Você está na página 1de 29

MUDE SUA

VIDA 
Coaching / Orientação Vocacional / Terapia Sistêmica 

KENYA PENA

 LIFESTYLE COACH

CONSTRUINDO
CARREIRAS E
TRANSFORMANDO
VIDAS
Embarque e saiba
tudo sobre:

03 04 07

COMO UTILIZAR FÓRMULA DA DETECTANDO O


ESTE DIÁRIO REALIDADE SAUDÁVEL E O
DOENTIO NAS
RELAÇÕES

09 13 15

TRIÂNGULO TRIÂNGULO DA COMO SAIR DO


DRAMÁTICO SOLUÇÃO TRIÂNGULO
DRAMÁTICO

17 23 28

APRENDIZADOS E
FAÇA A
 CONSTELAÇÃO ÁRVORE ENERGÉTICA RASTREADOR DE
SISTÊMICA  DA FAMÍLIA OBJETIVOS E
HÁBITOS
ESTE DIÁRIO PERTENCE À:
_______________________________
COMO UTILIZAR ESTE DIÁRIO:

1) CARREGUE-O 2) FAÇA PELO 3) REPITA OS DOIS


COM VOCÊ POR MENOS UM PRIMEIROS PASSOS
ONDE FOR EXERCÍCIO POR ATÉ QUE AS
DIA. INFORMAÇÕES
FIQUEM BEM CLARAS
PARA VOCÊ.
F X I ³ = R ³

.³RIGA E ²RASNEP ,¹RITNES OD OÃÇATERPRETNI = ³I


SA MES ,IS ME OTAF O ETNEMOS É OTAF = F

.SOTAF SOA ÁD ÊCOV EUQ ODIROLOC O 


.SEÕÇATERPRETNI

ESTA SIMPLES FÓRMULA
AUXILIA NO SEU DESPERTAR
SISTÊMICO PARA AS
 SIMBOLOGIAS DAS
RELAÇÕES HUMANAS.

R³= REALIDADE QUE VOCÊ CRIA PARA


VOCÊ, OU SEJA, A REALIDADE DO EU¹,
EU E O OUTRO², EU E O SISTEMA³.
Que colorido você dá

para sua vida e sua

realidade?
Você vê os problemas que está ou estava carregando e quais são
realmente seus? Como você pode agir após essa percepção?
DETECTANDO O SAUDÁVEL E O
DOENTIO NAS RELAÇÕES
As simbologias do sentir, pensar e agir e a
forma como você se relaciona (com você,
você e o outro, você e o sistema) podem vir
junto com  condutas-padrão não saudáveis,
classificadas por Eric Berne, precursor da
Análise Transgeracional, como os papéis de:
Salvador, Perseguidor e Vítima, que muitas
vezes desempenhamos nas relações
pessoais e profissionais do cotidiano sem
perceber. Essas condutas fazem parte dos
jogos psicológicos que giram sempre em
torno de um problema, sintoma ou conflito,
ou seja, sempre terá um problema quando
estamos funcionando nestes papéis. É
importante observar no momento do
conflito quais funções (pai, mãe, filho,
marido, esposa...) você desempenha
quando está funcionando nestes papéis.

SAUDÁVEL (LEIS DA NATUREZA) ≠


NORMAL (NORMAS QUE VOCÊ SEGUE DA
SUA FAMÍLIA DE ORIGEM  E QUE NÃO
SIGNIFICA QUE SÃO SAUDÁVEIS).
EXEMPLOS DE 

Funções Saudáveis
A função saudável do pai é impulsionar o  Quando isso acontece o filho se sente
filho para vida. É ensiná-lo como é a vida. seguro de amar o pai  já que a mãe o ama
E isso começa aos 3 anos de idade, também. E assim ele pode aprender a
quando o pai consegue ter acesso ao amar o diferente da mãe.
filho. Esse movimento de receber do Segundo Franz Ruppert psicólogo
pai dá força ao filho para caminhar para alemão especialista em
vida, para sua profissão, para suas psicotraumatologia transgeracional.
conquistas. Uma criança  só consegue desenvolver
A função saudável da mãe começa no sua autonomia psíquica quando as suas
vínculo desde a fecundação/concepção, necessidades simbólicas de calor,
desenvolve-se durante a gravidez, segurança, nutrição e amor são
estabelece-se durante e depois do satisfeitas. Portanto, as mulheres e os
parto/nascimento, estabiliza-se durante homens que desejam ser pais
os 03 primeiros anos de vida onde a devem ficar atentos as necessidades
função da mãe é nutrir o filho, ensinar os simbólicas dos filhos e resolverem suas
primeiros aprendizados de auto questões traumáticas antes de se
sobrevivência. Aos 3 anos de idade a tornarem pais.
mãe deve deixar que o filho ame o pai, Entender isso possibilita uma tomada de
que ele aprenda com o pai como é a vida, consciência e a adesão a novas posturas
isso só acontece quando a mãe é capaz para tomar o seu lugar no sistema,  com
de amar o marido como ele realmente é.  suas funções de forma saudável.

QUAIS FUNÇÕES VOCÊ TEM? E QUAIS


FUNÇÕES VOCÊ DESEMPENHA COM AS
PESSOAS DA SUA FAMÍLIA?
_____________________________________
_____________________________________
_____________________________________
_____________________________________
_____________________________________
Agora responda:
Quantos por cento de você é filho (a)?_____________________________
Quantos por cento de você é pai?__________________________________

Quantos por cento de você é mãe?_________________________________

Quantos por cento de você é mulher ou homem?____________________

Quantos por cento de você é marido ou esposa?____________________

Escreva sobre:
Quais são os seus referenciais de vida? Em que você acredita?

De onde vem esses referenciais? Quem te passou? Foram seus pais,


seus avós, suas experiências de vida?

O que aconteceu e o que ainda acontece para que você continue


acreditando nestes referenciais?

Esses referenciais são saudáveis? São verdadeiros para quem?


Triângulo Dramático
KARPMAN

P S
Perseguidor P Salvador

V
Vítima

A Análise Transacional (Eric Berne) nos mostra que temos


muitas relações tóxicas e o Triângulo Dramático de Karpman
(discípulo de Berne) nos ensina como compreender essas
relações tóxicas entre as pessoas.
As três posições foram colocadas por Karpman nos vértices de um triângulo invertido, com setas
nos dois sentidos para  indicar que as pessoas mudam de posição no Triângulo, embora possam
permanecer em uma ou duas posições básica, na maior parte do tempo.
Entenda quais são os seus perfis:
O Perfil Salvador é aquele que adotou como posição existencial básica, sentir-se superior às
pessoas e para tanto, ele precisa ajudá-las quando elas não estão pedindo ou precisando de
ajuda. Pode ser entendido como superproteção. Um exemplo disso é quando uma pessoa faz
algo para outra, não por carinho ou eficiência, mas para, de forma subliminar, mostrar que sabe
fazer melhor e para cobrar mais tarde algo em troca. Todo Salvador é um Perseguidor em
potencial. Atrás desse ato de dar demais, pode ser a criança interna da pessoa pedindo para ser
incluída e vista pelos pais. Pode existir uma dificuldade de receber dos pais e consequentimente
das pessoas e da vida.
O Salvador tende a se colocar como o herói, aquele que salvar a todos, que resolve os problemas
de todo mundo só para não olhar para suas próprias questões. Este é um lugar difícil e pesado no
sistema, por ter culpa quando não ajuda quem ele julga necessitar e por se colocar como o
melhor (inconscientemente) no sistema.  
ENTENDA QUAIS SÃO
OS SEUS PERFIS
PERSEGUIDOR, SALVADOR E VÍTIMA 

O Perseguidor é aquele que cobra de forma com autonomia nem para responder pelos seu
veemente, crítica e autoritária, muito além do atos. Toda vítima é na mesma proporção um
Perseguidor, ou seja, para que ela seja vítima ela
necessário.
julga alguém como seu perseguidor.
A Posição existencial do Perseguidor também A vítima se infantiliza mais que os outros dois
é, geralmente, a de superior às demais perfis. É um eterno pedinte e acusador. Acha
pessoas, mas também pode ocorrer desta que os pais e consequentemente as pessoas e a
vida têm que dar tudo a ela. Ela se coloca
posição ser apenas de fachada. No fundo, ele
infantil para que alguém a salve. Muitos pais
se sente tão inferior que ele precisa se fazer quando estão funcionando nesta função de
superior através da posição de Perseguidor. vítima, ou seja, inconscientemente fazendo
Este perfil tende a julgar demasiadamente os função de filho dos filhos, os aprisionam através
. da culpa de terem que cuidar deles já que um
outros por acharem que estão sempre certos.
dia eles abdicaram de algo na vida para criá-los
O julgamento é também uma forma exclusão e isso impede os filhos de irem para vida.
e quando o fazemos também nos vinculamos
O jogo psicológico acontece quando a pessoa
a aqueles que acabamos de excluir repetindo
que está numa posição do Triângulo, muda
seu padrão comportamental e de vida. 
de posição, confundindo o interlocutor.
O perseguidor também tem um salvador
O final disso é sempre uma sensação de mal
camuflado, ele quer ajudar o outro, mas este
estar, uma briga, um bater de portas.Por
tem que fazer a sua maneira e se isso não é
exemplo, o Salvador cansa de salvar e num
feito o perseguidor lança suas críticas e
determinado dia, cobra de forma exagerada e
 julgamentos.
agressiva, passando então para a Posição de
A Vítima é aquela onde a pessoa nunca fez Perseguidor. Em seguida, a mesma pessoa
nada para merecer nada. Ela não assume a
pode entrar na posição de Vítima, e dizer de
responsabilidade pelos seus atos. Ela fez assim
porque o outro fez assado. Se ela erra, vai forma melodramática que ninguém tem dó
buscar uma justificativa sempre no outro. dela, que as pessoas a exploram, que ninguém
Quando as pessoas falam sobre ela,
está interessado em fazer nada por ela,
costumam colocar sempre a palavra coitada no
meio da frase: “a fulana, coitada, reclama de quando isso não é real. O que se percebe é que
tudo, é muito mimimi,  ela é boazinha, os 3 perfis estão funcionando no mundo
mas coitada é chatinha demais, só quer infantil, a criança interior da pessoa é quem
ganhar...”. E assim a vítima se protege, usando
está no controle, é quem está tomando  as
uma pessoa como seu salvador, como
uma bengala para não ser chamada a pensar e decisões e não o seu adulto. 
a agir
POR QUE AS PESSOAS ENTRAM NO
TRIÂNGULO DRAMÁTICO?
Estes perfis juntamente com as funções familiares ajudam a
visualizar quando funcionamos fora da nossa ordem, ou seja, fora do
nosso lugar no sistema.
Por que as pessoas entram no Triângulo Dramático?
Há várias razões. A principal delas é: para evitar intimidade. ou seja,
pessoas que não desenvolveram seu potencial para amar se assustam
diante da possibilidade de estarem diante de pessoas que não
escondem cartas na manga, onde pode haver uma rica troca de
afagos, uma amizade autêntica e profunda. Isso as assusta por ser
uma forma de relacionamento que não foi introjetada, não foi
aprendida.
São pessoas que aprenderam o amor de troca, de barganha e se
sentem vulneráveis diante de uma proposta de comunicação onde
não há armadilhas. Elas não acreditam que isso possa acontecer,
devido às suas experiências, seu histórico, suas mensagens
introjetadas muito cedo na vida.
Como sair do Triângulo Dramático segundo Berne e Karpman:
Desenvolver uma comunicação direta, falar a linguagem dos
sentimentos de forma inteligente é o caminho. Isso significa não
fazer joguinhos. Muitos conseguem, pelo menos, na maior parte do
tempo. Geralmente, quando há um período de fragilidade
emocional, a pessoa pode entrar num jogo, cair no Triângulo, mas se
ficar atenta, saberá sair rapidinho e resgatar a comunicação
saudável, voltando para a posição existencial de bem estar.
COMO SAIR DO TRIÂNGULO
DRAMÁTICO?

Triângulo da Solução
Segundo Dr. Fernando de Freitas

Assim como Berne e Karpman o Dr. Fernando de Freitas, também traz algumas


sugestões para o movimento de saída do triângulo dramático. Segundo ele a pessoa
deve ser criativa para pensar nas opções que tem para solucionar o problema, ou seja
listar e criar as opções que pode fazer, sem julgamentos. Pensar, se tudo fosse
possível o que eu faria?
A pessoa também deve usar as pontencialidades, as habilidades e competências  que
tem no momento. Avaliar as opção que já consegue fazer com os recursos físicos,
emocionais e financeiros que tem. Decidir sobre qual é a melhor opção, se já
consegue fazê-la e o que precisa desenvolver para  realizá-la . E também
precisa utilizar sua sabedoria para fazer o seu melhor no momento.
É imprescindível os questionamentos sobre: o que ainda não fez em relação a este
assunto, questão, pessoa, problema e que pode funcionar agora. o que mais  pode ser
feito e que só dependa de você e  como você pode melhorar o que vai sentir, pensar e
agir daqui para frente.
Decida e faça!

Triângulo da Solução
C Criatividade

S
Potencialidade P S Sabedoria para fazer
QUAL É O SEU PROBLEMA ATUAL?
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
_____________________________________________
____

Liste as opções que você tem para solucionar este problema e que só dependa
de você? 

Quais são as suas potencialidades (financeiras, emocionais, as suas competências e


habilidades) neste momento para solucionar isso?

Qual é a sua decisão? E o que você vai fazer ainda hoje para solucionar este
problema?
EXEMPLOS DE
COMO SAIR DO 
TRIÂNGULO
DRAMÁTICO:

Quem está na Posição de Salvador,


por exemplo, pode aprender a sair
dela deixando de ajudar quem não
pede ou não precisa ser ajudado.
Acreditar na capacidade do ser
humano de criação e superação. Esta
simples ação dá autonomia para o
outro fazer o que ele dá conta no
momento. Entender que o destino é
muito maior e que todos podemos
pegar força de algo ruim que os
acontece para fazer algo de positivo
na vida. Digo sempre para os
Salvadores: “vá se divertir!”, “cuide
de você!”, “fique no seu lugar, na
sua função”, quem te salva é o seu
adulto e não o outro.
Para sair da posição de perseguidor,
por exemplo, a pessoa pode utilizar
seu tempo e sua energia para
considerar o todo das pessoas e não
apenas as suas falhas ou erros,
desenvolver a empatia de forma
equilibrada sem querer salvar
ninguém. Pode também buscar uma
forma de se sentir importante, de
construir sua existência sem a
necessidade de destruir o que já foi
construído. Pode exercer seu poder
sem humilhar e denegrir as
qualidades dos outros. 
"Embora nenhum de nós possa
voltar atrás e fazer um novo começo,
qualquer um pode começar, agora,
a fazer um novo fim."
                                            Chico Xavier.

Para sair da posição de vítima, a pessoa pode exercitar seu pensamento lógico.
Como eu posso cuidar de mim? O que eu posso fazer por mim? De que forma
posso resolver isso sozinha? Soltar as pessoas da função de bengalas da sua vida,
renunciar as simbioses permanentes com as pessoas que estão sempre prontas
para respaldar suas deficiências e buscar o fortalecimento de seus pontos fracos.

O Triângulo Dramático de Karpman mostra a patologia das relações


interpessoais. O desgaste que isso provoca nos relacionamentos é resultado
garantido, podendo chegar a algo doloroso chamado fim. Para Eric Berne,
relacionamentos saudáveis são aqueles onde as pessoas se encontram para
compartilhar aquilo que são, num clima de espontaneidade, criatividade e
autonomia.                                     
CONSTELAÇÃO SISTÊMICA
É uma técnica psicoterapêutica realizada de forma breve e assertiva
para a cura das relações humanas dentro dos sistemas familiares,
empresariais, educacionais, sintomáticos (doenças) e recentemente
jurídicos. Essa ferramenta olha para as diversas consciências as quais
somos tomados. Sabendo ou não, querendo ou não, gostando ou não,
pertencemos à um grupo, a um sistema, a uma família,
simplesmente funcionamos assim, em sistemas vivos. Bert Hellinger
o precursor desta linda técnica terapêutica que nós permite localizar
e liberar bloqueios de qualquer geração ou membro da família,
observou que as dinâmicas ocultas que atuam no inconsciente da
pessoa e de seu sistema familiar podem impedi-la de conquistar e
estruturar a vida da forma que deseja. Isso porque a pessoa e seu
sistema familiar estão sobre influência de 3 leis das relações
humanas: 

A LEI DO
PERTENCIMENTO
Lei da Hierarquia e do
Equilíbrio entre o Dar e o
Receber nas relações.
ESSAS LEIS OBSERVADAS POR BERT
HELLINGER, MOSTRAM QUE POR
AMOR REPETIMOS PADRÕES
FAMILIARES PARA PERTENCER A
FAMÍLIA, OU SEJA, MUITAS VEZES
NOS VINCULAMOS A HISTÓRIAS DE
EXCLUSÕES, PERDAS E SOFRIMENTO
DA FAMÍLIA POR AMOR.

“ATÉ VOCÊ SE TORNAR CONSCIENTE, O INCONSCIENTE IRÁ


DIRIGIR SUA VIDA E VOCÊ IRÁ CHAMA-LO DE DESTINO.”
CAL GUSTAV JUNG

WWW.KENYAPENA.COM.BR
VOCÊ SABIA QUE OS SEUS JULGAMENTOS PODEM LEVAR A REPETIÇÃO DE
PADRÃO, PRINCIPALMENTE OS FAMILIARES 
Entendendo as Leis  dos
 Relacionamentos Humanos
Toda vez que surge o julgamento, a pessoa que o faz está se colocando em melhor condição de
pertencer, como se o outro não tivesse o mesmo direito de pertencer ao sistema e automaticamente
se dá a exclusão. Essa dinâmica nas relações causa um emaranhamento com a história da pessoa
excluída causando a repetição de padrão. Aquele a quem mais julgamos, fazemos igual ou pior,
mesmo que em contextos diferentes.
Entendendo as leis  dos relacionamentos humanos:
A lei do Pertencimento: Mostra que cada um no sistema, vivo ou morto tem o direito de pertencer a
família. Se é negado a alguém esse direito, ocorre um desequilíbrio e a consciência da família procura
restabelecer a ordem através de uma compensação para que o sistema possa se equilibrar
novamente. Isso faz com que pessoas da próxima geração venham repetindo o padrão da pessoa
excluída para que ela possa ser vista e incluída novamente no sistema. Isso é feito por amor, para
pertencer a família e acontece de forma inconsciente sem que a pessoa se dê conta disso.  
A alma da família não faz distinção de bom e mau. Nós nos sentimos em paz e confortáveis ao lado
de pessoas que se consideram comuns. Segundo Bert Hellinger quem se considera bom e perfeito é
perigoso. Essas pessoas tendem a reivindicar para si o maior direito de pertencer a família, porque
se sentem superiores. Então quando alguém diz: ele é um canalha, ou eu ajudo mais que você, ou ele
é ou tem um filho ilegítimo, ou seja, lá o que a pessoa comentar, isso também é uma das formas de
exclusão. Assim como os abortos não lembrados, as pessoas que de certa forma foram prejudicadas
por nossa família, os ex-parceiros que sofreram a dor da separação às custas de nossa felicidade
com outro relacionamento, os destinos difíceis na família que ninguém comenta, tudo isso é uma
exclusão. 
TODOS DEIXAM INFORMAÇÕES POSITIVAS E NEGATIVAS NO SISTEMA FAMILIAR
E ELAS PODEM SER REPETIDAS PELAS PRÓXIMAS GERAÇÕES.
ENTÃO SE PERGUNTE:
O que você está deixando e o que você
quer deixar para as próximas gerações?
A Lei da Hierarquia informa que existe uma ordem de chegada (nascimento) no sistema. Quem veio
antes tem precedência sobre quem veio depois. Quem vem antes dá para quem vem depois. A
consciência da família observa principalmente o direito dos que vieram antes e por amor os que veem
depois se sacrificam para pertencer, equilibrar e  ajudar na continuidade da família. Se a precedência
é respeitada as próximas gerações da família ficam livres.
Esta lei reforça a importância do não julgamento e concordância de que os pais, os avós e todos os
antepassados passaram por várias coisas para que a vida chegasse até você e não cabe a você julgar
qual teria sido a melhor decisão.
Bert Hellinger diz que todo filho tem os pais certos para ele. E que cada um faz o que dá conta, isso
significa que cada um faz o seu melhor naquele momento assim como você, portanto não julgue.
A Lei do Equilíbrio do dar e Receber nas Ralações traz a reflexão sobre as ordens da ajuda nas
relações. Somos criados para sermos bonzinhos e os  bonzinho tem a terrível tendência a dar demais,
tem dificuldade de dizer não, deixa de fazer para si para fazer para o outro, sai ajudando até quem
não pediu ajuda. Bert Hellinger diz que é necessário ter um equilíbrio: eu dou no amor, você recebe
no amor e senti uma compulsão em me devolver e me dá um pouco mais no amor, eu recebo no amor
e te dou um pouco mais e assim se mantém o fluxo do equilíbrio  do dar e receber na relação. Esta lei
tem exceções para a relação de pais e filhos e professores e alunos. Os pais dão a vida, os filhos
tomam a vida e passam a vida adiante tendo filhos e ou avançando com seus projetos de vida para o
fluxo do bem maior. 
BERT HELLINGER TAMBÉM OBSERVOU QUE
QUANDO ALGUÉM NOS DÁ ALGO QUE NÃO
GOSTAMOS 
É NECESSÁRIO DAR UM POUCO MENOS DO QUE
RECEBEMOS NO AMOR AO OUTRO PARA QUE O
EQUILÍBRIO VOLTE A FLUIR

QUANDO ALGUÉM DÁ MUITO


PARA O OUTRO, ESTE QUE
DÁ NA VERDADE ESTÁ TIRANDO
A DIGNIDADE DO OUTRO DE
CONSEGUIR POR SI MESMO.

E o que recebe muito, sente isso


como uma divida impagável, como
uma prisão e tende a ir embora. Na
relação de casal, quando um dá
muito e o outro só recebe, o sistema
vê esta relação como parental (de pai
para filha ou de mãe para filho) isso
gera uma relação incestuosa para o
sistema e o casal mesmo se amando
observa o fim do desejo sexual na
relação e tendem a se separar
porque o sexo expressa a força do
casal.
Comece a observar o porque está
dando muito. É para ser visto? Para
se sentir incluído? Qual função você
desempenha quando está dando
demais? Se auto observar e se
perguntar sempre qual é minha
função neste momento é a chave
para se manter no seu lugar e na sua
função. Cada pessoa tem  a força
necessária para ir para vida, para
seus projetos, quando está no seu
lugar e com suas funções.
A medida que você ocupar seu lugar nos sistema
vá entregando algumas funções, faça isso no
amor, sem exageros e se tiver que ficar com
alguma função que não seja sua, a desempenhe
do seu lugar (exemplo filhos que cuidam dos
pais).
Neste retorno para o nosso lugar no sistema,
observe em quais papeis está funcionando. Se é
de Salvador, perseguidor ou vítima. Observe os
jogos psicológicos que se mostram em suas
relações. Perceber e analisar isto auxilia a
enxergar qual função está desempenhando, por
traz de um papel de perseguidor por exemplo,
pode ter uma função de pai ou de mãe.
Se você não esta gostando do que você está
vivendo é sinal de que é necessário buscar o
autoconhecimento, se informar, fazer, sentir,
ver, ouvir com a amplitude da alma (seu eu
verdadeiro). Refazer rotas, descobrir caminhos
mais saudáveis e aprendizados são necessários
para o desenvolvimento.
O importante é saber que o saudável é tomar a
vida através dos pais, concordar que eles são o
que são e por isso são os pais certos para nós.
Isso implica em não nos metermos na relação
dos pais, em não tentar salvá-los. É necessário
deixar a família de origem para construir a
família atual e que nesta pode se restabelecer
novos padrões saudáveis para passar a vida a
diante através dos filhos e com os nossos
projetos.

VOCÊ ESTA
GOSTANDO DO QUE
ESTA VIVENDO?
____________________
____________________
____________________
Faça a Árvore Energética da sua família até
a 3° geração anterior a sua
e escreva os fatos mais importantes da história de cada
um inclusive da sua:
Segundo Ana da Fonte, escritora e terapeuta sistêmica, o mapa energético possibilita
a observação dos sistemas energéticos da família. Baseado nesse mapa faça a árvore
energética da sua família.
A árvore energética da família surgiu do conhecimento do mapa energético e do
genograma. Tem a finalidade de proporcionar a visualização da diversidade dos fatos
ocorridos na família. Não se investi na dor, ao contrário, investi-se nas cores
correlacionadas aos fatos. Na possibilidade de iluminação através das cores.
O topo da árvore, apresentada na próxima página, equivale a imagem de uma pedra jogada no lago,
onde reverberamos muito mais energia do que se pode imaginar e com a consciência de que podemos
acessar. O 1 círculo central- Somos nós e a nossa família original (pai, mãe e irmãos, sobrinhos...) e a
sequencia das estrelas segue a ordem de nascimento de cada membro da família. Se quiser pode
colocar: 1f, 2f, 3f(filho) no centro da estrela.
O 2 círculo são os avós paternos e maternos, subdivida este círculo em 2 partes.
O 3 círculo são os bisavós paternos e maternos, subdivida este círculo em 4 partes.
O 4 e o 5 círculo são os tataravós paternos e maternos, subdivida estes círculos em 8 partes.
Elabore a árvore energética até a as memórias da família e ou sua intuição permitir.
Quando estiver fazendo sua árvore energética da família inclua um grande amor que não pode ser
vivido(de seu pai e de sua mãe...)mesmo que não tenha tido filho.
Inclua também os cônjuges fora do casamento e seus respectivos filhos. Se não souber quantos são,
coloca-se um círculo para representar todas as mulheres, uma estrela para representar todas as
crianças e um triângulo para representar todos os homens.
Caso tenha filhos adotivos, incluir pai e mãe biológicos junto dos pais adotivos.
Caso os avós tenham criado os netos: Se colabora com a criação e reconhece pai e mãe da criança,
então eles entram no 2 círculo (dos avós) na árvore.
Sinta no seu corpo as sensações de onde colocar as pessoas que tem um lugar confuso na sua
memória. E vá observando estas sensações, porque o corpo pede para colocar estas pessoas no lugar
"certo" da árvore de cada um.
Coloque também os fatos que tenham causado problemas e não os problemas. Fatos é diferente de
problemas.
Cada árvore energética é individual, portanto esta é a sua árvore. A árvore do filho e do casal por
exemplo são feitos em separado cada um faz a sua árvore.
A elaboração da árvore energética traz a possibilidade de ampliação da consciência e a cura para
cada um e também para sua família.
Árvore Energético da Família
Sintomas
Sistêmicos
 nas Famílias

* Relacionamentos importantes(primeiros
* Adoção;
amores);
* Mortes prematuras(nasceu e morreu);
* Violência doméstica/Abuso sexual/ Abuso
* Mortes precoces(antes dos 28 anos);
moral;
* Assassinatos(assassinos/assassinados na
* Casamento entre pessoas de nacionalidades
família);
diferentes;
* Suicídios ou tentativas;
* Casamento escondido/Não autorizado pela
* Vícios(jogo, bebida, comida, compras,
família;
drogas, sexo...);
* Filho que ocupa lugar dos pais;
* Doenças com mortes precoces;
* Exclusão dos filhos dos casamentos
* Alguém foi caluniado ou expulso;
anteriores;
* Alguém foi lesado em herança;
* Aborto natural;
* Torturas por questões políticas;
* Abortos provocados;
* Traição/Delação(alguém na família
*Morte Parto;
traído/delatado);
* Depressão pós-parto(rejeição por parte da
* Falências;
mãe);
* Agressores a mando de alguém da família;
* Eutanásia;
* Envolvimento em falcatruas;
* Familiares com débito/sofrimento por
* Deficiências físicas;
motivo de enchentes, terremotos, guerras;
* Distúrbios/Transtornos Mentais;
* Relacionamento
* Acidente com risco de morte;
Homoafetivo/LGBT(lésbicas, gays, bissexuais,
* Segredos;
transexuais, travestis);
* Casamento por obrigação;
* Outros motivos que causam débitos a algum
* Relacionamento Extraconjugal;
membro da família.
SEGUNDO BERNE, A INTIMIDADE É A MAIS
ARRISCADA E MAIS COMPENSADORA FORMA
DE RELACIONAMENTO HUMANO.
ARRISQUE-SE!

CONHEÇA MEUS SERVIÇOS:


Coaching de Vida; Carreira e Vocacional/Profissional; Imagem: Indicado para pessoas e empresas que
desejam planejar suas metas, trazer novas alternativas, entendimento e soluções que levam ao
objetivo.
Orientação Vocacional/Profissional: Indicado para jovens que estão escolhendo a profissão, cursando
a faculdade e ou iniciando no mercado de trabalho.
Terapia Sistêmica realizada através da Constelação Familiar e da Análise Sistêmica: Indicado para
pessoas e empresas que passam por momentos difíceis na vida pessoal, profissional, empresarial,
educacional, jurídicas e também em casos de doenças. 
Constelação Familiar: É realizada de forma individual ou em grupo (sessão única). Áreas: Familiar,
Empresarial, Jurídica, Sintomas e Doenças.
Análise Sistêmica: É um processo de até 04 sessões (mais de 2 pessoas as sessões aumentam)
realizado em conjunto com os interessados. É indicado para casais, pais e filhos e empresas
familiares.
www.kenyapena.com.br
DATA DA SESSÃO:____/____/_____.

QUESTÃO TRABALHADA:

O que de mais importante me


 dei conta nesse processo?

APÓS UMA SEMANA OU MAIS, DEFINA


COMO VOCÊ IRÁ EXPRESSAR AS
PERCEPÇÕES QUE TEVE SOBRE VOCÊ EM
ATITUDES NA SUA VIDA:

As ações que farei As ações que farei As ações que levarei

na próxima semana?  no próximo mês? para vida?


Rastreie seus objetivos e hábitos
horizonte
A VIDA É UM

REPLETO DE POSSIBILIDADES
CONSTRUA O SEU

Kenya Pena
COACHING | ORIENTAÇÃO VOCACIONAL | TERAPIA SISTÊMICA
WWW.KENYAPENA.COM.BR
CONTATO@KENYAPENA.COM.BR
WHAT'S: 31-99997-8594