Você está na página 1de 26

Manual de Operação e Configuração – MTV1

Monitoramento Volumétrico

Manual do Usuário
Monitoramento Volumétrico – MTV1

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 1 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

Sumário

1. INTRODUÇÃO. ............................................................................................4

1.1. Visão geral - Painel ........................................................................................... 4

1.2. Características Gerais - Impressora. ................................................................. 5

1.3. Abastecimento de papel .................................................................................... 6

1.4. Comunicação ..................................................................................................... 7

1.5. Teclado. ............................................................................................................. 7

1.5.1 Vista geral do teclado de navegação. ............................................................. 7

1.6. Funções ............................................................................................................. 8

1.7. Teclas de acesso rápido. ................................................................................... 8

2. FUNÇÕES DE USUÁRIO ............................................................................8

2.1. Medir todos os tanques...................................................................................... 9

2.2. Medição individual ........................................................................................... 10

2.3. Recebimento de produto .................................................................................. 10

2.4. Inventário de produto. ...................................................................................... 11

3. MEDIÇÕES PROGRAMADAS .................................................................. 12

3.1. Visualizar medições ......................................................................................... 12

3.2. Imprimir medições ........................................................................................... 13

3.3. Horários programados ..................................................................................... 13

3.4. Programar novo horário ................................................................................... 13

3.5. Consultar memória........................................................................................... 14

4. SENSORES DE VAZAMENTO .................................................................. 14

4.1. Visualizar eventos ............................................................................................ 14

4.2. Imprimir eventos .............................................................................................. 15

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 2 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

4.3. Visualizar configurações dos sensores ............................................................ 15

4.4. Imprimir configuração ...................................................................................... 15

4.5. Ocorrência de Sensor e Alarme (visual e audível) ........................................... 16

5. FUNÇÕES ESPECIAIS .............................................................................. 18

5.1. Medição Contínua ............................................................................................ 18

5.2. Calibração por Encerrante ............................................................................... 18

5.3. Teste de sondas .............................................................................................. 19

5.4. Teste de sensores ........................................................................................... 19

6. CONFIGURAÇÕES.................................................................................... 20

6.1. Inserir Coeficiente de expansão térmica .......................................................... 20

6.2. Tabela de Valores – Produto x Coeficiente de exp. Volumétrica. ..................... 21

6.3. Alterar Data/Hora ............................................................................................. 21

6.4. Definir produto ................................................................................................. 22

6.5. Configuração de comunicação Micro/Impressora Térmica ............................... 22

6.6. Impressão de relatório de recebimento ............................................................ 23

7. DEFINIR ALARMES DE MONITORAMENTO VOLUMÉTRICO. ............... 23

7.1. Visualizar alarmes configurados ...................................................................... 23

7.2. Configuração de alarme: Níveis de água ......................................................... 24

7.3. Configuração de alarme: Nível de produto baix ............................................... 24

7.4. Configuração de Alarme: Nível de produto alto ................................................ 25

7.5. Inicialização dos alarmes ................................................................................. 25

7.6. Alteração de densidade ................................................................................... 25

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 3 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

1. Introdução.

Parceiro tecnológico do posto, o Painel de Controle Telemed MTV1, permite medir e controlar, local
ou remotamente, até 16 tanques e monitorar até 32 sensores de vazamento.
Disponibiliza, ao operador, facilidades operacionais que agilizam e simplificam o monitoramento dos
tanques.
O visor é iluminado e a impressora oferece ao cliente, registros impressos com data e hora, de
entrada, saída estoque e vazamento de combustíveis. Também possibilita a automatização de
processos, tais como recebimento de combustível, impressão das medições e de relatórios, alarmes
sonoros e visuais de volume e de vazamento e monitoramento de água no lastro do tanque.
Possui memória não volátil que armazena as últimas 3.000 medições.

1.1. Visão geral - Painel

Tela LCD com iluminação.

Teclado
alfanumerico
e teclas de
acesso rápido

Impressora térmica.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 4 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

1.2. CARACTERÍSTICAS GERAIS - IMPRESSORA.

Permite ao operador a impressão dos resultados das medições e de diversas informações,


facilitando o registro de todas as funções executadas, possibilitando ao proprietário do posto de
gasolina uma AUDITORIA DE OPERAÇÃO. Veja o módulo impressor destacado abaixo, para facilitar a
visualização.

Pausar a Botão para


impressão avançar o papel
ou inativar a
impressora
Luz de estado

Ao pressionar o
botão de pausa, a
luz de estado
permanecerá acesa
sem interrupções.
O equipamento não
irá imprimir nenhum
tipo de conteúdo.

Cuidados:
 - Não deixe a bobina de papel ou resultados impressos expostos ao sol, calor
ou umidade. Essa exposição poderá danificar tanto a bobina de papel como os
resultados impressos.

 - O papel utilizado é especial, pois possui um tratamento químico específico


para ser usado em impressoras térmicas.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 5 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

1.3. ABASTECIMENTO DE PAPEL

1 2

Puxe a aba
para
abertura
da tampa.

Insira a bobina na
impressora com a
face de impressão
voltada para cima,
caso contrário, o
conteúdo não será
impresso.

Caso a impressora
execute a impressão,
mas não apresente
Feche a tampa e caracteres impressos,
certifique-se que a inverta a posição da face
impressora está da bobina de papel.
com a luz Confirme a impressão
piscando repetindo a operação.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 6 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

1.4. COMUNICAÇÃO

A comunicação do equipamento é feita via serial RS232 a qual permite conexão com o
computador e com sistemas de automação.
A conexão com o computador permite ao operador controle total do equipamento a distância e
utilizando a comunicação TCP, é possível verificar todas as informações do equipamento em qualquer
lugar utilizando a internet.

1.5. TECLADO.

1.5.1 Vista geral do teclado de navegação.

O teclado é constituído por duas partes: teclado alfanumérico e teclas de acesso rápido, que
permite o operador acessar funções essenciais apenas com um toque.

Alfa numérico Teclas de


acesso rápido

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 7 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

1.6. FUNÇÕES
Teclas de navegação.

Estas teclas permitem que o usuário navegue pelas funções.

Mover cursor para cima.

Mover cursor para baixo.

Acessar menu de funções.

Retornar.

1.7. TECLAS DE ACESSO RÁPIDO.

Medição de um tanque. Consultar últimas medições


na memória.

Medição de todos os
tanques. Silenciar alarmes.

Efetuar recebimento manual. Imprimir.

Horário programado.

2. Funções de Usuário

As funções disponíveis estão descritas abaixo, no menu principal e nos sub-menus de


orientação.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 8 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

2.1. MEDIR TODOS OS TANQUES

A Medir tds os Tqs

Mede todos os tanques instalados e ativos no console.

Volume
Corrigido

Volume Complementar
Volume

Caso a impressora interna esteja configurada, após a medição de cada tanque, o resultado será
impresso. Caso contrário, será perguntado se deseja imprimir (sim ou não).

A seguir todos os tanques são medidos. Cada medição de tanque é apresentada na tela a impressão
será realizada ou não, de acordo com a configuração de comunicação ou opção do usuário.

Os resultados são armazenados na memória, permitindo a sua consulta após a medição dos
tanques.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 9 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

2.2. MEDIÇÃO INDIVIDUAL

B Medir um Tanque

Mede individualmente todos os tanques instalados e ativos no console


Caso a impressora interna esteja configurada, após a medição do tanque, o resultado será
impresso.
É solicitado o número do tanque a ser medido.
Após a digitação do número do tanque, pressione a tecla “ENTRA” e aguarde a medição do tanque.
A medição de tanque é apresentada na tela e a impressão será realizada ou não, de acordo com
a configuração de comunicação.
O resultado é armazenado na memória, permitindo a sua consulta após a medição do tanque. O
resultado medido também poderá ser impresso utilizando a função “IMPRIMIR”.

2.3. RECEBIMENTO DE PRODUTO

C Receber Produto

Função para receber produto manualmente.


Caso a impressora interna esteja configurada, após a medição do tanque, o resultado será
impresso.
É solicitado o número do tanque que irá receber o produto.
Após a digitação do número do tanque, pressione a tecla “ENTRA”, e aguardar a medição do
tanque.
Após a medição do tanque é apresentada a mensagem na tela “Aperte uma tecla após o recebimento”.

Quando descarregamento do produto estiver concluído, o operador deverá aguardar 5 minutos,


para que ocorra a estabilização do produto no tanque.
A seguir deverá pressionar uma tecla qualquer, aguardar a medição do tanque e em seguida a
apresentação do volume de produto recebido na tela.
O resultado do recebimento também poderá ser impresso utilizando a função “IMPRIMIR”

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 10 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

Recebimento Automático

Este recebimento não precisa de intervenção do operador. O equipamento reconhece o


descarregamento de produto e efetua a medição automaticamente e logo após emite um relatório com a
quantidade recebida.
Todas as medições automáticas feitas pelo equipamento são salvas e podem ser consultada e
impressa a qualquer momento.

2.4. INVENTÁRIO DE PRODUTO.

D Inventário Produto

Está função permite que o usuário obtenha o relatório de seu estoque.

Caso a impressora interna esteja configurada, após a medição dos tanques, o resultado será
impresso.
A seguir todos os tanques são medidos.
Após a medição dos tanques é apresentado o resultado do inventário, de acordo com cada
produto.
Na tela, é exibido o resultado de um produto por vez.
Utilize a tecla “ENTRA” para verificar o próximo produto e terminar a apresentação.
O inventário também poderá ser impresso utilizando a função “IMPRIMIR”.

Volume Complementar

Volume Medido

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 11 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

3. Medições programadas

Ao selecionar: “E Med. Programadas>” é apresentado um sub-menu para nova seleção. O


operador escolhe uma das funções a baixo.

3.1. VISUALIZAR MEDIÇÕES

A Ver Medições

Exibe na tela a hora, tanque, data e volume das medições realizadas por meio de horários
programados.
As medições são armazenadas na memória e podem ser consultadas e impressas a qualquer
momento.

Tanque

Volume Medido

Incialmente é solicitada ao operador a data para a qual se deseja ver as medições efetuadas.
Após a digitação da data é apresentada a primeira medição na tela.
Caso existam mais medições, utilize a tecla “ENTRA” para ver as demais medições ou ao final das
medições, retornar ao menu “MEDIÇÕES PROGRAMADAS”.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 12 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

3.2. IMPRIMIR MEDIÇÕES

B Imprimir Medições

Volume Medido

Inicialmente é solicitada ao operador a data para a qual se deseja imprimir as medições


efetuadas.
Após a digitação da data são impressas todas as medições disponíveis para a data informada.

3.3. HORÁRIOS PROGRAMADOS

C Hor. Programados

Exibe na tela os horários programados no equipamento. Ao pressionar a tecla “ENTRA” será exibido os demais
tanques programados para o respectivo horário.
Ao finalizar a exibição ao pressionar a tecla “ENTRA”, o equipamento irá retornar para a tela de medições
programadas.

3.4. PROGRAMAR NOVO HORÁRIO

D Prog. Horário

Está função permite ao operador que configure seus horários programados no equipamento.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 13 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

Após a seleção da função “D Prog. Horário” é solicitado o horário no seguinte formato: HH:MM
(Horas e Minutos) e a seguir, um a um, o número dos tanques a serem lidos neste horário.
Caso não desejar inserir mais tanques neste horário programado, pressione a tecla “ENTRA” no
lugar do número do tanque encerramos a programação dos tanques a serem lidos neste horário.
A seguir é solicitado um novo horário. Ao pressionar a tecla “ENTRA” no lugar do novo horário
retornamos ao menu “MEDIÇÕES PROGRAMADAS”.

3.5. CONSULTAR MEMÓRIA

F Consultar Memória

Após a digitação do número do tanque, pressione a tecla “ENTRA” e será apresentado o


resultado da última medição do tanque na tela.
Depois de 5 segundos de apresentação na tela é solicitado novamente o número do tanque.
Caso a impressora interna esteja configurada, após informar o número do tanque, a informação
da memória será impressa.
O operador pode permanecer consultando o resultado da medição dos tanques ou pressionar a
tecla “ENTRA” para retornar ao menu “FUNÇÕES DE USUÁRIO”.
A última consulta à memória também poderá ser impressa utilizando a função “IMPRIMIR”.

4. SENSORES DE VAZAMENTO

G Sens. Vazamento>

Ao selecionar: “G Sens Vazamento>” é apresentado um sub-menu para nova seleção. O


operador escolhe uma das funções ao lado.

4.1. VISUALIZAR EVENTOS

A Ver Eventos

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 14 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

Permite ver na tela todos os eventos entre o intervalo de datas informadas.


Cada evento irá apresentar, além da data e hora, a descrição da ocorrência que provocou o
registro do evento.

4.2. IMPRIMIR EVENTOS

B Imprimir Eventos

Horário da Ocorrência

Evento Ocorrido

Permite imprimir na impressora do MTV1 todos os eventos entre o intervalo de datas informadas.

4.3. VISUALIZAR CONFIGURAÇÕES DOS SENSORES

C Ver Configuração

Permite ver a configuração aplicada a cada sensor instalado.

4.4. IMPRIMIR CONFIGURAÇÃO

D Imp. Configuração

Permite imprimir na impressora do MTV1 a configuração aplicada a cada sensor instalado.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 15 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

4.5. Ocorrência de Sensor e Alarme (visual e audível)

Caso ocorra a ativação de um sensor, haverá a apresentação de uma mensagem de orientação


na tela e ainda será acionado um alarme tipo “BEEP” (3 vezes). O alarme irá ser alternado com as
mensagens usuais de apresentação na tela.

Atenção: O alarme audível poderá ser inibido por 6 horas, apertando a tecla “SILENCIAR ALARME”.
Após 6 horas, o alarme será reativado caso o problema associado ao alarme do sensor ativado não
tenha sido resolvido.
Apresenta a configuração de cada sensor, na tela.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 16 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

Onde:

a) Sensor #XX  XX, número do sensor;


b) Estado X, informa se o sensor está ativo ou inativo;
c) No. XXX, número fantasia do sensor;
d) Equipamento X, equipamento onde está instalado o sensor (tanque, bomba, filtro ou nível);
e) Local X, local de instalação do sensor (sump, interstício ou outros).

Quando da ocorrência de ativação de um sensor será apresentado um alarme (visual e audível),


identificando o sensor, bem como o tipo de ocorrência (cabo em curto-circuito, detectado vazamento ou
cabo em aberto).
Onde:

a) Sensor XX  XX, número do sensor;


b) XXXXXX, equipamento onde está instalado o sensor (tanque, bomba, filtro ou nível);
c) XXX, número fantasia do sensor;
d) LI>XXXXXX, local de instalação do sensor (sump, interstício ou outros);
e) Alarme: XXXXXXXXXXX, alarme devido a cabo em curto, vazamento detectado ou cabo em
aberto.

Caso o processador MTV1 não detecte a placa RBAR (controlador de sondas e sensores de
vazamento), na qual estão instalados sensores, será ativado um alarme (visual e audível) informando
qual placa RBAR está com problemas.

Onde:

Placa RBAR #X, número da placa RBAR que não está operacional.
CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00
Página: 17 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

5. FUNÇÕES ESPECIAIS

H Func. Especiais >

Ao selecionar: “H Func. Especiais >” é apresentado um sub-menu para nova seleção. O operador
escolhe uma das funções ao lado.

5.1. MEDIÇÃO CONTÍNUA


A Medição Contínua

Exibe na tela uma medição continua do tanque solicitado.

É solicitado o número do tanque a ser medido, após a digitação do número do tanque, pressione
a tecla “ENTRA” e aguardar a medição do tanque. A medição de tanque é apresentada na tela e a
impressão será realizada ou não, de acordo com a configuração de comunicação.
A leitura é reiniciada para uma nova medição do tanque.
Este processo é encerrado quando pressionamos a tecla “ENTRA”, retornando ao menu “FUNÇÕES
ESPECIAIS”.
O resultado é armazenado na memória, permitindo a sua consulta após a medição do tanque. O
último resultado medido também poderá ser impresso utilizando a função “IMPRIMIR”.

5.2. CALIBRAÇÃO POR ENCERRANTE

B Cal. Encerrante

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 18 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

Esta função permite ao operador calibrar os seus tanques utilizando os resultados obtidos a partir do
MTV1 e os valores dos encerrantes das bombas de abastecimento.
IMPORTANTE: Antes de utilizar esta função, consulte a TELEMED para obter mais informações.

5.3. TESTE DE SONDAS

C Testar Sondas

Nível de Nível de Agua


Produto (mm)

A = Sonda Ativa I = Sonda Inativa


Permite verificar o estado e o funcionamento das sondas configuradas no MTV1. São apresentados na
tela o nível de produto, de água e a temperatura da sonda, bem como se está ATIVA ou INATIVA.

5.4. TESTE DE SENSORES


Estados da placa de
sonda.
A= ativa
D Testar Sensores
I = Inativa

Placa de sonda
correspondente

Número
correspondente ao
estado
Permite verificar o estado e o funcionamento de todos os sensores.
São apresentados na tela o estado de todos os sensores e das placas RBAR, em leituras sucessivas,
com um intervalo de 2 segundos.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 19 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

6. CONFIGURAÇÕES

I Configurações >

Ao selecionar: “I Configurações >” é solicitada a senha do operador. Ao digita-la operador tem acesso
a um sub-menu para nova seleção. O operador escolhe uma das funções ao lado.

6.1. INSERIR COEFICIENTE DE EXPANSÃO TÉRMICA

A Inserir CET

A abreviatura CET significa “Coeficiente de Expansão Térmica” e


especifica quanto o produto se contrai ou expande, de acordo com a variação da temperatura. A
tecnologia magnetoestrictiva das sondas TELEMED permite calcular o volume de produto no tanque à
temperatura de 20ºC (padrão volumétrico no transporte do produto). Normalmente o volume de produto
é apresentado na temperatura que se encontra no tanque.
Com isto, deve ser especificado para cada tanque o CET correspondente ao produto.
A seguir é escrito como o CET é inserido no equipamento.
É solicitado o número do tanque a ser configurado.

Após a digitação do número do tanque, ao pressionar a tecla “ENTRA” e digite o valor do CET para o
tanque, de acordo com o produto no tanque. A seguir, pressionar a tecla “ENTRA” para configurar um
novo tanque ou para sair, pressionar novamente “ENTRA”.
Segue abaixo, a tabela a ser utilizada na programação do CET de cada tanque.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 20 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

6.2. TABELA DE VALORES – PRODUTO X COEFICIENTE DE EXP. VOLUMÉTRICA.

6.3. ALTERAR DATA/HORA

B Alterar Data/Hora

Ao selecionar a função é solicitado o dia da semana.


Digitando-se o dia da semana e pressione a tecla “ENTRA” é solicitada a “data”.
Com a digitação da data e pressione a tecla “ENTRA” é solicitada a “hora”.
Após a digitação da hora e pressione a tecla “ENTRA” retorna-se ao menu “CONFIGURAÇÕES”.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 21 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

6.4. DEFINIR PRODUTO

C Definir Produto

Existe a opção de se utilizar um dos nomes de produto existentes na memória do MTV1 ou digitá-lo
(nome com no máximo 11 caracteres).
Utilize as teclas auxiliares de operação (“PARA CIMA”, “PARA BAIXO”, “ANULA” e “ENTRA”) para
selecionar um dos nomes pré-programados.
É solicitado o número do tanque a ser configurado.
Após a digitação do número do tanque, pressione a tecla “ENTRA” e será apresentado na tela o
alfabeto e no campo de produto “Def. Produto”. Com as teclas “PARA CIMA” e “PARA BAIXO” poderá
ser selecionado um dos nomes pré-programados para o tanque. Pressionando a tecla “ENTRA” o
nome apresentado será configurado para o tanque ou se pressionar a tecla “ANULA” passaremos para
o modo de definição do nome.
Use as teclas “PARA CIMA” e “PARA BAIXO” para deslocar o alfabeto para a esquerda ou direita. O
carácter mais à esquerda entrará na composição do nome ao pressionar a tecla “ENTRA” e assim
sucessivamente até escolhermos os 11 caracteres. Ao final da digitação, retorna-se à solicitação do
número do tanque. Caso se pressione a tecla “ENTRA” saímos da função.

6.5. CONFIGURAÇÃO DE COMUNICAÇÃO MICRO/IMPRESSORA TÉRMICA

D Mudar Comunicação

Permite que seja trocado o modo de comunicação do equipamento de maneira alternar para Impressora
térmica ou Micro/Impressora Térmica.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 22 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

A comunicação deve programada para “MICRO”.


As demais opções devem ser usadas apenas em situações de teste e podem interferir na comunicação
remota do MTV1.

6.6. IMPRESSÃO DE RELATÓRIO DE RECEBIMENTO

E Imp. Recebimentos

É solicitada a data inicial e final, para o intervalo de tempo que se deseja verificar a existência de
recebimentos.
Após a digitação das datas, os recebimentos ocorridos entre as duas datas informadas são impressos.

7. DEFINIR ALARMES DE MONITORAMENTO VOLUMÉTRICO.

F Definir Alarmes
(Configurar e apresentar os alarmes de nível)

Ao selecionar: “F Definir Alarmes>” O operador tem acesso a um sub-menu para nova seleção. São
apresentadas as opções de tratamento dos alarmes. O operador escolhe uma das funções ao lado.

7.1. VISUALIZAR ALARMES CONFIGURADOS

A Ver Alarmes

São apresentados na tela os 6 alarmes (2 de nível de água – boia de água, 4 de nível de produto – boia
de nível de produto).
Alarmes:
- Advertência de água alta (AA) e limite de água alta (LA), em décimos de mm;
- Advertência de estoque de produto baixo (EB) e alarme de nível de produto baixo (PB), em litros;

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 23 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

- Advertência de transbordo de produto (PT) e alarme de nível alto de produto (PA), em litros.
Atenção: Os alarmes são apresentados na tela em respectivas unidades.
A seguir, apresentamos a seção circular de um tanque de combustível, onde apresentamos a imagem
do local aproximado, no qual, algum dos alarmes será acionado.

7.2. CONFIGURAÇÃO DE ALARME: NÍVEIS DE ÁGUA

B Níveis de Água

É solicitado o número do tanque a serem configurados os níveis de água (em décimos de mm). Após a
digitação do número do tanque, pressionar a tecla “ENTRA” e digite, respectivamente o nível de
advertência de água alta e pressione a tecla entra “ENTRA”, o alarme de nível limite de água alta e
pressione a tecla “ENTRA”. Com isto o processo recomeça solicitando o número de um novo tanque.
Pressionando a tecla “ENTRA” saímos desta função.

7.3. CONFIGURAÇÃO DE ALARME: NÍVEL DE PRODUTO BAIX

C N. Prod. Baixo

É solicitado o número do tanque a serem configurados os níveis de produto baixo (em litros). Após a
digitação do número do tanque, pressionar a tecla “ENTRA” e digite, respectivamente o nível de
advertência de estoque baixo e “ENTRA”, o alarme de nível de produto baixo e pressione a tecla “ENTRA”.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 24 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

Com isto o processo recomeça solicitando o número de um novo tanque. Pressionando a tecla
“ENTRA” saímos desta função.

7.4. CONFIGURAÇÃO DE ALARME: NÍVEL DE PRODUTO ALTO

D N. Prod. Alto

É solicitado o número do tanque a serem configurados os níveis de produto alto (em litros). Após a
digitação do número do tanque, pressione a tecla “ENTRA” e digite, respectivamente o nível de
advertência de transbordo e “ENTRA”, o alarme de nível de produto alto e “ENTRA”. Com isto o
processo recomeça solicitando o número de um novo tanque. Digitando-se “ENTRA” saímos desta
função.

7.5. INICIALIZAÇÃO DOS ALARMES

E Inic. Alarmes

A inicialização dos alarmes é executada, normalmente, durante a instalação do MTV1. Posteriormente e


de acordo o padrão adotado pelo cliente, estes valores podem ser alterados. (Se os valores já forem
definidos antes da inicialização, serão perdidos).

Os alarmes são inicialmente desabilitados até que venha ser feito a configuração. Apenas os alarmes
de nível de agua recebem valores de fábrica.

7.6. ALTERAÇÃO DE DENSIDADE

G Alterar Densidade

Esta função deve ser utilizada quando a apresentação da medição for efetuada em quilogramas.
Ao selecionar a função é solicitado o número do tanque que se deseja alterar a densidade.
Após a digitação do número do tanque, pressionar a tecla “ENTRA” e será solicitado o novo valor da
densidade do tanque.
Digite a densidade e pressionar a tecla “ENTRA” para armazená-la.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 25 de 26
Manual de Operação e Configuração – MTV1
Monitoramento Volumétrico

Este processo se repete até que seja pressionado a tecla “ENTRA” após a solicitação do número do
tanque, retornando-se ao menu “CONFIGURAÇÕES”.

J Manut. TELEMED

Esta função é de uso exclusivo da manutenção TELEMED.

CÓPIA NÃO CONTROLADA – JWVC - julho/2017 Rev.00


Página: 26 de 26