Você está na página 1de 5

AULÃO – Português – Prof. Me.

Marlúcio

1) (VUNESP-2017) Assinale a alternativa que preenche, respectivamente, as lacunas da frase, conforme a


norma-padrão da língua. _______________anos, estudiosos________ acerca da contribuição que o
conhecimento dos buracos negros pode trazer_____________ nossas vidas.
A) Há ... têm questionado-se ... a
B) Há ... têm se questionado ... a
C) Há ... têm se questionado ... à
D) A ... têm questionado-se ... a
E) A ... têm se questionado ... à

2) (VUNESP-2018) Assinale a alternativa em que a colocação de ambos os pronomes destacados nas


expressões está de acordo com a norma-padrão.
A) Nem sempre nos damos conta da importância de preservarmo-nos da exposição pública.
B) Ainda encontram-se pessoas dispostas a fazer amigos fora das redes sociais, atitude que
traria-lhes mais privacidade.
C) Nos propomos ajudar em tudo e concentraremo-nos nas causas mais urgentes e humanitárias.
D) Viam-se pessoas revoltadas, que não tinham conformado-se com a perda de suas casas durante o
incêndio.
E) Esforçam-se para que as mensagens do celular não distraiam-nos durante o expediente.

3) (VUNESP-2019) Leia trecho da canção Bom Conselho, de Chico Buarque, para responder à questão.

Ouça um bom conselho


Que eu lhe dou de graça
Inútil dormir que a dor não passa
Espere sentado
Ou você se cansa

Está provado, quem espera nunca alcança


Venha, meu amigo
Deixe esse regaço
Brinque com meu fogo
Venha se queimar
Faça como eu digo
Faça como eu faço
Aja duas vezes antes de pensar (...)

Assinale a alternativa com pontuação correta, de acordo com a norma-padrão.


A) Ouça um bom conselho, amigo, venha se queimar. Está provado: quem espera, nunca alcança.
B) Ouça, um bom conselho, amigo venha se queimar; Está provado quem espera, nunca alcança.
C) Ouça um bom conselho amigo, venha se queimar. Está provado quem espera nunca alcança.
D) Ouça, um bom conselho amigo, venha se queimar está provado: quem, espera nunca alcança.
E) Ouça um bom conselho, amigo venha se queimar; Está provado quem espera nunca, alcança.

4) (VUNESP-2016) Assinale a alternativa redigida de acordo com a norma-padrão de colocação dos


pronomes destacados e de emprego do sinal indicativo de crase.
A) Por certo todos comportariam-se adequadamente durante a cerimônia à que comparecessem as
autoridades.
B) Ninguém se aventurou a fazer lances à partir de dois milhões de reais pela obra do pintor.
C) Nos esconderam em uma fazenda, temendo que ficássemos expostos à agressões.
D) Ainda me comove a situação da família da vítima, à qual só resta chorar o assassinato do pai.
E) Nada incomodados com à censura de toda a imprensa, os terroristas se responsabilizaram por mais um
ataque a civis.
5) (VUNESP-2019) Assinale a alternativa em que a redação escrita a partir do texto está correta quanto à
concordância das palavras, de acordo com a norma-padrão da língua portuguesa.
A) Os oceanos podem ser contaminado por determinadas tarefas, como a lavagem de roupas de tecidos
sintéticos.
B) Os membros do Parlamento apresentou pesquisas sobre as fibras de tecidos sintéticas que são
expelidas das roupas ao serem lavadas em máquinas de lavar.
C) Ocorrerão a conservação dos oceanos se as autoridades criarem regulamentações para os fabricantes.
D) Uma boa desculpa, com todas as indicações propostas pelo autor, é a lavagem de roupas com menos
frequência.
E) Também é necessário a compra de menos roupas sintética para reduzir a poluição por plástico nos
ambientes.

6) (VUNESP-2016) Leia a frase a seguir:


O garoto aconselhou _________ irmã __________ levar o lanche __________ escola numa lancheira.
Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, as lacunas da frase.
A) a … à … a
B) a … à … à
C) à … a … à
D) à … à … a
E) a … a … à

7) (VUNESP-2019) Assinale a alternativa em que, na reescrita da frase “Mas, nos últimos dez anos, o
número de imigrantes mexicanos nos EUA diminuiu...”, a substituição do termo em destaque mantém o
sentido original e o uso das vírgulas está em conformidade com a norma-padrão da língua portuguesa.
A) Nos, últimos dez anos portanto, diminuiu o número de imigrantes mexicanos nos EUA...”
B) Nos últimos, dez anos apesar disso, diminuiu o número de imigrantes mexicanos nos EUA...”
C) Nos últimos dez anos, contudo, diminuiu o número de imigrantes mexicanos nos EUA...”
D) Nos últimos dez anos, diminuiu por isso, o número de imigrantes mexicanos nos EUA...”
E) Nos últimos dez anos diminuiu, assim o número, de imigrantes mexicanos nos EUA...”

8) (VUNESP-2018) Considere a tira para responder à questão.

(Charles M. Schul. Minduim. Estadão. http://cultura.estadao.com.br)


A expressão de vez em quando, no segundo quadrinho, equivale a
A) precocemente.
B) ininterruptamente.
C) impreterivelmente.
D) repentinamente.
E) ocasionalmente.
9) (VUNESP-2016) A alternativa que apresenta colocação dos pronomes destacados e pontuação de
acordo com a norma-padrão é:
A) Nos foi informado, que as delegações visitariam-nos amanhã, depois das 15 horas.
B) Afirma-nos que os produtos, assim como as notas fiscais, estarão disponíveis amanhã, para
que os despachem.
C) Perguntou-me: se eu estaria disposto, a entregar as provas, que me dariam proteção.
D) Ninguém comprometeu-se com o projeto, afirmando: que era perda de tempo.
E) Tendo elogiado-nos pela rapidez, na entrega, garantiram que vão ficar fregueses.

10) (VUNESP-2019) Assinale a alternativa em que a regência das palavras está de acordo com a norma-
padrão da língua portuguesa.
A) A técnica de fabricação é muito favorável com o meio ambiente exigindo muito menos água do que o
cultivo de algodão.
B) Atividades diárias, como lavar roupas, contribuem significativamente para a poluição que asfixia nossos
oceanos.
C) Os resíduos produzidos se caracterizam pela sua elevada toxicidade, implicando pela elevação dos
riscos associados à sua destinação final.
D) As preocupações em obedecer das exigências legais da qualidade do efluente ou resíduo industrial
produzido foram superadas por novas metas de qualidade.
E) As empresas precisam ser responsáveis com o ciclo de vida completo de seus produtos, incluindo a
coleta e a reutilização.

11) (VUNESP-2016)

(Charles M. Schulz, Minduim. O Estado de S.Paulo, 8.12.2015)

Na fala do segundo quadrinho – Aposto que é porque ele fica muito feroz quando nota que tem alguém
estranho em casa. –, as conjunções destacadas introduzem relações de sentido respectivamente de
A) explicação e modo.
B) causa e modo.
C) modo e condição.
D) condição e explicação.
E) causa e tempo.
12) (VUNESP-2016) Assinale a alternativa que dá sequência à frase do primeiro quadrinho, de acordo com
a norma-padrão de regência verbal e de emprego do pronome relativo.
Pode não parecer, mas o Snoopy é o tipo do cão...
A) o qual os ladrões podem tropeçar.
B) a que os ladrões temem de encontrar pela frente.
C) que os ladrões fogem apavorados quando veem.
D) cujo comportamento desperta pavor nos ladrões.
E) ao qual amedronta a ladrões.

13) (VUNESP-2017) Leia a charge para responder à questão.

No plano da linguagem verbal, o humor da charge advém do fato de o marido, no pedido da mulher,
entender o verbo “acertar” com significado de
A) resolver.
B) consertar.
C) endireitar.
D) atingir.
E) ajustar.

14) (VUNESP-2017) Leia a charge.

Com sua frase, a personagem sugere que


A) a educação está se transformando.
B) a escola está transformando o mundo.
C) o aluno deixou de fugir da escola.
D) o mundo tem se mantido sem mudanças.
E) o mundo tem transformado a escola.
15) (VUNESP-2016) Leia o texto de uma canção para responder à questão.

Passarinho

Como um brotinho de feijão, foi que um dia eu nasci,


Despertei, caí no chão e com as flores cresci.
E decidi que a vida logo me daria tudo,
Se eu não deixasse que o medo me apagasse no escuro.

Quando mamãe olhou pra mim, ela foi e pensou


Que um nome de passarinho me encheria de amor.
Mas passarinho, se não bate a asa, logo pia.
Eu, que tinha um nome diferente, já quis ser Maria.
Ah, e como é bom voar…
(Tiê. www.letras.com.br. Adaptado)

Uma interpretação adequada para o texto é:


A) o nascimento da autora é associado a um evento não natural.
B) o medo, na vida da autora, é uma constante que a paralisa.
C) a autora já ficou insatisfeita com seu nome incomum.
D) a possibilidade de sentir medo não foi considerada pela autora.
E) o ato de voar é representado como um risco amedrontador.