Você está na página 1de 24

Planejamento Financeiro Pessoal

Descubra o Jeito Certo de Investir


A Rio Claro oferece este kit para você começar o seu
planejamento financeiro da forma certa, pensando na sua
estrutura atual e onde deseja chegar.  

Acreditamos que um planejamento financeiro deve trazer


segurança àquilo que precisa estar protegido, ser direcionado
aos objetivos de vida, garantir uma aposentadoria tranquila e
estar sempre alinhado ao perfil de cada pessoa.

Além disso, demonstraremos como transformar o seu


planejamento financeiro em estratégias de investimentos.
Índice

1. Introdução

2. Os 3 Pilares do Planejamento Financeiro

3. Segurança e Proteção

4. Objetivos de Vida

5. Independência Financeira

6. Como escolher seus Investimentos?

7. Ferramenta Planejamento Financeiro

8. Dica Final

9. Conclusão
Em primeiro lugar, queremos desmitificar a imagem do mercado financeiro como
um ambiente hostil. Ao contrário do que alguns pensam, o mercado financeiro
nem sempre está associado a riscos elevados e nem sempre  é tão rápido que
não possa ser acompanhado.

Para nós, investimentos são ferramentas que trazem mais tranquilidade à vida
das pessoas.

Hoje, temos acesso a muita informação e por ela somos bombardeados a todo
instante. Filtrar o que vai influenciar as nossas escolhas torna-se cada vez mais
difícil.

Um dos grandes benefícios de ter um bom planejamento é justamente entender


quais são as informações relevantes para você e quais são aquelas que pode
descartar.

Para isso, você precisa de um planejamento financeiro personalizado e adaptável.


Os 3 Pilares do
Planejamento Financeiro

É fundamental que você entenda que a sua vida financeira deve seguir um
método.

E a Rio Claro utiliza o método dos três pilares para compreender e planejar
os diferentes aspectos da vida financeira de cada pessoa.
Segurança e Proteção

O primeiro pilar é o da Segurança. Aqui identificamos aquilo que é mais


importante para você, portanto, deve ser protegido.

A pergunta é o que pode dar errado? Respondendo a esta pergunta descobrimos


o que pode ser feito hoje para proteger as pessoas e os bens que são
importantes para você.

Esse primeiro passo do planejamento financeiro garante que você esteja


totalmente seguro, sem receio de que fatos inesperados coloquem em risco o
seu futuro financeiro.

Vamos abordar os 4 principais pontos desse pilar.


Segurança e Proteção

Vamos abordar os 3 principais pontos desse pilar:

1. Reserva de emergência

Ter uma reserva de emergência é essencial em todas as etapas da vida financeira,


pois é importante ter ativos de fácil resgate para eventuais imprevistos. Uma
pesquisa da DataFolha/2017 revelou que 65% não dos brasileiros não têm uma
reserva de emergência adequada quer seja pelo caráter imediatista da nossa
cultura, quer seja por aplicar a totalidade dos recursos em ativos de longo prazo
e/ou de alto risco.

A realidade é que sem uma reserva adequada, o seu planejamento financeiro


está muito fragilizado, podendo ser impactado facilmente por imprevistos.

Se você é um profissional liberal, é importante ter uma reserva que sustente de 4


a 10 meses o seu custo de vida. Já para profissionais CLT, ou em posições mais
estáveis, basta ter uma reserva para cobrir de 3 a 6 meses o seu custo de vida.

Agora, onde guardar esse dinheiro?

Quando se   fala de reserva de emergência muitos se lembram da poupança.


Embora o foco da reserva seja liquidez e não rendimento, existem outras
alternativas muito mais atrativas com boas rentabilidades, baixo risco e resgate
diário.

Dito isso, sua reserva de emergência deve ser um investimento de resgate fácil,
rápido e sem custos. Algumas opções interessantes são: Tesouro SELIC, Fundos
DI e bons CDBs sem carência. Se o valor necessário para sua reserva for
considerável, uma boa opção pode ser dividir uma parte no próprio banco para
eventuais emergências, mesmo com um rendimento menor e outra parte na
corretora.
Segurança e Proteção

2. Seguros Pessoais e Familiares

Seguros pessoais e familiares - Esse tipo de  seguro é muito importante, pois


ele protege a principal máquina de geração de dinheiro da sua vida financeira:
você mesmo!

Seguro de vida ou cobertura por morte - É essencial para pessoas que


possuem dependentes e contribuem com a principal fonte de renda da casa,
pois garante uma renda durante um determinado período, capaz de auxiliar na
reestruturação financeira da família na falta de seu provedor.

Seguro de invalidez - Para caso de acidente ou doenças que o(a) impeça de


voltar à  função. Esta cobertura contribui para sua reestruturação e adaptação a
uma nova realidade.

Seguro para doenças graves - Auxilia sua reestruturação financeira e o


pagamento dos altos custos em casos de doenças graves.

O DIT (Diária de Incapacidade Temporária) ou Seguro de invalidez


temporário - Garante que você tenha o pagamento de diárias, desde que fique
comprovada sua total, porém temporária, incapacidade de trabalho por
consequência de doença ou acidente pessoal. Ideal para quem depende da
integridade física para receber a renda no fim do mês.

Atenção! Seguros, embora muitas vezes essenciais, são um gasto,


nunca investimentos. O importante é estar devidamente protegido,
mas também gastando o mínimo possível para isso. Pesquise e
compare preços de seguradoras renomadas para seu seguros
profissionais e pessoais, de preferência fora dos grandes bancos.
Segurança e Proteção

3. Seguros Profissionais

Este seguro é para quem entende que pode colocar terceiros em risco com
eventual prejuízo decorrente de erro profissional, ainda que involuntariamente.

Vem ganhando cada vez mais adeptos no meio corporativo e médico, evitando
que o contratante tenha seu patrimônio abalado por algo que, muitas vezes, foge
de seu controle no ambiente de trabalho e causa dano a terceiros.

O intuito deste seguro é resguardar o profissional de processos judiciais,


reembolsando-o de possíveis danos, caso seja acusado(a) de cometer algum erro,
cobrindo os custos relacionados à defesa, custeio de  indenizações ou acordos
decorrentes de ações judiciais.

4. Seguros Patrimoniais

Após proteger a si mesmo é sempre importante proteger os seus bens,


especialmente aqueles que muitas vezes são parte significativa do seu patrimônio
e, em caso de problemas, geram um grande transtorno financeiro.

Estamos acostumados a assegurar o carro, mas existem diversos outros bens que
podem ser assegurados, o principal deles, que por vezes é negligenciado, é o
imobiliário. Embora problemas com imóveis sejam mais raros, e por esse motivo
sua cobertura costuma ser mais barata, quando acontecem podem levar seu mais
valioso bem.
Objetivos de Vida

Método SMART

Dinheiro serve para ser gasto, mas isso deve ser feito de forma responsável.
Grandes objetivos exigem planejamento! Gastar no presente é abrir mão de algo
no futuro, o que pode ser  bom ou ruim, o importante é saber do que está abrindo
mão.

Na Rio Claro usamos o método


SMART para definir as metas e
começar o planejamento dos
nossos clientes.

É uma metodologia simples que


ajuda a dar o primeiro passo para
alinhar os objetivos de vida aos
investimentos financeiros,
transformando esses objetivos
em metas, valores e prazos.
Literalmente colocando tudo na
ponta do lápis.

Isso vai ajudar a dimensionar seu


esforço mensal para cada
objetivo e gerar um mapa para
tomar decisões mais precisas.

A ferramenta é um acrônomo
formado pelos termos em inglês:
Specific, Measurable, Achievable,
Realistic e Time-based. Vamos
entender cada um desses
pontos?
Objetivos de Vida

Método SMART

Specific ou específico - Seus objetivos devem ser facilmente entendidos. Dê um nome


ao seu objetivo. “Quero viajar mais” não seria bem um objetivo específico. Agora, ao
dizer “Quero uma viagem internacional por ano”  você entende melhor o que deseja.

Measurable ou mensurável - defina de que maneira avaliar o alcance desses objetivos!


Quanto ele custa?

Realistic ou Relevante - Você pode ter dezenas de objetivos financeiros, mas é difícil
persegui-los todos ao mesmo tempo. Foque nos mais importantes e torne claro o
propósito desses desejos e seus benefícios. É isso que vai motivar você a alcançá-los.

Time-based ou Tempo definido - Quando quer atingir os objetivos? Defina um prazo.


Desta maneira vai conseguir dimensionar o esforço mensal necessário para realizá-los.

Percebemos que seguindo esses critérios os objetivos se tornam mais palpáveis, sua
efetividade aumenta e o planejamento se torna mais simples.

S eSpecífico
M Mensurável
A Atingível
R Relevante
T Tempo definido
Objetivos de Vida

Método SMART

É importante organizar todos os seus objetivos de curto (até 1 ano), médio (de 1 a 5
anos) e longo prazo (mais de 5 anos). Avalie a relevância de cada um, listando-os por
ordem de importância, sendo o primeiro o mais importante e assim por diante.

Colocamos aqui um exemplo de como definir um objetivo.

S
Apartamento dos sonhos
M
Valor inicial: R$70.000 (valor que tenho
guardado hoje para este fim)
A
Valor total do Apartamento: R$1.500.000
R
Minha maior prioridade hoje
T Prazo: 7 anos

Agora, com os cálculos configurados na planilha que disponibilizamos no kit,


você sabe que precisa poupar R$ 6.569,34 por mês para comprar seu
apartamento em 7 anos. Segue o exemplo na planilha.

Fazendo isso para cada objetivo fica simples equilibrar, priorizar e descobrir
quanto e onde poupar mensalmente.

Ao final, seus objetivos tornam-se um mapa para tomar decisões financeiras.


Acompanhando seus investimentos você saberá quão perto está de alcançar
cada objetivo.
Independência Financeira

Existe um objetivo que deve estar presente em todos os planejamentos, a


independência financeira. Desfrutar de um futuro sem preocupações com o
trabalho e as finanças traz muita tranquilidade.

Se aposentar sem depender de terceiros e do governo é muito mais simples do


que muitos imaginam.

A aposentadoria é como uma maratona na qual todos precisam percorrer. E


quanto mais cedo for a largada, mais tranquila será a chegada.

Comece a planejar a longo prazo. Com disciplina e paciência você vai conquistar
sua independência financeira.

Poupar para conquistar independência financeira deve ser algo constante, feito
sempre em ativos separados dos outros. Com o tempo irá se tornar seu maior
patrimônio e melhor investimento. Uma dica é fazer uma programação
automática a longo prazo.
Independência Financeira

O primeiro passo para começar a planejar sua aposentadoria é decidir quando


quer aposentar e quanto de renda passiva deseja ter.

Usando a mesma metodologia SMART dos outros objetivos fica fácil descobrir
quanto você precisa poupar mensalmente.

Se você está começando, provavelmente está focado em projetos de curto e


médio prazo, como comprar um carro ou imóvel e viajar.

No entanto, é essencial que esteja sempre separando uma parte do seu


dinheiro para sua independência financeira. O pouco hoje se transforma em
fortunas no futuro.

No início será uma parte pequena do seu patrimônio. Ela deve estar
separada de tudo. Com o passar dos anos irá se tornar seu maior
bem, logo precisa ser muito bem cuidado e com uma boa
e diversificada carteira de investimentos você
irá ter seu maior retorno.
Como escolher seus Investimentos?

Como todo esse planejamento financeiro se tornam estratégias de


investimentos? Vamos te mostrar! Mas antes, precisamos passar por alguns
conceitos básicos que todo investidor precisa compreender. Os três principais
pontos para levar em consideração ao avaliar um investimentos é a liquidez,
risco e rentabilidade, sendo estes fundamentais para uma escolha consciente e
mais assertiva.

Liquidez

Liquidez é um dos dados mais importantes para selecionar investimentos. Ela


representa a velocidade em que o  investidor pode resgatar o valor investido.
Quanto maior a liquidez de um investimento, maior a chance do investidor
resgatá-lo a qualquer momento, sem a necessidade de aguardar o vencimento
daquele ativo.

Por isso, é essencial saber quando você vai precisar do seu dinheiro, isso
influencia na decisão de ativos, nível de risco e tributação.
Como escolher Investimentos?

Risco

Existem dois tipos de risco:

O risco estrutural, que está ligado à possibilidade da instituição não cumprir suas
obrigações. Esse é bom evitar sempre que possível! A CVM, ANBIMA e outros órgãos
que fazem parte do sistema financeiro nacional fiscalizam constantemente os agentes
para certificar que as regras estão sendo cumpridas, o que diminui, mas não anula o
risco.

Neste material, sempre que falamos do risco de um investimento, estamos nos


referindo à  volatilidade, ao grau de incerteza quanto ao retorno de um
investimento e ao seu preço que varia ao longo do tempo.

Investir bem é a ciência de atingir o melhor equilíbrio entre Risco x Retorno dos seus
investimentos. Nesse ponto a volatilidade pode ser sua amiga, mas é essencial que
esteja alinhada com seus objetivos. Portanto, esteja preparado e ciente de que ela faz
parte do processo. Também é importante entender muito bem o seu perfil de risco e
dos seus objetivos e encarar as altas e baixas do mercado, afinal, é preciso estar
preparado, caso contrário, tomará decisões precipitadas.

Rentabilidade

A rentabilidade de um investimentos é o retorno que um determinado investimento


oferece ou tende a oferecer ao investidor ao longo de determinado período.

Normalmente quanto mais seguro for um investimento, melhor as chances de obter


rentabilidades melhores.
Como escolher seus Investimentos?

Com seus objetivos, prazos e valores definidos fica mais simples selecionar os
investimentos certos para seu planejamento financeiro.

Porque todas essas informações são importantes para selecionar os ativos?

Esses pontos serão essenciais para avaliar a liquidez desejada para certo ativo, o risco
que vale a pena correr e, consequentemente, a rentabilidade que você consegue com o
investimento.

Liquidez - O prazo para alcançar seu objetivo indica a liquidez necessária do
investimento.

Risco - Unir o prazo e a relevância te ajudará a avaliar o risco que você pode ou deve se
expor. Alguns objetivos são essenciais, logo, você não pode correr riscos com esse
dinheiro, especialmente em curto prazo. Para outros, menos importantes, ou com valor
flexível, podemos investir em ativos mais voláteis.

Acesso - Além disso, saber o valor que você precisa poupar mensalmente e o valor de
investimento inicial é essencial para entender se você terá acesso a certos ativos, pois,
alguns exigem aporte mínimo ou mínimo de transferência mensal.

Essas informações e muitas outras são de fácil acesso na plataforma da sua corretora
ou site da instituição. Na Rio Claro, usamos a plataforma da Genial Investimentos para
realizar a gestão dos ativos dos nossos clientes. Tiramos um print da tela, onde se
encontram algumas informações.

Tipo de Aporte mínimo Acesse aqui mais


Perfil de
Risco investimento informações e lâmina
completa do ativo!
Como escolher seus Investimentos?

Tipo de Investimentos

Tesouro SELIC - O Tesouro Selic é um título emitido pelo Tesouro Nacional atrelado à Taxa
Selic, considerado a porta de entrada no mundo dos investimentos no Brasil. É o ativo mais
seguro da economia e está sempre se valorizando, não tem como errar aqui.

Tesouro IPCA/Prefixados - Esses títulos, embora tenham rentabilidade garantida no


vencimento, podem apresentar alta volatilidade ao longo do caminho, à medida que as taxas
e juros flutuam no mercado. São ativos bem mais complexos que o Tesouro SELIC mas
podem pagar muito mais em alguns momentos, se usado de maneira incorreta podem
acarretar em grandes perdas. Invista com consciência e direcione esse tipo de investimento
para objetivos de médio a longo prazo.

Títulos Privados (CDBs, LCIs, LCAs) - São produtos de renda fixa garantidos pela instituição
financeira emissora, o risco é a saúde financeira da instituição. Graças ao Fundo Garantidor
de Crédito (FGC) esses títulos são bastante seguros. No seu banco costumam render muito
pouco, porém têm liquidez alta. Nas corretoras, que distribuem títulos de instituições
menores, podem render muito mais que outros ativos desse tipo, porém, normalmente têm
liquidez maior. Isso pode pode lhe custar muito se perder oportunidades ou precisar do
dinheiro para emergências. Use com sabedoria!

Fundos de Renda Fixa - São aqueles destinados a investir ao menos 80% dos recursos em
ativos de renda fixa diversos.  Esse tipo de investimento pode ser uma excelente maneira de
conseguir rendimentos melhores que o do Tesouro sem abrir mão da liquidez como nos
CDBs.

Ações - Quando uma empresa decide abrir seu capital, você tem a possibilidade de comprar
ações, dando direito sobre ativos e lucros da empresa. É um ativo muito complexo, que
pode lhe transformar em milionário ou te fazer perder tudo! Estude muito e tenha tempo
para focar nisso antes de se aventurar. Algumas dicas são: comece sempre com pouco, seja
humilde e pense a longo prazo.
Como escolher seus Investimentos?

Tipo de Investimentos

Fundos Imobiliários - Fundos imobiliários é uma maneira muito mais simples e barata de
investir no mercado de imóveis (e em muitos casos mais rentável que investir em um
imóvel). Quando você compra a cota de um fundo está comprando uma pequena parte de
um empreendimento imobiliário. É um ótimo ativo para quem quer gerar uma renda
mensal, paga com isenção de imposto de renda. É um ativo menos volátil que ações, porém
ainda um pouco arriscado.

Fundos multimercados ou de ações - Um fundo multimercado é uma categoria de fundos


de investimento atrelado à aplicações de vários mercados, como renda fixa, ações, câmbio,
entre outros. É uma forma mais simples de investir em renda variável, delegando as difíceis
decisões para profissionais do mercado financeiro. Fundos de ações precisam ter pelo
menos 67% em ações, o que garante uma tributação mais vantajosa.

Previdência PGBL e VGBL - Ao aplicar previdência privada, existem duas modalidades, a


PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre), que
diferem quanto à tributação dos rendimentos e ao diferimento fiscal. Investir em previdência
para nós é uma maneira de investir em fundos, porém com regras  tributárias diferentes.

A previdência privada pode ser mais vantajosa a longo prazo e, em geral, é sempre pior a
curto prazo. A Previdência PGBL tem regras parecidas com VGBL, mas oferece desconto no
imposto de renda para quem tem alta renda tributável. Se você declara imposto no formato
completo terá muito retorno.

Entenda bem qual regime é ideal para o seu contexto. A escolha do regime para sua
aposentadoria é de extrema importância e pode ser bastante complexa. Existem algumas
armadilhas no mercado financeiro que levam investidores a tomarem decisões erradas,
portanto, invista apenas se tiver total segurança no que está fazendo, ou procure um
especialista independente para aconselhar como planejar sua previdência, pois um erro
pode custar muito caro lá na frente.

Investimentos no exterior - Ao atingir todos os principais objetivos no país em que mora e


construir um bom patrimônio, é hora de diversificar em outros países. Na Rio Claro,
recomendamos investir no exterior somente quando tiver a oportunidade de investir pelo
menos 10.0000 dólares, pensando sempre a longo prazo.
Resumindo...

No final das contas, toda a análise dos 3 pilares se tornam estratégias de


investimentos. Resumimos aqui os principais pontos de cada pilar!

Definidas as suas metas e, consequentemente, Independência Financeira:


o valor de poupança mensal, o grande segredo
é sempre pagar a si mesmo antes de tudo, Com quantos anos quer se aposentar?
Segurança e Proteção:
sempre que receber sua renda, alocando-a em Qual renda passiva deseja ter na sua
diferentes investimentos, de acordo com aposentadoria?
Encontre seguradoras renomadas para seu
diferentes objetivos.
seguros pessoal e profissional. De preferência
Tente não contar com outras fontes, como INSS
fora dos grandes bancos. Compare preços e
Objetivos de Curto Prazo:  ou aposentadoria pública. Elas são muito
saiba que os seguros, embora sejam essenciais,
Recomendamos investimentos estáveis com alta incertas e devem ser consideradas como um
são gastos e não investimentos.
liquidez, como os investimentos em renda fixa: extra no futuro. 
LCA, LCI e CDB.
Reserva de emergência:
Se você possui alta renda é tributável pense em
Foco na liquidez, use investimentos de renda
Objetivos de Médio Prazo: decisões que podem reduzir seu Imposto de
fixa.
Já pode ter uma liquidez menor, o que aumenta renda, como um bom PGBL.
a rentabilidade. Fundos de Investimentos Renda
Reserva deve ser entre 3 a 6 meses do custo de
Fixa ou Fundos de Investimento Multimercado. No início, para a independência financeira dos
vida. 
nossos clientes recomendamos Renda Fixa,
Objetivos de Longo Prazo:  Multimercado, e Previdência Privada.
Uma boa reserva deve ser construída em até 3
É no longo prazo que investimos bem e com
anos, se você ainda não tiver um saldo inicial
liberdade.O mais importante é ter uma carteira Com o tempo, esse será seu maior patrimônio e
para isso.
de investimentos diversificada. Saber fazer um você precisará ter uma carteira eficiente de
mix de investimentos é um dos segredos para investimentos. Esta será a hora de procurar um
conseguir a melhor rentabilidade a longo prazo. profissional!
Ferramenta Planejamento Financeiro

Disponibilizamos uma ferramenta gratuita para ajudar você a dimensionar a sua


segurança financeira, planejar seus objetivos e calcular sua aposentadoria.
Aproveite!

Encontre o link da planilha junto ao e-book em seu e-mail. Se ainda não baixou a


sua planilha, clique aqui!

Todas as instruções estão na primeira aba da planilha.

Preencha as informações iniciais na segunda aba e acesse os resultados e


sugestões para o seu planejamento na terceira aba.
Dica Final!

No Brasil, existe o Órgão CVM (comissão de valores mobiliários) que


regulamenta o mercado financeiro. Os principais profissionais regulados pela
CVM são agentes autônomos de investimentos, consultores de valores
mobiliários e administradora de carteiras.

Todos esses profissionais são dedicados a auxiliar os investidores. Para


melhorar a qualidade dos seus investimentos, consulte um Agente Autônomo de
Investimentos para entender mais sobre algum produto em questão.

Agora, se procura construir uma estratégia de investimentos personalizada,


para entender seu cenário e descobrir qual melhor forma de aplicar seus
recursos, utilize o mercado financeiro de forma mais ampla, procurando um
consultor CVM ou uma Gestora, pois são capacitados e legalmente
autorizados a recomendar investimentos.
Conclusão

Esperamos que este kit possa ajudar você a realizar seu planejamento financeiro pessoal e
familiar da forma correta e a ter uma vida mais próspera e tranquila. É muito importante que
comece a planejar a sua vida financeira de forma estratégica, pensando no agora e no futuro.

Queremos compartilhar esse conhecimento para o máximo de pessoas possível. Ajude-nos


a fazer isso divulgando este link.

A Rio Claro investimentos é uma empresa de planejamento financeiro pessoal e familiar e


gestão de investimentos. Somos independentes de qualquer outra instituição financeira, ou
seja, não recebemos comissão sobre os investimentos que indicamos. Isso elimina conflito de
interesses e nos dá a liberdade de sempre defender o que é melhor para cada um dos nossos
clientes. Assim, você terá sempre a certeza de que seu patrimônio está sendo bem cuidado e
evoluindo conforme seu perfil e objetivos de vida.

Os principais benefícios que entregamos para os nossos clientes são:

Confiança para tomar decisões com segurança


Clareza para sua aposentadoria
Plano claro de como atingir seus objetivos
Mais tempo para aproveitar a sua vida

Saiba mais sobre os nossos serviços clicando aqui!


Obrigado!

rioclaro.com.br
@rio.claro
contato@rioclaro.com.br