Você está na página 1de 17

MITOCÔNDRIAS

MITOCÔNDRIA

 Grego mito: filamento e chondrion: grânulo

 Estão presentes no citoplasma das células


eucarióticas

 São organelas notavelmente móveis e plásticas,


mudando constantemente suas formas e mesmo
fundindo-se umas com as outras e se separando
novamente.
MITOCÔNDRIA

Organela celular responsável pela respiração


celular.

Utiliza-se de oxigênio e glicose e os converte


em energia - ATP, que devolve para a célula.

A mitocôndria está presente em grande


quantidade nas células do sistema nervoso
(na extremidade dos axiomas), do coração,
por exemplo, pois apresentam maior gasto
de energia.
MITOCÔNDRIA

 O seu número varia entre as células, sendo


proporcional à atividade metabólica de cada uma,
indo de quinhentas a mil ou até dez mil por célula.
MITOCÔNDRIA
Apresenta duas membranas fosfolipídicas,
uma externa lisa e outra interna que se dobra
formando vilosidades - cristas mitocondriais.

A região interna é conhecida como matriz


mitocondrial, onde existem proteínas,
ribossomos e DNA mitocondrial, de forma
circular
MITOCÔNDRIA

 Matriz: contêm uma mistura altamente concentrada de


centenas de enzimas necessárias à respiração celular

 Membrana Interna: formam pregas chamadas cristas que


aumentam grandemente a sua área superficial total.

 Membrana Externa: altamente permeável; possui poros


(porinas) que permitem o trânsito livre de moléculas

 Espaço Intermembrana: que contém várias enzimas; onde


acumula prótons transportados da matriz
MITOCÔNDRIA

 Membrana Interna: contêm proteínas com três tipos de


funções:

 1. aquelas que conduzem as reações da cadeia respiratória

 2. um complexo enzimático chamado ATPsintetase, que produz


ATP na matriz

 3. proteínas transportadoras específicas, que regulam a


passagem para dentro e fora da matriz.
MITOCÔNDRIA- reprodução

 Antes que a células se divida, todos os seus


componentes são duplicados, incluindo as mitocôndrias.

 A reprodução das mitocôndrias ocorre por fissão


binária, onde acontece um aumento de tamanho da
organela preexistente para a fissão.

 Nem todas as mitocôndrias existentes na célula sofrem


fissão, e para compensar isso, algumas se dividem
repetidas vezes.
MITOCÔNDRIA- reprodução
MITOCÔNDRIA- origem

 Mecanismo de reprodução por fissão semelhante ao da


bactéria,
 Presença de DNA circular – semelhante ao das bactérias,
 Ribossomos semelhantes ao da bactéria

 Sugerem que as mitocôndrias evoluíram de bactérias


endocitadas há mais de um bilhão de anos.

TEORIA DA ENDOSIMBIOSE

 Células eucariontes anaeróbicas estabeleceram relação


simbiótica com bactérias aeróbicas.
MITOCÔNDRIA- origem
Para realizar as suas atividades, a célula nacessita de energia.
A mitocôndria é a organela encarregada de extrair energia a
partir dos nutrientes e do oxigênio.

RESPIRAÇÃO CELULAR

A glicose é a principal substância utilizada para liberar energia.


O processo é resumido assim:
Glicose + oxigênio ---> gás carbônico + água + energia
MITOCÔNDRIA- funções

 A energia liberada é utilizada nas diversas formas de


trabalho celular: movimento, produção de calor,
síntese de macromoléculas, transporte ativo etc.

 Quanto mais ativa for a célula, maior será o número


de mitocôndrias encontradas nela;

 A quantidade de cristas parece também ser


proporcional à atividade celular. Além disso, o
acúmulo de mitocôndrias numa certa região celular
indica uma grande atividade energética no local.
RESPIRAÇÃO CELULAR

A energia liberada nesse processo é


armazenada sob forma de moléculas de
adenosina-trifosfato (ATP).
RESPIRAÇÃO CELULAR
RESPIRAÇÃO CELULAR

 1a. etapa: os carboidratos e lipídeos, principalmente a


glicose e os ácidos graxos, são as principais
substâncias quebradas para a respiração celular.

 A glicose é quebrada no citosol em um processo


chamado GLICÓLISE.
RESPIRAÇÃO CELULAR

 Etapas seguintes:

- Ciclo de Krebs

- Cadeira respiratória: formação de água e liberação


de energia