Você está na página 1de 150

Manual do Operador

Modelo da Chave de Transferência


GTEC
63 a 1250 A

914–0100G-16 6-2006
Índice
SEÇÃO TÍTULO PÁGINA

PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . IV
1. INTRODUÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-1
MANUAL DO OPERADOR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-1
APLICAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-2
FUNÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-2
IDENTIFICAÇÃO DO MODELO. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-3
COMO OBTER SERVIÇOS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-4
VISÃO GERAL DA INSTALAÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-5
Aplicação e Instalação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-5
Considerações de Segurança . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1-6
2. PREPARAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2-1
3. DESCRIÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-1
GABINETE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-1
PAINEL DE CONTROLE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-4
LEDs das Funções de Controle . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-4
LEDs de Status da ATS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-4
Botões de Membrana . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-4
SISTEMA DE CONTROLE ELETRÔNICO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-6
Entrada de Inibição de Transferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-6
Entrada de Inibição de Retransferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-6
Entrada de Teste Remoto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-7
Partida de Dois Fios . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-7
CHAVE DE TRANSFERÊNCIA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-7
Conjuntos dos Contatos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-7
Atuador Eletromecânico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-7
Contatos Auxiliares . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-8
DETECÇÃO DE TENSÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-8
Detecção de Tensão Entre Linha e Neutro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-8
Detecção de Tensão Linha para Linha . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-8
OPÇÕES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-9
Opção do Carregador de Flutuação da Bateria . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-9
Carregador de Bateria de 2 A . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-9
Carregador de Bateria de 2 A Premium. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-9
Opção de Relógio Acionador Externo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-10
Opção de Relé para Elevador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-10
Opção de Restabelecimento Manual . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3-11
4. OPERAÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-1
TEMPOS DE RETARDO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-1
Tempo de Retardo da Partida do Motor (TDES). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-1
Tempo de Retardo de Resfriamento do Motor (TDEC). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-1
Tempo de Retardo Normal para Emergência (TDNE) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-1
Tempo de Retardo Emergência para Normal (TDNE) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-1
Tempo de Retardo para Transição Programada (TDPT) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-2
Tempo de Retardo de Pré-Transferência do Elevador (TDEL). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-2
Retardo Pós Transferência do Elevador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-2
OPERAÇÃO MANUAL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-3

i
Índice (continuação)
SEÇÃO TÍTULO PÁGINA

OPERAÇÃO DOS BOTÕES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-4


Botão Test (Teste). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-4
Botão Override (Cancelar) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-4
Botão Set Exercise (Ajustar Acionamento) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-4
O botão Set Exercise (Ajustar Acionamento) é usado para:. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-4
TESTE COM OU SEM CARGA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-5
Seqüência de Eventos do Teste com Carga. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-5
Seqüência de Eventos do Teste sem Carga. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-6
SENSORES . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-7
Sensor da Rede Pública . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-7
Sensor do Gerador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-7
Sensor de Verificação de Fase . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-7
Retorno à Transição Programada . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-7
ACIONADOR DO GRUPO GERADOR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-8
Acionamento Com ou Sem Carga. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-8
Acionador Integrado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-8
ACIONADOR EXTERNO OPCIONAL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-10
Acionamento Com ou Sem Carga. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-10
UTILIZAÇÃO DO BOTÃO MENU. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-11
Utilização dos Botões +/– . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-11
Utilização do Botão ok. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-11
Configuração de Verão/Inverno no Relógio (Horário de Verão) . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-11
Configuração dos Horários de Início e Parada do Acionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-14
Verificação dos Programas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-17
Eliminação (Exclusão) de um Período de Acionamento Programado . . . . . . . . . . . . . 4-20
Eliminação (Exclusão) de todos os Período de Acionamento Programados . . . . . . . . 4-21
Início ou Cancelamento de um Programa de Acionamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-22
Seleção do Modo Ligado/Desligado Permanente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-23
Acréscimo de um Código de Segurança. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-24
Depois de Programar o Relógio Acionador. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-25
Reinicialização do Temporizador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-25
MANUTENÇÃO PLANEJADA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4-27
5. CONFIGURAÇÃO DO PAINEL DE CONTROLE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5-1
ACESSO AO EDITOR DE CONFIGURAÇÃO DO PAINEL FRONTAL . . . . . . . . . . . . . . . . 5-1
MODIFICAÇÃO DA CONFIGURAÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5-4
6. INSTALAÇÃO – MONTAGEM . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-1
LOCAL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-1
MÉTODOS DE MONTAGEM . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-2
Montagem em Parede. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-2
Posicionamento no Piso . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-3
CONSTRUÇÃO ABERTA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6-3
7. INSTALAÇÃO – FIAÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-1
CONEXÕES CA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-4
CONEXÕES DE CONTROLE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-6
Conexão da Chave de Transferência ao Grupo Gerador . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-6
Contatos Auxiliares . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-7

ii
Índice (continuação)
SEÇÃO TÍTULO PÁGINA

Conexões de Partida-Parada Remota . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-7


Entrada de Teste Remoto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-8
Entrada de Inibição de Transferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-8
Entrada de Inibição de Retransferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-8
Entrada de Cancelamento Remoto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-9
INSPEÇÃO E LIMPEZA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7-10
8. SOLUÇÃO DE FALHAS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-1
INDICADORES LED DO PAINEL DE CONTROLE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-1
PROCEDIMENTOS DE SOLUÇÃO DE FALHAS PARA OPERADORES
E PESSOAL DE SERVIÇO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-3
Ocorre Falta de Energia, mas o Grupo Gerador Não Dá Partida . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-3
O Grupo Gerador Dá Partida Durante Funcionamento da Energia Normal . . . . . . . . . . 8-4
O Grupo Gerador Não É Acionado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-4
Depois de uma Falta de Energia, o Grupo Gerador Dá Partida Mas Não
Assume a Carga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-5
Depois Que a Energia Retorna, a Chave de Transferência Não Retorna
à Posição Normal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-5
O Grupo Gerador Continua Funcionando Depois que a Carga
é Retransferida à Energia Normal. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-6
O Sistema Não Testa com Carga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-6
O Sistema Não Aciona com Carga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-7
O Relógio Acionador Externo Não Inicia um Acionamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-7
O Acionador Externo Não Repete um Acionamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-8
O Carregador de Bateria não Carrega (Se Instalado). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-8
A Bateria Perde Água . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-8
A Bateria Perde Carga . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-8
PROCEDIMENTOS DE SOLUÇÃO DE FALHAS PARA PESSOAL
DE SERVIÇO EXPERIENTE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-8
Sobre as Entradas Destinadas ao Usuário . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-8
Indicadores LED do Painel de Controle . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-8
SEQÜÊNCIA DE EVENTOS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-10
Seqüência de Eventos de Normal para Emergência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-10
Seqüência de Eventos de Emergência para Normal . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-13
SOLUÇÃO DE FALHAS COM SINTOMAS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-16
Operação da Chave de Transferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-16
FALHA NA ENERGIA DA REDE PÚBLICA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-17
A ENERGIA DA REDE PÚBLICA É RESTABELECIDA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-20
QUESTÕES DIVERSAS SOBRE SOLUÇÃO DE FALHAS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8-25
9. MANUTENÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-1
PROCEDIMENTO DE REMOÇÃO/SUBSTITUIÇÃO DO CONJUNTO DA CHAVE . . . . . . 9-1
PROCEDIMENTO DE REMOÇÃO E SUBSTITUIÇÃO DA CHAVE . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-1
Desconecte a Energia CA . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-1
Remoção do Conjunto da Chave de Transferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-1
Substituição da Chave de Transferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-1
Reconexão da Energia CA (Quando Finalizado) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9-2
10. INFORMAÇÕES SOBRE AS PEÇAS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10-1
11. DESENHOS ESQUEMÁTICOS E DIAGRAMAS DE FIAÇÃO . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-1

iii
Precauções de Segurança
Este manual inclui os seguintes símbolos para indicar APLICAÇÕES DE REDE PÚBLICA PARA
condições potencialmente perigosas. Leia cuidadosa- GRUPO GERADOR
mente o manual e saiba quando essas condições exis-
tem. Então tome as medidas necessárias para proteger Se for preciso abrir o gabinete por algum motivo:
as pessoas e o equipamento. 1. Mova a chave seletora de operação do grupo
gerador para a posição Stop (Parar).
PERIGO Este símbolo alerta sobre perigos
2. Desconecte o carregador de bateria.
imediatos que podem resultar em acidentes pesso-
ais graves ou morte. 3. Desconecte as baterias de partida dos grupos
geradores (remova primeiro o terminal terra [–]).
ALERTA Este símbolo refere-se a um perigo ou 4. Remova a energia CA que alimenta a chave de
prática insegura que pode resultar em acidentes transferência automática. Se as instruções exigi-
pessoais graves ou morte. rem de outra maneira, tenha extrema cautela
devido ao risco de choque elétrico.
CAUTELA Este símbolo refere-se a um perigo ou
prática insegura que pode resultar em acidentes PRECAUÇÕES GERAIS
pessoais ou em dano ao produto ou à propriedade.
Ao trabalhar em equipamento elétrico sobre piso de
CHOQUE ELÉTRICO PODE PROVOCAR metal ou concreto, use no piso plataformas de madeira
ACIDENTES PESSOAIS GRAVES OU MORTE seca apoiadas sobre calços de borracha isolante. Não
use roupas úmidas (particularmente sapatos molhados)
A alta tensão nos componentes da chave de transferên- nem deixe que a superfície da pele fique úmida ao ma-
cia representa um grave perigo de choque elétrico que nusear qualquer equipamento elétrico.
pode resultar em acidentes pessoais graves ou morte. As jóias devem ser removidas quando se trabalha em
Leia e siga estas sugestões. equipamentos elétricos pois elas são boas condutores
Mantenha o gabinete da chave de transferência fecha- de eletricidade.
do e trancado. Certifique-se de que somente pessoal Use sempre óculos de segurança ao efetuar algum ser-
autorizado tenha as chaves de acesso ao gabinete. viço na chave de transferência e não fume perto das ba-
Devido ao grave perigo de choque elétrico representado terias.
pelas altas tensões dentro do gabinete, todos os servi- Não trabalhe neste equipamento quando estiver fatiga-
ços e ajustes da chave de transferência devem ser efe- do mental ou fisicamente, ou depois de ter consumido
tuados somente por um eletricista ou um representante álcool ou medicamento que torne insegura a operação
do serviço autorizado. do equipamento.

ALERTA

O SERVIÇO OU SUBSTITUIÇÃO INCORRETA DE PEÇAS PODE RESULTAR EM


MORTE, ACIDENTES PESSOAIS GRAVES E/OU DANO AO EQUIPAMENTO. O PES-
SOAL DE SERVIÇO DEVE ESTAR QUALIFICADO PARA EFETUAR SERVIÇO ELÉ-
TRICO E/OU MECÂNICO.

OTEC-1

iv
1. Introdução
MANUAL DO OPERADOR Esta é uma chave de transferência de transição aberta
que inclui um controle de chave de transferência auto-
Este manual abrange os modelos produzidos com a mática (ATS). Com uma chave de transição aberta, nun-
marca Cummins® Power Generation. ca ocorre as duas fontes fornecerem energia à carga ao
mesmo tempo.
Este manual fornece informações necessárias à opera-
ção, instalação e serviço de uma chave de transferência As chaves de transição programada param brevemente
GTEC. Este manual também inclui informações sobre na posição neutra da chave de transferência, entre as
as peças. posições chaveadas, de forma que as tensões transien-
tes da carga possam diminuir antes de a carga ser cha-
veada para a outra fonte.

FIGURA 1-1. CHAVE DE TRANSFERÊNCIA GTEC COM A PORTA ABERTA (MOSTRADA A CHAVE DE 4 PÓLOS, 125 A COM
O CARREGADOR DE BATERIA DE 2 A OPCIONAL)

Copyright® 2006 Cummins Power Generation. Todos os direitos reservados.


Cummins, Onan e PowerCommand são marcas registradas da Cummins Inc.

1-1
APLICAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA
REDE PÚBLICA
As chaves de transferência são uma parte essencial do (ENERGIA NORMAL)
sistema de energia de reserva ou de emergência de um
edifício. A linha da rede pública (energia normal) é res-
DISPOSITIVO DE PROTEÇÃO
paldada por um grupo gerador (energia de emergência). CONTRA SOBRECORRENTE
A chave de transferência chaveia automaticamente a (FORNECIDO PELO CLIENTE)
carga elétrica de uma fonte para a outra.
A carga é conectada ao comum da ATS (Figura 1-1).
Em condições normais, a carga é alimentada com ener-
gia da rede pública (conforme ilustrado). Se a energia
da rede pública for interrompida, a carga será transferi-
da para o grupo gerador. Quando a energia da rede pú-
blica for restabelecida, a carga será retransferida à rede
pública. A transferência e a retransferência da carga CARGA
são as duas funções mais básicas de uma chave de
transferência.

FUNÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA

As chaves de transferência automática, capazes de


operar automaticamente sem intervenção de um opera-
dor, executam a função básica de transferir a carga à
fonte de energia disponível. O controlador monitora DISPOSITIVO DE PROTEÇÃO
CONTRA SOBRECORRENTE
cada fonte para a faixa de tensão e freqüência permiti- (FORNECIDO PELO CLIENTE)
das.
Esta chave de transferência automática, capaz de ope- GRUPO GERADOR (ENERGIA
rar automaticamente sem a intervenção de um opera- DE EMERGÊNCIA)
dor, é projetada para aplicações entre rede pública e
grupo gerador. Nas aplicações entre rede pública e gru- FIGURA 1-2. CHAVE DE TRANSFERÊNCIA DE CARGA
po gerador, a chave de transferência desempenha as (FUNÇÃO TÍPICA)
seguintes funções:
1. Detecta a interrupção no fornecimento de energia
da rede pública.
2. Envia um sinal de partida ao grupo gerador.
3. Transfere a carga ao grupo gerador.
4. Detecta o retorno do fornecimento de energia da
rede pública.
5. Retransfere a carga à rede pública.
6. Envia um sinal de parada ao grupo gerador.

1-2
IDENTIFICAÇÃO DO MODELO 4. Código da Tensão:
A = 110 VCA*
Identifique seu modelo consultando o número do Mode- B = 115 VCA*
lo e da Especificação que estão na placa de identifica- C = 120 VCA*
ção. As características elétricas estão mostradas na D = 127 VCA*
parte inferior da placa de identificação (veja a Figura 1- E = 110/190 VCA**
3), que está localizada na porta do gabinete. F = 115/200 VCA**
G = 120/208 VCA**
Se for necessário entrar em contato com um distribuidor H = 127/220 VCA**
a respeito da chave de transferência, forneça sempre o I = 220 VCA*
número completo do Modelo e de Série. Estas informa- J = 230 VCA*
ções são necessárias para identificar corretamente sua K = 240 VCA*
unidade entre os muitos tipos fabricados. L = 139/240 VCA**
N = 220/380 VCA**
Cummins Power Generation O = 230/400 VCA**
P = 240/416 VCA**
Q = 255/440 VCA**
S = 277/480 VCA**
X = 110/190 V, 115/200 V, 120/208 V,
Model No. GT30160EQ5KA000
Serial No. F05W000072 127/220 V, 139/240 V
Current Rating: 160A Y = 220/380 V, 230/400 V, 240/416 V
Voltage Rating: 110/190V Z = 255/440 V, 277/480 V
Frequency: 50 Hertz * = Monofásico, 2 Fios
Class: PC ** = Trifásico, 3 ou 4 Fios OU Monofásico, 3 Fios
Utilization Category: AC-31B
5. Tipo de Controle:
L = Controle de Detecção Linha-Linha Alimenta-
Feature: do, 12 VCC
S903;R971;A028;A045;A035;B004;A042; N = Controle de Detecção Linha-Neutro Alimen-
L989;M034
tado, 12 VCC
P = Controle de Detecção Linha-Linha Alimenta-
Enclosure Rating: None do, 24 VCC
Application: Utility to Genset Q = Controle de Detecção Linha-Neutro Alimen-
Wiring Diagram: 0630–2993 tado, 24 VCC
Outline Drawing: 0300–6012
Conditional Short Circuit Current: 38,000A @480 VAC 6. Freqüência:
Fuse type: RT16NT-2 5 = 50 Hertz
Max. Fuse Rating: 250A 6 = 60 Hertz
7 = 50/60 Hertz
THIS PRODUCT CONFORMS TO 7. Tipo de Construção:
EN 60947-6-1 AND EN 60439-1 2 = Gabinete IP32
3 = Gabinete IP54
FIGURA 1-3. PLACA DE IDENTIFICAÇÃO PADRÃO K = Kit (construção aberta)
8. Letra da Revisão:
Nº do Modelo: Determinada Pela Fábrica (A a Z)
O número do modelo é composto de segmentos de có- 9. Número da Especificação:
digo que designam vários recursos ou opções: Determinado Pela Fábrica (000 a 999)
GT 3 0500 M N 5 2 A 000
| | | | | | | | |
1 2 3 4 5 6 7 8 9

1. GT = GTEC - Chave de transferência global com


transição aberta e transição com retardo
2. Número de Pólos: 2, 3 ou 4
3. Corrente Nominal: 63, 100, 125, 160, 200, 225,
250, 350, 400, 500, 630, 800, 1000 ou 1250 A

1-3
Nº de Série: COMO OBTER SERVIÇOS
O número de série é formado por nove caracteres.
Quando a chave de transferência necessitar de serviço,
K 05 W 000001
contate seu distribuidor Cummins Power Generation
| | | |
mais próximo. Representantes de Peças e Serviços trei-
1 2 3 4
nados na fábrica estão prontos para lidar com todas as
suas necessidades de serviço.
1. Caractere 1 = Mês de fabricação
A=1 Para contatar um distribuidor local Cummins Power
B=2 Generation nos Estados Unidos ou no Canadá, disque
C=3 1-800-888-6626 (este serviço automatizado utiliza so-
D=4 mente telefones multifreqüenciais). Selecionando a Op-
E=5 ção 1 (pressione 1), a ligação do cliente é atendida
F=6 automaticamente pelo distribuidor mais próximo.
G=7
Se não puder contatar um distribuidor usando o serviço
H=8
automático, consulte as páginas amarelas. Normal-
I=9
mente, nossos distribuidores estão listados em:
J = 10
Geradores Elétricos,
K = 11
Motores a Gasolina ou Motores a Diesel, ou
L = 12
Veículos Recreativos, Equipamento,
2. Caracteres 2 e 3 = Ano de construção Peças e Serviços.
05 = 2005
3. Caractere 4 = Localização da fábrica: Na Ásia, contate:
0 = Fridley, Minnesota Cummins Diesel Sales Corporation
1 = SML (Portáteis) 8 Tanjong Penjuru
2 = Cummins (EUA) Cingapura 609019
3 = Huntsville, Alabama (+65) 6265–0155
4 = Onan Power Electronics
5 = Cingapura Na Grã-Bretanha, contate CPGK Aftermarket Group:
6 = Westinghouse (Chaves de Transferência e Aftermarket Group
Disjuntores) Cummins Power Generation Pty Ltd
7 = Canadá (Linamar) Manston Park
8 = Lister-Petter Columbus Avenue, Manston
9 = Kubota (Portáteis da Série K) Ramsgate, Kent CT12 5BF
A = Austrália (Dunlite e Adelaide) Inglaterra, Reino Unido
B = América do Sul (Columbia) Telefone: +44 (0) 1843 255000
C = Itália (DIEM) Suporte para Peças:
L = Libby Email: cpgk.parts@cummins.com
M = Libby (Militar) Suporte para Serviços;
R = Robin (Motores Fuji) EUA Email: cpgk.aftermarket.helpline@
U = PGI cummins.com
K = Reino Unido (Kent)
S = México (Cumsa) Para outras localidades fora da América do Norte, dis-
T = Brasil que para Cummins Power Generation, 1-763-574-
X = Canadá (Linamar – produção inicial) 5000, das 7:30 às 16:00 horas, Hora Padrão Central
W = Nexage Wuxi, China (CST), de segunda-feira a sexta-feira. Ou, envie um
4. Caracteres 5 a 10 = Número de Ordem de Fabri- fax para Cummins Power Generation usando o núme-
cação (Número designado seqüencialmente) ro 1-763-528-7229.

Ao contatar seu distribuidor, forneça sempre o número


completo do Modelo, Especificação e Série conforme
mostrados na placa de identificação do equipamento.

1-4
VISÃO GERAL DA INSTALAÇÃO cia, equipamento de ventilação, coxins de montagem,
sistemas de resfriamento, sistemas de exaustão e sis-
Estas recomendações sobre instalação aplicam-se a temas de combustível. Cada componente deve ser pro-
instalações típicas. Sempre que possível, estas reco- jetado corretamente para que todo o sistema funcione
mendações também abrangem opções ou modifica- como pretendido. A aplicação e o projeto são uma ativi-
ções projetadas na fábrica. Entretanto, devido às muitas dade de engenharia, geralmente desenvolvida por en-
variáveis existentes em qualquer instalação, não é pos- genheiros de especificação ou por outros especialistas
sível fornecer recomendações específicas para todas treinados. Os engenheiros de especificação são res-
as situações. Se houver alguma questão não abrangida ponsáveis pelo projeto de todo o sistema de reserva e
neste manual, contate seu distribuidor Cummins/Onan por selecionar os materiais e produtos necessários.
mais próximo para obter ajuda. Instalação refere-se à preparação e montagem real do
sistema de energia de reserva. Os instaladores configu-
Aplicação e Instalação ram e conectam os diversos componentes do sistema
As instalações devem ser planejadas cuidadosamente e conforme especificado no projeto do sistema. A comple-
instaladas corretamente para a operação adequada. xidade do sistema de reserva normalmente requer as
Isso envolve dois elementos essenciais: aplicação e ins- habilidades especiais de pessoas qualificadas como
talação. eletricistas, encanadores, trabalhadores de chapas me-
tálicas etc. para concluir as diversas etapas da instala-
Aplicação refere-se ao projeto de todo o sistema de ção. Isso é necessário porque todos os componentes
energia de reserva que normalmente inclui um equipa- são montados usando-se métodos e práticas padroni-
mento de distribuição de energia, chaves de transferên- zados.

1-5
Considerações de Segurança transferência devem estar em conformidade com as
normas aplicáveis. Certifique-se de que todas as inspe-
A chave de transferência foi projetada cuidadosamente ções e testes requeridos tenham sido concluídos e de
para fornecer operação segura e eficiente quando cor- que todos os requisitos de normas tenham sido atendi-
retamente instalada, operada e mantida. Entretanto, a dos antes de atestar que a instalação esteja completa e
segurança e confiabilidade geral de todo o sistema de- pronta para operar.
pende de muitos fatores que estão fora do controle do
fabricante. Para evitar possíveis riscos à segurança, Certifique-se de que as tensões das duas fontes de
faça todas as conexões mecânicas e elétricas da chave energia correspondam às especificadas na placa de
de transferência exatamente conforme o especificado identificação antes de efetuar a instalação.
neste manual. Todos os sistemas externos à chave de
RECURSOS DA GTEC
OPÇÃO OPÇÃO
DESCRIÇÃO DO RECURSO DO DESCRIÇÃO DO RECURSO DO
RECURSO RECURSO

Pólos: Correntes Nominais:


2 Pólos A027 63 A S901
3 Pólos A028 100 A S902
4 Pólos A029 125 A S048
160 A S903
Aplicação: 200 A S904
Rede Pública para o Grupo Gerador A035 225 A S905
Freqüência: 250 A S906
60 Hertz A044 350 A S907
50 Hertz A045 400 A S053
500 A S908
Fase:
630 A S909
Monofásico, 2 ou 3 Fios A041
800 A S055
Trifásico, 3 ou 4 Fios A042
1000 A S056
Gabinete: 1250 A S910
IP32 B901
Opções de Controle:
IP54 B014
Relógio Acionador Externo J030-7
Construção Aberta B004
Relé de Sinal do Elevador M032-7
Carregadores de Bateria: Chave de Restabelecimento Manual S006-7
2 A, 12/24 VCC K001-7
Relés Auxiliares:
Tensões Nominais: Bobina de 24 VCC L101-7
110/190 VCA R971 Posição Emergência L102-7
115/200 VCA R972 Posição Normal L103-7
120/208 VCA R973 Bobina de 12 VCC L201-7
127/220 VCA R974 Posição Emergência L202-7
139/240 VCA R975 Posição Normal L203-7
220/380 VCA R976
Diversos:
230/400 VCA R977
Bloco de Terminais – 10 Posições M002-7
240/416 VCA R978
255/440 VCA R979 Tipo de Controlador:
277/480 VCA R980 Entre Linha e Neutro L989
110 VCA R981 Entre Linha e Linha L990
115 VCA R982 Bateria de Partida:
120 VCA R983 12 V, Tensão de Partida do Grupo Gerador M033
127 VCA R984 24 V, Tensão de Partida do Grupo Gerador M034
220 VCA R985
230 VCA R986 Conexão do Neutro:
240 VCA R987 Conjunto da Barra do Neutro N016-7

1-6
2. Preparação da Chave de Transferência
A chave de transferência GTEC é pré-configurada na TABELA 2-2. FUNÇÕES QUE PODEM SER
fábrica para operar usando configurações padrão. O MODIFICADAS
controle acionará a chave de transferência quando a
energia elétrica for aplicada. Entretanto, talvez você Configuração de
Função
queira ajustar alguma das configurações para obter um Fábrica
desempenho melhor. TDES (Tempo de Retardo da Partida 3 Segundos
do Motor)
A chave de transferência deve ser instalada correta-
mente, com energia CC presente, antes de se efetuar TDNE (Tempo de Retardo Normal 5 Segundos
qualquer ajuste na configuração. Se a chave de transfe- para Emergência)
rência estiver conectada à energia da rede pública, o TDEN (Tempo de Retardo Emergência 10 Minutos
LED Energia da Rede Pública Conectada acenderá para Normal)
caso haja disponível energia da bateria. Não é necessá-
TDEC (Tempo de Retardo de 10 Minutos
rio haver tensão da rede pública ou do grupo gerador Resfriamento do Motor)
para se ajustar a configuração.
TDPT (Tempo de Retardo para 0 Segundo
As tabelas seguintes mostram quais funções de contro- Transição Programada)
le não devem ser modificadas (Tabela 2-1) e quais fun-
TDEL (Tempo de Retardo do Sinal 0 Segundo
ções podem ser modificadas para sua aplicação para Elevador)
(Tabela 2-2). Consulte a Seção 5 para obter mais deta-
lhes. Teste Com ou Sem Carga Sem Carga

TABELA 2-1. FUNÇÕES QUE NÃO DEVEM SER Acionamento Com ou Sem Carga Sem Carga
MODIFICADAS Captação de Subtensão da Rede 90%
Pública
Função Configuração de Fábrica
Desarme de Subtensão da Rede 85%
Tabela de Tensão Configurado para a tensão do seu Pública
Nominal do sistema
Verificação de Fase Desligado
Sistema
Retorno à Transição Programada Desligado
Tensão Nominal Configurado para a tensão do seu
do Sistema sistema Retardo Pós Transferência do Desligado
Elevador
Freqüência Configurado para a freqüência do seu
Nominal do sistema Intervalo de Repetição do A Cada 7 Dias
Sistema Acionamento
Fase do Sistema Configurado para o seu sistema
Acionamento Configurado para “On” (Ligado) se foi
Externo encomendada opção de acionador
externo; caso contrário configurado
para “Off” (Desligado)

2-1
ESTA PÁGINA FOI DEIXADA EM BRANCO INTENCIONALMENTE

2-2
3. Descrição
Esta seção descreve o gabinete de controle, o mecanis- com tamanho de 2,5 mm ou maiores e podem reter ex-
mo da chave e os recursos comuns e opcionais dispo- ternamente gotas de água que caiam com um ângulo de
níveis com a chave de transferência GTEC. incidência de até 15 graus.
Exemplos de gabinetes estão exibidos nas Figuras 3-1
GABINETE a 3-3.
A chave de transferência GTEC usa um gabinete do tipo A GTEC também está disponível para instalações de
IP32. Os gabinetes IP (Proteção Contra Entrada) são construção aberta.
projetados para evitar a entrada de objetos estranhos

BOBINAS DOS BLOCO DE BARRA DO


RELÉS K1 A K4 FUSÍVEIS NEUTRO
PAINEL DE
CONTROLE

RELÓGIO
ACIONADOR
OPCIONAL CHAVE DE
TRANSFERÊNCIA

TERMINAIS DA
FIAÇÃO DE
CONTROLE

TB1 CONJUNTO DO OPÇÃO DO


TRILHO CARREGADOR
DE BATERIA

FIGURA 3-1. COMPONENTES INTERNOS: CHAVE DE 4 PÓLOS, 63–125 A

3-1
BOBINAS DOS
RELÉS K1 A K4
BLOCO DE
FUSÍVEIS BARRA DO NEUTRO
PAINEL DE
CONTROLE

RELÓGIO TB1 CONJUNTO OPÇÃO DO CHAVE DE


ACIONADOR DO TRILHO CARREGADOR TRANSFERÊNCIA
OPCIONAL DE BATERIA

FIGURA 3-2. COMPONENTES INTERNOS: CHAVE DE 4 PÓLOS, 160–500 A

3-2
RELÓGIO
ACIONADOR
BLOCO DE OPCIONAL
FUSÍVEIS BOBINAS
PAINEL DE DOS RELÉS CONJUNTO
CONTROLE K1 A K4 TB1 DO TRILHO

BARRA DO
NEUTRO

OPÇÃO DO
CHAVE DE CARREGADOR
TRANSFERÊNCIA DE BATERIA

FIGURA 3-3. COMPONENTES INTERNOS: CHAVE DE 4 PÓLOS, 630–1250 A

3-3
PAINEL DE CONTROLE do comandado. O controle faz cinco tentativas (há um
intervalo de dez segundos entre cada tentativa) para co-
A Figura 3-4 mostra o painel de controle na porta do ga- nectar ou desconectar a rede pública antes que o LED
binete. Dois tipos de controle estão disponíveis com as pisque indicando a falha.
chaves de transferência GTEC. Energia do Grupo Gerador Conectada – Esse LED
• Os controles TS1311 são usados em chaves de âmbar está aceso quando o grupo gerador está alimen-
transferência com detecção de tensão entre linha tando a carga.
e neutro. Esse LED pisca uma vez por segundo se houver uma
• Os controles TS1310 são usados em chaves de falha ao conectar ou desconectar o grupo gerador,
transferência com detecção de tensão entre linha quando comandado. O controle faz cinco tentativas (há
e linha. um intervalo de dez segundos entre cada tentativa) para
A frente do painel de controle é a mesma para os dois conectar ou desconectar o grupo gerador antes que o
tipos de controle. LED pisque indicando a falha.

Os recursos do controle estão divididos em três grupos: Test (Teste) – Esse LED âmbar acende quando há um
período de teste ativo. Esse LED pisca duas vezes por
• LEDs das Funções de Controle segundo quando o botão Test (Teste) foi pressionado
• LEDs de Status da ATS para acionar ou cancelar um período de teste.
• Botões de Membrana
Exercise (Acionamento) – Esse LED âmbar acende
quando foram configurados períodos de acionamento
LEDs das Funções de Controle com repetição. Esse LED pisca duas vezes por segun-
O painel de controle (veja a Figura 3-4) inclui oito LEDs do quando o botão Set Exercise (Ajustar Acionamento)
que exibem códigos que indicam diversas funções de foi pressionado para acionar ou cancelar um aciona-
controle que podem ser configuradas. Os primeiros cin- mento. Esse LED pisca uma vez por segundo durante
co LEDs exibem o código da função e os últimos três um período de acionamento ativo.
exibem o código do valor para a função exibida. Para
obter informações de como configurar essas funções, Botões de Membrana
consulte a Seção 5.
O painel de controle inclui três botões de membrana.
Com exceção do primeiro LED (Test), esses LEDs nor-
Test (Teste) – É usado para acionar ou cancelar um pe-
malmente estão apagados e acendem somente no
ríodo de teste. O controle pode ser configurado para
Modo de Configuração. O LED Test (Teste) também é
testar o grupo gerador com ou sem carga. Para obter
usado para avisar ao usuário dos períodos de teste.
mais informações, consulte a Seção 4.
LEDs de Status da ATS O botão Test (Teste) também é usado no Modo de Con-
figuração para percorrer os códigos de função (consulte
O painel de controle inclui seis LEDs que fornecem in- a Seção 5).
formações de status da Chave de Transferência Auto-
mática (ATS). Override (Cancelar) – É usado para terminar ou fazer
o bypass de alguns tempos de retardo, para fazer com
Energia da Rede Pública Disponível – Esse LED ver- que os LEDs de Energia Conectada parem de piscar por
de está aceso quando o fornecimento de energia da ter ocorrido uma falha ao conectar ou desconectar uma
rede pública possui tensão de saída aceitável. fonte de energia, e para cancelar um período de aciona-
Energia do Grupo Gerador Disponível – Esse LED mento ativo. Para obter mais informações, consulte a
âmbar está aceso quando o fornecimento de energia Seção 4.
do grupo gerador possui tensão e freqüência de saída O botão Override (Cancelar) também é usado no Modo
aceitáveis. de Configuração para percorrer os códigos de valor
Os LEDs das duas fontes de energia podem estar ace- (consulte a Seção 5).
sos simultaneamente. Set Exercise (Ajustar Acionamento) – É usado para ati-
Energia da Rede Pública Conectada – Esse LED ver- var ou cancelar períodos de acionamento com repetição
de está aceso quando a energia da rede pública está ali- usando o acionador integrado. Para obter mais informa-
mentando a carga. ções, consulte “Acionamentos Integrados” na
página 4-8.
Esse LED pisca uma vez por segundo se houver uma
falha ao conectar ou desconectar a rede pública, quan-

3-4
LEDS DOS CÓDIGOS DA FUNÇÃO LEDS DOS CÓDIGOS DO VALOR

PowerCommand
LED
ATIVIDADE
DE TESTE
Test

LED ENERGIA LED ENERGIA DO


DA REDE GRUPO GERADOR
PÚBLICA Control operation could be delayed by external DISPONÍVEL
source.
DISPONÍVEL Exercise

BOTÃO TEST LED ENERGIA DO


Test Override Set Exer- GRUPO GERADOR
(TESTE)
cise CONECTADA

LED ENERGIA DA BOTÃO OVERRIDE BOTÃO SET LED ACIONAMENTO


REDE PÚBLICA (CANCELAR) EXERCISE (AJUSTAR ATIVO
CONECTADA ACIONAMENTO)

FIGURA 3-4. PORTA DO GABINETE

3-5
SISTEMA DE CONTROLE ELETRÔNICO Este recurso é usado para controlar a transferência de
carga aos grupos geradores. Quando habilitada, a
Esta seção descreve os componentes comuns e os op- transferência de carga não ocorrerá a menos que o bo-
cionais do sistema de controle eletrônico. tão Override (Cancelar) do painel de controle seja pres-
sionado ou que a entrada de inibição de transferência
ALERTA A calibração ou ajuste incorreto dos
esteja desabilitada.
módulos de controle eletrônico pode provocar mor-
te, acidentes pessoais graves e dano ao equipamen- Pressionando-se o botão Override (Cancelar) do painel
to ou à propriedade. A calibração e o ajuste desses de controle a entrada de inibição de transferência e a
componentes devem ser efetuados somente por TDNE serão ignoradas. A função TDNE atuará se a en-
pessoal tecnicamente qualificado. trada de inibição de transferência estiver desabilitada.

A instalação desses componentes e os procedimentos Entrada de Inibição de Retransferência


de calibração e de ajuste estão descritos na Seção 7.
Uma entrada de retransferência é configurada conec-
ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi- tando-se um contato seco (sem voltagem) entre TB1-7
nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre- e TB1-8. O fechamento do contato habilita o recurso e
senta um perigo de choque elétrico que pode a abertura o desabilita.
provocar acidentes pessoais graves ou morte.
Quando a porta do gabinete está aberta, tenha ex- Este recurso é usado para evitar que a ATS transfira au-
trema cautela para evitar encostar nos contatos elé- tomaticamente a carga de volta à rede pública. Quando
tricos com o corpo, ferramentas, jóias, roupas, habilitada, a transferência de carga não ocorrerá a me-
cabelos etc. nos que o botão Override (Cancelar) do painel de con-
trole seja pressionado, que a entrada de inibição de
Entrada de Inibição de Transferência retransferência seja desabilitada ou que o grupo gera-
dor falhe. Se o grupo gerador falhar, a inibição de re-
Uma entrada de transferência é configurada conectan- transferência será ignorada.
do-se um contato seco (sem voltagem) entre TB1-6 e Pressionando-se o botão Override (Cancelar) no painel
TB1-8. O fechamento do contato habilita o recurso e a de controle a entrada de retransferência e a TDNE se-
abertura o desabilita. rão ignoradas. A função TDNE atuará se a entrada de
inibição de retransferência for desabilitada.

1 TERRA
2 PARTIDA DO GRUPO 1 TERRA
GERADOR 2 PARTIDA DO GRUPO
3 B+ GERADOR
4 PARTIDA DO GRUPO 3 B+
GERADOR 4 PARTIDA DO GRUPO
5 TESTE REMOTO GERADOR
6 INIBIÇÃO DE 5 TESTE REMOTO
TRANSFERÊNCIA 6 INIBIÇÃO DE
7 INIBIÇÃO DE TRANSFERÊNCIA
RETRANSFERÊNCIA 7 INIBIÇÃO DE
8 COMUM RETRANSFERÊNCIA
8 COMUM
TB1
TB1

FIGURA 3-5. CONEXÕES DO TB1 PARA INIBIÇÃO DE


TRANSFERÊNCIA FIGURA 3-6. CONEXÕES DO TB1 PARA INIBIÇÃO DE
RETRANSFERÊNCIA

3-6
Entrada de Teste Remoto Partida de Dois Fios
A chave de transferência pode ser cabeada para uma O circuito de partida é uma função de supervisão básica
entrada de teste remoto. A chave é usada para iniciar e do controle eletrônico. Os grupos geradores refrigera-
parar testes de sistema iniciados manualmente. Assim dos a água usam um controle de partida de dois fios.
como o botão Test (Teste) do painel de controle, a en-
Embora a lógica seja mais complexa, um circuito de par-
trada de teste remoto pode ser configurada para testar
tida de dois fios pode ser visto como uma chave de um
com ou sem carga. Mais informações sobre os testes
pólo e de uma posição. O fechamento da chave dá par-
estão incluídas na Seção 4.
tida no grupo gerador. A abertura da chave pára o
Uma entrada de teste remoto é configurada conectan- gerador.
do-se um contato seco (sem voltagem) entre TB1-5 e
NOTE: A partida de três fios não está disponível em
TB1-8. O fechamento do contato inicia um teste e a
chaves de transferência GTEC.
abertura o cancela. O LED Test (Teste) pisca para indi-
car o início de um teste, permanecendo aceso durante
o teste.
CHAVE DE TRANSFERÊNCIA

O fechamento do contato faz com que a chave de trans- A chave de transferência (veja as Figura 3-1 a 3-3) abre
ferência detecte uma falha (simulada) na energia da e fecha os contatos que transferem a carga de uma fon-
rede pública e envia um sinal de partida/funcionamento te de energia para outra. A chave é mecanicamente in-
ao grupo gerador. Se o controle estiver configurado tertravada para evitar o fechamento simultâneo para as
para testar com carga, a carga será transferida ao grupo duas fontes de energia. As principais peças da chave
gerador quando este se tornar disponível. O LED Ener- aqui discutidas são os conjuntos dos contatos, o atua-
gia da Rede Pública Disponível permanece aceso para dor linear e os contatos auxiliares.
mostrar que a rede pública não falhou.
Conjuntos dos Contatos
A chave de transferência automática possui dois, três
1 TERRA ou quatro pólos. As chaves de transferência de três pó-
2 PARTIDA DO GRUPO los possuem uma barra de neutro. Os conjuntos de con-
GERADOR
tatos permitem e interrompem o fluxo de corrente.
3 B+
Quando os contatos estão fechados para qualquer uma
4 PARTIDA DO GRUPO
GERADOR das fontes de energia eles são retidos mecanicamente.
5 TESTE REMOTO Uma intertrava mecânica impede que eles fechem para
6 INIBIÇÃO DE as duas fontes de energia ao mesmo tempo.
TRANSFERÊNCIA
7 INIBIÇÃO DE
RETRANSFERÊNCIA Atuador Eletromecânico
8 COMUM
A operação do atuador é iniciada automaticamente pelo
controle da chave de transferência. Também é possível
TB1
operar a chave manualmente. Consulte Operação Ma-
nual na Seção 4.
FIGURA 3-7. CONEXÕES DO TB1 PARA
TRANSFERÊNCIA DE TESTE REMOTO

3-7
Contatos Auxiliares DETECÇÃO DE TENSÃO
São fornecidos contatos auxiliares no lado da rede pú- As chaves de transferência GTEC estão disponíveis
blica e no lado do grupo gerador da chave de transfe- com detecção de tensão entre linha e neutro e detecção
rência (veja a Figura 3-8). Eles são acionados pela entre linha e linha.
operação da chave de transferência durante a transfe-
rência e a retransferência. A chave de contatos auxilia- Detecção de Tensão Entre Linha e Neutro
res da rede pública é acionada quando a chave de
transferência é conectada à rede pública. A chave de As informações a seguir são válidas se a chave de
contatos auxiliares do grupo gerador é acionada quan- transferência estiver configurada para detecção de ten-
do a chave de transferência é conectada ao grupo gera- são entre linha e neutro.
dor. Os contatos auxiliares suportam uma corrente
• Existe a letra “N” ou “Q” no número do modelo
nominal de 5 A a 250 VCA. Os contatos estão conecta-
logo após o código da tensão.
dos por cabos ao bloco de terminais TB1.
• O controlador é identificado como TS1311 na eti-
queta branca em sua carcaça.

• O conector P3 da traseira do controlador possui


11 pinos.

Detecção de Tensão Linha para Linha


As informações a seguir são válidas se a chave de
transferência estiver configurada para detecção de ten-
são linha para linha.
• Existe a letra “L” ou “P” no número do modelo
logo após o código da tensão.

• O controlador é identificado como TS1310 na eti-


queta branca em sua carcaça.

• O conector P3 da traseira do controlador possui


9 pinos.

CONTATOS
CONTATOS AUXILIARES
AUXILIARES DA REDE
DO GRUPO
GERADOR

FIGURA 3-8. CONTATOS AUXILIARES

3-8
OPÇÕES Carregador de Bateria de 2 A Premium

Opção do Carregador de Flutuação da Bateria O carregador de bateria de 2 A possui na sua dianteira


um disjuntor de saída de 5 A CC. O carregador também
Um carregador de flutuação da bateria (Figura 3-9) re- inclui um fusível de 5 A CA para proteger o circuito do
gula sua tensão de carga para carregar continuamente carregador de bateria.
sem danificar a bateria. Conforme a bateria se aproxima
Em condições normais de operação, os relés Low Bat
da plena carga, a corrente de carregamento diminui au-
(Bateria Baixa) e AC Fail (Falha CA) estão energizados
tomaticamente para zero ampère ou para uma carga
e o relé High Bat (Bateria Alta) está desenergizado. Em
fixa na bateria.
resposta a uma condição Low Bat (Bateria Baixa) ou AC
Fail (Falha CA), o relé normalmente energizado apropri-
ado (Low Bat ou AC Fail) é desarmado. Em resposta a
uma condição High Bat (Bateria Alta), o relé High Bat
normalmente desenergizado é energizado.
Painel de Controle – O painel de controle do carrega-
LED dor de bateria de 2 A inclui um mostrador digital, um bo-
tão REINICIAR e um LED indicador de status (veja a
Figura 3-10).
• O mostrador digital de 2 linhas por 16 caracteres
exibe menus e falhas.
• O botão REINICIAR é usado para selecionar
opções do menu e para apagar mensagens de
falha.
• O LED de status exibe na cor apropriada as
seguintes condições.
CARREGADOR DE CARREGADOR DE – Verde – Quando aceso indica que a unidade
BATERIA DE 2 A BATERIA DE 2 A PREMIUM está carregando
– Vermelho – Quando aceso indica uma condi-
FIGURA 3-9. CARREGADORES DE BATERIA ção de falha. O número da falha é exibido no
mostrador digital.
Estão disponíveis dois carregadores de bateria de 2 A.
Um deles é compacto e não possui um mostrador digi- Configuração do Carregador de Bateria – O botão
tal. O outro carregador de bateria é do tipo premium que REINICIAR no painel de controle (veja a Figura 3-10) é
inclui um mostrador digital. O carregador de bateria pre- usado para configurar o carregador de bateria para a
mium está disponível apenas para instalação em cam- tensão de bateria correta. (Mais informações sobre os
po. menus de configuração estão incluídas no Manual do
Operador do Carregador de Bateria.)
Carregador de Bateria de 2 A
A faixa de tensão de entrada para o carregador de ba-
teria de 2 A é de 100 a 240 VCA. A corrente máxima de
pico na partida a frio é de 15 A para 115 VCA e de 30 A
para 230 VCA.
O carregador de bateria de 2 A inclui um LED que mos-
tra a cor apropriada para as seguintes condições.
• Vermelho – Quando aceso indica que a unidade
está carregando
• Verde – Quando aceso indica que a unidade está
completamente carregada. BOTÃO MOSTRADOR LED INDICADOR DE
REINICIAR DIGITAL STATUS

FIGURA 3-10. PAINEL DE CONTROLE DO CARREGADOR


DE 2 A PREMIUM

3-9
Opção de Relógio Acionador Externo NOTE: O relógio inclui uma bateria de lítio não substi-
tuível com uma vida útil esperada de pelo me-
O acionador externo inclui um relógio de 7 dias, em tem- nos dez anos. Se a bateria do relógio estiver
po real, que mantém o horário e a data. O relógio pode fraca durante uma falha de energia, o relógio
ser configurado para mudança automática dos horários terá que ser substituído.
verão/inverno (Horário de Verão). O relógio acionador
pode operar com 12 ou 24 VCC. Opção de Relé para Elevador
As conexões do relé para elevador são feitas direta-
mente nos terminais do relé. O relé para elevador é
montado no trilho DIN. Os terminais aceitam fios de bi-
tola 18 AWG (1,0 mm2) a 12 AWG (4,0 mm2). Para co-
nexão ao terminal do parafuso, descasque 3/8 in.
(10 mm) do final da isolação.
Existem dois tipos de bobinas de relé (12 VCC e
24 VCC).
Os relés possuem dois conjuntos de contatos Tipo C
com capacidade de 5 A a 250 VCA (veja a Figura 3-12).

FIGURA 3-11. RELÓGIO ACIONADOR EXTERNO

Estão disponíveis programas para configurar horários


de início e parada do acionamento. É necessário um
programa para iniciar um período de acionamento e ou-
tro para finalizá-lo.
O relógio acionador possui um recurso de teste incorpo-
rado que pode ser usado para iniciar um acionamento
que não foi programado ou para cancelar o andamento
de um acionamento programado.
Informações sobre a configuração do relógio estão in-
cluídas na Seção 4.
FIGURA 3-12. RELÉ PARA ELEVADOR

3-10
Opção de Restabelecimento Manual
A chave de Restabelecimento Manual opcional (veja a
Figura 3-13) está localizada no painel frontal abaixo do
Painel de Controle.
PAINEL DE
Quando a chave está configurada para “Inibição de Re- CONTROLE
transferência” a carga permanece conectada à Fonte 2
depois de uma transferência. Quando a chave está con-
figurada para “Forçar Retransferência à Rede Pública”,
a carga é transferida de volta à energia da Rede
Pública.
CHAVE DO
Uma entrada de restabelecimento manual é configura- ACIONADOR DE
RESTABELECIMENTO
da conectando-se um contato seco (sem voltagem) en-
MANUAL
tre P4-2 da traseira do painel de controle e TB1-7 e
TB1-8 (veja a Figura 3-14). O fechamento do contato
habilita o recurso e a abertura o desabilita.

FIGURA 3-13. CHAVE DO ACIONADOR DE


RESTABELECIMENTO MANUAL

1 TERRA
2 PARTIDA DO GRUPO
GERADOR
3 B+
4 PARTIDA DO GRUPO
GERADOR
5 TESTE REMOTO
6 INIBIÇÃO DE
TRANSFERÊNCIA
7 INIBIÇÃO DE
RETRANSFERÊNCIA
8 COMUM

TB1

FIGURA 3-14. CONEXÕES PARA ENTRADA DE RESTABELECIMENTO MANUAL

3-11
ESTA PÁGINA FOI DEIXADA EM BRANCO INTENCIONALMENTE

3-12
4. Operação
TEMPOS DE RETARDO A temporização do Tempo de Retardo de Resfriamento
do Motor (TDEC) começa quando a carga é retransferi-
A chave de transferência usa diversos tempos de retar- da para a rede pública. Esse tempo de retardo é confi-
do para desconectar de uma fonte de energia e reco- gurável para 0 (desativado), 0,1, 5, 10, 15, 20, 25 ou
nectar à outra. O painel de controle pode ser utilizado 30 minutos (padrão = 10 minutos).
para ajustar esses tempos de retardo (consulte a Quando o período TDES termina, o sinal de parada é
Seção 5). enviado ao gerador e o temporizador volta a zero. Pres-
Nas seguintes descrições de tempos de retardo, é im- sionar o botão Override (Cancelar) ou aterrar a entrada
portante lembrar que: de Cancelamento não interfere nesse tempo de retardo.
• Quando a chave de transferência está conectada Tempo de Retardo Normal para Emergência
a Normal, ela está conectada à fonte de energia
(TDNE)
da rede pública.
• Quando a chave de transferência está conectada Esse tempo de retardo permite que o gerador se estabi-
a Emergência, ela está conectada à fonte de lize antes que a carga seja aplicada.
energia do grupo gerador.
Quando conectado a Normal, este tempo de retardo é
• Quando a chave de transferência está na posição
iniciado depois que a energia da rede pública falha e
Neutra, não está conectada a nenhuma das duas
que o gerador se torna disponível (o LED âmbar Energia
fontes de energia.
do Grupo Gerador Disponível está aceso). Esse tempo
de retardo também é iniciado depois que o gerador se
Tempo de Retardo da Partida do Motor (TDES) torna disponível quando um período de Teste ou de Aci-
Esse tempo de retardo evita que o gerador dê partida onamento com carga é ativado.
durante cortes breves na energia da rede pública. A O tempo de retardo é configurável para 0 (desativado),
temporização é iniciada no momento em que a rede pú- 1, 2, 3, 5, 30, 120 ou 300 segundos (padrão = 5 segun-
blica falha, conforme detectado pelo Sensor de dos). Se o gerador falhar em qualquer momento durante
Subtensão. uma TDNE, o controle zera o temporizador e reinicia a
Quando o controle detecta uma falha na rede pública, temporização assim que o gerador estiver disponível
ele inicia a temporização Tempo de Retardo da Partida novamente.
do Motor (TDES). Esse tempo de retardo é configurável Se o botão Override (Cancelar) é pressionado ou a entra-
para 0 (desativado), 0,5, 1, 2, 3, 4, 6 ou 10 segundos da de Cancelamento é aterrada enquanto o temporizador
(padrão = 3 segundos). TDNE está ativo, a temporização TDNE é encerrada ime-
Se a energia da rede pública retorna enquanto a tempo- diatamente. A temporização TDNE não é iniciada se uma
rização TDES está ativa, o temporizador volta a zero. entrada de Inibição de Transferência está ativa.
Quando o período do temporizador termina, o controle
desenergiza o relé de partida, fechando o contato e en- Tempo de Retardo Emergência para Normal
viando sinal de partida ao gerador. O temporizador não (TDNE)
é rearmado enquanto a energia da rede pública não re-
Quando conectado a Emergência, esse tempo de retar-
torna. Se o botão Override (Cancelar) é pressionado ou
do permite que a energia da rede pública se estabilize
a entrada de Cancelamento é aterrada enquanto o tem-
antes de enviar um comando de retransferência. Esse
porizador da TDES está ativo, a temporização da TDES
retardo também permite que o gerador opere sob carga
é encerrada imediatamente.
por um período de tempo mínimo antes de transferir de
volta à energia da rede pública.
Tempo de Retardo de Resfriamento do Motor
(TDEC) Esse tempo de retardo é iniciado com a chave de trans-
ferência conectada ao gerador e depois que a rede pú-
Esse tempo de retardo permite que o gerador se resfrie blica se torna disponível após uma interrupção (o LED
(em condições sem carga) antes que o controle o verde Energia da Rede Pública está aceso). Esse tem-
desligue. po de retardo também é iniciado quando um período ati-
vo de Teste ou Acionamento é finalizado. Depois do

4-1
retardo, a chave de transferência pode retransferir a O sinal de pré-transferência do elevador e o tempo de
carga à fonte de energia da rede pública. retardo associado, são usados para comunicar a um
sistema de controle de elevador que há uma transferên-
O tempo de retardo é configurável para 0 (desativado),
cia ou retransferência iminente (isto é, o elevador sofre-
0,1, 5, 10, 15, 20, 25 ou 30 minutos (padrão = 10 minu-
rá uma rápida falta de energia).
tos). Se a rede pública falhar em qualquer momento du-
rante esse tempo de retardo, o controle zera o Esse retardo é desabilitado durante uma falha real de
temporizador e reinicia a temporização assim que a energia. Se o temporizador está configurado para mais
energia da rede pública se tornar disponível. Se o gera- de 0 segundo, o controlador ativa a saída de pré-trans-
dor falhar em qualquer momento durante esse tempo de ferência do elevador e o tempo de retardo antes de
retardo, o período de temporização é encerrado e a se- transferir a chave de transferência entre as duas fontes
qüência de retransferência normal entra em ação. ativas. Se o controle está em uma seqüência de Teste
ou Acionamento, ele adiciona mais um retardo antes de
Se o botão Override (Cancelar) é pressionado ou a en-
ativar os comandos de transferência e retransferência.
trada de Cancelamento é aterrada enquanto o tempori-
Após o término do tempo de retardo TDNE (e/ou
zador TDEN está ativo, a temporização TDEN é
TDEN), o controle ativa a saída do Elevador e inicia
encerrada imediatamente. A temporização TDEN não é
a temporização TDEL.
iniciada se uma entrada de Inibição de Retransferência
está ativa. O relé de saída possui dois contatos normalmente aber-
tos e dois normalmente fechados, com capacidade no-
Tempo de Retardo para Transição Programada minal de 5 A a 380 Volts.
(TDPT) Ao final da temporização, o controle emite o comando
de transferência (ou retransferência). Quando o tempo-
Este recurso faz com que a chave de transferência fique
rizador está inativo ou seu período termina, o controle
parada na posição Neutra por um período de tempo
desativa a saída do relé.
ajustável, sempre que houver uma transferência de
uma fonte para outra. O retardo intencional permite que O Tempo de Retardo de Pré-Transferência do Elevador
a tensão residual de uma carga indutiva diminua sufici- é configurável para 0 (desativado), 1, 2, 3, 5, 30, 120 ou
entemente antes de conectar a carga a outra fonte de 300 segundos (padrão = 0 segundo).
energia. Este retardo evita tensões potencialmente pre-
A Inibição de Transferência e a Inibição de Retransfe-
judiciais e transientes de corrente no sistema de energia
rência NÃO afetam ou atrasam o tempo de retardo da
do usuário. Se o período TDPT está configurado para
pré-transferência do elevador enquanto ele está ativo.
zero, então a chave de transferência transfere de uma
fonte para a outra sem pausa na posição neutra. Pressionar o botão Override (Cancelar) ou aterrar a en-
trada de Cancelamento não interfere nesse tempo de
O controle comanda um Tempo de Retardo para Tran-
retardo.
sição Programada (TDPT) sempre que a chave de
transferência tenha se desconectado de uma fonte e es- O controle GTEC também inclui um recurso chamado
teja na posição Neutra. O tempo de retardo é configurá- de Retardo Pós-Transferência do Elevador que man-
vel para 0 (desativado), 0,5, 1, 2, 3, 4, 6 ou 10 segundos tém a saída do elevador ativa durando o mesmo período
(padrão = 0 segundo). O controle também detecta se a de TDEL depois que a chave de transferência transfere.
chave de transferência se desconectou da primeira fon- Para obter mais detalhes, veja “Retardo Pós Transfe-
te antes de se conectar à segunda fonte. rência do Elevador” abaixo.
Se há uma falha na fonte de energia enquanto o TDPT Retardo Pós Transferência do Elevador
está ativo, o controle somente transfere à fonte de ener-
gia ativa remanescente. O controle não finaliza a tem- O recurso do Retardo Pós Transferência do Elevador
porização TDPT se qualquer das fontes falhar enquanto mantém a saída do elevador ativa durante o mesmo pe-
a chave está na posição Neutra. ríodo de TDEL depois que a chave de transferência
transfere. Em vez de desativar a saída do elevador ao
Tempo de Retardo de Pré-Transferência do final do período do retardo de retransferência, o controle
Elevador (TDEL) mantém a saída ativa e reinicia a temporização TDEL
depois que detecta que a chave de transferência trans-
Usado principalmente em aplicações com elevador, feriu. Quando a temporização TDEL finaliza pela segun-
este retardo configura um tempo de espera por um sinal da vez, o controle desativa a saída do elevador. O
de pré-transferência do elevador. Esse sinal permite Retardo Pós Transferência do Elevador é configurável
que o elevador pare completamente antes que a chave para habilitado (Ligado) ou desabilitado (Desligado)
transfira. (padrão = Desligado).

4-2
OPERAÇÃO MANUAL Para fechar o Lado B:

A chave de transferência possui uma alavanca de ope- a. Ponha a alavanca no eixo de transmissão.
ração manual para transferir a carga manualmente (veja b. Mantenha “Select” (Seleção) pressionado com
a Figura 4-1). A operação manual deve ser feita somen- uma chave de fenda e vá girando a alavanca
te por pessoal qualificado sob CONDIÇÕES SEM CAR- para cima até que se trave.
GA SOMENTE. Utilize o procedimento seguinte:
ALERTA A operação manual da chave de trans- NOTA: Lembre-se de que a chave de transferên-
ferência com a carga conectada representa um peri- cia transfere a carga à fonte de energia
go de choque elétrico que pode provocar acidentes ativa. (Se as duas fontes de energia esti-
pessoais graves ou morte. Não tente operar a chave verem disponíveis, ela transferirá a carga
manualmente quando ela estiver sob carga. Desco- à rede pública).
necte as duas fontes de energia antes de operar ma-
nualmente. ALERTA A operação da chave de transfe-
rência automática provoca um rápido movi-
1. Certifique-se de que a chave não está conectada
mento da alavanca de operação manual e, se
à carga.
esta não for removida, representará um perigo
2. Abra a porta do gabinete da chave de transferên- de acidentes pessoais graves. Remova a ala-
cia automática. vanca antes de voltar à operação automática.
3. Remova a alimentação do controle retirando o Guarde a alavanca de operação manual em
fusível FB (veja a Figura 4-1). um local seguro (por exemplo, na base do
gabinete).
4. Para fechar o Lado A:
5. Certifique-se de remover a alavanca de operação
a Ponha a alavanca no eixo de transmissão.
manual do eixo de transmissão e de guardá-la em
b Gire a chave para cima até que se trave. um local seguro.

Para abrir qualquer um dos lados (Lado A ou 6. Para voltar à operação automática, restabeleça a
Lado B): alimentação do controle reinstalando o fusível FB.

a. Remova a alavanca de operação manual. 7. Feche a porta do gabinete.


b. Pressione trip (desengate) com uma chave de
fenda.

SUPORTES DOS
FUSÍVEIS NO
TRILHO DIN

EIXO DE
TRANSMISSÃO

ALAVANCA DE
OPERAÇÃO MANUAL DA
CHAVE DE
TRANSFERÊNCIA

FUSÍVEL FB

FIGURA 4-1. ALAVANCA DE OPERAÇÃO MANUAL

4-3
OPERAÇÃO DOS BOTÕES • Fazer o LED Energia da Rede Pública Conectada
parar de piscar como resultado de falha na cone-
A seguir está descrita a operação dos três botões loca- xão ou desconexão da rede pública, quando
lizados no painel de controle. comandado.

Botão Test (Teste) • Fazer o LED Energia do Grupo Gerador Conec-


tada parar de piscar como resultado de falha na
O botão Test (Teste) é utilizado para: conexão ou desconexão do grupo gerador,
• Iniciar um teste do grupo gerador. O LED Test quando comandado.
pisca e permanece aceso se o botão Test (Teste)
é mantido pressionado por dois segundos. • Cancelar um período de acionamento ativo.
• Finalizar um teste do grupo gerador. O LED Teste
O pressionamento desse botão não afeta os tempos de
pisca durante dois segundos e apaga se o botão
retardo Transição de Programa (TDPT), Sinal do Eleva-
Test (Teste) é pressionado momentaneamente.
dor (TDEL) e Resfriamento do Motor (TDEC).
Mais informações sobre testes estão incluídas nas pró-
Botão Set Exercise (Ajustar Acionamento)
ximas páginas.
Esse botão é utilizado somente com o acionador inte-
Botão Override (Cancelar) grado e funciona apenas se a função Acionamento Ex-
terno estiver desabilitada (configurada para Desligado).
O botão Override (Cancelar) é utilizado para:
Informações sobre a configuração do painel de controle
• Finalizar os seguintes tempos de retardo do sis- estão incluídas na Seção 5.
tema:
O botão Set Exercise (Ajustar Acionamento) é
– Tempo de Retardo da Partida do Motor (TDES) usado para:
– Tempo de Retardo Normal para Emergência
(TDNE) Cancelar um período de acionamento com repetição
– Tempo de Retardo Emergência para Nor- com tempo de retardo se o botão for mantido pressiona-
mal (TDNE) do por cinco segundos.
Iniciar um período de acionamento imediato (que tam-
• Contornar a temporização TDNE e transferir a bém se repete) se o botão for pressionado momentane-
carga imediatamente durante uma entrada de Ini- amente dentro de dez segundos a partir do início do
bição de Transferência ativa. período de acionamento com tempo de retardo.

• Contornar a temporização TDEN e retransferir a Cancelar um período de acionamento com repetição se


carga imediatamente durante uma entrada de Ini- o botão for mantido pressionado por cinco segundos.
bição de Retransferência ativa. Mais informações sobre a utilização do acionador inte-
grado estão incluídas na página 4-8.

4-4
TESTE COM OU SEM CARGA 2. Verifique se o LED verde Energia da Rede
Pública Conectada do painel de controle está
Esse recurso permite que um operador de chave de aceso.
transferência teste a chave de transferência e o sistema 3. Verifique se o LED verde Energia da Rede
de energia do grupo gerador. O teste é configurável Pública Disponível do painel de controle está
para ser com ou sem carga. Um teste com carga inicia aceso.
uma transferência de carga. Um teste sem carga so- 4. Mantenha o botão Test (Teste) do painel de con-
mente dá partida no gerador e o faz funcionar sem trole pressionado por dois segundos ou aterre a
carga. entrada de Teste Remoto para iniciar o Teste. O
• Certifique-se de que a chave de transferência LED Test pisca duas vezes por segundos durante
está configurada para teste com ou sem carga, dois segundos, confirmando que o teste foi ati-
conforme desejado (consulte a Seção 5). vado. Assim que começa o período de teste, o
LED Teste permanece aceso continuamente.
• Para iniciar um teste, mantenha o botão Test 5. O controle simula uma falha na energia da rede
(Teste) pressionado por dois segundos ou aterre pública mas o LED Energia da Rede Pública Dis-
a entrada de Teste Remoto. ponível permanece aceso enquanto a rede
pública estiver disponível.
• Para finalizar o teste, pressione o botão Test 6. O controle inicia a temporização TDES. Quando
(Teste) ou remova o aterramento da entrada de a temporização termina, o controle desenergiza
Teste Remoto. o relé de partida, fechando o contato e enviando
sinal de partida ao gerador.
NOTA: Ao finalizar um teste com carga, é possí- 7. Quando a saída do gerador estiver aceitável (o
vel contornar o tempo de retardo de re- LED Energia do Grupo Gerador Disponível está
transferência (TDEN) e provocar a aceso) o controle iniciará a temporização TDNE.
transferência imediata da carga pressio-
8. Ao final da temporização TDNE, a chave de trans-
nando o botão Override (Cancelar). O ge-
ferência transfere para o grupo gerador (o LED
rador pára após o tempo de retardo do
Energia do Grupo Gerador Conectada é aceso).
resfriamento do motor (TDEC).
9. O controle continua mantendo o gerador em fun-
cionamento com a chave de transferência conec-
Seqüência de Eventos do Teste com Carga
tada ao grupo gerador até que o botão Test
A seguir está descrita a seqüência de eventos de uma (Teste) no painel de controle seja pressionado ou
chave de transferência GTEC durante um teste com que o aterramento seja removido da entrada de
carga. Neste exemplo, a função TDPT está configurada Teste Remoto.
para zero, o sensor de verificação de fase está desabi- 10.Após esta ação, o controle inicia a temporização
litado, a Entrada de Transferência e a Entrada de Re- TDEN. O LED Teste pisca duas vezes por
transferência estão inativas e a temporização TDEL segundo para confirmar a operação e então
está configurada para zero. apaga.
A rede pública deve estar aceitável durante todo o even- 11. Ao final da temporização TDEN, a chave de trans-
to do teste. A aceitabilidade é determinada pelo sensor ferência retransfere de volta à rede pública (o
de fonte ativa (sensor de subtensão). Se, em algum mo- LED Energia da Rede Pública Conectada é
mento, o sensor de subtensão determinar que a rede aceso).
pública não é aceitável, o Teste é finalizado. 12.Assim que a chave de transferência é conectada
à energia da rede pública, o controle inicia a tem-
Antes de começar um teste, a chave de transferência porização TDEC.
deve ser conectada à fonte de energia da rede pública
13.Quando o período da temporização termina, o
e a energia da rede pública deve estar disponível.
controle energiza o relé de partida, abrindo o con-
1. Verifique se a chave de transferência está confi- tato de partida e enviando sinal de parada ao
gurada para teste com carga. gerador.

4-5
Seqüência de Eventos do Teste sem Carga 4. Mantenha o botão Test (Teste) do painel de con-
trole pressionado por dois segundos ou aterre a
A seguir está descrita a seqüência de eventos de uma entrada de Teste Remoto. O LED Test pisca duas
chave de transferência GTEC durante um teste sem vezes por segundos durante dois segundos, con-
carga. Nesta seqüência de eventos, é dada partida no firmando que o teste foi ativado. Assim que
gerador e ele funciona sem carga durante o período do começa o período de teste, o LED Teste perma-
teste. nece aceso continuamente.
A rede pública deve estar aceitável durante todo o even- 5. O controle desenergiza o relé de partida,
to do teste. A aceitabilidade é determinada pelo sensor fechando o contato de partida e enviando sinal de
de fonte ativa (sensor de subtensão). Se, em algum mo- partida ao gerador. Quando o grupo gerador dá
mento, o sensor de subtensão determinar que a rede partida e produz energia, o LED âmbar Energia
pública não é aceitável, o Teste é finalizado. do Grupo Gerador Disponível acende.
6. O controle continua mantendo o gerador em fun-
Antes de começar um teste, a chave de transferência
cionamento sem carga até que o botão Test
deve ser conectada à rede pública e a energia da rede
(Teste) do painel de controle seja pressionado ou
pública deve estar disponível.
que o aterramento seja removido da entrada de
1. Verifique se a chave de transferência está confi- Teste Remoto.
gurada para teste sem carga. 7. Depois que o botão Test (Teste) do painel de con-
2. Verifique se o LED verde Energia da Rede trole é pressionado ou que o aterramento é remo-
Pública Conectada do painel de controle está vido da entrada de Teste Remoto, o LED Teste
aceso. pisca duas vezes por segundo durante dois
3. Verifique se o LED verde Energia da Rede segundos confirmando a operação, e então
Pública Disponível do painel de controle está apaga.
aceso. 8. O controle energiza o relé de partida, abrindo o
contato de partida e enviando sinal de parada ao
gerador.

4-6
SENSORES as configurações de captação e desarme são fixas e
não podem ser ajustadas. Os pontos de ajuste de sub-
Sensor da Rede Pública tensão e de subfreqüência do grupo gerador estão lista-
dos na Tabela 4-2.
O sensor da rede pública monitora a condição de sub-
tensão em todas as fases da rede pública. Os pontos de TABELA 4-2. PONTOS DE AJUSTE DE SUBTENSÃO E
SUBFREQÜÊNCIA DO GRUPO GERADOR
ajuste de captação e de desarme são ajustáveis. Os
pontos de ajuste estão listados na Tabela 4-1. Consulte Descrição Ponto de Ajuste
a Seção 5 para obter mais informações sobre como efe-
tuar ajustes. Captação de Subtensão 90%
(% do Nominal)
TABELA 4-1. PONTOS DE AJUSTE DE SUBTENSÃO DA
Desarme de Subtensão 75%
REDE PÚBLICA
(% do Nominal)
Pontos de Ajuste Captação de Subfreqüência 90%
Descrição
Disponíveis (% do Nominal)
Captação de Subtensão 95% Desarme de Subfreqüência 85%
(% do Nominal) (% do Nominal)
90%
Desarme de Subtensão 90% Sensor de Verificação de Fase
(% do Nominal)
85%
O sensor de verificação de fase pode ser habilitado
80%
(configurado para Ligado) para aplicações que requei-
70% ram uma transferência rápida de uma carga entre as
duas fontes ativas (os dois LEDs de fonte de energia
NOTA: Se a captação de subtensão da rede pública disponível estão acesos). O sensor de verificação de
estiver ajustada em 90%, então o desarme fase determina quando a diferença de fase relativa (me-
deve ser ajustado para menos que 90%. nos do que 25 graus e aproximando-se de 0) e a dife-
rença de freqüência (menos do que 1 Hz) das duas
A Figura 4-2 ilustra como os ajustes de captação e de- fontes estão dentro dos limites especificados. Quando
sarme trabalham. todas as condições são atendidas, uma transferência é
iniciada. Se habilitado, o sensor de verificação de fase
é ativado depois de terminadas todas as temporizações
Exemplo usando Configurações Padrão de retardo, logo antes de a chave de transferência
Example using Default Settings
para Tensão Nominal de 240 VCC transferir a carga, e somente quando as duas fontes es-
for Nominal Voltage of 240 VAC
tiverem disponíveis. Informações sobre como configu-
Configuração rar a função Verificação de Fase Ligada/Desligada
Drop-out Configuração
Pick-up Ponto de
Nominal
de Desarme de Atuação Ajuste Nominal estão incluídas na Seção 5.
Setting Setting Setpoint
(194 V)
(194V) (216 V) (240V)V)
(240
(216V) Retorno à Transição Programada
Este recurso pode ser usado em conjunto com o sensor
VOLTS de verificação de fase. Se, por algum motivo as duas
fontes não se enquadrarem nos limites especificados do
85% of
85% da 90%
90%daof sensor de verificação de fase durante um período de
Nominal
Nominal Nominal
Nominal dois minutos, então o controle contorna o sensor de ve-
rificação de fase, retorna à seqüência de operação da
FIGURA 4-2. DETECÇÃO DE SUBTENSÃO Transição Programada e transfere a carga. Se este re-
curso está habilitado, o tempo de retardo da transição
Sensor do Gerador programada (TDPT) deve ser maior que zero. O ajuste
real depende da carga.
O sensor do gerador é um sensor monofásico que mo-
nitora condições de subtensão e subfreqüência. Todas

4-7
ACIONADOR DO GRUPO GERADOR verde Energia da Rede Pública Disponível deve estar
aceso).
Opere o gerador ao menos uma vez por semana com Reserva para Perda de Energia
pelo menos 50 por cento da carga (se possível). Se não
quiser utilizar o acionador, use o botão Test (Teste), Se a alimentação CC é removida do painel de controle,
conforme já descrito nesta seção, para testar o grupo o relógio acionador usa uma bateria substituível de lítio
gerador toda semana. (número da parte 416-1250) para manter o ajuste de
tempo. A bateria tem vida útil de dez anos e não precisa
O painel de controle inclui um acionador integrado que de manutenção. A bateria está fixada ao chip de tempo
é acionado pressionando-se o botão Set Exercise (Ajus- da placa de controle.
tar Acionamento). Além disso, pode haver um acionador
externo opcional completamente programável instalado Se não há um período de acionamento configurado, o
e cabeado para uma entrada do controle (consulte a pá- LED Exercise fica apagado (veja a Figura 3-4).
gina 4-10). Ajuste do Período de Acionamento Integrado
Se os dois tipos de acionador estiverem disponíveis, so-
1. Verifique se o LED Exercise (Acionamento) está
mente um deles poderá ser operado de cada vez. O pai-
apagado e a função Acionamento Externo desabi-
nel de controle deve ser configurado para o tipo de
litada (configurado para Desligado – consulte a
acionador a ser utilizado. Isto é feito configurando-se a
Seção 5). Se a função Acionamento Externo está
função Acionador Externo para Ligado ou Desligado.
habilitada, o acionador integrado está desabili-
Para utilizar o acionador integrado, configure o Aciona-
tado.
mento Externo como Desligado. Para utilizar o aciona-
2. Para configurar o horário de início do aciona-
dor externo, configure o Acionamento Externo como
mento para um período de acionamento com
Ligado. Quando o acionador externo é fornecido de fá-
repetição, mantenha pressionado o botão Set
brica, o Acionamento Externo é configurado como Liga-
Exercise (Ajustar Acionamento) por 5 segundos.
do na fábrica. Se o acionador externo não vem instalado
O LED Exercise (Acionamento) pisca duas vezes
de fábrica, o Acionamento Externo vem configurado
por segundo durante 5 segundos e então perma-
como Desligado. Informações sobre como configurar o
nece aceso quando o período de acionamento
painel de controle estão incluídas na Seção 5. Informa-
está configurado. Um período de acionamento de
ções sobre o acionador externo opcional estão incluídas
20 minutos com retardo será iniciado em
mais adiante neste seção.
12 horas. Naquele momento, o LED Exercise
Acionamento Com ou Sem Carga (Acionamento) passará a piscar uma vez por
segundo durante todo o período de acionamento.
A configuração de acionamento com/sem carga funcio- Ao final do período de acionamento, o LED Exer-
na com os dois tipos de acionadores (padrão = sem car- cise (Acionamento) pára de piscar e fica aceso,
ga) – consulte a Seção 5. Quando está selecionado significando que os períodos de acionamento
“Com Carga”, a carga é transferida ao grupo gerador. com repetição estão habilitados.
Quando está selecionado “Sem Carga”, o grupo gera- 3. Para iniciar um período de acionamento imedi-
dor funciona sem carga durante o período do aciona- ato e fazê-lo se repetir, pressione momentanea-
mento. mente o botão Set Exercise (Ajustar
Acionamento) uma segunda vez nos dez segun-
Acionador Integrado dos iniciais do período de acionamento com
retardo. Ao pressionar-se momentaneamente o
Esta função é padrão e está incorporada ao controle. botão Set Exercise (Ajustar Acionamento) uma
Com esse acionador, o período de acionamento é de segunda vez inicia-se um período de aciona-
20 minutos e se repete a cada 7, 14, 21 ou 28 dias (pa- mento imediato de 20 minutos em vez da espera
drão = 7 dias) – consulte a Seção 5. por 12 horas. O LED Exercise (Acionamento) pas-
A função acionamento integrado não pode ser usada a sará a piscar uma vez por segundo durante todo o
menos que a função Acionamento Externo esteja desa- período de acionamento. Ao final do período de
bilitada (configurada para Desligada). acionamento, o LED Exercise (Acionamento) pára
de piscar e fica aceso significando que os perío-
Antes de começar um acionamento, a chave de transfe- dos de acionamento com repetição estão
rência deve ser conectada à energia da rede pública e habilitados.
a energia da rede pública deve estar disponível (o LED

4-8
Cancelamento de Períodos de Acionamento com Repe- 4. O LED Exercise (Acionamento) pára de piscar e
tição permanece aceso significando que há períodos
de acionamento com repetição configurados
Com o LED Exercise (Acionamento) do painel de con-
(a menos que não haja períodos de acionamento
trole aceso, mantenha o botão Set Exercise (Ajustar
com repetição). Se não houver períodos de acio-
Acionamento) pressionado por 5 segundos. O LED
namento com repetição, o LED Exercise (Aciona-
Exercise (Acionamento) piscará duas vezes por segun-
mento) apagará.
do durante 5 segundos e então apagará significando
que os períodos de acionamento com repetição foram
Seqüência de Eventos do Acionamento com Carga
cancelados.
1. Quando um período de acionamento torna-se
Cancelamento de um Período de Acionamento Ativo
ativo, o LED Exerciser (Acionamento) pisca uma
Os períodos de acionamento ativos podem ser cancela- vez por segundo.
dos pressionando-se o botão Override (Cancelar) do 2. O controle envia sinal de partida ao gerador.
painel de controle ou aterrando a entrada de cancela- 3. Quando a saída do gerador estiver aceitável, o
mento remoto (P4-2) na traseira do painel de controle. controle transferirá a carga ao gerador, seguindo
Falha da Fonte de Energia Durante um Período de Aci- os pontos de ajuste de configuração.
onamento Ativo 4. Ao final do período de acionamento, o controle
retransfere a carga de volta à rede pública,
Se qualquer uma das fontes de energia falhar durante
seguindo os pontos de ajuste de configuração.
um período de acionamento ativo, o controle finaliza
imediatamente o acionamento e prossegue com o modo 5. Assim que a carga estiver conectada à energia da
automático de operação. rede pública, o controle acionará o grupo gerador
sem carga durante o período da temporização de
Seqüência de Eventos do Acionamento sem Carga resfriamento (TDEC).
1. Quando um período de acionamento torna-se 6. Ao final da temporização TDEC, o controle enviar
ativo, o LED Exerciser (Acionamento) pisca uma um sinal de parada ao grupo gerador.
vez por segundo. 7. A menos que os períodos de acionamento com
2. O controle envia um sinal ao gerador para dar repetição tenham sido cancelados, o LED Exer-
partida e funcionar por 20 minutos. cise (Acionamento) pára de piscar e fica aceso
3. Ao final do período de acionamento, o controle significando que os períodos de acionamento
envia um sinal de parada ao gerador. com repetição estão configurados. Se o aciona-
dor não estiver configurado para repetir aciona-
mentos, o LED Exercise (Acionamento) apagará.

4-9
ACIONADOR EXTERNO OPCIONAL três pontos piscantes são exibidos entre os valores das
horas e dos minutos (veja a Figura 4-3). A menos que a
O relógio acionador externo opcional é um relógio de 7 bateria do relógio falhe, os programas de acionamento
dias, 24 horas que, quando instalado, pode armazenar são armazenados e não são perdidos durante uma falta
e executar diversos programas de início/parada por dia de energia.
e repetir períodos de acionamento a cada semana. Ele
pode ser programado para executar períodos de acio-
namento em diversos horários em dias diferentes. Dife- PISCA
rente do acionador integrado, o acionador externo pode
12 15 18 21 24
programar outros períodos de acionamento diferentes
de 20 minutos. 9 Auto

03 01 04
Se a função Acionamento Externo estiver habilitada 6
Off
(configurada para Ligada), então o acionador integrado
estará desabilitado.
3

0
. AM
11:30
NOTA: Depois de um período inativo, o relógio entra no 1 2 3 4 5 6 7

modo inativo e apaga o mostrador. Para reati- FIGURA 4-3. INDICADOR DO RELÓGIO FUNCIONANDO
var o mostrador, pressione o botão Menu. COM A BATERIA INTERNA

Estão disponíveis até 28 programas para configurar ho- A Figura 4-4 ilustra o lado frontal do relógio de aciona-
rários de início e parada do acionamento. É necessário mento e fornece informações sobre o mostrador e as
um programa para iniciar um período de acionamento e funções dos botões.
outro para finalizá-lo.
Acionamento Com ou Sem Carga
O relógio acionador também possui um recurso de teste
incorporado que pode ser usado para iniciar um ciclo de O relógio de acionamento externo não inclui uma fun-
partida e funcionamento do grupo gerador. ção de acionamento com ou sem carga. Essa função
O relógio acionador contém uma bateria de lítio usada deve ser configurada usando-se o painel de controle da
como fonte de energia de reserva. A bateria não é subs- chave de transferência. Para obter mais informações,
tituível. Quando o relógio está usando a bateria interna, consulte a Seção 5.

INDICADORES DE QUANDO HÁ
ACIONAMENTOS PROGRAMADOS
MODO DE EXIBIÇÃO (AUTO,
PARA O DIA ATUAL
PROG, , OU MAN)
INDICADORES DE FUNÇÕES
INDICADORES DE HORÁRIOS DO DIA ESPECIAIS
12 15 18 21 24 = CANCELAMENTO LIG./DESL.
Auto • = PERMANENTE LIG./DESL.
9
INDICADOR DE ESTADO DO 6
03 01 04 DATA (MÊS, DIA E ANO)
ACIONAMENTO (LIG./DESL.) Off
3 VERÃO/INVERNO
HORÁRIO DO DIA
0
11:30AM INDICADOR DE MUDANÇA
INDICADOR DO DIA DA SEMANA 1 2 3 4 5 6 7
AUTOMÁTICA
(1 = SEGUNDA-FEIRA, 7 = DOMINGO) = VERÃO
= INVERNO
BOTÃO DE SELEÇÃO DO MENU – SELECIONA
UM DOS QUATRO MODOS DE EXIBIÇÃO OU BOTÃO ok – CONFIRMA A
DESCARTA PARÂMETROS DE AJUSTE SELEÇÃO

BOTÃO RES (REINICIAR) – USADO SOMENTE EM CASOS DE BOTÕES +/– – USADOS PARA AUMENTAR/DIMINUIR
EMERGÊNCIA PARA EXCLUIR CONFIGURAÇÕES VALORES, PARA PERCORRER OS MENUS E PARA
INDIVIDUAIS (CONSULTE A PÁGINA 4-25) SELECIONAR FUNÇÕES ESPECIAIS

FIGURA 4-4. RECURSOS DO RELÓGIO ACIONADOR

4-10
UTILIZAÇÃO DO BOTÃO MENU Configuração de Verão/Inverno no Relógio
(Horário de Verão)
O botão de seleção Menu é usado para selecionar três
modos de exibição que têm menus ajustáveis. O relógio está programado com a data correta e com a
hora padrão central dos Estados Unidos e com as con-
• O modo Relógio ( ) é usado para configurar a figurações corretas de horário de verão. Se for neces-
data e o horário corretos. Esse modo também sário mudar essas configurações, as instruções
pode ser usado para selecionar automaticamente seguintes descrevem como ajustar horário e data e
o período verão/inverno correto. Consulte a como configurar o relógio para passar automaticamente
página 4-11. para o período verão/inverno (horário de verão).

• O modo Programa (Prog) é usado para configurar 12 15 18 21 24

(consulte a página 4-14), revisar (consulte a 9 Auto


página 4-17) e apagar horários de partida/parada 01 01 03
6
de acionamentos (consulte as páginas 4-20 e Off
4-21). 3

0
12:00 PM
• O modo Manual (Man) é usado para incluir um 1 2 3 4 5 6 7
código de 4 dígitos para alterações de configura-
ção por pessoas não autorizadas. Consulte a 1. Pressione o botão Menu do relógio acionador. O
página 4-24. menu Program (Programa) é exibido.

Quando os ajustes são completados, o menu Inicial PISCA


(modo Auto) é reexibido (veja a Figura 4-4). O botão 12 15 18 21 24
Menu também pode ser usado para descartar parâme-
tros de ajuste e retornar ao menu Inicial. 9 Auto Prog Man

6
Utilização dos Botões +/– 3

Usa-se o botão + ou – para: 0


1 2 3 4 5 6 7
• Aumentar ou diminuir um parâmetro em um menu
ajustável
2. Pressione o botão +. O menu Date/Time
(Data/Horário) é exibido.
• Selecionar o menu seguinte ou o anterior.
PISCA
Para selecionar funções especiais, pressionam-se os
12 15 18 21 24
botões + e – simultaneamente.
9 Auto Prog Man
• Iniciar um acionamento (consulte a página 4-22)
6

• Cancelar um acionamento ativo (consulte a 3


página 4-22) 0
11:07 AM
1 2 3 4 5 6 7
• Selecionar um modo permanente ligado/desli-
gado (consulte a página 4-23)
3. Pressione o botão ok para exibir o menu Year
Utilização do Botão ok (Ano).
12 15 18 21 24
O botão ok é usado para confirmar a seleção do menu
ou ajustes de programas efetuados. Assim que o botão 9
ok é pressionado, o próximo menu disponível é exibido 6 YEAR
e, se foram feitos ajustes em programas, as mudanças PISCA
3
são salvas.
0
20 03
1 2 3 4 5 6 7

4-11
4. Pressione o botão + ou – para configurar o ano
12 15 18 21 24
correto. Pressione o botão ok para exibir o menu
Month (Mês). 9
PISCA
12 15 18 21 24
6 SUM/WIN
3 AM
9
11:09
6 MONTH 0

PISCA 1 2 3 4 5 6 7
3

0
03 NOTA: Se não for necessário configurar o relógio
para mudança automática verão/inverno
1 2 3 4 5 6 7
desta vez, pressione o botão + ou –. A
tela exibirá “End” (“Fim”). Pressione o bo-
5. Pressione o botão + ou – para configurar o mês
tão ok para retornar ao menu Inicial.
correto. Pressione o botão ok para exibir o menu
Day (Dia). 12 15 18 21 24

12 15 18 21 24 9

6 END PISCA
9

DAY 3 AM
6
PISCA
0
11:09
3

0
03.05 1 2 3 4 5 6 7

1 2 3 4 5 6 7
9. Pressione o botão ok para exibir o menu No Sum-
6. Pressione o botão + ou – para configurar o dia mer/Winter (Sem Verão/Inverno).
correto. Pressione o botão ok para exibir o menu
12 15 18 21 24
Hour (Hora). Um pequeno triângulo é exibido
acima do número designado no mostrador para o 9
PISCA
dia da semana (1 = segunda-feira, 7 = domingo). 6 NO SU/WI
3 AM
12 15 18 21 24

0
11:10
9
1 2 3 4 5 6 7
PISCA 6 HOUR
AM 10.Pressione o botão + ou – para exibir o menu With
3

0
11:08 TRIÂNGULO
Summer/Winter (Com Verão/Inverno).
1 2 3 4 5 6 7 12 15 18 21 24

9
7. Pressione o botão + ou – para configurar a hora PISCA
correta. Uma linha é exibida na tela indicando a 6 WITH S/W
hora do dia selecionada (o lado esquerdo da tela 3 AM
é para a primeira metade do dia [AM] e a parte 0
11:10
superior da tela é para a segunda metade do dia 1 2 3 4 5 6 7
[PM]). Pressione o botão ok para exibir o menu
Minute (Minuto). 11. Pressione o botão ok para exibir o menu Região
do Mundo.
12 15 18 21 24

12 15 18 21 24
9
PISCA
6 MINUTE 9
PISCA
3 AM 6 USA/CAN
11:09 3 AM
0
1 2 3 4 5 6 7 0
11:10
1 2 3 4 5 6 7
8. Pressione o botão + ou – para configurar o minuto
correto. Pressione o botão ok para exibir o menu
Summer/Winter (Verão/Inverno).

4-12
12. Selecione uma das regiões do mundo que foram
12 15 18 21 24
programadas para correção automática da hora
ou configure seus próprios horários. 9

6 MONTH SU
NOTA: Com o programa Horário de Verão confi- PISCA
gurado para a América do Norte,
3
01.01 AM
• No primeiro domingo de abril o horário é 0

adiantado em uma hora. 1 2 3 4 5 6 7

• No último domingo de outubro o horário


é atrasado em uma hora. 15.Pressione o botão ok para exibir o menu de confi-
guração da semana onde a mudança para verão
– Se quiser selecionar uma das regiões mundiais ocorrerá. Pressione o botão + ou – até que a
(Europe, GP/P, SF/GR/TR, USA/CAN) que fo- semana desejada (1 a 5 [1 = primeira semana,
ram programadas para correção de horário au- 4 = quarta semana, 5 = última semana]) seja
tomática, pressione o botão + ou – até exibida.
selecionar a região mundial correta. Vá para a
etapa 19. 12 15 18 21 24

9
12 15 18 21 24
6 WEEK SU PISCA
9 PISCA
6 EUROPE 3

0
06.01 AM
3 AM
0
11:10 1 2 3 4 5 6 7

1 2 3 4 5 6 7
16.Pressione o botão ok para exibir o menu de confi-
guração da hora do dia onde a mudança para
verão ocorrerá. Pressione o botão + ou – até que
– Para configurar seus próprios horários de a hora desejada (1 a 3) seja exibida.
mudança, continue na etapa 13.
12 15 18 21 24

13.Para configurar seus próprios horários de 9

mudança, pressione o botão + ou – no menu 6 HOUR


Região do Mundo até o mostrador exibir a palavra PISCA
3 AM
“Free” (“Livre”).
0
01:
12 15 18 21 24 1 2 3 4 5 6 7

9 PISCA NOTA: O horário de início somente pode ser con-


6 FREE –––– figurado para 1:00, 2:00 ou 3:00 AM.
3 AM
0
11:10 17.Pressione o botão ok para exibir o menu de confi-
guração do mês onde a mudança para inverno
1 2 3 4 5 6 7
ocorrerá. Pressione o botão + ou – até que o mês
desejado seja exibido.
14.Pressione o botão ok para exibir o menu de confi-
guração do mês onde a mudança para verão 12 15 18 21 24

ocorrerá. Pressione o botão + ou – até que o mês 9


desejado seja exibido. MONTH WI
6
PISCA
3

0
02.01 AM
1 2 3 4 5 6 7

4-13
18.Pressione o botão ok para exibir o menu de confi- 1. No menu Inicial, pressione o botão Menu. O menu
guração da semana onde a mudança para Program (Programa) é exibido.
inverno ocorrerá. Pressione o botão + ou – até
que a semana desejada (1 a 5 [1 = primeira PISCA
semana, 4 = quarta semana, 5 = última semana]) 12 15 18 21 24

seja exibida.
9 Auto Prog Man

12 15 18 21 24 6

9 3

6 WEEK WI PISCA 0
1 2 3 4 5 6 7
3

0
09.04 AM
1 2 3 4 5 6 7 2. Pressione o botão ok. O menu New Program
(Novo Programa) é exibido.
NOTA: O horário de início de mudança para in-
verno é o mesmo configurado na 12 15 18 21 24

etapa 16. 9 Prog


PISCA
6
19. Pressione o botão ok. O menu Inicial é exibido
novamente e o símbolo verão/inverno adequado 3

é exibido. 0
1 2 3 4 5 6 7
12 15 18 21 24

9 Auto
3. Pressione o botão ok. O número de períodos de
6
03 01 04 tempo programáveis disponíveis (máximo de 28)
Off
é exibido temporariamente.
3

0
11:12 AM
12 15 18 21 24
1 2 3 4 5 6 7
9 Prog NÚMERO DE
6 PERÍODOS DE
Configuração dos Horários de Início e Parada TEMPO
3 PROGRAMÁVEIS
do Acionamento
0
28 DISPONÍVEIS

Até 28 programas podem ser utilizados para configurar 1 2 3 4 5 6 7

horários de início e parada do acionamento. É necessá-


rio um programa para iniciar um período de acionamen-
to e outro para finalizá-lo. 4. O menu Time On (Horário de Início) é exibido.
Pressione o botão ok.
NOTA: Se o botão Menu for pressionado antes de sal-
var um programa de Início/Parada, a palavra 12 15 18 21 24

“Escape” será exibida na tela. As configurações 9 Prog


dos programas serão perdidas e o menu Inicial
6
será exibido depois de dois segundos ou pres- On
sionando-se o botão ok. 3 PISCA
0
12 15 18 21 24
1 2 3 4 5 6 7

9 Prog PISCA
6

0
1 2 3 4 5 6 7

4-14
5. O menu Hour (Hora) é exibido. Pressione o botão namento se repita mais de que uma vez por
+ ou – para configurar a hora desejada para início semana, vá para a etapa 10.
do acionamento (padrão = 12:00 AM). Uma linha
é exibida na tela indicando a hora do dia selecio- 12 15 18 21 24

nada (o lado esquerdo da tela é para a primeira 9 Prog PISCA


metade do dia [AM] e a parte superior da tela é
6
para a segunda metade do dia [PM]). Pressione On
o botão ok.
11:30 PM
3

0
12 15 18 21 24 1 2 3 4 5 6 7

9 Prog
9. Pressione o botão + ou –. O menu Store (Armaze-
6
On nar) é exibido. Pressione o botão ok. Vá para a
3 etapa 13.
0
12:00AM PISCA
1 2 3 4 5 6 7 12 15 18 21 24

9 Prog PISCA
6
6. O menu Minute (Minuto) é exibido. Pressione o
botão + ou – para configurar o minuto desejado
11:30PM
3

para início do acionamento. Pressione o botão 0


ok. 1 2 3 4 5 6 7

12 15 18 21 24
10.Para repetir um acionamento mais de que uma
9 Prog vez por semana, pressione o botão ok quando o
6 menu Copy (Copiar) estiver exibido. O menu Add
On ___day (Adicionar ___dia) é exibido. O dia após
3

0
11:30 PM aquele selecionado na etapa 7 é exibido.
1 2 3 4 5 6 7 PISCA 12 15 18 21 24

9 Prog PISCA
7. É exibido um menu para selecionar o dia da 6
semana em que o acionamento deve começar On

11:30 PM
3
(padrão = Monday (segunda-feira)). Pressione o
botão + ou – para selecionar o dia da semana 0
1 2 3 4 5 6 7
desejado. Um pequeno triângulo é exibido acima
do número designado no mostrador para o dia da
semana (1 = segunda-feira, 7= domingo). Pressi- 11. Pressione o botão + ou – para selecionar o dia da
one o botão ok. semana desejado em que um acionamento deve
começar. Pressione o botão ok.
12 15 18 21 24
12 15 18 21 24
9 Prog
PISCA
9 Prog PISCA
6
On 6
3 On
0
11:30 PM 3
11:30PM
1 2 3 4 5 6 7 0
1 2 3 4 5 6 7

8. O menu Copy (Copiar) é exibido. Se não quiser


repetir o acionamento mais do que uma vez por
semana, vá para a etapa 9. Se quiser que o acio-

4-15
12.Pressione o botão + ou –. O menu Store (Armaze- 15.O menu Time Off (Horário de Término) é exibido.
nar) é exibido. Pressione o botão ok. Pressione o botão ok.

12 15 18 21 24 12 15 18 21 24

9 Prog PISCA 9 Prog

6 6
Off
3 PM 3 PISCA
0
11:30 0
1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7

NOTA: Depois de configurar todos os dias da semana 16. Repita as etapas 5 a 13 para configurar o horário
em que um acionamento deve ser repetido, é de parada do acionamento.
possível usar o botão + ou – para percorrer os
dias e verificar novamente os programas. 17.Quando o menu New Program (Novo Programa)
Quando um dia que possui um programa confi- for reexibido, pressione o botão + ou – até que
gurado é reexibido, ele pode ser excluído. No seja exibido “End” ("Fim").
menu exibido abaixo, pressione o botão ok
para excluir o programa exibido. 12 15 18 21 24

12 15 18 21 24 9 Prog
PISCA

6
9 Prog PISCA
6 3

11:30PM
3
1 2 3 4 5 6 7
0
1 2 3 4 5 6 7
18. Pressione o botão ok para retornar ao menu Ini-
cial.
13.O menu New Program (Novo Programa) é reexi-
bido. NOTA: Se houver algum acionamento programado
para o dia atual, seus períodos de tempo serão
12 15 18 21 24
indicados na tela.
9 Prog PISCA
ACIONAMENTOS
6
PROGRAMADOS

11:30PM
3

0 12 15 18 21 24
1 2 3 4 5 6 7
9 Auto

6
03 01 04
14.Pressione o botão ok para inserir um horário de Off
término para o acionamento. O número de perío- 3

dos de tempo programáveis disponíveis é exibido 0


11:30AM
temporariamente. Note que o número de períodos 1 2 3 4 5 6 7
de tempo programáveis disponíveis agora dimi-
nuiu um.

12 15 18 21 24

9 Prog NÚMERO DE
PERÍODOS DE
6
TEMPO
3 PROGRAMÁVEIS
0
27 DISPONÍVEIS
1 2 3 4 5 6 7

4-16
Verificação dos Programas
12 15 18 21 24
Os menus de Verificação de Programas podem ser usa-
dos para revisar todos os horários de início/parada de 9 Prog PISCA
acionamento configurados e, se necessário, excluí-los. 6

NOTA: Se o botão Menu for pressionado durante a re- 3

visão de programas de início/parada, a função 0


Verificação de Programas será descartada e o 1 2 3 4 5 6 7

menu Inicial será reexibido.


NOTA: Se não há períodos de acionamento con-
figurados, a mensagem “Empty” (“Vazio”)
Revisão de Horários de Início/Parada de Acionamentos
é exibida. Para retornar ao menu New
Todos os parâmetros de início e parada de acionamen- Program (Novo Programa), pressione o
tos podem ser vistos no menu Verificação de Progra- botão ok.
mas. Normalmente, o horário de início é seguido do
12 15 18 21 24
horário de término para um acionamento programado.
Entretanto, se um segundo período de acionamento se 9 Prog
sobrepõe ao intervalo de tempo do primeiro período de
6
acionamento, dois horários de início são exibidos, se-
guidos por dois horários de parada. 3

0
1. No menu Inicial, pressione o botão Menu. O menu 1 2 3 4 5 6 7
Program (Programa) é exibido.
5. Use o botão + ou – para selecionar o dia da
PISCA
semana a ser verificado. Pressione o botão ok.
12 15 18 21 24
O horário de início do primeiro acionamento para
9 Auto Prog Man o dia selecionado é exibido.
6
12 15 18 21 24
3
9 Prog PISCA
0
1 2 3 4 5 6 7 6
On
3
2. Pressione o botão ok. O menu New Program
0
11:30PM
(Novo Programa) é exibido. 1 2 3 4 5 6 7

12 15 18 21 24
NOTA: Se um dia não possui nenhum período de
9
PISCA acionamento configurado, a tela abaixo é
Prog

6
exibida.
3 12 15 18 21 24

0
9 Prog PISCA
1 2 3 4 5 6 7
6

3. Pressione uma vez o botão +. O menu Check 3


(Verificar) é exibido.
0
––:––PM
1 2 3 4 5 6 7
12 15 18 21 24

9 Prog
PISCA

0
1 2 3 4 5 6 7

4. Pressione o botão ok. O menu Monday


(Segunda-Feira) é exibido.

4-17
6. Pressione o botão ok. O horário de término do pri- – Para revisar todos os períodos de acionamento
meiro acionamento para o dia selecionado é configurados, repita as etapas 6 e 7 até que a
exibido. palavra “END” ("FIM") seja exibida. Pressione
o botão ok para retornar ao menu Principal.
12 15 18 21 24
12 15 18 21 24
9 Prog PISCA
6
9 Prog PISCA
Off 6
3

0
12:00AM 3

1 2 3 4 5 6 7 0
1 2 3 4 5 6 7
7. Pressione o botão ok. O horário de início do pró-
ximo acionamento é exibido. Se o próximo horário
de início não estiver no dia selecionado na etapa NOTA: Se um período de acionamento for pro-
5, o dia da semana será indicado na parte inferior gramado apenas com o horário de início,
da tela. uma faixa contínua de segmentos será
exibida no lado esquerdo e no topo da te-
12 15 18 21 24 la, mostrando o horário do dia em que o
PISCA período incompleto de acionamento está
9 Prog
configurado para começar. Essa faixa de
6
On INDICA QUE UM segmentos também será exibida para
3 PM ACIONAMENTO ESTÁ qualquer outro período de acionamento
0
11:30 CONFIGURADO PARA programado para aquele dia.
SÁBADO
1 2 3 4 5 6 7
12 15 18 21 24

8. Revise outros períodos de acionamento configu- 9 Prog PISCA


rados e retorne ao menu Principal. 6
On
3
– Para sair da função Verificação de Programas
sem revisar todos os períodos de acionamento 0
3:00 AM
1 2 3 4 5 6 7
configurados, pressione o botão + ou – até que
“END” (“FIM”) seja exibido. Pressione o botão
ok para retornar ao menu Principal. Se um período de acionamento for programado com
o horário de parada somente, nenhum indicador es-
12 15 18 21 24
pecial será exibido. O horário de parada será sim-
9 Prog PISCA plesmente ignorado.
6
OFF

12:00AM
3

0
1 2 3 4 5 6 7

4-18
Exclusão de Horários de Início/Parada de
12 15 18 21 24
Acionamentos
9 Prog PISCA
Ao revisar os programas, é possível também excluir ho-
rários individuais de início e parada. 6

3
12 15 18 21 24
0
9 Prog PISCA 1 2 3 4 5 6 7

6
On 5. Se necessário, use o botão + ou – para selecionar
3 PM
0
11:30 o dia da semana que inclui o horário de término
do acionamento que se deseja excluir.
1 2 3 4 5 6 7

12 15 18 21 24
1. Quando um horário de início de acionamento pro- PISCA
9 Prog
gramado estiver exibido, pressione o botão + ou –
até que “Clear” (“Excluir”) seja exibida. 6

3
12 15 18 21 24
0
9 Prog PISCA 1 2 3 4 5 6 7

6
On 6. Pressione o botão ok.
3 PM
0
11:30 12 15 18 21 24
1 2 3 4 5 6 7
9 Prog PISCA
2. Pressione o botão ok. O menu New Program 6
Off
(Novo Programa) é reexibido. 3

12 15 18 21 24
0
12:00AM
1 2 3 4 5 6 7

9 Prog
PISCA

6
7. Pressione o botão + ou – até que “Clear”
3 ("Excluir") seja exibida.
0
1 2 3 4 5 6 7 12 15 18 21 24

9 Prog PISCA
3. Pressione uma vez o botão +. O menu Check 6
(Verificar) é exibido. Off
3

12 15 18 21 24 0
12:00AM
1 2 3 4 5 6 7
9 Prog
PISCA
6 8. Pressione o botão ok. O menu New Program
3 (Novo Programa) é reexibido.
0
1 2 3 4 5 6 7 Períodos individuais de acionamento ou todos os perío-
dos também podem ser excluídos. Para obter mais in-
4. Pressione o botão ok. O menu Monday formações, consulte “Eliminação (Exclusão) de um
(Segunda-Feira) é exibido. Período de Acionamento Programado” e “Eliminação
(Exclusão) de todos os Períodos de Acionamento Pro-
gramados” abaixo.

4-19
Eliminação (Exclusão) de um Período de 5. Pressione o botão ok. O primeiro horário de início
Acionamento Programado de acionamento da semana é exibido. Para sele-
cionar um outro horário de início de acionamento,
1. No menu Inicial, pressione o botão Menu. pressione o botão + ou – até que o horário dese-
O menu Program (Programa) é exibido. jado seja exibido.
PISCA 12 15 18 21 24

12 15 18 21 24 9 Prog PISCA
9 Auto Prog Man 6
On
6 3

3 0
11:30PM
1 2 3 4 5 6 7
0
1 2 3 4 5 6 7
6. Pressione o botão ok. O menu New Program
2. Pressione o botão ok. O menu New Program (Novo Programa) é reexibido.
(Novo Programa) é exibido.
12 15 18 21 24

12 15 18 21 24 9 Prog
PISCA

9 Prog
PISCA 6

6 3

3 0
1 2 3 4 5 6 7
0
1 2 3 4 5 6 7
7. Repita as etapas 3 a 6 para apagar o horário de
3. Pressione o botão + ou – até que o menu Clear parada para o período de acionamento apagado
(Excluir) seja exibido. acima.
8. Se necessário, repita as etapas 3 a 7 para outros
12 15 18 21 24 períodos de acionamento que necessitam ser
PISCA apagados.
9 Prog
9. Quando o menu New Program (Novo Programa)
6
for reexibido, pressione o botão + ou – até que
3 seja exibida a palavra “END” ("FIM").
0
1 2 3 4 5 6 7 12 15 18 21 24

9 Prog
PISCA
4. Pressione o botão + ou – até que “Single” (“Indivi- 6
dual”) seja exibida.
3

12 15 18 21 24 0
PISCA 1 2 3 4 5 6 7
9 Prog

6
10.Pressione o botão ok para retornar ao menu
3
Inicial.
0
1 2 3 4 5 6 7

4-20
Eliminação (Exclusão) de todos os Período de 4. Para apagar todos os períodos de acionamento
Acionamento Programados configurados, pressione o botão + ou – até que
seja exibida “All” (“Todos”). Pressione o botão ok.
1. No menu Inicial, pressione o botão Menu.
O menu Program (Programa) é exibido. 12 15 18 21 24

9 Prog PISCA
PISCA
6
12 15 18 21 24
3
9 Auto Prog Man
0
6 1 2 3 4 5 6 7

0
5. A palavra “Confirm” (“Confirmar”) será exibida.
1 2 3 4 5 6 7 Para continuar apagando todos os programas de
acionamento, pressione o botão ok. Para descar-
2. Pressione o botão ok. O menu New Program tar o apagamento de todos os programas de acio-
(Novo Programa) é exibido. namento, pressione o botão + ou –.

12 15 18 21 24
12 15 18 21 24

PISCA 9 Prog
PISCA
9 Prog
6
6
3
3
0
0
1 2 3 4 5 6 7
1 2 3 4 5 6 7

6. O menu New Program (Novo Programa) é reexi-


3. Pressione o botão + ou – até que o menu Clear
bido. Pressione o botão + ou – até que a palavra
(Excluir) seja exibido.
“END” ("FIM") seja exibida.
12 15 18 21 24
12 15 18 21 24
9 Prog
PISCA
9 Prog PISCA
6
6
3
3
0
1 2 3 4 5 6 7 0
1 2 3 4 5 6 7

7. Pressione o botão ok para retornar ao menu


Inicial.

4-21
Início ou Cancelamento de um Programa de Cancelamento de um Acionamento
Acionamento No exemplo mostrado abaixo, “On” ("Ligado") indica
que há acionamento ativo atualmente.
O relógio acionador possui um recurso de teste incorpo-
rado que pode ser usado para iniciar um acionamento 12 15 18 21 24
que não foi programado ou para cancelar o andamento
Auto
de um acionamento programado. 9

6
03 01 04
A função Carga/Sem Carga do painel de controle pode On
ser configurada para testar o grupo gerador com ou sem
carga, conforme desejado.
3

0
2:50 PM
1 2 3 4 5 6 7
Iniciar um Acionamento
No exemplo mostrado abaixo, “Off” indica que não há
acionamento ativo atualmente. 1. Com o menu Inicial exibido, mantenha pressiona-
dos simultaneamente os botões + e – por um
12 15 18 21 24 segundo aproximadamente. “Override” ("Cance-
Auto
lar") e o símbolo de uma mão serão exibidos na
9
03 01 04 tela. Além disso, “On” ("Ligado") será substituída
6
Off por “Off” ("Desligado") e o acionamento será inter-
rompido.
3

0
2:50 PM
12 15 18 21 24
1 2 3 4 5 6 7

1. Com o menu Inicial exibido, mantenha pressiona- 6


Off
dos simultaneamente os botões + e – por um
segundo aproximadamente. “Override” ("Cance-
3

0
2:50 PM
lar") e o símbolo de uma mão serão exibidos na
1 2 3 4 5 6 7
tela. Além disso, “Off” ("Desligado") será substitu-
ída por “On” ("Ligado") e o acionamento será inici-
ado. 2. Para reiniciar o acionamento, mantenha pressio-
nados simultaneamente os botões + e – por um
12 15 18 21 24
segundo aproximadamente. O menu Inicial origi-
9 nal será reexibido e “Off” ("Desligado") será alte-
6
rada de volta para “On” ("Ligado").
On
3

0
2:50 PM 12

Auto
15 18 21 24

9
1 2 3 4 5 6 7
6
03 01 04
On

2. Para finalizar o acionamento, mantenha pressio-


3

0
2:58 PM
nados simultaneamente os botões + e – por um
1 2 3 4 5 6 7
segundo aproximadamente. O menu Inicial origi-
nal será reexibido e “On” ("Ligado") será alterada
de volta para “Off” ("Desligado").

12 15 18 21 24

9 Auto

6
03 01 04
Off
3

0
2:58 PM
1 2 3 4 5 6 7

4-22
Seleção do Modo Ligado/Desligado Permanente") é exibida e “On” ("Ligado") é alte-
Permanente rada de volta para “Off” ("Desligado").

O relógio acionador possui um recurso de modo liga- 12 15 18 21 24

do/desligado permanente. 9

Seleção do Modo Ligado/Desligado Permanente Sem 6


Off
um Acionamento Ativo
No exemplo mostrado abaixo, “Off” indica que não há
3

0
2:50 PM
acionamento ativo atualmente. 1 2 3 4 5 6 7

12 15 18 21 24
3. Para retornar o relógio ao seu estado original,
Auto
9 mantenha pressionados simultaneamente os
6
03 01 04 botões + e – por um segundo aproximadamente.
Off
O menu Inicial original é reexibido.
3

0
2:50 PM
1 2 3 4 5 6 7
Seleção do Modo Ligado/Desligado Permanente Com
um Acionamento Ativo
No exemplo mostrado abaixo, “On” ("Ligado") indica
1. Com o menu Inicial exibido, mantenha pressiona- que há acionamento ativo atualmente.
dos simultaneamente os botões + e – por dois
segundos aproximadamente. Primeiro é exibido 12 15 18 21 24
o menu Override (Cancelar) e, então “Perm On”
9 Auto
(Permanente Ligado) e os símbolos mão/ponto
03 01 04
• são exibidos na tela. Além disso, uma faixa 6
On
contínua de segmentos é exibida no lado
esquerdo e no topo da tela e “Off” ("Desligado")
3

0
2:50 PM
é substituída por “On” ("Ligado"). 1 2 3 4 5 6 7

12 15 18 21 24
1. Com o menu Inicial exibido, mantenha pressiona-
9 dos simultaneamente os botões + e – por dois
6 segundos aproximadamente. Primeiro é exibido o
Off
menu Override (Cancelar) e, então “Perm Off”
3

0
2:50 PM (Permanente Desligado) e os símbolos
mão/ponto • são exibidos na tela. Além disso,
1 2 3 4 5 6 7
“On” ("Ligado") será substituída por “Off” ("Desli-
12 15 18 21 24
gado").
9
12 15 18 21 24
6
On
9
3

0
2:50 PM 6
On
1 2 3 4 5 6 7 3

0
2:50 PM
1 2 3 4 5 6 7
2. Para alternar para o modo Permanent Off (Desli-
12 15 18 21 24
gado Permanente), mantenha pressionados
simultaneamente os botões + e – por dois segun- 9
dos aproximadamente. “Perm Off” ("Desligado
6
Off
3

0
2:50 PM
1 2 3 4 5 6 7

4-23
2. Para alternar para o modo Permanent On (Ligado
Permanente), mantenha pressionados simultane- PISCA
amente os botões + e – por dois segundos aproxi-
12 15 18 21 24
madamente. “Perm Off” ("Desligado
Permanente") é exibida e “Off” ("Desligado") é 9 Auto Prog Man
alterada de volta para “On” ("Ligado"). Além disso, 6
uma faixa contínua de segmentos é exibida no
3
lado esquerdo e no topo da tela.
0
1 2 3 4 5 6 7
12 15 18 21 24

9
3. Pressione o botão ok para exibir o menu Pin.
6
On
3

0
2:50 PM 9
12 15 18 21 24

Man
1 2 3 4 5 6 7
6
PISCA
3
3. Para retornar o relógio ao seu estado original,
mantenha pressionados simultaneamente os 0
1 2 3 4 5 6 7
botões + e – por um segundo aproximadamente.
O menu Inicial original é reexibido. NOTA: Se o botão + ou – for pressionado agora,
a mensagem “End” ("Fim") será exibida.
Acréscimo de um Código de Segurança Pressione o botão ok para retornar ao
menu Inicial.
Pode ser inserido um código de segurança de 4 dígitos
para evitar o uso do relógio por pessoas não autoriza- 12 15 18 21 24
das.
9 Man
Assim que um código de segurança tiver sido configura- 6
do, o relógio acionador será travado 90 segundos de-
3
pois de pressionada a última tecla. Ele somente poderá
ser operado novamente depois de inserido o código PIN 0
1 2 3 4 5 6 7
correto.
CAUTELA Assim que um código PIN tiver sido ati-
vado e o botão Res (Reiniciar) for pressionado 4. Pressione o botão ok para exibir o menu No PIN
(consulte “Reconfiguração do Temporizador” na (Sem Pin).
página seguinte), o temporizador de acionamento
12 15 18 21 24
não poderá mais ser ativado sem um código PIN vá-
lido. O dispositivo terá que ser substituído. 9 Man

6 PISCA
1. No menu Inicial, pressione o botão Menu.
3
O menu Program (Programa) é exibido.
0
PISCA 1 2 3 4 5 6 7

12 15 18 21 24
5. Pressione o botão + ou – para exibir o menu With
9 Auto Prog Man PIN (Com PIN).
6
12 15 18 21 24
3

0 9 Man
1 2 3 4 5 6 7
6 PISCA
3
2. Pressione duas vezes o botão +. O menu 0
Data/Horário será exibido, seguido pelo menu 1 2 3 4 5 6 7
Manual.

4-24
6. Pressione o botão ok para exibir o menu Pin
Number (Número do PIN). 12 15 18 21 24

9
NOTA: Se decidir não inserir um código de aces-
so de 4 dígitos neste momento, a única 6 ENGLISH
forma de sair do modo Manual é pressio- 3
nando o botão Res (Reiniciar). 0
1 2 3 4 5 6 7
12 15 18 21 24

9 Man
PISCA 2. Se o idioma incorreto estiver sendo exibido, utilize
6 o botão + ou – para percorrer os idiomas disponí-
veis (English, Espanol, Francais, Portugal, Itali-
3

0
0–.–– ano ou Deutsch).
1 2 3 4 5 6 7 3. Quando o idioma desejado for exibido, pressione
o botão ok. O ano será exibido em seguida.

7. Pressione o botão + ou – para inserir o primeiro 12 15 18 21 24


dígito do código de acesso de 4 dígitos.
9
8. Pressione o botão ok. Então pressione o botão + YEAR
6
ou – para inserir o segundo dígito do código de
acesso de 4 dígitos.
9. Repita a etapa 8 para o terceiro e quarto dígitos
3

0
20 03
do código de acesso de 4 dígitos. 1 2 3 4 5 6 7

10. Pressione o botão ok. O menu Inicial será então


reexibido. 4. Pressione o botão + até que o ano correto seja
exibido e em seguida pressione o botão ok.
Depois de Programar o Relógio Acionador O mês será exibido em seguida.

1. Certifique-se de que a função Acionamento 12 15 18 21 24

Externo do painel de controle da chave de trans- 9


ferência esteja configurada para “Ligada”. Para MONTH
6
obter mais informações, consulte a Seção 5.
2. Ponha a chave seletora de operação do grupo 3
01
gerador na posição Remota. 0
1 2 3 4 5 6 7
3. Verifique se o sistema está funcionando correta-
mente conforme descrito no Manual do Operador.
5. Pressione o botão + ou – até que o mês correto
Reinicialização do Temporizador seja exibido e em seguida pressione o botão ok.
A tela então exibirá o valor do dia piscando.
O botão Res (Reiniciar) deve ser utilizado somente em
casos de emergência. A reinicialização do temporizador 12 15 18 21 24
apagará todas as configurações de idioma, data e horá-
9
rio existentes. Ao pressionar o botão Res (Reiniciar), o DAY
relógio será configurado para 12:00 (meia-noite), quar- 6

ta-feira, 1 de janeiro, 2003. Entretanto, os períodos de


acionamento programados permanecerão intactos.
3

0
03.01
1 2 3 4 5 6 7
1. Use um objeto pontiagudo para manter pressio-
nado o botão Res (Reiniciar) por um segundo
aproximadamente. Duas telas de informação
serão exibidas e o idioma nacional padrão
piscará.

4-25
6. Pressione o botão + ou – até que o dia correto
12 15 18 21 24
seja exibido. Pressione o botão ok. A tela então
exibirá o valor da hora piscando. 9

6
MINUTE
12 15 18 21 24

9
HOUR
3

0
2:50PM
6
1 2 3 4 5 6 7
AM
3

0
12:00 8. Pressione o botão + ou – até que o minuto correto
1 2 3 4 5 6 7
seja exibido. Pressione o botão ok. A tela então
exibirá a data e o horário corretos.
7. Pressione o botão + ou – até que a hora correta
12 15 18 21 24
seja exibida. Pressione o botão ok. A tela então
exibirá o valor do minuto piscando. 9 Auto

6
03 01 04
Off
3

0
2:50 PM
1 2 3 4 5 6 7

4-26
MANUTENÇÃO PLANEJADA

Efetuar os procedimentos da manutenção planejada anual aumenta a confiabilidade da chave de transferência.

Os procedimentos a seguir devem ser feitos somente por pessoal treinado e experiente, de acordo com os procedi-
mentos da Seção 8. Se for necessário reparo ou substituição de componente, contate seu revendedor ou distribuidor.

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. A incorreta instalação, ser-
viço ou substituição de peças pode resultar em acidentes pessoais graves, morte e/ou dano ao equipamento.
Todos os procedimentos de manutenção corretiva devem ser feitos somente por pessoal tecnicamente qua-
lificado, de acordo com os procedimentos da Seção 9.

ALERTA A chave de transferência representa um perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte, a menos que a energia CA seja removida. Certifique-se de pôr a chave seletora de
operação do grupo gerador na posição Stop (Parar), desconectar a energia da linha CA, desconectar o carre-
gador de bateria de sua fonte de energia CA e desconectar a bateria de partida (o terminal negativo [–] primei-
ro) antes de efetuar serviço.

ALERTA A ignição dos gases explosivos da bateria pode provocar acidentes pessoais graves. Não fume
nem provoque nenhuma fagulha, arco voltaico ou chama enquanto efetuar serviço nas baterias.

1. Desconecte Todas as Fontes de Energia CA:


A. Desconecte as duas fontes de energia CA da chave de transferência antes de continuar. Gire a chave se-
letora de operação do grupo gerador para a posição Stop (Parar). (A chave seletora está localizada no pa-
inel de controle do grupo gerador).
B. Se houver um carregador de bateria externo, desconecte-o da fonte de energia CA.
C. Desconecte a bateria de partida do conjunto (o terminal negativo [–] primeiro).
2. Limpe
A. Limpe em profundidade com espanador e aspirador de pó todos os controles, medidores, componentes do
mecanismo de chaveamento, barramentos internos e terminais de conexão.

B. Feche a porta do gabinete e lave as superfícies externas com uma esponja úmida (detergente suave e
água). Não deixe entrar água no gabinete, especialmente nos medidores, lâmpadas e chaves.
3. Inspecione
A. Verifique se há marcas de carvão, rachaduras, corrosão ou qualquer outro tipo de deterioração nos barra-
mento e nas peças de suporte. Se houver necessidade de substituição, contate seu revendedor ou distri-
buidor.
B. Verifique os contatos fixos e os móveis. Se for necessário substituir um contato, os procedimentos estão
descritos na Seção 8.
C. Verifique se há conexões frouxas no hardware do sistema. Aperte conforme indicado na etapa 4.
D. Verifique em toda a fiação de controle e nos cabos de energia (especialmente a fiação na porta articulada
ou perto dela) se há sinais de desgaste ou de deterioração.
E. Verifique em toda a fiação de controle e nos cabos de energia se há conexões frouxas. Aperte conforme
indicado na etapa 4.
F. Verifique se há peças frouxas no interior do gabinete. Aperte conforme indicado na etapa 4.

4-27
4. Efetue Manutenção de Rotina
A. Aperte os barramentos, a fiação de controle, os cabos de energia e as peças do sistema, conforme neces-
sário. Os valores de torque das peças estão indicados na Seção 7. Reaperte todas as conexões dos termi-
nais dos cabos. Os requisitos de torque dos terminais estão listados na Seção 1 do Manual de Serviço.
5. Conecte a Energia CA e Verifique a Operação
A. Conecte a bateria de partida do conjunto (o terminal negativo [–] por último). Conecte a energia CA da rede
pública, habilite a fonte de energia do grupo gerador. Se aplicável, conecte a energia para o carregador de
bateria.
B. Confirme a operação adequada do carregador de bateria.
C. Teste a operação do sistema conforme descrito nesta seção. Feche e trave a porta do gabinete.

4-28
5. Configuração do Painel de Controle
O painel de controle pode ser utilizado para configurar Com exceção do LED Test, os LEDs de função e de va-
as funções da ATS. No Modo de Configuração, é pos- lor não acendem durante operação automática (Modo
sível modificar o código de valor para as diversas fun- Automático).
ções de controle.
O painel de controle possui uma série de oito LEDs que
ACESSO AO EDITOR DE CONFIGURAÇÃO DO
exibem códigos indicadores de diversas funções de PAINEL FRONTAL
controle configuráveis. Os primeiros cinco LEDs exibem
o código da função e os últimos três exibem o código do ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi-
valor para a função exibida (veja a Figura 5-1). Uma lista nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre-
das funções de controle (incluindo os códigos das fun- senta um perigo de choque elétrico que pode
ções e dos valores) está incluída na Tabela 5-1. Infor- provocar acidentes pessoais graves ou morte. Te-
mações adicionais sobre essas funções estão incluídas nha extrema cautela para não encostar nos conta-
na Seção 4. tos elétricos sempre que a porta do gabinete estiver
aberta.
NOTA: Dois tipos de controle estão disponíveis com as
chaves de transferência GTEC. Exceto para as Deve estar disponível energia de bateria (energia CC)
tensões nominais do sistema, todas as funções para configurar as funções do painel de controle. A
de controle são as mesmas para os dois tipos energia CA pode estar presente mas não é necessária
de controle. As unidades com detecção de ten- para configurar o painel de controle. Para verificar se há
são linha-neutro (controle TS1311) possuem energia CC, abra a porta da chave de transferência e
menos tensões nominais de sistema disponí- ponha a ATS na posição Normal ou Emergência. O LED
veis do que as unidades com detecção de ten- Energia da Rede Pública Conectada ou Energia do Gru-
são linha-linha (controle TS1310). As tensões po Gerador Conectada deve acender.
nominais para os dois tipos de controle estão
listadas na Tabela 5-1.

PowerCommand

Test
LEDS
LEDS INDICADORES
INDICADORES DE VALOR
DE FUNÇÃO

Control operation could be delayed by external source.

Exercise

Test Override Set Exercise

FIGURA 5-1. PAINEL DE CONTROLE

5-1
TABELA 5-1. FUNÇÕES AJUSTÁVEIS DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA

CÓDIGO DO Ref.
FUNÇÃO CÓDIGO DA FUNÇÃO VALOR (Padrão em itálico e negrito)
VALOR Pág.
Não Disponível ! ! ! ! ! ND ND ND
TDES ! ! ! ! " ! ! ! 0 Segundo (Desativado) 4-1
(Tempo de Retardo da Partida ! ! " 0,5 Segundo
do Motor) ! " ! 1 Segundo
! " " 2 Segundos
" ! ! 3 Segundos
" ! " 4 Segundos
" " ! 6 Segundos
" " " 10 Segundos
TDNE ! ! ! " ! ! ! ! 0 Segundo (Desativado) 4-1
(Tempo de Retardo Normal ! ! " 1 Segundo
para Emergência) ! " ! 2 Segundos
! " " 3 Segundos
" ! ! 5 Segundos
" ! " 30 Segundos
" " ! 120 Segundos
" " " 300 Segundos
TDEC ! ! ! " " ! ! ! 0 Minuto (Desativado) 4-1
(Tempo de Retardo ! ! " 0,1 Minuto (Para Testar)
Emergência para Normal) ! " ! 5 Minutos
! " " 10 Minutos
" ! ! 15 Minutos
" ! " 20 Minutos
" " ! 25 Minutos
" " " 30 Minutos
TDEC ! ! " ! ! ! ! ! 0 Minuto (Desativado) 4-1
(Tempo de Retardo de ! ! " 0,1 Minuto (Para Testar)
Resfriamento do Motor) ! " ! 5 Minutos
! " " 10 Minutos
" ! ! 15 Minutos
" ! " 20 Minutos
" " ! 25 Minutos
" " " 30 Minutos
TDPT ! ! " ! " ! ! ! 0 Segundo (Desativado) 4-2
(Tempo de Retardo para ! ! " 0,5 Segundo
Transição de Programa) ! " ! 1 Segundo
! " " 2 Segundos
" ! ! 3 Segundos
" ! " 4 Segundos
" " ! 6 Segundos
" " " 10 Segundos
TDEL ! ! " " ! ! ! ! 0 Segundo (Desativado) 4-2
(Tempo de Retardo para Sinal ! ! " 1 Segundo
do Elevador) ! " ! 2 Segundos
! " " 3 Segundos
" ! ! 5 Segundos
" ! " 30 Segundos
" " ! 120 Segundos
" " " 300 Segundos

5-2
TABELA 5-1. FUNÇÕES AJUSTÁVEIS DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA

CÓDIGO DO Ref.
FUNÇÃO CÓDIGO DA FUNÇÃO VALOR (Padrão em itálico e negrito)
VALOR Pág.
Teste Com/Sem Carga ! ! " " " ! ! ! Sem Carga 4-5
! ! " Com Carga
Acionamento Externo ! " ! ! ! ! ! ! Desligado 4-8
Ligado/Desligado ! ! " Ligado
Acionamento Com/Sem ! " ! ! " ! ! ! Sem Carga
Carga ! ! " Com Carga
Seleção de Tabela da Tensão ! " ! " ! ! ! ! Tabela 1 ↓
Nominal do Sistema ! ! " Tabela 2 ↓
Tensão Nominal do Sistema ! " ! " " ! ! ! 110 230
(Controle TS1311 – Chaves ! ! " 115 240
de Transferência com ! " ! 120 255
Detecção de Tensão Linha-
! " " 127 277
Neutro)
" ! ! 139 347
" ! " 220 347
Tensão Nominal do Sistema ! " ! " " ! ! ! 115 400
(Controle TS1310 – Chaves ! ! " 120 415
de Transferência com ! " ! 190 440
Detecção de Tensão Linha-
! " " 208 460
Neutro)
" ! ! 220 480
" ! " 230 550
" " ! 240 575
" " " 380 600
Freqüência Nominal do ! " " ! ! ! ! ! 60 Hz
Sistema 50/60 Hz ! ! " 50 Hz
Monofásico/Trifásico ! " " ! " ! ! ! Trifásico
! ! " Monofásico
Captação de Subtensão da ! " " " ! ! ! ! 90% 4-7
Rede Pública ! ! " 95%
Desarme de Subtensão da ! " " " " ! ! ! 90% 4-7
Rede Pública ! ! " 85%
! " ! 80%
! " " 70%
Verificação de Fase " ! ! ! ! ! ! ! Desligado 4-7
Ligada/Desligada ! ! " Ligado
Retorno à Transição " ! ! ! " ! ! ! Desligado 4-7
Programada ! ! " Ligado
Ligada/Desligada
Retardo Pós-Transferência do " ! ! " ! ! ! ! Desligado 4-2
Elevador Ligado/Desligado ! ! " Ligado
Intervalo de Repetição do " ! ! " " ! ! ! A Cada 7 Dias 4-8
Acionamento ! ! " A Cada 14 Dias
! " ! A Cada 21 Dias
! " " A Cada 28 Dias

= ESSAS FUNÇÕES DE CONTROLE FORAM CONFIGURADAS NA FÁBRICA E NÃO DEVEM NECESSITAR DE AJUSTE.

5-3
O Modo de Configuração é selecionado pela operação Externo, Tensão Nominal do Sistema, Freqüência
de uma pequena chave deslizante localizada na traseira Nominal do Sistema e Monofásico/Trifásico são fei-
do painel de controle. A chave está localizada perto da tas na fábrica e não devem necessitar de nenhum
borda inferior da PCI (veja a Figura 5-2). A chave está ajuste adicional.
parcialmente escondida para evitar operação acidental.
1. Deslize a chave seletora até a posição Modo de
NOTA: O Modo de Configuração pode ser acessado
Configuração, como descrito na página 5-1. Ao
a qualquer momento, mas uma vez seleciona-
acessar o Modo de Configuração a primeira fun-
do, toda a operação automática é suspensa.
ção exibida é sempre a TDES.
MODIFICAÇÃO DA CONFIGURAÇÃO 2. Pressione o botão Test (Teste) para percorrer os
diversos códigos de funções de controle exibidos
com os primeiros cinco LEDs (consulte a Tabela
O controle foi configurado na fábrica e não precisa de
5-1). Os círculos pretos indicam quais LEDs estão
ajustes adicionais (as configurações padrão estão exi-
acesos para a função e os códigos de valor
bidas em itálico e negrito na Tabela 5-1). Entretanto, tal-
listados.
vez você queira ajustar alguma das configurações para
obter um melhor desempenho. 3. Assim que selecionar a função desejada, pressi-
one o botão Override (Cancelar) para modificar o
CAUTELA Configurações incorretas podem le- código de valor associado exibido com os últimos
var a chave de transferência a não operar correta- três LEDs.
mente. Alterações das configurações das funções
4. Ao concluir a configuração, retorne a chave sele-
de controle só devem ser feitas por pessoal treina-
tora para a posição Modo Automático.
do autorizado. As configurações de Acionamento

TRASEIRA DO CONTROLE TS1311


USADO EM UNIDADES COM DETECÇÃO
TS1311
DE TENSÃO LINHA-NEUTRO

CHAVE NO MODO CHAVE NO MODO DE


AUTOMÁTICO CONFIGURAÇÃO

TRASEIRA DO CONTROLE TS1310


USADO EM UNIDADES COM TS1310
DETECÇÃO DE TENSÃO ENTRE
LINHA-E-LINHA

FIGURA 5-2. CHAVE SELETORA DO MODO NORMAL/MODO DE CONFIGURAÇÃO

5-4
6. Instalação – Montagem
LOCAL Escolha uma superfície de montagem livre de vibração
e que suporte o peso da chave. Evite locais próximos
A localização da chave de transferência no circuito elé- a líquidos ou gases inflamáveis, ou que sejam quentes,
trico existente varia com a aplicação e o tipo da chave úmidos ou empoeirados.
de entrada. O local e a instalação elétrica devem aten- Um arco elétrico é gerado durante a
ALERTA
der aos desenhos do contrato. transferência, o que pode incendiar uma atmosfera
Deve existir uma desconexão de serviço na linha de inflamável e resultar em acidentes pessoais graves
energia comercial antes da chave de transferência. ou morte. A chave não deve estar localizada perto
de baterias, tanques de combustível, solventes ou
A Figura 6-1 mostra uma instalação típica. As dimen- outras fontes de líquidos ou gases inflamáveis, ou
sões e os pesos do gabinete tipo IP32 estão listados na em áreas que compartilhem ventilação com tais
Tabela 6-1. As dimensões e os pesos do gabinete tipo fontes.
IP54 estão listados na Tabela 6-2.

TABELA 6-1. DIMENSÕES APROXIMADAS DO GABINETE IP32

Corrente Nominal da Profundidade com Porta


Altura Largura Peso
Chave Fechada Aberta

63, 100, e 125 31.5 in 23.5 in 11.6 in 31.0 in 105.8 lb


800 mm 598 mm 296 mm 788 mm 48 kg
160, 200, 225, 250, 39.4 in 31.6 in 11.6 in 39.0 in 143.3 lb
350, 400, e 500 1000 mm 804 mm 296 mm 991,8 mm 65 kg
630, 800, 1000, e 53.9 in 29.5 in 26.6 in 51.9 in 406 lb
1250 1370 mm 750 mm 676 mm 1319 mm 184 kg

TABELA 6-2. DIMENSÕES APROXIMADAS DO GABINETE IP54

Profundidade com Porta


Corrente Nominal da
Altura Largura Peso
Chave
Fechada Aberta

63, 100, e 125 34.0 in 23.5 in 11.6 in 31.0 in 110 lb


864 mm 598 mm 296 mm 788 mm 50 kg
160, 200, 225, 250, 41.9 in 31.6 in 11.6 in 39.0 in 143.3 lb
350, 400, e 500 1064 mm 804 mm 296 mm 991,8 mm 65 kg
630, 800, 1000, e 53.9 in 29.5 in 26.6 in 51.9 in 414.5 lb
1250 1370 mm 750 mm 676 mm 1319 mm 188 kg

6-1
MÉTODOS DE MONTAGEM 3. Com a caixa de embarque posicionada de forma
que o gabinete esteja vertical, remova cuidadosa-
As chaves de transferência podem ser de posiciona- mente o topo e as laterais da caixa.
mento livre ou montadas em uma parede. Siga o con- 4. Erga o gabinete e monte-o nos dois parafusos de
junto de instruções de montagem apropriado e consulte montagem na parede.
no desenho esquemático as dimensões para instala-
ção, as especificações e os padrões dos furos de ALERTA O levantamento inadequado
montagem. pode provocar acidentes pessoais graves. Pro-
videncie mão-de-obra suficiente para erguer e
Montagem em Parede montar o gabinete.

As chaves pequenas e médias (63 a 500 A) são monta- 5. Instale os dois parafusos de montagem restantes,
das em parede (veja a Figura 6-1). mas não os aperte.
1. Verifique o local para certificar-se de que não haja 6. Empurre o gabinete contra a parede. Se o gabi-
fios ou encanamento, gás ou linhas de exaustão nete não ficar alinhado rente contra a parede,
passando por trás da parede. calce as saliências de montagem conforme
2. Instale dois parafusos de montagem na parede necessário.
para os furos-guias de montagem do gabinete. 7. Aperte todos os parafusos de montagem.

FIOS DE CONTROLE CABOS PARA O LADO DA


REMOTO FONTE 2 DA CHAVE DE
CABOS DA
TRANSFERÊNCIA
CARGA
ALOJAMENTO DO
CONTROLE DO GRUPO
GERADOR

CABOS DA CAIXA DE
DESCONEXÃO DE SERVIÇO
E DO MEDIDOR

CHAVE DE
TRANSFERÊNCIA
AUTOMÁTICA

FIGURA 6-1. INSTALAÇÃO TÍPICA EM PAREDE

6-2
Posicionamento no Piso os código aplicáveis. O tamanho mínimo do gabinete é
determinado pela corrente nominal da chave de transfe-
As chaves grandes (630 a 1250 A) são montadas no rência. Consulte nos desenhos esquemáticos individu-
piso. ais as dimensões mínimas do gabinete.
1. Cumpra todos os códigos locais. Os desenhos esquemáticos fornecidos com a chave de
2. Certifique-se de que haja disponível um acesso transferência fornecem dimensões externas para mon-
adequado à parte de trás do gabinete para conec- tagem dos componentes da chave de transferência
tar os fios. dentro do gabinete. A página um do desenho esquemá-
3. Proporcione estabilidade fixando o gabinete ao tico mostra os padrões dos furos que devem ser feitos
piso com parafusos em todos os quatro cantos. na porta do gabinete para alinhar os diversos compo-
nentes de controle. A Figura 6-2 mostra a página um de
CONSTRUÇÃO ABERTA um desenho esquemático típico. Desenhos esquemáti-
cos adicionais estão incluídos na Seção 11.
Use um gabinete que atenda aos requisitos de todos os Consulte a seção Instalação Elétrica (Seção 7) para ob-
códigos e normas locais. A porta deve ser trancada e ter ter informações sobre as conexões elétricas.
os alertas de segurança exigidos para atender a todos

6-3
6-4
FIGURA 6-2. CONSTRUÇÃO ABERTA TÍPICA PARA CHAVES DE TRANSFERÊNCIA DE 250 A
7. Instalação – Fiação
Consulte as Figuras 7-1 a 7-3 para obter informações 3. Passe a fiação do circuito de controle em um con-
sobre a localização dos componentes. duíte separado da fiação CA senão as correntes
induzidas poderão causar problemas operacio-
ALERTA As tensões e correntes CA represen-
nais na chave. Podem ser feitas aberturas no
tam um perigo de choque elétrico que pode provo-
topo, na base ou nas laterais do gabinete. (Con-
car acidentes pessoais graves ou morte. Os
sulte os desenhos esquemáticos incluídos na
seguintes procedimentos devem ser feitos somente
Seção 11.)
por pessoal treinado e experiente.
CAUTELA Os fragmentos gerados pela instala-
Ao instalar o conduíte, observe as seguintes
ção podem provocar falhas ou danos. Ao fazer furos
precauções:
para a montagem e conexão do conduíte, tenha o
1. Antes de iniciar a instalação do conduíte, máximo cuidado de impedir que os resíduos e lima-
cubra a chave de transferência para evitar a lhas gerados penetrem nos relés e em outras partes
entrada acidental de fragmentos metálicos. da chave de transferência automática. Use cuidado-
2. Se usar conduíte rígido entre o grupo gerador e a samente as chaves de parafuso para evitar danos
chave de transferência, instale pelo menos 2 ft aos componentes.
(610 mm) de conduíte flexível entre o conduíte
rígido e o grupo gerador para absorver vibração.

BOBINAS DOS BLOCO DE


RELÉS K1 A K4 FUSÍVEIS BARRA DO
PAINEL DE NEUTRO
CONTROLE

RELÓGIO
ACIONADOR
OPCIONAL

CHAVE DE
TRANSFERÊNCIA

TERMINAIS DA
FIAÇÃO DE
CONTROLE

TB1 CONJUNTO DO OPÇÃO DO


TRILHO CARREGADOR
DE BATERIA

FIGURA 7-1. INTERIOR/COMPONENTES: CHAVE DE 4 PÓLOS, 63–125 A

7-1
BOBINAS DOS
RELÉS K1 A K4

BLOCO DE BARRA DO NEUTRO


PAINEL DE FUSÍVEIS
CONTROLE

RELÓGIO TB1 CONJUNTO DO OPÇÃO DO CHAVE DE


ACIONADOR TRILHO CARREGADOR TRANSFERÊNCIA
OPCIONAL DE BATERIA

FIGURA 7-2. INTERIOR/COMPONENTES: CHAVE DE 4 PÓLOS, 160–500 A

7-2
RELÓGIO
ACIONADOR
OPCIONAL
BOBINAS DOS
PAINEL DE BLOCO DE RELÉS K1 A K4 CONJUNTO DO
CONTROLE FUSÍVEIS TB1 TRILHO

BARRA DO
NEUTRO

CHAVE DE OPÇÃO DO
TRANSFERÊNCIA CARREGADOR
DE BATERIA

FIGURA 7-3. INTERIOR/COMPONENTES: CHAVE DE 4 PÓLOS, 630–1250 A

7-3
CONEXÕES CA 4. Conecte os cabos de alimentação aos terminais
da carga. Aperte os terminais conforme indicado
Faça a instalação elétrica na seguinte seqüência: na Tabela 7-1.
1. Teste o funcionamento do grupo gerador usando
controles do próprio equipamento. TABELA 7-1. TORQUES DOS TERMINAIS
2. Pare o grupo gerador e remova o terminal nega- Tamanho do Sextavado do Torque Mínimo Para
tivo da bateria de partida para evitar a partida. Parafuso (Na Parte Reta) Operação Adequada

ALERTA Se não for impedido que o grupo 5 mm 9 N•m


gerador dê partida antes que os procedimen- 6 mm 23 N•m
tos de instalação elétrica sejam efetuados, ha- 8 mm 30 N•m
verá o perigo de um choque elétrico que
poderá provocar acidentes pessoais graves ou 10 mm 45 N•m
morte. Desconecte a bateria do grupo gerador 13 mm 60 N•m
(o terminal negativo (–) primeiro) antes de con- 14 mm 68 N•m
tinuar.
ALERTA As tensões e correntes CA repre-
3. Conecte condutores de bitola suficiente (veja os
sentam um perigo de choque elétrico que pode
desenhos do contrato) para conduzir a corrente
provocar acidentes pessoais graves ou morte.
nominal da linha, da carga e do grupo gerador
Certifique-se de que as duas fontes de energia
diretamente aos terminais da chave de transfe-
CA estejam desconectadas.
rência, que estão marcados como A, B e C (A, B,
C e N em chaves de 4 pólos). Uma barra de neu-
5. Certifique-se de que as duas fontes de energia
tro é padrão em chaves de 3 pólos. A rotação das
CA estejam desconectadas.
fases deve ser a mesma na fonte de energia da
rede pública e na do grupo gerador.

TERMINAIS DA
FONTE 1
BARRA DO NEUTRO
(NORMAL)
(SOMENTE 3 PÓLOS)

PRISIONEIRO DE
TERMINAL DO
ATERRAMENTO
NEUTRO DA FONTE 1
(NORMAL)
TERMINAIS DA (SOMENTE 4 PÓLOS)
FONTE 2
(EMERGÊNCIA)

TB1

TERMINAIS DA FONTE 2
(EMERGÊNCIA) E DO
TERMINAIS DA NEUTRO DA CARGA
CARGA (SOMENTE 4 PÓLOS)

FIGURA 7-4. ACESSO AOS TERMINAIS DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA DE 4 PÓLOS, 63–500 A (MOSTRADA A DE 125
A) (AS CHAVES DE 2 E 3 PÓLOS SÃO SIMILARES)

7-4
TERMINAIS DA
FONTE 1
(NORMAL)

TERMINAL DO
NEUTRO DA FONTE 1
(NORMAL)
(SOMENTE 4 PÓLOS)

TERMINAIS DA FONTE 1
(NORMAL) TB1

BARRA DO NEUTRO
(SOMENTE 3 PÓLOS)

PRISIONEIRO DE
ATERRAMENTO

TERMINAL DO NEUTRO
DA CARGA
(SOMENTE 4 PÓLOS)

TERMINAL DO NEUTRO
DA FONTE 2
(EMERGÊNCIA)
(SOMENTE 4 PÓLOS)

TERMINAIS DA TERMINAIS DA
CARGA FONTE 2
(EMERGÊNCIA)

FIGURA 7-5. ACESSO AOS TERMINAIS DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA DE 4 PÓLOS, 600–1250 A


(MOSTRADA A DE 1250 A – AS OUTRAS SÃO SIMILARES)

7-5
CONEXÕES DE CONTROLE gador de bateria instalado na chave de transfe-
rência.
As conexões da fiação de controle padrão e opcional • Use a Coluna C para conexões ao TB1-1
são feitas no bloco de terminais TB1. O TB1 está locali- (TERRA) e TB1-3 (B+) se houver um carregador
zado perto da base do trilho DIN (veja a Figura 7-6). de bateria de 2 A instalado na chave de
transferência.
• Use a Coluna D para conexões ao TB1-1
(TERRA) e TB1-3 (B+) se houver um carregador
de bateria de 10 A instalado na chave de transfe-
rência.
TABELA 7-2. ESPECIFICAÇÕES DOS FIOS

Bitola do Distância em Metros, Uma Via


(Multiplicar por 3,3 para ft)
Fio (AWG)
[mm2]
Coluna A Coluna B Coluna C Coluna D

16 [1,5] 305 130 38 8


14 [2,5] 488 206 61 12
12 [4,0] 732 329 91 18
10 [6,0] 1219 523 152 31

A resistência do fio não deve ultrapassar 0,5 ohm por li-


nha. Use somente fio flexível. Para conexão ao terminal
do parafuso, descasque 3/8 in (10 mm) do final da iso-
lação.
TB1 A partida remota (somente para grupos geradores Cum-
mins Power Generation refrigerados a água) usa os ter-
minais B+, TERRA e RMT do bloco de terminais TB1
(Figura 7-8). Conecte esses terminais aos terminais si-
FIGURA 7-6. CONEXÕES DA FIAÇÃO DE CONTROLE milares do grupo gerador. Consulte o diagrama Fiação
de Interconexão enviado com a chave.
Conexão da Chave de Transferência ao Grupo
• Para os controle dos grupos geradores PCC 3100
Gerador
e PCC 2100, instale uma ponte entre TB1-1 e
ALERTA As tensões e correntes CA represen- TB1-2 para conexão terra-para-partida.
tam um perigo de choque elétrico que pode provo- • Para os controles do grupo gerador PCC 1301,
car acidentes pessoais graves ou morte. instale uma ponte entre TB1-10 e TB1-11 para
Desconecte a fonte de energia CA. conexão terra-para-partida.

As bitolas dos fios dependem da distância e do tipo de • Para controles do grupo gerador Detector 12, ins-
carregador de bateria instalado na chave de transferên- tale uma ponte entre TB1-2 e TB11-3 para B+ de
cia. Consulte a Tabela 7-2 para determinar a bitola do partida.
fio exigida. • Para controles do grupo gerador PCC 3200 que
• Use a Coluna A para conexões ao TB1-2, 4, 5, 6, requerem uma partida de contato seco, não ins-
7, 8 e, se instalado, ao sistema de alerta. tale uma ponte.

• Use a Coluna B para conexões ao TB1-1 Verifique o diagrama Fiação de Interconexão enviado
(TERRA) e TB1-3 (B+) se não houver um carre- com a chave de transferência.

7-6
Contatos Auxiliares Conexões de Partida-Parada Remota
Contatos auxiliares, para alarme externo ou circuitos de Use fio de bitola 18 (1 mm2) a 12 AWG (4 mm2). A re-
controle, estão disponíveis para os lados Normal (ener- sistência não deve ultrapassar 0,5 ohm por linha. Reco-
gia da rede pública) e Emergência (energia do grupo ge- menda-se utilizar fio flexível. Para conexão ao terminal
rador) da chave de transferência. As conexões para os do parafuso, descasque 3/8 in (10 mm) do final da iso-
contatos auxiliares podem ser feitas no bloco de termi- lação.
nais TB1 (Figura 7-7). Os contatos têm capacidade no-
A partida remota (somente para grupos geradores Cum-
minal de 5 A a 250 VCA. A Figura 7-7 mostra as
mins Power Generation refrigerados a água) usa os ter-
posições normalmente aberta e normalmente fechada
minais B+, TERRA e RMT do bloco de terminais TB1
dos contatos auxiliares com a chave de transferência na
(Figura 7-8). Conecte esses terminais aos terminais si-
posição neutra. Os contatos auxiliares correspondentes
milares do grupo gerador. Consulte os diagramas de fi-
são ativados quando a chave de transferência é movi-
ação do seu grupo gerador.
mentada para Normal ou Emergência.
Conecte uma ponte entre os terminais 1 e 2 para siste-
Use fio de bitola 22 (0,4 mm2) a 12 AWG (4 mm2). Para
mas de controle PowerCommand. Conecte uma ponte
conexão ao terminal do parafuso, descasque 3/8 in
entre os terminais 2 e 3 para sistemas Detector Control.
(10 mm) do final da isolação.
Não é necessário usar ponte em nenhum dos outros
sistemas.

1 TERRA
1
2 PARTIDA DO GRUPO
CHAVE 9 COM 2 GERADOR
AUXILIAR 3 B+
10 NC 3
NORMAL 4 PARTIDA DO GRUPO
11 NO 4 GERADOR
5 5 TESTE REMOTO
CHAVE 12 COM
6 INIBIÇÃO DE
AUXILIAR DE 6 TRANSFERÊNCIA
13 NC
EMERGÊNCIA 7 INIBIÇÃO DE
14 NO 7
RETRANSFERÊNCIA
8 8 COMUM

TB1 TB1

FIGURA 7-8. CONEXÕES DE PARTIDA DO TB1, TESTE


FIGURA 7-7. BLOCO DE TERMINAIS TB1 REMOTO E INIBIÇÃO DE
TRANSFERÊNCIA/RETRANSFERÊNCIA

7-7
Entrada de Teste Remoto
Para incluir um teste remoto, conecte um contato seco
1 TERRA
normalmente aberto entre os terminais 5 e 8 do TB1 (ve-
2 PARTIDA DO GRUPO
ja a Figura 7-9). O fechamento do contato ativa o recur- GERADOR
so e a abertura o desativa. 3 B+
4 PARTIDA DO GRUPO
Use fio de bitola 22 (0,4 mm2) a 12 AWG (4 mm2). Para GERADOR
conexão ao terminal do parafuso, descasque 3/8 in 5 TESTE REMOTO
(10 mm) do final da isolação. 6 INIBIÇÃO DE
TRANSFERÊNCIA
7 INIBIÇÃO DE
RETRANSFERÊNCIA
1 TERRA 8 COMUM
2 PARTIDA DO GRUPO
GERADOR TB1
3 B+
4 PARTIDA DO GRUPO
GERADOR
FIGURA 7-10. CONEXÕES DO TB1 PARA INIBIÇÃO DE
5 TESTE REMOTO
TRANSFERÊNCIA
6 INIBIÇÃO DE
TRANSFERÊNCIA
7 INIBIÇÃO DE Entrada de Inibição de Retransferência
RETRANSFERÊNCIA
8 COMUM Para incluir uma inibição de retransferência, conecte um
contato seco normalmente aberto entre os terminais 7 e
TB1 8 do TB1 (veja a Figura 7-11). O fechamento do contato
habilita o recurso e a abertura o desabilita.
FIGURA 7-9. CONEXÕES DO TB1 PARA Use fio de bitola 22 (0,4 mm2) a 12 AWG (4 mm2). Para
TRANSFERÊNCIA DE TESTE REMOTO conexão ao terminal do parafuso, descasque 3/8 in
(10 mm) do final da isolação.
Entrada de Inibição de Transferência
Para incluir uma inibição de transferência, conecte um
contato seco normalmente aberto entre os terminais 6 e 1 TERRA
8 do TB1 (veja a Figura 7-10). O fechamento do contato 2 PARTIDA DO GRUPO
GERADOR
habilita o recurso e a abertura o desabilita.
3 B+
Use fio de bitola 22 (0,4 mm2) a 12 AWG (4 mm2). Para 4 PARTIDA DO GRUPO
conexão ao terminal do parafuso, descasque 3/8 in GERADOR
5 TESTE REMOTO
(10 mm) do final da isolação.
6 INIBIÇÃO DE
TRANSFERÊNCIA
7 INIBIÇÃO DE
RETRANSFERÊNCIA
8 COMUM

TB1

FIGURA 7-11. CONEXÕES DO TB1 PARA INIBIÇÃO DE


RETRANSFERÊNCIA

7-8
Entrada de Cancelamento Remoto P4-2 da traseira do painel de controle e TB1-8 (veja a Fi-
gura 7-12). O fechamento do contato habilita o recurso
A chave de transferência pode ser cabeada com uma e a abertura o desabilita.
Chave de Cancelamento remota que funciona da mes-
ma forma que o botão Override (Cancelar) no painel de Use fio de bitola 22 (0,4 mm2) a 12 AWG (4 mm2). Para
controle. conexão ao terminal do parafuso, descasque 3/8 in
(10 mm) do final da isolação.
Para incluir um cancelamento remoto, conecte um con-
tato seco (livre de tensão) normalmente aberto entre

1 TERRA
2 PARTIDA DO GRUPO
GERADOR
3 B+
4 PARTIDA DO GRUPO
GERADOR
5 TESTE REMOTO
6 INIBIÇÃO DE
TRANSFERÊNCIA
7 INIBIÇÃO DE
RETRANSFERÊNCIA
8 COMUM

TB1

FIGURA 7-12. CONEXÕES PARA ENTRADA DE CANCELAMENTO REMOTO

7-9
INSPEÇÃO E LIMPEZA 3 Se a tensão e a freqüência da fonte de ali-
mentação para a instalação não correspon-
• Inspecione toda a fiação para certificar-se de que: derem à configuração padrão listada na
etiqueta, acesse o editor de configuração no
– A fiação não interfere com a operação da chave controle da chave de transferência e altere
– A fiação não é danificada pela abertura e fecha- as configurações de tensão/freqüência de
mento da porta acordo com a instalação. Consulte a Seção
– A fiação não entre em contato com superfícies 5 deste manual para saber como ajustar es-
cortantes ou abrasivas sas configurações. Anote as configurações
– Não haja fiação frouxa e não conectada na etiqueta Site Set-up (Configuração Local)
• Depois de montar o gabinete e instalar sua fiação, localizada perto da placa de identificação
limpe o interior com um aspirador de pó para dentro da porta da chave de transferência
remover fragmentos, limalhas ou sujeira do inte- (veja a Figura 7-16).
rior do gabinete e dos componentes.
• Verifique duplamente as tensões de alimentação
para certificar-se de que estejam de acordo com
aquelas listadas na placa de identificação. Algu- Cummins Power Generation
mas instalações com uma placa de identificação
não padrão exigem que a tensão e a freqüência
nominais sejam anotadas.
– A Figura 1-3 mostra um exemplo de uma placa
de identificação. Model No. GT40063XN52A000
Serial No. E05W000083
– Exemplos de placas de identificação não pa- Current Rating: 63A
drão estão mostrados nas Figuras 7-13, 7-14 e
7-15. Essa placa de identificação é usada quan- Voltage Rating: 110/190V; 115/200V;
do o Número de Identificação do Modelo inclui 120/208V; 127/220V;
139/240V
códigos de tensão X, Y ou Z. Frequency: 50/60 Hz
1 Remova a etiqueta Factory Default Setting Class: PC
(Configuração Padrão de Fábrica) localiza- Utilization Category: AC-31B
da no controle (veja a Figura 7-17) e a eti-
queta afixada dentro da chave de
transferência (veja a Figura 7-18). Exemplos Feature:
dessas etiquetas são mostrados na S901;R971;A027;A045;A035;B901;A042;
Figura 7-19. L989;M033;J030-7;M032-7;K001-7;L201-7

2 Se a tensão e a freqüência da fonte de ali-


mentação para sua instalação correspon- Enclosure Rating: IP32
dem à configuração padrão listada na Application: Utility to Genset
etiqueta, anote as configurações na etiqueta Wiring Diagram: 0630–2993
Site Set-up (Configuração Local) localizada Outline Drawing: 0300–6004
Conditional Short Circuit Current: 26,000A @480 VAC
perto da placa de identificação no interior da
Fuse type: RT16NT-00
porta da chave de transferência (veja a Max. Fuse Rating: 63A
Figura 7-16).
THIS PRODUCT CONFORMS TO
CAUTELA Configurações incorretas podem EN 60947-6-1 AND EN 60439-1
fazer com que a chave de transferência não
opere corretamente. Para evitar mau funciona-
mento e dano ao equipamento, certifique-se de FIGURA 7-13. PLACA DE IDENTIFICAÇÃO PARA CHAVE
que o controle esteja configurado de acordo DE TRANSFERÊNCIA COM CÓDIGO DE TENSÃO “X”
com a tensão e a freqüência da fonte de alimen-
tação.

7-10
Cummins Power Generation Cummins Power Generation

Model No. GT40063YN52A000 Model No. GT40063ZN52A000


Serial No. E05W000083 Serial No. E05W000083
Current Rating: 63A Current Rating: 63A

Voltage Rating: 220/380V; 230/400V; Voltage Rating: 225/440V; 277/480V


240/416V Frequency: 50/60 Hz
Frequency: 50/60 Hz
Class: PC
Class: PC Utilization Category: AC-31B
Utilization Category: AC-31B

Feature:
Feature: S901;R979;A027;A045;A035;B901;A042;
S901;R976;A027;A045;A035;B901;A042; L989;M033;J030-7;M032-7;K001-7;L201-7
L989;M033;J030-7;M032-7;K001-7;L201-7

Enclosure Rating: IP32


Enclosure Rating: IP32 Application: Utility to Genset
Application: Utility to Genset Wiring Diagram: 0630–2993
Wiring Diagram: 0630–2993 Outline Drawing: 0300–6004
Outline Drawing: 0300–6004 Conditional Short Circuit Current: 26,000A @480 VAC
Conditional Short Circuit Current: 26,000A @480 VAC Fuse type: RT16NT-00
Fuse type: RT16NT-00 Max. Fuse Rating: 63A
Max. Fuse Rating: 63A

THIS PRODUCT CONFORMS TO THIS PRODUCT CONFORMS TO


EN 60947-6-1 AND EN 60439-1 EN 60947-6-1 AND EN 60439-1

FIGURA 7-14. PLACA DE IDENTIFICAÇÃO PARA CHAVE FIGURA 7-15. PLACA DE IDENTIFICAÇÃO PARA CHAVE
DE TRANSFERÊNCIA COM CÓDIGO DE TENSÃO “Y” DE TRANSFERÊNCIA COM CÓDIGO DE TENSÃO “Z”

Actual Site Set-up Values


Voltage Rating:
Frequency:
Control Voltage:
Date Commissioned:

FIGURA 7-16. ETIQUETA DE CONFIGURAÇÃO LOCAL

7-11
durante o embarque ou instalação. Também verifi-
que se não há resíduos da instalação.

FIGURA 7-17. ETIQUETA DE CONFIGURAÇÃO PADRÃO


DE FÁBRICA NO CONTROLE

• Verifique duas vezes a rotação das fases. A rota-


ção de fases do lado Normal deve corresponder à
do lado Emergência.
• Verifique se as conexões de partida remota estão
corretas para a aplicação. Para obter mais infor-
mações sobre substituição de pontes, determine
o tipo de controle e consulte as informações já
fornecidas nesta seção.
• Opere manualmente a chave de transferência
automática (ATS) com a energia desligada para
certificar-se de que ela opera suavemente, sem FIGURA 7-18. ETIQUETA DE CONFIGURAÇÃO PADRÃO
travamento. Se ela não operar suavemente, verifi- DE FÁBRICA
que se não há danos que possam ter ocorrido

Factory Default Setting: Factory Default Setting: Factory Default Setting:


Voltage Rating: 110/190V Voltage Rating: 230/380V Voltage Rating: 255/440V
Frequency: 50 Hz Frequency: 50 Hz Frequency: 50 Hz

CAUTION: CAUTION: CAUTION:


If the supply voltage and frequency If the supply voltage and frequency If the supply voltage and frequency
are not the same as the above are not the same as the above are not the same as the above
default, the controller configuration default, the controller configuration default, the controller configuration
MUST BE changed to avoid severe MUST BE changed to avoid severe MUST BE changed to avoid severe
damage to the controller. Refer to the damage to the controller. Refer to the damage to the controller. Refer to the
Operator’s Manual forinformation on Operator’s Manual forinformation on Operator’s Manual forinformation on
making this adjustment. When making this adjustment. When making this adjustment. When
completed, the Voltage/Frequency completed, the Voltage/Frequency completed, theVoltage/Frequency
settings must be recorded on the unit settings must be recorded on the unit settings must be recorded on the unit
nameplate. nameplate. nameplate.

110 VAC Mechanism Solenoid Coil 110 VAC Mechanism Solenoid Coil 110 VAC Mechanism Solenoid Coil

7-12
8. Solução de Falhas
A primeira parte desta seção inclui uma descrição dos condicionais para diagnosticar todos os problemas pos-
indicadores LED de controle e fornece verificações pre- síveis.
liminares de solução de falhas para operadores e pes-
soal de serviço. INDICADORES LED DO PAINEL DE
A segunda parte desta seção descreve uma seqüência CONTROLE
típica de eventos de uma chave de transferência, e for-
nece procedimentos detalhados de solução de falhas O painel de controle possui seis indicadores LED que
para pessoal de serviço experiente. Os procedimentos fornecem algumas informações sobre o status de con-
de solução de falhas usam esquemáticos e sintomas trole atual e podem ser úteis para solucionar falhas da
chave de transferência (veja a Figura 8-1). As descri-
ções desses indicadores estão incluídas na Tabela 8-1.

PowerCommand
LED TEST
(TESTE)

Test

LED ENERGIA
DA REDE
LED ENERGIA
PÚBLICA
Control operation could be delayed by external source. DO GRUPO
DISPONÍVEL
GERADOR
Exercise
DISPONÍVEL

BOTÃO TEST
(TESTE) Test Override Set Exercise LED GRUPO
GERADOR
CONECTADO

LED REDE PÚBLICA BOTÃO OVERRIDE BOTÃO SET EXERCISE LED EXERCISE
CONECTADA (CANCELAR) (AJUSTAR ACIONAMENTO) (ACIONAMENTO)

FIGURA 8-1. PAINEL DE CONTROLE

8-1
TABELA 8-1. INDICADORES LED DO PAINEL DE CONTROLE

Indicador Definição

Energia da Rede Pública Este indicador acende quando o sensor de tensão da fonte da rede pública determina que a
(Normal) Disponível energia da Rede Pública está disponível e dentro dos limites aceitáveis de tensão.
Rede Pública (Normal) 1. Constantemente aceso quando a chave de transferência está conectada à Rede
Conectada Pública.
2. Pisca uma vez por segundo se houver uma falha ao conectar ou desconectar a rede
pública, quando comandado.
3. Está apagado quando a chave de transferência não está conectada à Rede Pública.
Energia do Grupo Gerador Este indicador acende quando o sensor de tensão da fonte do grupo gerador determina que a
(Emergência) Disponível energia do grupo gerador está disponível e dentro dos limites aceitáveis de tensão e
freqüência.
Grupo Gerador (Emergência) 1. Constantemente aceso quando a chave de transferência está conectada ao Grupo
Conectado Gerador.
2. Pisca uma vez por segundo se houver uma falha ao conectar ou desconectar o Grupo
Gerador, quando comandado.
3. Está apagado quando a chave de transferência não está conectada ao Grupo Gerador.
Acionamento A seguir está descrito o LED Exercise (Acionamento) quando um acionamento é ativado.
1. Constantemente aceso quando foram configurados períodos de acionamento repetitivos
integrados.
2. Pisca duas vezes por segundo quando o botão Set Exercise foi mantido pressionado
para acionar ou cancelar um período de acionamento integrado.
3. Pisca uma vez por segundo quando um período de acionamento integrado ou externo
está ativo.
4. Está apagado quando não estão configurados períodos de acionamento repetitivos inte-
grados.
Teste 1. Este indicador pisca duas vezes por segundo durante os dois segundos que o botão
Test (Teste) é mantido pressionado, para confirmar que um teste foi ativado, ou quando
a entrada de teste remoto está aterrada.
2. O indicador permanece constantemente aceso durante o teste e apaga assim que o
teste é finalizado ou quando ocorre falha na energia normal.
3. O indicador pisca duas vezes por segundo durante os dois segundos para confirmar que
o botão Test (Teste) foi pressionado para cancelar um Teste. Então o indicador apaga.

8-2
PROCEDIMENTOS DE SOLUÇÃO DE FALHAS guração do painel de controle estão incluídas na
PARA OPERADORES E PESSOAL DE Seção 5.
SERVIÇO
Ocorre Falta de Energia, mas o Grupo Gerador
Os procedimentos seguintes descrevem verificações Não Dá Partida
preliminares de solução de falhas. Estas verificações
podem ser usadas pelo operador bem como pelo pes- ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi-
soal de serviço. Se o problema persistir, contate seu re- nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre-
vendedor ou distribuidor. senta um perigo de choque elétrico que pode
provocar acidentes pessoais graves ou morte. Toda
ALERTA Alguns procedimentos de serviço da vez que a porta do gabinete estiver aberta, tenha ex-
ATS representam perigos que podem resultar em trema cautela para evitar encostar nos contatos elé-
acidentes pessoais graves ou morte. Somente pes- tricos com o corpo, ferramentas, jóias, roupas,
soal de serviço experiente e treinado, com conheci- cabelos etc.
mento dos perigos de combustíveis, eletricidade e
1. Verifique se a chave seletora de operação no pai-
maquinário deve executar serviços.
nel de controle do grupo gerador está na posição
Remota. Verifique se há indicadores de falhas
O diagnóstico de problemas envolve observar a opera-
acesos no controle do grupo gerador.
ção do sistema. Se não for possível determinar o proble-
ma, contate o Serviço Cummins/Onan. 2. Dê partida no grupo gerador usando os controles
de partida-parada do equipamento. Se ele não
ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi- der partida, verifique as baterias de partida. Se
nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre- ele girar mas não der partida, verifique o supri-
senta um perigo de choque elétrico que pode mento de combustível. Se o problema persistir,
provocar acidentes pessoais graves ou morte. Toda contate seu revendedor ou distribuidor.
vez que a porta do gabinete estiver aberta, tenha ex-
trema cautela para evitar encostar nos contatos elé- ALERTA A ignição dos gases explosivos da
tricos com o corpo, ferramentas, jóias, roupas, bateria pode provocar acidentes pessoais graves.
cabelos etc. Não fume nem provoque nenhuma fagulha ou cha-
ma enquanto efetuar manutenção das baterias.
Várias das etapas listadas nas páginas seguintes inclu-
em verificar configurações no painel de controle. Para ALERTA A ignição de combustível pode provo-
verificar as configurações de controle, abra a porta da car acidentes pessoais graves ou morte por incên-
chave de transferência e deslize a chave seletora na dio ou explosão. Não deixe nenhuma chama,
parte traseira do painel de controle para a posição Modo cigarro, fagulha, chama piloto, equipamento gera-
de Configuração. Informações adicionais sobre a confi- dor de arcos voltaicos ou outra possível fonte de ig-
nição perto do sistema de combustível.

8-3
O Grupo Gerador Dá Partida Durante O Grupo Gerador Não É Acionado
Funcionamento da Energia Normal
ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi-
ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi- nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre-
nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre- senta um perigo de choque elétrico que pode
senta um perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. Toda
provocar acidentes pessoais graves ou morte. Toda vez que a porta do gabinete estiver aberta, tenha ex-
vez que a porta do gabinete estiver aberta, tenha ex- trema cautela para evitar encostar nos contatos elé-
trema cautela para evitar encostar nos contatos elé- tricos com o corpo, ferramentas, jóias, roupas,
tricos com o corpo, ferramentas, jóias, roupas, cabelos etc.
cabelos etc.
1. Verifique se a chave seletora de operação no pai-
1. Verifique se a chave seletora de operação no pai- nel de controle do grupo gerador está na posição
nel de controle do grupo gerador está na posição Remota.
Remota. 2. Se o acionador externo opcional estiver instalado,
2. Verifique se o LED Energia da Rede Pública Dis- certifique-se de que a função Acionamento
ponível do painel de controle está aceso. Externo esteja configurada como Ligada.
3. Verifique se o LED Exercise (Acionamento) do
Se o LED Energia da Rede Pública Disponível es- painel de controle está aceso.
tiver aceso,
a. Se o LED Exercise (Acionamento) não estiver
a. Verifique o LED Acionamento Ativo para ver se aceso, não há um período de acionamento con-
está em curso um período de acionamento. figurado. Consulte o procedimento de progra-
mação do acionador para obter informações so-
NOTA: Se o período de acionamento ocorrer em
bre configurar um acionamento.
um momento inesperado ou tiver duração
excessiva, consulte o procedimento de b. Se o LED Exercise (Acionamento) estiver aceso
programação do relógio acionador ou e não piscando, o período de acionamento ain-
contate seu revendedor ou distribuidor. da não foi iniciado. Os acionadores integrados
não mostram os horários de início e parada do
b. Quedas de tensão momentâneas podem fazer
acionamento. Se o acionador externo opcional
com que os sensores de tensão dêem partida
estiver habilitado, verifique no relógio acionador
no gerador. Verifique as configurações dos pa-
quando está programado um acionamento.
râmetros de subtensão da rede pública no pai-
nel de controle. Aumente a configuração do 4. Dê partida no grupo gerador usando os controles
TDES. de partida-parada do equipamento. Se ele não
der partida, verifique as baterias de partida. Se
Se o LED Energia da Rede Pública Disponível
ele girar mas não der partida, verifique o supri-
não estiver aceso,
mento de combustível.
a. Confirme na configuração do controle que a ten-
ALERTA A ignição dos gases explosivos da
são do sistema está de acordo com o indicado
bateria pode provocar acidentes pessoais graves.
na placa de identificação.
Não fume nem provoque nenhuma fagulha ou cha-
a. Confirme na configuração do controle que a fre- ma enquanto efetuar manutenção das baterias.
qüência do sistema está de acordo com o indi-
cado na placa de identificação. ALERTA A ignição de combustível pode provo-
car acidentes pessoais graves ou morte por incên-
a. Confirme na configuração do controle que a
dio ou explosão. Não deixe nenhuma chama,
fase do sistema está de acordo com o indicado
cigarro, fagulha, chama piloto, interruptor ou equi-
na placa de identificação.
pamento gerador de arcos voltaicos ou outra possí-
d. Confirme na configuração do controle que o vel fonte de ignição perto do sistema de
ponto de desarme de subtensão da rede pública combustível.
seja inferior ao ponto configurado para
captação. Se o problema persistir, contate seu revendedor ou dis-
tribuidor.
3. Se o problema persistir, contate seu revendedor
ou distribuidor.

8-4
Depois de uma Falta de Energia, o Grupo controle seja pressionado ou que a entrada de
Gerador Dá Partida Mas Não Assume a Carga inibição de transferência seja desabilitada.
2. Se o problema persistir, contate seu revendedor
ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi-
ou distribuidor.
nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre-
senta um perigo de choque elétrico que pode
provocar acidentes pessoais graves ou morte. Depois Que a Energia Retorna, a Chave de
Quando a porta do gabinete está aberta, tenha ex- Transferência Não Retorna à Posição Normal
trema cautela para evitar encostar nos contatos elé-
1. Verifique se o LED Energia da Rede Pública Dis-
tricos com o corpo, ferramentas, jóias, roupas,
ponível está aceso.
cabelos etc.
Se o LED Energia da Rede Pública Disponível es-
1. Verifique se o LED Energia do Grupo Gerador
tiver aceso,
Disponível do painel de controle está aceso.
a. O período do tempo de retardo da retransferên-
Se o LED Energia do Grupo Gerador Disponível
cia pode não ter terminado. O período do TDEN
não estiver aceso,
pode ser configurado para até 30 minutos. Se
não quiser esperar até que o tempo de retardo
a. Verifique a tensão de saída da fonte de energia
termine, pressione o botão Override (Cancelar).
observando o voltímetro do grupo gerador.
CÓDIGO DE
b. Confirme na configuração do controle que a ten- CÓDIGO VALOR (Padrão em
FUNÇÃO PARA
são nominal do sistema está de acordo com o DO VALOR itálico e negrito)
TDNE
indicado na placa de identificação.
! ! ! " " ! ! ! 0 Minuto (Desativado)
c. Confirme na configuração do controle que a fre- ! ! " 0,1 Minuto
qüência do sistema está de acordo com o indi- ! " ! 5 Minutos
cado na placa de identificação.
! " " 10 Minutos
d. Confirme na configuração do controle que a " ! ! 15 Minutos
fase do sistema está de acordo com o indicado " ! " 20 Minutos
na placa de identificação. " " ! 25 Minutos
Se o LED Energia do Grupo Gerador Disponível " " " 30 Minutos
estiver aceso,
b. Pode haver uma inibição de retransferência ati-
va. Se uma inibição de retransferência estiver
a. O tempo de retardo da transferência pode não
habilitada, a transferência de carga não ocorre-
ter terminado. O período do TDNE pode ser
rá até que o botão Override (Cancelar) do painel
configurado para até 300 segundos. Se não qui-
de controle seja pressionado, que a entrada de
ser esperar até que o tempo de retardo termine,
inibição de retransferência seja desabilitada ou
pressione o botão Override (Cancelar).
que o grupo gerador falhe.
CÓDIGO DE c. Pode haver um TDEL ativo. Espere até terminar
CÓDIGO VALOR (Padrão em
FUNÇÃO PARA
DO VALOR itálico e negrito) o tempo de retardo. O período do TDEL pode
TDNE
ser configurado para até 300 segundos.
! ! ! " ! ! ! ! 0 Segundo (Desativado)
! ! " 1 Segundo CÓDIGO DE
CÓDIGO VALOR (Padrão em
FUNÇÃO PARA
! " ! 2 Segundos DO VALOR itálico e negrito)
TDNE
! " " 3 Segundos
! ! " " ! ! ! ! 0 Segundo (Desativado)
" ! ! 5 Segundos
! ! " 1 Segundo
" ! " 30 Segundos
! " ! 2 Segundos
" " ! 120 Segundos
! " " 3 Segundos
" " " 300 Segundos
" ! ! 5 Segundos
b. Pode haver uma inibição de transferência ativa. " ! " 30 Segundos
Se uma inibição de transferência estiver habili- " " ! 120 Segundos
tada, a transferência de carga não ocorrerá até " " " 300 Segundos
que o botão Override (Cancelar) do painel de

8-5
d. Uma verificação de fase pode estar habilitada. tricos com o corpo, ferramentas, jóias, roupas,
Quando a função de verificação de fase está cabelos etc.
habilitada, a rede pública não assume a carga
até que as duas fontes estejam dentro dos limi- 1. Verifique na configuração do controle se a função
tes aceitáveis do sensor de verificação de fase. Teste Com/Sem Carga está configurada para
Com Carga.
Se o LED Energia da Rede Pública Disponível
não estiver aceso,
2. Se o controle tiver sido configurado para Teste
Com Carga,
d. Confirme na configuração do controle que o pon-
to de desarme de subtensão da rede pública
a. O tempo de retardo da transferência pode não
seja inferior ao ponto configurado para captação.
ter terminado. O período do TDNE pode ser
2. Se o problema persistir, contate seu revendedor configurado para até 300 segundos. Se não qui-
ou distribuidor. ser esperar até que o tempo de retardo termine,
pressione o botão Override (Cancelar).
O Grupo Gerador Continua Funcionando
CÓDIGO DE
Depois que a Carga é Retransferida à Energia FUNÇÃO PARA
CÓDIGO VALOR (Padrão em
Normal DO VALOR itálico e negrito)
TDNE

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi- ! ! ! " ! ! ! ! 0 Segundo (Desativado)


nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre- ! ! " 1 Segundo
senta um perigo de choque elétrico que pode ! " ! 2 Segundos
provocar acidentes pessoais graves ou morte. ! " " 3 Segundos
Quando a porta do gabinete está aberta, tenha ex- " ! ! 5 Segundos
trema cautela para evitar encostar nos contatos elé- " ! " 30 Segundos
tricos com o corpo, ferramentas, jóias, roupas, " " ! 120 Segundos
cabelos etc. " " " 300 Segundos

1. O tempo de retardo de resfriamento do motor b. Pode haver uma inibição de transferência ativa.
pode não ter terminado. O período do TDEC pode Se uma inibição de transferência estiver habili-
ser configurado para até 30 minutos. tada, a transferência de carga não ocorrerá até
que o botão Override (Cancelar) do painel de
CÓDIGO DE controle seja pressionado ou que a entrada de
CÓDIGO VALOR (Padrão em
FUNÇÃO PARA
DO VALOR itálico e negrito)
inibição de transferência seja desabilitada.
TDNE
c. Pode haver um TDEL ativo. Espere até terminar
! ! " ! ! ! ! ! 0 Minuto (Desativado)
o tempo de retardo. O período do TDEL pode
! ! " 0,1 Minuto ser configurado para até 300 segundos.
! " ! 5 Minutos
! " " 10 Minutos CÓDIGO DE
CÓDIGO VALOR (Padrão em
FUNÇÃO PARA
" ! ! 15 Minutos DO VALOR itálico e negrito)
TDNE
" ! " 20 Minutos
! ! " " ! ! ! ! 0 Segundo (Desativado)
" " ! 25 Minutos
! ! " 1 Segundo
" " " 30 Minutos
! " ! 2 Segundos
2. Pare o grupo gerador usando sua chave de ! " " 3 Segundos
Partida/Parada. Contate seu revendedor ou " ! ! 5 Segundos
distribuidor. " ! " 30 Segundos
" " ! 120 Segundos
O Sistema Não Testa com Carga
" " " 300 Segundos
ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi- d. Uma verificação de fase pode estar habilitada.
nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre- Quando a função de verificação de fase está
senta um perigo de choque elétrico que pode habilitada, o grupo gerador não assume a carga
provocar acidentes pessoais graves ou morte. até que as duas fontes estejam dentro dos limi-
Quando a porta do gabinete está aberta, tenha ex- tes aceitáveis do sensor de verificação de fase.
trema cautela para evitar encostar nos contatos elé-

8-6
O Sistema Não Aciona com Carga c. Pode haver um TDEL ativo. Espere até terminar
o tempo de retardo. O período do TDEL pode
ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi- ser configurado para até 300 segundos.
nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre-
senta um perigo de choque elétrico que pode CÓDIGO DE
CÓDIGO VALOR (Padrão em
provocar acidentes pessoais graves ou morte. FUNÇÃO PARA
DO VALOR itálico e negrito)
TDNE
Quando a porta do gabinete está aberta, tenha ex-
trema cautela para evitar encostar nos contatos elé- ! ! " " ! ! ! ! 0 Segundo (Desativado)
tricos com o corpo, ferramentas, jóias, roupas, ! ! " 1 Segundo
cabelos etc. ! " ! 2 Segundos
! " " 3 Segundos
1. Verifique na configuração do controle se a função " ! ! 5 Segundos
Acionamento Com/Sem Carga está configurada " ! " 30 Segundos
para Com Carga. " " ! 120 Segundos
2. Se o controle tiver sido configurado para Aciona- " " " 300 Segundos
mento Com Carga,
d. Uma verificação de fase pode estar habilitada.
Quando a função de verificação de fase está
a. O tempo de retardo da transferência pode não
habilitada, o grupo gerador não assume a carga
ter terminado. O período do TDNE pode ser
até que as duas fontes estejam dentro dos limi-
configurado para até 300 segundos. Se não qui-
tes aceitáveis do sensor de verificação de fase.
ser esperar até que o tempo de retardo termine,
pressione o botão Override (Cancelar).
O Relógio Acionador Externo Não Inicia um
CÓDIGO DE
CÓDIGO VALOR (Padrão em
Acionamento
FUNÇÃO PARA
DO VALOR itálico e negrito)
TDNE ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi-
! ! ! " ! ! ! ! 0 Segundo (Desativado) nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre-
! ! " 1 Segundo senta um perigo de choque elétrico que pode
provocar acidentes pessoais graves ou morte.
! " ! 2 Segundos
Quando a porta do gabinete está aberta, tenha ex-
! " " 3 Segundos
trema cautela para evitar encostar nos contatos elé-
" ! ! 5 Segundos
tricos com o corpo, ferramentas, jóias, roupas,
" ! " 30 Segundos cabelos etc.
" " ! 120 Segundos
" " " 300 Segundos 1. Confirme na configuração do controle que a fun-
ção Acionamento Externo está Ligada.
b. Pode haver uma inibição de transferência ativa.
Se uma inibição de transferência estiver habili- 2. Verifique no programa de acionamento se foram
tada, a transferência de carga não ocorrerá até configurados períodos de acionamento.
que o botão Override (Cancelar) do painel de 3. Confirme no programa de acionamento que os
controle seja pressionado ou que a entrada de horários de partida e parada tenham sido configu-
inibição de transferência seja desabilitada. rados. O acionamento não será iniciado se estiver
configurado somente o horário de partida.

8-7
O Acionador Externo Não Repete um serviço experiente. Os procedimentos de solução de fa-
Acionamento lhas usam esquemáticos e sintomas condicionais para
diagnosticar todos os problemas possíveis.
Verifique a configuração Permanente Ligado/Desligado
ALERTA A operação inadequada do grupo ge-
do relógio acionador externo. Os acionamentos não se-
rador representa um perigo que pode provocar aci-
rão repetidos se esse recurso estiver Desligado.
dentes pessoais graves ou morte. Cumpra todas as
O Carregador de Bateria não Carrega (Se precauções de segurança contidas nos manuais do
seu grupo gerador.
Instalado)
Verifique os fusíveis do carregador de bateria. Substi- ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi-
tua, se necessário, por fusíveis de especificação corre- nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre-
ta. As correntes nominais dos fusíveis estão mostradas senta um perigo de choque elétrico que pode
na placa frontal do carregador. provocar acidentes pessoais graves ou morte. Te-
nha extrema cautela para evitar encostar nos conta-
ALERTA A ignição dos gases explosivos da tos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias,
bateria pode provocar acidentes pessoais graves. cabelos, roupas etc. Os procedimentos seguintes
Não fume nem provoque nenhuma fagulha ou cha- devem ser efetuados somente por pessoal tecnica-
ma enquanto efetuar manutenção das baterias. mente treinado e experiente.

Se os fusíveis estiverem bons, contate seu revendedor Sobre as Entradas Destinadas ao Usuário
ou distribuidor.
Em aplicações com entradas remotas destinadas ao
A Bateria Perde Água usuário, o grupo gerador pode dar partida inesperada-
mente como um resultado dessas entradas. Pode pare-
A tensão de flutuação do carregador de bateria pode es- cer que esses sintomas tenham sido provocados pelo
tar muito alta (se equipado com carregador de bateria). controle da chave de transferência. Certifique-se de que
Se o problema persistir, contate seu revendedor ou dis- a entrada remota não esteja provocando o sintoma ou
tribuidor. isole o controle dessas entradas antes de solucionar fa-
lhas no controle.
A Bateria Perde Carga
A tensão de flutuação do carregador de bateria pode es-
Indicadores LED do Painel de Controle
tar muito baixa (se equipado com carregador de bate- O painel de controle localizado na porta do gabinete da
ria). Se o problema persistir, contate seu revendedor ou chave de transferência contém seis LEDs indicadores.
distribuidor. Os indicadores fornecem algumas informações sobre o
status atual do controle e podem ser úteis para solucio-
PROCEDIMENTOS DE SOLUÇÃO DE FALHAS nar falhas na chave de transferência. Veja a Figura 8-1,
PARA PESSOAL DE SERVIÇO EXPERIENTE Tabela 8-1 e Tabela 8-2.

Esta seção descreve uma seqüência típica de eventos


de uma chave de transferência, e fornece procedimen-
tos detalhados de solução de falhas para pessoal de
SOLUÇÃO DE FALHAS PÁGINA

Seqüência de Eventos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8-11


Solução de Falhas com Sintomas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8-16
Falha na Energia da Rede Pública . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8-17
A Energia da Rede Pública É Restabelecida . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8-20
Questões Diversas Sobre Solução de Falhas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .8-25

8-8
TABELA 8-2. CONEXÕES DO PAINEL DE CONTROLE


CONECTOR FUNÇÃO TIPO OBSERVAÇÕES
PINO

P3 1 N Gerador Entradas do Sensor de 75 a 480 Volts CA


Controle TS1311 Tensão
3 Gerador L1
para Chaves de
Transferência com 5 Rede Pública N
Detecção de Ten- 7 Rede Pública L3
são Linha-Neutro
9 Rede Pública L2
11 Rede Pública L1
P3 1 Gerador L3 Entradas do Sensor de 75 a 480 Volts CA
Controle TS1310 Tensão
3 Gerador L1
para Chaves de
Transferência com 5 Rede Pública L3
Detecção de Ten- 7 Rede Pública L2
são Linha-Neutro
9 Rede Pública L1

P4 1 Aterramento Funcional Entradas Comum para entradas remotas


2 Cancelamento Remoto Conectar a P4-1 para ativar
3 Teste Remoto Conectar a P4-1 para ativar
4 Relógio Acionador Externo Conectar a P4-1 para ativar
5 Inibição de Transferência Conectar a P4-1 para ativar
6 Inibição de Retransferência Conectar a P4-1 para ativar
7 Conectado à Rede Pública Conectar a P4-1 para ativar quando
(Normal) conectado à energia da rede pública
8 Conectado ao Grupo Gerador Conectar a P4-1 para ativar quando
(Emergência) conectado à energia do grupo gerador

P5 1 Abrir Normal (Rede Pública) Saídas Aterrado internamente para energizar o


relé abrir normal K4
2 Fechar Normal (Rede Pública) Aterrado internamente para energizar o
relé fechar normal K2
3 Abrir Emergência (Grupo Aterrado internamente para energizar o
Gerador) relé abrir emergência K1
4 Fechar Emergência (Grupo Aterrado internamente para energizar o
Gerador) relé fechar emergência K3
5 Pré-Transferência do Elevador Aterrado internamente para energizar o
relé de pré-transferência do elevador
6 Relé de Partida do Grupo O contato seco interno fecha
Gerador (desenergiza) para dar partida no grupo
gerador e é mantido aberto
7 Relé de Partida do Grupo
(energizado) para parar o grupo
Gerador
gerador
8 Entrada de Terra (–) Conexões da Bateria 8 a 35 Volts CC
9 Entrada B+

NOTA: Rede Pública L3 não está disponível em chaves de transferência de 2 pólos

8-9
SEQÜÊNCIA DE EVENTOS 4. Quando o gerador dá partida e produz energia,
o LED Energia do Grupo Gerador Disponível
O controle executa uma seqüência prescrita de eventos acende.
para todas as operações da chave de transferência. 5. O tempo de retardo da transição de normal para
emergência (TDNE) é iniciado.
Seqüência de Eventos de Normal para 6. Depois que o período TDNE termina, o controle
Emergência habilita a saída Abrir Normal aterrando o P5-1,
energizando a bobina do relé K4.
A seguir está descrita a seqüência de eventos para uma
7. A chave de transferência passa para a posição
chave de transferência GTEC durante uma falha da
Neutra.
energia Normal (rede pública). Nesse exemplo, o valor
de TDNE e TDPT é maior que zero, o de TDEL é zero e 8. A chave auxiliar ASW1 remove o sinal de terra do
a verificação de fase não está habilitada. P4-7, sinalizando que a ATS foi desconectada de
Normal; então o LED Rede Pública Conectada
As etapas 1 a 8 descrevem o que normalmente aconte- apaga.
ce quando a chave de transferência está na posição
9. O controle inicia o tempo de retardo da transição
Normal, a energia da rede pública falha e a chave trans-
programada (TDPT).
fere para a posição Neutra (veja a Figura 8-2) As etapas
9 a 12 descrevem o que normalmente acontece quando 10.Ao final do período TDPT, tanto a saída Abrir Nor-
a chave então passa da posição Neutra para a Emer- mal (P5-1) como a Fechar Emergência (P5-4) são
gência (veja a Figura 8-3). aterradas, energizando as bobinas dos relés K3 e
K4 para mover a chave de transferência da posi-
1. Enquanto a chave de transferência está conec- ção Neutra para a Emergência. Uma chave auxi-
tada à rede pública (posição Normal), a energia liar dentro da ATS corta o sinal.
da rede pública falha. O LED Rede Pública 11. A carga é transferida ao gerador.
Conectada continua aceso mas o LED Energia da
12.A chave auxiliar BSW1 fornece um sinal de ater-
Rede Pública Disponível apaga.
ramento para o P4-8, sinalizando que a ATS foi
2. O tempo de retardo da partida do motor (TDES) é transferida; então o LED Grupo Gerador Conec-
iniciado. tado acende. O controle então remove o sinal de
3. Ao final do período TDES, o contato de partida aterramento das saídas Abrir Normal (P5-1) e
interno fecha P5-6 e P5-7, enviando um sinal de Fechar Emergência (P5-4), desenergizando os
partida ao gerador. relés K3 e K4.

8-10
8-11
PARA VER UMA DESCRIÇÃO DO QUE
NORMALMENTE ACONTECE QUANDO A CHAVE
DE TRANSFERÊNCIA ESTÁ NA POSIÇÃO
LEGENDA: NORMAL, A ENERGIA DA REDE PÚBLICA FALHA
ENERGIZADO E A CHAVE PASSA PARA POSIÇÃO NEUTRA,
POSIÇÃO DE MUDANÇA LEIA AS ETAPAS 1 A 8 NA PÁGINA 8-11.

FIGURA 8-2. ESQUEMÁTICO CONDICIONAL TÍPICO – OCORRE PERDA DA ENERGIA DA REDE PÚBLICA, TRANSFERÊNCIA DA REDE PÚBLICA (FONTE 1)
PARA NEUTRA
8-12
PARA VER UMA DESCRIÇÃO DO QUE
NORMALMENTE ACONTECE QUANDO A CHAVE
LEGENDA: ENTÃO PASSA DA POSIÇÃO NEUTRA PARA A
ENERGIZADO DE EMERGÊNCIA, CONSULTE AS ETAPAS 9 A 12
POSIÇÃO DE MUDANÇA DA PÁGINA 8-11.

FIGURA 8-3. ESQUEMÁTICO CONDICIONAL TÍPICO – GRUPO GERADOR (FONTE 2) DISPONÍVEL, TRANSFERÊNCIA DE NEUTRA PARA O GRUPO GERADOR
Seqüência de Eventos de Emergência para 5. A chave auxiliar BSW1 remove o sinal de terra do
Normal P4-8, sinalizando que a ATS foi desconectada de
Emergência; então o LED Grupo Gerador Conec-
A seguir está descrita a seqüência de eventos para uma tado apaga.
chave de transferência GTEC que ocorrem depois que 6. O controle inicia a temporização TDPT.
a carga foi transferida ao grupo gerador e que a energia
7. Ao final do período TDPT, o controle aterra tanto a
da rede pública foi restabelecida. Nesse exemplo, o va-
saída Abrir Emergência (P5-3) como a Fechar
lor de TDEN e TDPT é maior que zero, o de TDEL é zero
Normal (P5-2), energizando as bobinas dos relés
e a verificação de fase não está habilitada.
K1 e K2 para mover a chave de transferência da
As etapas 1 a 5 descrevem o que normalmente aconte- posição Neutra para a Normal. A carga é transfe-
ce quando a chave de transferência está na posição rida para a rede pública.
Emergência (conectada ao grupo gerador), a energia da 8. A chave auxiliar ASW1 fornece um sinal de ater-
rede pública retorna e a chave transfere para a posição ramento para o P4-7, sinalizando que a ATS foi
Neutra (veja a Figura 8-4). As etapas 6 a 10 descrevem transferida; então o LED Rede Pública Conectada
o que normalmente acontece quando a chave então acende. O controle então remove o sinal de ater-
passa da posição Neutra para a Normal (veja a ramento das saídas Abrir Emergência (P5-3) e
Figura 8-5). Fechar Normal (P5-2), desenergizando os relés
1. A rede pública retorna. O LED Energia da Rede K1 e K2.
Pública Disponível acende. 9. O controle inicia o tempo de retardo do resfria-
mento do motor (TDEC).
2. O tempo de retardo da transição de emergência
para normal (TDEN) é iniciado. 10.Ao final da temporização TDEC, o contato entre
P5-6 e P5-7 é aberto e o gerador pára de funcio-
3. Depois que o período TDEN termina, o controle
nar e o LED Energia do Grupo Gerador Disponí-
aterra a saída Abrir Emergência (P5-3), energi-
vel apaga.
zando a bobina do relé K1.
4. A chave de transferência passa para a posição
Neutra.

8-13
8-14
PARA VER UMA DESCRIÇÃO DO QUE NORMALMENTE
ACONTECE QUANDO A CHAVE DE TRANSFERÊNCIA
ESTÁ NA POSIÇÃO EMERGÊNCIA (CONECTADA AO
LEGENDA: GRUPO GERADOR), A ENERGIA DA REDE PÚBLICA
ENERGIZADO RETORNA E A CHAVE TRANSFERE PARA A POSIÇÃO
POSIÇÃO DE MUDANÇA NEUTRA, CONSULTE AS ETAPAS 1 A 5 DA PÁGINA 8-15.

FIGURA 8-4. ESQUEMÁTICO CONDICIONAL TÍPICO – A ENERGIA DA REDE PÚBLICA RETORNA, TRANSFERÊNCIA DE GRUPO GERADOR (FONTE 2) PARA
NEUTRA
8-15
PARA VER UMA DESCRIÇÃO DO QUE
NORMALMENTE ACONTECE QUANDO A
LEGENDA: CHAVE ENTÃO PASSA DA POSIÇÃO NEUTRA
ENERGIZADO PARA A NORMAL, CONSULTE AS ETAPAS 6 A
POSIÇÃO DE MUDANÇA 10 DA PÁGINA 8-15.

FIGURA 8-5. ESQUEMÁTICO CONDICIONAL TÍPICO – ENERGIA DA REDE PÚBLICA DISPONÍVEL, TRANSFERÊNCIA DE NEUTRA PARA REDE PÚBLICA
(FONTE 1)
SOLUÇÃO DE FALHAS COM SINTOMAS • O controle usa um contato auxiliar (ASW1 e
BSW1) nos dois lados da chave de transferência
Use o guia de solução de falhas para ajudar a diagnos- para determinar se a chave abriu ou fechou. Se a
ticar problemas com a chave de transferência. Ele está chave estiver defeituosa, o controle continuará
dividido em seções baseadas no sintoma. Os proble- abrindo ou fechando aquele lado da chave.
mas comuns estão listados com suas causas possíveis. • O controle fornece um sinal de aterramento para
Consulte a coluna Ação Corretiva para encontrar o teste operar os relés de controle (K1, K2, K3 e K4).
ou procedimento de ajuste adequado. O número da pá- • Todas as entradas são ativadas aplicando-se um
gina da seção na coluna da direita lista o local do teste aterramento na entrada do sinal.
ou do procedimento de ajuste no manual. • O controle opera em uma faixa de tensão CC que
NOTA: Nos esquemáticos mostrados nesta seção, vai de 8 a 35 Volts, mas os relés de controle têm
“Posição Fonte 1” refere-se à posição Normal uma tensão específica (12 ou 24 Volts, depen-
da chave de transferência que é conectada à dendo da bateria de partida do grupo gerador).
fonte de energia da rede pública. A “Posição • Se a chave for deixada conectada a uma fonte de
Fonte 2” refere-se à posição Emergência da energia CC (por exemplo, a bateria de partida do
chave de transferência que é conectada ao gru- grupo gerador) mas não houver energia CA dis-
po gerador. ponível, o LED Conectado para aquela fonte de
energia do painel de controle ainda estará aceso.
Os esquemáticos condicionais são usados para desta- • Os relés de transferência, retransferência e tran-
car o circuito que está energizado durante a seqüência sição programada (K1, K2, K3 e K4) são pulsados
de eventos. Esses esquemáticos condicionais são para e são alimentados somente durante um segundo,
uma chave de transferência típica com opções. Consul- ou até que um contato auxiliar (ASW1 ou BSW1)
te sempre o pacote de esquemáticos e de diagramas de mude de estado e, então, a alimentação é remo-
fiação fornecido com a chave de transferência para ob- vida (os relés são desenergizados). Quando um
ter informações específicas sobre a configuração da relé está sendo energizado, ouve-se um ruído
chave. característico (clique).
Inspecione completamente a fiação da chave de trans- • O software inclui uma função de tentar nova-
ferência para certificar-se de que as conexões do chico- mente. Se a chave falhar na transferência dentro
te e de aterramento estejam bem feitas. Corrija os de um segundo, a energia é removida e o sof-
problemas com a fiação antes de efetuar qualquer teste tware espera dez segundos antes de tentar nova-
ou substituir qualquer componente. mente. Depois de cinco tentativas, o software
desiste de tentar e o LED Rede Pública Conec-
Operação da Chave de Transferência tada ou o LED Grupo Gerador Conectado passa a
piscar, dependendo de qual parte do circuito da
Ao solucionar falhas da chave de transferência GTEC, chave tenha falhado. Todas as operações ficam
é importante lembrar o seguinte: então bloqueadas até que o software seja rear-
mado pressionando-se o botão Override (Cance-
lar) no painel de controle.

8-16
FALHA NA ENERGIA DA REDE PÚBLICA

TABELA 8-3. A ENERGIA DA REDE PÚBLICA (FONTE 1) FALHA MAS O GRUPO GERADOR NÃO DÁ PARTIDA

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode causar acidentes pessoais graves ou morte. Tenha extrema cautela para
evitar encostar nos contatos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias, cabelos, roupas etc. Antes de traba-
lhar com circuitos alimentados, remova todas as fontes de energia CA e remova a energia para a porta reti-
rando o fusível do bloco de fusíveis FB. Os procedimentos seguintes devem ser efetuados somente por
pessoal tecnicamente treinado e experiente.

ALERTA A operação inadequada do grupo gerador representa um perigo que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte. Cumpra todas as precauções de segurança contidas nos manuais do seu grupo
gerador.
Página-
Problema Causa Possível Ação Corretiva
Seção

O grupo gerador gira Pode haver problema no grupo gerador. Verifique o sistema de combustível.
mas não parte Consulte o manual de serviço do grupo
gerador.
O grupo gerador não 1. O tempo de retardo da partida do motor 1. Espere até que o tempo de retardo (até 4-1
gira (TDES) pode estar em andamento. 10 segundos) tenha terminado, ou pres-
sione o botão Override (Cancelar) no 4-4
painel de controle ou aterre a entrada
Override.
2. Pode não haver sinal de partida para o 2. Verifique se há sinal de partida do grupo
grupo gerador. gerador (contato fechado entre P5-6 e
P5-7).
3. O grupo gerador pode estar esperando 3. Confirme que o controle do grupo gera-
por um comando de partida remoto. dor está configurado para Partida
Remota.
4. Pode haver fiação defeituosa. 4a. Verifique a fiação do circuito de partida 8-12
(veja a Figura 8-2).
4b. Verifique a fiação entre a ATS e o con-
trole do grupo gerador.
5. Pode haver bateria ou cabos 5. Verifique as baterias e as conexões dos
defeituosos. cabos.
6. O controle do grupo gerador pode não 6. Verifique se o controle do grupo gerador
estar funcionando corretamente. está funcionando adequadamente.

8-17
TABELA 8-4. O GRUPO GERADOR ESTÁ FUNCIONANDO MAS A ATS NÃO TRANSFERIU A CARGA AO GRUPO
GERADOR

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. Tenha extrema cautela
para evitar encostar nos contatos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias, cabelos, roupas etc. Antes de
trabalhar com circuitos alimentados, remova todas as fontes de energia CA e remova a energia para a porta
retirando o fusível do bloco de fusíveis FB. Os procedimentos seguintes devem ser efetuados somente por
pessoal tecnicamente treinado e experiente.
ALERTA A operação inadequada do grupo gerador representa um perigo que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte. Cumpra todas as precauções de segurança contidas nos manuais do seu grupo
gerador.

Indicador Causa Possível Ação Corretiva Página-


Seção
O LED 1. Pode haver tensão inadequada nas entradas 1a. Verifique se há tensão adequada no grupo
Grupo do sensor de tensão. gerador entre P3-1 e P3-3. A tensão deve ser
Gerador superior à do ponto de captação do sensor de
Disponível tensão do grupo gerador.
está 1b. Verifique a fiação de detecção de tensão entre
apagado o controle e a ATS.
2. Pode haver tensão inadequada entre os termi- 2. Verifique se há tensão adequada no grupo
nais de energia da ATS. gerador entre os terminais de energia EA e EC
(linha-linha) da ATS ou entre EA e EN (linha-
neutro). A tensão deve ser superior à do ponto
de captação do sensor de tensão do grupo
gerador.
3. Pode haver tensão inadequada nos terminais 3a. Verifique se há tensão adequada nos terminais 4-7
de saída do grupo gerador. de saída do grupo gerador. A tensão deve ser
superior à do ponto de captação do sensor de
tensão do grupo gerador.
3b. Verifique a fiação do circuito de energia entre a 4-7
ATS e o grupo gerador.
O LED 1. O tempo de retardo da transição normal 1. Espere até que o tempo de retardo (até 4-1
Grupo para emergência (TDNE) pode estar em 300 segundos) tenha terminado, ou pressione
Gerador andamento. o botão Override (Cancelar) no painel de con- 4-4
Disponível trole ou aterre a entrada Override.
está aceso 2. Pode haver uma inibição de transferência 2. Verifique se P4-5 está aterrado. Se estiver,
ativa. remova o aterramento ou pressione o botão 4-4
Override (Cancelar).
3. O tempo de retardo de pré-transferência do 3. Verifique se P5-5 está aterrado. Se estiver,
elevador (TDEL) pode estar em andamento. remova o aterramento ou espere até que o
tempo de retardo (até 300 segundos) tenha
terminado. 4-2

8-18
TABELA 8-4. O GRUPO GERADOR ESTÁ FUNCIONANDO MAS A ATS NÃO TRANSFERIU A CARGA AO GRUPO
GERADOR (CONT.)

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. Tenha extrema cautela
para evitar encostar nos contatos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias, cabelos, roupas etc. Antes de
trabalhar com circuitos alimentados, remova todas as fontes de energia CA e remova a energia para a porta
retirando o fusível do bloco de fusíveis FB. Os procedimentos seguintes devem ser efetuados somente por
pessoal tecnicamente treinado e experiente.
ALERTA A operação inadequada do grupo gerador representa um perigo que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte. Cumpra todas as precauções de segurança contidas nos manuais do seu grupo
gerador.

Indicador Causa Possível Ação Corretiva Página-


Seção
O LED O controle não teve sucesso em suas tentativas de 1. Verifique se há um problema na conexão, fio
Rede abrir o lado Normal da ATS. Depois de 5 tentativas aberto ou peça defeituosa no circuito Abrir
Pública de mover a ATS, o LED Rede Pública Conectada Normal.
Conectada pisca, indicando que houve falha na abertura. 2. Verifique o K4 ou a continuidade através de
está Para abrir o lado Normal, o controle aterra P5-1 AT1 e AT2 ou B1 e B2 da ATS.
piscando para energizar K4 durante 1 segundo e monitora 3. Pressione o botão Override (Cancelar) para
a entrada da posição Fonte 1 (P4-7) para ver se reinicializar o controle de forma que ele tente
a chave auxiliar ASW1 abre. Se a ASW1 não abrir, abrir o lado Normal da ATS. Observe o que
o controle desenergiza K4, espera 10 segundos e acontece e verifique se as bobinas dos relés 4-4
tenta novamente. Se a ASW1 não abre depois da estão sendo energizadas.
quinta tentativa, o LED Rede Pública Conectada a. Se as bobinas estiverem sendo
pisca e o controle pára de tentar. energizadas,
NOTA: A descrição acima explica a operação no – Verifique a fiação entre os relés e a chave
caso do valor configurado no temporizador de de transferência.
transição programada ser superior a zero. Se
– Verifique se a chave de transferência está
TDPT está configurado para zero, o controle aterra
defeituosa.
as saídas P5-1 e P5-4 para energizar os relés K3
b. As bobinas não estão sendo energizadas,
e K4 para transferir a ATS para Emergência. Se
a verificação de fase está habilitada, K3 e K4 – Verifique a fiação entre o relé e o controle.
também são energizados mas não até que as duas – Verifique se o relé está defeituoso.
fontes estejam em fase.
O LED O controle não teve sucesso em suas tentativas de 1. Verifique se há um problema na conexão, fio
Grupo fechar o lado Emergência da ATS. Depois de 5 aberto ou peça defeituosa no circuito Fechar
Gerador tentativas de mover a ATS, o LED Grupo Gerador Emergência.
Conectado Conectado pisca, indicando que houve falha no 2. Verifique K3, K4 ou a continuidade através de
está fechamento. B1 e B2 da ATS.
piscando Para fechar o lado Emergência, o controle aterra 3. Pressione o botão Override (Cancelar) para
P5-1 e P5-4 para energizar K3 e K4 durante reinicializar o controle de forma que ele tente 4-4
1 segundo e monitora a entrada da posição Fonte fechar o lado Emergência da ATS. Observe o
2 (P4-8) para ver se a chave auxiliar BSW1 fecha. que acontece e verifique se as bobinas dos
Se a BSW1 não fechar, o controle desenergiza K3 relés estão sendo energizadas.
e K4, espera 10 segundos e tenta novamente. Se a a. Se as bobinas estiverem sendo
BSW1 não fecha depois da quinta tentativa, o LED energizadas,
Emergência Conectada pisca e o controle pára de – Verifique a fiação entre os relés e a chave
tentar. de transferência.
– Verifique se a chave de transferência está
defeituosa.
b. Se as bobinas não estiverem sendo
energizadas,
– Verifique a fiação entre o relé e o controle.
– Verifique se o relé está defeituoso.

8-19
A ENERGIA DA REDE PÚBLICA É RESTABELECIDA

TABELA 8-5. A ENERGIA DA REDE PÚBLICA É RESTABELECIDA MAS A CHAVE NÃO TRANSFERE
PARA NORMAL

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. Tenha extrema cautela
para evitar encostar nos contatos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias, cabelos, roupas etc. Antes de
trabalhar com circuitos alimentados, remova todas as fontes de energia CA e remova a energia para a porta
removendo o fusível do bloco de fusíveis FB. Os procedimentos seguintes devem ser efetuados somente por
pessoal tecnicamente treinado e experiente.

ALERTA A operação inadequada do grupo gerador representa um perigo que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte. Cumpra todas as precauções de segurança contidas nos manuais do seu grupo
gerador.
Página-
Indicador Causa Possível Ação Corretiva
Seção

O LED 1. Pode haver tensão inadequada nas entradas 1. Confirme que há tensão da rede pública ade-
Energia da do sensor de tensão. quada entre P3-5, P3-7 e P3-9 (linha-linha) ou
Rede Pública entre P3-5, P3-7, P3-9 e P3-11 (linha-neutro).
Disponível A tensão deve ser superior à do ponto de cap-
está apagado tação do sensor de tensão da rede pública.
a. Verifique a fiação de detecção de tensão en-
tre o controle e a ATS.
b. Certifique-se de que o ajuste de captação e
o ajuste de desarme da detecção de tensão 4-7, 5-3
da rede pública estejam configurados para
90%.
2a. Confirme que há energia da rede pública ade-
2. Pode haver tensão da rede pública inade- quada entre os terminais de energia da ATS
quada entre os terminais de energia da ATS. NA, NB e NC. A tensão deve ser superior à do
ponto de captação do sensor de tensão da
rede pública. 4-7
2b. Verifique a fiação do circuito de energia entre a
ATS e o disjuntor de entrada.

8-20
TABELA 8-5. A ENERGIA DA REDE PÚBLICA É RESTABELECIDA MAS A CHAVE NÃO TRANSFERE
PARA NORMAL (CONT.)

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. Tenha extrema cautela
para evitar encostar nos contatos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias, cabelos, roupas etc. Antes de
trabalhar com circuitos alimentados, remova todas as fontes de energia CA e remova a energia para a porta
removendo o fusível do bloco de fusíveis FB. Os procedimentos seguintes devem ser efetuados somente por
pessoal tecnicamente treinado e experiente.

ALERTA A operação inadequada do grupo gerador representa um perigo que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte. Cumpra todas as precauções de segurança contidas nos manuais do seu grupo
gerador.
Página-
Indicador Causa Possível Ação Corretiva
Seção
O LED 1. O tempo de retardo da transição emergência 1. Espere até que o tempo de retardo (até 4-1
Energia da para normal (TDNE) pode estar em anda- 30 minutos) tenha terminado, ou pressione o
Rede Pública mento. botão Override (Cancelar) no painel de con-
Disponível trole ou aterre a entrada Override.
está aceso 2. Pode haver uma entrada de inibição de trans- 2. Verifique se P4-6 está aterrado. Se estiver,
ferência ativa. remova o aterramento ou pressione o botão 4-4
Override (Cancelar).
3. Uma temporização TDEL pode estar em 3. Verifique se P5-5 está aterrado. Se estiver,
andamento. remova o aterramento ou espere até que o
tempo de retardo (até 300 segundos) tenha 4-2
terminado.
4. Uma Verificação de Fase pode estar habili- 4a. Verifique a rotação de fases
tada e as fontes não estão em fase. 4b. Verifique as diferenças de freqüência entre as
duas fontes. As diferenças de freqüência
devem ser de 1 Hz ou menos.
4c. As duas fontes podem ter exatamente a
mesma freqüência porém não estão em fase.
A diferença de ângulo de fase entre as fontes
deve ser de 25 graus ou menos. Habilite a fun-
ção “Retorno à Transição Programada” Se as
fontes não entrarem em fase em 2 minutos,
então o controle transferirá a ATS no modo de
transição programada.

8-21
TABELA 8-5. A ENERGIA DA REDE PÚBLICA É RESTABELECIDA MAS A CHAVE NÃO TRANSFERE
PARA NORMAL (CONT.)

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. Tenha extrema cautela
para evitar encostar nos contatos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias, cabelos, roupas etc. Antes de
trabalhar com circuitos alimentados, remova todas as fontes de energia CA e remova a energia para a porta
removendo o fusível do bloco de fusíveis FB. Os procedimentos seguintes devem ser efetuados somente por
pessoal tecnicamente treinado e experiente.

ALERTA A operação inadequada do grupo gerador representa um perigo que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte. Cumpra todas as precauções de segurança contidas nos manuais do seu grupo
gerador.
Página-
Indicador Causa Possível Ação Corretiva
Seção
O LED Grupo O controle não teve sucesso em suas tentativas 1. Verifique se há um problema na conexão, fio
Gerador de abrir o lado Emergência da ATS. Depois de 5 aberto ou peça defeituosa no circuito Abrir
Conectado tentativas de mover a ATS, o LED Emergência Emergência.
está piscando Conectada pisca, indicando que houve falha na 2. Verifique K1 ou a continuidade através de BT1 8-16
abertura. e BT2 da ATS.
Para abrir o lado Emergência, o controle aterra 3. Pressione o botão Override (Cancelar) para 4-4
P5-3 para energizar K1 durante 1 segundo e reinicializar o controle de forma que ele tente
monitora a entrada da posição Fonte 2 (P4-8) abrir o lado Emergência da ATS. Observe o
para ver se a chave auxiliar BSW1 abre. Se a que acontece e verifique se as bobinas dos
BSW1 não abrir, o controle desenergiza K1, relés estão sendo energizadas.
espera 10 segundos e tenta novamente. Se a a. Se as bobinas estiverem sendo
BSW1 não abre depois da quinta tentativa, o LED energizadas,
Grupo Gerador Conectado pisca e o controle – Verifique a fiação entre os relés e a chave
pára de tentar. de transferência.
NOTA: A descrição acima explica a operação no
– Verifique se a chave de transferência está
caso do valor configurado no temporizador de
defeituosa.
transição programada ser superior a zero. Se
b. Se as bobinas não estiverem sendo
TDPT está configurado para zero, o controle
energizadas,
aterra as saídas P5-2 e P5-3 para energizar os
relés K1 e K2 para transferir a ATS para Normal. – Verifique a fiação entre o relé e o controle.
Se a verificação de fase está habilitada, K1 e K2 – Verifique se o relé está defeituoso.
também são energizados mas não até que as
duas fontes estejam em fase.

8-22
TABELA 8-5. A ENERGIA DA REDE PÚBLICA É RESTABELECIDA MAS A CHAVE NÃO TRANSFERE
PARA NORMAL (CONT.)

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. Tenha extrema cautela
para evitar encostar nos contatos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias, cabelos, roupas etc. Antes de
trabalhar com circuitos alimentados, remova todas as fontes de energia CA e remova a energia para a porta
removendo o fusível do bloco de fusíveis FB. Os procedimentos seguintes devem ser efetuados somente por
pessoal tecnicamente treinado e experiente.

ALERTA A operação inadequada do grupo gerador representa um perigo que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte. Cumpra todas as precauções de segurança contidas nos manuais do seu grupo
gerador.
Página-
Indicador Causa Possível Ação Corretiva
Seção
O LED Rede O controle não teve sucesso em suas tentativas 1. Verifique se há um problema na conexão, fio
Pública de fechar o lado Normal da ATS. Depois de 5 aberto ou peça defeituosa no circuito Fechar
Conectada tentativas de mover a ATS, o LED Rede Pública Normal.
está piscando Conectada pisca, indicando que houve falha no 2. Verifique K1, K2 ou a continuidade através de 8-17
fechamento. A1 e A2 da ATS.
Para fechar o lado Normal, o controle aterra P5-2 3. Pressione o botão Override (Cancelar) para 4-4
e P5-3 para energizar K1 e K2 durante 1 segundo reinicializar o controle de forma que ele tente
e monitora a entrada da posição Fonte 1 (P4-7) fechar o lado Normal da ATS. Observe o que
para ver se a chave auxiliar ASW1 fecha. Se a acontece e verifique se as bobinas dos relés
ASW1 não fechar, o controle desenergiza K1 e estão sendo energizadas.
K2, espera 10 segundos e tenta novamente. Se a a. Se as bobinas estiverem sendo
ASW1 não fecha depois da quinta tentativa, o energizadas,
LED Rede Pública Conectada pisca e o controle – Verifique a fiação entre os relés e a chave
pára de tentar. de transferência.
– Verifique se a chave de transferência está
defeituosa.
b. Se as bobinas não estiverem sendo
energizadas,
– Verifique a fiação entre o relé e o controle.
– Verifique se o relé está defeituoso.

8-23
TABELA 8-6. CHAVE TRANSFERIDA PARA NORMAL MAS O GRUPO GERADOR CONTINUA FUNCIONANDO

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. Tenha extrema cautela
para evitar encostar nos contatos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias, cabelos, roupas etc. Antes de
trabalhar com circuitos alimentados, remova todas as fontes de energia CA e remova a energia para a porta
removendo o fusível do bloco de fusíveis FB. Os procedimentos seguintes devem ser efetuados somente
por pessoal tecnicamente treinado e experiente.

ALERTA A operação inadequada do grupo gerador representa um perigo que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte. Cumpra todas as precauções de segurança contidas nos manuais do seu grupo
gerador.
Página-
Problema Causa Possível Ação Corretiva
Seção

O grupo gerador 1. O tempo de retardo de resfriamento do 1. Espere até terminar o tempo de retardo 4-1
não desligou motor (TDEC) pode estar em andamento. (até 30 minutos).
depois que a ATS 2. O grupo gerador pode não ter recebido um 2. Verifique se há sinal de parada para o
transferiu para a sinal de parada. grupo gerador (contato aberto entre P5-6 e
posição Normal P5-7).
3. A chave seletora no painel de controle do 3. Verifique se o controle do grupo gerador
grupo gerador pode não estar na posição está configurado para Partida Remota.
correta.
4. Pode haver fiação defeituosa. 4. Verifique a fiação do circuito de partida 8-16
(veja a Figura 8-4).
5. O controle do grupo gerador pode não 5. Verifique se o controle do grupo gerador
estar funcionando corretamente. está funcionando adequadamente.

8-24
QUESTÕES DIVERSAS SOBRE SOLUÇÃO DE FALHAS

TABELA 8-7. DIVERSOS

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. Tenha extrema cautela
para evitar encostar nos contatos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias, cabelos, roupas etc. Antes de
trabalhar com circuitos alimentados, remova todas as fontes de energia CA e remova a energia para a porta
removendo o fusível do bloco de fusíveis FB. Os procedimentos seguintes devem ser efetuados somente por
pessoal tecnicamente treinado e experiente.

ALERTA A operação inadequada do grupo gerador representa um perigo que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte. Cumpra todas as precauções de segurança contidas nos manuais do seu grupo
gerador.
Página-
Problema Causa Possível Ação Corretiva
Seção

Grupo gerador 1. O grupo gerador pode não ter recebido um 1. Verifique se há sinal de parada para o
funcionando sem sinal de parada. grupo gerador (contato aberto entre P5-6 e
motivo aparente P5-7).
2. A chave seletora no painel de controle do 2. Verifique se o controle do grupo gerador
grupo gerador pode não estar na posição está configurado para Partida Remota.
correta.
3. Verifique a fiação do circuito de partida 8-16
3. Pode haver fiação defeituosa. (veja a Figura 8-4).
4. O controle do grupo gerador pode não 4. Verifique se o controle do grupo gerador
estar funcionando corretamente. está funcionando adequadamente.
O teste do painel 1. O controle não está configurado para Teste 1. Verifique na configuração do controle se a 4-5
frontal não com Carga. função Teste Com/Sem Carga está configu-
transfere a carga rada para Com Carga.
2. O controle está configurado para Teste com 2. Se o controle tiver sido configurado para
Carga mas aconteceu uma das situações a Teste Com Carga,
seguir. 4-1
a. O tempo de retardo da transferência a. O período do TDNE pode ser configura-
pode não ter terminado. do para até 300 segundos. Se não quiser
esperar até que o tempo de retardo ter-
mine, pressione o botão Override 4-4
(Cancelar).
b. Pode haver uma inibição de transferên- b. Verifique se P4-5 está aterrado. Se uma
cia ativa. inibição de transferência estiver habilita-
da, a transferência de carga não ocorrerá
até que o botão Override (Cancelar) no 4-4
painel de controle seja pressionado ou
que a entrada de inibição de transferên-
cia seja desabilitada.
c. Pode haver um TDEL ativo. c. Verifique se P5-5 está aterrado. Se esti-
ver, remova o aterramento ou espere até
que o tempo de retardo tenha terminado. 4-2
O período do TDEL pode ser configurado
para até 300 segundos. 4-7
d. Uma verificação de fase pode estar d. Quando a função de verificação de fase
habilitada. está habilitada, o grupo gerador não as-
sume a carga até que as duas fontes es-
tejam dentro dos limites aceitáveis do
sensor de verificação de fase.
O teste remoto Não há contato entre TB1-5 e TB1-8. Feche o contato para iniciar um teste.
não funciona

8-25
TABELA 8-7. DIVERSOS (CONT.)

ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabinete e no lado traseiro da porta do gabinete representa um
perigo de choque elétrico que pode provocar acidentes pessoais graves ou morte. Tenha extrema cautela
para evitar encostar nos contatos elétricos com o corpo, ferramentas, jóias, cabelos, roupas etc. Antes de
trabalhar com circuitos alimentados, remova todas as fontes de energia CA e remova a energia para a porta
removendo o fusível do bloco de fusíveis FB. Os procedimentos seguintes devem ser efetuados somente por
pessoal tecnicamente treinado e experiente.

ALERTA A operação inadequada do grupo gerador representa um perigo que pode provocar acidentes
pessoais graves ou morte. Cumpra todas as precauções de segurança contidas nos manuais do seu grupo
gerador.
Página-
Problema Causa Possível Ação Corretiva
Seção

A unidade não 1. A chave seletora no painel de controle do 1. Verifique se a chave seletora de operação
acionou. grupo gerador pode não estar na posição no painel de controle do grupo gerador está
correta. na posição Remota.
2. Embora o acionador externo opcional 2. Se o acionador externo opcional estiver 4-8, 5-3,
esteja instalado, a função Acionamento instalado, entre no Modo de Configuração 5-4
Externo pode não ter sido configurada para e verifique se a função Acionamento
Ligada. Externo no painel de controle está configu-
3. Um período de acionamento pode não ter rada como Ligada.
sido configurado ou foi configurado e ainda 3. Verifique se o LED Exercise (Acionamento)
não começou. do painel de controle está aceso.
a. Se o LED Exercise (Acionamento) não 4-8
estiver aceso, não há um período de aci-
onamento configurado. Consulte o pro-
cedimento de programação do acionador
para obter informações sobre a configu-
ração de um acionamento.
b. Se o LED Exercise (Acionamento) esti-
ver aceso e não piscando, o período de
acionamento ainda não foi iniciado. Os
acionadores integrados não mostram os
horários de início e parada do aciona-
mento. Se o acionador externo opcional
estiver habilitado, verifique no relógio 4-14
acionador quando está programado um
acionamento.
4. Pode haver problemas no grupo gerador. 4. Tente dar partida no grupo gerador usando
seus controles de partida-parada. Se ele
não girar, verifique as baterias e as cone-
xões dos cabos. Se ele girar mas não der
partida, verifique o suprimento de
combustível.

8-26
9. Manutenção da Chave de Transferência
Esta seção cobre os procedimentos de remoção e sub- Remoção do Conjunto da Chave de
stituição do conjunto da chave de transferência. Transferência

PROCEDIMENTO DE 1. Abra a porta do gabinete da chave de


REMOÇÃO/SUBSTITUIÇÃO DO CONJUNTO transferência.
DA CHAVE 2. Remova todos os fios de controle e de energia
dos terminais da chave.
Existem conjuntos distintos de chaves. Cada conjunto 3. Remova os quatro parafusos, porcas e arruelas
corresponde a uma faixa específica de corrente nomi- que prendem o painel da chave e a chave à
nal, tensão de operação da bobina e número de pólos. parede traseira do gabinete (veja a Figura 9-1).
Existem seis faixas de corrente (63 A, 100 a 125 A, 160 4. Puxe para fora a chave e o conjunto do painel e
a 250 A, 300 a 500 A, 630 a 800 A e 1000 a 1250 A) deixe-os de lado.
e três tensões de bobina (110, 220 e 277 VCA). As 5. Remova a chave do painel de montagem.
chaves de transferência podem ter configurações de 2,
3 ou 4 pólos. Substituição da Chave de Transferência
Para fins de manutenção, cada conjunto de chave de
1. Instale a nova chave no painel de montagem.
transferência é removido e substituído como uma única
peça. Não há componentes reparáveis. 2. Levante a chave e o conjunto do painel e coloque
o conjunto no gabinete e enganche-o nos prisio-
PROCEDIMENTO DE REMOÇÃO E neiros da parede traseira. Instale as quatro por-
SUBSTITUIÇÃO DA CHAVE cas e arruelas. Aperte as porcas com o torque
indicado na Tabela 9-1.
Desconecte a Energia CA 3. Reconecte todos os fios de controle e de
alimentação.
ALERTA A chave de transferência representa 4. Feche a porta da chave de transferência.
um perigo de choque elétrico que pode provocar
acidentes pessoais graves ou morte, a menos que a TABELA 9-1. TORQUES DE PEÇAS MÉTRICAS
energia CA seja removida. Desconecte todas as fon-
tes de energia CA que alimentam a chave de trans- Tamanho do
Torque Recomendado (N•m)
ferência antes de efetuar a manutenção. Ponha a Prisioneiro
chave seletora de operação do grupo gerador na po-
M5 2
sição Stop (Parar), desconecte o carregador de ba-
teria da fonte de energia CA e desconecte o cabo M6 4
negativo [–] da bateria de partida. M8 9
M10 20
1. Gire a chave seletora de operação do gerador
para a posição Stop (Parar). (A chave seletora M12 35
está localizada no painel de controle do grupo M16 84
gerador).
M20 165
2. Desconecte todas as fontes de energia CA da
chave de transferência. M24 283
3. Desconecte o carregador de bateria, se instalado,
de sua fonte de energia CA e desconecte o cabo
negativo [–] da bateria de partida.

9-1
FERRAGENS DE
MONTAGEM DA
CHAVE DE
TRANSFERÊNCIA

PAINEL DE
MONTAGEM

CHAVE DE
TRANSFERÊNCIA

FERRAGENS DE
MONTAGEM

FIGURA 9-1. REMOÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA

Reconexão da Energia CA (Quando Finalizado) ALERTA A energia elétrica CA dentro do gabi-


nete e no lado traseiro da porta do gabinete repre-
1. Conecte o cabo negativo (–) da bateria à bateria senta um perigo de choque elétrico que pode
de partida. Se instalado, conecte o carregador de provocar acidentes pessoais graves ou morte. Te-
bateria à sua fonte de energia CA. nha extrema cautela para não encostar nos conta-
2. Reconecte a energia da rede pública (Normal) e tos elétricos sempre que a porta do gabinete estiver
a energia do grupo gerador (Emergência). aberta.
3. Coloque a chave seletora de operação do grupo
gerador na posição Remote (Remota).

9-2
10. Informações Sobre as Peças

1
5 9
4

6
7

10

8
12

11

13
14

15

FIGURA 10-1. PEÇAS DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA GTEC

Nº QTD. PEÇA Nº QTD. PEÇA


Nº DA PEÇA Nº DA PEÇA
REF. USADA DESCRIÇÃO REF. USADA DESCRIÇÃO
1 Mostrador do Controle 300–5986 1 Construção do Gabinete sem
Detecção de Tensão PowerCommand
Linha - Linha (TS1310) 2 321–0418 1 Bloco de Fusíveis (Fusíveis Inclusos –
300–5965 1 Construção do Gabinete Item 3)
com PowerCommand 3 Fusível
300–5975 1 Construção Aberta 321–0417–01 4 2A
sem PowerCommand 321–0417–02 1 4A
Detecção de Tensão 321–0417–03 2 10 A
Linha-Neutro (TS1311) 4 332–3125–02 1 Bloco de Terminais (TB1, 10 Pólos)
300–5985 1 Construção do Gabinete com 5 332–2878 2 Suporte de Extremidade do Bloco de
PowerCommand Terminais
6 307–3076 4 Base, Relé (Soquete)

10-1
Nº QTD. PEÇA Nº QTD. PEÇA
Nº DA PEÇA Nº DA PEÇA
REF. USADA DESCRIÇÃO REF. USADA DESCRIÇÃO
7 Relé 500 A
307–3070 4 12 VCC Dois Pólos
307–3071 4 24 VCC 306–5014–01 1 110 VCA
8 307–3077 8 Suporte, Relé (Braçadeira) 306–5014–02 1 220 VCA
9 Conjunto da Chave de Transferência 306–5014–03 1 277 VCA
(Inclui item 10) Três Pólos
63 A 306–4983–01 1 110 VCA
Dois Pólos 306–4983–02 1 220 VCA
306–5010–01 1 110 VCA 306–4983–03 1 277 VCA
306–5010–02 1 220 VCA Quatro Pólos
306–5010–03 1 277 VCA 306–4984–01 1 110 VCA
Três Pólos 306–4984–02 1 220 VCA
306–4992–01 1 110 VCA 306–4984–03 1 277 VCA
306–4992–02 1 220 VCA 1250 A
306–4992–03 1 277 VCA Dois Pólos
Quatro Pólos 306–5015–01 1 110 VCA
306–4993–01 1 110 VCA 306–5015–02 1 220 VCA
306–4993–02 1 220 VCA 306–5015–03 1 277 VCA
306–4993–03 1 277 VCA Três Pólos
125 A 306–4985–01 1 110 VCA
Dois Pólos 306–4985–02 1 220 VCA
306–5011–01 1 110 VCA 306–4985–03 1 277 VCA
306–5011–02 1 220 VCA Quatro Pólos
306–5011–03 1 277 VCA 306–4986–01 1 110 VCA
Três Pólos 306–4986–02 1 220 VCA
306–4990–01 1 110 VCA 306–4986–03 1 277 VCA
306–4990–02 1 220 VCA 10 308–1217 2 Nível da Chave Auxiliar
306–4990–03 1 277 VCA 11 Carregador de Bateria – 2 A,
Quatro Pólos 300–6207–01 1 12 VCC (100–240 VCA)
306–4991–01 1 110 VCA 300–6207–02 1 24 VCC (100–240 VCA)
306–4991–02 1 220 VCA 12 Carregador de Bateria Premium –
306–4991–03 1 277 VCA 2 A, 12/24 VCC
250 A (Inclui item 13)
Dois Pólos 300–6000–01 1 120 VCA
306–5012–01 1 110 VCA 300–6000–02 1 208 VCA
306–5012–02 1 220 VCA 300–6000–03 1 240 VCA
306–5012–03 1 277 VCA 300–6000–04 1 277 VCA
Três Pólos 300–6000–05 1 380 VCA
306–4968–01 1 110 VCA 300–6000–06 1 416 VCA
306–4968–02 1 220 VCA 300–6000–07 1 480 VCA
306–4968–03 1 277 VCA 13 321–0298 1 Fusível, Carregador de Bateria
Quatro Pólos (5 A, 250 V)
306–4969–01 1 110 VCA 14 Barramento do Neutro
306–4969–02 1 220 VCA 337–2366 1 Chaves de Transferência
306–4969–03 1 277 VCA de 63 e 125 A
500 A 337–3760 1 Chaves de Transferência
Dois Pólos de 250 e 500 A
306–5013–01 1 110 VCA 337–3761 1 Chaves de Transferência
306–5013–02 1 220 VCA de 800 e 1250 A
306–5013–03 1 277 VCA 15 Separador Isolante
Três Pólos 332–2370 2 Chaves de Transferência
306–4970–01 1 110 VCA de 63 e 125 A
306–4970–02 1 220 VCA 332–2512 2 Chaves de Transferência
306–4970–03 1 277 VCA de 250 e 500 A
Quatro Pólos 332–2512 4 Chaves de Transferência
306–4971–01 1 110 VCA de 800 e 1250 A
306–4971–02 1 220 VCA
306–4971–03 1 277 VCA

10-2
Chaves de Transferência Automática GTEC Completas – DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO)
TABELA 10-1. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (3 Pólos : Detecção L-N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6092–01 63 GT30063XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6092–02 100 GT30100XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6092–03 125 GT30125XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6092–04 160 GT30160XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6092–05 250 GT30250XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6092–06 350 GT30350XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6092–07 400 GT30400XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-3
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6092–08 500 GT30500XQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6092–09 630 GT30630XQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6092–10 800 GT30800XQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6092–11 1000 GT31000XQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6092–12 1250 GT31250XQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
TABELA 10-2. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 220/380 – 230/400 – 240/416

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (3 Pólos : Detecção L–N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 220/380 – 230/400 – 240/416
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6093–01 63 GT30063YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6093–02 100 GT30100YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6093–03 125 GT30125YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6093–04 160 GT30160YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6093–05 250 GT30250YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6093–06 350 GT30350YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6093–07 400 GT30400YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-4
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6093–08 500 GT30500YQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6093–09 630 GT30630YQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6093–10 800 GT30800YQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6093–11 1000 GT31000YQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6093–12 1250 GT31250YQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
TABELA 10-3. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 255/440 – 277/480

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (3 Pólos : Detecção L–N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 255/440 – 277/480
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6094–01 63 GT30063ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6094–02 100 GT30100ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6094–03 125 GT30125ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6094–04 160 GT30160ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6094–05 250 GT30250ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6094–06 350 GT30350ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6094–07 400 GT30400ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-5
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6094–08 500 GT30500ZQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6094–09 630 GT30630ZQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6094–10 800 GT30800ZQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6094–11 1000 GT31000ZQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6094–12 1250 GT31250ZQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
TABELA 10-4. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (4 Pólos : Detecção L-N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6092–13 63 GT40063XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6092–14 100 GT40100XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6092–15 125 GT40125XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6092–16 160 GT40160XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6092–17 250 GT40250XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6092–18 350 GT40350XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6092–19 400 GT40400XN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-6
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6092–20 500 GT40500XQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6092–21 630 GT40630XQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6092–22 800 GT40800XQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6092–23 1000 GT41000XQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6092–24 1250 GT41250XQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
TABELA 10-5. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 220/380 – 230/400 – 240/416

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (4 Pólos : Detecção L–N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 220/380 – 230/400 – 240/416
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6093–13 63 GT40063YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6093–14 100 GT40100YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6093–15 125 GT40125YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6093–16 160 GT40160YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6093–17 250 GT40250YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6093–18 350 GT40350YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6093–19 400 GT40400YN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-7
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6093–20 500 GT40500YQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6093–21 630 GT40630YQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6093–22 800 GT40800YQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6093–23 1000 GT41000YQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6093–24 1250 GT41250YQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
TABELA 10-6. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 255/440 – 277/480

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (4 Pólos : Detecção L–N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 255/440 – 277/480
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6094–13 63 GT40063ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6094–14 100 GT40100ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6094–15 125 GT40125ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6094–16 160 GT40160ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6094–17 250 GT40250ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6094–18 350 GT40350ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6094–19 400 GT40400ZN72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-8
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6094–20 500 GT40500ZQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6094–21 630 GT40630ZQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6094–22 800 GT40800ZQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6094–23 1000 GT41000ZQ72 interligados mecanicamente e dimensionados para 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A completa 742L x 1370A x 631P
com detecção de controlador L–N, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6094–24 1250 GT41250ZQ72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
Chaves de Transferência Automática em Kit – DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO)
TABELA 10-7. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240

Número Global da Ampère


Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça s
ATS Kit (3 Pólos : Detecção L-N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–01 63 GT30063XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–02 100 GT30100XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–03 125 GT30125XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–04 160 GT30160XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–05 250 GT30250XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–06 350 GT30350XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–07 400 GT30400XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-9
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–08 500 GT30500XQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–09 630 GT30630XQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–10 800 GT30800XQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–11 1000 GT31000XQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6095–12 1250 GT31250XQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
TABELA 10-8. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (3 Pólos : Detecção L–N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 220/380 – 230/400 – 240/416
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–01 63 GT30063YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–02 100 GT30100YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–03 125 GT30125YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–04 160 GT30160YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–05 250 GT30250YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–06 350 GT30350YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–07 400 GT30400YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-10
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–08 500 GT30500YQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–09 630 GT30630YQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–10 800 GT30800YQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–11 1000 GT31000YQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6096–12 1250 GT31250YQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
TABELA 10-9. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 255/440 – 277/480

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (3 Pólos : Detecção L–N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 255/440 – 277/480
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–01 63 GT30063ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–02 100 GT30100ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–03 125 GT30125ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–04 160 GT30160ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–05 250 GT30250ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–06 350 GT30350ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–07 400 GT30400ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-11
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–08 500 GT30500ZQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–09 630 GT30630ZQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–10 800 GT30800ZQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–11 1000 GT31000ZQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6097–12 1250 GT31250ZQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
TABELA 10-10. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (4 Pólos : Detecção L-N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–13 63 GT40063XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–14 100 GT40100XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–15 125 GT40125XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–16 160 GT40160XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–17 250 GT40250XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–18 350 GT40350XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–19 400 GT40400XN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-12
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–20 500 GT40500XQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–21 630 GT40630XQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–22 800 GT40800XQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–23 1000 GT41000XQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6095–24 1250 GT41250XQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
TABELA 10-11. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 220/380 – 230/400 – 240/416

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (4 Pólos : Detecção L–N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 220/380 – 230/400 – 240/416
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–13 63 GT40063YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–14 100 GT40100YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–15 125 GT40125YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–16 160 GT40160YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–17 250 GT40250YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–18 350 GT40350YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–19 400 GT40400YN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-13
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–20 500 GT40500YQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–21 630 GT40630YQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–22 800 GT40800YQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–23 1000 GT41000YQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6096–24 1250 GT41250YQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
TABELA 10-12. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 255/440 – 277/480

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (4 Pólos : Detecção L–N (Entre Fase e Neutro)) – Tensão Nominal 255/440 – 277/480
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–13 63 GT40063ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–14 100 GT40100ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–15 125 GT40125ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–16 160 GT40160ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–17 250 GT40250ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–18 350 GT40350ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–19 400 GT40400ZN7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-14
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–20 500 GT40500ZQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–21 630 GT40630ZQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–22 800 GT40800ZQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–23 1000 GT41000ZQ7K interligados mecanicamente e dimensionados para 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A completa T.B.A.
com detecção de controlador L–N, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6097–24 1250 GT41250ZQ7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção L-N por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
Kits Opcionais de Complementação em Campo

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
Kits Opcionais de Complementação em Campo
0300–6000–01/07 Carregador de Bateria de 2 A e 12/24 V
0300–5878–13/17 Carregador de Bateria de 12/15 A e 24 V/12 V
0541–1216 Chave de Restabelecimento Manual – 12/24 VCC
0541–1215 Relógio Acionador Externo – 12/24 VCC
0179–4415–01 Relé de Sinal do Elevador – 12 VCC
0179–4416–01 Relé de Sinal do Elevador – 24 VCC
0179–4480 Kit – Conjunto 12 VCC, Relés, Fusíveis, Bloco de Terminais, Trilho Din
0179–4481 Kit – Conjunto 24 VCC. Relés, Fusíveis, Bloco de Terminais, Trilho Din
0179–4416–03 Relé Auxiliar – Bobina de 24 VCC, Instalado, não cabeado (para uso do cliente).
Relé Auxiliar – Bobina de 24 VCC, Posição Emergência – Relé energizado quando a GTEC está na posição
0179–4416–02
Fonte 2 (emergência)
Relé Auxiliar – Bobina de 24 VCC, Posição Normal – Relé energizado quando a GTEC está na posição Fonte
0179–4416–04
1 (normal)
0179–4415–03 Relé Auxiliar – Bobina de 12 VCC, Instalado, não cabeado (para uso do cliente).
Relé Auxiliar – Bobina de 12 VCC, Posição Emergência – Relé energizado quando a GTEC está na posição
0179–4415–02
Fonte 2 (emergência)
Relé Auxiliar – Bobina de 12 VCC, Posição Normal – Relé energizado quando a GTEC está na posição Fonte
0179–4415–04
1 (normal)

10-15
Chaves de Transferência Automática GTEC Completas – DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE)
TABELA 10-13. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (3 Pólos : Detecção L-L (Entre Fase e Fase)) – Tensão Nominal 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6098–01 63 GT30063XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6098–02 100 GT30100XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6098–03 125 GT30125XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6098–04 160 GT30160XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6098–05 250 GT30250XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6098–06 350 GT30350XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6098–07 400 GT30400XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-16
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6098–08 500 GT30500XP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6098–09 630 GT30630XP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6098–10 800 GT30800XP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6098–11 1000 GT31000XP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6098–12 1250 GT31250XP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
TABELA 10-14. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 220/380 – 230/400 – 240/416

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (3 Pólos : Detecção L–L (Entre Fase e Fase)) – Tensão Nominal 220/380 – 230/400 – 240/416
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6099–01 GT30063YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6099–02 GT30100YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6099–03 GT30125YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6099–04 GT30160YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6099–05 GT30250YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6099–06 GT30350YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6099–07 GT30400YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-17
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6099–08 GT30500YP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6099–09 GT30630YP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6099–10 GT30800YP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6099–11 GT31000YP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6099–12 GT31250YP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
TABELA 10-15. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 255/440 – 277/480

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (3 Pólos : Detecção L–L (Entre Fase e Fase )) – Tensão Nominal 255/440 – 277/480
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6100–01 63 GT30063ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6100–02 100 GT30100ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Pequena
0300–6100–03 125 GT30125ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6100–04 160 GT30160ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6100–05 250 GT30250ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6100–06 350 GT30350ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6100–07 400 GT30400ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-18
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Média
0300–6100–08 500 GT30500ZP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6100–09 630 GT30630ZP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6100–10 800 GT30800ZP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6100–11 1000 GT31000ZP72 interligados mecanicamente e dimensionados para 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A completa 742L x 1370A x 631P
com detecção de controlador F–F, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos Grande
0300–6100–12 1250 GT31250ZP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
Tabela 10-16. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (4 Pólos : Detecção L–L (Entre Fase e Fase)) – Tensão Nominal 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6098–13 63 GT40063XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6098–14 100 GT40100XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6098–15 125 GT40125XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6098–16 160 GT40160XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6098–17 250 GT40250XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6098–18 350 GT40350XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6098–19 400 GT40400XL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-19
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6098–20 500 GT40500XP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6098–21 630 GT40630XP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6098–22 800 GT40800XP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6098–23 1000 GT41000XP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6098–24 1250 GT41250XP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
Tabela 10-17. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 220/380 – 230/400 – 240/416

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (4 Pólos : Detecção L–L (Entre Fase e Fase)) – Tensão Nominal 220/380 – 230/400 – 240/416
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6099–13 63 GT40063YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6099–14 100 GT40100YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6099–15 125 GT40125YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6099–16 160 GT40160YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6099–17 250 GT40250YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6099–18 350 GT40350YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6099–19 400 GT40400YL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-20
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6099–20 500 GT40500YP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6099–21 630 GT40630YP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6099–22 800 GT40800YP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6099–23 1000 GT41000YP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6099–24 1250 GT41250YP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
Tabela 10-18. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 255/440 – 277/480

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Completa (4 Pólos : Detecção L–L (Entre Fase e Fase )) – Tensão Nominal 255/440 – 277/480
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6100–13 63 GT40063ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6100–14 100 GT40100ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Pequena
0300–6100–15 125 GT40125ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 600L x 800A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 48 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6100–16 160 GT40160ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6100–17 250 GT40250ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6100–18 350 GT40350ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6100–19 400 GT40400ZL72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC 65 kg

10-21
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Média
0300–6100–20 500 GT40500ZP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A 800L x 1000A x 226P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 65 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6100–21 630 GT40630ZP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6100–22 800 GT40800ZP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6100–23 1000 GT41000ZP72 interligados mecanicamente e dimensionados para 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A completa 742L x 1370A x 631P
com detecção de controlador F–F, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
A unidade está equipada com uma chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos Grande
0300–6100–24 1250 GT41250ZP72 intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A 742L x 1370A x 631P
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC 184 kg
Chaves de Transferência Automática em Kit – DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE)
Tabela 10-19. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (3 Pólos : Detecção L-L (Entre Fase e Fase)) – Tensão Nominal 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–01 63 GT30063XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–02 100 GT30100XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–03 125 GT30125XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–04 160 GT30160XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–05 250 GT30250XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–06 350 GT30350XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–07 400 GT30400XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-22
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–08 500 GT30500XP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–09 630 GT30630XP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–10 800 GT30800XP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–11 1000 GT31000XP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6101–12 1250 GT31250XP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
Tabela 10-20. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 220/380 – 230/400 – 240/416

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (3 Pólos : Detecção L–L (Entre Fase e Fase)) – Tensão Nominal 220/380 – 230/400 – 240/416
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–01 63 GT30063YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–02 100 GT30100YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–03 125 GT30125YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–04 160 GT30160YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–05 250 GT30250YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–06 350 GT30350YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–07 400 GT30400YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-23
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–08 500 GT30500YP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–09 630 GT30630YP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–10 800 GT30800YP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–11 1000 GT31000YP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6102–12 1250 GT31250YP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
Tabela 10-21. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 3 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 255/440 – 277/480

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (3 Pólos : Detecção L–L (Entre Fase e Fase )) – Tensão Nominal 255/440 – 277/480
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–01 63 GT30063ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–02 100 GT30100ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–03 125 GT30125ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–04 160 GT30160ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–05 250 GT30250ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–06 350 GT30350ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–07 400 GT30400ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-24
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–08 500 GT30500ZP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–09 630 GT30630ZP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–10 800 GT30800ZP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–11 1000 GT31000ZP7K interligados mecanicamente e dimensionados para 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A completa T.B.A.
com detecção de controlador F–F, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 3 pólos
0300–6103–12 1250 GT31250ZP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
Tabela 10-22. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (4 Pólos : Detecção L–L (Entre Fase e Fase)) – Tensão Nominal 110/190 – 115/200 – 120/208 – 127/220 – 139/240
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–13 63 GT40063XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–14 100 GT40100XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–15 125 GT40125XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–16 160 GT40160XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–17 250 GT40250XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–18 350 GT40350XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–19 400 GT40400XL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-25
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–20 500 GT40500XP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–21 630 GT40630XP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–22 800 GT40800XP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–23 1000 GT41000XP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6101–24 1250 GT41250XP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 190 a 240 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
Tabela 10-23. DETECÇÃO L-L (ENTRE FASE E FASE), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 220/380 – 230/400 – 240/416

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (4 Pólos : Detecção L–L (Entre Fase e Fase)) – Tensão Nominal 220/380 – 230/400 – 240/416
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–13 63 GT40063YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–14 100 GT40100YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–15 125 GT40125YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–16 160 GT40160YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–17 250 GT40250YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–18 350 GT40350YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–19 400 GT40400YL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-26
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–20 500 GT40500YP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–21 630 GT40630YP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–22 800 GT40800YP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–23 1000 GT41000YP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6102–24 1250 GT41250YP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 380 a 416 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
Tabela 10-24. DETECÇÃO L-N (ENTRE FASE E NEUTRO), 4 PÓLOS – TENSÃO NOMINAL 255/440 – 277/480

Número Global da
Ampères Identificador GTEC Descrição Tamanho/Peso Máx.
Peça
ATS Kit (4 Pólos : Detecção L–L (Entre Fase e Fase )) – Tensão Nominal 255/440 – 277/480
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–13 63 GT40063ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 63 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–14 100 GT40100ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 100 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–15 125 GT40125ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–16 160 GT40160ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 160 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–17 250 GT40250ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 250 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–18 350 GT40350ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 350 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–19 400 GT40400ZL7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 400 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 12 VCC

10-27
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–20 500 GT40500ZP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 500 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–21 630 GT40630ZP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 630 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–22 800 GT40800ZP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 800 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–23 1000 GT41000ZP7K interligados mecanicamente e dimensionados para 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 1000 A completa T.B.A.
com detecção de controlador F–F, – Sistema de Controle de 24 VCC
A unidade está equipada com um kit de chave de transferência automática completa com contatos de 4 pólos
0300–6103–24 1250 GT41250ZP7K intertravados mecanicamente e com capacidade nominal de 440 a 480 V entre fase e fase, 50/60 Hz, 125 A T.B.A.
completa com detecção fase-fase por controlador, – Sistema de Controle de 24 VCC
ESTA PÁGINA FOI DEIXADA EM BRANCO INTENCIONALMENTE

10-28
11. Desenhos Esquemáticos e Diagramas de
Fiação
FIGURA PÁGINA
Figura 11-1. Desenho esquemático da caixa de controle IP32 (63–125 A) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-3
Figura 11-2. Desenho esquemático da caixa de controle IP32 (200–500 A) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-4
Figura 11-3. Desenho esquemático da caixa de controle IP32 (630–1250 A) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-5
Figura 11-4. Desenho esquemático da caixa de controle IP54 (63–125 A) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-6
Figura 11-5. Desenho esquemático da caixa de controle IP54 (200–500 A) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-7
Figura 11-6. Desenho esquemático da caixa de controle IP54 (630–1250 A) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-8
Figura 11-7. Chave de transferência de construção aberta típica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-9
Figura 11-8. Diagrama de fiação da chave de transferência (detecção linha-neutro) (folha 1 de 2) . . . . . . . . . . 11-10
Figura 11-9. Diagrama de fiação da chave de transferência (detecção linha-linha) (folha 1 de 2) . . . . . . . . . . . 11-12
Figura 11-10. Conjunto do gabinete pequeno da chave de transferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-14
Figura 11-11. Conjunto do gabinete médio da chave de transferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-15
Figura 11-12. Conjunto do gabinete grande da chave de transferência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11-16

11-1
ESTA PÁGINA FOI DEIXADA EM BRANCO INTENCIONALMENTE

11-2
No. 300–6004 Sh 1 of 1
Rev. A Sys: Pro-E
Modified 6/2005

FIGURA 11-1. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE CONTROLE IP32 (63–125 A)

11-3
No. 300–6005 Sh 1 of 1
Rev. A Sys: Pro-E
Modified 6/2005
FIGURA 11-2. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE CONTROLE IP32 (200–500 A)

11-4
No. 300–6006 Sh 1 of 1
Rev. A Sys: Pro-E
Modified 6/2005

FIGURA 11-3. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE CONTROLE IP32 (630–1250 A)

11-5
No. 500–4559 Sh 1 of 1
Rev. A Sys: Pro-E
Modified 5/2006

FIGURA 11-4. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE CONTROLE IP54 (63–125 A)

11-6
No. 500–4560 Sh 1 of 1
Rev. A Sys: Pro-E
Modified 5/2006
FIGURA 11-5. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE CONTROLE IP54 (200–500 A)

11-7
No. 500–4561 Sh 1 of 1
Rev. A Sys: Pro-E
Modified 5/2006
FIGURA 11-6. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE CONTROLE IP54 (630–1250 A)

11-8
No. 300-6012 Sh 1 of 1
Rev. A Sys: Pro-E
Modified 6/2005

FIGURA 11-7. CHAVE DE TRANSFERÊNCIA DE CONSTRUÇÃO ABERTA TÍPICA

11-9
THIS IS A REPRESENTATIVE (GENERIC)
SCHEMATIC/WIRING DIAGRAM. FOR TROU-
BLESHOOTING, REFER TO THE SCHEMATIC
AND WIRING DIAGRAM PACKAGE THAT WAS
SHIPPED WITH THE TRANSFER SWITCH.

No. 630-2993 Sh 1 of 2
Rev. D Sys: Pro-E
Modified 6/2006

FIGURA 11-8. DIAGRAMA DE FIAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA (DETECÇÃO LINHA-NEUTRO) (FOLHA 1 DE 2)

11-10
THIS IS A REPRESENTATIVE (GENERIC)
SCHEMATIC/WIRING DIAGRAM. FOR TROU-
BLESHOOTING, REFER TO THE SCHEMATIC
AND WIRING DIAGRAM PACKAGE THAT WAS
SHIPPED WITH THE TRANSFER SWITCH.

No. 630–2993 Sh 2 of 2
Rev. D Sys: Pro-E
Modified 6/2006

FIGURE 11-8. DIAGRAMA DE FIAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA (DETECÇÃO LINHA-NEUTRO) (FOLHA 2 DE 2)

11-11
THIS IS A REPRESENTATIVE (GENERIC)
SCHEMATIC/WIRING DIAGRAM. FOR TROU-
BLESHOOTING, REFER TO THE SCHEMATIC
AND WIRING DIAGRAM PACKAGE THAT WAS
SHIPPED WITH THE TRANSFER SWITCH.

No. 630-2930 Sh 1 of 2
Rev. E Sys: Pro-E
Modified 6/2006
FIGURA 11-9. DIAGRAMA DE FIAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA (DETECÇÃO LINHA-LINHA) (FOLHA 1 DE 2)

11-12
THIS IS A REPRESENTATIVE (GENERIC)
SCHEMATIC/WIRING DIAGRAM. FOR TROU-
BLESHOOTING, REFER TO THE SCHEMATIC
AND WIRING DIAGRAM PACKAGE THAT WAS
SHIPPED WITH THE TRANSFER SWITCH.

No. 630–2930 Sh 2 of 2
Rev. E Sys: Pro-E
Modified 6/2006

FIGURE 11-9. DIAGRAMA DE FIAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA (DETECÇÃO LINHA-LINHA) (FOLHA 2 DE 2)

11-13
No. 300-6055 Sh 1 of 1
Rev. A Sys: Pro-E
Modified 6/2005
FIGURA 11-10. CONJUNTO DO GABINETE PEQUENO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA

11-14
No. 300–6056 Sh 1 of 1
Rev. A Sys: Pro-E
Modified 5/2005
FIGURA 11-11. CONJUNTO DO GABINETE MÉDIO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA

11-15
No. 300-6057 Sh 1 of 1
Rev. A Sys: Pro-E
Modified 6/2005

FIGURA 11-12. CONJUNTO DO GABINETE GRANDE DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA

11-16
(ELEVATOR PRE-TRANSFER). . . . . . . . . . . . . . . . . . (PRÉ-TRANSFERÊNCIA DO ELEVADOR)
(GENSET START) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . (PARTIDA DO GRUPO GERADOR)
(REMOTE TEST). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . (TESTE REMOTO)
(RETRANSFER INHIBIT) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . (INIBIÇÃO DE RETRANSFERÊNCIA)
(TRANSFER INHIBIT) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . (INIBIÇÃO DE TRANSFERÊNCIA)
1. CABINET TYPE: IP32 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1. TIPO DE GABINETE: IP32
1. CABINET TYPE: IP54 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1. TIPO DE GABINETE: IP54
1. WIRING IN 0.5 sq.mm. MIN. UNLESS
OTHERWISE STATED. 'A' SIZE IN
1.0 sq. mm. MIN. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1. ENTRADA DE FIAÇÃO MÍN. 0,5 mm2 EXCETO INDICAÇÃO EM
CONTRÁRIO. ENTRADA DA DIMENSÃO 'A' MÍN. 1,0 mm2
10. PREMIUM BATTERY CHARGER SHOWN
CONNECTED LINE-TO-LINE. PREMIUM
BATTERY CHARGER MAY ALSO BE
CONNECTED LINE TO NEUTRAL TO
SUIT ITS RATING. BATTERY CHARGER
ONLY APPLIED ON LINE TO NEUTRAL
CONNECTION.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10. CARREGADOR DE BATERIA PREMIUM MOSTRADO CONECTADO
ENTRE LINHA E LINHA. O CARREGADOR DE BATERIA PREMIUM
TAMBÉM PODE SER CONECTADO ENTRE LINHA E NEUTRO PARA
CORRESPONDER A SUA POTÊNCIA NOMINAL. CARREGADOR DE
BATERIA APLICADO APENAS EM CONEXÃO ENTRE LINHA E
NEUTRO.
12 VDC RELAY INSTALLED ASSY,
L-N SENSING. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONJ. INSTALADO DO RELÊ 12 VCC, DETECÇÃO L-N
12 VDC RELAY INSTL. ASSY. . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONJ. DE INST. DO RELÊ DE 12 VCC
2. ALL COMPONENTS CODED IN
ACCORDANCE WITH THIS DRAWING. . . . . . . . . 2. TODOS OS COMPONENTES CODIFICADOS DE ACORDO COM
ESTE DESENHO.
2. AMPERAGE SIZE: 160 AMP THROUGH
500 AMP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2. INTENSIDADE DA CORRENTE: 160 ATÉ 500 A
2. AMPERAGE SIZE: 63 AMP THROUGH
125 AMP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2. INTENSIDADE DA CORRENTE: 63 A ATÉ 125 A
2. AMPERAGE SIZE: 630 AMP THROUGH
1250 AMP . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 2. INTENSIDADE DA CORRENTE: 630 A ATÉ 1250 A
2. APPROX WEIGHT: 184 KG (406 LBS) . . . . . . . . . . 2. PESO APROX.: 184 KG (406 LBS)
2. APPROX WEIGHT: 48 KG (106 LBS) . . . . . . . . . . . 2. PESO APROX.: 48 KG (106 LBS)
2. APPROX WEIGHT: 65 KG (143 LBS) . . . . . . . . . . . 2. PESO APROX.: 65 KG (143 LBS)
24 VDC RELAY INSTALLED ASSY,
L-N SENSING. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONJ. INSTALADO DO RELÊ 24 VCC, DETECÇÃO L-N
24 VDC RELAY INSTL. ASSY. . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONJ. DE INST. DO RELÊ DE 24 VCC
3. APPROXIMATELY WEIGHT: 188KG. . . . . . . . . . . . 3. PESO APROXIMADO: 188 KG
3. APPROXIMATELY WEIGHT: 50 KG . . . . . . . . . . . . 3. PESO APROXIMADO: 50 KG
3. APPROXIMATELY WEIGHT: 65 KG . . . . . . . . . . . . 3. PESO APROXIMADO: 65 KG
3. CONTROL SIGNALS TO MAINS AND
STANDBY SWITCHES TO BE SELECTED
ACCORDING TO SYSTEM AND COIL
VOLTAGES EITHER L-N OR L-L.. . . . . . . . . . . . . . 3. SINAIS DE CONTROLE PARA AS LINHAS ELÉTRICAS E CHAVES DE
RESERVA A SER SELECIONADOS DE ACORDO COM AS TENSÕES
L-N OU L-L DO SISTEMA E DA BOBINA.
3. DIMENSIONS IN () ARE MILLIMETERS . . . . . . . . 3. AS DIMENSÕES EM () ESTÃO EM MILÍMETROS
4. ALL COMPONENTS SHOWN IN DE-
ENERGIZED POSITION. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4. TODOS OS COMPONENTES MOSTRADOS NA POSIÇÃO
DESENERGIZADA.
4. USE SEPARATE CONDUITS FOR CONTROL
WIRING AND POWER WIRING. DO NOT
COMBINE. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4. USE CONDUÍTES SEPARADOS PARA A FIAÇÃO DE CONTROLE
E PARA A FIAÇÃO DE ALIMENTAÇÃO. NÃO MISTURE.
5. GROUND WIRES SHALL BE GREEN WITH
YELLOW STRIPE. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5. OS FIOS DE ATERRAMENTO DEVEM SER VERDES COM FAIXA
AMARELA.
5. SHADED AREA INDICATES WIRING AND
CABLE ENTRANCE AREA. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5. A ÁREA SOMBREADA INDICA ÁREA DE ENTRADA DE FIAÇÃO
E CABOS.

11 - 17
5. SHADED AREA INDICATES WIRING AND
CABLE ENTRANCE AREA. DO NOT INSTALL
OUTSIDE OF SHADED AREA. . . . . . . . . . . . . . . . 5. A ÁREA SOMBREADA INDICA ÁREA DE ENTRADA DE FIAÇÃO E
CABOS. NÃO FAÇA INSTALAÇÕES FORA DA ÁREA SOMBREADA.
6. M2-EXERCISER CLOCK AND BATTERY
CHARGER ARE OPTIONAL.. . . . . . . . . . . . . . . . . 6. O RELÓGIO ACIONADOR M2 E O CARREGADOR DE BATERIA SÃO
OPCIONAIS.
7. ALL WIRES SHALL HAVE IDENTIFICATION
AT EACH END THAT SHOWS WHERE EACH
RESPECTIVE END IS CONNECTED. . . . . . . . . . 7. TODOS OS FIOS DEVEM TER IDENTIFICAÇÃO EM CADA
EXTREMIDADE QUE INDIQUE ONDE CADA EXTREMIDADE
RESPECTIVA DEVE SER CONECTADA.
8. ASW - SOURCE I POSITION AUX SW . . . . . . . . . 8. ASW - CHAVE AUX. DE POSIÇÃO DA FONTE I
9. FOR SINGLE PHASE, 3 WIRE OPERATION,
CONNECT WIRE FROM FM2 (MAINS LINE 21)
TO P3-7.. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9. PARA OPERAÇÃO MONOFÁSICA COM 3 FIOS, CONECTE O FIO
DE FM2 (LINHA 21 DAS LINHAS) NO P3-7
APPROX CENTER OF GRAVITY . . . . . . . . . . . . . . . . CENTRO DE GRAVIDADE APROX.
ASW2 - POLE 2 OF ASW . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ASW2 - PÓLO 2 DA ASW
ASWI - POLE I OF ASW . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ASWI - PÓLO I DA ASW
BATTERY CHARGER (OPTIONAL) . . . . . . . . . . . . . . CARREGADOR DE BATERIA (OPCIONAL)
BATTERY CHARGER (OPTIONAL) . . . . . . . . . . . . . . CARREGADOR DE BATERIA (OPCIONAL)
BSW - SOURCE 2 POSITION AUX SW . . . . . . . . . . . BSW - CHAVE AUX. DE POSIÇÃO DA FONTE 2
BSW2 - POLE 2 OF BSW . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . BSW2 - PÓLO 2 DA BSW
BSWI - POLE I OF BSW . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . BSWI - PÓLO I DA BSW
BUS_BAR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . BUS_BAR
CABINET ASSY . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONJ. DO GABINETE
CLOSE SOURCE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . FECHA FONTE
COMMON . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . COMUM
CONNECTOR-PLUG (5 PINS) . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONECTOR-PLUGUE (5 PINOS)
CONTROL-ASSY (L-L) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONJ. DE CONTROLE (L-L)
CONTROL-ASSY (L-N). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONJ. DE CONTROLE (L-N)
DECRIPTION . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . DESCRIÇÃO
DESCRIPTION . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . DESCRIÇÃO
DESCRIPTION OF MATERIAL . . . . . . . . . . . . . . . . . . DESCRIÇÃO DO MATERIAL
DESCRIPTION OR MATERIAL. . . . . . . . . . . . . . . . . . DESCRIÇÃO OU MATERIAL
DETAIL A SCALE 1/1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . DETALHE A ESCALA 1/1
DISPLAY-CONTROL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONTROLE DO MOSTRADOR
DOOR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . PORTA
ELEVATOR PRE-TRANSFER. . . . . . . . . . . . . . . . . . . PRÉ-TRANSFERÊNCIA DO ELEVADOR
ESR OPTIONAL ELEVATOR SIGNAL RELAY . . . . . . ESR RELÊ DE SINAL DO ELEVADOR OPCIONAL
EXTERNAL CLOCK (OPTIONAL) . . . . . . . . . . . . . . . RELÓGIO EXTERNO (OPCIONAL)
EXTERNAL CLOCK (OPTIONAL) M2 . . . . . . . . . . . . RELÓGIO EXTERNO (OPCIONAL) M2
EXTERNAL CLOCK INPUT . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ENTRADA PARA RELÓGIO EXTERNO
FIGURE 11-1. IP32 CONTROL BOX OUTLINE
DRAWING (63-125 AMPS) . . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-1. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE CONTROLE
IP32 (63-125 A)
FIGURE 11-10. TRANSFER SWITCH SMALL
CABINET ASSEMBLY . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-10. CONJUNTO DO GABINETE PEQUENO DA CHAVE DE
TRANSFERÊNCIA
FIGURE 11-11. TRANSFER SWITCH MEDIUM
CABINET ASSEMBLY . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-11. CONJUNTO DO GABINETE MÉDIO DA CHAVE DE
TRANSFERÊNCIA
FIGURE 11-2. IP32 CONTROL BOX OUTLINE
DRAWING (200-500 AMPS) . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-2. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE CONTROLE
IP32 (200-500 A)
FIGURE 11-21. TRANSFER SWITCH LARGE
CABINET ASSEMBLY . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-21. CONJUNTO DO GABINETE GRANDE DA CHAVE
DE TRANSFERÊNCIA
FIGURE 11-3. IP32 CONTROL BOX OUTLINE
DRAWING (630-1250 AMPS) . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-3. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE
CONTROLE IP32 (630-1250 A)
FIGURE 11-4. IP54 CONTROL BOX OUTLINE
DRAWING (63-125 AMPS) . . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-4. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE
CONTROLE IP54 (63-125 A)

11 - 18
FIGURE 11-5. IP54 CONTROL BOX OUTLINE
DRAWING (200-500 AMPS). . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-5. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE CONTROLE
IP54 (200-500 A)
FIGURE 11-6. IP54 CONTROL BOX OUTLINE
DRAWING (630-1250 AMPS). . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-6. DESENHO ESQUEMÁTICO DA CAIXA DE CONTROLE
IP54 (630-1250 A)
FIGURE 11-7. TYPICAL OPEN
CONSTRUCTION TRANSFER SWITCH . . . . . . . . FIGURA 11-7. CHAVE DE TRANSFERÊNCIA DE CONSTRUÇÃO
ABERTA TÍPICA
FIGURE 11-8. TRANSFER SWITCH WIRING
DIAGRAM (LINE-TO-NEUTRAL SENSING)
(SHEET 1 OF 2) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-8. DIAGRAMA DE FIAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA
(DETECÇÃO ENTRE LINHA E NEUTRO) (FOLHA 1 DE 2)
FIGURE 11-8. TRANSFER SWITCH WIRING
DIAGRAM (LINE-TO-NEUTRAL SENSING)
(SHEET 2 OF 2) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-8. DIAGRAMA DE FIAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA
(DETECÇÃO ENTRE LINHA E NEUTRO) (FOLHA 2 DE 2)
FIGURE 11-9. TRANSFER SWITCH WIRING
DIAGRAM (LINE-TO-LINE SENSING)
(SHEET 1 OF 2) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-9. DIAGRAMA DE FIAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA
(DETECÇÃO ENTRE LINHA E LINHA) (FOLHA 1 DE 2)
FIGURE 11-9. TRANSFER SWITCH WIRING
DIAGRAM (LINE-TO-LINE SENSING)
(SHEET 2 OF 2) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . FIGURA 11-9. DIAGRAMA DE FIAÇÃO DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA
(DETECÇÃO ENTRE LINHA E LINHA) (FOLHA 2 DE 2)
FOR CUSTOMER USE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . PARA USO DO CLIENTE
GENERATOR SUPPLY . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ALIMENTAÇÃO DO GERADOR
GENSET BATTERY. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . BATERIA DO GRUPO GERADOR
GENSET BATTERY (+) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . BATERIA DO GRUPO GERADOR (+)
GENSET BATTERY SUPPLY . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ALIMENTAÇÃO DA BATERIA DO GRUPO GERADOR
GENSET START . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . PARTIDA DO GRUPO GERADOR
GND . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . TERRA
GND (CABINET) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . TERRA (GABINETE)
GND (COMMON) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . TERRA (COMUM)
GND (DOOR) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . TERRA (PORTA)
HANDLE_LOCKING . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . HANDLE_LOCKING
ITEM . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ITEM
LABEL - GROUND . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ETIQUETA - ATERRAMENTO
LABEL - INFORMATION . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ETIQUETA - INFORMAÇÕES
LABEL_GROUND . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . LABEL_GROUND
LABEL-EC LISTED . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ETIQUETA DE CERTIFICAÇÃO DA CE
LABEL-INFORMATION . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ETIQUETA - INFORMAÇÕES
LABEL-INFORMATION . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ETIQUETA - INFORMAÇÕES
LATCH-CAM (3_POINT) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CAME DO TRINCO (3_POINT)
LEAD . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . TERMINAL
L-L CONTROLLER CURCIT
REFERENCE CARD . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CARTÃO DE REFERÊNCIA DO CIRCUITO CONTROLADOR L-L
L-N CONTROLLER CURCIT
REFERENCE CARD . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CARTÃO DE REFERÊNCIA DO CIRCUITO CONTROLADOR L-N
LOAD CONNECTIONS . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONEXÕES DE CARGA
MAINS SUPPLY . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ALIMENTAÇÃO ELÉTRICA
MRS (OPTIONAL MANUAL RESTORE.
REQUIRES A JUMPER BETWEEN TB 1-7
AND TB 1-8) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . MRS (RESTABELECIMENTO MANUAL OPCIONAL. REQUER UMA
PONTE ENTRE TB 1-7 E TB 1-8)
NAMEPLATE-TRANSFER_SW. . . . . . . . . . . . . . . . . . NOME DO PRATO-TRANSFER_SW
NAMEPLATE-TRANSFER_SW. . . . . . . . . . . . . . . . . . NAMEPLATE-TRANSFER_SW
NEUTRAL_BAR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . NEUTRAL_BAR
NOT USED . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . NÃO USADO
NOTE: . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . NOTA:
NOTE: FOR 4 POLE TRANSFER SWITCH,
NEUTRAL BAR AND STANDOFFS
(INSULATOR) ARE NOT REQUIRED. . . . . . . . . . . NOTA: PARA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA DE 4 PÓLOS, A BARRA DO
NEUTRO E O SEPARADOR (ISOLANTE) NÃO SÃO NECESSÁRIOS.
NUT-HEX (M5X-8) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . PORCA HEXAGONAL (M5X-8)

11 - 19
NUT-HEX (M6XI). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . PORCA HEXAGONAL (M6XI)
NUT-HEX (M8XI.25) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . PORCA HEXAGONAL (M8XI.25)
OPEN SOURCE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ABRE FONTE
OPERATION MANUAL . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . MANUAL DE OPERAÇÃO
PANEL-SWITCH MTG . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CHAVE MTG DO PAINEL
PART NUMBER . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . NÚMERO DA PEÇA
POLE 2 USED FOR CUSTOMER CIRCUITS . . . . . . PÓLO 2 USADO PARA CIRCUITOS DO CLIENTE
PREMIUM BATTERY CHARGER (OPTIONAL) . . . . . CARREGADOR DE BATERIA PREMIUM (OPCIONAL)
QTY. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . QUANT.
RELAY INSTL (12 VDC) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . INST. DO RELÊ (12 VCC)
RELAY INSTL (24 VDC) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . INST. DO RELÊ (24 VCC)
RELAY INSTL. (12 VDC) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . INST. DO RELÊ (12 VCC)
RELAY INSTL. (24 VDC) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . INST. DO RELÊ (24 VCC)
REMOTE OVERRIDE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CANCELAMENTO REMOTO
REMOTE TEST. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . TESTE REMOTO
RETRANSFER INHIBIT . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . INIBIÇÃO DE RETRANSFERÊNCIA
SCREW_LK FLANGE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . SCREW_LK FLANGE
SCREW-HH (M6XI X 20) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . PARAFUSO HH (M6XI X 20)
SCREW-HH_FLG (M8XI.25_X_18) . . . . . . . . . . . . . . PARAFUSO-HH_FLG (M8XI.25_X_18)
SCREW-HHC (M6XI X 20) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . PARAFUSO HHC (M6XI X 20)
SEE DETAIL A . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . VEJA DETALHE A
SEE NOTE 1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . VEJA NOTA 1
SOURCE 1 POSITION SENSOR . . . . . . . . . . . . . . . . SENSOR DE POSIÇÃO DA FONTE 1
STANDOFF (INSULATOR) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . SEPARADOR (ISOLANTE)
SWITCH AUXILIARY CONTRACTS . . . . . . . . . . . . . . CONTATOS AUXILIARES DA CHAVE
SWITCH MECHANISM . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . MECANISMO DA CHAVE
TABULATION . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . TABULAÇÃO
TAG_WARNING . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . TAG_WARNING
THIS IS A REPRESENTATION (GENERIC)
SCHEMATIC/WIRING DIAGRAM. FOR
TROUBLESHOOTING, REFER TO THE
SCHEMATIC AND WIRING DIAGRAM
PACKAGE THAT WAS SHIPPED WITH THE
TRANSFER SWITCH. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ESTA É UMA REPRESENTAÇÃO (GENÉRICA) DO DIAGRAMA
ESQUEMÁTICO/DE FIAÇÃO. PARA DETECÇÃO E RESOLUÇÃO
DE PROBLEMAS, CONSULTE O PACOTE DE DIAGRAMAS
ESQUEMÁTICOS E DE FIAÇÃO ENVIADO COM A CHAVE DE
TRANSFERÊNCIA.
TO GENERATOR . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . PARA O GERADOR
TRANSFER INHIBIT . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . INIBIÇÃO DE TRANSFERÊNCIA
TRANSFER SWITCH ASSY . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONJ. DA CHAVE DE TRANSFERÊNCIA
TRANSFER_SWITCH_ASSY . . . . . . . . . . . . . . . . . . . TRANSFER_SWITCH_ASSY
TS1311 CONTROLLER . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . CONTROLADOR TS1311
TS1311 PHASE TO NEUTRAL SENSING . . . . . . . . . DETECÇÃO ENTRE FASE E NEUTRO DO TS1311
WAHSER FLAT (M5). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ARRUELA LISA (M5)
WASHER-ETIT_LK (1/4). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ARRUELA DE APERTO (1/4)
WASHER-FL (M6). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ARRUELA LISA (M6)
WASHER-LK_SPLIT (M6) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ARRUELA-LK_SPLIT (M6)
WASHER-SPLIT_LOCK (M8) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . ARRUELA-SPLIT_LOCK (M8)
WIRE MARKING EXAMPLE . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . EXEMPLO DE MARCAÇÃO DE CABOS

11 - 20
Cummins Power Generation
1400 73rd Avenue N.E.
Minneapolis, MN 55432 EUA
1-800-888-6626
763-574-5000 Uso Internacional
Fax: 763-528-7229

Cummins é marca registrada da Cummins Inc.