Você está na página 1de 3

030

#l i vedonel s o

DI ME NSI ONAME NTO DE L AJE TRE L I ÇADA


Passo 7 - Introdução ao ELS

Desempenho (estrutura não rompe)

ELS - deformação: desconforto do usuário, fissura na alvenaria


ELU - vibração: laje balança

Como o concreto está trabalhando:

Estádio I: Lei de Hooke; concreto não fissurado


Estádio II: Concreto fissurado porém não atingiu ruptura

Inércia: variação da propriedade geométrica ao longo da aplicação de cargas e ao longo que o material
atinge no estádio II.

Fluência: característica de deformação ao longo do processo (anos) da estrutura.

Combinações: Permanente: peso próprio, sobrecarga

Quase permanente: p=g+(0,3.q) (30% carga acidental)


Rara: p=g-q

Passo 8 - Cálculo dos Momentos p/ ELS

M(perm.)g = ql²/8 = (139,02x4,35²)/8 = 328,83Kgf.m

M(quase perm.)g + 0,3q = [(139,02+25,30)x4,35²]/8 = 388,86Kgf.m

M(rara)g+q = [(139,02+84)x4,35²]/8 = 527,51Kgf.m

PPLaje = 231Kgf/m²

PP Revestimento = 100Kgf/m³

PPTotal = 331Kgf/m² x 0,42 = 139,02Kgf/m

Quanto maior o Momento Fletor, mais fissurada a seção e menor a inércia.

01
Passo 9 - Cálculo das inércias p/ ELS

I(perm.) = 1881,26cm^4

I(quase perm.) = 1675,29cm^4

I(rara) = 1485,99cm^4

A inércia influencia nas deformações das lajes treliçadas

Passo 10 - Cálculo αf p/ ELS

αf = [ε(t) - ε(t0)] / 1 + 50ρ'


t = 70 meses (quando a estrutura para de deformar por fluência)
t(0) = a partir de quando será iniciado a verificação da estrutura. Normalmente quando é tirado o
escoramento (28/30 dias), porém como na prática não é esperado todo esse tempo, utilizamos a
média de 15 dias (0,5 meses)

ε(t) = 0,68 x 0,996^t x t^0,32 para t < 70 meses


ε(t) = 2 para t ≥ 70 meses

ε(t0) = 0,68 x 0,996^0,5 x 0,5^0,32


ε(t0) = 0,54

αf = (2-0,54) / 1
αf = 1,46

Esse é o valor da fluência, portanto, se a estrutura deformar 1cm imediatamente após a retirada das
escoras, em 70 meses a deformação será de 2,46cm.

Passo 11 - Verificação ELS p/ vibração


∆ =_________
5.p.l^4
385.E.I

p = 139,02 + 84 / 100
p = 2,23Kgf/cm

∆ = __________________
5 x 2,23 x 435^4
385 x 241500 x 1485,99

∆ = 2,89cm

∆(carga permanente) =______________


5 x 1,39 x 435^4 ∆ = 1,42cm
385 x 241500 x 1881,26

∆q = 2,89 - 1,42 = 1,47cm de deformação devido a sobrecarga


ELS Vibração: L/350 = 435/350 = 1,24cm NÃO OK!
Deve-se modificar FCK do concreto, propriedades da seção, altura da laje.

02
Passo 12 - Verificação ELS p/ Deformação

∆=___________
5 x p x l^4
385 x ECS x I

∆ = ______________________
5 x (1,39 + 0,252) x 435^4 = 1,887cm flecha imediata assim que retirada a escora
385 x 241500 x 1675,29

Flecha ferida devida a fluência:

Depende do αf = 1,46

Flecha total = 1,89 + 1,46 x 1,89 = 4,65

Utilização de contra-flechas na viga (L/350) = 1,24

Flecha final = 4,65 - 1,2 = 3,4cm

Limite de Norma L/250 = 435/250 = 1,74 cm NÃO OK!

Tópicos Especiais

Sempre importante solicitar uma treliça a mais para verificação do aço em todo o comprimento
efetuando a quebra da mesma.
Pode-se utilizar lajes treliçadas em balanço.
No momento negativo os esforços se invertem, a área comprimida fica sendo a parte de baixo. É
feita uma faixa de concreto maciço com tábuas de compensado para enchimento. Lembrando de
utilizar a armadura negativa para vencer o Momento Fletor.
Quando há alvenaria sobre a laje, utilizam-se trilhos (vigota) dupla ou tripla para absorver o
esforço da alvenaria.

03