Você está na página 1de 3

180 – São Paulo, 127 (164) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I quarta-feira, 30 de agosto de 2017

PORTARIA DO DIRETOR DE FACULDADE DE TECNOLOGIA Nº 5. A seleção será realizada seguindo critérios objetivos, por Comissão de Cultura e Extensão - Angelica Saiuri de Aurelio 2. - As inscrições serão julgadas pela Congregação, em seu
441 DE 29/08/2017 meio de atribuição de notas em provas, que serão realizadas em Penteado aspecto formal, sendo a decisão publicada em Diário Oficial do
O Diretor de Faculdade de Tecnologia da FACULDADE DE TEC- uma única fase, na seguinte conformidade: Departamento de Cardiopneumologia - Arthur Orlando de Estado de São Paulo e o concurso deverá realizar-se no prazo
NOLOGIA PROFESSOR WILSON ROBERTO RIBEIRO DE CAMARGO, I. Prova Escrita: peso 2 (dois). Azevedo Pires máximo de cento e vinte dias após a publicação.
com fundamento parágrafo único, do Artigo 7º, das Deliberações II. Prova Didática: peso 4 (quatro). Departamento de Cirurgia - Yuri Tebelskis Nunes Dias - Pedro 3. - O concurso, de acordo com os Artigos 48 e 51 Regimento
CEETEPS 009/2015, alterada pela 24/2015, designa para compor, 5.1. A prova escrita, que versará sobre o programa base do Luis Furlam Interno da Faculdade de Odontologia, consistirá das seguintes
sem prejuízo de suas funções, a Comissão Especifica de Concurso processo seletivo, será realizada de acordo com o disposto no Departamento de Clínica Médica - Vitor Carminatti Romano provas:
Público na disciplina INGLÊS III, do Curso GESTÃO DA TECNOLO- artigo 139 e seu parágrafo único do Regimento Geral da USP. - Mateus Henrique Fernandes Martins da Silva a. - prova escrita - peso 02 (dois);
GIA DA INFORMAÇÃO. 5.1.1. A Comissão de Seleção organizará uma lista de dez Departamento de Dermatologia - Adler Araujo Ribeiro Melo b. - defesa de tese - peso 02 (dois);
1. OSVALDO D ESTEFANO ROSICA, RG.: 00013953294, pontos, com base no programa do processo seletivo, e dela dará Departamento de Gastroenterologia - Raony Ferreira França c. - julgamento do memorial com prova pública da arguição
COORDENADOR DO CURSO; conhecimento aos candidatos, vinte e quatro horas antes do Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina – peso 04 (quatro);
2. ELIDE GARCIA SILVA VIVAN, RG.: 00003383016-5, PROFES- sorteio do ponto. Social e do Trabalho - Arthur Petrillo Bellintani d. - avaliação didática - peso 01 (um);
SOR DE ENSINO SUPERIOR; 5.1.2. Sorteado o ponto, inicia-se o prazo improrrogável de Departamento de Medicina Preventiva - Raony Ferreira e. - prova prática – peso 01 (um).
3. EONA MORO RIBEIRO, RG.: 00022278337-0, PROFESSOR cinco horas de duração da prova. França 4. - A prova escrita, que versará sobre assunto de ordem geral
DE ENSINO SUPERIOR; 5.1.3. Durante sessenta minutos, após o sorteio, será permi- Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias - Lucas e doutrinária, será realizada de acordo com o disposto no Artigo
FACULDADE DE TECNOLOGIA DEPUTADO WALDYR ALCEU tida a consulta a livros, periódicos e outros documentos biblio- Yongsoo Park 139 e seu parágrafo único, do Regimento Geral da Universidade
TRIGO - SERTÃOZINHO gráficos de uso público, não em meio eletrônico, que o candidato Departamento de Neurologia - João Paulo Mota Telles de São Paulo conforme segue:
CONCURSO PÚBLICO DE PROFESSOR DE ENSINO SUPERIOR tiver levado para o local da prova, do qual não lhe será permitido Departamento de Obstetrícia e Ginecologia - Matheus Belloni a. - a comissão organizará uma lista de dez pontos, com base
– EDITAL Nº 176/12/2017, PROCESSO Nº 3195/2017, CÓDIGO DO ausentar-se durante esse período. Torsani - Milena da Cruz Palma no programa do concurso e dela dará conhecimento aos candida-
PORTAL Nº 6631 5.1.4. As anotações efetuadas durante o período de consulta Departamento de Oftalmologia e Otorrinolaringologia - Gus- tos, vinte e quatro horas antes do sorteio do ponto;
Autorização Governamental constante do Processo CEETEPS poderão ser utilizadas no decorrer da prova, devendo ser feitas tavo Rosa Gameiro b. - sorteado o ponto, inicia-se o prazo, improrrogável, de
nº 7.184-15 (SG-178.338-16), publicada no DOE de 18/01/2017, em papel rubricado pela Comissão de Seleção e anexadas ao Departamento de Ortopedia e Traumatologia - Yuri Tebelskis cinco horas de duração da prova;
seção I, página 41 texto final. Nunes Dias - Vitor Carminatti Romano c. - durante sessenta minutos, após o sorteio, será permitida
PORTARIA DO DIRETOR DE FACULDADE DE TECNOLOGIA Nº 5.1.5. A prova, que será lida em sessão pública pelo candi- Departamento de Patologia - Pedro Ferreira Paiva Moreira a consulta a livros, periódicos e outros documentos bibliográficos;
40 DE 29/08/2017 dato, deverá ser reproduzida em cópias que serão entregues aos Departamento de Pediatria - Rodrigo Werner Toccoli d. - as anotações efetuadas durante o período de consulta
O Diretor de Faculdade de Tecnologia da FACULDADE DE membros da Comissão de Seleção, ao se abrir a sessão; Departamento de Psiquiatria - Nickolas Andreas Bom Carui poderão ser utilizadas no decorrer da prova devendo ser feitas em
TECNOLOGIA DEPUTADO WALDYR ALCEU TRIGO, com funda- 5.1.6. Cada prova será avaliada pelos membros da Comissão Departamento de Radiologia e Oncologia - Priscilla Barbosa papel rubricado pela comissão e anexadas ao texto final;
de Seleção, individualmente. Costa e. - a prova, que será lida em sessão pública pelo candidato,
mento parágrafo único, do Artigo 7º, das Deliberações CEETEPS
5.2. A prova didática será pública, com a duração mínima de deverá ser reproduzida em cópias que serão entregues aos mem-
009/2015, alterada pela 24/2015, designa para compor, sem FACULDADE DE ODONTOLOGIA
40 (quarenta) e máxima de 60 (sessenta) minutos, e versará sobre bros da comissão julgadora, ao se abrir a sessão;
prejuízo de suas funções, a Comissão Especifica de Concurso
o programa base do processo seletivo, nos termos do art. 137, do EDITAL FO 28/2017 f. - cada prova será avaliada pelos membros da comissão
Público na disciplina GESTÃO DA QUALIDADE, do Curso MECÂNI-
Regimento Geral da USP. CONVOCAÇÃO DOS CANDIDATOS PARA O CONCURSO julgadora, individualmente.
CA- PROCESSOS DE SOLDAGEM.
5.2.1. O sorteio do ponto será feito 24 (vinte e quatro) horas PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS VISANDO AO PROVIMENTO DE Parágrafo Único - O candidato poderá propor a substituição
1. MIRIAN ISABEL JUNQUEIRA SARNI, RG.: 00016921583-0,
antes da realização da prova didática; 01 (UM) CARGO DE PROFESSOR DOUTOR JUNTO AO DEPAR- de pontos, imediatamente após tomar conhecimento de seus
COORDENADOR DO CURSO;
5.2.2. O candidato poderá utilizar o material didático que TAMENTO DE PRÓTESE DA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DA enunciados, se entender que não pertencem ao programa do
2. EVALDO FEREZIN, RG.: 00021697567-0, PROFESSOR DE
julgar necessário. UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. concurso, cabendo à comissão julgadora decidir, de plano, sobre a
ENSINO SUPERIOR;
5.2.3. O candidato poderá propor substituição dos pontos, O Diretor da Faculdade de Odontologia da Universidade procedência da alegação.
3. MARA REGINA MELLINI JABUR, RG.: 00105967762, PRO- 5. - Na defesa pública de tese ou de texto elaborado, os
imediatamente após tomar conhecimento de seus enunciados, se de São Paulo CONVOCA os candidatos Danny Omar Mendonza
FESSOR DE ENSINO SUPERIOR; examinadores levarão em conta o valor intrínseco do trabalho, o
entender que não pertencem ao programa do processo seletivo, Marin, RNE V713800-K; Osmar Vieira de Castro Junior, RG
* domínio do assunto abordado, bem como a contribuição original
cabendo à Comissão de Seleção decidir, de plano, sobre a proce- 13.021.513; Eduardo Inada, RG 17.478.238-X; Joel Ferreira
dência da alegação. Santiago Junior, RG 44.134.353-3; Larissa Soares Reis Vilanova, do candidato na área de conhecimento pertinente, obedecidas as
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO 5.2.4. Os candidatos que se apresentarem depois do horário RG 4.873.554; Mônica Nogueira Pigozzo Oioli, RG 29.798.555-3; seguintes normas:
estabelecido não poderão realizar as provas. Maria Paula Della Vecchia, RG 34.433.941-0; Luiz Martins Turano, a. - a tese ou o texto será enviado a cada membro da comis-
5.2.5. Se o número de candidatos o exigir, eles serão RG 5.243.075-3; Marina Amaral, RG 1084462223; Karin Hitomi são julgadora pelo menos trinta dias antes da realização da prova;
UNIDADES UNIVERSITÁRIAS Ishikawa, RG 22.308.974-6; Roger Nishyama, RG 26.524.447-X e b. - a duração da arguição não excederá de trinta minutos por
divididos em grupos de no máximo três, observada a ordem de
inscrição, para fins de sorteio e realização da prova. Cindy Goes Dodo.RG 28.969.008-0 inscritos no concurso público examinador, cabendo ao candidato igual prazo para a resposta;
ESCOLA POLITÉCNICA 5.2.6. As notas da prova didática serão atribuídas após o de títulos e provas visando ao provimento de 01 (um) cargo de c. - havendo concordância entre o examinador e o candidato,
No comunicado EP-Concursos 010/2017, onde se Lê: ref. término das provas de todos os candidatos. Professor Doutor junto ao Departamento de Prótese da Faculdade poderá ser estabelecido o diálogo entre ambos, observado o prazo
Edital EP-Concursos - 029/2016, Leia-se Edital EP-Concursos - 6. Os pesos das provas são os mesmos estabelecidos no Regi- de Odontologia da Universidade de São Paulo, conforme Edital global de sessenta minutos.
064/2016 mento das Unidades da USP e, para o cálculo da média individual, FO 15/2017 para o início do concurso, no dia 23 de outubro de 6. - O julgamento do memorial e a avaliação da prova pública
EDITAL - EP/CONCURSOS – 057/2017 a soma dos pesos será o quociente de divisão. 2017, às 8 horas, na Sala da Congregação desta Unidade, à Av. de arguição serão expressos mediante nota global, atribuída após
CONVOCAÇÃO PARA AS PROVAS 7. Serão considerados habilitados os candidatos que alcança- Professor Lineu Prestes, 2227 – Cidade Universitária – São Paulo/ a arguição de todos os candidatos, devendo refletir o desempe-
Terá início no dia 25 de setembro de 2017, às 7h30min, no rem, da maioria dos examinadores, nota mínima sete. SP, munidos de documento de identidade. nho na arguição, bem como o mérito dos candidatos.
8. A Comissão de Seleção deve definir o primeiro colocado EDITAL FO 29/2017 Parágrafo primeiro - O mérito dos candidatos será julgado
Departamento de Engenharia de Computação e Sistemas Digitais-
pela maioria das indicações dos membros da Comissão. Excluído ANÁLISE DE INSCRIÇÕES PARA PROCESSO SELETIVO SIMPLI- com base no conjunto de suas atividades, que poderão com-
-PCS, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, na Ave-
o primeiro colocado, a Comissão deverá, dentre os candidatos FICADO JUNTO AO DEPARTAMENTO DE DENTÍSTICA DA FACUL- preender:
nida Professor Luciano Gualberto, Travessa 3, número 158, Cidade
remanescentes, escolher o segundo colocado pela maioria das DADE DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. a. - produção científica, literária, filosófica ou artística;
Universitária, SP, o concurso público de títulos e provas para
indicações de seus membros, e assim, sucessivamente. O Diretor da Faculdade de Odontologia da Universidade de b. - atividade didática;
provimento de 1 (um) cargo de Professor Doutor, referência MS-3,
9. Em caso de empate, a Comissão de Seleção procederá ao São Paulo, ad referendum do Conselho Técnico-Administrativo, c. - atividades de formação e orientação de discípulos;
em RDIDP, na especialidade “Sistemas Digitais”, conforme Edital
desempate com base na média global obtida por cada candidato. em 29 de agosto de 2017, APROVOU as inscrições dos interes- d. - atividades relacionadas à prestação de serviços à
EP/Concursos- 021/2017 de abertura de inscrições, publicado no
10. O programa base do processo seletivo será o seguinte: sados abaixo listados para o processo seletivo simplificado para comunidade;
D.O.E. de 26/04/2017, para o qual estão inscritos os candidatos:
- Design visual e identidade contratação de 01 (um) docente por prazo determinado, como e. - atividades profissionais, ou outras, quando for o caso;
Ângelo Cesar Colombini; Anibal Cotrina Atencio; Átila Madu-
- Design visual e mídias impressas Professor Contratado III (MS-3.1), junto ao Departamento de Den- f. - diplomas e outras dignidades universitárias.
reira Bueno; Cesar Augusto Peña Fernandez; Danilo Zucolli Figuei- Parágrafo segundo - A comissão julgadora considerará, de
- Design visual e mídias eletrônicas tística, disciplina de Endodontia, conforme Edital FO nº 20/2017.
redo; Denis Gustavo Fantinato; Diego Silvério da Silva; Diogo preferência, os títulos obtidos, os trabalhos e demais atividades
- Design do ambiente na escala do edifício 1. Elaine Faga Iglecias, RG 23.313.450-5
Ferreira Lima Filho; Elói Fonseca; Fábio Belotti Colombo; Gabriela 2. Maria Stella Nunes Araujo Moreira, RG 18.637.360-0 realizadas após a obtenção do grau de doutor.
Werner Gabriel; Glauber de Bona; João Carlos Néto; Johnny - Design do ambiente na escala da cidade
- Relações entre design, arte e arquitetura. 3. Laila Gonzales Freire Gusukuma, RG 26.577.867-0 7. - A prova prática será realizada de acordo com o disposto
Cardoso Marques; Laisa Caroline Costa de Biase; Luciano Cássio 4. Natália Guimarães Kalatziz Sousa, RG 2.273.173 nos Artigos 39, 40 e 41, do Regimento Interno da Faculdade de
Lulio; Marcel Jacques Simonette; Marcel Stefan Wagner; Marcelo - Design visual e sinalização
- Design visual e exposições EDITAL FO 30/2017 Odontologia:
Archanjo José; Marcelo Arturo Jara Perez; Osvaldo Gogliano Sobri- ANÁLISE DE INSCRIÇÕES PARA PROCESSO SELETIVO SIMPLI- a. - A Comissão Julgadora realizará sessão para a organi-
- Design visual e interatividade
nho; Paulino Ng e Rogério Issamu Yamamoto. FICADO JUNTO AO DEPARTAMENTO DE DENTÍSTICA DA FACUL- zação dos pontos, modus faciendi e duração da prova prática.
- Design visual, cidade e comunicação.
A Comissão Julgadora estará constituída dos seguintes DADE DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Parágrafo Primeiro – Nas disciplinas clínicas uma parte será
- Design da informação
membros: O Diretor da Faculdade de Odontologia da Universidade de de exame do paciente e outra de tratamento, ou então, não sendo
- Processos de projeto em design visual
TITULARES: São Paulo, ad referendum do Conselho Técnico-Administrativo, isto possível, indicá-lo e discuti-lo.
11. É de responsabilidade do candidato o acompanhamento
Profa. Dra. Anna Helena Reali Costa (Titular – PCS/EPUSP) em 29 de agosto de 2017, APROVOU as inscrições dos interes- Parágrafo Segundo – A prova prática não é pública, mas pode
do andamento do processo seletivo, por meio de acesso ao link:
Prof. Dr. Edson Satoshi Gomi (Doutor – PCS/EPUSP) sados abaixo listados para o processo seletivo simplificado para ser assistida por qualquer membro da Congregação.
https://uspdigital.usp.br/gr/admissao, à página institucional da
Prof. Dr. Eduardo Lorenzetti Pellini (Doutor - PEA/EPUSP) contratação de 02 (dois) docentes por prazo determinado, como b. - Aprovados a lista de pontos e o modus faciendi da prova
Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São
Prof. Dr. Valdir Grassi Junior (Doutor – EESC/USP) Professor Contratado III (MS-3.1), junto ao Departamento de Den- prática, serão os mesmos comunicados, por escrito, a todos os
Paulo (www.fau.usp.br/a-fau/concursos) e às publicações no
Prof. Dr. Ricardo Caneloi dos Santos (Doutor – UFABC) tística, disciplina de Dentística, conforme Edital FO nº 21/2017. candidatos, tendo a prova início com intervalo mínimo de vinte e
Diário Oficial do Estado de São Paulo.
SUPLENTES 1. Bruno de Castro Ferreira Barreto, RG MG11491179 quatro horas após a comunicação.
12. O não comparecimento do candidato às provas progra-
Prof. Dr. Bruno de Carvalho Albertini (Doutor – PCS/EPUSP) 2. Gisela Muassab Castanho, RG 22.714.641-4 Parágrafo Primeiro – O prazo referido neste artigo poderá
madas implicará automaticamente sua desistência do processo
Prof. Dr. Giovanni Manassero Junior (Doutor – PEA/EPUSP) seletivo. 3. Alexander Cassandri Nishida, RG 33.812.886-4 ser mudado à juízo da Comissão Julgadora, com anuência dos
Prof. Dr. Reinaldo Augusto da Costa Bianchi (Doutor – FEI) 13. O relatório da Comissão de Seleção será apreciado pelo 4. Natasha Lamêgo Brandão de Souza, RG 11.698.722-3 candidatos.
Prof. Dr. Guiou Kobayashi (Doutor – UFABC) Conselho Técnico Administrativo da Faculdade de Arquitetura e 5. Caroline Ely, RG 1065582387 Parágrafo Segundo – Os candidatos poderão apresentar à
Prof. Dr. Valdinei Freire da Silva (Doutor – EACH/USP) Urbanismo da Universidade de São Paulo, para fins de homologa- EDITAL FO 27/2017 Comissão Julgadora qualquer reclamação que julgarem pertinen-
Ficam, pelo presente edital, convocados os candidatos e a ção, após exame formal. ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO DE HABILITA- tes à lista de pontos e ao modus faciendi, imediatamente após
Comissão Julgadora acima mencionados. 14. A contratação será por prazo determinado e vigorará a ÇÃO À LIVRE-DOCÊNCIA DOS DEPARTAMENTOS DA FACULDADE a comunicação.
partir da data do exercício e até 31.07.2018, com possibilidade DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, COM BASE Parágrafo Terceiro – Caberá à Comissão Julgadora verificar
FACULDADE DE ARQUITETURA E de prorrogações, desde que a soma dos períodos não ultrapasse EM DISCIPLINA OU CONJUNTO DE DISCIPLINAS. a procedência da reclamação apresentada e resolvê-la de plano,
URBANISMO o prazo de dois anos. O Diretor da Faculdade de Odontologia da Universidade de devendo o teor da reclamação e do julgamento serem consig-
Edital ATAc 038/2017 15. Os docentes contratados por prazo determinado ficarão São Paulo, nos termos do Regimento Geral da Universidade de nados em ata.
A Diretora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da submetidos ao Estatuto dos Servidores da Universidade de São São Paulo e Regimento Interno da Faculdade de Odontologia, 7.1. - À prova prática de laboratório aplicam-se as seguintes
Universidade de São Paulo torna público a todos os interessados Paulo e vinculados ao Regime Geral da Previdência Social – RGPS. torna público que, com a aprovação da Congregação, em sessão normas:
que, conforme aprovação do Conselho Técnico Administrativo, 16. São condições de admissão: de 24 de agosto de 2017, estarão abertas as inscrições ao con- a. - a Faculdade providenciará instalações laboratoriais
em sessão realizada em 21.08.2017, estarão abertas pelo prazo I. Estar apto no exame médico pré-admissional realizado curso público para obtenção do título de Livre-Docência, junto aos condizentes e adequadas à prova, conforme solicitação do
de 30 dias, a partir das 09h00 (horário oficial de Brasília) do dia pela USP; Departamentos de Biomateriais e Biologia Oral (ODB); Cirurgia, Departamento;
30.08.2017 até às 16h00 do dia 28.09.2017, as inscrições para II. Ser autorizada a acumulação, caso o candidato exerça Prótese e Traumatologia Maxilofaciais (ODC); Dentística (ODD); b. - quando houver mais de um candidato a prova poderá ser
o processo seletivo para contratação de um docente por prazo outro cargo, emprego ou função pública; Estomatologia (ODE); Ortodontia e Odontopediatria (ODO); Pró- realizada simultaneamente, destinando-se espaço próprio para
determinado, como Professor Contratado III (Professor Doutor III. No caso de candidato estrangeiro aprovado no pro- tese (ODP) e Odontologia Social (ODS), por 15 (quinze) dias, de cada um dos candidatos;
1), em jornada de doze horas semanais de trabalho, recebendo o cesso seletivo e convocado para contratação, apresentar visto 01 até 15 de setembro de 2017, na Assistência Acadêmica, Av. c. - o primeiro candidato inscrito procederá ao sorteio do
salário de R$ 1.849,66, junto a área de conhecimento de Progra- temporário ou permanente que faculte o exercício de atividade Prof. Lineu Prestes, 2227 - Cidade Universitária "Armando de ponto;
mação Visual do Departamento de Projeto da FAUUSP, nos termos remunerada no Brasil. Salles Oliveira", São Paulo/SP, das 10h às 12h e das 14h às 17h, d. - a Comissão Julgadora estabelecerá o prazo de duração
Maiores informações, bem como as normas pertinentes ao de segunda à sexta-feira. da prova, de acordo com o ponto sorteado;
da Resolução nº 5.872/10 e alterações posteriores, bem como da
processo seletivo, encontram-se à disposição dos interessados na 1. - No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar e. - o candidato terá o prazo máximo de 40 minutos para
Resolução nº 7.354/17.
Assistência Técnica Acadêmica da FAUUSP, por meio dos telefo- requerimento dirigido ao Diretor da Faculdade de Odontologia listar e estabelecer a disposição de material, instrumental, medi-
1. Os membros da Comissão de Seleção serão indicados pelo
nes: 3091-4798 e 3091-4536. da Universidade de São Paulo, contendo dados pessoais e a área camentos e equipamentos necessários à realização da prova, a
Conselho Técnico Administrativo da Faculdade de Arquitetura
de conhecimento (especialidade) do Departamento que deseja partir do qual transcorrerá o tempo de duração da prova;
e Urbanismo da Universidade de São Paulo, após o término do
FACULDADE DE ECONOMIA, concorrer, instruído por: f. - durante a execução da prova a Comissão Julgadora acom-
período de inscrições e de acordo com os termos da Resolução
a. - prova de que é portador do título de doutor, outorgado panhará o seu desenvolvimento, podendo solicitar informações;
nº 7.354/17. ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DE
pela Universidade de São Paulo, por ela reconhecido ou de vali- g. - ao final da prova cada membro da Comissão poderá for-
2. Os pedidos de inscrição deverão ser feitos, exclusivamente, RIBEIRÃO PRETO dade nacional (cópia frente e verso do diploma ou ata de defesa mular perguntas, não podendo ultrapassar o prazo de 10 minutos,
por meio do link: https://uspdigital.usp.br/gr/admissao, no período FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILI- assegurado ao candidato igual tempo para a resposta.
homologada pelo órgão competente);
acima indicado, devendo o candidato apresentar requerimento DADE DE RIBEIRÃO PRETO b. - memorial circunstanciado, no qual sejam comprovados os Parágrafo Primeiro – Terminada a prova prática o candidato
dirigido à Diretora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Comunicado trabalhos publicados, as atividades realizadas pertinentes ao con- terá o prazo de 30 minutos para redigir um relatório de tudo
Universidade de São Paulo, contendo dados pessoais e Área de Diante da impossibilidade de participação da Profa. Dra. curso e as demais informações que permitam avaliação de seus quanto fez e disse no transcorrer do trabalho, documento este
conhecimento (especialidade) a que concorre, acompanhado dos Irene Kazumi Miura na Comissão Julgadora do concurso público méritos, devendo salientar o conjunto de suas atividades didáticas que, datado e assinado, será por ele lido e entregue à Comissão
seguintes documentos: de títulos e provas visando à obtenção do título de livre-docente e contribuições para o ensino – onze cópias em formato digital; Julgadora.
I. Documento de identificação (RG, RNE ou passaporte); referente ao Edital FEA-RP 027/2016, junto ao Departamento de c. - fotocópia da documentação comprobatória do memorial, Parágrafo Segundo – Se a Comissão Julgadora verificar que
II. CPF (para candidatos brasileiros); Administração, a Congregação, reunida em 24/08/2017, aprovou acondicionada em pastas, com indicação de quantidade e nume- o candidato escreveu em seu relatório coisa diferente do que fez
III. Prova de que é portador do titulo de Doutor, outorgado ou que o Prof. Dr. Alexandre Pereira Salgado Junior componha e ração dos documentos contidos em cada uma delas; e disse, pedir-lhe-á que retifique os pontos em dúvida e caso se
reconhecido pela USP ou de validade nacional. presida a referida comissão. d. - doze exemplares de tese original; recuse a fazê-lo, o Presidente fará a devida ressalva, consignando-
2.1. Não serão recebidas inscrições pelo correio, e-mail, fax, e. - prova de quitação com o serviço militar para candidatos -a em ata.
ou qualquer outro meio. FACULDADE DE MEDICINA do sexo masculino; Parágrafo Terceiro – As notas da prova prática serão atribuí-
2.2. No ato da inscrição, os candidatos portadores de neces- FACULDADE DE MEDICINA DA USP - EDITAL ATAC/ f. - título de eleitor com comprovação da votação na última das após o término das provas de todos os candidatos.
sidades especiais deverão apresentar solicitação para que se pro- FM/081/2017 - Foram eleitos pelos seus pares, para exercer a eleição, ou comprovante da justificativa; 7.2. - À prova prática clínica aplicam-se as seguintes normas:
videnciem as condições necessárias para a realização das provas. representação discente de graduação da Faculdade de Medicina g. - Os candidatos docentes em exercício na Universidade a. - a Faculdade providenciará instalações clínicas condizen-
3. O processo seletivo terá validade imediata, exaurindo-se da USP, com mandato de 1 (um) ano contado a partir do dia 2 de de São Paulo serão dispensados das exigências referidas nas tes e adequadas à prova, conforme solicitação do Departamento;
com a eventual contratação do aprovado. setembro de 2017: letras “e” e “f” desde que as tenham cumprido por ocasião de b. - quando houver mais de um candidato a prova poderá ser
4. Atribuição da função: o candidato aprovado, ao ser contra- COLEGIADO - TITULAR - SUPLENTE seu contrato. realizada simultaneamente, destinando-se espaço próprio para
tado, deverá ministrar as seguintes disciplinas: Congregação (curso de Medicina) - João Paulo Mota Telles - h. - Os candidatos estrangeiros serão dispensados das exi- cada um dos candidatos;
- AUP0340 – Projeto Visual Gráfico e/ou Nickolas Andreas Bom Carui gências referidas nas letras “e” e “f”, devendo apresentar cópia c. - a prova prática versará sobre exame clínico, diagnóstico e
- AUP0342 – Projeto Visual Ambiental e/ou - Mateus Henrique Fernandes Martins da Silva - Priscilla de visto temporário ou permanente, que faculte o exercício de orientação de tratamento de um paciente, dentre os previamente
- AUP2320 – Tipografia e/ou Barbosa Costa atividade remunerada no Brasil. selecionados pelo Departamento, recaindo a escolha de paciente
- AUP2322 – Produção Gráfica e/ou - Matheus Belloni Torsani - Gustavo Rosa Gameiro i. - Caso o candidato não satisfaça a exigência expressa na mediante sorteio pelo candidato;
- AUP2324 – Tecnologia da Cor em Design e/ou - Milena da Cruz Palma letra “a” e não pertença a alguma categoria docente da Universi- d. - a Comissão Julgadora estabelecerá o prazo de duração
- AUP2306 – Projeto Visual III / Mídia Impressa e/ou CTA - Adler Araujo Ribeiro Melo dade de São Paulo, poderá requerer sua inscrição, nos termos do da prova, de acordo com o grau de dificuldade do caso apresen-
- AUP2308 – Projeto Visual IV / Mídia Impressa e/ou Comissão de Graduação (curso de Medicina) - Alice de Paula parágrafo 1º, do Artigo 80, do Estatuto da Universidade de São tado pelo paciente;
- AUP2310 – Projeto Visual V / Design em Movimento e/ou Baer - Ahmed Haydar Paulo, como especialista de reconhecido valor, desde que aprova- e. - o candidato poderá dispor de um auxiliar odontológico
- AUP2312 – Projeto Visual VI / Interfaces Digitais e/ou - Milena da Cruz Palma do por dois terços dos membros da Congregação. para execução da prova;

A IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO SA garante a autenticidade deste documento


quando visualizado diretamente no portal www.imprensaoficial.com.br
quarta-feira, 30 de agosto de 2017 às 01:28:28.
quarta-feira, 30 de agosto de 2017 Diário Oficial Poder Executivo - Seção I São Paulo, 127 (164) – 181

f. - aplicam-se as disposições das letras “e”, “f” e “g” e 4. - Prótese da mandíbula; 6. - Inflamação crônica; 17. - Registros maxilo mandibulares verticais: Obtenção da
parágrafos contidos no item anterior. 5. - Moldagem facial; 7. - Reparação: Regeneração e cicatrização; D.V.O., importância da dimensão vertical correta. Plano de orien-
8. - A prova de avaliação didática, disciplinada pelo Artigo 6. - Prótese nasal; 8. - Fatores que alteram a reparação; tação. Individualização de curva de compensação do paciente;
137 do Regimento Geral da Universidade de São Paulo, será reali- 7. - Prótese óculo-palpebral; 9. - Alterações do Crescimento e diferenciação celular; 18. - Registros maxilo mandibulares horizontais: Relação
zada sob a forma de aula, em nível de pós-graduação, de acordo 8. - Prótese auricular; 10. - Aspectos morfológicos das neoplasias; central, oclusão central e excêntrica, relações laterais, Registro
com as seguintes normas: 9. - Confecção de íris; 11. - Mecanismos de invasão e metástase; mecânico extra-oral. Montagem dos modelos no articulador com
a. - a comissão julgadora, com base no programa do con- 10. - Prótese ocular confecção; 12. - Bases moleculares do câncer. arco facial;
curso, organizará uma lista de dez pontos, da qual o candidato 11. - Dispositivos radíferas. Disciplina de Periodontia: 19. - Seleção dos dentes artificiais, montagem, caracteri-
tomará conhecimento imediatamente antes do sorteio do ponto; Disciplina de Traumatologia Maxilofacial: 1. - Anatomia, histologia e fisiologia do periodonto: aspectos zação, ajuste oclusal, oclusão balanceada; montagem cruzada;
b. - a realização da prova far-se-á vinte e quatro horas após 1. - Introdução à Traumatologia Maxilofacial; clínicos e correlação entre as características clínicas e histoló- montagem vestibularizada;
o sorteio do ponto; 2. - Arquitetura da face de interesse traumatológico; gicas; 20. - Prova da Prótese em cera: prova da oclusão, estética,
c. - o candidato poderá utilizar o material didático que julgar 3. - Estudo clínico e tratamento das fraturas alvéolo dentário; 2. - Epidemiologia das Doenças Periodontais; fonética e reconstituição fisionômica;
necessário; 4. - Estudo clínico das fraturas mandibulares; 3. - Microbiologia das doenças periodontais; 21. - Instalação da prótese: prova funcional ajuste em oclu-
d. - a duração mínima da prova será de quarenta minutos e 5. - Tratamento das fraturas mandibulares; 4. - Imunopatogênese das Doenças Periodontais; são e articulação. Recomendações ao paciente controle posterior;
a máxima de sessenta minutos; 6. - Estudo clínico das fraturas e disjunções de esqueleto 5. - Exame Clínico e Radiográfico em Periodontia; 22. - Condicionamento dos tecidos;
e. - a prova didática será pública; fixo da face; 6. - Diagnóstico das Doenças Periodontais; 23. - Reembasamento: indicação do reembasamento total
f. - a comissão julgadora, ao final da prova, poderá solicitar 7. - Tratamento cirúrgico das fraturas e disjunções do esque- 7. - Periodontite Crônica; e parcial, técnicas. Problemas associados ao uso das próteses:
ao candidato esclarecimentos sobre o plano, conteúdo e desen- leto fixo da face; 8. - Periodontite Agressiva; incompatibilidade, insatisfação estética, problemas mastigatórios,
volvimento da aula, não devendo ultrapassar o prazo global de 8. - Estudo dos ferimentos dos tegumentos faciais; 9. - Fatores etiológicos locais da doença periodontal; deterioração dos tecidos de suporte;
sessenta minutos entre perguntas e respostas; 9. - Estudo clínico e tratamento das disfunções da ATM; 10. - Fatores de risco para a Doença Periodontal; 24. - Prótese Total Unimaxilar: Moldagens anatômica e
se o número de candidatos o exigir, eles serão divididos em 10. - Tratamento das sequelas dos traumas faciais; 11. - Indicadores de risco para a Doença Periodontal; funcional; Registros maxilomandibulares verticais; Seleção e
grupos de, no máximo, três, observada a ordem de inscrição para 11. - Urgência no traumatizado bucomaxilofacial. 12. - Resposta Periodontal a forças externas; moldagem dos dentes; Prova. Processamento. Instalação. Controle
fins de sorteio e realização da prova; Prova Prática: 13. - Medicina periodontal: impacto da infecção periodontal posterior;
g. - o candidato poderá propor a substituição de pontos 1. - Amarrias horizontais; sobre a saúde sistêmica; 25. - Remontagem no articulador;
imediatamente após tomar conhecimento de seus enunciados se 2. - Amarrias verticais; 14. - Plano de tratamento periodontal; 26. - Prótese Total Imediata. Conceito, indicação e contra-
entender que não pertencem ao programa do concurso, cabendo 3. - Amarrias em barras e arcos; 15. - Tratamento periodontal não cirúrgico: meios mecânicos; -indicação. Técnica da confecção. Instalação. Controle posterior;
à comissão julgadora decidir, de plano, sobre a procedência da 4. - Aparelhos protéticos: goteira dental e guia sagital. 16. - Tratamento periodontal não cirúrgico: meios químicos; 27. - Prótese Híbrida.
alegação. DEPARTAMENTO DE DENTÍSTICA (ODD) 17. - Tratamento periodontal cirúrgico: redução de bolsa Prática
9. - Os programas das disciplinas ou conjunto de disciplinas Dentística periodontal; 1. - Delimitação da área basal dos modelos desdentados
propostos pelos Departamentos para o concurso seguem abaixo: Pontos para prova escrita e avaliação didática: 18. - Tratamento periodontal cirúrgico: aumento de coroa totais superiores e inferiores;
DEPARTAMENTO DE BIOMATERIAIS E BIOLOGIA ORAL (ODB) 1. - Adesão em Dentística; 2. - Confecção da moldeira individual superior e inferior;
clínica;
Disciplina de Materiais para Uso Direto: 2. - Ajuste e cimentação de restaurações indiretas; 3. - Base de prova superior e inferior;
19. - Tratamento periodontal cirúrgico: cirurgias estéticas
1. - Adesão e adesivos; 3. - Cárie dentária; 4. - Planos de orientação superior e inferior;
em periodontia;
2. - Resinas compostas; 4. - Clareamento dentário; 5. - Curva de compensação obtida pelsa técnica de Paterson;
20. - Tratamento periodontal cirúrgico: cirurgia periodontal
3. - Cimentos odontológicos; 5. - Exame clínico em Dentística; 6. - Montagem dos modelos no articulador com arco facial.
reconstrutiva;
4. - Amálgama; 6. - Lesões não cariosas; Ajuste do articulador;
21. - Lesões de Furca: envolvimento e tratamento;
5. - Clareadores Dentais. 7. - Princípios do preparo cavitário; 7. - Duplicação das bases de prova e dos planos de cera;
22. - Terapia de suporte em Periodontia;
Disciplina de Materiais para Uso Indireto: 8. - Proteção do complexo dentinho-pulpar; 8. - Montagem dos dentes artificiais. Ajuste oclusal;
23. - Laser em Periodontia;
1. - Material para modelos e troquéis; 9. - Relações interproximais em Dentística; 9. - Enceramento da prótese superior e inferior;
24. - Anatomia, Biologia e Função Periimplantar;
2. - Fundição e soldagem; 10. - Restaurações diretas de dentes anteriores; 10. - Escultura da prótese superior e inferior;
3. - Cerâmicas odontológicas; 11. - Restaurações diretas de dentes posteriores; 25. - Periimplantite: diagnóstico, tratamento e relação com a
Doença Periodontal. 11. - Inclusão na mufla; remoção da cera; inserção da resina.
4. - Resina acrílica; 12. - Laser em Dentística. Plimerização; Desinclusão; Acabamento; Polimento;
5. - Material para moldagem. Pontos para prova prática: Disciplina de Radiologia:
1. - Efeitos biológicos das Radiações Ionizantes; 12. - Exame do paciente. Ficha Clínica;
Disciplina de Bioquímica Oral: 1. - Moldagem em Dentística Restauradora; 13. - Seleção da moldeira de estoque. Moldagem anatômica
1. - Saliva: composição, função, diagnóstico; 2. - Preparo cavitário e restauração de Classe II de amálgama 2. - Métodos Radiográficos de Localização;
3. - Radiografias Panorâmicas; superior e inferior;
2. - Processo de secreção salivar; de prata; 14. - Confecção do modelo de estudo, delimitação da área
3. - Flúor, dentifrícios e enxaguatórios; 3. - Preparo cavitário e restauração de Classe II de resina 4. - Higiene e Proteção às Radiações Ionizantes;
5. - Aspectos Radiográficos dos Cistos Odontogênicos e não basal, confecção da moldeira individual;
4. - Película adquirida e biofilme dental; composta; 15. - Ajuste da moldeira na boca. Moldagem funcional
5. - Processo de desmineralização/remineralização. 4. - Preparo cavitário e restauração de Classe IV de resina Odontogênicos;
6. - Critérios para Interpretação de Imagens; superior e inferior;
DEPARTAMENTO DE CIRURGIA, PRÓTESE E TRAUMATOLO- composta; 16. - Confecção dos modelos de trabalho. Confecção das
GIA MAXILOFACIAIS (ODC) 5. - Preparo onlay MOD estética e restauração provisória; 7. - Tomografias em Odontologia;
8. - Radiografias dentárias digitais; bases de prova;
Disciplina de Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial: 6. - Preparo onlay MOD metálica e restauração provisória. 17. - Tomada da D.V.O. – Confecção dos planos de orientação:
1. - Conceitos, limites e propósitos da cirurgia odontológica; Endodontia 9. - Aspectos Radiográficos dos Tumores Odontogênicos;
10. - Aspectos Radiográficos das Anomalias Dento-Maxilo- individualização da curva de compensação;
2. - Princípios básicos e fundamentais da cirurgia odonto- Pontos para a prova escrita e avaliação didática: 18. - Obtenção das relações maxilomandibulares horizontais
lógica; 1. - Etiopatogenia e diagnóstico das alterações pulpares; -Mandibulares.
DEPARTAMENTO DE ORTODONTIA E ODONTOPEDIATRIA pela técnica extraoral. Linhas de referência. Montagem dos mode-
3. - Suporte básico de vida e noções de primeiros socorros; 2. - Etiopatogenia e diagnóstico das alterações periapicais; los no articulador com arco facial. Ajuste do articulador;
4. - Propedêutica clínico-cirúrgica – oportunidade cirúrgica; 3. - Tratamento radical da polpa viva; (ODO)
Disciplina de Ortodontia: 19. - Seleção e montagem dos dentes. Ajuste oclusal; Ence-
5. - Patologia clínica em cirurgia; 4. - Tratamento da polpa morta; ramento e escultura;
6. - Exames complementares com base em procedimentos 5. - Anatomia interna e cirurgia de acesso; 1. - Crescimento Crânio-Facial. Aspectos de Interesse Orto-
dôntico. Tipos de Crescimento Ósseo Pós-Natal e Métodos de 20. - Prova da prótese em cera: oclusão, estética, fonética,
cirúrgicos: punção, biópsias e citologia esfoliativa; 6. - Preparo do canal radicular; aprovação do paciente;
7. - Procedimentos pré, trans e pós-operatórios em cirurgia 7. - Preparo químico do canal radicular; Estudo. Teorias do Crescimento;
21. - Processamento das próteses;
odontológica; 8. - Medicação intracanal; 2. - Fases de Interesse Ortodôntico da Biogênese das Denta-
22. - Instalação das próteses. Ajustes. Controle posterior;
8. - Suporte medicamentoso em Cirurgia Odontológica e 9. - Obturação do canal radicular; duras Decídua, Mista e Permanente;
23. - Prótese Total unimaxilar; Moldagem anatômica e funcio-
Bucomaxilofacial; 10. - Tratamento endodôntico de dentes permanentes jovens 3. - Oclusão Dentária Normal. Aspectos Morfo-Funcionais da
nal. Moldagem do arco anatômico. Confecção do plano de cera.
9. - Anestesias locais para cirurgia odontológica; e traumatizados; Dentadura Permanente;
Registros maxilo mandibulares verticais e horizontais. Linhas de
10. - Manobras cirúrgicas fundamentais; 11. - Complicações e insucessos em Endodontia. 4. - Etiologia das Maloclusões Dentárias. Fatores Intrínsecos;
referência. Montagem no articulador. Seleção e montagem dos
11. - Reparação tecidual pós-cirúrgica; Pontos para a prova prática: 5. - Etiologia das Maloclusões Dentárias. Fatores Extrínsecos;
dentes. Ajuste oclusal. Escultura; Prova no paciente. Processamen-
12. - Exodontia de dentes irrompidos; 1. - Semiotécnica e diagnóstico em Endodontia; 6. - Classificação das Maloclusões Dentárias de Angle e
to. Instalação e ajuste. Controle posterior.
13. - Dentes inclusos; 2. - Cirurgia de acesso e esvaziamento do canal em casos Lischer;
Disciplina de Prótese Fixa:
14. - Prevenção e tratamento dos acidentes e complicações de polpa viva; 7. - Movimentação Ortodôntica. Reações Teciduais. Reab-
Teórica
das exodontias; 3. - Cirurgia de acesso e esvaziamento do canal em casos de sorção radicular;
1. - Princípios da Oclusão;
15. - Reimplantes e transplantes dentários; polpa mortificada; 8. - Introdução à Cefalometria Radiográfica. Anatomia Radio-
2. - Análise oclusal funcional;
16. - Cirurgias pré-protéticas; 4. - Pulpectomia, preparo do canal e medicação intracanal; lógica. Traçado do Desenho Anatômico e Demarcação dos Pontos
3. - Introdução ao estudo da Prótese Fixa: Histórico. Con-
17. - Cirurgias do periápice radicular; 5. - Penetração desinfetante, preparo do canal e medicação Cefalométricos de Referência;
ceitos. Elementos constituintes; Classificação e tipos de próteses
18. - Cistos do complexo maxilo mandibular; intracanal; 9. - Cefalometria Radiográfica. Grandezas Cefalométricas.
parciais fixas; Objetivos e requisitos de uma Prótese Fixa;
19. - Processos inflamatórios de origem dentária; vias de 6. - Preparo do canal com instrumentos rotatórios; Análises Cefalométricas;
4. - Princípios biológicos e mecânicos aplicáveis aos preparos
difusão e tratamento; 7. - Obturação do canal radicular; 10. - Diagnóstico e Planificação no Tratamento Preventivo
dentários com finalidade protética;
20. - Aspectos odontológicos relacionados com os seios 8. - Retratamento endodôntico; das Maloclusões Dentárias;
5. - Preparos dentários Parciais tipo MOD, 4/5 e 7/8. Classifi-
maxilares; 9. - Clareamento de dentes tratados endodonticamente; 11. - Recursos Ortodôntico/Ortopédicos no Tratamento Pre-
21. - Articulação temporomandibular; 10. - Controle clínico-radiográfico pós-tratamento endo- cação, indicações e técnicas;
ventivo das Maloclusões Dentárias; 6. - Preparos dentários para coroas totais. Classificação.
22. - Neoplasias da cavidade bucal e das estruturas anexas; dôntico. 12. - Princípios Biomecânicos em Ortodontia.
23. - Cirurgias ortognáticas; DEPARTAMENTO DE ESTOMATOLOGIA (ODE) Indicações e técnica;
Disciplina de Odontopediatria: 7. - Preparo dentários para retentor intrarradicular. Indica-
24. - Terapêutica cirúrgica das malformações do lábio e do Disciplina de Clínica Integrada: 1. - Aspectos psicológicos e conduta no atendimento de
palato; 1. - O exame clínico em Clínica Integrada; ções, tipos e técnicas;
crianças e adolescentes em Odontopediatria; 8. - Moldagens unitárias em Prótese Fixa. Classificação,
25. - Glândulas salivares; 2. - Opções de uso dos anestésicos locais em odontologia; 2. - Exame Clínico, Diagnóstico e Plano de Tratamento em
26. - Cirurgias para a reposição estrutural: transplantes ósse- 3. - Abordagem nas urgências Odontológica; materiais e técnicas. Moldagem de transferência e obtenção do
Odontopediatria; modelo de trabalho;
os, cartilaginosos e dos tecidos moles; 4. - Aplicação clínica da antibioticoterapia em Odontologia; 3. - Exame Radiográfico como método de Diagnóstico com-
27. - Cirurgias para a reposição estrutural: implantes den- 5. - Antiinflamatórios e Analgésicos. Indicação em Odon- 9. - Moldagens múltiplas em Prótese Fixa. Classificação,
plementar em Odontopediatria; materiais e técnicas. Obtenção do modelo de trabalho;
tários e outros; tologia; 4. - Cariologia em Odontopediatria;
28. - Preparo e administração de medicamentos, para uso da 6. - Controle da ansiedade no tratamento odontológico; 10. - Próteses temporárias. Técnicas diretas e indiretas;
5. - Uso Racional de Fluoretos em Odontopediatria; 11. - Prótese adesiva: preparo dentário, moldagem, técnica
via parenteral, nas formas: intramuscular, intravenosa, subcutâ- 7. - Plano de Tratamento integrado. A interrelação entre 6. - Educação para a promoção da saúde bucal em Odon-
nea e intradérmica; Cirurgia, Periodontia e Endodontia (fase de preparo bucal). Plane- de construção de fixação;
topediatria; 12. - Diagnóstico e plano de tratamento. Fatores que regulam
29. - Dietoterapia em Cirurgia Odontológica e Bucomaxi- jamento, execução e aspectos preventivos; 7. - Tratamento não operatório das lesões de cárie em
lofacial; 8. - Plano de tratamento integrado. A interrelação entre as indicações e as contra-indicações das Próteses Fixas. Estudo e
Odontopediatria; seleção dos retentores;
30. - Os binômios: hemorragia – hemostasia; fluídos – eletró- Dentística e Prótese (Fase de reabilitação bucal); 8. - Tratamento operatório das lesões de cárie em Odonto-
litos; sedação – anestesia geral; aplicáveis em Cirurgia Odontoló- 9. - Plano de tratamento oclusal integrado. Planejamento 13. - Cimentação: temporária e definitiva. Higienização e
peditaria; controle da prótese fixa;
gica e Bucomaxilofacial; e execução; 9. - Epidemiologia dos agravos bucais em crianças e ado-
31. - Cistos dos tecidos moles das estruturas anexas à 10. - Plano de tratamento ortodôntico (pequenos movimen- 14. - Próteses implanto-suportadas: Histórico e Princípios
lescentes; básicos;
cavidade bucal; tos ortodônticos) em Clínica Integrada. Planejamento e execução; 10. - Impacto do Tratamento Odontológico na qualidade de
32. - Participação da terapêutica cirúrgica odontológica na 11. - Terapêutica medicamentosa aplicada em pacientes: 15. - Próteses implanto-suportadas: Biomecânica;
vida de crianças e adolescentes; 16. - Próteses implanto-suportadas: Estética.
integração multiprofissional; grávidas, idosos, diabéticos, cardiopatas, excepcionais, imunode-
11. - Higiene Bucal em Odontopediatria; Prática
33. - Distração osteogênica do esqueleto maxilofacial. pressivos, e outros, submetidos a tratamento odontológico.
12. - Odontopediatria: Prática Clínica baseada em evidências. 1. - Preparos dentários com finalidade protética (em macro-
OBS: Prova Prática: em paciente cujo quadro clínico se Disciplina de Estomatologia Clínica:
DEPARTAMENTO DE PRÓTESE (ODP) modelos de gesso ou em manequim de plástico com dentes em
enquadre em um dos tópicos do programa, designado por sorteio, 1. - Metodologia do exame clínico aplicada às doenças da
Disciplina de Prótese Total: tamanho natural), para retentores parciais: MOD ou 4/5;
pela Banca Examinadora. boca;
Teórica 2. - Preparos dentários com finalidade protética (em macro-
Disciplina de Prótese Bucomaxilofacial: 2. - Diagnóstico e conduta aplicados às lesões ulcerativas
1. - Considerações Gerais sobre Prótese Total. Aspectos Ana- modelos de gesso ou em manequim de plástico com dentes em
1. - Introdução à Prótese Bucomaxilofacial; da boca;
tômicos – Fisiológico Aplicado à Prótese; tamanho natural), para retentores totais: Coroas totais metálicas,
2. - Biomateriais empregados em Prótese Bucomaxilofacial; 3. - Diagnóstico e conduta aplicados às doenças infecciosas
2. - Estudo da área basal – Zonas de Pendleton. Músculos coroas metalo-plásticas, coroas metalo-cerâmicas;
3. - Malformações do palato primário: estudo clínico e tra- da boca;
tamento protético; 4. - Diagnóstico e conduta aplicados às lesões potencialmen- que influem na estabilidade da prótese. Delimitação da área 3. - Preparos dentários com finalidade protética (em macro-
4. - Malformações do palato secundário: estudo clínico e te malignas da mucosa oral; basal; modelos de gesso ou em manequim de plástico com dentes em
tratamento protético; 5. - Câncer bucal: epidemiologia, características clínicas e 3. - Meios de Retenção: Fatores físicos, fisiológicos, psíquicos, tamanho natural), para retentores totais: Coroas totais e Parciais
5. - Prótese nas grandes perdas da maxila; diagnóstico; mecânicos e cirúrgicos. Requisitos físicos e funcionais; cerâmicas;
6. - Prótese nas grandes perdas da mandíbula; 6. - Diagnóstico e conduta aplicados às neoplasias de glân- 4. - Movimentos Mandibulares: Trajetória condilar; Atividades 4. - Preparo do remanescente dentário para retentor intrarra-
7. - Prótese interna; dulas salivares; funcionais da mandíbula; dicular em dentes de manequim ou natural;
8. - Moldagens faciais para confecção de epíteses; 7. - Manejo odontológico de pacientes oncológicos; 5. - Teorias sobre os movimentos e leis de articulação; 5. - Prótese adesiva: preparo em manequim plástico e resino-
9. - Modelos faciais: materiais e técnica de confecção; 8. - Diagnóstico e conduta aplicados à osteonecrose associa- 6. - Relações maxilomandibulares e conceito da oclusão: D.V; plastia da infraestrutura;
10. - Prótese facial nasal, estudo clínico e tratamento; da ao uso de bisfosfonatos; Curva de compensação; Relação Central; Oclusão; 6. - Moldagem unitária de manequim de plástico, obtenção
11. - Prótese facial auricular, estudo clínico e tratamento; 9. - Diagnóstico e conduta aplicados às lesões ósseas 7. - Moldagens: Registros anatômicos; objetivos da molda- dos troqueis, confecção das coroas guias, moldagem de transfe-
12. - Prótese facial óculo-palpebral, estudo clínico e trata- radiolúcidas; gem; materiais de moldagem; molde iras; modelos; rência e obtenção do modelo de trabalho;
mento; 10. - Diagnóstico e conduta aplicados às lesões ósseas com 8. - Articuladores: Usos, limitações, precisão de sensibilidade, 7. - Moldagem múltipla e obtenção do modelo de trabalho
13. - Prótese facial ocular, estudo clínico e tratamento; radiopacidades. classificação; Articulação na atualidade. Arcos faciais; com troqueis seccionados;
14. - Prótese ocular: técnica de confecção; Disciplina de Patologia Oral e Maxilofacial: 9. - Moldagem dos modelos no articulador; 8. - Prótese sobre implantes: Demonstração dos componen-
15. - Próteses oculares atípicas; 1. - Lesões reativas da mucosa bucal; 10. - Dentes artificiais: características ideais dos dentes tes básicos sobre manequins;
16. - Próteses complementares à cirurgia; 2. - Lesões da mucosa bucal causadas por agentes biológicos; artificiais. Montagem dos dentes, ajuste de oclusão de articulação; 9. - Prótese sobre Implantes: moldagem dos implantes,
17. - Próteses subsidiárias à radioterapia; 3. - Hamartomas e neoplasias benignas de tecido mole; 11. - Escultura da prótese e caracterização. Estética em escolha de componentes e possibilidades de confecção de prótese
18. - O protesiólogo bucomaxilofacial frente ao paciente 4. - Cistos do complexo maxilofacial; prótese total; parafusada ou cimentada;
irradiado; 5. - Lesões cancerizáveis em boca; 12. - Processamento das próteses totais: inclusão, condensa- 10. - Montagem de modelos de estudo “in vitro” em arti-
19. - Constrição maxilo mandibular: estudo clínico e trata- 6. - Neoplasias malignas da boca; ção da resina, polimerização, acabamento e polimento; culador semi-ajustável; Plano de tratamento; Preparos dentários
mento protético; 7. - Tumores odontogênicos; 13. - Exame da boca em desdentados totais bimaxilares. Edu- preliminares neste modelo de estudo. Ceroplastia da Prótese
20. - Anquilose temporomandibular: estudo clínico e trata- 8. - Patologia óssea; cação do paciente. Diagnóstico: tipos psicológicos de paciente, Parcial Fixa.
mento protético; 9. - Doenças imunomediadas de manifestação bucal; avaliação sistêmica, fatores locais. Preenchimento da ficha clínica; Disciplina de Prótese Removível:
21. - Luxação temporomandibular: estudo clínico e trata- 10. - Patologia das glândulas salivares. 14. - Moldagem anatômica: Conceito, objetivos técnica de Teórica
mento protético; Disciplina de Patologia Geral: moldagem, acidentes que podem ocorrer; 1. - Prótese Dentária: conceito, evolução, histórico das Próte-
22. - Aplicação de Implantes em Prótese Bucomaxilofacial. 1. - Lesões regressivas reversíveis; 15. - Moldeira individual: Delimitação da área basal, confec- ses Removíveis: indicação e contra-indicação. Sua importância na
Prova Prática: 2. - Morte celular; ção da moldeira, ajuste clínico da moldeira no paciente; reabilitação oral: Classificação dos arcos parcialmente desdenta-
1. - Placas palatinas; 3. - Fenômenos circulatórios: isquemia e infarto; 16. - Moldagem funcional: Conceito, seleção do material dos. Bases para a classificação. Tipos;
2. - Obturador faríngeano; 4. - Fisiopatologia da inflamação aguda; de moldagem, técnicas de moldagem, testes de retenção e de 2. - Exame clínico subjetivo e objetivo: extra e intra oral. Aná-
3. - Prótese da maxila; 5. - Momentos vasculares da inflamação aguda; estabilidade; lise funcional: estático e dinâmico. Detalhes específicos no exame

A IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO SA garante a autenticidade deste documento


quando visualizado diretamente no portal www.imprensaoficial.com.br
quarta-feira, 30 de agosto de 2017 às 01:28:28.
182 – São Paulo, 127 (164) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I quarta-feira, 30 de agosto de 2017

dos arcos parcialmente desdentados. Relação maxilomandibular 3. - Saúde Bucal no Sistema de Saúde Brasileiro; posse se apresentar visto temporário ou permanente que faculte Ícaro Vitorello (INPE), Emilson Pereira Leite (IG/UNICAMP) e Jordi
dos arcos parcialmente desdentados; 4. - Indicadores Sociais; o exercício de atividade remunerada no Brasil. Julià Casas (CCET /UFRN). Membros Suplentes: Profs. Drs. Yara
3. - Desenvolvimento técnico da estrutura da prótese parcial 5. - Promoção e Educação em Saúde Bucal; Parágrafo quinto: Caso o candidato não satisfaça a exigência Regina Marangoni (IAG/USP), Marcelo Belentani de Bianchi (IAG/
removível. Delineador. Eixo de inserção da Prótese Removível; 6. - Processo Saúde-Doença; do inciso II, e desde que não pertença a nenhuma categoria USP), Reinhardt Adolfo Fuck (UnB), Antonio Lopes Padilha (INPE),
Métodos para seleção do eixo de inserção. Delineamento do 7. - Atenção Primária em Saúde; docente na USP, poderá requerer sua inscrição como especialista Umberto Giuseppe Cordani (Gc/USP), Andres Papa (ON - Rio de
equador protético; Eixo rotacional de inserção; 8. - Epidemiologia em Saúde Bucal no Brasil; de reconhecido valor, nos termos do parágrafo primeiro do artigo Janeiro), Paulo de Tarso Luiz Menezes (UERJ - Rio de Janeiro),
4. - Biomecânica da Prótese Parcial Removível. Conceitua- 9. - Integração Ensino-Serviço; 80 do Estatuto da USP, o que dependerá da aprovação de dois Walter Malagutti (UNESP - Rio Claro) e João Carlos Dourado
ção de biodinâmica e biostática. Sistemas de suporte: mucoso, 10. - Vigilância em Saúde. terços dos membros da Congregação. (UNESP - Rio Claro).
dentário e implante; Disciplina de Deontologia: Parágrafo sexto: No ato da inscrição, os candidatos portado- A Congregação considerou a titulação dos membros externos
5. - Prótese Removível de extremidade livre. Conceito. Biome- 1. - O Ensino da Bioética e da Ética Profissional nos Cursos res de necessidades especiais deverão apresentar solicitação para equivalente e/ou superior de Professor Doutor da USP, conforme
cânica de funcionamento. Dificuldades e resoluções; de Odontologia; que se providenciem as condições necessárias para a realização artigo 182, parágrafo 1º do Regimento Geral. (Edital de Abertura:
6. - Integrantes da Prótese Removível: Grampos: Sistema de 2. - Fundamento e princípios da Bioética; das provas. ATAc-IAG/018/2017).
retenção. Princípios de funcionamento. Grampos Circunferências. 3. - Fundamento e princípios da Ética Profissional Odon- 2. - As inscrições serão julgadas pela Congregação da Facul- INSTITUTO DE ASTRONOMIA, GEOFÍSICA E CIÊNCIAS
Grampos por ação de ponta. Indicações dos grampos circunferên- tológica; dade de Saúde Pública, em seu aspecto formal, publicando-se a ATMOSFÉRICAS
cias e por ação de ponta. 4. - Aspectos Éticos da AIDS na Prática Odontológica; decisão em edital. Edital ATAc-IAG/034/2017 – Inscrições e Comissão Julgadora
7. - Integrantes da Prótese Removível: Sistema de conexão. 5. - Os Relacionamentos Profissionais e a Ética Profissional Parágrafo único – O concurso deverá realizar-se no prazo de COMUNICADO
Conceito sobre os elementos de conexão. Classificações: conec- Odontológica; trinta a cento e oitenta dias, a contar da data da publicação no A Congregação do IAG/USP, em sua 275ª sessão ordinária,
tores menores e maiores. Características biofuncionais: tipos e 6. - Ética na Pesquisa Odontológica com Seres Humanos; Diário Oficial do Estado da aprovação das inscrições, de acordo realizada em 23/08/2017, aprovou as inscrições dos Drs. Rodrigo
indicações; 7. - O Código de Processo Ético Odontológico; com o artigo 151, parágrafo segundo, do Regimento Geral da USP. Bijani Santos, Andrea Teixeira Ustra, Vinicius Hector Abud Louro,
8. - Planejamento clínico multidisciplinar dos arcos par- 8. - A Documentação Odontológica: Aspectos Éticos e Legais; 3. - As provas constarão de: Valdir Felipe Novello, Vanessa Biondo Ribeiro, Renata Regina
cialmente desdentados dos pacientes. Planejamento e desenho 9. - Aspectos Éticos e Legais da Prática Pericial Odontológica; I – julgamento dos títulos - peso 05; Constantino Barrella, Leonardo Uieda, Leonardo Guimarães
preliminar da estrutura metálica da Prótese Removível; 10. - Responsabilidade Profissional Odontológica: Aspectos II – prova pública oral de erudição - peso 03; Miquelutti, Francisco de Assis Cavallaro, Emerson Rodrigo Almei-
9. - Preparo de boca multidisciplinar com vistas à Prótese Éticos e Legais. III – prova pública de arguição - peso 02; da, Selma Isabel Rodrigues, Breno Raphaldini Ferreira da Silva,
Removível; periodontal, cirúrgico e ortodôntico. Preparo biostá- Disciplina de Odontologia Forense: Parágrafo primeiro: A convocação dos inscritos para a Carlos Alberto Moreno Chaves e Luciana Maria da Silva ao Con-
tico das estruturas remanescentes. Preparo biostático dos dentes 1. - Campo de Atuação da Odontologia Legal; realização das provas será publicada no Diário Oficial do Estado. curso Público de Títulos e Provas para provimento de um cargo
suportes; 2. - Traumatologia Forense: análise da sede, quantidade e Parágrafo segundo: Os candidatos que se apresentarem de Professor Doutor (cargo e claro de nº 1233866, em RDIDP,
10. - Moldagem para Prótese Removível: Moldagem funcio- qualidade do dano (aplicação nos traumatismos buco maxilo depois do horário estabelecido não poderão realizar as provas. referência MS-3.1), no Departamento de Geofísica, com base
nal e instalação das próteses removíveis; faciais); 4. - O julgamento dos títulos, expresso mediante nota nas disciplinas AGG0115 – Introdução à Geofísica I, AGG0243
11. - Cuidados e Controles após instalação da prótese remo- 3. - Elaboração de laudos periciais e documentos odonto- global, deverá refletir os méritos do candidato como resultado – Métodos Matemáticos em Geofísica e AGG0309 – Evolução e
vível. Controles posteriores; legais; da apreciação do conjunto e regularidade de suas atividades, Dinâmica Interna da Terra.
12. - Prótese Removível com sistema de retenção por encai- 4. - Atuação da Odontologia Legal em Âmbito Civil e Tra- compreendendo: Na mesma sessão também foi aprovada a composição da
xe: conceito e generalidades: benefícios e dificuldades. Tipos. balhista; I – produção científica, literária, filosófica ou artística; comissão julgadora: Membros Titulares: Profs. Drs. Marcelo Sousa
Técnica de confecção. 5. - Estimativa da idade de crianças através de parâmetros II – atividade didática universitária; de Assumpção (IAG/USP), Fernando Brenha Ribeiro (IAG/USP),
Prática odontológicos para finalidade policial e judiciária; III – atividades profissionais ou outras, quando for o caso; Ícaro Vitorello (INPE), Emilson Pereira Leite (IG/UNICAMP) e Jordi
1. - Moldagem de estudo. Montagem em articulador semia- 6. - Estimativa da idade de adultos através de parâmetros IV – atividade de formação e orientação de discípulos; Julià Casas (CCET /UFRN). Membros Suplentes: Profs. Drs. Yara
justável. Confecção de base de prova. Determinação das relações odontológicos para finalidade policial e judiciária; V – atividades relacionadas à prestação de serviços à Regina Marangoni (IAG/USP), Marcelo Belentani de Bianchi (IAG/
maxilomandibulares no parcialmente desdentado; 7. - Perícias em vítimas de acidentes e doenças do trabalho: comunidade; USP), Reinhardt Adolfo Fuck (UnB), Antonio Lopes Padilha (INPE),
2. - Planejamento de casos de parcialmente desdentados procederes técnicos nas ações contra o INSS e contra o empre- VI - diplomas e outras dignidades universitárias. Umberto Giuseppe Cordani (Gc/USP), Andres Papa (ON - Rio de
superiores e inferiores. Avaliações da biomecânica comparativa gador; Parágrafo único: No julgamento dos títulos deverão preva- Janeiro), Paulo de Tarso Luiz Menezes (UERJ - Rio de Janeiro),
nos espaços protéticos dentam e dento mucoso suportados; 8. - Confirmação técnica do nexo de causalidade em infortu- lecer as atividades desempenhadas nos cinco anos anteriores à Walter Malagutti (UNESP - Rio Claro) e João Carlos Dourado
3. - Estudo relativo dos casos parcialmente desdentados nística buco maxilo facial; inscrição.
(UNESP - Rio Claro).
em função dos exames complementares (modelos articulados, Parágrafo segundo - Cada examinador elaborará parecer
9. - Peritos e perícias: requisitos e obrigações éticas e legais; A Congregação considerou a titulação dos membros externos
radiografias, casos clínicos); escrito circunstanciado sobre os títulos de cada candidato.
10. - Técnicas odontolegais em antropologia e antropometria equivalente e/ou superior de Professor Doutor da USP, conforme
4. - Desenho da estrutura para prótese removível em casos 5. - A prova pública oral de erudição será pública e realizada
forenses: reprodutibilidade, cuidados e dificuldades usuais. artigo 182, parágrafo 1º do Regimento Geral. (Edital de Abertura:
superiores e inferiores. Localização, dimensionamento e detalhes com base no programa previsto neste edital, de acordo com o arti-
Disciplina de Gestão e Planejamento em Odontologia: ATAc-IAG/018/2017).
de acabamento dos elementos constituintes; go 156 do Regimento Geral da USP e o artigo 39 do Regimento
1. - Análise Conjuntural do Mundo Contemporâneo e sua INSTITUTO DE ASTRONOMIA, GEOFÍSICA E CIÊNCIAS
5. - Preparo de diagnóstico em prótese parcial removível. da Faculdade de Saúde Pública
relação com o mercado de trabalho odontológico; ATMOSFÉRICAS
Técnica do preparo biostático dos dentes-suportes. Parâmetros I – compete à comissão julgadora decidir se o tema escolhido
2. - Planejamento Estratégico em Odontologia; Edital ATAc-IAG/035/2017
para obtenção de descansos e adequação da linha equatorial; pelo candidato é pertinente ao programa acima mencionado.
3. - Gestão de Propaganda e Marketing; ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO CONCURSO PÚBLICO DE
6. - Preparo do modelo de trabalho para obtenção do modelo II – o candidato, em sua exposição, não poderá exceder a
4. - Planejamento Organizacional; TÍTULOS E PROVAS VISANDO O PROVIMENTO DE UM CARGO DE
de revestimento. Sistemática do alívio e bloqueio. Calibragem de sessenta minutos;
5. - Gestão Financeira na Área de Saúde e Gestão de Qua- PROFESSOR TITULAR NO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ATMOS-
retenção; III – ao final da apresentação, cada membro da comissão
lidade; FÉRICAS DO INSTITUTO DE ASTRONOMIA, GEOFÍSICA E CIÊNCIAS
7. - Seleção do eixo de inserção. Técnica dos três pontos. Téc- poderá solicitar esclarecimentos ao candidato, não podendo o
6. - Planejamento de Marketing Social em Odontologia; ATMOSFÉRICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO.
nica da conveniência. Calibragem de retenção. Traçado da linha tempo máximo, entre perguntas e respostas, superar sessenta
7. - Gestão de Pessoal e Planejamento de Educação Con- minutos. O Diretor do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências
equatorial. Determinação do eixo de inserção rotacional: técnica tinuada; Atmosféricas da Universidade de São Paulo torna público a todos
e pontos de referência; IV – cada examinador, após o término da prova de erudição
8. - Gestão de Saúde do Trabalhador e Tópicos Avançados em de todos os candidatos, dará a nota, encerrando-a em envelope os interessados que, de acordo com o decidido pela Congregação
8. - Confecção de dispositivos de transferência do eixo de Odontologia do Trabalho; na 275ª sessão ordinária, realizada em 23/08/2017, estarão
inserção do modelo de estudo para a boca. Técnica modificada individual.
9. - Planejamento da Montagem dos Estabelecimentos 6. - Ao término da apreciação das provas, cada candidato abertas pelo prazo de 180 (cento e oitenta) dias, no período de
O´Meeghan. Técnica da coroa-guia. Pontos de referência; Odontológicos; 01/09/2017 a 27/02/2018, com início às 9h (horário de Brasília)
9. - Desenvolvimento da ceroplastia da estrutura metálica. terá de cada examinador uma nota final que será a média
10. - Planejamento Ergonômico. ponderada das notas por ele conferidas, observados os pesos do dia 01/09/2017 e término às 16h (horário de Brasília) do dia
Preparo de modelo de revestimento. Característica dos elementos
fixados no item 3. 27/02/2018, as inscrições ao concurso público de títulos e provas
constituintes. Avaliação crítica do trabalho técnico. Localização e FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA 7. - As notas das provas poderão variar de zero a dez, com para provimento de 1 (um) cargo de Professor Titular, referência
dimensionamento dos condutos de alimentação;
Edital FSP/017/2017 aproximação até a primeira casa decimal. MS-6, em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa
10. - Estudo de elementos protéticos fresados para prótese
ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO CONCURSO PÚBLICO DE 8. - O resultado do concurso será proclamado pela comissão (RDIDP), cargo e claro de nº 152773, com salário mensal de R$
removível. Confecção de encaixe individual com matriz. Técnica
TÍTULOS E PROVAS VISANDO O PROVIMENTO DE 01 (um) julgadora imediatamente após seu término, em sessão pública. 15.862,33 (quinze mil, oitocentos e sessenta e dois reais e trinta
para aplicação de encaixes: sobre coroas e topo de raiz.
CARGO DE PROFESSOR TITULAR NO DEPARTAMENTO DE SAÚDE, 9. - Serão considerados habilitados os candidatos que e três centavos), valor referente à maio de 2016, junto ao Depar-
DEPARTAMENTO DE ODONTOLOGIA SOCIAL (ODS)
AMBIENTAL, DA FACULDADE DE SAÚDE PÚBLICA, DA UNIVERSI- obtiverem, da maioria dos examinadores, nota final mínima sete. tamento de Ciências Atmosféricas, na área de conhecimento
Disciplina de Clínica Ampliada de Promoção da Saúde:
DADE DE SÃO PAULO. 10. - A indicação dos candidatos será feita por examinador, "Meteorologia”, com base nas disciplinas AGM5710 - Meteo-
1. - Clínica da Atenção Básica na Saúde Bucal: conceito,
O Diretor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de segundo as notas por ele conferidas; rologia da Poluição do Ar, AGM5714 - Dinâmica da Atmosfera
organização e prática clínica;
São Paulo torna público a todos os interessados que, de acordo 11. - O empate nas indicações será decidido pela Congre- II, AGM5786 - Sistemas de Medição em Hidrometeorologia,
2. - Educação em Saúde: conceito e práticas das ações edu-
com o decidido pela Congregação em sessão ordinária realizada gação, ao apreciar os relatórios da comissão julgadora, preva- AGM5804 – Micrometeorologia, AGM5824 - Meteorologia de
cativas na Clínica Odontológica;
em 24/08/2017, estarão abertas, pelo prazo de 180 (cento e lecendo, sucessivamente, a média geral obtida, o maior título Mesoescala e AGM5831 - Tópicos em Biometeorologia Humana,
3. - Controle de doenças bucais por meio de métodos preven-
oitenta) dias, com início às 9 horas (horário de Brasília) do dia universitário e o maior tempo de serviço docente na USP. nos termos do artigo 125, parágrafo 1º, do Regimento Geral da
tivos e assistenciais na clínica odontológica;
04/09/2017 e término às 17 horas (horário de Brasília) do dia 12. - Será proposto para nomeação o candidato que obtiver o USP, e o respectivo programa que segue:
4. - Ações da clínica odontológica sobre riscos e necessidades
03/03/2018, as inscrições ao concurso público de títulos e provas maior número de indicações da comissão julgadora. AGM5710 - METEOROLOGIA DA POLUIÇÃO DO AR
em saúde bucal e os desafios da saúde e do cuidado na perspecti-
para provimento de 01 (um) cargo de Professor Titular, referência 13. - A posse do candidato indicado ficará sujeita à aprova- Os poluentes atmosféricos: definição dos poluentes, estabe-
va da Clínica Ampliada de Promoção da Saúde;
MS-6, em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa ção em exame médico realizado pelo Departamento de Perícias lecimento de padrões, estimativas de emissões de poluentes. O
5. - O ensino integrado do processo saúde-doença e da pro-
(RDIDP), claro/cargo nº 138762, com o salário de R$ 15.862,33 Médicas do Estado – DPME, nos termos do Artigo 47, VI da Lei aerossol atmosférico e suas características: formação, distribuição
moção da saúde na prática clínica odontológica;
6. - Os determinantes sociais do processo saúde-doença e (quinze mil, oitocentos e sessenta e dois reais e trinta e três nº 10.261/68. de tamanho e interação com a atmosfera. O impacto da meteo-
a prática profissional na clínica odontológica na estratégia da centavos), valor referente à maio de 2016, junto ao Departamento 14. - A nomeação do docente aprovado no concurso, assim rologia sobre a qualidade do ar. Aplicação da teoria da difusão
Clínica Ampliada de Promoção da Saúde; de Saúde Ambiental, na área de conhecimento “Ética em Saúde como as demais providências decorrentes, serão regidas pelos atmosférica em modelos de poluição do ar: teoria lagrangeana
7. - Territorialização e problemas de saúde no plano cole- Pública”, nos termos do art. 125, parágrafo 1º, do Regimento termos da Resolução 7271 de 2016. e euleriana de dispersão de poluentes. Modelos estatísticos
tivo e da prática clínica assistencial pautada nos princípios da Geral da USP, e o respectivo programa que segue: 15. - O docente em RDIDP deverá manter vínculo empregatí- multivariados aplicados à identificação de fontes de poluição
cidadania; 1.Desenvolvimento Sustentável e Ética; cio exclusivo com a USP, nos termos do artigo 197 do Regimento do ar. Processos de remoção dos poluentes da atmosfera: a
8. - Avaliação integral do paciente na abordagem e na 2. Ética e Saúde Global; Geral da USP. interação dos constituintes atmosféricos com a precipitação e a
organização da prática clínica de promoção da saúde na atenção 3. Justiça Global e Ambiental; 16. - O concurso terá validade imediata e será proposto para deposição seca.
em saúde bucal; 4. Saúde e Ambiente como Bens Públicos Globais; nomeação somente o candidato indicado para o cargo posto em AGM5714 - DINÂMICA DA ATMOSFERA II
9. - Extensão de serviços em saúde bucal às comunidades: 5. Fundamentos e Princípios da Ética em Saúde Pública; concurso. Sistema Quase-Geostrófico: equação da Tendência do Geo-
ações intersetoriais de promoção da saúde; 6. Ética Profissional; 17. - O candidato será convocado para posse pelo Diário potencial, equação Omega e Vetor Q. Ondas na atmosfera: sono-
10. - A estratégia da Saúde da Família (PSF) como modalida- 7. História da Ética em Saúde Pública e seus Desdobra- Oficial do Estado. ras, gravidade e de Rossby, Propagação de energia por ondas:
de de assistência à saúde, conceitos e dinâmicas da prática das mentos; Maiores informações, bem como as normas pertinentes velocidade de grupo e aplicações a fenômenos atmosféricos,
visitas domiciliares e os aspectos prático do trabalho das Equipes 8. Bioética e Pesquisa; ao concurso, encontram-se à disposição dos interessados na como o ajustamento geostrófico. Instabilidade hidrodinâmica:
de Saúde Bucal na atenção básica. 9. Saúde, Sustentabilidade e Justiça; Assistência Técnica Acadêmica da Faculdade de Saúde Pública barotrópica e baroclínica. Ciclo de Energia na Atmosfera: deri-
Disciplina de Bioética: 10. Direitos Humanos e à Saúde: Complexidades, Desafios da Universidade de São Paulo, localizada na Avenida Dr. Arnaldo, vações qualitativas e quantitativas, Energia Potencial Disponível.
1. - Epistemologia; e Perspectivas 715 – Cerqueira Cesar – São Paulo. AGM5786 - SISTEMAS DE MEDIÇÃO EM HIDROMETEORO-
2. - Histórico e Modelos de Bioética; O concurso será regido pelo disposto no Estatuto e no Regi- LOGIA
3. - Fundamento e Princípios da Bioética; mento Geral da Universidade de São Paulo e no Regimento da FACULDADE DE ZOOTECNIA E ENGENHARIA Barometria, desempenho estático, termometria, higrometria,
4. - A Relação Assistencial Odontológica e sua Humanização; Faculdade de Saúde Pública. DE ALIMENTOS desempenho dinâmico de sistemas de primeira e segunda ordem,
5. - Saúde Pública e Bioética; 1. - As inscrições deverão ser efetuadas, exclusivamente, por EDITAL FZEA nº 20/2017 anemometria, pluviometria, radiometria, amostragem, conteúdo
6. - Histórico e Princípios da Ética na Pesquisa Científica com meio do link https://uspdigital.usp.br/gr/admissao no período RESULTADO FINAL/CLASSIFICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO de informação e controle de qualidade.
Seres Humanos; acima indicado, devendo o candidato apresentar requerimento A Diretora da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Ali- AGM5804 – MICROMETEOROLOGIA
7. - Normativas Internacionais e Nacionais sobre Pesquisas dirigido ao Diretor da Faculdade de Saúde Pública, contendo mentos da USP torna público o Resultado Final/Classificação do Estrutura da CLP, noções básicas de vetor e tensor, equações
Odontológicas com Seres Humanos; dados pessoais (endereço completo, telefones para contato e Processo Seletivo para contratação de 01 (um) docente por prazo que descrevem os balanços de massa, momento e energia; Análi-
8. - Reprodução Assistida; Aborto; endereço eletrônico) e área de conhecimento (Ética em Saúde determinado, como Professor Contratado III (MS-3.1), em jornada se de escala das equações válidas para descrever os movimentos
9. - Eutanásia, Obstinação Terapêutica e Cuidados Paliativos; Pública) do Departamento a que concorre, anexando os seguintes de 12 horas semanais, para o Departamento de Engenharia de turbulentos na CLP; Tratamento estatístico da turbulência, médias
10. - O Ensino da Bioética em Cursos de Odontologia. documentos: Alimentos, realizado de acordo com o Edital FZEA nº 11/2017, de Reynolds, equações médias e o problema de fechamento;
Disciplina de Metodologia Científica: I – memorial circunstanciado e comprovação dos trabalhos de Abertura de Processo Seletivo para contratação de docente, Derivação das equações que descrevem os momentos estatísticos
1. - Delineamentos de pesquisa aplicados à odontologia; publicados, das atividades realizadas pertinentes ao concurso e publicado no D.O.E. de 18/7/2017. de 2ª ordem: energia cinética turbulenta, fluxos turbulentos
2. - Gestão e planejamento da pesquisa científica; das demais informações que permitam avaliação de seus méritos, Classificação/Nome do Candidato de momento (equação de Reynolds), calor sensível e latente,
3. - Leitura crítica de artigos científicos; em formato digital. Por memorial circunstanciado entende-se a 1º - RENATA BARBOSA BODINI problema de fechamento de 2ª ordem; Teoria da Similaridade de
4. - Ética em pesquisa envolvendo seres humanos; apresentação de análise reflexiva sobre a formação acadêmica, as Tendo em vista o resultado acima discriminado, a Comissão Monin-Obukhov, convecção livre, local, etc.; Descrição do balanço
5. - Divulgação do trabalho científico; experiências pessoais de estudo, trabalhos, pesquisas, publicações de Seleção do processo seletivo apresentou ao Conselho Técnico de energia na superfície e dos principais métodos de estimativa
6. - Bioestatística: introdução, medidas de tendência central e outras informações pertinentes à vida acadêmica e profissional, Administrativo da FZEA/USP, o relatório final que foi homologado, dos fluxos turbulentos; Propriedades espectrais da turbulência
e dispersão; indicando motivações e significados; “ad referendum”, pelo referido conselho. atmosférica e principais técnicas de estimativa, as hipóteses de
7. - Bioestatística: indicadores e medidas de associação; II – prova de que é portador do título de Livre-Docente outor- Kolmogorov e suas implicações.
8. - Odontologia baseada em evidências; gado pela USP ou por ela reconhecido. INSTITUTO DE ASTRONOMIA, GEOFÍSICA E AGM5824 - METEOROLOGIA DE MESOESCALA
9. - Epidemiologia da saúde bucal; III – prova de quitação com o serviço militar para candidatos CIÊNCIAS ATMOSFÉRICAS Sistemas de observação e análise objetiva. Equações da
10. - Epidemiologia e ciências forenses. do sexo masculino; INSTITUTO DE ASTRONOMIA, GEOFÍSICA E CIÊNCIAS dinâmica da convecção. Heterogeneidades da superfície. Fluxos
Disciplina de Ciências Sociais em Saúde: IV – título de eleitor; ATMOSFÉRICAS em superfície. Teorema da Circulação. Circulações Locais Conven-
1. - Referenciais teóricos das Ciências Sociais: o funcionalis- V – documento que comprove sua situação eleitoral regular Edital ATAc-IAG/034/2017 – Inscrições e Comissão Julgadora cionais e não Convencionais. Brisa Marítima/Lacustre-Terrestre.
mo de Émile Durkheim; no país (comprovante(s) de votação da última eleição, prova COMUNICADO Circulações Vale-Montanha. Ilha de Calor Urbana. Frentes e
2. - Referenciais teóricos das Ciências Sociais: a sociologia de pagamento da respectiva multa ou Certidão de quitação A Congregação do IAG/USP, em sua 275ª sessão ordinária, Frontogênese. Instabilidade, Instabilidade Simétrica. Ondas de
compreensiva de Max Weber; eleitoral); realizada em 23/08/2017, aprovou as inscrições dos Drs. Rodrigo Gravidade, Ondas de Montanha. Tempestades Isoladas. Tempes-
3. - Referenciais teóricos das Ciências Sociais: o materialismo VI - documento de identidade, no caso de candidato estran- Bijani Santos, Andrea Teixeira Ustra, Vinicius Hector Abud Louro, tades Severas. Linhas de Instabilidade. Complexos Convectivos
histórico de Karl Marx; geiro, Registro Nacional de Estrangeiros - RNE ou passaporte e Valdir Felipe Novello, Vanessa Biondo Ribeiro, Renata Regina de Mesoescala.
4. - As interfaces entre o biológico e o social: a perspectiva visto, comprovando sua situação regular no Brasil. Constantino Barrella, Leonardo Uieda, Leonardo Guimarães AGM5831 - TÓPICOS EM BIOMETEOROLOGIA HUMANA
sócio-antropológica de Florestan Fernandes; Parágrafo primeiro: Elementos comprobatórios do memorial Miquelutti, Francisco de Assis Cavallaro, Emerson Rodrigo Almei- Definição e classificação de biometeorologia, em particu-
5. - Processo civilizatório e saúde: a perspectiva de Norbert referido no inciso I, tais como maquetes, obras de arte ou outros da, Selma Isabel Rodrigues, Breno Raphaldini Ferreira da Silva, lar biometeorologia humana e de fenômenos meteorotrópicos.
Elias; materiais que não puderem ser digitalizados deverão ser apre- Carlos Alberto Moreno Chaves e Luciana Maria da Silva ao Con- Mecânica dos fluidos aplicada aos seres humanos e balanço
6. - Interdisciplinaridade e Ciências Sociais; sentados até o último dia útil que antecede o início do concurso. curso Público de Títulos e Provas para provimento de um cargo hídrico. A termorregulação em homeotérmicos. Funcionamento
7. - Saúde Coletiva e Ideologia: a constituição do Sujeito; Parágrafo segundo: Os docentes em exercício na USP serão de Professor Doutor (cargo e claro de nº 1233866, em RDIDP, dos sistemas termorreguladores em seres humanos. O papel
8. - Contribuição das Ciências Sociais à Educação em Saúde; dispensados das exigências referidas nos incisos III e IV, desde que referência MS-3.1), no Departamento de Geofísica, com base das vestimentas e do suor. Conforto térmico. Raças humanas e
9. - Contribuição das Ciências Sociais à Epidemiologia; as tenham cumprido por ocasião de seu contrato inicial. nas disciplinas AGG0115 – Introdução à Geofísica I, AGG0243 clima. Noções básicas de epidemiologia aplicada em fenôme-
10. - As possibilidades da etnografia na pesquisa em Saúde Parágrafo terceiro: Os candidatos estrangeiros serão dispen- – Métodos Matemáticos em Geofísica e AGG0309 – Evolução e nos meteorotrópicos. Patologias correlacionadas aos fenômenos
Coletiva. sados das exigências dos incisos III, IV e V, devendo comprovar Dinâmica Interna da Terra. meteorotrópicos. Aplicações de estatística vinculando impactos
Disciplina de Saúde Coletiva em Odontologia: que se encontram em sua situação regular no Brasil. Na mesma sessão também foi aprovada a composição da de fenômenos meteorotrópicos e poluição atmosférica.
1. - Evolução das Políticas de Saúde no Brasil; Parágrafo quarto: O candidato estrangeiro aprovado no con- comissão julgadora: Membros Titulares: Profs. Drs. Marcelo Sousa O concurso será regido pelo disposto no Estatuto e no
2. - Sistema de Saúde Brasileiro; curso e indicado para o preenchimento do cargo só poderá tomar de Assumpção (IAG/USP), Fernando Brenha Ribeiro (IAG/USP), Regimento Geral da Universidade de São Paulo e no Regimento

A IMPRENSA OFICIAL DO ESTADO SA garante a autenticidade deste documento


quando visualizado diretamente no portal www.imprensaoficial.com.br
quarta-feira, 30 de agosto de 2017 às 01:28:28.