Você está na página 1de 7

ATOS DOS RELATORES

Atos dos Relatores geraram os seguintes achados de auditoria:


RELATORES
Legislação tributária não disponibilizada adequada-
PROCESSO TC: 7052/2018-1 mente para consulta;
CLASSIFICAÇÃO: FISCALIZAÇÃO – AUDITORIA Normatização municipal do ISS incompatível com a Lei
O Relator será juiz do feito que lhe for distribuí-
UN. GESTORA: PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO RO- Complementar 116/2003;
do, competindo-lhe determinar a instrução do fei-
QUE DO CANAÃ Inexistência de Planta Genérica de Valores;
to pelas unidades técnicas; determinar a juntada
de documentos que lhe tenham sido encaminha- EXERCÍCIO: 2018 Irregularidade na atualização monetária;
dos, pertinentes à instrução dos autos de sua re- RESPONSÁVEIS: RUBENS CASOTTI (Prefeito Municipal) Irregularidades na concessão de benefícios fiscais;
latoria; determinar o desentranhamento de docu-
SABRYNNA BERTI CAETANO (Secretária Municipal de Inexistência de cargos de Fiscal de Tributos de nível
mentos dos processos, anexação, apensamento e
Administração e Finanças) superior na legislação Municipal;
outras medidas correlatas acerca da organização e
constituição dos autos; DEYNEL MENEGHINI (Controlador Municipal) Não provimento da carreira específica de fiscalização
ROBERTO TENÓRIO KATTER (Procurador Geral do Mu- prevista em lei;
nicípio) Inexistência de carreira efetiva de Procurador Muni-
Além de decidir, em qualquer fase, sobre pedido de
vista e cópia dos autos do processo, que lhe tenha MIGUEL DJALMA SALVALAIO (Presidente da Câmara cipal;
sido encaminhado por interessado; determinar a Municipal de São Roque do Canaã) Inexistência de previsão orçamentária estabelecendo
coleta de provas, caso não produzidas pela unida- DECISÃO MONOCRÁTICA PRELIMINAR 00203/2019-1 recursos específicos para a administração;
de técnica competente, em busca da verdade real; Tratam os autos de fiscalização na área temática RE- Ausência de regulamentação da Administração Tribu-
CEITAS PÚBLICAS, realizada na Prefeitura Municipal de tária;
Também cabe ao Relator determinar a realização São Roque do Canaã/ES, relativa ao exercício de 2018, Não priorização de recursos à Administração Tributá-
das diligências necessárias à escorreita instrução do decorrente do Plano de Fiscalização 2018. ria;
processo, inclusive quando o julgamento ou a apre- O objetivo da presente auditoria é analisar a estrutura Cadastro imobiliário não fidedigno;
ciação dependerem da verificação de fatos ou atos legislativa, física e organizacional da administração tri-
considerados prejudiciais, estabelecendo prazo pa- Inexistência de procedimentos fiscalizatórios para ma-
butária municipal, identificando deficiências e vulne-
ra o seu cumprimento; dentre outras competências ximizar a arrecadação;
rabilidades que podem ser objeto de aprimoramento
conforme Regimento Interno. Irregularidades no arbitramento da base de cálculo
mediante futuro Plano de Ação a ser estabelecido en-
tre a Prefeitura e o TCE/ES. para valoração do ITBI;

Considerando que município de São Roque do Canaã Ausência de informações de Cartórios de Registro de
apresentou nota de risco mais elevada nos quesitos Imóveis sobre transmissões lavradas no município;
Procedimentos de Fiscalização e Cobrança Judicial, Cobrança administrativa insuficiente para realizar a
demonstrando, além disso, algumas deficiências que efetiva arrecadação;

www.tce.es.gov.br Quinta-feira, 14 de março de 2019 10


ATOS DOS RELATORES

Ausência de requisitos legais na inscrição de dívida e subscrevo integralmente, DECIDO: assinatura do responsável pelo Plano de Ação (Prefei-
ativa; NOTIFICAR o Prefeito de São Roque do Canaã/ES, nos to), bem como dos responsáveis detêm a atribuição
Inconsistência no registro contábil dos créditos tribu- termos do artigo 8º da Resolução TC nº 298/2016 c/c legal pelas medidas ali consignadas;
tários; os artigos 206, §2º, e 358, inciso III, da Resolução TC b) O detalhamento das ações deve ser suficiente para
Ausência de baixa de crédito prescrito. 261/2013, que cuida do Regimento Interno deste Tri- que seja possível acompanhar o seu desenvolvimento
bunal c/c o artigo 63, inciso III, da Lei Orgânica des- no tempo – em geral, efetuado pelos responsáveis por
Assim, devidamente instruída a fiscalização, frente a
te Tribunal, para que, no prazo de 90 (noventa) dias cada setor especializado dentro da estrutura da admi-
análise do Relatório de Auditoria 00048/2018-2 (pe-
cumpra as DETERMINAÇÕES abaixo relacionadas, com nistração municipal –, uma vez que deve ser garantida
ça 06, e seus apêndices e anexos, peças 07 a 60), fo-
base no artigo 7º, da Resolução TC nº 298/2016 e a estrutura necessária à sua implementação.
ram acolhidas as sugestões ali inscritas, acatadas no
nos critérios legais referentes a cada achado de au-
escopo da auditoria em identificar problemas e pro- c) O Plano de Ação deve ser mantido sempre atualiza-
ditoria exposto no item 2 do Relatório de Auditoria
por medidas destinadas a tornar a Administração Tri- do, especialmente com as assinaturas dos responsá-
00048/2018 (cópia anexa), em especial o art. 37 da CF
butária Municipal mais eficiente, evidenciadas na Ins- veis legais, de acordo com as competências previstas
e o art. 11 da LRF, alertando-o de que o não atendi-
trução Técnica Inicial ITI 000650/2018-9, peça 61. na lei municipal de estrutura administrativa vigente,
mento injustificado o sujeita às sanções previstas no
visando à continuidade administrativa e à efetivida-
Considerando que a área técnica através do Relatório art. 1º, inciso XXXII e artigo 135, inciso IV, da Lei Or-
de do saneamento das impropriedades apontadas pe-
de Auditoria 00048/2018-2 e seus apêndices, verifi- gânica deste Tribunal c/c artigo 389, inciso IV, da Re-
lo relatório de auditoria.
cou os indicativos e as proposições da Equipe de audi- solução TC 261/2013, que cuida do Regimento Inter-
toria, concernentes às ações a serem adotadas como no deste Tribunal: NOTIFICAR as pessoas indicadas no quadro abaixo, ou
medidas corretivas pelos gestores municipais. quem lhes houver sucedido no exercício do cargo, pa-
2.1.1.1. Consolidar as medidas propostas visando so-
ra que tomem ciência dos indicativos e proposições
Considerando que o objetivo da auditoria, em primei- lucionar os problemas identificados pela presente au-
suscitadas pela Equipe de Auditoria:
ro plano, é identificar problemas e propor medidas ditoria em um Plano de Ação, no modelo exemplifica-
NOME/CPF CARGO ENDEREÇO
destinadas a tornar a Administração Tributária Muni- tivo previsto no Apêndice 1 do Relatório de Auditoria Sabrynna Berti Ca- Secretária de Admi- Rua José Regattie-
cipal mais eficiente, insta sugerir esta Corte de Con- 00048/2018-2, para avaliação e futuro monitoramen- etano nistração e Finan- ri, 41, Centro, São
tas, determinadas propostas de encaminhamento. to por parte deste Tribunal, nos termos dos artigos 10 096.070.177-06 ças. Roque do Canaã-ES
CEP: 29.665-000
Considerando que a Instrução Técnica Inicial da Resolução TC nº 298/2016 e 194 da Resolução TC Deynel Meneghini Controlador Muni- Rua Lourenço Roldi,
00650/2018-9, emitida NCE – Núcleo de Controle Ex- 261/2013, que cuida do Regimento Interno deste Tri- 075.888.807-40 cipal 268, Bairro São Ro-
bunal. quinho, São Roque
terno de Contabilidade e Economia diante da análi-
do Canaã-ES CEP
se dos documentos lançados pelo responsável ante a) O Plano de Ação deve ser encaminhado em ambos 29665-000
os achados no plano de autoria, sugere em seu item os suportes, papel e digital, nos termos estabelecidos Roberto Tenório Procurador Geral Rua Aristóbulo Bar-
Katter bosa Leão, 245, Jar-
2 - Proposta de Encaminhamentos, como sugestão a nos Incisos I e II, art. 3º, da IN TCEES nº 35/2015 (CD- 412.958.037-04 dim da Penha, Vitó-
NOTIFICAÇÃO e DETERMINAÇÕES ao atual Prefeito do -Rom; formato de planilha eletrônica ou documento ria - ES CEP 29060-
município de São Roque do Canaã/ES, as quais acolho de texto), constando naqueles enviados em papel a 010

www.tce.es.gov.br Quinta-feira, 14 de março de 2019 11


ATOS DOS RELATORES

Miguel Djalma Sal- Presidente da Câ- Rua Severino Simo- PROCESSO TC: 05115/2018-8 vas, bem como os documentos que entender necessá-
valaio mara Municipal de nassi, s/n, São Ja- rios, em razão dos achados da Instrução Técnica Inicial
472.028.587-20 São Roque do Ca- cinto, São Roque U. G.: SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSITÊNCIA SOCIAL DE 00040/2019;
naã do Canaã-ES CEP VILA VELHA
29.665-000 (resi- Considerando as limitações da Gestão municipal com re-
dencial) ou - R. Lou- CLASSIFICAÇÃO: PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DE OR- curso material e humano, e que as demandas diárias da
renço Roldi, 88 - DENADOR Prefeitura não podem parar para atendimento exclusi-
São Roque Do Ca-
naã, São Roque do RESPONSÁVEL: ANA CLÁUDIA PEREIRA SIMÕES LIMA vo ao exigido.
Canaã - ES, 29665- DECISÃO MONOCRÁTICA PRELIMINAR 00204/2019-6 Considerando a complexidade e o grande volume de in-
000 (Câmara Mu-
nicipal) - art. 76, § Trata-se de Requerimento (OFICIO Nº211/2019/SEMAS) formações e documentos a serem analisados, que de-
único do Código Ci- protocolizado nesta Corte de Contas em 07/03/2019 mandam tempo e exigem dedicação frente a análise por
vil – domicílio do parte da área técnica do município,
servidor público. (Protocolo 03183/2019-3), peça 56, procedente da Se-
cretaria Municipal de Assistência Social de Vila Velha - Considerando que pedido apresentado, demonstra inte-
3.1 DAR PRIORIDADE à apreciação do presente proces- SEMAS, através do qual a Gestora, solicita a prorrogação resse e compromisso por parte do gestor em sanar as
so, nos termos do artigo 5º da Resolução TCEES Nº 298 de de prazo, para atendimento ao solicitado nos termos da pendências em relação ao município.
30/08/2016 - que dispõe sobre o exercício da fiscalização de Após análise ao petitório, levando em conta as conside-
Decisão SEGEX 00039/2019-4 frente aos achados apon-
natureza operacional pelo TCEES.
tados no RT 00684/2018-8 (peça 50). rações feitas pelo interessado, reconhecendo seu inte-
3.2 CONFERIR CARÁTER SIGILOSO aos Anexos 08, 09, 10, 11, resse e esforço em atender a esta Corte de contas, sa-
De forma resumida, justifica a requerente que a Gestão
12, 18, 19, 21, 25 e 26 do Relatório de Auditoria 00048/2018- nando assim as pendências relacionadas a SECRETARIA
2, tendo em vista a presença de informações fiscais de con- vem empreendendo esforços com os trâmites de transi-
MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL DE VILA VELHA – SE-
tribuintes do Município auditado, contidas na documentação ção entre o sistema de gestão atual que não mais aten-
MAS, destarte, DEFIRO a dilação do prazo, conforme so-
de suporte às evidências relativas aos achados de auditoria, de aos quesitos exigidos pela PMVV e pelo TCE/ES, pa-
licitado, por mais 30 (trinta) dias.
atendendo ao disposto no artigo 1°, §4°, do Regimento Inter- ra outro que começa a ser implantado, dessa forma para
no deste Tribunal de Contas. confecção da resposta referente ao Termo de Citação nº Notifique-se ao interessado do teor da presente decisão.

Seja encaminhada juntamente ao respectivo Termo de Noti- 00040/2019-7, e encerramento da Prestação de Contas RODRIGO COELHO DO CARMO
ficação cópia do Relatório de Auditoria 00048/2018, acompa- Anual 2018, demanda mais tempo e dedicação dos ser- Relator
nhado do Apêndice 1, onde se encontra a exemplificação do vidores envolvidos.
Plano de Ação a ser elaborado pelo responsável e da Instru- Frente aos argumentos apresentados, requer a respon- PROCESSO TC - 7205/2011
ção Técnica 00650/2018-9, peças elaboradas pelo NCE – Nú-
sável prorrogação do prazo para atendimento ao pro-
cleo de Controle Externo de Contabilidade e Economia. INTERESSADO - PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHEIROS
posto pela Decisão SEGEX 00039/2019-4, que decidiu
À Secretaria Geral das Sessões para as devidas providências. pela citação do mesmo, nos termos do art. 157, III do ASSUNTO - FISCALIZAÇÃO - AUDITORIA
RODRIGO COELHO DO CARMO Regimento Interno do TCEES c/c art. 56, II da Lei Com-
Conselheiro Relator EXERCÍCIO - 2011
plementar 621/2012, para que, no prazo de 30 (trinta)
dias improrrogáveis, apresente as razões de justificati- RESPONSÁVEIS - ABDIAS JUNIOR DE SOUZA SANTANA,

www.tce.es.gov.br Quinta-feira, 14 de março de 2019 12


ATOS DOS RELATORES

- ANTONIO CARLOS MACHADO damento no art. 459, §3° do RITCEES, considerando que Pela NOTIFICAÇÃO dos senhores Abdias Junior de Sou-
- EUGÊNIO CANCIAN o Acórdão TC-206/2017 – Segunda Câmara transitou em za Santana, Antônio Carlos Machado e Eugênio Cancian,
julgado em 22/08/2017 e até o momento não havia si- para que no prazo de 30 (trinta dias) improrrogáveis, efe-
DECISÃO MONOCRÁTICA PRELIMINAR 00205/2019-1
do feita remessa para inscrição em dívida ativa, nem co- tuarem o recolhimento, em parcela única, do valor do
Cuidam os autos de fiscalização junto ao Município de débito nos termos do Acórdão TC-206/2017 – Segunda
brança judicial do débito em questão.
Pinheiros, sob a responsabilidade dos Senhores Abdias Câmara, devidamente atualizado (art. 459, §§ 5º e 6º,
Nesses termos, foi proferida a Decisão TC – 2286/2018,
Junior de Souza Santana, Antônio Carlos Machado, Eu- do RITCEES) ou encaminhe a esta Corte de Contas jus-
peça 23 (VOTO TC 04425/2018-2, peça 22) DEFERINDO o
genio Cancian, Everaldo Tom dos Santos, Gildevan Alves tificativas e documentos necessários à comprovação do
pedido de parcelamento em 10 (dez) vezes do valor das
Fernandes, Nilson Araújo da Silva, Silvaldo Cortes Passos cumprimento das determinações contidas na Decisão TC
multas aplicadas aos responsáveis, conforme requerido.
e Valdir Alves Fernandes, realizada entre os exercícios de 2286/2018.
2006 a 2011. Toda via, a Remessa 02387/2019-5, peça 27, informa
Após, sejam os autos devolvidos à Secretaria do Ministé-
que até então não havia sido juntado aos autos pelos
Devidamente instruído e em tramites normais, houve a rio Público de Contas para acompanhamento e monito-
prolação do Acórdão TC-206/2017 – Segunda Câmara, o responsáveis qualquer comprovante referente ao paga-
ramento do v. acórdão condenatório.
qual excluiu a responsabilidade de Gildevan Alves Fer- mento do parcelamento deferido por meio da Decisão
À Secretaria Geral das Sessões para as providências ne-
nandes, ante a apresentação de documentação compro- TC – 2286/2018.
cessárias.
batória de não ocorrência das irregularidades; e reco- Assim, de acordo com o Regimento Interno desse Tribu-
RODRIGO COELHO DO CARMO
nheceu a prescrição da pretensão punitiva em relação à nal de Contas em seu artigo 459, § 6º que diz: “se o par-
Conselheiro Relator
aplicação de penalidade aos senhores Everaldo Tom dos celamento concedido não for cumprido na forma deferi-
Santos, Silvaldo Cortes Passos, Valdir Alves Fernandes e da, o responsável será notificado a recolher a importân-
Nilson Araújo da Silva. Entretanto, foram rejeitadas as cia remanescente de seu débito” (art. 459, § 6º), e com PROCESSO TC: 06305/2018-1
justificativas apresentadas pelos responsáveis Abdias Ju- base também no Art. 459, § 5º de mesma fonte jurídica, U. G.: SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA,
nior de Souza Santana, Antônio Carlos Machado e Euge- que prevê que “a falta de pagamento de qualquer par- PROJETOS E OBRAS DE VILA VELHA
nio Cancian, mantendo, assim, as irregularidades apon- cela importará no vencimento antecipado do saldo de-
CLASSIFICAÇÃO: PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DE OR-
tadas, aplicando-lhes, individualmente, multa de 500 vedor ”.
DENADOR
VRTE, com amparo no art. 96, inciso II, da Lei Comple- Considerando a manifestação do Ministério Público de
mentar 32/93, lei vigente à época dos fatos. RESPONSÁVEL: LUIZ OTÁVIO MACHADO DE CARVALHO
Contas, através de seu Procurador Geral Dr. Luciano Viei-
Demandado pela Petição Intercorrente 00259/201/-1, ra, Parecer 00745/2019-9, pugnando seja declarado o DECISÃO MONOCRÁTICA PRELIMINAR 00208/2019-4
peça 10, em nome dos responsáveis por meio de pro- vencimento antecipado do saldo devedor, notificando-se Trata-se de Requerimento (OF/SEMOB Nº289/2019) pro-
curador devidamente constituído, requerendo par- Antônio Carlos Machado, Abdias Júnior de Souza Santa- tocolizado nesta Corte de Contas em 01/03/2019 (Pro-
celamento do débito em 10 (dez) vezes, manifestou- na e Eugênio Cancian para efetuarem o recolhimento, tocolo 03148/2019-1), peça 56, procedente da Secreta-
-se o Ministério Público Especial de Contas, Parecer em parcela única, do valor do débito devidamente atua- ria Municipal de Infraestrutura, Projetos E Obras de Vila
03821/20183, peça 20, da lavra do Procurador Geral Dr. lizado (art. 459, §§ 5º e 6º, do RITCEES), o qual acolho e Velha, através do qual o Gestor, solicita a prorrogação de
Luciano Vieira, pelo DEFERIMENTO do pedido, com fun- subscrevo integralmente, DECIDO: prazo, para atendimento ao solicitado nos termos da De-

www.tce.es.gov.br Quinta-feira, 14 de março de 2019 13


ATOS DOS RELATORES

cisão SEGEX 00040/2019-7 frente aos achados aponta- Após análise ao petitório, levando em conta as conside- a ser implantado, dessa forma para confecção da respos-
dos no RT 00666/2018-1 (peça 50). rações feitas pelo interessado, reconhecendo seu inte- ta referente ao Termo de Citação nº 00026/2019-7, e en-
Em síntese, justifica o requerente que a Gestão Muni- resse e esforço em atender a esta Corte de contas, DEFI- cerramento da Prestação de Contas Anual 2018, demanda
cipal vem empreendendo esforços com os trâmites de RO a dilação do prazo, conforme solicitado, por mais 30 mais tempo e dedicação dos servidores envolvidos.
transição entre o sistema de gestão atual que não mais (trinta) dias. Frente aos argumentos apresentados, requer a responsá-
atende aos quesitos exigidos pela PMVV e pelo TCE/ES, Notifique-se ao interessado do teor da presente decisão. vel prorrogação do prazo para atendimento ao proposto
para outro que começa a ser implantado, dessa forma RODRIGO COELHO DO CARMO pela Decisão SEGEX 00035/2019-6, que decidiu pela cita-
para confecção da resposta referente ao Termo de Cita- Relator ção do gestor da pasta, nos termos do art. 157, III do Regi-
ção nº 00038/2019-1, e encerramento da Prestação de mento Interno do TCEES c/c art. 56, II da Lei Complemen-
Contas Anual 2018, demanda mais tempo e dedicação tar 621/2012, para que, no prazo de 30 (trinta) dias impror-
PROCESSO TC: 05114/2018-3
dos servidores envolvidos. rogáveis, apresente as razões de justificativas, bem como
U.G.: SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO UR- os documentos que entender necessários, em razão dos
Frente aos argumentos apresentados, requer o respon-
BANO E MOBILIDADE DE VILA VELHA - SEMDU achados da Instrução Técnica Inicial 00036/2019.
sável, prorrogação do prazo para atendimento ao pro-
CLASSIFICAÇÃO: PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DE ORDE- Considerando as limitações da Gestão municipal com re-
posto pela Decisão SEGEX 00040/2019-7, que decidiu
NADOR curso material e humano, e que as demandas diárias da
pela citação do mesmo, nos termos do art. 157, III do
RESPONSÁVEIS: ANTÔNIO MARCUS CARVALHO MACHADO Prefeitura não podem parar para atendimento exclusivo ao
Regimento Interno do TCEES c/c art. 56, II da Lei Com-
exigido.
plementar 621/2012, para que, no prazo de 30 (trinta) CAROLINE JABOUR DE FRANÇA
dias improrrogáveis, apresente as razões de justificati- Considerando a complexidade e o grande volume de in-
DECISÃO MONOCRÁTICA PRELIMINAR 00209/2019-9
vas, bem como os documentos que entender necessá- formações e documentos a serem analisados, que deman-
Trata-se de Requerimento (OFICIO SEMDU/GAB dam tempo e exigem dedicação frente a análise por parte
rios, em razão dos achados da Instrução Técnica Inicial
Nº090/2019) protocolizado neste Tribunal em 28/02/2019 da área técnica do município.
00041/2019 (peça 51).
(Protocolo 03107/2019-2), peça 56, procedente da Secre-
Considerando as limitações da Gestão municipal com re- Considerando que o pedido apresentado, demonstra inte-
taria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade
curso material e humano, e que as demandas diárias da resse e compromisso por parte da gestão em sanar as pen-
de Vila Velha - SEMDU, através do qual sua Gestora, soli-
dências em relação ao município.
Prefeitura não podem parar para atendimento exclusi- cita a prorrogação de prazo, para atendimento ao solicita-
vo ao exigido. Após análise ao petitório, levando em conta as considera-
do nos termos da Decisão SEGEX 00035/2019-6 frente aos
ções feitas pela interessada, reconhecendo seu interesse e
Considerando a complexidade e o grande volume de in- achados apontados no RT 00634/2018-1 (peça 50).
esforço em atender a esta Corte de contas, DEFIRO a dila-
formações e documentos a serem analisados, que de- Alega a requerente, em linhas gerais, que a pasta necessi- ção do prazo, conforme solicitado, por mais 30 (trinta) dias.
mandam tempo e exigem dedicação frente a análise por ta de mais prazo diante das dificuldades administrativas e
parte da área técnica do município. Notifique-se a interessada do teor da presente decisão.
logísticas da Prefeitura, razão pela qual a Gestão vem em-
Considerando que o pedido apresentado, demonstra in- preendendo esforços com os trâmites de transição entre o RODRIGO COELHO DO CARMO
teresse e compromisso por parte do gestor em sanar as sistema de gestão atual que não mais atende aos quesitos Relator
pendências em relação ao município. exigidos pela PMVV e pelo TCE/ES, para outro que começa

www.tce.es.gov.br Quinta-feira, 14 de março de 2019 14


ATOS DOS RELATORES

PROCESSO TC: 05111/2018-8 Considerando as limitações da Gestão municipal com re- to ao solicitado nos termos da Decisão SEGEX 00034/2019-
U. G.: FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE VILA VELHA curso material e humano, e que as demandas diárias da 1 frente aos achados apontados no RT 00614/2018-2 (pe-
Prefeitura não podem parar para atendimento exclusivo ça 50).
CLASSIFICAÇÃO: PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DE ORDE-
ao exigido. De forma sintética, justifica o requerente que a Gestão
NADOR
Considerando a complexidade e o grande volume de in- Municipal vem empreendendo esforços com os trâmites
RESPONSÁVEIS: JARBAS RIBEIRO DE ASSIS JUNIOR
formações e documentos a serem analisados, que deman- de transição entre o sistema de gestão atual que não mais
GIOVANNA SARCINELLI MOTTA dam tempo e exigem dedicação frente a análise por parte atende aos quesitos exigidos pela PMVV e pelo TCE/ES, pa-
DECISÃO MONOCRÁTICA PRELIMINAR 00210/2019-1 da área técnica do município. ra outro que começa a ser implantado, dessa forma para
Trata-se de Requerimento (OF Nº231/2019/SEMSA/GAB) Considerando que o pedido apresentado, demonstra inte- confecção da resposta referente ao Termo de Citação nº
protocolizado nesta Corte de Contas em 28/02/2019 (Pro- resse e compromisso por parte do gestor em sanar as pen- 00023/2019-3, e encerramento da Prestação de Contas
tocolo 03100/2019-1), peça 57, procedente da Secreta- dências em relação ao município. Anual 2018, demanda mais tempo e dedicação dos servi-
ria Municipal de Saúde de Vila Velha - SEMAS, através do dores envolvidos.
Após análise ao petitório, levando em conta as conside-
qual o Gestor do Fundo, solicita a prorrogação de prazo, rações feitas pelo interessado, reconhecendo seu interes- Frente aos argumentos apresentados, requer o responsá-
para atendimento ao solicitado nos termos da Decisão SE- se e esforço em atender a esta Corte de contas, DEFIRO a vel, prorrogação do prazo para atendimento ao propos-
GEX 00031/2019-8 frente aos achados apontados no RT dilação do prazo, conforme solicitado, por mais 30 (trin- to pela Decisão SEGEX 00034/2019-1, que decidiu pela ci-
00603/2018-4 (peça 50). ta) dias. tação do mesmo, nos termos do art. 157, III do Regimen-
to Interno do TCEES c/c art. 56, II da Lei Complementar
De forma resumida, justifica a requerente que a Gestão Notifique-se ao interessado do teor da presente decisão.
621/2012, para que, no prazo de 30 (trinta) dias impror-
vem empreendendo esforços com os trâmites de transi- RODRIGO COELHO DO CARMO rogáveis, apresente as razões de justificativas, bem como
ção entre o sistema de gestão atual que não mais aten- Relator os documentos que entender necessários, em razão dos
de aos quesitos exigidos pela PMVV e pelo TCE/ES, pa-
achados da Instrução Técnica Inicial 00035/2019 (peça 51).
ra outro que começa a ser implantado, dessa forma pa-
ra confecção da resposta referente ao Termo de Citação PROCESSO TC: 05113/2018-9 Considerando as limitações da Gestão municipal com re-
nº 00024/2019-8, e encerramento da Prestação de Contas curso material e humano, e que as demandas diárias da
U. G.: PROCURADORIA GERAL DO MUNICIPIO DE VILA VE-
Anual 2018, demanda mais tempo e dedicação dos servi- Prefeitura não podem parar para atendimento exclusivo ao
LHA
dores envolvidos. exigido.
CLASSIFICAÇÃO: PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DE ORDE-
Frente aos argumentos apresentados, requer a responsá- Considerando a complexidade e o grande volume de in-
NADOR
vel, prorrogação do prazo para atendimento ao propos- formações e documentos a serem analisados, que deman-
RESPONSÁVEL: JOSÉ DE RIBAMAR LIMA BEZERRA dam tempo e exigem dedicação frente a análise por parte
to pela Decisão SEGEX 00031/2019-8, que decidiu pela ci-
tação do mesmo, nos termos do art. 157, III do Regimen- DECISÃO MONOCRÁTICA PRELIMINAR 00211/2019-6 da área técnica do município.
to Interno do TCEES c/c art. 56, II da Lei Complementar Trata-se de Requerimento (OFICIO Nº 001/2019) protoco- Considerando que pedido apresentado, demonstra inte-
621/2012, para que, no prazo de 30 (trinta) dias impror- lizado nesta Corte de Contas em 28/02/2019 (Protocolo resse e compromisso por parte do gestor em sanar as pen-
rogáveis, apresente as razões de justificativas, bem como 03109/2019-1), peça 56, procedente da Procuradoria Ge- dências em relação ao município.
os documentos que entender necessários, em razão dos ral do Município de Vila Velha, através do qual seu repre- Após análise ao petitório, levando em conta as considera-
achados da Instrução Técnica Inicial 00032/2019. sentante, solicita a prorrogação de prazo, para atendimen- ções feitas pelo interessado, reconhecendo seu interesse e

www.tce.es.gov.br Quinta-feira, 14 de março de 2019 15


ATOS DOS RELATORES

esforço em atender a esta Corte de contas, DEFIRO a dila- de Saúde dos quatorze municípios que compõem a Região al de saúde, em face da mudança de governo, e por cautela
ção do prazo, conforme solicitado, por mais 30 (trinta) dias. Norte (Água Doce do Norte, Barra de São Francisco, Boa Es- que merece a proposta firmada no item 2 da ITI 649/2018
Notifique-se ao interessado do teor da presente decisão. perança, Conceição da Barra, Ecoporanga, Jaguaré, Monta- (peça 38) e acolhida no item 2 da Decisão Monocrática
nha, Mucurici, Nova Venécia, Pedro Canário, Pinheiros, Pon- 1787/2018 (peça 40), sugere nova notificação ao atual Se-
RODRIGO COELHO DO CARMO
to Belo, São Mateus e Vila Pavão), no período compreendi- cretário de Saúde, Sr. Nésio Fernandes de Medeiros Junior,
Relator
do entre 07/05/2018 e 28/09/2018. para que, caso queira, exerça o seu direito de contraditório
PROCESSO TC: 4016/2018-8 Em cumprimento às definições do PAF/2018, o objetivo des- e ampla defesa, no prazo de 30 (trinta) dias improrrogáveis.
ta fiscalização foi avaliar o modelo de atendimento integral à Sendo assim, acolhendo a proposição da área técnica MT
CLASSIFICAÇÃO: FISCALIZAÇÃO – AUDITORIA saúde denominado REDE CUIDAR, em âmbito regional, ten- 000959/2019-6, DECIDO:
UNIDADE GESTORA: CIM NORTE – CONSÓRCIO PÚBLICO DA do sido definido a Região de Saúde onde houve implantação
REGIÃO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Reiterar a notificação realizada no item 2 da Decisão Mono-
em 2017 da única unidade física de atendimento, localizada
em Nova Venécia, norte do Estado. Durante a fase de plane- crática 1787/2018, ao atual Secretário de Saúde, Sr. Nésio
FES – FUNDO ESTADUAL DE SAÚDE;
jamento foram realizadas reuniões com representantes da Fernandes de Medeiros Junior, para que, caso queira, exer-
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE CONCEIÇÃO DA BARRA;
SESA e do CIM NORTE/ES. ça o seu direito de contraditório e ampla defesa, no prazo
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE JAGUARÉ; de 30 (trinta) dias improrrogáveis, no que tange ao resta-
Compulsado os autos verifica-se que SecexSAS – Secretaria
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE PONTO BELO; belecimento da destinação de recursos estaduais para com-
de Controle Externo de Saúde e Assistência Social, basean-
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE BOA ESPERANÇA; do-se nos achados demonstrados no Relatório de Audito- por o financiamento tripartite da Atenção Básica, com re-
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE ECOPORANGA; ria 23/2018-5 (peça 14), elaborou a Instrução Técnica Inicial passes fundo a fundo para custeio e investimento das ações
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MONTANHA; 649/2018-6 (peça 38), depreendendo a Decisão Monocrá- e serviços, de modo regular e automático, consoante previ-
tica 01787/2018 com vistas a Citação e Notificação dos res- são do art. 9º, II, do Anexo XXII da Portaria de Consolidação
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MUCURICI;
ponsáveis para que no prazo estipulado, apresentassem, in- MS/GM 2/2017, seja por meio da Pecaps ou outra política
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE NOVA VENÉCIA; que entender mais adequada, podendo inclusive condicio-
dividual ou coletivamente, razões de justificativas, bem co-
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE PINHEIROS; mo os documentos que entendessem necessários, em ra- nar a continuidade dos repasses ao cumprimento de metas
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE PEDRO CANÁRIO; zão dos achados de auditoria apontados nas referidas pe- pactuadas anualmente na CIB/SUS-ES.
FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO MATEUS; ças técnicas. Seja encaminhada juntamente ao respectivo Termo de No-
PREFEITURA MUNICIPAL DE ÁGUA DOCE DO NORTE; Devidamente notificados, assim os responsáveis o fizeram tificação cópia do Relatório de Auditoria 00023/2018-5, da
conforme tabela parte integrante do Despacho 05544/2019- Instrução Técnica 00649/2018-6, peças elaboradas pela Se-
PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DE SÃO FRANCISCO;
8, peça 197, apresentando as devidas informações sobre cexSAS - Secretaria de Controle Externo de Saúde e Assis-
PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA PAVÃO
documentações acostadas aos autos, em atendimento à tência Social.
EXERCÍCIO: 2018 Decisão Monocrática 1787/2018-6.
À Secretaria Geral das Sessões para as devidas providências.
DECISÃO MONOCRÁTICA PRELIMINAR 00213/2019-5 Ato continuo foram os autos remetidos para analise a Secex-
RODRIGO COELHO DO CARMO
Trata-se de Auditoria de Conformidade realizada no Consór- SAS - Secretaria de Controle Externo de Saúde e Assistência
Conselheiro Relator
cio Público da Região Norte do Espírito Santo – CIM NORTE, Social que elaborou a Manifestação Técnica 00959/2019-6,
no Fundo Estadual de Saúde – FES, e nos Fundos Municipais peça 199, que considerando a alteração da gestão estadu-

www.tce.es.gov.br Quinta-feira, 14 de março de 2019 16