Você está na página 1de 53

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS – CCET


CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

MODELO AXIOMÁTICO: GEOMETRIA EUCLIDIANA PLANA

EQUIPE:
Francisco Savio de Sousa Sales
Francisco William Albuquerque Teixeira
José Rodolfo Sousa da Silva
O estudo da geometria plana, proposto por Euclides, tem
como base alguns axiomas.

Axioma (ou postulado): é uma sentença matemática que


não é uma definição e é aceita sem precisar de justificação.

Exemplo: “Pode-se traçar uma única reta por quaisquer dois


pontos dados”.
CONCEITOS PRIMITIVOS
Um conceito é primitivo quando é tido como verdade e isento de definição.

𝑚 𝛼
𝐴

𝑂 𝑝𝑜𝑛𝑡𝑜 𝐴

𝐴 𝑟𝑒𝑡𝑎 𝑚 𝑂 𝑝𝑙𝑎𝑛𝑜 𝛼
Observação: ao estudarmos geometria, é comum fazer-se
uso de desenhos. No entanto, é advertido que os desenhos
devem ser considerados apenas como um instrumento de
ajuda à nossa intuição e linguagem. Utilizaremos letras
maiúsculas A, B, C, ... para designar pontos, e letras
minúsculas a, b, c, ... para designar retas.
AXIOMAS DE INCIDÊNCIA
AXIOMAS DE INCIDÊNCIA
Axioma 1: qualquer que seja reta existem pontos que pertencem à reta e
pontos que não pertencem à reta.

𝐶
𝐴 𝐵
𝑚

𝐴, 𝐵 ∈ 𝑚
𝐶∉𝑚
AXIOMAS DE INCIDÊNCIA
Axioma 2: dados dois pontos distintos existe uma única reta que contém
estes pontos.

𝐴 𝐵 𝑚

(𝐴 ∈ 𝑚) ⋀ (𝐵 ∈ 𝑚)
AXIOMAS DE INCIDÊNCIA
Proposição: duas retas distintas ou não se interceptam ou se interceptam em
um único ponto.
𝑚 𝑛 𝑚 𝑛

𝑚 ∩𝑛 = ∅ 𝑚 ∩ 𝑛 = {𝑃}
AXIOMAS DE ORDEM
AXIOMAS DE ORDEM
Axioma 3: dados três pontos de uma reta, um e apenas um deles localiza-se
entre os outros dois.

𝐴 𝐶 𝐵 𝑚

ou 𝐴 está entre 𝐵 e 𝐶
ou 𝐵 está entre 𝐴 e 𝐶
ou 𝐶 está entre 𝐴 e 𝐵
AXIOMAS DE ORDEM
Frente ao axioma 3, podemos definir o que é segmento de reta.

Definição: o conjunto constituído por dois pontos 𝐴 e 𝐵 e por todos os


pontos que se encontram entre 𝐴 e 𝐵 é chamado segmento 𝐴𝐵. Os pontos 𝐴
e 𝐵 são denominados extremos ou extremidades do segmento.

𝐴 𝐵 𝐴 𝐵

Segmento 𝐴𝐵
AXIOMAS DE ORDEM
Definição: se 𝐴 e 𝐵 são pontos distintos, o conjunto constituído pelos
pontos do segmento 𝐴𝐵 e por todos os pontos 𝐶 tais que 𝐵 encontra-se entre
𝐴 e 𝐶, é chamada de semirreta de origem 𝐴 contendo o ponto 𝐵, e é
representado por 𝑆𝐴𝐵 . O ponto 𝐴 é então denominada origem da semirreta
𝑆𝐴𝐵 .
𝐴 𝐵 𝐴 𝐵
𝑆𝐴𝐵

𝐴 𝐵 𝐴 𝐵
𝑆𝐵𝐴
AXIOMAS DE ORDEM

𝐴 𝐵 𝐴 𝐵
𝑆𝐴𝐵 𝑆𝐴𝐵

𝐴 𝐵 𝐴 𝐵
𝑆𝐵𝐴 𝑆𝐵𝐴

𝐴 𝐵 𝐴 𝐵
𝑚 𝑚
𝑆𝐴𝐵 ∪ 𝑆𝐵𝐴 = 𝑚 𝑆𝐴𝐵 ∩ 𝑆𝐵𝐴 = 𝐴𝐵
AXIOMAS DE ORDEM
Axioma 4: dados dois pontos 𝐴 e 𝐵 sempre existem: um ponto 𝐶 entre 𝐴 e
𝐵 e um ponto 𝐷 tal que 𝐵 está entre 𝐴 e 𝐷.

Quer dizer, sempre existirá um ponto entre outros dois pontos.

𝐴 𝐶 𝐵𝐸𝐷 𝑚

Logo, entre dois pontos de uma reta, existirá infinitos pontos.


AXIOMAS DE ORDEM
Definição: sejam 𝑚 uma reta e 𝐴 um ponto que não pertence a 𝑚. O
conjunto constituído pelos pontos de m e por todos os pontos 𝐵 tais que 𝐴 e
𝐵 estão em um mesmo lado da reta 𝑚 é chamado se semi-plano determinado
por 𝑚 contendo 𝐴, e será representado por 𝑃𝑚𝐴.

(Finge que tem outros 𝛼


pontos aqui, fora o 𝐴)

𝐴 𝑃𝑚𝐴 = semi-plano determinado pela


reta 𝑚, contendo o ponto 𝐴.
AXIOMAS DE ORDEM
Frente a isso, podemos enunciar o seguinte axioma:

Axioma 5: Uma reta 𝑚 determina exatamente dois semi-planos distintos


cuja intercessão é a reta 𝑚.
𝑚

(Finge que tem outros 𝛼


pontos aqui, fora o 𝐴)

𝐴 𝐵
(Finge que tem outros
pontos aqui, fora o B)

PmA ∩ PmB = 𝑚
PmA ∪ PmB = 𝛼
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTO
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Axioma 6: a todo par de pontos do plano corresponde um número
(distância) maior ou igual a zero. Este número é zero se e só se os pontos
são coincidentes.

𝐴 𝐶 𝐷
𝐵 𝑚

𝐴𝐵 = 0
𝐴𝐶 = 3
𝐴𝐷 = 8
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Axioma 7: os pontos de uma reta podem ser sempre colocados em
correspondência biunívoca com os números reais (ℝ), de modo que a
diferença entre estes números meça a distância entre os pontos
correspondentes.

4 16
𝐴 𝐵 𝐶 𝐷 𝐸 𝐹
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Este axioma bem poderia receber o apelido de axioma da “régua infinita”
pois, ao estabelecer a correspondência biunívoca entre os números reais (ℝ)
e os pontos da reta, a própria reta torna-se como que uma régua infinita que
pode ser usada para medir o comprimento de segmentos nela contidos.

𝐴 𝐵 𝐶 𝐷 𝐸 𝐹


AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Ao aplicarmos este axioma, o número que corresponde a um ponto da reta é
denominado coordenada daquele ponto.

𝐴 𝐵 𝐶
𝑚

𝑎 𝑏 𝑐

𝐴𝐵 = 3 = 𝑏 − 𝑎 ou |𝑎 − 𝑏|
𝐴𝐶 = 8 = 𝑐 − 𝑎 ou |𝑎 − 𝑐|
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
De acordo com o axioma 6 o comprimento de um segmento 𝐴𝐵 é sempre
maior do que zero. Assim, se 𝑎 e 𝑏 são as coordenadas das extremidades
deste segmento, o seu comprimento será a maior diferença entre o maior e o
menor destes números.

Exemplo: 4 16
4 − 16 = −12 𝐴 𝐵
16 − 4 = 12

Observação: indica-se o comprimento do segmento AB pelo símbolo 𝐴𝐵.


Portanto, 𝐴𝐵 = 𝑏 − 𝑎 𝑜𝑢 |𝑎 − 𝑏|.
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Axioma 8: se o ponto 𝐶 encontra-se entre 𝐴 e 𝐵, então: 𝐴𝐶 + 𝐶𝐵 = 𝐴𝐵

𝐴 𝐶 𝐵

Com a introdução dos axiomas 6, 7 e 8, podemos relacionar a ordenação dos


pontos de uma reta, introduzida através dos axiomas 3 e 4, com a ordem dos
números reais (ℝ).
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Proposição: se em uma semirreta 𝑆𝐴𝐵 , consideramos um segmento 𝐴𝐶 com
𝐴𝐶 < 𝐴𝐵, então o ponto 𝐶 estará entre 𝐴 e 𝐵.

𝐴 𝐶 𝐵

𝐴𝐶
𝐴𝐵
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Hipótese: 𝐴𝐶 < 𝐴𝐵
Tese: 𝐶 está entre 𝐴 e 𝐵

- Por absurdo: C não está entre 𝐴 e 𝐵.


- 𝐴 não pode estar entre 𝐵 e 𝐶, pois é o ponto de início da semirreta 𝑆𝐴𝐵 .
- Pelo axioma 8, tem-se 𝐴𝐵 + 𝐵𝐶 = 𝐴𝐶
𝐴 𝐵 𝐶
- Sendo assim, chega-se a conclusão 𝑆𝐴𝐵
de que 𝐴𝐵 < 𝐴𝐶 (Absurdo). 𝐴𝐵
𝐴𝐶

Axioma 8: (se o ponto 𝐶 encontra-se entre 𝐴 e 𝐵, então: 𝐴𝐶 + 𝐶𝐵 = 𝐴𝐵).


AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Teorema: sejam 𝐴, 𝐵 e 𝐶 pontos de uma mesma reta cujas coordenadas são,
respectivamente 𝑎, 𝑏 e 𝑐. O ponto 𝐶 está entre 𝐴 e 𝐵 se e só se o número
𝑐 está entre 𝑎 e 𝑏.

𝐴 𝐶 𝐵
𝑚

𝑎 𝑐 𝑏
𝑎 < 𝑐 < 𝑏 ou 𝑏 < 𝑐 < 𝑎
𝑎=0
𝑐=3
𝑏=8
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Prova: se C está entre A e B então, pelo axioma 8, tem-se que
𝐴𝐶 + 𝐶𝐵 = 𝐴𝐵, ou seja, |𝑐 − 𝑎| + |𝑏 − 𝑐| = |𝑎 − 𝑏|.

𝐴 𝐶 𝐵
𝑚
𝑎 𝑐 𝑏

1 ◦ Caso (Ida):
- Suponha, de início, que 𝑎 < 𝑏.
- Neste caso, obtêm-se: |𝑐 − 𝑎| < 𝑏 − 𝑎 e |𝑏 − 𝑐| < 𝑏 – 𝑎.
- Como consequência, 𝑐 − 𝑎 < 𝑏 − 𝑎 e 𝑏 − 𝑐 < 𝑏 − 𝑎.
- Portanto, 𝑐 < 𝑏 𝑒 𝑎 < 𝑐. Assim, resulta que 𝑐 está entre 𝑎 e 𝑏.
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Prova: se C está entre A e B então, pelo axioma 8, tem-se que
𝐴𝐶 + 𝐶𝐵 = 𝐴𝐵, ou seja, |𝑐 − 𝑎| + |𝑏 − 𝑐| = |𝑎 − 𝑏|.

𝐵 𝐶 𝐴
𝑚
𝑏 𝑐 𝑎

2 ◦ Caso (Ida):
- Suponha que b < 𝑎.
- Obtêm-se: |𝑐 − 𝑎| < 𝑎 − 𝑏 e 𝑏 − 𝑐 < 𝑎 − 𝑏 .
- Como consequência, 𝑎 − 𝑐 < 𝑎 − 𝑏 e c − 𝑏 < 𝑎 − 𝑏.
- Portanto, 𝑏 < 𝑐 𝑒 𝑐 < 𝑎. Assim, resulta que 𝑐 está entre 𝑎 e 𝑏.
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Teorema: sejam 𝐴, 𝐵 e 𝐶 pontos de uma mesma reta cujas coordenadas são,
respectivamente 𝑎, 𝑏 e 𝑐. O ponto 𝐶 está entre 𝐴 e 𝐵 se e só se o número
𝑐 está entre 𝑎 e 𝑏.

𝐴 𝐶 𝐵
𝑚
𝑎 𝑐 𝑏

(Volta)
- Se 𝑎 < 𝑐 < 𝑏, então 𝑐 − 𝑎 < 𝑏 − 𝑎 e 𝑏 − 𝑐 < 𝑏 − 𝑎.
- Como consequência, 𝐴𝐶 < 𝐴𝐵 e 𝐵𝐶 < 𝐴𝐵.
- Portanto, pelo axioma 8, 𝐴𝐶 + 𝐶𝐵 = 𝐴𝐵.

AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Segue-se daí que 𝐴𝐶 + 𝐶𝐵 = 𝐴𝐵. Em particular, 𝐴𝐶 < 𝐴𝐵 e 𝐶𝐵 < 𝐴𝐵.

𝐴 𝐶 𝐵

𝐴𝐶 𝐶𝐵 𝐴𝐵

Observação: o todo sempre será maior que as partes.


AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Definição: chamamos de ponto médio do segmento 𝐴𝐵 a um ponto 𝐶 deste
segmento tal que 𝐴𝐶 = 𝐶𝐵.
𝐴 𝐶 𝐵
𝑚

𝑎 𝑐 𝑏

𝐴𝐶 = 𝑐 − 𝑎 = 4 𝑐 − 𝑎 = |𝑏 − 𝑐|
𝐶𝐵 = 𝑏 − 𝑐 = 4 (𝑎 + 𝑏)
𝑐 =
2

Teorema: um segmento tem exatamente um ponto médio.


AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Prova (existência): sejam 𝑎 e 𝑏 as coordenadas das extremidades do
(𝑎 + 𝑏)
segmento. Considere o numero 𝑐 = 2 . De acordo com o axioma 7
existe um ponto 𝐶 da reta que tem 𝑐 por coordenada. Como
𝑎 + 𝑏 𝑎−𝑏
𝐴𝐶 = |𝑎 − 𝑐| = 𝑎 − =
2 2
𝑎 + 𝑏 𝑎−𝑏
𝐶𝐵 = 𝑐 − 𝑏 = −𝑏 =
2 2

(𝑎 + 𝑏)
Concluímos que 𝐴𝐶 = 𝐶𝐵. Como o numero está entre os números 𝑎
2
e 𝑏, segue-se da proposição anterior que 𝐶 está entre 𝐴 e 𝐵. Logo 𝐶 é o
ponto médio de 𝐴𝐵.
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE SEGMENTOS
Prova (Unicidade): seja 𝐶 como obtido na prova da existência e seja 𝐶’ um
outro ponto do segmento 𝐴𝐵 tal que 𝐴𝐶′ = 𝐵𝐶′ . Sejam 𝑎, 𝑏 e 𝑐’ as
coordenadas dos pontos 𝐴, 𝐵 e 𝐶’ respectivamente. Então teremos,

𝐴𝐶′ = 𝐵𝐶′, ou seja, 𝑐’ – 𝑎 = 𝑏 – 𝑐′, então

(𝑎 + 𝑏)
𝑐′ =
2

Assim, em qualquer circunstância, 𝑐’ = 𝑐 e, portanto, pelo axioma 7,


𝐶 = 𝐶’. Fica assim provada a existência e unicidade do ponto médio.

AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Definição: chamamos de ângulo a figura formada por duas semirretas com a
mesma origem.

𝛼
𝑂 𝐵

Representação: 𝐴𝑂𝐵 ou 𝛼
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
As semirretas são chamadas de lados do ângulo e a origem comum, de
vértice do ângulo. Um ângulo formado por duas semirretas de uma mesma
reta é chamado de ângulo raso.

𝐴 𝛼 = 180° 𝐵
𝑚
𝑆𝑂𝐴 𝑂 𝑆𝑂𝐵

Comumente utiliza-se o grau e o radiano.


AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Axioma 9: todo ângulo tem uma medida maior ou igual a zero. A medida de
ângulo é zero se e somente se ele é constituído por duas semirretas
coincidentes.

𝛼=0

𝛼> 0
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Axioma 10: É possível colocar, em correspondência biunívoca, os números
reais (ℝ) entre zero e 180 e as semirretas de mesma origem que dividem um
dado semi-plano, de modo que a diferença entre este número seja a medida
do ângulo formado pelas semirretas correspondentes.

𝑆𝑂𝐴 = 50 𝐴𝑂𝐵 = 𝑏 − 𝑎 ou 𝑎 − 𝑏
𝐴 𝐴𝑂𝐵 = 0 − 50 ou |50 − 0|
𝐴𝑂𝐵 = 50

𝑚 0,180 ⊂ ℝ
𝑂 𝑆𝑂𝐵 = 0
𝐵
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Definição: sejam 𝑆𝑂𝐴 , 𝑆𝑂𝐵 e 𝑆𝑂𝐶 semirretas de mesma origem. Se o
segmento 𝐴𝐵 interceptar 𝑆𝑂𝐶 diremos que 𝑆𝑂𝐶 divide o ângulo 𝐴𝑂𝐵.

𝑆𝑂𝐶
𝑆𝑂𝐴
𝑆𝑂𝐵
𝐶
𝐴 𝐵

𝑂
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Axioma 11: se uma semirreta 𝑆𝑂𝐶 divide um ângulo 𝐴Ô𝐵, então
𝐴𝑂𝐵 = 𝐴𝑂𝐶 + 𝐶 𝑂𝐵.

𝑆𝑂𝐶
𝑆𝑂𝐴 𝑆𝑂𝐵
𝐶 𝐴𝑂𝐵 = 𝐴𝑂𝐶 + 𝐶 𝑂𝐵
𝐴 𝐵

𝑂
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Definição: dois ângulos são ditos suplementares se a soma de suas medidas
é 180 ◦.

𝑆𝑂𝐵

𝐵
𝐴𝑂𝐵 + 𝐵𝑂𝐶 = 180°
𝐶 𝐴
𝑆𝑂𝐶 𝑂 𝑆𝑂𝐴
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
O suplemento de um ângulo é o ângulo adjacente ao ângulo dado obtido
pelo prolongamento de um de seus lados.

Ou seja, se prolongarmos a reta ao qual está o ponto, o suplemento será o


prolongamento do 𝑆𝑂𝐴 = 𝑆𝑂𝐶.
𝑆𝑂𝐵
𝑆𝑂𝐵
𝐵
𝐵
𝛼 𝐶 𝐴
𝐴 𝑆𝑂𝐶 𝑂 𝑆𝑂𝐴
𝑂 𝑆𝑂𝐴
𝐴𝑂𝐵 = 𝛼 𝐴𝑂𝐵 + 𝐵𝑂𝐶 = 180°
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS

𝑆𝑂𝐵 𝑆𝑂𝐵

𝐵 𝐵

𝐶 𝐴 𝐶 𝑂 𝐴
𝑆𝑂𝐶 𝑂 𝑆𝑂𝐴 𝑆𝑂𝐶
𝑆𝑂𝐴
𝐷
𝐴𝑂𝐵 + 𝐵𝑂𝐶 = 180°
𝑆𝑂𝐷
𝐴𝑂𝐵 + 𝐴𝑂𝐷 = 180°
Se os ângulos 𝐴𝑂𝐵 = 𝐶 𝑂𝐷, então seus suplementos também serão iguais.
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Proposição: ângulos opostos pelo vértice tem a mesma medida.

𝑆𝑂𝐵

𝐵
𝛽
𝐶 𝑂 𝛼 𝐴
𝑆𝑂𝐶 𝛼 𝑆𝑂𝐴
𝛽
𝐷

𝑆𝑂𝐷
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Prova: de fato, se 𝐴𝑂𝐵 e 𝐷 𝑂𝐶 são ângulos opostos pelo vértice, então eles
têm o mesmo suplemento: 𝐴𝑂𝐷. Logo

𝑆𝑂𝐵
𝐴𝑂𝐵 + 𝐴𝑂𝐷 = 180°
𝐷Ô𝐶 + 𝐴𝑂𝐷 = 180° 𝐵

𝐴𝑂𝐷 = 180° − 𝐷 𝑂𝐶 𝐶 𝑂 𝐴
𝐴𝑂𝐵 = 180° − 𝐴𝑂𝐷 𝑆𝑂𝐶 𝑆𝑂𝐴
𝐴𝑂𝐵 = 180° − (180 − 𝐷𝑂𝐶) 𝐷
𝐴𝑂𝐵 = 180° − 180 + 𝐷 𝑂𝐶
𝐴𝑂𝐵 = 𝐷𝑂𝐶 𝑆𝑂𝐷

AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Definição: um ângulo cuja medida é 90° é chamado de ângulo reto.

𝑆𝑂𝐵
Consequência: o suplemento de um ângulo reto
𝐵 é também um ângulo reto.

𝐴
𝑂
𝑆𝑂𝐴
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Quando duas retas se interceptam, se um dos quatro ângulos formados por
elas for reto, então todos os outros também o serão. Neste caso diremos que
as retas são perpendiculares.

𝑠 𝑠

𝑟 𝑟
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS

Teorema: por qualquer ponto de uma reta passa uma única reta
perpendicular a esta reta.
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Prova (Existência): dada uma reta 𝑚 e um ponto 𝐴 sobre ela, as duas
semirretas determinadas por 𝐴 formam um ângulo raso.

𝛼 = 180°
𝑚 𝐵 𝐶
𝑆𝐴𝐵 = 180 𝐴 𝑆𝐴𝐶 = 0
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
De acordo com axioma 10, existe uma semirreta cuja coordenada será o
número 90.
𝑆𝐴𝐵 = 90

𝑚 𝛼 = 90°
𝐵 𝐶
𝑆𝐴𝐵 𝐴 𝑆𝐴𝐶 = 0

Esta semirreta forma, com as duas semirretas determinadas pelo ponto A


sobre a reta m, ângulos de 90◦. Portanto ela é perpendicular à reta m.
AXIOMAS SOBRE MEDIÇÃO DE ÂNGULOS
Prova (Unicidade): pelo axioma de incidência 2 (dados dois pontos
distintos existe uma única reta que contém estes pontos), caso exista outra
semirreta perpendicular à reta 𝑚, estas coincidirão.

Ou seja, só existe uma única reta perpendicular às duas semirretas formadas


pelo ponto 𝐴 dado sobre a reta 𝑚.
𝑆𝐴𝐵 = 90

𝑚
𝐴

REFERÊNCIAS
BARBOSA, J. L. M. Geometria Euclidiana Plana. Rio de Janeiro: SBM -
Sociedade Brasileira de Matemática, 1995.
https://www.infoescola.com/biografias/euclides/
https://www.ebiografia.com/euclides/
https://www.youtube.com/watch?v=usHh89ld0cU
https://www.youtube.com/watch?v=o8ngZ8qQxZA
https://www.youtube.com/watch?v=aF5L7YnH3j4
AGRADECEMOS A TODOS PELA
ATENÇÃO E PACIÊNCIA...
𝑆𝐸𝑜𝑓𝑖𝑚