Você está na página 1de 56

Miguel Paredes Alves – administrador dos Hotéis Eduardo VII

“Lisboa não pode estar 12 anos sem nada fazer ao nível da oferta turística”

Turisver
n 05 de Novembro de 2010 n Quinzenal
n Nº 753 n Ano XXV n Preço 3€ n Director José Luís Elias

| A informação para os profissionais do Turismo |

MSC
Novo
catálogo e
mais oferta
em Portugal

Hotel da Estrela
Um novo modelo
em hotéis
de aplicação

Reveillon em Natal
e Salvador
Três charters
CTP no mercadoanuncio_julho_new2010.pdf 1 7/27/2010 9

Quer discutir
PUBLICIDADE

cidades
CM

MY

CY Passe umas férias em grande!


CMY

www.avis.com.pt 800 20 10 02
K
2 05 de Novembro de 2010 Turisver
sumário
18 21

MSC:
Novo catálogo e mais
oferta em Portugal

22
AV&TO Reveillon em Natal e Salvador: Três charters no mercado

10 14
Aeroportos distinguidos
Hotel da Estrela: Um novo modelo Inspira Santa Marta Um hotel ANA recebeu certificação
em hotéis de aplicação ecológico no centro de Lisboa pioneira na Europa

OPINIÃO SUPLEMENTO
4 Editorial Alguém se preocupe…

ENTREVISTA
5e6 Miguel Paredes Alves “Lisboa não pode estar 12 anos sem nada fazer ao nível da oferta turística”

NOTÍCIAS
8e9 Segundo ETC Turismo europeu em recuperação

REPORTAGEM
10 Hotel da Estrela Um novo modelo em hotéis de aplicação
SUPLEMENTO WTM
EM FOCO
11 e 12 CTP promove “Cimeira do Turismo 2011” Rudolph Giuliani “estrela” para debater as cidades

HOTELARIA
13 Com presença do primeiro-ministro Vidago Palace Hotel inaugurado
14 e 15 Inspira Santa Marta Um hotel ecológico no centro de Lisboa
16 Grupo Evidência Hotéis “light” já funcionam a 100%

AV&TO
17 XXXVI Congresso da APAVT Madeira espera por si
18 e 19 Reveillon em Natal e Salvador Três charters no mercado
20 Mundo Abreu Regressa a 9 e 10 de Abril NA CAPA

CRUZEIROS
21 MSC Novo catálogo e mais ofertas em Portugal

AVIAÇÃO
22 e 23 Aeroportos distinguidos ANA recebeu certificação pioneira na Europa

24 Grande Equipa Club In


25 Social Hotel da Estrela Inauguração concorrida no Hotel da Estrela
26 Figuras João Jesus Sales director leisure da Tivoli Hotels & Resorts
Turisver 05 de Novembro de 2010 3
EDITORIAL

JOSÉ LUÍS ELIAS

Alguém se preocupe
feriado de dia 1 de No-
Quanto ao sector do turis- de qualquer quadro constitucional um o Governo irá ter que buscar em vá-

O
vembro, ao ser colado Orçamento Geral de Estado, à revelia rios itens do orçamento, para “compor
ao fim de semana, deu-
mo, segundo os especialis- do local próprio para o fazer - que é o ramalhete” daquilo que os sociais
nos três dias de descan- tas está em recuperação, como sabemos a Assembleia da Repú- democratas mantêm ser um mau orça-
so, e a chuva e ventos situação que se fica a dever blica -, onde o Governo apresentou o mento.
fortes que se abateram ao crescimento económico documento, e no qual seria mais do
sobre o país ajudaram a que os por- que lógico que os partidos políticos o Se existisse uma ideia clara para Por-
tugueses se aconchegassem em casa,
e a um crescente aumento discutissem, lhe introduzissem altera- tugal, os dois maiores partidos portu-
como se estivessem de ressaca, apro- da confiança dos consumi- ções e o aprovassem ou reprovassem. gueses iriam negociar numa base que
veitando para “desintoxicar” os ouvi- dores de países de onde O caricato da situação é que isso vai levasse à aprovação de um Orçamento
dos e as mentes, de uma novela que são provenientes os turistas acabar por acontecer, porque estamos Geral de Estado que, inevitavelmente,
se arrastou durante mais de oito dias num Estado de direito, e democrático, iria ser penalizador para o país face à
e que teve por nome Orçamento Ge-
que nos visitam. Mas para e por certo esta telenovela do nosso necessidade de equilibrarmos as nossas
ral do Estado. Os que acompanharam se projectar o imediato – e futuro vai ter mais episódios. finanças públicas, de reduzir o deficit e
as notícias durante este período com o imediato são os próximos criar condições de confiança nos mer-
o natural interesse de saber o que os dois anos -, teremos de ter O maior partido da oposição vinha des- cados financeiros internacionais. Mas
políticos estavam a decidir sobre o pre- de o início do Verão condicionando a também de um orçamento que poten-
sente e futuro de todos nós, ficou em
também em conta o merca- aprovação do OGE longe no tempo des- ciasse o crescimento e o desenvolvi-
estado de choque com o espectáculo do nacional que tão bem se te estar apresentado, criando mesmo mento da criação de riqueza. Este or-
que lhe foi dado a ver. comportou este ano. Con- barreiras quase que impossíveis face çamento é absolutamente nulo no seu
sequências directas deste à situação económica do país, como “olhar” para as empresas, não se vis-
À partida todos sabíamos que a pro- o facto de ser contra o aumento dos lumbram nele incentivos às empresas
posta do Governo nos iria exigir um
orçamento na actividade impostos, e que depois do documento - e não me refiro a apoios meramente
elevado esforço financeiro, mas com económica do turismo só fi- ser apresentado o considera, em cada financeiros. É um orçamento sem visão
a predisposição para negociar criou-se carão a conhecer-se depois noticiário televisivo, como um “mau sectorial, no qual se está longe de per-
a expectativa que, entre as medidas das modificações a que, por orçamento”, acaba por ceder e vai ceber por onde e para onde vai o sector
propostas pelo Governo e as “achegas” deixar passar o orçamento com a abs- económico e produtivo.
do maior partido da oposição, o país
certo, será sujeito durante a tenção. Eu pergunto-me agora: então
pudesse vir a ter um orçamento dife- votação na especialidade, para que serviu todo o espectáculo das Quanto ao sector do turismo, segundo
rente do inicialmente proposto. Mas na Assembleia da Repúbli- negociações? os especialistas está em recuperação,
apesar de todo o espectáculo mediáti- ca. situação que se fica a dever ao cres-
co que nos foi oferecido pelos meios de O que se esperava era que o PSD tives- cimento económico e a um crescente
comunicação, com o acolhimento dos se partido para as negociações com um aumento da confiança dos consumido-
responsáveis políticos, só uma situação orçamento alternativo, que demons- res de países de onde são provenientes
é retida hoje na memória: a foto tirada trasse aos portugueses que é alternati- os turistas que nos visitam. Mas para
por telemóvel em que o ministro Tei- va credível para governar Portugal. Ao se projectar o imediato – e o imediato
xeira dos Santos e o ex-ministro Eduar- contrário, o Partido Social Democrata são os próximos dois anos -, teremos de
do Catroga assinam o acordo. levou para as negociações uma folha ter também em conta o mercado na-
onde alavancou meia dúzia de propos- cional que tão bem se comportou este
Alguns dos que agora estão a ler es- tas que, no essencial, pouco mudam o ano. Consequências directas deste or-
tas linhas poderão estar a pensar que contexto geral do orçamento, que são çamento na actividade económica do
estes dois parágrafos eram desneces- uma mera questão contabilística, que turismo só ficarão a conhecer-se depois
sários, mas eles retratam em escala se resumem a uma diferença de qui- das modificações a que, por certo, será
condensada o que se passou. Um Go- nhentos milhões de Euros, que em sede sujeito durante a votação na especiali-
verno e um partido a negociarem fora própria – a Assembleia da República -, dade, na Assembleia da República. ■

FICHA TÉCNICA
Medalha de Prata Medalha de Prata
de Mérito Turístico da APAVT
do Governo Português de Mérito Turístico

Turisver DIRECTOR: JOSÉ LUÍS ELIAS • PROPRIEDADE E EDITOR: EDITORA, LDA. • NIPC 504 651 757 • SEDE (ADMINISTRAÇÃO REDACÇÃO E PUBLICIDADE) RUA DA COVA DA
MOURA, Nº 2, 2º ESQ. 1350-177 LISBOA • TELEFONE 213 929 640 • FAX 213 929 650 • EMAIL TURISVER@NETCABO.PT • WEBSITE WWW.TURISVER.COM • INSCRITO NO ICS COM O Nº 111 233 • DEPÓSITO
LEGAL Nº 10 533/85 • PERIODICIDADE QUINZENAL - DIAS 5 E 20 • TIRAGEM 6500 EXEMPLARES • PRÉ-IMPRESSÃO E IMPRESSÃO MX3 – ARTES GRÁFICAS, LDA. - RUA DO ALTO DO FORTE - SINTRA COMERCIAL
PARK - FRACÇÃO Q N.º 16 - RIO DE MOURO - 2635-446 MEM MARTINS • TELEFONE 219 171 088/89/90 • FAX 219 171 004 • EMAIL CLIENTES@MX3AG.COM • WEBSITE WWW.MX3AG.COM

4 05 de Novembro de 2010 Turisver


ENTREVISTA

MIGUEL PAREDES ALVES – ADMINISTRADOR DOS HOTÉIS EDUARDO VII

“LISBOA NÃO PODE ESTAR 12 ANOS SEM


Texto: José Luís ELias
NADA FAZER AO NÍVEL DA OFERTA TURÍSTICA”
Administrador dos Hotéis Eduardo VII e presidente da HotelShop,

T
urisver – Qual é a percepção da imagem de Lisboa que se tem actualmente
nos mercados internacionais?
Miguel Paredes Alves esteve desde sempre ligado à hotelaria, Miguel Paredes Alves – Lisboa é uma das cidades mais bonitas da Europa, é um
principalmente à hotelaria de Lisboa. Foi disso que falámos nesta destino turístico de primeira, e continua a conquistar a preferência de muitos
turistas internacionais que reconhecem que somos um destino com história,
entrevista em que vieram a lume temas como a taxa que a autarquia com cultura, com vida e gastronomia, com profissionalismo e genuinidade na
quer impor sobre as dormidas, a promoção turística e o futuro da forma de receber. Temos tido, nos últimos anos, uma retracção na procura turística por via
da crise internacional, mas este ano houve alguma recuperação face aos níveis de descida
hotelaria. dos anos anteriores. Assistimos a uma certa estabilização dos fluxos turísticos, o que é mo-
tivo de satisfação, e creio que a quebra não irá continuar e que estamos a dar os primeiros
passos no início de uma nova era turística em Lisboa.

Tem-se feito tudo o que seria desejável para que a quebra não continue e possa haver
uma recuperação mais acelerada?
Há factores que dependem de nós, que podemos controlar e que nos poderiam ter ajudado
a resistir melhor aos anos difíceis de crise internacional que se reflectiram no turismo.
Um deles tem a ver com a qualificação do produto turístico. Continuamos com problemas
sérios ao nível da limpeza e do arranjo urbano da cidade, continuamos com arrumadores de
carros, grafittis, sujidade, obras infindáveis cujos detritos ficam na via pública, com uma
cidade cheia de caixilharias de alumínio, de publicidade desregrada, cartazes em todos os
cantos… tudo tolerado pela bonomia própria do português. Temos carências ainda manifestas
nos equipamentos turísticos, nomeadamente de congressos onde a nossa oferta é bastante
limitada face à dimensão do nosso produto turístico, continuamos a não ter um Museu das
Descobertas. Um país cujo contributo mais importante para a História da Humanidade foi o
dos Descobrimentos, aos quais Lisboa está associada, não ter um Museu dos Descobrimentos,
mas ter um Museu do Folclore, do Fado, da Marioneta, do Azulejo, do Traje, e mais umas
dezenas de Museus cujo nome não me recordo – nem eu nem nenhum turista – é algo que
não se entende.

Faltam atractivos para trazer mais turistas?


Faltam. Não basta termos uma zona histórica ímpar e excelentes hotéis, precisamos de mais
atractivos. A última atracção turística construída em Lisboa foi o Oceanário, em 1998. Desde
então não houve um único equipamento turístico relevante, ou de dimensão internacional,
que tivesse sido feito, e Lisboa não pode estar 12 anos sem nada fazer ao nível da oferta
turística.

Este é o lado do produto. E ao nível da promoção?


O Turismo de Lisboa tem feito muito para projectar internacionalmente a nossa imagem, mas
por vezes, em termos de opções estratégicas, parece estar a canalizar uma parte demasiado
elevada dos seus activos para festas e eventos em vez de investir mais em promoção directa
junto dos nossos principais mercados. Não me parece que o investimento nos eventos tenha
o mesmo nível de retorno que tem o investimento directo em marketing no exterior, e ne-
nhum dos eventos tem dimensão e prestígio internacional que justifique tais investimentos.
Alguns poderão fazer sentido mas a política de eventos deveria ser totalmente repensada
e o seu percentual de budjet não deveria ultrapassar os 10% do orçamento das entidades
responsáveis pela promoção.
Às vezes é difícil justificar grandes alterações numa estratégia que essencialmente consiste
em distribuir o budjet de acordo com a percentagem que cada mercado representa para o
nosso turismo, mas há mercados absolutamente estratégicos que deveriam merecer uma
quota maior. Há dois mercados que deveriam neste momento ser prioritários para Lisboa:
Espanha e Brasil. Espanha por ser o nosso mercado mais relevante, e o Brasil pelas taxas
de crescimento que vem apresentando, merece um forte investimento por parte das nossas
entidades promocionais.

Taxa hoteleira é prejudicial

Quando se fala cada vez mais da necessidade de sermos competitivos, a Câmara quer
colocar uma taxa sobre as dormidas na hotelaria. A AHP já se manifestou contrária à
aplicação desta taxa. Revê-se nos argumentos da Associação?
Revejo-me. Participei na Assembleia Geral convocada para discutir esse tema, e partilho
das preocupações que a AHP manifestou junto da Câmara de Lisboa na sequência dessa
Assembleia Geral. Faço votos para que a Câmara reveja a sua posição e >>>>>
Turisver 05 de Novembro de 2010 5
ENTREVISTA

MIGUEL PAREDES ALVES

Há dois mercados que deveriam nes-


te momento ser prioritários para Lis-
boa: Espanha e Brasil. Espanha por
ser o nosso mercado mais relevante,
e o Brasil pelas taxas de crescimento
que vem apresentando, merece um
forte investimento por parte das nos-
sas entidades promocionais.

do do que no negócio dito tradicional.

Os nossos hotéis estão preparados para fazer a transição


para o All Inclusive?
Eu diria que alguns resorts, sim. O modelo de negócio do
Tudo Incluído exige uma diversidade de oferta e de equipa-
mentos de que a maior parte dos nossos resorts não dispõe
e por isso acredito que o sistema vingará mais para unida-
des que ainda vão ser construídas e que serão já adaptadas
para esse fim do que através da adaptação das unidades já
existentes a qual, em termos práticos, é muito difícil de ser
>>>>> considere a importância estratégica que o turis- dado, para a sustentabilidade dos fluxos turísticos. feita, exactamente porque exige uma quantidade de equipa-
mo representa para a nossa cidade, a importância a nível de mentos para as quais as unidades não foram dimensionadas
emprego que a actividade turística já hoje representa. E faço Aprender com experiências de outros no seu projecto inicial.
votos para que a ATL, que é uma parceria público-privada A nível das compras tem que haver um cuidado cada vez
que deveria pugnar pelos interesses do sector, reveja uma Em Janeiro realiza-se a Cimeira do Turismo em que vão maior no cálculo do rácio de custos, na definição das porções
posição que iria prejudicar não só os hoteleiros nem só os estar presentes oradores de prestígio internacional, como e das quantidades, e isso exige muito maior capacidade de
empresários turísticos da cidade, já tão afectados pela crise, o ex-mayor de Nova Iorque Rudolph Giuliani, e já se diz gestão por parte dos chefes.
mas sobretudo dezenas de milhares de famílias que na nos- que será uma cimeira mais para ouvir do que para debater.
sa cidade trabalham de forma árdua mas muito profissional Numa altura em que se discute tão pouco turismo, este Consultoria de compras
para defender o nosso turismo junto dos milhares de turistas parece-lhe o modelo correcto?
internacionais que nos visitam. Não conheço em detalhe o modelo, mas é importante que Uma entidade como a HotelShop está preparada para aju-
comparemos a nossa realidade com a realidade congénere dar a enfrentar a mudança?
A política seguida pelo Turismo de Lisboa relativamente de outros países. Uma das falhas muitas vezes apontada ao Estamos, aliás uma das nossas funções é prestar consultoria
às companhias aéreas low cost tem dado os frutos dese- nosso país é que as boas práticas de outros países demoram de compras aos nossos associados. Hoje a HotelShop é muito
jados? muito tempo a chegar cá, e por isso parece-me ser feliz a mais que uma central de compras ou de gestão de preços, é
Creio que sim. Num mundo de extrema competitividade e ideia de trazer experiências de outras cidades. A ânsia de uma consultora de compras e é uma central de procedimentos
agressividade nos transportes aéreos, não podemos deixar de ouvirmos falar deste nosso “cantinho” leva-nos a não ter a de pagamento. No âmbito da nossa actividade de consultora
encarar a realidade, e a realidade é que as low cost canali- disponibilidade ou interesse para acolher e compreender as de compras beneficiamos de uma rede de 230 sócios que qua-
zam para os destinos turísticos fluxos importantíssimos de experiências dos outros. Por isso penso ser bastante meritória se diariamente dão imputs sobre produtos, sobre fornecedo-
turistas vitais para a sua sobrevivência. Hoje a realidade do a ideia e espero que ouçamos com atenção o que vai ser dito, res e sobre as necessidades que cada unidade tem de adaptar
transporte aéreo é completamente diferente do que era há para tentarmos aprender com a experiência dos outros. os seus menus às reais necessidades da operação e até do
uns anos atrás, as companhias de baixo custo têm argumen- cliente, tendo em vista o rácio de operação que pretende ter.
tos fortíssimos, têm um poder negocial bastante elevado que Além de administrador hoteleiro é também presidente Esta realidade é muitíssimo mais exigente que uma simples
usam em seu benefício junto dos destinos para onde preten- da HotelShop. Este é um bom barómetro para se fazer a gestão de custos e exige da parte da equipa de cozinha uma
dem voar, pressionando as entidades no sentido de lhes pres- avaliação da actividade hoteleira, como vai a nossa hote- muito maior atenção e rigor a vários aspectos económicos
tarem os apoios necessários para que possam fazer operações laria? da operação do que apenas aos aspectos da culinária ou da
competitivas. Se queremos ter níveis de crescimento turístico A área das compras é, realmente, um bom barómetro de gastronomia que embora continuem a ser preciosíssimos já
para a nossa cidade e para o nosso país, não podemos deixar avaliação da actividade hoteleira porque para um hoteleiro não são suficientes. Uma operação de All Inclusive, com um
de trabalhar com as low cost, ainda que, eventualmente, a vender um produto ao cliente é necessário comprá-lo. Daí nível gastronómico elevado mas que despreze a componente
companhia de bandeira possa sair prejudicada. O turismo não que, quando a actividade hoteleira está em baixa notam-se de produtos é uma operação condenada ao fracasso.
existe para servir a TAP, quando muito a TAP deverá ajudar o quebras ao nível das compras O que tenho notado é que este
turismo tanto mais que é uma empresa do Estado e ao Estado ano, de norte a sul do país, tem havido um aumento genera- Houve uma grande capacidade por parte das unidades ho-
compete apoiar a actividade económica do turismo. lizado no volume de compras, o que indicará um aumento da teleiras no enfrentar desta crise?
actividade hoteleira, quer os quartos estejam a ser vendidos Sim. Houve casos de estabelecimentos que tiveram que dar
Há quem diga que as low cost não irão crescer muito mais. a 200 ou a 100 euros. uma volta de 180 graus na forma como operavam, de forma a
Tem essa percepção? ajustar-se às novas exigências, conseguindo reduzir custos de
Creio que vão continuar a crescer. Nos últimos anos, com a Cada vez mais os operadores internacionais estão a pres- forma acentuada não só na área dos recursos humanos mas
crise internacional, houve estagnação e até quebra dos fluxos sionar os hotéis para entrarem no sistema do Tudo Incluí- também ao nível dos custos com a alimentação, entre outros,
turísticos, mas isso não é culpa das low cost nem de qualquer do. Isso levará a alterações ao nível da estrutura e gestão e conseguiram ter a percepção do que é realmente importan-
companhia aérea. dos hotéis, mas também na forma como os hoteleiros rea- te e do que é supérfluo, reduzindo as prestações neste último
Nem todos podem comprar “hight cost”. Todos gostariam de lizam as suas compras? caso e concentrando-se naquilo que é importante para o hós-
vestir Prada, andar de Mercedes e comer no Tavares, mas Com certeza. Nós verificamos, por exemplo, que hotéis pede. Por outro lado, assistimos ao esforço de muitos hotéis
a vida não é assim. Por isso penso que as low cost são uma que têm o sistema de pequeno-almoço incluído no preço na modernização e adaptação das suas instalações às exigên-
realidade que ainda tem bastante para crescer, e estou con- do quarto têm mais movimento de compras, e isso passa- cias de design que se têm evidenciado nos últimos anos e que
vencido que nos próximos anos, terminada que esteja a crise se inevitavelmente com o Tudo Incluído, um modelo de se tornaram numa componente vital daquilo que o hóspede
económica, continuarão a dar um forte contributo, como têm negócio em que o volume de compras é muito mais eleva- procura num estabelecimento hoteleiro. ■
6 05 de Novembro de 2010 Turisver
NOTÍCIAS

TACV COSTA DO ESTORIL

Segunda frequência
TURISTAS ESTRANGEIROS
AUMENTARAM
25 % EM SETEMBRO

para Fortaleza
Os 25 % de aumento estão em linha com os
aumentos de Julho e Agosto. A taxa de ocupação
hoteleira foi de 70 %. De acordo com o Turismo
Estoril os hóspedes estrangeiros asseguraram 76
% do crescimento na região, com destaque para
os mercados espanhol, alemão, inglês, e países
do Benelux. Os 70 % de ocupação nos hotéis
representam um crescimento de cerca de 7 %
face ao ano passado. Quanto ao RevPar (receita
por quarto disponível), em Setembro fixou-se
nos 61 euros, mais 2 % que em Setembro do
ano passado. ■

PÁSCOA DE 2011
JAMES RAWES
LANÇA CRUZEIRO
NAS CARAÍBAS
A James Rawes lançou uma promoção para passar a

A
partir de 17 de Novembro os TACV vão mercialização à partida de Lisboa. “Fortaleza é um destino de compras para o
Páscoa de 2011, que inclui um cruzeiro de sete noites
iniciar uma segunda frequência sema- Na base da decisão de aumentar a oferta para Senegal e para a Guiné” mas também porque pelas Caraíbas, a bordo do navio Carnival Valor, da
nal na rota Cidade da Praia-Fortaleza, Fortaleza está, afima o responsável, o aumen- “há muitos estudantes guineenses a voar para companhia Carnival, válido de 17 a 24 de Abril do
anunciou à Turisver Mário Almeida, to da procura por este destino, nomeadamente Fortaleza”. próximo ano.
delegado da companhia cabo-verdiana para à partida de Lisboa. “A nossa ideia é oferecer Assim, ao voo já existente que tem partida de Miami, Ilhas Caimão, Isla Roatan (Honduras), Belize e
Portugal e Espanha. Segundo Mário Almei- duas frequências de forma a que seja possível Lisboa aos domingos, com chegada a Fortaleza, Cozumel são as escalas incluídas no cruzeiro, que apre-
da o reforço das rotas entre Cabo Verde e ter ligações de Lisboa e para Lisboa”, explicou via Praia, também aos domingos, vai juntar-se senta ainda preços a partir de 652 euros por pessoa,
em cabine exterior, e desde 844 euros por pessoa, em
o Brasil é um objectivo dos TACV, reforço este Mário Almeida, adiantando também que outro agora uma segunda frequência que sai de Lis-
cabine exterior com varanda.
que começa agora com a segunda frequência dos objectivos é que este voo permita ligações boa às quartas-feiras, vai à Cidade da Praia, e Todos os preços mencionados são por pessoa, com
semanal para a capital do Ceará, com partida à costa africana, nomeadamente às cidades segue para Fortaleza, sendo que no regresso, a base em ocupação dupla, e inc luem gratificações pré-
da Cidade da Praia, mas que possibilita a co- de Dakar e Bissau. Isto não apenas porque chegada a Lisboa é às quintas-feiras. ■ pagas, taxas governamentais e taxas portuárias. ■

ENTREMARES LANÇA BROCHURA DE REVEILLON


O operador turístico Entremares anunciou o lançamento mação para a Madeira, com opção de voos pela SATA Algumas das unidades de alojamento programa-
de uma brochura especial dedicada ao reveillon 2010- ou pela TAP e alojamento de três ou quatro noites. das pelo operador já incluem festa de fim de ano,
11, inteiramente composta por programas no estrangei- Todas as ofertas incluem partidas de Lisboa, com excep- enquanto nas restantes a festa é opcional, com
ro, à excepção da Madeira, já disponível no site www. ção da Madeira para onde estão disponíveis também o operador a informar ainda que as ofertas para
entremares.pt. Na nova brochura, a Entremares destaca voos com partida do Porto, e apresentam preços en- Portugal Continental não serão incluídas em nenhu-
as ofertas para a Europa (Roma, quatro noites), Cabo tre os 549 euros por pessoa, no caso da Madeira, e ma brochura, sendo apenas publicadas no site do
Verde (Boavista & Sal, sete noites) e Brasil (Natal, For- os 1.884 euros por pessoa, no caso de Salvador, no operador e disponibilizadas na plataforma online de
taleza & Fortaleza, sete noites), bem como a progra- Brasil. reservas. ■

WWW.SOLFERIAS.PT
NOVO DOMÍNIO E FUNCIONALIDADES NO SITE DA SOLFÉRIAS
O site do operador turístico Solférias foi actua- utilização do mesmo”, explica a Solférias em com o alojamento, como cruzeiros, entradas
lizado, contando agora com um novo grafismo nota de imprensa. em parques temáticos ou museus, bem como
e novas funcionalidades, além de se encontrar Novidade é também o novo sistema de re- refeições e excursões.
alojado num novo domínio, agora em www. servas online, o que, segundo o operador, O novo espaço online da Solférias vai ainda per-
solferias.pt. “permitirá a comercialização de vários produ- mitir a comercialização de circuitos e programas
No novo site é possível encontrar novas desig- tos prioritários”, nomeadamente programas com voos regulares, com ou sem escala, permi-
nações dos produtos e serviços do operador, e temáticos e pacotes promocionais, como as tindo obter em tempo real a disponibilidade em
ainda “novas disposições de grafismo do site, ofertas de Natal e Reveillon, além de vários termos de passagem aérea para os destinos de
reforçando assim a eficácia e a facilidade de serviços que podem ser vendidos em conjunto outgoing que a Solférias comercializa. ■
Turisver 05 de Novembro de 2010 7
CALENDÁRIODEEVENTOS
DATA: 24 E 25 NOVEMBRO
LOCAL: ESTM
Imagem e Sustentabilidade dos
Destinos discutem-se em Peniche
“A Imagem e a Sustentabilidade dos Destinos Turísticos” é o tema do IV Con-
gresso Internacional de Turismo Leiria e Oeste, que decorrerá nos dias 24 e 25
de Novembro na Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM), em
Peniche.
Promovido pelo Instituto Politécnico de Leiria (IPL), através da ESTM, o evento
tem como objectivos principais debater experiências nacionais e internacionais, li-
gadas às políticas de valorização turística dos territórios, possibilitando a troca de
opiniões sobre estratégia e gestão de destinos turísticos. As novas perspectivas
sobre turismo e o desenvolvimento regional, estarão também em cima da mesa
num congresso que debaterá ainda o impacto do turismo nas áreas económica,
social, cultural e ambiental.
O Congresso vai contar com a participação de reputados oradores, nomeadamen-
te Erik Cohen da Universidade de Hebraica de Jerusalém (Israel); Dogan Gursoy

Turismo europeu
da Washington State University (EUA); Rúben Lois Gonzalez da Universidade de
Santiago de Compostela (Espanha) e Philippe Bachimon da Université d’Avignon
(França). Mais informações e inscrições em www.citurismo.ipleiria.pt. ■

em recuperação
DATA: 27 DE NOVEMBRO A 1 DE DEZEMBRO
LOCAL: VILAMOURA E VALE DO LOBO

Algarve recebe congresso


e campeonato de golfe
profissional TRAVELPLAN
A Professional Golfers Association of Europe (PGAsE) escolheu o Algarve para palco LANÇOU BROCHURA
do seu Congresso Anual e do Campeonato Internacional de Equipas (ITC), eventos
que vão decorrer de 27 de Novembro a 1 de Dezembro.
Os trabalhos do congresso decorrem no Hotel Tivoli Victoria, em Vilamoura, a mes-
“POUPANÇA INVERNO 2010/2011”
ma unidade que acolhe também os congressistas, profissionais de golfe oriundos O operador turístico Travelplan Canárias, Baleares, Eu- são os mesmos que constam da programa-
de toda a Europa e cerca de uma centena de executivos de topo de 37 associações lançou uma brochura com ropa, Tunísia e Marrocos, ção do operador, com a única diferença a
profissionais de golfe que integram a associação. mais de 80 páginas, deno- Senegal, Caraíbas, Brasil encontrar-se nos preços, que sofrem redu-
Já o ITC vai ser disputado, simultaneamente, nos campos de golfe Royal e Ocean minada “Poupança Inverno e Estados Unidos são os ções que podem chegar aos 30%, no âmbito
Golf Courses, no resort turístico de Vale de Lobo, contando com a participação de 2010/2011”, na qual se destinos incluídos na bro- da campanha de reservas antecipadas, que
90 profissionais. encontra uma oferta limita- chura “Travelplan Poupança prevê reservas com um mínimo de 30 dias
O encerramento dos eventos vai ser assinalado com um jantar de gala, onde vão da de hotéis e circuitos para Inverno 2010/2011”, que antes do inicio da viagem.
ser entregues os prémios do torneio, bem como os troféus anuais Lindberg Bowl o período de Inverno. é válida para reservas até Excepção à campanha de reservas com uma
– em homenagem ao visionário sueco Christer Lindberg, responsável pelo boom Como novidade, o operador 30 de Março de 2011. antecedência mínima de 30 dias são as
deste desporto na Suécia nos últimos 25 anos e primeiro presidente da PGAsE – e destaca os voos TAP para Itália e para a Euro- “Este folheto nasce da necessidade que to- partidas de Novembro, cuja antecedência da
5-Star Professionals honours. ■ pa Central, tendo ainda voltado a incluir nes- dos sentimos em potenciar as vendas anteci- reserva baixa para 15 dias antes da partida
ta brochura os voos directos de Lisboa para padas no difícil período Outono – Inverno”, da viagem.
as Caraíbas, bem como para os períodos de explica o operador turístico em comunicado. A brochura completa está disponível em for-
DATA: 8 A 11 NOVEMBRO 2011 Natal e Fim de Ano. Todos os produtos publicados nesta brochura mato PDF, no site do operador. ■
LOCAL: SINTRA
Sintra recebe congresso PORTO BAY
das Cidades Património Mundial
Em 2011, Sintra vai ser palco para a realização do XI Congresso Mundial da Orga-
RENOVOU HOTÉIS EM SÃO PAULO E RIO DE JANEIRO
Os hotéis L’Hotel Porto Bay São Paulo e Porto Bay Rio Internacional
nização das Cidades Património Mundial (OCPM).
concluíram as suas remodelações.
Subordinado ao tema “As Cidades Património Mundial e as Alterações Climáticas”,
Investimentos de quatro milhões de reais, as remodelações visaram
o Congresso vai ter lugar de 8 a 11 de Novembro de 2011, sendo que Sintra foi
o aumento do conforto e enquadramento nos padrões de qualidade
eleita para anfitriã do evento na cidade de Quito, Equador, em Setembro do ano
do grupo.
passado, aquando da realização do X Congresso.
Adquirido há pouco mais de um ano, o L’Hotel Porto Bay São Paulo é
Criada em 1991, a OCPM é uma entidade não governamental e sem fins lucrativos,
um cinco estrelas boutique em que todos os quartos foram remodela-
que integra 227 cidades de todo o mundo e actua junto das Nações Unidas, da
dos e reequipados. O restaurante, Trebbiano, tem uma nova decoração
UNESCO, do Banco Mundial e do Conselho da Europa com o objectivo de colaborar
e novo espaço exterior com esplanada. Bar, hall, e uma nova sala de
com estas entidades no sentido de preservar as cidades históricas.
estar, foram outras das intervenções no hotel de São Paulo.
O congresso mundial da organização é realizado de dois em dois anos, sempre com
No Porto Bay Rio Internacional as renovações concentraram-se so- Recorde-se que além destes o grupo tem ainda um hotel em Búzios,
temáticas subordinadas à gestão e reabilitação de Cidades Património Mundial,
bretudo nos quartos, uma vez que as zonas públicas tinham já sido além de seis unidades em Portugal, cinco na Madeira e uma no Algar-
classificadas pela UNESCO. ■
remodeladas desde 2007, ano da aquisição pela Porto Bay. ve, num total de 2600 camas. ■
8 05 de Novembro de 2010 Turisver
NOTÍCIAS

A
Comissão Europeia de Turismo (ETC, European Travel positivos em aspectos como o aumento de 5,4% na ocupa- Pese o bom sentido da evolução, no relatório lê-se que o
Comission), organismo que reúne os organismos na- ção hoteleira e consequente aumento de 3% no preço. O clima económico é ainda de grande incerteza. ■
cionais de turismo na Europa, lançou o seu relatório RevPar terá subido cerca de 8%. Outro indicador positivo, o
trimestral, que aponta para uma recuperação turística
da Europa, embora ainda num clima de incerteza económica.
crescimento de cerca de 2% nas chegadas internacionais à
Europa, de Janeiro a Setembro.
3º TRIMESTRE 2010
Para este ano a previsão é de um crescimento de 3,7% no
número de turistas na Europa, 4,3% na Europa dos 15.
Para a ETC a recuperação turística na Europa insere-se no
mesmo movimento global no turismo, apesar de problemas
+5,4% OCUPAÇÃO HOTELEIRA
O relatório do terceiro trimestre de 2010 aponta indicadores como os causados pela nuvem vulcânica, em Abril passado. + 3% NO PREÇO

BELAS CLUBE DE CAMPO ROYAL AIR MAROC


REMODELA CLUBHOUSE E CAMPO DE GOLFE COM NOVAS ROTAS
O Belas Clube de Campo está a remodelar o ClubHouse e o campo de lugares.
golfe, num projecto que visa melhorar e modernizar os espaços e servi-
ços da infra-estrutura e que está orçado em 1,5 milhões de euros.
A loja de golfe é agora gerida pelo El Corte Inglês e também passa a
beneficiar de um espaço mais amplo, o que permite disponibilizar uma
EM PORTUGAL
O projecto de requalificação do ClubeHouse tem a assinatura do arqui- oferta mais diversificada.
tecto Joaquim Proença e “permitiu criar uma ambiência mais agradá- Já o campo de golfe está a ser totalmente remodelado, numa interven-
vel e sofisticada para todos os sócios, clientes e moradores do Belas ção que abrange toda a infra-estrutura, incluindo os greens e bunkers,
Clube de Campo”, segundo comunicado do empreendimento. e que se integra na estratégia assumida pelo Grupo André Jordan de
O novo ClubHouse foi recentemente inaugurado, durante a realização continuar a reforçar o posicionamento qualitativo do Belas Clube de
da 4.ª edição da Taça Jorge Sampaio, e apresenta agora um design Campo, melhorando a oferta portuguesa de destinos de golfe e de Porto-Casablanca e Lisboa-Marrakech são as novas rotas da Royal Air Ma-
mais moderno e acolhedor, da autoria do atelier Gabriela & Rebecca palcos para grandes eventos internacionais da modalidade. roc, em voos directos, a juntar à actual rota Lisboa-Casablanca.
Leon - Decorações Lda, além de disponibilizar um espaço exclusivo Os trabalhos em curso no Campo de Golfe têm o apoio do Departamen- Além dos voos diários Lisboa-Casablanca e volta, a Royal Air Maroc (RAM)
para associados com uma zona lounge interior e exterior, um novo to de Agronomia do European Tour e estão a ser coordenados pelos iniciou no passdo dia 31 de Outubro, voos entre Lisboa e Marrakech,
parque para os bugies e uma esplanada redimensionada com novos especialistas Simão da Cunha e Miguel Velho da Palma. ■ quatro vezes por semana, às segundas, quintas, sábados e domingos. As
quintas e sábados o voo parte de Marrakech às 15h00 (chegada a Lisboa
às 17h10), e às segundas e domingos parte de Marrakech às 17h00 e

PULLMANTUR LANÇA CAMPANHA


chega a Lisboa às 19h10. As partidas de Lisboa são às 12h15 às quintas
e sábados (chegada a Marrakech às 14h20), e ás segundas e domingos
a partida de Lisboa é às 14h05, com chegada às 16h10. O avião a usar

DE DESCONTOS ATÉ 60% nesta rota será um ATR 72 com 60 lugares.


Os voos Porto-Casablanca e volta têm início a 18 de Dezembro próximo, e
terão lugar três vezes por semana, às terças, quintas, e sábados, também
A Pullmantur lançou uma campanha promo- reduções a encontrar-se nos itinerários “Bri- Santa” e “Caribe Maya” tem descontos de
cional com descontos até 60% em todos sas do Mediterrâneo”, “Atenas-Málaga”, 45%. em ATR 72, este com 58 lugares. O horário é o mesmo nos três dias, com
os cruzeiros de 2011, válida para reservas “Bilbau-Málaga”, “Copenhaga-Bilbau”, Todos os itinerários têm a duração de sete partidas de Casablanca às 14h05 (chegada ás 16h25), e do Porto às
realizadas até 29 de Novembro, cujas saídas “Málaga-Atenas” e “Lisboa-Copenhaga”. noites, com excepção do “Escapadas pelo 17h10, com chegada às 19h25.
decorram no próximo ano. Já o itinerário “Ilhas Gregas e Turquia” so- Atlanico”, quatro noites, e o “Lisboa-Cope- Com estas novas rotas a RAM aumenta a sua oferta semanal de voos em
A campanha, denominada “Descubra o fre uma redução de 40%, o desconto mais nhaga”, de 10 noites, e são realizados em Portugal de sete para catorze por semana. ■
momento Pullmantur”, apresenta descontos baixo, enquanto o “Rondo Veneziano”, regime de tudo incluído a bordo. ■
entre os 40% e os 60%, com as maiores “Escapadas pelo Atlântico”, “Egipto e Terra CORRECÇÃO
Por lamentável lapso, na edição nº 751 da Turisver (5 de Outubro), José
de Sousa, Director-Geral do Grupo Investaçor, é referido como presidente
do Grupo, no artigo “Rotas aéreas dos Açores: Liberalizar ou Não?”.
Como é público, o Presidente do grupo Investaçor é Fernando Inverno. A
ambos os visados e aos leitores, as nossas desculpas. ■

Turisver 05 de Novembro de 2010 9


REPORTAGEM

HOTEL DA ESTRELA

UM NOVO MODELO EM HOTÉIS DE APLICAÇÃO


Texto: Nuno Afonso

O novo hotel de aplicação do Turismo de Portugal inaugura um novo modelo, com gestão Governo Regional entregou a gestão a uma mia, Vieira da Silva, afirmou-se “absoluta-
entidade privada. Mas é um projecto dife- mente convencido de que este hotel vai não
privada e um posicionamento ambicioso no mercado. É o Hotel da Estrela, na Escola de rente, e como noutros casos o alojamento apenas ser bem sucedido do ponto de vista
de estudantes acaba por ser uma das suas comercial, como vai ser bem sucedido na
Hotelaria e Turismo de Lisboa, com gestão do grupo Lágrimas. Um quatro estrelas temáti- funções. O hotel da Estrela, para além da qualificação profissional dos jovens que irão
co não só comercializado como qualquer outro hotel no mercado, mas com ambições. gestão privada, é um hotel com ambições passar por esta escola”. Bernardo Trindade,
no mercado, basta entrar e ver. secretário de Estado do Turismo, realçou a

L
isboa tem um novo hotel de nas unidades. Se até aqui a descrição deste inovação do modelo adoptado, tanto pela
quatro estrelas que é simulta- novo hotel com treze quartos e seis suites Um hotel do seu tempo arquitectura e design, como por integrar
neamente um hotel de charme, já é o bastante para ser notícia, juntando numa rede de distribuição comercial inter-
um hotel “design”, e um hotel o facto de ser o mais recente hotel de apli- Instalado nas remodeladas instalações da nacional uma estrutura pública. Miguel Jú-
temático. O design de interiores cação em escolas do Turismo de Portugal antiga escola Machado de Casto (e anti- dice disse do Hotel da Estrela que não é, de
é do globalmente conceituado torna-o um caso quase único no mundo. go Palácio dos Condes de Paraty), onde todo, um hotel normal, não é mais um dos
Miguel Câncio Martins, e o hotel integra- Como diz Miguel Júdice, presidente do também funciona, há cerca de um ano, a nossos hotéis, é um hotel que temos vindo
se na rede do grupo Lágrimas, conhecido grupo Lágrimas, “só conheço dois casos Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa, a acarinhar muito, e só será gerido com su-
pelas unidades de charme. Integra-se ainda semelhantes em todo o mundo”, de hotéis o Hotel da Estrela integra no seu recheio cesso com carinho e dedicação”.
na Small Luxury Hotels of The World, “soft de aplicação escolar com gestão privada. muito mobiliário escolar antigo, “vinta-
brand” já bastante conhecida, com mais Em Portugal, por acaso, há outro caso, o ge”, o que lhe dá um tom e ambiente úni-
de 500 pequenos hotéis de luxo, charme, hotel de aplicação da Escola Profissional de cos, ainda mais quando complementado
e outras definições de prestígio em peque- Hotelaria e Turismo da Madeira, em que o por peças de mobiliário e arte contempo-
râneos. Há mobílias com décadas de idade
e uso, bem visível em alguns casos, aspec-
to propositadamente mantido, como nas
secretárias pejadas de inscrições mais ou
menos decentes feitas pelos muitos alu-
nos que nelas passaram, e agora conver-
tidas ao estatuto de quase obra de arte.
Os velhos móveis escolares, quadros de
ardósia e outros elementos da imagética
das escolas de antigamente conjugam-se
com peças decididamente “design”, como
as camas Hässens em algumas suites,
consideradas das melhores do mundo. O
ambiente é o de um hotel moderno, de- “Estou absolutamente convencido de que este
cididamente “trendy” (anglicismo gasto hotel vai não apenas ser bem sucedido do
mas aqui muito legítimo), que ainda por
ponto de vista comercial, como vai ser bem
Os Projectos Turísticos de Excelência cima se localiza numa zona de Lisboa que
inclui pontos de interesse como a Basílica
sucedido na qualificação profissional dos jo-
merecem um Prémio vens que irão passar por esta escola”
e o Jardim da Estrela, está perto do rio e
Candidate o seu Melhor Projecto do centro, tem vistas excelentes, e tem
até 30 de Novembro o que se espera de um quatro estrelas de VIEIRA DA SILVA
cidade: sushi Bar, três salas de reuniões, Ministro da Economia, Inovação e Desenvolvimento
auditório para 150 pessoas, estacionamen-
to e jardim, são alguns dos equipamentos Investimento de 5,5 milhões de euros (17
comuns. E na próxima semana abre o res- milhões no total da Escola), o hotel foi con-
taurante, a Cantina da Estrela, com 60 lu- cessionado por 13 anos em concurso públi-
gares, e a originalidade de um menu com co. Uma opção a repetir na nova Escola de
preço mínimo e máximo, com o cliente a Hotelaria e Turismo do Porto, a inaugurar
pagar de acordo com a satisfação pelo ser- este mês, o hotel de aplicação mais tar-
viço. Mais uma originalidade. de. Como disse à Turisver o presidente do
Turismo de Portugal, Luís Patrão, as ges-
Modelo a repetir tões privadas nestes hotéis de aplicação
em Lisboa e Porto “são experiências-piloto
Mas, como já se disse, a maior originalida- com as quais vamos aprender”, mas des-
de do hotel da Estrela é ser como é e ser de já “ um processo muito apropriado de
também o hotel de aplicação da Escola de trazer conhecimento, competência técni-
Hotelaria e Turismo de Lisboa, o primeiro ca, e capacidade de gestão para as nossas
Informações e Candidaturas: do género com gestão privada, um facto escolas e alunos”. Quanto a futuros hotéis
www.turismodeportugal.pt bastante realçado na inauguração oficial, de aplicação, o modelo de gestão está em
bastante concorrida. O ministro da Econo- aberto. ■
10 05 de Novembro de 2010 Turisver
EM FOCO

CTP PROMOVE “CIMEIRA DO TURISMO 2011”

RUDOLPH GIULIANI
“ESTRELA”
PARA DEBATER
AS CIDADES
Marcada para 12 de Janeiro, a Cimeira do Turismo
2011 propõe-se debater o papel das cidades enquan-
to pólos de desenvolvimento turístico e económico no
século XXI, trazendo até ao Centro de Congressos do Estoril
um rol de oradores conceituados, com destaque para Rudolph
Giuliani, ex-mayor de Nova Iorque. O objectivo é aproveitar
a experiência de outros, tirar conclusões e aplicá-las à rea-
lidade portuguesa.
Texto: Inês de Matos

L
isboa será o ponto de par- também por ser um dos principais des-
CIMEIRA DO TURISMO 2011
tida para o debate que a tinos turísticos nacionais. O problema
Confederação do Turismo é que a capital tem vindo a perder Tema: “Cidades, Pólos de Crescimento Económico e do Turismo no Século XXI”
Português (CTP) pretende competitividade, nomeadamente em
Data: 12 de Janeiro
promover, a 12 de Janei- comparação com as cidades europeias
ro, na Cimeira do Turismo que concorrem com Lisboa, como Ma- Local: Centro de Congressos do Estoril
2011, a primeira edição de uma cimei- drid, Barcelona ou Paris, de acordo
ra anual que a partir do próximo ano com o presidente da CTP. Site: www.cimeiradoturismoportugues.org
passará a ser uma realidade. O papel É principalmente pela perda de com-
PROGRAMA
09h30 Sessão de Abertura: Presidente da CTP e Primeiro-Ministro

10h15 Painel I – Liderança: Enfrentar a Mudança e a Crise


Oradores: Rudolph Giuliani, ex-Mayor de Nova Iorque

11h30 Painel II – Projectar Hoje as Cidades: Destino do Século XXI


Oradores: Arquitecto Charles Robert Hughes, Chairman Smart Futures; Tim Starke, representante
do Berlin Tourismus Marketing GmbH; e Leif Nilsson, CEO do The tourist office, Götebor&Co

14h45 Painel III – Turismo, Presente e Futuro


Turismo - Tendências e Antevisão do Futuro
Oradores: David Goodger, director Europe, Tourism Economics, Oxford Economics

■ Rudolph Giuliani Turismo e Marketing Digital


Oradores: Gabriel Saenz Buruaga, CO CEO Havas Digital
de Lisboa, enquanto capital, será um petitividade económica e turística das
O Valor da Oferta de Experiências Autênticas
dos pontos de destaque do encontro, cidades portuguesas que a CTP elegeu
ainda que José Carlos Pinto Coelho, o tema “Cidades, Pólos de Crescimen- Oradores: Joseph Pine, Co founder Strategic Horizons LLP
presidente da CTP, advirta que se vai to Económico e do Turismo no Século
“falar de cidades e não só de Lisboa”, XXI” para servir de pano de fundo à 17h30 Sessão de Encerramento: Presidente da CTP e Ministro da Economia
como referiu a 26 de Outubro, na con- Cimeira do Turismo 2011, trazendo
ferência de apresentação do evento. até ao Centro de Congressos do Esto- figura excepcionalmente comunicati- os ultrapassaram e como é que saíram
Apesar de o debate não se centrar ape- ril um conjunto de afamados oradores va, que arrasta multidões e estamos melhor do que estavam antes. Este é
nas em Lisboa, a capital será uma das internacionais, com destaque para Ru- convencidos que a forma de ‘chocar’ a o nosso caso neste momento e esta é
cidades em destaque, o que se deve dolph Giuliani, mayor de Nove Iorque cidade é pondo pessoas a falar sobre os uma questão francamente actual”,
não só ao facto de ser a capital, como aquando do 11 de Setembro. “É uma problemas que já tiveram, como é que considerou Pinto Coelho. >>>>>
Turisver 05 de Novembro de 2010 11
EM FOCO

PRESIDENTE DA CTP ACREDITA NUMA


RECUPERAÇÃO LENTA DO TURISMO EM 2011
O presidente da Confederação do Turismo Português (CTP), José Carlos Pinto Coelho, está confiante na recuperação
do turismo nacional em 2011, ainda que alerte para o facto de esta poder ser uma recuperação lenta.
“Espero que o turismo melhore um bocadinho, mas acho que vai ser uma recuperação lenta”, afirmou, considerando
que “para os investimentos que têm sido feitos, os números do turismo não deram o salto que deviam dar”.
Para o presidente da CTP, que falava aos jornalistas à margem da apresentação da Cimeira do Turismo 2011,
Portugal tem “capacidade instalada” para ter melhores resultados, o que não acontece pelo produto oferecido e pela
concorrência de destinos que não eram concorrentes de Portugal.
“Portugal está a concorrer com destinos com os quais não concorria, como o Egipto, Marrocos ou Tunísia, que estão a
atrair os turistas e se as pessoas vão para lá, não vêm para cá. Temos que conseguir apresentar um produto diferente
para as pessoas que não vinham passarem a vir”, defendeu.
■ Gabriel Saenz Buruaga
Pinto Coelho considera que a recuperação económica da Europa vai ser vantajosa para o turismo português, situação
que, na sua opinião, não se deverá verificar no mercado doméstico, onde se prevê uma degradação do nível de
vida. ■ lho, descrevendo assim o principal ob- pensámos o tema cidades”, justificou
jectivo do debate, acrescentando que o responsável, salientando que cabe à
“mais do que documentos, queremos CTP, enquanto organização de empre-
>>>>> Conhecido pela sua capa- nizam cidades”, justifica o presidente apresentar as soluções dos oradores. sários, “apresentar soluções” para que
cidade de liderança num momento cri- da CTP. Pretendemos pôr as pessoas a expor a se alcancem “melhores resultados” e
tico, Rudolph Giuliani vai intervir no sua experiência e as ideias de como se para “chamar a atenção das políticas
primeiro painel, abordando precisa- Experiência transforma uma cidade”. públicas”.
mente o tema “Liderança: Enfrentar a dos especialistas A cimeira pretende apresentar solu- Depois de Lisboa, a Cimeira do Turismo
Mudança e a Crise”, num relato que a ções e ideias para mudar as cidades pode vir a realizar-se noutras regiões,
CTP espera que seja capaz de influen- “Vai ser um dia em que nós, mais do portuguesas, tornando-as mais atracti- nomeadamente no Algarve já em 2012,
ciar a mudança nas cidades portugue- que darmos as nossas opiniões, vamos vas para o turismo e para as empresas, uma vez que esse será também o tema
sas, nomeadamente em Lisboa. “Este ouvir pessoas de fora, grandes gurus de forma aumentar a sua competitivi- da segunda edição. “A segunda cimeira
homem tem dedicado grande parte da deste tema, a falar sobre como é que dade. “Temos que conseguir competir será sobre o Algarve e iremos sucessi-
sua vida a este tema, à competitivida- se organizam cidades para que elas se- com sociedades organizadas de forma vamente passando pelo território onde
de das cidades e como é que se orga- jam competitivas”, afirmou Pinto Coe- mais produtiva e é nesse sentido que o turismo se exerce”, garantiu. ■

12 05 de Novembro de 2010 Turisver


HOTELARIA

EUROTEL ALTURA
NA ÚLTIMA FASE
DE REMODELAÇÕES
O Grupo Eurotel renovou a sua imagem corpo-
rativa, que se apresenta agora mais moderna e
de acordo com as tendências actuais, e anunciou
que o Eurotel Altura entrou na fase final de re-
modelações, cuja conclusão está prevista para a
Primavera de 2011.
Nesta última fase de remodelações esta prevista
a renovação de todos os 135 quartos da unida-
de, bem como da sua decoração, sob a respon-
sabilidade da empresa interiores -INSIDE-HALL,
dos arquitectos João Azevedo Coutinho e Isabel
Conrado.
Recorde-se que o Eurotel Altura tem sido sujeito,

COM PRESENÇA DO PRIMEIRO-MINISTRO ao longo de 2010, a um intenso processo de re-


modelação que visa tornar a unidade no “melhor

VIDAGO PALACE HOTEL INAUGURADO


hotel da categoria entre Faro e Vila Real de Santo
António”, segundo refere o grupo em comunica-
do, e no qual foram investidos sete milhões de
Texto: Fernanda Ramos euros.
Nas fases já concluídas, todos os espaços interio-
Em cerimónia que contou com a mento é, aliás, o regressar às origens man-
tendo os pés na modernidade.
gressos que apresenta agora um auditório
com capacidade para 264 pessoas.
res, exteriores e zonas envolventes da unidade
foram totalmente reestruturados, com a recons-
presença do primeiro-ministro, José O renovado hotel está agora equipado com
trução de raiz da piscina, jardins, lago, campo de
70 quartos e suites, alguns com pátios Gestão francesa
Sócrates, e do secretário de Estado privativos, distribuídos por quatro pisos,
ténis, minigolfe, parque infantil, campo de petan-
ca e lounge exterior.
do Turismo, Bernardo Trindade, entre sendo que cada um dos quartos apresenta Recordando as palavras do presidente da
Quanto aos espaços interiores, foram já concluí-
uma decoração personalizada. Unicer, António Pires de Lima, aquando
outras individualidades, foi inaugurado Projectado pelo Arquitecto Álvaro Siza da apresentação do empreendimento de das as intervenções nas zonas comuns, nomeada-
no passado dia 6 de Outubro o reno- Vieira, o novo Spa termal conta com 20 Vidago à imprensa “uma empresa de be- mente recepção, lobby, bar, restaurante e snack-
salas para tratamento, relaxamento, bem- bidas não pode ter a pretensão de gerir bar, biblioteca, colocação de um “internet point”,
vado Vidago Palace Hotel, unidade de estar e beleza, tendo como elemento di- um hotel com estas características”, facto salão de jogos e kids club.
cinco estrelas integrada no Parque de ferenciador a utilização da água mineral pelo qual a empresa entregou a gestão do
Vidago Palace Hotel a uma multinacional
Novidade é também o Spa & Wellness Center,
um espaço de bem-estar equipado com piscina de
Vidago, propriedade da Unicer. VIDAGO PALACE HOTEL
francesa que gere hotéis de luxo. Segun- hidroterapia, hamamn, duche aromático, áreas
do a Unicer, trata-se de potenciar a pro- de relaxamento, três salas polivalentes para tra-
Localização: Parque Vidago

S
e a inauguração de um hotel jecção internacional do Parque de Vidago
tamentos e ginásio totalmente equipado.
totalmente renovado é sempre nomeadamente em França, Reino Unido e
70 quartos e suites As intervenções no Eurotel Altura fazem parte
facto a assinalar, a data escolhi- Alemanha, bem como de o afirmar junto
da para esta inauguração teve
da estratégia de crescimento sustentado e de
Spa (20 salas de tratamento) do mercado espanhol. A empresa de gestão
duas razões de ser, devidamen- hoteleira escolhida para o fazer foi a GLA reposicionamento do Grupo, que pretende iniciar,
te explicadas pela Unicer: asso- Centro de Reuniões Hotels, que ficou assim responsável pela em 2011, obras de remodelação noutra das suas
ciar-se às comemorações do Centenário da (7 salas e auditório para 260 pax) gestão não apenas do Vidago Palace Hotel unidades, o Eurotel Tavira, “consolidando assim a
República e dos 100 anos de existência do como também do spa termal, do campo de aposta na sua estratégia de crescimento e reposi-
2 restaurantes, incluindo um gourmet e 4 bares
próprio hotel, que se celebravam exacta- golfe e do centro de conferências. Refira- cionamento”, lê-se no mesmo comunicado. ■
mente a 6 de Outubro. Piscina exterior se igualmente a GLA Hotels anunciou já
A funcionar em soft-opening desde 30 de a sua pretensão de integrar esta unidade
Campo de golfe de 18 buracos com ClubHouse
Junho, a verdade é que esta unidade ho- hoteleira nos roteiros dos mais belos ho-
teleira, agora de cinco estrelas, cuja exis- téis românticos da Europa e na lista dos
tência remonta há exactamente um sécu- de Vidago. O espaço disponibiliza ainda Leading Hotels of the World.
lo, vem recuperar o glamour de tempos piscina interior, sauna e ginásio. Nas tra- Deve igualmente ser recordado que o
passados, muito embora esteja completa- seiras do hotel, junto ao Spa, encontra-se novo Vidago Palace Hotel está integrado
mente adaptada às exigências de confor- a piscina exterior. no plano de modernização e de recupe-
to do mundo moderno. Por isso mesmo, O campo de golfe Mackenzie Ross de 1936, ração do Parque de Vidago, um projecto
a unidade, reabriu ao público com novos mantém-se como campo de montanha e PIN com um investimento global superior
serviços, nomeadamente um Spa termal, passou de nove para 18 buracos, numa ex- a 40 milhões de euros da responsabilidade
um centro de congressos e um campo de tensão de seis mil metros quadrados. Com da Unicer que mantém a propriedade dos
golfe, também renovado, que passou a dis- a pretensão de se tornar uma referência a activos do Hotel e do Parque, incluindo a
ponibilizar 18 buracos. nível europeu, o agora renovado campo foi manutenção e a exploração das captações
Ao longo dos últimos dois anos, o Vidago desenhado pela dupla inglesa Cameron & de uma das suas principais marcas de água
Palace Hotel foi submetido a um inten- Powell. Já o Club House, edifício de 1886 com gás – a água Vidago.
so processo de renovação e restauro que onde se fez o primeiro engarrafamento da A inauguração do completamente renova-
manteve a fachada original do edifício do Água Vidago, disponibiliza agora loja, bal- do Vidago Palace Hotel serviu também à
início do século XX e prepara-se agora para neários e recepção, onde é possível alu- Unicer para fazer o relançamento da mar-
reabrir como um luxuoso resort, cuja de- gar material para a prática de golfe, bem ca de águas Vidago no mercado nacional
coração é inspirada na “Belle Époque”. A como um bar e um restaurante de apoio. integrada no segmento Premium das águas
proposta da Unicer para este empreendi- Igualmente renovado foi o Centro de Con- engarrafadas. ■
Turisver 05 de Novembro de 2010 13
HOTELARIA

VILA VALVERDE DESIGN&COUNTRY HOTEL

LANÇOU NOVO SITE


E PÁGINA NO FACEBOOK
O novo site está agora alojado na morada www.
vilavalverde.com, proporcionando uma comunicação
orientada para a experiência do cliente, oferecendo
informação detalhada sobre os serviços do hotel, bem
como descrições das facilidades ao dispor dos clientes.
Oferece também informação sobre as experiências que
o hotel organiza nas proximidades, nomeadamente INSPIRA SANTA MARTA INAUGURADO

UM HOTEL ECOLÓGICO
golfe, aulas de surf e kitesurf, buggy, jipe & quad
safaris, passeios a pé, de bicicleta ou a cavalo, bem
como informações sobre a região, campanhas promo-
cionais e pacotes temáticos. “O novo site aposta fun-

NO CENTRO DE LISBOA
damentalmente em imagens que revelam um pouco
do que se pode esperar deste exclusivo hotel de ape-
nas 15 quartos, onde o conceito de design se funde na
perfeição com ambientes de sofisticação rural”, avança
Texto: Inês de Matos
o Vila Valverde Design&Country Hotel.
A par do lançamento do novo website, o Vila Valverde
Tem praticamente tudo o que um hotel assumidamente

O
desenvolvimento sustentável e social é um dos prin-
Design&Country Hotel aderiu também à rede social
cipais pilares que fundeia a marca Inspira e está
Facebook, criando uma página oficial de fãs do hotel, ‘verde’ deve ter e faz da ecologia uma das suas prin- bem presente na primeira unidade da joint-venture
com “o objectivo de diversificar os canais de comunica-
ção com o cliente”, segundo a informação avançada.
cipais bandeiras. Experiências diferenciadoras é o que entre o Grupo Blandy e a Investoc, localizada em
Lisboa. Fruto de um investimento de 20 milhões de
A página da unidade no Facebook integra novas promete o Inspira Santa Marta Hotel, a primeira unidade euros, o Inspira Santa Marta Hotel utiliza a tecno-
funcionalidades, nomeadamente uma “aplicação que logia em prol da sustentabilidade, reduzindo custos e poupando o
permite efectuar reservas directamente através desta
do Grupo Inspira, aberto em soft opening desde Maio e ambiente, num conceito moderno de Green Lifestyle. Todo o pro-
rede social”, revela o hotel. ■ inaugurado em meados de Outubro. jecto foi pensado para obedecer a estes “pilares diferenciadores”,

14 05 de Novembro de 2010 Turisver


HOTELARIA

HOTEL VILA PARK


RENOVA DECORAÇÃO
E PASSA A 4 ESTRELAS
O Hotel Vila Park, três estrelas em Vila Nova de
Santo André, vai renovar a decoração dos quartos,
num “upgrade” em que serão investidos 300 mil
euros, avançou à Turisver Avelino Sousa, director-
geral do hotel.
De acordo com o responsável, a renovação da deco-
ração prende-se essencialmente com a “mudança de
algum mobiliário”, no qual vão ser investidos 225
mil euros, bem como na “renovação de colchões,
bases e roupas de cama”, orçada em 75 mil euros.
A renovação da decoração e todas as alterações
que a unidade tem previstas destinam-se a dar uma
nova cara ao Hotel Vila Park, até porque a unidade
vai pedir a reconversão da classificação de três para
quatro estrelas, o que deve acontecer obrigatoria-
mente até 31 de Dezembro.
“A reconversão ainda não foi pedida, está nas mãos
da nossa administração e tem a ver com a parte
técnica porque o nosso arquitecto quer também
desde os materiais de construção, à ilu- vimento sustentável” que o grupo fez Para o primeiro ano de operação, Daniel actualizar as plantas, mas é obrigatória até 31
minação, recursos energéticos, gestão também questão de abraçar, instalando Frey espera uma ocupação média entre de Dezembro e quem não a fizer arriscar-se a ter
diária do hotel e formação da equipa, o hotel num edifício antigo que foi to- os 60 e os 70%, apostando essencial-
uma coima no dia 2 de Janeiro”, explicou Avelino
frisou Daniel Frey, CEO do Grupo Inspi- talmente recuperado. Apesar de “mais mente em mercados como os nórdicos
Sousa.
ra, durante a apresentação do hotel à difícil e dispendioso”, este é também e da Europa central, além do italiano e
comunicação social. um caminho com “mais desafios”, afir- do português, os que melhor comporta-
E diferenciadoras pretendem ser tam- mou Daniel Frey, explicando que é nesse mento têm revelado desde a abertura
bém as experiências que o Inspira Santa sentido que vai o compromisso da marca do hotel.
Marta quer oferecer aos clientes, num Inspira.
ambiente que apela aos sentidos, inspi- Nestes primeiros meses de operação, Lazer e negócios
rado nos princípios do Feng-Shui e sob o os argumentos do novo hotel têm-se são principais apostas
lema “Engaging your senses”. A filosofia revelado certeiros, com o CEO do gru-
milenar chinesa está presente em todo po a afirmar que a reacção dos clientes O Inspira Santa Marta assume-se como
o hotel, cuja decoração contou com a tem sido positiva e que Lisboa precisava um Urban Resort direccionado para o
colaboração do consultor Alexandre de um hotel como este. “Penso que o lazer e para o corporate e conta com
dois trunfos de peso para captar clien- Apesar da reconversão não exigir qualquer interven-
tes nestes dois segmentos de mercado:
INSPIRA FLORES HOTEL
ção na unidade, Avelino Sousa avança que a inten-
o The Retreat Spa e a área de reuniões,
ção partiu do próprio hotel, que achou que estava
tirando partido do facto de ser o primei-

ABRE DENTRO DE DOIS ANOS


na hora de actualizar a decoração.
ro hotel de quatro estrelas com Spa em
Lisboa e oferecendo um novo conceito “A reconversão não obrigava a nenhuma mudança,
de reuniões e eventos ‘verdes’, através nós é que nos propusemos a fazer um upgrade das
Depois da abertura da unidade em Lisboa, o Grupo Inspira pretende agora entrar na hotelaria nossas instalações”, afirmou Avelino Sousa. ■
do pack “Green Meetings”, que reduz
portuense, prevendo abrir um hotel no Porto dentro de dois anos. As obras de reconstrução do
custos e o impacto ambiental.
edifício arrancam este mês. No que diz respeito ao bem-estar, o Ins-
“A construção do Inspira Flores Hotel começa dentro de um mês e deve demorar dois anos, mas
com a reabilitação total do palacete vão certamente existir surpresas”, afirmou Daniel Frey,
pira Santa Marta Hotel oferece seis salas
para tratamentos variados, uma sala de
EM SESIMBRA
durante a apresentação do Inspira Santa Marta.
O Inspira Flores Hotel, como deverá chamar-se a unidade, terá 60 quartos e vai ficar instalado
relaxamento, sauna, banho turco, e ja-
cuzzi, além de ginásio com equipamento
HOTEL DO MAR
num palacete, um edifício histórico que será totalmente recuperado e no qual o grupo prevê variado para a prática de exercício físi-
co. A oferta de lazer fica ainda completa
EM REMODELAÇÃO
investir cerca de 14 milhões de euros.
com o The Urban Bar e com o espaço de O Hotel do Mar, unidade emblemática na vila
O Grupo Inspira está ainda à procura de um edifício para abertura de um segundo hotel em Lis- restauração de inspiração mediterrânica
boa, onde pretende abrir uma unidade de três estrelas, um Urban Lifestyle, enquanto a unidade de Sesimbra, projecto do arquitecto Conceição
Open Brasserie. e Silva, inicia este mês obras de remodelação,
do Porto será um Urban Resort, de quatro estrelas. Já para o segmento de corporate, a uni-
mantendo-se de portas abertas.
Depois de atingir a consolidação no mercado nacional, o Grupo pretende avançar para a expan- dade disponibiliza uma área composta
A remodelação irá incidir em várias áreas: quar-
são internacional da marca, nomeadamente em Espanha, com unidades nas principais cidades por duas salas de reuniões com capaci-
tos, áreas públicas, e áreas exteriores. Como se
do país vizinho. ■ dade para 110 pessoas, bem como um
auditório com 45 lugares, facilidades faz notar em informação do hotel, o “espaço
que se encontram equipadas com solu- único” concebido por Conceição e Silva será
Gama, que recriou os cinco elementos mercado estava à espera deste hotel”, ções tecnológicas de última geração. “adequado a uma época contemporânea”,
da natureza – terra, água, fogo, metal e afirmou o responsável, explicando que Quanto a preços, a diária ronda os 120 embora “não descurando a preservação e o
madeira – nos 89 quartos do hotel e nas a unidade pretende atrair clientes com euros, um valor que já inclui alojamen- ambiente que nos transmite dos áureos anos
áreas comuns. elevado poder de compra e consciência to, Internet wi-fi nos quartos, mini-bar e 60”.
Aliada a todos os elementos distintivos ambiental, que escolham a unidade em café Nespresso, mas que deverá subir no O hotel manter-se-á em funcionamento durante
já referidos está ainda a reabilitação função das suas características diferen- próximo ano, uma vez que se trata de a remodelação. ■
urbana, “uma componente do desenvol- ciadoras e não do preço. uma oferta de abertura. ■
Turisver 05 de Novembro de 2010 15
HOTELARIA

OÁSIS ATLÂNTICO
GRUPO EVIDÊNCIA
NOVORIZONTE
REABRIU PISCINA
RENOVADA
Hotéis “light” já funcionam a 100%
Tendo estado encerrada durante vários meses por
motivo de obras, encontra-se já em funcionamento
a renovada piscina do Hotel Oásis Atlântico Novori-
zonte, na ilha do Sal, em Cabo Verde.
De acordo com um comunicado do grupo Oásis, a
piscina apresenta agora um piso novo e uma área
à volta, com cadeiras, pufs e novos espaços de des-
canso e lazer.

A
presentados recentemente, os dois hotéis da Gama Light do Grupo cionalidade. O espaço é preenchido com telas nas paredes, representando o
Evidência, ambos de duas estrelas no coração do Bairro Alto, estão mobiliário dos quartos e corredores.
já a funcionar a 100%. Evidência Light Santa Catarina Hotel e Evi- Já o conceito do Evidência Light Suites Bairro Alto assenta no self catering
dência Light Suites Bairro Alto, são as denominações dos dois hotéis (é a primeira unidade do grupo a adoptá-lo) tendo ainda a particularidade
com conceitos inovadores e direccionadas para um público cosmopolita e de se tratar de uma unidade “pets friendly”, ou seja, os animais são
internacional. bem-vindos.
No Hotel Santa Catarina, a inovação reside no conceito “faça e desfaça a O hotel está instalado num edifício Art Nouveau de 1923, de quatro anda-
sua cama” que significa isso mesmo: é o hóspede quem faz a cama. Para res, com um apartamento por piso, apresentando uma capacidade máxima
O Oásis Atlântico Novorizonte, que funciona exclu- isso, logo no check-in é entregue um kit com roupa de cama e banho. Os para 20 pessoas, em quatro apartamentos (três T2 e uma Penthouse), com
sivamente em regime de Tudo Incluído, está loca- preços são, evidentemente, light: 36 euros, para quarto duplo. preços a partir de 90 euros por noite em apartamento para duas pessoas. No
lizado na primeira linha da praia de Santa Maria, O hotel é constituído por 17 quartos (13 duplos, 3 triplos, e 1 múltiplo – 14 Rés-do-chão encontra-se o Bistrot Les Mauvais Garçons, aberto todos os dias
“paredes-meias” com o hotel Oásis Atlântico Belori- camas, beliches, unisexo, casa de banho feminina e outra masculina) num da semana servindo produtos de cafetaria, almoços, lanches e jantares.
zonte. Dispõe de 130 bungalows, um restaurante, total de 49 camas, além de um Bar e área Lounge interior com open space. Torres Filho, presidente do Grupo Evidência, destaca a importância do
dois bares, uma piscina de água salgada, Kids Club Cada espaço e recanto tem o design das unidades Evidência, que neste caso segmento light na hotelaria e garante que esta é uma aposta para
e court de ténis. ■ particular se aplicam nos conceitos de simplicidade, praticidade e a multifun- continuar. ■

16 05 de Novembro de 2010 Turisver


AV&T
AV&TO
&TO
&T

XXXVI CONGRESSO DA APAVT

MADEIRA ESPERA POR SI


Texto: Fernanda Ramos

O XXXVI Congresso Nacional da APAVT já tinha


data, tema base e logótipo definidos e apresenta-
dos publicamente. Agora foi a vez de a Associação
dar a conhecer, nos primeiros dias de Outubro, o
programa de trabalhos, já com a definição de te-
mas das sessões, keynote speakers e oradores.


T
urismo: Liderança na re-
cuperação” é o tema do
XXXVI Congresso Nacional
da Associação Portuguesa
das Agências de Viagens e
Turismo que vai decorrer no Centro de Congressos da Madeira, que será Welsh a ser moderador de um painel em que intervirão
no Funchal, concretamente no Centro de Con- seguida do jantar de abertura oferecido pelo António Loureiro (director-geral da Travelport), Leonar-
gressos da Madeira, de 27 de Novembro a 2 Governo Regional da Madeira, no Forte de San- do Massa (Marketing & Trade Manager da MSC Cruzeiros)
de Dezembro. O evento vai ter um programa tiago. e Tiago Silvério Marques (partner at Innovation Makers).
recheado, com enfoque em áreas já habitu- As sessões de trabalhos terão início a 28 de O papel das agências de viagens em ambiente de Web
ais nos congressos da APAVT, como é o caso do Novembro, com este primeiro dia a ser reser- 2.0, que desafios e que oportunidades, serão alguns dos
incoming, do outgoing e da distribuição, mas vado à análise e debate de questões de índole temas a abordar, num dia em que será dada voz não
desta vez tendo também como horizonte o de- estratégica, num painel intitulado “As lições de apenas aos operadores e agências de viagens, mas tam-
Druker para o turismo | Como sair mais fortes da bém aos seus parceiros de negócio, como companhias
crise”. Jorge Vasconcellos e Sá, da Vasconcellos aéreas, GDS’s, hotelaria, empresas de rent-a-car, entre
e Sá Associados, será o keynote speaker, com o outros.
painel a contar ainda com as intervenções de An- Como habitualmente, a APAVT pensou nos acompanhan-
tónio Trindade (CEO do Grupo Porto Bay), Luiz da tes dos congressistas e delineou um programa para eles
Gama Mór (vice-presidente executivo da TAP), com passeio do barco para observação de cetáceos, city
Mariano Faccini (presidente da CWT Espanha) e tour ao Mercados dos Lavradores, fábrica de bordados,
Miguel Rugeroni (CEO da ES Turismo), museu Quinta das Cruzes, Museu da Madeira e Jardim
Ainda neste dia, mas já durante a tarde, es- Botânico. ■
tará em análise e debate o tema “Estratégias
Empresariais para Agências de Viagens”. Como
keynote speaker deste painel estará Vítor Se-
vilhano, administrador do Laboratório de For-
mação, que ali apresentará o estudo do mesmo
nome que foi patrocinado pela APAVT. Angel
Diaz (presidente da Advanced Leisure Services)
e Orlando Carrasco (consultor da ICIberia) se-
rão os oradores.
O dia seguinte, segunda-feira, estará reserva-
do a temas relacionados com o incoming. Du-

SET CONFIRMOU rante a manhã estará em análise o tema “Des-


tinos - Que novas exigências”, que tem como

PRESENÇA
objectivo debater o que é necessário fazer
para afirmar Portugal como um destino turís-
tico. Mónica Montenegro, directora executiva
O secretário de Estado do Turismo, Bernardo Trindade, já confirmou a de marketing do IPDT, será a keynote speaker
sua participação no XXXV Congresso da APAVT. de um painel em que apenas se conhece ainda
Bernardo Trindade tem sido presença assídua nos congressos da APAVT um orador, Peggy Bendel, presidente da Ben-
desde que assumiu a pasta do turismo, em Março de 2005, tendo del Communications International. A mesma
temática estará ainda em análise durante a A SUA RENT-A-CAR
participado nos últimos congressos da associação, nomeadamente
em Maputo (Moçambique), Ponta Delgada, Búzios (Brasil), Macau tarde do mesmo dia, mas neste caso através NA MADEIRA E PORTO SANTO
e Vilamoura. ■ do “Forum Portugal”, em que será dada voz
a buyers de importantes mercados emissores COM BALCÕES NO AEROPORTO
para Portugal.
DA MADEIRA E NO AEROPORTO
bate de estratégias que permitam ao turismo, Depois de um dia que será de “folga”, para
particularmente ao sector das viagens, saírem que os participantes possam fazer uma visita DA ILHA DE PORTO SANTO
reforçados dos tempos de crise em que mergu- de dia inteiro ao Parque Temático da Madei-
lharam pela conjuntura económica internacio- ra, com almoço na Quinta do Furão, o dia de RODAVANTE
RUA NOVA QUINTA DEÃO, 199050-071 FUNCHAL
nal e, obviamente, também nacional. quarta-feira, 1 de Dezembro, será dedicado ao TELEF: 291742448, FAX: 291741998
O primeiro dia do congresso está, como habitu- tema “Distribuição – Mais oportunidades?” Em EMAIL: RODAVANTE@NETMADEIRA.COM - SITE: WWW.RODAVANTE.COM
almente, reservado à sessão oficial de abertura, análise estará o negócio de outgoing, com João
Turisver 05 de Novembro de 2010 17
AV&TO

REVEILLON EM NATAL E SALVADOR

TRÊS CHARTERS
NO MERCADO
Texto: Fernanda Ramos

Já é tradição, no final do ano os fim de ano, é um hábito, mas o mesmo outro dos operadores com ofertas para A oferta para um reveillon brasileiro
não acontece com a Exoticoonline que os mesmos voos. Aliás, o folheto que não se esgota por aqui, há sempre os
principais operadores turísticos que pela primeira vez entra numa operação começou a ser distribuído no roadshow voos regulares da TAP, para vários pon-
vendem Brasil apostam na reali- deste tipo. do Brasil pela Exoticoonline, era parti- tos do Brasil, e dos TACV, para Forta-
Os dois operadores dividem os voos lhado pela Destinos. leza, pelo que outros operadores tam-
zação de charters para o nordeste que no caso de Salvador conta com 237 Estes não serão os únicos charters de bém já lançaram as suas ofertas com
brasileiro. Este ano acontece o lugares, sendo de 224 lugares a ofer-
ta para Natal. Uma divisão que, disse
fim-de-ano para o nordeste brasileiro,
já que a Vi@jar Tours vai realizar um
base nestes voos.

mesmo, Mundovip e Exoticoonline Rute Rapaz, é feita irmãmente, 50 por voo especial directo para Salvador, à Salvador com Guarajuba,
cento para cada operador, mais um lu- partida de Lisboa, também com a Whi- Praia do Forte e Imbassaí
programaram dois charters, um gar para o Mundovip no voo de Salvador te. Neste caso, a partida está marcada
para Salvador outro para Natal, com por o número de lugares ser impar. Mas para 25 de Dezembro, com chegada a Para o charter que terá como destino
Salvador da Bahia, e que servirá não
participação de dois outros operado- apenas a capital baiana mas regiões
res: terraBrasil e Destinos. Acresce
VI@JAR TOURS COM CHARTER
circundantes como Guarajuba, Praia
do Forte e Imbassaí, o Mundovip lan-
um terceiro charter, para Salvador,
PARA SALVADOR
çou preços desde 1.883 euros por pes-
da Vi@jar Tours. soa em quarto duplo, sendo este preço
referente a estadas de sete noites no
Também o operador turístico Vi@jar Tours vai realizar um voo Hotel Vila Galé Salvador, em APA mas

J
á esperada, a notícia da re- charter de fim de ano para Salvador, com partida de Lisboa a com reveillon incluído. Ainda para Sal-
alização dos charters para o 25 de Dezembro e regresso a 2 de Janeiro, em voos da White, vador, o operador propõe outros ho-
Brasil acabou por surgir no e pacotes de sete noites. téis, sempre em APA, como o Pestana
exacto dia em que se reali- Neste caso, os preços apresentados são desde 1860 euros por pes- Bahia (desde 1943 euros por pessoa em
zava em Lisboa o roadshow soa em duplo para o quatro estrelas Vila Galé Salvador, com ceia duplo), Catussaba (desde 2112 euros),
da Embratur, 13 de Outubro. e festa de reveillon. Outra opção na capital baiana, o cinco estrelas Pestana Bahia Lodge (a partir de 2792
Horas antes do início do workshop os euros) e Pestana Convento do Carmo
Pestana Bahia, desde 1910 euros, apenas com ceia de reveillon.
operadores turísticos Exoticoonline (2613 euros). Destes, apenas o Catus-
Em Guarajuba, o Vila Galé Marés é a opção, preços desde 2990
e Mundovip começavam a lançar as saba inclui ceia de reveillon e festa, os
suas ofertas tendo por base os mesmos
euros por pessoa em duplo TI, com ceia e festa de fim de ano. Bem restantes apenas ceia.
voos, que dividem, um para Salvador perto, o Tivoli Eco Resort, na Praia do Forte, tem preços desde 4990 Na Praia do Forte, o Tivoli Eco Resort,
da Bahia e outro para Natal. euros por pessoa, em duplo e regime de meia pensão. unidade de luxo, é como sempre a
Os dois voos são realizados pela White, Para a Costa do Sauípe, o operador apresenta várias opções de unidades hoteleiras, como o cinco estrelas Class, oferta mais cara, neste caso com pre-
ambos com partida de Lisboa a 26 de com preços desde 2390 euros por pessoa em duplo TI, e o Superclubs Breezes, a partir de 2690 euros. Imbassaí é ços desde 4977 euros, em Meia Pensão.
Dezembro e regresso a 2 de Janeiro, outra das localidades abrangidas pela oferta da Vi@jar Tours que ali programa o cinco estrelas Grand Palladium que Em Guarajuba o Vila Galé Marés custa
sendo os pacotes de sete noites. Voos apresenta preços desde 2590 euros por pessoa, também em duplo TI. ■ desde 2994 euros, em Tudo Incluído, e
sem “empty legs” já que para cá tra- em Imbassaí o Iberostar Bahia tem pre-
rão brasileiros que vêm passar o ano a ços desde 2550 euros, em TI, enquanto
Portugal, à semelhança, aliás, do que serão voos partilhados por outros ope- 2 de Janeiro. o Grand Palladium Imbassaí apresenta
vinha já acontecendo nos últimos anos. radores. Um deles será a terraBrasil, Oferta no mercado, não deve faltar. preços a partir de 2629 euros, também
Uma situação que permite “preços marca do operador turístico Sonhando Sugestões de hotéis há para todos os em TI. Preços sempre por pessoa, em
mais competitivos”, conforme subli- que, segundo afirmou à Turisver o seu gostos. Quanto a preços, são também quarto duplo.
nhou à Turisver a directora comercial director-geral, Eduardo Pinto Lopes, diversos, embora não estejamos em Os preços, nos diferentes operadores,
do Mundovip, Rute Rapaz. adquiriu ao Mundovip “40 lugares em tempo de dizer que há para todas as não diferem muito dos que acabámos
Para o Mundovip, charters para o Brasil cada um dos voos, com a opção de bolsas. Mas haverá pelo menos para vá- de apresentar. Grande parte das unida-
em épocas de pico, nomeadamente o poder adquirir mais 40”. A Destinos é rios tipos de bolsas. des hoteleiras programadas são as mes-
18 05 de Novembro de 2010 Turisver
mas, quase todas da Costeira, em Natal, regime APA sem
bem conhecidas ceia nem festa de fim de ano. Já com
do mercado por- ceia e festa, o Vila do Mar tem preços
tuguês, pelo que desde 1850 euros. O operador apre-
as diferenças acabam senta outras opções de alojamento em
por residir na capacida- Natal, a preços mais elevados, como é
de negocial de cada operador. o caso do Pestana Natal, desde 2268
Mesmo assim há preços diferentes, uns euros por pessoa, em duplo APA, com
mais que outros. ceia e reveillon.
Também no que se refere a Salvador, a Em Pipa, há também várias sugestões,
Exoticonline apresenta preços a partir a começar pelo Varandas Mar de Popa,
de 1884 euros por pessoa em duplo APA preços desde 1875 euros por pessoa
para o Vila Galé Salvador, com reveillon em duplo APA, sem ceia nem festa de
incluído. O Vila Galé Marés, em Guara- fim de ano. Com Reveillon, uma das
juba tem preços desde 2995 euros em opções é o Village Natureza Beach Re-
TI, o Tivoli Eco Resort na Praia do Forte sort, desde 1961 euros por pessoa em
desde 5382 em MP e o Costa do Sauí- duplo APA.
pe Resort apresenta preços a partir de Na terraBrasil os preços começam em
2450 euros por pessoa, em duplo TI. 1737 euros por pessoa em duplo APA
Os preços apresentados para a Exoti- para o Natal Praia Hotel, de 3 estrelas,
coonline são válidos também para as sendo desde 2228 euros para o cinco

ofertas que a Destinos lançou no mer- estrelas Pestana Natal Beach Resort e
cado. de 2444 euros no Rifóles Praia Hotel,
Já a terraBrasil apresenta, para Sal- neste caso em meia pensão.
vador, preços a partir de 1885 euros Para Pipa, a sugestão mais barata, com
por pessoa em duplo APA para o quatro preços desde 1902 euros por pessoa
estrelas Vila Galé Salvador, com ceia em duplo APA, sem ceia nem festa de
e festa de reveillon. O quatro estre- reveillon, é no hotel Pipa’s Bay. Para
las Catussaba (desde 2065) e os cinco o Village Natureza Beach Resort há
estrelas Pestana Bahia (1940 euros) e preços desde 1995 euros, com ceia e
Pestana Lodge (2780 euros) integram a festa, e o Tibau Lagoa apresenta pre-
oferta do operador, sendo que nos dois ços desde 1995 euros por pessoa em
últimos casos há ceia mas não festa de duplo APA, também com ceia e festa
fim de ano. de passagem do ano.
Na Praia do Forte, o Tivoli Eco Resort Também no caso das ofertas para Natal
tem preços desde 5.499 euros em Meia a Exoticoonline e a Destinos apresen-
Pensão, em Guarajuba o Vila Galé Ma- tam as mesmas sugestões hoteleiras e
rés custa desde 2995 euros em Tudo os mesmos preços. Assim, a oferta mais
Incluído, e em Imbassaí o Grand Palla- barata é para o hotel Vila do Mar, de
dium apresenta preços a partir de 2673 quatro estrelas, desde 1845 euros por
euros, também em TI. Preços sempre pessoa em duplo APA com a ceia e a
por pessoa, em quarto duplo. festa de reveillon a serem celebradas
no hotel Rifoles, cinco estrelas que
Natal com Pipa apresenta preços a partir de 2448 eu-
ros por pessoa, também em duplo mas
Para Natal e Pipa, os preços são, na ge- em regime de Meia Pensão. No caso
neralidade, um pouco mais baixos que destes operadores, a oferta mais cara
os anteriormente apresentados. é para o cinco estrelas Pestana Natal,
No Mundovip são desde 1646 euros por desde 2305 euros por pessoa em duplo
pessoa em duplo para o hotel Parque APA. ■
Turisver 05 de Novembro de 2010 19
AV&TO

ENTREMARES
REVEILLON
EM FORTALEZA
O operador turístico Entremares lançou uma programa-

Mundo Abreu regressa a 9 e 10 de Abril


ção para passar o reveillon em Fortaleza, no Nordeste
brasileiro, propondo um programa de sete noites com
preços a partir de 1.279 euros por pessoa.
A promoção tem partidas de Lisboa, Porto ou Faro, em
voos TAP, e os preços mais baixos incluem alojamento O Mundo Abreu, feira de viagens que a Agência Abreu organiza conse- (sábado e domingo) estarão de portas abertas, de norte a sul do país e
no hotel de quatro estrelas Oásis Fortaleza, em quarto cutivamente desde 2003, vai regressar à FIL, no Parque das Nações, nas regiões autónomas. Nestas lojas, e à semelhança do que aconteceu
duplo standard, APA. Na mesma unidade, o alojamento
em 2011, concretamente nos dias 9 e 10 de Abril, naquela que será a em anos anteriores, embora com um menor número de balcões abertos,
single tem preços a partir de 1.479 euros, igualmente
em APA.
nona edição desta feira que veio para ficar. o público poderá encontrar ofertas similares às presentes na feira, com o
Alem desta, o operador incluiu na promoção mais três Com datas já anunciadas, a promoção do evento já está em marcha, mesmo tipo de descontos. Esta foi a forma que encontramos para ir ao
unidades de alojamento, de três a cinco estrelas, com tendo-se iniciado, como habitualmente, com o lançamento de uma bro- encontro de todos os nossos clientes sem que estes tenham de deslocar-
os preços mais elevados a encontrarem-se no Hotel chura que começou já a ser distribuída e onde os interessados podem se a Lisboa para marcar as suas férias”, sublinha-se na nota de abertura
Vila Galé Fortaleza, também de quatro estrelas, onde o ficar a conhecer um pouco melhor o evento, desde os seus objectivos da brochura de apresentação do Mundo Abreu 2011.
quarto duplo, APA, está disponível desde 1.439 euros a balanços de anos anteriores, bem como opiniões de personalidades Desde o ano de arranque, o crescimento do Mundo Abreu tem sido
por pessoa, enquanto o single tem preços a partir de que nele já participaram, como é o caso de Paula Canada (TAP), Neila inquestionável, e os números falam por si. Basta lembrar que em 2003
1.677 euros, APA. Araújo (Embratur), Miguel Cymbron (Direcção Regional de Turismo dos a feira ocupou 900 metros quadrados - agora são 10.000 – e foi
No hotel Oásis Imperial, de cinco estrelas, o preço do Açores), Francisco Teixeira (Melair) e Fátima Graça (Club Med). visitada por 70 mil pessoas. Na edição passada a feira recebeu 125 mil
quarto duplo é a partir de 1.345 euros por pessoa, visitantes, contou com 183 expositores, registou um aumento de 12
Como em “equipa que ganha não se mexe”, e o Mundo Abreu já deu
APA, enquanto o single tem preços desde 1.599 euros,
plenas provas de ser um evento vencedor, a edição de 2011 vai decor- por cento no volume de vendas efectuado face à edição anterior, e foi
também em APA.
Além do alojamento, a promoção da Entremares para rer nos mesmos moldes dos eventos realizados nos anos anteriores. apoiada por 67 balcões da Abreu que abriram naqueles dias, menos 10
o reveillon em Fortaleza inclui também voos de ida e Por isso, em simultâneo com a feira, que terá lugar no pavilhão 4 da que os anunciados para 2011.
volta, transferes, seguro de viagem e taxas, enquanto FIL, um espaço de 10.000 metros quadrados que irá ser, uma vez mais, Na FIL, a feira estará aberta entre as 11h00 e as 22h00 de sábado,
as despesas de reserva (15 euros) e as taxas de tu- ocupado na totalidade pela exposição e venda, o público poderá contar e das 11h00 às 20h00 no domingo, o mesmo horário em que abrirão
rismo locais (cerca de 80 cêntimos por quarto/noite) também com um total de 77 lojas Abreu que nos dias 9 e 10 de Abril também as lojas Abreu no mesmo fim-de-semana. ■
não estão incluídas nos valores referidos. ■

APAVT
Fim de Ano 2010 ALERTA ASSOCIADOS PARA
Best Western Hotel D.Luís - Coimbra
31 DE DEZEMBRO DE 2010
Recepção aos clientes e “Boas vindas” no quarto Com Alojamento
A GREVE GERAL DE NOVEMBRO
1º - 18H30 –O COCKTAIL DE DESPEDIDA 2010
A APAVT emitiu dia 25 de Outubro, uma
Açafate de mousse de mariscos, escolha de acepipes, 1 DE JANEIRO DE 2011 circular destinada aos seus associados,
variedade de canapés (tarteletes com requeijão, mini Bom dia 2011
vol-au-vent de peixe, cogumelos panados, folhado de
queijo, tarte de peixe, torrada de alho, mostra rica de 6º - PEQUENO - ALMOÇO
na qual alerta para o pré-aviso de greve
azeitonas, espelho de charcutaria, pontas de camarão em
palito, concha de mexilhão, ponche de frutas, tâmaras com
Numa sala do Hotel, o primeiro pequeno
almoço de 2011.
geral de dia 24 de Novembro, pedindo aos
bacon, bola de carne, tábuas de queijos e enchidos, tortilha
de sapateira, selecção de frutos secos, cornucópias de presun- Entre as 9h00 e as 11h00, um pequeno almoço cheio de
associados que informem devidamente os
to com ananás. whiskies, gins, rhum, vodka, portos, martinis,
cerveja, refrigerantes e águas minerais
energia “clientes que tenham agendadas viagens
com partida/regresso na data em causa”,
2º - 19H30 – JANTAR DE REVEILLON
t Couvert: Espetada de frutos; abacate recheado com queijo e sob “pena de responsabilidade legal por
mariscos; crepe de camarão; mini vol-au-vent de codorniz c/
cocktail de ovos do mesmo e espumante ausência de informação”. A APAVT chama
tConsomé de faisão
tLagosta ao natural c/ recheio do mesmo especialmente à atenção para três situa-
tSupremos de porco c/ vinho do porto e crocante de lagostim
tTarte de maçã c/ gelado de baunilha e molho caramelizado em ções que podem ocorrer, nomeadamente
vinho do porto
t Vinhos do hotel, águas minerais, refrigerantes, cerveja, café, “viagens marcadas e nas quais seja solicitado o cancelamento pelo cliente”, “viagens marcadas e
Licor beirão e whisky JB (novo e velho) Música ao vivo que os clientes pretendam realizar” e “viagens reservadas a partir da data de emissão do pré-aviso
3º - MEIA NOITE Divertimento
Espumante Quinta do Valdoeiro/Baga Arinto bruto
Animação
de greve”.
4º - 02H00 – CEIA DE S. SILVESTRE 2010 Festa Na primeira situação, a associação avisa os seus associados que, “tais cancelamentos, sendo possíveis,
t'3*04
Preseunto montado, salada russa de gambas, souffle de Luz serão derivados a motivos de força maior o que implicará que, não existirá, à partida, direito ao reem-
espinafres e fiambre, terrina de cogumelos, tarte de alho francês
e delícias do mar, salmão fumado, mousse de peixes frescos, Cor bolso de qualquer das quantias pagas pelos clientes”.
Goraz em espelho com maionese, medalhões de peixe “chaud
froid”, salada de marisco, recheio de sapateira com camarão;
Simpatia Já no caso de existirem viagens marcadas e que os clientes pretendam realizar, a APAVT avisa
pernil à S. Silvestre, perú montado, leitão à bairrada, espelho Alegria que a “realização da viagem corre por integral conta e risco do cliente”, enquanto na última
de melão com presunto, sortido de carnes frias, variedade de
molhos, escolha de saladas naturais e compostas, esparregado
ao natural, fritinhos de três espécies, caldo verde e chocolate Cornetas situação a associação adverte os associados de que devem informar previamente os clientes
t40#3&.&4"4
Chapéus da situação e salvaguardar a sua posição, fazendo prova de que a informação foi devidamente
Corbeille de frutos, salada de frutas, espelho de frutas Linguas de Sogra prestada. “Tem a agência a obrigação (exigência legal) de informar (previamente) os clientes
laminadas, mousses, arroz doce, pudim de ovos, leite creme,
Apitos...
bolo de chocolate, torta de cenoura, tarte queimada, tarte de
fruta, floresta negra “coupe Jacques”, travessa Nogat, torta de
da situação, devendo conseguir comprovar à posteriori, caso seja necessário, que tal infor-
mação foi prestada. A concretização da reserva é da exclusiva responsabilidade do cliente”,
PREÇO POR PESSOA EM DUPLO 174.70 €
geleia, tarte bom bocado, queijo de ovelha de Ceia e de Nisa e
PREÇO POR PESSOA EM SINGLE 202.10 €
variedade de pães
TERCEIRA PESSOA 157.70 €

5º - ALOJAMENTO
CRIANÇA ATÉ 4 ANOS
CRIANÇA 5 AOS 12 ANOS
Grátis
80,20 €
avança a APAVT no caso de se tratar de “viagens reservadas a partir da data de emissão do
(PARTILHANDO O QUARTO COM DOIS ADULTOS)
SUPLEMENTO PARA MAIS UMA NOITE/APA 24,60 € Pax DBL NET
pré-aviso de greve”.
A APAVT refere ainda que, a manter-se, a greve geral de 24 de Novembro “poderá, eventualmente,
Faça a sua reserva pelo TEL. 239 802 120 FAX 239 445 196 ou E-MAIL geral@hoteldluis.pt
vir a causar constrangimentos com os clientes”, pelo que decidiu emitir o esclarecimento em questão,
informando assim os seus associados das situações que podem ocorrer. ■
20 05 de Novembro de 2010 Turisver
CRUZEIROS

MSC
NOVO CATÁLOGO E MAIS OFERTA EM PORTUGAL
Texto: Nuno Afonso

A MSC Cruzeiros apresentou a bor- Portugal no próximo ano, oito serão tividade, o escritório da MSC em óptimo trabalho, abriram-nos portas
“turnarounds” em Lisboa, e seis no Portugal já atingiu o seu objectivo em Portugal”, disse a “trade mana-
do do MSC Orchestra o seu catálogo Funchal, a que se juntam ainda os já traçado em Janeiro do ano passado, ger” à Turisver.
2010-2011, válido de Novembro a habituais cruzeiros de reposicionamen-
to. Os cruzeiros com partida do Funchal
dobrar o número de passageiros de
2009. Com mais de 7800 passageiros
Para Eduardo Cabrita a maior mu-
dança reside no facto de a MSC ter
Novembro. Mais que um catálogo de destacam-se ainda pela oferta de via- até 20 de Outubro os 8000 traçados passado a contar com uma estrutura
gem grátis para a segunda pessoa, e os estão praticamente atingidos, o que exclusivamente dedicada.
cruzeiros, é um manual sobre cruzei- de Lisboa pela mesma oferta ou com levou Sonia Adilleta a declarar à Turis- “Estamos com um escritório próprio
ros da MSC, para agentes e clientes. segunda pessoa por metade do preço. ver ser “incrível o quanto foi feito em a pensar 100 % nos cruzeiros, com
As partidas do Funchal em 2011 come- tão pouco tempo”. Em qualquer caso uma marca específica, o que tem sido
Nem por isso deixa de ter várias novi- çam a 13 de Janeiro e vão até 29 de tanto Adilleta como Cabrita elogiam a nossa grande arma, juntamente
dades, com mais cruzeiros em Lisboa Março, para cruzeiros pelo Mediterrâ- o trabalho feito pela Nortravel, que com o facto de o nosso único canal
neo e Atlântico, de 10 ou 14 dias, com até ao ano passado era o GSA da MSC de distribuição serem as agências de
e no Funchal, e novos destinos da dois itinerários à escolha, a bordo do Cruzeiros em Portugal. ““Fizeram um viagens”. ■
companhia. MSC Fantasia.
As nove partidas de Lisboa em 2011
começam a 27 de Março, com seis

F
oi na presença do presiden- cruzeiros de nove dias no MSC Poesia,
te da MSC Portugal, Carlos partidas até 6 de Maio para itinerários
Vasconcelos, e da “trade no Mediterrâneo. As partidas de Lisboa
manager” da MSC Cruzeiros regressam a 25 de Setembro, agora
para Portugal e Espanha, com o MSC Orchestra, para cruzeiros
Sonia Adilleta, que Eduar- semelhantes com partidas até 11 de
do Cabrita, director-geral da MSC Cru- Outubro.
zeiros em Portugal, apresentou o novo Quanto a cruzeiros de reposiciona-
catálogo anual, nada menos que 248 mento, há vários com chegadas a Lis-
páginas em Português. São centenas de boa e Funchal, vindos da América do
itinerários na Europa, América do Sul, Sul e África do Sul. Interessante no
Caraíbas, oceânicos… Mas “só” entre mercado português será também um
as páginas 82 e 183. Antes e depois o cruzeiro de sete dias entre Lisboa e
catálogo é composto por descrições dos Kiel (Alemanha), partida de Lisboa a
navios, serviços, e das várias modali- 14 de Maio. Eduardo Cabrita salienta
dades de cruzeiro disponíveis na MSC. ainda os vários cruzeiros que a MSC
Tanto como um catálogo, é um autên- realiza no Brasil, nada menos que 43
tico manual sobre os cruzeiros MSC e, itinerários com várias partidas cada
como disse Cabrita, “uma forma mais um e duração entre quatro e dez dias.
racional de apresentar o que é a MSC”. “Prevemos que o Brasil irá ter um pa-
MSC Yacht Club (serviço de luxo), MSC pel importante no turismo português
Aurea Spa (centros de saúde e beleza em 2011”, disse na apresentação do
a bordo), serviçso como o MSC Express catálogo. Entre as centenas de cruzei-
(check-in online), descrição geral da ros da MSC em 2011, referência ain-
gastronomia a bordo, lojas a bordo, da para as partidas de Southampton,
promoções e ofertas especiais, car- ou os Emirados Árabes Unidos, onde a
tões de consumo para adolescentes, companhia terá um navio baseado a
descontos para maiores, ofertas para partir de 30 Outubro de 2011, o MSC
luas de mel, cartões de fidelização… Lirica, que partirá de Abu Dhabi para
Tudo está explicado em pormenor no cruzeiros de oito e sete dias todos os
catálogo. domingos até 4 de Março de 2012, e do
Dubai às sextas, de 28 de Outubro a 9
Mais embarques de Março de 2012.
e desembarques
em Portugal Objectivo atingido

Das 46 paragens de navios MSC em Ainda sem um ano completo de ac-


Turisver 05 de Novembro de 2010 21
Anuncio04.3-outlines.pdf 1 29-10-2010 10:29:51

aviação

Aeroportos distinguidos

ANA recebeu certificação


pioneira na Europa
Texto: Inês de Matos

Mais do que uma certificação


pelas boas práticas de gestão,
a ANA recebeu em meados de
Outubro um reconhecimento pela
qualidade de quatro aeroportos
nacionais. A certificação Airport
Service Quality (ASQ), entregue
pelo Airports Council Internactio-
nal (ACI), reconhece a excelência
dos aeroportos de Lisboa, Porto,
Faro e Ponta Delgada, tornando-
os pioneiros a nível europeu.
C

O
M

orgulho dos mais nossa visão e aos nossos valores”,


Y
altos dirigentes da
Resultados certificação ASQ frisou Guilhermino Rodrigues.
CM ANA – Aeroportos Porto 78,7% E também Carlos Madeira, vice-
de Portugal era presidente do Conselho de Ad-
MY
evidente no mo- Lisboa 75,9% ministração da ANA, se mostrava
CY
mento de entrega Faro 73,9% satisfeito pelo trabalho desen-
da certificação ASQ aos aeropor- volvido, considerando que esta
Ponta Delgada 71,7%
CMY

tos de Lisboa, Porto, Faro e Pon- é “uma certificação muito im-


K
ta Delgada, os quatro aeroportos Madeira 72,6% portante”, que veio reconhecer
portugueses distinguidos pelo o esforço e o investimento que
ACI, em Outubro. Como frisaria a ANA tem vindo a realizar “na
Guilhermino Rodrigues, presiden- lhoria das condições oferecidas melhoria da qualidade” dos seus
te do Conselho de Administração aos passageiros e da qualidade aeroportos, ainda que muitas ve-
da ANA, além do orgulho, a cer- do serviço. “Além do orgulho, zes a percepção dos passageiros
tificação entregue aos quatro ae- é também com o sentimento de não seja coincidente com o nível
roportos portugueses é também dever cumprido que obtemos a de excelência agora comprovado.
um reconhecimento pelo esforço certificação pelo ACI porque es- “Às vezes as pessoas têm uma
da empresa aeroportuária na me- tamos a ser fiéis à nossa missão, à percepção diferente porque este

SATA Site com nova aplicação


A SATA melhorou recentemente o seu site, que
inclui agora uma “nova aplicação para gestão e
apresentação das campanhas e promoções em vi-
gor no Grupo SATA”, informou a companhia aérea
em comunicado.
A introdução desta aplicação no site www.sata.pt
resultou de uma parceria entre a Direcção de Sis-
temas de Informação (DSI) da SATA e a Morfose,
uma empresa regional de IT, que permitiu a introdu-
ção desta alteração “em tempo recorde e de forma
muito dinâmica”.
De acordo com a SATA, esta parceria “foi a pri-
meira experiência de outsorcing, em termos de
desenvolvimento de soluções e aplicações e per- forma mais rápida”. as necessidades e buscas dos clientes,
mitiu aumentar a capacidade interna da SATA para Além de introduzir mais rapidez no car- uma vez que as campanhas apresenta-
a entrega de novos aplicativos, o que se traduz regamento das páginas no site, esta das vão sendo actualizadas de acordo
em oferecer mais valor para os clientes e de uma alteração está também orientada para com o contexto da navegação. n
22 05 de Novembro de 2010 Turisver
é o maior aeroporto, mas estamos a in- cisco Sá Carneiro, no Porto, de 75,9%,
vestir no desenvolvimento da infra-es- no aeroporto de Lisboa, 73,9%, no de
trutura e esperamos oferecer uma boa Faro, e de 72,6% em Ponta Delgada. A
experiência aos passageiros”, afirmou estas quatro infra-estruturas sob a ges-
o responsável durante a cerimónia de tão da ANA junta-se ainda o Aeroporto
entrega da certificação, no Aeroporto da Madeira, cuja gestão está entregue à
de Lisboa. ANAM – Aeroportos da Madeira, que foi
Presente esteve também Angela Git- igualmente premiado, depois de uma
tens, directora-geral do ACI, que entre- avaliação em que obteve um resultado
gou a certificação aos representantes de 72,6%.
da ANA e dos aeroportos distinguidos, “Esta conquista é um ponto alto mas
considerando que “o empenho das au- está longe de ser um ponto final. A cer-
toridades aeroportuárias traduz-se num tificação que hoje nos é conferida vale
compromisso com a excelência no aten- necessariamente por um ano e para ser
dimento” e que este prémio é “um re- “Esta conquista é um ponto alto mas está lon- renovada temos que continuar a mere-
conhecimento pelo esforço de oferecer ge de ser um ponto final. A certificação que cê-la a todas as horas, a todos os mi-
um serviço de qualidade”. hoje nos é conferida vale necessariamente nutos e em todos os serviços que pres-
por um ano e para ser renovada temos que tamos nos nossos aeroportos”, afirmou
Qualidade certificada continuar a merecê-la a todas as horas, a Guilhermino Rodrigues, acrescentando
por clientes e auditorias todos os minutos e em todos os serviços que que “o grande desafio” está agora “na
prestamos nos nossos aeroportos”. manutenção destes novos hábitos”,
Os quatro aeroportos portugueses tor- como forma de tornar estas “boas prá-
nam-se assim nos primeiros em toda a ticas” na “forma natural de agir e de
Europa a receber esta distinção, que
Guilhermino Rodrigues servir cada vez melhor os clientes”.
tem por base um processo de auto-ava- Presidente do Conselho de Administração da ANA No próximo ano, a re-certificação vai
liação, através de inquéritos de satis- pôr mais uma vez à prova os aeroportos
fação realizados aos passageiros, bem e obedece a uma série de critérios de agora distinguidos, procedendo-se à ac-
como medições em todo o processo ae- gestão e desempenho que avaliam a tualização dos inquéritos de satisfação
roportuário, com o objectivo de realizar qualidade dos serviços prestados por es- de passageiros e a novas avaliações,
uma comparação entre a qualidade per- tas infra-estruturas e nos quais todos os uma prova que apesar de exigente, Gui-
cepcionada pelos utilizadores e a quali- aeroportos agora certificados obtiveram lhermino Rodrigues acredita que as in-
dade oferecida de facto. elevadas classificações, nomeadamente fra-estruturas vão conseguir novamente
A certificação ASQ é válida por um ano de 78,7%, no caso do Aeroporto Fran- superar. n

TAP Madeira desde 36 euros Transavia.com


A TAP tem em vigor tarifas promocionais para a
Madeira com preços de 36 euros por percurso, Cresce em todas
od_Turisver_297x50_IMA2p.fh11 10/29/10 12:29 PM Page 1

com taxas incluídas.


Segundo a companhia, esta promoção está in- as rotas portuguesas
serida no âmbito de uma campanha que junta A companhia aérea de baixo custo transavia.com cresceu em todas as rotas que
TAP, ANAM, Secretaria Regional de Turismo e opera de e para Portugal, com maior destaque para a rota Porto-Paris que, desde o
Transportes (SRTT) e outros parceiros privados, com o objectivo de início do ano e até Agosto, registou um crescimento de 8% face ao ano passado, com
incrementar os fluxos turísticos para a Madeira. As reservas devem a companhia a transportar 20 mil passageiros.
ser efectuadas até ao próximo dia 21 no site da TAP em www.flytap. Além da ligação Porto-Paris, a transavia.com alcançou também resultados positivos
com, para viagens a realizar entre 9 de Novembro e 31 de Maio do na rota Porto-Funchal, inaugurada em Março, e que só no mês de Agosto transportou
próximo ano. perto de seis mil passageiros, com o acumulado Março a Agosto a rondar os 24 mil
As tarifas promocionais, que abrangem tanto os voos com partida de Lisboa passageiros. Em Agosto, a ligação entre a capital madeirense e a Invicta pautou-se
como do Porto, estão no entanto circunscritas a “voos específicos e com também por uma elevada taxa de ocupação, que se situou nos 87%, quando a taxa
lugares limitados”, informa a TAP em comunicado. de ocupação média da rota se situava nos 76% nos restantes meses.
A companhia informa ainda que “os períodos festivos de 15 de Dezembro De referir ainda o sucesso da rota Porto-Nantes, o mais recente destino da companhia
à partida da Invicta, lançado em Abril, que em Agosto registou uma taxa de ocupação
de 2010 a 9 de Janeiro de 2011, de 4 a 13 de Março de 2011 e de 8 a
de 97,4% e que, de Abril a Agosto, transportou perto de 12 mil passageiros, com
25 de Abril de 2011 não se inserem na campanha”, ou seja, as épocas de
uma taxa de ocupação média de 73,5% neste período. n
Natal e fim de ano, Carnaval e Páscoa. n
Turisver 05 de Novembro de 2010 23 Turisver 05 de Novembro de 2010 23

Grande Equipa CLUB IN Autora: Rui Duarte Edição: Turisver/TFV
AVIAÇÃO

05 de Novembro de 2010 Turisver


24
Da esquerda para a direita: Carlos Varatojo, Telma Luz e Suse Leirião
SOCIAL

■ Vieira da Silva, Câncio Martins, Bernardo Trindade e Miguel Júdice ■ José Miguel Júdice e Vieira da Silva. Reflexão sobre o futuro do Turismo?

■ Alexandre de Almeida e Luís Patrão

HOTEL DA ESTRELA
INAUGURAÇÃO CONCORRIDA
NO HOTEL DA ESTRELA
■ Luís Alves de Sousa, em amena cavaqueira.
A inauguração oficial do primeiro hotel de aplicação do Turismo
de Portugal com gestão privada, pelo grupo Lágrimas, foi mais
um momento de reunião de figuras gradas do turismo nacional,
incluindo a cúpula governativa, com o ministro da Economia, secre-
tário de Estado do Turismo, e presidente do Turismo de Portugal.
■ A boa disposição reinou durante a visita ao hotel Dirigentes regionais, associativos, dirigentes empresariais… muita
gente acorreu, incluindo, como não podia deixar de ser, os princi-
pais beneficiários deste novo equipamento, os alunos da Escola
de Hotelaria e Turismo de Lisboa. Todos apreciaram bastante os
interiores concebidos pelo designer Miguel Câncio Martins, que
■ Assis Ferreira e Luís Patrão também não deixou de estar presente. Uma tarde de boa disposi-
ção, e com o sabor do “catering” do grupo Lágrimas. ■

■ José Esteves e Maria José Catarino, Turismo associativo e institucional ■ Uma inauguração bastante concorrida ■ ADHP com representação de alto nível, por José Catalão e Tomaz Mello Breyner

...simplesmente melhor!

Turisver 05 de Novembro de 2010 25


FIGURAS FIGURASDOTURISMO
JOÃO JESUS

SALES DIRECTOR LEISURE


DA TIVOLI HOTELS & RESORTS
A Tivoli Hotels & Resorts reformulou a sua estrutura de vendas e teriormente, o profissional foi promovido a Business Develop-
promoveu João Jesus ao cargo de Sales Director Leisure, passando ment Manager da cadeia Tivoli para o segmento de Golfe, tendo
o profissional a reportar directamente a Filipe Santiago, Chief Sales passado a acompanhar toda a área de Lazer a partir de 2009.
& Marketing Officer da cadeia. Nas novas funções, João Jesus é responsável pela gestão e dinami-
João Jesus integra a equipa da Tivoli Hotels & Resorts desde 2002, zação de todo o negócio dos segmento Lazer e Golfe para a cadeia
quando iniciou a sua carreira profissional no Tivoli Carvoeiro. Pos- Tivoli. ■

SOFIA QUIRINO
PEDRO TRINDADE
DIRECTOR CHEFE DE VENDAS
DE RESTAURAÇÃO DO LISBOA MARRIOTT
DO TIARA PARK Sofia Quirino foi nomeada pela Marriott International para chefe de vendas do Lisboa
Marriott.
ATLANTIC LISBOA Formada em gestão turística e hoteleira pela Universidade Internacional, Sofia Quirino
iniciou a sua carreira em 2002 como coordenadora de grupos no então Le Meridien Park
Atlantic Lisboa. Em 2004 assumiu funções de “account manager” da Destination Portugal,
em 2008 transitou para supervisora de vendas de grupo do Corinthia Lisboa, onde já este
ano assumiu o cargo de “account manager”. ■

JOSÉ PEDRO TOJAL


DIRECTOR DE VENDAS
Pedro Trindade é o novo director de Restauração do Tiara Park Atlantic
DO GP NA MADEIRA
Lisboa. José Pedro Tojal foi nomeado director de Vendas do Grupo Pesta-
Da sua vasta experiência profissional fazem parte a coordenação de na para as suas unidades da Ilha da Madeira: Pestana Bay Ocean
serviços de restauração em diversas áreas, nomeadamente no que Aparthotel, Pestana Carlton Madeira, Pestana Casino Park, Pestana
concerne a grandes cimeiras e a eventos realizados pelo ICEP e Pre- Grand Hotel, Pestana Miramar Aparthotel, Pestana Palms, Pestana
sidência da República, sendo também de destacar a sua participação
Village Aparthotel, Pestana Porto Santo e Pestana Promenade.
em diversos eventos integrados no programa Allgarve, entre outros.
O profissional já desempenhou funções como Chefe de Vendas nos
O novo director de restauração frequentou o Curso Superior de Gestão
Hoteleira da Universidade de Lisboa e o Curso Superior de Direito da Hotéis Marriott, nos Hotéis Hesperia e na Varig, mantendo sempre a
Universidade Livre em Lisboa, possuindo igualmente uma Graduação sua fiel ligação ao sector do Turismo.
em Direcção de Hotelaria da Escola Hoteleira de Faro. Com um Bacharelato em Direcção e Gestão de Operadores Turísti-
Possuidor de uma vasta experiência na área da restauração que foi cos e após uma passagem pelo Netherlands Institute for Tourism
adquirida ao longo dos anos nas empresas em que trabalhou, Pedro and Transport Studies, José Tojal concluiu a licenciatura em Gestão
Trindade vai agora colocar esta experiência em prática no Tiara Park Turística na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, em
Atlantic Lisboa. ■ 2005. ■

Desejo assinar a Revista por um período de ______________ ano(s) Boletim de Assinatura Turisver
Nome: _______________________________________________________________________________________________________ E-mail: ___________________________________________

Empresa: _____________________________________________________________ Morada: __________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________ C. Postal: ___________________________ Telefone: __________________________________________

E-mail: ____________________________________________________ Contribuinte: _____________________________________________ Data: ___________________________________

Continente e Ilhas Estrangeiro Pagamento por cheque ou vale dos CTT dirigido a:
€ 50,00 (Anual) € 65,00 (Anual) Assinale com uma cruz o destino pretendido. Rua da Cova da Moura, Nº 2, 2º Esq., 1350-177 LISBOA

26 05 de Novembro de 2010 Turisver


AVIAÇÃO

Turisver 05 de Novembro de 2010 27


ESPECIAL FIM D E A N O N O R T R AV E L
Alvará nº 964/99

NOVA IORQUE CIRCUITO SENEGAL


7 dias / 5 noites 27,28,29 e 30 Dez 10 dias / 8 noites 25 Dez a 3 Jan
Partidas de Lisboa ou Porto Lugares Garantidos
Hoteis New York Hilton Saída a 25 DEZ 21:45
Omni Berkshire 9 Refeições incluídas, inclusive jantar de
Sheraton New York Fim de Ano no Hotel Lamantin em Saly
I
INCLU s o de

Manh
re
Transfe a
a
e Visit an
att
desde
€ 1.624 Circuitdade
quali AVEL
NORT
R desde
€ 2.570
PREÇO FINAL POR PESSOA em duplo. Inclui taxas de aviação (voos sem escala) PREÇO FINAL POR PESSOA Em duplo. Inclui taxas de aviação. Mínimo 6 participantes.

ROMA MADEIRA
4 dias / 3 noites 30 Dez a 2 Jan Partidas 26, 27, 28, 29, 30 e 31Dez
Lugares Garantidos Estadias com mínimo de
Hotel 3* Portamaggiore 4 noites obrigatório
Hotel 4* Beverly Hills Hotéis com confirmação imediata

I
INCLUres
Transfe desde
€ 580 es
Lugar os
Garan
tid
desde
€ 464
PREÇO FINAL POR PESSOA em duplo, em APA. Inclui taxas de aviação (saídas de Lisboa) PREÇO FINAL POR PESSOA em duplo, em APA. Inclui taxas de aviação (saídas de Lisboa)

BUDAPESTE E VIENA PRAGA


6 dias / 5 noites 29 Dez a 3 Jan 4 dias / 3 noites 29 Dez a 1 Jan
Lugares Garantidos Lugares Garantidos
Hoteis 4* Novotel Danube Hotel 4* Clarion Prague
e Kaiserwasser Inclui Transferes e Visita de Cidade
Inclui Visitas de Cidade em
INC rrestre LUI Budapeste e Viena
982 727
I
e te € INCLUde €
Transport e - Viena
st
Budape peste
Jantar Ano
- Buda PREÇO FINAL POR PESSOA em duplo, em APA. Inclui taxas de aviação (saídas de Lisboa)
Fim de PREÇO FINAL POR PESSOA em duplo, em APA. Inclui taxas de aviação (saídas de Lisboa)

CIRCUITO MARROCOS CIRCUITO TURQUIA MÁGICA


7 dias de viagem 26 Dez a 1 Jan 8 dias / 7 noites 26 Dez a 2 Jan
Lugares Garantidos 28 Dez a 4 Jan
Visitando: Casablanca, Rabat, Meknes, Fez, Visitando: Izmir, Éfeso, Pamukkale, Konya,
Beni Mellal e Marrakech Capadócia, Ankara e Istambul
Hoteis 5* Hoteis 5*
12 Refeições

1.285 1.321
I o de
INCLUde € Circuit de Incluídas €
Jantar Ano
a
qualid VEL desde
Fim de PREÇO FINAL POR PESSOA em duplo, em MP. Inclui taxas de aviação (saídas de Lisboa)
NORT
RA
PREÇO FINAL POR PESSOA em duplo, mínimo de 18 participantes (saídas de Lisboa)

MAIS DESTINOS DISPONIVEIS


PRAGA E BUDAPESTE 8 dias / 7 noites € 826
DUBROVNIK 6 dias / 5 noites desde € 910
VENEZA 4 dias / 3 noites € 778
VENEZA E ROMA 6 dias / 5 noites € 878
MARRAKECH 5 dias / 4 noites desde € 918
MARRAKECH e CASABLANCA 6 dias / 5 noites desde € 1.047
CIRCUITO MADEIRA 5 dias / 4 noites € 1.061
AÇORES SÃO MIGUEL 3 noites mínimo desde € 318
28
05 de Novembro de 2010 Turisver
Garanta o seu Fim de Ano, RESERVE JÁ! INFORMAÇÕES www.nortravel.pt | info@nortravel.pt
Turisver
equipamentos e serviços para a hotelaria
é parte integrante da edição Nº 753 da Revista Turisver e não pode ser vendido separadamente.

cozinhas
suplemento

um centro operacional
Este

MISTOLIN
Ermax
De Portugal
Reforço da aposta para
em fornecimentos públicos o mundo Turisver 05 de Novembro de 2010 1
equipamentos e serviços para a hotelaria
Coluna de Iluminação
Starlight
A Luz de uma Estrela nunca esteve tão perto

Coluna de Iluminação com 20 ou 30 metros

12 projectores LED dispostos em forma de estrela

Consumo de 80W por projector

Reflectores em espelho
de forma a direccionar a luz sem perdas

Possibilidade de regulação da inclinação


dos projectores permitindo ajustar a área de iluminação

A solução ideal para iluminar grandes áreas,


desde parques de estacionamento, rotundas entre outras

2 05 de Novembro de 2010 Turisver


equipamentos e serviços para a hotelaria
capa

Cozinhas

O centro nevrálgico de qualquer restaurante


Texto: Nuno Afonso

É uma zona a que os clientes não têm normalmente acesso, mas é a parte
mais importante de qualquer restaurante, de onde saem os pratos que farão a
sua boa ou má reputação. E é uma zona onde os erros de concepção ou a falta
de investimento podem sair bastante caro.
uem visite um restau- excepção, mas em que a comida é intra-

Q
rante pela primeira gável ou apenas sofrível. Também rara-
vez irá basear a sua mente se volta a um restaurante em que
apreciação do mesmo, os sabores agradam mas no qual a falta
fundamentalmente, de higiene ou cuidado geral se reflicta
em três aspectos, para nos pratos servidos. Também não é agra-
além do sempre presente preço: quali- dável estar a comer um bom prato de
dade dos pratos, aspecto geral da sala, e peixe enquanto o aroma mais saliente é
qualidade do serviço. Salvo excepções, o da carne que está a ser confeccionada
a cozinha não está acessível, nem se- na cozinha. Restaurantes há, também, já não muito quente, ou quase frio. Fi- simples má organização espacial.
quer visualmente, quando muito pode em que não é só o aroma do que se pre- nalmente, todos conhecemos exemplos
ser entrevista. Mas é aí que se preparam para na cozinha que chega à sala, mas de restaurantes bastante estimáveis na Investir na cozinha
os pratos, que são o factor mais impor- também o fumo da confecção. Ouvir o generalidade dos seus aspectos, mas em é o melhor investimento
tante para a apreciação que o cliente ruído do trabalho na cozinha também que a dimensão da sala ou a simples boa
fará. Ninguém volta a um restaurante não é agradável, assim como ninguém adesão dos clientes traz à tona insufi- Todas as situações atrás referidas, e
com uma sala ricamente decorada ou do gosta de esperar mais do que estava à ciências na capacidade de produção da muitas outras que poderiam ser recor-
melhor bom gosto, com um serviço de espera para acabar a comer um prato cozinha, por sub-dimensionamento ou dadas, resultam de inefici- >>>>>

Turisver 05 de Novembro de 2010 3


equipamentos e serviços para a hotelaria
capa

>>>>> ências não só do trabalho na a Solidotel e a Nexus, dois nomes que


cozinha, mas da sua concepção. A cozi- já antes passaram por estas páginas e
nha é o centro nevrálgico de qualquer que dispensam apresentações. Pedimos
restaurante, é a sua zona mais impor- exemplos de obras recentes ou em curso
tante, mesmo que o cliente raramente que pudessem representar exemplos do
a veja. Não vê a cozinha, mas vê, e que é uma cozinha bem concebida, bem
prova, o produto do trabalho aí feito, como ilustrar as dificuldades que nor-
quase sempre o factor mais valorizado malmente podem surgir em trabalhos
na apreciação que acabará por fazer, na deste tipo.
decisão de ali voltar ou não, de reco-
mendar ou não. Mesmo nos restaurantes De armazém desactivado a
que apostam mais na componente social restaurante de luxo
da sua frequência, na preponderância
de estar “in” e ser um local da moda, Situado em Setúbal, o restaurante Don
mesmo nestes, se a comida não for boa Xicha é um exemplo de remodelação de
– se o trabalho na cozinha não for bom – espaços, está instalado no que já foi um
não há “jet-set” que os salve. Também grande armazém, desactivado há déca-
não basta contratar um bom Chefe, é das. Como diz Mário Teixeira, director
preciso que este e a sua equipa tenham comercial da Nexus, “trata-se de uma
boas condições de trabalho. Assim, seja obra de grande dimensão, em que o es-
em remodelação ou obra nova, a aten- paço foi totalmente remodelado e pro-
ção à cozinha deve ser a maior possí- jectado para funcionar como restauran-
vel, e é das zonas onde as poupanças te e take-away”. Como noutros casos,
se podem revelar mais enganadoras e toda a obra ficou a cargo da Nexus. A
dispendiosas, até porque numa cozinha cozinha, só por si, ocupou cerca de uma
mal concebida mais difícil será, depois, semana de tempo de trabalho, numa
efectuar alterações. área funcional de mais de 150 metros
Falámos com duas empresas especiali- quadrados. Um primeiro ponto positivo, funcionais. Quanto aos equipamentos um peso superior a duas toneladas, a sua
zadas em equipamentos e obras novas face aos cerca de cem metros quadra- colocados, a quantidade ilustra bem a instalação obrigou ao uso de maquinaria
e de remodelação para hotelaria, e nas dos da área de sala, ao contrário do mais complexidade deste tipo de instalações: pesada, auto-motriz, para o transporte
quais as cozinhas e respectivas zonas habitual, em que se procura maximizar além dos “obrigatórios” fogão, fritadei- dentro do antigo armazém.
funcionais representam quase sempre a área de clientes (mais lugares… mais ra, grelhador, máquinas de lavar (pratos, Em resumo, uma obra de dimensão con-
um volume importante de trabalho, pagantes), em detrimento de zonas chávenas…), câmaras frigoríficas (para siderável, que a Nexus ostenta com al-
conservação e congelação), bancadas, gum orgulho no portefólio. Mário Teixei-
estantaria, e muito mais, há muitas ou- ra classifica esta obra como “um desafio
tras coisas que escapam aos leigos mas bastante interessante, transformar um
que qualquer cozinha profissional tem grande armazém, fechado há décadas,
que ter: aquecedor de batatas, descas- num restaurante de luxo”. E em que,
cadora, cortadora de legumes, todo o como devia acontecer sempre, a cozi-
tipo de batedeiras, máquina de gelo… nha foi o espaço mais considerado na
Muita coisa, mais relacionada com a ac- concepção.
tividade diária na cozinha do que com a
obra em si. Mas também muita coisa que Sustentabilidade
mostra o quanto a construção ou remo- significa poupança
delação de uma cozinha não é uma obra
qualquer, igual a outra qualquer: todos A Solidotel tem vindo a caracterizar a
os equipamentos de extracção de ar, in- sua presença no mercado por uma abor-
suflação, filtragem (electroestática)… É dagem integrada dos projectos em que
mesmo muita coisa, e uma lista comple- se envolve, numa perspectiva de sus-
ta de tudo o que foi instalado pela Nexus tentabilidade ambiental e energética, e

Instalar um forno de duas toneladas com


capacidade para 36 leitões em simultâneo é
apenas um exemplo do tipo de trabalhos que
pode incluir a realização de uma cozinha,
como no caso do Don Xicha, obra da Nexus

neste restaurante talvez não coubesse também económica, sempre no interes-


nestas páginas, com a lista respeitante à se do cliente. Para isso, e como já publi-
cozinha a ocupar mais de metade. Mário cado em anterior edição, criou a Solido-
Teixeira destaca “algum equipamento tel Inovação, uma divisão especialmente
que não é muito comum”, como o forno vocacionada para esta abordagem inte-
de leitões. Sendo o Don Xicha um restau- grada, identificada pelo conceito Eco-
rante de comida tradicional portuguesa, tek, criado pela empresa. Para este
o leitão não poderia faltar, e sendo uma artigo a Solidotel sugeriu três exemplos
das especialidades da casa, o forno res- de cozinhas de hotéis por si realizadas,
pectivo tem capacidade para nada me- uma já concluída e duas em curso. No
nos que 36 leitões, em simultâneo. Com primeiro caso o Meliã Braga Hotel & Spa,
4 05 de Novembro de 2010 Turisver
equipamentos e serviços para a hotelaria
produto”. Da mesma forma, um cuida-
do especial na definição da localização
dos motores de refrigeração, que pro-
duzem frio nas câmaras mas calor à
sua volta, irá contribuir para que estes
motores não venham a ser um elemen-
to negativo na eficiência energética.
“Devem ser colocados em locais com
boas condições de arejamento e sem
incidência solar, para que tenham um
e em curso o Hotel Mira Caima, junto comerciais. Exemplo claro destes últi- melhor desempenho e não contribu-
ao rio Caima, em Oliveira de Azeméis, mos aspectos é o “show cooking”, ou am para o sobreaquecimento de áre-
e, em Cabo Verde, o Vila Verde Resort, seja, preparação dos pratos em cozinha as de trabalho”. Questões fulcrais na
na Ilha do Sal, o maior projecto turís- aberta, à vista do cliente. No Meliã concepção das cozinhas do Vila Verde
tico no arquipélago. No primeiro caso Braga optou-se por um bloco de con- Resort, em que a definição das zonas
o projecto apresenta-se como o de um fecção central, suspenso. Uma opção de armazenagem neutra e frigorífica
hotel ecológico, com uma atenção mui- que, como salienta Fernando Ribeiro, “revelou-se da maior importância para poupança e maior sustentabilidade é “o
to especial para a utilização de energias “permite uma maior higienização do o “layout” de implantação, assim como aproveitamento dos circuitos de água
renováveis. No Vila Verde Resort, numa espaço e melhor mobilidade dos opera- a tipologia dos painéis isotérmicos e quente de que habitualmente dispõem
ilha em que os recursos naturais são li- dores”. Mas ao estar mais próxima do dos grupos frigoríficos”. E a coisa pros- as unidades, reduz substancialmente o
mitados, esta perspectiva é fundamen- público levanta também outras ques- segue, pela climatização e exaustão, consumo energético e melhora a quali-
tal. De resto, “cada vez mais se visa tões, outras exigências, nomeadamen- zonas de cozinha quente e fria, zona dade da lavagem”.
a sustentabilidade. Pelas preocupações te em termos de exaustão de fumos, de preparação grossa (fundamental, Como se vê, a cozinha é, provavelmente,
ambientais, mas também para redução por exemplo. “É de facto uma situação mas nem sempre devidamente conside- a zona cuja concepção encerra mais exi-
dos custos de exploração”, afirma Fer- mais exigente, por estar em contacto rada), zona de finalização… todas com gências, e uma que deveria, por vezes,
diferentes necessidades funcionais e merecer mais atenção dos hoteleiros e
de climatização, mas todas ligadas e outros estabelecimentos. Em resumo,

“É pelas cozinhas que passa grande parte da inter-dependentes. Até à lavagem, o


fim do ciclo, em que em a escolha do
e como conclui Fernando Ribeiro, “as
cozinhas Industriais são o núcleo central
imagem e serviço das unidades. E do consumo tipo de máquinas é fundamental, “sem- da hotelaria e similares, seja num hotel,
pre tendo em conta os consumos de restaurante, IPSS, ou restauração colec-
energético. E é também sobre as cozinhas que água e energia”. Uma possibilidade de tiva”. n
recai a maior atenção fiscalizadora dos or-
ganismos oficiais”
Fernando Ribeiro, Solidotel

nando Ribeiro, director comercial da So- directo com o público. Qualquer pro-
lidotel, que salienta o papel fulcral das blema de pressão reflecte-se na sala.
cozinhas: “por elas passa grande parte Mas não existem soluções específicas
da imagem e serviço das unidades. E do para esta ou outras situações”, a exaus-
consumo energético. E é também sobre tão é sempre encarada caso a caso, em
as cozinhas que recai a maior atenção função dos objectivos e, sobretudo, das comércio e indústria de equipamentos hoteleiros, lda
fiscalizadora dos organismos oficiais”. características de cada espaço. E com
E se mais argumentos fossem necessá- ou sem “showcooking”, a extracção de
rios, “são locais onde os profissionais ar é sempre um aspecto fundamental:
passam a quase totalidade do seu dia de “Dele dependem a ausência de cheiros
trabalho”. Por tudo isto, “é necessário e fumos na zona da cozinha e clientes,
dar particular atenção ao seu “layout”, assim como o bem-estar dos que nelas
de forma a torná-las funcionais, rentá- trabalham”. E como na concepção de
veis,  energeticamente eficientes e, en- uma cozinha profissional ou industrial
quadradas na legislação em vigor”. tudo está ligado entre si, não faz sen-
Quanto às obras referidas, no Mira Cai- tido conceber um elemento sem levar
ma, Fernando Ribeiro destaca, entre todos os outros em conta. A cozinha e DAMOS FORMA AO SEU PROJECTO
outros aspectos da abordagem sustentá- as suas várias partes espaciais/funcio-
vel, a alimentação eléctrica da cozinha nais trabalham como um todo, e todas
(em detrimento do gás), em que a elec- são essenciais e relacionadas entre si. E
tricidade provém da mini central hídrica assim como um alimento não chega ao
do hotel. “Nem sempre o gás é a melhor forno sem ter passado por outras fases
opção, e a indução cada vez mais assu- de preparação na cozinha, a concepção
me um papel fundamental”, afirma o também tem que relacionar as partes,
director comercial da Solidotel. se possível transformando problemas
em boas soluções. Fernando Ribeiro dá
Cada caso é um caso exemplos. “Sempre que se abre uma representante oficial de:
câmara frigorífica há libertação de frio,
As preocupações de sustentabilidade, logo perda, desperdício. Mas se a zona
embora cada vez mais importantes, não das câmaras frigoríficas for bem dese- www.tudotel.pt | tudotel.geral@mail.telepac.pt
Tel. 21 995 93 90 | Fax 21 995 93 99
são as únicas e, obviamente, mantêm- nhada essa perda pode ser transforma-
laundry equipment
se todos os factores habituais: custos, da em benefício, ajudando a climatizar
opções técnicas, estéticas, e ainda áreas de preparação ou circulação de
Turisver 05 de Novembro de 2010 5
equipamentos e serviços para a hotelaria
empresa

Mistolin

De Portugal para o mundo


Texto: Nuno Afonso

Da concorrência com as multinacionais tolin. De 1992 até hoje a Mistolin mudou mas pouca rentabilidade, com margens Com as estruturas internas criadas para
muito, não só na dimensão, também na unitárias reduzidas. Assim, a Mistolin essa abordagem, a Mistolin Profissional
em Portugal, a Mistolin evoluiu para sua abordagem ao mercado. Se nos pri- passou a apostar em mais marcas pró- rapidamente ascendeu a área de negó-
ser ela própria uma multinacional, não meiros anos os produtos de marca bran-
ca representavam mais de metade de
prias, reforçou a sua capacidade de
investigação e desenvolvimento, e en-
cio com maior crescimento na Mistolin,
acima dos 25 por cento a cada ano.
só exportando para vários países mas toda a facturação, hoje não chegam a trou em sectores de maior valor acres- Fundamental para sustentar uma oferta
também produzindo no exterior. Uma 10 por cento. A aposta é clara na marca
própria. A facturação, entretanto, cres-
centado, alargando muito o número de
clientes, potenciais e reais. Ao longo
de produtos que está sempre a crescer
tem sido o departamento de concep-
história que começou há 18 anos com ceu bastante. Em 2007 as vendas foram dos anos seguintes passou a fornecer ção e desenvolvimento da Mistolin, de
de cerca de 5,8 milhões, em 2008 de 7.7 restaurantes, lavandarias industriais, onde saem todos os novos produtos da
artigos de limpeza para uso domésti- milhões e em 2009 foram de 10 milhões. indústria alimentar, o sector de saúde… empresa, a uma média que este ano
co e que hoje se conta em centenas Hoje a Mistolin não só produz e vende e claro, hotéis, que hoje em dia são está em cinco novas referências a cada
muito mais do que nos primeiros anos, uma parte importante da actividade da mês, para uma gama que, em todas as
de referências de produtos para várias como além de exportar também conta Mistolin Profissional, divisão criada em suas áreas, é composta por quase tre-
áreas, numa atenção especial à hote- com fábricas no estrangeiro, em Angola
e mais a caminho. Um crescimento que,
2004 exclusivamente para o mercado
profissional, o chamado “B2B”, “busi-
zentos produtos, a grande maioria para
os mercados profissionais. Como escla-
laria, e em novas fábricas em Cabo como seria de esperar, não se fez sim- ness to business”. rece Óscar Neto, “todas as solicitações
Verde e Moçambique, a juntar à já plesmente crescendo, mas sim à custa
da procura de novos sectores e da adap-
Entretanto a Mistolin investiu em novos
equipamentos, certificou-se (ISO 9001,
da nossa área comercial, em termos de
necessidades de novos produtos, são
existente em Angola. tação constante da empresa às necessi- pela APCER, em 2006), investiu em directamente enviadas para o nosso

F
dades dos mercados em que aposta. formação, firmou uma nova imagem… departamento de concepção e desen-
oi em pequenas instalações Em suma, investiu em si própria, para volvimento”.
numa aldeia na zona de Va- Mudança de paradigma poder abalançar-se a fornecer clien-
gos que a Mistolin foi fun- tes mais exigentes que os do mercado Concorrer
dada em 1992, produzindo Foi em finais de 2001 que a Mistolin mu- doméstico. “A área profissional é uma com os maiores
produtos como detergentes dou a sua abordagem, como explica o mercado mais técnico, completamente
para louça, lixívia, lava A crescer e expandir-se desta forma,
tudo, tira gorduras e outros. O cresci- seria inevitável que a Mistolin acabasse

Certificação ambiental a caminho


mento inicial foi garantido apostando a concorrer com os maiores, ou seja,
no baixo custo e no volume, muitas as grandes multinacionais da indústria
vezes com produtos de marca bran- química. Ao entrar em sectores como
ca. Em poucos anos a Mistolin cresceu Poderão ser normais no mundo da indústria química, mas para um leigo os números envolvidos na produção da o das lavandarias industriais a Mistolin
e mudou-se para a zona industrial de Mistolin impressionam. Por dia produz mais de 38 toneladas de detergentes líquidos, o que dá mais de 10 milhões deparou-se com um mercado comple-
Vagos e para novas instalações com de toneladas por ano. Embalagens são mais de cinco milhões por ano… Com tais volumes de produção, e no sector tamente dominado por empresas que
13.800 metros quadrados de área total, químico, a Mistolin não poderia deixar de prestar especial atenção à componente ambiental da sua actividade, são, algumas, das maiores do mundo,
as actuais que, por sinal, em breve se- e presta. Devido ao método de fabrico, a produção de embalagens na Mistolin não gera resíduos, sendo todo o com dimensão consolidada ao longo de
rão ampliadas, com mais 5.000 metros material aproveitado na íntegra. A reciclagem de embalagens é uma realidade. Nesta linha, a certificação ambiental muitas décadas. Como recorda Óscar
quadrados, ficando assim com dez mil da empresa está em curso, assim como para as áreas de responsabilidade social – onde a empresa se tem destacado Neto, “era uma área de negócio fecha-
metros de área coberta. Hoje produz pela doação de produtos a várias instituições, de centros sociais a corporações de bombeiros - e, internamente, a da, nas mãos das multinacionais”. Sem
não só produtos de higiene doméstica, nível de saúde e segurança no trabalho. n complexos, a empresa portuguesa foi a
mas também de higiene pessoal, produ- jogo com as mesmas armas. Num sector
tos para a área automóvel, construção em que o cliente é aliciado com a ofer-
civil, indústria alimentar, têxtil, sector administrador, Óscar Neto: “a empresa diferente da área doméstica, exige ou- ta de equipamentos de doseamento de
de saúde, lavandarias, e muitos outros, só trabalhava para o mercado domésti- tro tratamento, outra abordagem, e en- produtos que garantem uma economia
incluindo a hotelaria e horeca de forma co, e estava muito virada para as mar- tendemos que era um mercado impor- real no consumo dos mesmos, a Mistolin
geral, que desde 2004 é aposta da Mis- cas brancas” – mercado que dá volume, tante, a explorar”, recorda Óscar Neto. abalançou-se a fazer o mesmo. Porque
6 05 de Novembro de 2010 Turisver
equipamentos e serviços para a hotelaria
outras empresas portuguesas não o fize- cionalização não vai ficar por aqui, em
ram antes? A resposta é simples: “Nenhu- curso estão projectos para fábricas em
ma empresa nacional se dedicava a isso Cabo Verde e Moçambique. Ainda este
porque é preciso um grande investimen- ano iniciam-se obras para a fábrica
to nesses equipamentos”. Mas a Misto- de Cabo Verde, e Moçambique deve-
lin investiu e recolheu dividendos, e de rá arrancar em 2011. Em qualquer dos
caminho deu mais alguns passos no seu casos a estrutura é semelhante à im-
próprio desenvolvimento. Ao estar num plantada em Portugal, com o fabrico
mercado bastante exigente em termos de produtos para o mercado domés-
de serviço, tanto no que toca ao forne- tico e profissional, também pelas di-
cimento de produtos de limpeza como, visões Mistolin Profissional e Mistolin
muito importante, no fornecimento, ins- Serviços. “Disponibilizamos nesses pa-
talação e manutenção dos equipamentos íses o mesmo tipo de serviço que em
de doseamento – muito mais relevantes Portugal, e ainda referências especí-
para este tipo de cliente do que à par- ficas para esses mercados”, esclarece
tida se pode pensar, na verdade acabam Óscar Neto, que se afirma confiante
por ser autênticos sistemas automáticos de que estes países representarão um
de gestão de lavagens - a empresa teve “Estamos bem posicionados, pois os volume de negócio muito interessante
que criar uma estrutura interna para sa- nossos produtos têm qualidade, sem para o grupo. Quanto à exportação,
tisfazer esse e outros mercados. Lugar à por isso deixarem de ter uma relação é há vários anos mais uma área em
Mistolin Serviços, criada em 2008, uma qualidade/preço bastante interessante. crescimento na Mistolin, cujos maio-
estrutura dedicada em exclusivo ao ser- No contexto actual, mesmo com crise, res mercados externos são Espanha e
viço ao cliente profissional. É a Mistolin Cabo Verde, mais uma vez nas mesmas
temos margem para crescer e trabalhar
Serviços que fornece, instala, e mantém áreas que em Portugal.
bastante”
estes equipamentos para os seus clien- Quanto ao futuro próximo, apesar das
tes, hotéis, lavandarias, e outros. Em re- nuvens negras da crise, que teimam em
sumo, uma equipa permanentemente na Óscar Neto persistir para além do previsto, o admi- ção qualidade/preço bastante interes-
rua, em todo o país, e que muitos hotéis Administrador Mistolin nistrador da Mistolin não deixa de estar sante. No contexto actual, mesmo com
já conhecem. confiante, até porque nestes dois últi- crise, temos margem para crescer e tra-
instalações alugadas e agora em ins- mos anos a empresa não esteve propria- balhar bastante”. Face ao historial da
Internacionalização talações próprias. Uma unidade de mente em contenção, antes em cresci- empresa e ao seu crescimento, é com
em força negócio cuja produção e facturação mento, de dois dígitos, como tem sido naturalidade que Óscar Neto conclui
têm crescido a bom ritmo, represen- habitual. “Estamos bem posicionados, que “o nosso futuro próximo é continu-
Já desde 2004 que a Mistolin tem uma tando já uma parte muito importante pois os nossos produtos têm qualidade, ar a trabalhar da forma que temos vindo
fábrica em Angola, primeiramente em da actividade da Mistolin. A interna- sem por isso deixarem de ter uma rela- a fazer”. n

INSTRUMENTAÇÃO PROFIS SIONAL PARA HACCP

SECTOR HOTELEIRO
2
Agora com as novas soluções da testo, poderá
cumprir com o HACCP de forma fácil, económica
1 testo 174T 1 e descontraída!
2 testo 270
testo 174T
3 testo 103 Registador de temperatura
4 testo 104 Regista automaticamente todas as temperaturas
dos frigoríficos e dos congeladores.
5 testo 831 testo 270
Controlador de óleo de fritura
Controla de forma simples a saturação e a
3 4 temperatura do óleo de fritar.
5
testo 103
Termómetro de sonda
O termómetro desdobrável mais pequeno
da sua classe. Prático e higiénico adequado
para todo o tipo de medições do sector alimentar.
testo 104
Termómetro de sonda
É o primeiro termómetro desdobrável
estanque adequado para medições
da temperatura interior dos alimentos.
testo 831
Termómetro com 2 laser
Ideal para a recepção dos produtos, mede em menos
de 1 segundo sem ter que perfurar os produtos.

Testo Portugal • Urbanização Ribas Parque nº 21 R/C Esq. • 3830.237 Ribas (ÍLHAVO) • Tel. 234 320 280 • Fax. 234 083 708 • testo@testo.pt • www.testo.pt

Turisver 05 de Novembro de 2010 7


equipamentos e serviços para a hotelaria
notícias

Nespresso
Recolha de cápsulas
Eglo Novo catálogo de lâmpadas
A austríaca Eglo lançou o seu novo catálogo não há libertação de vapores prejudiciais ção de tecto, suspensões, encastráveis,
usadas em Portugal de lâmpadas, com mais de trezentas refe-
rências entre lâmpadas LED, fluorescentes
à saúde humana. De referir também
que as lâmpadas LED da Eglo apresen-
candeeiros de mesa ou de chão, cozinha,
casa de banho, entre outras soluções de
compactas, de halogéneo, e outras. tam dos tamanhos mais pequenos do iluminação. Em Portugal desde 2004, a
Destaque para a ausência de mercúrio mercado para todo o tipo de casquilhos Eglo vende os seus produtos em mais de
na composição das lâmpadas economi- convencionais. Além dos mais de 300 600 lojas e tem a sua plataforma logís-
zadoras (fluorescentes compactas) e de modelos de lâmpadas, o catálogo inclui tica ibérica em Paços de Ferreira, desde
LED, garantindo que em caso de quebra mais de três mil referências de ilumina- 2008. n

Makro
A Nespresso implementou 192 pontos de recolha de
cápsulas de café usadas no continente, Madeira, e Aço-
res. Após a implementação da recolha na sua própria
rede de vendas, a Nespresso alargou a recolha aos pon-
Nova loja em Coimbra
tos de vendas de parceiros comerciais, alargando assim
vem substituir a que até aqui funcionava no levam Luís Carneiro, director da loja, a declarar
a cobertura da recolha para reciclagem. As embalagens
das cápsulas Nespresso são constituídas por alumínio, Vale das Flores. Entre outros serviços, a nova a Makro de Coimbra como “a mais moderna
material reciclável indefinidamente sem alteração de Makro de Coimbra tem uma equipa dedica- e inovadora loja grossista de Portugal”. Para
características, e a sua reciclagem equivale a apenas 5 da a entregas porta a porta, para os clientes Mathias Hinz, presidente da direcção executiva
% da energia necessária à sua extracção na natureza. com dificuldades em se deslocarem à loja. Tal da Makro Portugal, a nova loja “traduz clara-
As borras de café não escapam à reciclagem, sendo como as restantes lojas da rede, a Makro de mente a nossa vontade, de mesmo em tempos
aplicadas em compostagem para aplicações como Coimbra será certificada em qualidade, higie- difíceis, estar ao lado dos muitos milhares de
fertilizante agrícola. Refira-se ainda a reciclagem das ne e segurança alimentar pela TUV, o processo clientes profissionais, que nos seleccionaram
cápsulas se integra num programa de sustentabilidade está já em curso. para seu fornecedor regular”. Referência ain-
em que a Nespresso assumiu compromisso como o de A Makro Cash & Carry abriu em Setembro a Destaque também para a utilização de sis- da para o protocolo de parceria assinado na
triplicar a sua capacidade de reciclagem das cápsulas, nova loja de Coimbra, em Eiras, um investi- temas e tecnologias que permitem uma pou- inauguração com a Associação dos Industriais
ou reduzir em 20 % as emissões de carbono associa- mento de 14 milhões de euros para uma pança energética de 25 por cento e de dez de Hotelaria e Restauração do Centro – HR
das ao consumo de cada chávena de Nespresso. n área de 8500 metros quadrados. Esta loja por cento no consumo de água. Aspectos que Centro. n

Tork Sustentabilidade premiada


A Tork, fabricante de produtos de higiene e limpeza, empresa do grupo global SCA, recebeu o prémio “Car-
bon Reporting”, pelo seu relatório de emissões de carbono, nos New Economy Carbon Leadership Awards
2010, atribuídos na Suécia, país de origem da empresa.
“Estamos bastante satisfeitos por termos sido reconhecidos pelo New Economy no que diz respeito ao
nosso relatório de emissões de carbono,” afirma Patrik Isaksson, vice-presidente dos assuntos ambientais do
Equipamentos Hoteleiros grupo SCA. “A SCA iniciou um esforço em 2001, a nível global, para reduzir as emissões CO² e em 2008
determinámos a quantidade de CO² que deveríamos reduzir. Temos também, desde os finais dos anos 90,
implementado um sistema de gestão de recursos e que constitui um papel importante na nossa capacidade
Distribuidor das marcas de continuar a reduzir as emissões de CO².”
A marca Tork oferece produtos e serviços no âmbito da higiene e limpeza de casas de banho, cuidados de
saúde, indústria e serviços alimentares, estando presente em mais de 90 países. n

Oliveira Ramos Premium


Novo azeite gourmet
chega ao mercado
Conhecido enquanto produtor de vinhos, João Portugal Ramos lançou-se agora num novo segmen-
to de mercado, lançando o azeite gourmet Oliveira Ramos Premium, um produto já galardoado
com a Medalha de Ouro no Concurso Nacional de Azeites Virgem Extra 2010.
“O azeite já estava pensado na nossa gama de produtos há algum tempo mas queríamos
ter a certeza que oferecíamos um azeite diferente, com um sabor único e que mantivesse o
mesmo nível de qualidade dos nossos vinhos”, explica João Portugal Ramos, citado em nota
informativa. O azeite tem um sabor complexo e frutado, com frescura e elegância, que pode ser
Rua Ferreira Borges, Nº 8 utilizado em cru, em saladas, molhos ou em pratos de sabor delicado, como peixes, mariscos,
Presa - Apartado 310 - 1675-042 Pontinha grelhados, assados ou em receitas de caça. Como complemento, a marca lançou também o
Telefones: 21 478 86 00 / 7 Vinagre Oliveira Ramos, criado a partir de um vinho de colheita tardia de uvas brancas, que
Fax: 21 478 86 09 estagiou em meias barricas de carvalho francês durante oito anos. O vinagre apresenta uma
E-mail: geral@tecnimonte.pt cor âmbar, com aromas de compotas, amêndoas e especiarias.
www. tecnimonte.pt
Os dois produtos já se encontram disponíveis para venda nas principais lojas gourmet, com um
preço de 8,90 euros, no caso do azeite, e de 6,50 euros o vinagre. n
8 05 de Novembro de 2010 Turisver
equipamentos e serviços para a hotelaria
BESTBED
Sucesso na Habitat marca
início de internacionalização
colchão Passion,
Exclusive, e Feel,
todos caracteriza-
dos pela inovação
tecnológica e pela
sustentabilidade
ambiental de ma-
teriais e proces-
sos de fabrico. A
feira de Valência
foi também opor-
tunidade para o
estabelecimento
de contactos e
parcerias com
A BESTBED, empresa 100 % portuguesa vários mercados, para além do espanhol:
que recentemente se lançou no mercado de Bélgica, Itália, Líbia, Argélia, Paquistão,
descanso (colchões, sommiers, almofadas, e Finlândia, entre outros. “ Numa altura
etc), participou com sucesso na Feira Habi- em que a maioria das empresas nacio-
tat 2010, em Valência, no passado mês de nais não aposta na sua presença em fei-
Outubro. Como expresso em comunicado ras internacionais, dado o investimento
da empresa, “o lançamento da BESTBED associado ser muito elevado, a BESTBED
em Espanha foi um sucesso e esta parti- marca a diferença, apostando na parti-
cipação assinala o início do seu processo cipação nas mais conceituadas feiras
de internacionalização”. Em Valência foram internacionais”, lê-se na informação da
especialmente apreciados os modelos de empresa. n

Sopexa Nova imagem


e novo posicionamento
A Sopexa, especializada em marketing para o for food, wine and lifestyle”). Também o site
sector alimentar, anunciou uma nova imagem www.sopexa.com é novo, já com a nova ima-
e um novo posicionamento, associando comidas gem, e a empresa criou um blogue de internet
e bebidas a “lifestyle”, o que a empresa resu- http://blog.sopexa.com. É de referir que a
me em “marketing alimentar, bebidas e Art de Sopexa Portugal é apresentada, a nível inter-
Vivre”. Os desafios eleitos são levar todos os nacional, como exemplo da estratégia que está
serviços da Sopexa a todos os sectores impor- actualmente a ser adoptada pelas 34 agências
tantes na alimentação e vinhos, e estender a Sopexa em 29 países. n
sua actividade à “art de vivre” e ao turismo, e
ainda alargar o campo de intervenção a clientes
europeus e integrar as marcas e produtos que
já trabalha em campanhas co-financiadas pela
União Europeia. Cinco áreas principais balizam a
nova postura da Sopexa no mercado: marketing
territorial, co-marketing, inteligência multicul-
tural, e-experimental, e “shopper marketing” a
nível internacional. Também novidade é a criação
da Digital Factory, grupo de trabalho da Sopexa
que tem por objectivo desenvolver e implementar
projectos digitais.
As mudanças na Sopexa reflectem-se tam-
bém numa nova imagem, com novo logótipo
e nova “baseline” (“Connecting Marketing
Turisver 05 de Novembro de 2010 9
equipamentos e serviços para a hotelaria
notícias

Diversey
Novo conceito Ermax
de “amenities” Reforço da aposta Em
fornecimentos públicos
A Ermax, empresa do grupo CITAC, realizou em Sintra uma acção de demonstração de equipamentos,
neste caso projectores de fachada com Led’s, um equipamento inovador desenvolvido com base no
“know how” da empresa instalada em Mem Martins. Durante dois dias o Palácio da Vila, em Sintra,
foi iluminado por projectores de LED da CITAC, desenvolvidos pela ERMAX, empresa do grupo dedicada
à investigação e desenvolvimento de novos produtos. A iluminação do Palácio foi apreciada por respon-
sáveis do IGESPAR e da Parques de Sintra – Monte da Lua. Esta acção teve como objectivo reforçar a
aposta da CITAC e da Ermax em fornecer espaços públicos com os seus equipamentos de iluminação e
som, entre outros.
Para iluminar o exterior do Palácio foram utilizados não mais que cinco projectores de fachada com
A Diversey lançou um novo conceito de “amenities” tecnologia led, um equipamento desenvolvido pela Ermax. Com uma duração garantida de 65 mil horas,
para hotelaria, com instalação de parede, permitindo estes projectores apresentam um consumo de energia cerca de cinco vezes inferior aos projectores
reduzir os desperdícios no uso de champô e sabo- convencionais.
nete. É o Soft Care Sensations, e permite o uso de Com vários projectos em vista em Sintra e noutros concelhos do país, os equipamentos da CITAC/Ermax
coberturas personalizadas, com a imagem do hotel, estão já instalados em Ponte de Lima (iluminação da ponte romana), e Viseu, onde foram instalados
mensagens aos hóspedes, etc. Quanto ao “recheio”, candeeiros de modelo clássico mas tecnologia actual, entre outros concelhos. n
os produtos utilizados, são das marcas Dove e Lux.
Além da personalização e da economia o Soft Care
Sensations caracteriza-se também pelo respeito pelo
ambiente, pois a embalagem é reutilizada, ao invés
dos “amenities” tradicionais, com embalagens indivi-
duais. Mais informações em www.softcaresensations.
com. n

Reguengos DOC
Nova Garrafa
Almojanda
Prestige
A Carmim, maior produtora de vinhos do Alentejo,
introduziu uma nova garrafa “Prestige” para os
Novo vinagre de vinho
seus vinhos Reguengos DOC, branco e tinto. Os
rótulos desta garrafa têm por tema as típicas
mantas da região. Outra novidade, a garrafa de
branco com orégão
Reguengos Branco é agora incolor. O preço de A empresa alentejana Diterra apresentou na Essência 4,4 euros. Para Teresa Mendes, responsável comercial da
venda ao público recomendado para estes vinhos Gourmet, no Porto, um novo Vinagre de Vinho Branco Diterra, o Almojanda é “muito agradável quando utilizado
com esta nova apresentação é de 1,99 euros nos com Orégão, Almojanda, de seu nome. Com uma aci- para temperar directamente alimentos como saladas ou
dois casos. n dez de seis graus, este novo vinagre de vinho é mais pratos de carne ou peixe, e também como “vinagrette”
um produto em que está patente o carácter tipicamente misturado com o azeite”. Recorde-se que a Diterra lançou
alentejano que todos atribuímos aos orégãos. Vendido já um azeite virgem extra com a designação Almojanda,
12 a 14 de Novembro em garrafas de vidro de meio litro, o Almojanda pode ser
encontrado em lojas “gourmet” e de mercearias finas,
nome da herdade onde procede ao embalamento dos seus
produtos, que além de azeite e vinagre incluem pasta de
ExpoQuintas em Lisboa e tem um preço recomendado de venda ao público de azeitona, mel e compotas. n

É já de 12 a 14 de Novembro que o Auditório da


Faculdade de Medicina Dentária da Universidade
de Lisboa acolhe a segunda edição da ExpoQuin-
Santos & Santos – Espaços Verdes
tas, exposição de quintas e espaços para eventos.
Iniciativa da APEQE – Associação Portuguesa de Conclusão do jardim do The Yeatman Hotel
Espaços e Quintas para Eventos, a ExpoQuintas é
A Santos & Santos, empresa de concepção e execução de jardins e espaços
uma feira que combina componentes profissionais
e para o grande público, estando a organização verdes do Grupo Catarino, realizou o jardim do novo The Yeatman Hotel,
a cargo da Publihappening Eventos. A organiza- em Gaia, empreendimento de luxo dedicado ao enoturismo. Um projecto
ção sublinha que este é um evento integrado na que levantou vários desafios, a começar pela topografia dos 12 mil metros
Rede Oxigénio e com a classificação “Green Event quadrados de área verde que envolvem o hotel, em socalcos.
– Evento Responsável”, no âmbito de uma pare- “O jardim do The Yeatman obrigou a um trabalho de minúcia, com recurso a
ceria com as agências Cascais Energia e Cascais gruas e maquinaria pesada com vista à preparação do terreno para colocação
Natura. Já confirmada está a participação na Ex- das mais de duas mil espécies vegetais que povoam os jardins”, lê-se em
poQuintas de dezenas de quintas e outros espaços informação da Santos & Santos, que nos seus sete anos de actividade já
para eventos. n realizou vários outros projectos no âmbito da hotelaria de luxo. n
10 05 de Novembro de 2010 Turisver
equipamentos e serviços para a hotelaria
Turisver 05 de Novembro de 2010 11
equipamentos e serviços para a hotelaria
12 05 de Novembro de 2010 Turisver
equipamentos e serviços para a hotelaria
Turisver
www.turisver.com

| trade tourism magazine |

PORTuGAL
é parte integrante da edição Nº 753 da Revista Turisver e não pode ser vendido separadamente.

the best of europe


suplemento
Este

Three Star Premium


Lisboa - Portugal
Reservations: Tel.: (00351) 21 317 35 75 • Fax: (00351) 21 352 02 72
reservas@domcarloshoteis.com • www.domcarloshoteis.com

“From times to times ones encounters hotels like these...”


The gift of Hospitality
Privileged location in Innovation and Compliant with standards set out Humanized and Comfort, convenience
the heart of Lisbon. renovation attentiveness. by LusoCristal & ForeSee Food Safety personalized service. and functionality.

Turisver 05 November 2010 1


portugal
europe’s west coast

New hotels

Portugal’s
got bigger
and better

Over this near ending year several new hotels opened in Portugal,
four and five stars that add to an ever better experience.
By Inês de Matos n Real Marina Hotel & Spa - Olhão, Algarve - Photo: Hotéis Real

L
isbon and the Real Marina
Algarve are the most Hotel & Spa
benefited regions HHHHH
with new hotels,
thus elevating Right in front of Ria Formosa, in
an already large Olhão, the Real Marina Hotel &
amount of quality tourism Spa it’s the first five star hotel in
lodgement. Up North, Porto this location, offering the best
and Braga also benefited basis for a stay dedicated to the
from new sumptuous five Algarve’s nature, but also suitable
star hotels. The new units for work and business.
are located all over the The hotel offers a vast array of
country, and in the last few nature programs and activities,
years about hundred new provided by local specialists: bird-
four and five star hotels watching, boat rides, sea-horses
opened in Portugal. But observation, trekking… Of 144
it’s not about numbers, rooms 12 are suites decorated in n Meliã Braga HOTEL - Braga - Photo: MElIã Hotels
it’s about quality tourism, pure Algarve collors. Restaurant,
advanced leisure concepts two bars, inner and outer pools opened since July, The cutting edge
in innovative and highly for children, another pool, in the and one of the best examples of health & wellness equipment
equipped hotels that can Real Spa Thalasso, this one with the city’s finest – a definitive top’s with an 800 square
embrace all sorts of gests heated salt water… landmark. Working under one of meters spa. Hotel for
needs. For business or fest, the hotel has Sol Meliá’s all sorts of sophisticated
Some of these new hotels an available area of 1500 square top brands – Meliã – it has occasions, it has several
are located in previously meters, with every condition for 182 rooms and ten suites, meeting facilities,
scarce hotel offering regions, any kind of event. all modernly and exquisitely including a 700 seats
thus bettering the access to designed, it also has a conference center.
some of the most interesting presidential suite and For the best from the finest,
areas of Portugal. Check in Meliã Braga ten long stay apartments. The check-in in the VIP floor, The
on some of the new hotels Hotel & Spa perfect hotel for business, Level, where you can even
in Portugal, you’ll find what HHHHH leisure, weekend visits choose in what kind of pillow
quality means when we to one of the most historically you feel more comfortable
mean quality. n It’s Braga’s first five star hotel, meaningful cities in Portugal. sleeping.
2 05 November 2010 Turisver
portugal
europe’s west coast

n Inspira Santa Marta - LisboN - Photo: Inspira Hotels n CS VINTAGE LISBOA HOTEL - LisboN - Photo: CS HOTéIS

Inspira Santa city. All the interiors are inspired CS Group (5 star only) opened to the best of what Portuguese
Marta Hotel by Feng-Shui principles. In all 89 doors last June, in an historical gastronomy can offer, while
HHHH rooms, including seven suites, building of the capital, from you enjoy one the best views
the decoration recreates Nature’s the earlier 20th century. of Lisbon’s downtown. For uses
In Lisbon’s business & basic elements: earth, water, The building, full of tasteful other than leisure, several
commercial heart, the Inspira fire, metal and wood. Spa with vintage detailing, adds greatly areas and meeting rooms
Santa Marta Hotel introduces sauna, Jacuzzi, Turkish bath, to the luxurious atmosphere of provide the best environment
the concept of a fully “green” also gym… The Mediterranean this hotel. Lisbon is the theme, for making business into a
city hotel. Opened last May, it restaurant it’s already a favorite. with decades old pictures pleasure.
uses cutting-edge technology to scattered all over the hotel,
reduce its ecological footprint inviting you to a time travel
to a minimum. This urban CS Vintage which always ends in 21st The Yeatman
resort awakens all your senses Lisboa Hotel century luxury. Complete spa HHHHH
to a new perception of calm HHHHH with inner pool, sauna, Turkish
and tranquility, one you taught bath, gym… The restaurant will Opened since last August,
impossible in the center of the
FrotaAzulA5_ING.pdf 1 10/02/26
The first Hotel in Lisbon for the
18:27
take in another travel, straight The Yeatman its a >>>>>

Turisver 05 November 2010 3


portugal
europe’s west coast

Portugal
The finest welcoming
For many years now, tourism has been one of the strongest developing economic sectors in
Portugal. And every year things just keep getting better, with an ever more sophisticated offer of
establishments and services created solely for your enjoyment. Hotels, restaurants, beach clubs
and resorts, river cruise ships, or just small off-beat spots that make your stay even more special.
Of, course, none of this would be possible without people. People for whom providing the best service
is second nature. But in spite our own Portuguese tradition – always receive foreigners well, better
than if they where your own - this second nature doesn’t necessarily guarantee, just by itself, a
professional and outstanding service. That’s why we have, in a small country like our, seventeen
state owned and operated tourism and hotelier schools. All certified by one of the greatest refer-
ences worldwide in the tourism industry, the Ecole Hôtelière de Lausanne. And adding to that,
several private schools, from medium to university level. From these tourism schools, every year
thousands of graduates enrich the quality of the services we provide you, at all levels: from clerks
to hotel managers, going trough Chefs, tourist guides, waiters, you name it, we have the best. And as
if this wasn’t enough, the best tourist professionals from all over the world keep coming to Portugal,
for one simple reason: it’s one of the best countries to work in the tourism sector. And that is one of
the best guarantees of a finest welcoming. n

n The Yeatman - Vila Nova de Gaia, OPorto - Photo: The Yeatman n LONGEVITY Wellness resort - Monchique, algarve - Photo: Longevity

>>>>> luxurious wine hotel with items from some of the Longevity first anti-ageing medical spa in the
placed right in the historical best wine producers in the Wellness Resort country, in an exclusive partnership
cellar’s area, in Gaia. It’s all country, who specially selected HHHHH with La Clinique de Paris/Dr.
about the wine, but it’s not the decoration for these rooms. Claude Chauchard. It also has an
all just wine. All 70 rooms In a wine hotel, a vinical spa, Right in the middle of nature, in esthetics centre, and convenience
and 12 suites have terrace or with exclusive grape and vine the Algarve’s inland, Monchique’s & health store. With 195 rooms,
veranda, mimicking the stepped based products. Of course, an Hill, the Longevity Wellness Resort the Longevity Wellness Resort
terrains where the grapes grow enogastronomic restaurant, wine it’s a new luxury hotel inaugurated integrates various leisure facilities
in Douro’s valley. The urban bar, and wine cellar. Also a gym, last July, and it’s specially aimed and equipments, including a heated
and architectural integration panoramic water pools in and at 45-plus guests, looking for a indoors pool, restaurant, library,
is remarkable. Inside, the wine out, heated, and several other new lease of life. New medical and room & deck for meditation, putting
theme is everywhere, including spaces for leisure or work, if you therapeutic concepts for longevity green & driving range… The best,
the rooms, specially decorated must. and ageing management. It has the for those who know the best. n

4 05 November 2010 Turisver


The ideal setting
for a romantic getaway
Sintra Inn
The Romantic retreats can now be found on a single
accommodation platform. Sintra Inn represents a guarantee
of quality and exclusivity for anyone seeking the magic of
Sintra.

The gardens, mountains, history and view of the sea can all be
found on this platform. The whole of Sintra on just one site!

In Portugal, Romance happens in Sintra.

Promoter Sponsors

www.sintrainn.net www.sintraromantica.net
Turisver 05 November 2010 5
portugal

Douro
europe’s west coast

where nature works


to give you its best
Every time you taste a bit of Port Wine, do you wonder how much
it has gone trough to get to you? Getting to know the places where
the wine is made is an unforgettable experience, from the vineyards,
in upper Douro River, to the cellars facing Porto, in Gaia, where the
wine ages and perfects itself.
By Nuno Afonso n VIEW OVER THE DOURO RIVER - Samodaes, Lamego. - Photo: Aquapura Hotels

B
y boat, historic train, has declared this wine region as World go trough every year. A path that hides, the program, unforgettable moments
by car, or even by Heritage. Cliffs more than 200 metres in several points along the shore, where you will taste some of the best
helicopter, facing the high high, where eagles and vultures nest, magnificent properties, centuries old, local products prepared by world
shores where the grapes dramatic schist slopes, a tremendous where wine production was, and its, renowned Chefs. For those wanting
grow, you’ll understand scenery at every turn of the river, all assured. But the best is that, in some an complete historic experience, old
immediately why UNESCO along the same path the wine barrels of them, you can stay there, for a steam trains run in the Douro and
night, a week, whatever you want. In Corgo lines, just like they did almost
some of these properties you can have one hundred years ago, passing trough
a complete Douro experience, getting breathtaking sceneries. You can also
to know wine production as close as run the region by car, freely, visiting
you can, participating in gastronomic whatever interests you, from small
events that you will never forget, forgotten villages to the old churches,
exploring the forests behind the river or the archaeology park of Vale do Côa,
shores, full of wildlife, or practicing with it’s pre-historic engravings.
whatever nature sport you feel like. If you prefer the “jet set” option, take
Or, if modern sophistication is your an helicopter tour, just a sightseeing
thing, state-of-the-art 5 star luxury tour, or a full tour, stopping for lunch
hotels provide the most pampering in a old Douro farm.
Douro experience you’ll get. Whatever your choice, your trip will
There’s no shortage of places to stay most certainly end in Porto, the city
and things to do in Douro. One of the that grew around wine production,
most popular is to take a Douro cruise, the northern capital, a place with
something that can take anything a magical mood, where old and
from a few hours to a few days, as new combine for an unforgettable
you wish. In any case, lunch or dinner experience. n
stops in old wine manors can be part of

Porto’s magical mood


Oporto, known locally as Porto, is the country’s
northern capital, with origins that go back even
further than Lisbon, a city where the future is just as
much in evidence.
Sure, there’s Port wine, the Gaia wine cellars, n Casa da Música - OPORTO - Photo: Dziczka
the River Douro spanned by several impressive
bridges, the ancient Ribeira district, the many old houses and groovy bars and restaurants. There’s also
the Serralves Foundation with its art exhibitions and the modern architectural movement of the nation’s
greatest masters. But Porto is also full of the future. Rem Koolhas’ cube-like structure, the Casa da Música,
is the city’s main music hall and very much a modern architectural icon, but it’s no more than a sign,
remarkable as it is. The city also reveals a new face in the various art galleries that have grown out of a
very dynamic cultural movement. Check out Miguel Bombarda Street close to the Boavista district, the city’s
commercial hub. At night the various clubs and discotheques attract people from hundreds of kilometres
away, even from as far as Lisbon. In a nutshell, Porto is a city brimming with history where everybody is
busy looking to the future. Just like Portugal itself, a country dense with history but also full of the future,
and very proud to show off both. n

6 05 November 2010 Turisver


mais
TURIM LISBOA HOTEL
Rua Filipe Folque, 20
1050-113 Lisboa – Portugal
Tel.: (+351) 210 330 900

TURIM ALAMEDA HOTEL


Av. Rovisco Pais, 34

por si
1000-268 Lisboa – Portugal
Tel.: (+351) 218 411 550

TURIM IBÉRIA HOTEL


Av. 5 de Outubro, 160
1050-062 Lisboa – Portugal
Tel.: (+351) 217 906 110

TURIM EUROPA HOTEL


Rua S. Sebastião da Pedreira, 19
1050-206 Lisboa – Portugal
Tel.: (+351) 210 330 800

TURIM SUISSO ATLÂNTICO HOTEL


Rua da Glória, 3
1250-114 Lisboa – Portugal
Tel.: (+351) 213 461 713

TURIM AV LIBERDADE HOTEL


Rua Duque de Palmela,20
1269-170 Lisboa – Portugal

LUXE HOTEL by turim hotéis


Rua Passos Manuel, 28
1150-260 Lisboa – Portugal

HOTEL CLUB D’AZEITÃO


Qta. do Bom Pastor, Vila Fresca de Azeitão
2925-483 Azeitão – Portugal
Tel.: (+351) 212 198 590

TURIM ESTRELA DO VAU HOTEL


Alto do Vau, Sítio das Delgadas
8500-308 Portimão – Portugal
Tel.: (+351) 282 401 161

PRESIDENTE HOTEL
Estrada do vau, Praia do Vau
8500-802 Portimão – Portugal
Tel.: (+351) 282 417 507

ALGARVE MOR HOTEL


Av. Tomás Cabreira, Praia da Rocha
8500-802 Portimão – Portugal
Tel.: (+351) 282 410 130

DEPARTAMENTO COMERCIAL
Commercial Department
Rua S. Sebastião da Pedreira, 19
Tel.: (+351) 210 330 812
Fax: (+351) 210 330 890
E-mail: dircom@turimhoteis.com

Turisver 05 November 2010 7


portugal
europe’s west coast

Algarve
where summer lasts all year
Algarve means summer. Sea, sun, golf, long nights, plain holiday fun, lots of things
to do, from January to December.
By Nuno Afonso

A
ll those who have their 15ºC (59º ), in the winter that is, and know the small villages and natural don’t forget to enjoy the hottest waters,
own holiday and round Algarve its the most insulated part of sceneries behind the coastal villages. the best beach restaurants, and all the
year houses in Algarve Portugal, already known as a sunny For sophistication lovers, maybe even a easy life of the south, just a stone’s
know it already, and enjoy country. What this means is that the little flamboyant, the beach clubs are throw away from UK in one of several
this European resort to Algarve is the perfect all year round all the rage, places where all your needs direct flights.
the fullest. You can do holiday destination. You can go to the hare taken care of, from massages in the
the same, and you don’t need to buy beach in February, take sunbaths in sun to gourmet meals. By night, these The safest choice
a house here. The flights offer is vast, March, play golf whenever you want to, clubs provide the best parties in the
with plenty to choose from, from low with dozens of courses to choose from. country, with worldwide renowned Dj’s. In many tourism destinations, advices
cost carriers to national carriers. And that’s just a small part of what you Otherwise, Algarve it’s as good as ever. like “don’t carry too much money
Lots of it in the summer, also plenty can do. In the last years Algarve has Everything you need to unwind: several around”; “never ware expensive
in the winter. But the main argument gained a wide range of leisure options, water sports, a plethora of hotels and clothes or flashy accessories”; “try not
is, surely, the climate. The air and from marine theme parks to cultural other lodging, and more, much more to walk alone”; or “don’t show your
sea temperature rarely drop below and natural routes, so you can get to than just sea and sun. But, of course, camera when not using it”; all these

Valverde, Quinta do Lago


8135-037 Almancil, Algarve
1º Hotel Low Cost Tel.: +351 289 359160
no Algarve Fax.: +351 289 359169

www.riaplazaresort.com

8 05 November 2010 Turisver


portugal
europe’s west coast

Algarve’s International Racetrack


Pump up your adrenalin
It’s one of Algarve’s
major attractions
outside the sea
& sun universe of
activities. Located
in Portimão, a well
known tourism
resort, it’s not just
a race track where
some of the most
important
international motor competitions take place, it´s a racing complex where you
n View Over albufeira - Albufeira, algarve. - Photo: JosÉ Manuel can unwind and enjoy the most exciting time of your life. Fancy driving a very
high-performance race car with tuition from renowned race drivers? Or just enroll
are common place in some countries. you can feel safe by staying in a closed
In an ever convulsing world, it’s getting resort, where the full list of services
in one of our driving courses, to perfect your driving on road or track? Bring your
difficult to choose a holiday destination never let’s you feel the need to go out. friends and have a group event, a day at races in which you are the racer. For
that doesn’t imply one or various risks: But, is that really getting to know your a splash of plain good fun the go-karts are ideal. You can also race your own
terrorist attacks in the worst cases, holiday destination? Welcome to the car in one of the numerous track days. If you have enough thrills just watching
kidnappings, robbery, bad will towards Algarve. One of the most south western others race, there’s no shortage of opportunities: Superbike World Champion-
western tourists or English speakers in holiday destinations in Europe is also ship, Formula 3000, World Touring Car Championship, Le Mans Series, FIA-GT
particular, high criminality rates, or one of the safest. Here you can walk at World Championship, Historic F1… just to mention a few. For corporate events,
simply the feeling that your lifestyle 2:00 a.m. from the bar to your hotel in incentives and team-building, conferences or presentations, the complex includes
can, sometimes, be deemed offensive in complete tranquillity. Or any time, for an 800 people capacity reception room, as well as smaller rooms, and, of course,
some cultures, and that you can easily that matter. You can carry your camera all the necessary support services: catering, hostessing, rent-a-car… All you can
get in trouble without even noticing it. around without major worries. You can think of for a unique event, in perfect safety, in what is already regarded as one
Of course, in most cases fear proves wear whatever you feel like. You’re in
of the best tracks in Europe. n
exaggerated, and in almost any country the Algarve, just relax. n

Across the vast region of Northwest of Portugal, a lush and bountiful green
mantle flows from craggy mountains peaks, blanketing hinterland valleys as
it sweeps down to the sea. The name of the region and the wine comes from
the green color that covers the entire landscape.

DISCOVER THE VINHOS VERDES WINE ROUTE!

Turisver 05 November 2010 9


portugal
europe’s west coast

n View Over Lisbon from S. Jorge Castle - Lisboa - Photo: IOP

Lisboa
By Nuno Afonso
Old and new
in a perfect blend
n Restaurant View Over Eduardo VII Park - Lisboa - Photo: Jorge Cruz - Lagrimas Hotels & Emotions.

White city, loaded with history, ago is now a buoyant business centre and shows the way of the future, again applying the art of mixing old and
with Lisbon’s most modern buildings, already encompassed by the many new, saving the best of the past with a
traditional, the seven hills developing alongside Calatrava’s organic ultra-modern bars and restaurants built futuristic twist.
city, modern, trendy... Words train station or Siza’s epic pavilion, just in the last few years, all along the But these are just sparse examples of
two of several architectural landmarks. riverside right up to western limit of the the “Lisbon mix”. Wherever you go in
and expressions usually used It shows how you can enjoy Lisbon and city. Some are installed in completely Lisbon, you can be sure of enjoying
to describe Lisbon. the Tagus river in 21st century fashion, renewed 19th century warehouses, once it. n

T
he trendiness is sometimes
more obvious, not
paradoxically at all, in
Sintra The Romantic Capital
some of it’s oldest areas. From Lord Byron to Richard Strauss, Sintra’s many beauties and charms have been sung many times by many. But it’s always
Bairro Alto, a centuries an irreplaceable experience to gaze at the misty hills with all shades of green, the gardens, the lovely villages, numerous
old neighbourhood, has palaces and monuments, the unique climate, everything that so many sang, placing Sintra as the Capital of Romanticism. It’s
some of the most trendiest bars, art a place like no other. But don’t just take our word for it, take these gentleman’s well known words.
galleries, and fashion and lifestyle shops “I must just observe that the village of Sintra in Sintra is the most beautiful goodbye to Europe when it finally
in the city. By day you can calmly walk Estremadura is the most beautiful, perhaps in the whole meets the sea”
along old shops and cafes, relaxing after world.” Luís Vaz de Camões
lunch. By night you can listen to the
George Byron
most radically traditional fado singing
“Sintra remains one of the most beautiful and unspoiled areas
forms in one moment, and be submerged
“the most blessed spot on the whole inhabitable globe” in Portugal, if not Europe”
in 21st century urge the next minute.
Robert Southey Forbes
The quiet popular neighbourhood by day
now has a bar every two doors, and the
“All the way to the hill is a garden, where nature and “A magic place on the tip of Europe”
narrow streets become crowded with
youthful joy. It’s a Lisbon must, and
art marvellously combine, the most beautiful walk one Chicago Tribune
not unlike other traditional areas, like can imagine”
Alfama or Mouraria. Hans Christian Andersen “A Fairy Tale”
But you don’t always have to mix Condé Nast Traveler
traditional with modern. You can “Today is the happiest day of my life. It’s the most
single out the former and enjoy all the beautiful thing I’ve seen. This is the real garden of These are just a few of the many testimonies by poets, writers, and
modernity expected from an European Klingsor, and up above, it’s the Holy Graal’s Castle” other well known artists and present day press. You too can walk Sintra is welcoming in November 2011
capital. Parque das Nações, an area Richard Strauss their steps and enjoy the magic. Know the whole story, visit Sintra. n the Summit for World Heritage Cities
that housed the world expo a few years
10 05 November 2010 Turisver
Turisver 05 November 2010 11
portugal n Praia D’El Rey Golf Course - AMOREIRA, ÓBIDOS - Photo: Praia D’el Rey
europe’s west coast

Oeste western Golf By Nuno Afonso

In the last few years Portugal has gained a new excellence golf destination: Oeste, in the west coast, with
courses surrounded by beautiful vineyards, the best hotel chains in the world, and the ocean as the limit.

J
ust imagine: long stretches tourism destination in itself. And the star Praia d’El Rey Marriott Golf & Beach the national golf federation. Designed
of sand bordering the last decades have seen two major Resort, recently designated Europe’s by Rocky Roquemore, this course is
Atlantic. An ancient fortress developments in what Oeste offers Leading Golf & Leisure Resort in the integrated in a 540 hectare property,
in a enchanted island. Lovely to its visitors: the best international World Travel Awards, whose ceremony with nine lakes, the pine trees and
vineyards planted along hotel brands, and some of the best golf took place in... Praia d’El Rey Marriott swooping hills that mark the region
gentle rolling hills. A great courses in the country. Presented here Golf & Beach Resort. and challenge the player’s skills. The
lagoon that resembles a giant mirror are just a few, but there are more, also on-site facilities are, as usually in Oeste,
with a pine trees frame. Beautiful smaller, 9 hole courses, not just for Campo Real Golf & complete, with everything you can
orchids , real head turners. A medieval beginners, also very challenging and Nature expect from a premier, world class Golf
town enclosed by walls just as ancient, with amazing ocean views, like Vimeiro If your favourite golf courses always Club.
with several other equally history and and Botado, both included in resorts involve a dramatic natural setting,
monument rich villages nearby. A very with four star hotels. Campo Real Golf & Nature it’s just the Bom Sucesso Design
rich gastronomy, with all the freshest thing for you. This 18 hole 72 par course Resort Leisure & Golf
fish and seafood you can dream of, Praia d’El Rey Golf will challenge the most experienced A unique championship course in a
along with a long list of other traditional and Beach Resort golfers, with undulating greens that will unique setting, a resort with the most
gastronomy, ending in almost sinful Already referred to as the most stunning test both judgement and skill. Campo contemporary architecture, with
convent desserts. And the vast blue golf course in Europe, Praia d’El Rey Real Golf & Nature was developed houses conceived by some of the most
ocean, where you can sail, fish, surf, Golf and Beach Resort mixes seaside in close association with Audubon renowned architects in the world, just
windsurf, kitesurf, or whatever you links and parkland, four holes along the International Institute, assuring this is like the course, designed by Donald
cup of tea is. Simply sunbathing is also ocean, and spectacular views not just a fully sustainable course, where your Steel. More than 600.000 sq. Mtrs., just
accepted. to the ocean, but also to the Berlenga enjoyment of nature never compromises for the golf course, with spectacular
This perfect setting for you holidays Islands, not far away. That’s the scenic it in the long term. Also at your disposal, views across the natural surroundings.
has a name: Oeste. In the West coast of part. As for the game, maybe the lovely holiday homes, villas, luxury The second part of the course is quite
Portugal, a region with unique natural name Cabbel B. Robinson rings a bell. apartments, and townhouses, all in spectacular, with the last nine holes on
conditions for the best things in life, no The famous golf architect designed a property that was once owned by uneven terrain, after a levelled part on
more then half hour away from Lisbon, this course with 87 bunkers in a truly Portuguese monarchy. the first nine holes. As in all the golf
the capital, and its international airport. championship layout. Add the full courses in Oeste, in Bom Sucesso you
on-site facilities and equipments, with Golden Eagle can access a wide range of services, like
The best courses everything you might need, either you Residence & Golf Club clubhouse, restaurant, bar, pro-shop.
The best hotels are a beginner or a professional golfer. Also regarded as one of the best courses Golf academy, driving range, putting
Oeste has firmed a secure place as After the game, no need to leave the in Portugal, Golden Eagle Residence & green, amongst others. And from 2012
one of the most enjoyable tourism site, you can have your stay in luxury Golf Club has already been considered on you’ll also benefit from each of the
destinations in a country that’s a apartments, town houses, villas, or the 5 the best Portuguese golf course by five stars of a new Hilton Hotel. n

12 05 November 2010 Turisver


A place where time and distance have new meanings. In Alentejo you’re never late, there’s always time for the best things portugal
europe’s west coast
in life. Just as good, for there is plenty to enjoy.

Alentejo
By Nuno Afonso
Beyond
time
E
ver heard of Alentejo? The open terrain, over the centuries,
word means beyond the has gifted the local culture with a
Tagus, the river that crosses very unique sort of patience, calm,
the country to meet the sea tranquillity. No room for stress here. And
in Lisbon, and separates the of all places, surely not in the boutique
southern region of Portugal. hotels, some of them installed in ancient
But what really means, in the minds of monasteries, sites where introspection
those who know it, are vast golden planes and silence have been cultivated for
and gently swooping hills punctuated centuries, and whose work we can
by great oaks and olive trees. Which gladly taste today, a plethora of desserts
means some of the best natural products created by monks and nuns whose close
you can taste, from the best olive oil to contact to God has no finer proof.
exquisite animal products, like cheese or The Romans, also, tasted the pleasures
ham, herbs and spices, the finest bread, of this Mediterranean tranquillity, and
and many others, all made in full respect today you can visit their vast remains,
of nature’s rhythms. in cities like Évora, World Heritage n Landscape, ALENTEJO - ALJUSTREL - Photo: Antonio Sacchetti
Although the inland character its city, where Diana’s Temple stands as
one of the most obvious associations a major testimony of how important the medieval churches and castles, or get to know Alentejo in the fullest. But
with Alentejo, the region has a large this town was in the roman era. But the Arab buildings and art, still very you can also stroll around the fields and
coastline, hundreds of kilometres long, roman remnants are scattered all present today. And don’t forget the villages with no other purpose but to
unharmed nature with lots of secret along the region, and even much more natural parks. All these and more are enjoy this unique way of life, and the
beaches to discover. ancient testimonies, as far back as excellent stops in thematic tours we most quiet and revitalizing holidays you
The tranquillity provided by the wide the Neolithic, or more recent, like have prepared for you, the best way to will ever have. n

Located in the historic town of Crato, Casa do Largo is


the perfect place to spend your vacation and explore
Alto Alentejo.
The old family house has been fully refurbished
and adapted to rural tourism, which takes pride in
its comfort and refined details, combined with the
traditional achitecture of Alentejo.
All of its seven rooms are decorated in a unique way and
are equipped with television, DVD, air conditionning,
WORK HARD. REST EASY
hairdryer and adjustable beds. The swimming pool in WORK HARD. REST EASY
the garden invites to relaxation and the game lounge, Stay on top of your game when you stay at the Lisbon Marriott Hotel. Our
Stay on top of your game when you stay at the Lisbon Marriott Hotel. Our
as well as the children area, will make the most fun out ergonomically designed desks, high-speed Internet access and business
of your stay in Casa do Largo. WORK
center keep HARD.
ergonomically REST
designed
you focused. EASY
desks,
While
high-speed Internet access and business
our flat-screen TVs, Revive beds and world-
center keep you focused. While our flat-screen TVs, Revive beds and world-
class
Stay onamenities keep
top of your youwhen
game comfortable.
you stayAfter
at theall, one who
Lisbon takesHotel.
Marriott pride Our
in their
Besides the main house, a visit to the “Casão da class amenities keep you comfortable. After all, one who takes pride in their
performance
ergonomically deserves
designeda hotel
desks,that does too.Internet access and business
high-speed
Praça”, in the town council square, is amply justified performance deserves a hotel that does too.
center keep you focused. While our flat-screen TVs, Revive beds and world-
by the existing horse-cart collection at this location.
class
To amenities
reserve keepcall
your room you+351
comfortable.
21 7235400 After all, one
or visit who takes pride in their
lisbonmarriott.com
Make your vacation unforgettable in Casa do To reserve your
performance room acall
deserves +351
hotel 21does
that 7235400
too. or visit lisbonmarriott.com
Largo and take home the best of Alentejo.
To reserve your room call +351 21 7235400 or visit lisbonmarriott.com

LISBON MARRIOTT HOTEL


LISBON MARRIOTT HOTEL
Av. Combatentes, 45
Av. Combatentes, 45
1600-042 Lisbon - PT
LISBON
1600-042MARRIOTT
Lisbon - PT HOTEL
Av. Combatentes, 45
1600-042 Lisbon - PT

Largo do Município Nº 2, 7430-130 Crato - Portugal


Tel. +351 245 997 001 | Mov. +351 936 494 275 | Fax. +351 245 997 003
Email: casadolargo@casadolargo.com | Website: www.casadolargo.com

Turisver 05 November 2010 13


portugal
europe’s west coast

n Rabaçal View - MAdeira - Photo: Marcial Fernandes

Madeira
Atlantic paradise
By Nuno Afonso

G
For many years now, tourists from all over the world have been coming to Madeira, enjoying et out of Funchal, the enjoying the calm of an island where
the mid-atlantic tranquility of two islands, Madeira itself, and Porto Santo, a small paradise capital, by car, or even
just walking around
nothing stands in the way of peace.

less than a hour by boat, and just a few minutes away by plane. And it’s as beautiful as ever. old paths, and you will The best hotels
find yourself entering for your holidays
a nature sanctuary, the Hotels in Madeira are famous for
laurisilvean forest, recognized by the their very high service and facilities
UN as world nature patrimony. In city standards, assuring your stay is a
or nature, calm and tranquillity will very relaxed one. A wide range of
surround you, leaving all your worries five star hotels provides excellence
back home. And, of course, the sea. accommodation, and several smaller
Almost regardless of where you are, but equally luxurious design and
you can see it, the big blue Atlantic, charming hotels are scattered along the
from where cruise ocean liners arrive island, usually in wonderful natural and
every day, offering their passengers garden surrounds, overlooking the ocean
the best days of the cruise. Birdseye from a high point. With its very mild
view of the island? Easy, just take the and comfortable climate, the unique
aerial cable car, you will not only get flora, and the ocean laying ahead, you’ll
to see Madeira in a new way, you will be certain of being in paradise. Get to
also take the fastest way of getting know the city, the small villages outside
to the high part of the island, to the Funchal and their rich folklore, and
old church, and then take the fastest the natural sanctuaries of the higher
way down, the typical slide cars grounds.
that rush down to Funchal. Thrills
guaranteed, traditional and radical The Madeira Museums
all in one. Even tough Madeira is a natural
sanctuary, it contains museums that
Porto Santo make justice to the uniqueness of the
One of the best island’s nature and cultural diversity.
beaches in Europe And none less than 27 museums cater

GREAT VALUE EXPERIENCES


Visiting or staying in Porto Santo, right for that! From island history to natural
across the main island, you’ll want to history, form folk to contemporary art,
know one of the best beaches in Europe, all museums in Madeira are worth the
acclaimed for that. Nine kilometres visit, we name just a few.
wide just in it’s main area, this beach Madeira Story Centre its a new
has the whitest and softest sand you’ll generation museum. Here you can
ever walk on. The water that bathes it walk along the island history, feeling
is heated by the Gulf Stream, and it’s how things where a few centuries ago,
so transparent you can see the deep earing the same sounds, feeling the
meters away. The mountains of the same smells of past environments of
Mimosa / Buganvília / Estrelícia Rua da Casa Branca, 9000-113 Funchal Madeira island provide a dramatic backdrop for the island history. It’s the best place to
Florasol Estrada Monumental 306, 9000-113 Funchal Madeira all sorts of water activities, from surf star your visit to the island, as it will
Pousada dos Vinháticos Estrada da Encumeada 165, Fajã dos Vinháticos,
Serra d’ Água, 9350-306 Ribeira Brava to sailing, kitesuerf, diving, canoeing... able you to take better party of all the
Or, if you prefer, just relax in the sun, island beauties. n
14 05 November 2010 Turisver
02 de Novembro
a
29 de Dezembro

2 NOITES 3 NOITES
Alojamento + pequeno almoço + pequeno almoço
Townhouses + 1 jantar
+ 1 actividade
+ 1 jantar
+ 1 actividade

Townhouse Deluxe 200,00 � 271,00 �


1 Quarto (2 pessoas) preço por pessoa preço por pessoa

Townhouse Deluxe 157,00 � 205,00 �


2 Quartos (4 pessoas) preço por pessoa preço por pessoa

Townhouse Deluxe 138,00 � 176,00 �


3 Quartos (6 pessoas) preço por pessoa preço por pessoa

Para mais informações ou reservas contacte a sua Agência de Viagens

Vila Natal
Para quem gosta de magia... -
www.bomsucesso.net

Feriados de Novembro e Dezembro


-
Bom Sucesso – Vau
2510-662 Vau – Óbidos
PORTUGAL
Telf: +351 262 965 300

-
Fax: +351 262 965 309
Email: reservation.hdv@bomsucesso.net

Escolha como quer passar o seu Réveillon

Accommodation
Alojamento
Townhouses
CIRCUITO MUNDIAL

Townhouse Deluxe 134 €


Opção A
1 Quarto (2 pax) preço por villa + Jantar Gourmet no Restaurante
Viva Maria e/ou festa de Réveillon
no Bar Pura Vida
Townhouse Deluxe 173 €
2 Quartos (4 pax) preço por villa
Opção B
+ Cabaz Gourmet com todos os
Townhouse Premium 215 € condimentos para preparar a sua
3 Quartos (6 pax)
preço por villa
própria festa

Villa 363 €
Opção C
3 Quartos (6 pax) preço por villa + Menu Take Away do Restaurante
Maze... simplesmente divirta-se
(Estadia mínima de 2 noites - taxas legais incluídas) (As opções A, B e C têm preçário próprio)

Terceira noite 50 desconto


ou
Quarta noite grátis

-
www.bomsucesso.net
-
Bom Sucesso – Vau
2510-662 Vau – Óbidos
Passagem de Ano 2010-2011
PORTUGAL
Telf: +351 262 965 300

-
Fax: +351 262 965 309
Email: reservation.hdv@bomsucesso.net

Turisver 05 November 2010 15


portugal
notícias
europe’s west coast

Azores
Nature’s loveliest forms
By Nuno Afonso n Whale watching - AZORES - Photo: Norberto Diver

There aren’t many places in Europe where you can swim with dolphins, or ride along big scenery for human activity, and the with the best ingredients: time, and
Azoreans have done their best to nature.
whales. Or walk inside a volcano, or even swim or kayak in it. A place where you can eat preserve it. Some buildings, mainly There are nine islands to choose from,
a traditional meal boiled under the ground, and we promise it tastes much better than it churches, date as far back as the mid and it’s easy to visit two or three during
15th century, and almost all are still in your stay, by boat or by plane. Whatever
sounds. You can also climb to a peak beyond the clouds, and see another island just ahead. use, living testimonies from a time of your choice, you can be sure of unique
Or bathe in warm clean waters that emerge from the ground. Of course, the sea is always an heroic settlers, not just from Portugal,
but from several parts of Europe.
geological formations, very diverse
sceneries, breathtaking viewpoints,
option, as well as trekking, horse, bike, and 4X4 rides. The small stonewalls that limit pasture and conditions for activities from diving

W
grounds, some centuries old, achieve to trekking, bird watching to whale
here in Europe, you personality, but in all of them you will what could be considered impossible: watching.
ask? Precisely in the be able to understand how well man and they embellish the green slopes in all As for hotels and other caterers, your
middle of the Atlantic. nature can work together. Its no hazard islands, many of them of volcanic origin – choice is wide, ranging from classic
That’s Azores, that National Geographic Traveller has the fajãs - providing very fertile grounds urban hotels – with a perfect location,
Portugal. Nine islands named the Azores as some of the best that the islanders have always cherished by the sea – to small charming hotels and
for you to choose, not islands in the world for sustainable and preserved, never abused. The result lodges in every island, old family manors
one, but as many as you wish. tourism. it’s not just a perfect scenery, but also with close ties to the history of these
Each of the islands has its own Nature has provided the most perfect the finest traditional products, produced islands. n

16 05 November 2010 Turisver

Interesses relacionados