Você está na página 1de 3

OFICINA DE PRÁTICO DE

CONJUNTO IMPROVISAÇÃO

Feira de Santana
2019
Apresentação
O projeto Jam na Cuca, idealizado pelos músicos do Grupo Quaternária,
o pianista Tito Pereira e a produtora Juliana Oliveira, desde o ano de 2014 vem
cumprindo seu principal objetivo: fomentar e fortalecer a cena da música
instrumental na cidade de Feira de Santana.

Ao longo desses quatro anos o projeto alcançou um púbico fiel e já fez


história na cidade ao trazer importantes nomes da música instrumental baiana
ao palco do Teatro de Arena do CUCA e por ter se firmado no calendário
cultural da cidade como um evento contínuo e cada vez mais forte, se
transformando em um importante marco para a cultura local.

O projeto se consubstancia na apresentação musical de uma banda base,


formado por cinco integrantes (piano, acordeon, guitarra, bateria e contrabaixo)
e caracteriza-se pela possibilidade de participação de músicos previamente
convidados, como também de músicos que frequentarem o espetáculo, de modo
a agregar talentos e fazer uma simbiose com o público, bem ao espírito de uma
verdadeira Jam Session.

As apresentações acontecem mensalmente, sempre aos domingos, em


datas a serem definidas a depender da disponibilidade de pautas do teatro. Os
portões abrem às 17h e o show inicia por volta de 17:30h, finalizando às 20:00h

Justificativa
A música instrumental é uma prática que tem como principal
característica a improvisação, o momento no qual a expressão das ideias
musicais ficam mais nítidas. Sendo assim, com intuito de promover a formação
musical no concerne o ato de improvisar, entretanto é preciso

Objetivos
O principal objetivo da oficina será de preparar os músicos para a
prática da improvisação, dando ferramentas para que a partir da vivência nas
aulas os alunos possam se desenvolver nessa área da música, tão fascinante.
Como metas paralelas, destacam-se as seguintes:
 Oferecer visibilidade ao trabalho do músico na performance individual.
 Integração da atividade artística no Projeto Pedagógico Escolar, a partir
da Disciplina Artes;
 Estimular a participação dos alunos nos ensaios, reconhecendo estes
como atividades a serem avaliadas na Disciplina Artes;
 Aproximar os pais das atividades escolares, acompanhando o trabalho de
seus filhos no período de apresentações artísticas.

Realização e Metodologia
Inicialmente, reforça-se que o presente projeto deverá ser acontecer
durante um mês, serão 4 encontros, onde a cada sábado, será ministrado na
oficina um tema específico, relacionado a improvisação. Com uma
apresentação ao final do grupo de alunos da oficina de prática de conjunto.

1) material necessário à Oficina


Será necessário, cada participante da oficina trazer o seu instrumento

2) Definição do Plano de Atividade


.

Cronograma
Como requisito do Programa Mais Cultura nas Escolas, os projetos
devem acontecer no período de seis meses. Abaixo, segue uma proposta de
cronograma relativo, com base no momento de início do projeto:

Data Atividade Inicio fim

Recursos e Orçamento
Card

Interesses relacionados