Você está na página 1de 7

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Centro de Tecnologia
Departamento de Engenharia Elétrica

ELE0513 – ANÁLISE DE SISTEMAS DE POTÊNCIA I

ROTEIRO DE LABORATÓRIO

EXPERIÊNCIA: CORREÇÃO DE FATOR DE POTÊNCIA

Natal, 2016
1. INTRODUÇÃO

O fator de potência é um índice de qualidade adotado nos sistemas elétricos de potência.


Matematicamente, é uma relação entre as energias ou potências ativas e reativas do sistema em
análise.
A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) é responsável pela regulação do setor
e adota como limite o fator de potência (Fp), indutivo ou capacitivo, sendo Fp = 0,92. Em caso de
ultrapassagem deste limite, a concessionária é autorizada a cobrar multas.
Nesse contexto, a presente experiência busca abordar esse importante tema, tratando das
técnicas de medição e correção deste índice.

2. OBJETIVOS

 Medição de grandezas elétricas (Tensão, Corrente, Potência e Fator de Potência) em


circuitos de corrente alternada;
 Técnica de correção de fator de potência;
 Comparação de resultados teóricos e práticos.

3. MATERIAIS UTILIZADOS

 01 Fonte CA (Bancada WEG)  01 Cossefímetro (P045)


 01 Resistor de 50 Ω (P0401)  01 Voltímetro (P008)
 01 Resistor de 100 Ω (P0411)  01 Wattímetro (P027)
 01 Indutor de 300 mH (P042)  01 Amperímetro digital
 01 Capacitor de 50 µF (P043)  01 Capacitor de 100 µF (P044)
1
Referência de placa do kit.
No anexo encontram-se imagens dos equipamentos usados no laboratório.

4. PROCEDIMENTO EXPERIMENTAL

Monte o circuito como indicado na figura 1 e realize as medições de potência ativa,


corrente e tensão. Para aferir o fator de potência, faça a substituição do wattímetro pelo
cossímetro.

Figura 1 – Circuito para a situação 1.

Tensão Corrente Potência Potência reativa


FP
- V (V) - I (A) Ativa - P (W) – Q (var)
Calculado
Medido

Monte os circuitos como indicados nas figuras 2 e 3. Realize as medições de potência


ativa, corrente e tensão. Para aferir o fator de potência, faça a troca do wattímetro pelo
cossímetro.
Figura 2 – Circuito para a situação 2.

Tensão Corrente Potência Potência reativa


FP
- V (V) - I (A) Ativa - P (W) – Q (var)
Calculado
Medido

Figura 3 – Circuito para a situação 3.

Tensão Corrente Potência Potência reativa


FP
- V (V) - I (A) Ativa - P (W) – Q (var)
Calculado
Medido
5. ANEXO

Figura 5 - P040 - Banco de resistores (150 Ω)

Figura 4 - Bancada WEG

Figura 6 - P042 - Indutores (300 mH)


Figura 7 - P043 - Banco de capacitores (5μF)

Figura 1 - P008 - Voltímetro Analógico (300 V) Figura 9 - P036 - Amperímetro Analógico (10 A)
Figura 10 - P045 - Cossímetro Figura 11 - Wattímetro