxima Análise X-B, deve-se designar a média e faixa para aquele
parâmetro. A média é obtida tirando-se a média dos resultados de análise de uma determinada
quantidade de amostras de pacientes (melhor que sejam mais que 1,000) e varia dependendo das
regiões.

4-16
Controle de Qualidade

A faixa recomendada fica entre 5% e 10% da média. Siga as etapas apresentadas abaixo para
inserir a média e faixa nas colunas Média e Faixa respectivamente.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Mean (ou Range) do parâmetro.
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para a posição desejada dentro da caixa.
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas numéricas no teclado externo) para inserir um
dígito na posição onde o cursor está localizado. Note que este analisador adota um ponto
decimal interno fixo. Sendo assim, pode-se simplesmente inserir os dígitos sem
preocupar-se com casa decimal.
• Para modificar um dígito em uma determinada posição, simplesmente mova o cursor até a
posição e reentre o dígito desejado.
• Ao terminar a inserção de médias (ou faixas), pressione [MENU] para sair da tela Editar
X-B. Note que se o resultado esperado inserido for menor ou igual à faixa correspondente,
o sistema, ao sair da tela Editar X-B, avisará ao usuário que os valores inseridos são
inválidos e limpará automaticamente as colunas de Média e Faixa.

3. Saída
Ao terminar de editar as configurações de X-B, siga as etapas apresentadas abaixo para voltar à tela
Tabela X-B.
• Pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de salvar as alterações,
conforme exibido na Figura 4-18. Pode-se

Figura 4-18 Caixa de diálogo para confirmar as alterações

4-17
Controle de Qualidade

• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione [ENTER] para salvar as
alterações e sair. Ou
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Não e pressione [ENTER] para sair sem
salvar as alterações.

4. Outras operações
• Deve-se esvaziar a Tabela X-B antes de editar as configurações X-B.
• Caso não tenha nem inserido novas configurações nem alterado configurações antigas, pode-se
pressionar [MENU] para retornar diretamente à tela Análise X-B sem ver a caixa de diálogo
exibida na Figura 4-18. Caso deseje imprimir as configurações X-B salvas, pressione [PRINT].
Note que configurações recentemente inseridas ou alteradas não serão impressas até que sejam
salvas.

4.2.3 Execução da Análise X-B

Após ter habilitado a Análise X-B e designado médias e faixas válidas para os três parâmetros, o
sistema executará automaticamente a Análise X-B a cada 20 amostras de paciente, das quais os
resultados de MCV, MCH e MCHC estejam dentro das faixas ajustadas.

4.2.4 Revisão de Resultados X-B


Este analisador salva automaticamente os resultados das análises X-B. Pode-se revisar os
resultados salvos em dois modos – gráfico X-B e Tabela X-B.

4.2.4.1 Tabela X-B


Siga as etapas apresentadas no Capítulo 4.2.1 Acessar a Tela de Análise X-B.

4.2.4.2 Gráfico X-B

Na tela Tabela X-B, pressione [F2] para acessar a tela Gráfico X-B, conforme exibido na
Figura 4-19. Para cada parâmetro, seu Gráfico X-B apresenta 500 pontos, 30 para cada tela. Pode-
se pressionar [PgUp] ou [PgDn] para ver a tela anterior ou a próxima. A cada tela, pode-se
pressionar [←] ou [→] para ver os resultados de cada ponto (exibido na caixa de parâmetro) um a um.

4-18
Controle de Qualidade

Figura 4-19 Tela Gráfico X-B

Gráfico X-B:

1. O eixo-x representa quantas vezes o programa de CQ foi executado. O eixo-y representa os


resultados de análise dos parâmetros exibidos.
2. Para cada parâmetro, a linha tracejada superior de seu Gráfico X-B representa o limite superior da
faixa esperada do resultado de análise. O valor correspondente (95 no caso do MCV na Figura
4-19) é igual à Média + Faixa e é exibido à esquerda da linha.
3. Para cada parâmetro, a linha tracejada inferior de seu Gráfico X-B representa o limite inferior da faixa
esperada do resultado de análise. O valor correspondente (85 no caso do MCV na Figura 4-
19) é igual à Média - Faixa e é exibido à esquerda da linha.
4. Para cada parâmetro, sua média (90 no caso do MCV na Figura 4-19) é exibida entre os valores da
linha tracejada superior e da linha tracejada inferior.
5. O horário no qual a amostra foi analisada é exibido à direita de Hora.
6. A posição atual do cursor e o número de todos os pontos salvos são exibidos à direita de
Loc./Total.
7. Para imprimir os Resultados de Análise X-B, pressione [PRINT]. Para adquirir informações de ajuda,
pressione [HELP]. Para voltar à tela Tabela X-B, pressione [MENU].

4-19
Calibração

Capítulo 5 Calibração

5.1 Introdução
O Analisador Automático de Hematologia BC-2800 foi calibrado antes de sair da fábrica. Ainda
assim, é necessário calibrá-lo.
• Antes de ser usado pela primeira vez
• Após a substituição de peças importantes
• Ao descobrir erros do sistema durante análises de CQ.
Pode-se calibrar este analisador de uma das três formas - manualmente, com calibrador e com sangue
fresco.

5.1.1 Propósito da Calibração


O propósito de calibrar-se o BC-2800 é o de assegurar a exatidão dos resultados de análises.
Certifique-se de seguir as instruções dadas neste Capítulo para calibrar analisador como necessário.

Nota
O analisador pode oferecer dados válidos somente após sua calibração.

5.1.2 Qualidade da Calibração


A qualidade da Calibração depende dos materiais de Calibração (calibrador ou sangue fresco) e
reagentes. Certifique-se de usar os materiais de Calibração e reagentes recomendados por nós
recomendados. Certifique-se de usar e armazenar os materiais de calibração e reagentes
conforme instruído em suas instruções de usuário. Não use calibrador ou reagentes vencidos.
Antes da calibração, certifique-se de aquecer o calibrador até a temperatura ambiente e misturá-lo bem.

5-1
Calibração

5.2 Preparação para Calibração


O BC-2800 pode ser calibrado por dois calibradores – o calibrador comercial e sangue fresco.
Quando calibrado com o calibrador comercial ou sangue fresco, o analisador calculará
automaticamente os fatores de calibração e os preencherá na tela Manual. O BC-2800 oferece
dois conjuntos de fatores de calibração para o modo de sangue total e modo pré-diluído
respectivamente.

Faça as quatro verificações a seguir antes da calibração. Caso uma das verificações falhe, não continue
com a calibração.
1. Verifique o analisador e reagentes. Certifique-se de que os reagentes são suficientes para a
calibração e de que todos os materiais necessários estão preparados.
2. Verifique o antecedente conforme instruído no Capítulo 3.7 Verificação de Antecedente e
certifique-se de que o resultado está de acordo com as exigências listadas na Tabela 3-4.
3. Na tela Contagem, analise o controle pelo menos 10 vezes para assegurar que a reprodutibilidade
esteja dentro da faixa especificada na Tabela 5-1.

Tabela 5-1 Reprodutibilidade


Parâmetro Condição CV (%)
WBC(×10 /L)9 4.0 - 15.0 ≤ 3.0

RBC (×1012/L) 3.00 – 6.50 ≤ 2.0


HGB (g/L) 100 – 180 ≤ 2.0
MCV (fL) 70.0 – 100.0 ≤ 1.0

PLT (×109/L) 200 – 500 ≤ 5.0

4. Recomendamos uma tabela de registro, que pode incluir data, informação do calibrador
(nome, número de lote e média) e resultados da verificação de antecedente, fique preparado para
manter em arquivo os resultados da calibração para referência futura.

Ao terminar a preparação, pode-se escolher um ou mais dos seguintes parâmetros para


calibração: WBC, RBC, HGB, MCV e PLT.

A Calibração deve ser conduzida pelos administradores (consulte o Capítulo 7.1.1 Obtenção
de Autoridade de Administrador) e não por usuários comuns. A faixa de Calibração do BC-
2800 é de 75% -125%.

5-2
Calibração

5.3 Calibração Manual

5.3.1 Calibração

1. Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. Pressione as teclas de setas


apropriadas para mover o cursor para Contagem, conforme exibido na Figura 5-1.

2. Pressione [ENTER] para acessar a tela de Contagem, conforme exibido na Figura 5-2.

Figura 5-2 Tela de Contagem

3. Prepare o calibrador conforme instruído em suas instruções de usuário e então siga o


Capítulo 3.6

5-3
Calibração

Análise de Amostra para analisar o calibrador preparado no modo desejado diversas vezes ( pelo
menos 5 vezes). A Reprodutibilidade de WBC, RBC, HGB, MCV e PLT deve estar de acordo com
as exigências especificadas na Tabela 5-1.

5.3.2 Acessar a Tela de Calibração Manual

1. Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. Pressione as teclas de setas apropriadas
para mover o cursor para Calibração → Manual, conforme exibido na Figura 5-3.

2. Pressione [ENTER] para acessar a tela Manual, conforme exibido na Figura 5-4.

Figura 5-4 Tela Manual

5-4
Calibração

A esquerda da tela Manual exibe os modos de Calibração disponíveis – sangue total e pré-
diluído. A direita da tela Manual exibe os fatores de Calibração de WBC, RBC, HGB, MCV e PLT
e o horário em que os fatores foram salvos.

5.3.3 Inserir Novos Fatores de Calibração


1. Na tela Manual, pressione [F1] para selecionar o modo de Calibração conforme
necessário. 2. Calcule os novos fatores de calibração pela fórmula a seguir.

Fator novo = fator antigo X valor de referência


Média do valor de teste

Exemplo:
Supondo para um determinado calibrador, que o valor esperado de WBC (a saber, o valor de
referência mencionado na fórmula acima) seja de 8.4 e o fator de calibração de sangue total atual seja
de 98.9%, que se analise este calibrador no modo de sangue total por 5 vezes (n=5) e os resultados
sejam de 8.1, 8.0~8.1, 8.1, e 8.3.

Uma vez que o CV calculado é menor do que 2%, o valor médio, 8.12, é válido e o novo fator de
calibração pode ser calculado como segue:

3. Pressione [F2] para habilitar as caixas de edição à direita dos 5 parâmetros, conforme exibido na Figura
5-5. Siga as etapas apresentadas abaixo para inserir os fatores calculados:

5-5
Calibração

Figura 5-5 Edição dos fatores de Calibração

• Pressione [↑] ou [↓] para selecionar o fator desejado.


• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição.
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir os dígitos
desejados. Note que o BC-2800 adota um ponto decimal interno fixo e pode-se inserir os
dígitos simplesmente ignorando a casa decimal. Para modificar um dígito em uma
determinada posição, simplesmente mova o cursor até a posição e reentre o dígito
desejado.
• Ao terminar a inserção de um fator, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o próximo fator
a ser inserido.

4. Saída
Após inserir todos os fatores de interesse, pressione [F2] para sair da edição de fatores. O
analisador julgará se os fatores foram alterados. Caso nada tenha sido alterado, ele voltará
diretamente à tela Manual. Caso haja algumas mudanças mas o número inserido esteja fora da faixa de
calibração, uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo que o número inserido é inválido,
conforme exibido na Figura 5-6.

5-6
Calibração

Figura 5-6 A caixa de diálogo para lembrá-lo de valores inválidos

Ao ver a caixa, pressione [ENTER] e reentre os fatores. Caso os fatores alterados estejam todos
dentro da faixa de Calibração, uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de salvar os novos
fatores, conforme exibido na Figura 5-7.

Figura 5-7 A caixa de diálogo para lembrá-lo de salvar as alterações

Para salvar os novos fatores, pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione
[ENTER] para voltar à tela Manual com os novos fatores.

5. Outras operações
Na tela Manual, caso deseje imprimir os fatores de calibração, pressione [PRINT]; caso deseje
adquirir informações de ajuda, pressione [HELP];Caso deseje voltar ao menu de sistema,
pressione [MENU].

5-7
Calibração

5.3.4 Teste de Novos Fatores


Após salvar novos fatores, vá à tela Contagem para analisar o calibrador ou controle por pelo
menos cinco vezes continuamente. Tire a média dos resultados de análises e compare-a ao
valor esperado e certifique-se de que a média esteja dentro da faixa esperada especificada pela
folha de dados do calibrador ou controle. Caso não esteja, entre em contato com nosso
Departamento de Atendimento ao Cliente.

5-8
Calibração

5.4 Calibração Usando Calibradores

5.4.1 Acessar a Tela de Auto Calibração


Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. Pressione as teclas de setas apropriadas
para mover o cursor para Calibração → Auto, conforme exibido na Figura 5-8.

Figura 5-8 Acessar tela auto a partir do menu do sistema.

Pressione [ENTER] para acessar a tela Auto, conforme exibido na Figura 5-9.

5-9
Calibração

5.4.2 Editar Configurações de Calibração


1. Na tela Auto, conforme exibe a Figura 5-10. Pressione [F1] para selecionar o modo de
Calibração desejado

Figura 5-10 Edição de valores de referência para os parâmetros a serem calibrados

2. Siga a instrução abaixo para editar os valores (consulte as instruções de usuário do calibrador para tais
informações como número de lote, data de validade e valores de referência).

Inserir número de lote


• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de No. de Lote;
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para a posição desejada dentro da caixa;
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na posição
• onde o cursor está localizado. Para modificar um dígito em uma determinada posição, simplesmente
mova o cursor para aquela posição e reentre o dígito desejado.

Inserir data de validade


• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Data Val.;
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] para inserir os dígitos para a data de validade no formato MM-
DD-AAAA.

Inserir referência
Para incluir um parâmetro na próxima calibração, deve-se primeiro ajustar um valor de referência para o
mesmo. Mova o cursor para a caixa de edição correspondente na coluna Média e insira o valor
esperado na mesma (similar à inserção de número de lote).

Para sair da edição, pressione [F2].

5-10
Calibração

5.4.3 Calibração
1. Ao terminar de editar as configurações de Calibração, vá para a tela Auto para analisar o
calibrador preparado.

Perigo Biológico
Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles, calibradores,
ou componentes que contenham ou tenham estado em contato com o
sangue humano) como sendo potencialmente infectantes. Use vestimentas
laboratoriais padrão (incluindo luvas de borracha) e siga procedimentos
laboratoriais seguros ao manusear qualquer material no laboratório.

Advertência
A sonda é afiada e pode conter materiais de Perigo Biológico, incluindo
controles e calibradores. Evite qualquer contato desnecessário com a sonda
e sua área..

2. Apresente o calibrador á sonda de amostra e pressione a tecla [START] para aspirar o


calibrador. Remova o calibrador do analisador quando a aspiração estiver terminada (quando o
analisador emitir um sinal sonoro e a sonda tiver subido).

3. Quando a análise termina:


• Caso o resultado obtido seja válido, uma caixa de diálogo aparecerá para pedir-lhe para confirmar
a Calibração, conforme exibido na Figura 5-11.

Figura 5-11 A caixa de diálogo para confirmar validade da Calibração


Para salvar o resultado, pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione [ENTER] e o

5-11
Calibração

Resultado será exibido na tela, caso contrário, mova o cursor para Não e pressione [ENTER] para
descartar o resultado.
• Caso o resultado obtido seja inválido (***), uma caixa de diálogo aparecerá para avisá-lo, conforme
exibido na Figura 5-12. Pressione [ENTER] para fechar a caixa de diálogo e descarte o resultado.

Figura 5-12 A caixa de diálogo de advertência

4. Após ter salvado três resultados de Calibração, este analisador exibirá automaticamente o CV
e fatores de Calibração. Pode-se salvar no máximo cinco resultados de Calibração, conforme
exibido na Figura 5-13. Note que os CVs devem estar dentro das faixas especificadas na Tabela 5-1.

Figura 5-13 Resultados da Calibração Automática

5-12
Calibração

Qualquer fator que fique fora da faixa de Calibração será marcado com uma * no canto superior direito.
Quando isto ocorrer, deve-se descobrir a razão. Caso o problema fique além de sua capacidade,
entre em contato com no Departamento de Atendimento ao Cliente.

5. Saída
Para alterar para o outro modo de Calibração, pressione [F1] e uma caixa de diálogo aparecerá to para pedir-
lhe que salve os novos fatores, conforme exibido na Figura 5-14. Para salvar os novos fatores, pressione
[←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione [ENTER] para salvar os fatores na tela
Manual e trocar para o outro modo de Calibração. Caso contrário, mova o cursor para Não e
pressione [ENTER] para trocar par o outro modo de Calibração sem salvar os novos fatores.

Para sair para o menu do sistema, pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para pedir-lhe que
salve os novos fatores, conforme exibido na Figura 5-14. Para salvar os novos fatores, pressione [←] ou
[→] para mover o cursor para Sim e pressione [ENTER] para salvar os fatores na tela Manual.
Caso contrário, mova o cursor para Não e pressione [ENTER] para trocar para o menu do sistema
sem salvar os novos fatores.

Figura 5-14 Salvar alterações


6. Outras operações:
• Caso os dados de Calibração (resultados de Calibração, CV ou novos fatores) existam, ao
pressionar-se [F2], uma caixa de diálogo aparecerá para avisá-lo, conforme exibido na Figura
5-15. Pressione [ENTER] para voltar à tela Auto.

5-13
Calibração

Figura 5-15 A caixa de diálogo para rejeitar a edição

• Caso os resultados válidos sejam menos que três (o CV e novos fatores ainda não estiverem
disponíveis):
Caso pressione [F1], uma caixa de diálogo aparecerá para avisá-lo sobre a perda de dados,
como exibe a Figura 5-16.

Figura 5-16 Caixa de diálogo de Advertência

Para alternar os modos, pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione
[ENTER] e os dados salvos serão limpos; caso contrário, mova o cursor para Não e pressione
[ENTER] para voltar à tela Auto. Caso pressione [MENU], os menu do sistema aparecerá e os
resultados de Calibração salvos serão apagados.

• Na tela Auto, quando o CV e novos fatores estão disponíveis, pode-se pressionar [PRINT] para
imprimir a informação exibida.
• Para adquirir informações de ajuda, pressione [HELP].

5-14
Calibração

• Para voltar ao menu de sistema, pressione [MENU].

5.4.4 Teste dos Novos Fatores


Após salvar novos fatores, vá para a tela Contagem para analisar o calibrador ou controle por
pelo menos cinco vezes seguidas. Tire a média do resultado de análises e compare-a ao valor
esperado e certifique-se de que a média esteja dentro da faixa esperada especificada pela folha
de dados do calibrador ou controle. Caso contrário, entre em contato com nosso Departamento de
Atendimento ao Cliente.

5-15
Calibração

5.5 Usando Sangue Fresco


Pode-se preparar 3 ~ 5 amostras de sangue fresco e testá-las em um analisador de referência
por três vezes e tirar as médias como os valores de referência das amostras.

5.5.1 Acessar a Tela de Auto Sangue Fresco

Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. Pressione as teclas de setas apropriadas
([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para Calibração ė Auto-sangue fresco, conforme exibido na
Figura 5-17.

Figura 5-17 Acessar a tela Auto-sangue fresco a partir do menu dos sistema .

Pressione [ENTER] para acessar a tela Auto-sangue fresco, conforme exibido na Figura 5-18.

Figura 5-18 Tela Auto-sangue fresco

5-16
Calibração

5.5.2 Editar Valores de Referência


1. Na tela Auto-sangue fresco, pressione [F3] para selecionar o modo sangue total ou pré-diluído.
2. quando o modo tiver sido selecionado, pressione [F1] para escolher a amostra de sangue fresco
cujos valores de referência deseja ajustar.
3. Pressione [F2] para habilitar as caixas de edição na coluna Média, como exibido na Figura 5-19.

Figura 5-19 Edição de Valores de Referência

4. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita do parâmetro cujo valor de
referência deseja ajustar; pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa; Pressione
[PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir dígitos; para modificar um dígito,
mova o cursor para a posição do dígito e reentre o dígito desejado.
5. Pressione [F2] para sair da edição.

5.5.3 Calibração
Ao terminar de editar as configurações de Calibração, vá para a Tela Auto-sangue fresco para
analisar o sangue fresco preparado.

Perigo Biológico
Considere todos os materiais (amostras, reagentes, controles, calibradores,
ou componentes que contenham ou tenham estado em contato com o
sangue humano) como sendo potencialmente infectantes. Use vestimentas
laboratoriais padrão (incluindo luvas de borracha) e siga procedimentos
laboratoriais seguros ao manusear qualquer material no laboratório.

5-17
Calibração

Advertência
A sonda é afiada e pode conter materiais de Perigo Biológico, incluindo
controles e calibradores. Evite qualquer contato desnecessário com a sonda
e sua área..

1. Apresente o calibrador à sonda de amostra e pressione a tecla [START para aspirar o


calibrador. Remova o calibrador do analisador quando a aspiração terminar (quando o analisador
emitir um sinal sonoro e a sonda tiver subido).

2. Quando a análise termina:


• Caso o resultado obtido seja válido, uma caixa de diálogo aparecerá para pedir-lhe que confirme a
Calibração, como exibe a Figura 5-20.

Figura 5-20 A caixa de diálogo para confirmar validade da Calibração

Para salvar o resultado, pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione [ENTER]
e o resultado será exibido na tela; Caso contrário, mova o cursor para Não e pressione [ENTER]
para descartar o resultado.
• Caso o resultado obtido seja inválido (***), uma caixa de diálogo aparecerá para avisá-lo, como
exibe a Figura 5-21. Pressione [ENTER] para sair da caixa de diálogo e limpar o resultado da
calibração .

5-18
Calibração

Figura 5-21 Resultado Inválido

3. Após ter salvado três resultados de Calibração, este analisador exibirá automaticamente o CV
e fatores de Calibração. Pode-se salvar no máximo cinco Resultados de Calibração, conforme
exibido na Figura 5-22. Note que os CVs devem estar dentro das faixas especificadas na Tabela 5-1.

Figura 5-22 Calibração usando sangue fresco


4. Qualquer fator que fique fora da faixa de calibração será marcado com um * no canto
superior direito. Quando isto ocorrer, deve-se tentar descobrir a razão. Caso o problema esteja
além de sua capacidade, entre em contato com nosso Departamento de Atendimento ao Cliente.
5. Pressione [F1] para selecionar pelo menos mais duas amostras frescas de Amostra 2 -
Amostra 5 e analise-as conforme instruído acima.
6. Quando as análises estiverem terminadas, pressione [F1] para selecionar Calcular para
acessar a tela Calcular, conforme exibido na Figura 5-23. O número 1~5 representa os novos fatores
correspondentes às amostras de sangue fresco de 1 a 5.

5-19
Calibração

Figura 5-23 Calcular

Esta tela pode exibir no máximo fatores de calibração para 5 amostras de sangue fresco. Qualquer
fator fora da faixa de calibração será marcado com * no canto superior direito. Para qualquer parâmetro, o
novo fator de calibração será obtido somente quando pelo menos três calibrações forem válidas. Caso
contrário o novo fator ficará em branco, como o WBC na Figura 5-23 indica.
7. Saída
Para trocar para o outro modo de Calibração, pressione [F3] e uma caixa de diálogo aparecerá
para pedir-lhe que salve os novos fatores, como exibe a Figura 5-24.

Figura 5-24 Salvar alterações

Para salvar os novos fatores, pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione
[ENTER] para salvar os fatores (exceto para aqueles fora das faixas de calibração) na tela
Manual e voltar para a Tela Auto-sangue fresco em um outro modo de Calibração. Caso
contrário, mova o cursor para Não e pressione [ENTER] para alternar para a Tela Auto-sangue
fresco em um outro Modo de calibração sem salvar os novos fatores.

5-20
Calibração

Para sair para o menu do sistema, pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para pedir-lhe que
salve os novos fatores, como exibe a Figura 5-24. Para salvar os novos fatores, pressione [←] ou
[→] para mover o cursor para Sim e pressione [ENTER] para salvar os fatores na tela Manual e
voltar ao menu do sistema. Caso contrário, mova o cursor para Não e pressione [ENTER] para
trocar para o menu do sistema sem salvar os novos fatores.
8. Outras operações:
• Caso existam dados de calibração (Resultados de Calibração, CV ou novos fatores), ao
pressionar-se [F1], uma caixa de diálogo aparecerá para avisá-lo, como exibe a Figura 5-25.
Pressione [ENTER] para voltar à Tela Auto-sangue fresco.

Figura 5-25 A caixa de diálogo para rejeitar edição

• Caso os resultados válidos sejam menos que três (o CV e novos fatores não estejam ainda
disponíveis): ao pressionar-se [F3], uma caixa de diálogo aparecerá para avisá-lo sobre a perda
de dados, como exibe a Figura 5-26.

5-21
Calibração

Figura 5-26 Caixa de diálogo de Advertência

Para alternar os modos, pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione [ENTER] e
todos os dados salvos serão apagados; Caso contrário, mova o cursor para Não e pressione
[ENTER] para sair.
• Caso pressione [MENU], o menu do sistema aparecerá. Ao acessar a tela Auto-sangue
fresco novamente, uma caixa de diálogo aparecerá, conforme exibido na Figura 5-27.

Figura 5-27 Caixa de diálogo de advertência

Para limpar os resultados anteriores, pressione [~] ou [ė] para mover o cursor para Sim e pressione
[ENTER] paraapagar os resultados anteriores e acessar a tela Auto-sangue fresco; Caso contrário,
mova o cursorpara Não e pressione [ENTER] para salvar os resultados anteriores e acessar a tela
Auto-sangue fresco.
• Na tela Auto-sangue fresco, quando o CV e novos fatores estão disponíveis, pode-se
pressionar [PRINT] para imprimir as informações exibidas. Para adquirir informações de
ajuda, pressione

5-22
Calibração

[HELP]. Para voltar ao menu de sistema, pressione [MENU].

5.5.4 Teste de Novos Fatores


Após ter obtido os novos fatores, escolha um dos dois métodos a seguir para testá-los.

Método um:
• Prepare 3 - 5 amostras de sangue fresco e teste-as em um analisador de referência pelo
menos três vezes e tire as médias e DP como valores de referência
• Teste três amostras neste analisador pelo menos três vezes e tire as médias. Compare
as médias aos valores de referência e a diferença deverá estar dentro de ±2DP.

Método dois:
Após os novos fatores estarem salvos, vá para a tela Contagem para analisar o calibrador ou
material de controle pelo menos cinco vezes seguidas. Tire a média do resultado de análises e
compare-a ao valor esperado e certifique-se de que a média esteja dentro da faixa esperada
especificada pela folha de dados do calibrador ou controle. Caso contrário, entre em contato
com nosso Departamento de Atendimento ao Cliente.

5-23
Revisão de Amostra

Capítulo 6 Revisão de Amostra


Este analisador salva automaticamente os resultados de análises. Pode-se revisar os resultados
salvos em dois modos – histograma e tabela.

6-1
Revisão de Amostra

6.1 Modo de Histograma


Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. Pressione as teclas de setas apropriadas
([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para Revisão, conforme exibido na Figura 6-1.

Figura 6-1 Acessar tela de revisão

Pressione [ENTER] para acessar a tela Revisão, conforme exibido na Figura 6-2.

Figura 6-2 Tela de revisão


Este analisador salva resultados de análise em dois bancos de dados – o banco de dados
Amostra, o qual armazena os resultados de Análise de Amostra, e o banco de dados
Pesquisado, o qual somente armazena os resultados de amostra que combinem com
condições de pesquisa (consulte o Capítulo 6.2.5 Pesquisa de Resultados, para informações
detalhadas). Para revisar os resultados salvos em qualquer dos bancos de dados, deve-se
primeiramente configurar aquele

6-2
Revisão de Amostra

banco de dados como Banco de dados pressionando-se [↑] na tela Revisão. Os resultados de
amostra salvos em qualquer dos dois bancos de dados são organizados em ordem de tempo, o
resultado mais recente sempre em primeiro.

Caso deseje imprimir o resultado exibido, pressione [PRINT]. Caso deseje adquirir informações
de ajuda, pressione [HELP]. Caso deseje sair da tela Revisão, pressione [MENU] e acesse a
tela desejada a partir dali.

6.1.1 Revisão de Resultado de uma Determinada Amostra


No Modo de Histograma e na tela Revisão, Caso deseje revisar o resultado de uma determinada
amostra, você deve
1. Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para a amostra anterior ou posterior até que aquela
desejada seja alcançada. Ou
2. Pressione [PgUp] ou [PgDn] para pular para trás ou para frente 8 amostras (por exemplo,
pular da localização 1 para 9 ou ao contrário) até que a desejada seja alcançada. Ou
3. Siga as etapas apresentadas abaixo para ir diretamente para a amostra desejada.
• Pressione [F1] para acessar a tela Ir Para, conforme exibido na Figura 6-3.
• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição à direita de Local e
pressione [PgUp] ou [PgDn](ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na
posição onde o cursor estiver localizado.
• Ao terminar a inserção do local alvo, pressione [ENTER] para retornar à tela Revisão
para ver o resultado selecionado.

Figura 6-3 Tela Ir Para

6-3
Revisão de Amostra

6.1.2 Edição de Informação de Amostra (quando configurado)


No Modo de Histograma e na tela Revisão, pode-se editar as informações de amostra da amostra
exibida no momento. Pressione [F2] para acessar a tela Edição de Informação de amostra,
conforme exibido na Figura 6-4. Siga as etapas apresentadas no Capítulo 3.4.2 para editar e
salvar as informações de amostra com exceção da ID, que é somente para revisão e não deve ser
alterada.

Figura 6-4 Tela de edição de amostra

6.1.3 Ajuste de Histogramas


No Modo de Histograma e na tela Revisão, pode-se também seguir as etapas apresentadas no
Capítulo 3.6.5 Ajuste Manual de Histogramas para ajustar os histogramas exibidos.

6-4
Revisão de Amostra

6.2 Revisão em Modo de Tabela


Na tela Review e no Modo de Histograma pressione [↓] para acessar o modo Tabela, como
exibe a Figura 6-5. Para revisar os resultados de amostra salvos tanto no banco de dados
Amostra ou Pesquisado, deve-se também primeiramente configurar o banco de dados desejado
como o Banco de Dados pressionando-se [↑].

Figura 6-5 Tabela de Amostra

Os resultados salvos no banco de dados escolhido são exibidos na tela, 8 resultados por tela.
Pode-se pressionar [PgUp] ou [PgDn] para trocar entre as telas. Caso deseje adquirir
informações de ajuda, pressione [HELP]. Caso deseje sair, pressione [MENU] para acessar o
menu do sistema e acessar a tela desejada a partir dali.

6.2.1 Revisão de Resultado de uma Determinada Amostra


No modo Tabela, pode-se também seguir as etapas apresentadas no Capítulo 6.1.1 para
revisar o resultado de uma determinada amostra. A amostra selecionada é marcada com * acima
de sua ID, conforme exibido na Figura 6-6 (a amostra, ID 117, está selecionada).

6-5
Revisão de Amostra

Figura 6-6 Seleção de uma amostra

6.2.2 Seleção de Resultados


No modo Tabela, pode-se selecionar os resultados de diversas amostras para tais operações
como impressão, transmissão ou similar.

1. Para selecionar/cancelar seleção de um resultado


Pressione [←] ou [→] para mover o cursor até o resultado de amostra desejado.
Pressione [ENTER] para selecionar ou cancelar a seleção daquele resultado. O resultado
selecionado será marcado com * acima de sua ID, como a amostra 117 exibida na Figura 6-6. O
* desaparece uma vez que seja cancelada a seleção do resultado de amostra, como a amostra
117 exibida na Figura 6-7.

6-6
Revisão de Amostra

2. Para selecionar/cancelar a seleção de múltiplos resultados


Exemplo 1: Supondo que deseje selecionar (ou cancelar a seleção) de resultados de amostras do
Local 1 até o Local 5 (ID 118~114) na Figura 6-7, siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo:

• Pressione [F2] para acessar a tela Seleção, conforme exibido na Figura 6-8.

Figura 6-8 Tela de seleção

• Para inserir o local inicial 00001: Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa
de edição à direita de De; pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa;
pressione [PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir o dígito
na posição onde o cursor está localizado.
• Para inserir o local final 00005: Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de
edição à direita de Para; pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa;
pressione [PgUp] ou [PgDn](ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir o dígito na
posição onde o cursor está localizado.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Seleção (ou Cancelar Seleção),
conforme exibido na Figura 6-9 (ou Figura 6-10).

6-7
Revisão de Amostra

Figura 6-9 Cinco amostras selecionadas

Figura 6-10 Cancelamento de seleção de cinco amostras

• Pressione [ENTER] para confirmar a seleção (ou cancelamento da seleção).


• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Saída e pressione [ENTER] para retornar à
tela Review para ver os resultados selecionados (ou cuja seleção foi cancelada), conforme exibido
na Figura 6-11 (ou Figura 6-12).

6-8
Revisão de Amostra

Figura 6-11 Cinco amostras selecionadas

Figura 6-12 Cancelamento de seleção de cinco amostras

Exemplo 2: Pode-se também selecionar (ou cancelar a seleção) de resultados de amostras


descontínuas. Caso deseje selecionar os resultados de amostras do Local 1 até o Local 5 e do Local 7
até o Local 8 como na Figura 6-12, siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo:
• Siga as primeiras cinco etapas apresentadas no Exemplo 1 para selecionar (ou cancelar a
seleção) dos resultados de amostra do Local 1 até o Local 5.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor de volta para De e siga a última etapa para
selecionar (ou cancelar a seleção) dos resultados de amostra do Local 7 até o Local 8.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Saída e pressione [ENTER] para retornar á
tela Revisão para ver os resultados de amostra selecionados (ou cuja seleção tenha sido
cancelada), conforme exibido na Figura 6-13 (ou Figura 6-14).

6-9
Revisão de Amostra

Figura 6-13 Sete amostras descontínuas selecionadas

Figura 6-14 Cancelamento de seleção de sete amostras descontínuas

6.2.3 Transmissão
Caso deseje transmitir resultados de amostras a um computador externo, siga as etapas dadas abaixo
para fazê-lo.
• Na tela Revisão, pressione [F3] para acessar a tela Transmissão, conforme exibido na
Figura 6-15. Nesta tela:
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Selecionados e pressione [ENTER] para
transmitir os resultados de amostra selecionados para um computador externo. Ou
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Todos e pressione [ENTER] para transmitir
todos os resultados de amostra salvos no banco de dados Amostra ou Pesquisado para um
computador externo. Ou
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Parar e pressione [ENTER] para interromper a
transmissão.

6-10
Revisão de Amostra

Ou
• Pressione [↑] ou [↓] para Sair para retornar à tela Review.

Figura 6-15 Tela de Transmissão

6.2.4 Pesquisar Resultados


Caso deseje pesquisar por determinados resultados no banco de dados Amostra, pressione [F4]
na tela Revisão para acessar a tela Pesquisa, conforme exibido na Figura 6-16. Siga as etapas
apresentadas abaixo para especificar quaisquer dos 7 critérios de busca listados na Figura 6-16.

Figura 6-16 Critérios de busca

1. Para especificar o nome do paciente:


• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de verificação à esquerda de Nome.

6-11
Revisão de Amostra

• Pressione [ENTER] para marcar a caixa.


• Pressione [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Nome e use um
teclado externo para inserir o nome do paciente a ser encontrado.
• Pressione [↓] para mover o cursor para o próximo critério de busca a ser especificado.
2. Para especificar o Sexo do paciente:

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de verificação à esquerda de Sexo.
• Pressione [ENTER] para marcar a caixa.
• Pressione [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Sexo e pressione
[ENTER] para exibir a listagem.
• Pressione [↑] ou [↓] para selecionar Masculino para paciente do sexo masculino, ou
Feminino para paciente do sexo feminino, ou deixe em branco para o paciente cujo sexo
seja desconhecido.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o próximo critério de busca a ser
especificado.
3. Para especificar o departamento do qual provém a amostra:

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de verificação à esquerda de Depto.
• Pressione [ENTER] para marcar a caixa.
• Pressione [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Depto.. Use um
teclado externo para inserir o nome do departamento. Esta caixa de edição salva
automaticamente o item inserido em sua lista, a qual pode ser acessada pressionando-se
[ENTER]. Pode-se pressionar [↑] ou [↓] para mover o cursor até o item de interesse e
pressionar [ENTER] para selecioná-lo.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o próximo critério de busca a ser
especificado.
4. Para especificar a ID da amostra:

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de verificação à esquerda de ID.
• Pressione [ENTER] para marcar a caixa.
• Pressione [Ę] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de ID. Pressione [←] ou
[→] para mover o cursor dentro da caixa e pressione [PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas
numéricas de um teclado externo) para inserir o dígito na posição onde o cursor está
localizado.
• Ao terminar a inserção da ID de amostra, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
próximo critério de busca a ser especificado.
5. Para especificar o número de Leito do paciente:

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de verificação à esquerda de No. de
Leito.
• Pressione [ENTER] para marcar a caixa.
• Pressione [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de No. de Leito.
Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa e pressione [PgUp] ou [PgDn]
(ou as teclas numéricas de um teclado externo) para inserir o dígito na posição onde o
cursor está localizado.
• Ao terminar a inserção do número de leito, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
próximo critério de busca a ser especificado.
6. Para especificar o número da ficha do paciente:

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de verificação à esquerda de No. de
Ficha.

6-12
Revisão de Amostra

• Pressione [ENTER] para marcar a caixa.


• Pressione [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de No. de Ficha. Pressione
[←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa e pressione [PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas
numéricas de um teclado externo) para inserir o dígito na posição onde o cursor está
localizado.
• Ao terminar a inserção do número de ficha, pressione [↑] or [↓] para mover o cursor para o
próximo critério de busca a ser especificado.

7. Para especificar o período de tempo


• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de verificação à esquerda de Data.
• Pressione [ENTER] para marcar a caixa.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Início e
pressione [PgUp] ou [PgDn] para inserir a data inicial no formato MM-DD-AAAA.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Final e pressione
[PgUp] ou [PgDn] para inserir a data final no formato MM-DD-AAAA.
• Ao terminar de especificar o período de tempo, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para
o próximo critério de busca a ser especificado.

Vide Figura 6-17 para saber como fica a tela quando todos os critérios são selecionados.

Figura 6-17 Todas as condições estão selecionadas para a pesquisa

8. Para sair da tela Pesquisa e iniciar a pesquisa:


• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Sim e pressione [ENTER] para iniciar a busca. Ou
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Não e pressione [ENTER] para cancelar a busca e
sair para a tela Revisão.

Ao término da busca, uma caixa de diálogo aparecerá para exibir o resultado conforme exibido na
Figura 6-18. Pressione [ENTER] para sair. Os resultados pesquisados são salvos no banco de
dados Pesquisados, que pode armazenar até 500 resultados da pesquisa mais recente.

6-13
Revisão de Amostra

Figura 6-18 Resultado da pesquisa

Não é possível apagar os resultados salvos no banco de dados Pesquisados. Caso novos
resultados de amostra sejam adicionados ao banco de dados Amostra, ou os resultados de
amostra salvos no banco de dados Amostra sejam alterados, o banco de dados Pesquisados
será esvaziado automaticamente. Reiniciar este analisador também esvaziará o banco de dados
Pesquisados.

6.2.5 Impressão
Caso deseje imprimir os resultados de amostra selecionados, pressione [PRINT].

6.2.6 Funções Especiais


Para acessar a tela Funções Especiais, deve-se primeiramente selecionar diversos (1 - 500)
resultados de amostra e então pressionar [F5] para acessar a tela Funções Especiais,
conforme exibido na Figura 6-19. Caso deseje imprimir os dados exibidos, pressione [PRINT].
Caso deseje adquirir informações de ajuda, pressione [HELP]. Caso deseje sair da tela, pressione
[MENU].

6-14
Revisão de Amostra

Figura 6-19 Tela de Funções Especiais aberta a todos os usuários

Duas Funções Especiais estão incluídas nesta tela– Reprodu. e Tend. A primeira é aberta a todos
os usuários, conforme exibido na Figura 6-19, enquanto a outra se destina somente aos administradores,
conforme exibido na Figura 6-20.

Figura 6-20 Tela de funções especiais aberta somente a administradores

6.2.6.1 Reprodutibilidade
Vide a Figura 6-19 para a tela de Funções Especiais aberta a todos os usuários. A tela
consiste de dois campos, o esquerdo exibindo as funções disponíveis (os usuários comuns
podem ver apenas Reprodu.) e a direita exibindo os 19 parâmetros e seus índices de
reprodutibilidade (Média, Diff e CV).
Caso as amostras selecionadas sejam menos que 3, os índices de reprodutibilidade são todos 0.
Caso o resultado de análise de um determinado parâmetro seja inválido (***), o índice
correspondente também o será (***).

6-15
Revisão de Amostra

6.2.6.2 Tendência
Após inserir a senha de Administrador (Consulte o Capítulo 7.1, Senha), pode-se acessar a tela
Funções Especiais aberta a administradores, conforme exibido na Figura 6-20. Pressione [F1] para
acessar a Tend, que exibe as tendências de WBC, RBC, PLT, HGB, MCV e RDW-CV dos resultados de
amostra selecionados. As seis tendências são exibidas em duas telas, três tendências em cada,
conforme exibido na Figura 6-21 e na Figura 6-22. Pode-se pressionar [↑][↓] para alternar entre
as telas. Os resultados selecionados são apresentados sequencialmente na tendência, o mais
recente mais à esquerda (No. 1).

Figura 6-22 Tela de Tendência (2)

Em qualquer das telas, pode-se pressionar [←] ou [→] para ver os resultados (exibidos abaixo
da caixa de parâmetro) de cada ponto apresentado no gráfico. A posição atual do cursor é exibida à
direita de No. e o horário no qual a amostra foi analisada é exibido à direita de Horário. Pode-
se também pressionar [PgUp] ou [PgDn] para pular 20 amostras à frente ou para trás.

6-16
Revisão de Amostra

A tendência é interpretada como segue:


1. O eixo-x representa quantos resultados de amostra foram selecionados. O eixo-y representa
os resultados de análise dos parâmetros exibidos.
2. Para cada parâmetro, a linha tracejada superior de sua tendência representa o limite superior
da faixa esperada, 10% acima da média, do resultado de análise. No caso de WBC na Figura 6-21, o
limite superior é 10.2.
3. Para cada parâmetro, a linha tracejada inferior de sua tendência representa o limite inferior da
faixa esperada, 10% abaixo da média, do resultado de análise. No caso de WBC na Figura 6-21,
o limite inferior é 8.4.
4. Para cada parâmetro, sua média é exibida entre os valores da linha tracejada superior e da linha
tracejada inferior. No caso de WBC na Figura 6-21, a média é 9.3.
5. Para cada parâmetro, os três números à direita de sua tendência representam:
Média – o valor médio dos resultados salvos
Diff – desvio padrão dos resultados de análise salvos
CV - Coeficiente de Variação

onde n representa quantos resultados de amostra estão selecionados e Xi é o resultado da


análise ith.
Caso as amostras selecionadas sejam menos de 3, todos os três índices serão 0. Caso o
resultado de análise de um determinado parâmetro seja inválido (***), os três índices também
serão inválidos (***). Sob estas duas circunstâncias, os três valores à esquerda das tendências
são médias de parâmetro e faixas esperadas ajustadas pelo usuário (consulte o Capítulo 7.2.6).

6. Cada ponto no gráfico é interpretado como segue:


O quadrado escurecido ■ que fica entre a linha tracejada superior e a linha tracejada inferior está
dentro da faixa esperada. Caso contrário, não está. O quadrado em branco □ representa que ou
a Análise de Amostra incorreu em erros ou está fora da faixa de exibição.

6-17
Configuração

Capítulo 7 Configuração

Este Analisador de Hematologia Automático BC-2800 já está configurado quando da entrega. Pode-se,
porém, alterar as configurações de acordo com as necessidades próprias do usuário. Note que a
senha de administrador é necessária (2826) para alterar algumas das configurações.

7-1
Configuração

7.1 Senha
Este analisador divide os usuários em duas categorias – usuários comuns e administradores.
Alguns dos ajustes (como ganho, unidades de parâmetro, tempo de contagem, etc.) somente podem
ser alterados pelos administradores.

7.1.1 Obtenção de Autoridade de Administrador


1. Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema e pressione as teclas de setas
apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para Configuração → Senha, conforme
exibido na Figura 7-1.

Figura 7-1 Acessar tela de senha

2. Pressione [ENTER] para acessar a tela Senha, conforme exibido na Figura 7-2. A senha
exibida é a senha padrão de usuário comum configurada automaticamente por este analisador.

7-2
Configuração

Figura 7-2 Senha de usuário comum

3. Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição à direita de Senha.
Pressione [PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na posição
onde o cursor está localizado. Note que somente o dígito no qual o cursor está localizado exibe o valor
real e os outros estão cobertos por *.

4. Ao terminar a inserção da Senha, pressione [ENTER] para salvar a Senha no sistema,


conforme exibido na Figura 7-3.

Figura 7-3 Obtenção de autoridade de administrador

5. Pressione [MENU] para voltar ao menu de sistema como o administrador.

7-3
Configuração

7.1.2 Abrir mão da Autoridade de Administrador


1. Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. Pressione as teclas de setas apropriadas
([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para Configuração ĺ Senha.
2. Pressione [ENTER] para acessar a tela Senha, na qual a senha padrão de usuário comum é
exibida.
3. Pressione [ENTER] para salvar esta Senha no sistema, conforme exibido na Figura 7-4.

Figura 7-4 Obtenção de autoridade de usuário

4. Pressione [MENU] voltar ao menu de sistema como usuário comum.

7-4
Configuração

7.2 Editar Configurações


Os parâmetros vistos primeiro ao acessar a tela Ajustes são tolerados pelo sistema. Pode-se
alterar as configurações do sistema para necessidades específicas conforme apresentado no
restante deste capítulo.

Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. Pressione as teclas de setas apropriadas
([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para Configuração ĺ Ajustes, conforme exibido na Figura 7-5.

Figura 7-5 Acessar tela de ajustes

Pressione [ENTER] para acessar a tela Ajustes conforme exibido na Figura 7-6.

Figura 7-6 Tela Ajustes

7-5
Configuração

Esta tela é interpretada como segue:


1. Área Grupos de Configuração
Esta área exibe os grupos de configuração visíveis ou passíveis de alteração. Pressione [F1]
para selecionar o grupo desejado. O grupo selecionado é precedido por um ℑ.
2. Área de Configuração
Pode-se alterar as configurações dos itens do grupo selecionado nesta área.
3. Área de Ajuda
Esta área exibe informações úteis para ajudar o usuário a passar para a próxima etapa.

Nesta tela, caso deseje adquirir informações de ajuda, pressione [HELP], ou caso deseje voltar ao menu
de sistema, pressione [MENU].

7.2.1 Reagentes
Pode-se alterar as configurações de reagentes e resíduos, conforme exibido na Figura 7-7.

Figura 7-7 Ajustes de reagente

7.2.1.1 Ajuste de volumes remanescentes para reagentes


Pode-se ajustar os volumes remanescentes para o diluente, rinse e lise. Quando qualquer dos
volumes inseridos tiver contado regressivamente até zero, o sistema o lembrará de substituir o
reagente correspondente.
1. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Reagente
2. Pressione [↑] or [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Diluente, Rinse
ou Lise no campo Remanescente.
Pressione [←] or [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição à direita do reagente desejado.
Pressione [PgUp] ou [PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na
posição onde o cursor está localizado. Note que este analisador tem um ponto decimal interno fixo e
pode-se simplesmente inserir os dígitos ignorando a casa decimal. Consulte a Tabela 7-1 para os
volumes de reagente válidos.
7-6
Configuração

Tabela 7-1 Volumes de reagente válidos

Diluente Rinse Lise


Faixa Cerca de
Cerca de Cerca de
permitida (0-999.0) mL
(0-30.0)L (0-30.0)L

4. Ao terminar a inserção do volume remanescente, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para
as outras configurações a serem alteradas.

7.2.1.2 Inserir volume utilizável do recipiente de resíduos


Pode-se inserir o volume utilizável do recipiente de resíduos. Quando o sistema contar
regressivamente o volume inserido até 0, ele o alertará para que esvazie o recipiente de
resíduos. Siga as etapas apresentadas abaixo to set the volume.
1. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Reagente.
2. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Recipiente.
3. Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição . Pressione [PgUp] ou
[PgDn] (ou as teclas numéricas de um teclado) para inserir um dígito na posição onde o cursor
está localizado. Note que este analisador tem um ponto decimal interno fixo e pode-se simplesmente
inserir os dígitos ignorando a casa decimal. O volume utilizável válido do recipiente é de 0L - 99.9L.
Certifique-se de inserir um número dentro desta faixa.
4. Ao terminar a inserção the volume, pressione [↑] ou [↓] para a próxima configuração a ser
alterada.

7.2.1.3 Inserir data de validades de reagentes


Pode-se especificar as datas de validade para o diluente, rinse e lise. Quando qualquer um destes
reagentes estiver expirado, o sistema o alertará para que substitua tal reagente. Siga as etapas
apresentadas abaixo para inserir as datas de validade.
1. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Reagente.
2. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Diluente, Rinse
ou Lise no campo Data Val..
3. Pressione [PgUp] ou [PgDn] para inserir a data de validade desejada no formato MM-DD-
AAAA. Note que reagentes abertos são estáveis por 60 dias. A data de validade a ser inserida
deve ser a data de abertura + 60 dias ou a data de validade observada na embalagem do
reagente, aquela mais recente.
Exemplos:
A. Caso o recipiente de rinse tenha sido aberto em 3 de Abril de 2004 e a data de validade observada na
embalagem seja 15 de Dezembro, deve-se inserir 3 de Junho de 2004 como a data de validade
válida para o rinse.

7-7
Configuração

B. Caso o recipiente de rinse seja aberto em 03 de Abril de 2004 e a data de validade observada
na embalagem seja 05 de Maio, deve-se inserir 05 de Maio de 2004 como a data de validade
válida para o rinse.
4. Ao terminar a inserção da data, pressione [↑] ou [↓] para selecionar as outras configurações de
reagente a serem alteradas.

7.2.1.4 Sair da edição de configurações de reagente


Ao terminar de alterar todas as configurações de reagente de interesse:

• pressione [F1] para selecionar outro grupo de configuração que deseje alterar ou
• pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de salvar as alterações, conforme
exibido na Figura 7-. Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione [ENTER]
para salvar as alterações e sair para o menu de sistema; ou mova o cursor para Não e
pressione [ENTER] para sair para o menu do sistema sem salvar as alterações.

Figura 7-8 Salvar alterações

Note que se qualquer dos valores inseridos estiver além da faixa válida, uma caixa de diálogo
aparecerá ao sair para o menu do sistema. Pressione [ENTER] para fechar a caixa de diálogo e
apagar os valores inválidos.

7.2.1.5 Outras operações


1. Caso não tenha alterado nenhuma configuração de reagente, pode-se pressionar [F1] para
selecionar outro grupo de configuração ou pressionar [MENU] para sair diretamente para o
menu de sistema.
2. Caso deseje adquirir informações de ajuda, pressione [HELP].

7-8
Configuração

7.2.2 Ajustes de Impressão e Comunicação


Pode-se alterar os Ajustes de Impressão e Comunicação conforme as necessidades, conforme
exibido na Figura 7-9.

Figura 7-9 Ajustes de Impressão e Comunicação

7.2.2.1 Alterar Configurações de Impressão

1. Seleção do dispositivo de impressão


Pode-se escolher o gravador interno ou uma impressora externa (EPSON LX-300 ou LX-300+)
como o dispositivo de impressão. Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo.
A. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Impressão & com.,
conforme exibido na Figura 7-10.
B. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Dispositivo
no campo Impressão. Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 7-10.

Figura 7-10 Seleção de dispositivo de impressão

7-9
Configuração

C. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Gravador ou Printer, e pressione [ENTER] para
confirmar a seleção.
D. Ao terminar de selecionar o dispositivo de impressão, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor
para outras configurações de impressão que deseje alterar.

2. Configurar formato de impressão


O formato de impressão determina o formato no qual o conteúdo impresso aparece no relatório.
Siga as etapas apresentadas abaixo para selecionar o formato de impressão.
A. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Impressão & com..
B. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Formato no campo
Impressão. Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 7-11.

Figura 7-11 Seleção de formato de impressão

C. Pressione [↑] ou [↓] para selecionar Formato 1, Formato2, Formato3, ou Formato4. Pressione
[ENTER] para confirmar a seleção.
D. Consulte a Tabela 7-2 para a definição dos quatro formatos.

Tabela 7-2 Formatos de Impressão


Dispositivo de Formato1 ou Formato3 Formato2 ou Formato4
Impressão
Gravador Parâmetros + histogramas Parâmetros
Impressora Página inteira com histogramas Página inteira sem histogramas

3. Impressão Automática
A função de impressão automática refere-se à capacidade do analisador de imprimir
automaticamente os resultados de análise assim que estão terminadas. Siga as etapas
apresentadas abaixo para habilitar ou desabilitar esta função.
A. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Impressão & com..
B. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Auto no
campo Impressão.
Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 7-12.

7-10
Configuração

Figura 7-12 Impressão Automática

C. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Ligado ou Desligado, e pressione [ENTER]
para confirmar a seleção.
D. Ao terminar de para habilitar ou desabilitar a função de impressão automática, pressione [↑] ou [↓]
para mover o cursor para outras configurações de impressão que deseje alterar.

7.2.2.2 Alterar Configurações de Comunicação

Pode-se alterar as Configurações de Comunicação para facilitar a transmissão de dados de seu


analisador para um computador externo.

1. Configurar Taxa de Baud


Pode-se escolher uma das quatro taxas de Baud para seu analisador, 9600, 4800, 2400, ou 1200. A taxa
de 9600 é a configuração padrão. Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo.
A. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Impressão & com..
B. Pressione [Ė] ou [Ę] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Baud no
campo Transmissão. Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 7-13.

7-11
Configuração

Figura 7-13 Seleção da taxa de Baud

C. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para 9600 e pressione [ENTER] para confirmar a
seleção.
D. Ao terminar de selecionar o dispositivo de impressão, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor
para outras configurações de impressão que deseje alterar.

2. Configurar paridade
Pode-se escolher verificação de bits ímpares, bits pares ou sem verificação (configuração padrão). Siga
as etapas dadas abaixo para fazê-lo.
A. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Impressão & com..
B. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Paridade no
campo Transmissão. Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 7-14.

Figura 7-14 Configuração de paridade

7-12
Configuração

C. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Ímpar, Para ou Nenhum e pressione [ENTER]
para confirmar a seleção.
D. Ao terminar de configurar a verificação de paridade, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor
para outras configurações de impressão que deseje alterar.

3. Para habilitar ou desabilitar Saudação


Se a função de Saudação estiver habilitada, para iniciar a transmissão este analisador enviará
um sinal de saudação ao comutador externo e aguardará pela resposta. Se o computador não
responder, este analisador cancelará a transmissão e dará um alarme para o erro de transmissão. Se a
função de Saudação estiver desligada, este analisador transmitirá os dados ao computador
externo não importando a resposta. Esta função é desabilitada como padrão. Siga as etapas
apresentadas abaixo para habilitá-la ou desabilitá-la.
A. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Impressão & com..
B. Pressione [Ė] ou [Ę] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Saudação no
campo Transmissão. Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 7-15.

Figura 7-15 Configuração de Saudação

C. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Não ou Sim para habilitar ou desabilitar a
saudação e pressione [ENTER] para confirmar a seleção.
D. Ao terminar de habilitar ou desabilitar a saudação, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor
para outras configurações de impressão que deseje alterar.

4. Transmissão automática
A. Se a transmissão automática estiver ligada, este analisador transmitirá automaticamente os
resultados de análise para um computador externo uma vez que esteja terminada. Se esta função
estiver desligada, deve-se transmitir os resultados de análise manualmente. Siga as etapas
apresentadas abaixo para habilitar ou desabilitar a transmissão automática.
B. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Impressão & com..
C. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Auto no campo
Transmissão

7-13
Configuração

Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 7-16.

Figura 7-16 Transmissão automática

D. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Ligado ou Desligado para habilitar ou
desabilitar a função e pressione [ENTER] para confirmar a seleção.
E. Ao terminar de habilitar ou desabilitar a transmissão automática, pressione [↑] ou [↓] para
mover o cursor para outras configurações de impressão que deseje alterar.

7.2.2.3 Alteração de Títulos de relatório (necessário teclado externo)


Pode-se configurar os títulos dos relatórios a serem impressos pelo gravador ou impressora externa. Siga
as etapas abaixo para fazê-lo.
1. Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Impressão & com..
2. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Gravador ou
Impressora no campo Título de relatório.
3. Pressione [→] ou [←] para mover o cursor dentro da caixa de edição. Use um teclado externo para
inserir uma letra ou caractere na posição onde o cursor está localizado. Pressione [DEL] caso
deseje apagar o caractere à direita do cursor. Pressione [Backspace](no teclado externo) caso
deseje apagar o caractere à esquerda do cursor.
4. Ao terminar a inserção do título do relatório, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para
outras configurações que deseje alterar.

7.2.2.4 Saída
Ao terminar de alterar todas as configurações de impressão e transmissão de interesse
• pressione [F1] para selecionar outro grupo de configuração que deseje alterar; ou
• pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de salvar as alterações, conforme
exibido na Figura 7-17. Pressione [→] ou [←] para mover o cursor para Sim e pressione
[ENTER] para salvar as

7-14
Configuração

alterações e sair para o menu de sistema; ou mova o cursor para Não e pressione [ENTER]
para sair para o menu do sistema sem salvar as alterações.

Figura 7-17 Salvar alterações

7.2.3 Data e Horário


Pode-se ajustar data e horário do sistema, conforme exibido na Figura 7-18. Siga as instruções
dadas abaixo para fazê-lo.

Figura 7-18 Ajuste de Data e Horário

7.2.3.1 Ajuste de Data


Siga as etapas apresentadas abaixo para ajustar a data do sistema
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Data & Hora.

7-15
Configuração

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Ano, Mês ou Dia no campo
Data.
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] para inserir a data desejada.
• Ao terminar a inserção da data, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para outras configurações que
deseje alterar.

7.2.3.2 Configurar formato de data


Pode-se escolher um dos três formatos de data AAAA-MM-DD, MM-DD-AAAA ou DD-MM-
AAAA. Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Data & Hora.
• Pressione [Ė] ou [Ę] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Formato no
campo Data. Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 7-19.

Figura 7-19 Configurar formato de data

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para AAAA-MM-DD, MM-DD-AAAA ou DD-MM-
AAAA e pressione [ENTER] para confirmar a seleção.
• Ao terminar de configurar o formato de data, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para outras
configurações que deseje alterar.

7.2.3.3 Configurar Horário


Siga as etapas apresentadas abaixo para inserir o horário do sistema.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Data & Hora.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Hora, minuto ou
Segundo no campo Horário.
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] para inserir o horário desejado.
• Ao terminar de inserir o horário do sistema, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para
outras configurações que deseje alterar.

7-16
Configuração

7.2.3.4 Sair da configuração de data e hora


Ao terminar de alterar todas as configurações de data e hora de interesse,
• pressione [F1] para selecionar outro grupo de configuração que deseje alterar; ou
• pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de salvar as alterações, como
exibido na Figura 7-20. Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione
[ENTER] para salvar as alterações e sair para o menu de sistema; ou mova o cursor para
Não e pressione [ENTER] para sair para o menu de sistema sem salvar as alterações.

Figura 7-20 Salvar alterações

7.2.4 Ganho

Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Ganho, conforme exibido na
Figura 7-21. Nesta tela, os ganhos de WBC (WB), WBC (PB), RBC ou HGB são visíveis para
todos os usuários porém passíveis de alteração somente pelos administradores.

7-17
Configuração

Figura 7-21 Configuração de ganho

7.2.4.1 Configuração de ganho WBC


Pode-se configurar o ganho WBC para ajustar a forma do histograma WBC.

Quando os histogramas WBC da maior parte das amostras são similares àquele exibido na
Figura 7-22, significa um WBC tão pequeno que deve ser aumentado.

Figura 7-22 Ganho WBC muito pequeno

Quando os histogramas WBC da maior parte das amostras são similares àquele exibido na
Figura 7-23, significa um ganho WBC muito grande que deve ser diminuído.

Figura 7-23 Ganho WBC muito grande

Siga as etapas apresentadas abaixo para ajustar o ganho WBC.


• Obtenha a autoridade de administrador conforme instruído no Capítulo 7.1.1.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Ganho.

7-18
Configuração

• Pressione [↑] or [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de WBC(WB) ou
WBC(PB) no campo Digipot.
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] para inserir o ganho desejado.
• Ao terminar a inserção de ganho, pressione [↑] or [↓] para mover o cursor para outras
configurações que deseje alterar.

7.2.4.2 Configurar ganho RBC


Quando a diferença entre o resultado de análise MCV real e o resultado esperado ultrapassa 6%, deve-
se alterar o ganho RBC.

Por exemplo, supondo que o resultado MCV esperado seja de 90.0fL, enquanto o resultado de
análise real é de 82.0fL, então

Deve-se ajustar o ganho RBC para 109.8% o mais próximo possível. Siga as etapas dadas abaixo para
fazê-lo.
• Obtenha a autoridade de administrador conforme instruído no Capítulo 7.1.1.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Gain.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de RBC no
campo Digipot.
• Pressione [PgU.p] ou [PgDn] para inserir o ganho desejado de forma que o ajuste torne-se o mais
próximo a 109.8% possível, conforme exibido na Figura 7-24.

Figura 7-24 Ajuste de ganho RBC

• Ao terminar a inserção de ganho, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para outras
configurações que deseje alterar.

7-19
Configuração

7.2.4.3 Configurar ganho HGB


Pode-se ajustar o ganho HGB para alterar a HGB blank voltage, que normalmente deve ser
configurada entre 3.4 ~ 4.8V (recomenda-se 4.5V). Siga as etapas apresentadas abaixo para ajustar o
ganho HGB.
• Obtenha a autoridade de administrador conforme instruído no Capítulo 7.1.1.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Ganho.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de HGB no campo
Digipot.
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] para inserir o ganho desejado e observar se a HGB
blank voltage está entre 3.4 ~ 4.8V.
• Ao terminar a inserção de ganho, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para outras
configurações que deseje alterar.

7.2.4.4 Sair da Configuração de ganhos


Ao terminar de alterar todas as configurações de impressão e transmissão de interesse:
• pressione [F1] para selecionar outro grupo de configuração que deseje alterar; ou
• pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de salvar as alterações, conforme
exibido na Figura 7-25. Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione
[ENTER] para salvar as alterações e sair para o menu de sistema; ou mova o cursor para
Não e pressione [ENTER] para sair para o menu do sistema sem salvar as alterações.

Figura 7-25 Salvar alterações

7.2.5 Contagem
As unidades de parâmetro e tempo de contagem estão visíveis para todos os usuários porém
são passíveis de alteração somente pelos administradores. Vide Figura 7-26. Pode-se seguir as
instruções dadas abaixo para ver ou alterar tais configurações.

7-20
Configuração

Figura 7-26 Configuração de unidades e tempo de contagem

7.2.5.1 Configuração de unidades de parâmetro


Este analisador oferece múltiplas unidades para determinados parâmetros. Consulte a Tabela 7-3
para todas as unidades selecionáveis para todos os parâmetros. Os 19 parâmetros são divididos
em 11 grupos com base em suas unidades e pode-se selecionar somente a unidade para o
primeiro parâmetro de um grupo. Tenha especial atenção com o grupo HGB, que inclui HGB e MCHC.

Tabela 7-3 Unidades de Parâmetros


Formato de Unidade Observações
Parâmetro Exibição
WBC ***.* 109/L Padrão
3
Lymph# ***.* 10 /uL
Mid# **** 102/uL
Gran# ***.* /nL
Lymph%
Mid%
**.* % Padrão
Gran%
*** g/L Padrão
HGB **.* g/dL
**.* mmol/L
*.** 1012/L Padrão
*.** 106/uL
RBC *** 104/uL
*.** /pL
**.* % Padrão
HCT .*** L/L
***.* fL Padrão
MCV ***.* um 3

MCH *.*** pg Padrão

7-21
Configuração

**.** fmol

**** g/L Padrão


MCHC ***.* g/dL
***.* mmol/L
RDW-CV **.* % Padrão
***.* fL Padrão
RDW-SD ***.* um3
**** 109 /L Padrão
3
**** 10 /uL
PLT ***.* 104 /uL
**** /nL
**.* fL Padrão
MPV **.* um 3

PDW **.* NA Padrão


.*** % Padrão
PCT *.** mL/L

Siga as etapas apresentadas abaixo para selecionar as unidades.


• Obtenha a autoridade de administrador conforme instruído no Capítulo 7.1.1.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Contagem.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita do parâmetro
desejado (por exemplo, WBC) no campo Contagem. Pressione [ENTER] para exibir a
listagem, como exibe a Figura 7-27.

Figura 7-27 Seleção de unidade de parâmetro

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a unidade desejada e pressione [ENTER] para
confirmar a seleção.
• Ao terminar de selecionar unidades, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para outras
configurações que deseje alterar.

7-22
Configuração

7.2.5.2 Configuração do tempo de contagem


Caso o tempo de contagem WBC ou RBC esteja configurado de forma inadequada, o sistema
poderá dar alarmes falsos de entupimentos ou bolhas. Quando isto ocorrer, siga as etapas
apresentadas abaixo para alterar o tempo de contagem WBC ou RBC. Consulte o tempo de contagem
real (vide Capítulo 8.4.1 para detalhes) ao editar as configurações aqui.
• Obtenha a autoridade de administrador conforme instruído no Capítulo 7.1.1.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Contagem.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de WBC ou RBC
no campo Contagem de tempo.
• Pressione [PgUp] ou [PgDn] para inserir o tempo desejado.
• Ao terminar de inserir o tempo de contagem, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para outras
configurações que deseje alterar.

7.2.5.3 Sair da configuração de unidades de parâmetro e tempo de contagem


• Ao terminar de alterar todas as configurações de unidades de parâmetro e tempo de
contagem que desejar:
• pressione [F1] para selecionar outro grupo de configuração que deseje alterar, ou
• pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de salvar as alterações, conforme
exibido na Figura 7-28. Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione
[ENTER] para salvar as alterações e sair para o menu de sistema ou mova o cursor para Não e
pressione [ENTER] para sair para o menu do sistema sem salvar as alterações.

Figura 7-28 Salvar alterações

7.2.6 Faixa de Referência


Pode-se ajustar uma Faixa de Referência para cada parâmetro. O sistema marcará qualquer
resultado de análise

7-23
Configuração

que ultrapasse esta faixa com um H ou L. Este analisador divide os pacientes em 5 grupos de
paciente, todos listados na Tabela 7-4.

Tabela 7-4 Grupos de paciente


Grupo de paciente Sexo Idade
Não especificado Não especificado
Geral
Não especificado > 13 anos
Adultos do sexo Homem > 13 anos
masculino

Adultos do sexo Mulher > 13 anos


feminino
Pacientes pediátricos Não especificado >= 1 mês e <= 13 anos
Neonatos Não especificado <1 mês

Os limites superior e inferior das Faixas de Referência são visíveis para todos os usuários, porém
passíveis de alteração somente pelos administradores, conforme exibido na Figura 7-29. Siga as
instruções abaixo para configurar as faixas.

Figura 7-29 Configuração de Faixa de Referência

7.2.6.1 Seleção de grupo de paciente


Siga as etapas apresentadas abaixo para selecionar o grupo de paciente que deseja.
• Na tela Configuração, pressione [F1] para selecionar o grupo Faixa de Ref..
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Grupo.
Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 7-30.

7-24
Configuração

Figura 7-30 Seleção de grupo de paciente

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Geral, Homem, Mulher, Criança ou Neonato
e pressione [ENTER] para confirmar a seleção.
• Ao terminar de selecionar o grupo de paciente, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o
parâmetro cuja Faixa de Referência deseja ver ou alterar.

7.2.6.2 Configurar Faixas de Referência (somente administradores)


Para os grupos Geral, Homem, Mulher e Criança, as referências recomendadas pelo fabricante
estão disponíveis para todos os 19 parâmetros. Para Neonato, as referências recomendadas pelo
fabricante somente estão disponíveis para os 5 parâmetros a seguir: WBC, Lymph#, RBC, HGB e
PLT. Pode-se inserir ou alterar as referências conforme as necessidades. Siga as etapas dadas
abaixo para fazê-lo.
• Obtenha a autoridade de administrador conforme instruído no Capítulo 7.1.1.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Faixa de Ref..
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa combinada à direita de Grupo. Pressione
[ENTER] para exibir a listagem. Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Geral, Homem,
Mulher, Criança ou Neonato e pressione [ENTER] para confirmar a seleção.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o limite superior ou inferior do parâmetro (por
exemplo WBC) cuja Faixa de Referência deseje alterar. Vide Figura 7-31.

7-25
Configuração

Figura 7-31 Configuração do limite superior para WBC

• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição. Pressione [PgUp] ou
[PgDn] (ou as teclas numéricas em um teclado externo) para inserir um dígito na posição onde
o cursor está localizado.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para o limite inferior do parâmetro (por exemplo
WBC) cuja Faixa de Referência deseje alterar. Vide Figura 7-32.

Figura 7-32 Configurar limite inferior para WBC

• Pressione [←] ou [→] para mover o cursor dentro da caixa de edição. Pressione [PgUp] ou
[PgDn] (ou as teclas numéricas em um teclado externo) para inserir um dígito na posição onde
o cursor está localizado.
• Ao terminar de configurar as faixas, pressione [F2] para salvar as alterações, conforme
exibido na Figura 7-33. Pressione [ENTER] para confirmar.

7-26
Configuração

Figura 7-33 Alterações salvas

• Caso deseje retomar as configurações padrões do fabricante, pressione [F4].

7.2.6.3 Sair da edição de faixas de referência

Ao terminar de alterar todas as faixas de referência desejadas:


• pressione [F1] para selecionar outro grupo de configuração que deseje alterar; or
• pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de salvar as alterações, como
exibe a Figura 7-34. Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione
[ENTER] para salvar as alterações e sair para o menu de sistema; ou mova o cursor para
Não e pressione [ENTER] para sair para o menu de sistema sem salvar as alterações.

Figura 7-34 Salvar alterações

7-27
Configuração

7.2.7 Outras Configurações


Existem também outras configurações que podem ser vistas ou alteradas. Siga as instruções dadas
abaixo para fazê-lo.
7.2.7.1 Tirar o som da camainha
Este analisador emite um sinal sonoro quando ocorrem erros. Pode-se deixar a campainha sem som
presssionando-se qualquer tecla ou deixar o sinal soando até que os erros sejam removidos. Siga as etapas
dadas abaixo para fazê-lo.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Outro.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para a caixa de edição à direita de Mudo com
qualquer tecla. Pressione [ENTER] para exibir a listagem, conforme exibido na Figura 7-35.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para habilitado ou desabilitado e pressione [ENTER]
para confirmar a seleção.
• Ao terminar de configurar a retirada de som da camainha, pressione [↑] ou [↓] para mover o
cursor para outras configurações que deseje editar.

Figura 7-35 Seleção de forma de tirar o som da campainha

7.2.7.2 Configurar contraste do LCD


Siga as etapas apresentadas abaixo para ajustar o contraste do LCD.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Outro.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para LCD contraste, conforme exibido na Figura 7-36 .

7-28
Configuração

Figura 7-36 Ajuste de contraste de LCD


• Pressione [PgUp] ou [PgDn] para ajustar o contraste.
• Ao terminar de ajustar o contraste, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para outras
configurações que deseje editar.

7.2.7.3 Configurar tempo do alarme


Siga as etapas apresentadas abaixo para configurar a duração (2s~120s) da exibição em tela
das mensagens de erro listadas na Figura 7-1.

Figura 7-1 Lista de Erros


No. Erro No. Erro No. Erro
1 Erro de Comunicação 2 Erro do Leitor 3 Erro de Comunicação do
Leitor

4 Temperatura do Ambiente 5 Antecedente 6 Erro HGB


Anormal Anormal

7 Ajuste HGB 8 Entupimento WBC 9 Bolhas WBC


10 Entupimento RBC 11 Bolhas RBC

• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Outro.


• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Tempo(s) de alarme(s), conforme exibido na
Figura 7-37.

7-29
Configuração

Figura 7-37 Configurar tempo de alarme

• Pressione [PgUp] ou [PgDn] para ajustar o tempo.


• Ao terminar de ajustar o tempo, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para outras
configurações que deseje editar.

7.2.7.4 Configurar cor PMB (necessária autoridade de administrador)


A cor tolerante de PMB é preta, podem-se seguir as etapas abaixo para configurar a cor de fundo da tela
Contagem quando estiver no modo pré-diluído
• Obtenha a autoridade de administrador conforme instruído no Capítulo 7.1.1.
• Na tela Configurações, pressione [F1] para selecionar o grupo Outro.
• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para Cor PMB, conforme exibido na Figura 7-38.

Figura 7-38 Ajuste de cor PBM


• Pressione [↑] ou [↓] para selecionar Preto ou Azul e pressione [ENTER] para confirmar a
seleção.

7-30
Configuração

• Pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor para outras configurações que deseje alterar.

7.2.7.5 Sair da edição de outras configurações


Ao terminar de alterar todas as configurações de interesse:
• pressione [F1] para selecionar outro grupo de configuração que deseje alterar; or
• pressione [MENU] e uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de salvar as alterações, como a
Figura 7-39 mostra. Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para Sim e pressione
[ENTER] para salvar as alterações e sair para o menu de sistema; ou mova o cursor para
Não e pressione [ENTER] para sair para o menu de sistema sem salvar as alterações.

Figura 7-39 Salvar alterações

7-31
Manutenção

Capítulo 8 Manutenção

A Limpeza e Manutenção regulares são necessárias para garantir a operação adequada deste
analisador. Este Capítulo apresenta como cuidar deste analisador e verificar a Condição do
Sistema.
Transbordamento ou vazamento de líquido durante o funcionamento deste analisador
degradarão a exatidão do resultado de análises. Uma vez que ocorra, limpe imediatamente os
respingos. Caso ocorra dentro deste analisador, certifique-se de desligar a força imediatamente e
entrar em contato com nosso Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor. Caso
contrário, a vida útil deste analisador poderá ser diminuída.

8-1
Manutenção

8.1 Manutenção Regular


Para manter este analisador em bom estado é necessária Manutenção Regular.

8.1.1 Notas Especiais

As peças em contato com o sangue são potencialmente infectantes. Certifique-se de usar


vestimenta laboratorial padrão (incluindo luvas de borracha) ao realizar manutenção ou operar
este analisador e lavar suas mãos com detergente ao término dos serviços.

• Certifique-se de manter seu cabelo, roupas, mangas ou mãos a uma distância segura das partes
móveis deste analisador.
• Certifique-se de usar peças ou ferramentas especificadas para a manutenção deste analisador e
também de certifique-se de limpar as ferramentas usadas conforme instruções de seus respectivos
manuais após o serviço.
• Certifique-se de usar pano macio e limpo, ou pano umedecido em detergente neutro (torcido até
estar seco), ou pano macio lavado por etanol para limpar a superfície deste analisador.
• Certifique-se de prestar atenção às marcas ou símbolos presentes neste analisador. Certifique-se de
não tocar a tomada de energia na parte traseira deste analisador com mãos ou panos úmidos.
• Certifique-se de não usar solvente orgânico ou detergente ácido/alcalino para limpar a
superfície deste analisador. Caso contrário, a superfície poderá desbotar ou ser corroída.
• Certifique-se evitar contato direto com os reagentes que possam ferir os olhos, pele e
diafragma. Caso respingue reagente em sua pele, certifique-se de lavá-lo com muita água. Caso
respingue reagentes em seus olhos, certifique-se de lavar imediatamente seus olhos com
muita água e de consultar um médico para obter tratamento.

8-2
Manutenção

8.1.2 Manutenção Regular Recomendada

Tabela 8-1 Manutenção Regular Recomendada

Período de
Manutenção Conteúdo da Manutenção

Diária Caso use este analisador 24 horas por dia, certifique-se de executar diariamente a
limpeza com limpador E Z
Execute o programa de CQ todos os dias. Vide Capítulo 4 Controle de
Qualidade para detalhes.

A cada três Caso use este analisador 24 horas por dia, certifique-se de executar o
dias procedimento de limpeza com limpador de sonda a cada três dias.

Semanalmen Caso desligue seu analisador todos os dias e siga o procedimento para
te Desligar para fazê-lo, é necessário executar o procedimento de limpeza com
limpador de sonda semanalmente.

Mensalmente Deve ser usado o localizador de sonda fornecido para calibrar a posição da sonda à
do bloco de limpeza. O resultado de análise é sensível ao seu alinhamento.

Conforme Quando achar que o molho possa estar sujo, execute o procedimento de
necessário Limpar o molho.
Quando as amostras analisadas somarem 100, o sistema irá lembrá-lo de executar
o procedimento de Limpeza com limpador de sonda.

Quando as amostras analisadas somarem 4,000, o sistema o lembrará


De executar o procedimento Limpar bloco de limpeza.
Quando este analisador não for usado por duas semanas, certifique-se de executar
o procedimento de Preparar para embarque para esvaziar e lavar o sistema
de fluidos.
Para obter resultados de análise confiáveis, este analisador precisa operar em
condição normal. Certifique-se de executar os itens de Auto-teste
regularmente para verificar a condição deste analisador.

When este analisador dá alarmes para entupimento, deve-se executar o


procedimento de Enxaguar abertura ou Zap abertura, ou pressionar [F2] na
tela de Contagem para desentupir o sistema.

Caso veja outras mensagens de erro, consulte o Capítulo 9 Solução de


Problemas, para soluções.

8-3
Manutenção

8.2 Manutenção do Sistema


Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema e pressione as teclas de setas apropriadas
([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para Serviço e Manutenção, conforme exibido na Figura 8-1.

Figura 8-1 Acessar tela de manutenção


Pressione [ENTER] para acessar a tela Manutenção, conforme exibido na Figura 8-2.

Figura 8-2 Tela manutenção

Caso deseje sair desta tela, pressione [MENU] para acessar o menu do sistema e acessar a tela desejada
a partir dali.

8-4
Manutenção

8.2.1 Preparação com Diluente

Perigo Biológico
Use vestimenta padrão para laboratório (incluindo luvas de borracha) e
siga procedimentos laboratoriais seguros ao manusear qualquer material
no laboratório.

Deve-se executar o procedimento de Preparação com Diluente para preparar a tubulação de


diluente com diluente quando
• há bolhas na tubulação; ou
• o diluente presente na tubulação está contaminado, ou
• o diluente antigo acabou e é instalado um novo frasco de diluente.

Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo


• Na tela Manutenção, Pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o
cursor para Preparação com Diluente.
• Pressione [ENTER] para preparar a tubulação com diluente e o progresso da preparação será exibido
na parte inferior da tela, conforme exibido na Figura 8-3.
• Ao término da preparação, a tela retornará ao estado inicial.

Figura 8-3 Tela de Preparação com Diluente

8-5
Manutenção

8.2.2 Preparação com Rinse

Perigo Biológico
Use vestimenta padrão para laboratório (incluindo luvas de borracha) e
siga procedimentos laboratoriais seguros ao manusear qualquer material
no laboratório.

Deve-se executar o procedimento de Preparação com Rinse para preparar a tubulação de rinse
com rinse quando
• há bolhas na tubulação, ou
• o rinse presente na tubulação está contaminado, ou
• o rinse antigo acabou e um novo frasco de rinse é instalado.

Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo:


• Na tela manutenção, pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o
cursor para Preparação com Rinse.
• Pressione [ENTER] para preparar a tubulação com rinse e o progresso da preparação será exibido na
parte inferior da tela, conforme exibido na Figura 8-4.
• Quando a preparação estiver terminada, a tela retornará ao estado inicial.

Figura 8-4 Tela de Preparação com Rinse

8-6
Manutenção

8.2.3 Preparação com Lise

Perigo Biológico
Use vestimenta padrão para laboratório (incluindo luvas de borracha) e
siga procedimentos laboratoriais seguros ao manusear qualquer material
no laboratório.

Deve-se executar o procedimento de Preparação com Lise para preparar a tubulação de lise com
lise quando
• há bolhas na tubulação, ou
• o lise presente na tubulação está contaminado, ou
• o lise antigo acabou e um novo frasco de lise é instalado.

Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo:


• Na Tela manutenção, Pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o
cursor para Preparação com Lise.
• Pressione [ENTER] para preparar a tubulação com lise e o progresso da preparação será exibido na
parte inferior da tela, conforme exibido na Figura 8-5 shows.
• Quando a preparação estiver terminada, a tela retornará ao estado inicial.

Figura 8-5 Tela de Preparação do Lise

8.2.4 Zap Abertura


Pode-se executar o procedimento Zap Abertura para desentupir ou evitar entupimento.

Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo

8-7
Manutenção

• Na tela Manutenção, pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o


cursor para Zap abertura.
• Pressione [ENTER] to zap a abertura e o processo de zapping será exibido na parte inferior da
tela, conforme exibido na Figura 8-6.
• Ao término do zapping, a tela retornará ao estado inicial.

Figura 8-6 Zapping abertura

8.2.5 Enxaguar Abertura


Pode-se executar o procedimento de Enxaguar abertura para auxiliar zapping a abertura.

Siga as etapas apresentadas abaixo para executar o procedimento:


• Na tela Manutenção, pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o
cursor para Enxaguar abertura.
• Pressione [ENTER] para enxaguar a abertura e o progresso do enxágüe será exibido na parte
inferior da tela, conforme exibido na Figura 8-7.
• Ao término do enxágüe, a tela retornará ao estado inicial.

8-8
Manutenção

Figura 8-7 Enxágüe de abertura

8.2.6 Limpeza com Limpador de Sonda

Perigo Biológico
Use vestimenta padrão para laboratório (incluindo luvas de borracha) e
siga procedimentos laboratoriais seguros ao manusear qualquer material
em laboratório.

Pode-se lavar o molho e tubulação com o limpador de sonda, um detergente alcalino, executando-se o
procedimento de Limpeza com limpador de sonda. Se o seu analisador deve funcionar 24 horas por
dia, deve-se executar este procedimento a cada 3 dias. Caso siga o procedimento de Desligar para desligar
seu analisador todos os dias, este procedimento deverá ser executado semanalmente.

Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo:


• Na tela Manutenção, pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o
cursor para Limpeza com limpador de sonda.
• Apresente o limpador à sonda e pressione [ENTER] para aspirar o limpador. Remova o
limpador após a sonda ter subido. Este analisador lavará automaticamente o molho e tubulação
com o limpador aspirado.
• O processo de lavagem durará cerca de 5 minutos e pode-se pressionar [ENTER] para
interromper o processo a qualquer tempo. Note que um processo de lavagem mais curto pode
não ser tão eficaz quanto um processo completo.
• Ao término da lavagem, pressione [ENTER] para enxaguar o molho e tubulação, após o que a
tela retornará ao estado inicial.

8-9
Manutenção

Para assegurar-se de que este analisador funciona normalmente, cada vez que as amostras analisadas
acumuladas chegarem a 100, uma caixa de diálogo aparecerá para lembrá-lo de executar o
procedimento de Limpeza com limpador de sonda, conforme exibido na Figura 8-8. Caso
deseje fazê-lo, mova o cursor para Sim e pressione [ENTER]; caso contrário, mova o cursor
para Não e pressione [ENTER].

Figura 8-8 Recomendação de Limpeza com limpador de sonda

8.2.7 Limpeza com Limpador E-Z

Perigo Biológico
Use vestimenta padrão para laboratório (incluindo luvas de borracha) e
siga procedimentos laboratoriais seguros ao manusear qualquer material
em laboratório.

Pode-se usar o limpador E-Z, uma solução de limpeza isotônica à base de enzimas e agente
umidificador, para limpar a tubulação e molho executando-se o procedimento de Limpeza com
Limpador E-Z. Siga as etapas apresentadas abaixo para executar o procedimento:

• Na tela Manutenção, pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o


cursor para Limpeza com Limpador E-Z.
• Apresente o limpador à sonda e pressione [ENTER] para aspirar o limpador. Remova o
limpador após a sonda ter subido. Este analisador lavará automaticamente o molho e
tubulação com o limpador aspirado.
• O processo de lavagem durará cerca de 10 minutos e pode-se pressionar [ENTER] para
interromper o processo a qualquer tempo. Note que um processo de lavagem mais curto
pode não ser tão eficaz quanto um processo completo.
• Ao término da lavagem, pressione [ENTER] para enxaguar o molho e tubulação, após o que
a tela retornará ao estado inicial.

8-10
Manutenção

Caso seu analisador tiver funcionado continuamente por 24 horas, uma caixa de diálogo aparecerá para
lembrá-lo de executar o procedimento de Limpeza com limpador de sonda. Caso deseje fazê-
lo, mova o cursor para Sim e pressione [ENTER]. Caso contrário, mova o cursor para Não e pressione
[ENTER].

8.2.8 Teste de Lise

Perigo Biológico
Use vestimenta padrão para laboratório (incluindo luvas de borracha) e
siga procedimentos laboratoriais seguros ao manusear qualquer material
em laboratório.

Em caso de contagens WBC ou histogramas anormais, pode-se executar o procedimento de Teste de


lise para verificar se o lise pode ser dispensado adequadamente.

Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo:


• Solte e remova os parafusos retentores com as mãos ou chaves de parafuso (apontados
pelas setas mostradas na Figura 8-9) na placa direita.

Figura 8-9 Remoção dos dois parafusos

• Siga a seta mostrada na Figura 8-10 para empurrar e remover a placa direita.

8-11
Manutenção

Figura 8-10 Remoção da placa direita

• Remova os parafusos que fixam a caixa de proteção do molho, conforme exibido na Figura 8-11.

Figura 8-11 Caixa de proteção

• Remova a caixa de proteção para expor o molho, conforme exibido na Figura 8-12.

Molho

Figura 8-12 Molho

8-12
Manutenção

• Na tela Manutenção, pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o


cursor para Teste de lise
• Pressione [ENTER] e este analisador automaticamente drenará o molho e então dispensará
cerca de 2ml de lise ao molho.
• Verifique a escala para ver se o lise alcançou a linha esperada (segunda a partir do fundo). Caso o
lise dispensado tenha falhado em alcançar esta linha várias vezes consecutivas, verifique se o
lise acabou e a conexão adequada da tubulação de lise a este analisador. Caso o lise seja
suficiente e a tubulação esteja conectada adequadamente ao analisador, entre em contato com
nosso Departamento de Atendimento ao Cliente para reparo.
• Pressione [ENTER] para lavar o molho e terminar o teste. A tela retornará ao estado inicial.

8.2.9 Limpar Molho


Quando encontrar repetidamente resultados anormais na Verificação de Antecedente, siga as
etapas apresentadas abaixo para executar o procedimento de Limpar Molho:
• Na tela Manutenção, pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o
cursor para Limpar molho.
• Pressione [ENTER] para iniciar o procedimento.
• Ao término da limpeza, a tela retorna ao estado inicial.

8.2.10 Drenar molho


O procedimento de Drenar molho verifica se o analisador pode drenar o molho dentro do tempo
determinado. Pode-se executar este procedimento ao encontrar três ou mais resultados anormais de HGB,
WBC, RBC e PLT.

• Siga as 4 primeiras etapas da execução do procedimento de Teste de lise (Capítulo 8.2.8)


para expor o molho.
• Na tela Manutenção, pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o
cursor para Drenar molho.
• Pressione [ENTER] para iniciar o procedimento e a tela exibirá a barra de progresso.
• Quando o molho estiver drenado, a tela exibe Drenar molho, conforme exibido na Figura 8-13.
• Verifique o molho e sua mangueira inferior quanto a resíduos de líquido. Caso haja resíduos,
desligue o analisador e entre em contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente ou o
distribuidor para reparo; caso contrário, pressione [ENTER] e o analisador preparará o molho com
diluente .
• Ao término da preparação, a tela retornará ao estado inicial e o usuário deverá procurar outras
razões que contribuam para os resultados anormais.

8-13
Manutenção

Figura 8-13 Drenar molho

8.2.11 Drenagem da Tubulação

Se este analisador não for usado por muito tempo ou caso vá para a manutenção, certifique-se de executar o
procedimento de Drenar tubulação.

Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo:


• Na tela Manutenção, Pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o
cursor para Drenar tubulação.
• Pressione [ENTER] e siga as instruções exibidas para remover todos os tubos, exceto o tubo
de resíduos, deste analisador.
• Pressione [ENTER] para iniciar o processo de drenagem.
• Ao término da drenagem, a tela exibirá Desligue este analisador e o analisador deverá ser
desligado conforme a instrução.

8.2.12 Limpeza do Bloco de Limpeza da Sonda

Após ter sido usado por um longo período, a parte inferior do bloco de limpeza da sonda pode
estar contaminado por sangue e a parte interna do bloco também poderá estar contaminada pela
poeira aspirada. Sendo assim, é necessário limpar o bloco de limpeza regularmente.

Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo:


• Na tela Manutenção, pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o
cursor para Limpar bloco de limpeza.
• Apresente o limpador de sonda à sonda de amostra e pressione [ENTER] para aspirar o
limpador. Remova o limpador após a sonda ter subido.
• Solte e remova os parafusos de retenção com as mãos ou chave de parafuso (apontados
pelas setas exibidas na Figura 8-9) na placa direita deste analisador.

8-14
Manutenção

• Siga a seta exibida na Figura 8-10 para empurrar e remover a placa direita.
• Siga as instruções exibidas na tela para colocar um copo vazio abaixo da sonda de amostra.
• Pressione [ENTER] para lavar o bloco de limpeza com o limpador aspirado. O progresso da
lavagem será exibido na tela, conforme mostra a Figura 8-14.

Figura 8-14 Limpeza do bloco de limpeza

• Ao término da lavagem, limpe a parte inferior do bloco de limpeza com um pano embebido em
limpador de sonda que não deixe resíduos.
• Pressione [ENTER] para enxaguar o bloco e a superfície interna da sonda.
• Ao término do enxágüe, a tela retorna ao estado inicial.
Quando as amostras analisadas acumuladas chegarem a 4,000, uma caixa de diálogo aparecerá
para lembrá-lo de limpar o bloco de limpeza. Pode-se mover o cursor para Sim e pressionar
[ENTER] para iniciar a limpeza, ou to Não e pressionar [ENTER] para ignorar a mensagem.

8.2.13 Preparar para Embarque

Se este analisador não deva ser usado durante 2 semanas, ou deva ser embarcado, execute o
procedimento de Preparar para embarque para lavá-lo e drená-lo.

Siga as etapas dadas abaixo para fazê-lo:


• Remova as tubulações de diluente , rinse e lise de seus recipientes.
• Na tela Manutenção, pressione as teclas de setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para mover o
cursor para Preparar para embarque.
• Pressione [ENTER] e uma caixa de diálogo aparecerá para pedir-lhe que confirme esta operação,
conforme exibido na Figura 8-15

8-15
Manutenção

Figura 8-15 Uma caixa de diálogo de Preparar para embarque

• Mova o cursor para Sim e pressione [ENTER] Caso deseje continuar com este procedimento, ou
para Não e pressione [ENTER] caso deseje cancelar esta operação. Caso haja qualquer erro
presente, o sistema não executará este procedimento. Siga as instruções exibidas na tela para
remover o erro antes de tentar executar o procedimento novamente.
• Após drenar a tubulação, siga as instruções exibidas na tela para colocar a tubulação de
rinse, diluente e lise em água destilada e pressione [ENTER] para lavar este analisador com
a água destilada.
• Quando a lavagem estiver terminada, siga as instruções exibidas na tela para remover as
tubulações de rinse, diluente e lise da água destilada e pressione [ENTER] para drenar a
tubulação novamente.
• Desligue o analisador quando a tela exibir Desligue o analisador. z
Seque este analisador e embale-o para armazenamento.

8-16
Manutenção

8.3 Condição do Sistema


Os itens exibidos na tela Status refletem como o sistema está funcionando e contribuem
significativamente para diagnostico de erros do sistema. Siga as instruções dadas abaixo para
verificar tais itens.
Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema e pressione as teclas de setas apropriadas
para mover o cursor para Serviço → Status, conforme exibido na Figura 8-16.

Figura 8-16 Acessar tela de Status

Pressione [ENTER] para acessar a tela Status, conforme exibido na Figura 8-17.

Figura 8-17 Tela Status

8-17
Manutenção

Note que é possível ver os itens de condição exibidos sem alterá-los. Caso qualquer dos itens
exibidos ultrapasse a faixa configurada, consulte o Capítulo 9 Solução de Problemas para
soluções.

8-18
Manutenção

8.4 Auto-teste do Sistema


O Auto-teste do Sistema é uma maneira importante para localizar erros do sistema. Siga as
instruções dadas abaixo para ver e verificar os itens de auto-teste disponíveis.

Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema e pressione as teclas de setas apropriadas
([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para Serviço ė Auto-teste, conforme exibido na Figura 8-18.

Figura 8-18 Acessar tela de auto-teste

Pressione [ENTER] para acessar a tela de Auto-teste, conforme exibido na Figura 8-19. Caso
deseje obter informações de ajuda, pressione [HELP].

Figura 8-19 Tela de Auto-teste

8-19
Manutenção

Os itens de auto-teste disponíveis estão divididos em quatro grupos, são eles: Tubulação,
Máquina, Válvula e Circuito, como exibido à esquerda da tela. Pode-se alternar entre os grupos
pressionando-se [F1] e uma vez que um grupo é selecionado, os itens de teste incluídos, juntamente com
seus resultados de teste (caso disponíveis), serão exibidos à direita da tela. Pode-se pressionar [PRINT]
para imprimir os resultados exibidos. Siga as instruções dadas abaixo para conduzir cada teste e
caso deseje obter informações de ajuda, pressione [HELP].

8.4.1 Teste da Tubulação


Na tela de auto-teste, pressione [F1] para selecionar o grupo Tubulação, conforme exibido na
Figura 8-19. Os seguintes itens de teste serão exibidos à direita da tela:

1. Tempo de contagem
Mede a duração de uma contagem WBC e RBC, ou seja, quantos segundos são necessários para que o
fluido aspirado flua do primeiro sensor até o segundo.

2. Abertura(v)
Mede a voltagem (v) sobre a abertura.

3. Vácuo
Verifica se o sistema de vácuo funciona normalmente.

4. Pressão
Verifica se o sistema lava a abertura a uma pressão normal.

5. Filtro
Verifica se o filtro funciona normalmente.

8.4.2 Teste de Motores e Gravador/Impressora


Na tela de auto-teste, pressione [F1] para selecionar o grupo Máquina, conforme exibido na
Figura 8-20. Os seguintes itens de teste serão exibidos à direita da tela. Pressione [↑] ou [↓] para
selecionar o item desejado e pressione [ENTER] para conduzir o teste.

8-20
Manutenção

Figura 8-20 Teste de partes mecânicas

1. Motor da seringa
O motor da seringa controla o volume de aspiração. Este teste verifica se o motor funciona
normalmente.

2. Motor de rotação
O motor de rotação gira a sonda de amostra dentro do analisador. Este teste verifica se o motor
funciona normalmente.

3. Motor do elevador
O motor do elevador controla a elevação da sonda de amostra. Este teste verifica se o motor funciona
normalmente.

4. Impressão
Este teste verifica se o gravador ou impressora funcionam normalmente. Caso normal, ao pressionar-se
[ENTER], o gravador ou impressora imprimirá uma página de teste; caso anormal, a tela exibirá a
mensagem de erro correspondente e pode-se ver o Capítulo 9 Solução de Problemas para
soluções.

8.4.3 Teste de Válvulas


Válvulas defeituosas causam mau funcionamento das tubulações. Sendo assim, testar as
válvulas é uma forma importante para remover erros relativos a fluidos.

Na tela de auto-teste, pressione [F1] para selecionar o grupo Válvula, conforme exibido na
Figura 8-21. Os seguintes itens de teste serão exibidos à direita da tela. Pressione as teclas de
setas apropriadas ([↑][↓][←][→]) para selecionar a válvula que deseja verificar e pressione [ENTER]
para testá-la. Se a válvula passar pela seqüência de Desligar-Ligar-Desligar sem emitir som anormal,
passou no teste. Caso contrário, pode haver algo errado com a válvula.

8-21
Manutenção

Figura 8-21 Teste de válvulas

8.4.4 Teste de Circuitos


Na tela de auto-teste, pressione [F1] para selecionar o grupo Circuito, conforme exibido na
Figura 8-22. Pode-se testar Interrupção A/D nesta tela pressionando-se [ENTER] para ver se os
sinais WBC, RBC e PLT podem ser convertidos adequadamente em sinais digitais.

8-22
Manutenção

8.5 Registro
O registro grava todos os eventos principais que ocorrem durante o funcionamento deste
analisador. Auxilia os engenheiros de serviço no diagnóstico de erros de sistema.

Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema e pressione as teclas de setas apropriadas
([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para Serviço → Registro, conforme exibido na Figura 8-23.

Figura 8-23 Acessar registro

Pressione [ENTER] para acessar a tela Registro, conforme exibido na Figura 8-24.

Figura 8-24 Tela de Registro

8-23
Manutenção

Os eventos gravados são divididos em três grupos, Todos, Configurações e Outros (incluindo
configuração de discriminadores, Auto-teste do Sistema e atualização do software do sistema),
todos listados à esquerda da tela. Todos os eventos gravados estão listados à direita da tela como
padrão. Pode-se pressionar [F1] para selecionar o grupo de interesse e a direita da tela exibirá
somente os eventos do grupo selecionado. Cada tela exibe 10 eventos. Pode-se pressionar [↑] ou [↓]
para verificar os eventos um a um ou pressionar [PgUp] ou [PgDn] para verificar os eventos na
página anterior ou na próxima. Caso deseje imprimir os eventos exibidos, pressione [PRINT]. Caso
deseje obter informações de ajuda, pressione [HELP].

Para cada evento gravado, a coluna NO. exibe as seqüências dos eventos gravados; a coluna
Horário exibe o horário de ocorrência deste evento; a coluna Tipo exibe o topo do evento (os
eventos de erro também são marcados com seus Códigos de Erro correspondentes, os quais são
explicados no Capítulo 9.1); a coluna Vezes exibe quantas vezes (1~255) este evento ocorre e
caso tenha ocorrido mais do que 255 vezes, os eventos que ultrapassaram este número serão
gravados a partir de 1 em outro arquivo de registro; a coluna Informação exibe informações adicionais
sobre o evento.

Este analisador pode salvar até 1000 arquivos de registro e uma vez que o número máximo
tenha sido alcançado, o registro mais novo apagará automaticamente o registro mais antigo.

8-24
Manutenção

8.6 Configuração do Sistema


Para ver a Configuração do Sistema, pressione [MENU] para acessar o menu do sistema, e então
pressione as teclas de setas apropriadas para mover o cursor para Serviço → Config.

Pressione [ENTER] para acessar a tela Config, conforme exibido na Figura 8-25, onde
somente é possível ver a Configuração do Sistema sem alterá-la.

Figura 8-25 Configuração

Cada tela exibe 13 itens e pode-se pressionar [↑] ou [↓] para selecionar o item que se deseja ver,
ou pressionar [PgUp] ou [PgDn] para ir para a tela anterior ou para a próxima. Caso deseje imprimir a
configuração, pressione [PRINT]. Caso deseje obter ajuda, pressione [HELP].

8-25
Manutenção

8.7 Controle de Impressão


Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema e pressione as teclas de setas apropriadas
([↑][↓][←][→]) para mover o cursor para ServiçoėImpressão, conforme exibido na Figura 8-26.

Figura 8-26 Acessar tela de impressão

Pressione [ENTER] para acessar a tela de Impressão, conforme exibido na Figura 8-27. As tarefas
de impressão em fila estão listadas nesta tela, onde é possível ver todas as tarefas e apagar
aquelas que aguardam o processamento. Caso algo dê errado com o dispositivo de impressão, a
tarefa em processamento será apagada e as tarefas em fila continuarão aguardando. Quando o
sistema detectar que o erro foi removido, retomará a impressão e processará as tarefas a partir
da primeira da fila. Note que não é possível alterar a seqüência das tarefas em fila.

Figura 8-27 Tela de impressão

8-26
Manutenção

Pode-se executar as seguintes operações na tela de Impressão:

• Pressione [↑] ou [↓] para selecionar a tarefa desejada.

• Pressione [DEL] para apagar a tarefa desejada.

• Pressione [HELP] para exibir as informações de ajuda.

• Pressione [MENU] para voltar ao menu de sistema.

8-27
Manutenção

8.8 Ajuste de Sonda de Amostra e Bloco de Limpeza de Sonda


A posição relativa entre a sonda de amostra e o bloco de limpeza de amostra influencia os
resultados de análises. Na caixa de acessórios, há um localizador de sonda de amostra, conforme exibido
na Figura 8-28. É preciso usar este localizador para ajustar a posição da sonda de amostra se o
bloco de limpeza tiver sido substituído, ou tenha observado erro de motor, ou resultado de análise
incorreto. Ainda, como exigido na Manutenção Regular, deve-se usar o localizador para ajustar a
posição da sonda de amostra mensalmente.

Figura 8-28 Localizador de sonda

8.8.1 Ajuste de Posição da Sonda de Amostra

Perigo Biológico
Use vestimenta padrão para laboratório (incluindo luvas de borracha) e
siga procedimentos laboratoriais seguros ao manusear qualquer material
em laboratório.

Advertência
A sonda é afiada e pode conter materiais de Perigo Biológico, incluindo
controles e calibradores. Evite qualquer contato desnecessário com a
sonda e sua área..

Siga as etapas apresentadas abaixo para ajustar a posição da sonda de amostra:

1. Consulte o Capítulo 8.2.8 e siga as etapas 1 e 2 para remover a placa direita deste analisador.

2. Acesse a tela Configuração → Senha e insira a senha de administrador para obter a autoridade
de administrador (vide Capítulo 7.1.1). Acesse a tela Serviço → Auto-teste.

8-28
Manutenção

3. Pressione [F1] para selecionar o grupo Máquina grupo e pressione [↑] ou [↓] para mover o
cursor para Motor Elevador, conforme exibido na Figura 8-29.

Figura 8-29 Acessar motor elevador

4. Pressione [ENTER] e uma tela de motor elevador aparecerá, conforme exibido na Figura 8-30.

Figura 8-30 Tela motor elevador

5. Pressione [↑] para mover a sonda de amostra para cima e pressione [→] para mover a sonda
de amostra para acima do molho, conforme exibido na Figura 8-31.

8-29
Manutenção

Figura 8-31 Sonda de amostra acima do molho

6. Solte o parafuso retentor com uma chave de parafuso, conforme exibido na Figura 8-32.

Figura 8-32 Remoção de parafusos

7. Remova a sonda do bloco de limpeza e insira o localizador no bloco de limpeza de baixo para
cima, conforme exibido na Figura 8-33.

8-30
Manutenção

Figura 8-33 Uso do localizador

8. Insira a sonda no bloco de limpeza até que alcance o localizador, conforme exibido na Figura 8-34.

Figura 8-34 Inserir sonda de amostra no bloco de limpeza

9. Prenda novamente o parafuso retentor para fixar a sonda e remova o localizador para terminar o
ajuste.

8.8.2 Substituição do Bloco de Limpeza de Sonda

Perigo Biológico
Use vestimenta padrão para laboratório (incluindo luvas de borracha) e
siga procedimentos laboratoriais seguros ao manusear qualquer material
em laboratório.

8-31
Manutenção

Advertência
A sonda é afiada e pode conter materiais de Perigo Biológico, incluindo
controles e calibradores. Evite qualquer contato desnecessário com a
sonda e sua área..

Siga as etapas dadas abaixo para substituir o bloco de limpeza de sonda:

1. Consulte o Capítulo 8.8.1 e siga as etapas 1~6.


2. Puxe a sonda de amostra solta para cima para remover o bloco de limpeza e desconecte os
tubos do bloco de limpeza (tenha atenção com a correspondência entre os tubos e seus
conectores), conforme exibido na Figura 8-35.
3. Instale um novo bloco e conecte a extremidade da tubulação com a marcação preta ao
conector abaixo do bloco.
4. Quando a conexão estiver terminada, substitua o bloco.
5. Consulte o Capítulo 8.8.1 e siga as etapas 7~9 para fixar a sonda de amostra.

Figura 8-35 Instalação do bloco de limpeza

8-32
Solução de Problemas

Capítulo 9 Solução de Problemas

Este Capítulo lida com os códigos, causas possíveis e soluções dos erros. Caso o erro
permaneça após ter tentado o método recomendado, entre em contato com nosso Departamento
de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor. Este Capítulo consiste de duas partes, a primeira lida com
os erros e os Códigos de Erro designados e a segunda as causas possíveis e soluções recomendadas.

9-1
Solução de Problemas

9.1 Códigos de Erro


Os erros gravados no registro são apresentados nos Códigos de Erro. Vide Tabela 9-1 para a
correspondência entre os erros e os Códigos de Erro.

Tabela 9-1 Erros e códigos

Código Erro Código Erro Código Erro

Temperatura
Ambiente Antecedente
0401 Anormal 0402 anormal 0403 Erro HGB

0404 Ajuste HGB 0405 Entupimento WBC 0406 Bolhas WBC


0407 Entupimento RBC 0408 Bolhas RBC
Erro de Erro de
0801 Comunicação 0802 Erro de Leitor 0803 Comunicação de leitor

Impressora sem Erro de Conexão Erro de Comunicação com


1001 papel 1002 de Impressora 1003 Gravador

Gravador sem
1004 papel 1005 Gravador muito 1006 Barra de pressão para
aquecido cima
2001 Sem Lise 2002 Diluente vencido 2003 Rinse vencido
2004 Lise Vencido 2005 Erro de Filtro 2006 Erro de relógio de tempo
real
Erro de motor de Erro de motor de
4002 seringa 4003 rotação 4004 Erro de motor de elevador

4005 Erro A/D 4008 Erro de Vácuo 4009 Erro de Pressão


400B Sem Diluente 400C Sem Rinse 400D Resíduos cheio
Erro de memória
8001 Erro de arquivo 8002 dinâmica

9-2
Solução de Problemas

9.2 Soluções
Este Capítulo apresenta medidas a serem tomadas quando ocorrem erros.

9.2.1 Temperatura Ambiente Anormal


Causas possíveis: temperatura ambiente anormal ou sensor de temperatura defeituoso.

Solução:
Acesse Serviço → Condição e verifique a temperatura ambiente. Caso a temperatura
ultrapasse a faixa especificada (15 °C—30°C), deve-se ajustar o ambiente de trabalho deste
analisador de forma que o mesmo trabalhe no ambiente exigido. Caso a temperatura esteja
dentro da faixa exigida e o erro continue a ocorrer, entre em contato com o nosso Departamento
de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.2 Antecedente anormal


Pelo menos um parâmetro não passou na Verificação de Antecedente.

Solução
Na tela Contagem, pressione [F3] para executar o procedimento de inicialização. Caso o erro
ainda assim continue, acesse Serviço →ė Manutenção e execute o procedimento de Limpeza
com limpador de sonda conforme instruído no Capítulo 8.2.6. Ao término da limpeza, volte à
tela Contagem e verifique novamente o antecedente para ver se o erro desapareceu. Caso
contrário, entre em contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.3 Erro HGB


Ganho HGB não está correto e a voltagem HGB blank está entre 0V-3.2V ou 4.9V-5V.

Solução
Acesse Configuração → Senha para obter autoridade de administrador conforme instruído no
Capítulo 7.1.1. Acesse Configuração → Configurações → Ganho para ajustar a voltagem
HGB blank para 3.4~4.8V (recomenda-se 4.5V) conforme instruído no Capítulo 7.2.4.3. Caso o
erro persista, desligue o analisador e entre em contato com o Departamento de Atendimento ao
Cliente ou o distribuidor.

9.2.4 Ajuste HGB


O ganho HGB não está correto e a voltagem HGB blank está entre 3.2 - 3.4V ou 4.8- 4.9V.

9-3
Solução de Problemas

Solução
Acesse Configuração → Senha para obter a autoridade de administrador conforme instruído no
Capítulo 7.1.1.
Acesse Configuração → Configurações → Ganho para ajustar a voltagem HGB blank para
3.4~4.8V (recomenda-se 4.5V) conforme instruído no Capítulo 7.2.4.3. Caso o erro continue a
ocorrer, desligue este analisador e entre em contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente
ou o distribuidor.

9.2.5 Entupimento WBC


Esta mensagem de erro ocorre quando o tempo de Contagem WBC real é maior do que o
Tempo de Contagem WBC pré-ajustado em 2 segundos.

Causas possíveis: abertura entupida; configurações de Tempo de Contagem WBC inadequadas ou


erro de válvula solenóide.

Solução
1. Acesse Serviço → Manutenção e execute os procedimentos Zap abertura e Enxaguar
abertura conforme instruído nos Capítulos 8.2.4 e 8.2.5.

2. Após o desentupimento, acesse Configuração → Configurações → Contagem para anotar


o Tempo de Contagem WBC pré-ajustado. Acesse Serviço → Auto-teste → Tubulação e teste
o Tempo de Contagem WBC real conforme instruído no Capítulo 8.4.1.

Caso o tempo verificado seja diferente do tempo pré-ajustado em menos do que 2 segundos, significa
que o desentupimento teve êxito e pode-se retornar à tela Contagem para continuar com a análise.
Caso contrário, acesse Serviço → Manutenção para lavar o molho e tubulação com limpador
de sonda conforme as instruções do Capítulo 8.2.6.

Ao término da lavagem, acesse Configuração → Configurações ė Contagem para anotar o


Tempo de Contagem WBC ajustado. Acesse Serviço → Auto-teste → Tubulação e teste o
Tempo de Contagem WBC real conforme instruído no Capítulo 8.4.1. Caso o tempo verificado seja
diferente do tempo pré-ajustado em menos do que 2 segundos, significa que o desentupimento teve
êxito e pode-se voltar à tela de Contagem para continuar a análise. Caso a diferença ainda
assim seja maior do que 2 segundos e estabilizada próxima a um determinado valor, acesse
Configuração → Configurações → Contagem para alterar o Tempo de Contagem WBC de
acordo. Vide Capítulo 7.2.5.2 para detalhes. Após o ajuste, teste o tempo de contagem real
novamente e certifique-se de que a diferença esteja dentro de 2 segundos.

Caso o erro continue a ocorrer, entre em contato com o nosso Departamento de Atendimento ao Cliente
ou o distribuidor.

9.2.6 Bolhas WBC

Esta mensagem de erro ocorre quando Tempo de Contagem WBC real é menor do que o tempo de
contagem WBC pré-ajustado em 2 segundos.

9-4
Solução de Problemas

Causas possíveis:

Diluente ou rinse insuficientes.

Conexão da tubulação solta

Ajuste de Tempo de Contagem WBC inadequado.

Solução

1. Verifique se o diluente ou rinse são suficientes. Caso contrário, coloque um novo recipiente de
diluente ou rinse conforme instruído no Capítulo 2.3.
2. Verifique as conexões de tubulações. Se necessário, reconecte a tubulação conforme
instruções do Capítulo 2.3.
3. Caso o erro continue a ocorrer, acesse Configuração → Senha para obter a autoridade de
administrador conforme instruído no Capítulo 7.1.1 e então acesse Configuração →
Configurações → Contagem e ajuste o Tempo de Contagem WBC conforme instruído no
Capítulo 7.2.5.2.
4. Caso o erro continue a ocorrer, desligue este analisador e entre em contato com o nosso
Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.7 Entupimento RBC


Esta mensagem de erro ocorre quando o Tempo de Contagem RBC real é maior do que o
Tempo de Contagem RBC pré-ajustado em 2 segundos.
Causas possíveis: abertura entupida; configurações de Tempo de Contagem RBC inadequadas ou
erro na válvula solenóide.

Solução
1. Acesse Serviço → Manutenção e execute os procedimentos de Zap abertura e Enxaguar
abertura conforme instruído nos Capítulos 8.2.4 e 8.2.5.

2. Após o desentupimento, acesse Configuração → Configurações → Contagem para anotar


o Tempo de Contagem RBC pré-ajustado. Acesse Serviço ė Auto-teste →Tubulação e teste o
Tempo de Contagem RBC real conforme instruído no Capítulo 8.4.1.

Caso o tempo verificado seja diferente do tempo pré-ajustado em menos do que 2 segundos, significa
que o desentupimento teve êxito e pode-se retornar à tela de Contagem para continuar a análise.
Caso contrário, acesse Serviço → Manutenção para lavar o molho e tubulação com limpador de
sonda conforme instruções do Capítulo 8.2.6.

Ao término da lavagem, acesse Configuração → Configurações → Contagem para anotar o


Tempo de Contagem RBC pré-ajustado. Acesse Serviço → Auto-teste → Tubulação e teste o
Tempo de Contagem RBC real conforme instruído no Capítulo 8.4.1. Caso o tempo verificado
seja diferente do tempo pré-ajustado em menos do que 2 segundos, significa que o
desentupimento teve êxito e pode-se retornar à tela de Contagem para continuar a análise.

9-5
Solução de Problemas

Caso a diferença ainda seja maior do que 2 segundos e estabilizada próxima a um determinado
valor, acesse Configuração → Configurações → Contagem para alterar o Tempo de
Contagem RBC de acordo. Após o ajuste, teste o tempo de contagem real novamente e
certifique-se de que a diferença fique dentro de 2 segundos.

3. Caso o erro continue a ocorrer, entre em contato com o Departamento de Atendimento ao


Cliente ou o distribuidor.

9.2.8 Bolhas RBC


Esta mensagem de erro ocorre quando o Tempo de Contagem RBC real é menor do que o Tempo de
Contagem RBC pré-ajustado em 2 segundos.

Causas possíveis:
1. Diluente ou rinse insuficiente.
2. Conexão da tubulação solta:
3. Ajuste de Tempo de Contagem RBC inadequado.

Solução
1. Verifique se o diluente ou rinse são suficientes. Caso contrário, coloque um novo recipiente
de diluente ou rinse conforme instruído no Capítulo 2.3.
2. Verifique as conexões de tubulações. Se necessário, reconecte a tubulação conforme
instruções do Capítulo 2.3.
3. Caso o erro continue a ocorrer, acesse Configuração → Senha para obter a autoridade de
administrador conforme instruído no Capítulo 7.1.1 e então acesse Configuração →
Configurações → Contagem e ajuste o tempo de Contagem RBC conforme instruído no
Capítulo 7.2.5.2.
4. Caso o erro continue a ocorrer, desligue este analisador e entre em contato com o Departamento de
Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.9 Erro de Comunicação

As configurações de Comunicação recebidas são diferentes com o BC-2800.

Solução
Acesse Configuração → Configurações → Impressão & com. e altere as configurações de
Comunicação de acordo, conforme instruído no Capítulo 7.2.2.2.

9.2.10 Erro de Leitor

Código de barras muito longo ou inválido.

9-6
Solução de Problemas

Solução:
Verifique e certifique-se de que o código de barras esteja correto. Caso o erro continue a
ocorrer, entre em contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.11 Erro de Comunicação de Leitor


Há algo errado com a comunicação entre o leitor e o analisador.

Solução:

Verifique a conexão entre os dois dispositivos.

9.2.12 Impressora Sem Papel


Causa possível~O papel de impressão acabou ou não está instalado corretamente.

Solução:

Verifique se a impressora está sem papel. Caso esteja, coloque papel na impressora; caso
contrário, reinstale o papel existente.

Caso o erro continue a ocorrer, favor entrar em contato com o Departamento de Atendimento ao
Cliente ou o distribuidor.

9.2.13 Erro de conexão de Impressora


Verifique se a impressora está bem conectada ao analisador.

Caso o erro continue a ocorrer, favor entrar em contato com o Departamento de Atendimento ao
Cliente ou o distribuidor.

9.2.14 Erro de comunicação de Gravador


Entre em contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.15 Gravador Sem Papel


Causas possíveis~papel de gravação não está instalado corretamente.

Solução:

Verifique se o papel de gravação acabou. Caso isto tenha acontecido, coloque mais papel; caso
contrário, recoloque o papel existente conforme instruído no Capítulo 2.3.3. Caso o erro
continue a ocorrer, entre em contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente ou o
distribuidor.

9-7
Solução de Problemas

9.2.16 Gravador muito aquecido


Causas possíveis: a cabeça de gravação está superaquecida.
Solução:
Pare de usar o gravador. Caso o erro volte a ocorrer, entre em contato com o Departamento de
Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.17 Barra de pressão para cima


Causas possíveis: A barra de pressão do gravador está para cima.
Solução:
Coloque-a de volta em seu lugar conforme instruído no Chapter2.3.3. Caso o erro continue a
ocorrer, entre em contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.18 Sem Lise


Causas possíveis: lise insuficiente ou ajuste de volume de lise incorreto.

Solução:
Verifique se há lise suficiente. Caso haja, acesse Configuração → Configurações → Reagentes e
ajuste o volume de lise remanescente conforme instruído no Capítulo 7.2.1.1; caso contrário,
coloque um novo recipiente de lise conforme instruído no Capítulo 2.3.

9.2.19 Diluente Vencido


O diluente está vencido ou sua data de validade não está ajustada corretamente.

Verifique se o diluente está vencido. Caso esteja, coloque um novo recipiente de diluente
conforme instruído no Capítulo 2.3; caso contrário, acesse Configuração → Configurações →
Reagentes e ajuste a data de validade conforme instruído no Capítulo 7.2.1.3.

9.2.20 Rinse Vencido


Causas possíveis: rinse está vencido ou sua data de validade não foi ajustada corretamente.

Solução:
Verifique o rinse. Caso esteja vencido, coloque um novo recipiente de rinse conforme instruído no Capítulo
2.3; caso contrário, acesse Configuração → Configurações → Reagentes e ajuste a data de
validade conforme instruído no Capítulo 7.2.1.3.

9-8
Solução de Problemas

9.2.21 Lise Vencido


O lise está vencido ou sua data de validade não foi ajustada corretamente.

Verifique se o lise está vencido. Caso esteja, coloque um novo recipiente de lise conforme
instruído no Capítulo 2.3; caso contrário, acesse Configuração → Configurações →
Reagentes e ajuste a data de validade conforme instruído no Capítulo 7.2.1.3.

9.2.22 Erro de Filtro


Há algo errado com o filtro ou câmara de vácuo.

Solução
Acesse Serviço → Auto-teste → Tubulação e teste o filtro conforme instruído no Capítulo 8.4.
o erro desaparece se o resultado estiver normal. Caso contrário, entre em contato com o
Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.23 Erro de Relógio de Tempo Real


Há algo errado com o relógio.

Acesse Configuração → Configurações → Data & Hora e ajuste a data e hora conforme
instruído no Capítulo 7.2.3 e reinicie o analisador para habilitar as novas configurações. Caso o erro
continue a ocorrer, entre em contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.24 Erro de Motor de Seringa


Há algo errado com o motor que controla a seringa que aspira/dispensa amostras e Reagentes.

Solução
Acesse Serviço → Auto-teste → Máquina e teste o motor conforme instruído no Capítulo 8.4.2.
O erro desaparecerá se o resultado for normal; caso contrário, entre em contato com o
Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.25 Erro de Motor de Rotação


Há algo de errado com o motor que gira a sonda de amostra.

Acesse Serviço → Auto-teste → Máquina e teste o motor conforme instruído no Capítulo 8.4.2.
O erro desaparecerá se o resultado for normal. Caso contrário, ligue para o Departamento de
Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9-9
Solução de Problemas

9.2.26 Erro de Motor de Elevador


Há algo de errado com o motor que controla a elevação da sonda de amostra.

Acesse Serviço → Auto-teste → Máquina e teste o motor conforme instruído no Capítulo 8.4.2.
O erro desaparecerá se o resultado for normal. Caso contrário, entre em contato com o
Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.27 Erro A/D


Há algo de errado com o conversor A/D na placa da CPU.

Solução
Acesse Serviço → Auto-teste → Circuito. Teste a interrupção A/D conforme instruído no
Capítulo 8.4.4. O erro desaparecerá se o resultado do teste for normal. Caso contrário, entre em
contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.28 Erro de Vácuo


O sistema não atinge o vácuo esperado dentro do tempo dado.

Solução
Acesse Serviço → Auto-teste → Tubulação e teste o vácuo conforme instruído no Capítulo
8.4.1. O erro desaparecerá se o resultado for normal; caso contrário, entre em contato com o
Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.29 Erro de Pressão


A câmara de vácuo não atinge a pressão esperada dentro do tempo dado.

Solução
Acesse Serviço → Auto-teste → Tubulação e teste a pressão conforme instruído no Capítulo
8.4.1. O erro desaparecerá se o resultado for normal; caso contrário, entre em contato com o
Departamento de Atendimento ao Cliente ou o distribuidor.

9.2.30 Sem Diluente

Causas possíveis: diluente insuficiente ou ajuste de volume de diluente incorreto.

9-10
Solução de Problemas

Solução
Verifique se há suficiente diluente. Caso haja, acesse Configuração → Configurações →
Reagentes e ajuste o volume de diluente remanescente conforme instruído no Capítulo 7.2.1.1;
caso contrário, coloque um novo recipiente de diluente conforme instruído no Capítulo 2.3.

9.2.31 Sem Rinse


Causas possíveis: rinse insuficiente ou ajuste de volume de rinse incorreto.

Solução
Verifique se há suficiente rinse. Caso haja, acesse Configuração → Configurações →
Reagentes e ajuste o volume de rinse remanescente conforme instruído no Capítulo 7.2.1.1;
caso contrário, coloque um novo recipiente de rinse conforme instruído no Capítulo 2.3.

9.2.32 Resíduos Cheio


O recipiente de resíduos está cheio.

Esvazie o recipiente conforme instruído no Capítulo 2.3, ou coloque um novo recipiente para
receber os resíduos e reajuste o volume de recipiente de resíduos conforme instruído no Capítulo
7.2.1.2.

9.2.33 Erro de Arquivo


Há algo de errado com o salvamento de arquivo.

Desligue o analisador e entre em contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente ou o


distribuidor.

9.2.34 Erro de Memória Dinâmica


Há algo de errado com a memória do sistema.

Desligue o analisador e entre em contato com o Departamento de Atendimento ao Cliente ou o


distribuidor.

9-11
Apêndice A Comunicação

Apêndice A Comunicação

( Protocolo de Comunicação BC-2800 )

O BC-2800 pode transmitir os dados de amostras e dados de CQ para um computador externo


através de sua porta serial RS-232. A transmissão pode ser conduzida automaticamente ou
através do comando de operador após o término da Análise de Amostra. Esta seção oferece
discussão detalhada sobre a configuração de parâmetros de transmissão, Porta Serial RS-232 e
o Formato de Transmissão de Dados, portanto, oferece informações detalhadas aos engenheiros de
programa para programação. Além disso, o usuário pode executar a transmissão convenientemente.

A-1
Apêndice A Comunicação

A.1 Conexão
O BC-2800 pode ser conectado a um computador externo através de um conector DB9. Os pinos do
conector DB9 estão exibidos na Figura D-1.

Detecta Portadora
Conjunto de Dados Pronto

Recebe Dados
Pedido de Envio

Transmite Dados
Liberado para Enviar

Terminal de Dados Pronto


Indicador de toque
Sinal de Terra

Figura D-1 Conector DB9

O BC-2800 pode comunicar-se com um computador externo através de sua porta serial 2, usando os
Pinos 2, 3 e 5 do conector DB9, comunicando-se com um computador externo (host) através da
interface RS-232, cuja distância máxima de comunicação é de não mais que 12m..

A.2 Ajuste de Parâmetros de Transmissão


O formato dos dados é fixo para a transmissão de forma que cada byte a ser transmitido tenha 7
bits de dados e 1 stop bit. Acesse Configuração → Configurações e pressione [F1] para
selecionar o grupo Impressão & com. e edite as configurações de comunicação conforme
instruído no Capítulo 7.2.2.2.

A.3 Transmissão
A.3.1 Transmissão na Tela de Contagem
Caso a função de transmissão automática esteja ativada, ao término da análise, o BC-2800
transmitirá automaticamente os resultados para o computador externo. Caso a função de
transmissão automática esteja desativada, somente será possível transmitir os resultados
manualmente a partir da tela Revisão.

A.3.2 Transmissão na Tela de Revisão


Selecione os resultados que deseja transmitir e transmita-os ao computador externo conforme
instruído no Capítulo 6.2.4.

A-2
Apêndice A Comunicação

A.3.3 Transmissão na Tela de Tabela CQ


Transmita os resultados conforme instruído no Capítulo 4.1.5.

A.4 Formato de Data de Transmissão

A.4.1 Descrição

A.4.1.1 Símbolos
Tabela D-1 Símbolos
[ENQ] 0x05
[STX] 0x02
[EOT] 0x04
[EOF] 0x1A
[ETX] 0x03
[ACK] 0x06
[NACK] 0x15
"A" 0x41
"B" 0x42
"C" 0x43
"#" 0x30-0x39
"*" 0x2A

A.4.1.2 Programação
Caso a saudação esteja desativada, o BC-2800 transmitirá o corpo do texto sem reconhecer a
presença de um computador externo.
Caso a saudação esteja ativada, o BC-2800 se comunicará com o computador externo nos
procedimentos a seguir:
1. O BC-2800 envia um ENQ (05 Hex), então aguarda até 4 segundos for pela resposta
do computador externo. Se o computador externo não responder, então mais um ENQ (05
Hex) é tentado antes da desistência.
2. O computador externo deve responder com o envio de um ACK (06 Hex). Caso
qualquer outra resposta seja recebida, outro ENQ (05 Hex) será enviado pelo analisador (no
máximo dois ENQ [05 Hex] serão enviados).
3. O analisador então envia :

Corpo de Texto
EOT (04 Hex)

A-3
Apêndice A Comunicação

ETX (03 Hex)

4. Desconexão BC-2800 envia um ETX 03 Hex), então aguarda 4 segundos que o


computador externo responda. Caso nenhuma resposta seja recebida, é enviado mais um
ETX (03 Hex), o BC-2800 aguarda 4 segundos antes de desistir e dá um alarme de Erro de
comunicação.
O computador externo deve responder com um ACK (06 Hex). Caso o computador
externo responda enviando um NACK (15 Hex), então o BC-2800 executará a Etapa 3 mais
uma vez. Caso nada mais seja recebido, o BC-2800 enviará o ETX (03 Hex) mais uma vez.

A.4.2 Formato de dados de Amostra


O formato de dados de amostra está exibido na Tabela D-2:

Tabela D-2 Formato de Dados de Amostra

Se a saudação estiver selecionada [ENQ]


Se a saudação não estiver selecionada [STX]
Início do corpo de texto
Código de distinção de texto “A”
ID ########
Modo da Amostra #
Mês ##
Dia ##
Ano ####
Hora ##
Minutos ##
Segundos ##
WBC[109/L] ###.#
Lymph#[109/L] ###.#
9
Mid#[10 /L] ###.#
9
Gran#[10 /L] ###.#
Lymph%[%] ##.#
Mid%[%] ##.#
Gran%[%] ##.#
12
RBC[10 /L] ##.#
HGB[g/L] ###
MCHC[g/L] ####
MCV[fL] ###.#
MCH [pg] ###.#

A-4
Apêndice A Comunicação

RDW-CV[%] ##.#
HCT[%] ##.#
PLT[109/L] ####
MPV[fL] ##.#
PDW ##.#
PCT[%] .###
RDW-SD[fL] ###.#
Reservado ############
Rm #
R1 #
R2 #
R3 #
R4 #
Pm #
Ps #
Pl #
L1 Região ###
L2 Região ###
L3 Região ###
L4 Região ###
L5 Região ###
L6 Região ###
L7 Região ###
L8 Região ###
Reservado #############
WBC Histo (256 canais) ###
RBC Histo (256 canais) ###
PLT Histo (256 canais) ###
Final do corpo de texto
Se a saudação estiver selecionada [EOT]
Se a saudação não estiver selecionada [EOF]

Para todos os formatos de dados, se os dados estiverem marcados com “*” no BC-2800, então
“*” (2A Hex) será transmitido ao computador externo.
L1 Região - L8 Região são LI - L8 de oito discriminadores de histograma como exibido na Figura D-2.

A-5
Apêndice A Comunicação

Figura D-2 Demonstração L1- L8

A.4.3 Formato de Dados CQ padrão


Formato de Dados CQ padrão conforme exibidos na Tabela D-3:

Tabela D-3 Formato de Dados CQ padrão


Se a saudação estiver selecionada [ENQ]
Se a saudação não estiver selecionada [STX]
Início do corpo de texto
Código de Distinção de Texto “B”
No. De Arquivo #
No. de Lote ######
Mês ##
Dia ##
Ano ####

WBC[109/L] ###.#

RBC[1012/L] #.##
HGB[g/L] ###

PLT[109 /L] ####

Lymph#[109/L] ###.#
Lymph%[%] ##.#
9
Gran#[10 /L] ###.#
Gran%[%] ##.#
HCT[%] ##.#
MCV[fL] ###.#

A-6
Apêndice A Comunicação

MCH[pg] ###.#
MCHC[g/L] ####

WBC Limit[109/L] ###.#


12
RBC Limit[10 /L] #.##
HGB Limit[g/L] ###
9
PLT Limit[10 /L] ####
Lymph# Limit[109/L] ###.#
Lymph% Limit[%] ##.#
9
Gran# Limit[10 /L] ###.#
Gran% Limit[%] ##.#
HCT Limit[%] ##.#
MCV Limit[fL] ###.#
MCH Limit[pg] ###.#
MCHC Limit[g/L] ####
Final do corpo de texto

Se a saudação estiver selecionada [EOT]

Se a saudação não estiver selecionada [EOF]

Se a saudação estiver selecionada [ETX]

Caso o No. de Lote, Mês, Dia, Ano estiverem vazios no menu Edição CQ, o “*” (2A Hex) será
transmitido ao computador externo.

A.4.4 Formato de Dados de Execução CQ


Formato de Dados de Execução CQ padrão conforme exibidos na Tabela D-4:

Tabela D-4 Formato de Dados de Execução CQ


Se a saudação estiver selecionada [ENQ]
Se a saudação não estiver selecionada [STX]
Início do corpo de texto
Código de Distinção de Texto ‘C’
Mês ##
Dia ##
Ano ####
Hora ##
Minutos ##
WBC[109/L] ###.#

A-7
Apêndice A Comunicação

RBC[1012/L] #.##
HGB[g/L] ###
9
PLT[10 /L] ####
Lymph#[109/L] ###.#
Lymph%[%] ##.#
Gran#[109/L] ###.#
Gran%[%] ##.#
HCT[%] ##.#
MCV[fL] ###.#
MCH[pg] ###.#
MCHC[g/L] ####
Final do corpo de texto

Se a saudação estiver selecionada [EOT]


Se a saudação não estiver selecionada [EOF]
Se a saudação estiver selecionada [ETX]

A-8
Índice

Apêndice B Índice

WBC, 9-5
A
controle, 1-4
ajuste de histogramas, 3-23,6-4 Princípio de Coulter, 1-6
ambiente, Contagem
exigências de umidade, 1-14 Princípio de Contagem, 1-6
exigências de temperatura, 1-14 procedimento, 3-18
nome do analisador e indicação de Tela, 3-5
uso, 1-3 CV
abertura , 1-5,1-6,1-7,1-8,1-9 definição, 4-12
enxaguar,8-2,8-7 fórmula, 4-12
tamanho , 1-12 zap, 8-2,8-6
aspiração,

D
Conector DB9, A-1
B
diluição, 1-6
molho
dimensões, 1-14
limpeza, 1-5,8-3,8-13
visor, 1-13
drenagem, 8-13
diluente
taxa de baud, 2-10,7-11
conexão, 2-3
foto corrente blank, 1-9
definição, 1-5
bolhas, 1-7,3-17
preparação, 8-5
RBC, 9-2,9-4
Drenar tubulação, 8-14
WBC, 9-2,9-6

E
erro
C antecedente anormal, 9-3
Calibração erro A/D, 9-10
condições, 5-1 Erro de comunicação, 9-6
sangue fresco, 5-1,5-16 diluente vencido, 9-8
manual, 5-1,5-3 sem diluente, 9-9
preparações, 5-2 erro de memória dinâmica, 9-11
propósito, 5-1 erro de motor elevador, 9-10
fatores, 5-5 temperatura ambiente anormal, 9-3
procedimentos, 5-5 erro de arquivo, 9-11
propósito, 5-1 erro de filtro, 9-9
qualidade, 5-1 ajuste HGB, 9-3
erro HGB, 9-3
com calibradores, 5-1,5-9
lise vencido, 9-9
calibrador, 1-4
entupimento, 3-12
RBC, 9-3

B-1
Índice

Sem lise, 9-8 HGB


Barra de pressão para cima, 9-8 definição, 1-3
erro de pressão, 9-10 faixa de operação, 1-12
Erro de conexão de impressora, 9-7 fórmula, 1-10
impressora sem papel, 9-7 faixa linear, 1-12
bolhas RBC, 9-6 Reprodutibilidade, 1-13
entupimento RBC, 9-5 umidade, 1-14
erro de relógio de tempo real, 9-9
Gravador sem papel, 9-7
Erro de comunicação de gravador, 9-7 I
gravador muito aquecido, 9-8 ID, 3-7
rinse vencido, 9-8 instalação, 2-3
sem rinse, 9-11 exigências, 2-2
Erro de motor de rotação, 9-9 indicação de uso, 1-3
erro de leitor, 9-6
Erro de comunicação de leitor, 9-7
erro de motor de seringa, 9-9 L
LCD, 1-13
erro de vácuo, 9-10
leucócito, 1-3
resíduo cheio, 9-11
granulócito, 1-3
Bolhas WBC, 9-4
linfócito, 1-3
Entupimento WBC, 9-4
Célula de Tamanho Médio, 1-3
Limpador E-Z
faixa linear, 1-12
definição, 1-5
Lymph#
uso, 3-29,8-10
definição, 1-3
fórmula, 1-9
G
Lymph%
ganho
definição, 1-3
ajuste de ganho HGB, 7-20
fórmula, 1-9
ajuste de ganho RBC, 7-18
ajuste de ganho WBC, 7-19 lise
Gran# Conexão, 2-4
definição, 1-3 definição, 1-5
fórmula, 1-9 prime, 8-5
Gran% teste, 8-9
definição, 1-3
fórmula, 1-9
M
Manutenção, 8-1
H
regular, 8-2
Saudação, A-2
system, 8-4
HCT
definição, 1-3 MCH
fórmula, 1-10 definição, 1-3
fórmula, 1-10
MCHC

B-2
Índice

definição, 1-3
Pm, 3-22
fórmula, 1-10
Energia
MCV
Consumo elétrico, 1-14
definição, 1-3,1-9
fusível, 1-14
faixa de exibição, 1-12
voltagem, 1-14
faixa linear, 1-12
Modo pré-diluído
Reprodutibilidade, 1-13
Preparar amostras, 3-16
Mid#
analisar, 3-18
definição, 1-3
Preparar para embarque, 8-15
fórmula, 1-9
impressora
Mid%
formato, 7-10
definição, 1-3
tipo de suporte, 1-13
fórmula, 1-9
limpador de sonda
MPV
definição, 1-4,1-10 definição, 1-5
uso, 8-3,8-9
bloco de limpeza de amostra
N
NRBC, 1-8 ajuste, 8-28
limpeza, 8-14
substituição, 8-30
O programação, A-3
Medição volumétrica óptica, 1-7 Ps, 3-22

P
parâmetro descrição, 1-11 Q
ajuste de paridade, 7-12 QC
editar configurações, 4-3
Senha, 7-2
executar, 4-8
PCT
tabela, 4-12
definição, 1-4
Controle de Qualidade
fórmula, 1-10
controle,4-2
PDW
definição, 1-4,1-10 propósito, 4-1
Desempenho Especificações Análise X-B, 4-1,4-14
faixa de exibição, 1-12
faixa linear, 1-12
R
Reprodutibilidade, 1-13
PL, 3-22 R1, 3-21
PLT R2, 3-21
definição, 1-4,1-10 R3, 3-21
faixa de exibição, 1-12 R4, 3-21
faixa linear, 1-12 Rm, 3-21
Reprodutibilidade, 1-13 RBC
definição, 1-3,1-9
faixa de exibição, 1-12
faixa linear, 1-12

B-3
Índice

Reprodutibilidade, 1-12 Faixa de Referência, 7-24


RDW Outro, 7-28
RDW-CV, 1-3,1-10 Desligar, 3-27
RDW-SD, 1-3,1-10 Especificações, 1-11
Reagente, 1-5 Sistema
Conexão, 2-3 Condição, 3-6,8-17
Exigida, 1-13 auto-teste, 8-19
Gravador
Térmico embutido, 1-13

T
Formato,7-9
Uso, 2-6 Tabela
Faixa de Referência, 7-22 Amostra, 6-5
exigências Pesquisa, 6-11
Temperatura ambiente e umidade, Produção, 1-12
1-14 Transmissão
Ambiente, 2-2 formato de dados, A-2
Força, 1-14, 2-2 Na tela de Contagem, A-2
Espaço, 2-2 Na tela de Tabela CQ, A-2
Resultado Na tela de revisão, A-2
Faixa de operação, 3-21 Solução de Problemas 9-1
Rinse Conexão de tubulação, 2-3
Conexão, 2-4
definição, 1-5
Preparação, 8-4 U
Porta Serial RS232 desembalagem, 2-1
Quantidade, 1-13
Uso, A-1
V
S válvula
sample teste, 8-21
análise, 3-18
revisão, 6-1 W
sonda de amostra
WBC
ajuste, 8-28
definição, 1-3 fórmula, 1-8
localizador de sonda de
faixa de operação, 1-12
amostra, 8-28
faixa linear, 1-12
configuração
Reprodutibilidade, 1-12
contagem, 7-20
Data & Hora, 7-15 peso, 1-14
ganho, 7-17
Senha, 7-1

impressão & Comunicação, 7-9


X
Reagentes, 7-6
Análise X-B

B-4
Índice

editar, 4-15
gráfico, 4-18 Z
tabela, 4-18 zap aberturas, 8-6

B-5
Fabricado por:
Shenzhen Mindray Bio-Medical Eletronics Co., Ltd.
Mindray Building, Keji 12th Road South, Hi-tech Industrial Park,
Nanshan, Shenzhen 518057 , P. R. China

Importado e Distribuído por:


VR Medical Ltda
Rua Batataes, 391 conj. 12 – Jardim Paulista.
CEP: 01423-010 – São Paulo
CNPJ: 04.718.143/0001-94
Resp. Técnica: Dra Eliana Paula Roque - CRF-SP 26.902
Reg. ANVISA nº

Representante Legal Responsável Técnico


Vera Lúcia Rosas Dra. Eliana Paula Roque
CRF-SP 26.902

P/N: 2800-20-28795

Você também pode gostar